A JUNÇÃO DO TEMPO
15 de janeiro de 1956
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Eu quero que os gravadores esperem só um momento antes de gravar, por gentileza. E bom dia, amigos. Eu confio que todos estão se sentido realmente… [Espaço vazio na fita – Ed.]

2 Cantem nossa habitual dedicação, “Traga-os para dentro”, todos juntos agora, “Traga os pequeninos.”

Traga-os para dentro, traga-os para dentro,
Traga-os dos campos do pecado;
Traga-os para dentro, traga-os para dentro,
Traga os pequeninos a Jesus.

3 Amém. Você não acha que há algo realmente dócil quanto a um bebezinho? [A Congregação diz: “Amém.” – Ed.] Um companheirinho, aqueles olhinhos brilhantes olhando para mim. E há algo com eles que é muito, muito doce. E eles são simplesmente uns companheiros inocentes, não sabem nada a respeito das coisas do mundo. Deus tem dado.

4 E, você sabe, há algo a respeito de uma criança, em um lar, que une o lar. Há uma ligação, concernente a uma criança. Agora, eu gostaria que tivéssemos mais tempo para falarmos sobre essas coisas, sobre os pequeninos, e sobre diferentes coisas. Mas nós, nosso tempo, estamos com muita pressa.

5 E devemos ir diretamente para a Palavra agora. Tudo bem, para os gravadores, se eles quiserem gravar a mensagem nesta manhã. E que Deus possa abençoar ricamente a cada um.

6 Agora, hoje, eu penso que não há nada como a Palavra, a leitura da Palavra de Deus. Gostaria que ela estivesse em cada lar, onde a Palavra de Deus fosse lida. E eu quero que cada um de vocês, nesta manhã, se puderem, mesmo quando os pequeninos sairem de suas salas da escola dominical, sejam tão reverentes quanto for possível. Se assentem quietamente, e ouçam enquanto tento, pela ajuda de Deus, entregar uma mensagem que me foi dada de madrugada, para a igreja hoje.

7 Agora, nossa leitura escriturística é encontrada em Joel 2, e Atos 2, Joel 2:28. Em Atos, começamos em 2:15. Não é estranho, como esse profeta, falando, no 2º capítulo de Joel, e no 2º capítulo de Atos, “A chuva temporã e seródia.” Joel falou disto neste mesmo capítulo. Falando de Atos, capítulo 2, o verso 15, e abaixo uma porção da Escritura, nós lemos isto.

Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia.

Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel:

E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos;

E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e minhas servas naqueles dias, e profetizarão;

E farei aparecer prodígios em cima, no céu; e sinais embaixo na terra, sangue, fogo e vapor de fumo.

O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor;

E acontecerá que todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo.

Vamos inclinar nossas cabeças só um momento para orarmos.

8 Nosso bondoso Pai Celestial, como um grande lençol atravessando este edifício, nesta manhã, cada cabeça inclinada para o pó da terra. Com humildade inclinamos nossas cabeças e nossos corações, na Tua Presença. E oramos, Pai Celestial, para que o Espírito Santo venha agora, entre na Palavra, e A apresente a cada coração exatamente como tem lugar, e lugar de hospedagem. Que Ela possa produzir cem vezes mais. Deus, oramos para que os incrédulos, hoje, possam se tornar crentes. E que os cristãos tomem um novo controle, aqueles que estão cansados no caminho. Que os santos possam estar encorajados, e que os enfermos sejam curados. Fala, Pai. E que possamos ter companheirismo ao redor da Tua Palavra neste momento, pois o pedimos no Nome do Filho amado de Deus, Jesus Cristo. Amém.

9 Meu assunto, nesta manhã, se chamarmos assim, será a mensagem para a igreja, é: A Junção do Tempo.

10 E sempre, nos dias passados, as dispensações sempre chegaram a seu fim, e encontramos uma – uma junção. Na rodovia existem junções. Existem junções nas estradas que viajamos neste mundo. Há junções nesta grande e velha rodovia em que viajamos para a Glória.

11 E, sempre, é necessário o miraculoso para falar da onipotência. Onipotência é a Toda-Poderosa, e é necessário o miraculoso para reivindicar a Onipotência. E somente o miraculoso pode fazê-lo. Ensinar a Palavra é uma coisa muito boa, e nós… Isto vem, “A fé vem pelo ouvir, e ouvir a Palavra,” mas sempre é necessário que o miraculoso vindique que o Onipotente ainda vive e reina. Devemos ter o miraculoso. E eu creio que a Igreja está agora no limiar da maior reivindicação da Onipotência que o mundo já conheceu. Tem havido…

12 Na minha busca da Escritura, por um bom tempo, eu encontrei sete grandes junções na Palavra de Deus. E sete é o número completo de Deus. Nós… Ele – Ele se completa em sete. Ele trabalhou seis dias e, no sétimo, descansou. O mundo existe em seu reinado na terra aqui, a Igreja trabalha por seis mil anos, o sétimo é o Milênio. E todas estas matemáticas (e) da Bíblia são perfeitas.

13 E Deus está sempre na hora certa. Às vezes estamos um pouquinho atrasados, ou (um pouco) pensando um pouco diferente, mas isso é sempre feito com um propósito. Mas Deus está sempre no horário com a Sua Mensagem.

14 E então, hoje, creio que estamos encarando algo grande que a Igreja deve conhecer e compreender, para que possamos saber a respeito de que é tudo isto, encontrá-lo na Palavra de Deus. Pois eu creio, que, se – se isto não estiver na Palavra, eu simplesmente duvido um pouco disso. Mas se a Palavra de Deus fala disso, então Deus, não importa quão indiferente isso possa parecer ao nosso costume de ensinar, é Deus trabalhando a Sua Palavra. Muitas vezes, é contrário ao nosso modo de pensar, ou talvez o modo em que fomos ensinados a pensar, mas temos que reconhecer a Onipotência de Deus quando é realizada diante de nós.

15 Agora vamos voltar por um pouco, em nossas mentes, e estudarmos, só alguns minutos, o que tem acontecido nos poucos anos decorridos. Eu creio, como um ministro do Evangelho, que estamos vivendo exatamente perto da aparição, da segunda vez, da Vinda do Senhor Jesus; segunda volta… Ou a Segunda Vinda. Da primeira vez, ele veio como um bebê. Desta vez, Ele está vindo como o Rei da Glória, para vingar de todos que não obedecem a Palavra de Deus.

16 E estamos crendo, com todo esta grande turbulência em que estamos vivendo, hoje, enquanto olhamos ao redor em todas as direções, e apanhamos os jornais, e simplesmente ficamos quietos, e deixamos de lado nossa grande agitação diária desta era neurótica, e olhamos e encaramos os fatos, vemos, além de qualquer sombra de dúvida, que algo está prestes a acontecer.

17 E eu creio que Deus, nunca, em nenhum tempo, nada milagroso, ou nada alguma vez aconteceu, a não ser o que Deus tenha anunciado através da Sua Palavra. Revelou, estabeleceu, para que então os homens que falhassem em andar naquilo, pudessem… Tivessem que se colocar diante Dele, e tivessem que se colocar sem nenhuma desculpa, porque Deus deixa isto muito claro. De forma que, se o homem estiver preocupado o suficiente sobre isto, ele o encontrará, se você estiver preocupado.

18 Você não comeria uma sopa com uma mosca nela. Não, senhor. Você – você não o faria. Você não seria… Você teria medo de comer um alimento que não tivesse uma boa aparência, e estivesse contaminado. Porque, você sabe, que poderia se envenenar com ptomaína ou algo, e te mataria bem rápido. E você cuida desse corpo. Mas, aquela alma, você a deixa banquetear-se com as coisas do mundo, que você sabe que estão contaminadas e pode fazer somente uma coisa, te levar à destruição. Não importa quão bem você trate este corpo, ou quão boa seja a comida, ou como vive, ele vai para o pó da terra. Porém essa alma viverá para sempre, em algum lugar. Eu preferiria comer uma sopa contaminada do que contaminar minha alma com as coisas do mundo, em qualquer tempo.

19 A junção! Deus, sempre, antes destas grandes junções chegarem, ou terminarem o tempo, onde Ele começa algo de novo, conectando o velho ao novo, de uma dispensação a outra, Ele sempre mostra o Seu poder. O homem através das eras, sempre rompe, ensina, explica e se afasta do verdadeiro Deus vivo. Mas, pouco antes Dele conectar e entrar em uma nova dispensação, Ele entra em cena com grandes sinais miraculosos e maravilhas. Ele sempre fez isto.

20 Veja a primeira destruição do mundo, a primeira junção. Depois que o mundo foi formado, e Deus colocou o homem na terra, a Bíblia diz que eles começaram a construir cidades, grandes programas de construções surgiram no mundo.

21 Veja isto hoje. Jesus disse claramente: “Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem.” A mesma coisa.

22 Observe, eles haviam encontrado uma maneira para trabalhar com o cobre. Eles haviam encontrado uma maneira para trabalhar com o bronze, e com o ferro, antes da destruição antediluviana.

23 Observe o dia em que estamos vivendo agora, como constroem! Eles disseram: “As pessoas se multiplicaram sobre a face da terra.” Olhe ao redor nosso… Mesmo nossa pequena cidade, e compare esta cidadezinha, há poucos anos atrás, uns quatorze mil, agora está em torno de vinte e sete mil ou mais. Você não pode encontrar um lugar com espaço suficiente para caçar coelhos, mais. Tudo virou projeto habitacional. Correto! Construindo! Aumentando! Multiplicando!

24 E Ele disse: “Quando começam a multiplicar, então o pecado e a iniquidade se estabelecem.” Esse é um dos grandes sinais de que estamos no fim da estrada; um dos grandes sinais.

25 Observe, durante aquele tempo, havia um homem chamado Ninrode, que saiu e construiu a grande cidade de Babilônia, e confederou todas as cidades circunvizinhas, para que todos se unissem. E ali haveria uma grande cidade, que seria a Babilônia. E Deus desprezou aquela federação de ordem mundial!

26 Veja isto hoje, a mesma coisa, confederações trabalhistas, homens se unindo através de sindicatos e através – através de diferentes grilhões, e através de igreja denominacional. Isto os une, rompe a barreira, quebra o – o companheirismo entre diferentes irmãos. Confederação, um dos maiores sinais que Deus deu na primeira destruição, vemos isso aparecendo aqui na última destruição. Vê você isto? [A congregação diz: “Amém.” – Ed.] Observe.

27 E outra coisa que ele fez lá atrás, observamos isto durante o tempo deste grande tumulto, quando o coração do homem começou a esfriar e se afastar de Deus, as mulheres se tornaram um ídolo. “Quando os filhos de Deus viram as filhas dos homens, que elas eram bonitas – bonitas,” se tornou uma norma sexual.

28 Veja isto hoje que estamos vivendo. (Não estou falando contra as mulheres honradas. Não, senhor. Elas são instrumentos de Deus.) Mas como aquelas que não se importam consigo mesmas; como existem tantas do lado oposto, vivendo, “se casando, dando-se em casamento.” Assim disse Deus, na Bíblia. Jesus disse: “Antes do tempo de Noé,” no fim, “eles estavam casando e dando-se em casamento. Como a grande turbulência está no mundo hoje! E vemos isto. E uma coisa que causou isso, a Bíblia diz que os espíritos (grandes espíritos) desceram, espíritos malignos, e entraram nestas pessoas e fizeram estas coisas. E vemos os mesmos espíritos malignos operando em nosso dia.

29 E agora observe novamente, que, não somente isso. Quando todo o inferno se soltar, todo o Céu se soltará, também. Quando o inimigo chega como uma corrente de água, o Espírito de Deus levanta sua bandeira contra ele. E estas duas forças são sempre mostradas na junção.

30 Agora, como vemos o tempo que Ninrode trouxe toda confederação, e fez com que todas pessoas fossem para a Babilônia e entrassem nesta grande confederação, e o tempo de todo mal seguindo entre as mulheres, sexualmente, e assim por diante; ao mesmo tempo, Deus tinha uma testemunha na terra: Enoque, que andou com Deus, irrepreensível. E ao mesmo tempo que aquele mal estava aparecendo, anjos apareceram na terra. Seres angelicais se moveram entre os homens.

