A ACUSAÇÃO
07 de julho de 1963
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – EUA


1 Obrigado, Irmão Neville. Permaneçamos de pé por um momento agora para oração. Inclinemos nossas cabeças. Há algum pedido a ser manifestado, se há, indique tendo uma mão levantada, somente para Deus, diga: “Eu – eu…?” Mantenha em sua mente agora o que – o que deseja pedir-Lhe, e creia com todo seu coração, enquanto eu ofereço minha oração por você, também.
2 Pai Celestial, nós estamos… consideramos este, um enorme privilégio, o de vir à casa do Senhor, neste dia escuro, e – e encontrar o Filho-Luz de Deus brilhando, e ouvir o Espírito Santo cantando através do povo, e falando através do povo, simplesmente um – um pouco de brilho do Filho por dentro. Nós Te agradecemos por isto, o Celestial brilho do Filho ao redor de nossos corações. Como Te agradecemos por isto! Agora eles estão…
3 Teu povo tem levantado suas mãos nesta congregação, de que tem pedidos, que eles gostariam que Tu lhes respondesses esta manhã. E eu oro, Pai, que Tu concedas cada uma de suas pedidos. Há tantas, empilhadas sobre o púlpito, e tantas petições por toda parte, de pessoas enfermas, sofrendo; chamadas telefônicas, de longa distância, cerca de cinqüenta por dia. Ó Deus, que faremos? Dirige-nos, Senhor. Nós – nós não sabemos que caminho tomar ou o que fazer, mas Tu podes dirigir estas coisas, e oramos que Tu concedas isto a nós. Porque, é – é nossa intenção, Senhor, a vida que temos na terra nos é dada por Ti, e queremos usá-la para Te honrar. Agora guia-nos nessas coisas, Pai.
4 Abençoa-nos hoje enquanto nos reunimos para ouvir a Palavra do Senhor, para cantar os hinos, para oferecer oração. Ouve nossas orações. Regozija-Te conosco em nossos hinos, e fala-nos através da Palavra, pois nós pedimos isto em Nome de Jesus. Amém.
Podem se assentar.
5 Simplesmente não conheço nenhum lugar que eu consideraria ser maior privilégio para estar de pé, que estar no – no púlpito, para partir o Pão da Vida para um povo que está à espera, faminto, sedento. E este é um grande privilégio.
6 Primeiro, eu gostaria de perguntar se – se está aqui alguém da família Wright, Hattie ou Orville, ou alguém? Hattie. Orville está com você, Hattie? Bem, peça-lhe para passar por casa, imediatamente, a respeito do que lhe disse, você sabe. Para passar por casa, se ele puder. Eu me esqueci de trazer comigo, esta manhã, algo para seu cachorrinho que tem lá. Então eu – eu simplesmente… Se você desejar, passe por casa assim que você sair para – para o seu cul-… após o culto.
7 E agora, Edite, irmã de Hattie, aquela que nós conhecemos como a mocinha que tem estado aleijada desde que era um – um bebê. E ela é uma mulher agora, e ela está numa condição muito má. Agora eu, cerca de um ano atrás, eu desci lá quando ela teve seu primeiro ataque, e imediatamente encontrei qual era seu problema, pela ajuda e graça de Deus. Agora, realmente, o problema da moça…
8 Ela fica sentada, seus membros se comprimem, e ela nem mesmo pode separá-los; isto é por causa da tremenda pressão sobre o – o sistema nervoso. Mas, o que é, não há nada fisicamente errado com a moça, fora da perturbação da paralisia infantil quando ela tinha cerca de seis meses de idade. Ela choramingava e chorava, quase que toda sua vida, até… Nós oramos por ela muitos anos atrás, e – e ela tem estado feliz desde então, até cerca de um ano atrás.
9 E agora é, na realidade, menopausa. Em outras palavras, a mudança de sua vida, e seus nervos estão numa terrível condição. E a daminha tem metido em sua cabeça que ela está morrendo, ela está – que ela simplesmente não vai viver, de uma hora pra outra. E vocês sabem. E mulheres sadias, fortes tem uma dificuldade terrível, algumas vezes tem que tomar doses de hormônio, e – e irem às instituições e receberem tratamento para distúrbios e tudo mais, durante aquele tempo.
O ser humano tem duas mudanças de vida.
10 Eles tem a mudança de garoto a – a homem; de mulher… de mocinha a mulher. Por volta de dezesseis, dezessete anos de idade, tornam-se um bando de irresponsáveis. E – e se puderem, simplesmente aturem-nos durante essa idade. Eu tenho uma filha nessa idade exatamente agora, Rebeca. Orem por ela. E Billy, oh, cada um de nós, nós passamos por essa frenética idade. E – e assim nós devemos aturá-los, compreendendo que isto é algo que – que eles – eles tem que atravessar.
11 E agora, Edite, com esta mudança de – dos – dos sete anos. A cada sete anos, sua vida muda. Então as sete vezes sete, veja você, e – e isto se torna um pouco difícil, e essa é a mudança completa. E isto – isto molesta as mulheres. O homem geralmente adquire um comportamento estranho durante esse tempo, e algumas vezes deixam suas esposas. Mas as mulheres são – são estéreis após isso. E todos nós passamos por isso, e devemos lembrar que estas coisas que devemos tolerar um ao outro, e entender essas coisas.
12 E a pequena Edite tem chegado a esta condição, e ela tem perdido muito peso, e se parece mal. E – e – e eu lhes digo, alguma noite, não todos vocês juntos, mas simplesmente uma viagenzinha lá embaixo… Eles estão com ela, dia e noite. E uma – uma viagenzinha ali deste tabernáculo e – e diferentes tabernáculos, os – os tabernáculos irmãos aqui, alguns de vocês desçam e visitem a família Wright. Eu estou certo que eles dariam valor a isso. Simplesmente desçam e se assentem com eles um pouquinho, e conversem com eles, apertem a mão deles, ainda que não seja mais que uma visita amigável.
13 Nós – nós esquecemos isso tão facilmente, vocês sabem. E quando se trata da nossa própria casa, então nós damos valor a isso. E devemos lembrar que, os outros também dão valor a isso. E a família Wright, eu estou certo, daria valor a isso. Eu – eu sei que vocês o teriam feito se soubessem que esta condição existia. Mas vocês não sabiam disto, assim – portanto, por isso que eu estava contando para vocês.
14 Vão e visitem a família Wright, e tratem de animar Edite. Agora, não lhe digam que ela se parece mal. Digam-lhe que ela se “parece bem”, que ela “vai ficar boa”. O que, ela estará bem se nós permanecermos dando apoio a ela. É para isto que estamos aqui. Ela é nossa irmã, e – e estamos aqui para darmos apoio, nestas horas, a essa moça. Justamente como eu gostaria que alguém me apoiasse e orasse enquanto eu estivesse atravessando minhas provas, e você gostaria que alguém lhe fizesse o mesmo.
15 E – e a família Wright tem sido um – um longo… um dos membros mais antigos que vem a esta congregação. Eles, eu creio, e o Irmão Roy Slaughter e Irmã Slaughter. Eu os vi exatamente há poucos momentos atrás, acenei a eles quando entravam. Pensei, eu mesmo, quando dirigia na esquina: “Quantos anos tenho eu visto o Irmão e Irmã Slaughter tomarem seus lugares nesta igreja, através de triunfos e contratempos, e ainda continuam a batalhar?” E a família Wright; e como aqueles, dá-se valor a essas pessoas, vêem. E vamos – vamos demonstrar nosso apreço a elas.
16 Agora, hoje, eu tenho uma longa Mensagem. É sobre uma acusação.
17 E – e então, esta noite, eu ouvi dizer que há comunhão e lava-pés, e assim por diante. Então o pastor falará, e teremos… desceremos. E se você – se você estiver por aqui, venha e desfrute a – a mensagem do pastor, do Senhor, e então também do lava-pés e a – a comunhão, esta noite. Será uma – uma noite bem abarrotada, assim que estaríamos felizes em ter-lhes presente, se você não tiver outro lugar para ir.
18 E nós queremos agradecer a Don Ruddell, e – e nosso irmão, e Irmão Jackson. E – e estes irmãos são nossos irmãos, igrejas irmãs que são associadas. O Irmão Jack Palmer aqui, quem mantém o – o grupo lá embaixo em Georgia. E nós – nós – nós queremos agradecer a estes homens de todo nosso coração. Pois, quando temos cultos, quando eu venho, e eles – eles vem nos visitar, e damos valor a isso.
19 Eu vejo, esta manhã, meu bom amigo, Doutor Lee Vayle e sua esposa. Eu reconheci a Irmã Vayle ali, primeiro, e eu continuei olhando ao redor para ver onde o Irmão Lee estava. E eu tenho um, a velha expressão sulina, “um acerto para fazer com ele”, vejam, quando eu alcançá-lo. Eu procurei por ele cada dia naquela convenção, para descer ali para me ajudar. E eu disse: “Bem, se Lee vier, ponham-no a pregar, e eu simplesmente farei oração pelos enfermos”. E nós o procuraremos chamando pelo alto-falante, e tudo mais, e não pudemos encontrá-lo. Então, eu estou – eu estou, eu tenho, o acerto para fazer com ele, quando eu conseguir lhe falar. E estamos felizes em ter o Irmão e Irmã Vayle, nesta manhã.
20 E talvez haja muitos mais aqui que nós não tenhamos percebido. Eu vejo uma irmã aqui, eu creio, de Chicago. Eu não posso… Eu conheço o grupo aqui, mas não consigo citar seus nomes exatamente. Portanto nós – nós os consideramos muito, de todas as partes, de onde quer que você seja.
21 Eu vejo os irmãos aqui, dois jovens companheiros que vão ser ordenados (jovens no ministério, pelo menos) esta manhã. Dois, nossos irmão de cor de Nova York, há pouco receberam suas credenciais através da igreja de Filadélfia, e deram esta igreja como lugar de onde procedem. E vamos impor nossas mãos sobre eles, que Deus abençoe o ministério deles em Nova York. Nós temos duas ou três igrejinhas lá. Creio que o Irmão Milano tem um dos grupinhos ali, e estamos… nós os consideramos muito. E – e aqui há mais dois para sair e fazer, ter cultos para as pessoas ali. E nós – nós damos valor a estas coisas.
22 O Senhor os abençoe, ricamente, tantos! Eu olho ao redor e vejo diferentes pessoas, e simplesmente não se consegue citar todos os seus nomes, mas eu sei que Ele conhece.
23 Agora, eu creio, queira nossa irmã, a pianista, ou uma delas, vir aqui e tocar para nós.
Quando a brasa tocou ao profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
E quando a palavra de… a voz de Deus disse:
“Quem irá por nós?”
então ele respondeu: “Eis-me aqui,
envia-me”.
24 Considerando que, nós ordenamos estes ministros pela imposição de mãos. Agora, nós entendemos que a maneira bíblica de ordenar um ministro é impondo as mãos. Eu creio que nossos irmãos da chuva serôdia, ou a gente de Battleford, e assim por diante, confundiram; e quando eles viram isto, imposição de mãos, para conferir dons espirituais. Agora, nós não cremos que os dons espirituais vem através da imposição de mãos. Cremos que uma… imposição de mãos é uma aprovação pelo que já temos visto. Estão vendo? Isto é um “amém”. Estão vendo?
25 Agora, quando colocaram as mãos sobre Timóteo, e sobre aqueles irmãos, eles haviam notado que naquele homem estava o dom. Recordem: “Exercita o dom que há em ti, vindo de tua vó Lóide”. E eles viram isto em Timóteo, e portanto os anciãos impuseram as mãos sobre ele e o ordenaram. Não impuseram as mãos sobre um homem que nada tinha demonstrado, vejam vocês. E eles só pediram as bênçãos. E nós todos cremos nisto. Então nós não conferimos dons espirituais; nós simplesmente os reconhecemos, e colocamos as mãos sobre eles, para aprova-los, que cremos que Deus tem feito tais coisas pelas pessoas.
26 Eu observei, esta manhã, bem na parte detrás, o Irmão Mckinney de… Eu creio que é Kinney ou Mckinney, o ministro metodista assentado lá atrás, que recentemente foi ordenado aqui, também, eu creio que está correto, da plataforma; para pregar em Ohio, com o Irmão Dauch e Irmã Dauch, e o grupo de Ohio.
27 Oh, quando todos nos reunimos, estes pequenos lugares juntando-se, é maravilhoso. Nenhuma denominação; nenhum laço de nada, mas somente Jesus Cristo, isto é tudo, vejam, simplesmente “assentados juntos em lugares Celestiais”.
28 Muito bem, irmã, se você nos der… Vamos cantar juntos um só verso deste: “Quando a brasa de Fogo tocou o profeta”. Vamos cantar juntos agora.
Quando a brasa de fogo tocou o profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
Quando a voz de Deus disse: “Quem irá por nós?”
Então ele respondeu: “Eis-me aqui, envia-me”.
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Agora os irmãos queiram se adiantar.
…e eu serei rápido para res-…
29 Que os outros irmãos ministros venham à frente, por gentileza, que vão impor as mãos sobre eles. “…meu Senhor…” Associados do tabernáculo aqui, Irmão Ruddell, Irmão Lamb, e os outros. Bem aqui, por gentileza.
…e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
Mais suave, por favor.
Oh, milhões agora em pecado e vergonha estão morrendo;
Ouçam seu lamento triste e amargo;
Apressem, irmãos, apressem a seu resgate;
Rapidamente responda: “Mestre, eis-me aqui”.
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu rapidamente responderei a Ti;
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
30 Qual é seu nome, irmão? [O irmão diz: “Orlando Hunt” – Ed.] Irmão Orlando Hunt, da Cidade de Nova York. Está correto? E Irmão… [O outro irmão então diz: “Joseph Coleman”.] Joseph Coleman.
Agora queiram virar para a audiência, meus irmãos.
31 O Irmão Hunt e Irmão Coleman, um chamado de Deus sobre seus corações. E como nós acabamos de cantar o hino: “Há milhões agora em pecado e vergonha, morrendo”. Eles tem ouvido aquele lamento triste e amargo. E nós pedimos a eles: apressem, irmãos, apressem para o resgate deles! Vejam, rapidamente respondam: “Mestre, eis-me aqui”. Esta é a maneira que eles estão respondendo, esta manhã.
32 E enquanto nós, como irmãos desta igreja, e este grupo, aprovamos isto, impondo nossas mãos sobre eles e dando-lhes a destra de companheirismo, como testemunhas de Jesus Cristo, com nosso apoio aqui, que nós os apoiaremos em tudo que for honrável e correto, no Evangelho. Nossas orações serão constantes por estes homens para que Deus os use para honra-Lo. E possam seus ministérios serem ricos e grandes em Nova York. Possam suas – suas vidas ser cheias de serventia para Ele, trazendo preciosos feixes ao Reino. Possam eles viver longo tempo, viverem felizes. Possa o Senhor Deus envolve-los com Sua Presença eterna, e lhes dar saúde e força, e mantê-los em Seu serviço até Jesus Cristo chamá-los para o Lar Eterno deles no Céu de descanso.
33 Que esta congregação agora, enquanto curvamos nossas cabeças, e nós, ministros, adiantemo-nos para impor as mãos sobre eles.
34 Nosso Pai Celestial, nós colocamos nossas mãos sobre o Irmão Hunt, no Nome do Senhor Jesus Cristo, segundo o que sabemos dele, Senhor, tem sido justo. E nós Te agradecemos por esta chamada em sua vida, do ministério. Senhor, fala através deste irmão, ganha almas, traz libertação, Senhor, para aqueles que estão em cativeiro, tanto enfermidade e – e mental, e física e espiritualmente. Senhor, dá a ele um ministério autêntico, que ele possa, no final de seu caminho, olhar para trás através daquela longa trilha e ver que ele tem sido capaz, pela graça de Deus, de capturar cada inimigo. Por Jesus Cristo nosso Senhor, nós pedimos isto. Amém.
35 Sobre o Irmão Coleman nós também colocamos nossas mãos, como testemunhas, Senhor, para darmos aprovação à sua chamada, que nós, esta igreja, este grupo de pessoas, cremos nele como um servo de Cristo. E nós pedimos que Tu o abençoes e lhe dês um grande, poderoso ministério, que ele ganhe almas para Ti, Senhor, e liberte o cativo, e – e rompa os poderes de Satanás, ao redor das vidas das pessoas com as quais se associa. Dá-lhe, Senhor, uma vida frutífera, boa saúde e força. E, também, quando ele chegar ao fim do caminho, Deus, concede que ele possa olhar através da longa trilha e ver onde, pela graça de Jesus Cristo, que ele tem sido capaz de romper cada grilhão do inimigo, para a honra de Deus.
36 Pai Celestial, possam estes homens agora assim viverem e trabalharem na seara de Deus. Possam Tuas bênçãos repousar sobre eles e ser com eles até o tempo em que todos formos reunidos aos pés de nosso grande Mestre. No Nome de Jesus Cristo nós pedimos isto. Amém.
37 Deus o abençoe, Irmão Hunt, lhe dê um ministério frutífero. Deus o abençoe, irmão, e lhe dê um – um ministério frutífero, também, Irmão Coleman. Deus os abençoe. Novamente:
Quando a brasa de fogo tocou o profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
Quando a voz de Deus disse: “Quem irá por nós?”
Então ele respondeu: “Eis-me aqui, envia-me”.
Oh, fala, meu… (Possa Ele falar a muitos
corações jovens.)…fala, meu Senhor,
(Chamado de Deus!)
…e eu serei rápido a Te responder;
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
38 Como agradecemos ao Senhor esta manhã por esta grande honra, da igreja testemunhar o envio de ministros no campo neste último dia. A graça de Deus vá com vocês, meus irmãos! Eu espero que Ele os envie aos campos estrangeiros através do mundo, pregando estas inescrutáveis riquezas de Jesus Cristo, onde é tão necessitado. Tão necessitado, o mundo é hoje.
39 Agora, já tivemos bastante destas cosias boas, nós simplesmente temos que tomar um pouco aqui e um pouco ali, para incluirmos tudo no culto esta manhã. Agora hoje nós vamos, vou falar sobre um assunto que eu… eu algumas vezes não gosto de abordar estes tempos realmente terríveis.
40 Agora, no último domingo, se alguns de vocês não estiveram aqui e – e não obtiveram a Mensagem de O Terceiro Êxodo; e se você gosta das fitas, eu creio que você vai desfrutar dessa, O Terceiro Êxodo.
41 Que temos, um menino enfermo aqui, ou algo assim? Oh, um pequenino garoto aleijado. Sim. Possa Deus abençoa-lo. É isto. Correto. No final do culto, vamos orar pelos enfermos, de todos os modos, veja você. Assim sendo nós, agora, nós vamos…
42 Pedimos a você, talvez se você puder, para conseguir a Mensagem, sobre O Terceiro Êxodo, a terceira vez que a Luz, o Anjo do Senhor que tem chamado as pessoas para um êxodo, tem visivelmente mostrado a Si mesmo sobre a terra, em um êxodo. Estão vendo? Eu penso que isso é realmente notável para mim: o terceiro êxodo!
43 Vocês se importariam se eu tirasse meu paletó? [A congregação diz: “Não” – Ed.] Está tremendamente quente no tabernáculo esta manhã, e o único ar condicionado que temos é – é o que vocês podem abanar. Você tem que gerar sua própria energia. Então nós estamos planejando, algum dia, colocar um sistema de refrigeração aqui, tão logo quanto possamos ter as cosias preparadas.
44 Agora, nós apreciaríamos, se vocês – se vocês quisessem – ouvir a Mensagem, O Terceiro Êxodo. Agora, nós temos tido muitos êxodos, mas nós podemos definitivamente colocar nossas mãos sobre o lugar, ocasião, de três êxodos que Deus, na forma de uma Coluna de Fogo, tem descido para chamar e separar pessoas. Agora, agora, está separando um povo.
45 E nós encontramos que, quando Ele chamou Seu primeiro êxodo, Ele foi diante deles numa Coluna de Fogo, e os guiou a… guiando-os a uma terra onde mais tarde Ele apareceu ante eles, na forma de um Homem chamado Jesus Cristo. Ele veio de Deus, e foi para Deus. E o… então Ele foi rejeitado. E Ele veio então a chamar um povo para fora de uma – para fora de uma condição formal na qual eles tinham entrado, como a que eles tinham no Egito, tinham se dado ao pecado e aos – aos costumes dos egípcios. E Deus os chamou para fora.
46 E agora nós encontramos, que a segunda vez, que se submeteram ao cativeiro a um – um Império Romano. E Eles se submeteram aos credos e se afastaram da real sinceridade da adoração, e Deus novamente enviou outro êxodo. E o… Ele apareceu na forma de um Homem que guiava homem.
47 No primeiro êxodo, Ele era uma Coluna de Fogo. Depois, quando Ele veio sobre a terra, na terra para onde Ele os dirigira. Que tipo maravilhoso será no Milênio, para onde Ele está dirigindo a Igreja agora. “Nós O veremos como Ele é, e nós teremos um corpo como Seu Próprio glorioso corpo”.
48 E hoje, pela Luz do Evangelho refletindo de uma Luz, uma Coluna de Fogo visivelmente entre nós! A ciência A tem visto. Isto está nas revistas, e através do mundo. E Ela está, tanto científica como espiritualmente, reconhecida como a mesma Coluna de Fogo, pelos mesmos sinais e mesmas coisas que Ela sempre fez. E agora no meio dos dias quando há um punhado de fanatismo e coisas tais, ainda assim Deus sempre identifica a Si mesmo. Agora nós encontramos isto.
49 E que coisa gloriosa é saber que, “Este tabernáculo terrestre, algum dia”, este velho débil corpo no qual estamos enfermos e aflitos, “será mudado e feito como Seu Próprio glorioso corpo; então nós O veremos como Ele é”, e estaremos com Ele na Terra à qual estamos destinados hoje. Oh, eu… quase nos faz ter vontade de levantar e cantar Sigo com Destino à Terra Prometida. Provavelmente cantarão esse no culto batismal, de todos os modos, porque esse é nosso hino batismal.
50 Agora para os irmãos, tanto os daqui como os das terras onde as fitas vão, e isso é ao redor do mundo. Esta Mensagem não é dirigida a nenhum indivíduo em particular. E não queremos que as pessoas pensem que somos uma espécie de clã, ou um grupo de fanáticos que tem se congregado um com o outro, “para separar a si mesmos, aparentemente, não tendo a Fé”, ou se separam a si mesmos contra alguém, ou contra Deus, ou contra a Igreja. Nós somos a favor da Igreja. Porém nós estamos unicamente tratando de apontar, pelo Espírito e Sua ajuda, a razão para esta segregação que temos hoje. Nós, nós não cremos nisto.
51 Nós cremos que todas as igrejas deviam estar juntas em companheirismo, não segregadas; os metodistas para seu grupo, os batistas para o seu, e os unicistas, e os trinitarianos, e o que temos, todos separados. Nós cremos que deviam estar unidos, como um grande grupo unido do Corpo de Jesus Cristo, esperando por aquela gloriosa Vinda. Eles não deveriam estar separados, de modo algum.
52 E o que separa, há seguramente uma razão básica para que não estejamos juntos. Estudando isto, eu entendo, estudando isto, que não é a cor de nossa pele; porque, amarela, preta, marrom, e branca, todos separados em diferentes organizações. Não é a classe de alimento que comemos; todos nós comemos o mesmo alimento. Nós usamos a mesma classe de roupas, e assim por diante. Mas eu vejo basicamente onde isto está, é o homem quem tem saído do caminho batido do ensino do Evangelho, cada homem.
53 E deve haver alguma maneira de definitivamente mostrar qual é o certo e o errado. E a única maneira que você poderá faze-lo, é não colocar nenhuma interpretação à Palavra, simplesmente lê-La da maneira que Ela é e crer Nela daquela maneira.
54 Cada homem colocando sua única, própria interpretação, A faz dizer alguma coisa diferente, traz isto de volta à original organização da igreja católica. Que, a igreja católica crê que Deus está em Sua igreja: “E a Palavra nada tem a ver; e Deus está em Sua igreja”.
55 E nós, protestantes, segundo encontramos, e segundo Apocalipse 17, que todas elas se juntaram, e que a igreja católica era “a mãe” de todas as organizações. E nós vemos que a organização protestante, ainda que cegamente, cegamente, tem a mesma natureza da igreja católica. A Bíblia chama a igreja católica de “meretriz”, e chama a igreja protestante de “prostitutas”, disse que a meretriz era “a mãe das prostitutas”. E isso são pessoas, isto é uma mulher de má reputação que não vive fiel a seus votos matrimoniais.
56 E todos nós alegamos ser a Noiva de Cristo, e mesmo assim tal desleais. Que faz a deslealdade? Vivendo contrário à – a disciplina que Deus tem estabelecido para, por ela, Sua Noiva viver. Essa é minha própria opinião, a Bíblia, e Ela é a infalível Palavra de Deus, eu creio.
57 E, portanto, nós verificamos que a igreja protestante, para ter uma organização, separa-se até das Escrituras, para fazer sua organização. Ministros, ordenados, se agarram a coisas que eles…
58 Agora, eles vem a meu escritório e nos recintos, às centenas, e me dizem: “Irmão Branham, o irmão faz aqueles desafios às pessoas. Ninguém vai se sobressair contra Aquilo. Eles sabem que isto é a Verdade”.
Ora, eu digo: “Por que, por que vocês não o fazem?”
59 “Bem, veja o irmão, se eu fizer, eu vou mendigar o meu pão. Ninguém… Eu tenho um ministério. Eu tenho que obter ao Senhor, e eu tenho que obter ao povo. E ninguém me apoiará”.
60 Unicamente compreende você que Cristo é nosso apoio?! A Bíblia é nosso apoio. Está vendo?
61 Porém, isto, veja, então isto atira a – a igreja protestante exatamente na mesmíssima condição que a igreja católica está.
62 A igreja católica não importa… Bem, eu não digo… Eu não quero ser rude, ao dizer que eles não se importam com o que a Bíblia diz. Eles – eles crêem na Bíblia, mas, veja, eles tem uma… A igreja católica está baseada sobre a sucessão apostólica. Esta é uma sucessão de papas, e chamam a Pedro de primeiro papa, e assim por diante. Agora, eles – eles crêem nisso. Eles, eles enfaticamente crêem nisso.
63 E os protestantes, vejam, eles – eles se reúnem e tem uma organização exatamente como tiveram em Nicéia, Roma, onde organizaram a – a igreja católica pelo…no Concílio de Nicéia. E verificamos que ambos são a mesma coisa. Ambos são a mesma coisa. Eles deixaram a Palavra de Deus, para fazer uma organização. Estão vendo? E então quando se trata de muitas grandes Verdades que parecem estranhas hoje, Isso é estranho para eles, porque eles só tem sido ensinados por um ritual.
64 Nós não temos nenhum ritual senão a Bíblia. Nós não temos nada senão a Santa Palavra de Deus, e é Nisso onde nos firmamos.
65 E agora, hoje, eu desejo ler um pouco da Escritura, só um minuto, da santa, sagrada Palavra de Deus, encontrada no Livro de São Lucas. O capítulo 23 de São Lucas, para basear, obter uma – uma plataforma do que eu – eu desejo falar, um pensamento básico sobre o assunto que eu desejo falar. E vocês voltem agora a São Lucas, o capítulo 23, e eu desejo ler um versículo. Isso é tudo que necessito, para estabelecer esta base esta manhã. Agora nós lemos o 20…o capítulo 23, o versículo 33 do capítulo 23.
E, quando…chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.
66 Agora eu desejo tomar quatro palavras dali, dessa leitura, para basear o que eu quero dizer, “ali eles O crucificaram”, quatro palavras. E agora meu tema é chamado… Eu – eu estou trazendo uma acusação às igrejas denominacionais deste dia, e também muitos dos independentes, por estarem crucificando a Jesus Cristo novamente neste dia. Acusando-os! Esta manhã, é chamada: A Acusação.
67 Eu quero mais ou menos usar isto mais como se fosse uma sala de um tribunal, onde houvesse… E afinal de contas, o púlpito e a igreja são um tribunal. A Bíblia diz: “É um lugar de julgamento, que – que deve começar na casa do Senhor”. E isto é como o – o trono e o – e o júri, e as testemunhas, e assim por diante. E tenho, hoje, por minha testemunha, é a Palavra de Deus.
68 E minha acusação é contra as igrejas de hoje. Agora eu – eu não estou trazendo o pecador a isto. Eu estou falando isto à igreja. E isto é – isto estará na – na – nas fitas agora, e eu – eu procurarei terminar o mais rápido que eu puder. Eu condeno esta geração pela segunda crucificação de Jesus Cristo.
69 E agora para fazer isto nesta era em que vivemos, eu – eu faço isto, eu devo mostrar uma evidência. Se eu tenho de trazer uma acusação, tem de se mostrar uma evidência da ofensa criminal que foi praticada. Eu – eu tenho, para acusa-los, eu – eu tenho que trazer a – a evidência para provar isto, que isto é, que o que eu estou dizendo se encontrará ante o Juiz principal. O qual, e eu tomo a mim mesmo como um advogado para… nesta acusação. Que, a Palavra de Deus, sendo minha testemunha, eu acuso esta geração pela crucificação.
70 Eu devo mostrar, e mostrarei, que o mesmo espírito que trouxe a primeira crucificação está sobre as pessoas hoje, e fazendo a mesma coisa. Eu – eu devo fazer isto, se houver uma crucificação, que eles tem crucificado. Eu devo mostrar às – às pessoas que a mesma atitude nas pessoas hoje está fazendo a mesma coisa, espiritualmente, que fizeram fisicamente naquele tempo. Crucificaram, fisicamente, a Jesus Cristo, o Filho de Deus. E agora, hoje, pela mesma Palavra, e pelo – pelo mesmo Espírito Santo e a mesma Palavra, eu – eu desejo mostrar às igrejas ali – ali onde elas estão, que elas estão fazendo a mesma coisa hoje, e a Bíblia diz que elas fariam isto, e prova que este é o dia no qual estamos vivendo.
71 Isto não podia ter sido feito há alguns anos atrás. Eu diria, há cinqüenta anos atrás isto não podia ser feito, mas hoje isto é muito oportuno. E isto não podia ter sido feito, talvez, dez anos atrás, mas isto pode ser feito hoje porque o – o tempo está esgotado. Nós estamos – nós estamos no tempo final. E eu creio, como Seu servo, que nós estamos – nós estamos prestes a cruzar desta terra, à Outra.
72 Portanto, o tempo para arrependimento, para uma nação, se esgotou. Eu creio que esta nação não pode se arrepender. Eu creio que ela tem atravessado a linha entre a misericórdia e o julgamento. Eu creio que ela está oscilando na balança.
73 “Irmão Branham, antes que comece seu argumento, como o irmão vai provar isso?”
74 Só isto, que nós somos culpados dos mesmos pecados pelos quais Deus destruiu o mundo, no mundo antediluviano. Nós somos culpados dos mesmos pecados pelos quais Ele destruiu o mundo em Sodoma e Gomorra. E, agora, e nós temos toda a mesma evidência espiritual situada aqui ante nós, toda a mesma evidência espiritual, conhecida como mundo inteiro, que trouxe as misericórdias de Deus sobre aquelas gerações. Que, também, ao rejeitar, trouxe juízo. Então se esta geração tem rejeitado a mesma misericórdia que foi desprezada naqueles dias, Deus seria injusto ao deixa-los passar sem juízo.
75 Como Jack Moore, um amigo meu, uma vez disse: “Se esta nação conseguir passar sem uma punição de Deus, então Deus seria obrigado a ressuscitar Sodoma e Gomorra e pedir desculpas por havê-las queimado”.
76 Agora, nós sabemos que espiritualmente estão fazendo a mesma coisa hoje, pois estão fazendo isto, pelo mesmo propósito, e na mesma maneira que eles fizeram na crucificação do Senhor, fisicamente. Eles estão fazendo isto por causa da inveja, por causa da cegueira espiritual. Tanto que, eles não desejam ver. Eles não querem ouvi-La.
77 Jesus, em Sua jornada aqui na terra, Ele disse: “Bem falou Isaías de vós, ‘Tem olhos e não podem ver, e ouvidos e não podem ouvir’”. Estão vendo?
78 A mesma razão, a mesma. O mesmo propósito e os mesmos arrazoamentos, eles estão trazendo a crucificação de Cristo de novo, novamente, (chegaremos a isto dentro de um momento), pelas mesmas razoes que se fez naquela época.
79 Eles não podem encontrar nada contra Isto. Eles não arriscam desafia-La. E eles sabem que a evidência está ali. E eles sabem que a Bíblia diz isso. E a única coisa que eles podem fazer é blasfema-La. É exatamente isso. Assim, e tudo isto, as mesmas razões.
80 E agora, sobre esta base, eu desafio esta geração da crucificação de Jesus Cristo; por uma crucificação, e culpada; com mãos denominacionais sujas, iníquas, egoístas, tem crucificado o Príncipe da Vida que quis apresentar-Se ao povo.
Você diz: “A mesma Pessoa?”
81 “No princípio era a Palavra, e a Palavra era Deus. E a Palavra Se fez carne, e manifestou a Si mesma”. A Palavra foi manifestada em carne, e eles condenaram a carne e A mataram, porque a Palavra foi manifestada. Hebreus 13:8, diz: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. É a mesma Palavra. Estão vendo? E, pela mesma razão, eles estão tratando de crucificar a Palavra.
82 Agora, para meu texto, para fundamentar o assunto que eu quero tomar ali, as quatro palavras. Expliquemos, “ali”, “Ali”, a cidade mais santa do mundo, Jerusalém. “Ali”, a cidade mais religiosa do mundo. Ali, “eles”, o povo mais religioso do mundo, numa festa religiosa, a festa da Páscoa. “Ali”, o lugar mais religioso, a cidade mais religiosa, a – a maior de todas as organizações, a cabeça de tudo isso. Ali, “eles”, o povo mais religioso em todo o mundo, havia se reunido de todo o mundo. Eles “crucificaram”, a mais vergonhosa morte que podia haver, matar, uma pessoa podia ser morta; nua, tiraram as roupas Dele. “Ele – Ele desprezou o opróbrio”. Eles… O crucifixo tem um – um – um trapo em volta Dele; porém eles O despiram de Suas roupas. A mais vergonhosa!
83 “Ali”, a cidade mais religiosa, “eles”, o povo mais religioso, “crucificaram”, a mais vergonhosa morte, “a Ele”, a Pessoa mais preciosa. Se isto não é suficiente para condenar esta geração!
84 “Ali”, a organização mais religiosa, a maior de todas as igrejas se reuniu num lugar. “Eles”, a gente mais religiosa de todas as raças, o povo que supunha-se ser os verdadeiros adoradores de Deus. Eles se reuniram na festa santa mais grandiosa que eles tinham, a purificação da… a Páscoa, quando eles foram trazidos da escravidão à liberdade. E “ali” naquela ocasião, “eles” naquela ocasião, o povo mais religioso, na festa mais religiosa, no lugar mais religioso, trouxe sobre o Príncipe da Vida a mais vergonhosa coisa que podia ser feita, despir um Homem e pendura-Lo no madeiro. Porque: “Maldito é aquele”, dizia a lei pela qual eles adoravam, “maldito é aquele que for pendurado no madeiro”. “E Ele foi feito uma maldição por nós”. Tirando Suas roupas, batendo Nele, e zombando Dele, o próprio Deus do Céu; tirando Suas roupas Dele, e O cravaram na cruz. Ele! “Ali eles O crucificaram”, sob o castigo capital romano.
85 A morte mais vergonhosa hoje não seria tiro. A morte mais vergonhosa hoje não seria ser atropelado e morto por um carro, afogado pela água, queimado pelo fogo. Mas a mais vergonhosa morte hoje é o castigo capital público, onde todo o mundo o condena e o chama de culpado.
86 E o mundo inteiro colocou suas mãos sobre este Homem e O chamou culpado, quando Ele era inocente. E Ele morreu devido ao inimigo, (não Seus amigos, não Suas leis), mas devido à crucificação do inimigo. O Príncipe da Vida, a mais preciosa Pessoa que já viveu, ou que alguma vez viverá, Jesus Cristo. “Ele”, a mais preciosa Pessoa! Mantenha isso na mente agora enquanto estruturamos essa base hoje.
87 Poderia você imaginar, num lugar como Jerusalém, onde por dois mil e quinhentos anos, ou mais, que as pessoas… ou centenas de anos. Pode ser que eu prolongue um pouco isso. Pode ter sido cerca de oitocentos ou novecentos anos, ou alguma coisa assim. Eu não sei justamente como, que distância, do tempo que Salomão construiu o templo. Eu imagino, cerca de oitocentos anos, algo assim.
88 E eles tinham esperado o Messias que viria. Eles tinham se reunido ali para a adoração da Páscoa. Simplesmente pense nisto agora! O cabeça de todos dos fariseus, saduceus, e não sei que mais, num grande ajuntamento, para adorar a Deus. O lugar mais santo, Jerusalém, o templo do Senhor, e o povo do Senhor, tomaram o Senhor, Ele mesmo, e O crucificaram, com pena capital. Que coisa!
89 Agora, aquelas quatro palavras, elas: “Ali eles O crucificaram”. Agora, você continua a apontar a Bíblia condensa Suas Verdades.
90 Agora, eu, eu tenho que rodear, explicar sobre o que eu estou falando, mas a Bíblia não tem que explicar nada. Ela simplesmente é toda Verdade, então a – a – a Bíblia não tem que explicar nada. Ela – Ela não tem que explicar, porque Ela é toda a Verdade.
91 Aqui estão quatro palavras de Sua grande corrente de Verdades. Eu tratarei de explicar isto. E tratar de explica-La, claramente, faria uma biblioteca. Não há maneira para eu explicar aquelas quatro palavras. Porém agora vamos, pela ajuda Dele Que fez com que Ela fosse escrita, tentar explicar estas quatro palavras, trazer de tal maneira que as pessoas entendessem.
92 O que nós temos ante nós agora, nós temos a primeira crucificação que está ante nós; no mais santo lugar, o mais religioso povo, a mais vergonhosa morte, para a mais preciosa Pessoa. Oh, isto é tão contraditório. Oh, mas que coisa, é vergonhoso!
93 Agora tomemos, primeiro, a primeira palavra, “ali”. Vamos falar sobre ela por uns minutos antes de trazermos a acusação. Nós detalharemos isto e mostraremos a vocês o que eles estavam fazendo, então encontraremos se minha acusação é correta ou não. “Ali”, Jerusalém, mais santo e ingênuo lugar, pois o templo estava ali; o mais santo lugar, porque, ele, o templo, estava lá. E os judeus de todo o mundo reuniam neste lugar, um local de reunião para adorar. O mais… lugar mais grandioso para adorar que existia, era em Jerusalém. O templo estava lá. Ou seja, “Está escrito: ‘Todo homem devia adorar em Jerusalém’”, correto, porque este é um centro de adoração.
94 E hoje você os ouve, um deles deseja dizer, eles: “Oh, venhamos a estas grandes convenções”, onde estas denominações tem. E – e então nós temos a – a abertura da… na Cidade do Vaticano, e – e estas ordenações de papas, e assim por diante. Eles, todos dizem: “Todos nós deveríamos ir aos acampamentos dos metodistas, ou a – a convenção bíblica batista”. Ou – ou “Todos nós deveríamos ir a – a convenção bíblica está o grande centro”, eles chamam, “do cristianismo”.
95 Durante o tempo da última guerra, quando Roma caiu, aqueles soldados alemães… Muitos de vocês, rapazes, sabem disto. Aqueles soldados alemães retornaram à Cidade do Vaticano ali, e atirando nos americanos enquanto avançavam. O Irmão Funk, e o Irmão Roberson, e muitos, e o Irmão Beeler, e muitos daqueles irmãos que estavam na guerra, sabem. E vocês sabem de uma coisa? Nós emitimos ordens que eles não podiam disparar naquela cidade. Americanos, vocês parados lá, e eram um alvo para eles. Mas no West-… no Westminster Abbey na… na Inglaterra, podia-se atirar nele, sem dúvida; que é onde os protestantes se reuniam. Então estava bem atirar nisso, mas não atirar no Vaticano. Porque, como o Presidente Rossevelt… Eu ouvi seu pronunciamento quando ele – quando ele transmitiu naquela noite, o chamou de “Uma Conversa em Torno da Lareira”. Ele disse: “Quando Roma caiu”, ele disse, “foi uma pena, porque Roma é a cabeça do cristianismo todo”. Poderia você imaginar um protestante dizendo isso?
