MEU NOVO MINISTÉRIO
15 de Novembro de 1959
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Correto, irmão Neville. Obrigado, irmãos. Bom dia amigos. Certamente é um privilégio estar aqui nesta manhã no Tabernáculo, já de malas feitas. E aguardamos que comece uma grande reunião em São José esta semana, em – em São José, Califórnia. Vamos partir imediatamente após o culto para a Costa Oeste. E então, desceremos a Coconut Gardens para cerca de dois dias também, o Senhor permitindo, com os Homens de Negócios Cristãos. E esperamos um grande tempo no Senhor na Costa Oeste. Eles têm oitenta e duas igrejas no patrocínio, e ambas as associações de São Joaquim e os vales através da Costa Oeste. E então estaremos na área de uma feira ali. Se alguns de seus amigos que vocês conhecem, quiserem ir a alguns dos cultos, estaremos felizes em encontrar seus amigos e – e seus parentes.

2 E esperamos… Eu tenho uma grande inspec-expectação esta manhã, mais do que a maioria de outras reuniões em que já estive, porque eu creio que estamos às vésperas de algo que está se preparando para acontecer. Tenho aguardado isso por longo tempo. E eu – eu creio que estamos exatamente às margens disto agora, para algo de Deus que vai ajudar a Seus filhos um pouco mais acima na estrada. Vocês sabem, a Bíblia diz que quando o inimigo vem como uma torrente, o Espírito de Deus arvora a bandeira contra ele. E quando Deus dá à Sua igreja uma bênção, então ela segue adiante com aquela bênção até aquilo se tornar comum para o mundo, então começam a decair. Então o Espírito de Deus vem e levanta uma bandeira novamente. E ali irrompe um reavivamento, ou algo. E nossa grande esperança é esta: Que num destes dias o Espírito de Deus enviará de volta Jesus Cristo à terra. E então, isso será perfeito. Essa será a verdadeira bandeira.

3 Agora, eles estão ao redor das – das paredes e coisas, e por todo o edifício. Eu encontrei um homem entrando quando eu estacionei meu carro, e ele disse… Eu disse: “Você… Eu o deixarei aqui com a chave, então, você poderá tirá-lo quando quiser.” Ele disse: “Bem, tentei entrar no edifício; eu não encontrei nenhum lugar para ficar.” E nossa igreja é pequena demais para uma reunião. Mas saindo esta manhã, e nós anunciamos isto no último domingo, quanto a estar aqui, e que viríamos para orar pelos enfermos, e daríamos a vocês algumas instruções sobre o que temos visto acontecer. E tem havido mais, pela graça, de Deus, acrescentado a isso esta manhã.

4 Agora, nós temos pregado, e outros antes de nós, sobre a proximidade da vinda do Senhor, a breve vinda. E cremos que está se aproximando. Naturalmente está, no dia a dia. Mas se parássemos e pensássemos nisso, num desses dias, você vai ouvir isto pela última vez, e então o Senhor Jesus virá. Toda a terra, as – as árvores, toda a natureza, as pessoas, a igreja, tudo está gemendo, chorando, agarrando, esperando por aquele dia de Sua vinda. A natureza sabe que ela – ela vai parar de sofrer então. E as pessoas sabem que elas pararão de sofrer então. A morte perderá seu domínio, e a sepultura e o inferno serão tragados pela vitória.

5 Fiquei tão feliz esta manhã ao encontrar este pequeno pastor aqui que tocou a música e cantou, de Sellersburg. Um dos irmãos esteve falando sobre o reavivamento que está acontecendo lá em cima. E eu creio que eles já anunciaram isto e assim por diante. Então está muito bem. Que o Senhor possa abençoá-los ali em cima e cada esforço que eles empregarem pelo Reino de Deus, é minha sincera oração.

6 Agora, a Palavra do Senhor é mais preciosa para nós. Sabemos disso. Então hoje, eu creio que estamos muito próximos da vinda do Senhor, e os campos estão tão necessitados… Acabei de falar para alguns dos irmãos. Eu creio que uma grande parte de meu ministério será designada para o exterior. Estamos pensando na África após o Natal, e pela Austrália, e muitos lugares. O Senhor está Se movendo agora e abrindo caminhos para nós. Temos convites de todo o mundo para um longo período. E só podemos assumir isso após o Natal agora, se todos vocês orarem por nós.

7 Agora, eu tenho aqui, diante de mim, a Palavra d Deus aberta. Agora, eu abri as páginas porque eu fisicamente, pela ajuda de Deus, eu sou capaz de fazê-lo, abrir a Bíblia. Mas eu não sou capaz de abrir o conteúdo. Só há Um que pode fazer isso, e esse é unicamente Deus. Foi Ele Quem a escreveu por Seu Espírito Santo. E Ele é o único que pode abrir a Bíblia para nós. E eu confio que Ele abrirá nossos corações enquanto A lemos, e A fará conhecida a nós. Eu serei muito breve esta manhã. Primeiramente, eu quero fazer conforme eu prometi, lhes falar tudo que tem acontecido nos últimos dias concernente à mudança de meu ministério. E assim eu tenho que encurtar o texto; então oraremos pelos enfermos. Eu creio que haverá batismo, porque eu vi o tanque cheio. Mas antes de seguirmos em frente, vamos inclinar nossas cabeças por um momento agora em oração. E eu gostaria de saber quantas pessoas têm a consciência de que você necessita de Deus, e levantaria suas mãos a Deus e diria, assim como fazemos: “Lembre de mim, Senhor. Eu tenho necessidade de tais e tais coisas.”

8 Vamos orar. Ó Senhor, quietamente… Entendemos que devemos vir quietamente à presença de Deus, pois aquele que se aproxima de Deus deve crer que Ele existe, e que é galardoador daqueles que diligentemente O buscam. E vimos na quietitude do Espírito ao Teu Trono, ó Deus. E elevamos nossos corações diante de Ti, e dizemos: “Sonda-nos, ó Senhor.” E se houver alguma coisa imunda em nós, remova-a, Senhor, para tão longe quanto é distante o leste do oeste. E se houver alguma iniquidade em nossos corações, alguma coisa que impeça nossas orações de serem respondidas, rogamos que Tu deixes o Sangue do Senhor Jesus remover toda mancha de nosso espírito e de nosso coração. Pois está escrito: “Se eu atender a iniquidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.” E Tu viste as mãos enquanto eram levantadas, as quais, para nossos olhos físicos representavam as necessidades de seus corações. Nós oramos, ó Senhor, que Tu atendas a todos eles. Há muitos necessitados.

9 E gostaríamos de pedir, na congregação, nesta manhã, que Tu Te lembres desta reunião que se aproxima, em São José. Ajude-nos, ó Senhor, enquanto centenas de milhas de neve e gelo estarão diante de nós na viagem. Mas vamos no Nome do Senhor, tentar fazer tudo que colocaste dentro de nós para ajudar Teu povo, Senhor. Faça com que os perdidos se encontrem Contigo como seu Salvador, e ajude o fraco e o cego, suavizando o caminho para outros que nos seguirão. Abençoe nossa pequena igreja e seu pastor, nosso irmão Neville, todos os administradores, os diáconos, e o laico, e todos os professores, e todos os afiliados, não só esses, mas todas as igrejas que estão representadas aqui. Para aqueles jovens que estão prestando apoio em Sellersburg, pediríamos, Senhor, que Tuas mãos se estendam para eles, Senhor. Que Tu possas levantar uma poderosa igreja do Deus vivo em Sellersburg. Conceda-o, Senhor.

10 Cure o enfermo; dê vista ao cego, força ao fraco, e salvação ao necessitado. Enquanto lemos Tua Palavra esta manhã, possa o Espírito Santo vir, entrar na Palavra e vivificá-La para nossos corações. Abençoe aqueles que vão ser batizados. Que eles sejam cheios com o Espírito Santo quando se levantarem das águas, dando glórias a Deus. Obtenha glória para Ti Mesmo, Senhor. E enquanto nos reunimos nesta manhã para a purificação de nossas almas e nossos pensamentos, que possamos deixar este Tabernáculo, nesta manhã, com mais determinação do que alguma vez já tivemos para Te servir. Que possamos viver congregados, entrelaçados e unidos pelo Espírito Santo, até o dia quando nos encontrarmos em Tua Casa na Glória, ao redor do Teu Trono, onde milhões estarão cantando: “Hosanas, Hosanas.” Que possamos estar ali sem que falte nenhum. Conceda-o, Senhor. Até aquele tempo, mantenha-nos saudáveis, felizes, e cheios com o Espírito Santo, Te servindo. Estas coisas nós pedimos no Nome de Jesus Cristo. Amém.

11 Que o Senhor acrescente as bênçãos enquanto lemos agora no livro de São Marcos, capítulo 11, começando com o versículo 1. E então, depois desta pequena citação, ou exortação, então eu irei para nosso texto. Esta é a leitura a qual eu estou fi-querendo falar.

E quando vieram …

Peço perdão, eu quero começar no versículo 10 para ganhar tempo, no versículo 10 do capítulo 11.

Bendito o reino do nosso pai Davi, que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas.

E Jesus entrou em Jerusalém, no templo e, tendo visto tudo em redor, como fosse já tarde, saiu para Betânia com os doze.

E no dia seguinte, quando saíram de Betânia, teve fome.

E, vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e, chegando a ela, não achou senão folhas, porque não era tempo de figos.

E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E os seus discípulos ouviram isto.

E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derribou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas.

E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo.

E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.

E os escribas e príncipe dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina.

E, sendo já tarde, saiu para fora da cidade.

E eles, passando pela manhã, viram que a figueira se tinha secado desde as raízes.

E Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira que tu amaldiçoaste se secou.

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus.

Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.

Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-ei.

12 Que preciosa promessa. E é absolutamente a verdade. Isso me deixou perplexo por muito tempo, se posso usar essa expressão. Que poderia ser isso? E uma vez, quando eu comecei a pregar aqui no Tabernáculo, há muitos anos atrás, eu busquei a palavra “inferno.” E busquei as muitas referências a ela, e se referia a “hades” no grego, o que significava “a sepultura.” E eu não sabia o que dizer, porque eu não quero ser responsável pelas almas dos homens no dia do julgamento. Eu pesquisei e pesquisei, até que eu encontrei qual era a verdade. Por cerca de quatro ou cinco anos, eu não toquei no assunto sobre “inferno”, até que eu encontrei qual era a verdade a respeito daquilo.

13 E então, essa Escritura me deixou ainda mais perplexo, porque era importante: tal promessa sendo feita por ninguém mais que Jesus Cristo. E quando Ele disse a Seus discípulos: “Tudo quanto disser, você pode ter. Se disser a esta montanha: “Ergue-te e lança-te no mar e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito”… Oh, se pudéssemos pesar essas palavras: “Tudo que disser”, não o que eu digo, mas o que você disser. “Tudo o que disser lhe será feito”… Por anos eu fiquei sobre aquilo. Eu fui a cada léxico, a cada comentário, cada tradução, mesmo à versão Douay. E todos os tradutores traduziram da mesma forma: “Tudo que disser lhe será feito.” Então eu sei que se está escrito na Escritura… Para mim, toda a Escritura é a Verdade. E se eu não puder dividi-La corretamente, Ela continua sendo a Verdade.

14 Então eu creio que às vezes Deus só nos permite ver certas coisas quando chega o tempo para vermos aquelas coisas. Ele retém essas bênçãos. Como as bênçãos que estamos desfrutando hoje, nossos antepassados não desfrutaram delas. Não era tempo para elas.

15 E eu posso me lembrar quando o Espírito Santo aquela noite, quando eu voltei do moinho onde eu estive orando, eu voltei a esse mesmo púlpito, e disse a muitos de vocês que estão assentados aqui, que Ele, por Seu Espírito, tinha colocado sobre mim uma comissão para todo o mundo: que o coxo caminharia, e o cego veria, e que reis e monarcas chamariam por oração. E isso daria início a um reavivamento entre os irmãos que varreria ao redor do mundo antes da vinda do Senhor. Foi difícil crer nisso. Foi difícil para mim mesmo crer nisso. Mas foi o que aconteceu. E fez isso, até hoje re – o fogo do avivamento do Espírito Santo está ardendo ao redor do mundo. Índia, África, Ásia, por toda Europa, e por toda a parte, homens do Espírito Santo, cheios com o Espírito, estão incendiando o mundo com um avivamento do poder do Cristo ressurreto. Coxos caminham, cegos veem, surdos ouvem, mudos falam, todas as classes de maravilhosos milagres estão acontecendo, porque Deus o prometeu. E a promessa de Deus é verdade.

16 E quando eu comecei a refletir sobre isso, eu não pude fazer nada, a não ser indagar Àquele Que estava falando comigo. Eu era incapaz. Eu imaginava como Deus pegaria um pequeno analfabeto descuidado, porque nisso, Ele – ­Deus toma algo que é nada, algo que tem sido lançado fora… É isso que me faz amar ao povo de Deus assim. Eles foram expulsos como santos roladores ou pessoas ilegítimas. Mas é então quando Deus está pronto para apanhá-los e fazer alguma coisa com eles. E isso Lhe agrada. Isso mostra que Ele é Deus: A mão de Deus toma o nada e com isso faz alguma coisa, toma um pecador como eu, e faz dele um cristão.

17 Eu Lhe questionei acerca da habilidade. E Ele me disse que era para eu orar pelas pessoas enfermas. E a comissão era: Leve as pessoas a crerem e seja sincero, então nada parará diante da oração. Muitos de vocês aqui se recordam disso, foi impresso em forma de literatura e está através do mundo. Eu questionei, como eu poderia fazer aquilo quando eu não tinha nenhuma educação. E Ele disse: “Dois sinais te serão dados como foram dados a Moisés.” E um deles seria como a mão de Moisés: Ele mudou de lepra para cura, e… E então o mesmo aconteceu sobre o – colocando minha mão sobre as pessoas. E então como isso se manifestou. Então Ele disse: “Você conhecerá os próprios segredos de seus corações.”

E eu – Eu disse: “É por isso que eu estou aqui.”

Ele disse… Então Ele explicou as Escrituras para mim. E oh, desde então, a Bíblia se tornou uma nova Palavra para mim. E eu olhei de modo diferente para Ela, uma visão diferente Dela. Algo aconteceu.

Então, um pouco mais tarde, Ele disse: “Então, se você for sincero, permanecer humilde, se mantiver afastado do dinheiro e coisas”, disse: “Então Isso continuará te abençoando, e você continuará a subir.”

18 Quantas vezes olhamos em homens que ascendem a grandes posições sociais, assim, e obtêm grandes nomes. Porém, muitas vezes não é isso que Deus chama de grande. Vocês recordam de quando João foi – veio pregando? A Bíblia predisse que cada montanha seria aplainada, e cada vale seria levantado. Veem? E quando veio, você achava que viria do céu com carruagens de fogo. Mas o que foi, senão um pobre homem vestido num pedaço de pele de ovelha envolto ao seu redor; e nos barrancos do Jordão, pregando, nos barrancos lamacentos, não tinha nem mesmo uma igreja. Mas Deus chamou aquilo de grande. E Jesus disse a Seus discípulos que não havia nenhum nascido de mulher tão grande como João Batista… Você toma todos os reis, e Davi, o profeta, e todo seu grande esplendor, e Salomão; eles nem mesmo chegavam aos pés de João. No entanto, ele não tinha nem mesmo um lugar para reclinar sua cabeça. Então você não tem que ser rico e poderoso nesse mundo para ser grande na visão de Deus. Você só tem que ser humilde em seu coração. E Deus chama isso de grandeza. Aquele que é grande o suficiente para se humilhar. Essa é a grande pessoa que – que assumirá a culpa de tudo, que se humilhará. Isso é grandeza.

19 Então encontramos isso, que Deus disse. Então foi pronunciado do púlpito aqui a primeira vez. Fez exatamente o que Ele disse que faria. Então venha… A igreja Pentecostal teve um avivamento. E hoje, a igreja Pentecostal é a igreja que mais cresce em todo o mundo. No ano passado eles registraram (Isso não nos inclui e – e aqueles fora das denominações) um milhão e quinhentas mil conversões no ano passado, cobriram todo o resto do protestantismo juntos e os católicos também. O catolicismo só teve, eu creio, quatrocentos e setenta e cinco mil, algo assim, de conversos ao redor do mundo. Mas a Pentecostal atingiu a um milhão e quinhentos mil. Deus está preparando Sua Igreja. Homens incultos, de baixa graduação, se levantaram no poder, na unção do Espírito Santo, saíram sem nenhuma educação ou nada, e proclamaram as insondáveis riquezas de Cristo. Isso é que é grande na visão de Deus.

20 E observamos então que todas essas coisas atearam fogo, e o Espírito Santo foi fiel à Sua Palavra. Depois de cinco anos tomando a pessoa pela mão… Então, uma noite em Queen City, em Regina, no Canadá, um homem atravessou a plataforma, e ali, sua vida foi aberta tanto quanto podia ser diante do Espírito Santo. Ali estava o discernimento como Ele prometeu. E tem sido assim ao redor do mundo. Está impresso em muitas, muitas línguas, até ao ponto em que quase todo o mundo sabe disso. E então o inimigo entrou e criticou isso, e disse que era leitura de mente, e ali estavam as personificações disto, e tudo mais. Mas em meio a tudo isso, Deus Se moveu exatamente do mesmo modo. Deus permanece fiel à Sua leal promessa. Ele será cada vez.

21 Agora, encontramos, mais tarde então, eu estava indo pescar, lá em Dale Hollow, com alguns irmãos, Sr. Wood e seu irmão. E eles eram testemunhas de Jeová, e tinham acabado de se converter e de serem batizados na fé. E enquanto estávamos pescando recostados no barranco… Já contei essa história a vocês muitas vezes. Ali… O Sr. Wood disse: “O…” (Banks Wood, o – um de nossos administradores aqui agora) Falou sobre certa velha irmã que costumava alimentá-los com uma fatia de pão caseiro e manteiga. Ela pertencia à Igreja de Deus. E disse: “Lyle,” seu irmão, “nós devíamos subir e contar a ela que fomos salvos.” Vocês sabem, há certas coisas que falamos que ganham sustentação com o Espírito Santo, certas coisas que diretamente O agradam. E quando dizemos essa coisa… Quero que você observe: “O que você diz”. Se pudéssemos encontrar o que dizer. Tuas palavras te julgam. Tuas palavras te condenam, ou tuas palavras te abençoarão.

22 E inconscientemente, Banks deve ter dito a coisa certa. Pois assim que ele disse aquilo… Eu estava assentado na popa do barco, pescando com a linha, com isca artificial para pescar peixinhos, para colocá-los na linha para iscas, caso ficássemos sem iscas. E eu estava pegando aqueles peixinhos e colocando-os num balde para o espinhel. E quando Banks disse aquilo, de súbito, Algo me atingiu. Ele disse a coisa correta. E o Espírito Santo falou e disse: “Assim Diz o Senhor, tu verás nas próximas poucas horas que haverá uma ressurreição de um animalzinho.” Eu pensei que seria um gatinho que eu creio que meu garotinho tinha apertado muito e prendido a respiração dele e – e o deixado cair no chão antes de sairmos. Eu pensei que seria isso. Mas para nossa surpresa, na manhã seguinte… Enquanto estávamos assentados no barco… E sei que Banks está aqui. Eu creio de Lyle está. Lyle está aqui, Banks? Ou… Se você estiver Lyle, levante sua mão. Ele desce com a gente todas as vezes.

23 Ele foi-pegou um peixe com um – um do – um anzol longo, um peixinho azulado. E ele engoliu todo o anzol. E ele pegou o peixinho, e ao invés de tirar o anzol de sua boca, ele havia pego muito profundamente, então ele o puxou. E ele puxou o – o estômago, e os intestinos, e as guelras e tudo, para fora de sua boca. E ele jogou aquilo na água, um peixinho como tínhamos estado pescando na noite anterior, e tínhamos cortado centenas deles ou mais para iscas. E o pequeno companheiro estremeceu quatro ou cinco vezes e tentou e se esforçou com sua boquinha; mas não pôde, porque estava cheia com guelras e assim por diante. E Lyle disse: “Você usou seu último cartucho, companheiro.”

Bem, eu continuei pescando, não estava pensando em nada quanto a isso. Então (Deus faz coisas muito estranhas), de súbito, eu senti que ali estava vindo Algo do topo daqueles bosques. O Espírito Santo desceu e disse: “Ponha-­se de pé!” Disse: “Fale àquele peixinho, e ele viverá novamente.” Ele tinha estado morto ali por uma meia hora, flutuando de volta para as ervas daninhas. Eu disse: “Peixinho, eu te dou sua vida no Nome do Senhor Jesus.” Aquele peixinho se virou, se virou e saiu através da água tão energicamente quanto pôde.

24 E eu fiquei ali, não sabendo o que fazer. O irmão Banks disse: “Bom é estarmos aqui.” E Lyle disse: “Isso foi para mim, porque eu disse aquilo para ele, ‘você usou seu último cartucho, companheirinho.” E ele ficou todo perturbado.

Eu disse: “Não, não é isto.” Eu estava tentando consolar Lyle. Eu disse: “Não é assim.”

E então a Escritura veio a mim novamente. Eu tinha pelo menos uma centena de crianças espasmódicas na lista para oração, muitas pessoas, leucemia, e câncer, pessoas sendo comidas pela tuberculose, cegos e surdos-mudos. Há páginas e mais páginas em minha casa cheias deles. E pareceu que um Deus misericordioso deveria ter concedido isso ao invés de usar Seu poder com um velho e insignificante peixinho. Mas Deus permanece Deus.

25 Por que Deus não usou Seu poder sobre os leprosos nos portões, ao invés da pequena figueira? Que é que isso faz? Deus deseja mostrar que Ele está preocupado. Ele conhece todas as coisas. Ele é Deus sobre a figueira. Ele é Deus sobre o peixe. Ele é Deus sobre a criação. Ele é Deus sobre todas as coisas. E não há nada tão pequeno ou tão insignificante em que Ele não esteja interessado. Então isso nos faz saber, embora sejamos pequenos e insignificantes, Deus está interessado em nós fazendo algo por Ele. Ele gosta de expor Sua glória. E aquilo me atingiu tanto que eu dificilmente pude descansar o resto do dia e noite. Isso foi há dois anos atrás. E constantemente, isto tem me causado assombro. E eu diria: “Oh, eu simplesmente não digo nada sobre isso, pois eu não posso posicionar isso na expiação.”

“Tudo que disserdes, acontecerá. Podes ter o que disserdes.”

E eu tenho estado aqui neste mesmo púlpito e tentado, e corrido às Escrituras, e refreado isto, e voltado, porque eu estava com medo de usar isso. Você não pode ter fé a menos que você saiba o que você está fazendo.

26 Um companheiro veio a mim há não muito tempo atrás, e disse: “Irmão Branham, você acha errado um cristão fumar tabaco?”

E eu disse: “O que você está me perguntando? Se há uma interrogação em sua mente, deixe isso de lado. Nunca…” Você nunca pode ter fé a menos que você esteja perfeitamente certo de que você está correto. Quando todas as sombras são afastadas, então você pode ter fé e confiança. E eu não posso sair ali e pregar essa Escritura, não sabendo o que estou falando. Não obstante, eu sabia que aquilo era do Senhor.

27 Muitos de vocês são testemunhas, que pelos dois últimos anos, vocês constantemente têm me ouvido dizer que há algo, algo em algum lugar. E eu estou alcançando; eu sei que isto está à mão. Simplesmente não consigo entendê-lo. Eu disse: “Eu acertei uma Escritura, agora eu não sei o que fazer, porque as Escrituras…” Embora você possa colocar uma interpretação… Se alguém tivesse me perguntado eu teria dito alguma coisa para eles, afastado, e virado para algo mais. Mas encarar a questão… Assim como temos que encarar a questão: É o batismo do Espírito Santo certo ou errado? Temos que encarar a questão: É Jesus Cristo o mesmo ontem e hoje e eternamente? Isto é certo ou errado? Temos que encarar isso. Devemos saber que a Palavra de Deus é sempre a verdade.

28 Então isso se foi, e ia e vinha, e ficava em minha mente, e eu simplesmente não podia me livrar daquilo. E por onde quer que eu ia, aquilo constantemente vinha a mim. Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito. Eu pensei: “Como pode ser, Senhor? Seria eu mesmo falando isso. E… Não seria nada bom, pois isso seria eu mesmo dizendo aquilo. Então eu não posso dizer nada senão o que Tu dizes, e eu – eu só o digo pelas Escrituras.” E todas as coisas descansam na expiação. Não há bênçãos fora da expiação, porque fora da expiação nós somos pecadores. Se fosse uma coisa universal para todos, então todos seriam salvos. Mas é sua atitude em relação às bênçãos da expiação que traz as bênçãos a você. Como a salvação. No que concerne a Deus, eu fui salvo quando Jesus morreu. Mas isso nunca me fará nenhum bem até que seja revelado a mim que Ele é o Filho de Deus, e eu O aceite como meu Salvador. E cada Escritura é a mesma coisa. A cura divina é para você se Deus lhe revelar que ela é para você. Tem que vir por revelação. E quando é revelado que “Por suas pisaduras você foi sarado”, ali não há nada que Satanás possa fazer, como disse nosso irmão de Sellersburg: “Nem todos os demônios conseguiriam mover aquilo.” Claro. Quando algo é revelado.