31 Um belo tipo de hoje, também. Como o mal está aparecendo, do mesmo modo está o bem aparecendo.

32 E observe ali atrás naquele dia maligno, pouco antes da destruição, quando Deus tinha um homem ali pregando o Evangelho, um homem pobre, homem humilde, não muito do mundo, mas um homem cujo coração ouvia a Deus, Noé. Ali estavam Noé e Enoque, pregando ao mesmo tempo.

33 E se você observar, em Apocalipse 11, diz: “Eu darei poder a minhas duas testemunhas no último dia,” Duas testemunhas novamente no último dia, Apocalipse 11, “e elas realizariam sinais e maravilhas no meio do povo.”

34 Olhe ali atrás então, como Noé e Enoque estavam pregando. E Noé estava pregando uma mensagem que parecia ser muito louca para o mundo. E Noé… Aqui está agora. Noé estava preparando a arca, fazendo um lugar de segurança. E aquilo era um milagre em si mesmo. Como um homem, sobre uma terra seca, onde nunca havia caído água, estava preparando uma arca para flutuar em um mar poderoso que estaria ali. E dizendo: “Descerá dos céus,” e onde estava? “Mas pela fé,” que é um milagre por si mesmo, “Noé, advertido por Deus, preparou a arca.” Vê você isto? Não importava quão tolo parecesse, quão fanático aquilo fosse para o povo; era um milagre, em si mesmo, ver um homem martelando. Que algo parecesse fanaticamente.

35 Isto se repete hoje novamente. Quando um homem martela o Evangelho do Senhor Jesus Cristo, pregando o batismo com o Espírito Santo, aprontando um povo para o julgamento vindouro, ou um escudo para ele. E o povo da igreja moderna sorri e critica, dizendo: “Isto não existe. E os dias dos milagres passaram.” É um milagre, um poste de sinalização na junção.

36 Noé, trabalhando, não só tinha ele realizado um milagre, ou visto… Ele estava buscando, também, por um milagre.

37 E a igreja hoje, enquanto está trabalhando sob a tarefa da pregação do Evangelho, com sinais e maravilhas seguindo-a, eles estão se preparando para um milagre: o rapto da Igreja, e a ida para Casa. Preparando o povo, dando-lhe Luz, aliviando das coisas do mundo, e colocando suas almas na Presença de Deus, para que quando Jesus aparecer pela segunda vez, na glória, aqueles que estiverem prontos sejam raptados e levados juntos, para encontrá-Lo nos ares e estarem com Ele.

38 “Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem; comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento,” todas estas coisas que você vê acontecendo. Abrindo… Deus conceda, hoje, que você abra… Deus abra o seu entendimento, para que você veja estas placas de sinalização. E os milagres sobrenaturais estão bem na nossa frente hoje, da Segunda vinda do Senhor Jesus Cristo, e estamos na junção. Observem.

39 E quando Noé começou a advertir o povo, e a pregar, muitos riram dele, zombaram dele, porque sua mensagem parecia ser totalmente irracional.

40 E hoje, como poderia o povo hoje… Quando dizem: “Temos os melhores médicos do mundo. Temos as melhores clínicas que já tivemos. Temos tudo isto, aquilo e aquilo outro. Por que necessitaríamos…”

41 Ouçam. Hoje, precisamos da cura divina mais do que jamais precisamos. E à medida que os dias passam, e passam, haverá mais e mais necessitados. E acontecerá, após algum tempo, que a não ser que o homem seja selado com o Espírito Santo, é difícil dizer, ele está aberto a todo tipo de coisas. “Não se aproxime de nenhum daqueles que têm o Selo de Deus na sua testa, quando aquelas tremendas pragas começarem a cair.” Estamos na junção, no cruzamento agora.

42 E como observamos, e vemos Noé, como ele saiu, advertindo o povo, dizendo que viria uma chuva. E o povo nem mesmo sabia o que significava chuva. Nunca tinha chovido.

43 E há pessoas no mundo, hoje, após dois mil anos de pregação do Evangelho, não sabem o que significa nascer de novo do Espírito de Deus. Elas não sabem o que significa onipotência. Como? Deus no Seu grande poder onipotente que pode transformar a alma de um – um pecador de rua, a uma posição angelical no Reino de Deus, como um filho e filha de Deus. Eles não compreendem isto. Eles estão muito ocupados, apaixonados com as coisas do mundo. Luzentes, flertando com o mundo, e não sabem que aquele é um espírito maligno, e uma grande placa de sinalização para o povo deste dia, para que observem e estejam prontos. Jesus disse: “Quando estas coisas começarem a acontecer, levantem vossas cabeças, porque vossa redenção se aproxima.”

44 Não somente isso, mas Deus mostrou sinais através de Enoque, Ele mostrou sinais através de Noé, e o mundo riu daquilo. Mas, um dia, vem um trovão e um relâmpago. Vem fogo do céu. O relâmpago e trovões começam a soar. Isso é um milagre, por si mesmo. E a chuva começa a cair.

45 Mas aqui está o grande milagre. O milagre foi como Deus tinha Seu filho crente escondido na arca da segurança. Todo o tempo que trovejava, a chuva estava caindo, Noé estava descansando na arca com Deus, predestinado, preordenado, para estar naquela arca. Quando as pragas estavam caindo, Noé estava descansando, em segurança; aquele que tinha sido criticado, havia entrado no descanso.

46 Aqueles que eles criticam e riem, hoje, porque você deseja viver uma vida totalmente rendida ao Senhor Jesus, eles não sabem que você está guardado sob os Seus braços eternos. Não sabem que você está descansando tão salvo o quanto possa estar, na onipotência, e nada pode te fazer mal.

47 A arca começa… A água começou a chegar, e o povo começou a gritar e clamar, e gritar e se comportar assim. E em vez da arca ficar ali, ela flutuou por cima, o tempo todo, carregando a Noé e embalando-o nas ondas. Claro. Era uma placa de sinalização. Deus varreu o mundo limpando-o do pecado. Ele ia começar um novo. Os sinais e maravilhas apareceram antes que Ele fizesse isso.

48 Observe, na saída, Deus libertou Israel, que estava em cativeiro, lá embaixo no Egito. Antes de Deus mover um dedo para Israel, a primeira coisa que Ele fez foi realizar um sinal sobrenatural, para mostrar que Ele era Onipotente, que Ele ainda vivia. Os sacerdotes e os rabinos, e assim por diante, daquele dia, pensavam que Deus havia saído de existência, exatamente como eles fazem hoje. Mas Deus ainda é Onipotente, e Ele ainda realiza milagres. E eles pensavam que Ele não existia mais. Mas exatamente naquele meio tempo, Deus desceu para a modesta, humilde família de Levi, e trouxe um filho, o qual era o libertador.

49 E como o pequeno Moisés foi guardado na sua arca. Gostaria de ter tempo para entrar nisto e explicar, como eles o levaram ao rio ali. E ali, no meio dos crocodilos, e tudo mais, operou o miraculoso.

50 Como ele preservou Moisés, bem no tempo, como quando eles pensavam que todos os dias de milagres haviam passado. Mas eles estavam na junção. Eles tinham a Palavra. Eles tinham os ossos de José. Eles estavam bem. Eles eram sinais, sim, que Deus ainda vivia e reinava, e estava em um dia. Mas não somente isso, mas continua, além da Palavra, eles tinham o Deus onipotente o Qual não pode falhar, o Qual é o mesmo, ontem, hoje e eternamente; o Qual se colocou no meio de todos eles.

51 E na idade dos quarenta, quando Moisés estava de pé ao lado do rio, ou melhor, ao lado do deserto, Deus desceu na forma de um Anjo. E Deus, antes Dele destruir o Egito e tirar os Seus filhos e mudar toda a dispensação, Ele apareceu na terra e enviou anjos ao pobre e necessitado. Ele realizou sinais e maravilhas. E Ele mostrou a Moisés a Sua Glória. Como ele poderia pegar uma vara e realizar um milagre. Como ele poderia colocar sua mão no seu peito e curá-la da lepra.

52 O que foi isto? Nós temos o tempo de mudança. Nós temos a junção nas estradas. E o grande Deus imutável o Qual estava em – em… É imutável, o Qual realizou estas coisas nas junções do tempo, o passado, quanto mais Ele o fará agora quando todo o inferno está em fúria e o fim do tempo está aqui! Ele é o mesmo. Ele não falha. O Onipotente encontra o miraculoso. Com certeza. O insondável… O pensamento irracional do homem nunca pode compreender o miraculoso. Você tem que entrar em contato com a Onipotência. E então quando você o faz, você está em contato com o Sobrenatural. Sua vida muda, seu pensamento muda, sua mente muda. Você se torna diferente. Suas enfermidades desaparecem. O grande poder de Deus começa a mover.

53 Moisés, na sarça. Ele viu e ouviu o Onipotente, e ele viu o Miraculoso. Deus não estava satisfeito em dar a Moisés apenas uma mensagem, para descer e pregar, apenas, para os egípcios e para pregar para os israelitas. Deus, o Onipotente e miraculoso Deus, não era um – um Deus para revelar isto apenas a um homem. Mas Ele disse: “Tome estes sinais!” Aleluia! “Tome estes sinais e mostre-os aí embaixo. Eu estarei contigo.”

54 Mudança! A junção chegou; é hora de acontecer algo. Mas antes que isso aconteça, Deus dá a Sua advertência. “Ainda sou Jeová. Ainda Vivo. Sou Onipotente. E Eu Sou o Deus miraculoso.”

55 E quando ele desceu para o Egito, ele tomou sua vara e a jogou no chão, e curou a sua mão da lepra, e fez aquelas coisas.

56 Então eu quero que você observe, cada vez que o miraculoso foi realizado, Satanás estava ali para falsificá-lo. E como ele estava falsificando naquele dia, ele continua o mesmo falsificador hoje. Mesmo suas imitações somente apontam para o tempo final na junção.

57 Eles tinham alguns velhos adivinhadores lá embaixo, chamados de Jane e Jambres, que se levantaram. E eles podiam jogar suas varas no chão e transformá-las em serpentes, e assim por diante, e fazer exatamente como ele, eles fizeram. Mas Deus vindicou quem era Deus. Eles podiam trazer pragas, mas eles não podiam realizar a cura divina, porque somente Deus pode curar. E eles podiam fazer aparecer um tumor, mas não podiam tirá-lo. Deus estavam em Seu Poder ali, para mostrar que a verdadeira cura divina era Seu milagre, para provar a Onipotência na junção da estrada.

58 Os egípcios chamaram os tumores, mas eles estouraram em si mesmos. Mas o servo de Deus podia tirá-los. Por que? Eles podiam imitar.

59 Nos foi ensinado, nestes últimos dias, que haveria a mesma coisa. “Como Jane e Jambres resistiram a Moisés, do mesmo modo estes resistirão a Verdade; homens de mentes perversas, concernente a fé.” Como eles fariam! “Obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que de Deus; irreconciliáveis, incontinentes. Tendo aparência de piedade.”

60 Oh, o dia em que estamos vivendo, a junção da estrada; no fim da estrada, no fim da era! Deus está provando isto. Que dia maravilhoso para se viver.

61 Deus lhes provou, e Se vindicou, e obteve glória. Como Ele desceu lá embaixo no Egito e feriu a nação! Como Ele trouxe Israel nas asas de uma águia, e realizou sinais e maravilhas, porque Ele é o nosso Onipotente. E Ele opera o miraculoso.

62 Antes de afundar as carruagens de Faraó, Ele deu todo tipo de sinal. Ele deu sinais de cura divina. Ele deu sinais e todas as vindicações do Seu poder. Como Ele poderia salvar um filho mais velho, ou tirar um filho mais velho. Como Ele poderia destruir, ou como Ele poderia salvar vida. Como Ele poderia realizar milagres. Ele poderia fazer o miraculoso. E como o sol e a luz escureceram! Como o granizo varreu o chão. Como o relâmpago varreu o país e matou o gado, e assim por diante, exatamente como foi feito nos dias de Noé.