96 Então o grande centro da religião cristã, bem, nós vamos – nós vamos situar isso com Jerusalém, se vocês desejarem. Se vocês gostariam de fazer isso, vamos colocar isso em Jerusalém. A cabeça de todas essas outras, o – o – o sinédrio, e – e dos fariseus, e dos saduceus, todos eles foram a Jerusalém. Aquela era, na realidade, a sede.
97 E na vida organizacional, você tem que admitir que a igreja católica romana é a mãe de todas elas. Ela certamente é. E isto começou no Pentecostes. É para aí onde eles foram quando se organizaram. Agora nós, os protestantes, somos simplesmente irmãzinhas que saímos daquela igreja. E agora vamos dizer que estaria ali no Vaticano, hoje.
98 Ou, ali em Jerusalém, como foi naquele dia: “Quando todos os homens deviam vir a Jerusalém para trabalhar… adorar”. Por que fizeram isto nos dias de – de Jesus? Por que eles disseram que todos os homens deviam adorar em Jerusalém? Porque, há um único lugar que Deus terá companheirismo com o homem, que é sob o sangue do sacrifício. Esta é a razão pela qual eles tinham que vir a Jerusalém.
99 Deus nunca Se encontrará com o homem em nenhuma outra parte senão sob o Sangue. Quando você rejeita o Sangue, então seu lugar de encontro com Deus tem sido tirado. Deus fez Sua primeira decisão no jardim do Éden, aquele homem unicamente O adoraria sob o sangue derramado do sacrifício. E esse era o único lugar que Deus Se encontrava com o homem naquele tempo, e esse é o único lugar que Deus sempre Se encontrou com o homem.
100 E este é o único lugar onde Ele Se encontra com o homem hoje, é sob o Sangue derramado do Sacrifício. Está vendo? Não me importa se você é um metodista, batista, presbiteriano; se você pode esquecer suas diferenças, católico romano, o que for que você possa ser, e vir sob o Sangue derramado, Deus Se encontrará conosco aí. É aí onde podemos nos encontrar e ter companheirismo sobre o mesmo fundamento. Mas, do contrário, Ele não Se encontrará só porque você é um metodista; Ele não Se encontrará só porque vocês são pentecostais. Ele Se encontrará com você sob uma única condição, que é, sob o Sangue derramado, quando seus pecados tem sido confessados e banidos em Sua Presença, então, pelo Sangue. E o Sangue está sempre ante Ele, e portanto Ele só pode vê-lo através daquele Sangue derramado. E você é branco como a neve, veja, quando você tem confessado seus pecados. De outro modo, você não está ali, você não pode ter comunhão.
101 Esta é a razão pela qual você não vê coisas acontecendo nas igrejas. Eles confessam que crêem no Sangue, mas rejeitam ao próprio plano para chegar ao Sangue; a Palavra. Está vendo? Há uma única maneira que Deus honrará esta Palavra. Você nunca honrará esta Palavra, vindo e dizendo: “Eu sou um católico romano. Eu ordeno que isto seja feito”. Você não pode fazer isto. Metodista, batista, ou pentecostais, vocês não podem fazer isto.
102 A única maneira pela qual você pode fazer isto é sob as misericórdias de Deus, por Sua graça, é vir através do Sangue derramado de Jesus Cristo, dizer: “Senhor, eu declaro posse da promessa”. Está vendo? E então se você realmente está sob esse Sangue, Deus está obrigado a cumprir essa Palavra. Mas, primeiro, você tem que estar sob o Sangue. Vê você isto agora? [A congregação diz: “Amém” – Ed.]
103 Não é de se admirar que não possam crer em milagres. Não é de se admirar que não se possa crer no sobrenatural. Não é de se admirar que condenem isso. A mesma razão que eles condenaram isso lá no passado, é a mesma razão pela qual eles condenam isso hoje. Eles são culpados, tão culpados quanto possam ser. Porque, só sob o Sangue derramado!
104 E aqueles que ousem, algum irmãozinho que ouse, humildemente, tomar Deus em Sua Palavra, e caminhar para ali fora e confessar seus pecados, e esquecer todos aqueles dogmas e coisas, e para ali sob o Sangue e crer Nele, então querem chamá-lo de “fanático”. Eles desejavam classifica-lo um… como nós diríamos isso, não é uma boa palavra para usarmos no púlpito, mas para que vocês entendam, ele é um “sujeito esquisito”.
105 Afinal de contas, não somos todos nós pessoas esquisitas? Vêem, o crente é um sujeito esquisito para o incrédulo, e o incrédulo é um sujeito esquisito para o crente, sendo assim quem é o esquisito? Estão vendo? O fazendeiro é uma pessoa esquisita para o homem de negócios; o homem de negócios é uma pessoa esquisita para o fazendeiro, vejam, então de todos os modos, quem é ele?
106 Eu lhes digo, salvação é um assunto individual com o homem e Deus, só, um individuo, “buscando nossa própria salvação com temor e tremor”. E eu não conheço nenhuma outra base, como um mestre, nesta manhã, ou como um ministro de Cristo, que não seja estabelece-la sobre a Palavra. Eu não posso coloca-la sobre nada mais.
107 Agora, nós encontramos ali, então, que só sob o sangue, que Deus Se encontrava com o adorador, assim sendo eles se reuniam em Jerusalém.
108 E Cristo é o Cordeiro de Deus provido par ao Sacrifício. E hoje só há um lugar onde Deus Se encontrará com o homem, e é sob o Sangue de Jesus Cristo. Qualquer outro lugar, está condenado; Deus nunca o ouvirá. Você pode produzir toda classe de emoções, e toda classe de ismos, e agitar, e pular, e ter sangue e fogo e fumo, e tudo mais; mas desde que aquela vida não esteja comparada com a Palavra, e Deus completamente identificando aquela vida, então não precisa tentar, porque você está fora. E Deus nunca Se encontrará com você até que isso venha sob a proteção daquele Sangue. Isto é certo.
109 Portanto, veja você, na Escritura, nós temos uma Jerusalém, a Igreja tem; ela está no Céu, uma Jerusalém Celestial, onde Deus é Deus. E, hoje, ela não está sob algum credo ou alguma coisa, que tratamos faze-la uma Jerusalém. Nós gostaríamos, os metodistas, gostariam, agora, gostariam de fazer a – a sede metodista em Jerusalém. A católica gostaria de fazer em Roma. E – e os diferentes lugares onde nós temos nossas sedes, nós gostaríamos de fazer essa nossa… uma Jerusalém. Mas a Bíblia diz que “Nossa Jerusalém é de Cima, a qual é mãe de todos os crentes”.
110 Agora, e Cristo é o Cordeiro provido de Deus. Observem quão apropriado isto foi agora, mostrando que esta Jerusalém estava cessando. Quando? Ela estava em efeito até aquela hora. O sangue do cordeiro era tudo até aquele dia, mas agora na crucificação isto muda. O velho sistema se foi. Havia um novo, e o – o Cordeiro estava ao Sacrifício O Cordeiro, o Cordeiro sacrifical, estava sobre a terra. Eles estavam condenando e fazendo a própria coisa ali que eles tinham que fazer. Isto é certo.
111 Deus seja louvado, por ver estas maravilhosa Luz Celestial neste último dia! Porque, as igrejas estão fazendo a mesma coisa hoje. Até a hora em que a organização religiosa é condenada e é provado estar sacrificando a Palavra de Cristo, daí então vem a Palavra, e somente a Palavra. Daí, o velho cordeiro pascoal passou e Cristo Se tornou nosso Cordeiro, no dia da crucificação. E no dia que a denominação crucificou a Palavra de Deus e aceitou um credo em lugar da Palavra, esse é o dia em que a Palavra veio a pleno efeito. Isso tem sido recentemente.
112 Observem, em segundo lugar. Primeiro, “ali”, Jerusalém. Em segundo lugar, “eles”, eles, (quem?) os judeus, os adoradores. Pense nisto! Os próprios adoradores estavam matando o Próprio que eles alegavam estar adorando. Poderia você imaginar tal coisa, como homens inteligentes que eram sacerdotes, que eram treinados, que tinham graus de doutores até ao ponto que provavelmente… Eles, eles tinham que proceder de uma certa geração antes que eles… ou – ou uma tribo, antes mesmo que eles pudessem ser um sacerdote. Eles tinham que ser levitas. Seus pais eram sacerdotes. Seus avôs eram sacerdotes. Os pais dos pais dos pais dos pais dos pais dos avôs deles eram sacerdotes. E eles tinham que viver uma vida tão consagrada, até ao ponto que um jota contra eles, eles seriam apedrejados. Nenhuma misericórdia era concedida. Santos? Certamente, mas uma santidade fabricada. Tinham que agir assim para mostrar sua face para sua igreja. “Dentro deles”, Jesus disse, “vocês estão cheios de ossos de homens mortos”.
113 Como eu poderia trazer uma acusação exatamente nesse ponto! E o homem que sabe que Isso é a Verdade, que esta Palavra é a Verdade, e A compromete, para mostrar uma face ante alguma organização, hã-hã, eu tenho o direito de acusa-los, exatamente, sobre a Palavra de Deus.
114 Observem, “eles”, os adoradores, o homem que tinha esperado a promessa, o homem que tinha esperado isto, através de anos e eras, e sem nada para fazer senão naquele constante seminário. Porém eles tinham a Palavra de acordo com o ensinamento do seminário, e confundiram a própria Verdade Dela. “Eles”, os sacerdotes, o ministério daquele dia! “Ali”, em sua sede, “eles”, o ministério daquele dia, estava matando o próprio Deus, o próprio Cordeiro. O Próprio que eles alegavam estar adorando, eles estavam matando.
115 E, hoje, eu acuso este bando de ministros ordenados; em seus credos e denominações, eles estão crucificando, ao povo, o próprio Deus que eles alegam que amam e servem. Eu acuso estes ministros, no Nome do Senhor Jesus, em suas doutrinas, que alegam que “os dias dos milagres passaram”, e que “o batismo em água no Nome de Jesus Cristo não é suficiente e não é correto”. Sobre quaisquer destas Palavras, que eles tem substituído por credos, eu os acuso, como culpados, e o Sangue de Jesus Cristo sobre suas mãos, por crucificarem novamente o Senhor Jesus, a segunda vez. Eles estão crucificando a Cristo, ao público, tirando deles a coisa que tinham obrigação de estar-lhes dando. E eles substituíram alguma outra coisa em Seu lugar; um credo de igreja, pela popularidade.
116 Ali, eles, “eles”, aqueles que deviam saber que não estavam agindo certo. Se alguém deveria saber que não estava agindo certo, deveria ter sido aqueles ministros. Se alguém deve saber que está agindo errado, deve ser o clérigo deste dia. Se alguém devia saber, os – os – os bispos, e arcebispos, e – e ministros, e doutores de divindade, deviam saber a maneira certa de agir. Mas por que não podem eles? Oh! Que contradição! Que temos ante nós aqui senão uma – uma contradição! Eles alegam que adoram a Deus, e eles estão matando o Príncipe da Vida. Eles “ali eles O crucificam”, e aqui eles novamente fazem a mesma coisa, pois Ele é a Palavra.
117 Isto é o que Ele é, somente um reflexo da Palavra. E isso é o que Ele é hoje, um reflexo da Palavra, tratando de encontrar alguém através de quem Ele possa refletir-Se.
118 E essa gente mantém a congregação distante de Deus. E – e se há algum acontecimento, e isto é falado na congregação, eles condenam isto da plataforma, do púlpito, e dizem: “Isto é fanatismo. Mantenham-se longe disso!” Ao fazerem assim, eles crucificam a Jesus Cristo em 1963, e são simplesmente tão culpados quanto aqueles indivíduos na – naquele dia. Essa é uma declaração terrível, mas é a verdade. Sobre… Isso é exatamente o que eles fazem hoje.
119 E sobre este fundamento, sobre o fundamento da crucificação de Cristo, sobre os fundamento de tomar a Palavra e distancia-La do povo; é exatamente o que eles estavam fazendo lá. A própria Palavra que Deus estava refletindo através de Seu Próprio Filho, para provar que Ela era, e Aquele que eles alegavam que amavam, e Jeová que havia manifestado a Si mesmo pelas Escrituras, fez exatamente o que Ele disse que Ele faria, exatamente o que Deus disse que Ele faria, e refletiu Isto ante eles. Por causa do amor de seus grupos de igrejas, e coisas assim, eles condenaram o Príncipe da Vida.
120 E eu condeno o mesmo grupo hoje, e os acuso, como culpados diante de Deus, pela Palavra de Deus, que eles estão fazendo a mesma coisa. Esta geração está acusada. Recordem Hebreus 13:8: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”.
121 Como eles O acusaram? Porque seus credos não O aceitavam, e no fundo do coração eles sabiam da realidade. Nicodemos, no capítulo 3 de São João, não expressou bem isto? “Rabi, nós, os fariseus”, os pregadores, os ensinadores, “nós sabemos que Tu és um mestre enviado de Deus, pois nenhum homem poderia fazer as coisas que Tu fazes a menos que Deus fosse com ele”. Estão vendo? Eles publicamente testemunharam isto através de um de seus homens de renome, e afligiram… por causa de seus credos, eles crucificaram a Cristo.
122 E hoje não há um leitor que não possa ler Atos 2:38 da mesma forma que eu posso ler Isto, e o resto Dela, simplesmente da mesma forma como eu A leio. Porém por causa de seus credos, e por causa de seus tíquetes denominacionais que eles tem em seu bolso, as marcas da besta que eles portam como cartão de companheirismo; e, e tomando essas coisas, eles crucificam para si mesmos a Jesus Cristo novamente, e O crucificam ante o público, e blasfemam o próprio Deus que prometeu fazer Isto, trazendo condenação sobre a raça.
123 Agora, ali, “eles”, não o pecador. “Eles”, ou seja, a igreja daquele dia, eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. É isto certo? Eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. Agora põem-se defeito na Palavra operando através do homem. Vêem, eles simplesmente invertem isto. Coisa que, está na pessoa, Isto, o Espírito Santo que está operando, é a vindicação de Deus.
124 Como eles souberam que Ele era Cristo? Porque Suas obras provaram que Ele era. Ele disse: “Qual dentre vós pode Me acusar de pecado? Se eu não faço exatamente o que a Escritura diz que Eu faria! E qual… Alguém Me diga onde Eu falhei em algum ponto, se Eu não mostrei todo sinal que Eu sou o Messias, que Eu sou o Próprio que prometestes”.
Disseram, eles disseram: “Bem, nós temos Moisés. Nós cremos em Moisés”.
125 Disse: “Se vocês tivessem crido em Moisés, creriam em Mim. Se vocês… Moisés viu Meu dia e desejou viver neste dia. Moisés viu de longe, e os profetas. E aqui estão vocês, vivendo bem perto Dele, e condenam”. Disse: “Hipócritas”, disse, “vocês podem discernir a face dos céus, mas o sinal do tempo vocês não podem discernir”.
126 Aí está, o sinal do tempo. de que O classificaram? “Um fanático, um homem louco”. Sim, eles punham defeito no Homem o Qual era a Palavra.
127 Ele era a Palavra. São João, capítulo 1, prova isto: “No princípio era o Verbo, e o Verbo era Deus. E o Verbo Se fez carne, e habitou entre nós”. Ele era a Palavra viva de Deus, porque Ele estava expressando Deus através de Si mesmo. Ele estava completamente rendido à – à Palavra de Deus, até ao ponto que Ele e a Palavra eram o mesmo. E isto é exatamente o que a Igreja devia ser hoje, pois a Palavra de Deus é a mesma.
128 Como pode você ser parte dessa Palavra quando você praticamente nega toda Ela? E a razão pela qual isto é feito, não é por causa das pessoas; esta é a razão pela qual eu penso que Deus falou comigo a respeito de chamar Sua gente de “Rickys” e “Rickettas”. É por causa dessas denominações egoístas, que tem essas pessoas vivendo ali fora da maneira que elas estão vivendo. Eles tem crucificado a Verdade. E as pessoas chamam Isto de blasfêmia, e eles O fazem uma blasfêmia, melhor dizendo. Eles chamam Isto de fanatismo, e assim por diante, e não sabendo que eles estão blasfemando o próprio Deus ao qual eles vão à igreja para servir.
129 Portanto, eu acuso este grupo de clérigo hoje. Eu acuso esta geração no Nome de Jesus Cristo, sob a autoridade da Palavra de Deus. Vocês O estão crucificando novamente.
130 Notem: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”, a Palavra de Deus vindicada num homem.
131 Comparem os dois Calvários e a acusação deles. Recordem: “Porque Ele se fez Deus, nós não admitiremos este Homem nos governar”. Qual foi a acusação que eles puderam encontrar, no concílio naquela manhã, quando eles crucificaram a Jesus? Que “Ele Se fez Deus”. Ele era Deus. “E Ele violou o sábado”. E Ele era o Senhor do sábado. Eles O condenaram porque Ele Se fez Deus. “Tu não tens o direito de fazer isto. Tu não tens o direito. Nossos sumos sacerdotes, se for para algo vir, virá através de nossos sacerdotes”. Agora compare isso com o Calvário hoje.
132 Quando, Deus, assim aprouve ao Pai, Deus o Espírito, levantar Seu Próprio Filho; fez sombra sobre Maria, pelo Espírito Santo, e trouxe um corpo que Lhe serviria e serviria Seu propósito para Ele. “O Deus estava em Cristo, a plenitude da Divindade corporalmente, Nele”, refletindo o que Deus era, para o povo, fazendo o – fazendo o mundo todo saber o que Deus desejava que cada indivíduo fosse: um filho, e filha. Ele tomou um homem e fez isto. E por causa Dele não se unir com suas classes organizacionais, eles O condenaram e O crucificaram.
133 Agora compare esse Calvário com hoje. [Espaço em branco na fita – Ed.] Por causa do preconceito organizacional, por causa da indiferença entre eruditos que deviam conhecer a Palavra de Deus e o plano; por causa disto, Deus pode tomar um grupinho de pessoas através das quais Ele possa operar, em alguma parte, e refletir a Si mesmo, que se humilhem à Palavra. E eles não podem dizer que isso não é assim.
134 Eles não podiam dizer que Ele não fez isso, pois suas congregações eram testemunhas disso. Aquilo estava ante eles. Eles não podiam negar. Eles não podiam negar Suas alegações porque, a própria Palavra que eles diziam que criam, era Quem tinha provado que Ele era. Porque, Deus tomou a Palavra que devia ser o Messias e A mostrou através de um Homem, e eles tinham que se livrar Dele. Esta é a única maneira que eles podiam prosseguir, era livrar-se do Messias. E eles fizeram isto por cegueira e ignorância, apesar de sua educação. Eles eram espertos, inteligentes, terrenamente falando.
135 Como nós comparamos outra noite, quando a Luz atingiu o jovem rico governante, vejam o que ele fez. Ele rejeitou; um homem inteligente. Paulo, outro homem inteligente, a Luz o atingiu. O que ele fez? Ele A aceitou. Ele esqueceu, tudo que ele já sabia, para que ele pudesse conhecer a Cristo. Isso fez sua vida digna do Evangelho. (Mensagem do último domingo à noite).
136 Aí está hoje. Isto atinge talvez algum homenzinho, que se foi, teve uma chamada de Deus, ele sentou, foi para algum seminário e aprendeu certo credo. Ele deve viver por aquele credo ou entregar seu cartão de companheirismo. Se ele o faz, está marcado, ninguém mais o aceita, porque uma vez ele pertenceu a alguma outra coisa e agora ele não pertence a isto. Eles imaginam que há algo errado com aquele homem, e eles não o aceitam em sua congregação. Quando, a congregação só está buscando um sinal, isto é, se ele crê no que eles crêem.
137 Se ele tem um cartão, se ele é um metodista, se ele tem um cartão… ele pertence a outro companheirismo, ou um unicista, ou um trinitário, ou seja lá o que possa ser, igreja de Deus, ou da classe pentecostal, e a todas aquelas classes. Se ele porta um cartão, eles sentem que a sede o tem observado, e testado sua mente, e lhe aplicaram um teste psiquiátrico, e viram que seu QI é suficiente elevado para que ele pudesse falar ante eles. Se não, eles o rejeitam. Isto é certo.
138 Mas, veja você, a congregação devia estar observando a mão do Senhor, ver se Deus tem lhe dado sua ordenação ou não. É para isso que nós devíamos estar olhando. Porém hoje eles crucificam o – o – o Filho de Deus novamente. Quando, um homem é capacitado, pela graça de Deus, é chamado de Deus, para deixar Deus Se refletir através dele. “!As obras que Eu faço vós também as fareis”, Ele disse. Observem em que dia estamos vivendo!
139 Eles, eles tomam, eles – eles tomam o – o mesmo Calvário, nós podemos esta manhã, e a mesma razão. Agora, eles sabiam que era Verdade; mas por causa da inveja, preconceito. O que Jesus disse a eles? “Se eu expulso demônios pelo dedo de Deus, então por quem – por quem vocês os expulsam? Deixe-os ser seu juiz, vejam, se eu pelo dedo de Deus expulso demônios”.
140 Agora, simplesmente como você os ouve dizer: “Pode você provar que é o dedo de Deus?” Eu gostaria de ver, eu gostaria de ouvir essa pergunta ser feita a Ele. Eles eram espertos demais para fazerem isso.
141 Observem: “Porque Ele Se fez Deus”, e Ele era Deus. “E nós não admitiremos que Ele nos governe”.
142 Porém agora a mesma coisa, o mesmo velho clamor vem outra vez: “Essa Bíblia foi escrita pelo homem”, eles dizem. “Nós não temos que viver de acordo com Isso”. Isso é Deus… Isso é a Palavra de Deus. Isso é Deus, Ele mesmo.
Eu estava falando a um homem ontem, disse: “Bem, pode ser que algum homem tenha escrito essa Bíblia”.
Eu disse: “Sim, houve. Seu Nome, nós O conhecemos como sendo Deus”.
143 Ela foi escrita em um espaço de tempo de quase quatro mil anos, as Escrituras, desde Jó, até ao Novo Testamento, e escrita por centenas por – por… e centenas de anos de distância; e foi escrita por diferentes homens, e não conhecendo eles um ao outro, em diferentes partes do país, e nenhuma Palavra Dela condena a outra. Eu desafio a qualquer promessa Ali! Deus está obrigado a cuidar Dela.
144 Mas eles não fazem isto. Eles vem, dizem: “Ó Senhor, eu desejo fazer algo. Dá-me um grande dom. aleluia, Senhor! Glória a Deus, eu creio que o tenho. Aleluia!” Isto nunca funcionará. Você pode trazer um monte de psicologia, mas isto não funcionará.
145 Deus tem que reconhecer aquele arrependimento. Deus tem que fazer isso. Nós poderíamos dizer muito quanto a esse tocante, mas eu espero que vocês estejam – vocês estejam entendendo.
146 Olhem, mas agora eles não admitem a Palavra ter controle sobre eles. Eu digo: “Cada um de vocês retorne. Vocês estão batizados errado. Vocês foram batizados na igreja católica”.
147 “Quem é você para nos dizer isso?” Não sou eu; é a Palavra. “Porém eu lhe digo, nós – nós cremos…” Não me importa o que você creia; é o que a Bíblia diz. “Mas nós não temos que viver de acordo com Isso”.
148 Você faça isto, ou você está só o julgamento desta Bíblia. Pois: “Quem quer que tirar uma Palavra Dela, ou acrescentar uma a Ela, o mesmo será tirado, a parte, do Livro da Vida”, seja ele ministro, clérigo, ou quem quer que seja. Você tem que vir sob o controle desta Palavra, pois Ela é Deus. A Bíblia diz que Ela é Deus.
149 “Nós não admitiremos que Ela nos governe”. Eles tomam seus credos, e denominações, e suas – suas coisinhas triviais nas quais crêem, e que tem sido adotadas por concílios de homem, e tomam isto ao invés da Palavra de Deus.
150 O que eles fizeram? Eles tomaram a Barrabás, um assassino, ao invés do Filho de Deus, no dia da primeira crucificação.
151 E hoje eles estão tomando a palavra de algum homem, a qual é uma mentira e o caminho da morte, e recusando tomar o caminho de Vida, a Palavra de Deus. Eu condeno esta geração, acuso-a, na Palavra do Senhor, porque eles estão errados. Eles são culpados da crucificação, ou de tentar crucificar o Espírito.
152 Eles pedem um reavivamento, por todas as partes. Como você vai ter um reavivamento quando a Própria Palavra não pode operar através das pessoas? Eu gostaria que alguém me respondesse isto. Como pode ser, quando vocês negam o próprio Reavivamento em Si? Bem falou o profeta deles, “formas de piedade”. Suas próprias formas, no passado, negaram a Palavra de Vida. Suas próprias formas, hoje, negam as coisas que podem lhes trazer um reavivamento; seus credos e formas. Sim, senhor.
153 Eles tomam as denominações e seus credos invés da – da Palavra, e isso crucifica a Sua Palavra e toma Sua Palavra sem efeito para o povo. Quando eles vêem a Palavra de Deus tão vivamente e simplesmente identifica a Si mesma, que Deus fez a promessa que Ele faria isto, e aqui está Ele fazendo, e eles A criticam e se afastam Dela, é blasfêmia. E eles tratam de crucificar a Própria Palavra.
154 Por que eles A crucificam? Eles não podem crucificar a Palavra mais do que eles puderam crucificar a Deus. Eles puderam crucificar a Deus. Eles puderam crucificar o corpo que continha Deus, o Filho de Deus. Eles puderam crucificar aquilo, porém eles não puderam crucificar a Deus. Ele tinha que ser, naquele tempo, por ser o Sacrifício, para trazer muitos filhos que estão predestinados para a Vida Eterna. Eles tinham que fazer aquilo então, mas eles não podem fazer isto agora. eles não podem fazer isto, pois a Palavra, em Si mesma, continuará a viver. Mas eles…
155 “Que fazem eles? Como procedem eles? Que está o senhor dizendo então, pregador? Como que o senhor está estabelecendo sua plataforma aqui, de que O crucificam, então?”
156 Eles estão crucificando os efeitos do Evangelho sobre o povo através de seus credos. Esta é a crucificação. É aí onde o povo se aloja nestes grandes necrotérios, chamados igrejas, denominações, e traçam uma linha de credo, e isso tinha… A Palavra de Deus não pode ter nenhum efeito sobre eles, porque eles – eles condenam a própria coisa que Cristo diz que aconteceria. Ela não vem de acordo com seu credo.
157 E nem Jesus veio de acordo com o entendimento que tinham de Sua vinda. Ele veio da maneira que Deus O enviou, e Ele veio exatamente com a Palavra. Não é de se admirar que Ele dissesse que Ele A tinha “escondido dos olhos dos sábios e entendidos, e A tinha revelado aos bebês, os quais aprenderiam”. Vocês entendem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.]
158 Oh, eles tem crucificado os efeitos da Palavra. Eu tenho um punhado de Escrituras aqui. Pode ser que eu cite duas ou três delas. Eles A crucificam.
Você diz: “Como eles crucificam a Palavra?”
159 Quando Jesus disse que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente, Hebreus 13:8. Eles dizem: “De certa forma Ele é”. Estão vendo? Correto.
160 E Jesus disse, Seu último mandamento à Igreja: “Ide por todo o mundo”, Marcos 16, “ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho. Estes sinais seguirão aos que crerem. Todo mundo; toda criatura!” E ainda não alcançou a metade. E há milhões que morrem, cada ano, que não, nunca sequer ouviram o Nome de Jesus. Então, estas ainda são as ordem gerais. Isto continua sendo um mandamento de Deus. “Todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura. Aquele que crer e for batizado será salvo; aquele que não crer será condenado. E estes sinais seguirão aqueles que crerem: em Meu Nome expulsarão demônios; falarão em novas línguas; se pegarem serpentes, ou beberem coisas mortíferas, isto não lhes fará dano; se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados”.
161 E eles dizem: “Isso foi para aquela geração”, e invalidam o mandamento de Deus quanto a Isto, e eles crucificam o efeito da Palavra para o povo. Amém.
162 Pedro disse, no Dia de Pentecostes, com as chaves do Reino; que Jesus havia lhe dado não fazia muito tempo: “Seja o que for que disseres aqui, eu direi lá em Cima”.
163 E no dia de Pentecostes eles perguntaram o que eles poderiam fazer para receber o Espírito Santo, que eles estavam desfrutando Dele; observando outros agirem como o que eles chamariam de tolice; cambaleando, e pulando, e agindo como se estivessem bêbados.
E eles, dizendo: “Esses homens estão cheios de vinho novo”.
164 Mas havia um homem de pé, pelo nome de Pedro, quem tinha as chaves do Reino, e disse: “Estes homens não estão embriagados”, Atos 2, “como vocês pensam, visto que esta é a terceira hora do dia. Porém isto é aquilo de que se falou”. Vêem, de volta à Palavra novamente, mostrando que o Espírito segue sendo Palavra, e a Palavra segue sendo Espírito, a Palavra de Deus. “E acontecerá, como falou o profeta Joel, Joel 2:38. ‘E acontecerá nos últimos dias, diz Deus, que eu derramarei Meu Espírito sobre toda carne’”.
165 Ouçam àquele profeta parado ali. Olhem para ele, sem medo, de pé ali sobre aquele grupo, e condenando-os, acusando-os. Disse: “Isto é a Escritura! Isto é aquilo que foi dito pelo profeta! ‘Eu derramarei do Meu Espírito sobre toda carne. Vossos filhos profetizarão. Sobre Meus servos e servas derramarei Meu Espírito; e mostrarei sinais em cima nos céus, e na terra; fogo, e coluna de fumo, e vapor’”. Provando-O pela Palavra, que Isto era a Palavra.
166 E eles riram e criticaram Dela, e firam a juízo. E a cidade foi queimada, e eles comeram os filhos um dos outros. E hoje eles estão espalhados através de todo o mundo, mostrando que o Espírito Santo ainda permanece a Palavra de Deus, para trazer esta Palavra para faze-La viver.
167 Jesus Cristo era a Pessoa, Homem, Deus. Aleluia. Ele era a manifestação de Deus. Ele era Deus em forma de corpo, para refletir a Palavra de Deus para aquela era, para fazer aquela era ver a promessa de Deus para aquela era.
168 E o Espírito Santo é a mesma coisa hoje. É o Espírito de Deus sobre a Palavra escrita, tratando de encontrar alguém para refletir a Si mesmo para esta era, para provar que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. São João 14:12: “As obras que eu faço vós também as fareis”. “Jesus Cristo o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. Vêem, constantemente tratando de encontrar Sua forma para refletir-Se.
169 E eles não puderam faze-lo. As pessoas consideravam tanto suas denominações, seus pequenos ninhos que tinham, e assim por diante, chamados de suas “igrejas”, assim que não podiam ouvir isto. Então eles fazem isto hoje, a mesma coisa, crucificam novamente.
170 Pedro, no Dia de Pentecostes, ele disse: “Varões que habitais em Jerusalém, na Judéia, ouvi minhas palavras. Estes não estão bêbados. Se mantiverdes quietos, eu vos mostrarei o que é isto”. E ele seguiu adiante e lhes explicou.
171 Quando seus corações se compungiram, quando eles ouviram Isto, disseram: “Que podemos fazer para ser salvos? Que podemos fazer para receber Isto? Estamos convencidos que sua palavra está correta”.
172 Ele disse: “Arrependei-vos, cada um de vós, e seja batizado no Nome de Jesus Cristo para perdão dos vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois isto é para vós e vossos filhos, aqueles que estão longe, a tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar. Isso é o que eles tem que fazer. Arrepender, e ser batizados no Nome de Jesus Cristo”.
173 E, hoje, a igreja católica romana adotou: “Pai, Filho, Espírito Santo”, para tomar o lugar Disso. Ao invés Disso, uma comunhão. “Pôr fora a língua e tomar uma hóstia, e o sacerdote tomar o vinho, e vocês são um. A comunhão”, ao invés de ser o Espírito Santo, chamaram de “santa Eucaristia”. E um “Pai, Filho, Espírito Santo”, um batismo trinitariano, quando não é nem mesmo falado na Bíblia. O Nome do Pai, Filho, Espírito Santo é o Senhor Jesus Cristo. E quando você mostra isso para essa geração progressista…
174 Como disse Pedro: “Salvai-nos desta geração progressista”.
175 Quando você mostra Isto a eles, o que eles fazem? Criticam Disso, e dizem: “Nossa igreja não ensina Isso dessa maneira”. Então vocês são culpados, vocês são culpados da crucificação de Jesus Cristo, por distanciar o Poder de Deus das pessoas. Vocês crucificam a própria Palavra para eles, e vocês condenam a si mesmos com suas congregações, dirigindo-as para uma armadilha de morte.
176 Como eu disse sobre aquele ministro no último domingo, era Martin Luther King ali embaixo com aquelas preciosas pessoas, dirigindo-as diretamente para uma armadilha de morte. Oh, se alguém pudesse unicamente falar àquele homem! Eu desejaria poder. Só por uma pequena revolta do assunto escolar, vejam, ou algo… Que diferença? Oh, meu Deus! Se as pessoas não tem suficiente sensibilidade para se associar com um homem por causa de sua cor, eles estão condenados e mortos, e todos os modos. A nação lhes dá direito. Não pelejem contra isso. Não. Que seria se alguém dissesse que todos os irlandeses ou outrem, todos os alemães, ou alguma outra gente, tivessem que desassociar? Aquilo nunca incomodaria os cristãos. Eles prosseguiram. E esse homem é um cristão. Como – como um ministro, ele não deveria guiar as pessoas para uma revolução contra isso. Eles vão causar milhões de mortes. Isto impelirá outro revolucionário. É uma lástima fazer isso.
177 A mesma coisa sucede aqui mesmo. [O Irmão Branham bate no púlpito uma vez – Ed.] Exatamente a mesma coisa outra vez. Isso é certo. Estão vendo? As pessoas se elas simplesmente buscassem a Verdade e vissem o que a Verdade é. “Nossa igreja não crê nisso. Nós temos alguma outra maneira”. Bem, essa não é a maneira correta. Essa não é a coisa.
178 Ele disse: “Arrependei-vos, e sejais batizados no Nome de Jesus Cristo para a remissão de pecados”. Agora eles não fazem isso. Oh, então o que eles fazem? Agora esta é apenas uma coisa, entre centenas. Nós terminaremos, talvez, tão rápido quanto pudermos.
179 Agora, a segunda crucificação, então. Se um homem aceita “Pai, Filho, e Espírito Santo”, um – um credo ao invés da Palavra, títulos ao invés do Nome, que faz ele ao povo? Ele crucifica os efeitos da Palavra para o povo. Quando ele diz que: “Marcos 16 foi só para aquela geração”.
180 E Deus disse, Ele mesmo bem ali, Jesus falando a eles, disse: “Ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura. Aquele que crer e for batizado será salvo; aquele que não crer será condenado. E estes sinais seguirão aqueles…” Que distância? Toda nação, todo credo, toda língua, toda raça, todo povo, o mesmo Evangelho. “E estes sinais seguirão aqueles que crerem”. E quando o homem trata de tirar isso da Bíblia, ele crucifica os efeitos do Evangelho para aquela congregação. Portanto eu os acuso no Nome de Jesus Cristo! Vocês são culpados de assassinarem ao Senhor!
181 A igreja O odiava. Por que? Ele era o próprio Deus dele. Eles O odiavam, e negavam ser Ele seu Messias. Não, senhor, eles não queriam um Messias como aquele.
182 E hoje a igreja faz a mesma coisa. Ela nega a Palavra. Eles não A querem. Ela é contrária ao que lhes tem sido ensinado a crer por seus credos.
183 E a Palavra é o Messias. Vocês crêem nisso? [A congregação diz: “Amém”. – Ed.] Bem, então o que é o reflexo da Palavra? Um reflexo do Messias, o qual é o Espírito Santo entre nós. Ele está refletindo-Se, procurando refletir, onde quer que seja que Ele possa encontrar uma lâmpada que Ele possa olhar através dela, que não enfumaçou com credos e coisas tais, através da qual Ele possa emitir Luz.
184 Recordem, “elas levantaram e prepararam suas lâmpadas”, e limparam as mangas das lâmpadas, mas era tarde demais. Então quando um homem vê esses luteranos, presbiterianos, metodistas, tentando vir nestes últimos dias para receber o Espírito Santo, ora, vocês sabem que eles não obtém. Bem, eles podem falar em línguas e pular para cima e para baixo, mas observem o que acontece. Eles absolutamente… É um sinal que o tempo tem terminado. Nós estamos no fim.
185 A qualquer momento, a – a Igreja poderia ouvir o desafio: “Vem ao Alto!” Amém.
186 Exatamente pondo-se em ordem. O Espírito Santo aqui fazendo de Jesus Cristo uma realidade através daqueles pelos quais Ele pode operar, provando a Si mesmo; desce, tiram Seu retrato, mostra, faz a ciência tomar, falar sobre isso, e tudo mais, provando exatamente o que Ele disse que Ele faria. Fazendo exatamente as coisas que Ele disse que Ele faria, biblicamente. Agora, não algum credo, ou alguma idéia fabricada pelo homem, uma porção de sangue, fogo, e fumo, e coisas mais; mas uma evidência messiânica bíblica. Um grupo de personificações, e personificadores, e – e assim por diante; mas isso apenas faz com que a Palavra real brilhe o mais que possa, isso é correto, que o povo que é espiritual, que possa julgar entre o certo e o errado. Estão vendo?
187 Negam-No! Negaram seu Messias: “Nós não O queremos”. E a mesma coisa eles fazem hoje: “Bem, se eu tivesse que descer e agir como aquele grupo, eu não quero Isso de modo algum”. Correto, então você não tem Isso, de modo algum. Isto é tudo. Estão vendo? O mesmo agora.
188 Embora Ele estivesse propriamente identificado, eles não O queriam. Eles O odiavam. Por que era assim? Nós chamamos seus pastores de um monte de “serpentes”. Ele disse: “Bando de paredes branqueadas. Vocês não são nada mais que um cemitério. Do lado de fora vocês são polidos com túnicas e colarinhos virados, e por dentro são ossos de homens mortos”. Estão vendo? Ele não jogou indireta. Um pequeno Galileu, filho de um carpinteiro, mas ele não jogou indireta. Ele disse a eles.
189 “Não pensem”, João disse, o precursor Dele, disse… Ele é outro que não jogou indireta. Ele disse: “Não venham por aqui dizendo que tem Abraão como nosso pai. Deus é capaz de destas pedras levantar filhos a Abraão”. Sim, senhor. “O machado está posto à raiz da árvore, e toda árvore que não traz fruto é cortada e lançada no fogo”. Sim, senhor. Deus é rigoroso, é firme e severo com Sua Palavra. Sim, senhor.
190 Observem, Jesus, comprovado pela Escritura! Vocês me ouvem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.] Jesus foi identificado por Deus através das Escrituras, que Ele era o Messias. Está isto correto? [“Amém”] Nós chegaremos à acusação por Pedro, nuns poucos minutos, e vocês encontrarão se foi ou não. Ele foi completamente identificado, que Ele era Deus manifestado num Homem, chamado Filho de Deus. Isto é certo. Embora, Ele fosse corretamente identificado e vindicado como a Palavra prometida, que Ele era o Messias, Moisés disse: “Este Messias, quando Ele vier, Ele será um profeta”, e todas estas coisas acontecerão.
191 A pequena mulher com o… de pé no poço, e toda aquela condição suja em que ela estava, que representou aquilo? Que Deus nestes últimos dias tiraria fora os rejeitados.
192 Recordem na última noite, nas bodas… Ou melhor, outra vez que eu preguei aqui. Na ceia das bodas, eles disseram como eles disseram. “Eu fiz uma grande festa, e assim por diante. E todos estes homens, eu os convidei, e cada um se escusou. ‘Eu não posso, porque isso arruinaria nossos credos. Eu não posso vir, porque eu tenho meu… Eu me casei com uma mulher; ela não me deixará vir. Oh, eu – eu me casei com uma igreja aqui embaixo. Minha mãe era metodista, ou batista, ou uma católica, ou protes-… Eu simplesmente não posso apoiar Isso’”.
