A MENSAGEM DA GRAÇA
27 de agosto de 1961
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Que o Senhor vos abençoe. Bom dia, amigos É certamente um privilégio estar aqui outra vez nesta manhã no serviço do Senhor. E sentimos muito por não termos nenhum espaço para acomodar as pessoas nesta igrejinha. Ela não comporta muitos. Mas estamos muito contentes por vocês estarem aqui se sacrificando, sendo — sendo pacientes em nos esperar. E nós faremos o nosso melhor para vos trazer a Palavra do Senhor da melhor maneira que sabemos fazê-lo. E agora eu simplesmente. . .
2 Esta senhora que acabou de entrar, e ela tinha um bêbe para ser dedicado nesta manhã, e então ela viu que eles estavam se atrasando, e ela disse que simplesmente esperaria. Eu nunca havia visto a mulher antes, mas eu oro para que Deus a abençoe e lhe dê as riquezas de Suas bênçãos em seu coração, por ela ter sido paciente em esperar.
3 Agora, está chegando a época do ano quando vai se esfriando e não estará tão quente quando estivermos apertados na igreja. E estamos confiando que Deus abençoará ricamente cada um de vocês.
4 Agora gostaria de dizer poucas coisas aqui antes da pregação. Eu havia anunciado que eu iria falar nesta manhã, se o Senhor permitisse, acerca do assunto “Os Ventos nos Redemoínhos”. Porém Ele simplesmente mudou isto para mim. Eu nunca sei o que vou dizer a não ser talvez somente alguns minutos antes de ir para a reunião. Eu tentei pela segunda vez aquele assunto, e eu falhei em receber uma resposta de volta de Deus. Eu não sei porque. Eu sempre gosto como todos, vocês ministros aqui, sabem que você tem que esperar no Senhor por aquilo que você vai dizer.
5 Na última tarde em seu telefone particular, eu tive. . . uma ligação vinda de algum lugar em Arkansas, algumas pessoas queriam vir para cá na semana seguinte, elas disseram que ouviram que iríamos iniciar uma reunião sobre os Sete Selos. Eu acabei de entregar as Sete Eras da Igreja, para os que são de fora. E o seu marido vindo segunda-feira para ver se consegue um emprego em Lousville, para que então ele possa trabalhar enquanto eles ficam aqui para ouvirem estes Ele Sete Selos. Eu disse: “Isto demorará uns três meses, senhora. Nós não temos nenhum lugar aqui para anunciar a reunião, e assim por diante, nada que possa cuidar disto aqui na cidade, nenhum lugar para que as pessoas possam estar assentadas”.
6 Eu gostaria de alguma vez, talvez, se for da vontade de Deus, ter isto fora nas campanhas em algum lugar, estabelecer uma reunião por cerca de três meses e simplesmente começar com aqueles selos assim, fora na campanha. Então as pessoas poderiam simplesmente assistí-las.
7 Aqui, isto vai do capítulo 6 de Apocalípse, até o 19. Então você terá os Sete Selos, as sete pragas, os três ais, a mulher assentada na besta de cor escarlate, e os cento e quarenta e quatro mil. Oh, há muitas destas coisas para serem unidas antes que os sete selos sejam dados, a sétima praga cai, a sétima trombeta soa. E há tantas daquelas coisas que são todas ajuntadas e cada uma delas é a grande lição para o dia, nela mesma.
8 Vamos inclinar nossas cabeças agora por um momento para uma palavra de oração. Antes de orarmos, tem alguém aqui que gostaria de ser lembrado nesta oração, daria você um sinal levantando suas mãos. E no seu coração, apresente a Deus simplesmente o que você tem necessidade agora. E eu oro para que Ele te dê isto.
9 Poderoso o bondoso Deus, O Qual é o Deus que responde orações, um Pai que sabe tudo que Seus filhos têm necessitado. Tu nos conhecias mesmo antes de nascermos e Tu tens nossos passos contados, os próprios cabelos de nossa cabeça estão contados, e nossas palavras são todas pesadas em Tua balança. Então, Senhor Deus, que nesta manhã possamos estar atentos a estas coisas, esta obrigação solene que temos diante de Ti.
10 Muitas daquelas mãos foram levantadas nesta manhã, aqui nesta pequena congregação, talvez foi para a oração de seus corpos enfermos, a perda de um querido. Tu conheces seus corações e tudo que está dentro deles. Pois, quando Tu estavas aqui na terra, na forma de um ser humano chamado Jesus, nosso Senhor, Tu sabias os próprios segredos dos corações. Tudo que as pessoas poderiam imaginar em suas mentes, Tu lhes podia dizer exatamente de volta o que elas estavam pensando: “Por que arrazoais vós em vossos coraçòes estas coisas?” Jesus sabia de seus pensamentos. E nós lemos nas Escrituras que Tu és o mesmo ontem, hoje e eternamente. E também está escrito que: “Onde estiverem dois ou três reunidos, Eu estarei no meio deles”. Então Tu estás aqui nesta manhã, na forma do Espírito Santo, e conhece cada desejo que está no coração do povo.