29 Observe. Então neste último outono, muitos me disseram: “Por que é assim, toda manhã você – quando você está em casa, você toma seu rifle e sai às matas para caçar?” Eu quero que você saiba que Ele é Deus das florestas tanto quanto Ele é Deus da cidade. Ele é Deus ali fora tanto quanto Ele é D us aqui. E Deus sempre trata com os homens de acordo com a capacidade deles, e que… Como Davi, por águas tranquilas e pastos verdejantes, porque ele era um pastor, e de diferentes formas Ele tem revelado… E algo… Eu me levantava de manhã para ir à floresta realmente cedo, por volta de quatro horas para caçar esquilos. E mesmo minha esposa me disse: “Billy, você nunca vai se cansar de sair para caçar?” Veja. Esta batalha é ganha sozinho. Minha esposa não entende isso. Eu não entendo isso. Mas é uma batalha. Você tem que permanecer só. Ninguém pode ficar com você. Há apenas um espaço para você e Jesus. Incompreendido? Claro. Mesmo para minha garotinha li, Rebeca. Ela disse: “Se alguma vez eu for me casar com um homem, se ele mencionar que vai caçar, eu não me casarei com ele.” Disse: “Eu sei o que minha mãe tem passado: O marido vai para as reuniões, assim que chega em casa, pega um velho rifle ou uma vara de pescar e vai para as matas.”

Eu disse: “Você preferiria que ele fizesse isso, ou preferiria que ele pegasse as cartas de baralho ou – ou alguma loira e saísse? E eu simplesmente desenhei sua opinião.”

E quando eu voltei naquele dia, ela disse: “Papai, eu peço desculpas por aquilo. Eu vou me casar com um homem que, como você, goste de caçar, então eu vou caçar com ele.” Ela disse: “Eu vou com ele.”

Eu disse: “Bem, está tudo muito bem. Eu gostaria que você conversasse com sua mãe um pouquinho sobre isso.”

30 Mas há algo na floresta. Quando eu conheci a Deus, eu quis me arrepender. Eu não sabia como me arrepender. Eu não sabia como falar com Ele. Então eu me assentei e escrevi uma carta para Ele e Lhe pedi para me perdoar. Eu não sabia como fazê-lo, então eu sabia que eu havia sentido alguma coisa na floresta. E eu a preguei em uma árvore, para que então quando Ele descesse através das matas em algum lugar eu O veria, e Ele poderia ler aquilo e entender o que eu quis dizer; que eu sentia por não Lhe haver servido, e eu queria que Ele perdoasse meus pecados. Então eu fiquei envergonhado de mim mesmo e a tomei. Eu disse: Se Ele é um homem, Ele entenderá como um homem; Ele é meu Criador.”

E eu desci ao galpão e comecei a falar com Ele como um homem, e Ele me respondeu de volta como um homem.

31 Então isto foi no… Tenho algumas datas anotadas aqui. Dia 12 de outubro… No dia 15, na temporada de caça que estava aberta em Wyoming. No – no dia 12 era o último dia que eu podia caçar. E então nós sairíamos no dia 12. Quero dizer, no dia 10. Estávamos na floresta, que era um sábado. Domingo, dia onze, eu preguei. Na segunda, o irmão Sothmann e o irmão Roberson lá atrás, e todos nós, saímos para – para a reunião – ou melhor, para a caça de veados em Wyoming. Na manhã do dia dez, que seria… Então no dia dezoito, a temporada seria encerrada em Indiana. Não teríamos mais caça de esquilo. Então eu disse: “Esta será a última vez que poderei sair.” E nós nos reunimos em um grupo, e eu me perdi deles pela mata. E eu fiz o caminho de volta a um lugar onde eu gostava de ir em Salem. A temporada estava encerrando. Os esquilos eram poucos. Eu havia saído muitas vezes, obtendo um esquilo cada vez.

32 Então nessa manhã, eu caminhei pelas mesmas matas. E um vento raro começou a soprar. E qualquer um que caça sabe que uma manhã assim é ruim. Cacei através de toda a mata sem ver se quer um esquilo ou ouvir um. Desci por um córrego, e comecei a subir para encontrar outra pequena extensão da mata. E assim me aproximei desta pequena mata, ali havia uma – uma porção de nogueiras e alfarrobeiras. As folhas haviam caído delas, só uma mata descoberta. Ao lado havia duas árvores de sicômoro. Agora, esquilos não se penduram em árvores de sicômoro. Mas exatamente acima, me pareceu ver de relance uma visão – eu vislumbrei um esquilo subindo através da mata, mas ele corria rapidamente. “Bem”, eu disse, “não preciso caçar. Há gente por aqui. Os fazendeiros estão colhendo o milho ao redor da mata. Os esquilo não ficariam aqui.”

33 Então eu me assentei entre as duas árvores, e apoiei meu pé sobre uma e me recostei contra a outra sob o sol quente. Eu pensei: “Vou tirar um cochilo. Então eu alcançarei o irmão Banks e irmão Sothmann, e os rapazes assim que eu voltar pela estrada.” E enquanto eu estava assentado ali… [O irmão Branham tosse – Ed.] Me perdoem. Enquanto eu estava assentado ali sob a árvore, aninhado, e o sol quente brilhando sobre mim, Algo disse: “Se disseres a este monte: ‘Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidares em teu coração, mas creres que se fará aquilo que diz, tudo o que disseres será feito.’”

Eu disse: “Bem, aí está essa Escritura em minha mente novamente.” Eu disse: “Eu tenho um tempo aqui, cerca de uma hora antes que eu vá me encontrar com o resto dos rapazes, então eu estudarei essa Escritura.” Eu disse: “Agora, como poderia isso ser aplicado?” Eu disse: “Aqui está a única maneira que isso pode ter sido aplicado. Aqueles discípulos viveram do outro lado da expiação. A expiação foi mais tarde, cerca de um – oh, muitas semanas mais tarde, antes que a expiação fosse feita. Jesus lhes deu poder do outro lado da expiação, como Ele fez aos profetas.” E quando eu disse, “profetas,” Algo me atingiu novamente. “O que eram os profetas?”

34 Então eu comecei a pensar nisso, sobre o que Ele fez com os profetas. E eu fiquei… Depois de haver estado falando por um momento comigo mesmo, simplesmente pensando, até me tornar consciente de Algo próximo, até ao ponto em que estava falando com Alguém. E Algo me disse: “Isso é na expiação, pois se um homem ou uma mulher estão tão consagrados e rendidos a Deus, Deus simplesmente Se move e usa a voz deles, isso não é o homem falando, é Deus que está falando nele…”

Eu pensei: “Isso é certo.”

Algo me disse: “Quem você pensa… Como você vê aquelas visões na plataforma? Como você vê aquelas visões ali? Que é aquilo? Você acha que é seu próprio conhecimento, que você poderia predizer algo que aconteceria cada vez ao pé da letra? Você acha que é você falando? Você acha, alguma vez, quando o Espírito Santo entra numa mensagem, e você não sabia o que dizer, que é Ele falando então? Que é aquilo quando um homem fala em uma língua sobre a qual ele não sabe nada? Que é que interpreta aquela mesma língua, se nenhum deles sabe coisa alguma sobre ela? E o indivíduo ou é o Espírito do Deus vivo?

Eu disse: “Isso é verdade. Eu vejo. É Deus que está falando, e toda a igreja necessita estar um passo mais próxima Dele, uma vida mais consagrada para viver com Ele.”

35 E enquanto eu estava ali apenas por um momento ou dois, pensando sobre isso, me peguei conversando com alguém. E ouvi Algo dizer: “Peça… Diga o que quiser, e isso acontecerá.”

E eu disse: “O que Tu…” Eu disse: “A Quem eu falo? Quem és Tu? Quem está aqui nesses arbustos que eu posso ouvir essa Voz me falando? Quem és Tu? Fale para mim.” Eu fiquei todo agitado e saltei de entre as árvores; eu disse: “Fale a mim. Quem és Tu? Eu não posso Te ver.” Eu olhei para aquela Luz ali; eu não vi nada. Eu gritei: “Quem és Tu? Onde Tu estás? O que Tu queres comigo? Senhor, onde estás?

Algo se moveu atrás e disse: “Diga o que você quiser e isso será dado a você.”

Eu disse: “Senhor, estás Tu mudando meu ministério? É esta a mudança sobre a qual Tu tinhas falado? É isto que está vindo para mim? É isto que será, aquilo que eu vi naquela casinha na visão. É isto?”

Só então, uma real e profunda, doce unção do Espírito Santo me levantou e disse: “Diga o que você quiser, e isso te será dado.”

36 Fiquei espantado ali. Aquilo me deixou, eu me vi sem nada. Eu pensei, “Bem, o que eu poderia dizer? Não há pessoas enfermas aqui. Não há nada aqui. Eu estou na mata. O que eu poderia dizer? O que – o que – o que eu poderia fazer?” E eu pensei: “Ora – Ora… Estou eu perdendo minha mente? Tenho eu estudado até ao ponto em que eu estou – estão minhas faculdades mentais se fragmentando?” E então, eu ouvi Aquilo exatamente da mesma forma como vocês me ouvem, dizer: “Não está você caçando? E você não tem caça.” Disse: “Fale qualquer coisa que você desejar.”

Bem, eu pensei isto: “Deus disse: ‘Prove todas as coisas,’” Eu disse: “Senhor Deus, se isso és Tu, e este é um sinal de que Tu estás determinando a mudança de meu ministério daquelas visões a algo maior que eu tenho buscado por tanto tempo,” eu disse: “Que aconteça de Tu responderes minha oração.”

E eu fiquei ali um pouquinho. E pensei: “O que Ele disse? Ele não disse: “Ore”, Ele disse: ‘Diga o que você quiser.’ Diga-o e tuas palavras se concretizarão. Fale a esta montanha e acontecerá exatamente como você disse.”

37 Então eu apoiei meu ombro contra a árvore. E eu estou acostumado a… Tenho meu rifle ajustado para uma trajetória de cinquenta jardas. Então eu – eu olhei ao redor para ver uma árvore que estivesse a cinquenta jardas. E a única que estava a cinquenta jardas estava sem folhas, eu disse: “É quase que totalmente impossível que um esquilo venha àquela árvore. Bem próxima dos fazendeiros que ali estavam apanhando seu milho.” Eu disse: “Mas ali estará um esquilo vermelho saindo do final daquele galho e assentará ali, e eu atirarei nele daqui.” E assim que eu disse isto, ali estava um esquilo. Eu tremi um pouco, nivelei e atirei no esquilo, me aproximei e o peguei. Eu estava todo trêmulo. Eu disse: “Talvez isso simplesmente aconteceu dessa forma.” Você sabe como as pessoas podem duvidar. Mas você deseja estar seguro. Não faça nada a menos que você esteja confiante, e então você sabe o que está fazendo.

38 Esfreguei meu rosto um pouco, e olhei, o tiro perfeitamente no olho. Então eu subi e me assentei ao lado da colina, e eu disse: “Senhor, está escrito em Tua Palavra ‘que pela boca de duas ou três testemunhas, toda palavra seja confirmada.’” Eu disse: “Se foste Tu, perdoe a minha estupidez. Mas se foste Tu, rogo-Te que me dês outro esquilo como esse.” E eu disse: “Então eu crerei em Ti, que és Tu. E o diabo não terá qualquer espaço para dizer que isso simplesmente aconteceu dessa maneira.”

Então eu me assentei. Apenas em um momento, aqui veio isso (eu chamo isso) uma super unção, varreu de novo, e eu quase fiquei suspenso, e disse: “Diga o que quiser, e lhe será dado.”

Olhei pela floresta até encontrar uma outra árvore cerca de cinquenta jardas de distância, tinha um monte de arbustos, e trepadeiras e coisas enroladas, onde esquilos dificilmente iriam a uma árvore como aquela. Eu disse: “E haverá outro esquilo novo exatamente ali.”

E eu levei meu dedo para baixo e olhei ao redor através da mata, e ali estava o esquilo olhando diretamente para mim outra vez. Atirei nele e o peguei. E eu pensei… Oh, eu estava tremendo. Eu pensei: “Pense, o grande poderoso Deus do céu está aqui na mata, e Ele está confirmando para mim, em meu próprio caminho, caçando aqui, que Ele vai fazer exatamente o que Ele me disse há quinze anos atrás.”

Observei um pouquinho. Eu disse: “Senhor, isso acontecerá novamente.” Ele disse: “Fale o lugar onde será.”

Eu disse: “Serei radical.” Eu disse: “Naquele velho tronco lá fora, pelo lado do campo, descoberto, liso e branco.” Eu disse: “Dali virá outro esquilo vermelho, e ele vai ao final daquele tronco e olhará sobre os agricultores no campo. Isso será dessa maneira.” Eu olhei de volta e ali não havia nenhum esquilo. E olhei por cerca de cinco minutos, ali não havia nenhum esquilo. Eu – eu disse: “Bem…” Eu disse: “Dois – dois esquilos. Está bem.” Dois são uma testemunha. Eu vou crer nisso assim.”

E Algo disse: “Mas você disse que ali haveria um.”

39 Esperei outros cinco minutos, nada. E aquilo continuou citando em meu coração: “Você disse que haveria um.” Eu esperei e esperei.

Algo disse: “Você está duvidando?” Eu disse: “Nenhum pouquinho.”

E assim que eu disse isso, daquele tronco saiu o esquilo vermelho, parou e olhou para os agricultores. Deus é meu juiz de pé aqui. Eu atirei no esquilo. Fui e o apanhei, e caminhei através da mata até que passei da hora de pegar os meninos, para ver se haveria mais um em algum lugar. E não havia. Então, eu vim para casa e lhes falei sobre isso.

40 E então em novembro, no dia sete, eu estava lá em Kentucky. Eu estava com o cunhado do irmão Wood, ali, Charlie Cox (que está ali junto à coluna), e com o irmão Tony Zabel, um dos diáconos aqui na igreja (Está você aqui, Tony? Ah, ele está aqui em algum lugar), irmão Tony Zabel, e também, o irmão Banks Wood. E estávamos nas montanhas, caçando.

E eu entrei na mata, e os esquilos estavam escassos, não – havia muitas folhas no chão. E eu comecei a subir para a mata. E Algo me disse: “Quantos esquilos você deseja nesta manhã?”

Eu disse: “Bem, eu cacei cento e quatorze este ano, cento e dezessete.”

Eu disse: “Se eu obtiver mais três, eu completarei cento e vinte. Esse seria um número par, para parar. E eu disse: “Outra coisa, seria – daria para levar para casa seis.” Eu gosto deles mais do que qualquer carne que haja para comer. E eu disse: “Se eu pudesse obter mais três…”

41 Andei para cima através da mata um pouco mais, e oh, não havia nenhum. Bons caçadores como Charlie e eles obtiveram um. E eu disse: “Bem, eu…”

Algo disse: “Diga-o. Fale os três esquilos, e você os terá.”

Eu disse: “Isso aconteceu uma vez.”

Então eu estava ao lado de uma pequena árvore, no final de uma tarde ao lado de um espinhaço. E aquela Unção veio tão tremenda que eu dificilmente podia ficar no chão, e disse: “Fale! O que você disser e não duvidar, você pode ter o que você disse.”

Eu disse: “Eu terei três esquilos.”

Ele disse: “De onde eles virão?”

Eu disse: “Um virá desse caminho, um daquele caminho e um daquele caminho atrás.” Fui radical. A Deus não importa quão radical isso pareça. Ele é Deus de circunstâncias.

42 E eu fiquei ali por alguns minutos, e enquanto isso, eu não ouvi nenhum tiro dos outros rapazes em lugar algum. E aconteceu de eu olhar para trás. Em cima na mata, cerca de noventa jardas, eu pensei que houvesse algo num toco. Eu observei aquilo. Depois de um tempo, ele saltou; e era um esquilo cinzento. Distante. Todo o caminho através do vale até em cima no cume. Quando veio ao lado da árvore, eu atirei. Ele estava a umas noventa jardas, e o matei. Eu disse: “Aí está um. Eu posso virar e olhar para esse outro lado para os outros, porque eles estão vindo.”

Veja, Deus tem uma maneira de trazer coisas a você, tenha certeza do que você está falando. Aquela unção eu… estava fora de mim então. Bem, eu esperei e observei aquele caminho por cerca de uma hora. Nada aconteceu. Eu estava ficando com frio. Eu pensei: “Certamente, se for o Espírito que está me falando essas coisas, será exatamente isso; porque quando a unção estava sobre mim eu falei essa palavra, e terá que ser dessa maneira.”

43 Agora, ouçam atentamente a isso. E isso será uma gravação que irá por todo o mundo. Agora, e então, eu fiquei observando à minha esquerda. Depois de um tempo, eu olhei sobre uma árvore. Ao redor de uma árvore de faia, veio um esquilo cinzento. Eu disse: “Exatamente dessa forma. Isso é certo, Senhor.”

Virei para baixo, levantei para atirar nele, e ali surgiu outro esquilo. Eu disse: “Há dois. Exatamente. Faça meu terceiro.” E eu levantei, atirei no primeiro esquilo.

O outro correu para debaixo de um tronco. Eu podia vê-lo roendo uma­ – uma noz ou algo, debaixo do tronco. O tronco estava mais ou menos dessa altura no final, levantado cerca de um pé. Eu podia ver o esquilo. E matei o primeiro. Eu disse: “Agora, eu terei outro.”

E eu nivelei, coloquei aquela mira exatamente à direita de sua orelha, não mais que quarenta, cinquenta jardas de distância, e atirei e acertei no tronco. E o esquilo nem mesmo se agitou. E eu coloquei outra bala. E ele se virou e desceu pelo tronco, e foi para a outra extremidade. Bem, eu nivelei e tomei a melhor pontaria que eu pude. E eu só tinha perdido cinco tiros o ano todo. Então, eu nivelei, tiro diretamente perfeito, e toquei o gatilho novamente, e atingi cerca de quatro polegadas acima dele. Eu disse: “Devo ter batido em minha mira.”

44 E então eu observei novamente. O esquilo correu e foi diretamente ao lado da mata, a uma certa distância de mim. “Bem,” eu disse: “Eu bati em minha mira. Eu atirarei nele na cavidade do peito.” Eu levantei e coloquei a mira… E eu pensei: “Talvez eu tenha ficado com frio e tremendo.” Eu pensei: “Eu não estava com frio e tremendo quando eu atirei no outro.” Então… “Exatamente do mesmo jeito, num distanciamento de um minuto ou dois…”

45 E eu segurei um arbusto em minha mão, e segurei a arma bem apertada, e mirei na cavidade, na cavidade torácica do esquilo, e puxei o gatilho da arma. E eu atirei a um pé abaixo dele. E puxei para obter outro projétil, e eu… A arma estava vazia. Enquanto eu a carregava, eu disse: “Eu o pegarei se ele ficar ali.” E quando eu o fiz, o esquilo subiu através da mata.

E eu fiquei ali. Eu pensei: “O que acontece? Três tiros perdidos. E eu só perdi cinco de cento e quatorze.” Eu disse: “Como pode ser que eu – estaria minha espingarda desalinhada?”

46 E então, aquilo veio a mim. “Você não pode atirar naquele esquilo dessa maneira. Ele deve vir daquele caminho.” A Palavra de Deus é perfeita. Você não poderia matá-lo no sul; ele está vindo do norte. “Bem,” eu disse, “Vou me virar para este lado então e vigiarei o norte até que ele venha.” Coloquei mais cartucho na arma e observei. O pequeno… Eu disse: “Se ele vier, ele estará bem perto.” Eu não gosto de atirar de muito perto, isto não é esporte. Não é bom fazer isso. Então era… O matagal lá… Eu disse: “Bem, eu terei que apanhar este vindo do norte, ‘porque eu havia dito assim.’ Então eu parei desta maneira, observando. E eu – eu disse isso, eu tenho… estava atrasado. Eu disse: “Quinze para as quatro. Agora, às quatro horas eu terei que ir, porque – com os dois, porque os rapazes estão esperando por mim.” E então eu esperei um pouco. As quatro horas chegaram, três minutos após as quatro. Eu disse: “Bem, eu vou pegar meus esquilos.” Eu subi e peguei os esquilos, voltei. Estava escuro, eu mal podia ver no vale.

47 Comecei a descer o vale. E quando eu estava descendo o vale, estava escuro. E passei do lugar onde eu havia estado, Algo me disse: “Você não vai subir lá e apanhar aquele esquilo?” Eu disse: “Como eu poderia vê-lo agora?” Com pouca visão do telescópio, uma pequenina mira. Mal havia luz para ver, poucos pés à minha frente. Eu disse: “Como poderia vê-lo?” Ele disse: “Mas você disse que lá haveria um outro.” Oh, eu gostaria de poder fazer aquilo… De alguma forma que pudesse obter… Ver o que era aquilo… Ouvir… O que aquilo realmente significava, amigos. Veja, sob aquela Unção, não foi eu quem disse aquilo, foi Deus quem o disse. E eu caminhei alguns passos. Disse: “Vire e volte em direção ao norte. Seu esquilo está lá.” Fui – virei. E eu disse: “Senhor Deus, eu não duvido nenhum pouquinho.” Comecei a caminhar de volta em direção ao norte. Ali estão assentados aqueles que sabem disso, comecei a caminhar de volta em direção ao norte. E caminho acima no cume, cinquenta ou sessenta jardas, um esquilo correu em cima da árvore. Só havia luz suficiente para que eu pudesse vê-lo. Eu examinei a árvore com minha mira de cima para baixo, não pude encontrar nenhum esquilo. Após um momento, eu pensei que aquilo que eu havia visto fosse um nó na árvore. Muito escuro. Eu disse: “Bem eu tentarei aquele de todos os modos.” E eu atirei. E quando eu o fiz, um esquilo correu ao redor da árvore e desceu. Eu o ouvi cair no chão. Eu pensei que ele houvesse saltado. Ao mesmo tempo que isso aconteceu, cerca de vinte pés dali, um subiu em um carvalho branco. Eu disse: “Ele fez descer um e outro subir. Agora, certamente, Senhor, Tu não me deixarás perdê-lo depois de eu haver dito sob aquela unção que isto seria assim, e Tu estás confirmando meu ministério. Esta será a sexta vez que Tu tens confirmado isto para mim.” Em número do homem, seis vezes. Eu disse: “Tu não me deixarás perdê-lo.”

48 Olhei para cima e para baixo na árvore. E ali em cima me pareceu haver visto algumas folhas. Eu vi alguma coisa se movendo nas mesmas. E eu levantei e atirei. O esquilo caiu no chão, morto como uma pedra. Subi o morro regozijando e feliz. Fui à primeira árvore à minha esquerda, e lá estava o esquilo. “Bem,” eu disse: “Eu sabia que tinha esse, mas não estava certo daquele outro.” Eu disse: “Então, Senhor, Tu me deste um por boa medida.”

Fui encontrar o outro esquilo; ele não estava lá. E eu procurei e procurei, e olhei debaixo das folhas, e levantei pequenos pedaços de madeira e despedacei um velho tronco. E ali naquele espaço de trinta jardas não havia apenas um tronco. E eu despedacei a todos, olhei debaixo de todos os lados, e coloquei minhas mãos nas folhas e senti. Ali não havia nenhum esquilo em parte alguma.

Em cima, havia um grande tronco no topo da colina. E fui ao tronco, e ali havia um pequeno buraco. E apalpei ali, e pensei que havia sentido meu esquilo subindo e descendo. Quando eu estava… Eu disse: “Bem, eu não posso apanhá-lo. Então, pela manhã, eu trarei os rapazes e o pegarei.” Tenho que ir contar a eles. E desci ao irmão Charlie. Tampei o buraco, desci ao irmão Charlie e os outros, e lhes contei.

49 Fomos à casa deles naquela noite para o jantar. Estávamos nos regozijando na Presença do Senhor. E quando… Antes de irmos para a cama, o irmão Charlie ali pediu ao irmão Tony Zabel (lá atrás) para dirigir uma oração. Agora, eu não digo isto para bater de frente com o irmão Tony, ou feri-lo. Ele é um dos mais finos cavalheiros cristãos que eu conheço. Mas só para mostrar para vocês como o Senhor opera. Tony, em sua oração naquela noite, disse: “Senhor Deus, faça-nos saber que o nosso irmão está dizendo a verdade, fazendo com que ele, amanhã, encontre aquele esquilo no toco.”

Aquilo foi… Eu não disse, sob a unção, que eu encontraria um esquilo num toco. Eu disse: “Eu atirei no esquilo. Naturalmente, eu não pude apanhar o esquilo. Porque se o fizesse, aquilo seria mais do que eu disse. Exatamente o que eu disse sob a unção, isso foi o que Deus produziu. Então eu não disse nada sobre aquilo. Veja, isso é como as pessoas, muitas vezes dizem: “O irmão Branham disse isso e aquilo outro.” Quando o irmão Branham diz alguma coisa, aquilo não tem nada a ver com isso. Mas quando Deus diz, isso é verdade eternamente. Mas o irmão Tony não entendeu isso. Ele disse: “Se aquele esquilo estiver ali, então saberemos que o irmão Banham nos disse a verdade.”