193 Ele disse: “E vocês não virão? E vocês não provarão Minha ceia! Porém saiam ali fora e forcem prostitutas e meretrizes, e bêbados, e seja o que for que houver. Traga-os para dentro, e eu os porem em ordem. Tenho preparado Minha ceia, e Meus – Meus convidados… Minha mesa está posta, e há de ter gente ali”. Eles não vieram. Ele estava condenando aqueles judeus.
194 E hoje? “Eu – eu – eu pertenço à presbiteriana. Eu – eu não posso. Eu sou metodista, luterano. Eu sou um unicista. Eu sou um dualista. Eu sou isto. Eu não posso. Eu não posso”. Aí está você. “Você não estará lá então! Isso é exatamente o que Ele disse. Correto.
195 Completamente vindicado, Messias. Completamente vindicado, a Palavra, a prometida Palavra. O Deus que prometeu a Palavra, que isso que o Messias seria, aqui veio Ele e Se firmou exatamente. Ele lhes disse: “Agora, onde tenho Eu falhado? Se vocês não podem crer em Mim como um Homem, creiam nas obras que Eu faço; pois elas são as que dizem Quem Eu sou. São elas que dizem que Eu sou o Messias. Vocês não querem crer em Mim, porque vocês pensam que – que José ali.. E eu nasci ali naquela pequena choça, e – e Meu pai adotivo aqui é um – um carpinteiro ali embaixo. E – e vocês…”
196 Quando Ele veio à Galiléia ali, eles, e ia fazer… Ele disse: “Ei, Quem é este Sujeito? Quem é Este? Bem, este Homem, não é aquele… Não é José e todos aqueles Seus irmãos aqui? Não estão Suas irmãs conosco? Não é Sua mãe chamada Maria, e Seu pai chamado José? Onde, onde vocês arranjaram um Sujeito assim? De que escola Ele veio? Ele não tem nenhum cartão de companheirismo. Ele, Ele não tem credenciais algumas. Onde um Sujeito como esse… Onde vocês obtiveram isso, de todos os modos?”
197 E a Bíblia diz que Ele foi – Ele foi ofendido. Ele disse… Muitas poderosas obras Ele não pôde fazer; e simplesmente virou Suas costas e Se foi deles. Ele disse: “Um profeta não está sem honra a menos que esteja entre sua própria gente, vejam, em seu próprio município”, observem, “ou sua própria pátria”.
198 Aí está Ele, completamente vindicado, o Messias. Não atribuiu mérito a Si próprio. Ele disse: “Eu não posso fazer nada a menos que Eu veja ao Pai fazendo”. E Ele os desafiou a perguntar se aquele era o Messias.
199 E vejam aquela mulherzinha de má reputação; ela reconheceu isto. Ela, ela não foi influenciada. A lâmpada não estava… Ela estava moralmente errada, naturalmente. Ninguém aprovaria aquilo. As leis de Deus condenam isso. Ela estava moralmente errada. Mas ela…
200 Vêem, Deus não o julga por seus… o que você é. Ele aprecia… Ele não julga quão grande seja ou quão pequeno seja. Ele julga seu coração, o que você deseja ser.
201 E ela não desejava nenhuma dessas coisas. E quando Isto cintilou ante ela, Isso era o que ela queria. Não importava o que ela era então, ela estava pronta para vir. Estão vendo? Deus julga o coração. Não importa o que ela era; aquela Luz brilhou, e aquilo pôs fim ao assunto. Ela apanhou a – a – a – a essência da Vida Eterna.
202 Oh, que coisa, quão rico é isso, para mim, veja, ver e conhecer que esta é a Verdade. Eu – eu A defenderei. Eu… O Deus do Céu levantará, e minha voz estará na fita magnética no além no grande tempo de Deus, e ela condenará esta geração no último dia. Pois, isto está – isto está na fita magnética, então estará n a fita Eternal então. Isto é certo. Condenando esta geração de pregadores que tem forma de piedade, e negam o Poder da Palavra e Sua manifestação quando Isto está completamente identificado que Ele ainda é Jesus Cristo, o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Eu os acuso, pela Palavra de Deus.
203 Eu terei que chegar à outra promessa, rapidamente, pois só temos cerca de quinze minutos.
204 “Ali eles – ali eles…” O que? Oh, que coisa! Calvário! E eles O “crucificaram”, em terceiro lugar. Eles O crucificaram, não reconhecendo a prometida Palavra de Deus manifestada. E por que eles crucificaram aquele Homem? Poderia você imaginar? Deixe eu voltar um minuto. Por que aquelas pessoas crucificariam um Homem como aquele? Como Maria…
205 Como li uma vez num livro, chamado O Príncipe da Casa de Davi. Ele foi escrito por Ingraham, Doutor Ingraham. Ótimo livro! É um drama, supõe-se ser parcialmente verdade, originado de alguns velhos manuscritos tomados de uma mulher chamada Adina, que em sua… Ela foi à Palestina, do – do Egito para o Cairo, eu creio que foi, para concluir sua educação. E ela esteve ali durante o tempo de – de Cristo, e se supõe que ela escreveu de volta a seu pai. Seria bom se você o pegasse e o lesse. Ele, ele é realmente bom, O Príncipe da Casa de Davi. O mesmo homem que escreveu A Coluna de Fogo; e, desse, Cecil DeMilles tirou Dez Mandamentos.
206 Agora nós encontramos que, neste livro, esta Adina escreveu de volta. E ela disse, sobre o dia da crucificação, que Maria Madalena, de quem Ele expulsou sete demônios, corria ante a multidão, dizia: “Que tem Ele feito? Que tem Ele feito? Somente curou os doentes e tratou de libertar aqueles que estavam em prisões! Que tem Ele feito senão o bem? Alguém diga!”
207 E um homem a esbofeteou atirando-a da outro lado do pátio, quase, e disse: “Vocês creriam nesta mulher tola, em preferência a seus sacerdotes?”
208 Aí está você. Estão vendo? Que fez Ele? Ele não fez nada. Por que eles O crucificaram? Por que? Por que? Porque eles não reconheceram Quem Ele era.
209 É a mesma coisa hoje. Os pregadores, e pessoas destes dias, e nossos mestres modernos, tem assim influenciado as pessoas para crerem que Isto é “feitiçaria, ou o demônio, ou uma telepatia mental, ou alguma mistificação, ou alguma classe de truque”, até ao ponto das pessoas não reconheceram que esta é a vindicação da Palavra de Deus para este dia. Estes são os sinais do último dia.
210 As igrejas, se você não pertence à sua organização, eles dirão: “Ah, bem, isso é algo fabricado. Isso é – isso é uma mistificação. Bem, olhem aqui o Fulano e o Beltrano”. Mas deixe-os provar uma vez se a Coisa real é uma mistificação. Hã-hã. Deixe-os uma vez provar que Isto está errado. Eles não o podem fazer. Nunca se soube que Isto fosse errado, e nunca será, porque Isto é Deus. Estão vendo? Mas eles gostam de apontar.
211 Eles pensam: “Oh, bem, se fosse um homem de grande nome!” Porque é um grupinho, um pequeno bando que é meio desprezado: “Bem, nós expulsamos aquela pessoa de nossa igreja”. Estão vendo? “Eles, eles costumavam vir a nosso grupo, vejam, porém eles passaram para outro lado com isto, e foram com aquilo, e agora, veja você, eles se enrolaram… Bem, vejam o que é isto, quem são”.
212 Não me importa. Eles podiam dizer a mesma coisa sobre Pedro, Tiago, e João. Ou, “Um ignorante e iletrado homem”, eles diziam. Mas eles tiveram que notar, alguma coisa tinha acontecido desde aquele tempo. eles tinham estado com Jesus. Isto é o que fez a diferença. Estão vendo?
213 Eles fizeram isto porque não souberam Quem Ele era. Eles não souberam que a vindicação da Palavra de Deus não estava de pé ali naquele dia… Agora, foi num dia, e aquilo estava correto; foi, num dia, apenas para manter aquelas leis e coisas tais. Porém as mesmas leis que eram, que estavam guardando, apontavam para aquele tempo quando Ele viria e seria este Homem que esperava-se que Ele fosse. Eles tinham esta parte, mas não tomaram a outra parte.
214 E é a mesma coisa que eles estão fazendo agora. Eles tem uma igreja, e eles “crêem em Jesus Cristo”, e dizem que o fazem, e coisas, mas negam a hora em que estamos vivendo! Trazem de volta o velho provérbio novamente: o homem sempre louva a Deus pelo que Ele tem feito, olhando para o que Ele faria, e, ou o que fará, e ignorando o que Ele está fazendo, e sendo condenado por isto. Estão vendo? Eles pensam: “Deus é maravilhoso. Quão grande Ele é! O que Ele vai fazer: Ele virá, e haverá um Rapto, algum dia, e iremos ao Lar”, e negando os próprios sinais e maravilhas exatamente aqui no tempo em que as Escrituras dizem que Ele estará fazendo isto. Perdem de ver a Coisa toda!
215 “Se o cego guia o cego”, Jesus disse, “todos eles cairão no buraco”. Simplesmente roguemos a Deus para abrir nossos olhos nestes últimos dias. Correto.
216 Agora, o mesmo, eles fazem o mesmo hoje. Eles negam e crucificam o mesmo Deus, hoje, por não conhece-Lo. O mesmo, por não conhece-Lo. E fazendo, negando as coisas que estão fazendo hoje, eles não crucificam a Cristo de novo, exatamente, mas eles tem blasfemado o Espírito Santo. E ao faze-lo, eles são… Como eles blasfemam o Espírito Santo? Como?
217 Como eles O blasfemaram lá, lá no passado? Ora, eles não podiam blasfema-Lo então; Ele não tinha vindo ainda. Eles chamaram Jesus de “Belzebu”, O chamaram de “Belzebu”, porque Ele podia conhecer os segredos de seus corações, e coisas assim. Eles disseram: “Este é um demônio”. Em outras palavras: “Ele é um adivinho. É assim que Ele faz, é por adivinhação. Ele não é nada mais que um demônio”. Vêem, eles não tinham tido um profeta por quatrocentos anos, e tinham perdido o costume disso. Estão vendo? Eles simplesmente tinham suas leis. Eles disseram: “Este é Belzebu”.
218 E Jesus disse: “Eu vos perdoarei por isso, mas quando vier o Espírito Santo”, vejam, agora, “uma palavra proferida contra Ele, e nunca vos será perdoado”.
219 Recordem, isso, e não pode, por meio algum, nenhuma misericórdia, quando você blasfema, e chama o Espírito de Deus, a Palavra de Deus que está sendo vindicada pelo Espírito… Vêem, a Palavra diz assim, o Espírito A está vindicando, e você A chama de “uma coisa impura”, você tem atravessado a linha entre a misericórdia e o juízo, e nunca pode ser perdoado por isto.
220 Esta é a razão por que eu acuso esta geração, de culpada, de estar crucificando, blasfemando o Filho de Deus manifestado como foi prometido por todos os profetas, e Cristo, Ele mesmo, que estaria nos últimos dias; como foi nos dias de Noé, nos dias de Sodoma. Blasfêmia! Com a qual eles crucificam, para o povo, o Filho de Deus novamente, Sua vindicada Palavra. Uma palavra contra Ela nunca poderá ser perdoada.
221 Agora o que vão fazer então? Onde vocês vão se firmar? Eles estão condenados, só aguardando a hora da ira de Deus ser derramada. Eles serão esmagados.
222 Amando a doutrina de denominações de feitura humana e dogmas, mais do que a vindicada Palavra de Deus; esta geração de pessoas. Oh! Eu – eu simplesmente gostaria de ter um longo tempo para isto. Estão vendo? Esta geração de pessoas, esta geração rejeita a revelação de Deus. [O Irmão Branham várias vezes bate de leve em sua Bíblia – Ed.] Porém nós estamos caminhando onde os apóstolos caminharam. Isto é certo.
“‘Deus’, diz você? Bem, outros dizem isso também”. Deus A vindica.
223 Jesus disse: “Se – se – se as obras não falam de Mim, então sigam adiante e digam que Eu estou dizendo isto de Mim mesmo. Mas se as obras falam, é melhor vocês crerem nas obras, vejam, pois esta é a hora”. Disse: “Vocês sabem que amanhã o sol vai brilhar, ou se vai haver mau tempo; por estar o céu avermelhado e ameaçador, amanhã estará límpido”. Disse: “Vocês podem discernir a face dos céus; porém sobre os sinais do tempo, vocês não sabem nada. Se vocês conhecessem a Deus, vocês conheceriam Meu dia”.
224 E eles disseram: “Tu pões muito sobre Ti mesmo; Tu Te fazes Deus”. E eles O puseram na cruz.
225 E o Espírito Santo, hoje, não é a terceira Pessoa. Ele é Deus, Ele mesmo, manifestado em carne humana, pelo Sangue de Jesus Cristo, para santificar uma vida para que Ele possa refletir a Si mesmo através dela. E eles crucificaram essa mesma Palavra manifestada. Vocês entendem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.] A crucificação de Cristo, hoje, é o povo que nega o vindicado e manifestado Filho de Deus entre as pessoas, por Suas – Suas coisas que Ele disse que aconteceriam neste dia por Sua Palavra. Estão vendo?
226 Agora, a mesma vindicação, teria que ser a mesma, se Ele é o mesmo Filho de Deus, pois Ele disse em São João 14:12, agora, que: “As obras que eu faço vós também as fareis”. Hebreus 13:8: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. “Se vós estiverdes em Mim”, João 15, “se vós estiverdes em Mim, e Minhas palavras estiverem em vós, pedireis o que quiserdes e vos será dado”. Sim, senhor!
227 Recordem, foram pessoas muito religiosas que fizeram aquilo. Elas não eram leigas. Foram pessoas religiosas daquele dia. E isso é o que estão fazendo hoje, são pessoas religiosas; a mesma crucificação, a mesma coisa hoje. Rapidamente…
228 “Ali eles O crucificaram”. Então, então? Seguro. Então eles estavam rejeitando a Palavra de Deus manifestada, aceitando seus credos ao invés da Palavra.
229 É isso que estão fazendo hoje? É exatamente isso, fazendo o mesmo hoje. Ele era a Palavra; e eles rejeitaram a Palavra. Esse é um ponto que eu quero que vocês não percam, vejam, eu quero que vocês não percam. Ele era a Palavra, e, quando eles O rejeitaram, eles rejeitaram a Palavra. E quando eles O rejeitaram, eles finalmente O crucificaram. E isso é o que eles tem feito hoje: rejeitado a Palavra de Deus, e aceitado seus credos; e tem crucificado publicamente, ante sua congregação, a operação do Espírito Santo. E eles são culpados, e eu os acuso no Nome de Jesus Cristo.
230 Por quinze anos O tenho visto mover-Se sobre a terra, e eles ainda seguram-se a seus credos. Eles são culpados! Eles tomaram a Palavra que teriam trazido a igreja, todas as igrejas juntas, e feito uma grande união fraternal entre os pentecostais e todo o resto deles; ao invés de fazerem assim, eles A rejeitaram, e recusaram, e zombaram Dela, e A chamaram de tudo quanto é coisa agora.
231 E agora, por uma federação de igreja, através do plano do diabo, tratando de entrar e dizer: “Agora nós viremos, compraremos Azeite”. Eles estão rejeitados. E eles tem… Eles são culpados de crucificar a Jesus Cristo. Você aceita isto nas condições de Deus, ou suas condições não funcionarão. Estão vendo?
232 Eles rejeitaram a Palavra de Deus manifestada, por seus credos, e eles estão fazendo o mesmo hoje. “Ele era a Palavra”, João, São João 1. Hebreus 13:8 diz: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. Agora eles O estão crucificando novamente.
233 Sabem vocês que a Bíblia diz que poderíamos fazer isso? Quantos gostariam de ler só um pouquinho? Vocês me darão mais quinze minutos? [A congregação: “Amém” – Ed.] Correto. Voltemos agora, só um minuto, “crucificado de novo”. Vamos a Hebreus, capítulo 6, e leiamos só um pouquinho. Hebreus 6, e vejamos se nós “crucificamos o Filho de Deus novamente”, vejamos se isso pode ser feito.
Você diz: “Não se pode crucifica-Lo a segunda vez”.
234 Veremos se podemos ou não. A Palavra de Deus é verdadeira. Correto? [A congregação: “Amém” – Ed.] É Hebreus 6:1.

Pelo que, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não ao lançar um fundamento do arrependimento e obras mortas e de fé em Deus.
E a doutrina do batismo… imposição de mãos, e de ressurreição dos mortos, e do juízo eterno.
…isto faremos, se Deus o permitir.
235 Vêem, Paulo deseja informar que estas coisas aqui são absolutamente essenciais; batismos, imposição de mãos, a ressurreição, segunda Vinda. Todas estas coisas são Eternas. Elas são absolutamente a Verdade.
236 Agora observem: “Pois é impossível”. Leia comigo, este versículo. Eu quero que você leia comigo agora, o versículo 4. [O Irmão Branham e a congregação lêem os três seguintes versículos unicamente – Ed.]

Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo,
E provaram a boa palavra de Deus, e a virtude do século futuro,
E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, que de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.
237 É essa a minha palavra, ou a Dele? “O homem que vem ao conhecimento”. Recordem, eles nunca A tiveram. Eles era crentes fronteiriços. “Após termos recebido o conhecimento da Palavra de Deus”, você adquire isto de um conhecimento, de ler e vê-La, “e então A rejeita, então, você, é impossível a você em alguma ocasião ser salvo”. Você leu isto agora? Vêem? “Terem recebido o conhecimento da Verdade”, apenas, você entende isto. Você nunca A teve.
238 É como aqueles crentes que se foram. É exatamente um tipo da jornada. Este, este terceiro, este terceiro êxodo, é apenas um tipo do resto deles. Vejam, vejam lá atrás. Deixe-me mostrar-lhes uma coisa, só um minuto. Perdoem a expressão. Vejam.
239 Israel tomou doze homens, um de cada tribo, cabeça denominacional, e os levou para as margens da fronteira, da terra prometida, e mostrou-lhes aquelas boas coisas por vir, que eles tinham. E eles voltaram, queixando que: “Nós não fomos capazes de faze-lo”.
240 Porém haviam dois dentre os doze, Josué e Calebe, disse que eles olharam na Palavra. “Deus disse que é nossa, e nós somos mais que capazes de possui-la”. É isto certo? [A congregação: “Amém” – Ed.]
241 Que foi isso? Crentes fronteiriços. Vêem, na realidade eles nasceram na igreja. Eles eram cabeças do povo. Eles eram bispos, por assim dizer, que caminhavam diretamente para onde a Palavra de Deus estava mostrando ser a Verdade. “Ali está a terra!” Eles nunca tinham estado ali. Eles não sabiam que ela estava ali. Porém vieram para ver que estava ali. “Ali estava!” E Josué e Calebe foram, e trouxeram um – um – um cacho de uvas e deixaram que eles comessem algumas delas. E eles provaram da boa terra, e então voltaram e disseram: “Nós não podemos faze-lo. Estão vendo? Nós simplesmente não podemos faze-lo”.
242 Aqui está o mesmo grupo, no tempo de Jesus Cristo. “Rabi, nós sabemos que Tu és um mestre vindo de Deus”. Estão vendo? Fronteiriços! “Nós sabemos que Tu és um mestre vindo de Deus. Nenhum homem poderia fazer as coisas que Tu fazes. Nós reconhecemos que Deus tem que estar ali”. Por que eles não aceitaram? Por que eles não receberam? Fronteiriços! Fronteiriços!
243 Aqui estão eles neste terceiro êxodo; mesmo sinal, mesma manifestação, mesmo Cristo, mesmo Espírito Santo, mesmas obras, mesmo Deus, mesma Mensagem, e eles não podem aceita-La. Eles teriam que devolver seu cartão de companheirismo. Que é isto? “Eles tiveram um conhecimento da Verdade”. Eles olharam e viram que isto é absolutamente a Verdade. Eles não podem nega-La. As revistas tem que atestar que eles A viram. As fotografias, os jornais, a evidência, a ressurreição dos mortos, os atestados médicos dos enfermos, eles tem que dizer que isto é Ele. E as predições, nenhuma delas alguma vez já falhou através dos anos, cada uma delas exatamente à risca, eles não podem dizer nada senão que é Deus. Mas eles não podem aceita-Lo.
244 Aquele grupo de ministros em Chicago, uns trezentos e tantos, viriam e seriam batizados no Nome de Jesus Cristo. Onde estão? O preço é elevadíssimo. Eles não podem faze-lo. Que é isto? A Bíblia diz, quando fazem isso, o que fazem eles? Eles separam a si mesmos entre a misericórdia e o juízo. “Pois é impossível que aqueles que uma vez foram iluminados”, foram trazidos a ver Isto, “e tiveram conhecimento da Verdade, e provaram da boa Palavra de Deus, e se apartaram Dela, sejam renovados outra vez, digam: ‘Bem, agora, eu desejo, sim,…’”
245 Vocês presbiterianos, vocês metodistas, e batistas, e luteranos, e isto de que os Homens de Negócios do Evangelho Completo, dizendo que “estão entrando”, não deixaram a Mensagem entrar. Sua igreja não deixa. Há indivíduos ali, certamente. Mas, não a igreja; você tem que sair da igreja, para obtê-La. Estão vendo? Correto. Indivíduos, está bem.
246 Mas quando você pensa que a igreja presbiteriana vai receber o Espírito Santo, e todos eles tirar seus documentos, e, nunca pense isto. E pensam vocês, metodistas, que vão faze-lo? Vocês nunca farão isto. Vocês, trinitarianos, pensam que receberão o Nome de Jesus Cristo e serão batizados cada um no… Nunca o farão. Vocês nunca o farão. Porém indivíduos sairão e o farão, isto é certo, e este é o sinal de Sua Vinda. Mas aquelas igrejas que tem visto a Verdade, e A rejeitaram em seus concílios, “é impossível”.
247 Então, eles são culpados da crucificação de Jesus Cristo. E eu os acuso pela Palavra de Deus, que Deus tem… “Como o senhor os acusa, Irmão Branham?” Eu os acuso, que Deus tem claramente Se identificado em Sua Palavra, nos últimos dias, e deu a conhecer que Ele continua o mesmo ontem, hoje, e eternamente, e eles friamente A rejeitaram. E vocês são culpados da crucificação de Jesus Cristo, por blasfemar o Espírito Santo. Isto é certo.
248 Levemos você a Hebreus 10, novamente, onde nos diz outra vez nas Escrituras, não sendo unicamente “impossível”, mas você nunca pode. Isto o separa de Deus, eternamente. Você nunca mais pode vir à Presença de Deus outra vez, quando você rejeita o Espírito Santo e zomba Dele.
249 Agora, veja, “provaram da Palavra”. Vêem, crentes fronteiriços!
“Oh, o senhor diz que aqueles sujeitos não eram crentes?”
250 Eles eram crentes, ou professavam ser crentes, mas quando se tratou da Palavra… Eles eram Israel. Eles saíram sob o sangue. Eles vieram sob os sinais de Moisés. Eles tinham visto aqueles sinais operando.
Deus disse: “Eu os levarei mais além”.
251 E quando se tratou diretamente do princípio da prometida Palavra que havia de vir, que disseram eles? “Oh, nós não podemos faze-lo”. Estão vendo?
252 E aqui eles voltaram, com uvas e tudo mais, para provar que a terra era boa. A Palavra de Deus está correta. Deus disse: “Eu a darei a vocês”.
253 Porém as circunstancias: “Que coisa”, disse, “Nós parecemos gafanhotos, ao lado deles. Nós não podemos faze-lo, não importa o que façamos”.
254 Há poucos anos atrás quando esta velha armação foi colocada aqui como um tabernáculo, alguém entrou, e caminhou lá e me falou, disse: “Billy, você vai pregar para quatro postes, um destes dias, com mensagens assim”.
255 Eu disse: “Eu estarei pregando para quatro postes, porque Deus é capaz de destes postes levantar filhos a Abraão”. Sim, senhor. É a Verdade. Eu disse: “Se você tem alguma coisa que possa desaprova-La, faça isto”. Simplesmente cacarejam, mas quando chega a hora de mostrar, é diferente. Sim, isso é que faz a diferença. Correto.
256 Sim, com seus credos eles O crucificam novamente. Agora Hebreus capítulo 6, e vamos em frente. E nós podíamos ler adiante, prosseguir até aqui. Temos bastante tempo. eu marquei uma Escritura aqui onde isto estará, Hebreus capítulo 6. Apenas, eu creio, suponho. “Impossível que aqueles que uma vez foram iluminados, se fizeram participantes do Espírito Santo…” Não temos tido tempo para ir mais longe, porque eu tenho outra Escritura que eu quero ler para vocês num momentinho. Observem isto: “Crucificaram para si mesmos o Filho de Deus novamente”. Que fizeram eles? O que? Havendo provado, e conhecido que Isto é a Verdade, e então viraram as costas e A negaram. Que fizeram? “É impossível…”
257 Assim isso é o que esta nação tem feito. Isso é o que este povo tem feito. Isso é o que estas igrejas tem feito. Recusaram a Isto, e tem crucificado a Mensagem. Eles tem crucificado a Verdade, ao povo. Como que fizeram a Jesus? Colocaram-No em vergonha, tiraram Seus vestidos, penduraram-No na cruz e O cravaram ali, o Príncipe da Vida. A mesma coisa eles tem feito hoje com seus credos! Eles tem feito a mesma coisa. Eles desnudaram as coisas, eles tem desnudado a – a bondade e a roupagem do Evangelho, ao tratar de coloca-Lo em algum outro lugar, e O penduraram sobre a cruz. Oh, que coisa! Por que?
258 “Ali eles – ali eles crucificaram”, agora a última citação, “a Ele”, a Ele, esta mais preciosa Pessoa. Por que eles fizeram isto? Eles não O sabem que esta é a Verdade. Eles estão – eles estão mudos e cegos a Isso. Eles não A conhecem. Esta é a razão. Seus credos e tradições os tem afastado da Palavra de Deus.
259 Agora para vocês aqui, encerrando agora, prestem bastante atenção. Estão vendo? Eu sei que está quente. Eu também estou com calor.
260 Mas, oh, irmão, esta Palavra é Vida se você se agarra a Ela. Olhem, não é algo sobre o que falamos, que talvez suceda aqui e depois; Isto é algo que já está aqui conosco e acontecendo agora. Não alguma coisa que será; algo que já é. Não estamos testificando: “Nós sabemos o que Ele tem feito; nós sabemos o que Ele fará”, porém agora estamos dizendo o que Ele está fazendo. Vêem, esta é nossa hora.
261 Talvez nós não vivamos até vermos o Rapto. Pode ser que eu morra hoje, pode que você morra hoje. Eu não sei. Porém o Rapto está se aproximando. Isso é – isso é, quando aquilo vier, nós estaremos lá, não se preocupe; hã-hã, assim como todo o resto daqueles que, através das eras, creram e o esperaram. Eles caminharam na Luz de seu dia.
262 E aqui está a Luz, Jesus Cristo o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Abandonem seus credos e creiam nesta Palavra. Esta é a Verdade. [O Irmão Branham bate de leve em sua Bíblia – Ed.] A Palavra é Verdade. Jesus disse: “Minha Palavra é Espírito, Minha Palavra é Vida”. Como você vai receber Vida quando você rejeita Vida? Como você vai tomar um dogma, o que é morte, e uma Palavra de Vida? Expulsar a Palavra da Vida, para tomar morte, como você vai aceitar os dois ao mesmo tempo? você não pode faze-lo. “Que toda palavra do homem seja mentira, cada dogma mentira”. A Palavra de Deus é a Verdade.
263 Eu desafio a qualquer homem a me mostrar, qualquer um… E eu sei que esta fita vai ao redor do mundo. Qualquer homem, qualquer bispo, que vier a meu escritório, ou ante esta congregação, e apontar seu dedo a um único lugar onde alguém alguma vez foi batizado no Nome do “Pai, Filho, Espírito Santo”, no Novo Testamento. Eu lhe mostrarei onde cada pessoa que alguma vez foi batizada… E aquelas que foram batizadas diferentes, tiverem que vir a serem rebatizadas, para receberem o Espírito Santo.
264 Que vai você fazer quanto a isso? Permanecer por aí em seus credos? Permanecer por aí em seus dogmas e morrer? Vocês são culpados! Com mãos iníquas, vocês tomaram o Príncipe da Vida, a Palavra da Vida, e A crucificaram ao povo.
265 Agora o que fizeram? Eles não conheceram. Hoje o homem caminha ignorantemente. Eles não sabem que esta é a Verdade. Eles pensam que isto é alguma classe de ismo. Eles não cavam suficientemente profundo para entrar no Espírito de revelação. Eles não oram o suficiente. Eles não clamam a Deus o suficiente.
266 Eles só tomam Isto levianamente: “Oh, bem, eu creio que há um Deus. Certo!” O diabo crê na mesma coisa. O diabo crê mais do que algumas pessoas alegam crer. O diabo crê e treme. As pessoas só crêem e seguem adiante. Mas o diabo treme, sabendo que seu Juízo está se aproximando, e as pessoas crêem e não prestam nenhuma atenção ao Juízo que está se aproximando.
267 Culpados de crucifica-Lo! Certo! Eu acuso esta geração, declarando-os culpados, pela mesma Palavra que os declarou culpados no princípio. Isto é certo. Jesus disse: “Quem pode Me condenar?” Ele era a Palavra feito carne. E hoje a mesma Palavra é feita carne.
268 Pedro disse em sua acusação, em Atos. Vamos ler isto. Pedro, quando ele viu isto acontecendo, o que eles tinham feito, o Espírito… Vejam, Pedro estava defendendo Cristo, o que eles tinham feito. Eu estou defendendo o que os Evangelhos são. Eu… Pedro os estava acusando por matarem um Homem, Cristo, Que era a Palavra. Eu estou acusando esta geração por tratar de matar a Palavra que está manifestada no homem. Observe o que Pedro disse. Sua justa indignação deve ter sido muito grande. Ouçam-no aqui em Atos capítulo 2, e começa com o versículo 22.
Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, aprovado, varão provado por Deus entre vós com maravilhas,… sinais, que Deus por ele fez no meio como…de vós, como vós mesmos bem sabeis;
269 Uf! Imagine como eles se sentiram! Ouçam a isso.
Varões israelitas, o príncipe, clérigos, homens santos, sacerdotes, homem que se supõe ser homem de Deus, ouvi estas palavras: Jesus Nazareno, varão aprovado de Deus entre vós…
270 Agora eu digo a vocês, ministros, e a vocês, gente. Jesus de Nazaré, o Espírito Santo, Ele está aqui na Pessoa do Espírito Santo, o qual era a Vida que estava Nele. Ele está aqui operando através das pessoas, e declarando a Si mesmo por sinais e maravilhas que Ele faz. E aqui pendurados nas paredes, prova científica. E pessoas assentadas aqui, que estiveram mortas, estão vivendo hoje; e comidos de câncer, estão bem hoje; cegos, estão vendo hoje; e aleijados, que estão caminhando hoje. Ele é Jesus de Nazaré.

A este que vos foi entregue pelo determinado conselho e a presciência de Deus, predestinado para Seu trabalho, tomando-o vós, o… matastes pelas mãos de injustos;

271 É isso – é isso acusação? [A congregação: “Amém”. – Ed.] Ele está acusando o que? Aquele Concílio do Sinédrio.
272 E eu estou acusando, esta manhã, a federação de igrejas. Eu estou acusando os pentecostais. Eu estou acusando os presbiterianos, os batistas, e cada denominação no mundo. Por iniqüidade, egoísmo vocês tem tomado a Palavra da Vida e A tem crucificado ante as pessoas, e A blasfemaram, e A chamaram de “fanatismo”, o que Deus tem levantado em nosso meio para provar que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Eu acuso esta geração!
273 Deus tem, Ele mesmo, provado que vive. Deus tem provado que esta é Sua Palavra. O que tem você senão um monte de dogmas e credos! Onde pode você mostrar o Deus vivo? porque vocês tem recusado a Palavra da Vida que teria dado estas coisas a vocês. Sim, senhor! Oh, em que hora estamos agora vivendo. Uf! Igual! Oh, eu chamo…
Pedro disse… tomastes vós, e o crucificastes e matastes pelas mãos de injustos;
Ao qual Deus… ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela;
274 E através de seus credos, e suas organizações, e suas denominações, com sua forma de piedade, ainda falando. Suas formas de piedade, vocês negaram o poder de Sua ressurreição.
275 Porém a hora tem chegado, os últimos dias estão aqui, quando Deus prometeu, de acordo com Malaquias 4, que Ele levantaria nos últimos dias, “e tornaria os corações das pessoas às bênçãos originais e à Fé pentecostal dos pais”. E vocês não podem negar isto, e vocês não podem resistir isto.
276 E agora eu lhes condeno, culpados, e os desafio, e os acuso ante Deus, que com mãos iníquas, egoísta, denominacionais, vocês crucificaram a Palavra de Deus ante o povo. E eu lhes reputo culpados e prontos para o Juízo. Amém. Sim, senhor!
277 Eu chamo a mesma coisa que Pedro chamou. Ele chamou aquela geração ao arrependimento. Eu chamo esta geração ao arrependimento, arrependimento ante Deus, e a voltar à Verdade original da Palavra. Regressar à Fé de nossos pais. Voltar ao Espírito Santo, pois Deus não pode mudar Isto.
278 Quando Deus disse: “Estes sinais seguirão aqueles que crerem”, Ele tem que ficar com isso por toda a Eternidade. É Sua Palavra.
279 Quando se diz: “Dê um aperto de mão, ou tome a comunhão”, ou algo assim, ou algo sobre esse credo, ou alguma coisa com respeito a essa idéia; que qualquer homem, qualquer bêbado, qualquer incrédulo pode fazer. Qualquer personificador, qualquer prostituta – prostituta pode fazer isto. Tomar a comunhão, ter formas e coisas assim, poderia-se fazer isso.
280 Mas Jesus disse que essa será a identificação: “Estes sinais seguirão”, não talvez, “eles seguirão, em todas as gerações, aqueles que crêem! Em Meu Nome eles expulsarão demônios; falarão em outras línguas, falarão em novas línguas; e pegarão em serpentes; beberão coisas mortíferas, e não lhes fará dano; colocarão suas mãos sobre os enfermos, eles serão curados”. “Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, expulsai demônios; assim como de graça recebestes, de graça daí”.
281 Todos estes grandes sistemas gananciosos e coisas tais, e presos às coisas hoje, não é de se admirar que eles estejam plenos de juízo. Sim, senhor! Oh, que coisa!
282 Vejamos agora. Sim, senhor. Chamo ao arrependimento, e minha acusação agora.
283 Este novo Calvário é a – a igreja, assim chamada, os lugares mais santos, grandes púlpitos, altar catolicismo, altar católico, chamado seu púlpito. A metodista, a batista, a presbiteriana, a luterana, os pentecostais, os mais santos lugares. [O Irmão Branham bate de leve seis vezes no púlpito – Ed.] ali Ele recebe Suas piores lancetadas. Um novo Calvário! Onde é encontrado? Nos lugares santos, a igreja.
284 Onde é Ele crucificado? Dos pastores. Hipócritas, vocês estão conscientes disso! Eu não estou irado, mas algo dentro de mim está se agitando. Deus tem sido completamente identificado entre vós.
285 Onde Ele recebeu Suas espetadas, em Seu lado? Onde Ele recebeu Suas lancetadas? No Calvário. Onde Ele as recebe hoje? No púlpito. De onde vieram? Jerusalém. De onde vem? Da denominação. Aqueles que alegavam ama-Lo, são os que o fizeram. São estes que fazem isto hoje. Seu segundo Calvário, onde Ele recebe Suas feridas contra a Palavra, isso é o que O traspassa. Quem é Ele? Ele é a Palavra. Ele é a Palavra. De onde Ele é mais duramente traspassado? Dos púlpitos nos lugares santos, como foi então.
286 Eu tenho direito de acusar esta geração. [O Irmão Branham bate cinco vezes no púlpito – Ed.] Eu tenho direito de faze-lo, como um ministro do Evangelho de Jesus Cristo, com Seus sinais, e provando que Ele é Deus. Eu tenho direito de trazer acusação contra esta geração. Porque, Suas mais duras espetadas da ponta de lança tem sido diretamente dos púlpitos, onde eles tem criticado e dito: “Não saiam a ouvir aquela coisa. Aquilo é do diabo”. Exatamente no lugar que deve ama-Lo!
287 E os próprios sinais que Jesus disse que aconteceriam: “A Palavra de Deus é mais afiada do que uma espada de dois gumes; a Palavra, é apta para discernir os pensamentos, intenções do coração”. E ela é chamada de o diabo, de onde? Dos púlpitos, os lugares santos.
288 Oh, Deus, como pode Ele olhar para baixo? Somente – somente misericórdia, isto é tudo. Nós não podemos fazer nada mais do que avançarmos para o julgamento. Nós já estamos lá. Hã-hã.
289 Pense nisto. Suas lancetadas mais fortes vem do púlpito. É aí onde Seu novo Calvário está. Eles O crucificaram, a Palavra, no púlpito. Isto é certo. Como, como eles o fazem? Por suas formas de piedade. Exatamente isso!
290 Coroado, da audiência, por escarnecedores! Ele tem uma nova coroa de espinhos, escarnecedores! Traspassado, do púlpito; coroado por escarnecedores. É Ele crucificado outra vez, novamente? Ferido por credos feitos pelo homem, mestres de denominações contra Sua Palavra. Eles O ferem, em vergonha, O condenam.
291 Jesus disse: “Em vão eles Me adoram”. Em vão, “não adianta nada”. Quem eles adoram? Eles adoram o mesmo Deus. Eles estavam adorando aquele mesmo Deus em Sua primeira crucificação, e era uma adoração vã. É a mesma coisa hoje. Em vão eles constroem essas denominações. Em vão eles constroem esses seminários. Em vão eles tem esses credos, ensinando como doutrina os preceitos do homem, e negando a Palavra de Deus. Eles são culpados de crucificar o Príncipe da Vida, ensinando doutrinas do homem como se fossem Sua Palavra. “Em vão eles Me adoram”, ferido, traspassado, coroado.
292 Quando você vê isso descer a rua, e algumas de vocês, senhoras com cabelos longos; dizem: “Ela está fora de moda, não está?” Recordem, esses são escarnecedores, essa é a coroa que você está usando. Deus disse que esta é sua glória; use-a com orgulho. Aleluia! [O Irmão Branham bate palmas três vezes – Ed.] Use-a com orgulho, como você usaria uma coroa de espinhos pelo seu Senhor. Use-a com orgulho. Não fique envergonhada. Ele disse assim, não importa o que estas Jezabéis digam hoje. O que estes impostores de pé no púlpito, crucificadores de Cristo, não importa o que eles digam, use-a com orgulho. Deus disse assim. Mantenha-o.
293 Coroado, com escarnecedores outra vez, espinhos. Traspassado, do púlpito, com credos.
294 Ele tem um novo Gólgota, para onde O levam: estes corais com togas, mulheres que usam shorts, cabelos curtos, face pintada, cantando no coro como Anjos, com talentos. Esse é seu novo Gólgota, precisamente modernas mulheres que se despem protegidas por uma lei como em Sodoma e Gomorra.
295 Você vê uma cachorrinha que vai rua abaixo. Em certo tempo não há um cão que ao menos chegue onde ela está. Deixe que uma certa coisa aconteça e cada um deles corre atrás dela. Há algo que acontece a ela. Você sabe por que. Deixe…
296 Por que estas mulheres tiram suas roupas, e vão pela rua? Não me diga que não é a mesma coisa. Isto é uma identificação. Não condenem o homem. Mas elas estão protegidas por uma lei de Sodoma. Esta lei devia dizer que é ilegal para elas estarem lá fora.
297 E pregadores no púlpito deviam ter anáguas ao invés de traje clerical; de pé ali e permitem isto, e se envergonham de falar contra isto, porque sua denominação os porá para fora. Vocês crucificam, para a – a congregação, a Palavra de Deus a qual diz: “É uma abominação para uma mulher usar uma roupa que pertença ao homem”.
298 Eu – eu condeno a coisa. Eu – eu – eu – eu – eu – eu os acuso de crucificar a Palavra de Deus ante o povo. Mulheres com cabelos curtos, usando shorts, e a coroa… de pé no coral!