11 Oro a Ti, Deus Pai, para que Tu fales de volta a eles e digas: “Isto está terminado. O seu pedido foi respondido, e Eu — Estou te enviando a segurança neste dia de que tudo que você tem pedido seja concedido”.
12 Deus, nós lembramos especialmente daqueles que não são salvos, com suas mãos levantadas. Que esta possa ser a hora que eles receberão Cristo como o seu Salvador.
13 Antes que a reunião encerre hoje, que algo possa acontecer, Senhor, para trazer Tua presença tão próxima às pessoas para que elas saibam que aquele mesmo Jesus que andou na Galiléia está no meio de Seu povo, que elas possam ir daqui hoje com a mesma sagurança como aqueles que vieram de Emaús naquele tempo. Quando eles estavam indo de volta para casa, depois de terem andado com Ele o dia todo, falando com Ele, e Ele falando com eles, e ainda assim eles tinham uma pequena idéia de que era Ele.
14 Oh Deus, somos tantas vezes assim. Fale conosco no pôr do sol, no canto dos pássaros, no ruído das folhas, na exuberância das flôres, nos hinos da igreja, e nós tão pouco reconhecemos que és Tu. Nos quartos dos enfermos dos hospitais, muitos outros lugares, Tu falas conosco e nós tão pouco reconhecemos que és Tu.
15 Agora, Senhor, enquanto voltamos para nossas casas nesta manhã, que possamos, como eles fizeram, reconhecermos que Tu podes fazer algo hoje em nosso meio exatamente como Tu fizeste lá no passado. Eles reconheceram o que Tu fizeste ante eles. Tu havias feito isto antes de Tua crucificação, e eles souberam que aquele era o Senhor ressuscitado. Eles voltaram para os seus grupos, regozijando e louvando a Deus, pois eles sabiam que Ele estava vivo. E eles disseram: “Não ardiam nossos corações por dentro enquanto Ele falava conosco pelo caminho?” Senhor, Sua aparição lá e fazendo algo como Tu fizeste antes de Tua crucuficação, provou a Tua ressurreição, que Tu eras o mesmo Jesus, que os fez lembrar de toda a conversa que tiveram Contigo. Fale conosco toda a semana, Senhor. Agora apareça em nosso meio e faça a Ti mesmo conhecido a cada coração necessitado. Pois pedimos isto no Nome de Jesus, e por Teu amor. Amém.
16 [Uma irma fala em línguas. Um irmão dá a interpretação – Ed.]
17 Agora a congregação vai orar. [O irmão Branham e a congregação oram juntos – Ed.]: Pai Nosso que estás no Céu, santificado seja o Teu Nome. Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa-nos as nossas dívidas como nós perdoamos aos nossos devedores. Não nos deixes cair em tentações, mas livra-nos do mal. Porque Teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém.
18 Se minha pena fosse a ferramenta de um escultor e o meu papel fosse pedra, estas Palavras que digo agora deveria ser gravadas nela para que Isto pudesse ir para todos os povos.
19 O Espírito Santo de Deus tem maneiras estranhas para agir com Seu povo. Muitas vezes através de dons, maravilhas e chamadas, que são sem arrependimento, que Deus dá ao Seu povo por Sua graça.
20 Estou em casa agora, como que numas pequenas férias. Eu geralmente passo este tempo em casa, nesta época do ano, porque eu gosto de descansar quando vou caçar esquilos. E eu estive lá em Kentucky com meus amigos nesta semana, caçando esquilos, no meu lugar preferido. De algum modo eu não estava encorajado, não exatamente porque não pude encontrar esquilos, mas eu simplesmente me senti desanimado. Algo estava me dizendo que eu deveria voltar para casa. E na volta em vim dormindo no carro.
21 No ano passado, como todos vocês sabem, porque está impresso e também testemunhado e nas fitas. Eu estava assentado em um lugar aqui em Indiana onde o Senhor Deus veio e falou comigo, que o meu segundo ministério estava pronto para se tornar efetivo no futuro próximo. E ali foi falado à existência três esquilos. Todos vocês conhecem esta história; estou certo. De alguma maneira, seguindo a estrada . . . Enquanto eu deixei o resto dos rapazes lá, indo caçar, eu — eu tive um estranho pressentimento para subir a este lugar outra vez. Isto foi antes do amanhecer, estava chovendo, e eu nem mesmo sabia se eles iriam caçar ou não, mas eu iria até o campo lá. Caçar significa “ficar a sós, orar”. E eu parei o carro, saí e atravessei a estrada e entrei no mato, e isto foi antes do amanhecer, estava como que acinzentado, de madrugada.