63 E Ele disse: “Nos últimos dias, a lua falhará em dar a sua luz, e o sol não brilhará. E ele se tornará negro como saco de cilício; gotejará como sangue,” quando ela esconder sua face e chorar, ela mesma, e suar gotas sangrentas de tristeza. Deus estará na terra, Onipotente, operando o miraculoso. Com certeza. Ele pode. Ele é onipotente. Pense nisto.

64 Ali embaixo no Egito, como Ele realizou aqueles sinais e maravilhas, e as coisas que Ele havia feito! Ele é Deus. Nada pode tomar o Seu lugar.

65 Observe, Deus realizou Seu milagre, e Ele deu a Faraó uma chance. E Faraó falhou e recusou tomar sua chance. Ali não restava mais nada.

66 Quando um homem rejeita a misericórdia de Deus, há somente uma coisa, esta é o julgamento. E, meu caro amigo, hoje, Deus nos ajudando, quando você vir o fim deste assunto chegar, e se você rejeitar a misericórdia que te é oferecida através de Jesus Cristo, o Espírito Santo, não restará nada mais, exceto o julgamento divino. Não pode haver mais nada.

67 Faraó finalmente desperdiçou seu dia de graça e ali não restou mais nada, porque a junção estava à mão. E Deus conectou o tempo.

68 Quando Ló e Abraão, em outro tempo, quando Abraão ia ser o governador do mundo, sua semente tinha que se espalhar sobre a terra. Ele tinha Ló, o seu sobrinho consigo, que era um parente.

69 E que lindo quadro hoje da igreja fria, formal e indiferente; para a nascida do Espírito, eleita, chamada, separada Igreja do Deus Vivo. Eles habitaram na mesma planície.

70 Mas finalmente chegou o tempo em que Ló levou seu grande grupo para Sodoma e Gomorra, onde eles seriam populares, onde eles escolheriam a terra. E Abraão permaneceu na vontade de Deus e tomou os pobres da terra. Sara, sua linda esposa, e Abraão, permaneceram com os pobres da terra, a fim de que pudessem servir ao Senhor.

71 Deus não promete um mar de rosas. Não falsifique um cristão. E não falsifique a Mensagem, dizendo-lhes, que, “tudo vai ficar bem. Nada vai te fazer mal. Nada está acontecendo. Não existe provações ou nada.” Isto é errado.

72 Como disse o poeta. “Devo eu ser levado no céu em uma cama de rosas, enquanto outros lutaram para ganhar o prêmio e navegaram através de mares de sangue?” Não, senhor.

73 Deus não promete facilidades e prosperidade. Mas Ele promete graça, para suportar em todo o tempo. É a graça que buscamos.

74 Abraão escolheu o caminho de Deus. Ele permaneceu no topo da montanha, porque ali não havia muito pasto para o seu gado. Mas, Ló, um tipo do mundo apóstata, a igreja que não crê no miraculoso. Então finalmente chegou ao ponto em que aquelas coisas se voltaram para Deus, até haver uma junção. Tinha que haver um tempo. Pois, Abraão era o herdeiro da terra.

75 Ó Deus, por que os cristãos não veem? “Bem-aventurados os puros de coração; eles verão a Deus. Bem-aventurados os mansos; porque eles herdarão a terra.” O tempo da junção está à mão; nosso Pai, para mostrar que estamos no fim do tempo. Veem? O milagroso, o sobrenatural, o Onipotente operando o miraculoso. Olhe para Ele.

76 Durante o tempo de Abraão, pouco antes do fim do tempo, veja o que aconteceu no mundo, lá embaixo em Sodoma, na grande cidade.

77 Abraão vivia em uma tenda, herdeiro de todas as coisas, vivia em uma tenda. Então não é de se admirar que o poeta dissesse: “uma tenda ou uma cabana, por que devo preocupar?” Você é um herdeiro de todas as coisas, se você está em Cristo. Deus Lhe deu a terra, e Ele é o Rei. E estamos Nele, um herdeiro de todas as coisas, a Onipotência, o Miraculoso, e no tempo da junção.

78 Observe atentamente agora, enquanto seguimos com isto. Observe como Deus fez pouco antes do fim do tempo.

79 Ló, lá embaixo em Sodoma. A perversão estava aumentando. Homens se tornando homossexuais, pervertidos, mudando o curso natural da natureza humana para métodos pervertidos.

80 Veja o mundo hoje. A coisa toda está se tornando uma dispensação pervertida. E grandes lugares, onde os homens vão estudar religião, em grandes escolas. E já falei sobre isto e sei disto, onde os homens não podem se casar com mulheres, mas isto é tão horrível. E como nas escolas hoje, nestas igrejas modernas aí fora, como esta grande coisa! Os homens bebem e fumam, e estimulam o desejo sexual, e saem com garotinhas e assim por diante, e começam na sua infância, até que seu verdadeiro curso de vida esteja pervertido. Deus os entregou à destruição. E suas vidas têm sido tão misturadas até não serem mais homens e mulheres naturais. O diabo os apanhou.

81 Veja a junção ali com Sodoma e Gomorra. Veja na junção nos dias de Noé, casando e dando-se em casamento. Vê você a placa de sinalização? [A Congregação: “Amém.” – Ed.] O que aconteceu? Ao mesmo tempo Deus tinha um profeta na terra. [O irmão Branham bate no púlpito quatro vezes.] Antes do fim do tempo…

82 Aqui está. Ouçam! Sempre, antes do fim do tempo, quando Satanás solta seus personificadores, Deus envia Seus profetas. E nos foi dito na Bíblia, que: “Nos últimos dias vossos jovens terão visões, e meus servos e servas.”

Profetas apareceriam novamente na terra. Videntes apareceriam na terra, no fim dos tempos. Estamos aqui. Estamos na junção. Foi profetizado através de todos os santos profetas, através da era, e predito através da sagrada Palavra de Deus. O fim do tempo: como o Senhor faria, como seriam as Suas bênçãos, e o que o diabo faria naqueles dias, o que aconteceria, no fim do tempo.

83 A santidade de Deus não pode suportar a iniquidade do mundo. Mas antes que Ele traga isto para a junção, Ele envia o sinal luminoso vermelho de advertência. Não somente isso, mas antes de Deus destruir Sodoma e Gomorra, Ele também enviou anjos à terra, que se misturaram no meio dos homens.

84 E antes do fim do tempo, Deus prometeu que Ele enviaria anjos. E nós os vemos. Eles estão vindo com as mensagens do Deus Todo-Poderoso. O tempo da junção! Não mais do que três semanas atrás, ao ver Aquele poderoso ali de pé, o Qual aparece desde que eu era um garotinho, e conversava. Eu não sou um fanático; você sabe disto. Mas é para cumprir as Escrituras.

85 Eu acho que esta igreja deve conhecer a Verdade, e o sinal de onde estamos; para que você não seja indolente; que você estará fazendo; que as diferenças sejam estabelecidas, e que vocês, como verdadeiros homens e mulheres pias, com o coração colocado em Cristo. E não olhe para estas falsas coisas da terra, porque são do diabo; todas estas discórdias e guerras, e lutas e diferenças. Olhe para longe delas. Estamos no fim. E, recordem, talvez você não tenha outra semana para fazê-lo. Eu não sei. Somente Deus sabe. Estamos no fim.

Ali estava Noé, no seu tempo.

Aqui está Israel, em seu tempo.

86 Aqui está Abraão, na próxima junção, entre (o – o mundo) o natural e o sobrenatural. Os anjos desceram. Eles tinham aparência de homens. Glória! E se colocaram ao lado de Abraão, o profeta, e lhe disseram: “Abraão, Deus realizará o sobrenatural. Por volta deste tempo, no ano que vem, de acordo com a vida, Eu te visitarei. Sua esposa, com cem anos de idade, e vocês terão um filho. Eu te mostrarei o Meu poder, a cura divina. Eu te transformarei, e te farei jovem novamente. E eu mudarei Sara, e farei dela uma pessoa diferente.” Ele fará dela uma jovem. “Eu Sou o Milagroso. Sou o Onipotente. Eu faço o milagre. Amém. Eu te mostrarei o Meu poder. Abraão, estamos na junção do tempo. Os espíritos malignos estão lá em Sodoma. Sim. Eles estão operando no mundo ali embaixo.”

87 Eles estão operando aqui hoje. Luxúria, deslumbramento, e contando piadas licenciosas, e todas estas coisas sujas no rádio, televisão, não são nem mesmo censuradas ou nada mais. E pervertendo, às vezes, o Evangelho, para uma questão social. O mundo inteiro se perverteu. Mas ao mesmo tempo que o mundo se tornou pervertido, os crentes se converteram ao Senhor e ao Poder de Deus, através da obra e do aparecimento da Onipotência. Como Deus, em Sua misericórdia, está mostrando estas coisas!

88 Disse: “Abraão”, enquanto esse profeta estava assentado embaixo de sua tenda, um homem velho, em uma terra estéril. Com que ele se importava? Uma tenda, ou uma cabana, seja lá o que fosse, não fazia nenhuma diferença para ele. Ele era herdeiro de tudo isso. Tudo lhe pertencia, e ele sabia disso.

89 Do mesmo modo sabe o crente hoje. O que nos importam estas coisas terrenas? Foi por isso que desisti das campanhas, há não muito tempo atrás, porque eu não pressionava o povo para ofertar. Não me importa o que as pessoas digam, eu creio que Deus é grande o suficiente para suprir tudo que Ele tem necessidade. Sim, senhor. Eu preferiria comer bolachas de sal e beber água pura, e pregar o Evangelho, do que ter as boas coisas do mundo. Não importa, se conseguirmos fazer com que se encomendem nas Suas mãos, e olhem para a Onipotência. Correto.

90 Observe onde isto está. E nós O vemos, enquanto Ele segue, como Abraão assentado sob a sua tenda, e aqueles Anjos apareceram para ele.

91 Eles desceram para Sodoma e Gomorra. E descobrimos que Deus, naquele dia, realizou milagres. Ele trouxe fogo dos céus e varreu a cidade, e limpou a terra, e deu tudo para Abraão. E a mulher de Ló se transformou em uma estátua de sal, porque ela olhou para trás, como um monumento da desgraça; que era uma grande dama no meio da sociedade da cidade, de Sodoma e Gomorra. E todos os vales foram varridos, quando Deus realizou o milagre com fogo e enxofre do céu.

92 Que tempo maravilhoso! Que grande tempo para se viver! Deus, na Sua onipotência! Ali veio uma junção novamente. (Acho que vou apressar por causa do tempo, terei que apressar.) Ali vem a Onipotência, a Presença novamente.

93 Havia um sujeito chamado Acabe, casou-se com uma garota chamada Jezabel. O qual, era um crente a princípio, Acabe, nascido judeu, circuncidado no oitavo dia, de acordo com a lei. E foi criado em uma casa religiosa, para crer em Jeová, mas se apaixonou por uma pequena idólatra. Correto.

94 E, hoje, bons homens cristãos estão oscilando sob tal tolice e fascinação, porque aquele coração não tem estado estável em Cristo Jesus. Sim. Que dia estamos vivendo, que tempo, a placa de sinalização está aqui diante de nós.

95 Mas, então, pouco antes de Deus trazer a prova final, para mostrar quem era Deus, houve um tempo que ali havia um profeta que chegou àquela terra, chamado Elias, que foi ungido com a mensagem de Deus. E ele realizou o miraculoso e provou que aquela Onipotência ainda era miraculosa. Aquele profeta se colocou ali e fechou os céus, que não choveram nos dias de seu ministério. E ele trouxe as chuvas do céu e as deu à terra. E os anjos entraram em cena, Aleluia, lhe fizeram pães de milho que o mantiveram por quarenta dias, vivo, enquanto ele estava ali fora no deserto com Deus.

96 Os anjos aparecem no fim do tempo. Todos os profetas e as placas de sinalização indicando, neste dia, que os anjos aparecerão, os profetas aparecerão, sinais e maravilhas. E se Deus fez aquilo para aquelas pequenas junções ali atrás, o que Ele fará agora quando todo o inferno estiver solto? Todo o Céu se soltará, anjos aparecerão, sinais e maravilhas na terra. As imitações estão aparecendo. Deus provando o que está certo e errado. Amém.

97 Oh, eu O amo! Tenho certeza que você O ama, também. Eu não tenho intenção de gritar com você, mas está queimando na minha alma, pensando, como é isto neste dia.