299 Alguém me disse, outro dia, alguma mulher me perguntou, disse: “Bem, onde o senhor pensa que encontraria?”
300 Eu disse: “Se o Senhor me pedisse para selecionar uma dúzia, através do mundo, eu estaria – eu morreria de medo”.
301 Quando, pelo discernimento do Espírito, ali de pé os observo, e parado assim e vejo coisas sobre eles; os sujos, imundos, desprezíveis, tragadores de cigarros, portando-se assim ali fora, e se põem num coral com togas e cantam naquela condição, e deixam que a audiência os veja. Eles dizem: “Bem, se ela pode fazer isto, eu também posso”. Uma vida cristã é uma vida de santidade e pureza, inocente!
302 Eu os acuso, no Nome de Jesus Cristo, por suas imundícies e sujeiras. Eles tem trazido o Evangelho à uma desgraça. E aqueles que tratam de sustenta-Lo, são chamados de “fanáticos”, considerando: “Isso é uma tolice fora de moda”. Eu os acuso, no Nome de Jesus Cristo.
303 Simplesmente modernas mulheres despidas na rua, cantando em corais, fumando cigarros, dizendo piadas sujas, três ou quatro maridos, e À procura do sexto, e então cantam no coral porque tem uma voz. Vocês, pobres intelectuais, espiritualmente desprovidos, rejeitados em seu próprio terreno. Vocês lêem a mesma Bíblia que qualquer outro homem pode ler, mas recusaram o Espírito de Deus, até ao ponto em que a Bíblia diz que vocês “seriam entregues a uma forte desilusão, para crerem numa mentira e serem condenados por ela”. Vocês crêem que estão certos, e a Bíblia diz que vocês creriam nisto, e seriam condenados pela mesma mentira que vocês crêem ser a Verdade.
304 Portanto, eu lhes acuso pela Palavra de Deus. Vocês estão ensinando às pessoas um erro, e crucificando os princípios de Cristo, de santidade e Vida de cima, de que aquela pessoa pode caminhar na rua e ser uma pessoa diferente.
305 Pregadores de pé em campos de bola, fumando cigarros; pedras de tropeço; todas as outras tolices que eles agüentam. Mulheres em seus corais, usando shorts, cabelos curtos, e se portando dessa forma, pintando as faces, e então chamam de: “Irmã, isso e aquilo”, e a Bíblia condena essas coisas. Isto é certo. Vão a festas e se portam de modo duvidoso, mesmo assim membro de igreja; mantêm seu testemunho, e vivem da maneira que desejam.
306 Não pensem que estou falando inteiramente sobre os presbiterianos. Eu estou falando sobre vocês, pentecostais. Isto é certo. Vocês uma vez conheceram a Verdade, porém vocês pensaram que não poderiam tomá-La. Vocês não poderiam sustentar seu pastor. Seu – seu pastor não poderia ter aquele grande trabalho com muitas centenas de dólares por semana, e uma grande e boa igreja para pregar, e passear e prosseguir da forma que fazem. Se ele condenasse aquilo, a organização o lançaria fora; então ele tem de manter isto, ele tem de dizê-lo. Portanto, ele vendeu sua primogenitura por um prato de guisado de lentilhas do mundo, da papa de Esaú. E o que ele vai obter por isso? Ambos caem no buraco de condenação, e são condenados. Eu os acuso, como prostitutas do Evangelho.
307 Eu estive em um coral, um dos famosos, grandes lugares, não muito tempo atrás, uma das classes mais altas de pentecostais que existe. E aconteceu de eu estar assentado neste escritório do irmão quando quatro ou cinco corais tinham se juntado. E estas são umas das… algumas das melhores organizações dos pentecostais. E eles não sabiam que eu estava no escritório deste ministro, em Oklahoma. Eu estava assentado ali, no fundo, onde este ministro estuda antes de vir à sua plataforma. E quando o fiz…
308 Ali fora estava aqueles pequenos Rickies, e Rickettas, pintura, nenhuma delas tinha cabelos compridos, cada uma delas com cabelos curtos, cada uma delas com maquilagem, cada uma delas com togas. E um pequeno Ricky estava por ali, fazendo assim, (e outro homem estava tirando uma oferta missionária), ele agia como se ele fosse um cego com uma xícara, e ia por ali dizendo toda classe de coisas blasfemas sobre o recolhimento da oferta, e coisas assim. Porém saíram dali e trataram de cantar o – O Messias, oh, que coisa, e – e puderam cantar bem, mas não tinham o toque. Não, aquilo estava morto, vêem. Oh, que coisa! Aí está você. Este é o novo Gólgota Dele.
309 Que pensa você de alguma mocinha, ou alguma mulherzinha ali? Ora, se ela viesse ali, vestida como deveria ter sido, com cabelos longos, e sem toda a pintura, e coisas assim, eles teriam zombado dela; se ela tivesse resistido, e quando eles estivessem causando aquele distúrbio ali, aquele grupo de pessoas jovens, cerca de trinta ou quarenta deles. A parte selecionada dos pentecostais, e fazendo coisas como aquelas! E se aquela senhorita tivesse dito alguma coisa sobre isto, eles a teriam posto fora do coral.
310 Deixe o pregador do Evangelho se pôr no púlpito e dizer alguma coisa sobre isto, eles o colocarão para fora da organização. Vocês crucificam o Filho de Deus novamente, e O expõe ao vitupério. Seu Evangelho que vocês alegam pregar, vocês O crucificam. Eu acuso esta geração rejeitadora de Cristo, pela Palavra de Deus, e por Seu poder destes últimos dias fazendo vindicação de que Ele ainda vive. Sim. Eles são contra a precisa, vindicada Palavra de Deus. Suas organizações não podem fazer frente a Isto.
311 Grandes igrejas e denominações são Seu novo Calvário. Eu digo isto outra vez. Estes, seus desnudamentos modernos, são seus corais.
312 O sumo sacerdote de cada denominação apregoa como o sumo sacerdote daquele dia: “Agora desce e mostra-nos um milagre”. Hã-hã. Esta foi a primeira crucificação.
313 É a mesma coisa hoje. Teve caso de me dizerem: “Bem, agora, você levanta os mortos, não levanta? Por que você não vai ali em cima? Você tem uma esposa no cemitério. Você tem um bebê lá em cima”.
314 Disseram a Ele: “Ouvimos dizer que Tu ressuscitastes os mortos. Nós temos um cemitério cheio deles ali em cima. Vem ressuscitá-los”. Oh, ignorância produzirá ignorância. Estão vendo? Hã-hã.
315 Grandes igrejas, grandes corais, sumos sacerdotes deste dia: “Desce, mostra-nos um milagre que nossa denominação não possa fazer”.
316 Não faz muito, teve um homem que me fez uma observação sobre um… após uma pequena transmissão que eu tive Jonesboro, Arkansas, falando sobre uma mulher sendo curada. Estes sujeito pertencia a uma certa denominação de igreja, e ele subiu ali e disse: “Eu desafio a qualquer homem a me trazer e me mostrar um milagre”.
317 Eu fui e consegui um médico. Um homem tinha sido curado, com câncer. Eu fui e consegui uma mulher que tinha estado numa cadeira de rodas por cerca de vinte anos; ela foi curada de artrite, tinha estado numa cadeira de rodas. Eu a levei e disse: “Agora eu quero o dinheiro, mil dólares”.
318 Ele disse: “Bem, ah, ah, ah, ah, não está aqui. Está em Waco, Texas, onde está nossa sede.
319 Eu disse: “Está bem, nós iremos ali e o pegaremos”. Disse, eu disse: “Você faça os preparativos e iremos amanhã”. Estão vendo? Eu disse: “Nós enviaremos pelo correio…” Eu disse: “Aqui está o médico para afirmar que esta gente absolutamente tinha câncer. Aqui está na lista, raio X. Aqui está esta mulher que a vizinhança toda sabe que ela assentou-se numa cadeira de rodas por vinte anos, e ela está caminhando corretamente agora. E os médicos, foi em médico após médico após médico após médico, e tudo, e aqui está ela viva hoje. Agora, você disse que “daria mil dólares’. Eu quero colocá-los num fundo missionário. Eu os quero”. Estão vendo? Estão vendo?
Ele disse: “Bem, está em Waco, Texas”.
Eu disse: “Nós iremos amanhã”.
320 Ele disse: “Espere um minuto. Deixe-me dizer-lhe algo. Eu tomarei uma garotinha comigo. E deixe-me tomar uma navalha e cortar o braço dela, e então você a cure, ante nossos irmãos. E eles lhe darão o dinheiro”.
Eu disse: “Seu demônio!”
321 “Se Tu és o Filho de Deus, desprende-Te da cruz”. “Dize-nos quem Te bateu”, com um trapo ao redor de Sua cabeça. Batiam Nele, diziam: “Agora, se Tu és um profeta, dize-nos quem profe-…” “Se Ti és o Filho de Deus, desce da cruz”.
322 Cegos guias de cegos! Eles necessitam de cura mental, um homem que faz uma coisa dessa, ou faz uma afirmação como essa. Certamente.
323 No entanto, aquele velho e conhecido clamor: “Deixa-nos ver-Te fazer um milagre. Mestre, nós desejaríamos um milagre de Ti”. Quando, cada dia, cada hora, isto estava acontecendo o tempo todo, simplesmente como Deus dirigia que fosse feito. Porém eles não estavam presentes. Se estivessem, eles chamavam de “Belzebu, o diabo”. Estão vendo? “Mestre, queremos que Tu faças isto da maneira que nós queremos que Tu o faças”. É isso. “Vai onde nós queremos que Tu vás, faze o que nós queremos”. Oh, sim. Hã-hã. Eles não O tinham atado às suas condições. Não, senhor. Essa é a razão que eles tinham para lançá-Lo fora do meio deles. Sim, senhor. Estão tratando de fazer a mesma coisa hoje. E através da federação de igrejas finalmente conseguirão fazê-lo, vejam, todos eles vão juntos. O velho e conhecido clamor.
324 Aqui nós vemos, novamente, o lugar mais religioso, os melhores, teólogos polidos, bradando novamente, e contra Ele, bradando. Os teólogos mais importantes, os quais deviam estar conscientes; as maiores igrejas, e teólogos mais treinados, O expulsam do meio deles. Eles não O querem.
Você diz: “Isto é errado, Irmão Branham”.
325 Então você não esteve aqui para ver As Eras da Igreja, ou ouvi-la ser pregada. Você não esteve aqui, quando, esta Era da Igreja de Laodicéia foi a única em que eles O expulsaram da igreja. E Ele estava fora, do lado de fora, batendo, tratando de entrar novamente. Eles O expulsam porque para eles Ele não serve para nada. Eles O crucificam novamente. Amém! Quanto tempo mais conseguiríamos prosseguir?
326 Recordem, o profeta da Palavra de Deus nos predisse, em Segundo Timóteo 3, se você está anotando. Nós não temos tempo para lê-lo. Mas disse que: “Nos últimos dias, viriam escarnecedores. Eles seriam obstinados, orgulhosos, mais amantes de prazeres do que de Deus; caluniadores, incontinentes, cruéis, e sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, eruditos; tendo forma de piedade, mas negando a Eficácia dela: dos tais afasta-te! Pois estes são da classe dos que tomam néscias, mulheres de cabelos curtos”, usando shorts, faces pintadas, “de lugar a lugar, e as levam cativas”. Exatamente isso.
327 Ele disse: “Afaste-se disto, nos últimos dias”. Obedeçamos ao profeta. Afastem destas coisas nestes últimos dias”. Elas estão aqui. Eu estou clamando à Igreja agora. Sim, senhor. Afastem-se disso!
328 Eles tem, os – os ministros deste dia, deviam saber estas coisas. Eles deviam ter conhecido Jesus em Seus dias. Eles deviam ter conhecido. E agora eles deviam conhecer isto, mas eles não conhecem. Tal como os judeus ensinadores de Seus dias deviam tê-Lo conhecido no Seu dia, assim é hoje, com a Palavra, e Ele provou que Ele era a Palavra. Ele provou que Ele era a Palavra para aquele dia. E Deus tem provado hoje que Ele é a Palavra deste dia, a Luz da hora. E eles deveriam ter conhecido naquele tempo, e eles deveriam conhecer agora.
329 Eles O crucificaram naquela época, e eles O crucificam agora. Eu os acuso disto! Certo. Isso só fica faiscando através de mim: “Eu os acuso, porque Deus vai fazê-los pagar por isto!”
330 Os judeus de seu dia. Deus novamente, nos dias sobre a terra, Jesus disse: “Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes quis eu te ajuntar num grande grupo, mas tu não quiseste”.
331 Como Deus tem tratado, nestes últimos dias, de unir Seu povo, mas vocês não quiseram. Vocês tem desejado seu credo, por isso agora vocês estão entregues à destruição. Isso é o que Jerusalém recebeu; ela foi derrubada, queimada, ela está extinta. E isso é exatamente o que será, um desses dias, todas essas grandes coisas aqui. Seus grandes credos e denominações morrerão e perecerão, mas a Palavra de deus será Eterna e viverá para sempre. Estão vendo?
332 Suas feridas mais profundas vem da casa dos assim chamados amigos. Pensem, pensem nisto. Pensem nisto! Parem! Eu estou esperando um minuto. Ministros, pensem nisto! De onde Suas feridas vieram? Da casa de Seus assim chamados amigos. Como foi, assim é. Pensem nisto! No Calvário Ele não estava rodeado por – por selvagens, bárbaros, porém de ministros que alegavam amá-Lo. E hoje, quando o Evangelho é completamente identificado, quando os grandes sinais de Sua ressurreição são provados entre nós, não é a rua ali fora que censuram asperamente, são os assim chamados ministros.
333 Aqueles que supõe-se ser gente que O ama, é por eles que Ele está rodeado hoje. “Nós não aceitaremos aquela Coisa entre nós. Nós não aceitaremos este Homem governando-nos. Nós não apoiaremos. Nós não teremos nenhuma cooperação sobre Isso, nesta cidade, se aquela Coisa vier nesta direção. Isso não é nada senão espiritualismo. Isso é o diabo”. Não conhecendo a Palavra de Deus, o cego guiando o cego. Como foi então, pense, assim é agora. Justamente como foi então, assim é isto agora. Pense!
334 Seu Poder para curar e colocar o homem e a mulher livre do amor deste mundo presente, do cabelo curto, Jezabéis de caras pintadas que chamam-se de cristãs; e produzindo tal vida como essa, fumando cigarros, dizendo piadas sujas. Assentam-se e tem uma sociedade missionária, e costuram e cosem, e falam, e mexericam, e – e saem na rua e usam shorts, e tudo dessa maneira; e então chamam-se de cristãs, ante outras mulheres. Vocês se lembram de minha história sobre o escravo sabendo que ele era um filho de um rei, seu caráter. O que deveríamos nós ser? Homem e mulheres, e negar…
335 Estes clérigos, estes púlpitos onde Ele recebe Suas feridas, eles tem tolerado e endossado essa classe de vida entre as pessoas, onde eles O traspassam. Negam o Poder para – para fazê-los livres disto, e consentem que isto seja assim. Quando é contrário à Palavra de Deus, uma mulher corta seu cabelo, ou pintar sua face, ou usar shorts. Isto é contrário à Palavra de Deus, porém eles endossam isto, fazendo outro Calvário (de onde? Da rua? Da sala de bar?) do púlpito, do púlpito.
336 E, novamente, qual era o clamor? “Ele faz a Si mesmo Deus”. Eles negam Sua Deidade. Eles tratam de dividi-Lo e fazer três ou quatro Deuses Dele. Quando, Ele é Deus; Ele era Deus; Ele sempre será Deus, o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Quando você fala sobre um Deus, a eles, eles riem de você. “Nós cremos numa santa trindade.”
337 Eu creio num Deus santo, sim, senhor, Seu Poder para cura, para libertar, e tirar aquelas pessoas do amor do mundo, para libertá-las como Ele fez com Maria Madalena. Recordem, ela era uma pequena Jezabel pintada, também. Ela tinha sete demônios nela. Ela era uma mulher que se despia.
338 Justamente como a moderna mulher na rua hoje; vá a qualquer lugar que queira e olhe. Se você não crê que as pessoas se inclinam no altar de mulheres nuas, olhe lá fora na rua hoje. Como foi nos dias de Sodoma, assim será. Olhe para fora, se você não crê nisto, simplesmente vá a qualquer lugar. Abra um jornal, abra uma revista, olhe num cartaz de propaganda, o que você encontra? Recordem o que disse: “Quando os filhos de Deus viram que as filhas do homem eram bonitas, eles as tomaram por mulheres.” Olhem para o escândalo na Inglaterra, olhe para o escândalo aqui, olhe para a coisa toda, tem se tornado uma casa de prostituição.
339 Por que é isto? Por que a Rússia se converteu em comunismo? Por causa da vulgaridade e sujeira, e pela falta de Poder da igreja católica. E esse é exatamente o porquê desta nação ser dominada, comunismo e a federação de igrejas, e se unindo com a igreja católica. O que, comunismo e catolicismo se unirão, vocês sabem, e aqui eles o estão fazendo. Por quê? Porque eles têm rejeitado o Evangelho que os separa e os faz pessoas diferentes!…?…Esta é exatamente a razão.
340 E ministros no púlpito estão tolerando isto, para terem um ganha-pão, pela posição social de algum credo, dizem: “Eu pertenço a tal e tal,” trocando educação no lugar do Poder de Deus; livrem a eles desta corrida desenfreada, como Maria Madalena.
341 O próprio Poder que pôde tomar aquela mulherzinha na rua que se despia, e fazê-la usar roupas e agir como uma senhora, e fazer dela uma cristã, eles condenaram aquele Poder, e crucificaram o Homem que O tinha, no Calvário.
342 E hoje, o próprio Evangelho e o Espírito Santo que toma aquela mulherzinha que se despe e a faz vestir como uma senhora e agir como uma cristã, eles chamam Isto de “fanatismo.” Não querem que Isto se misture pelo meio da congregação deles, causando agitação entre eles, fazendo com que outras mulheres o façam. O que eles fazem? Eles O expulsam, simplesmente como fizeram naquele tempo. E agora crucificam a própria Palavra e dizem que Ela era para outra era. Eu os acuso novamente, sim, senhor, tal como foram acusados naquele tempo.
343 O sinal que fez o velho Legião vestir suas roupas. Recordem, uma pessoa que tira suas roupas está louca. Estão vendo? E uma mulher? Legião estava louco; ele despiu suas roupas. Deus tomou Seu Poder e o fez vestir suas roupas. Ele estava vestido, em sua mente correta, assentado aos pés de Jesus.
344 Veja o Poder que fez o velho cego Bartimeu ver, justamente entre seus credos. Ele esteve na terra quando havia tanta incredulidade quanto há hoje, mas aquilo não O deteve. Ele continuou. Ele não usou palavras amenas com eles. Ele lhes disse: “Vocês são de vosso pai, o diabo.” Ele condenou a coisa toda.
345 O Poder que pôde levantar Lázaro da tumba, e deu à mulher de Naim seu filho de volta! Ó Deus! O poder que pôde fazer aquelas coisas, que pôde predizer as coisas que aconteceram. “Há dois…Jumentinho, há um jumentinho amarrado entre dois caminhos,” e todas estas coisas que Ele predisse. O próprio Homem que possuía aquele Poder: “Fora com ele. Nós não podemos tê-Lo entre nossa gente. Ele polui os nossos ensinamentos,” eles O crucificaram.
346 A mesmíssima coisa hoje: “Fora com o Espírito Santo,” eles não querem nada a ver com Ele. “Ele condena e faz estas coisas, e diz à nossa gente estas coisas que nós não queremos que se misturem em nossas organizações. Ele é contra nossos credos.” Eles O crucificaram de novo. Oh, que coisa!
Observe agora enquanto estamos encerrando. Temos de encerrar.
347 E eles O chamaram de “fanático.” Eles disseram: “Ele era louco.” Ninguém sabia que a Bíblia disse que “Jesus era,” aqueles fariseus disseram, “este Homem é um samaritano, e Ele está louco.” Agora o que a palavra louco significa? “Demente.” “O Homem está demente. Eles são um grupo de pessoas loucas que O seguem. Ele é Belzebu.”
348 E, novamente, eles dizem a mesma coisa: “Isto é uma classe de feitiçaria. É adivinhação,” colocando-O novamente sobre a cruz de vergonha. Que cruz? Que vergonha? Ele é uma Palavra vindicada; zombando Dela, dizendo às pessoas que Isto é o diabo. Fazendo alguma coisa, e chamam…
349 Ele disse: “Eles chamam as sagradas obras de Deus em ‘um espírito imundo que as está fazendo,’ não há perdão para isto.”
350 Envergonhando Sua Palavra, tratando de expô-La e chamá-La de truque ou fanatismo: “Não vão a isto. Não assistam às reuniões deles.” Hã-hã.
351 O que fazem eles ao fazerem isso? Tomam seus cravos de credo denominacional. Isto é certo. Estes mestres buscadores de prazeres, mundanos, ímpios, loucos denominacionais, tomam os cravos denominacionais e crucificam o Filho de Deus com isto, novamente, de seus púlpitos.
352 Por que fazem eles isto? “Eles amam os louvores do homem,” o título que a igreja lhes pode dar, “mais do que o amor da Palavra de Deus.” Eu os condeno. Eles não podem se conformar com o mundo, porque eles estão…Não podem se conformar com a Palavra, porque eles já se conformaram com o mundo. Eles já fizeram isto. O dia hipócrita em que vivemos! Não é isto…
353 Não é um Calvário suficiente para o meu Senhor? Por que vocês fazem isto? Vocês que supõe-se ser gente que O ama, vocês sabem que Esta é Sua Palavra, vocês que podem ler Apocalipse capítulo 22, diz: “Qualquer que tirar uma Palavra ou acrescentar uma Palavra,” por que vocês fazem isto? Não é um Calvário suficiente para Ele?
354 Eu me ponho em Sua defesa. Eu sou Seu advogado, e eu os acuso pela Palavra de Deus. Mudem seus caminhos ou vocês irão para o inferno. Suas denominação desmoronarão. Eu os acuso na Presença do Juiz, correto, vocês, com suas formas de piedade, hipocrisias. E por que vocês chamam Isto…Não é um Calvário suficiente?
355 Como Pedro disse: “Vossos pais denominacionais,” Pedro os acusou pelo…Disse: “Qual de vossos pais não fez isto?” Estêvão fez a mesma coisa: “Com mãos iníquas crucificastes o Príncipe da Vida.” Não disse Jesus, Ele mesmo: “Qual de vossos pais não colocou os profetas nas tumbas? E vocês as adornaram mais tarde?” Assim tem sido para com o homem justo através das eras!
356 Assim eu acuso este alto e polido bando que vai à igreja de rejeitadores de Cristo deste dia. Vocês com suas formas de piedade crucificam meu Cristo a segunda vez, ao dizer às pessoas que estas Palavras são para algum outro dia, e isto não é para este dia. Eu os acuso. Vocês são culpados do mesmo crime de que eles foram no dia da crucificação. Arrependam-se e voltem a Deus, ou perecerão.
357 E novamente eu digo: “Aqui,” as igrejas, “eles,” os mestres, “crucificaram,” por blasfêmia, “a Ele,” a Palavra. Deus sê misericordioso! Deixe-me dizer isto outra vez. Isto pode ter sido confundido na fita. “Aqui,” as igrejas, “eles,” o clérigo, “crucificam,” por blasfêmia, “a Ele,” a Palavra. Não é de se admirar que seja novamente:
Em meio a rochas fendidas e céus enegrecidos
Meu Salvador inclinou Sua cabeça e morreu,
Mas a abertura do véu revelou o caminho
Para o júbilo do Céu e o dia sem fim.
358 Eu digo isto nesta fita, e para esta audiência. Eu digo isto sob a inspiração do Espírito Santo. Quem está do lado do Senhor, deixe-o vir sob esta Palavra! Deus certamente trará estes iníquos, negadores de Cristo, geração rejeitadora de Cristo a julgamento, por blasfêmia, pela crucificação de Sua Palavra identificada. Eles estão vindo a Julgamento. Eu os acuso! “Quem está do lado do Senhor,” disse Moisés, “venha a mim,” quando a Coluna de Fogo pairava ali como uma evidência. Quem está do lado do Senhor, tome a Palavra, negue seus credos, e siga a Jesus Cristo diariamente. E eu me encontrarei com você na manhã.
Inclinemos nossas cabeças para uma palavra de oração.
359 Ó Senhor Deus, doador da Vida Eterna e Autor desta Palavra, Quem ressuscitou do mortos o Senhor Jesus, Quem identificou isso propriamente ante uma – uma geração de pessoas incrédulas. Esta manhã foi demorada. Muitos se assentaram aqui. A igreja está lotada. Pessoas estão de pé ao redor. E as fitas estão sendo gravadas, para irem ao redor do mundo, em diferentes lugares. Ministros ouvirão isto em seus escritórios. Eu oro por eles, Senhor. Permite que estas palavras caiam no profundo do coração, corta fundo, corta fora todo o mundo. Que eles possam dizer como…
360 Este pequeno ministro metodista lá embaixo em Kentucky, veio a mim outro dia, e disse: “Quando eu estava ouvindo aquelas Sete Eras da Igreja, eu o ouvi gritar: ‘Afastem-se desses muros da Babilônia,’” disse, “eu abandonei aquilo e me fui. Eu não sabia qual caminho tomar ou o que fazer, porém me fui.” Bendita seja a coragem daquele jovem homem, e uma esposa, e duas ou três crianças.
361 Deus, permite que muitos encontrem seu caminho para a Palavra de Deus, o único caminho de Vida, pois Ele é a Palavra. Eu oro por cada um, Pai. Às vezes ao dizer estas coisas, não é por crueldade; é por amor, porque o amor é corretivo. E eu oro, Deus, que as pessoas entendam isto dessa maneira, que a intenção é corrigir. Tu Quem tiveste de corrigir, e oraste por eles na cruz, dizendo: “Pai, perdoa-os. Eles, eles estão cegos, eles – eles não entendem o que estão fazendo.”
362 Eu oro por aqueles ministros hoje que estão crucificando a Palavra novamente, ao tomar seus credos e denominações e dogmas, e substituir com eles a Palavra da Vida. E então, ante as pessoas, eles – eles criticam a real Verdade que Deus está vindicando ser Sua Verdade. Nós oramos por eles, Pai, que Tu possas chamá-los à Ceia das Bodas novamente. E possam eles vir neste tempo, e não encontrem desculpas, pois eu entendo que a última chamada por já ter sido feita. Pode que seja tarde demais agora. Eu espero que não seja.
363 Abençoa esta pequena congregação presente aqui, estas poucas centenas de pessoas que estão reunidas aqui nesta manhã, neste dia quente, assentadas aqui durante um culto longo, talvez duas horas ou mais, e ouviram. Eles não se foram. Eles permaneceram quietos e ouviram. Muitos deles esperando seu almoço, e as mulheres de pé com seus bebês, e estão esperando. Eles estão agarrando cada Palavra.
364 Senhor, eu imagino o que me encontrará no Dia do Julgamento se eu dirigir mal esta gente. Eu estou consciente, Senhor, tão consciente que eu posso sentir. Que, eu estou tratando de levá-los à Palavra, e permitir-lhes viver pela Palavra, dizendo-lhes que Tu és “o mesmo ontem, hoje, e eternamente, que o grande Espírito Santo é Jesus Cristo, absolutamente na forma do Espírito Santo, o mesmo Homem.” Tu disseste assim. “Um pouquinho e o mundo não Me verá mais; mas vós Me vereis, pois Eu estarei convosco, mesmo em vós.” E eu sei que isto és Tu, Senhor. E nós cremos em Ti, pois nós Te vemos fazer a mesma coisa entre nós.
365 Nós nos redemos hoje, sensatamente, nós o fazemos aqui nesta congregação e nas fitas. Senhor, bem neste minuto, possa cada homem e mulher, rapaz ou moça, que esteja – que esteja aqui presente, ou de pé lá fora, ou ouve na fita, possamos neste momento fazer uma profunda consagração e nos render completamente ao serviço de Deus.
366 Move sobre a audiência, Senhor, em Poder, e cura o enfermo. Disseram que tinha um garotinho aleijado aqui. Que o grande Espírito Santo…Nós sabemos, somente ao assentar em Sua Presença como isto é, Ele o fará. Se Tu podes ir através do rádio e televisão, através das terras, e curar o enfermo: “Tu enviaste Tua Palavra e os curaste,” Tu podes fazer a mesma coisa neste momento. Eu oro, Deus, que Tu cures cada pessoa enferma, cada aleijado, cada aflito, aqui e aqueles que ouvem estas Palavras. Deus, concede isto. Minha oração é por eles.
367 Com um – com um amor de Cristo em meu coração e um sentimento pelos necessitados, eu os apresento, Senhor, a Ti, sobre o altar do sacrifício, onde o corpo Ensangüentado daquele Cordeiro permanece como uma propiciação por nossos pecados e enfermidades, estirado ali. Eu suplico por misericórdia para o povo. Eu desejo me interpor, como Moisés, na brecha por eles, Senhor, e dizer: “Deus, sê misericordioso com eles, a eles, um pouco mais, e dá-lhes outra chance.” Não – não faças isto exatamente agora, Senhor. Permite – permite que o Evangelho vá um pouco mais adiante.
368 Eles estão – eles estão condenados, Senhor. Eu oro que Tua grande misericórdia e graça se – se estenda à ultima pessoa que tem seu nome no Livro. E eu sei que eles desejam. Não é difícil orar contra Tua Palavra Divina, ou contra – ou contra o… com a Palavra Divina, quero dizer, Senhor; a Palavra que está prometida, a Palavra que tem sido vindicada, a Palavra que predestinou estas pessoas lá no passado antes da fundação do mundo. Não é – não é difícil – orar que Tu salves aqueles nomes que estão no Livro, porque eu sei que Tu o farás. Jesus disse assim: “Todo aquele que o Pai Me tem dado virá a Mim”. E nenhum homem pode vir a menos que tenha sido dado.
369 Agora eu oro, Deus, que em toda parte que estas Palavras caiam, tanto na fita como presente aqui, que o Espírito Santo chame cada pessoa predestinada agora, desde a fundação do mundo quando o nome deles foi escrito no Livro da Vida do Cordeiro. Possam eles ouvir a Voz de Deus falando hoje, naquela pequena Voz mansa e delicada no fundo do coração, dizendo: “Este é o caminho, caminha Nele”. Concede isto, Pai. Eu peço isto no Nome de Jesus.
370 E enquanto presentemente temos nossas cabeças inclinadas aqui na audiência. Se voces crêem ser esta a Verdade, e vocês – vocês… Eu tenho colocado, posto minha mão sobre estes lenços aqui, e pacotes pelos enfermos e aflitos. Eu quero lhes fazer uma pergunta, sinceramente agora.
371 Eu não desci aqui só para ser ouvido. Eu – eu – eu estou cansado. Eu estou esgotado. Eu não sou tão jovem como eu costumava ser, e eu – e eu sei que nossos dias estão contados. E eu sei que eu tenho de colocar cada coisinha que eu puder, para o Reino de Deus. Eu tenho de pregar cada vez que eu puder obter uma chance. Eu tenho, eu tenho de ir quer eu sinta ou não.
372 Eu vim aqui porque eu – eu sinto de fazer isto. Eu – eu quero fazer isto. Eu amo voces. E eu não digo coisas ásperas e duras, também – também, porque eu queira. Há – há uma pulsação dentro de mim. Esta mesma coisa que está sendo vindicada é a coisa que me pressiona a fazer estas coisas. Eu digo isto amavelmente, com amor. Não é minha intenção repreender nossas mulheres ou nossos homens. Não é minha intenção fazer isso, irmão, irmã. Somente é minha intenção traze-lo a um – a um ponto claro, onde você possa ver a correção e o azorrague do Senhor, de que você deve vir agora. Não adie; pode ser que você espere demais.
373 E você que deseja se colocar ao lado do Senhor, com plena renúncia em seu coração, na presença da audiência agora, ou mesmo no lugar onde as fitas estarão; voces, com suas cabeças inclinadas… Não levantem suas mãos se não sentem de fazer assim. Agora se você realmente sente, deseja vir ao Senhor, com uma vida mais consagrada, queira levantar sua mão direita agora. Você, o Senhor o abençoe. Você está consagrando a si mesmo de novo a Cristo, para tratar de levar a reprovação. Você diz: “Estou disposto hoje a tomar a reprovação”.
374 Eu tenho ambas as mãos levantadas, também. Eu, eu desejo tomar a reprovação de Jesus Cristo sobre mim. Eu alegremente uso esta marca chamada “santo rolador”, soja o que desejar chama-la. Eu uso isto com orgulho, porque é por amor do Senhor. Eu a uso com orgulho.
375 Vocês todos não desejam fazer o mesmo? Levantem suas mãos, e digam: “Pela graça de Deus, eu – eu – eu quero… estou…” Os discípulos retornaram, acharam ser uma grande honra levar a reprovação de Seu Nome. Ou deseja você levar a reprovação de alguma estrela de Hollywood, ou de alguma coisa da televisão, ou algum membro de igreja, ou algo assim? Ou, deseja você a reprovação da Palavra de Jesus Cristo? “Dá-me a reprovação da Palavra, Senhor. Eu sei que Ele levou a reprovação da Palavra de Deus. Deixa-me carrega-la, também, Senhor”.
E esta consagrada cruz levarei
Até que a morte me faça livre,
Então irei ao lar, uma coroa usarei.
376 Haverá uma coroa para nós algum dia. Está sendo feita agora. Quando esta vida terrena passar, então nós sabemos que estará certo.
377 Agora não há espaço para trazer as pessoas ao redor do altar. Que sua cadeira, onde você está, seja um altar. “Tantos quantos creram…” Enquanto oramos.
378 Pai Celestial, pareceu-me como se quase toda mão de jovem e velho estivesse levantada, nesta audiência. E eu oro que, cada vez que a fita for tocada, as pessoas levantem suas mãos, e se ajoelhem no quarto; pai e mãe vão e segurem a mão um do outro, e digam: “Querida, temos sido membros de igreja por tempo suficiente. Venhamos a Cristo”. Concede isto, Senhor.
379 Abençoa estas pessoas aqui. Eu oro que Tu lhes dês, Senhor, uma vida consagrada. Muitos deles, Senhor, são boas pessoas. Eles são – eles são Teu povo; eles só não tem conhecido a Verdade. E eu suplico que Tu lhes mostres Tua Verdade, Senhor. “Tua Palavra é a Verdade”.
380 Como Tu disseste em João, eu creio que mais ou menos capítulo 17, Tu disseste: “Santifica-os, Pai, na Verdade. Tua Palavra é a verdade”.
381 E novamente, Tua Palavra, ainda é a Verdade. Ela sempre é a Verdade, porque Ela é Deus. E eu oro, Deus, que Tu os santifiques através da Verdade. Isto é, santifica-os, purifica-os de todos os credos e denominações. Purifica-os de todas as coisas mundanas, a uma vida consagrada da Palavra. Concede-o Senhor. Eles são Teus agora. Tu prometeste faze-lo. E como Teu servo, eu ofereço minha oração em favor deles. No Nome de Jesus Cristo.
382 Agora com nossas cabeças inclinadas, vamos cantar este hino enquanto continuamos orando.
Jesus pagou tudo,
Tudo a Ele… (Pense nisto!)
O pecado…
383 Ontem eu estava em um – um lugar, e um homem estava tirando minhas medidas para um terno que um irmão aqui da igreja comprou para mim. Ele disse: “Seu terno parecia ser quente, e comprei-lhe um mais fresco”.
384 E eu fui levar para cortar, e ele disse: “Ora, seu ombro direito está caído. O senhor deve ter carregado algo pesado algum dia”.
385 E eu pensei: “Sim, uma carga de pecado. Mas Jesus pagou tudo”. Escutem enquanto cantamos isto.
Jesus pagou…tudo,
Então toda, toda minha vida, a Ele eu…
O que fez o pecado?
O pecado deixou uma mancha carmesim,
Ele a lavou deixando-a branca como a neve.
386 Deus, sê misericordioso para conosco. Assim neste tempo de profunda meditação, que a Palavra infiltre no profundo, Senhor, ao coração. Que as pessoas embora elas estejam atrasadas para seu almoço… Porém, Senhor, isto é mais que alimento. Isto é Vida. “Minha Palavra é alimento”, Tu disseste. E é nisto que nossas almas famintas estão banqueteando.
387 Agora toma-nos, Senhor, molda-nos. Senhor, toma-me com eles. Eu desejo ir com eles. Eu vou ao Calvário agora, Senhor, pela fé. Eu estou indo com esta congregação. Não só molda-me, Senhor. Eu tenho errado. Muitas vezes que eu…
388 Aqui recentemente eu ia abandonar a pregação. As pessoas não me ouviam. Elas simplesmente continuavam fazendo a mesma coisa, e eu – eu me desanimei. Eu criei um complexo. Ó Deus! Alguns domingos atrás, quando Tu me deste aquele sinal ali fora, e lendo uma Bíblia, e vendo o que Tu disseste a Moisés, bem como foi aquele sonho, que havia uma montanha, também, e seria um sinal para ele. E então justamente no final disto, saber que eu – eu tinha deixado uma porção de pessoas enfermas; um ministério não somente no profético, mas no ensino da Palavra, e – e na oração pelo enfermo. Tu deixaste um homem cair morto aqui mesmo no chão, e então o trouxeste à vida, para confirmação de que era a verdade. Tu sempre confirmas Tua Palavra.
389 Agora, Senhor, confirma Isto agora enquanto estou ante Teu Trono. Toma cada uma dessas pessoas, Senhor, tira o mundo fora de nós. Toma-me, Senhor, enquanto estamos em Tua Presença. Simplesmente tira o mundo, espreme nossos corações, Deus, agora mesmo. Tira o mundo e os cuidados do mundo para longe de nós. Permite que sejamos cristãos consagrados, ó Deus, para sermos amáveis e bondosos e agradáveis, dando os frutos do Espírito. Farás isso, Senhor? Estamos ante Teu Trono. O pecado deixou uma mancha carmesim sobre cada um de nós, mas Teu Sangue pode perdoar, Senhor, e faze-la branca como a neve. Concede-o, enquanto estamos esperando em Ti. Toma-nos; somos Teus; consagramos nossas vidas a Ti. No Nome de Jesus Cristo, concede-o, Senhor, a cada um de nós.
390 Espreme meu coração, Senhor. Eu vejo todos os meus erros. Eu vejo meus enganos. Deus, desde este momento, eu estou tratando de viver da melhor forma que posso, para Te ajudar. Eu quero ir, eu quero consagrar minha vida novamente a Ti, aqui esta manhã.
391 Após trazer esta acusação contra meus – meus amigos clérigos ali fora, e ter que dizer estas coisas duras, mas, Senhor, eu fiz isto por Tua inspiração. Eu sinto que Tu me disseste para faze-lo. Agora a responsabilidade não está mais sobre mim, Senhor. Eu – eu estou feliz que não esteja. Deixa-os fazer com isto o que eles quiserem, Pai. Eu suplico que eles aceitem. Eu rogo que Tu salves cada um, Senhor.
392 Possa vir um avivamento do justo, e que um grande Poder venha entre a Igreja pouco antes que Se vá. Não é difícil rogar por isto, porque Tu prometeste. E nós estamos esperando, Senhor, a terceira puxada que sabemos que fará grandes coisas por nós em nosso meio.
393 Eu sou Teu, Senhor. Eu me coloco sobre este altar, tão consagrado quanto eu saiba como fazer-me. Tira o mundo de mim, Senhor. Tira de mim as coisas que são perecíveis, dá-me as coisas imperecíveis, a Palavra de Deus. Possa eu ser capaz de viver tão cuidadosamente essa Palavra, até ao ponto que a Palavra esteja em mim, e eu na Palavra. Concede-o, Senhor. Que eu nunca me afaste Dela. Possa eu segurar aquela Espada do Rei tão fortemente, e agarra-La firmemente. Concede-o, Senhor.
Abençoa-nos juntos. Somos Teus servos, enquanto nos consagramos a Ti esta manhã, novamente, em nossos corações. Somos Teus, no Nome de Jesus Cristo, para serviço.
Jesus…
Deus os abençoe! Irmão Neville.