50 O irmão Woods, irmão Charlie, todos eles pegaram isto. Não dissemos nada. Eu e o irmão Tony dormimos no mesmo quarto naquela noite. Na manhã seguinte, na mesa, falávamos sobre… Oh, foi um dia horrível. E o irmão Tony disse: “Bem, há uma coisa. O irmão Branham provavelmente esta manhã, pegará o seu do tronco da árvore.”

Eu disse: “Irmão Tony, eu não disse que o esquilo estava lá. Eu disse que eu pude sentir. Quando ele levantava e caía.”

Ele disse: “Ele estará lá. Ele estará exatamente no tronco.”

Subimos. E quando eu deixei o carro, comecei a voltar novamente, e disse que algo estava errado. Eu acho melhor falar com Tony agora, porque se aquele esquilo não estiver naquele buraco, naquele tronco, eu voltar sem nenhum esquilo de modo algum, então, de acordo com a maneira que ele orou na noite passada, ele ainda crerá que eu contei uma mentira. Eu disse: “Deus, Tu sabes, com minha Bíblia, que eu disse a honesta verdade.” E Deus sabe que é a verdade, disse exatamente a verdade.

51 E continuei. Algo me dirigiu. E eu fui caminhando através da mata, caçando. Continuei pensando: “O que será se aquele esquilo não estiver lá.” Ele me deu seu facão de caça para que eu pudesse cortar um – o buraco maior para que conseguisse alcançá-lo. E Algo me disse: “Se não estiver lá, ou se estiver lá, que diferença faz?”

Eu disse: “Ele… Ele não crerá em mim. Ele orou e disse que: “Se encontrarmos o esquilo, ele saberá que nosso irmão tem nos dito a verdade.” E aquela grande Unção veio, disse: “Diga que o esquilo estará lá, e você o apanhará.”

Pensei: “Certamente, Senhor, certamente. Com esta será sete vezes consecutivas, enquanto esta Unção está sobre mim.” Eu disse: “És Tu?”

Ele disse: “Diga o que você quiser!”

Eu disse: “Eu encontrarei aquele esquilo.” E a Unção me deixou.

52 Cacei até às nove e trinta. E o que devíamos fazer era descer e pegar alguns cachorros. Então eles foram. E eu subi a colina às nove e trinta, examinei o buraco, apalpei, cortei. Ali não havia esquilo de modo algum no buraco. Senti tudo em volta. Agora, o que eu estava pegando eram pequenas e finas raízes de grama, ou melhor, de árvores. Eu pegava e sentia, e aquilo caía da vara quando eu a pegava e a empurrava assim. Eu pensava que estava pegando o esquilo, e aquilo escorregava da vara, mas eram pequenas raízes e coisas: não havia esquilo ali.

Eu pensei: “Agora, o que farei?” Eu disse: “Aqui são nove e trinta, eu tenho que voltar.” Peguei o meu rifle e comecei a descer a colina.

E Algo me disse: “Você não disse que encontraria o esquilo?”

Eu disse: “Onde eu o encontro?”

53 Deus sendo meu solene Juiz, com Sua Palavra aqui, e eu sou um homem de cinquenta anos de idade, um pregador do Evangelho, de pé nesse púlpito, Algo disse: “Olhe sob aquele pequeno pedaço de casca.”

Eu disse: “Senhor, eu não duvidaria de Ti por nada.” Fui e peguei a casca, e não havia esquilo ali. Eu pensei, “Eu estava…”

Mas antes que eu fizesse isso, Algo disse: “Que seria se ele não estivesse ali?”

Eu disse: “Oh, ele estará lá.” E eu apanhei aquilo e não havia esquilo ali. Eu olhei para baixo espantado. Eu vi uma coisinha cinza saindo de debaixo de uma folha. Eu puxei aquilo, e ali estava o esquilo, tornando exatamente certo o que Ele tinha dito para fazer.

54 Desci a colina e fui e contei a eles sobre isso. E nos regozijamos. E quando eu vim para o carro, Charlie de pé ali, Banks, eles estavam conversando. “Não é estranho que Tony dissesse uma coisa como aquela em sua oração, sendo que ele ama o irmão Branham? E por que ele duvidaria de sua palavra e diria aquilo?” Veja, ele tinha que dizer aquilo daquela maneira, pois Deus sabia que eu estaria no púlpito nessa manhã e reivindicaria a mesma coisa. Você tem que vigiar o que o homem diz, e então o que Deus diz. O que Deus diz é verdade. Então eu pensei: “Bem, louvado seja Deus.” E eu desci. Tivemos um grande tempo, voltamos para casa.

55 O irmão George Wright, por anos tem feito o vinho da Comunhão (eu estou encerrando), tem feito o vinho da Comunhão para a igreja. O irmão Roy Roberson (lá atrás) me telefonou, e disse: “Irmão Branham, vamos descer e pegar o vinho da Comunhão do irmão Wright,” o qual está assentado aqui, ele e sua família. Agora ouçam isso atentamente enquanto encerramos. Oh Deus. Chegamos ao irmão Wright, cedo pela manhã, e como de costume, um grande bem-vindos. E estávamos – falamos sobre o vinho. E então a pequena Edite, a jovem aleijada ali, a qual eu amo, como fazemos aqui neste Tabernáculo (não só eu, mas este Tabernáculo), como se ela fosse nossa própria irmã. A família Wright tem sido a família mais antiga. A outra era os Slaughter aqui, Roy Slaughter e eles. E a família Wright ou Sr. Spencer, eles eram o – está entre os mais antigos no Tabernáculo. Eu acho que os Wright têm estado aqui por vinte cinco ou vinte e seis anos.

56 Tenho orado e tenho orado por aquela garota. Tenho rogado para Deus curá-la. Tenho visto aflições mesmo maiores do que as dela, curadas. E tenho jejuado, e tenho orado, e tenho esperado e tenho buscado o Senhor com lágrimas pela cura daquela jovenzinha. Pobre pequena companheira, sofria quando era apenas uma criança, talvez paralisia infantil, aquilo torceu suas mãos e pés.

Ela sofreu por muitos anos. E quando oramos por ela a primeira vez, ela parou de sofrer. Por anos-vinte e seis anos atrás. Quando ela fica com uma dor de estômago ou dor de dente, assim que vou e oro por ela, eu sei que o Senhor vai tirar aquilo.

Mas esse sofrimento… E a tenho visto aqui no edifício quando outros aleijados se levantam e se vão, e aflições e assim por diante, e me pergunto: “Por que aquela jovenzinha não caminha? Senhor, manifeste-Se sobre ela. Permita que o Anjo de Luz faça sombra sobre a criança, para que então eu possa falar o ‘Assim Diz o Senhor’.” Se dependesse de mim, eu falaria. Mas não depende de mim. Isto é com Ele.

57 E eu observei. E estávamos de volta, ela quis um coelho. O irmão Wood e eu saímos e matamos dois coelhos, os trouxemos para ela. Ela estava com o jantar pronto, a Sra. Wright e eles.

E durante aquele tempo, a irmã Hattie Mosier… Ela perdeu seu marido. Eu os casei há alguns anos atrás. Eles têm dois bons filhos. E o irmão Watt morreu. Seu próprio rapaz o encontrou sob seu trator mortalmente esmagado.

E o rapazinho teve uma fratura, e algo lhe aconteceu. O irmão Wood e eu fomos lá uma noite e permanecemos aquela noite, onde sua mãe e tio permaneceram com ele. E o Senhor o curou. E ele está presente esta manhã.

Sua mãe estava atenta a ele, àquele adolescente, começava a sair com o mundo, quinze anos de idade ou algo, e seu irmãozinho mais novo com doze, treze anos de idade.

58 A irmã Hattie Wright… Todos vocês conhecem… A chamamos de Wright. Mosier é o nome dela. Mas ela tem sido uma pessoa leal, uma pequena dona de casa, morava em dois cômodos lá em cima na colina, ali com uma pá e uma enxada, tentando carpir as ervas daninhas do milharal para manter sua família junta. Ela é uma fiel trabalhadora. Quando eu estava à mesa jantando, eu estava explicando o que era a fé. Eu disse: “A fé é assim, se eu visse uma visão do irmão Shelby assentado assim e assim, e cada um do modo que eles estavam…”

E a irmã Hattie estava assentada atrás na direção do outro cômodo. Ela não tinha muito a dizer – nunca tem.

59 E então, enquanto estávamos falando, eu disse: “Se o Senhor me mostrasse uma visão que algo ia acontecer, então eu iria – podia dizer aquilo. Isso é o que eleva a minha fé.” Eu disse: “Quando o Senhor me mostra o que acontecerá, então eu tenho confiança que vai ser daquela maneira, quando Ele me mostra.”

Eu disse: “Eu viria diretamente aqui, se aquela jovenzinha enferma assentada ali, e o Senhor me mostrasse que ela ia ser curada, eu viria diretamente aqui e me poria no caminho, veria se tudo estava exatamente da maneira que Ele disse, e então diria: “Assim Diz o Senhor: Edite, levante e ande.” Eu disse: “Vocês veriam aquelas perninhas se desenrolarem, e aquelas pequenas mãos se destorcerem, e ela se levantar ali e caminhar para a glória de Deus.” Eu disse: “Se isso fosse assim…”

60 Estava falando a eles sobre essa experiência. E eu disse: “Vocês sabem… Quero lhe perguntar algo.” O irmão Banks estava assentado perto de mim à mesa. E próximo estava a… Então a irmã Hattie estava assentada atrás, e os garotos estavam assentados ali, e a Sra. Wright, e o Sr. Wright, e Shelby assentados à minha esquerda. Agora ouçam. Não percam isso. Mostra a vocês a soberania de Deus. E enquanto estávamos falando, eu disse: “Quero perguntar algo a vocês. O que colocou aqueles esquilos ali? Não há esquilo na mata. Cacei e cacei. E eu – eu não sou o melhor caçador, mas eu caço desde que eu era menino. Eu caçava por perto, e – e eles estavam nos lugares mais ridículos, e então da maneira mais ridícula eu podia atraí-los. Eu disse: “O que os colocou ali?” Eu disse: “Gostaria de saber se é o meu ministério que está se preparando para sofrer uma mudança, que o Deus de Abraão está confirmando Sua promessa assim como Ele fez a Abraão.”

61 Quando Ele estava no topo da montanha, e ele necessitou de um sacrifício em lugar de seu filho, Jeová-Jiré realizou um milagre e colocou um cordeiro lá da distância de uma centena de milhas. Ele estava numa jornada de três dias. E qualquer homem comum pode caminhar vinte e cinco milhas por dia. E então ele levantou seus olhos e viu a montanha à distância, e foi para a montanha e subiu ao topo da montanha. Um carneiro selvagem ali, uma ovelha, os animais selvagens o teriam matado. E então, no topo da montanha onde não havia água, como aquele cordeiro subiu ali? O que aconteceu? Deus necessitava de um sacrifício para provar a Abraão que Ele era Jeová-Jiré. O próprio Deus da criação falou e trouxe um cordeiro à existência. Agora, aquilo não foi uma visão. Ele matou o cordeiro e o sangue saiu daquele animal. Aquilo não foi uma visão; foi um cordeiro.

Eu disse: “Aquele mesmo Deus…” Aleluia! Aquele Jeová-Jiré, Ele é Jeová-­Jiré hoje tanto quanto Ele foi na montanha com Abraão. Ele pode continuar a produzir um animal para Sua glória. Aqueles esquilos não foram uma visão. Eu atirei neles; o sangue saiu deles. E os preparei e os comi. Eles não eram visões; eram esquilos.

62 Eu disse: “Aquele mesmo Jeová-Jiré, tentando fazer chegar Sua promessa a mim, em minha obscura e insensível mente. Ele pôde falar e trazer à existência a minha necessidade assim como Ele pôde falar e trazer à existência a necessidade de Abraão.” Não muito depois de eu haver falado isso a irmã Hattie (assentada ali, agora chorando)… não tinha dito uma palavra. E ela disse: “Isto não é nada a não ser a Verdade.” Ela disse a coisa certa. Ele falou exatamente como Banks falou lá embaixo. Ouvi sua voz enquanto aquilo passava pelos meus ouvidos, como lá em cima na mata. A Sra. Wright assentada ali atrás com sua garotinha estava tentando entender o que Edite disse, eu não pude ouvir a Sra. Wright. E aquela super unção veio sobre mim, disse: “Diga a Hattie que ela achou graça diante de Deus.” Quem pensaria…? Disse: “Diga a ela para pedir seja o que for que ela quiser, então você trará, através desse dom, isso à existência. Seja o que for que ela tenha pedido, fale e traga isso à existência.” Olhei para a irmã Hattie. A primeira vez que isso era realizado a um ser humano. Eu disse: “Irmã Hattie, peça o que você quiser. Deus vai dar isso a você.”

63 O que você acha disso? Isso entra em você? Ele havia confirmado isso sete vezes por um animal. Sete é o número completo de Deus. Aqui é a primeira vez sobre um ser humano. E Ele… O que Ele escolhe? Um grande aristocrata? Um grande e célebre ministro? Uma pobre viuvinha que dificilmente poderia assinar seu nome. Deus sabe o que ele está fazendo. Disse: “Peça o que você quiser.”

Hattie me disse: “Irmão Branham, o que você quer dizer?”

Eu disse: “Peça qualquer coisa que seu coração desejar, e isso será produzido exatamente aqui, para que você saiba que o Senhor Deus do céu responde, e Suas Escrituras são a verdade.” Minha primeira vez com o novo dom, minha primeira unção… Eu mal podia ouvir.

E ela olhou ao redor. Estávamos falando sobre sua irmã aleijada. Eu disse: “Não duvide,” em meu coração, “em poucos minutos, a pequena Edite estará saltando para a glória de Deus.” Hattie olhou em volta, tudo em volta. E ela disse: “Irmão Bill, meu maior desejo é a salvação de meus dois meninos.”

64 O que um… Ora, não poderia ter sido uma coisa maior. Ela podia ter pedido por dez mil dólares; ela os teria. Se fosse algum milionário, teria pedido por outro milhão. Deus sabia o que ela ia pedir. A irmã Hattie, pelo menos sete ou oito testemunhas ali… Todos vocês que estavam presentes que – quando aquilo aconteceu, levantem suas mãos, todos no edifício que estavam presentes quando aconteceu. Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete. Sete deles, oito deles, oito dos que estavam presentes quando aquilo aconteceu. Eu disse: “Peça o que você quiser, porque Deus me dá isso para dar a você o que você quiser.” Ela disse que seus garotos estavam começando a sair na revolta da adolescência. E ela disse: “A salvação de meus dois meninos…”

Eu disse: “Pela vontade de Deus, pelo poder de Deus, eu te dou, no Nome de Jesus Cristo, seu desejo.” E seus dois garotos estremeceram sob o poder de Deus, e toda aquela casa tremeu. Banks caiu em seu prato. Shelby agarrou… E Hattie gritou até ao ponto de você poder ouvi-la à distância de duas quadras. E aqueles rapazes com lágrimas rolando por suas faces, receberam imediatamente o que por eles foi pedido.

Oh, a primeira vez que isso foi usado em um ser humano. “Peça o que você quiser, e isso será dado a você.” Seus rapazes estão assentados ali com ela nesta manhã.

65 O que ela poderia ter pedido? Que seria se ela tivesse pedido a cura de sua irmã? O que seria que ela tivesse pedido isso? A mocinha teria sido curada, mas seus dois filhos perdidos. Que seria se aquela pobre viúva, a qual tinha me dito que ela tentou dar a esta igreja cinquenta dólares como um compromisso para ajudar a construir uma nova igreja, e o irmão Roberson não quis pegar, só deixou que ela desse vinte de… Eu disse a mim mesmo quando ela estava falando: “E vou dar a ela os vinte de volta.” Mas Deus me disse, em meu coração, não por visão, em meu coração: “Quando Jesus estava de pé, olhando a viúva colocar três tostões onde havia milhares de dólares, o que você teria feito?”

Eu disse: “Bem, se eu estivesse de pé ali em volta, diria: “Nós não precisamos disso, irmã. Temos muito dinheiro.” Mas Jesus nunca disse isso. Ele deixou que ela o fizesse, porque Ele sabia o que estava no caminho. Ajude-­me, Deus, como meu solene Juiz, Deus sabia o que estava no caminho para ela.

66 E eu estava com minha mão no bolso para pegar minha carteira para dar a ela seus vinte dólares de volta e dizer: “Irmã Hattie…” Mas Ele disse: “Não faça isso.” Então, em poucos minutos, quando foi levantada a questão sobre Jeová­-Jiré, ela disse: “Isso não é nada senão a Verdade.” E aquilo veio do coração de uma pobre mulher viúva, Deus sabendo que ela pediria a maior coisa que podia pedir.

Enquanto houver um céu, quando as estrelas se forem, quando não houver mais lua, nem terra, nem mar, aqueles garotos viverão pela eternidade com o mesmo Jeová-Jiré Que deu a promessa imortal. Sua promessa não pode falhar. Estou desejando a chegada dessa reunião lá em São José. Oh, se isso simplesmente irrompesse… ? Agora, quando a unção atinge: “Peça o que você quiser.” Eu tenho uma perfeita segurança que quando isso atinge, e seja o que for que Deus colocar para ser pedido, isso será exatamente dessa maneira. Tem que ser. “Pois, se disseres a este monte…” Veja, não e você falando. Não é você; é Deus. E você assim – assim submetido a Deus.

67 Agora observe, os profetas da antiguidade, enquanto encerramos. Os profetas da antiguidade, quando eles foram – viram a vinda do Senhor Jesus, eles estavam tanto no Espírito até ao ponto em que falaram como se fossem eles mesmos. Vejam Davi no Salmos, Salmo 22, clamando: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” Não foi Davi, aquilo foi Cristo oitocentos anos mais tarde. “Todos os meus ossos foram contados. Eles estendem seus lábios para mim. Eles meneiam suas cabeças, dizem: “Ele salvou outros, mas não pode salvar a Si mesmo,” Davi falando aquilo como se fosse ele mesmo, mas era o Espírito de Deus nele, Cristo, falando. Oh, Deus seja louvado. Movendo­-Se para Sua igreja na plenitude de Seu poder, movendo entre Seu povo, espalhando Suas grandes asas de misericórdia, que Ele seja louvado.

68 Não tive tempo para meu sermão. Vamos inclinar nossas cabeças por um momento. Há alguém aqui nesta manhã, ou quantos estão aqui que sabem que não estão preparados neste momento para encontrar com Deus, levantariam vocês suas mãos e diriam: “Ore por mim, irmão Branham.” Não podemos trazer vocês ao altar, porque o altar está lotado. Deus te abençoe, irmão, a você, irmã, você, irmão, você e você lá atrás, todos em volta, você, moça, você, meu irmão. Lá atrás, ao redor, Deus vê suas mãos. Se Ele pôde trazer um cordeiro à existência quando não havia cordeiro ali, se ele pôde trazer animais à existência, se Ele ficou preocupado com uma pequena figueira crescendo ao lado da colina, ou um peixinho morto na água, quanto mais sabe Ele o seu desejo em seus… Claro que Ele sabe. Ele sabe que você necessita Dele. “Pedi e recebereis. Quando orardes, crede que recebereis o que pedistes” Foi o Espírito Santo que levantou sua mão? Se foi, então a Unção está sobre você.” Então ore e creia em Deus, e você terá o que você disse.

69 Pai Celestial, está se aproximando ao meio dia, e tenho demorado aqui nesta manhã sobre esta história de Tua divina graça, de acordo com Tua Palavra… Está escrito nas Escrituras que Jesus, nosso Senhor, disse: “Aquele que crê em mim, as obras que eu faço, ele também as fará.” E sabemos que aquelas palavras são verdadeiras. Tu podias discernir os pensamentos das pessoas. Tu disseste a Pedro quem ele era, qual era seu nome e o que seu pai era. Tu disseste a Filipe quando trouxe Natanael – ou disseste a Natanael, ou melhor, que Tu o viste debaixo da árvore antes que ele viesse. Tu disseste à mulher no poço quantos maridos ela tinha. Oh, não ha nada escondido de Ti. Tu conhecias todas as coisas. E aquelas foram obras Tuas. Então vemos que Tu disseste àquela figueira… Ó Senhor, eu creio que a hora está vindo quando os pães e os peixes serão multiplicados. Virá uma marca da besta. Virá uma confederação de igrejas, e colocarão um sinal que – uma igreja sindicalizada que nenhum homem poderá comprar ou vender. E Tua Igreja, não vai incomodá-­los; pois Teu Espírito Santo os guiará e os alimentará como Tu fizeste com Israel no deserto. Tu és Deus. Que não percamos isso, Senhor. Que permaneçamos fiéis. Que sejamos verdadeiros.

70 Agora, eu simplesmente não sei quando isso acontecerá outra vez, Senhor, talvez novamente nessa manhã. Pode ser que isso aconteça outra vez no Tabernáculo hoje, confio que acontecerá, Senhor, crendo que Tu colocarás fé no coração das pessoas, e saibam que não tenho enganado, ou dito uma coisa errada. Eu digo isso da maneira que veio, no melhor que eu conheço em meu coração, Senhor, observando minhas palavras e pesando-as, sabendo que Tu tens confirmado isso a mim, como eu tenho dito, sete vezes, e sabendo imediatamente após isso, ao primeiro ser humano a quem eu falei, obteve o desejo do seu coração no momento que ela falou. Agora, Senhor, há muitos desejos aqui nesta manhã. Tu terás que ungir Teu servo, Senhor. Se Tu enviares a unção, e me permitires tê-la esta manhã. Se alguém necessitar, fale comigo, Senhor, quando eles falarem, ou seja o que for… O que… Seja o que for que Tu desejares, e isto acontecerá. E agora, eu sei que o que e dito então, isso não será eu, serás Tu, Senhor, falando.

71 Submeto-me a Ti. E antes de sair deste ministério, o velho tipo de visões e assim por diante, neste altar onde dediquei minha vida de novo, de pregar o Evangelho por sinais e maravilhas. Eu me dedico novamente esta manhã a Ti, Senhor, para o serviço. A primeira vez que isso tem sido falado, a primeira vez, Senhor, isto tem sido manifestado, com testemunhas aqui. Ó Senhor, se houver algo que Tu possas usar desta velha carcaça, sou Teu, Senhor. Toma-me e molda-me, talha-me, e faça algo, Senhor, que honre e glorifique a Ti. Estenda isso entre outros ministérios. Envie isto aos quatro cantos do mundo. Está ficando tarde, Jesus está vindo. Abençoe Teu povo um com o outro. Salve o perdido. Cada um que levantou suas mãos aqui nesta manhã, salve-os, Senhor. Dê a eles o Espírito Santo. Possam suas vidas serem dedicadas a Ti. Esta pequena igreja, Senhor, o pastor, e cada pastor aqui, cada evangelista, mestres, cada membro de qualquer outra igreja; ó Deus, como um corpo de pessoas, nos entregamos a Ti. Tome-nos e use-nos, Senhor. Somos Teus, com a expectativa de virmos a Ti algum dia em paz. E agora, se houver algum enfermo ou aflito, possam ser curados nesta manhã. Possa Tua graça e bênçãos eternas repousarem sobre eles, enquanto oramos por eles ao impor nossas mãos sobre eles, e orarmos, e possa o Espírito Santo vir e realizar a obra que Ele está ordenado a fazer. Conceda-o, Pai. Através de Jesus Cristo, pedimos essa bênção. Amém.

72 Tenho lhes dito a honesta verdade. Exatamente como Deus a tem revelado e a tem dito, eu, honestamente lhes disse a verdade. E agora, eu estou sinceramente buscando e desejando vossas orações. Entendo que um homem de minha idade, cinquenta anos de idade… Outra manhã, eu disse à minha esposa: “Eu já estou com quase cinquenta anos, querida. Se vou fazer alguma coisa para o Senhor, tenho que me apressar.” Ela disse: “Bill, Deus treinou Moisés por oitenta anos.” E disse: “Ele pode te treinar por outros cinquenta anos para um dia começar com você. Ele tem um propósito para você, então basta ficar firme.” Eu acho que isso é muita sabedoria. Ficar firme. Deus move cada mão exatamente de acordo com Seu grande plano. Permaneça firme. Não tente-tente empurrar. Você vai passar na frente Dele então. E melhor tentar seguir do que liderar, porque Ele é o Líder.

73 Agora, a minha igrejinha aqui, meu pequeno rebanho que tem sido tão fiel, e orado por mim quando estou fora através do mundo; eu creio que há outro abalo mundial se aproximando. Essas coisas que eu lhes disse são a verdade. No dia do juízo, eu lhes encararei com a mesma história, tão verdadeira como eu estou aqui. Agora, eu estou certo de que todos vocês puderam ver o que é isto. E a vinda de uma maior, mais profunda unção do Espírito Santo. Como entrar nisso, eu não sei. Só sei de uma coisa, é preciso que Deus te coloque nisso. Então viva tão dócil e humilde, e perto de Deus quanto você possa. Não duvide Dele. Basta que creia que tudo está operando para o seu bem, e tudo ao redor se resolverá bem. Vê?