98 Pouco antes Dele libertá-los, Ele fez todos os tipo de sinais e maravilhas. Eles enviaram um grupo de pessoas ali em cima, para levar aquele profeta à força. Ele disse: “Se sou um homem de Deus, que caia fogo do céu.”

99 Observe como o fogo vem toda vez. Observe como os profetas vêm toda vez. Observe como os milagres são feitos cada vez. Observe como Deus Se vindica na cura e em poder a cada vez, exatamente na encruzilhada, nunca antes; bem no cruzamento, na junção, mudança de dispensação, mudança de tempo.

100 Agora, alguns textos para concluir, observe um minuto. Vamos agora para a – a quinta grande junção, uma das principais junções, porque a quinta é cinco, J-E-S-U-S. Amém. O tempo chegou quando a questão do pecado tem que ser resolvida. Está chegando o tempo quando o Miraculoso deve se fazer totalmente compreendido. Chega o tempo quando os corações dos homens terão que ser mudados, porque as leis e juízes, e assim por diante, não puderam fazê-lo. O sangue de bois e cabras não pôde tirá-lo.

101 E pouco antes daquela grande junção chegar, ali vem o diabo entre os pregadores, diz: “Os dias de milagres passaram. Não existe tal coisa.”

102 E, naquele mesmo tempo, Deus enviou anjos à terra. Ali havia um velho homem lá embaixo que tinha a casa em ordem, chamado Zacarias. Ele estava orando. Um dia enquanto ele estava no altar, balançando o seu incenso, fazendo intercessões pelo povo, ali apareceu à sua direita, um grande anjo, provando que o tempo da junção estava à mão. Ele lhe disse que ele traria um menino, através de sua esposa, que era velha e de idade avançada. E que o seu nome seria João.

103 João apareceu, reivindicando o miraculoso. João era um profeta. A Bíblia diz, Jesus disse, Ele Mesmo: “Nunca houve um homem nascido como ele na terra,” até aquela época. Aleluia! Por que? Ele era um profeta, o maior que houve até aquele tempo. Porque, esta foi a maior junção que Deus já fez com o diabo, quando seus caminhos cruzaram, e ali Ele o desnudaria e tiraria dele tudo que possuía. Aleluia! João era um profeta.

104 Gabriel era o Anjo ali, aparecendo na junção tempo. Glória a Deus! Cerca de trinta e três anos antes que isto acontecesse, Deus começou com bastante antecedência, para preveni-los que a junção do tempo estava à mão. Os incrédulos pioraram, se inquietaram, puseram à prova isto, e tentaram acabar com isto. E, finalmente, mataram todos que haviam enviado, e coisas. Porém Deus seguiu adiante com o miraculoso, do mesmo modo, pois Ele é onipotente. Ele tem que ser. Ele é Deus.

105 Veja o que aconteceu agora, enquanto seguimos neste – neste episódio aqui. Enquanto subimos, vemos João se aproximando do rio, pregando. Ele está falando a respeito Daquele que estava vindo, mais poderoso do que ele; começou a pregar. Após algum tempo, ali apareceu nada menos que o Onipotente, Ele Mesmo, envolto num pequeno invólucro de carne. O Grande Deus Jeová Se revelou no Seu Filho, Cristo Jesus. A Onipotência foi feita carne e habitou no nosso meio, andou no nosso meio. Aleluia!

106 Enquanto Ele andava no mar da Galileia, certa noite, ali longe, o pequeno velho barco se agitava, Ele agia como se Ele não estivesse prestando nenhuma atenção. Ele estava cansado. Mas tinha chegado a hora da junção; algo tinha que acontecer. Colocou Seu pé nas amarras do barco, olhou para cima e disse: “Paz. Aquietai.” Vou te contar, o próprio Criador dos céus e da terra naquele barco, e a natureza teve que Lhe obedecer. Quando o Onipotente fala, o milagre acontece. Amém.

107 Um leproso cheio de lepra, chegou até Ele um dia, disse: “Senhor, Tu podes. Se Tu quiseres, podes me limpar.”

108 Ele o tocou, disse: “Eu quero. Seja limpo.” E quando o Onipotente fala, o milagre acontece. Aleluia! Sua lepra desapareceu, como o sol jazendo por detrás de uma nuvem. Claro. O Onipotente fala.

109 Ele prometeu que nestes últimos dias, Ele falaria novamente. Quando o Onipotente fala, o milagre acontece. Sim, senhor.

110 Observe. Ele curou o enfermo. Ele ressuscitou o morto. Ele abriu os olhos do cego. O que foi isto? Provando ao povo que a junção estava ali. “Tenho poder para tirar Minha vida. Tenho Poder para reavê-la. Ninguém a tira de Mim.”

111 Certo dia, em João 17, Ele olhou para cima e disse: “Pai, tem chegado a hora.” Aleluia! “A junção está aqui. Todas as coisas terminaram agora. Todas as coisas estão se preparando. As encruzilhadas chegaram. O mundo está avisado. Eu ungi esses apóstolos e eles fizeram sinais e maravilhas. Atravessamos a terra. Fomos de um lado para o outro. O tempo está aqui. O tempo chegou.”

112 Irmão, como um pregador do Evangelho nesta manhã, eu creio que o Espírito Santo, falando através destes lábios mortais hoje, de ministros ungidos, está falando: “A hora chegou.” A hora está aqui, a Onipotência está respondendo. O miraculoso está acontecendo; tem que acontecer; estamos na junção.

113 E, ali, quando Ele fez todos os milagres, enquanto Onipotência, Deus manifestou em carne.

114 “Fale a palavra, Senhor, e meu servo será curado. Meu servo vai… Viverá.” Ele sabia. Aquele centurião romano sabia. Ele era um homem sob autoridade, pois ele sabia que seja o que for que estivesse sob ele tinha… Seja o que for que ele dissesse, eles teriam que fazê-lo. Ele disse: “Eu digo a este homem: ‘Venha,’ e ele vem. E àquele homem, ‘Vá’, Ele vai.” Disse: “Sou um homem sob autoridade. E tudo sob a minha autoridade me obedece. E, Senhor, não sou digno que Tu entres na minha casa. Apenas fale a palavra.” Aleluia! Ele sabia, que era a Onipotência. Ele sabia que quando a Onipotência falava, o miraculoso acontecia. Oh, que coisa!

115 Ali estava Ele na tumba de Lázaro, chorando, como um homem em sua carne. Marta disse: “Senhor, se Tu simplesmente estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Mas mesmo agora, ó Onipotente, fala! Seja o que for que pedires a Deus, Deus o fará. Seja o que for que Tu disseres, Ele o fará.” Ali, Ele foi até a sepultura.

116 Onipotência, manifestada aqui no nosso meio, vivendo conosco. “Deus, em Cristo, reconciliou o mundo Consigo Mesmo.” Aqui Ele viveu conosco, Deus provando a Si Mesmo através de Seu filho, Cristo Jesus. Ele era onipotente e miraculoso.

117 E se Ele é o mesmo, ontem, hoje e eternamente; e Ele diz: “Eu nunca te deixarei. Eu nunca te abandonarei. Estarei contigo até o fim do mundo.” Como podemos procurar por alguma outra coisa mais, quando ele fala, para o milagre acontecer? Como podemos esperar alguma outra coisa mais?

118 Então aqui vai Ele, até a sepultura, chorando. E então a Onipotência O apanhou, e Ele falou: “Lázaro, sai para fora!” E o homem que já estava apodrecendo; seu nariz tinha caído de sua face, em quatro dias. Estava cheio de vermes na carne. A corrupção conhecia o seu Mestre. Aleluia! Ele devolveu a vida daquele homem morto. E o homem que uma vez estava morto, ficou de pé e viveu novamente. O miraculoso!

119 “Eu Sou a ressurreição e a Vida,” disse Deus.” Aquele que crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá. E quem vive e crê em Mim nunca morrerá.”

120 Fale, Onipotência! O miraculoso acontecerá. E Ele sempre faz isso na junção. E estamos na junção. Fique alerta quando você vir estas coisas acontecendo. Estamos no fim do tempo.

121 O Onipotente fala, e um homem morto, morto, viveu novamente; se colocou de pé, e foi a um banquete e jantou com Ele. Oh, que coisa! O que aconteceu?

122 Um dia glorioso! Todos nós que uma vez estávamos mortos no pecado e transgressão; a Onipotência falou. Íamos para o inferno, e a Onipotência falou. Nós nos levantamos do inferno, para a Glória, e um dia tomaremos o banquete da Ceia no último dia. A Onipotência fala. A Palavra de Deus é onipotente. Nós cremos Nela, e ressuscitamos da morte para a Vida.

123 “Aquele que ouve Minhas Palavras e crê em Mim, ainda que esteja morto, viverá. Quem vive e crê em Mim nunca morrerá.” Onipotência!

124 Estamos como Noé, construindo a arca. O miraculoso acontecerá um dia quando chegar o Rapto e Jesus vier. Estamos na junção agora. Quando você vir estas coisas acontecerem, levante sua cabeça, a sua redenção se aproxima. O Onipotente fala e o milagre é feito.

125 Disse: “Estamos na junção, Pai. Eu devo provar Quem Tu és.” E Ele ressuscitou o morto. Ele curou o enfermo.

126 Quando a hora finalmente chegou para Ele partir, Ele andou humildemente até a cruz e foi pregado ali, traspassado. Ele não era do Céu; Ele foi rejeitado pelo Céu. Ele foi rejeitado na terra. Depois que o povo viu os sinais e maravilhas que ele fez, zombou Dele e O escarneceu; este ímpio mundo pecaminoso. Mas quando o julgamento levantou, levantou a arca, o julgamento da água; do mesmo modo fez Jesus, com o julgamento de Deus derramado sobre Si. Ele morreu no nosso lugar, e foi levantado.

127 E o crente descansa Nele, como Noé na arca. Deixe o julgamento varrer, que diferença isso faz? Claro. Como? O que? Até mesmo a morte não tem barreiras, não tem dores. “Ó morte, onde está o teu aguilhão? Sepultura, onde está a tua vitória?” Nunca me assusto quando passo em um cemitério. Eu posso gritar louvores a Deus, pois eu sei, estarei vivo com Ele para sempre. Com certeza.

128 A Onipotência falou. Ela falou no meu coração. Ela falou no seu coração, o Miraculoso operou. Uma vez um pequeno pecador covarde, talvez um… Como você foi, um bêbado, ou um fumante de cigarros, ou corria para os bailes e se comportava assim. A Onipotência falou, e você recebeu isto, e o miraculoso foi feito; e você mudou da morte para a Vida, e abandonou seus pecados!…?… A Onipotência falou, e o miraculoso foi feito. Com certeza.

129 Há pessoas assentadas nesta igreja, nesta manhã, que há alguns anos atrás estavam sujeitas ao câncer, morrendo. Existem aqueles que estão assentados aqui, que eram aleijados e mancos, coxos e fracos. E a Onipotência falou, e o Miraculoso operou. Certamente. Claro. Qual é o sinal? Estamos na junção. Estamos no cruzamento agora. Estamos nos preparando para entrar no Milênio.

130 Agora observe, nós subimos. E quando eles o fizeram, quando eles O traspassaram entre os céus e a terra, o Céu não pôde recebê-Lo, o pecado do mundo estava sobre Ele. E o mundo O rejeitou como seu Rei. Ali não havia lugar algum para Ele morrer. Ele não podia ir para o céu, porque Ele tinha os pecados do mundo sobre Si. Ele foi odiado e desprezado, e cuspido, rejeitado e recusado na terra. Mas Ele se colocou entre os céus e a terra, e construiu uma ponte no caminho. E cada homem ou mulher que desejar, pode vir através dessa corrente de Sangue que sai do Seu lado, para a Glória. Onipotência!

131 O que aconteceu? Sinais e maravilhas aconteceram. O que aconteceu? A lua começou a chorar. O sol fechou os seus olhos e começou a prantear. E ficou com tanta angústia, que teve convulsões, e se tornou como sangue gotejante. Claro, isto aconteceu. Quando viram o Criador dos céus e da terra, recusado pela terra. E, tanto pecado, que Ele não podia entrar no Céu; e morrendo como um mediador entre Deus e o homem, se colocou entre os céus e a terra.