Deixe seu comentário

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

A ACUSAÇÃO
07 de julho de 1963
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – EUA


1 Obrigado, Irmão Neville. Permaneçamos de pé por um momento agora para oração. Inclinemos nossas cabeças. Há algum pedido a ser manifestado, se há, indique tendo uma mão levantada, somente para Deus, diga: “Eu – eu…?” Mantenha em sua mente agora o que – o que deseja pedir-Lhe, e creia com todo seu coração, enquanto eu ofereço minha oração por você, também.
2 Pai Celestial, nós estamos… consideramos este, um enorme privilégio, o de vir à casa do Senhor, neste dia escuro, e – e encontrar o Filho-Luz de Deus brilhando, e ouvir o Espírito Santo cantando através do povo, e falando através do povo, simplesmente um – um pouco de brilho do Filho por dentro. Nós Te agradecemos por isto, o Celestial brilho do Filho ao redor de nossos corações. Como Te agradecemos por isto! Agora eles estão…
3 Teu povo tem levantado suas mãos nesta congregação, de que tem pedidos, que eles gostariam que Tu lhes respondesses esta manhã. E eu oro, Pai, que Tu concedas cada uma de suas pedidos. Há tantas, empilhadas sobre o púlpito, e tantas petições por toda parte, de pessoas enfermas, sofrendo; chamadas telefônicas, de longa distância, cerca de cinqüenta por dia. Ó Deus, que faremos? Dirige-nos, Senhor. Nós – nós não sabemos que caminho tomar ou o que fazer, mas Tu podes dirigir estas coisas, e oramos que Tu concedas isto a nós. Porque, é – é nossa intenção, Senhor, a vida que temos na terra nos é dada por Ti, e queremos usá-la para Te honrar. Agora guia-nos nessas coisas, Pai.
4 Abençoa-nos hoje enquanto nos reunimos para ouvir a Palavra do Senhor, para cantar os hinos, para oferecer oração. Ouve nossas orações. Regozija-Te conosco em nossos hinos, e fala-nos através da Palavra, pois nós pedimos isto em Nome de Jesus. Amém.
Podem se assentar.
5 Simplesmente não conheço nenhum lugar que eu consideraria ser maior privilégio para estar de pé, que estar no – no púlpito, para partir o Pão da Vida para um povo que está à espera, faminto, sedento. E este é um grande privilégio.
6 Primeiro, eu gostaria de perguntar se – se está aqui alguém da família Wright, Hattie ou Orville, ou alguém? Hattie. Orville está com você, Hattie? Bem, peça-lhe para passar por casa, imediatamente, a respeito do que lhe disse, você sabe. Para passar por casa, se ele puder. Eu me esqueci de trazer comigo, esta manhã, algo para seu cachorrinho que tem lá. Então eu – eu simplesmente… Se você desejar, passe por casa assim que você sair para – para o seu cul-… após o culto.
7 E agora, Edite, irmã de Hattie, aquela que nós conhecemos como a mocinha que tem estado aleijada desde que era um – um bebê. E ela é uma mulher agora, e ela está numa condição muito má. Agora eu, cerca de um ano atrás, eu desci lá quando ela teve seu primeiro ataque, e imediatamente encontrei qual era seu problema, pela ajuda e graça de Deus. Agora, realmente, o problema da moça…
8 Ela fica sentada, seus membros se comprimem, e ela nem mesmo pode separá-los; isto é por causa da tremenda pressão sobre o – o sistema nervoso. Mas, o que é, não há nada fisicamente errado com a moça, fora da perturbação da paralisia infantil quando ela tinha cerca de seis meses de idade. Ela choramingava e chorava, quase que toda sua vida, até… Nós oramos por ela muitos anos atrás, e – e ela tem estado feliz desde então, até cerca de um ano atrás.
9 E agora é, na realidade, menopausa. Em outras palavras, a mudança de sua vida, e seus nervos estão numa terrível condição. E a daminha tem metido em sua cabeça que ela está morrendo, ela está – que ela simplesmente não vai viver, de uma hora pra outra. E vocês sabem. E mulheres sadias, fortes tem uma dificuldade terrível, algumas vezes tem que tomar doses de hormônio, e – e irem às instituições e receberem tratamento para distúrbios e tudo mais, durante aquele tempo.
O ser humano tem duas mudanças de vida.
10 Eles tem a mudança de garoto a – a homem; de mulher… de mocinha a mulher. Por volta de dezesseis, dezessete anos de idade, tornam-se um bando de irresponsáveis. E – e se puderem, simplesmente aturem-nos durante essa idade. Eu tenho uma filha nessa idade exatamente agora, Rebeca. Orem por ela. E Billy, oh, cada um de nós, nós passamos por essa frenética idade. E – e assim nós devemos aturá-los, compreendendo que isto é algo que – que eles – eles tem que atravessar.
11 E agora, Edite, com esta mudança de – dos – dos sete anos. A cada sete anos, sua vida muda. Então as sete vezes sete, veja você, e – e isto se torna um pouco difícil, e essa é a mudança completa. E isto – isto molesta as mulheres. O homem geralmente adquire um comportamento estranho durante esse tempo, e algumas vezes deixam suas esposas. Mas as mulheres são – são estéreis após isso. E todos nós passamos por isso, e devemos lembrar que estas coisas que devemos tolerar um ao outro, e entender essas coisas.
12 E a pequena Edite tem chegado a esta condição, e ela tem perdido muito peso, e se parece mal. E – e – e eu lhes digo, alguma noite, não todos vocês juntos, mas simplesmente uma viagenzinha lá embaixo… Eles estão com ela, dia e noite. E uma – uma viagenzinha ali deste tabernáculo e – e diferentes tabernáculos, os – os tabernáculos irmãos aqui, alguns de vocês desçam e visitem a família Wright. Eu estou certo que eles dariam valor a isso. Simplesmente desçam e se assentem com eles um pouquinho, e conversem com eles, apertem a mão deles, ainda que não seja mais que uma visita amigável.
13 Nós – nós esquecemos isso tão facilmente, vocês sabem. E quando se trata da nossa própria casa, então nós damos valor a isso. E devemos lembrar que, os outros também dão valor a isso. E a família Wright, eu estou certo, daria valor a isso. Eu – eu sei que vocês o teriam feito se soubessem que esta condição existia. Mas vocês não sabiam disto, assim – portanto, por isso que eu estava contando para vocês.
14 Vão e visitem a família Wright, e tratem de animar Edite. Agora, não lhe digam que ela se parece mal. Digam-lhe que ela se “parece bem”, que ela “vai ficar boa”. O que, ela estará bem se nós permanecermos dando apoio a ela. É para isto que estamos aqui. Ela é nossa irmã, e – e estamos aqui para darmos apoio, nestas horas, a essa moça. Justamente como eu gostaria que alguém me apoiasse e orasse enquanto eu estivesse atravessando minhas provas, e você gostaria que alguém lhe fizesse o mesmo.
15 E – e a família Wright tem sido um – um longo… um dos membros mais antigos que vem a esta congregação. Eles, eu creio, e o Irmão Roy Slaughter e Irmã Slaughter. Eu os vi exatamente há poucos momentos atrás, acenei a eles quando entravam. Pensei, eu mesmo, quando dirigia na esquina: “Quantos anos tenho eu visto o Irmão e Irmã Slaughter tomarem seus lugares nesta igreja, através de triunfos e contratempos, e ainda continuam a batalhar?” E a família Wright; e como aqueles, dá-se valor a essas pessoas, vêem. E vamos – vamos demonstrar nosso apreço a elas.
16 Agora, hoje, eu tenho uma longa Mensagem. É sobre uma acusação.
17 E – e então, esta noite, eu ouvi dizer que há comunhão e lava-pés, e assim por diante. Então o pastor falará, e teremos… desceremos. E se você – se você estiver por aqui, venha e desfrute a – a mensagem do pastor, do Senhor, e então também do lava-pés e a – a comunhão, esta noite. Será uma – uma noite bem abarrotada, assim que estaríamos felizes em ter-lhes presente, se você não tiver outro lugar para ir.
18 E nós queremos agradecer a Don Ruddell, e – e nosso irmão, e Irmão Jackson. E – e estes irmãos são nossos irmãos, igrejas irmãs que são associadas. O Irmão Jack Palmer aqui, quem mantém o – o grupo lá embaixo em Georgia. E nós – nós – nós queremos agradecer a estes homens de todo nosso coração. Pois, quando temos cultos, quando eu venho, e eles – eles vem nos visitar, e damos valor a isso.
19 Eu vejo, esta manhã, meu bom amigo, Doutor Lee Vayle e sua esposa. Eu reconheci a Irmã Vayle ali, primeiro, e eu continuei olhando ao redor para ver onde o Irmão Lee estava. E eu tenho um, a velha expressão sulina, “um acerto para fazer com ele”, vejam, quando eu alcançá-lo. Eu procurei por ele cada dia naquela convenção, para descer ali para me ajudar. E eu disse: “Bem, se Lee vier, ponham-no a pregar, e eu simplesmente farei oração pelos enfermos”. E nós o procuraremos chamando pelo alto-falante, e tudo mais, e não pudemos encontrá-lo. Então, eu estou – eu estou, eu tenho, o acerto para fazer com ele, quando eu conseguir lhe falar. E estamos felizes em ter o Irmão e Irmã Vayle, nesta manhã.
20 E talvez haja muitos mais aqui que nós não tenhamos percebido. Eu vejo uma irmã aqui, eu creio, de Chicago. Eu não posso… Eu conheço o grupo aqui, mas não consigo citar seus nomes exatamente. Portanto nós – nós os consideramos muito, de todas as partes, de onde quer que você seja.
21 Eu vejo os irmãos aqui, dois jovens companheiros que vão ser ordenados (jovens no ministério, pelo menos) esta manhã. Dois, nossos irmão de cor de Nova York, há pouco receberam suas credenciais através da igreja de Filadélfia, e deram esta igreja como lugar de onde procedem. E vamos impor nossas mãos sobre eles, que Deus abençoe o ministério deles em Nova York. Nós temos duas ou três igrejinhas lá. Creio que o Irmão Milano tem um dos grupinhos ali, e estamos… nós os consideramos muito. E – e aqui há mais dois para sair e fazer, ter cultos para as pessoas ali. E nós – nós damos valor a estas coisas.
22 O Senhor os abençoe, ricamente, tantos! Eu olho ao redor e vejo diferentes pessoas, e simplesmente não se consegue citar todos os seus nomes, mas eu sei que Ele conhece.
23 Agora, eu creio, queira nossa irmã, a pianista, ou uma delas, vir aqui e tocar para nós.
Quando a brasa tocou ao profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
E quando a palavra de… a voz de Deus disse:
“Quem irá por nós?”
então ele respondeu: “Eis-me aqui,
envia-me”.
24 Considerando que, nós ordenamos estes ministros pela imposição de mãos. Agora, nós entendemos que a maneira bíblica de ordenar um ministro é impondo as mãos. Eu creio que nossos irmãos da chuva serôdia, ou a gente de Battleford, e assim por diante, confundiram; e quando eles viram isto, imposição de mãos, para conferir dons espirituais. Agora, nós não cremos que os dons espirituais vem através da imposição de mãos. Cremos que uma… imposição de mãos é uma aprovação pelo que já temos visto. Estão vendo? Isto é um “amém”. Estão vendo?
25 Agora, quando colocaram as mãos sobre Timóteo, e sobre aqueles irmãos, eles haviam notado que naquele homem estava o dom. Recordem: “Exercita o dom que há em ti, vindo de tua vó Lóide”. E eles viram isto em Timóteo, e portanto os anciãos impuseram as mãos sobre ele e o ordenaram. Não impuseram as mãos sobre um homem que nada tinha demonstrado, vejam vocês. E eles só pediram as bênçãos. E nós todos cremos nisto. Então nós não conferimos dons espirituais; nós simplesmente os reconhecemos, e colocamos as mãos sobre eles, para aprova-los, que cremos que Deus tem feito tais coisas pelas pessoas.
26 Eu observei, esta manhã, bem na parte detrás, o Irmão Mckinney de… Eu creio que é Kinney ou Mckinney, o ministro metodista assentado lá atrás, que recentemente foi ordenado aqui, também, eu creio que está correto, da plataforma; para pregar em Ohio, com o Irmão Dauch e Irmã Dauch, e o grupo de Ohio.
27 Oh, quando todos nos reunimos, estes pequenos lugares juntando-se, é maravilhoso. Nenhuma denominação; nenhum laço de nada, mas somente Jesus Cristo, isto é tudo, vejam, simplesmente “assentados juntos em lugares Celestiais”.
28 Muito bem, irmã, se você nos der… Vamos cantar juntos um só verso deste: “Quando a brasa de Fogo tocou o profeta”. Vamos cantar juntos agora.
Quando a brasa de fogo tocou o profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
Quando a voz de Deus disse: “Quem irá por nós?”
Então ele respondeu: “Eis-me aqui, envia-me”.
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Agora os irmãos queiram se adiantar.
…e eu serei rápido para res-…
29 Que os outros irmãos ministros venham à frente, por gentileza, que vão impor as mãos sobre eles. “…meu Senhor…” Associados do tabernáculo aqui, Irmão Ruddell, Irmão Lamb, e os outros. Bem aqui, por gentileza.
…e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
Mais suave, por favor.
Oh, milhões agora em pecado e vergonha estão morrendo;
Ouçam seu lamento triste e amargo;
Apressem, irmãos, apressem a seu resgate;
Rapidamente responda: “Mestre, eis-me aqui”.
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu rapidamente responderei a Ti;
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
30 Qual é seu nome, irmão? [O irmão diz: “Orlando Hunt” – Ed.] Irmão Orlando Hunt, da Cidade de Nova York. Está correto? E Irmão… [O outro irmão então diz: “Joseph Coleman”.] Joseph Coleman.
Agora queiram virar para a audiência, meus irmãos.
31 O Irmão Hunt e Irmão Coleman, um chamado de Deus sobre seus corações. E como nós acabamos de cantar o hino: “Há milhões agora em pecado e vergonha, morrendo”. Eles tem ouvido aquele lamento triste e amargo. E nós pedimos a eles: apressem, irmãos, apressem para o resgate deles! Vejam, rapidamente respondam: “Mestre, eis-me aqui”. Esta é a maneira que eles estão respondendo, esta manhã.
32 E enquanto nós, como irmãos desta igreja, e este grupo, aprovamos isto, impondo nossas mãos sobre eles e dando-lhes a destra de companheirismo, como testemunhas de Jesus Cristo, com nosso apoio aqui, que nós os apoiaremos em tudo que for honrável e correto, no Evangelho. Nossas orações serão constantes por estes homens para que Deus os use para honra-Lo. E possam seus ministérios serem ricos e grandes em Nova York. Possam suas – suas vidas ser cheias de serventia para Ele, trazendo preciosos feixes ao Reino. Possam eles viver longo tempo, viverem felizes. Possa o Senhor Deus envolve-los com Sua Presença eterna, e lhes dar saúde e força, e mantê-los em Seu serviço até Jesus Cristo chamá-los para o Lar Eterno deles no Céu de descanso.
33 Que esta congregação agora, enquanto curvamos nossas cabeças, e nós, ministros, adiantemo-nos para impor as mãos sobre eles.
34 Nosso Pai Celestial, nós colocamos nossas mãos sobre o Irmão Hunt, no Nome do Senhor Jesus Cristo, segundo o que sabemos dele, Senhor, tem sido justo. E nós Te agradecemos por esta chamada em sua vida, do ministério. Senhor, fala através deste irmão, ganha almas, traz libertação, Senhor, para aqueles que estão em cativeiro, tanto enfermidade e – e mental, e física e espiritualmente. Senhor, dá a ele um ministério autêntico, que ele possa, no final de seu caminho, olhar para trás através daquela longa trilha e ver que ele tem sido capaz, pela graça de Deus, de capturar cada inimigo. Por Jesus Cristo nosso Senhor, nós pedimos isto. Amém.
35 Sobre o Irmão Coleman nós também colocamos nossas mãos, como testemunhas, Senhor, para darmos aprovação à sua chamada, que nós, esta igreja, este grupo de pessoas, cremos nele como um servo de Cristo. E nós pedimos que Tu o abençoes e lhe dês um grande, poderoso ministério, que ele ganhe almas para Ti, Senhor, e liberte o cativo, e – e rompa os poderes de Satanás, ao redor das vidas das pessoas com as quais se associa. Dá-lhe, Senhor, uma vida frutífera, boa saúde e força. E, também, quando ele chegar ao fim do caminho, Deus, concede que ele possa olhar através da longa trilha e ver onde, pela graça de Jesus Cristo, que ele tem sido capaz de romper cada grilhão do inimigo, para a honra de Deus.
36 Pai Celestial, possam estes homens agora assim viverem e trabalharem na seara de Deus. Possam Tuas bênçãos repousar sobre eles e ser com eles até o tempo em que todos formos reunidos aos pés de nosso grande Mestre. No Nome de Jesus Cristo nós pedimos isto. Amém.
37 Deus o abençoe, Irmão Hunt, lhe dê um ministério frutífero. Deus o abençoe, irmão, e lhe dê um – um ministério frutífero, também, Irmão Coleman. Deus os abençoe. Novamente:
Quando a brasa de fogo tocou o profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia ser,
Quando a voz de Deus disse: “Quem irá por nós?”
Então ele respondeu: “Eis-me aqui, envia-me”.
Oh, fala, meu… (Possa Ele falar a muitos
corações jovens.)…fala, meu Senhor,
(Chamado de Deus!)
…e eu serei rápido a Te responder;
Fala, meu Senhor, fala, meu Senhor,
Fala, e eu responderei: “Senhor, envia-me”.
38 Como agradecemos ao Senhor esta manhã por esta grande honra, da igreja testemunhar o envio de ministros no campo neste último dia. A graça de Deus vá com vocês, meus irmãos! Eu espero que Ele os envie aos campos estrangeiros através do mundo, pregando estas inescrutáveis riquezas de Jesus Cristo, onde é tão necessitado. Tão necessitado, o mundo é hoje.
39 Agora, já tivemos bastante destas cosias boas, nós simplesmente temos que tomar um pouco aqui e um pouco ali, para incluirmos tudo no culto esta manhã. Agora hoje nós vamos, vou falar sobre um assunto que eu… eu algumas vezes não gosto de abordar estes tempos realmente terríveis.
40 Agora, no último domingo, se alguns de vocês não estiveram aqui e – e não obtiveram a Mensagem de O Terceiro Êxodo; e se você gosta das fitas, eu creio que você vai desfrutar dessa, O Terceiro Êxodo.
41 Que temos, um menino enfermo aqui, ou algo assim? Oh, um pequenino garoto aleijado. Sim. Possa Deus abençoa-lo. É isto. Correto. No final do culto, vamos orar pelos enfermos, de todos os modos, veja você. Assim sendo nós, agora, nós vamos…
42 Pedimos a você, talvez se você puder, para conseguir a Mensagem, sobre O Terceiro Êxodo, a terceira vez que a Luz, o Anjo do Senhor que tem chamado as pessoas para um êxodo, tem visivelmente mostrado a Si mesmo sobre a terra, em um êxodo. Estão vendo? Eu penso que isso é realmente notável para mim: o terceiro êxodo!
43 Vocês se importariam se eu tirasse meu paletó? [A congregação diz: “Não” – Ed.] Está tremendamente quente no tabernáculo esta manhã, e o único ar condicionado que temos é – é o que vocês podem abanar. Você tem que gerar sua própria energia. Então nós estamos planejando, algum dia, colocar um sistema de refrigeração aqui, tão logo quanto possamos ter as cosias preparadas.
44 Agora, nós apreciaríamos, se vocês – se vocês quisessem – ouvir a Mensagem, O Terceiro Êxodo. Agora, nós temos tido muitos êxodos, mas nós podemos definitivamente colocar nossas mãos sobre o lugar, ocasião, de três êxodos que Deus, na forma de uma Coluna de Fogo, tem descido para chamar e separar pessoas. Agora, agora, está separando um povo.
45 E nós encontramos que, quando Ele chamou Seu primeiro êxodo, Ele foi diante deles numa Coluna de Fogo, e os guiou a… guiando-os a uma terra onde mais tarde Ele apareceu ante eles, na forma de um Homem chamado Jesus Cristo. Ele veio de Deus, e foi para Deus. E o… então Ele foi rejeitado. E Ele veio então a chamar um povo para fora de uma – para fora de uma condição formal na qual eles tinham entrado, como a que eles tinham no Egito, tinham se dado ao pecado e aos – aos costumes dos egípcios. E Deus os chamou para fora.
46 E agora nós encontramos, que a segunda vez, que se submeteram ao cativeiro a um – um Império Romano. E Eles se submeteram aos credos e se afastaram da real sinceridade da adoração, e Deus novamente enviou outro êxodo. E o… Ele apareceu na forma de um Homem que guiava homem.
47 No primeiro êxodo, Ele era uma Coluna de Fogo. Depois, quando Ele veio sobre a terra, na terra para onde Ele os dirigira. Que tipo maravilhoso será no Milênio, para onde Ele está dirigindo a Igreja agora. “Nós O veremos como Ele é, e nós teremos um corpo como Seu Próprio glorioso corpo”.
48 E hoje, pela Luz do Evangelho refletindo de uma Luz, uma Coluna de Fogo visivelmente entre nós! A ciência A tem visto. Isto está nas revistas, e através do mundo. E Ela está, tanto científica como espiritualmente, reconhecida como a mesma Coluna de Fogo, pelos mesmos sinais e mesmas coisas que Ela sempre fez. E agora no meio dos dias quando há um punhado de fanatismo e coisas tais, ainda assim Deus sempre identifica a Si mesmo. Agora nós encontramos isto.
49 E que coisa gloriosa é saber que, “Este tabernáculo terrestre, algum dia”, este velho débil corpo no qual estamos enfermos e aflitos, “será mudado e feito como Seu Próprio glorioso corpo; então nós O veremos como Ele é”, e estaremos com Ele na Terra à qual estamos destinados hoje. Oh, eu… quase nos faz ter vontade de levantar e cantar Sigo com Destino à Terra Prometida. Provavelmente cantarão esse no culto batismal, de todos os modos, porque esse é nosso hino batismal.
50 Agora para os irmãos, tanto os daqui como os das terras onde as fitas vão, e isso é ao redor do mundo. Esta Mensagem não é dirigida a nenhum indivíduo em particular. E não queremos que as pessoas pensem que somos uma espécie de clã, ou um grupo de fanáticos que tem se congregado um com o outro, “para separar a si mesmos, aparentemente, não tendo a Fé”, ou se separam a si mesmos contra alguém, ou contra Deus, ou contra a Igreja. Nós somos a favor da Igreja. Porém nós estamos unicamente tratando de apontar, pelo Espírito e Sua ajuda, a razão para esta segregação que temos hoje. Nós, nós não cremos nisto.
51 Nós cremos que todas as igrejas deviam estar juntas em companheirismo, não segregadas; os metodistas para seu grupo, os batistas para o seu, e os unicistas, e os trinitarianos, e o que temos, todos separados. Nós cremos que deviam estar unidos, como um grande grupo unido do Corpo de Jesus Cristo, esperando por aquela gloriosa Vinda. Eles não deveriam estar separados, de modo algum.
52 E o que separa, há seguramente uma razão básica para que não estejamos juntos. Estudando isto, eu entendo, estudando isto, que não é a cor de nossa pele; porque, amarela, preta, marrom, e branca, todos separados em diferentes organizações. Não é a classe de alimento que comemos; todos nós comemos o mesmo alimento. Nós usamos a mesma classe de roupas, e assim por diante. Mas eu vejo basicamente onde isto está, é o homem quem tem saído do caminho batido do ensino do Evangelho, cada homem.
53 E deve haver alguma maneira de definitivamente mostrar qual é o certo e o errado. E a única maneira que você poderá faze-lo, é não colocar nenhuma interpretação à Palavra, simplesmente lê-La da maneira que Ela é e crer Nela daquela maneira.
54 Cada homem colocando sua única, própria interpretação, A faz dizer alguma coisa diferente, traz isto de volta à original organização da igreja católica. Que, a igreja católica crê que Deus está em Sua igreja: “E a Palavra nada tem a ver; e Deus está em Sua igreja”.
55 E nós, protestantes, segundo encontramos, e segundo Apocalipse 17, que todas elas se juntaram, e que a igreja católica era “a mãe” de todas as organizações. E nós vemos que a organização protestante, ainda que cegamente, cegamente, tem a mesma natureza da igreja católica. A Bíblia chama a igreja católica de “meretriz”, e chama a igreja protestante de “prostitutas”, disse que a meretriz era “a mãe das prostitutas”. E isso são pessoas, isto é uma mulher de má reputação que não vive fiel a seus votos matrimoniais.
56 E todos nós alegamos ser a Noiva de Cristo, e mesmo assim tal desleais. Que faz a deslealdade? Vivendo contrário à – a disciplina que Deus tem estabelecido para, por ela, Sua Noiva viver. Essa é minha própria opinião, a Bíblia, e Ela é a infalível Palavra de Deus, eu creio.
57 E, portanto, nós verificamos que a igreja protestante, para ter uma organização, separa-se até das Escrituras, para fazer sua organização. Ministros, ordenados, se agarram a coisas que eles…
58 Agora, eles vem a meu escritório e nos recintos, às centenas, e me dizem: “Irmão Branham, o irmão faz aqueles desafios às pessoas. Ninguém vai se sobressair contra Aquilo. Eles sabem que isto é a Verdade”.
Ora, eu digo: “Por que, por que vocês não o fazem?”
59 “Bem, veja o irmão, se eu fizer, eu vou mendigar o meu pão. Ninguém… Eu tenho um ministério. Eu tenho que obter ao Senhor, e eu tenho que obter ao povo. E ninguém me apoiará”.
60 Unicamente compreende você que Cristo é nosso apoio?! A Bíblia é nosso apoio. Está vendo?
61 Porém, isto, veja, então isto atira a – a igreja protestante exatamente na mesmíssima condição que a igreja católica está.
62 A igreja católica não importa… Bem, eu não digo… Eu não quero ser rude, ao dizer que eles não se importam com o que a Bíblia diz. Eles – eles crêem na Bíblia, mas, veja, eles tem uma… A igreja católica está baseada sobre a sucessão apostólica. Esta é uma sucessão de papas, e chamam a Pedro de primeiro papa, e assim por diante. Agora, eles – eles crêem nisso. Eles, eles enfaticamente crêem nisso.
63 E os protestantes, vejam, eles – eles se reúnem e tem uma organização exatamente como tiveram em Nicéia, Roma, onde organizaram a – a igreja católica pelo…no Concílio de Nicéia. E verificamos que ambos são a mesma coisa. Ambos são a mesma coisa. Eles deixaram a Palavra de Deus, para fazer uma organização. Estão vendo? E então quando se trata de muitas grandes Verdades que parecem estranhas hoje, Isso é estranho para eles, porque eles só tem sido ensinados por um ritual.
64 Nós não temos nenhum ritual senão a Bíblia. Nós não temos nada senão a Santa Palavra de Deus, e é Nisso onde nos firmamos.
65 E agora, hoje, eu desejo ler um pouco da Escritura, só um minuto, da santa, sagrada Palavra de Deus, encontrada no Livro de São Lucas. O capítulo 23 de São Lucas, para basear, obter uma – uma plataforma do que eu – eu desejo falar, um pensamento básico sobre o assunto que eu desejo falar. E vocês voltem agora a São Lucas, o capítulo 23, e eu desejo ler um versículo. Isso é tudo que necessito, para estabelecer esta base esta manhã. Agora nós lemos o 20…o capítulo 23, o versículo 33 do capítulo 23.
E, quando…chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda.
66 Agora eu desejo tomar quatro palavras dali, dessa leitura, para basear o que eu quero dizer, “ali eles O crucificaram”, quatro palavras. E agora meu tema é chamado… Eu – eu estou trazendo uma acusação às igrejas denominacionais deste dia, e também muitos dos independentes, por estarem crucificando a Jesus Cristo novamente neste dia. Acusando-os! Esta manhã, é chamada: A Acusação.
67 Eu quero mais ou menos usar isto mais como se fosse uma sala de um tribunal, onde houvesse… E afinal de contas, o púlpito e a igreja são um tribunal. A Bíblia diz: “É um lugar de julgamento, que – que deve começar na casa do Senhor”. E isto é como o – o trono e o – e o júri, e as testemunhas, e assim por diante. E tenho, hoje, por minha testemunha, é a Palavra de Deus.
68 E minha acusação é contra as igrejas de hoje. Agora eu – eu não estou trazendo o pecador a isto. Eu estou falando isto à igreja. E isto é – isto estará na – na – nas fitas agora, e eu – eu procurarei terminar o mais rápido que eu puder. Eu condeno esta geração pela segunda crucificação de Jesus Cristo.
69 E agora para fazer isto nesta era em que vivemos, eu – eu faço isto, eu devo mostrar uma evidência. Se eu tenho de trazer uma acusação, tem de se mostrar uma evidência da ofensa criminal que foi praticada. Eu – eu tenho, para acusa-los, eu – eu tenho que trazer a – a evidência para provar isto, que isto é, que o que eu estou dizendo se encontrará ante o Juiz principal. O qual, e eu tomo a mim mesmo como um advogado para… nesta acusação. Que, a Palavra de Deus, sendo minha testemunha, eu acuso esta geração pela crucificação.
70 Eu devo mostrar, e mostrarei, que o mesmo espírito que trouxe a primeira crucificação está sobre as pessoas hoje, e fazendo a mesma coisa. Eu – eu devo fazer isto, se houver uma crucificação, que eles tem crucificado. Eu devo mostrar às – às pessoas que a mesma atitude nas pessoas hoje está fazendo a mesma coisa, espiritualmente, que fizeram fisicamente naquele tempo. Crucificaram, fisicamente, a Jesus Cristo, o Filho de Deus. E agora, hoje, pela mesma Palavra, e pelo – pelo mesmo Espírito Santo e a mesma Palavra, eu – eu desejo mostrar às igrejas ali – ali onde elas estão, que elas estão fazendo a mesma coisa hoje, e a Bíblia diz que elas fariam isto, e prova que este é o dia no qual estamos vivendo.
71 Isto não podia ter sido feito há alguns anos atrás. Eu diria, há cinqüenta anos atrás isto não podia ser feito, mas hoje isto é muito oportuno. E isto não podia ter sido feito, talvez, dez anos atrás, mas isto pode ser feito hoje porque o – o tempo está esgotado. Nós estamos – nós estamos no tempo final. E eu creio, como Seu servo, que nós estamos – nós estamos prestes a cruzar desta terra, à Outra.
72 Portanto, o tempo para arrependimento, para uma nação, se esgotou. Eu creio que esta nação não pode se arrepender. Eu creio que ela tem atravessado a linha entre a misericórdia e o julgamento. Eu creio que ela está oscilando na balança.
73 “Irmão Branham, antes que comece seu argumento, como o irmão vai provar isso?”
74 Só isto, que nós somos culpados dos mesmos pecados pelos quais Deus destruiu o mundo, no mundo antediluviano. Nós somos culpados dos mesmos pecados pelos quais Ele destruiu o mundo em Sodoma e Gomorra. E, agora, e nós temos toda a mesma evidência espiritual situada aqui ante nós, toda a mesma evidência espiritual, conhecida como mundo inteiro, que trouxe as misericórdias de Deus sobre aquelas gerações. Que, também, ao rejeitar, trouxe juízo. Então se esta geração tem rejeitado a mesma misericórdia que foi desprezada naqueles dias, Deus seria injusto ao deixa-los passar sem juízo.
75 Como Jack Moore, um amigo meu, uma vez disse: “Se esta nação conseguir passar sem uma punição de Deus, então Deus seria obrigado a ressuscitar Sodoma e Gomorra e pedir desculpas por havê-las queimado”.
76 Agora, nós sabemos que espiritualmente estão fazendo a mesma coisa hoje, pois estão fazendo isto, pelo mesmo propósito, e na mesma maneira que eles fizeram na crucificação do Senhor, fisicamente. Eles estão fazendo isto por causa da inveja, por causa da cegueira espiritual. Tanto que, eles não desejam ver. Eles não querem ouvi-La.
77 Jesus, em Sua jornada aqui na terra, Ele disse: “Bem falou Isaías de vós, ‘Tem olhos e não podem ver, e ouvidos e não podem ouvir’”. Estão vendo?
78 A mesma razão, a mesma. O mesmo propósito e os mesmos arrazoamentos, eles estão trazendo a crucificação de Cristo de novo, novamente, (chegaremos a isto dentro de um momento), pelas mesmas razoes que se fez naquela época.
79 Eles não podem encontrar nada contra Isto. Eles não arriscam desafia-La. E eles sabem que a evidência está ali. E eles sabem que a Bíblia diz isso. E a única coisa que eles podem fazer é blasfema-La. É exatamente isso. Assim, e tudo isto, as mesmas razões.
80 E agora, sobre esta base, eu desafio esta geração da crucificação de Jesus Cristo; por uma crucificação, e culpada; com mãos denominacionais sujas, iníquas, egoístas, tem crucificado o Príncipe da Vida que quis apresentar-Se ao povo.
Você diz: “A mesma Pessoa?”
81 “No princípio era a Palavra, e a Palavra era Deus. E a Palavra Se fez carne, e manifestou a Si mesma”. A Palavra foi manifestada em carne, e eles condenaram a carne e A mataram, porque a Palavra foi manifestada. Hebreus 13:8, diz: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. É a mesma Palavra. Estão vendo? E, pela mesma razão, eles estão tratando de crucificar a Palavra.
82 Agora, para meu texto, para fundamentar o assunto que eu quero tomar ali, as quatro palavras. Expliquemos, “ali”, “Ali”, a cidade mais santa do mundo, Jerusalém. “Ali”, a cidade mais religiosa do mundo. Ali, “eles”, o povo mais religioso do mundo, numa festa religiosa, a festa da Páscoa. “Ali”, o lugar mais religioso, a cidade mais religiosa, a – a maior de todas as organizações, a cabeça de tudo isso. Ali, “eles”, o povo mais religioso em todo o mundo, havia se reunido de todo o mundo. Eles “crucificaram”, a mais vergonhosa morte que podia haver, matar, uma pessoa podia ser morta; nua, tiraram as roupas Dele. “Ele – Ele desprezou o opróbrio”. Eles… O crucifixo tem um – um – um trapo em volta Dele; porém eles O despiram de Suas roupas. A mais vergonhosa!
83 “Ali”, a cidade mais religiosa, “eles”, o povo mais religioso, “crucificaram”, a mais vergonhosa morte, “a Ele”, a Pessoa mais preciosa. Se isto não é suficiente para condenar esta geração!
84 “Ali”, a organização mais religiosa, a maior de todas as igrejas se reuniu num lugar. “Eles”, a gente mais religiosa de todas as raças, o povo que supunha-se ser os verdadeiros adoradores de Deus. Eles se reuniram na festa santa mais grandiosa que eles tinham, a purificação da… a Páscoa, quando eles foram trazidos da escravidão à liberdade. E “ali” naquela ocasião, “eles” naquela ocasião, o povo mais religioso, na festa mais religiosa, no lugar mais religioso, trouxe sobre o Príncipe da Vida a mais vergonhosa coisa que podia ser feita, despir um Homem e pendura-Lo no madeiro. Porque: “Maldito é aquele”, dizia a lei pela qual eles adoravam, “maldito é aquele que for pendurado no madeiro”. “E Ele foi feito uma maldição por nós”. Tirando Suas roupas, batendo Nele, e zombando Dele, o próprio Deus do Céu; tirando Suas roupas Dele, e O cravaram na cruz. Ele! “Ali eles O crucificaram”, sob o castigo capital romano.
85 A morte mais vergonhosa hoje não seria tiro. A morte mais vergonhosa hoje não seria ser atropelado e morto por um carro, afogado pela água, queimado pelo fogo. Mas a mais vergonhosa morte hoje é o castigo capital público, onde todo o mundo o condena e o chama de culpado.
86 E o mundo inteiro colocou suas mãos sobre este Homem e O chamou culpado, quando Ele era inocente. E Ele morreu devido ao inimigo, (não Seus amigos, não Suas leis), mas devido à crucificação do inimigo. O Príncipe da Vida, a mais preciosa Pessoa que já viveu, ou que alguma vez viverá, Jesus Cristo. “Ele”, a mais preciosa Pessoa! Mantenha isso na mente agora enquanto estruturamos essa base hoje.
87 Poderia você imaginar, num lugar como Jerusalém, onde por dois mil e quinhentos anos, ou mais, que as pessoas… ou centenas de anos. Pode ser que eu prolongue um pouco isso. Pode ter sido cerca de oitocentos ou novecentos anos, ou alguma coisa assim. Eu não sei justamente como, que distância, do tempo que Salomão construiu o templo. Eu imagino, cerca de oitocentos anos, algo assim.
88 E eles tinham esperado o Messias que viria. Eles tinham se reunido ali para a adoração da Páscoa. Simplesmente pense nisto agora! O cabeça de todos dos fariseus, saduceus, e não sei que mais, num grande ajuntamento, para adorar a Deus. O lugar mais santo, Jerusalém, o templo do Senhor, e o povo do Senhor, tomaram o Senhor, Ele mesmo, e O crucificaram, com pena capital. Que coisa!
89 Agora, aquelas quatro palavras, elas: “Ali eles O crucificaram”. Agora, você continua a apontar a Bíblia condensa Suas Verdades.
90 Agora, eu, eu tenho que rodear, explicar sobre o que eu estou falando, mas a Bíblia não tem que explicar nada. Ela simplesmente é toda Verdade, então a – a – a Bíblia não tem que explicar nada. Ela – Ela não tem que explicar, porque Ela é toda a Verdade.
91 Aqui estão quatro palavras de Sua grande corrente de Verdades. Eu tratarei de explicar isto. E tratar de explica-La, claramente, faria uma biblioteca. Não há maneira para eu explicar aquelas quatro palavras. Porém agora vamos, pela ajuda Dele Que fez com que Ela fosse escrita, tentar explicar estas quatro palavras, trazer de tal maneira que as pessoas entendessem.
92 O que nós temos ante nós agora, nós temos a primeira crucificação que está ante nós; no mais santo lugar, o mais religioso povo, a mais vergonhosa morte, para a mais preciosa Pessoa. Oh, isto é tão contraditório. Oh, mas que coisa, é vergonhoso!
93 Agora tomemos, primeiro, a primeira palavra, “ali”. Vamos falar sobre ela por uns minutos antes de trazermos a acusação. Nós detalharemos isto e mostraremos a vocês o que eles estavam fazendo, então encontraremos se minha acusação é correta ou não. “Ali”, Jerusalém, mais santo e ingênuo lugar, pois o templo estava ali; o mais santo lugar, porque, ele, o templo, estava lá. E os judeus de todo o mundo reuniam neste lugar, um local de reunião para adorar. O mais… lugar mais grandioso para adorar que existia, era em Jerusalém. O templo estava lá. Ou seja, “Está escrito: ‘Todo homem devia adorar em Jerusalém’”, correto, porque este é um centro de adoração.
94 E hoje você os ouve, um deles deseja dizer, eles: “Oh, venhamos a estas grandes convenções”, onde estas denominações tem. E – e então nós temos a – a abertura da… na Cidade do Vaticano, e – e estas ordenações de papas, e assim por diante. Eles, todos dizem: “Todos nós deveríamos ir aos acampamentos dos metodistas, ou a – a convenção bíblica batista”. Ou – ou “Todos nós deveríamos ir a – a convenção bíblica está o grande centro”, eles chamam, “do cristianismo”.
95 Durante o tempo da última guerra, quando Roma caiu, aqueles soldados alemães… Muitos de vocês, rapazes, sabem disto. Aqueles soldados alemães retornaram à Cidade do Vaticano ali, e atirando nos americanos enquanto avançavam. O Irmão Funk, e o Irmão Roberson, e muitos, e o Irmão Beeler, e muitos daqueles irmãos que estavam na guerra, sabem. E vocês sabem de uma coisa? Nós emitimos ordens que eles não podiam disparar naquela cidade. Americanos, vocês parados lá, e eram um alvo para eles. Mas no West-… no Westminster Abbey na… na Inglaterra, podia-se atirar nele, sem dúvida; que é onde os protestantes se reuniam. Então estava bem atirar nisso, mas não atirar no Vaticano. Porque, como o Presidente Rossevelt… Eu ouvi seu pronunciamento quando ele – quando ele transmitiu naquela noite, o chamou de “Uma Conversa em Torno da Lareira”. Ele disse: “Quando Roma caiu”, ele disse, “foi uma pena, porque Roma é a cabeça do cristianismo todo”. Poderia você imaginar um protestante dizendo isso?