74 Apenas recorde, você é uma ovelha; Ele é a pomba. E a pomba dirige o cordeiro. Quando… E o cordeiro e a pomba têm a mesma natureza. A pomba é a mais dócil de todas as aves dos céus; e o cordeiro é o mais manso de todas as bestas da terra. Então veja, seus espíritos coincidem um com o outro. Agora, a pomba não pode vir sobre um lobo (Veem?); ela não permanece ali. O lobo é um assassino. O cordeiro é manso. Então veja você, é o cordeiro e a pomba, e um dirige o outro. E você vê para onde a Pomba dirige o Cordeiro? Ao Calvário para a crucificação, e Ele não abriu a Sua boca. Quando eles cuspiram Nele, Ele não cuspiu de volta. Quando eles O esbofetearam, Ele nunca deu um tapa de volta; Ele seguiu em frente, sabendo que Ele era – para a glória de Deus, Ele estava fazendo a vontade de Deus.

75 Irmã, Hattie, estamos por volta da mesma idade. E o irmão George Wright ali, seu pai, e seus rapazes, e mãe, Shelby; eu quero dizer isso: Eu creio que vocês se perguntaram por que eu me levantei e saí da casa tão rápido quanto pude? Eu nunca tive… Eu estive onde trinta mil rudes pagãos foram salvos de uma vez (África do Sul), vieram a Cristo. Eu acho que foi a maior unção que eu alguma vez senti. Aquilo de maneira alguma se comparou com isso lá embaixo na casa de George Wright outro dia. Eu nunca senti nada como aquilo. Pareceu que a sala toda era uma – uma Luz da Glória de Deus. Agora, a irmã Hattie é muito quieta, e uma mulher piedosa; nunca levanta sua voz sobre nada. Mas você podia ouvi-Ia gritar a um quarteirão quando o Espírito Santo atingiu a casa. Todos – todos ali sentiram Isto. Foi maravilhoso. Podemos viver um longo tempo, Mas irmã Hattie, desde que haja memória em nossa mente, recordaremos disso, irmã Wright.

76 Agora, para que as pessoas saibam que eu disse exatamente o que é a verdade, irmã Hattie, isso então… Irmã Wright e todos vocês que estavam lá, só… Os que estavam lá, para que então vocês possam ver. Vejam, ali estão eles. Aqui… Levante-se irmã Hattie. Ali está a pequena viúva a quem o milagre aconteceu, o primeiro, ignorando todas as pessoas do mundo, para que a coisa acontecesse primeiro àquela pobre, pequena, humilde mulher viúva sobre a encosta lá em cima, tratando de produzir uma safra de milho de um terreno impróprio ali para cuidar de seus filhos. Foi a essa que Deus honrou pela primeira vez desde os dias do… De Jesus Cristo, e disse: “Peça o que você quiser.” Eu disse: “Eu desafio a qualquer um, no Nome do Senhor Jesus, quando esse Espírito atingir e disser isso, não me importa o que você peça, isso será concedido.”

77 Você sabe porque as pessoas influentes não obtêm isto, ou grandes pessoas como essas? É porque Deus sabia que elas pediriam coisas que não seriam de benefício para elas. Ele dá isto a pessoas as quais Ele sabe que pedirão a coisa correta. E o que mais poderia aquela mulher… Que mais… Simplesmente me diga alguma coisa que ela poderia pedir que fosse maior que aquela. Sua mãe e seu pai são salvos. Todos da família eram salvos, exceto os dois rapazes então. Eles não eram salvos. Eles são pessoas pobres. Shelby me disse que sua renda constante numa boa colheita, cobre seiscentos dólares por ano, até mesmo os meninos trabalhando… Com cerca da minha idade, e está todo quebrado, tudo, e ele está trabalhando para cuidar de seu pai e mãe, e eles estão velhos, e – e tentando cuidar de sua pequena irmã aflita, mas ele é salvo. O Irmão Wright, todos eles são salvos. Mas aqueles dois não eram salvos. E Hattie pediu a salvação de seus filhos. Assim como há uma eternidade, ela poderia ter pedido por dez mil dólares e os teria. Ela poderia ter pedido se quisesse. Mas Deus sabe o que você vai pedir antes que Ele coloque a unção. Isso é certo.

78 Irmã Hattie, é certo que eu disse: “Peça algo que você queira. Algo que seu coração deseje, peça-o, Hattie.” Isso é certo, irmã Hattie? Veem? Veem? “Peça algo que você queira; não faz diferença o que seja, peça-o. Deus me disse simplesmente fale o que ela pediu, e ela o terá.”

Ele disse: “Peça-o agora, qualquer coisa que você desejar.” E ela pediu.

Oh, irmão, irmã, você percebe o dia que nós estamos vivendo? O tempo mais glorioso, quando o Deus do céu colocará nos seres humanos ‘peça o que quiser, e Ele dará isso a você…’ Ora, isto é – isto é profundo demais para minha mente, eu sei disto. Mas espero que meu coração possa conter isso tanto quanto possa. Isto – Isto só… Tenho vivido nisso. Tenho prosperado sobre isso. Estou indo para o oeste nisso. Estou entrando em reuniões nisso. Estou vivendo nisso. E a Palavra de Deus está correta.

79 Agora, até onde eu saiba, essa é a última coisa para acontecer. Não sei de nada mais, que poderia ser, só dar aos seres humanos: “Peça o que você quiser. Não importa o que seja, apenas peça-o, e isso será dado a você.” E pode você ver a sabedoria? Quantos creem que essa – essa mulher pediu a maior coisa que podia ser pedida? Vamos ver… Pode você imaginar uma – uma mulher com uma irmã aflita, poderia ter pedido por sua cura, uma mulher que é pobre, e sua mãe e pai pobres, e todos eles pobres, poderia ter pedido por dinheiro, e recebê-lo. Ela poderia ter pedido por anos acrescentados à sua vida e obter aquilo. Mas ela pediu a maior coisa que podia ser pedida, a salvação de sua família não salva, e a obteve. Essa é a coisa mais importante: Obter isso pelo mesmo Deus que deu a promessa. Deus, oh como eu O amo.

80 Agora vamos… Há alguém enfermo aqui para receber oração? Levantem suas mãos, Uma mulher telefonou há poucas noites atrás (Há três, eu creio, da Califórnia ou algo, eles me disseram), que disse: “Vimos duas ou três vezes. E você distribuiu cartões de oração, e nosso número não foi chamado.” E fiz a ela uma promessa que se ela ficasse, eu oraria pelos enfermos essa manhã. Quantos estiveram aqui quando tivemos discernimentos e coisas? Oh, todos vocês, eu suponho, todos aqui. Veem? Sabemos que isso é verdade. Estamos nos movendo para além disso agora. Oh, louvado seja Deus, estamos nos movendo para além disso agora. Talvez isso acontecerá. Não sei o que Deus fará esta manhã, Mas vocês que estão enfermos e aflitos, vou lhes pedir para virem poucos de cada vez. Que aqueles que estão deste lado aqui subam para que possamos orar primeiro por esses desse lado. Talvez eu possa alcançá-los assim. Venha aqui em cima, irmã. Alinhe-se aqui, porque não temos tido… Temos que enviá-los de volta pelo mesmo corredor para que voltem ao mesmo lugar. [Espaço vazio na fita – Ed.]

81 Poderia dizer que pela maneira que esse pequeno companheiro falou esta manhã, ele crê na cura divina. Sei que ele crê no poder de Deus. Há outro ministro aqui nesta manhã que seja um ministro – um ministro que crê que Deus cura os enfermos? Se houver, venha aqui em cima se desejar, venha e permaneça conosco enquanto oramos por estes – estes enfermos e aflitos. Qualquer um de vocês que crê que Deus cura o enfermo. Deus te abençoe, senhor, venha à frente (vê?), queremos que você venha aqui com a gente. Agora, não sabemos o que o Espírito Santo pode fazer. O Espírito Santo pode, neste momento, realizar exatamente o que fez lá embaixo, na irmã Wright outro dia. Eu creio que Ele fará. Não sei. Vocês entendem… Quantos sabem… Bem, não há muitos de vocês aqui, de quando as visões primeiro começaram. Não sei em que tempo virão, o que farão. Tudo está na vontade de Deus, e tem que ser controlado por Deus. Quantos sabem disso? Deus não poderia dar ao homem coisas para ele controlar por si mesmo. Se ele o fizer, então (vê você?), aquilo não seria Deus. Não seria Deus, seria… Quero que vocês pensem aqui, amigos, neste pequeno e humilde lugar, mas como o Senhor absolutamente tem, irmão Mike, além de sombra de dúvida, tem nos abençoado e realizado, e feito exatamente o que Ele prometeu que Ele faria.

82 Quantos já ouviram acerca de percepção extrassensorial? Muitos de vocês ouviram. Isso é – isso não é nada a não ser mitologia, espiritualismo. Mas vocês sabem, eles não podem… Aquelas coisas não são duradouras. Elas não se mantêm. Nunca podem obter qualquer material. Se colocam ali e têm… Dizem: “Há um espírito; há um espírito.” E tentam fotografar aquilo ou algo. Eles não podem fazê-lo. Veja, é só… Aquilo não está ali. E psíquico, mental. Veem? Mas o que Deus faz é perfeito. Quando Moisés atirou sua vara, os mágicos lançaram as deles também, e ambas se tornaram em serpentes. E isso correto? Mas o que aconteceu às varas de Janes e Jambres? A vara de Moisés as engoliu. E quando Moisés apanhou sua vara, ela ainda era uma vara. Mas onde estavam as varas deles? Dentro da vara de Moisés. Vejam, você não podia vê-las. Quando Deus faz alguma coisa, Ele torna aquilo real. Agora, eles me dizem que o Espírito Santo… Vocês sabem, eles dizem: “São pessoas trabalhando. Isso é mental. Aquelas visões e coisas, são apenas telepatia mental.”

83 Bem, quando George J. Lacy examinou aquela fotografia ali, quando aquele Anjo do Senhor… Muitos de vocês que estão aqui, a viram no rio, e muitas vezes. Ele disse: “Irmão Branham, o olho mecânico desta câmera não capta psicologia.” Disse: “A Luz estava lá.” É isso. Ela é eterna. É verdade. Então você vê, Ela é o mesmo Anjo de Deus. Agora, observe-A. A Sua natureza prova isso. Quando Ele esteve aqui na terra, Ela habitou em um – no Senhor Jesus Cristo, Que era Deus manifesto. E agora, Jesus disse: “Um poucochinho e o mundo não Me verá mais. Vós me vereis, pois Eu estarei convosco, mesmo em vós, até o fim do mundo. E as coisas que fazeis… Que Eu faço, vós também as fareis.” Agora, observe isto quando vem… Um homem pode dizer qualquer coisa. Mas quando Deus sustenta isso, aquilo se torna verdade. Agora, observe a natureza daquele Anjo. Quando Ele obtém uma pessoa assim submetida a Ele, Ele faz a mesma coisa que Jesus fez quando Ele esteve aqui na terra, porque somos filhos e filhas de Deus, se somos nascidos de Seu Espírito. Veem? E isso não é uma coisa mítica. Tem evidência que o prova. Mostra que isso está correto. Então nossa salvação é absolutamente perfeita.

84 O Deus do céu, que teve todos os profetas para falar da vinda do Senhor Jesus… E Jesus, quando ele veio, Ele cumpriu cada profecia. Muitas delas se cumpriram na cruz. “Ferido por nossas transgressões,” e o que Davi disse: “Meu Deus tem me abandonado.” Mas quando Deus envia um profeta, um profeta fala, Deus torna aquilo verdade, se é Deus. E aí que Ele disse para conhecê-­los. Se eles falarem, “e aquilo que eles disserem, suceder, então creiam neles, pois eu estou com eles.” Se não, então aquilo… eles estão – eles não são. Eles são falsos profetas. Ele disse: “Mas para distingui-los, veja se aquilo acontece.” Agora, veja. Se foi Deus, Quem falou nos santos profetas, falou sobre a vinda do Messias para a glória e honra de Deus… Se eu soubesse quem seria o presidente no próximo outono, e dissesse isso, aquilo seria profecia. Isso é certo. Mas Deus não profetiza assim, só para… oh, só para brincar. Deus faz algo para glorificá-Lo. Vê?

85 Mas quando o Messias veio, e quando o Messias deixou… Eu quero perguntar a todos vocês, metodistas, batistas, presbiterianos, católicos, luteranos, pentecostais, nazarenos, peregrinos da santidade, todos vocês; quero lhes perguntar uma coisa: Vocês não acham que aquele Rei dos profetas, Jesus, sabia como estabelecer Sua própria Igreja? Se todos os profetas falaram Dele, e O apontaram… Que classe de igreja Ele estabeleceu? Quando Ele partiu, Ele disse… Quando Ele esteve aqui na terra, Ele disse a Pedro: “Sobre a revelação da Palavra de Deus,” Ele disse: “Sobre essa rocha, Eu edificarei Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Não é isso correto? Certo. Quando Ele foi… Antes que Ele partisse, em Marcos 16: “Estes sinais seguirão àqueles que crerem.” Disse Ele isso? “Em meu Nome eles expulsarão demônios falarão novas línguas, pegarão em serpentes, beberão coisas mortíferas.” Ele também disse: “As obras que eu faço, vós também as fareis.” Correto? Esses são os sinais que deverão seguir Sua Igreja. Ela não é uma denominação. É uma organização estabelecida, ordenada por Deus, cheia do Espírito Santo, Igreja nascida do céu que saiu das denominações, um verdadeiro grupo de pessoas que creem.

86 Esses ministros que estão de pé aqui estão comigo. Somos homens. Ele é Deus. Mas estamos aqui para representá-Lo. Estamos aqui para lhes dizer que nós… Deus tem nos enviado para fazer esse trabalho, impor as mãos sobre os enfermos. “Esses sinais seguirão àqueles.” Aqueles sinais, todos os sinais dos quais Ele falou, seguirão ao crente. Aqui eles estão seguindo. Eles seguem. E Deus não faz acepção de pessoas. O que Ele fez por Hattie, Ele fará por você. O que Ele fez pelo cego, Ele fará por você que está cego. O que Ele fez pelo surdo, Ele fará por você. Qualquer coisa que Ele fez por alguém mais, Ele fará por você, se você somente crer. Está certo? Agora, irmão Teddy, eu quero que você toque: “Somente crer.” E enquanto essas pessoas passam pela fila, então chegaremos ao outro lado. Venhamos, todos nós impondo as mãos sobre você, orando para que suas enfermidades sejam curadas. E pode… Isso será… E eu não sei o que Deus vai fazer. Eu só estou de pé aqui agora, não sabendo o que fazer. Eu só vou orar pelos enfermos como eu prometi a alguém que eu faria, simplesmente orar pelo… No último domingo… Vocês se lembram, eu disse a vocês no último domingo foram as – foram as revelações e assim por diante. Esse domingo eu oraria pelos enfermos.

87 Vamos orar agora. Senhor, estamos aqui como Teus servos. Estamos diante de Teu povo. Estamos aqui. Não sabemos o que Tu farás. Tu podes falar em línguas. Tu podes interpretar. Tu podes dar uma visão. Tu podes fazer com que eu tome a mão de alguém para uma revelação. Tu podes falar e dar a autoridade para dizer seja o que for que Tu quiseres. Não sei o que Tu irás fazer, Senhor. E talvez, Tu desejes que imponhamos as mãos sobre os doentes. Não sabemos o que é, estamos apenas querendo Te agradar, Senhor. Estamos aqui como Teus servos, e este é Teu povo. E estamos tentando ajudá-los de acordo ao que Tua Palavra diz para fazer. Estamos tentando seguir Tuas instruções. E rogamos a Ti, Senhor, que Tu nos dês o que necessitamos para ministrar ao povo, através do Nome de Jesus Cristo. Amém. Eu quero que o restante de vocês, permaneça com suas cabeças inclinadas e ore, enquanto o irmão Wood, se você quiser… E irmãos ministros, eu creio, estejamos aqui. Quantos estão? Quatro de vocês aqui. Correto, dois de cada lado ali, e eu ficarei exatamente no começo da fila aqui. Vê? Só um momento. Agora, correto – correto… Venha aqui, irmão Gary. Agora, é isto. Fique bem ali. E à medida que eles passam, toda a congregação… Agora, se vocês, garotos, recuarem um pouco, então eles poderiam sair. Agora, enquanto todos vocês oram, vão diretamente para seu – seus assentos. Então em poucos minutos, eu chamarei o outro lado.

88 Agora, cada um de vocês, não só os ministros, mas todos vocês devem orar por essas pessoas. Você não sabe o que Deus pode fazer por você enquanto você está orando por alguém mais. Que seria se você dissesse a coisa correta? Que seria… Aqui está uma mulher de pé que está tão doente que eles tiveram que segurá-la para ficar de pé. O que seria se sua oração fosse a coisa correta assim como Banks disse a coisa correta, como Hattie disse a coisa correta? Que seria se você dissesse a coisa correta, e sua oração fizesse com que Deus descesse e fizesse alguma coisa. Veja, não é só uma pessoa, é a igreja do Deus vivo. Todos. Vêem? Agora, todos em oração.

89 Tudo certo, irmão…?… Irmão Banks, faça as pessoas passarem. Alguém aqui, se você desejar. Onde estão os porteiros… Irmão Willard, ajude-nos ali. E irmão Banks, venha aqui e depois vamos…

Vamos orar. Senhor Jesus, as pessoas estão vindo agora para serem curadas. Possam elas serem curadas enquanto impomos as mãos sobre elas.

Venha à frente agora, cada um…?… Orem agora, irmãos…?… [Parte que segue da fita esta com o som comprometido – Ed.]

Pilha de lenços, Senhor, pequenos panos que vão para os doentes e aflitos, em diferentes lugares. E possam eles serem abençoados, Pai, por meio da honra e glória de Deus, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

90 (Tenho uma mensagem aqui. Então, esteja pronto até lá.)

Correto. Que o Senhor te abençoe, irmão [Um irmão fala com o irmão Branham – Ed] Bem, de – de Oregon. São José… Maravilhoso. Deus te abençoe. Eu espero… Eu espero que seja uma das maiores reuniões. Obrigado, meu irmão. O Senhor te abençoe. Não é isto como o céu? Quando você pensa sobre pregação do Evangelho e almas levantando suas mãos para Cristo, enfermos e aflitos passando pela fila, serviços batismais, companheirismo, fraternidade; isso é só – só um pouquinho do céu que caiu sobre a terra. Vocês sabem, Ele… Eu sinto como o apóstolo disse aquela vez: “Bom é estarmos aqui.” Se pudéssemos… Nós não necessitamos senão de um tabernáculo mas… Nós amamos estar aqui para o serviço de Deus.

91 Agora, cada um de vocês que vem através da fila esta manhã, que recebeu oração, apenas recorde que o mesmo Deus que concedeu todas essas coisas que você ouviu que foram feitas ao redor do país… E elas são verdade tão verdadeiras quanto possam ser. E todos esses ministros, e o que tem sido feito em seus ministérios, que têm sido feitas no ministério que o Senhor me deu. Nós temos estado aqui com sinceridade, com todo nosso coração, orando e colocando as mãos sobre vocês, exatamente o que Jesus disse: “Estes sinais seguirão àqueles que crerem: Se colocarem as mãos sobre os enfermos eles serão curados.” Agora, isso só tem… Só há uma coisa que pode impedir isso de acontecer, seria você descrer disso. Jesus disse: “Vinde a Mim todos os que estão cansados e sobrecarregados, Eu vos aliviarei. Seja quem for que quiser, venha.” Agora só há maneira para você perder isso. A Palavra de Deus é a verdade. Uma maneira para você perder isso, é não vir. Não é isso certo? Essa é maneira para você perder isso. Deus disse: “Este sinais seguirão àqueles que crerem: Se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.” Só há uma maneira para você perder isso. E descrer disso. Se você crer na Palavra de Deus, Deus cumprirá Sua Palavra. Veja você, para… Essa seria… Essa é a primeira, inicial… Essa é a maneira para orar pelos enfermos: eles passarem, impor as mãos sobre eles, ou ungi-los, ou algo que Deus assim disse…

92 Mas depois de tudo isso, pois Deus, para te deixar saber que Ele está no meio de Seu povo, Ele mostra sinais e maravilhas. E veja, são as maravilhas e milagres do Deus vivo para fazer as coisas que Ele faz. Agora, Ele é maravilhoso. Não acha você? Agora, os irmãos estão se preparando ali para o – o serviço batismal. E será rapidamente. E agora, aqueles vão ser batizados, as mulheres vão para aquele cômodo… Não é certo, as mulheres por ali? As mulheres por aqui e os homens por aquele lado. Enquanto estamos nos preparando para o serviço batismal, eu quero ler uma Escritura nos próximos poucos minutos. E seremos… Eu sei que alguns de vocês, seus membros sofrem por ficarem de pé. E se vocês puderem aguentar só um momento mais, vocês verão uma bela visão quando vocês virem a – a imersão das pessoas.

93 Quero ler algumas Escrituras agora, encontradas no livro de Atos, no capítulo 2 enquanto eles estão se preparando para o batismo. Acho que são apenas dois ou três para serem batizados. Levará senão um momento. E quero que você ouça atentamente agora. Vou começar a ler de Atos 2, versículo 28, começando a ler.

Fizeste-me conhecidos os caminhos da vida – caminhos da vida… (isto está no plural) com a tua face me encherás de júbilo.

Homens irmãos, seja-me lícito dizer-vos livremente acerca do patriarca Davi, que ele morreu e foi sepultado, e entre nós está até hoje a sua sepultura.

Sendo pois, ele profeta, (quantos sabiam que Davi foi um profeta? Claro. Ele foi um salmista e profeta.)

Sendo pois, ele profeta, e sabendo que Deus lhe havia prometido com juramento que do fruto de seus lombos, segundo a carne, levantaria o Cristo, para o assentar sobre o seu trono,

Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção.

Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas (Isso não soa como hoje? Nós somos testemunhas dessas coisas. Eu poderia dizer isso nesta manhã a Hattie, e aos demais, que nós somos testemunhas dessas coisas).

De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvi.

Porque Davi não subiu aos céus, mas ele próprio diz: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, (vocês se recordam do último domingo, como falamos dos profetas, todos aqueles grandes homens, como eles tiveram que morrer. Mas veio Um, a Semente Real.) Assenta-te à minha direita,

Até que ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés.

Saiba, pois, com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo.

E, ouvindo eles isto (Que Jesus era ambos, Senhor e Cristo) compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;

Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.

E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa.

De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.

E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.

E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.

E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.

E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.

E perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.

Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

94 Agora, só um… Enquanto eles estão vindo para a água… Deixe-me saber se ele… Vai às águas. Que vocês possam saber, que a graça soberana reina com Deus. Eu quero voltar. Eu simplesmente não posso deixar de colocar alguma coisa mais. Vocês sabiam, aqueles dois rapazes, filhos dessa irmã, que foram salvos, Deus sabia antes da fundação do mundo, e seus nomes estavam colocados no Livro da Vida do Cordeiro antes da fundação do mundo? A Bíblia diz isso? E isso só tinha que operar naquele momento… Você sabia que Deus conhecia que nós estaríamos aqui, dez milhões de anos antes que o mundo fosse fundado? Você sabia que Ele sabia que estaríamos aqui esta manhã? O Deus infinito conhecia cada mosca, cada mosquito, cada vez que seus olhos piscariam, e quanto sebo eles produziriam. Antes que o mundo fosse formado, Deus sabia disto.

95 Agora, você diz: “Bem, se Ele sabia disto, então por que você está pregando?” Isso é Deus… Parte do programa de Deus. A pregação está em Seu programa. Quando Ele olhou sobre os apóstolos, Ele olhou para a colheita. Ele disse: “A seara é grande e poucos são os trabalhadores. Rogai ao Senhor da seara para que Ele envie trabalhadores para sua seara.” Quantos se lembram disso? Bem, por que terem eles que orar ao Senhor da seara para enviar trabalhadores para Sua seara, se o Senhor da seara estava ali de pé, sabendo que isso seria feito? Por que? Deus tem disposto isso assim, que Seu… Agora, ouçam isto. Deus tem disposto isso de modo que, Seu programa não possa se mover sem você e eu. E uma vez que não estejamos fazendo o que Deus no dirige a fazer, estamos paralisando Seu programa. Mas quando a igreja se move pela unção do Espírito Santo, então estamos na vontade de Deus, realizando Seu programa.

96 Oh, assim que eu retornar da Califórnia, o Senhor permitindo… O que o Tabernáculo Branham está precisando é de um reavivamento. Eles necessitam de um reavivamento e de um enchimento do Espírito Santo. E essa é a grande necessidade do Tabernáculo, algumas das melhores pessoas do mundo vêm aqui. Mas o que necessitamos é do batismo do Espírito Santo. Eu sinto isso, posso dizer isto. E assim que eu retornar, se o Senhor permitir, vamos ter um reavivamento para esse propósito: Que os membros deste Tabernáculo, e outras pessoas que estão buscando o Espírito Santo possam vir, nós daremos instruções e tudo mais, teremos reuniões de oração aqui para receber o Espírito Santo. E que a Igreja possa voltar a vontade de Deus e seguir em frente com o programa de Deus enquanto se move. O Senhor vos abençoe. Creio que eles estão prontos agora para o tanque. Assumam isso e então eu vou lá orar por eles…

***********

MEU NOVO MINISTÉRIO
15 de Novembro de 1959
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Correto, irmão Neville. Obrigado, irmãos. Bom dia amigos. Certamente é um privilégio estar aqui nesta manhã no Tabernáculo, já de malas feitas. E aguardamos que comece uma grande reunião em São José esta semana, em – em São José, Califórnia. Vamos partir imediatamente após o culto para a Costa Oeste. E então, desceremos a Coconut Gardens para cerca de dois dias também, o Senhor permitindo, com os Homens de Negócios Cristãos. E esperamos um grande tempo no Senhor na Costa Oeste. Eles têm oitenta e duas igrejas no patrocínio, e ambas as associações de São Joaquim e os vales através da Costa Oeste. E então estaremos na área de uma feira ali. Se alguns de seus amigos que vocês conhecem, quiserem ir a alguns dos cultos, estaremos felizes em encontrar seus amigos e – e seus parentes.