132 O sol não podendo suportar aquilo, disse: “Eu não brilharei mais,” então recuou. As estrelas disseram: “Não podemos olhar nisso.” Sim. A terra disse: “Não posso suportar isso”, e ela teve uma prostração nervosa, e vomitou rochas da terra. [O irmão Branham bate no púlpito quatro vezes – Ed.] O milagre aconteceu! …?… Era o fim do caminho. O pecado havia reinado até a cruz, mas o pecado foi pago ali. Oh, que coisa! E a terra tremeu tanto que lançou rochas pelo chão, ou despencaram nas colinas. Balançou tão forte que até os mortos saíram da sepultura. Fale numa prostração nervosa! [O irmão Branham bate no púlpito duas vezes.] E o sol começou a ter convulsões, e apagou-se. O miraculoso aconteceu! Aleluia! Sempre acontece nas junções.

133 Veja o que aconteceu com aquilo, e aquilo estava simplesmente se preparando para isso. Eles saíram para as eras negras, mil e quinhentos anos. (Gostaria que tivéssemos tempo, mas estamos com pressa. Eu quero sair às doze.) E observe que, passando por lá e as eras negras. Gostaria de tempo para entrarmos no período, o que aconteceu no período de Wesley e Lutero, o sexto período, quando houve uma mudança, quando a igreja foi liberta das trevas e foi trazida para a luz maravilhosa do Evangelho novamente. Sinais e maravilhas! Ó Deus, como nenhum homem se levantou, e a cura divina e sinais e maravilhas aconteceram. E isto foi entre o sacrifício e a segunda vinda, e veja o que aconteceu então. Quando João Wesley pregou o Evangelho, ele foi expulso das igrejas e coisas, até as pessoas caírem no chão, e eles jogarem água na sua face. Não sabiam o que estava acontecendo com elas, desmaiando sob o poder do Espírito Santo. Sinais, e maravilhas, curas, aconteceram.

134 Agora, irmão, irmã, ouçam. O que está acontecendo agora? Estamos no fim do tempo. Estamos entrando no Milênio; cada ponteiro apontando para aquele lado. O velho relógio está batendo, cerca de dois minutos para a meia noite. A Onipotência falando. [O irmão Branham bate no púlpito quatro vezes – Ed.] Os Anjos estão aparecendo. Os profetas chegando. Os profetas profetizando. Visões estão sendo derramadas sobre estas pessoas deste dia. O Evangelho está sendo pregado. Os enfermos se levantando. O cego enxergando. O surdo ouvindo. Os demônios estão furiosos. Personificadores, Janes e Jambres, estão aqui. Mas, a Onipotência fala. Aleluia! Estamos no último dia. Estamos na junção.

135 “Os corações dos homens falham de medo; a perplexidade do tempo; aflição entre as nações.” A terra está ficando tão nervosa que explodem terremotos por todas as partes. Jesus disse que isto seria desta maneira. Haveria terremotos em diversos lugares. Qual o problema? A terra sabe que ela está condenada. [O irmão Branham bate no púlpito três vezes – Ed.] Ela está nervosa. O mundo está nervoso.

136 Mas a Igreja está cavalgando no Evangelho. Este é o caminho seguro. “Aquele que vem a Mim, de modo algum o lançarei fora.” Aleluia! “A menos que o homem nasça da água e do espírito, ele não entrará no Reino.” No Reino, você tem a aprovação do selo de Deus, o Espírito Santo no seu coração. Deixe as ondas irem para onde quiserem. Os tempos estão piorando. A Onipotência está chegando. Os personificadores estão tentando agir como tal. E todos os tipos de coisas, eles estão tentando fazer isto.

137 E a Bíblia diz, que aquele grande personificador final se levantaria e se assentaria em sete colinas. Ele usaria uma coroa tríplice. E ele daria poder, e teria poder, de tal modo que faria fogo descer do céu, na presença do povo. Ele faria tudo isso, tudo isso no último dia.

138 E como eles se firmariam e personificariam pessoas, se inclinando em túmulos de pessoas mortas, e tudo mais, e esfregando ossos e tudo mais. Mas, enquanto estão esfregando ossos e se inclinando em túmulos, a Onipotência fala e o miraculoso acontece. Eles dizem: “É um punhado de besteira.”

139 Mas a Igreja está crescendo, grandes reavivamentos de cura estão em todo país. Sinais e maravilhas em todas as partes. Anjos aparecendo para o povo. Sinais e maravilhas estão aqui. O que é isto, amigo? Estamos no fim do tempo. Estamos na junção. “Levantai vossas cabeças,” Ele disse: “A vossa redenção se aproxima.” Você vê o que quero dizer? É o tempo da junção.

140 “E acontecerá,” diz Deus, “Nos últimos dias, eu derramarei o Meu Espírito. Vossos filhos e filhas profetizarão,” prometeram os profetas. “Os jovens terão visões. E Eu lhes mostrarei maravilhas em cima nos céus,” discos voadores e tudo mais. “Grande angústia; a terra será sacudida com vários…” Virão grandes terremotos, e aparecerão enormes vulcões, e grandes problemas, desolação no mundo. As nações estarão tentando encontrar paz, com uma faca atrás das costas. Haverá problemas em todas as partes, todas estas coisas. E os homens ficarão piores e piores.

141 “Vindo o inimigo como uma torrente de água, arvorarei uma bandeira contra ele,” o Espírito de Deus. O tempo da junção! O fim da estrada. A África está bramindo com uma grande campanha de cura. E os sinais e maravilhas aparecendo ao redor de todo o mundo, em todas as partes. O que é isto? A junção do tempo. O fim do tempo.

142 Carruagens sem cavalos “colidindo nas grandes estradas.” Todas estas diferentes coisas que Ele disse. “As filhas de Sião, como elas se vestem e andam.” Como os homossexuais e diferentes coisas apareceriam; como, a perversão, “os homens se entregariam a fortes ilusões,” e todas as coisas como estas. Como eles seriam “obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus; irreconciliáveis, caluniadores.”

143 E num destes dias, meu querido irmão, Jesus virá. E aqueles que estão martelando, no que eles chamam de “fanatismo” hoje, creem no velho e antiquado Evangelho de Cristo, e o Onipotente falando, o miraculoso acontecendo!

144 Ele disse: “Estes sinais seguirão àqueles que creem. Em meu Nome expulsarão demônios, falarão em novas línguas; ou pegarão em serpentes, ou se beberem coisas mortíferas, isto não lhes fará mal; se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles sararão.” “Estas coisas que fiz, também as fareis. Eu sempre estarei convosco, até o fim.” “Quando estas coisas começarem a aparecer, levantai vossas cabeças, a vossa redenção se aproxima.”

145 Veja, amigos, exatamente como foi nos dias de Noé, na vinda do Filho do Homem. Assim também será nos dias da libertação de Israel. Então é o Filho do homem na Cruz. Então estamos na junção. Deus sempre mostra o miraculoso, faz grandes sinais e maravilhas, cura os enfermos, ressuscita os mortos, expulsa os demônios, grandes reavivamentos do Espírito; sinais no céu e na terra; discórdia entre as nações. Estamos na junção.

146 Qual a coisa seguinte? Jesus Cristo virá outra vez pela segunda vez, em glória, para receber todos aqueles que estão mortos em Cristo e vivos em Deus. Deus trará cada um com Ele. E os mansos herdarão a terra, e o grande Milênio estará estabelecido. E não haverá mais guerras. Eles empilharão suas armas, e moldarão seu… Colocarão suas lanças em ganchos de podadeiras e assim por diante. E as nações não levantarão mais a espada contra outra nação. Nem mesmo haverá mais enfermidade, não haverá mais problema, não haverá mais preocupação. Mas lá viveremos, na Sua Presença aqui, para sempre e sempre.

147 E, todos estes sinais e coisas, estamos na junção. Estamos no fim da estrada.

148 Estou tão feliz hoje em saber que, em Cristo Jesus, eu ancorei a minha alma em um refúgio de descanso. Estou tão feliz em ver Deus, em Sua Santa Palavra, realizando e mostrando sinais e maravilhas. E em saber que, hoje, diante da minha igrejinha aqui, sou capaz de dizer isto, como fiz antes quando saí da outra vez. Você verá o grande, nobre Poder do Deus Todo Poderoso no poder onipotente, miraculoso que fará excessiva e abundantemente, acima de tudo que jamais pensamos ou cremos. E bem na porta agora. E você vê isto vindicado, bem na porta da sua própria igreja aqui.

149 Então, meus queridos irmãozinhos, nunca abandonem a Cristo. Vivam por Ele, através da cruz. Levantem seus corações e segurem nas santas mãos de Deus. E se a igreja, qualquer coisa, começar deste modo, daquele modo, ou se as pessoas falarem ou disserem isso, não preste nenhuma atenção àquilo. Mantenha seu coração honesto na cruz e em Cristo, e viva por Ele. Deus te conceda isto. Estamos nas junções, no cruzamento.

150 Vamos inclinar nossas cabeças só por um momento, para uma palavra de oração. Eu quero que a irmã toque este grande velho hino, Minha Fé Olha Para Ti, 189… – 84, enquanto estamos em oração. Eu gostaria de saber… Com suas cabeças inclinadas.

151 Estamos na junção, amigo. Estamos ali. Todas estas coisas, esta perversão entre mulheres e homens, esta grande angústia que você vê, o que é? Eu provei isto através da Bíblia. Tem sido, todas as vezes, na junção. Nunca antes da junção; sempre na junção. Pouco antes… Vejam, os homens se afastaram agora. Eles colocaram a teologia. “E os dias dos milagres passaram.” Veem? Você vê que eles fizeram isto em todas as outras eras.

152 Mas pouco antes da mudança do período, Deus desceu na onipotência e operou o miraculoso. Isto é porque o povo fala a meu respeito e dizem as coisas que dizem. Isto é porque eles falam a respeito de todos os cristãos que creem nisso.

153 Mas você viu o que aconteceu com eles lá atrás, que creram? Eles estavam seguros. Abraão estava simplesmente tão seguro o quanto podia estar. Amém. Do mesmo modo estava Moisés; nenhuma praga o incomodou, nem a Israel. Nem mesmo incomodou a Noé. Enoque foi levado antes mesmo disto acontecer, de pé no corrimão da Glória, observando isto acontecer.

154 Se você está aqui nesta manhã, sem Cristo, sabendo que a sua alma não está correta, enquanto vocês mantêm suas cabeças inclinadas. Eu gostaria que você fosse a Deus. E não sei quando falarei com vocês novamente. Mas estamos na junção. Se você deseja ser lembrado em oração, por Deus, levantaria você sua mão para Ele agora? Deus te abençoe, senhor. Deus te abençoe, senhor. A você, e você. Sim. Deus te abençoe. Muitos de vocês, dezenas de mãos.

155 Agora enquanto você mantém sua cabeça inclinada, queremos que a igreja suavemente sussurre isto. Se você deseja, temos um altar aberto aqui, venha e ofereça apenas uma palavra de oração comigo, a Deus, por sua alma. Eu estarei feliz em fazer isto, orar com você.

Minha fé olha para Ti, (nada mais exceto Tu)
Tu Cordeiro do Calvário,
Salvador divino,
Agora ouça-me enquanto oro,
Tire todo o meu pecado,
Ó, deixe-me deste dia em diante
Ser totalmente Teu!
Que a Tua rica graça…

156 Você está orando? Você está pedindo a Ele para ser misericordioso para contigo? Arrependa, amigo pecador. Neste momento dê a Ele a sua vida.

Inspire meu zelo;
Como Tu morreste por mim,
Ó, que meu amor para Contigo,
Possa ser puro, quente e imutável,
Um fogo vivo!

Enquanto ela toca outro verso, estejamos em oração agora.

157 Pai Celestial, bem, para começar, não somos muita coisa,

enhor. Simplesmente viemos aqui porque Tu nos trouxeste à existência. Tu nos alimentaste e nos guardaste. Nós que Te aceitamos, estamos muito agradecidos, Senhor, em conhecer isto; que um dia seremos transformados, este velho corpo de humilhação em que vivemos, será transformado, moldado e feito como o Teu corpo. Nós descansamos com segurança nesta arca.