96 Então o grande centro da religião cristã, bem, nós vamos – nós vamos situar isso com Jerusalém, se vocês desejarem. Se vocês gostariam de fazer isso, vamos colocar isso em Jerusalém. A cabeça de todas essas outras, o – o – o sinédrio, e – e dos fariseus, e dos saduceus, todos eles foram a Jerusalém. Aquela era, na realidade, a sede.
97 E na vida organizacional, você tem que admitir que a igreja católica romana é a mãe de todas elas. Ela certamente é. E isto começou no Pentecostes. É para aí onde eles foram quando se organizaram. Agora nós, os protestantes, somos simplesmente irmãzinhas que saímos daquela igreja. E agora vamos dizer que estaria ali no Vaticano, hoje.
98 Ou, ali em Jerusalém, como foi naquele dia: “Quando todos os homens deviam vir a Jerusalém para trabalhar… adorar”. Por que fizeram isto nos dias de – de Jesus? Por que eles disseram que todos os homens deviam adorar em Jerusalém? Porque, há um único lugar que Deus terá companheirismo com o homem, que é sob o sangue do sacrifício. Esta é a razão pela qual eles tinham que vir a Jerusalém.
99 Deus nunca Se encontrará com o homem em nenhuma outra parte senão sob o Sangue. Quando você rejeita o Sangue, então seu lugar de encontro com Deus tem sido tirado. Deus fez Sua primeira decisão no jardim do Éden, aquele homem unicamente O adoraria sob o sangue derramado do sacrifício. E esse era o único lugar que Deus Se encontrava com o homem naquele tempo, e esse é o único lugar que Deus sempre Se encontrou com o homem.
100 E este é o único lugar onde Ele Se encontra com o homem hoje, é sob o Sangue derramado do Sacrifício. Está vendo? Não me importa se você é um metodista, batista, presbiteriano; se você pode esquecer suas diferenças, católico romano, o que for que você possa ser, e vir sob o Sangue derramado, Deus Se encontrará conosco aí. É aí onde podemos nos encontrar e ter companheirismo sobre o mesmo fundamento. Mas, do contrário, Ele não Se encontrará só porque você é um metodista; Ele não Se encontrará só porque vocês são pentecostais. Ele Se encontrará com você sob uma única condição, que é, sob o Sangue derramado, quando seus pecados tem sido confessados e banidos em Sua Presença, então, pelo Sangue. E o Sangue está sempre ante Ele, e portanto Ele só pode vê-lo através daquele Sangue derramado. E você é branco como a neve, veja, quando você tem confessado seus pecados. De outro modo, você não está ali, você não pode ter comunhão.
101 Esta é a razão pela qual você não vê coisas acontecendo nas igrejas. Eles confessam que crêem no Sangue, mas rejeitam ao próprio plano para chegar ao Sangue; a Palavra. Está vendo? Há uma única maneira que Deus honrará esta Palavra. Você nunca honrará esta Palavra, vindo e dizendo: “Eu sou um católico romano. Eu ordeno que isto seja feito”. Você não pode fazer isto. Metodista, batista, ou pentecostais, vocês não podem fazer isto.
102 A única maneira pela qual você pode fazer isto é sob as misericórdias de Deus, por Sua graça, é vir através do Sangue derramado de Jesus Cristo, dizer: “Senhor, eu declaro posse da promessa”. Está vendo? E então se você realmente está sob esse Sangue, Deus está obrigado a cumprir essa Palavra. Mas, primeiro, você tem que estar sob o Sangue. Vê você isto agora? [A congregação diz: “Amém” – Ed.]
103 Não é de se admirar que não possam crer em milagres. Não é de se admirar que não se possa crer no sobrenatural. Não é de se admirar que condenem isso. A mesma razão que eles condenaram isso lá no passado, é a mesma razão pela qual eles condenam isso hoje. Eles são culpados, tão culpados quanto possam ser. Porque, só sob o Sangue derramado!
104 E aqueles que ousem, algum irmãozinho que ouse, humildemente, tomar Deus em Sua Palavra, e caminhar para ali fora e confessar seus pecados, e esquecer todos aqueles dogmas e coisas, e para ali sob o Sangue e crer Nele, então querem chamá-lo de “fanático”. Eles desejavam classifica-lo um… como nós diríamos isso, não é uma boa palavra para usarmos no púlpito, mas para que vocês entendam, ele é um “sujeito esquisito”.
105 Afinal de contas, não somos todos nós pessoas esquisitas? Vêem, o crente é um sujeito esquisito para o incrédulo, e o incrédulo é um sujeito esquisito para o crente, sendo assim quem é o esquisito? Estão vendo? O fazendeiro é uma pessoa esquisita para o homem de negócios; o homem de negócios é uma pessoa esquisita para o fazendeiro, vejam, então de todos os modos, quem é ele?
106 Eu lhes digo, salvação é um assunto individual com o homem e Deus, só, um individuo, “buscando nossa própria salvação com temor e tremor”. E eu não conheço nenhuma outra base, como um mestre, nesta manhã, ou como um ministro de Cristo, que não seja estabelece-la sobre a Palavra. Eu não posso coloca-la sobre nada mais.
107 Agora, nós encontramos ali, então, que só sob o sangue, que Deus Se encontrava com o adorador, assim sendo eles se reuniam em Jerusalém.
108 E Cristo é o Cordeiro de Deus provido par ao Sacrifício. E hoje só há um lugar onde Deus Se encontrará com o homem, e é sob o Sangue de Jesus Cristo. Qualquer outro lugar, está condenado; Deus nunca o ouvirá. Você pode produzir toda classe de emoções, e toda classe de ismos, e agitar, e pular, e ter sangue e fogo e fumo, e tudo mais; mas desde que aquela vida não esteja comparada com a Palavra, e Deus completamente identificando aquela vida, então não precisa tentar, porque você está fora. E Deus nunca Se encontrará com você até que isso venha sob a proteção daquele Sangue. Isto é certo.
109 Portanto, veja você, na Escritura, nós temos uma Jerusalém, a Igreja tem; ela está no Céu, uma Jerusalém Celestial, onde Deus é Deus. E, hoje, ela não está sob algum credo ou alguma coisa, que tratamos faze-la uma Jerusalém. Nós gostaríamos, os metodistas, gostariam, agora, gostariam de fazer a – a sede metodista em Jerusalém. A católica gostaria de fazer em Roma. E – e os diferentes lugares onde nós temos nossas sedes, nós gostaríamos de fazer essa nossa… uma Jerusalém. Mas a Bíblia diz que “Nossa Jerusalém é de Cima, a qual é mãe de todos os crentes”.
110 Agora, e Cristo é o Cordeiro provido de Deus. Observem quão apropriado isto foi agora, mostrando que esta Jerusalém estava cessando. Quando? Ela estava em efeito até aquela hora. O sangue do cordeiro era tudo até aquele dia, mas agora na crucificação isto muda. O velho sistema se foi. Havia um novo, e o – o Cordeiro estava ao Sacrifício O Cordeiro, o Cordeiro sacrifical, estava sobre a terra. Eles estavam condenando e fazendo a própria coisa ali que eles tinham que fazer. Isto é certo.
111 Deus seja louvado, por ver estas maravilhosa Luz Celestial neste último dia! Porque, as igrejas estão fazendo a mesma coisa hoje. Até a hora em que a organização religiosa é condenada e é provado estar sacrificando a Palavra de Cristo, daí então vem a Palavra, e somente a Palavra. Daí, o velho cordeiro pascoal passou e Cristo Se tornou nosso Cordeiro, no dia da crucificação. E no dia que a denominação crucificou a Palavra de Deus e aceitou um credo em lugar da Palavra, esse é o dia em que a Palavra veio a pleno efeito. Isso tem sido recentemente.
112 Observem, em segundo lugar. Primeiro, “ali”, Jerusalém. Em segundo lugar, “eles”, eles, (quem?) os judeus, os adoradores. Pense nisto! Os próprios adoradores estavam matando o Próprio que eles alegavam estar adorando. Poderia você imaginar tal coisa, como homens inteligentes que eram sacerdotes, que eram treinados, que tinham graus de doutores até ao ponto que provavelmente… Eles, eles tinham que proceder de uma certa geração antes que eles… ou – ou uma tribo, antes mesmo que eles pudessem ser um sacerdote. Eles tinham que ser levitas. Seus pais eram sacerdotes. Seus avôs eram sacerdotes. Os pais dos pais dos pais dos pais dos pais dos avôs deles eram sacerdotes. E eles tinham que viver uma vida tão consagrada, até ao ponto que um jota contra eles, eles seriam apedrejados. Nenhuma misericórdia era concedida. Santos? Certamente, mas uma santidade fabricada. Tinham que agir assim para mostrar sua face para sua igreja. “Dentro deles”, Jesus disse, “vocês estão cheios de ossos de homens mortos”.
113 Como eu poderia trazer uma acusação exatamente nesse ponto! E o homem que sabe que Isso é a Verdade, que esta Palavra é a Verdade, e A compromete, para mostrar uma face ante alguma organização, hã-hã, eu tenho o direito de acusa-los, exatamente, sobre a Palavra de Deus.
114 Observem, “eles”, os adoradores, o homem que tinha esperado a promessa, o homem que tinha esperado isto, através de anos e eras, e sem nada para fazer senão naquele constante seminário. Porém eles tinham a Palavra de acordo com o ensinamento do seminário, e confundiram a própria Verdade Dela. “Eles”, os sacerdotes, o ministério daquele dia! “Ali”, em sua sede, “eles”, o ministério daquele dia, estava matando o próprio Deus, o próprio Cordeiro. O Próprio que eles alegavam estar adorando, eles estavam matando.
115 E, hoje, eu acuso este bando de ministros ordenados; em seus credos e denominações, eles estão crucificando, ao povo, o próprio Deus que eles alegam que amam e servem. Eu acuso estes ministros, no Nome do Senhor Jesus, em suas doutrinas, que alegam que “os dias dos milagres passaram”, e que “o batismo em água no Nome de Jesus Cristo não é suficiente e não é correto”. Sobre quaisquer destas Palavras, que eles tem substituído por credos, eu os acuso, como culpados, e o Sangue de Jesus Cristo sobre suas mãos, por crucificarem novamente o Senhor Jesus, a segunda vez. Eles estão crucificando a Cristo, ao público, tirando deles a coisa que tinham obrigação de estar-lhes dando. E eles substituíram alguma outra coisa em Seu lugar; um credo de igreja, pela popularidade.
116 Ali, eles, “eles”, aqueles que deviam saber que não estavam agindo certo. Se alguém deveria saber que não estava agindo certo, deveria ter sido aqueles ministros. Se alguém deve saber que está agindo errado, deve ser o clérigo deste dia. Se alguém devia saber, os – os – os bispos, e arcebispos, e – e ministros, e doutores de divindade, deviam saber a maneira certa de agir. Mas por que não podem eles? Oh! Que contradição! Que temos ante nós aqui senão uma – uma contradição! Eles alegam que adoram a Deus, e eles estão matando o Príncipe da Vida. Eles “ali eles O crucificam”, e aqui eles novamente fazem a mesma coisa, pois Ele é a Palavra.
117 Isto é o que Ele é, somente um reflexo da Palavra. E isso é o que Ele é hoje, um reflexo da Palavra, tratando de encontrar alguém através de quem Ele possa refletir-Se.
118 E essa gente mantém a congregação distante de Deus. E – e se há algum acontecimento, e isto é falado na congregação, eles condenam isto da plataforma, do púlpito, e dizem: “Isto é fanatismo. Mantenham-se longe disso!” Ao fazerem assim, eles crucificam a Jesus Cristo em 1963, e são simplesmente tão culpados quanto aqueles indivíduos na – naquele dia. Essa é uma declaração terrível, mas é a verdade. Sobre… Isso é exatamente o que eles fazem hoje.
119 E sobre este fundamento, sobre o fundamento da crucificação de Cristo, sobre os fundamento de tomar a Palavra e distancia-La do povo; é exatamente o que eles estavam fazendo lá. A própria Palavra que Deus estava refletindo através de Seu Próprio Filho, para provar que Ela era, e Aquele que eles alegavam que amavam, e Jeová que havia manifestado a Si mesmo pelas Escrituras, fez exatamente o que Ele disse que Ele faria, exatamente o que Deus disse que Ele faria, e refletiu Isto ante eles. Por causa do amor de seus grupos de igrejas, e coisas assim, eles condenaram o Príncipe da Vida.
120 E eu condeno o mesmo grupo hoje, e os acuso, como culpados diante de Deus, pela Palavra de Deus, que eles estão fazendo a mesma coisa. Esta geração está acusada. Recordem Hebreus 13:8: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”.
121 Como eles O acusaram? Porque seus credos não O aceitavam, e no fundo do coração eles sabiam da realidade. Nicodemos, no capítulo 3 de São João, não expressou bem isto? “Rabi, nós, os fariseus”, os pregadores, os ensinadores, “nós sabemos que Tu és um mestre enviado de Deus, pois nenhum homem poderia fazer as coisas que Tu fazes a menos que Deus fosse com ele”. Estão vendo? Eles publicamente testemunharam isto através de um de seus homens de renome, e afligiram… por causa de seus credos, eles crucificaram a Cristo.
122 E hoje não há um leitor que não possa ler Atos 2:38 da mesma forma que eu posso ler Isto, e o resto Dela, simplesmente da mesma forma como eu A leio. Porém por causa de seus credos, e por causa de seus tíquetes denominacionais que eles tem em seu bolso, as marcas da besta que eles portam como cartão de companheirismo; e, e tomando essas coisas, eles crucificam para si mesmos a Jesus Cristo novamente, e O crucificam ante o público, e blasfemam o próprio Deus que prometeu fazer Isto, trazendo condenação sobre a raça.
123 Agora, ali, “eles”, não o pecador. “Eles”, ou seja, a igreja daquele dia, eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. É isto certo? Eles puseram defeito no Homem que era a Palavra. Agora põem-se defeito na Palavra operando através do homem. Vêem, eles simplesmente invertem isto. Coisa que, está na pessoa, Isto, o Espírito Santo que está operando, é a vindicação de Deus.
124 Como eles souberam que Ele era Cristo? Porque Suas obras provaram que Ele era. Ele disse: “Qual dentre vós pode Me acusar de pecado? Se eu não faço exatamente o que a Escritura diz que Eu faria! E qual… Alguém Me diga onde Eu falhei em algum ponto, se Eu não mostrei todo sinal que Eu sou o Messias, que Eu sou o Próprio que prometestes”.
Disseram, eles disseram: “Bem, nós temos Moisés. Nós cremos em Moisés”.
125 Disse: “Se vocês tivessem crido em Moisés, creriam em Mim. Se vocês… Moisés viu Meu dia e desejou viver neste dia. Moisés viu de longe, e os profetas. E aqui estão vocês, vivendo bem perto Dele, e condenam”. Disse: “Hipócritas”, disse, “vocês podem discernir a face dos céus, mas o sinal do tempo vocês não podem discernir”.
126 Aí está, o sinal do tempo. de que O classificaram? “Um fanático, um homem louco”. Sim, eles punham defeito no Homem o Qual era a Palavra.
127 Ele era a Palavra. São João, capítulo 1, prova isto: “No princípio era o Verbo, e o Verbo era Deus. E o Verbo Se fez carne, e habitou entre nós”. Ele era a Palavra viva de Deus, porque Ele estava expressando Deus através de Si mesmo. Ele estava completamente rendido à – à Palavra de Deus, até ao ponto que Ele e a Palavra eram o mesmo. E isto é exatamente o que a Igreja devia ser hoje, pois a Palavra de Deus é a mesma.
128 Como pode você ser parte dessa Palavra quando você praticamente nega toda Ela? E a razão pela qual isto é feito, não é por causa das pessoas; esta é a razão pela qual eu penso que Deus falou comigo a respeito de chamar Sua gente de “Rickys” e “Rickettas”. É por causa dessas denominações egoístas, que tem essas pessoas vivendo ali fora da maneira que elas estão vivendo. Eles tem crucificado a Verdade. E as pessoas chamam Isto de blasfêmia, e eles O fazem uma blasfêmia, melhor dizendo. Eles chamam Isto de fanatismo, e assim por diante, e não sabendo que eles estão blasfemando o próprio Deus ao qual eles vão à igreja para servir.
129 Portanto, eu acuso este grupo de clérigo hoje. Eu acuso esta geração no Nome de Jesus Cristo, sob a autoridade da Palavra de Deus. Vocês O estão crucificando novamente.
130 Notem: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”, a Palavra de Deus vindicada num homem.
131 Comparem os dois Calvários e a acusação deles. Recordem: “Porque Ele se fez Deus, nós não admitiremos este Homem nos governar”. Qual foi a acusação que eles puderam encontrar, no concílio naquela manhã, quando eles crucificaram a Jesus? Que “Ele Se fez Deus”. Ele era Deus. “E Ele violou o sábado”. E Ele era o Senhor do sábado. Eles O condenaram porque Ele Se fez Deus. “Tu não tens o direito de fazer isto. Tu não tens o direito. Nossos sumos sacerdotes, se for para algo vir, virá através de nossos sacerdotes”. Agora compare isso com o Calvário hoje.
132 Quando, Deus, assim aprouve ao Pai, Deus o Espírito, levantar Seu Próprio Filho; fez sombra sobre Maria, pelo Espírito Santo, e trouxe um corpo que Lhe serviria e serviria Seu propósito para Ele. “O Deus estava em Cristo, a plenitude da Divindade corporalmente, Nele”, refletindo o que Deus era, para o povo, fazendo o – fazendo o mundo todo saber o que Deus desejava que cada indivíduo fosse: um filho, e filha. Ele tomou um homem e fez isto. E por causa Dele não se unir com suas classes organizacionais, eles O condenaram e O crucificaram.
133 Agora compare esse Calvário com hoje. [Espaço em branco na fita – Ed.] Por causa do preconceito organizacional, por causa da indiferença entre eruditos que deviam conhecer a Palavra de Deus e o plano; por causa disto, Deus pode tomar um grupinho de pessoas através das quais Ele possa operar, em alguma parte, e refletir a Si mesmo, que se humilhem à Palavra. E eles não podem dizer que isso não é assim.
134 Eles não podiam dizer que Ele não fez isso, pois suas congregações eram testemunhas disso. Aquilo estava ante eles. Eles não podiam negar. Eles não podiam negar Suas alegações porque, a própria Palavra que eles diziam que criam, era Quem tinha provado que Ele era. Porque, Deus tomou a Palavra que devia ser o Messias e A mostrou através de um Homem, e eles tinham que se livrar Dele. Esta é a única maneira que eles podiam prosseguir, era livrar-se do Messias. E eles fizeram isto por cegueira e ignorância, apesar de sua educação. Eles eram espertos, inteligentes, terrenamente falando.
135 Como nós comparamos outra noite, quando a Luz atingiu o jovem rico governante, vejam o que ele fez. Ele rejeitou; um homem inteligente. Paulo, outro homem inteligente, a Luz o atingiu. O que ele fez? Ele A aceitou. Ele esqueceu, tudo que ele já sabia, para que ele pudesse conhecer a Cristo. Isso fez sua vida digna do Evangelho. (Mensagem do último domingo à noite).
136 Aí está hoje. Isto atinge talvez algum homenzinho, que se foi, teve uma chamada de Deus, ele sentou, foi para algum seminário e aprendeu certo credo. Ele deve viver por aquele credo ou entregar seu cartão de companheirismo. Se ele o faz, está marcado, ninguém mais o aceita, porque uma vez ele pertenceu a alguma outra coisa e agora ele não pertence a isto. Eles imaginam que há algo errado com aquele homem, e eles não o aceitam em sua congregação. Quando, a congregação só está buscando um sinal, isto é, se ele crê no que eles crêem.
137 Se ele tem um cartão, se ele é um metodista, se ele tem um cartão… ele pertence a outro companheirismo, ou um unicista, ou um trinitário, ou seja lá o que possa ser, igreja de Deus, ou da classe pentecostal, e a todas aquelas classes. Se ele porta um cartão, eles sentem que a sede o tem observado, e testado sua mente, e lhe aplicaram um teste psiquiátrico, e viram que seu QI é suficiente elevado para que ele pudesse falar ante eles. Se não, eles o rejeitam. Isto é certo.
138 Mas, veja você, a congregação devia estar observando a mão do Senhor, ver se Deus tem lhe dado sua ordenação ou não. É para isso que nós devíamos estar olhando. Porém hoje eles crucificam o – o – o Filho de Deus novamente. Quando, um homem é capacitado, pela graça de Deus, é chamado de Deus, para deixar Deus Se refletir através dele. “!As obras que Eu faço vós também as fareis”, Ele disse. Observem em que dia estamos vivendo!
139 Eles, eles tomam, eles – eles tomam o – o mesmo Calvário, nós podemos esta manhã, e a mesma razão. Agora, eles sabiam que era Verdade; mas por causa da inveja, preconceito. O que Jesus disse a eles? “Se eu expulso demônios pelo dedo de Deus, então por quem – por quem vocês os expulsam? Deixe-os ser seu juiz, vejam, se eu pelo dedo de Deus expulso demônios”.
140 Agora, simplesmente como você os ouve dizer: “Pode você provar que é o dedo de Deus?” Eu gostaria de ver, eu gostaria de ouvir essa pergunta ser feita a Ele. Eles eram espertos demais para fazerem isso.
141 Observem: “Porque Ele Se fez Deus”, e Ele era Deus. “E nós não admitiremos que Ele nos governe”.
142 Porém agora a mesma coisa, o mesmo velho clamor vem outra vez: “Essa Bíblia foi escrita pelo homem”, eles dizem. “Nós não temos que viver de acordo com Isso”. Isso é Deus… Isso é a Palavra de Deus. Isso é Deus, Ele mesmo.
Eu estava falando a um homem ontem, disse: “Bem, pode ser que algum homem tenha escrito essa Bíblia”.
Eu disse: “Sim, houve. Seu Nome, nós O conhecemos como sendo Deus”.
143 Ela foi escrita em um espaço de tempo de quase quatro mil anos, as Escrituras, desde Jó, até ao Novo Testamento, e escrita por centenas por – por… e centenas de anos de distância; e foi escrita por diferentes homens, e não conhecendo eles um ao outro, em diferentes partes do país, e nenhuma Palavra Dela condena a outra. Eu desafio a qualquer promessa Ali! Deus está obrigado a cuidar Dela.
144 Mas eles não fazem isto. Eles vem, dizem: “Ó Senhor, eu desejo fazer algo. Dá-me um grande dom. aleluia, Senhor! Glória a Deus, eu creio que o tenho. Aleluia!” Isto nunca funcionará. Você pode trazer um monte de psicologia, mas isto não funcionará.
145 Deus tem que reconhecer aquele arrependimento. Deus tem que fazer isso. Nós poderíamos dizer muito quanto a esse tocante, mas eu espero que vocês estejam – vocês estejam entendendo.
146 Olhem, mas agora eles não admitem a Palavra ter controle sobre eles. Eu digo: “Cada um de vocês retorne. Vocês estão batizados errado. Vocês foram batizados na igreja católica”.
147 “Quem é você para nos dizer isso?” Não sou eu; é a Palavra. “Porém eu lhe digo, nós – nós cremos…” Não me importa o que você creia; é o que a Bíblia diz. “Mas nós não temos que viver de acordo com Isso”.
148 Você faça isto, ou você está só o julgamento desta Bíblia. Pois: “Quem quer que tirar uma Palavra Dela, ou acrescentar uma a Ela, o mesmo será tirado, a parte, do Livro da Vida”, seja ele ministro, clérigo, ou quem quer que seja. Você tem que vir sob o controle desta Palavra, pois Ela é Deus. A Bíblia diz que Ela é Deus.
149 “Nós não admitiremos que Ela nos governe”. Eles tomam seus credos, e denominações, e suas – suas coisinhas triviais nas quais crêem, e que tem sido adotadas por concílios de homem, e tomam isto ao invés da Palavra de Deus.
150 O que eles fizeram? Eles tomaram a Barrabás, um assassino, ao invés do Filho de Deus, no dia da primeira crucificação.
151 E hoje eles estão tomando a palavra de algum homem, a qual é uma mentira e o caminho da morte, e recusando tomar o caminho de Vida, a Palavra de Deus. Eu condeno esta geração, acuso-a, na Palavra do Senhor, porque eles estão errados. Eles são culpados da crucificação, ou de tentar crucificar o Espírito.
152 Eles pedem um reavivamento, por todas as partes. Como você vai ter um reavivamento quando a Própria Palavra não pode operar através das pessoas? Eu gostaria que alguém me respondesse isto. Como pode ser, quando vocês negam o próprio Reavivamento em Si? Bem falou o profeta deles, “formas de piedade”. Suas próprias formas, no passado, negaram a Palavra de Vida. Suas próprias formas, hoje, negam as coisas que podem lhes trazer um reavivamento; seus credos e formas. Sim, senhor.
153 Eles tomam as denominações e seus credos invés da – da Palavra, e isso crucifica a Sua Palavra e toma Sua Palavra sem efeito para o povo. Quando eles vêem a Palavra de Deus tão vivamente e simplesmente identifica a Si mesma, que Deus fez a promessa que Ele faria isto, e aqui está Ele fazendo, e eles A criticam e se afastam Dela, é blasfêmia. E eles tratam de crucificar a Própria Palavra.
154 Por que eles A crucificam? Eles não podem crucificar a Palavra mais do que eles puderam crucificar a Deus. Eles puderam crucificar a Deus. Eles puderam crucificar o corpo que continha Deus, o Filho de Deus. Eles puderam crucificar aquilo, porém eles não puderam crucificar a Deus. Ele tinha que ser, naquele tempo, por ser o Sacrifício, para trazer muitos filhos que estão predestinados para a Vida Eterna. Eles tinham que fazer aquilo então, mas eles não podem fazer isto agora. eles não podem fazer isto, pois a Palavra, em Si mesma, continuará a viver. Mas eles…
155 “Que fazem eles? Como procedem eles? Que está o senhor dizendo então, pregador? Como que o senhor está estabelecendo sua plataforma aqui, de que O crucificam, então?”
156 Eles estão crucificando os efeitos do Evangelho sobre o povo através de seus credos. Esta é a crucificação. É aí onde o povo se aloja nestes grandes necrotérios, chamados igrejas, denominações, e traçam uma linha de credo, e isso tinha… A Palavra de Deus não pode ter nenhum efeito sobre eles, porque eles – eles condenam a própria coisa que Cristo diz que aconteceria. Ela não vem de acordo com seu credo.
157 E nem Jesus veio de acordo com o entendimento que tinham de Sua vinda. Ele veio da maneira que Deus O enviou, e Ele veio exatamente com a Palavra. Não é de se admirar que Ele dissesse que Ele A tinha “escondido dos olhos dos sábios e entendidos, e A tinha revelado aos bebês, os quais aprenderiam”. Vocês entendem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.]
158 Oh, eles tem crucificado os efeitos da Palavra. Eu tenho um punhado de Escrituras aqui. Pode ser que eu cite duas ou três delas. Eles A crucificam.
Você diz: “Como eles crucificam a Palavra?”
159 Quando Jesus disse que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente, Hebreus 13:8. Eles dizem: “De certa forma Ele é”. Estão vendo? Correto.
160 E Jesus disse, Seu último mandamento à Igreja: “Ide por todo o mundo”, Marcos 16, “ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho. Estes sinais seguirão aos que crerem. Todo mundo; toda criatura!” E ainda não alcançou a metade. E há milhões que morrem, cada ano, que não, nunca sequer ouviram o Nome de Jesus. Então, estas ainda são as ordem gerais. Isto continua sendo um mandamento de Deus. “Todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura. Aquele que crer e for batizado será salvo; aquele que não crer será condenado. E estes sinais seguirão aqueles que crerem: em Meu Nome expulsarão demônios; falarão em novas línguas; se pegarem serpentes, ou beberem coisas mortíferas, isto não lhes fará dano; se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados”.
161 E eles dizem: “Isso foi para aquela geração”, e invalidam o mandamento de Deus quanto a Isto, e eles crucificam o efeito da Palavra para o povo. Amém.
162 Pedro disse, no Dia de Pentecostes, com as chaves do Reino; que Jesus havia lhe dado não fazia muito tempo: “Seja o que for que disseres aqui, eu direi lá em Cima”.
163 E no dia de Pentecostes eles perguntaram o que eles poderiam fazer para receber o Espírito Santo, que eles estavam desfrutando Dele; observando outros agirem como o que eles chamariam de tolice; cambaleando, e pulando, e agindo como se estivessem bêbados.
E eles, dizendo: “Esses homens estão cheios de vinho novo”.
164 Mas havia um homem de pé, pelo nome de Pedro, quem tinha as chaves do Reino, e disse: “Estes homens não estão embriagados”, Atos 2, “como vocês pensam, visto que esta é a terceira hora do dia. Porém isto é aquilo de que se falou”. Vêem, de volta à Palavra novamente, mostrando que o Espírito segue sendo Palavra, e a Palavra segue sendo Espírito, a Palavra de Deus. “E acontecerá, como falou o profeta Joel, Joel 2:38. ‘E acontecerá nos últimos dias, diz Deus, que eu derramarei Meu Espírito sobre toda carne’”.
165 Ouçam àquele profeta parado ali. Olhem para ele, sem medo, de pé ali sobre aquele grupo, e condenando-os, acusando-os. Disse: “Isto é a Escritura! Isto é aquilo que foi dito pelo profeta! ‘Eu derramarei do Meu Espírito sobre toda carne. Vossos filhos profetizarão. Sobre Meus servos e servas derramarei Meu Espírito; e mostrarei sinais em cima nos céus, e na terra; fogo, e coluna de fumo, e vapor’”. Provando-O pela Palavra, que Isto era a Palavra.
166 E eles riram e criticaram Dela, e firam a juízo. E a cidade foi queimada, e eles comeram os filhos um dos outros. E hoje eles estão espalhados através de todo o mundo, mostrando que o Espírito Santo ainda permanece a Palavra de Deus, para trazer esta Palavra para faze-La viver.
167 Jesus Cristo era a Pessoa, Homem, Deus. Aleluia. Ele era a manifestação de Deus. Ele era Deus em forma de corpo, para refletir a Palavra de Deus para aquela era, para fazer aquela era ver a promessa de Deus para aquela era.
168 E o Espírito Santo é a mesma coisa hoje. É o Espírito de Deus sobre a Palavra escrita, tratando de encontrar alguém para refletir a Si mesmo para esta era, para provar que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. São João 14:12: “As obras que eu faço vós também as fareis”. “Jesus Cristo o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. Vêem, constantemente tratando de encontrar Sua forma para refletir-Se.
169 E eles não puderam faze-lo. As pessoas consideravam tanto suas denominações, seus pequenos ninhos que tinham, e assim por diante, chamados de suas “igrejas”, assim que não podiam ouvir isto. Então eles fazem isto hoje, a mesma coisa, crucificam novamente.
170 Pedro, no Dia de Pentecostes, ele disse: “Varões que habitais em Jerusalém, na Judéia, ouvi minhas palavras. Estes não estão bêbados. Se mantiverdes quietos, eu vos mostrarei o que é isto”. E ele seguiu adiante e lhes explicou.
171 Quando seus corações se compungiram, quando eles ouviram Isto, disseram: “Que podemos fazer para ser salvos? Que podemos fazer para receber Isto? Estamos convencidos que sua palavra está correta”.
172 Ele disse: “Arrependei-vos, cada um de vós, e seja batizado no Nome de Jesus Cristo para perdão dos vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois isto é para vós e vossos filhos, aqueles que estão longe, a tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar. Isso é o que eles tem que fazer. Arrepender, e ser batizados no Nome de Jesus Cristo”.
173 E, hoje, a igreja católica romana adotou: “Pai, Filho, Espírito Santo”, para tomar o lugar Disso. Ao invés Disso, uma comunhão. “Pôr fora a língua e tomar uma hóstia, e o sacerdote tomar o vinho, e vocês são um. A comunhão”, ao invés de ser o Espírito Santo, chamaram de “santa Eucaristia”. E um “Pai, Filho, Espírito Santo”, um batismo trinitariano, quando não é nem mesmo falado na Bíblia. O Nome do Pai, Filho, Espírito Santo é o Senhor Jesus Cristo. E quando você mostra isso para essa geração progressista…
174 Como disse Pedro: “Salvai-nos desta geração progressista”.
175 Quando você mostra Isto a eles, o que eles fazem? Criticam Disso, e dizem: “Nossa igreja não ensina Isso dessa maneira”. Então vocês são culpados, vocês são culpados da crucificação de Jesus Cristo, por distanciar o Poder de Deus das pessoas. Vocês crucificam a própria Palavra para eles, e vocês condenam a si mesmos com suas congregações, dirigindo-as para uma armadilha de morte.
176 Como eu disse sobre aquele ministro no último domingo, era Martin Luther King ali embaixo com aquelas preciosas pessoas, dirigindo-as diretamente para uma armadilha de morte. Oh, se alguém pudesse unicamente falar àquele homem! Eu desejaria poder. Só por uma pequena revolta do assunto escolar, vejam, ou algo… Que diferença? Oh, meu Deus! Se as pessoas não tem suficiente sensibilidade para se associar com um homem por causa de sua cor, eles estão condenados e mortos, e todos os modos. A nação lhes dá direito. Não pelejem contra isso. Não. Que seria se alguém dissesse que todos os irlandeses ou outrem, todos os alemães, ou alguma outra gente, tivessem que desassociar? Aquilo nunca incomodaria os cristãos. Eles prosseguiram. E esse homem é um cristão. Como – como um ministro, ele não deveria guiar as pessoas para uma revolução contra isso. Eles vão causar milhões de mortes. Isto impelirá outro revolucionário. É uma lástima fazer isso.
177 A mesma coisa sucede aqui mesmo. [O Irmão Branham bate no púlpito uma vez – Ed.] Exatamente a mesma coisa outra vez. Isso é certo. Estão vendo? As pessoas se elas simplesmente buscassem a Verdade e vissem o que a Verdade é. “Nossa igreja não crê nisso. Nós temos alguma outra maneira”. Bem, essa não é a maneira correta. Essa não é a coisa.
178 Ele disse: “Arrependei-vos, e sejais batizados no Nome de Jesus Cristo para a remissão de pecados”. Agora eles não fazem isso. Oh, então o que eles fazem? Agora esta é apenas uma coisa, entre centenas. Nós terminaremos, talvez, tão rápido quanto pudermos.
179 Agora, a segunda crucificação, então. Se um homem aceita “Pai, Filho, e Espírito Santo”, um – um credo ao invés da Palavra, títulos ao invés do Nome, que faz ele ao povo? Ele crucifica os efeitos da Palavra para o povo. Quando ele diz que: “Marcos 16 foi só para aquela geração”.
180 E Deus disse, Ele mesmo bem ali, Jesus falando a eles, disse: “Ide por todo o mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura. Aquele que crer e for batizado será salvo; aquele que não crer será condenado. E estes sinais seguirão aqueles…” Que distância? Toda nação, todo credo, toda língua, toda raça, todo povo, o mesmo Evangelho. “E estes sinais seguirão aqueles que crerem”. E quando o homem trata de tirar isso da Bíblia, ele crucifica os efeitos do Evangelho para aquela congregação. Portanto eu os acuso no Nome de Jesus Cristo! Vocês são culpados de assassinarem ao Senhor!
181 A igreja O odiava. Por que? Ele era o próprio Deus dele. Eles O odiavam, e negavam ser Ele seu Messias. Não, senhor, eles não queriam um Messias como aquele.
182 E hoje a igreja faz a mesma coisa. Ela nega a Palavra. Eles não A querem. Ela é contrária ao que lhes tem sido ensinado a crer por seus credos.
183 E a Palavra é o Messias. Vocês crêem nisso? [A congregação diz: “Amém”. – Ed.] Bem, então o que é o reflexo da Palavra? Um reflexo do Messias, o qual é o Espírito Santo entre nós. Ele está refletindo-Se, procurando refletir, onde quer que seja que Ele possa encontrar uma lâmpada que Ele possa olhar através dela, que não enfumaçou com credos e coisas tais, através da qual Ele possa emitir Luz.
184 Recordem, “elas levantaram e prepararam suas lâmpadas”, e limparam as mangas das lâmpadas, mas era tarde demais. Então quando um homem vê esses luteranos, presbiterianos, metodistas, tentando vir nestes últimos dias para receber o Espírito Santo, ora, vocês sabem que eles não obtém. Bem, eles podem falar em línguas e pular para cima e para baixo, mas observem o que acontece. Eles absolutamente… É um sinal que o tempo tem terminado. Nós estamos no fim.
185 A qualquer momento, a – a Igreja poderia ouvir o desafio: “Vem ao Alto!” Amém.
186 Exatamente pondo-se em ordem. O Espírito Santo aqui fazendo de Jesus Cristo uma realidade através daqueles pelos quais Ele pode operar, provando a Si mesmo; desce, tiram Seu retrato, mostra, faz a ciência tomar, falar sobre isso, e tudo mais, provando exatamente o que Ele disse que Ele faria. Fazendo exatamente as coisas que Ele disse que Ele faria, biblicamente. Agora, não algum credo, ou alguma idéia fabricada pelo homem, uma porção de sangue, fogo, e fumo, e coisas mais; mas uma evidência messiânica bíblica. Um grupo de personificações, e personificadores, e – e assim por diante; mas isso apenas faz com que a Palavra real brilhe o mais que possa, isso é correto, que o povo que é espiritual, que possa julgar entre o certo e o errado. Estão vendo?
187 Negam-No! Negaram seu Messias: “Nós não O queremos”. E a mesma coisa eles fazem hoje: “Bem, se eu tivesse que descer e agir como aquele grupo, eu não quero Isso de modo algum”. Correto, então você não tem Isso, de modo algum. Isto é tudo. Estão vendo? O mesmo agora.
188 Embora Ele estivesse propriamente identificado, eles não O queriam. Eles O odiavam. Por que era assim? Nós chamamos seus pastores de um monte de “serpentes”. Ele disse: “Bando de paredes branqueadas. Vocês não são nada mais que um cemitério. Do lado de fora vocês são polidos com túnicas e colarinhos virados, e por dentro são ossos de homens mortos”. Estão vendo? Ele não jogou indireta. Um pequeno Galileu, filho de um carpinteiro, mas ele não jogou indireta. Ele disse a eles.
189 “Não pensem”, João disse, o precursor Dele, disse… Ele é outro que não jogou indireta. Ele disse: “Não venham por aqui dizendo que tem Abraão como nosso pai. Deus é capaz de destas pedras levantar filhos a Abraão”. Sim, senhor. “O machado está posto à raiz da árvore, e toda árvore que não traz fruto é cortada e lançada no fogo”. Sim, senhor. Deus é rigoroso, é firme e severo com Sua Palavra. Sim, senhor.
190 Observem, Jesus, comprovado pela Escritura! Vocês me ouvem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.] Jesus foi identificado por Deus através das Escrituras, que Ele era o Messias. Está isto correto? [“Amém”] Nós chegaremos à acusação por Pedro, nuns poucos minutos, e vocês encontrarão se foi ou não. Ele foi completamente identificado, que Ele era Deus manifestado num Homem, chamado Filho de Deus. Isto é certo. Embora, Ele fosse corretamente identificado e vindicado como a Palavra prometida, que Ele era o Messias, Moisés disse: “Este Messias, quando Ele vier, Ele será um profeta”, e todas estas coisas acontecerão.
191 A pequena mulher com o… de pé no poço, e toda aquela condição suja em que ela estava, que representou aquilo? Que Deus nestes últimos dias tiraria fora os rejeitados.
192 Recordem na última noite, nas bodas… Ou melhor, outra vez que eu preguei aqui. Na ceia das bodas, eles disseram como eles disseram. “Eu fiz uma grande festa, e assim por diante. E todos estes homens, eu os convidei, e cada um se escusou. ‘Eu não posso, porque isso arruinaria nossos credos. Eu não posso vir, porque eu tenho meu… Eu me casei com uma mulher; ela não me deixará vir. Oh, eu – eu me casei com uma igreja aqui embaixo. Minha mãe era metodista, ou batista, ou uma católica, ou protes-… Eu simplesmente não posso apoiar Isso’”.