2 E esperamos… Eu tenho uma grande inspec-expectação esta manhã, mais do que a maioria de outras reuniões em que já estive, porque eu creio que estamos às vésperas de algo que está se preparando para acontecer. Tenho aguardado isso por longo tempo. E eu – eu creio que estamos exatamente às margens disto agora, para algo de Deus que vai ajudar a Seus filhos um pouco mais acima na estrada. Vocês sabem, a Bíblia diz que quando o inimigo vem como uma torrente, o Espírito de Deus arvora a bandeira contra ele. E quando Deus dá à Sua igreja uma bênção, então ela segue adiante com aquela bênção até aquilo se tornar comum para o mundo, então começam a decair. Então o Espírito de Deus vem e levanta uma bandeira novamente. E ali irrompe um reavivamento, ou algo. E nossa grande esperança é esta: Que num destes dias o Espírito de Deus enviará de volta Jesus Cristo à terra. E então, isso será perfeito. Essa será a verdadeira bandeira.

3 Agora, eles estão ao redor das – das paredes e coisas, e por todo o edifício. Eu encontrei um homem entrando quando eu estacionei meu carro, e ele disse… Eu disse: “Você… Eu o deixarei aqui com a chave, então, você poderá tirá-lo quando quiser.” Ele disse: “Bem, tentei entrar no edifício; eu não encontrei nenhum lugar para ficar.” E nossa igreja é pequena demais para uma reunião. Mas saindo esta manhã, e nós anunciamos isto no último domingo, quanto a estar aqui, e que viríamos para orar pelos enfermos, e daríamos a vocês algumas instruções sobre o que temos visto acontecer. E tem havido mais, pela graça, de Deus, acrescentado a isso esta manhã.

4 Agora, nós temos pregado, e outros antes de nós, sobre a proximidade da vinda do Senhor, a breve vinda. E cremos que está se aproximando. Naturalmente está, no dia a dia. Mas se parássemos e pensássemos nisso, num desses dias, você vai ouvir isto pela última vez, e então o Senhor Jesus virá. Toda a terra, as – as árvores, toda a natureza, as pessoas, a igreja, tudo está gemendo, chorando, agarrando, esperando por aquele dia de Sua vinda. A natureza sabe que ela – ela vai parar de sofrer então. E as pessoas sabem que elas pararão de sofrer então. A morte perderá seu domínio, e a sepultura e o inferno serão tragados pela vitória.

5 Fiquei tão feliz esta manhã ao encontrar este pequeno pastor aqui que tocou a música e cantou, de Sellersburg. Um dos irmãos esteve falando sobre o reavivamento que está acontecendo lá em cima. E eu creio que eles já anunciaram isto e assim por diante. Então está muito bem. Que o Senhor possa abençoá-los ali em cima e cada esforço que eles empregarem pelo Reino de Deus, é minha sincera oração.

6 Agora, a Palavra do Senhor é mais preciosa para nós. Sabemos disso. Então hoje, eu creio que estamos muito próximos da vinda do Senhor, e os campos estão tão necessitados… Acabei de falar para alguns dos irmãos. Eu creio que uma grande parte de meu ministério será designada para o exterior. Estamos pensando na África após o Natal, e pela Austrália, e muitos lugares. O Senhor está Se movendo agora e abrindo caminhos para nós. Temos convites de todo o mundo para um longo período. E só podemos assumir isso após o Natal agora, se todos vocês orarem por nós.

7 Agora, eu tenho aqui, diante de mim, a Palavra d Deus aberta. Agora, eu abri as páginas porque eu fisicamente, pela ajuda de Deus, eu sou capaz de fazê-lo, abrir a Bíblia. Mas eu não sou capaz de abrir o conteúdo. Só há Um que pode fazer isso, e esse é unicamente Deus. Foi Ele Quem a escreveu por Seu Espírito Santo. E Ele é o único que pode abrir a Bíblia para nós. E eu confio que Ele abrirá nossos corações enquanto A lemos, e A fará conhecida a nós. Eu serei muito breve esta manhã. Primeiramente, eu quero fazer conforme eu prometi, lhes falar tudo que tem acontecido nos últimos dias concernente à mudança de meu ministério. E assim eu tenho que encurtar o texto; então oraremos pelos enfermos. Eu creio que haverá batismo, porque eu vi o tanque cheio. Mas antes de seguirmos em frente, vamos inclinar nossas cabeças por um momento agora em oração. E eu gostaria de saber quantas pessoas têm a consciência de que você necessita de Deus, e levantaria suas mãos a Deus e diria, assim como fazemos: “Lembre de mim, Senhor. Eu tenho necessidade de tais e tais coisas.”

8 Vamos orar. Ó Senhor, quietamente… Entendemos que devemos vir quietamente à presença de Deus, pois aquele que se aproxima de Deus deve crer que Ele existe, e que é galardoador daqueles que diligentemente O buscam. E vimos na quietitude do Espírito ao Teu Trono, ó Deus. E elevamos nossos corações diante de Ti, e dizemos: “Sonda-nos, ó Senhor.” E se houver alguma coisa imunda em nós, remova-a, Senhor, para tão longe quanto é distante o leste do oeste. E se houver alguma iniquidade em nossos corações, alguma coisa que impeça nossas orações de serem respondidas, rogamos que Tu deixes o Sangue do Senhor Jesus remover toda mancha de nosso espírito e de nosso coração. Pois está escrito: “Se eu atender a iniquidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.” E Tu viste as mãos enquanto eram levantadas, as quais, para nossos olhos físicos representavam as necessidades de seus corações. Nós oramos, ó Senhor, que Tu atendas a todos eles. Há muitos necessitados.

9 E gostaríamos de pedir, na congregação, nesta manhã, que Tu Te lembres desta reunião que se aproxima, em São José. Ajude-nos, ó Senhor, enquanto centenas de milhas de neve e gelo estarão diante de nós na viagem. Mas vamos no Nome do Senhor, tentar fazer tudo que colocaste dentro de nós para ajudar Teu povo, Senhor. Faça com que os perdidos se encontrem Contigo como seu Salvador, e ajude o fraco e o cego, suavizando o caminho para outros que nos seguirão. Abençoe nossa pequena igreja e seu pastor, nosso irmão Neville, todos os administradores, os diáconos, e o laico, e todos os professores, e todos os afiliados, não só esses, mas todas as igrejas que estão representadas aqui. Para aqueles jovens que estão prestando apoio em Sellersburg, pediríamos, Senhor, que Tuas mãos se estendam para eles, Senhor. Que Tu possas levantar uma poderosa igreja do Deus vivo em Sellersburg. Conceda-o, Senhor.

10 Cure o enfermo; dê vista ao cego, força ao fraco, e salvação ao necessitado. Enquanto lemos Tua Palavra esta manhã, possa o Espírito Santo vir, entrar na Palavra e vivificá-La para nossos corações. Abençoe aqueles que vão ser batizados. Que eles sejam cheios com o Espírito Santo quando se levantarem das águas, dando glórias a Deus. Obtenha glória para Ti Mesmo, Senhor. E enquanto nos reunimos nesta manhã para a purificação de nossas almas e nossos pensamentos, que possamos deixar este Tabernáculo, nesta manhã, com mais determinação do que alguma vez já tivemos para Te servir. Que possamos viver congregados, entrelaçados e unidos pelo Espírito Santo, até o dia quando nos encontrarmos em Tua Casa na Glória, ao redor do Teu Trono, onde milhões estarão cantando: “Hosanas, Hosanas.” Que possamos estar ali sem que falte nenhum. Conceda-o, Senhor. Até aquele tempo, mantenha-nos saudáveis, felizes, e cheios com o Espírito Santo, Te servindo. Estas coisas nós pedimos no Nome de Jesus Cristo. Amém.

11 Que o Senhor acrescente as bênçãos enquanto lemos agora no livro de São Marcos, capítulo 11, começando com o versículo 1. E então, depois desta pequena citação, ou exortação, então eu irei para nosso texto. Esta é a leitura a qual eu estou fi-querendo falar.

E quando vieram …

Peço perdão, eu quero começar no versículo 10 para ganhar tempo, no versículo 10 do capítulo 11.

Bendito o reino do nosso pai Davi, que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas.

E Jesus entrou em Jerusalém, no templo e, tendo visto tudo em redor, como fosse já tarde, saiu para Betânia com os doze.

E no dia seguinte, quando saíram de Betânia, teve fome.

E, vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e, chegando a ela, não achou senão folhas, porque não era tempo de figos.

E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E os seus discípulos ouviram isto.

E vieram a Jerusalém; e Jesus, entrando no templo, começou a expulsar os que vendiam e compravam no templo; e derribou as mesas dos cambiadores e as cadeiras dos que vendiam pombas.

E não consentia que alguém levasse algum vaso pelo templo.

E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada, por todas as nações, casa de oração? Mas vós a tendes feito covil de ladrões.

E os escribas e príncipe dos sacerdotes, tendo ouvido isto, buscavam ocasião para o matar; pois eles o temiam, porque toda a multidão estava admirada acerca da sua doutrina.

E, sendo já tarde, saiu para fora da cidade.

E eles, passando pela manhã, viram que a figueira se tinha secado desde as raízes.

E Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira que tu amaldiçoaste se secou.

E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus.

Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.

Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-ei.

12 Que preciosa promessa. E é absolutamente a verdade. Isso me deixou perplexo por muito tempo, se posso usar essa expressão. Que poderia ser isso? E uma vez, quando eu comecei a pregar aqui no Tabernáculo, há muitos anos atrás, eu busquei a palavra “inferno.” E busquei as muitas referências a ela, e se referia a “hades” no grego, o que significava “a sepultura.” E eu não sabia o que dizer, porque eu não quero ser responsável pelas almas dos homens no dia do julgamento. Eu pesquisei e pesquisei, até que eu encontrei qual era a verdade. Por cerca de quatro ou cinco anos, eu não toquei no assunto sobre “inferno”, até que eu encontrei qual era a verdade a respeito daquilo.

13 E então, essa Escritura me deixou ainda mais perplexo, porque era importante: tal promessa sendo feita por ninguém mais que Jesus Cristo. E quando Ele disse a Seus discípulos: “Tudo quanto disser, você pode ter. Se disser a esta montanha: “Ergue-te e lança-te no mar e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito”… Oh, se pudéssemos pesar essas palavras: “Tudo que disser”, não o que eu digo, mas o que você disser. “Tudo o que disser lhe será feito”… Por anos eu fiquei sobre aquilo. Eu fui a cada léxico, a cada comentário, cada tradução, mesmo à versão Douay. E todos os tradutores traduziram da mesma forma: “Tudo que disser lhe será feito.” Então eu sei que se está escrito na Escritura… Para mim, toda a Escritura é a Verdade. E se eu não puder dividi-La corretamente, Ela continua sendo a Verdade.

14 Então eu creio que às vezes Deus só nos permite ver certas coisas quando chega o tempo para vermos aquelas coisas. Ele retém essas bênçãos. Como as bênçãos que estamos desfrutando hoje, nossos antepassados não desfrutaram delas. Não era tempo para elas.

15 E eu posso me lembrar quando o Espírito Santo aquela noite, quando eu voltei do moinho onde eu estive orando, eu voltei a esse mesmo púlpito, e disse a muitos de vocês que estão assentados aqui, que Ele, por Seu Espírito, tinha colocado sobre mim uma comissão para todo o mundo: que o coxo caminharia, e o cego veria, e que reis e monarcas chamariam por oração. E isso daria início a um reavivamento entre os irmãos que varreria ao redor do mundo antes da vinda do Senhor. Foi difícil crer nisso. Foi difícil para mim mesmo crer nisso. Mas foi o que aconteceu. E fez isso, até hoje re – o fogo do avivamento do Espírito Santo está ardendo ao redor do mundo. Índia, África, Ásia, por toda Europa, e por toda a parte, homens do Espírito Santo, cheios com o Espírito, estão incendiando o mundo com um avivamento do poder do Cristo ressurreto. Coxos caminham, cegos veem, surdos ouvem, mudos falam, todas as classes de maravilhosos milagres estão acontecendo, porque Deus o prometeu. E a promessa de Deus é verdade.

16 E quando eu comecei a refletir sobre isso, eu não pude fazer nada, a não ser indagar Àquele Que estava falando comigo. Eu era incapaz. Eu imaginava como Deus pegaria um pequeno analfabeto descuidado, porque nisso, Ele – ­Deus toma algo que é nada, algo que tem sido lançado fora… É isso que me faz amar ao povo de Deus assim. Eles foram expulsos como santos roladores ou pessoas ilegítimas. Mas é então quando Deus está pronto para apanhá-los e fazer alguma coisa com eles. E isso Lhe agrada. Isso mostra que Ele é Deus: A mão de Deus toma o nada e com isso faz alguma coisa, toma um pecador como eu, e faz dele um cristão.

17 Eu Lhe questionei acerca da habilidade. E Ele me disse que era para eu orar pelas pessoas enfermas. E a comissão era: Leve as pessoas a crerem e seja sincero, então nada parará diante da oração. Muitos de vocês aqui se recordam disso, foi impresso em forma de literatura e está através do mundo. Eu questionei, como eu poderia fazer aquilo quando eu não tinha nenhuma educação. E Ele disse: “Dois sinais te serão dados como foram dados a Moisés.” E um deles seria como a mão de Moisés: Ele mudou de lepra para cura, e… E então o mesmo aconteceu sobre o – colocando minha mão sobre as pessoas. E então como isso se manifestou. Então Ele disse: “Você conhecerá os próprios segredos de seus corações.”

E eu – Eu disse: “É por isso que eu estou aqui.”

Ele disse… Então Ele explicou as Escrituras para mim. E oh, desde então, a Bíblia se tornou uma nova Palavra para mim. E eu olhei de modo diferente para Ela, uma visão diferente Dela. Algo aconteceu.

Então, um pouco mais tarde, Ele disse: “Então, se você for sincero, permanecer humilde, se mantiver afastado do dinheiro e coisas”, disse: “Então Isso continuará te abençoando, e você continuará a subir.”

18 Quantas vezes olhamos em homens que ascendem a grandes posições sociais, assim, e obtêm grandes nomes. Porém, muitas vezes não é isso que Deus chama de grande. Vocês recordam de quando João foi – veio pregando? A Bíblia predisse que cada montanha seria aplainada, e cada vale seria levantado. Veem? E quando veio, você achava que viria do céu com carruagens de fogo. Mas o que foi, senão um pobre homem vestido num pedaço de pele de ovelha envolto ao seu redor; e nos barrancos do Jordão, pregando, nos barrancos lamacentos, não tinha nem mesmo uma igreja. Mas Deus chamou aquilo de grande. E Jesus disse a Seus discípulos que não havia nenhum nascido de mulher tão grande como João Batista… Você toma todos os reis, e Davi, o profeta, e todo seu grande esplendor, e Salomão; eles nem mesmo chegavam aos pés de João. No entanto, ele não tinha nem mesmo um lugar para reclinar sua cabeça. Então você não tem que ser rico e poderoso nesse mundo para ser grande na visão de Deus. Você só tem que ser humilde em seu coração. E Deus chama isso de grandeza. Aquele que é grande o suficiente para se humilhar. Essa é a grande pessoa que – que assumirá a culpa de tudo, que se humilhará. Isso é grandeza.

19 Então encontramos isso, que Deus disse. Então foi pronunciado do púlpito aqui a primeira vez. Fez exatamente o que Ele disse que faria. Então venha… A igreja Pentecostal teve um avivamento. E hoje, a igreja Pentecostal é a igreja que mais cresce em todo o mundo. No ano passado eles registraram (Isso não nos inclui e – e aqueles fora das denominações) um milhão e quinhentas mil conversões no ano passado, cobriram todo o resto do protestantismo juntos e os católicos também. O catolicismo só teve, eu creio, quatrocentos e setenta e cinco mil, algo assim, de conversos ao redor do mundo. Mas a Pentecostal atingiu a um milhão e quinhentos mil. Deus está preparando Sua Igreja. Homens incultos, de baixa graduação, se levantaram no poder, na unção do Espírito Santo, saíram sem nenhuma educação ou nada, e proclamaram as insondáveis riquezas de Cristo. Isso é que é grande na visão de Deus.

20 E observamos então que todas essas coisas atearam fogo, e o Espírito Santo foi fiel à Sua Palavra. Depois de cinco anos tomando a pessoa pela mão… Então, uma noite em Queen City, em Regina, no Canadá, um homem atravessou a plataforma, e ali, sua vida foi aberta tanto quanto podia ser diante do Espírito Santo. Ali estava o discernimento como Ele prometeu. E tem sido assim ao redor do mundo. Está impresso em muitas, muitas línguas, até ao ponto em que quase todo o mundo sabe disso. E então o inimigo entrou e criticou isso, e disse que era leitura de mente, e ali estavam as personificações disto, e tudo mais. Mas em meio a tudo isso, Deus Se moveu exatamente do mesmo modo. Deus permanece fiel à Sua leal promessa. Ele será cada vez.

21 Agora, encontramos, mais tarde então, eu estava indo pescar, lá em Dale Hollow, com alguns irmãos, Sr. Wood e seu irmão. E eles eram testemunhas de Jeová, e tinham acabado de se converter e de serem batizados na fé. E enquanto estávamos pescando recostados no barranco… Já contei essa história a vocês muitas vezes. Ali… O Sr. Wood disse: “O…” (Banks Wood, o – um de nossos administradores aqui agora) Falou sobre certa velha irmã que costumava alimentá-los com uma fatia de pão caseiro e manteiga. Ela pertencia à Igreja de Deus. E disse: “Lyle,” seu irmão, “nós devíamos subir e contar a ela que fomos salvos.” Vocês sabem, há certas coisas que falamos que ganham sustentação com o Espírito Santo, certas coisas que diretamente O agradam. E quando dizemos essa coisa… Quero que você observe: “O que você diz”. Se pudéssemos encontrar o que dizer. Tuas palavras te julgam. Tuas palavras te condenam, ou tuas palavras te abençoarão.

22 E inconscientemente, Banks deve ter dito a coisa certa. Pois assim que ele disse aquilo… Eu estava assentado na popa do barco, pescando com a linha, com isca artificial para pescar peixinhos, para colocá-los na linha para iscas, caso ficássemos sem iscas. E eu estava pegando aqueles peixinhos e colocando-os num balde para o espinhel. E quando Banks disse aquilo, de súbito, Algo me atingiu. Ele disse a coisa correta. E o Espírito Santo falou e disse: “Assim Diz o Senhor, tu verás nas próximas poucas horas que haverá uma ressurreição de um animalzinho.” Eu pensei que seria um gatinho que eu creio que meu garotinho tinha apertado muito e prendido a respiração dele e – e o deixado cair no chão antes de sairmos. Eu pensei que seria isso. Mas para nossa surpresa, na manhã seguinte… Enquanto estávamos assentados no barco… E sei que Banks está aqui. Eu creio de Lyle está. Lyle está aqui, Banks? Ou… Se você estiver Lyle, levante sua mão. Ele desce com a gente todas as vezes.

23 Ele foi-pegou um peixe com um – um do – um anzol longo, um peixinho azulado. E ele engoliu todo o anzol. E ele pegou o peixinho, e ao invés de tirar o anzol de sua boca, ele havia pego muito profundamente, então ele o puxou. E ele puxou o – o estômago, e os intestinos, e as guelras e tudo, para fora de sua boca. E ele jogou aquilo na água, um peixinho como tínhamos estado pescando na noite anterior, e tínhamos cortado centenas deles ou mais para iscas. E o pequeno companheiro estremeceu quatro ou cinco vezes e tentou e se esforçou com sua boquinha; mas não pôde, porque estava cheia com guelras e assim por diante. E Lyle disse: “Você usou seu último cartucho, companheiro.”

Bem, eu continuei pescando, não estava pensando em nada quanto a isso. Então (Deus faz coisas muito estranhas), de súbito, eu senti que ali estava vindo Algo do topo daqueles bosques. O Espírito Santo desceu e disse: “Ponha-­se de pé!” Disse: “Fale àquele peixinho, e ele viverá novamente.” Ele tinha estado morto ali por uma meia hora, flutuando de volta para as ervas daninhas. Eu disse: “Peixinho, eu te dou sua vida no Nome do Senhor Jesus.” Aquele peixinho se virou, se virou e saiu através da água tão energicamente quanto pôde.

24 E eu fiquei ali, não sabendo o que fazer. O irmão Banks disse: “Bom é estarmos aqui.” E Lyle disse: “Isso foi para mim, porque eu disse aquilo para ele, ‘você usou seu último cartucho, companheirinho.” E ele ficou todo perturbado.

Eu disse: “Não, não é isto.” Eu estava tentando consolar Lyle. Eu disse: “Não é assim.”

E então a Escritura veio a mim novamente. Eu tinha pelo menos uma centena de crianças espasmódicas na lista para oração, muitas pessoas, leucemia, e câncer, pessoas sendo comidas pela tuberculose, cegos e surdos-mudos. Há páginas e mais páginas em minha casa cheias deles. E pareceu que um Deus misericordioso deveria ter concedido isso ao invés de usar Seu poder com um velho e insignificante peixinho. Mas Deus permanece Deus.

25 Por que Deus não usou Seu poder sobre os leprosos nos portões, ao invés da pequena figueira? Que é que isso faz? Deus deseja mostrar que Ele está preocupado. Ele conhece todas as coisas. Ele é Deus sobre a figueira. Ele é Deus sobre o peixe. Ele é Deus sobre a criação. Ele é Deus sobre todas as coisas. E não há nada tão pequeno ou tão insignificante em que Ele não esteja interessado. Então isso nos faz saber, embora sejamos pequenos e insignificantes, Deus está interessado em nós fazendo algo por Ele. Ele gosta de expor Sua glória. E aquilo me atingiu tanto que eu dificilmente pude descansar o resto do dia e noite. Isso foi há dois anos atrás. E constantemente, isto tem me causado assombro. E eu diria: “Oh, eu simplesmente não digo nada sobre isso, pois eu não posso posicionar isso na expiação.”

“Tudo que disserdes, acontecerá. Podes ter o que disserdes.”

E eu tenho estado aqui neste mesmo púlpito e tentado, e corrido às Escrituras, e refreado isto, e voltado, porque eu estava com medo de usar isso. Você não pode ter fé a menos que você saiba o que você está fazendo.

26 Um companheiro veio a mim há não muito tempo atrás, e disse: “Irmão Branham, você acha errado um cristão fumar tabaco?”

E eu disse: “O que você está me perguntando? Se há uma interrogação em sua mente, deixe isso de lado. Nunca…” Você nunca pode ter fé a menos que você esteja perfeitamente certo de que você está correto. Quando todas as sombras são afastadas, então você pode ter fé e confiança. E eu não posso sair ali e pregar essa Escritura, não sabendo o que estou falando. Não obstante, eu sabia que aquilo era do Senhor.

27 Muitos de vocês são testemunhas, que pelos dois últimos anos, vocês constantemente têm me ouvido dizer que há algo, algo em algum lugar. E eu estou alcançando; eu sei que isto está à mão. Simplesmente não consigo entendê-lo. Eu disse: “Eu acertei uma Escritura, agora eu não sei o que fazer, porque as Escrituras…” Embora você possa colocar uma interpretação… Se alguém tivesse me perguntado eu teria dito alguma coisa para eles, afastado, e virado para algo mais. Mas encarar a questão… Assim como temos que encarar a questão: É o batismo do Espírito Santo certo ou errado? Temos que encarar a questão: É Jesus Cristo o mesmo ontem e hoje e eternamente? Isto é certo ou errado? Temos que encarar isso. Devemos saber que a Palavra de Deus é sempre a verdade.

28 Então isso se foi, e ia e vinha, e ficava em minha mente, e eu simplesmente não podia me livrar daquilo. E por onde quer que eu ia, aquilo constantemente vinha a mim. Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito. Eu pensei: “Como pode ser, Senhor? Seria eu mesmo falando isso. E… Não seria nada bom, pois isso seria eu mesmo dizendo aquilo. Então eu não posso dizer nada senão o que Tu dizes, e eu – eu só o digo pelas Escrituras.” E todas as coisas descansam na expiação. Não há bênçãos fora da expiação, porque fora da expiação nós somos pecadores. Se fosse uma coisa universal para todos, então todos seriam salvos. Mas é sua atitude em relação às bênçãos da expiação que traz as bênçãos a você. Como a salvação. No que concerne a Deus, eu fui salvo quando Jesus morreu. Mas isso nunca me fará nenhum bem até que seja revelado a mim que Ele é o Filho de Deus, e eu O aceite como meu Salvador. E cada Escritura é a mesma coisa. A cura divina é para você se Deus lhe revelar que ela é para você. Tem que vir por revelação. E quando é revelado que “Por suas pisaduras você foi sarado”, ali não há nada que Satanás possa fazer, como disse nosso irmão de Sellersburg: “Nem todos os demônios conseguiriam mover aquilo.” Claro. Quando algo é revelado.