158 E através da Tua Palavra, nesta manhã, através do Espírito Santo, Ele trouxe ao povo a placa de sinalização. Estamos no fim, a mudança. Sinais e maravilhas estão aparecendo, grandes coisas acontecendo. Nós sabemos, Senhor, que estamos no fim. Por isso é que estas coisas estão aqui. A qualquer tempo, veremos o Senhor chegando.

159 E, Deus, eu oro, Tu conheces o coração do povo. Eu lhes dou esta dádiva, este convite. Eles podem vir, Senhor, aceitando-Te agora. Tu disseste: “Aquele que vem a Mim, de modo algum o lançarei fora. Aquele que ouve Minhas Palavras, e crê Naquele que Me enviou, tem Vida eterna, e não entrará no julgamento; já passou para a Vida eterna.”

160 Eu oro, Pai, para que Tu trates com o coração do povo hoje. Não persuadindo; eu creio que o dia disto passou. Apenas os poucos que restaram, Senhor, possam vir sobriamente, sensatamente, sobre sua confissão, crendo, aceitando a Cristo e aclamando que Deus entrou no seu coração e falou. Eu oro, Deus, se Tu antes bateste nos corações, que esta seja novamente a batida hoje. Se é a final, faça-o, Pai. Tua Palavra é a Verdade. Nós A apresentamos a Ti, agora, Senhor, para que o Espírito Santo trate agora com cada coração, enquanto cantamos o último verso.

161 Com suas cabeças inclinadas. Se você deseja vir até ao altar para orar, amigo pecador, venha agora, enquanto você aceita a Cristo. Ou você que apostatou, venha neste instante e fique no altar. Nós oraremos contigo. Correto.

Pelo labirinto escuro da vida eu trilho, (isto é o que você está fazendo)
E mágoas do meu redor se espalham, (morte, enfermidades)
Senhor, sejas Tu meu Guia; (ó Deus!)
Faça com que as trevas se tornem dia,
Enxugando as lágrimas de tristeza,
Nunca me deixes desviar
Do Teu lado.

162 Com suas cabeças inclinadas. Irmão Woods, eu quero que você levante sua cabeça por um momento. Irmão Cox, você e o irmão Fleeman estão no edifício? Eu quero que vocês levantem suas cabeças, só vocês dois. Você ouviu o que eu lhes disse? “Na verdade, na verdade vos digo, que, um profeta na sua própria terra, no meio dos seus.”

163 Agora, nosso bondoso, Pai Celestial, apresentamos esta mensagem a Ti, Senhor, que as sementes sejam semeadas no profundo dos corações das pessoas; que num dia glorioso, Jesus virá e encontrará todos os santos. Ele o fará e todos serão raptados e levados para a Glória. E que dia de regozijo será, quando Jesus nosso Senhor voltar! Sabemos que estamos tão agradecidos por vivermos neste dia.

164 E, Deus, eu me arrependo de tudo, e sabendo que não poderíamos viver em nós mesmos, Senhor, mas nós – nós somos pecadores, para começar. E diariamente, eu confio em Ti, sabendo que peco diariamente, sabendo que as coisas acontecem diariamente comigo e na minha vida, que Tu não Te agradarias. E confesso meu erro e Te aceito, meu Senhor, enquanto minha própria alma está no altar, nesta manhã, neste pequeno tabernáculo, prostrada aqui, Senhor.

165 Ó Deus, eu falhei Contigo lá atrás, com aqueles dons divinos, como Tu mostraste ali milagrosamente, outra noite. E sinto muito. Eu me arrependi diante de Ti, na visão. E agora na minha… Nesta dimensão que vivo agora, me arrependi diante de Ti, meu Senhor, e Te peço que Tu me perdoes, e me ajudes. E através da Tua graça, que Tu já me disseste que estas coisas aconteceriam no futuro agora. Sabendo que elas acontecerão, portanto, Senhor, eu peço para que Tu santifiques minha alma e meu coração, enquanto eu o entrego a Ti.

166 Ó Deus, não agites somente a terra, porém os céus novamente. Senhor, que possamos ir para os campos no além, onde milhões estão esperando, Senhor, famintos e sedentos, clamando e implorando, e os pagãos morrendo nas trevas.

167 Ó Deus, balance esta grande nação adúltera da América, a qual caiu na insensatez, e é uma Sodoma e Gomorra moderna. “Ó tu, filho da manhã, como tu caístes?” “Ias bem; o que aconteceu contigo?” Mas, ó Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes Ele te cobriu! E o mesmo é com a América hoje, como o Espírito Santo clama no meu coração: “Como teria feito de ti uma tocha flamejante para a nação e para o mundo! Porém, tu aceitaste Hollywood, tu aceitaste as modas do mundo. E agora tu foste entregue a Janes e Jambres. E como o teu – como o teu dia chegou! Como homens poderosos têm varrido a nação, como eles têm varrido o que eles podem obter, e agora tu estás afastando e saindo para as outras nações.” Ó Deus, ela está assentada nas cinzas de suas próprias ruínas. Ela está assentada sobre o seu próprio barril de fascinação. E em algum dia glorioso, o Filho de Deus, na Sua santa justiça, será revelado do Céu, então onde nos firmaremos?

168 Ó Deus, permita hoje que nossos corações sejam estabelecidos em Ti. Perdoe-nos de nossos muitos pecados. E, Pai. Abençoe estes ministros que estão aqui nesta manhã, pregadores do Evangelho. Ó Deus, que eles possam sair hoje com esta Mensagem em seus corações, e dizerem: “Vejo agora o fim do tempo, a placa de sinalização. E sei que estamos na junção, e sobre tudo isto. Gostaria de saber por que o meu coração está tão agitado nestes últimos poucos anos? Sim, Senhor. Sim, Senhor.” Que eles possam ver isto.

169 Que seus olhos possam ser abertos, que possam olhar por aqui e dizer: “Sim, aqui está, vejo que todas estas coisas malignas são sinais. São sinais sobrenaturais do inimigo. Ora, ele está fazendo grandes maravilhas. Ele está fazendo grandes coisas, de tal maneira como fazer fogo cair do céu. Sim, eles estão colocando satélites ao redor de toda a terra. E – e estas são coisas naturais, o inimigo trazendo sinais de fogo; e tudo mais, as falsas luas e os falsos sóis, e todas suas outras coisas.

170 Porém, Deus, Tu disseste que haveria sinais ali em cima, também, que eles não compreenderiam, e estamos vivendo para ver isto. Estou tão agradecido, Senhor, tão agradecido por Cristo. E oro para que Tu, através do Teu humilde servo… Lágrimas de penitência na minha face, Deus, entrego minha vida a Ti, novamente hoje. E me ajude, querido Deus, a permanecer humilde, e manter perto de mim homens simples que servirão a Ti, querido Deus, e que farão a obra de Deus até que, Jesus, Tu deixes a morte me libertar deste tabernáculo de humilhação. E então, Pai, eu quero estar Contigo.

171 Abençoe esta igrejinha. Deus, abençoe nosso amado pastor aqui, nosso irmão Neville, nosso querido amigo amado que se coloca aqui quer esteja frio ou não, esteja ele fraco ou forte, e continua requerendo este Evangelho inadulterável ao Senhor Jesus. Deus, abençoe-o e a sua pequena esposa e filhos. Ó Deus, que ele possa fazer arder o Evangelho no coração do povo, até Jesus vir. Abençoe-o. Deus dê-lhe grande força. Nós o amamos e sabemos que ele é um homem humilde e que trabalha para Ti. E estou agradecido por ele, Senhor, por deixá-lo com este pequeno – este pequeno rebanho aqui, que uma vez eu tive aqui. E, Deus, eu simplesmente oro para que Tu o ajudes e traga muitas outras ovelhas para o rebanho. Conceda-o.

172 Faça-o por cada ministro que está presente. E não somente aqui, Senhor, mas através de todo o mundo, pois sabemos que o dia é difícil. Os sinais estão aqui. O diabo se vai como um leão que ruge, com falsas acusações e personificações, e, porém, Deus, Tu estás levantando uma bandeira contra ele, através do Espírito Santo, e estamos agradecidos. Agora abençoe-nos, juntos.

173 E hoje, Pai, quando formos orar pelos enfermos, que Tu possas ungir cada ministro aqui, novamente. Conceda-o, Senhor. E que cada crente aqui seja ungido, e cada pessoa enferma seja ungida. E que, quando sairmos daqui, que cada pessoa esteja bem solidificada, e a glória de Deus sobre nossas almas; oramos no Nome de Jesus. Amém.

Minha fé olha para Ti,
Tu Cordeiro do Calvário,
O Sa-… (vamos levantar nossas mãos enquanto cantamos.) …Divino;
Agora ouça-me enquanto oro,
Tire todos os meus pecados,
Ó, que deste dia em diante
Permita que eu seja todo Teu!
Devagar agora, Habite comigo.

174 Com nossas cabeças inclinadas, nós estregamos todas as coisas a Ti; nós mesmos, nossas vidas, nosso serviço. Use a todos nós, Senhor. Que cada um possa ir inspirado, hoje. Que este possa ser um dia sempre lembrado, por causa do Espírito Santo conosco e nos abençoe.

175 Agora conceda aos enfermos, Senhor, suas necessidades hoje. Conceda-o, Senhor. Seja misericordioso, Pai. Faça isto pelo amor de Jesus, oramos.

176 E agora, grande Mestre, Tu ensinaste a todos nós, um dia. Tu ensinaste aos Teus discípulos, como um exemplo para todos nós. Tu disseste: “Orareis assim.” [O irmão Branham e a congregação oram juntos, como em Mateus 6:9-13 – Ed.]

… Pai nosso, que está nos céus, santificado seja o teu nome;
Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores;
E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.

177 Somente Crer, por gentileza, irmã.

178 Quantos receberão oração? Poderíamos ver suas mãos, quem deseja receber oração? Eu gostaria que fizessem uma fila, aqui do lado direito, tantos quantos puderem. E aqueles deste lado, se alinhem no corredor central aqui, se puderem. Aqueles neste corredor, se alinhem neste lado. E os que estão no corredor do meio, aqui. Correto. Vamos cantar agora.

Somente crer, somente crer.
Tudo é possível, somente crer;
Somente crer, somente crer,
Tudo é possível, somente crer.

179 Quantos já estiveram na reunião antes, num culto de cura? Vejamos suas mãos. Todos vocês já estiveram. Oh, que coisa! Onipotente, o Miraculoso!

180 Eu gostaria de saber. Agora algo acabou de chegar a mim, que muda a minha mente a respeito de algo agora. Eu vejo que esta fila de oração provavelmente nos fará ficar até as três horas novamente, para concluí-la.

181 Onde está o irmão Tom Merrideth? Ele ainda está aqui? O irmão Junior Jackson? Ambos, ministros. Vocês ministros, pregadores do evangelho, que creem na cura divina, venham aqui por um momento.

…somente crer.
Somente crer, somente crer.
Tudo é possível, somente crer;
Somente crer, somente crer,
Tudo é possível, somente…

182 Só um momento, eu quero lhe perguntar algo. Pois, o irmão Cox, e muitos de vocês aqui sabem que esta parte da semana, eu lhes disse que não queria um culto de cura, nesta manhã, aqui. Mas alguns amigos meus me telefonaram, em respeito a que? O irmão Hall estava tendo um reavivamento, um culto de cura, lá no irmão Durban e o irmão Hall estava ali. Eu fiz um anúncio na semana passada, de seus cultos. Esta foi a razão que eu – eu fiz aquele anúncio, porque ele é o nosso irmão, e está presidindo um culto. E…

183 [Alguns irmãos na congregação começaram a falar – Ed.] Ora, ora, irmão Hall, é você, irmão Hall, ai? O irmão Hall está conosco. Correto. Irmão Hall, você está encerrando, nesta noite, irmão? Sei. O irmão Durban está do outro lado do rio. Eles estão tendo um culto de cura. Eu conheço irmão Hall, um ótimo irmão, um servo ungido do Senhor.