193 Ele disse: “E vocês não virão? E vocês não provarão Minha ceia! Porém saiam ali fora e forcem prostitutas e meretrizes, e bêbados, e seja o que for que houver. Traga-os para dentro, e eu os porem em ordem. Tenho preparado Minha ceia, e Meus – Meus convidados… Minha mesa está posta, e há de ter gente ali”. Eles não vieram. Ele estava condenando aqueles judeus.
194 E hoje? “Eu – eu – eu pertenço à presbiteriana. Eu – eu não posso. Eu sou metodista, luterano. Eu sou um unicista. Eu sou um dualista. Eu sou isto. Eu não posso. Eu não posso”. Aí está você. “Você não estará lá então! Isso é exatamente o que Ele disse. Correto.
195 Completamente vindicado, Messias. Completamente vindicado, a Palavra, a prometida Palavra. O Deus que prometeu a Palavra, que isso que o Messias seria, aqui veio Ele e Se firmou exatamente. Ele lhes disse: “Agora, onde tenho Eu falhado? Se vocês não podem crer em Mim como um Homem, creiam nas obras que Eu faço; pois elas são as que dizem Quem Eu sou. São elas que dizem que Eu sou o Messias. Vocês não querem crer em Mim, porque vocês pensam que – que José ali.. E eu nasci ali naquela pequena choça, e – e Meu pai adotivo aqui é um – um carpinteiro ali embaixo. E – e vocês…”
196 Quando Ele veio à Galiléia ali, eles, e ia fazer… Ele disse: “Ei, Quem é este Sujeito? Quem é Este? Bem, este Homem, não é aquele… Não é José e todos aqueles Seus irmãos aqui? Não estão Suas irmãs conosco? Não é Sua mãe chamada Maria, e Seu pai chamado José? Onde, onde vocês arranjaram um Sujeito assim? De que escola Ele veio? Ele não tem nenhum cartão de companheirismo. Ele, Ele não tem credenciais algumas. Onde um Sujeito como esse… Onde vocês obtiveram isso, de todos os modos?”
197 E a Bíblia diz que Ele foi – Ele foi ofendido. Ele disse… Muitas poderosas obras Ele não pôde fazer; e simplesmente virou Suas costas e Se foi deles. Ele disse: “Um profeta não está sem honra a menos que esteja entre sua própria gente, vejam, em seu próprio município”, observem, “ou sua própria pátria”.
198 Aí está Ele, completamente vindicado, o Messias. Não atribuiu mérito a Si próprio. Ele disse: “Eu não posso fazer nada a menos que Eu veja ao Pai fazendo”. E Ele os desafiou a perguntar se aquele era o Messias.
199 E vejam aquela mulherzinha de má reputação; ela reconheceu isto. Ela, ela não foi influenciada. A lâmpada não estava… Ela estava moralmente errada, naturalmente. Ninguém aprovaria aquilo. As leis de Deus condenam isso. Ela estava moralmente errada. Mas ela…
200 Vêem, Deus não o julga por seus… o que você é. Ele aprecia… Ele não julga quão grande seja ou quão pequeno seja. Ele julga seu coração, o que você deseja ser.
201 E ela não desejava nenhuma dessas coisas. E quando Isto cintilou ante ela, Isso era o que ela queria. Não importava o que ela era então, ela estava pronta para vir. Estão vendo? Deus julga o coração. Não importa o que ela era; aquela Luz brilhou, e aquilo pôs fim ao assunto. Ela apanhou a – a – a – a essência da Vida Eterna.
202 Oh, que coisa, quão rico é isso, para mim, veja, ver e conhecer que esta é a Verdade. Eu – eu A defenderei. Eu… O Deus do Céu levantará, e minha voz estará na fita magnética no além no grande tempo de Deus, e ela condenará esta geração no último dia. Pois, isto está – isto está na fita magnética, então estará n a fita Eternal então. Isto é certo. Condenando esta geração de pregadores que tem forma de piedade, e negam o Poder da Palavra e Sua manifestação quando Isto está completamente identificado que Ele ainda é Jesus Cristo, o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Eu os acuso, pela Palavra de Deus.
203 Eu terei que chegar à outra promessa, rapidamente, pois só temos cerca de quinze minutos.
204 “Ali eles – ali eles…” O que? Oh, que coisa! Calvário! E eles O “crucificaram”, em terceiro lugar. Eles O crucificaram, não reconhecendo a prometida Palavra de Deus manifestada. E por que eles crucificaram aquele Homem? Poderia você imaginar? Deixe eu voltar um minuto. Por que aquelas pessoas crucificariam um Homem como aquele? Como Maria…
205 Como li uma vez num livro, chamado O Príncipe da Casa de Davi. Ele foi escrito por Ingraham, Doutor Ingraham. Ótimo livro! É um drama, supõe-se ser parcialmente verdade, originado de alguns velhos manuscritos tomados de uma mulher chamada Adina, que em sua… Ela foi à Palestina, do – do Egito para o Cairo, eu creio que foi, para concluir sua educação. E ela esteve ali durante o tempo de – de Cristo, e se supõe que ela escreveu de volta a seu pai. Seria bom se você o pegasse e o lesse. Ele, ele é realmente bom, O Príncipe da Casa de Davi. O mesmo homem que escreveu A Coluna de Fogo; e, desse, Cecil DeMilles tirou Dez Mandamentos.
206 Agora nós encontramos que, neste livro, esta Adina escreveu de volta. E ela disse, sobre o dia da crucificação, que Maria Madalena, de quem Ele expulsou sete demônios, corria ante a multidão, dizia: “Que tem Ele feito? Que tem Ele feito? Somente curou os doentes e tratou de libertar aqueles que estavam em prisões! Que tem Ele feito senão o bem? Alguém diga!”
207 E um homem a esbofeteou atirando-a da outro lado do pátio, quase, e disse: “Vocês creriam nesta mulher tola, em preferência a seus sacerdotes?”
208 Aí está você. Estão vendo? Que fez Ele? Ele não fez nada. Por que eles O crucificaram? Por que? Por que? Porque eles não reconheceram Quem Ele era.
209 É a mesma coisa hoje. Os pregadores, e pessoas destes dias, e nossos mestres modernos, tem assim influenciado as pessoas para crerem que Isto é “feitiçaria, ou o demônio, ou uma telepatia mental, ou alguma mistificação, ou alguma classe de truque”, até ao ponto das pessoas não reconheceram que esta é a vindicação da Palavra de Deus para este dia. Estes são os sinais do último dia.
210 As igrejas, se você não pertence à sua organização, eles dirão: “Ah, bem, isso é algo fabricado. Isso é – isso é uma mistificação. Bem, olhem aqui o Fulano e o Beltrano”. Mas deixe-os provar uma vez se a Coisa real é uma mistificação. Hã-hã. Deixe-os uma vez provar que Isto está errado. Eles não o podem fazer. Nunca se soube que Isto fosse errado, e nunca será, porque Isto é Deus. Estão vendo? Mas eles gostam de apontar.
211 Eles pensam: “Oh, bem, se fosse um homem de grande nome!” Porque é um grupinho, um pequeno bando que é meio desprezado: “Bem, nós expulsamos aquela pessoa de nossa igreja”. Estão vendo? “Eles, eles costumavam vir a nosso grupo, vejam, porém eles passaram para outro lado com isto, e foram com aquilo, e agora, veja você, eles se enrolaram… Bem, vejam o que é isto, quem são”.
212 Não me importa. Eles podiam dizer a mesma coisa sobre Pedro, Tiago, e João. Ou, “Um ignorante e iletrado homem”, eles diziam. Mas eles tiveram que notar, alguma coisa tinha acontecido desde aquele tempo. eles tinham estado com Jesus. Isto é o que fez a diferença. Estão vendo?
213 Eles fizeram isto porque não souberam Quem Ele era. Eles não souberam que a vindicação da Palavra de Deus não estava de pé ali naquele dia… Agora, foi num dia, e aquilo estava correto; foi, num dia, apenas para manter aquelas leis e coisas tais. Porém as mesmas leis que eram, que estavam guardando, apontavam para aquele tempo quando Ele viria e seria este Homem que esperava-se que Ele fosse. Eles tinham esta parte, mas não tomaram a outra parte.
214 E é a mesma coisa que eles estão fazendo agora. Eles tem uma igreja, e eles “crêem em Jesus Cristo”, e dizem que o fazem, e coisas, mas negam a hora em que estamos vivendo! Trazem de volta o velho provérbio novamente: o homem sempre louva a Deus pelo que Ele tem feito, olhando para o que Ele faria, e, ou o que fará, e ignorando o que Ele está fazendo, e sendo condenado por isto. Estão vendo? Eles pensam: “Deus é maravilhoso. Quão grande Ele é! O que Ele vai fazer: Ele virá, e haverá um Rapto, algum dia, e iremos ao Lar”, e negando os próprios sinais e maravilhas exatamente aqui no tempo em que as Escrituras dizem que Ele estará fazendo isto. Perdem de ver a Coisa toda!
215 “Se o cego guia o cego”, Jesus disse, “todos eles cairão no buraco”. Simplesmente roguemos a Deus para abrir nossos olhos nestes últimos dias. Correto.
216 Agora, o mesmo, eles fazem o mesmo hoje. Eles negam e crucificam o mesmo Deus, hoje, por não conhece-Lo. O mesmo, por não conhece-Lo. E fazendo, negando as coisas que estão fazendo hoje, eles não crucificam a Cristo de novo, exatamente, mas eles tem blasfemado o Espírito Santo. E ao faze-lo, eles são… Como eles blasfemam o Espírito Santo? Como?
217 Como eles O blasfemaram lá, lá no passado? Ora, eles não podiam blasfema-Lo então; Ele não tinha vindo ainda. Eles chamaram Jesus de “Belzebu”, O chamaram de “Belzebu”, porque Ele podia conhecer os segredos de seus corações, e coisas assim. Eles disseram: “Este é um demônio”. Em outras palavras: “Ele é um adivinho. É assim que Ele faz, é por adivinhação. Ele não é nada mais que um demônio”. Vêem, eles não tinham tido um profeta por quatrocentos anos, e tinham perdido o costume disso. Estão vendo? Eles simplesmente tinham suas leis. Eles disseram: “Este é Belzebu”.
218 E Jesus disse: “Eu vos perdoarei por isso, mas quando vier o Espírito Santo”, vejam, agora, “uma palavra proferida contra Ele, e nunca vos será perdoado”.
219 Recordem, isso, e não pode, por meio algum, nenhuma misericórdia, quando você blasfema, e chama o Espírito de Deus, a Palavra de Deus que está sendo vindicada pelo Espírito… Vêem, a Palavra diz assim, o Espírito A está vindicando, e você A chama de “uma coisa impura”, você tem atravessado a linha entre a misericórdia e o juízo, e nunca pode ser perdoado por isto.
220 Esta é a razão por que eu acuso esta geração, de culpada, de estar crucificando, blasfemando o Filho de Deus manifestado como foi prometido por todos os profetas, e Cristo, Ele mesmo, que estaria nos últimos dias; como foi nos dias de Noé, nos dias de Sodoma. Blasfêmia! Com a qual eles crucificam, para o povo, o Filho de Deus novamente, Sua vindicada Palavra. Uma palavra contra Ela nunca poderá ser perdoada.
221 Agora o que vão fazer então? Onde vocês vão se firmar? Eles estão condenados, só aguardando a hora da ira de Deus ser derramada. Eles serão esmagados.
222 Amando a doutrina de denominações de feitura humana e dogmas, mais do que a vindicada Palavra de Deus; esta geração de pessoas. Oh! Eu – eu simplesmente gostaria de ter um longo tempo para isto. Estão vendo? Esta geração de pessoas, esta geração rejeita a revelação de Deus. [O Irmão Branham várias vezes bate de leve em sua Bíblia – Ed.] Porém nós estamos caminhando onde os apóstolos caminharam. Isto é certo.
“‘Deus’, diz você? Bem, outros dizem isso também”. Deus A vindica.
223 Jesus disse: “Se – se – se as obras não falam de Mim, então sigam adiante e digam que Eu estou dizendo isto de Mim mesmo. Mas se as obras falam, é melhor vocês crerem nas obras, vejam, pois esta é a hora”. Disse: “Vocês sabem que amanhã o sol vai brilhar, ou se vai haver mau tempo; por estar o céu avermelhado e ameaçador, amanhã estará límpido”. Disse: “Vocês podem discernir a face dos céus; porém sobre os sinais do tempo, vocês não sabem nada. Se vocês conhecessem a Deus, vocês conheceriam Meu dia”.
224 E eles disseram: “Tu pões muito sobre Ti mesmo; Tu Te fazes Deus”. E eles O puseram na cruz.
225 E o Espírito Santo, hoje, não é a terceira Pessoa. Ele é Deus, Ele mesmo, manifestado em carne humana, pelo Sangue de Jesus Cristo, para santificar uma vida para que Ele possa refletir a Si mesmo através dela. E eles crucificaram essa mesma Palavra manifestada. Vocês entendem? [A congregação diz: “Amém” – Ed.] A crucificação de Cristo, hoje, é o povo que nega o vindicado e manifestado Filho de Deus entre as pessoas, por Suas – Suas coisas que Ele disse que aconteceriam neste dia por Sua Palavra. Estão vendo?
226 Agora, a mesma vindicação, teria que ser a mesma, se Ele é o mesmo Filho de Deus, pois Ele disse em São João 14:12, agora, que: “As obras que eu faço vós também as fareis”. Hebreus 13:8: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. “Se vós estiverdes em Mim”, João 15, “se vós estiverdes em Mim, e Minhas palavras estiverem em vós, pedireis o que quiserdes e vos será dado”. Sim, senhor!
227 Recordem, foram pessoas muito religiosas que fizeram aquilo. Elas não eram leigas. Foram pessoas religiosas daquele dia. E isso é o que estão fazendo hoje, são pessoas religiosas; a mesma crucificação, a mesma coisa hoje. Rapidamente…
228 “Ali eles O crucificaram”. Então, então? Seguro. Então eles estavam rejeitando a Palavra de Deus manifestada, aceitando seus credos ao invés da Palavra.
229 É isso que estão fazendo hoje? É exatamente isso, fazendo o mesmo hoje. Ele era a Palavra; e eles rejeitaram a Palavra. Esse é um ponto que eu quero que vocês não percam, vejam, eu quero que vocês não percam. Ele era a Palavra, e, quando eles O rejeitaram, eles rejeitaram a Palavra. E quando eles O rejeitaram, eles finalmente O crucificaram. E isso é o que eles tem feito hoje: rejeitado a Palavra de Deus, e aceitado seus credos; e tem crucificado publicamente, ante sua congregação, a operação do Espírito Santo. E eles são culpados, e eu os acuso no Nome de Jesus Cristo.
230 Por quinze anos O tenho visto mover-Se sobre a terra, e eles ainda seguram-se a seus credos. Eles são culpados! Eles tomaram a Palavra que teriam trazido a igreja, todas as igrejas juntas, e feito uma grande união fraternal entre os pentecostais e todo o resto deles; ao invés de fazerem assim, eles A rejeitaram, e recusaram, e zombaram Dela, e A chamaram de tudo quanto é coisa agora.
231 E agora, por uma federação de igreja, através do plano do diabo, tratando de entrar e dizer: “Agora nós viremos, compraremos Azeite”. Eles estão rejeitados. E eles tem… Eles são culpados de crucificar a Jesus Cristo. Você aceita isto nas condições de Deus, ou suas condições não funcionarão. Estão vendo?
232 Eles rejeitaram a Palavra de Deus manifestada, por seus credos, e eles estão fazendo o mesmo hoje. “Ele era a Palavra”, João, São João 1. Hebreus 13:8 diz: “Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente”. Agora eles O estão crucificando novamente.
233 Sabem vocês que a Bíblia diz que poderíamos fazer isso? Quantos gostariam de ler só um pouquinho? Vocês me darão mais quinze minutos? [A congregação: “Amém” – Ed.] Correto. Voltemos agora, só um minuto, “crucificado de novo”. Vamos a Hebreus, capítulo 6, e leiamos só um pouquinho. Hebreus 6, e vejamos se nós “crucificamos o Filho de Deus novamente”, vejamos se isso pode ser feito.
Você diz: “Não se pode crucifica-Lo a segunda vez”.
234 Veremos se podemos ou não. A Palavra de Deus é verdadeira. Correto? [A congregação: “Amém” – Ed.] É Hebreus 6:1.

Pelo que, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não ao lançar um fundamento do arrependimento e obras mortas e de fé em Deus.
E a doutrina do batismo… imposição de mãos, e de ressurreição dos mortos, e do juízo eterno.
…isto faremos, se Deus o permitir.
235 Vêem, Paulo deseja informar que estas coisas aqui são absolutamente essenciais; batismos, imposição de mãos, a ressurreição, segunda Vinda. Todas estas coisas são Eternas. Elas são absolutamente a Verdade.
236 Agora observem: “Pois é impossível”. Leia comigo, este versículo. Eu quero que você leia comigo agora, o versículo 4. [O Irmão Branham e a congregação lêem os três seguintes versículos unicamente – Ed.]

Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo,
E provaram a boa palavra de Deus, e a virtude do século futuro,
E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, que de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.
237 É essa a minha palavra, ou a Dele? “O homem que vem ao conhecimento”. Recordem, eles nunca A tiveram. Eles era crentes fronteiriços. “Após termos recebido o conhecimento da Palavra de Deus”, você adquire isto de um conhecimento, de ler e vê-La, “e então A rejeita, então, você, é impossível a você em alguma ocasião ser salvo”. Você leu isto agora? Vêem? “Terem recebido o conhecimento da Verdade”, apenas, você entende isto. Você nunca A teve.
238 É como aqueles crentes que se foram. É exatamente um tipo da jornada. Este, este terceiro, este terceiro êxodo, é apenas um tipo do resto deles. Vejam, vejam lá atrás. Deixe-me mostrar-lhes uma coisa, só um minuto. Perdoem a expressão. Vejam.
239 Israel tomou doze homens, um de cada tribo, cabeça denominacional, e os levou para as margens da fronteira, da terra prometida, e mostrou-lhes aquelas boas coisas por vir, que eles tinham. E eles voltaram, queixando que: “Nós não fomos capazes de faze-lo”.
240 Porém haviam dois dentre os doze, Josué e Calebe, disse que eles olharam na Palavra. “Deus disse que é nossa, e nós somos mais que capazes de possui-la”. É isto certo? [A congregação: “Amém” – Ed.]
241 Que foi isso? Crentes fronteiriços. Vêem, na realidade eles nasceram na igreja. Eles eram cabeças do povo. Eles eram bispos, por assim dizer, que caminhavam diretamente para onde a Palavra de Deus estava mostrando ser a Verdade. “Ali está a terra!” Eles nunca tinham estado ali. Eles não sabiam que ela estava ali. Porém vieram para ver que estava ali. “Ali estava!” E Josué e Calebe foram, e trouxeram um – um – um cacho de uvas e deixaram que eles comessem algumas delas. E eles provaram da boa terra, e então voltaram e disseram: “Nós não podemos faze-lo. Estão vendo? Nós simplesmente não podemos faze-lo”.
242 Aqui está o mesmo grupo, no tempo de Jesus Cristo. “Rabi, nós sabemos que Tu és um mestre vindo de Deus”. Estão vendo? Fronteiriços! “Nós sabemos que Tu és um mestre vindo de Deus. Nenhum homem poderia fazer as coisas que Tu fazes. Nós reconhecemos que Deus tem que estar ali”. Por que eles não aceitaram? Por que eles não receberam? Fronteiriços! Fronteiriços!
243 Aqui estão eles neste terceiro êxodo; mesmo sinal, mesma manifestação, mesmo Cristo, mesmo Espírito Santo, mesmas obras, mesmo Deus, mesma Mensagem, e eles não podem aceita-La. Eles teriam que devolver seu cartão de companheirismo. Que é isto? “Eles tiveram um conhecimento da Verdade”. Eles olharam e viram que isto é absolutamente a Verdade. Eles não podem nega-La. As revistas tem que atestar que eles A viram. As fotografias, os jornais, a evidência, a ressurreição dos mortos, os atestados médicos dos enfermos, eles tem que dizer que isto é Ele. E as predições, nenhuma delas alguma vez já falhou através dos anos, cada uma delas exatamente à risca, eles não podem dizer nada senão que é Deus. Mas eles não podem aceita-Lo.
244 Aquele grupo de ministros em Chicago, uns trezentos e tantos, viriam e seriam batizados no Nome de Jesus Cristo. Onde estão? O preço é elevadíssimo. Eles não podem faze-lo. Que é isto? A Bíblia diz, quando fazem isso, o que fazem eles? Eles separam a si mesmos entre a misericórdia e o juízo. “Pois é impossível que aqueles que uma vez foram iluminados”, foram trazidos a ver Isto, “e tiveram conhecimento da Verdade, e provaram da boa Palavra de Deus, e se apartaram Dela, sejam renovados outra vez, digam: ‘Bem, agora, eu desejo, sim,…’”
245 Vocês presbiterianos, vocês metodistas, e batistas, e luteranos, e isto de que os Homens de Negócios do Evangelho Completo, dizendo que “estão entrando”, não deixaram a Mensagem entrar. Sua igreja não deixa. Há indivíduos ali, certamente. Mas, não a igreja; você tem que sair da igreja, para obtê-La. Estão vendo? Correto. Indivíduos, está bem.
246 Mas quando você pensa que a igreja presbiteriana vai receber o Espírito Santo, e todos eles tirar seus documentos, e, nunca pense isto. E pensam vocês, metodistas, que vão faze-lo? Vocês nunca farão isto. Vocês, trinitarianos, pensam que receberão o Nome de Jesus Cristo e serão batizados cada um no… Nunca o farão. Vocês nunca o farão. Porém indivíduos sairão e o farão, isto é certo, e este é o sinal de Sua Vinda. Mas aquelas igrejas que tem visto a Verdade, e A rejeitaram em seus concílios, “é impossível”.
247 Então, eles são culpados da crucificação de Jesus Cristo. E eu os acuso pela Palavra de Deus, que Deus tem… “Como o senhor os acusa, Irmão Branham?” Eu os acuso, que Deus tem claramente Se identificado em Sua Palavra, nos últimos dias, e deu a conhecer que Ele continua o mesmo ontem, hoje, e eternamente, e eles friamente A rejeitaram. E vocês são culpados da crucificação de Jesus Cristo, por blasfemar o Espírito Santo. Isto é certo.
248 Levemos você a Hebreus 10, novamente, onde nos diz outra vez nas Escrituras, não sendo unicamente “impossível”, mas você nunca pode. Isto o separa de Deus, eternamente. Você nunca mais pode vir à Presença de Deus outra vez, quando você rejeita o Espírito Santo e zomba Dele.
249 Agora, veja, “provaram da Palavra”. Vêem, crentes fronteiriços!
“Oh, o senhor diz que aqueles sujeitos não eram crentes?”
250 Eles eram crentes, ou professavam ser crentes, mas quando se tratou da Palavra… Eles eram Israel. Eles saíram sob o sangue. Eles vieram sob os sinais de Moisés. Eles tinham visto aqueles sinais operando.
Deus disse: “Eu os levarei mais além”.
251 E quando se tratou diretamente do princípio da prometida Palavra que havia de vir, que disseram eles? “Oh, nós não podemos faze-lo”. Estão vendo?
252 E aqui eles voltaram, com uvas e tudo mais, para provar que a terra era boa. A Palavra de Deus está correta. Deus disse: “Eu a darei a vocês”.
253 Porém as circunstancias: “Que coisa”, disse, “Nós parecemos gafanhotos, ao lado deles. Nós não podemos faze-lo, não importa o que façamos”.
254 Há poucos anos atrás quando esta velha armação foi colocada aqui como um tabernáculo, alguém entrou, e caminhou lá e me falou, disse: “Billy, você vai pregar para quatro postes, um destes dias, com mensagens assim”.
255 Eu disse: “Eu estarei pregando para quatro postes, porque Deus é capaz de destes postes levantar filhos a Abraão”. Sim, senhor. É a Verdade. Eu disse: “Se você tem alguma coisa que possa desaprova-La, faça isto”. Simplesmente cacarejam, mas quando chega a hora de mostrar, é diferente. Sim, isso é que faz a diferença. Correto.
256 Sim, com seus credos eles O crucificam novamente. Agora Hebreus capítulo 6, e vamos em frente. E nós podíamos ler adiante, prosseguir até aqui. Temos bastante tempo. eu marquei uma Escritura aqui onde isto estará, Hebreus capítulo 6. Apenas, eu creio, suponho. “Impossível que aqueles que uma vez foram iluminados, se fizeram participantes do Espírito Santo…” Não temos tido tempo para ir mais longe, porque eu tenho outra Escritura que eu quero ler para vocês num momentinho. Observem isto: “Crucificaram para si mesmos o Filho de Deus novamente”. Que fizeram eles? O que? Havendo provado, e conhecido que Isto é a Verdade, e então viraram as costas e A negaram. Que fizeram? “É impossível…”
257 Assim isso é o que esta nação tem feito. Isso é o que este povo tem feito. Isso é o que estas igrejas tem feito. Recusaram a Isto, e tem crucificado a Mensagem. Eles tem crucificado a Verdade, ao povo. Como que fizeram a Jesus? Colocaram-No em vergonha, tiraram Seus vestidos, penduraram-No na cruz e O cravaram ali, o Príncipe da Vida. A mesma coisa eles tem feito hoje com seus credos! Eles tem feito a mesma coisa. Eles desnudaram as coisas, eles tem desnudado a – a bondade e a roupagem do Evangelho, ao tratar de coloca-Lo em algum outro lugar, e O penduraram sobre a cruz. Oh, que coisa! Por que?
258 “Ali eles – ali eles crucificaram”, agora a última citação, “a Ele”, a Ele, esta mais preciosa Pessoa. Por que eles fizeram isto? Eles não O sabem que esta é a Verdade. Eles estão – eles estão mudos e cegos a Isso. Eles não A conhecem. Esta é a razão. Seus credos e tradições os tem afastado da Palavra de Deus.
259 Agora para vocês aqui, encerrando agora, prestem bastante atenção. Estão vendo? Eu sei que está quente. Eu também estou com calor.
260 Mas, oh, irmão, esta Palavra é Vida se você se agarra a Ela. Olhem, não é algo sobre o que falamos, que talvez suceda aqui e depois; Isto é algo que já está aqui conosco e acontecendo agora. Não alguma coisa que será; algo que já é. Não estamos testificando: “Nós sabemos o que Ele tem feito; nós sabemos o que Ele fará”, porém agora estamos dizendo o que Ele está fazendo. Vêem, esta é nossa hora.
261 Talvez nós não vivamos até vermos o Rapto. Pode ser que eu morra hoje, pode que você morra hoje. Eu não sei. Porém o Rapto está se aproximando. Isso é – isso é, quando aquilo vier, nós estaremos lá, não se preocupe; hã-hã, assim como todo o resto daqueles que, através das eras, creram e o esperaram. Eles caminharam na Luz de seu dia.
262 E aqui está a Luz, Jesus Cristo o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Abandonem seus credos e creiam nesta Palavra. Esta é a Verdade. [O Irmão Branham bate de leve em sua Bíblia – Ed.] A Palavra é Verdade. Jesus disse: “Minha Palavra é Espírito, Minha Palavra é Vida”. Como você vai receber Vida quando você rejeita Vida? Como você vai tomar um dogma, o que é morte, e uma Palavra de Vida? Expulsar a Palavra da Vida, para tomar morte, como você vai aceitar os dois ao mesmo tempo? você não pode faze-lo. “Que toda palavra do homem seja mentira, cada dogma mentira”. A Palavra de Deus é a Verdade.
263 Eu desafio a qualquer homem a me mostrar, qualquer um… E eu sei que esta fita vai ao redor do mundo. Qualquer homem, qualquer bispo, que vier a meu escritório, ou ante esta congregação, e apontar seu dedo a um único lugar onde alguém alguma vez foi batizado no Nome do “Pai, Filho, Espírito Santo”, no Novo Testamento. Eu lhe mostrarei onde cada pessoa que alguma vez foi batizada… E aquelas que foram batizadas diferentes, tiverem que vir a serem rebatizadas, para receberem o Espírito Santo.
264 Que vai você fazer quanto a isso? Permanecer por aí em seus credos? Permanecer por aí em seus dogmas e morrer? Vocês são culpados! Com mãos iníquas, vocês tomaram o Príncipe da Vida, a Palavra da Vida, e A crucificaram ao povo.
265 Agora o que fizeram? Eles não conheceram. Hoje o homem caminha ignorantemente. Eles não sabem que esta é a Verdade. Eles pensam que isto é alguma classe de ismo. Eles não cavam suficientemente profundo para entrar no Espírito de revelação. Eles não oram o suficiente. Eles não clamam a Deus o suficiente.
266 Eles só tomam Isto levianamente: “Oh, bem, eu creio que há um Deus. Certo!” O diabo crê na mesma coisa. O diabo crê mais do que algumas pessoas alegam crer. O diabo crê e treme. As pessoas só crêem e seguem adiante. Mas o diabo treme, sabendo que seu Juízo está se aproximando, e as pessoas crêem e não prestam nenhuma atenção ao Juízo que está se aproximando.
267 Culpados de crucifica-Lo! Certo! Eu acuso esta geração, declarando-os culpados, pela mesma Palavra que os declarou culpados no princípio. Isto é certo. Jesus disse: “Quem pode Me condenar?” Ele era a Palavra feito carne. E hoje a mesma Palavra é feita carne.
268 Pedro disse em sua acusação, em Atos. Vamos ler isto. Pedro, quando ele viu isto acontecendo, o que eles tinham feito, o Espírito… Vejam, Pedro estava defendendo Cristo, o que eles tinham feito. Eu estou defendendo o que os Evangelhos são. Eu… Pedro os estava acusando por matarem um Homem, Cristo, Que era a Palavra. Eu estou acusando esta geração por tratar de matar a Palavra que está manifestada no homem. Observe o que Pedro disse. Sua justa indignação deve ter sido muito grande. Ouçam-no aqui em Atos capítulo 2, e começa com o versículo 22.
Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, aprovado, varão provado por Deus entre vós com maravilhas,… sinais, que Deus por ele fez no meio como…de vós, como vós mesmos bem sabeis;
269 Uf! Imagine como eles se sentiram! Ouçam a isso.
Varões israelitas, o príncipe, clérigos, homens santos, sacerdotes, homem que se supõe ser homem de Deus, ouvi estas palavras: Jesus Nazareno, varão aprovado de Deus entre vós…
270 Agora eu digo a vocês, ministros, e a vocês, gente. Jesus de Nazaré, o Espírito Santo, Ele está aqui na Pessoa do Espírito Santo, o qual era a Vida que estava Nele. Ele está aqui operando através das pessoas, e declarando a Si mesmo por sinais e maravilhas que Ele faz. E aqui pendurados nas paredes, prova científica. E pessoas assentadas aqui, que estiveram mortas, estão vivendo hoje; e comidos de câncer, estão bem hoje; cegos, estão vendo hoje; e aleijados, que estão caminhando hoje. Ele é Jesus de Nazaré.

A este que vos foi entregue pelo determinado conselho e a presciência de Deus, predestinado para Seu trabalho, tomando-o vós, o… matastes pelas mãos de injustos;

271 É isso – é isso acusação? [A congregação: “Amém”. – Ed.] Ele está acusando o que? Aquele Concílio do Sinédrio.
272 E eu estou acusando, esta manhã, a federação de igrejas. Eu estou acusando os pentecostais. Eu estou acusando os presbiterianos, os batistas, e cada denominação no mundo. Por iniqüidade, egoísmo vocês tem tomado a Palavra da Vida e A tem crucificado ante as pessoas, e A blasfemaram, e A chamaram de “fanatismo”, o que Deus tem levantado em nosso meio para provar que Ele é o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Eu acuso esta geração!
273 Deus tem, Ele mesmo, provado que vive. Deus tem provado que esta é Sua Palavra. O que tem você senão um monte de dogmas e credos! Onde pode você mostrar o Deus vivo? porque vocês tem recusado a Palavra da Vida que teria dado estas coisas a vocês. Sim, senhor! Oh, em que hora estamos agora vivendo. Uf! Igual! Oh, eu chamo…
Pedro disse… tomastes vós, e o crucificastes e matastes pelas mãos de injustos;
Ao qual Deus… ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela;
274 E através de seus credos, e suas organizações, e suas denominações, com sua forma de piedade, ainda falando. Suas formas de piedade, vocês negaram o poder de Sua ressurreição.
275 Porém a hora tem chegado, os últimos dias estão aqui, quando Deus prometeu, de acordo com Malaquias 4, que Ele levantaria nos últimos dias, “e tornaria os corações das pessoas às bênçãos originais e à Fé pentecostal dos pais”. E vocês não podem negar isto, e vocês não podem resistir isto.
276 E agora eu lhes condeno, culpados, e os desafio, e os acuso ante Deus, que com mãos iníquas, egoísta, denominacionais, vocês crucificaram a Palavra de Deus ante o povo. E eu lhes reputo culpados e prontos para o Juízo. Amém. Sim, senhor!
277 Eu chamo a mesma coisa que Pedro chamou. Ele chamou aquela geração ao arrependimento. Eu chamo esta geração ao arrependimento, arrependimento ante Deus, e a voltar à Verdade original da Palavra. Regressar à Fé de nossos pais. Voltar ao Espírito Santo, pois Deus não pode mudar Isto.
278 Quando Deus disse: “Estes sinais seguirão aqueles que crerem”, Ele tem que ficar com isso por toda a Eternidade. É Sua Palavra.
279 Quando se diz: “Dê um aperto de mão, ou tome a comunhão”, ou algo assim, ou algo sobre esse credo, ou alguma coisa com respeito a essa idéia; que qualquer homem, qualquer bêbado, qualquer incrédulo pode fazer. Qualquer personificador, qualquer prostituta – prostituta pode fazer isto. Tomar a comunhão, ter formas e coisas assim, poderia-se fazer isso.
280 Mas Jesus disse que essa será a identificação: “Estes sinais seguirão”, não talvez, “eles seguirão, em todas as gerações, aqueles que crêem! Em Meu Nome eles expulsarão demônios; falarão em outras línguas, falarão em novas línguas; e pegarão em serpentes; beberão coisas mortíferas, e não lhes fará dano; colocarão suas mãos sobre os enfermos, eles serão curados”. “Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, expulsai demônios; assim como de graça recebestes, de graça daí”.
281 Todos estes grandes sistemas gananciosos e coisas tais, e presos às coisas hoje, não é de se admirar que eles estejam plenos de juízo. Sim, senhor! Oh, que coisa!
282 Vejamos agora. Sim, senhor. Chamo ao arrependimento, e minha acusação agora.
283 Este novo Calvário é a – a igreja, assim chamada, os lugares mais santos, grandes púlpitos, altar catolicismo, altar católico, chamado seu púlpito. A metodista, a batista, a presbiteriana, a luterana, os pentecostais, os mais santos lugares. [O Irmão Branham bate de leve seis vezes no púlpito – Ed.] ali Ele recebe Suas piores lancetadas. Um novo Calvário! Onde é encontrado? Nos lugares santos, a igreja.
284 Onde é Ele crucificado? Dos pastores. Hipócritas, vocês estão conscientes disso! Eu não estou irado, mas algo dentro de mim está se agitando. Deus tem sido completamente identificado entre vós.
285 Onde Ele recebeu Suas espetadas, em Seu lado? Onde Ele recebeu Suas lancetadas? No Calvário. Onde Ele as recebe hoje? No púlpito. De onde vieram? Jerusalém. De onde vem? Da denominação. Aqueles que alegavam ama-Lo, são os que o fizeram. São estes que fazem isto hoje. Seu segundo Calvário, onde Ele recebe Suas feridas contra a Palavra, isso é o que O traspassa. Quem é Ele? Ele é a Palavra. Ele é a Palavra. De onde Ele é mais duramente traspassado? Dos púlpitos nos lugares santos, como foi então.
286 Eu tenho direito de acusar esta geração. [O Irmão Branham bate cinco vezes no púlpito – Ed.] Eu tenho direito de faze-lo, como um ministro do Evangelho de Jesus Cristo, com Seus sinais, e provando que Ele é Deus. Eu tenho direito de trazer acusação contra esta geração. Porque, Suas mais duras espetadas da ponta de lança tem sido diretamente dos púlpitos, onde eles tem criticado e dito: “Não saiam a ouvir aquela coisa. Aquilo é do diabo”. Exatamente no lugar que deve ama-Lo!
287 E os próprios sinais que Jesus disse que aconteceriam: “A Palavra de Deus é mais afiada do que uma espada de dois gumes; a Palavra, é apta para discernir os pensamentos, intenções do coração”. E ela é chamada de o diabo, de onde? Dos púlpitos, os lugares santos.
288 Oh, Deus, como pode Ele olhar para baixo? Somente – somente misericórdia, isto é tudo. Nós não podemos fazer nada mais do que avançarmos para o julgamento. Nós já estamos lá. Hã-hã.
289 Pense nisto. Suas lancetadas mais fortes vem do púlpito. É aí onde Seu novo Calvário está. Eles O crucificaram, a Palavra, no púlpito. Isto é certo. Como, como eles o fazem? Por suas formas de piedade. Exatamente isso!
290 Coroado, da audiência, por escarnecedores! Ele tem uma nova coroa de espinhos, escarnecedores! Traspassado, do púlpito; coroado por escarnecedores. É Ele crucificado outra vez, novamente? Ferido por credos feitos pelo homem, mestres de denominações contra Sua Palavra. Eles O ferem, em vergonha, O condenam.
291 Jesus disse: “Em vão eles Me adoram”. Em vão, “não adianta nada”. Quem eles adoram? Eles adoram o mesmo Deus. Eles estavam adorando aquele mesmo Deus em Sua primeira crucificação, e era uma adoração vã. É a mesma coisa hoje. Em vão eles constroem essas denominações. Em vão eles constroem esses seminários. Em vão eles tem esses credos, ensinando como doutrina os preceitos do homem, e negando a Palavra de Deus. Eles são culpados de crucificar o Príncipe da Vida, ensinando doutrinas do homem como se fossem Sua Palavra. “Em vão eles Me adoram”, ferido, traspassado, coroado.
292 Quando você vê isso descer a rua, e algumas de vocês, senhoras com cabelos longos; dizem: “Ela está fora de moda, não está?” Recordem, esses são escarnecedores, essa é a coroa que você está usando. Deus disse que esta é sua glória; use-a com orgulho. Aleluia! [O Irmão Branham bate palmas três vezes – Ed.] Use-a com orgulho, como você usaria uma coroa de espinhos pelo seu Senhor. Use-a com orgulho. Não fique envergonhada. Ele disse assim, não importa o que estas Jezabéis digam hoje. O que estes impostores de pé no púlpito, crucificadores de Cristo, não importa o que eles digam, use-a com orgulho. Deus disse assim. Mantenha-o.
293 Coroado, com escarnecedores outra vez, espinhos. Traspassado, do púlpito, com credos.
294 Ele tem um novo Gólgota, para onde O levam: estes corais com togas, mulheres que usam shorts, cabelos curtos, face pintada, cantando no coro como Anjos, com talentos. Esse é seu novo Gólgota, precisamente modernas mulheres que se despem protegidas por uma lei como em Sodoma e Gomorra.
295 Você vê uma cachorrinha que vai rua abaixo. Em certo tempo não há um cão que ao menos chegue onde ela está. Deixe que uma certa coisa aconteça e cada um deles corre atrás dela. Há algo que acontece a ela. Você sabe por que. Deixe…
296 Por que estas mulheres tiram suas roupas, e vão pela rua? Não me diga que não é a mesma coisa. Isto é uma identificação. Não condenem o homem. Mas elas estão protegidas por uma lei de Sodoma. Esta lei devia dizer que é ilegal para elas estarem lá fora.
297 E pregadores no púlpito deviam ter anáguas ao invés de traje clerical; de pé ali e permitem isto, e se envergonham de falar contra isto, porque sua denominação os porá para fora. Vocês crucificam, para a – a congregação, a Palavra de Deus a qual diz: “É uma abominação para uma mulher usar uma roupa que pertença ao homem”.
298 Eu – eu condeno a coisa. Eu – eu – eu – eu – eu – eu os acuso de crucificar a Palavra de Deus ante o povo. Mulheres com cabelos curtos, usando shorts, e a coroa… de pé no coral!