29 Observe. Então neste último outono, muitos me disseram: “Por que é assim, toda manhã você – quando você está em casa, você toma seu rifle e sai às matas para caçar?” Eu quero que você saiba que Ele é Deus das florestas tanto quanto Ele é Deus da cidade. Ele é Deus ali fora tanto quanto Ele é D us aqui. E Deus sempre trata com os homens de acordo com a capacidade deles, e que… Como Davi, por águas tranquilas e pastos verdejantes, porque ele era um pastor, e de diferentes formas Ele tem revelado… E algo… Eu me levantava de manhã para ir à floresta realmente cedo, por volta de quatro horas para caçar esquilos. E mesmo minha esposa me disse: “Billy, você nunca vai se cansar de sair para caçar?” Veja. Esta batalha é ganha sozinho. Minha esposa não entende isso. Eu não entendo isso. Mas é uma batalha. Você tem que permanecer só. Ninguém pode ficar com você. Há apenas um espaço para você e Jesus. Incompreendido? Claro. Mesmo para minha garotinha li, Rebeca. Ela disse: “Se alguma vez eu for me casar com um homem, se ele mencionar que vai caçar, eu não me casarei com ele.” Disse: “Eu sei o que minha mãe tem passado: O marido vai para as reuniões, assim que chega em casa, pega um velho rifle ou uma vara de pescar e vai para as matas.”

Eu disse: “Você preferiria que ele fizesse isso, ou preferiria que ele pegasse as cartas de baralho ou – ou alguma loira e saísse? E eu simplesmente desenhei sua opinião.”

E quando eu voltei naquele dia, ela disse: “Papai, eu peço desculpas por aquilo. Eu vou me casar com um homem que, como você, goste de caçar, então eu vou caçar com ele.” Ela disse: “Eu vou com ele.”

Eu disse: “Bem, está tudo muito bem. Eu gostaria que você conversasse com sua mãe um pouquinho sobre isso.”

30 Mas há algo na floresta. Quando eu conheci a Deus, eu quis me arrepender. Eu não sabia como me arrepender. Eu não sabia como falar com Ele. Então eu me assentei e escrevi uma carta para Ele e Lhe pedi para me perdoar. Eu não sabia como fazê-lo, então eu sabia que eu havia sentido alguma coisa na floresta. E eu a preguei em uma árvore, para que então quando Ele descesse através das matas em algum lugar eu O veria, e Ele poderia ler aquilo e entender o que eu quis dizer; que eu sentia por não Lhe haver servido, e eu queria que Ele perdoasse meus pecados. Então eu fiquei envergonhado de mim mesmo e a tomei. Eu disse: Se Ele é um homem, Ele entenderá como um homem; Ele é meu Criador.”

E eu desci ao galpão e comecei a falar com Ele como um homem, e Ele me respondeu de volta como um homem.

31 Então isto foi no… Tenho algumas datas anotadas aqui. Dia 12 de outubro… No dia 15, na temporada de caça que estava aberta em Wyoming. No – no dia 12 era o último dia que eu podia caçar. E então nós sairíamos no dia 12. Quero dizer, no dia 10. Estávamos na floresta, que era um sábado. Domingo, dia onze, eu preguei. Na segunda, o irmão Sothmann e o irmão Roberson lá atrás, e todos nós, saímos para – para a reunião – ou melhor, para a caça de veados em Wyoming. Na manhã do dia dez, que seria… Então no dia dezoito, a temporada seria encerrada em Indiana. Não teríamos mais caça de esquilo. Então eu disse: “Esta será a última vez que poderei sair.” E nós nos reunimos em um grupo, e eu me perdi deles pela mata. E eu fiz o caminho de volta a um lugar onde eu gostava de ir em Salem. A temporada estava encerrando. Os esquilos eram poucos. Eu havia saído muitas vezes, obtendo um esquilo cada vez.

32 Então nessa manhã, eu caminhei pelas mesmas matas. E um vento raro começou a soprar. E qualquer um que caça sabe que uma manhã assim é ruim. Cacei através de toda a mata sem ver se quer um esquilo ou ouvir um. Desci por um córrego, e comecei a subir para encontrar outra pequena extensão da mata. E assim me aproximei desta pequena mata, ali havia uma – uma porção de nogueiras e alfarrobeiras. As folhas haviam caído delas, só uma mata descoberta. Ao lado havia duas árvores de sicômoro. Agora, esquilos não se penduram em árvores de sicômoro. Mas exatamente acima, me pareceu ver de relance uma visão – eu vislumbrei um esquilo subindo através da mata, mas ele corria rapidamente. “Bem”, eu disse, “não preciso caçar. Há gente por aqui. Os fazendeiros estão colhendo o milho ao redor da mata. Os esquilo não ficariam aqui.”

33 Então eu me assentei entre as duas árvores, e apoiei meu pé sobre uma e me recostei contra a outra sob o sol quente. Eu pensei: “Vou tirar um cochilo. Então eu alcançarei o irmão Banks e irmão Sothmann, e os rapazes assim que eu voltar pela estrada.” E enquanto eu estava assentado ali… [O irmão Branham tosse – Ed.] Me perdoem. Enquanto eu estava assentado ali sob a árvore, aninhado, e o sol quente brilhando sobre mim, Algo disse: “Se disseres a este monte: ‘Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidares em teu coração, mas creres que se fará aquilo que diz, tudo o que disseres será feito.’”

Eu disse: “Bem, aí está essa Escritura em minha mente novamente.” Eu disse: “Eu tenho um tempo aqui, cerca de uma hora antes que eu vá me encontrar com o resto dos rapazes, então eu estudarei essa Escritura.” Eu disse: “Agora, como poderia isso ser aplicado?” Eu disse: “Aqui está a única maneira que isso pode ter sido aplicado. Aqueles discípulos viveram do outro lado da expiação. A expiação foi mais tarde, cerca de um – oh, muitas semanas mais tarde, antes que a expiação fosse feita. Jesus lhes deu poder do outro lado da expiação, como Ele fez aos profetas.” E quando eu disse, “profetas,” Algo me atingiu novamente. “O que eram os profetas?”

34 Então eu comecei a pensar nisso, sobre o que Ele fez com os profetas. E eu fiquei… Depois de haver estado falando por um momento comigo mesmo, simplesmente pensando, até me tornar consciente de Algo próximo, até ao ponto em que estava falando com Alguém. E Algo me disse: “Isso é na expiação, pois se um homem ou uma mulher estão tão consagrados e rendidos a Deus, Deus simplesmente Se move e usa a voz deles, isso não é o homem falando, é Deus que está falando nele…”

Eu pensei: “Isso é certo.”

Algo me disse: “Quem você pensa… Como você vê aquelas visões na plataforma? Como você vê aquelas visões ali? Que é aquilo? Você acha que é seu próprio conhecimento, que você poderia predizer algo que aconteceria cada vez ao pé da letra? Você acha que é você falando? Você acha, alguma vez, quando o Espírito Santo entra numa mensagem, e você não sabia o que dizer, que é Ele falando então? Que é aquilo quando um homem fala em uma língua sobre a qual ele não sabe nada? Que é que interpreta aquela mesma língua, se nenhum deles sabe coisa alguma sobre ela? E o indivíduo ou é o Espírito do Deus vivo?

Eu disse: “Isso é verdade. Eu vejo. É Deus que está falando, e toda a igreja necessita estar um passo mais próxima Dele, uma vida mais consagrada para viver com Ele.”

35 E enquanto eu estava ali apenas por um momento ou dois, pensando sobre isso, me peguei conversando com alguém. E ouvi Algo dizer: “Peça… Diga o que quiser, e isso acontecerá.”

E eu disse: “O que Tu…” Eu disse: “A Quem eu falo? Quem és Tu? Quem está aqui nesses arbustos que eu posso ouvir essa Voz me falando? Quem és Tu? Fale para mim.” Eu fiquei todo agitado e saltei de entre as árvores; eu disse: “Fale a mim. Quem és Tu? Eu não posso Te ver.” Eu olhei para aquela Luz ali; eu não vi nada. Eu gritei: “Quem és Tu? Onde Tu estás? O que Tu queres comigo? Senhor, onde estás?

Algo se moveu atrás e disse: “Diga o que você quiser e isso será dado a você.”

Eu disse: “Senhor, estás Tu mudando meu ministério? É esta a mudança sobre a qual Tu tinhas falado? É isto que está vindo para mim? É isto que será, aquilo que eu vi naquela casinha na visão. É isto?”

Só então, uma real e profunda, doce unção do Espírito Santo me levantou e disse: “Diga o que você quiser, e isso te será dado.”

36 Fiquei espantado ali. Aquilo me deixou, eu me vi sem nada. Eu pensei, “Bem, o que eu poderia dizer? Não há pessoas enfermas aqui. Não há nada aqui. Eu estou na mata. O que eu poderia dizer? O que – o que – o que eu poderia fazer?” E eu pensei: “Ora – Ora… Estou eu perdendo minha mente? Tenho eu estudado até ao ponto em que eu estou – estão minhas faculdades mentais se fragmentando?” E então, eu ouvi Aquilo exatamente da mesma forma como vocês me ouvem, dizer: “Não está você caçando? E você não tem caça.” Disse: “Fale qualquer coisa que você desejar.”

Bem, eu pensei isto: “Deus disse: ‘Prove todas as coisas,’” Eu disse: “Senhor Deus, se isso és Tu, e este é um sinal de que Tu estás determinando a mudança de meu ministério daquelas visões a algo maior que eu tenho buscado por tanto tempo,” eu disse: “Que aconteça de Tu responderes minha oração.”

E eu fiquei ali um pouquinho. E pensei: “O que Ele disse? Ele não disse: “Ore”, Ele disse: ‘Diga o que você quiser.’ Diga-o e tuas palavras se concretizarão. Fale a esta montanha e acontecerá exatamente como você disse.”

37 Então eu apoiei meu ombro contra a árvore. E eu estou acostumado a… Tenho meu rifle ajustado para uma trajetória de cinquenta jardas. Então eu – eu olhei ao redor para ver uma árvore que estivesse a cinquenta jardas. E a única que estava a cinquenta jardas estava sem folhas, eu disse: “É quase que totalmente impossível que um esquilo venha àquela árvore. Bem próxima dos fazendeiros que ali estavam apanhando seu milho.” Eu disse: “Mas ali estará um esquilo vermelho saindo do final daquele galho e assentará ali, e eu atirarei nele daqui.” E assim que eu disse isto, ali estava um esquilo. Eu tremi um pouco, nivelei e atirei no esquilo, me aproximei e o peguei. Eu estava todo trêmulo. Eu disse: “Talvez isso simplesmente aconteceu dessa forma.” Você sabe como as pessoas podem duvidar. Mas você deseja estar seguro. Não faça nada a menos que você esteja confiante, e então você sabe o que está fazendo.

38 Esfreguei meu rosto um pouco, e olhei, o tiro perfeitamente no olho. Então eu subi e me assentei ao lado da colina, e eu disse: “Senhor, está escrito em Tua Palavra ‘que pela boca de duas ou três testemunhas, toda palavra seja confirmada.’” Eu disse: “Se foste Tu, perdoe a minha estupidez. Mas se foste Tu, rogo-Te que me dês outro esquilo como esse.” E eu disse: “Então eu crerei em Ti, que és Tu. E o diabo não terá qualquer espaço para dizer que isso simplesmente aconteceu dessa maneira.”

Então eu me assentei. Apenas em um momento, aqui veio isso (eu chamo isso) uma super unção, varreu de novo, e eu quase fiquei suspenso, e disse: “Diga o que quiser, e lhe será dado.”

Olhei pela floresta até encontrar uma outra árvore cerca de cinquenta jardas de distância, tinha um monte de arbustos, e trepadeiras e coisas enroladas, onde esquilos dificilmente iriam a uma árvore como aquela. Eu disse: “E haverá outro esquilo novo exatamente ali.”

E eu levei meu dedo para baixo e olhei ao redor através da mata, e ali estava o esquilo olhando diretamente para mim outra vez. Atirei nele e o peguei. E eu pensei… Oh, eu estava tremendo. Eu pensei: “Pense, o grande poderoso Deus do céu está aqui na mata, e Ele está confirmando para mim, em meu próprio caminho, caçando aqui, que Ele vai fazer exatamente o que Ele me disse há quinze anos atrás.”

Observei um pouquinho. Eu disse: “Senhor, isso acontecerá novamente.” Ele disse: “Fale o lugar onde será.”

Eu disse: “Serei radical.” Eu disse: “Naquele velho tronco lá fora, pelo lado do campo, descoberto, liso e branco.” Eu disse: “Dali virá outro esquilo vermelho, e ele vai ao final daquele tronco e olhará sobre os agricultores no campo. Isso será dessa maneira.” Eu olhei de volta e ali não havia nenhum esquilo. E olhei por cerca de cinco minutos, ali não havia nenhum esquilo. Eu – eu disse: “Bem…” Eu disse: “Dois – dois esquilos. Está bem.” Dois são uma testemunha. Eu vou crer nisso assim.”

E Algo disse: “Mas você disse que ali haveria um.”

39 Esperei outros cinco minutos, nada. E aquilo continuou citando em meu coração: “Você disse que haveria um.” Eu esperei e esperei.

Algo disse: “Você está duvidando?” Eu disse: “Nenhum pouquinho.”

E assim que eu disse isso, daquele tronco saiu o esquilo vermelho, parou e olhou para os agricultores. Deus é meu juiz de pé aqui. Eu atirei no esquilo. Fui e o apanhei, e caminhei através da mata até que passei da hora de pegar os meninos, para ver se haveria mais um em algum lugar. E não havia. Então, eu vim para casa e lhes falei sobre isso.

40 E então em novembro, no dia sete, eu estava lá em Kentucky. Eu estava com o cunhado do irmão Wood, ali, Charlie Cox (que está ali junto à coluna), e com o irmão Tony Zabel, um dos diáconos aqui na igreja (Está você aqui, Tony? Ah, ele está aqui em algum lugar), irmão Tony Zabel, e também, o irmão Banks Wood. E estávamos nas montanhas, caçando.

E eu entrei na mata, e os esquilos estavam escassos, não – havia muitas folhas no chão. E eu comecei a subir para a mata. E Algo me disse: “Quantos esquilos você deseja nesta manhã?”

Eu disse: “Bem, eu cacei cento e quatorze este ano, cento e dezessete.”

Eu disse: “Se eu obtiver mais três, eu completarei cento e vinte. Esse seria um número par, para parar. E eu disse: “Outra coisa, seria – daria para levar para casa seis.” Eu gosto deles mais do que qualquer carne que haja para comer. E eu disse: “Se eu pudesse obter mais três…”

41 Andei para cima através da mata um pouco mais, e oh, não havia nenhum. Bons caçadores como Charlie e eles obtiveram um. E eu disse: “Bem, eu…”

Algo disse: “Diga-o. Fale os três esquilos, e você os terá.”

Eu disse: “Isso aconteceu uma vez.”

Então eu estava ao lado de uma pequena árvore, no final de uma tarde ao lado de um espinhaço. E aquela Unção veio tão tremenda que eu dificilmente podia ficar no chão, e disse: “Fale! O que você disser e não duvidar, você pode ter o que você disse.”

Eu disse: “Eu terei três esquilos.”

Ele disse: “De onde eles virão?”

Eu disse: “Um virá desse caminho, um daquele caminho e um daquele caminho atrás.” Fui radical. A Deus não importa quão radical isso pareça. Ele é Deus de circunstâncias.

42 E eu fiquei ali por alguns minutos, e enquanto isso, eu não ouvi nenhum tiro dos outros rapazes em lugar algum. E aconteceu de eu olhar para trás. Em cima na mata, cerca de noventa jardas, eu pensei que houvesse algo num toco. Eu observei aquilo. Depois de um tempo, ele saltou; e era um esquilo cinzento. Distante. Todo o caminho através do vale até em cima no cume. Quando veio ao lado da árvore, eu atirei. Ele estava a umas noventa jardas, e o matei. Eu disse: “Aí está um. Eu posso virar e olhar para esse outro lado para os outros, porque eles estão vindo.”

Veja, Deus tem uma maneira de trazer coisas a você, tenha certeza do que você está falando. Aquela unção eu… estava fora de mim então. Bem, eu esperei e observei aquele caminho por cerca de uma hora. Nada aconteceu. Eu estava ficando com frio. Eu pensei: “Certamente, se for o Espírito que está me falando essas coisas, será exatamente isso; porque quando a unção estava sobre mim eu falei essa palavra, e terá que ser dessa maneira.”

43 Agora, ouçam atentamente a isso. E isso será uma gravação que irá por todo o mundo. Agora, e então, eu fiquei observando à minha esquerda. Depois de um tempo, eu olhei sobre uma árvore. Ao redor de uma árvore de faia, veio um esquilo cinzento. Eu disse: “Exatamente dessa forma. Isso é certo, Senhor.”

Virei para baixo, levantei para atirar nele, e ali surgiu outro esquilo. Eu disse: “Há dois. Exatamente. Faça meu terceiro.” E eu levantei, atirei no primeiro esquilo.

O outro correu para debaixo de um tronco. Eu podia vê-lo roendo uma­ – uma noz ou algo, debaixo do tronco. O tronco estava mais ou menos dessa altura no final, levantado cerca de um pé. Eu podia ver o esquilo. E matei o primeiro. Eu disse: “Agora, eu terei outro.”

E eu nivelei, coloquei aquela mira exatamente à direita de sua orelha, não mais que quarenta, cinquenta jardas de distância, e atirei e acertei no tronco. E o esquilo nem mesmo se agitou. E eu coloquei outra bala. E ele se virou e desceu pelo tronco, e foi para a outra extremidade. Bem, eu nivelei e tomei a melhor pontaria que eu pude. E eu só tinha perdido cinco tiros o ano todo. Então, eu nivelei, tiro diretamente perfeito, e toquei o gatilho novamente, e atingi cerca de quatro polegadas acima dele. Eu disse: “Devo ter batido em minha mira.”

44 E então eu observei novamente. O esquilo correu e foi diretamente ao lado da mata, a uma certa distância de mim. “Bem,” eu disse: “Eu bati em minha mira. Eu atirarei nele na cavidade do peito.” Eu levantei e coloquei a mira… E eu pensei: “Talvez eu tenha ficado com frio e tremendo.” Eu pensei: “Eu não estava com frio e tremendo quando eu atirei no outro.” Então… “Exatamente do mesmo jeito, num distanciamento de um minuto ou dois…”

45 E eu segurei um arbusto em minha mão, e segurei a arma bem apertada, e mirei na cavidade, na cavidade torácica do esquilo, e puxei o gatilho da arma. E eu atirei a um pé abaixo dele. E puxei para obter outro projétil, e eu… A arma estava vazia. Enquanto eu a carregava, eu disse: “Eu o pegarei se ele ficar ali.” E quando eu o fiz, o esquilo subiu através da mata.

E eu fiquei ali. Eu pensei: “O que acontece? Três tiros perdidos. E eu só perdi cinco de cento e quatorze.” Eu disse: “Como pode ser que eu – estaria minha espingarda desalinhada?”

46 E então, aquilo veio a mim. “Você não pode atirar naquele esquilo dessa maneira. Ele deve vir daquele caminho.” A Palavra de Deus é perfeita. Você não poderia matá-lo no sul; ele está vindo do norte. “Bem,” eu disse, “Vou me virar para este lado então e vigiarei o norte até que ele venha.” Coloquei mais cartucho na arma e observei. O pequeno… Eu disse: “Se ele vier, ele estará bem perto.” Eu não gosto de atirar de muito perto, isto não é esporte. Não é bom fazer isso. Então era… O matagal lá… Eu disse: “Bem, eu terei que apanhar este vindo do norte, ‘porque eu havia dito assim.’ Então eu parei desta maneira, observando. E eu – eu disse isso, eu tenho… estava atrasado. Eu disse: “Quinze para as quatro. Agora, às quatro horas eu terei que ir, porque – com os dois, porque os rapazes estão esperando por mim.” E então eu esperei um pouco. As quatro horas chegaram, três minutos após as quatro. Eu disse: “Bem, eu vou pegar meus esquilos.” Eu subi e peguei os esquilos, voltei. Estava escuro, eu mal podia ver no vale.

47 Comecei a descer o vale. E quando eu estava descendo o vale, estava escuro. E passei do lugar onde eu havia estado, Algo me disse: “Você não vai subir lá e apanhar aquele esquilo?” Eu disse: “Como eu poderia vê-lo agora?” Com pouca visão do telescópio, uma pequenina mira. Mal havia luz para ver, poucos pés à minha frente. Eu disse: “Como poderia vê-lo?” Ele disse: “Mas você disse que lá haveria um outro.” Oh, eu gostaria de poder fazer aquilo… De alguma forma que pudesse obter… Ver o que era aquilo… Ouvir… O que aquilo realmente significava, amigos. Veja, sob aquela Unção, não foi eu quem disse aquilo, foi Deus quem o disse. E eu caminhei alguns passos. Disse: “Vire e volte em direção ao norte. Seu esquilo está lá.” Fui – virei. E eu disse: “Senhor Deus, eu não duvido nenhum pouquinho.” Comecei a caminhar de volta em direção ao norte. Ali estão assentados aqueles que sabem disso, comecei a caminhar de volta em direção ao norte. E caminho acima no cume, cinquenta ou sessenta jardas, um esquilo correu em cima da árvore. Só havia luz suficiente para que eu pudesse vê-lo. Eu examinei a árvore com minha mira de cima para baixo, não pude encontrar nenhum esquilo. Após um momento, eu pensei que aquilo que eu havia visto fosse um nó na árvore. Muito escuro. Eu disse: “Bem eu tentarei aquele de todos os modos.” E eu atirei. E quando eu o fiz, um esquilo correu ao redor da árvore e desceu. Eu o ouvi cair no chão. Eu pensei que ele houvesse saltado. Ao mesmo tempo que isso aconteceu, cerca de vinte pés dali, um subiu em um carvalho branco. Eu disse: “Ele fez descer um e outro subir. Agora, certamente, Senhor, Tu não me deixarás perdê-lo depois de eu haver dito sob aquela unção que isto seria assim, e Tu estás confirmando meu ministério. Esta será a sexta vez que Tu tens confirmado isto para mim.” Em número do homem, seis vezes. Eu disse: “Tu não me deixarás perdê-lo.”

48 Olhei para cima e para baixo na árvore. E ali em cima me pareceu haver visto algumas folhas. Eu vi alguma coisa se movendo nas mesmas. E eu levantei e atirei. O esquilo caiu no chão, morto como uma pedra. Subi o morro regozijando e feliz. Fui à primeira árvore à minha esquerda, e lá estava o esquilo. “Bem,” eu disse: “Eu sabia que tinha esse, mas não estava certo daquele outro.” Eu disse: “Então, Senhor, Tu me deste um por boa medida.”

Fui encontrar o outro esquilo; ele não estava lá. E eu procurei e procurei, e olhei debaixo das folhas, e levantei pequenos pedaços de madeira e despedacei um velho tronco. E ali naquele espaço de trinta jardas não havia apenas um tronco. E eu despedacei a todos, olhei debaixo de todos os lados, e coloquei minhas mãos nas folhas e senti. Ali não havia nenhum esquilo em parte alguma.

Em cima, havia um grande tronco no topo da colina. E fui ao tronco, e ali havia um pequeno buraco. E apalpei ali, e pensei que havia sentido meu esquilo subindo e descendo. Quando eu estava… Eu disse: “Bem, eu não posso apanhá-lo. Então, pela manhã, eu trarei os rapazes e o pegarei.” Tenho que ir contar a eles. E desci ao irmão Charlie. Tampei o buraco, desci ao irmão Charlie e os outros, e lhes contei.

49 Fomos à casa deles naquela noite para o jantar. Estávamos nos regozijando na Presença do Senhor. E quando… Antes de irmos para a cama, o irmão Charlie ali pediu ao irmão Tony Zabel (lá atrás) para dirigir uma oração. Agora, eu não digo isto para bater de frente com o irmão Tony, ou feri-lo. Ele é um dos mais finos cavalheiros cristãos que eu conheço. Mas só para mostrar para vocês como o Senhor opera. Tony, em sua oração naquela noite, disse: “Senhor Deus, faça-nos saber que o nosso irmão está dizendo a verdade, fazendo com que ele, amanhã, encontre aquele esquilo no toco.”

Aquilo foi… Eu não disse, sob a unção, que eu encontraria um esquilo num toco. Eu disse: “Eu atirei no esquilo. Naturalmente, eu não pude apanhar o esquilo. Porque se o fizesse, aquilo seria mais do que eu disse. Exatamente o que eu disse sob a unção, isso foi o que Deus produziu. Então eu não disse nada sobre aquilo. Veja, isso é como as pessoas, muitas vezes dizem: “O irmão Branham disse isso e aquilo outro.” Quando o irmão Branham diz alguma coisa, aquilo não tem nada a ver com isso. Mas quando Deus diz, isso é verdade eternamente. Mas o irmão Tony não entendeu isso. Ele disse: “Se aquele esquilo estiver ali, então saberemos que o irmão Banham nos disse a verdade.”