184 Eu gostaria de saber, irmão Hall, bem, se não fosse pedir muito, se colocaria aqui conosco, nesta manhã, para orar pelos enfermos, conosco? Eu não gosto de colocar um ministro orando assim; se colocaria aqui por gentileza, a sua presença conosco, para – para orar pelos enfermos.

185 Vamos dizer: “Obrigado Senhor, pelo irmão Hall.” [A congregação diz: “Obrigado Senhor pelo irmão Hall. Amém.” – Ed.] Ele está tendo reuniões no irmão Durban, nesta semana. Muitos de vocês já participaram delas, sem dúvida. E eu aprendi amar o irmão Hall quando ele esteve aqui da outra vez. E então, tendo tanto sucesso, o Senhor tem lhe dado grande êxito na oração pelos enfermos. E eu creio que ele tem estado por aí há algum tempo, orando pelos enfermos. E, irmão Hall, você gostaria de dizer uma palavra a estas pessoas, alguma coisa na sua mente? Correto, senhor. Teve uma boa reunião nesta semana, irmão Hall? Estamos tão felizes por você estar aqui.

186 E agora vocês, pessoas enfermas… Não apenas isso, esses ministros aqui, estamos todos em fila juntos como uma fortaleza, crendo na Onipotência. Cremos naquele Deus Todo Poderoso, nestes últimos dias, e realizando milagres, e curando os enfermos e aflitos, e vemos a Sua onipresença fazendo exatamente o que Ele disse que Ele faria. Estamos aqui para orar por você nesta manhã. Eu creio que Deus fará isto.

187 E só um momento. [Alguém fala com o irmão Branham – Ed.] O irmão Jack Oakey, aqui do Centro de Reavivamento? Ora, nós ficaremos felizes em tê-lo, irmão Jack Oakey, seja onde for que você estiver. E o meu irmão acabou de vir me falar sobre o irmão Jack Oakey. Você está no edifício? Então, ora, você – você venha até aqui conosco, irmão Oakey, seja onde for que você estiver.

188 E outros ministros, ora, estamos simplesmente felizes em tê-los. Se você crê na cura, venha aqui. Esta é a nossa missão, fazer estas coisas, e orar pelos enfermos e os aflitos. Isto é muito bom

189 Irmão Oakey, onde… É este o irmão Oakey aqui de pé contigo? Não. Oakey, Oakey, estou tão… Huh? O que diz? [Alguém fala com o irmão Branham – Ed.] Está bem, o evangelista. Seja quem você for, ministro irmão, venha aqui em cima, para o companheirismo. Oh, que coisa! Isto é maravilhoso. Venham. Qual o seu nome, irmão? [O irmão diz: “irmão Jack Arkly.”] Irmão Jack Arkly, estamos felizes em tê-lo, irmão Jack, conosco.

190 Agora, isto é ótimo e de primeira ordem. Vocês todos podem estreitar as mãos um dos outros, enquanto vêm por ali, e se familiarizam.

191 E agora aqui está o que o Senhor enviou para nós, nesta manhã, para orar por estas pessoas, e algumas delas estão em uma condição moribunda. A senhora de pé ali atrás, com um chapéu branco, tem câncer. Há um homem aqui de pé na minha frente, que tem câncer. E há muitas – muitas diferentes coisas. Aqui está uma senhora com um tornozelo quebrado que não sara. Nós temos, oh, muitas – muitas coisas aqui. Uma senhora assentada aqui com artrites, em uma cadeira de rodas. Ela crê que Deus a deixará boa. Nós cremos nisto, também.

192 Agora, irmão, a única coisa que podemos fazer é orar. Correto? [Os irmãos dizem: “Amém.” – Ed.] Apenas orar. Estou um pouco fraco hoje para entrar nisso…?… Veja você, eu simplesmente… Eu preguei muito.

Então, agora vamos inclinar nossas cabeças.

193 Vou pedir aos irmãos, se cada um puder vir. E abra-nos um lugar bem aqui embaixo na frente, aqui, para que possamos orar por estes enfermos. Eu descerei com vocês. E vamos orar pelos enfermos, e passar estes, e orar por cada um. E cada um de nós colocará as mãos sobre os enfermos e creremos que Deus vai deixá-los bem. Vocês creem nisto, irmãos? [Os irmãos dizem: “Amém.” – Ed.] Que tal isto, irmão Hall, você crê nisto de todo o seu coração? Correto. Isto vai acontecer.

194 Vamos agora, por gentileza, sair, pelo lado, pelas escadas aí, meus irmãos, por gentileza. E façam uma pequena fila por ali agora. Eu começarei – começarei aqui embaixo, e nós oraremos.

195 E queremos que toda a igreja se junte conosco. Vocês farão isto, amigos, enquanto oramos por estes enfermos?

196 Agora, vocês pessoas, há bons evangelistas aqui, e ministros de campanhas de cura, que estão aqui para orar por ti nesta manhã. E estamos alegres por transformarmos o culto agora em oração pelos enfermos.

Vamos orar mais uma vez.

197 Pai, no Nome de Jesus, receba-nos agora. Pedimos que o Espírito Santo venha sobre nós e nos abençoe, e que nos dê aquilo que estamos pedindo hoje. Que o grande poder onipotente de Deus Se mova em nós agora mesmo. E que a Glória da Shekinah, ó Deus, que habita sob as entrelaçadas asas do Querubim, que ela possa vir sob os entrecruzados braços da cruz, e venha sobre nós, hoje, Senhor, enquanto chegamos esperando o Poder de Deus. Rogamos estas bênçãos para o povo. Que nenhum, nenhum, falhe, mas que cada um seja curado. No Nome de Jesus. Amém.

198 Agora, irmão Neville, se você apanhar o azeite e se colocar de pé aqui agora, enquanto isso começamos. Vamos orar pela senhora na maca, primeiro, então desceremos assim, então subiremos de volta e deixaremos que os outros passem. Correto. O Senhor abençoe agora.

Todos orando agora. Fiquem em oração agora.

Correto, irmãos, aqui. Vamos orar pela sua cura.

199 Nosso Pai Celestial, nossa irmã que está deitada aqui, ela estará nesta maca para o resto de sua vida. Mas, nós cremos, Pai, hoje, como ela chegou aqui para receber oração. E nós, seus irmãos, os quais creem que Tu farás isto por nós. Nós humildemente oramos e pedimos no Nome de Jesus, para que Tu tires esta – esta condição para longe dela. Forneça o cálcio para aquele pé, sua perna, ou o que está quebrado. E eu oro, que fique boa, e seja capaz de andar por aí, glorificar a Deus. Com as mãos sobre ela, pedimos esta bênção no Nome de Jesus Cristo. Amém.

200 Deus, Pai, enquanto estamos aqui de pé no altar nesta manhã; e esta, nossa irmã de cor. Sabendo que um dia, quando Jesus estava carregando a cruz, para o Calvário, no Gólgota, Ele caiu sob o peso da cruz. E ali apareceu um homem de cor, e a carregou; a apanhou, O ajudou a carregá-la, andando nas pegadas sangrentas da cruz. Aqui está uma de suas filhas assentada hoje, Senhor, que está totalmente enferma, assentada nesta cadeira hoje. E ela estará por toda a sua vida, se Tu não tiveres misericórdia, Senhor, além do médico. Mas ela nunca…?… E nós oramos…?… No Nome de Jesus, que sua perna seja curada. E que ela possa andar e ficar completamente curada, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

201 Agora, você, você se sente diferente…?… Ou não? Venha aqui. Apenas comece. Levante, ou seja o que for que você quiser. Então você quer…?… Diga: “eu me levantei e saí andando pelo edifício”…?…

202 Nosso Pai Celestial, meu irmão, meu amigo, meu companheiro que conheço por tanto tempo, me chamou ao telefone, outra noite: “Resumindo, os médicos me disseram que não há esperança.” O poder do câncer, vai tirar a sua vida.

203 Querido Deus, Tu conheces o coração do homem. Se há alguma coisa contrária à Tua vontade, hoje, qualquer coisa, que isto agora possa ser perdoado. Que, nesta manhã, agora, nesta hora, meu irmão Carl venha a Ti, e se entregue completamente, uma vida rendida…?…

204 Deus, se Tu… Os médicos nada podem fazer por estas coisas. Porém Tu és o Único que podes tirar essa vida dali, fazer com que aquela malignidade…?…

205 E Tu Que habitas em santidade, Tu que habitas em… Tu és a Glória da Shekinah. Tu és onipotente. Oramos para que Tu realizes isto nesta noite, como um testemunho para a Tua Palavra, do poder de Jesus ressurreto. Nós condenamos o câncer, sobre…?…

206 Pai, Deus, pedimos agora por nossa irmã, pedimos para que seja libertada de…?… Doenças, e assim por diante. E agora, Senhor, orando sinceramente, porém a Tua vontade, o mesmo Cristo…?… Estou colocando as mãos sobre ela, Senhor! …?…

207 Querido Deus, colocamos as mãos sobre este nosso irmão, que está diante de mim diariamente, sua oração atravessou isto, seu espírito atravessou isto, e ele está olhando em direção – em direção ao pôr do sol. Ó Deus, o mesmo fez Abraão, com cem anos de idade; falou com ele e disse: “Eu sou o El-Shaddai.” Ó Deus, Tu és o Onipotente. E oramos, Deus, que Tu realizes o miraculoso e cure, nosso irmão, no Nome de Jesus. Amém. Amém. Pai…?…

208 Nosso Pai Celestial, como ministros ungidos do Evangelho, firmes hoje…?… Como a congregação encontrou nos dias passados, e depois do Pentecostes eles se reuniram e oraram. E, Pai, nós nos congregamos, como irmãos que creem, e todo o povo. E pedimos que as pessoas se reunissem; elas o fizeram. Pedimos que ele se afaste deste jovem, hoje. Possa nunca mais te incomodar. Ele sabe…?…

209 Pai, colocamos as mãos sobre nossa irmã, e pedimos que, no Nome de Jesus, Tu condenes esta enfermidade no seu corpo, e a deixes completamente curada. Quando ela passar por esta fila de homens, consagre a sua vida a Ti, Senhor, crendo; uma vida separada, separada das coisa do mundo, e das frias igrejas formais, para entrar no verdadeiro Evangelho. Pedimos no Nome de Jesus, Quem dá de acordo com o que Lhe pedimos. Amém.

210 No Nome de Jesus, apresentamos estes lenços, Senhor, a Ti, e pedimos pela libertação de Sua filha.

211 Pai, colocamos as mãos sobre nossa irmã, enquanto ela passa através desta fila de oração, pedimos que Tu a libertes desta enfermidade do seu corpo. Enquanto passa por aqui, colocando as mãos sobre ela, Senhor, santifique ambos os dons e…?… Senhor. Conceda-o. No Nome de Jesus, pedimos por sua cura. Amém.

212 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre nossa irmã, pedimos isto no nome de Jesus. Enquanto ela passa por esta fila de homens…?…

213 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre nosso irmãozinho, e pedimos isto no Nome de Jesus, que Tu cures qualquer…?…

214 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre a nossa irmã, e pedimos isto, no Nome de Jesus, que Tu cures o seu corpo e a deixes completamente sã. Conceda-o.

215 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre o nosso irmão, e pedimos no Nome de Jesus, para que Tu cures este corpo. E enquanto ele passa por esta fila de ministros, eu oro, Deus, que a Glória da Shekinah…?…

216 Eu posso colocar as mãos sobre o nosso querido, amado irmão, e pedir, enquanto ele passa por aqui, que ele possa ir por aquela refinaria de óleo, pela qual ele está orando.

217 Pai, coloco as mãos sobre a irmã, e peço, no Nome de Jesus Cristo, que Tu a cures e a deixes sã.

218 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre nossa irmã…?… Enquanto colocamos as mãos sobre ela, no Nome de Jesus, Teu Filho. Amém.

219 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre o nosso irmão…?… Enfermidades, Senhor.

220 Tenha fé agora, enquanto passam. Estão sendo ungidos com óleo, como a Palavra ensinou.

No Nome de Jesus…?…

221 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre nossa irmã, Senhor, enquanto ela passa por esta fila. Em…?… Ouça o desejo do seu coração…?…

222 Pai, Deus, colocamos as mãos sobre nosso irmão, e pedimos por sua cura.

223 [As palavras do irmão Branham aqui, são ouvidas apenas em partes, e são insuficientes para imprimir o pensamento completo expressado. A fila de oração continua aqui por três minutos e quinze segundos – Ed.]