299 Alguém me disse, outro dia, alguma mulher me perguntou, disse: “Bem, onde o senhor pensa que encontraria?”
300 Eu disse: “Se o Senhor me pedisse para selecionar uma dúzia, através do mundo, eu estaria – eu morreria de medo”.
301 Quando, pelo discernimento do Espírito, ali de pé os observo, e parado assim e vejo coisas sobre eles; os sujos, imundos, desprezíveis, tragadores de cigarros, portando-se assim ali fora, e se põem num coral com togas e cantam naquela condição, e deixam que a audiência os veja. Eles dizem: “Bem, se ela pode fazer isto, eu também posso”. Uma vida cristã é uma vida de santidade e pureza, inocente!
302 Eu os acuso, no Nome de Jesus Cristo, por suas imundícies e sujeiras. Eles tem trazido o Evangelho à uma desgraça. E aqueles que tratam de sustenta-Lo, são chamados de “fanáticos”, considerando: “Isso é uma tolice fora de moda”. Eu os acuso, no Nome de Jesus Cristo.
303 Simplesmente modernas mulheres despidas na rua, cantando em corais, fumando cigarros, dizendo piadas sujas, três ou quatro maridos, e À procura do sexto, e então cantam no coral porque tem uma voz. Vocês, pobres intelectuais, espiritualmente desprovidos, rejeitados em seu próprio terreno. Vocês lêem a mesma Bíblia que qualquer outro homem pode ler, mas recusaram o Espírito de Deus, até ao ponto em que a Bíblia diz que vocês “seriam entregues a uma forte desilusão, para crerem numa mentira e serem condenados por ela”. Vocês crêem que estão certos, e a Bíblia diz que vocês creriam nisto, e seriam condenados pela mesma mentira que vocês crêem ser a Verdade.
304 Portanto, eu lhes acuso pela Palavra de Deus. Vocês estão ensinando às pessoas um erro, e crucificando os princípios de Cristo, de santidade e Vida de cima, de que aquela pessoa pode caminhar na rua e ser uma pessoa diferente.
305 Pregadores de pé em campos de bola, fumando cigarros; pedras de tropeço; todas as outras tolices que eles agüentam. Mulheres em seus corais, usando shorts, cabelos curtos, e se portando dessa forma, pintando as faces, e então chamam de: “Irmã, isso e aquilo”, e a Bíblia condena essas coisas. Isto é certo. Vão a festas e se portam de modo duvidoso, mesmo assim membro de igreja; mantêm seu testemunho, e vivem da maneira que desejam.
306 Não pensem que estou falando inteiramente sobre os presbiterianos. Eu estou falando sobre vocês, pentecostais. Isto é certo. Vocês uma vez conheceram a Verdade, porém vocês pensaram que não poderiam tomá-La. Vocês não poderiam sustentar seu pastor. Seu – seu pastor não poderia ter aquele grande trabalho com muitas centenas de dólares por semana, e uma grande e boa igreja para pregar, e passear e prosseguir da forma que fazem. Se ele condenasse aquilo, a organização o lançaria fora; então ele tem de manter isto, ele tem de dizê-lo. Portanto, ele vendeu sua primogenitura por um prato de guisado de lentilhas do mundo, da papa de Esaú. E o que ele vai obter por isso? Ambos caem no buraco de condenação, e são condenados. Eu os acuso, como prostitutas do Evangelho.
307 Eu estive em um coral, um dos famosos, grandes lugares, não muito tempo atrás, uma das classes mais altas de pentecostais que existe. E aconteceu de eu estar assentado neste escritório do irmão quando quatro ou cinco corais tinham se juntado. E estas são umas das… algumas das melhores organizações dos pentecostais. E eles não sabiam que eu estava no escritório deste ministro, em Oklahoma. Eu estava assentado ali, no fundo, onde este ministro estuda antes de vir à sua plataforma. E quando o fiz…
308 Ali fora estava aqueles pequenos Rickies, e Rickettas, pintura, nenhuma delas tinha cabelos compridos, cada uma delas com cabelos curtos, cada uma delas com maquilagem, cada uma delas com togas. E um pequeno Ricky estava por ali, fazendo assim, (e outro homem estava tirando uma oferta missionária), ele agia como se ele fosse um cego com uma xícara, e ia por ali dizendo toda classe de coisas blasfemas sobre o recolhimento da oferta, e coisas assim. Porém saíram dali e trataram de cantar o – O Messias, oh, que coisa, e – e puderam cantar bem, mas não tinham o toque. Não, aquilo estava morto, vêem. Oh, que coisa! Aí está você. Este é o novo Gólgota Dele.
309 Que pensa você de alguma mocinha, ou alguma mulherzinha ali? Ora, se ela viesse ali, vestida como deveria ter sido, com cabelos longos, e sem toda a pintura, e coisas assim, eles teriam zombado dela; se ela tivesse resistido, e quando eles estivessem causando aquele distúrbio ali, aquele grupo de pessoas jovens, cerca de trinta ou quarenta deles. A parte selecionada dos pentecostais, e fazendo coisas como aquelas! E se aquela senhorita tivesse dito alguma coisa sobre isto, eles a teriam posto fora do coral.
310 Deixe o pregador do Evangelho se pôr no púlpito e dizer alguma coisa sobre isto, eles o colocarão para fora da organização. Vocês crucificam o Filho de Deus novamente, e O expõe ao vitupério. Seu Evangelho que vocês alegam pregar, vocês O crucificam. Eu acuso esta geração rejeitadora de Cristo, pela Palavra de Deus, e por Seu poder destes últimos dias fazendo vindicação de que Ele ainda vive. Sim. Eles são contra a precisa, vindicada Palavra de Deus. Suas organizações não podem fazer frente a Isto.
311 Grandes igrejas e denominações são Seu novo Calvário. Eu digo isto outra vez. Estes, seus desnudamentos modernos, são seus corais.
312 O sumo sacerdote de cada denominação apregoa como o sumo sacerdote daquele dia: “Agora desce e mostra-nos um milagre”. Hã-hã. Esta foi a primeira crucificação.
313 É a mesma coisa hoje. Teve caso de me dizerem: “Bem, agora, você levanta os mortos, não levanta? Por que você não vai ali em cima? Você tem uma esposa no cemitério. Você tem um bebê lá em cima”.
314 Disseram a Ele: “Ouvimos dizer que Tu ressuscitastes os mortos. Nós temos um cemitério cheio deles ali em cima. Vem ressuscitá-los”. Oh, ignorância produzirá ignorância. Estão vendo? Hã-hã.
315 Grandes igrejas, grandes corais, sumos sacerdotes deste dia: “Desce, mostra-nos um milagre que nossa denominação não possa fazer”.
316 Não faz muito, teve um homem que me fez uma observação sobre um… após uma pequena transmissão que eu tive Jonesboro, Arkansas, falando sobre uma mulher sendo curada. Estes sujeito pertencia a uma certa denominação de igreja, e ele subiu ali e disse: “Eu desafio a qualquer homem a me trazer e me mostrar um milagre”.
317 Eu fui e consegui um médico. Um homem tinha sido curado, com câncer. Eu fui e consegui uma mulher que tinha estado numa cadeira de rodas por cerca de vinte anos; ela foi curada de artrite, tinha estado numa cadeira de rodas. Eu a levei e disse: “Agora eu quero o dinheiro, mil dólares”.
318 Ele disse: “Bem, ah, ah, ah, ah, não está aqui. Está em Waco, Texas, onde está nossa sede.
319 Eu disse: “Está bem, nós iremos ali e o pegaremos”. Disse, eu disse: “Você faça os preparativos e iremos amanhã”. Estão vendo? Eu disse: “Nós enviaremos pelo correio…” Eu disse: “Aqui está o médico para afirmar que esta gente absolutamente tinha câncer. Aqui está na lista, raio X. Aqui está esta mulher que a vizinhança toda sabe que ela assentou-se numa cadeira de rodas por vinte anos, e ela está caminhando corretamente agora. E os médicos, foi em médico após médico após médico após médico, e tudo, e aqui está ela viva hoje. Agora, você disse que “daria mil dólares’. Eu quero colocá-los num fundo missionário. Eu os quero”. Estão vendo? Estão vendo?
Ele disse: “Bem, está em Waco, Texas”.
Eu disse: “Nós iremos amanhã”.
320 Ele disse: “Espere um minuto. Deixe-me dizer-lhe algo. Eu tomarei uma garotinha comigo. E deixe-me tomar uma navalha e cortar o braço dela, e então você a cure, ante nossos irmãos. E eles lhe darão o dinheiro”.
Eu disse: “Seu demônio!”
321 “Se Tu és o Filho de Deus, desprende-Te da cruz”. “Dize-nos quem Te bateu”, com um trapo ao redor de Sua cabeça. Batiam Nele, diziam: “Agora, se Tu és um profeta, dize-nos quem profe-…” “Se Ti és o Filho de Deus, desce da cruz”.
322 Cegos guias de cegos! Eles necessitam de cura mental, um homem que faz uma coisa dessa, ou faz uma afirmação como essa. Certamente.
323 No entanto, aquele velho e conhecido clamor: “Deixa-nos ver-Te fazer um milagre. Mestre, nós desejaríamos um milagre de Ti”. Quando, cada dia, cada hora, isto estava acontecendo o tempo todo, simplesmente como Deus dirigia que fosse feito. Porém eles não estavam presentes. Se estivessem, eles chamavam de “Belzebu, o diabo”. Estão vendo? “Mestre, queremos que Tu faças isto da maneira que nós queremos que Tu o faças”. É isso. “Vai onde nós queremos que Tu vás, faze o que nós queremos”. Oh, sim. Hã-hã. Eles não O tinham atado às suas condições. Não, senhor. Essa é a razão que eles tinham para lançá-Lo fora do meio deles. Sim, senhor. Estão tratando de fazer a mesma coisa hoje. E através da federação de igrejas finalmente conseguirão fazê-lo, vejam, todos eles vão juntos. O velho e conhecido clamor.
324 Aqui nós vemos, novamente, o lugar mais religioso, os melhores, teólogos polidos, bradando novamente, e contra Ele, bradando. Os teólogos mais importantes, os quais deviam estar conscientes; as maiores igrejas, e teólogos mais treinados, O expulsam do meio deles. Eles não O querem.
Você diz: “Isto é errado, Irmão Branham”.
325 Então você não esteve aqui para ver As Eras da Igreja, ou ouvi-la ser pregada. Você não esteve aqui, quando, esta Era da Igreja de Laodicéia foi a única em que eles O expulsaram da igreja. E Ele estava fora, do lado de fora, batendo, tratando de entrar novamente. Eles O expulsam porque para eles Ele não serve para nada. Eles O crucificam novamente. Amém! Quanto tempo mais conseguiríamos prosseguir?
326 Recordem, o profeta da Palavra de Deus nos predisse, em Segundo Timóteo 3, se você está anotando. Nós não temos tempo para lê-lo. Mas disse que: “Nos últimos dias, viriam escarnecedores. Eles seriam obstinados, orgulhosos, mais amantes de prazeres do que de Deus; caluniadores, incontinentes, cruéis, e sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, eruditos; tendo forma de piedade, mas negando a Eficácia dela: dos tais afasta-te! Pois estes são da classe dos que tomam néscias, mulheres de cabelos curtos”, usando shorts, faces pintadas, “de lugar a lugar, e as levam cativas”. Exatamente isso.
327 Ele disse: “Afaste-se disto, nos últimos dias”. Obedeçamos ao profeta. Afastem destas coisas nestes últimos dias”. Elas estão aqui. Eu estou clamando à Igreja agora. Sim, senhor. Afastem-se disso!
328 Eles tem, os – os ministros deste dia, deviam saber estas coisas. Eles deviam ter conhecido Jesus em Seus dias. Eles deviam ter conhecido. E agora eles deviam conhecer isto, mas eles não conhecem. Tal como os judeus ensinadores de Seus dias deviam tê-Lo conhecido no Seu dia, assim é hoje, com a Palavra, e Ele provou que Ele era a Palavra. Ele provou que Ele era a Palavra para aquele dia. E Deus tem provado hoje que Ele é a Palavra deste dia, a Luz da hora. E eles deveriam ter conhecido naquele tempo, e eles deveriam conhecer agora.
329 Eles O crucificaram naquela época, e eles O crucificam agora. Eu os acuso disto! Certo. Isso só fica faiscando através de mim: “Eu os acuso, porque Deus vai fazê-los pagar por isto!”
330 Os judeus de seu dia. Deus novamente, nos dias sobre a terra, Jesus disse: “Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes quis eu te ajuntar num grande grupo, mas tu não quiseste”.
331 Como Deus tem tratado, nestes últimos dias, de unir Seu povo, mas vocês não quiseram. Vocês tem desejado seu credo, por isso agora vocês estão entregues à destruição. Isso é o que Jerusalém recebeu; ela foi derrubada, queimada, ela está extinta. E isso é exatamente o que será, um desses dias, todas essas grandes coisas aqui. Seus grandes credos e denominações morrerão e perecerão, mas a Palavra de deus será Eterna e viverá para sempre. Estão vendo?
332 Suas feridas mais profundas vem da casa dos assim chamados amigos. Pensem, pensem nisto. Pensem nisto! Parem! Eu estou esperando um minuto. Ministros, pensem nisto! De onde Suas feridas vieram? Da casa de Seus assim chamados amigos. Como foi, assim é. Pensem nisto! No Calvário Ele não estava rodeado por – por selvagens, bárbaros, porém de ministros que alegavam amá-Lo. E hoje, quando o Evangelho é completamente identificado, quando os grandes sinais de Sua ressurreição são provados entre nós, não é a rua ali fora que censuram asperamente, são os assim chamados ministros.
333 Aqueles que supõe-se ser gente que O ama, é por eles que Ele está rodeado hoje. “Nós não aceitaremos aquela Coisa entre nós. Nós não aceitaremos este Homem governando-nos. Nós não apoiaremos. Nós não teremos nenhuma cooperação sobre Isso, nesta cidade, se aquela Coisa vier nesta direção. Isso não é nada senão espiritualismo. Isso é o diabo”. Não conhecendo a Palavra de Deus, o cego guiando o cego. Como foi então, pense, assim é agora. Justamente como foi então, assim é isto agora. Pense!
334 Seu Poder para curar e colocar o homem e a mulher livre do amor deste mundo presente, do cabelo curto, Jezabéis de caras pintadas que chamam-se de cristãs; e produzindo tal vida como essa, fumando cigarros, dizendo piadas sujas. Assentam-se e tem uma sociedade missionária, e costuram e cosem, e falam, e mexericam, e – e saem na rua e usam shorts, e tudo dessa maneira; e então chamam-se de cristãs, ante outras mulheres. Vocês se lembram de minha história sobre o escravo sabendo que ele era um filho de um rei, seu caráter. O que deveríamos nós ser? Homem e mulheres, e negar…
335 Estes clérigos, estes púlpitos onde Ele recebe Suas feridas, eles tem tolerado e endossado essa classe de vida entre as pessoas, onde eles O traspassam. Negam o Poder para – para fazê-los livres disto, e consentem que isto seja assim. Quando é contrário à Palavra de Deus, uma mulher corta seu cabelo, ou pintar sua face, ou usar shorts. Isto é contrário à Palavra de Deus, porém eles endossam isto, fazendo outro Calvário (de onde? Da rua? Da sala de bar?) do púlpito, do púlpito.
336 E, novamente, qual era o clamor? “Ele faz a Si mesmo Deus”. Eles negam Sua Deidade. Eles tratam de dividi-Lo e fazer três ou quatro Deuses Dele. Quando, Ele é Deus; Ele era Deus; Ele sempre será Deus, o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Quando você fala sobre um Deus, a eles, eles riem de você. “Nós cremos numa santa trindade.”
337 Eu creio num Deus santo, sim, senhor, Seu Poder para cura, para libertar, e tirar aquelas pessoas do amor do mundo, para libertá-las como Ele fez com Maria Madalena. Recordem, ela era uma pequena Jezabel pintada, também. Ela tinha sete demônios nela. Ela era uma mulher que se despia.
338 Justamente como a moderna mulher na rua hoje; vá a qualquer lugar que queira e olhe. Se você não crê que as pessoas se inclinam no altar de mulheres nuas, olhe lá fora na rua hoje. Como foi nos dias de Sodoma, assim será. Olhe para fora, se você não crê nisto, simplesmente vá a qualquer lugar. Abra um jornal, abra uma revista, olhe num cartaz de propaganda, o que você encontra? Recordem o que disse: “Quando os filhos de Deus viram que as filhas do homem eram bonitas, eles as tomaram por mulheres.” Olhem para o escândalo na Inglaterra, olhe para o escândalo aqui, olhe para a coisa toda, tem se tornado uma casa de prostituição.
339 Por que é isto? Por que a Rússia se converteu em comunismo? Por causa da vulgaridade e sujeira, e pela falta de Poder da igreja católica. E esse é exatamente o porquê desta nação ser dominada, comunismo e a federação de igrejas, e se unindo com a igreja católica. O que, comunismo e catolicismo se unirão, vocês sabem, e aqui eles o estão fazendo. Por quê? Porque eles têm rejeitado o Evangelho que os separa e os faz pessoas diferentes!…?…Esta é exatamente a razão.
340 E ministros no púlpito estão tolerando isto, para terem um ganha-pão, pela posição social de algum credo, dizem: “Eu pertenço a tal e tal,” trocando educação no lugar do Poder de Deus; livrem a eles desta corrida desenfreada, como Maria Madalena.
341 O próprio Poder que pôde tomar aquela mulherzinha na rua que se despia, e fazê-la usar roupas e agir como uma senhora, e fazer dela uma cristã, eles condenaram aquele Poder, e crucificaram o Homem que O tinha, no Calvário.
342 E hoje, o próprio Evangelho e o Espírito Santo que toma aquela mulherzinha que se despe e a faz vestir como uma senhora e agir como uma cristã, eles chamam Isto de “fanatismo.” Não querem que Isto se misture pelo meio da congregação deles, causando agitação entre eles, fazendo com que outras mulheres o façam. O que eles fazem? Eles O expulsam, simplesmente como fizeram naquele tempo. E agora crucificam a própria Palavra e dizem que Ela era para outra era. Eu os acuso novamente, sim, senhor, tal como foram acusados naquele tempo.
343 O sinal que fez o velho Legião vestir suas roupas. Recordem, uma pessoa que tira suas roupas está louca. Estão vendo? E uma mulher? Legião estava louco; ele despiu suas roupas. Deus tomou Seu Poder e o fez vestir suas roupas. Ele estava vestido, em sua mente correta, assentado aos pés de Jesus.
344 Veja o Poder que fez o velho cego Bartimeu ver, justamente entre seus credos. Ele esteve na terra quando havia tanta incredulidade quanto há hoje, mas aquilo não O deteve. Ele continuou. Ele não usou palavras amenas com eles. Ele lhes disse: “Vocês são de vosso pai, o diabo.” Ele condenou a coisa toda.
345 O Poder que pôde levantar Lázaro da tumba, e deu à mulher de Naim seu filho de volta! Ó Deus! O poder que pôde fazer aquelas coisas, que pôde predizer as coisas que aconteceram. “Há dois…Jumentinho, há um jumentinho amarrado entre dois caminhos,” e todas estas coisas que Ele predisse. O próprio Homem que possuía aquele Poder: “Fora com ele. Nós não podemos tê-Lo entre nossa gente. Ele polui os nossos ensinamentos,” eles O crucificaram.
346 A mesmíssima coisa hoje: “Fora com o Espírito Santo,” eles não querem nada a ver com Ele. “Ele condena e faz estas coisas, e diz à nossa gente estas coisas que nós não queremos que se misturem em nossas organizações. Ele é contra nossos credos.” Eles O crucificaram de novo. Oh, que coisa!
Observe agora enquanto estamos encerrando. Temos de encerrar.
347 E eles O chamaram de “fanático.” Eles disseram: “Ele era louco.” Ninguém sabia que a Bíblia disse que “Jesus era,” aqueles fariseus disseram, “este Homem é um samaritano, e Ele está louco.” Agora o que a palavra louco significa? “Demente.” “O Homem está demente. Eles são um grupo de pessoas loucas que O seguem. Ele é Belzebu.”
348 E, novamente, eles dizem a mesma coisa: “Isto é uma classe de feitiçaria. É adivinhação,” colocando-O novamente sobre a cruz de vergonha. Que cruz? Que vergonha? Ele é uma Palavra vindicada; zombando Dela, dizendo às pessoas que Isto é o diabo. Fazendo alguma coisa, e chamam…
349 Ele disse: “Eles chamam as sagradas obras de Deus em ‘um espírito imundo que as está fazendo,’ não há perdão para isto.”
350 Envergonhando Sua Palavra, tratando de expô-La e chamá-La de truque ou fanatismo: “Não vão a isto. Não assistam às reuniões deles.” Hã-hã.
351 O que fazem eles ao fazerem isso? Tomam seus cravos de credo denominacional. Isto é certo. Estes mestres buscadores de prazeres, mundanos, ímpios, loucos denominacionais, tomam os cravos denominacionais e crucificam o Filho de Deus com isto, novamente, de seus púlpitos.
352 Por que fazem eles isto? “Eles amam os louvores do homem,” o título que a igreja lhes pode dar, “mais do que o amor da Palavra de Deus.” Eu os condeno. Eles não podem se conformar com o mundo, porque eles estão…Não podem se conformar com a Palavra, porque eles já se conformaram com o mundo. Eles já fizeram isto. O dia hipócrita em que vivemos! Não é isto…
353 Não é um Calvário suficiente para o meu Senhor? Por que vocês fazem isto? Vocês que supõe-se ser gente que O ama, vocês sabem que Esta é Sua Palavra, vocês que podem ler Apocalipse capítulo 22, diz: “Qualquer que tirar uma Palavra ou acrescentar uma Palavra,” por que vocês fazem isto? Não é um Calvário suficiente para Ele?
354 Eu me ponho em Sua defesa. Eu sou Seu advogado, e eu os acuso pela Palavra de Deus. Mudem seus caminhos ou vocês irão para o inferno. Suas denominação desmoronarão. Eu os acuso na Presença do Juiz, correto, vocês, com suas formas de piedade, hipocrisias. E por que vocês chamam Isto…Não é um Calvário suficiente?
355 Como Pedro disse: “Vossos pais denominacionais,” Pedro os acusou pelo…Disse: “Qual de vossos pais não fez isto?” Estêvão fez a mesma coisa: “Com mãos iníquas crucificastes o Príncipe da Vida.” Não disse Jesus, Ele mesmo: “Qual de vossos pais não colocou os profetas nas tumbas? E vocês as adornaram mais tarde?” Assim tem sido para com o homem justo através das eras!
356 Assim eu acuso este alto e polido bando que vai à igreja de rejeitadores de Cristo deste dia. Vocês com suas formas de piedade crucificam meu Cristo a segunda vez, ao dizer às pessoas que estas Palavras são para algum outro dia, e isto não é para este dia. Eu os acuso. Vocês são culpados do mesmo crime de que eles foram no dia da crucificação. Arrependam-se e voltem a Deus, ou perecerão.
357 E novamente eu digo: “Aqui,” as igrejas, “eles,” os mestres, “crucificaram,” por blasfêmia, “a Ele,” a Palavra. Deus sê misericordioso! Deixe-me dizer isto outra vez. Isto pode ter sido confundido na fita. “Aqui,” as igrejas, “eles,” o clérigo, “crucificam,” por blasfêmia, “a Ele,” a Palavra. Não é de se admirar que seja novamente:
Em meio a rochas fendidas e céus enegrecidos
Meu Salvador inclinou Sua cabeça e morreu,
Mas a abertura do véu revelou o caminho
Para o júbilo do Céu e o dia sem fim.
358 Eu digo isto nesta fita, e para esta audiência. Eu digo isto sob a inspiração do Espírito Santo. Quem está do lado do Senhor, deixe-o vir sob esta Palavra! Deus certamente trará estes iníquos, negadores de Cristo, geração rejeitadora de Cristo a julgamento, por blasfêmia, pela crucificação de Sua Palavra identificada. Eles estão vindo a Julgamento. Eu os acuso! “Quem está do lado do Senhor,” disse Moisés, “venha a mim,” quando a Coluna de Fogo pairava ali como uma evidência. Quem está do lado do Senhor, tome a Palavra, negue seus credos, e siga a Jesus Cristo diariamente. E eu me encontrarei com você na manhã.
Inclinemos nossas cabeças para uma palavra de oração.
359 Ó Senhor Deus, doador da Vida Eterna e Autor desta Palavra, Quem ressuscitou do mortos o Senhor Jesus, Quem identificou isso propriamente ante uma – uma geração de pessoas incrédulas. Esta manhã foi demorada. Muitos se assentaram aqui. A igreja está lotada. Pessoas estão de pé ao redor. E as fitas estão sendo gravadas, para irem ao redor do mundo, em diferentes lugares. Ministros ouvirão isto em seus escritórios. Eu oro por eles, Senhor. Permite que estas palavras caiam no profundo do coração, corta fundo, corta fora todo o mundo. Que eles possam dizer como…
360 Este pequeno ministro metodista lá embaixo em Kentucky, veio a mim outro dia, e disse: “Quando eu estava ouvindo aquelas Sete Eras da Igreja, eu o ouvi gritar: ‘Afastem-se desses muros da Babilônia,’” disse, “eu abandonei aquilo e me fui. Eu não sabia qual caminho tomar ou o que fazer, porém me fui.” Bendita seja a coragem daquele jovem homem, e uma esposa, e duas ou três crianças.
361 Deus, permite que muitos encontrem seu caminho para a Palavra de Deus, o único caminho de Vida, pois Ele é a Palavra. Eu oro por cada um, Pai. Às vezes ao dizer estas coisas, não é por crueldade; é por amor, porque o amor é corretivo. E eu oro, Deus, que as pessoas entendam isto dessa maneira, que a intenção é corrigir. Tu Quem tiveste de corrigir, e oraste por eles na cruz, dizendo: “Pai, perdoa-os. Eles, eles estão cegos, eles – eles não entendem o que estão fazendo.”
362 Eu oro por aqueles ministros hoje que estão crucificando a Palavra novamente, ao tomar seus credos e denominações e dogmas, e substituir com eles a Palavra da Vida. E então, ante as pessoas, eles – eles criticam a real Verdade que Deus está vindicando ser Sua Verdade. Nós oramos por eles, Pai, que Tu possas chamá-los à Ceia das Bodas novamente. E possam eles vir neste tempo, e não encontrem desculpas, pois eu entendo que a última chamada por já ter sido feita. Pode que seja tarde demais agora. Eu espero que não seja.
363 Abençoa esta pequena congregação presente aqui, estas poucas centenas de pessoas que estão reunidas aqui nesta manhã, neste dia quente, assentadas aqui durante um culto longo, talvez duas horas ou mais, e ouviram. Eles não se foram. Eles permaneceram quietos e ouviram. Muitos deles esperando seu almoço, e as mulheres de pé com seus bebês, e estão esperando. Eles estão agarrando cada Palavra.
364 Senhor, eu imagino o que me encontrará no Dia do Julgamento se eu dirigir mal esta gente. Eu estou consciente, Senhor, tão consciente que eu posso sentir. Que, eu estou tratando de levá-los à Palavra, e permitir-lhes viver pela Palavra, dizendo-lhes que Tu és “o mesmo ontem, hoje, e eternamente, que o grande Espírito Santo é Jesus Cristo, absolutamente na forma do Espírito Santo, o mesmo Homem.” Tu disseste assim. “Um pouquinho e o mundo não Me verá mais; mas vós Me vereis, pois Eu estarei convosco, mesmo em vós.” E eu sei que isto és Tu, Senhor. E nós cremos em Ti, pois nós Te vemos fazer a mesma coisa entre nós.
365 Nós nos redemos hoje, sensatamente, nós o fazemos aqui nesta congregação e nas fitas. Senhor, bem neste minuto, possa cada homem e mulher, rapaz ou moça, que esteja – que esteja aqui presente, ou de pé lá fora, ou ouve na fita, possamos neste momento fazer uma profunda consagração e nos render completamente ao serviço de Deus.
366 Move sobre a audiência, Senhor, em Poder, e cura o enfermo. Disseram que tinha um garotinho aleijado aqui. Que o grande Espírito Santo…Nós sabemos, somente ao assentar em Sua Presença como isto é, Ele o fará. Se Tu podes ir através do rádio e televisão, através das terras, e curar o enfermo: “Tu enviaste Tua Palavra e os curaste,” Tu podes fazer a mesma coisa neste momento. Eu oro, Deus, que Tu cures cada pessoa enferma, cada aleijado, cada aflito, aqui e aqueles que ouvem estas Palavras. Deus, concede isto. Minha oração é por eles.
367 Com um – com um amor de Cristo em meu coração e um sentimento pelos necessitados, eu os apresento, Senhor, a Ti, sobre o altar do sacrifício, onde o corpo Ensangüentado daquele Cordeiro permanece como uma propiciação por nossos pecados e enfermidades, estirado ali. Eu suplico por misericórdia para o povo. Eu desejo me interpor, como Moisés, na brecha por eles, Senhor, e dizer: “Deus, sê misericordioso com eles, a eles, um pouco mais, e dá-lhes outra chance.” Não – não faças isto exatamente agora, Senhor. Permite – permite que o Evangelho vá um pouco mais adiante.
368 Eles estão – eles estão condenados, Senhor. Eu oro que Tua grande misericórdia e graça se – se estenda à ultima pessoa que tem seu nome no Livro. E eu sei que eles desejam. Não é difícil orar contra Tua Palavra Divina, ou contra – ou contra o… com a Palavra Divina, quero dizer, Senhor; a Palavra que está prometida, a Palavra que tem sido vindicada, a Palavra que predestinou estas pessoas lá no passado antes da fundação do mundo. Não é – não é difícil – orar que Tu salves aqueles nomes que estão no Livro, porque eu sei que Tu o farás. Jesus disse assim: “Todo aquele que o Pai Me tem dado virá a Mim”. E nenhum homem pode vir a menos que tenha sido dado.
369 Agora eu oro, Deus, que em toda parte que estas Palavras caiam, tanto na fita como presente aqui, que o Espírito Santo chame cada pessoa predestinada agora, desde a fundação do mundo quando o nome deles foi escrito no Livro da Vida do Cordeiro. Possam eles ouvir a Voz de Deus falando hoje, naquela pequena Voz mansa e delicada no fundo do coração, dizendo: “Este é o caminho, caminha Nele”. Concede isto, Pai. Eu peço isto no Nome de Jesus.
370 E enquanto presentemente temos nossas cabeças inclinadas aqui na audiência. Se voces crêem ser esta a Verdade, e vocês – vocês… Eu tenho colocado, posto minha mão sobre estes lenços aqui, e pacotes pelos enfermos e aflitos. Eu quero lhes fazer uma pergunta, sinceramente agora.
371 Eu não desci aqui só para ser ouvido. Eu – eu – eu estou cansado. Eu estou esgotado. Eu não sou tão jovem como eu costumava ser, e eu – e eu sei que nossos dias estão contados. E eu sei que eu tenho de colocar cada coisinha que eu puder, para o Reino de Deus. Eu tenho de pregar cada vez que eu puder obter uma chance. Eu tenho, eu tenho de ir quer eu sinta ou não.
372 Eu vim aqui porque eu – eu sinto de fazer isto. Eu – eu quero fazer isto. Eu amo voces. E eu não digo coisas ásperas e duras, também – também, porque eu queira. Há – há uma pulsação dentro de mim. Esta mesma coisa que está sendo vindicada é a coisa que me pressiona a fazer estas coisas. Eu digo isto amavelmente, com amor. Não é minha intenção repreender nossas mulheres ou nossos homens. Não é minha intenção fazer isso, irmão, irmã. Somente é minha intenção traze-lo a um – a um ponto claro, onde você possa ver a correção e o azorrague do Senhor, de que você deve vir agora. Não adie; pode ser que você espere demais.
373 E você que deseja se colocar ao lado do Senhor, com plena renúncia em seu coração, na presença da audiência agora, ou mesmo no lugar onde as fitas estarão; voces, com suas cabeças inclinadas… Não levantem suas mãos se não sentem de fazer assim. Agora se você realmente sente, deseja vir ao Senhor, com uma vida mais consagrada, queira levantar sua mão direita agora. Você, o Senhor o abençoe. Você está consagrando a si mesmo de novo a Cristo, para tratar de levar a reprovação. Você diz: “Estou disposto hoje a tomar a reprovação”.
374 Eu tenho ambas as mãos levantadas, também. Eu, eu desejo tomar a reprovação de Jesus Cristo sobre mim. Eu alegremente uso esta marca chamada “santo rolador”, soja o que desejar chama-la. Eu uso isto com orgulho, porque é por amor do Senhor. Eu a uso com orgulho.
375 Vocês todos não desejam fazer o mesmo? Levantem suas mãos, e digam: “Pela graça de Deus, eu – eu – eu quero… estou…” Os discípulos retornaram, acharam ser uma grande honra levar a reprovação de Seu Nome. Ou deseja você levar a reprovação de alguma estrela de Hollywood, ou de alguma coisa da televisão, ou algum membro de igreja, ou algo assim? Ou, deseja você a reprovação da Palavra de Jesus Cristo? “Dá-me a reprovação da Palavra, Senhor. Eu sei que Ele levou a reprovação da Palavra de Deus. Deixa-me carrega-la, também, Senhor”.
E esta consagrada cruz levarei
Até que a morte me faça livre,
Então irei ao lar, uma coroa usarei.
376 Haverá uma coroa para nós algum dia. Está sendo feita agora. Quando esta vida terrena passar, então nós sabemos que estará certo.
377 Agora não há espaço para trazer as pessoas ao redor do altar. Que sua cadeira, onde você está, seja um altar. “Tantos quantos creram…” Enquanto oramos.
378 Pai Celestial, pareceu-me como se quase toda mão de jovem e velho estivesse levantada, nesta audiência. E eu oro que, cada vez que a fita for tocada, as pessoas levantem suas mãos, e se ajoelhem no quarto; pai e mãe vão e segurem a mão um do outro, e digam: “Querida, temos sido membros de igreja por tempo suficiente. Venhamos a Cristo”. Concede isto, Senhor.
379 Abençoa estas pessoas aqui. Eu oro que Tu lhes dês, Senhor, uma vida consagrada. Muitos deles, Senhor, são boas pessoas. Eles são – eles são Teu povo; eles só não tem conhecido a Verdade. E eu suplico que Tu lhes mostres Tua Verdade, Senhor. “Tua Palavra é a Verdade”.
380 Como Tu disseste em João, eu creio que mais ou menos capítulo 17, Tu disseste: “Santifica-os, Pai, na Verdade. Tua Palavra é a verdade”.
381 E novamente, Tua Palavra, ainda é a Verdade. Ela sempre é a Verdade, porque Ela é Deus. E eu oro, Deus, que Tu os santifiques através da Verdade. Isto é, santifica-os, purifica-os de todos os credos e denominações. Purifica-os de todas as coisas mundanas, a uma vida consagrada da Palavra. Concede-o Senhor. Eles são Teus agora. Tu prometeste faze-lo. E como Teu servo, eu ofereço minha oração em favor deles. No Nome de Jesus Cristo.
382 Agora com nossas cabeças inclinadas, vamos cantar este hino enquanto continuamos orando.
Jesus pagou tudo,
Tudo a Ele… (Pense nisto!)
O pecado…
383 Ontem eu estava em um – um lugar, e um homem estava tirando minhas medidas para um terno que um irmão aqui da igreja comprou para mim. Ele disse: “Seu terno parecia ser quente, e comprei-lhe um mais fresco”.
384 E eu fui levar para cortar, e ele disse: “Ora, seu ombro direito está caído. O senhor deve ter carregado algo pesado algum dia”.
385 E eu pensei: “Sim, uma carga de pecado. Mas Jesus pagou tudo”. Escutem enquanto cantamos isto.
Jesus pagou…tudo,
Então toda, toda minha vida, a Ele eu…
O que fez o pecado?
O pecado deixou uma mancha carmesim,
Ele a lavou deixando-a branca como a neve.
386 Deus, sê misericordioso para conosco. Assim neste tempo de profunda meditação, que a Palavra infiltre no profundo, Senhor, ao coração. Que as pessoas embora elas estejam atrasadas para seu almoço… Porém, Senhor, isto é mais que alimento. Isto é Vida. “Minha Palavra é alimento”, Tu disseste. E é nisto que nossas almas famintas estão banqueteando.
387 Agora toma-nos, Senhor, molda-nos. Senhor, toma-me com eles. Eu desejo ir com eles. Eu vou ao Calvário agora, Senhor, pela fé. Eu estou indo com esta congregação. Não só molda-me, Senhor. Eu tenho errado. Muitas vezes que eu…
388 Aqui recentemente eu ia abandonar a pregação. As pessoas não me ouviam. Elas simplesmente continuavam fazendo a mesma coisa, e eu – eu me desanimei. Eu criei um complexo. Ó Deus! Alguns domingos atrás, quando Tu me deste aquele sinal ali fora, e lendo uma Bíblia, e vendo o que Tu disseste a Moisés, bem como foi aquele sonho, que havia uma montanha, também, e seria um sinal para ele. E então justamente no final disto, saber que eu – eu tinha deixado uma porção de pessoas enfermas; um ministério não somente no profético, mas no ensino da Palavra, e – e na oração pelo enfermo. Tu deixaste um homem cair morto aqui mesmo no chão, e então o trouxeste à vida, para confirmação de que era a verdade. Tu sempre confirmas Tua Palavra.
389 Agora, Senhor, confirma Isto agora enquanto estou ante Teu Trono. Toma cada uma dessas pessoas, Senhor, tira o mundo fora de nós. Toma-me, Senhor, enquanto estamos em Tua Presença. Simplesmente tira o mundo, espreme nossos corações, Deus, agora mesmo. Tira o mundo e os cuidados do mundo para longe de nós. Permite que sejamos cristãos consagrados, ó Deus, para sermos amáveis e bondosos e agradáveis, dando os frutos do Espírito. Farás isso, Senhor? Estamos ante Teu Trono. O pecado deixou uma mancha carmesim sobre cada um de nós, mas Teu Sangue pode perdoar, Senhor, e faze-la branca como a neve. Concede-o, enquanto estamos esperando em Ti. Toma-nos; somos Teus; consagramos nossas vidas a Ti. No Nome de Jesus Cristo, concede-o, Senhor, a cada um de nós.
390 Espreme meu coração, Senhor. Eu vejo todos os meus erros. Eu vejo meus enganos. Deus, desde este momento, eu estou tratando de viver da melhor forma que posso, para Te ajudar. Eu quero ir, eu quero consagrar minha vida novamente a Ti, aqui esta manhã.
391 Após trazer esta acusação contra meus – meus amigos clérigos ali fora, e ter que dizer estas coisas duras, mas, Senhor, eu fiz isto por Tua inspiração. Eu sinto que Tu me disseste para faze-lo. Agora a responsabilidade não está mais sobre mim, Senhor. Eu – eu estou feliz que não esteja. Deixa-os fazer com isto o que eles quiserem, Pai. Eu suplico que eles aceitem. Eu rogo que Tu salves cada um, Senhor.
392 Possa vir um avivamento do justo, e que um grande Poder venha entre a Igreja pouco antes que Se vá. Não é difícil rogar por isto, porque Tu prometeste. E nós estamos esperando, Senhor, a terceira puxada que sabemos que fará grandes coisas por nós em nosso meio.
393 Eu sou Teu, Senhor. Eu me coloco sobre este altar, tão consagrado quanto eu saiba como fazer-me. Tira o mundo de mim, Senhor. Tira de mim as coisas que são perecíveis, dá-me as coisas imperecíveis, a Palavra de Deus. Possa eu ser capaz de viver tão cuidadosamente essa Palavra, até ao ponto que a Palavra esteja em mim, e eu na Palavra. Concede-o, Senhor. Que eu nunca me afaste Dela. Possa eu segurar aquela Espada do Rei tão fortemente, e agarra-La firmemente. Concede-o, Senhor.
Abençoa-nos juntos. Somos Teus servos, enquanto nos consagramos a Ti esta manhã, novamente, em nossos corações. Somos Teus, no Nome de Jesus Cristo, para serviço.
Jesus…
Deus os abençoe! Irmão Neville.

Deixe seu comentário