50 O irmão Woods, irmão Charlie, todos eles pegaram isto. Não dissemos nada. Eu e o irmão Tony dormimos no mesmo quarto naquela noite. Na manhã seguinte, na mesa, falávamos sobre… Oh, foi um dia horrível. E o irmão Tony disse: “Bem, há uma coisa. O irmão Branham provavelmente esta manhã, pegará o seu do tronco da árvore.”

Eu disse: “Irmão Tony, eu não disse que o esquilo estava lá. Eu disse que eu pude sentir. Quando ele levantava e caía.”

Ele disse: “Ele estará lá. Ele estará exatamente no tronco.”

Subimos. E quando eu deixei o carro, comecei a voltar novamente, e disse que algo estava errado. Eu acho melhor falar com Tony agora, porque se aquele esquilo não estiver naquele buraco, naquele tronco, eu voltar sem nenhum esquilo de modo algum, então, de acordo com a maneira que ele orou na noite passada, ele ainda crerá que eu contei uma mentira. Eu disse: “Deus, Tu sabes, com minha Bíblia, que eu disse a honesta verdade.” E Deus sabe que é a verdade, disse exatamente a verdade.

51 E continuei. Algo me dirigiu. E eu fui caminhando através da mata, caçando. Continuei pensando: “O que será se aquele esquilo não estiver lá.” Ele me deu seu facão de caça para que eu pudesse cortar um – o buraco maior para que conseguisse alcançá-lo. E Algo me disse: “Se não estiver lá, ou se estiver lá, que diferença faz?”

Eu disse: “Ele… Ele não crerá em mim. Ele orou e disse que: “Se encontrarmos o esquilo, ele saberá que nosso irmão tem nos dito a verdade.” E aquela grande Unção veio, disse: “Diga que o esquilo estará lá, e você o apanhará.”

Pensei: “Certamente, Senhor, certamente. Com esta será sete vezes consecutivas, enquanto esta Unção está sobre mim.” Eu disse: “És Tu?”

Ele disse: “Diga o que você quiser!”

Eu disse: “Eu encontrarei aquele esquilo.” E a Unção me deixou.

52 Cacei até às nove e trinta. E o que devíamos fazer era descer e pegar alguns cachorros. Então eles foram. E eu subi a colina às nove e trinta, examinei o buraco, apalpei, cortei. Ali não havia esquilo de modo algum no buraco. Senti tudo em volta. Agora, o que eu estava pegando eram pequenas e finas raízes de grama, ou melhor, de árvores. Eu pegava e sentia, e aquilo caía da vara quando eu a pegava e a empurrava assim. Eu pensava que estava pegando o esquilo, e aquilo escorregava da vara, mas eram pequenas raízes e coisas: não havia esquilo ali.

Eu pensei: “Agora, o que farei?” Eu disse: “Aqui são nove e trinta, eu tenho que voltar.” Peguei o meu rifle e comecei a descer a colina.

E Algo me disse: “Você não disse que encontraria o esquilo?”

Eu disse: “Onde eu o encontro?”

53 Deus sendo meu solene Juiz, com Sua Palavra aqui, e eu sou um homem de cinquenta anos de idade, um pregador do Evangelho, de pé nesse púlpito, Algo disse: “Olhe sob aquele pequeno pedaço de casca.”

Eu disse: “Senhor, eu não duvidaria de Ti por nada.” Fui e peguei a casca, e não havia esquilo ali. Eu pensei, “Eu estava…”

Mas antes que eu fizesse isso, Algo disse: “Que seria se ele não estivesse ali?”

Eu disse: “Oh, ele estará lá.” E eu apanhei aquilo e não havia esquilo ali. Eu olhei para baixo espantado. Eu vi uma coisinha cinza saindo de debaixo de uma folha. Eu puxei aquilo, e ali estava o esquilo, tornando exatamente certo o que Ele tinha dito para fazer.

54 Desci a colina e fui e contei a eles sobre isso. E nos regozijamos. E quando eu vim para o carro, Charlie de pé ali, Banks, eles estavam conversando. “Não é estranho que Tony dissesse uma coisa como aquela em sua oração, sendo que ele ama o irmão Branham? E por que ele duvidaria de sua palavra e diria aquilo?” Veja, ele tinha que dizer aquilo daquela maneira, pois Deus sabia que eu estaria no púlpito nessa manhã e reivindicaria a mesma coisa. Você tem que vigiar o que o homem diz, e então o que Deus diz. O que Deus diz é verdade. Então eu pensei: “Bem, louvado seja Deus.” E eu desci. Tivemos um grande tempo, voltamos para casa.

55 O irmão George Wright, por anos tem feito o vinho da Comunhão (eu estou encerrando), tem feito o vinho da Comunhão para a igreja. O irmão Roy Roberson (lá atrás) me telefonou, e disse: “Irmão Branham, vamos descer e pegar o vinho da Comunhão do irmão Wright,” o qual está assentado aqui, ele e sua família. Agora ouçam isso atentamente enquanto encerramos. Oh Deus. Chegamos ao irmão Wright, cedo pela manhã, e como de costume, um grande bem-vindos. E estávamos – falamos sobre o vinho. E então a pequena Edite, a jovem aleijada ali, a qual eu amo, como fazemos aqui neste Tabernáculo (não só eu, mas este Tabernáculo), como se ela fosse nossa própria irmã. A família Wright tem sido a família mais antiga. A outra era os Slaughter aqui, Roy Slaughter e eles. E a família Wright ou Sr. Spencer, eles eram o – está entre os mais antigos no Tabernáculo. Eu acho que os Wright têm estado aqui por vinte cinco ou vinte e seis anos.

56 Tenho orado e tenho orado por aquela garota. Tenho rogado para Deus curá-la. Tenho visto aflições mesmo maiores do que as dela, curadas. E tenho jejuado, e tenho orado, e tenho esperado e tenho buscado o Senhor com lágrimas pela cura daquela jovenzinha. Pobre pequena companheira, sofria quando era apenas uma criança, talvez paralisia infantil, aquilo torceu suas mãos e pés.

Ela sofreu por muitos anos. E quando oramos por ela a primeira vez, ela parou de sofrer. Por anos-vinte e seis anos atrás. Quando ela fica com uma dor de estômago ou dor de dente, assim que vou e oro por ela, eu sei que o Senhor vai tirar aquilo.

Mas esse sofrimento… E a tenho visto aqui no edifício quando outros aleijados se levantam e se vão, e aflições e assim por diante, e me pergunto: “Por que aquela jovenzinha não caminha? Senhor, manifeste-Se sobre ela. Permita que o Anjo de Luz faça sombra sobre a criança, para que então eu possa falar o ‘Assim Diz o Senhor’.” Se dependesse de mim, eu falaria. Mas não depende de mim. Isto é com Ele.

57 E eu observei. E estávamos de volta, ela quis um coelho. O irmão Wood e eu saímos e matamos dois coelhos, os trouxemos para ela. Ela estava com o jantar pronto, a Sra. Wright e eles.

E durante aquele tempo, a irmã Hattie Mosier… Ela perdeu seu marido. Eu os casei há alguns anos atrás. Eles têm dois bons filhos. E o irmão Watt morreu. Seu próprio rapaz o encontrou sob seu trator mortalmente esmagado.

E o rapazinho teve uma fratura, e algo lhe aconteceu. O irmão Wood e eu fomos lá uma noite e permanecemos aquela noite, onde sua mãe e tio permaneceram com ele. E o Senhor o curou. E ele está presente esta manhã.

Sua mãe estava atenta a ele, àquele adolescente, começava a sair com o mundo, quinze anos de idade ou algo, e seu irmãozinho mais novo com doze, treze anos de idade.

58 A irmã Hattie Wright… Todos vocês conhecem… A chamamos de Wright. Mosier é o nome dela. Mas ela tem sido uma pessoa leal, uma pequena dona de casa, morava em dois cômodos lá em cima na colina, ali com uma pá e uma enxada, tentando carpir as ervas daninhas do milharal para manter sua família junta. Ela é uma fiel trabalhadora. Quando eu estava à mesa jantando, eu estava explicando o que era a fé. Eu disse: “A fé é assim, se eu visse uma visão do irmão Shelby assentado assim e assim, e cada um do modo que eles estavam…”

E a irmã Hattie estava assentada atrás na direção do outro cômodo. Ela não tinha muito a dizer – nunca tem.

59 E então, enquanto estávamos falando, eu disse: “Se o Senhor me mostrasse uma visão que algo ia acontecer, então eu iria – podia dizer aquilo. Isso é o que eleva a minha fé.” Eu disse: “Quando o Senhor me mostra o que acontecerá, então eu tenho confiança que vai ser daquela maneira, quando Ele me mostra.”

Eu disse: “Eu viria diretamente aqui, se aquela jovenzinha enferma assentada ali, e o Senhor me mostrasse que ela ia ser curada, eu viria diretamente aqui e me poria no caminho, veria se tudo estava exatamente da maneira que Ele disse, e então diria: “Assim Diz o Senhor: Edite, levante e ande.” Eu disse: “Vocês veriam aquelas perninhas se desenrolarem, e aquelas pequenas mãos se destorcerem, e ela se levantar ali e caminhar para a glória de Deus.” Eu disse: “Se isso fosse assim…”

60 Estava falando a eles sobre essa experiência. E eu disse: “Vocês sabem… Quero lhe perguntar algo.” O irmão Banks estava assentado perto de mim à mesa. E próximo estava a… Então a irmã Hattie estava assentada atrás, e os garotos estavam assentados ali, e a Sra. Wright, e o Sr. Wright, e Shelby assentados à minha esquerda. Agora ouçam. Não percam isso. Mostra a vocês a soberania de Deus. E enquanto estávamos falando, eu disse: “Quero perguntar algo a vocês. O que colocou aqueles esquilos ali? Não há esquilo na mata. Cacei e cacei. E eu – eu não sou o melhor caçador, mas eu caço desde que eu era menino. Eu caçava por perto, e – e eles estavam nos lugares mais ridículos, e então da maneira mais ridícula eu podia atraí-los. Eu disse: “O que os colocou ali?” Eu disse: “Gostaria de saber se é o meu ministério que está se preparando para sofrer uma mudança, que o Deus de Abraão está confirmando Sua promessa assim como Ele fez a Abraão.”

61 Quando Ele estava no topo da montanha, e ele necessitou de um sacrifício em lugar de seu filho, Jeová-Jiré realizou um milagre e colocou um cordeiro lá da distância de uma centena de milhas. Ele estava numa jornada de três dias. E qualquer homem comum pode caminhar vinte e cinco milhas por dia. E então ele levantou seus olhos e viu a montanha à distância, e foi para a montanha e subiu ao topo da montanha. Um carneiro selvagem ali, uma ovelha, os animais selvagens o teriam matado. E então, no topo da montanha onde não havia água, como aquele cordeiro subiu ali? O que aconteceu? Deus necessitava de um sacrifício para provar a Abraão que Ele era Jeová-Jiré. O próprio Deus da criação falou e trouxe um cordeiro à existência. Agora, aquilo não foi uma visão. Ele matou o cordeiro e o sangue saiu daquele animal. Aquilo não foi uma visão; foi um cordeiro.

Eu disse: “Aquele mesmo Deus…” Aleluia! Aquele Jeová-Jiré, Ele é Jeová-­Jiré hoje tanto quanto Ele foi na montanha com Abraão. Ele pode continuar a produzir um animal para Sua glória. Aqueles esquilos não foram uma visão. Eu atirei neles; o sangue saiu deles. E os preparei e os comi. Eles não eram visões; eram esquilos.

62 Eu disse: “Aquele mesmo Jeová-Jiré, tentando fazer chegar Sua promessa a mim, em minha obscura e insensível mente. Ele pôde falar e trazer à existência a minha necessidade assim como Ele pôde falar e trazer à existência a necessidade de Abraão.” Não muito depois de eu haver falado isso a irmã Hattie (assentada ali, agora chorando)… não tinha dito uma palavra. E ela disse: “Isto não é nada a não ser a Verdade.” Ela disse a coisa certa. Ele falou exatamente como Banks falou lá embaixo. Ouvi sua voz enquanto aquilo passava pelos meus ouvidos, como lá em cima na mata. A Sra. Wright assentada ali atrás com sua garotinha estava tentando entender o que Edite disse, eu não pude ouvir a Sra. Wright. E aquela super unção veio sobre mim, disse: “Diga a Hattie que ela achou graça diante de Deus.” Quem pensaria…? Disse: “Diga a ela para pedir seja o que for que ela quiser, então você trará, através desse dom, isso à existência. Seja o que for que ela tenha pedido, fale e traga isso à existência.” Olhei para a irmã Hattie. A primeira vez que isso era realizado a um ser humano. Eu disse: “Irmã Hattie, peça o que você quiser. Deus vai dar isso a você.”

63 O que você acha disso? Isso entra em você? Ele havia confirmado isso sete vezes por um animal. Sete é o número completo de Deus. Aqui é a primeira vez sobre um ser humano. E Ele… O que Ele escolhe? Um grande aristocrata? Um grande e célebre ministro? Uma pobre viuvinha que dificilmente poderia assinar seu nome. Deus sabe o que ele está fazendo. Disse: “Peça o que você quiser.”

Hattie me disse: “Irmão Branham, o que você quer dizer?”

Eu disse: “Peça qualquer coisa que seu coração desejar, e isso será produzido exatamente aqui, para que você saiba que o Senhor Deus do céu responde, e Suas Escrituras são a verdade.” Minha primeira vez com o novo dom, minha primeira unção… Eu mal podia ouvir.

E ela olhou ao redor. Estávamos falando sobre sua irmã aleijada. Eu disse: “Não duvide,” em meu coração, “em poucos minutos, a pequena Edite estará saltando para a glória de Deus.” Hattie olhou em volta, tudo em volta. E ela disse: “Irmão Bill, meu maior desejo é a salvação de meus dois meninos.”

64 O que um… Ora, não poderia ter sido uma coisa maior. Ela podia ter pedido por dez mil dólares; ela os teria. Se fosse algum milionário, teria pedido por outro milhão. Deus sabia o que ela ia pedir. A irmã Hattie, pelo menos sete ou oito testemunhas ali… Todos vocês que estavam presentes que – quando aquilo aconteceu, levantem suas mãos, todos no edifício que estavam presentes quando aconteceu. Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete. Sete deles, oito deles, oito dos que estavam presentes quando aquilo aconteceu. Eu disse: “Peça o que você quiser, porque Deus me dá isso para dar a você o que você quiser.” Ela disse que seus garotos estavam começando a sair na revolta da adolescência. E ela disse: “A salvação de meus dois meninos…”

Eu disse: “Pela vontade de Deus, pelo poder de Deus, eu te dou, no Nome de Jesus Cristo, seu desejo.” E seus dois garotos estremeceram sob o poder de Deus, e toda aquela casa tremeu. Banks caiu em seu prato. Shelby agarrou… E Hattie gritou até ao ponto de você poder ouvi-la à distância de duas quadras. E aqueles rapazes com lágrimas rolando por suas faces, receberam imediatamente o que por eles foi pedido.

Oh, a primeira vez que isso foi usado em um ser humano. “Peça o que você quiser, e isso será dado a você.” Seus rapazes estão assentados ali com ela nesta manhã.

65 O que ela poderia ter pedido? Que seria se ela tivesse pedido a cura de sua irmã? O que seria que ela tivesse pedido isso? A mocinha teria sido curada, mas seus dois filhos perdidos. Que seria se aquela pobre viúva, a qual tinha me dito que ela tentou dar a esta igreja cinquenta dólares como um compromisso para ajudar a construir uma nova igreja, e o irmão Roberson não quis pegar, só deixou que ela desse vinte de… Eu disse a mim mesmo quando ela estava falando: “E vou dar a ela os vinte de volta.” Mas Deus me disse, em meu coração, não por visão, em meu coração: “Quando Jesus estava de pé, olhando a viúva colocar três tostões onde havia milhares de dólares, o que você teria feito?”

Eu disse: “Bem, se eu estivesse de pé ali em volta, diria: “Nós não precisamos disso, irmã. Temos muito dinheiro.” Mas Jesus nunca disse isso. Ele deixou que ela o fizesse, porque Ele sabia o que estava no caminho. Ajude-­me, Deus, como meu solene Juiz, Deus sabia o que estava no caminho para ela.

66 E eu estava com minha mão no bolso para pegar minha carteira para dar a ela seus vinte dólares de volta e dizer: “Irmã Hattie…” Mas Ele disse: “Não faça isso.” Então, em poucos minutos, quando foi levantada a questão sobre Jeová­-Jiré, ela disse: “Isso não é nada senão a Verdade.” E aquilo veio do coração de uma pobre mulher viúva, Deus sabendo que ela pediria a maior coisa que podia pedir.

Enquanto houver um céu, quando as estrelas se forem, quando não houver mais lua, nem terra, nem mar, aqueles garotos viverão pela eternidade com o mesmo Jeová-Jiré Que deu a promessa imortal. Sua promessa não pode falhar. Estou desejando a chegada dessa reunião lá em São José. Oh, se isso simplesmente irrompesse… ? Agora, quando a unção atinge: “Peça o que você quiser.” Eu tenho uma perfeita segurança que quando isso atinge, e seja o que for que Deus colocar para ser pedido, isso será exatamente dessa maneira. Tem que ser. “Pois, se disseres a este monte…” Veja, não e você falando. Não é você; é Deus. E você assim – assim submetido a Deus.

67 Agora observe, os profetas da antiguidade, enquanto encerramos. Os profetas da antiguidade, quando eles foram – viram a vinda do Senhor Jesus, eles estavam tanto no Espírito até ao ponto em que falaram como se fossem eles mesmos. Vejam Davi no Salmos, Salmo 22, clamando: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” Não foi Davi, aquilo foi Cristo oitocentos anos mais tarde. “Todos os meus ossos foram contados. Eles estendem seus lábios para mim. Eles meneiam suas cabeças, dizem: “Ele salvou outros, mas não pode salvar a Si mesmo,” Davi falando aquilo como se fosse ele mesmo, mas era o Espírito de Deus nele, Cristo, falando. Oh, Deus seja louvado. Movendo­-Se para Sua igreja na plenitude de Seu poder, movendo entre Seu povo, espalhando Suas grandes asas de misericórdia, que Ele seja louvado.

68 Não tive tempo para meu sermão. Vamos inclinar nossas cabeças por um momento. Há alguém aqui nesta manhã, ou quantos estão aqui que sabem que não estão preparados neste momento para encontrar com Deus, levantariam vocês suas mãos e diriam: “Ore por mim, irmão Branham.” Não podemos trazer vocês ao altar, porque o altar está lotado. Deus te abençoe, irmão, a você, irmã, você, irmão, você e você lá atrás, todos em volta, você, moça, você, meu irmão. Lá atrás, ao redor, Deus vê suas mãos. Se Ele pôde trazer um cordeiro à existência quando não havia cordeiro ali, se ele pôde trazer animais à existência, se Ele ficou preocupado com uma pequena figueira crescendo ao lado da colina, ou um peixinho morto na água, quanto mais sabe Ele o seu desejo em seus… Claro que Ele sabe. Ele sabe que você necessita Dele. “Pedi e recebereis. Quando orardes, crede que recebereis o que pedistes” Foi o Espírito Santo que levantou sua mão? Se foi, então a Unção está sobre você.” Então ore e creia em Deus, e você terá o que você disse.

69 Pai Celestial, está se aproximando ao meio dia, e tenho demorado aqui nesta manhã sobre esta história de Tua divina graça, de acordo com Tua Palavra… Está escrito nas Escrituras que Jesus, nosso Senhor, disse: “Aquele que crê em mim, as obras que eu faço, ele também as fará.” E sabemos que aquelas palavras são verdadeiras. Tu podias discernir os pensamentos das pessoas. Tu disseste a Pedro quem ele era, qual era seu nome e o que seu pai era. Tu disseste a Filipe quando trouxe Natanael – ou disseste a Natanael, ou melhor, que Tu o viste debaixo da árvore antes que ele viesse. Tu disseste à mulher no poço quantos maridos ela tinha. Oh, não ha nada escondido de Ti. Tu conhecias todas as coisas. E aquelas foram obras Tuas. Então vemos que Tu disseste àquela figueira… Ó Senhor, eu creio que a hora está vindo quando os pães e os peixes serão multiplicados. Virá uma marca da besta. Virá uma confederação de igrejas, e colocarão um sinal que – uma igreja sindicalizada que nenhum homem poderá comprar ou vender. E Tua Igreja, não vai incomodá-­los; pois Teu Espírito Santo os guiará e os alimentará como Tu fizeste com Israel no deserto. Tu és Deus. Que não percamos isso, Senhor. Que permaneçamos fiéis. Que sejamos verdadeiros.

70 Agora, eu simplesmente não sei quando isso acontecerá outra vez, Senhor, talvez novamente nessa manhã. Pode ser que isso aconteça outra vez no Tabernáculo hoje, confio que acontecerá, Senhor, crendo que Tu colocarás fé no coração das pessoas, e saibam que não tenho enganado, ou dito uma coisa errada. Eu digo isso da maneira que veio, no melhor que eu conheço em meu coração, Senhor, observando minhas palavras e pesando-as, sabendo que Tu tens confirmado isso a mim, como eu tenho dito, sete vezes, e sabendo imediatamente após isso, ao primeiro ser humano a quem eu falei, obteve o desejo do seu coração no momento que ela falou. Agora, Senhor, há muitos desejos aqui nesta manhã. Tu terás que ungir Teu servo, Senhor. Se Tu enviares a unção, e me permitires tê-la esta manhã. Se alguém necessitar, fale comigo, Senhor, quando eles falarem, ou seja o que for… O que… Seja o que for que Tu desejares, e isto acontecerá. E agora, eu sei que o que e dito então, isso não será eu, serás Tu, Senhor, falando.

71 Submeto-me a Ti. E antes de sair deste ministério, o velho tipo de visões e assim por diante, neste altar onde dediquei minha vida de novo, de pregar o Evangelho por sinais e maravilhas. Eu me dedico novamente esta manhã a Ti, Senhor, para o serviço. A primeira vez que isso tem sido falado, a primeira vez, Senhor, isto tem sido manifestado, com testemunhas aqui. Ó Senhor, se houver algo que Tu possas usar desta velha carcaça, sou Teu, Senhor. Toma-me e molda-me, talha-me, e faça algo, Senhor, que honre e glorifique a Ti. Estenda isso entre outros ministérios. Envie isto aos quatro cantos do mundo. Está ficando tarde, Jesus está vindo. Abençoe Teu povo um com o outro. Salve o perdido. Cada um que levantou suas mãos aqui nesta manhã, salve-os, Senhor. Dê a eles o Espírito Santo. Possam suas vidas serem dedicadas a Ti. Esta pequena igreja, Senhor, o pastor, e cada pastor aqui, cada evangelista, mestres, cada membro de qualquer outra igreja; ó Deus, como um corpo de pessoas, nos entregamos a Ti. Tome-nos e use-nos, Senhor. Somos Teus, com a expectativa de virmos a Ti algum dia em paz. E agora, se houver algum enfermo ou aflito, possam ser curados nesta manhã. Possa Tua graça e bênçãos eternas repousarem sobre eles, enquanto oramos por eles ao impor nossas mãos sobre eles, e orarmos, e possa o Espírito Santo vir e realizar a obra que Ele está ordenado a fazer. Conceda-o, Pai. Através de Jesus Cristo, pedimos essa bênção. Amém.

72 Tenho lhes dito a honesta verdade. Exatamente como Deus a tem revelado e a tem dito, eu, honestamente lhes disse a verdade. E agora, eu estou sinceramente buscando e desejando vossas orações. Entendo que um homem de minha idade, cinquenta anos de idade… Outra manhã, eu disse à minha esposa: “Eu já estou com quase cinquenta anos, querida. Se vou fazer alguma coisa para o Senhor, tenho que me apressar.” Ela disse: “Bill, Deus treinou Moisés por oitenta anos.” E disse: “Ele pode te treinar por outros cinquenta anos para um dia começar com você. Ele tem um propósito para você, então basta ficar firme.” Eu acho que isso é muita sabedoria. Ficar firme. Deus move cada mão exatamente de acordo com Seu grande plano. Permaneça firme. Não tente-tente empurrar. Você vai passar na frente Dele então. E melhor tentar seguir do que liderar, porque Ele é o Líder.

73 Agora, a minha igrejinha aqui, meu pequeno rebanho que tem sido tão fiel, e orado por mim quando estou fora através do mundo; eu creio que há outro abalo mundial se aproximando. Essas coisas que eu lhes disse são a verdade. No dia do juízo, eu lhes encararei com a mesma história, tão verdadeira como eu estou aqui. Agora, eu estou certo de que todos vocês puderam ver o que é isto. E a vinda de uma maior, mais profunda unção do Espírito Santo. Como entrar nisso, eu não sei. Só sei de uma coisa, é preciso que Deus te coloque nisso. Então viva tão dócil e humilde, e perto de Deus quanto você possa. Não duvide Dele. Basta que creia que tudo está operando para o seu bem, e tudo ao redor se resolverá bem. Vê?