224 Você observou, estranho? Eu preguei nesta manhã, sobre “Os caminhos de junção.” Veja a junção aqui…?… Esta fila de homens.

225 [A fila de oração continua aqui por seis minutos – Ed.]

226 Ó Deus, o Onipotente! Conceda-o, Senhor, que o Espírito e poder venham sobre a nossa irmã, deixando-a completamente boa. Oramos, no Nome de Jesus, enquanto ela passa por estes ministros; que nesta noite ela possa estar completamente boa. Amém.

227 [A fila de oração continua aqui por quarenta e cinco segundos – Ed.]

228 Pai, no Nome de Jesus, oramos sobre este lenço, do mesmo modo como foi tirado do corpo de Paulo. E eu clamo…?… Oro, Deus, que ela fique boa, nesta manhã, no Nome de Jesus. Amém.

229 Querido amado, amigo, no Nome… Espere, aqui vem uma senhora receber oração. Sim, venha até aqui. Os irmãos…

230 Nosso querido Pai Celestial, colocamos as mãos sobre nossa irmã. E estamos agradecidos por sua melhora. Que sua fé não desista agora. E…?… No Nome de Jesus Cristo…?…

231 Agora o que temos feito? O que o Senhor disse. Correto? [A congregação diz: “Amém.” – Ed.]

232 Estamos felizes por ter nossos visitantes, os irmãos ministros conosco, todos estes amigos. Digam: “Amém,” todos vocês que… [A congregação diz: “Amém.” – Ed.] Bem, com certeza vocês são bem vindos de volta, meus queridos irmãos, para estarem conosco. E hoje, vamos apenas fazer isto. E, meus irmãos, eu oro constantemente por vocês. E vocês orem por mim, seja onde for que vocês forem, e orem agora enquanto saio para o campo novamente. E que nossos caminhos possam se cruzar, tempo após tempo.

233 Recorde, irmão Oakey, eu posso… Eu me lembrei dos seus queridos aqui na – na Califórnia. É aquele Dr. Oakey, de… [O irmão Oakey diz: “Não.” – Ed.] Oh, é outro Oakey. Sim, senhor. E eu – e eu sei que há muitos Oakeys por ali. Eu apenas não sabia com qual ele estava ligado. Eu conheço o Dr. Oakey, o dentista, vocês sabem. E então, e – e então… Você tem alguma ligação com ele, também? [“Ele é o meu primo.”] O seu primo. Bem, isto é muito bom. Um bom homem!

234 Agora, o que fizemos por vocês aqui? Aqui está o que é. Nós não nos colocaríamos aqui e colocaríamos as mãos sobre os enfermos a não ser que crêssemos nisso. Vimos o povo ao nosso redor hoje, assentado nesta audiência bem aqui; o povo que já foi canceroso, cego, aleijado. Apenas deixe-me lhe mostrar algo, se há estranhos aqui. Quantos aqui já foram curados, dessa maneira, por Deus? Deixe-me ver suas mãos se levantarem. Eram cegos, cancerosos, e tudo mais, vejam. Veem? Ele fará o mesmo por você. Veem? Agora, nós fazemos isto, assim: cremos em nossa oração.

235 E agora para concluir, antes de entregarmos o culto para o nosso irmão Neville, lembrem-se dos cultos nesta noite. E nesta noite, se houver alguém que – que você conheça, uma pessoa querida que não veio nesta manhã para receber oração, o irmão Hall, aqui, está com o irmão Durban. E isso será… E qual é o endereço, irmão? [O irmão Durban diz: “eu não sei o endereço.” – Ed.] Como? [Outro irmão diz: “Na dezessete e no Market.”] Dezessete e no Market, em Louisville, onde eles estão tendo uma campanha de cura. E esta foi a verdadeira razão por ficar acanhado de ter o culto. Eu – eu – eu não gosto de ir a um lugar onde alguém está fazendo um – uma – uma campanha de cura, e alguém começa outra. E foi por esta razão que eu falei a respeito de não… A respeito dos cultos nesta manhã, é em respeito ao irmão Hall lá no irmão Durban, porque os dois são amigos meus, muito queridos.

236 E não queremos uma campanha de cura acontecendo aqui, enquanto o irmão Hall tem uma se realizando ali. Tenho certeza disto. E, então, nós o amamos.

237 E agora, irmão Oakey, onde você está, irmão? [O irmão Oakey diz: “Quarenta e três West Market – Ed.] Quarenta e três West Market. O outro irmão com você ai, vocês estão juntos? Está bem. Agora isto é na trinta… quarenta… [“Quarenta e três West Market.”] Quarenta e três, quarenta e três West Market, Louisville, outra campanha. E então, por quanto tempo você vai estar ali, irmão Oakey? [“Pregando ali toda a semana.”] Toda esta próxima semana. Isto é bom. Agora, todos vocês que estão enfermos, trinta… quarenta, West Market. [A congregação diz, “Quarenta e três West Market.”] Sim. Quarenta e um no West Market. Correto. Isto é bom. Agora há…

238 Eu vejo mais uns dois ministros. Um irmão aqui, você tem uma campanha em algum lugar, senhor? Não. Não. Sim. Bem, isto é muito bom. Isto é ótimo.

239 E este irmão aqui é um – um missionário aos judeus, eu creio, não é? Um missionário aos judeus. Eu acho que ele vive em New Albany. E então estamos muito felizes por ter…

240 Deixei de citar alguém? Há mais alguém em algum lugar? Eu – eu espero que não; eu não tive a intenção. Naturalmente, irmão Junior Jackson, você sabe onde ele está em New Albany.

241 O irmão Tom Merrideth tem um programa radiofônico. Você tem uma igreja, irmão Merrideth? Não tem igreja. Apenas o programa radiofônico. Ele o anunciou, há poucos minutos atrás.

242 E o irmão Neville terá culto aqui, para vocês daqui, aqui de perto, esta noite, e nesta próxima quarta-feira, e através da semana. E seus – seus cultos, seu programa radiofônico, é sábado de manhã. Correto.

243 Todos se sentem bem? Digam: “Amém.” [Congregação diz: “Amém.” – Ed.] Correto, amigos, te faz querer se juntar a este bom, alegre grupo de pregadores, e ir pregar o Evangelho, e orar pelos enfermos, também. Deus vos conceda isto, amigos.

244 O jovem ali que foi lançado fora em um acidente recentemente, havia um pedaço de uma cantoneira de ferro, que atravessou o seu lado, atravessando-o, e ficou do outro lado, assim. Uma querida, mãe de oração! Deus o poupou por algum propósito. Desde que ela me disse, eu pensei… Nesta manhã, eu o encontrei quando estava entrando no saguão. Ele estreitou minha mão. Eu disse: “Não é você o garoto?”

245 Ele disse: “Sim, senhor.” Disse: “Chamado para o ministério.” Deus seja misericordioso! Agora, meus queridos irmãos… Simplesmente um jovem, assentado ali vestido com um casaco marrom. Que Deus possa permitir que ele se torne uma luz flamejante, enquanto estamos na junção do caminho, filho. E, pregue o Evangelho, pregue o Evangelho completo, pregue toda a Palavra de Deus, e não se comprometa com nada. Se coloque bem ali no posto do dever. Deus fará de você um grande guerreiro.

Agora, vamos fazer esta oração final pelos enfermos.

246 Nosso Pai Celestial, Te agradecemos por este jovem, nesta manhã, também, Senhor. E como ele está assentado ali nesta manhã, ouvindo a Palavra e vendo estes ministros com seus corações flamejantes, enquanto colocavam as mãos sobre os enfermos, enquanto passavam por esta fila. Vendo os testemunhos ali, de pessoas levantando suas mãos, que foram curadas de câncer, cegueira, surdos, mudos e aleijados. É – é um desafio. E olhamos nesta velha bendita Palavra, e Ela diz que estes dias estariam aqui, e aqui estamos. Vemos o Deus onipotente com Seus braços estendidos, e sinais e maravilhas aparecendo. Ouvimos o som de chuva abundante no ar. Sabemos que estamos no grande dia da última chuva.

247 Quando, Satanás for amarrado e lançado no abismo, acorrentado pela corrente de circunstâncias, pois ele não poderá sair e enganar mais as nações. E mil anos, o reinado do Milênio, acontecerá na terra enquanto estaremos glorificando nosso Senhor Jesus, e adornando-O; coroando-O: “O Rei dos reis, o Senhor dos senhores.”

248 Esta velha terra pecaminosa terá um colapso, num destes dias, quando os poderes atômicos se soltarem, e também o hidrogênio. E cada mar, e as águas,.. O mar vai chorar até secar. Ó Deus! E o sol falhará em brilhar. E a lua não dará a sua luz. E as estrelas do céu cairão como uma figueira imatura que é sacudida por um vento poderoso. E os homens clamarão pelas rochas e pelas montanhas. E o que esta vidinha significará então?

249 Então os mortos em Cristo ressuscitarão. Oh, que paraíso! As nações não levantarão mais a espada contra nação. Nem mesmo teremos mais uma fila de oração pelo enfermo.

250 Hoje é o dia da salvação. E, Pai, trouxemos este povo a Ti. E Ti pedimos, no Nome de Jesus, o Qual disse : “Peça ao Pai qualquer coisa em Meu Nome, isso será feito.” Agora, nós, não é na nossa oração que temos fé. É na Sua ordem, que temos fé: “Peça ao Pai qualquer coisa no Meu Nome, Eu o farei.”

251 Agora, Satanás, você que tem sido tão perverso, e tem amarrado estas pessoas, e colocado morte sobre muitas delas, aleijando-as, e cegando-as, e feito todos os tipos de mal com elas, você está fracassado, porque você fez exatamente o que Jesus disse para fazer. Portanto, nossa fé olha agora e lhe diz: “Deixe o povo. Saia deles, no Nome de Jesus!…?… E que cada um esteja bem, no Nome de Jesus Cristo.

Louvado seja o Senhor! Agora creia.
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Que Jesus me curou agora.
Eu O tomo na Sua Palavra;
Eu O tomo na Sua Palavra;
Ele me traz libertação gratuita,
Eu O tomo na Sua Palavra.
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Que Jesus me curou agora.

252 Você não crê nisto? [A congregação diz: “Amém.” – Ed.] Com todo o meu coração! Irmão Saul, você crê nisto? [Alguém diz: “Amém.”] Você crê que Deus fará isto, irmão Tony? [Alguém diz: “Amém.”] Irmã, você crê nisto? Você crê nisto, irmã?

253 “E a fé é a substância das coisas que se esperam, e a evidência das coisas que não se veem.” Pela fé vimos as grandes muralhas de Jericó caírem! Cristo te guia pela fé. Você crê nisto? [Congregação diz: “Amém.” – Ed.] Amém. Nós cremos nisto. Nunca tenha nenhuma sombra de dúvida, nunca. Deus consumará isto. Onipotente! É tão seguro. Eu simplesmente tenho que seguir isto. “Estes sinais seguirão àqueles que creem.” Amém. Não é Ele maravilhoso? [A congregação responde: “Amém.”]

254 Agora, vamos inclinar nossas cabeças só por um momento para a oração de encerramento. Pediremos… Nos ajuntaremos, para um pequeno tempo de companheirismo. Pediremos se o irmão Neville puder vir aqui agora, enquanto todos nós inclinaremos nossas cabeças para uma palavra de oração. Enquanto sussurramos primeiro, com nossas cabeças inclinadas:

Eu posso, eu quero, eu realmente creio;
Eu posso, eu quero,..

255 Apenas recordem, Ele está bem ao seu lado. Ele está ali para executar o verdadeiro. Apenas sinta Seu Poder entrando em você agora. “Eu posso?” Com certeza, você pode.

Eu O tomarei na Sua Palavra;
Eu O tomarei na Sua Palavra;
Ele me traz libertação gratuita, (no Calvário)
E eu O tomarei na Sua Palavra.

256 Enquanto inclinamos nossas cabeças agora. Irmão Neville, com o que você quiser dizer.

**************