74 Apenas recorde, você é uma ovelha; Ele é a pomba. E a pomba dirige o cordeiro. Quando… E o cordeiro e a pomba têm a mesma natureza. A pomba é a mais dócil de todas as aves dos céus; e o cordeiro é o mais manso de todas as bestas da terra. Então veja, seus espíritos coincidem um com o outro. Agora, a pomba não pode vir sobre um lobo (Veem?); ela não permanece ali. O lobo é um assassino. O cordeiro é manso. Então veja você, é o cordeiro e a pomba, e um dirige o outro. E você vê para onde a Pomba dirige o Cordeiro? Ao Calvário para a crucificação, e Ele não abriu a Sua boca. Quando eles cuspiram Nele, Ele não cuspiu de volta. Quando eles O esbofetearam, Ele nunca deu um tapa de volta; Ele seguiu em frente, sabendo que Ele era – para a glória de Deus, Ele estava fazendo a vontade de Deus.

75 Irmã, Hattie, estamos por volta da mesma idade. E o irmão George Wright ali, seu pai, e seus rapazes, e mãe, Shelby; eu quero dizer isso: Eu creio que vocês se perguntaram por que eu me levantei e saí da casa tão rápido quanto pude? Eu nunca tive… Eu estive onde trinta mil rudes pagãos foram salvos de uma vez (África do Sul), vieram a Cristo. Eu acho que foi a maior unção que eu alguma vez senti. Aquilo de maneira alguma se comparou com isso lá embaixo na casa de George Wright outro dia. Eu nunca senti nada como aquilo. Pareceu que a sala toda era uma – uma Luz da Glória de Deus. Agora, a irmã Hattie é muito quieta, e uma mulher piedosa; nunca levanta sua voz sobre nada. Mas você podia ouvi-Ia gritar a um quarteirão quando o Espírito Santo atingiu a casa. Todos – todos ali sentiram Isto. Foi maravilhoso. Podemos viver um longo tempo, Mas irmã Hattie, desde que haja memória em nossa mente, recordaremos disso, irmã Wright.

76 Agora, para que as pessoas saibam que eu disse exatamente o que é a verdade, irmã Hattie, isso então… Irmã Wright e todos vocês que estavam lá, só… Os que estavam lá, para que então vocês possam ver. Vejam, ali estão eles. Aqui… Levante-se irmã Hattie. Ali está a pequena viúva a quem o milagre aconteceu, o primeiro, ignorando todas as pessoas do mundo, para que a coisa acontecesse primeiro àquela pobre, pequena, humilde mulher viúva sobre a encosta lá em cima, tratando de produzir uma safra de milho de um terreno impróprio ali para cuidar de seus filhos. Foi a essa que Deus honrou pela primeira vez desde os dias do… De Jesus Cristo, e disse: “Peça o que você quiser.” Eu disse: “Eu desafio a qualquer um, no Nome do Senhor Jesus, quando esse Espírito atingir e disser isso, não me importa o que você peça, isso será concedido.”

77 Você sabe porque as pessoas influentes não obtêm isto, ou grandes pessoas como essas? É porque Deus sabia que elas pediriam coisas que não seriam de benefício para elas. Ele dá isto a pessoas as quais Ele sabe que pedirão a coisa correta. E o que mais poderia aquela mulher… Que mais… Simplesmente me diga alguma coisa que ela poderia pedir que fosse maior que aquela. Sua mãe e seu pai são salvos. Todos da família eram salvos, exceto os dois rapazes então. Eles não eram salvos. Eles são pessoas pobres. Shelby me disse que sua renda constante numa boa colheita, cobre seiscentos dólares por ano, até mesmo os meninos trabalhando… Com cerca da minha idade, e está todo quebrado, tudo, e ele está trabalhando para cuidar de seu pai e mãe, e eles estão velhos, e – e tentando cuidar de sua pequena irmã aflita, mas ele é salvo. O Irmão Wright, todos eles são salvos. Mas aqueles dois não eram salvos. E Hattie pediu a salvação de seus filhos. Assim como há uma eternidade, ela poderia ter pedido por dez mil dólares e os teria. Ela poderia ter pedido se quisesse. Mas Deus sabe o que você vai pedir antes que Ele coloque a unção. Isso é certo.

78 Irmã Hattie, é certo que eu disse: “Peça algo que você queira. Algo que seu coração deseje, peça-o, Hattie.” Isso é certo, irmã Hattie? Veem? Veem? “Peça algo que você queira; não faz diferença o que seja, peça-o. Deus me disse simplesmente fale o que ela pediu, e ela o terá.”

Ele disse: “Peça-o agora, qualquer coisa que você desejar.” E ela pediu.

Oh, irmão, irmã, você percebe o dia que nós estamos vivendo? O tempo mais glorioso, quando o Deus do céu colocará nos seres humanos ‘peça o que quiser, e Ele dará isso a você…’ Ora, isto é – isto é profundo demais para minha mente, eu sei disto. Mas espero que meu coração possa conter isso tanto quanto possa. Isto – Isto só… Tenho vivido nisso. Tenho prosperado sobre isso. Estou indo para o oeste nisso. Estou entrando em reuniões nisso. Estou vivendo nisso. E a Palavra de Deus está correta.

79 Agora, até onde eu saiba, essa é a última coisa para acontecer. Não sei de nada mais, que poderia ser, só dar aos seres humanos: “Peça o que você quiser. Não importa o que seja, apenas peça-o, e isso será dado a você.” E pode você ver a sabedoria? Quantos creem que essa – essa mulher pediu a maior coisa que podia ser pedida? Vamos ver… Pode você imaginar uma – uma mulher com uma irmã aflita, poderia ter pedido por sua cura, uma mulher que é pobre, e sua mãe e pai pobres, e todos eles pobres, poderia ter pedido por dinheiro, e recebê-lo. Ela poderia ter pedido por anos acrescentados à sua vida e obter aquilo. Mas ela pediu a maior coisa que podia ser pedida, a salvação de sua família não salva, e a obteve. Essa é a coisa mais importante: Obter isso pelo mesmo Deus que deu a promessa. Deus, oh como eu O amo.

80 Agora vamos… Há alguém enfermo aqui para receber oração? Levantem suas mãos, Uma mulher telefonou há poucas noites atrás (Há três, eu creio, da Califórnia ou algo, eles me disseram), que disse: “Vimos duas ou três vezes. E você distribuiu cartões de oração, e nosso número não foi chamado.” E fiz a ela uma promessa que se ela ficasse, eu oraria pelos enfermos essa manhã. Quantos estiveram aqui quando tivemos discernimentos e coisas? Oh, todos vocês, eu suponho, todos aqui. Veem? Sabemos que isso é verdade. Estamos nos movendo para além disso agora. Oh, louvado seja Deus, estamos nos movendo para além disso agora. Talvez isso acontecerá. Não sei o que Deus fará esta manhã, Mas vocês que estão enfermos e aflitos, vou lhes pedir para virem poucos de cada vez. Que aqueles que estão deste lado aqui subam para que possamos orar primeiro por esses desse lado. Talvez eu possa alcançá-los assim. Venha aqui em cima, irmã. Alinhe-se aqui, porque não temos tido… Temos que enviá-los de volta pelo mesmo corredor para que voltem ao mesmo lugar. [Espaço vazio na fita – Ed.]

81 Poderia dizer que pela maneira que esse pequeno companheiro falou esta manhã, ele crê na cura divina. Sei que ele crê no poder de Deus. Há outro ministro aqui nesta manhã que seja um ministro – um ministro que crê que Deus cura os enfermos? Se houver, venha aqui em cima se desejar, venha e permaneça conosco enquanto oramos por estes – estes enfermos e aflitos. Qualquer um de vocês que crê que Deus cura o enfermo. Deus te abençoe, senhor, venha à frente (vê?), queremos que você venha aqui com a gente. Agora, não sabemos o que o Espírito Santo pode fazer. O Espírito Santo pode, neste momento, realizar exatamente o que fez lá embaixo, na irmã Wright outro dia. Eu creio que Ele fará. Não sei. Vocês entendem… Quantos sabem… Bem, não há muitos de vocês aqui, de quando as visões primeiro começaram. Não sei em que tempo virão, o que farão. Tudo está na vontade de Deus, e tem que ser controlado por Deus. Quantos sabem disso? Deus não poderia dar ao homem coisas para ele controlar por si mesmo. Se ele o fizer, então (vê você?), aquilo não seria Deus. Não seria Deus, seria… Quero que vocês pensem aqui, amigos, neste pequeno e humilde lugar, mas como o Senhor absolutamente tem, irmão Mike, além de sombra de dúvida, tem nos abençoado e realizado, e feito exatamente o que Ele prometeu que Ele faria.

82 Quantos já ouviram acerca de percepção extrassensorial? Muitos de vocês ouviram. Isso é – isso não é nada a não ser mitologia, espiritualismo. Mas vocês sabem, eles não podem… Aquelas coisas não são duradouras. Elas não se mantêm. Nunca podem obter qualquer material. Se colocam ali e têm… Dizem: “Há um espírito; há um espírito.” E tentam fotografar aquilo ou algo. Eles não podem fazê-lo. Veja, é só… Aquilo não está ali. E psíquico, mental. Veem? Mas o que Deus faz é perfeito. Quando Moisés atirou sua vara, os mágicos lançaram as deles também, e ambas se tornaram em serpentes. E isso correto? Mas o que aconteceu às varas de Janes e Jambres? A vara de Moisés as engoliu. E quando Moisés apanhou sua vara, ela ainda era uma vara. Mas onde estavam as varas deles? Dentro da vara de Moisés. Vejam, você não podia vê-las. Quando Deus faz alguma coisa, Ele torna aquilo real. Agora, eles me dizem que o Espírito Santo… Vocês sabem, eles dizem: “São pessoas trabalhando. Isso é mental. Aquelas visões e coisas, são apenas telepatia mental.”

83 Bem, quando George J. Lacy examinou aquela fotografia ali, quando aquele Anjo do Senhor… Muitos de vocês que estão aqui, a viram no rio, e muitas vezes. Ele disse: “Irmão Branham, o olho mecânico desta câmera não capta psicologia.” Disse: “A Luz estava lá.” É isso. Ela é eterna. É verdade. Então você vê, Ela é o mesmo Anjo de Deus. Agora, observe-A. A Sua natureza prova isso. Quando Ele esteve aqui na terra, Ela habitou em um – no Senhor Jesus Cristo, Que era Deus manifesto. E agora, Jesus disse: “Um poucochinho e o mundo não Me verá mais. Vós me vereis, pois Eu estarei convosco, mesmo em vós, até o fim do mundo. E as coisas que fazeis… Que Eu faço, vós também as fareis.” Agora, observe isto quando vem… Um homem pode dizer qualquer coisa. Mas quando Deus sustenta isso, aquilo se torna verdade. Agora, observe a natureza daquele Anjo. Quando Ele obtém uma pessoa assim submetida a Ele, Ele faz a mesma coisa que Jesus fez quando Ele esteve aqui na terra, porque somos filhos e filhas de Deus, se somos nascidos de Seu Espírito. Veem? E isso não é uma coisa mítica. Tem evidência que o prova. Mostra que isso está correto. Então nossa salvação é absolutamente perfeita.

84 O Deus do céu, que teve todos os profetas para falar da vinda do Senhor Jesus… E Jesus, quando ele veio, Ele cumpriu cada profecia. Muitas delas se cumpriram na cruz. “Ferido por nossas transgressões,” e o que Davi disse: “Meu Deus tem me abandonado.” Mas quando Deus envia um profeta, um profeta fala, Deus torna aquilo verdade, se é Deus. E aí que Ele disse para conhecê-­los. Se eles falarem, “e aquilo que eles disserem, suceder, então creiam neles, pois eu estou com eles.” Se não, então aquilo… eles estão – eles não são. Eles são falsos profetas. Ele disse: “Mas para distingui-los, veja se aquilo acontece.” Agora, veja. Se foi Deus, Quem falou nos santos profetas, falou sobre a vinda do Messias para a glória e honra de Deus… Se eu soubesse quem seria o presidente no próximo outono, e dissesse isso, aquilo seria profecia. Isso é certo. Mas Deus não profetiza assim, só para… oh, só para brincar. Deus faz algo para glorificá-Lo. Vê?

85 Mas quando o Messias veio, e quando o Messias deixou… Eu quero perguntar a todos vocês, metodistas, batistas, presbiterianos, católicos, luteranos, pentecostais, nazarenos, peregrinos da santidade, todos vocês; quero lhes perguntar uma coisa: Vocês não acham que aquele Rei dos profetas, Jesus, sabia como estabelecer Sua própria Igreja? Se todos os profetas falaram Dele, e O apontaram… Que classe de igreja Ele estabeleceu? Quando Ele partiu, Ele disse… Quando Ele esteve aqui na terra, Ele disse a Pedro: “Sobre a revelação da Palavra de Deus,” Ele disse: “Sobre essa rocha, Eu edificarei Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Não é isso correto? Certo. Quando Ele foi… Antes que Ele partisse, em Marcos 16: “Estes sinais seguirão àqueles que crerem.” Disse Ele isso? “Em meu Nome eles expulsarão demônios falarão novas línguas, pegarão em serpentes, beberão coisas mortíferas.” Ele também disse: “As obras que eu faço, vós também as fareis.” Correto? Esses são os sinais que deverão seguir Sua Igreja. Ela não é uma denominação. É uma organização estabelecida, ordenada por Deus, cheia do Espírito Santo, Igreja nascida do céu que saiu das denominações, um verdadeiro grupo de pessoas que creem.

86 Esses ministros que estão de pé aqui estão comigo. Somos homens. Ele é Deus. Mas estamos aqui para representá-Lo. Estamos aqui para lhes dizer que nós… Deus tem nos enviado para fazer esse trabalho, impor as mãos sobre os enfermos. “Esses sinais seguirão àqueles.” Aqueles sinais, todos os sinais dos quais Ele falou, seguirão ao crente. Aqui eles estão seguindo. Eles seguem. E Deus não faz acepção de pessoas. O que Ele fez por Hattie, Ele fará por você. O que Ele fez pelo cego, Ele fará por você que está cego. O que Ele fez pelo surdo, Ele fará por você. Qualquer coisa que Ele fez por alguém mais, Ele fará por você, se você somente crer. Está certo? Agora, irmão Teddy, eu quero que você toque: “Somente crer.” E enquanto essas pessoas passam pela fila, então chegaremos ao outro lado. Venhamos, todos nós impondo as mãos sobre você, orando para que suas enfermidades sejam curadas. E pode… Isso será… E eu não sei o que Deus vai fazer. Eu só estou de pé aqui agora, não sabendo o que fazer. Eu só vou orar pelos enfermos como eu prometi a alguém que eu faria, simplesmente orar pelo… No último domingo… Vocês se lembram, eu disse a vocês no último domingo foram as – foram as revelações e assim por diante. Esse domingo eu oraria pelos enfermos.

87 Vamos orar agora. Senhor, estamos aqui como Teus servos. Estamos diante de Teu povo. Estamos aqui. Não sabemos o que Tu farás. Tu podes falar em línguas. Tu podes interpretar. Tu podes dar uma visão. Tu podes fazer com que eu tome a mão de alguém para uma revelação. Tu podes falar e dar a autoridade para dizer seja o que for que Tu quiseres. Não sei o que Tu irás fazer, Senhor. E talvez, Tu desejes que imponhamos as mãos sobre os doentes. Não sabemos o que é, estamos apenas querendo Te agradar, Senhor. Estamos aqui como Teus servos, e este é Teu povo. E estamos tentando ajudá-los de acordo ao que Tua Palavra diz para fazer. Estamos tentando seguir Tuas instruções. E rogamos a Ti, Senhor, que Tu nos dês o que necessitamos para ministrar ao povo, através do Nome de Jesus Cristo. Amém. Eu quero que o restante de vocês, permaneça com suas cabeças inclinadas e ore, enquanto o irmão Wood, se você quiser… E irmãos ministros, eu creio, estejamos aqui. Quantos estão? Quatro de vocês aqui. Correto, dois de cada lado ali, e eu ficarei exatamente no começo da fila aqui. Vê? Só um momento. Agora, correto – correto… Venha aqui, irmão Gary. Agora, é isto. Fique bem ali. E à medida que eles passam, toda a congregação… Agora, se vocês, garotos, recuarem um pouco, então eles poderiam sair. Agora, enquanto todos vocês oram, vão diretamente para seu – seus assentos. Então em poucos minutos, eu chamarei o outro lado.

88 Agora, cada um de vocês, não só os ministros, mas todos vocês devem orar por essas pessoas. Você não sabe o que Deus pode fazer por você enquanto você está orando por alguém mais. Que seria se você dissesse a coisa correta? Que seria… Aqui está uma mulher de pé que está tão doente que eles tiveram que segurá-la para ficar de pé. O que seria se sua oração fosse a coisa correta assim como Banks disse a coisa correta, como Hattie disse a coisa correta? Que seria se você dissesse a coisa correta, e sua oração fizesse com que Deus descesse e fizesse alguma coisa. Veja, não é só uma pessoa, é a igreja do Deus vivo. Todos. Vêem? Agora, todos em oração.

89 Tudo certo, irmão…?… Irmão Banks, faça as pessoas passarem. Alguém aqui, se você desejar. Onde estão os porteiros… Irmão Willard, ajude-nos ali. E irmão Banks, venha aqui e depois vamos…

Vamos orar. Senhor Jesus, as pessoas estão vindo agora para serem curadas. Possam elas serem curadas enquanto impomos as mãos sobre elas.

Venha à frente agora, cada um…?… Orem agora, irmãos…?… [Parte que segue da fita esta com o som comprometido – Ed.]

Pilha de lenços, Senhor, pequenos panos que vão para os doentes e aflitos, em diferentes lugares. E possam eles serem abençoados, Pai, por meio da honra e glória de Deus, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

90 (Tenho uma mensagem aqui. Então, esteja pronto até lá.)

Correto. Que o Senhor te abençoe, irmão [Um irmão fala com o irmão Branham – Ed] Bem, de – de Oregon. São José… Maravilhoso. Deus te abençoe. Eu espero… Eu espero que seja uma das maiores reuniões. Obrigado, meu irmão. O Senhor te abençoe. Não é isto como o céu? Quando você pensa sobre pregação do Evangelho e almas levantando suas mãos para Cristo, enfermos e aflitos passando pela fila, serviços batismais, companheirismo, fraternidade; isso é só – só um pouquinho do céu que caiu sobre a terra. Vocês sabem, Ele… Eu sinto como o apóstolo disse aquela vez: “Bom é estarmos aqui.” Se pudéssemos… Nós não necessitamos senão de um tabernáculo mas… Nós amamos estar aqui para o serviço de Deus.

91 Agora, cada um de vocês que vem através da fila esta manhã, que recebeu oração, apenas recorde que o mesmo Deus que concedeu todas essas coisas que você ouviu que foram feitas ao redor do país… E elas são verdade tão verdadeiras quanto possam ser. E todos esses ministros, e o que tem sido feito em seus ministérios, que têm sido feitas no ministério que o Senhor me deu. Nós temos estado aqui com sinceridade, com todo nosso coração, orando e colocando as mãos sobre vocês, exatamente o que Jesus disse: “Estes sinais seguirão àqueles que crerem: Se colocarem as mãos sobre os enfermos eles serão curados.” Agora, isso só tem… Só há uma coisa que pode impedir isso de acontecer, seria você descrer disso. Jesus disse: “Vinde a Mim todos os que estão cansados e sobrecarregados, Eu vos aliviarei. Seja quem for que quiser, venha.” Agora só há maneira para você perder isso. A Palavra de Deus é a verdade. Uma maneira para você perder isso, é não vir. Não é isso certo? Essa é maneira para você perder isso. Deus disse: “Este sinais seguirão àqueles que crerem: Se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.” Só há uma maneira para você perder isso. E descrer disso. Se você crer na Palavra de Deus, Deus cumprirá Sua Palavra. Veja você, para… Essa seria… Essa é a primeira, inicial… Essa é a maneira para orar pelos enfermos: eles passarem, impor as mãos sobre eles, ou ungi-los, ou algo que Deus assim disse…

92 Mas depois de tudo isso, pois Deus, para te deixar saber que Ele está no meio de Seu povo, Ele mostra sinais e maravilhas. E veja, são as maravilhas e milagres do Deus vivo para fazer as coisas que Ele faz. Agora, Ele é maravilhoso. Não acha você? Agora, os irmãos estão se preparando ali para o – o serviço batismal. E será rapidamente. E agora, aqueles vão ser batizados, as mulheres vão para aquele cômodo… Não é certo, as mulheres por ali? As mulheres por aqui e os homens por aquele lado. Enquanto estamos nos preparando para o serviço batismal, eu quero ler uma Escritura nos próximos poucos minutos. E seremos… Eu sei que alguns de vocês, seus membros sofrem por ficarem de pé. E se vocês puderem aguentar só um momento mais, vocês verão uma bela visão quando vocês virem a – a imersão das pessoas.

93 Quero ler algumas Escrituras agora, encontradas no livro de Atos, no capítulo 2 enquanto eles estão se preparando para o batismo. Acho que são apenas dois ou três para serem batizados. Levará senão um momento. E quero que você ouça atentamente agora. Vou começar a ler de Atos 2, versículo 28, começando a ler.

Fizeste-me conhecidos os caminhos da vida – caminhos da vida… (isto está no plural) com a tua face me encherás de júbilo.

Homens irmãos, seja-me lícito dizer-vos livremente acerca do patriarca Davi, que ele morreu e foi sepultado, e entre nós está até hoje a sua sepultura.

Sendo pois, ele profeta, (quantos sabiam que Davi foi um profeta? Claro. Ele foi um salmista e profeta.)

Sendo pois, ele profeta, e sabendo que Deus lhe havia prometido com juramento que do fruto de seus lombos, segundo a carne, levantaria o Cristo, para o assentar sobre o seu trono,

Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no inferno, nem a sua carne viu a corrupção.

Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas (Isso não soa como hoje? Nós somos testemunhas dessas coisas. Eu poderia dizer isso nesta manhã a Hattie, e aos demais, que nós somos testemunhas dessas coisas).

De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvi.

Porque Davi não subiu aos céus, mas ele próprio diz: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, (vocês se recordam do último domingo, como falamos dos profetas, todos aqueles grandes homens, como eles tiveram que morrer. Mas veio Um, a Semente Real.) Assenta-te à minha direita,

Até que ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés.

Saiba, pois, com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo.

E, ouvindo eles isto (Que Jesus era ambos, Senhor e Cristo) compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;

Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.

E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa.

De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.

E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.

E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.

E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.

E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.

E perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.

Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

94 Agora, só um… Enquanto eles estão vindo para a água… Deixe-me saber se ele… Vai às águas. Que vocês possam saber, que a graça soberana reina com Deus. Eu quero voltar. Eu simplesmente não posso deixar de colocar alguma coisa mais. Vocês sabiam, aqueles dois rapazes, filhos dessa irmã, que foram salvos, Deus sabia antes da fundação do mundo, e seus nomes estavam colocados no Livro da Vida do Cordeiro antes da fundação do mundo? A Bíblia diz isso? E isso só tinha que operar naquele momento… Você sabia que Deus conhecia que nós estaríamos aqui, dez milhões de anos antes que o mundo fosse fundado? Você sabia que Ele sabia que estaríamos aqui esta manhã? O Deus infinito conhecia cada mosca, cada mosquito, cada vez que seus olhos piscariam, e quanto sebo eles produziriam. Antes que o mundo fosse formado, Deus sabia disto.

95 Agora, você diz: “Bem, se Ele sabia disto, então por que você está pregando?” Isso é Deus… Parte do programa de Deus. A pregação está em Seu programa. Quando Ele olhou sobre os apóstolos, Ele olhou para a colheita. Ele disse: “A seara é grande e poucos são os trabalhadores. Rogai ao Senhor da seara para que Ele envie trabalhadores para sua seara.” Quantos se lembram disso? Bem, por que terem eles que orar ao Senhor da seara para enviar trabalhadores para Sua seara, se o Senhor da seara estava ali de pé, sabendo que isso seria feito? Por que? Deus tem disposto isso assim, que Seu… Agora, ouçam isto. Deus tem disposto isso de modo que, Seu programa não possa se mover sem você e eu. E uma vez que não estejamos fazendo o que Deus no dirige a fazer, estamos paralisando Seu programa. Mas quando a igreja se move pela unção do Espírito Santo, então estamos na vontade de Deus, realizando Seu programa.

96 Oh, assim que eu retornar da Califórnia, o Senhor permitindo… O que o Tabernáculo Branham está precisando é de um reavivamento. Eles necessitam de um reavivamento e de um enchimento do Espírito Santo. E essa é a grande necessidade do Tabernáculo, algumas das melhores pessoas do mundo vêm aqui. Mas o que necessitamos é do batismo do Espírito Santo. Eu sinto isso, posso dizer isto. E assim que eu retornar, se o Senhor permitir, vamos ter um reavivamento para esse propósito: Que os membros deste Tabernáculo, e outras pessoas que estão buscando o Espírito Santo possam vir, nós daremos instruções e tudo mais, teremos reuniões de oração aqui para receber o Espírito Santo. E que a Igreja possa voltar a vontade de Deus e seguir em frente com o programa de Deus enquanto se move. O Senhor vos abençoe. Creio que eles estão prontos agora para o tanque. Assumam isso e então eu vou lá orar por eles…

***********