22 Eu parei e tive uma pequena palavra de oração, como sempre, e dizendo ao Pai simplesmente o que necessitava, que provesse aquilo”. Eu não creio em perder nada, ou destruir; nunca atirei em um pássaro em minha vida para praticar tiro ao alvo, ou em nada. O que eu caço eu como, ou eu dou para alguém que realmente o coma. Eu não gosto de desperdícios. Não estou de acordo em se fazer estas coisas, porque não está correto.
23 Então quando eu virei e comecei a seguir uma trilha ao lado de um pasto que atravessava em forma de um L através do mato, e algo estranho aconteceu. Todas as minhas experiências, eu nunca tive nada como aquilo. Eu olhei para o topo da colina para minha esquerda de onde eu estava de pé, e lá, saindo do topo da colina, vieram três arco-íris. E eles estavam a uma altura de trinta pés (uns nove metros ) de altura. Primeiro, eu olhei e vi a Luz e eu simplesmente voltei, porque eu pensei que poderia ser o nascer do sol. Depois que pensei de novo, não era em direção ao sol, era na direção sul. E outra coisa, era uma densa nuvem chuvosa, caindo por todos os lados. Isto foi no dia vinte e cinco de agosto, na última sexta feira de manhã, e vocês sabem o quanto estava chovendo. E aquelas nuvens densas em todos os lugares.
24 E eu olhei outra vez. E lá estava, crescendo, três arco-íris. Eu tirei o meu chapéu. Tirei o revólver. E comecei a andar em direção àquilo com minhas mãos levantadas. Algo simplesmente parecia me dizer: “Isso está perto o suficiente”. Eu ia me assentar para tirar minhas botas com as quais eu estava, para ver se eu poderia chegar um pouquinho mais perto. Mas eu fiquei a poucas jardas daquilo e vi a cor daquilo, sendo escuro como uma névoa se movendo. Permaneci quieto por uns momentos. Aquilo estava saindo bem de cima de uma pequena montanha. E eu observei, enquanto os três (um para a direita, um para a esquerda, e um no centro) como se formasse um só arco. Seja o que isto fosse, estava vivo, Aquilo estava se movendo, se deslocando. E eu permaneci lá até que aquilo foi se tornando cinza.
25 Eu voltei e olhei outra vez, e gritei, “Oh Deus, o que Tu querias que o Teu servo soubesse?”
26 Logo então o Espírito do Senhor veio e disse, “Jesus do Novo Testamento é o Jeová do Velho, Ele simplesmente mudou Sua máscara de Espírito para Homem”. Aquilo estava confirmando, naturalmente, minha Mensagem sobre Ele. Deixando-me saber, me assegurando que estes trinta e um anos não foram em vão.
27 Eu comececi a me proximar, Aquilo começou a desaparecer, e entrou neste arco formando uma só coisa, e então desapareceu. Eu me aproximei mais. Eu estava com medo de me aproximar mais, porque Ele havia me parado antes que eu chegasse lá.
28 Eu virei e observei que aquela Luz, da maneira que Ela estava brilhando para mim, estava exatamente em linha com a árvore onde me assentei no ano passado, onde os esquilos apareceram. A uns trinta e cinco ou quarenta minutos mais tarde, eu desci pelo mato e pelas márgens do riacho e assim por diante, até que cheguei e esta árvore que se separa em quatro direções ( leste, oeste, norte e sul ), quatro forquilhas na ásvore, saindo. E eu subi naquele galho, e me assentei onde eu estava quando Ele me disse a respeito daquela Escritura: “Se disserdes a esta montanha, “mova-te”. E enquanto eu fiquei lá um pouquinho, não mais pensando no arco-íris, eu o tinha esquecido. Permaneci lá. E este tem sido um ano muito ruím para caça de esquilos, tudo se tarda e nenhum esquilo.
29 Eu pensei: “Bem aqui foi onde Deus me deu aqueles esquilos no ano passado, para falar à existência. Eu tirei o meu chapéu outra vez e disse: “Senhor Deus, Tu continuas o mesmo Jesus. Tu permaneces Deus”.
30 E algo me disse: “Quantos você precisa desta vez?”
31 Eu disse “Exatamente como foi da outra vez, o limite”. E então eu disse: “Eu terei este limite antes das dez horas hoje”. E estranho quanto possa isto parecer, logo então eu estava em uma área terrivelmente cheia de mosquitos, onde estava infestada com mosquitos, e como num pantanal, um grande mosquito veio me picar bem no olho, e eu disse, “Nenhum deles me incomodará neste dia”, não havia repelente ou nada comigo. E, antes que eu me desse conta, eu disse: “O sol brilhará dentro de trinta minutos”.
32 E logo após eu haver dito isto, bem atrás de mim, um esquilo, exatamente como aquele do ano passado, tenro, vermelho, pulou de um galho cerca de sete jardas (aproximadamente 64 mts) dali e começou a fazer barulho. Eu virei. Nestas grandes distâncias, eu podia muito mal, através de um possante telescópio, ver seus olhos. Simplesmente atirei, isto é tudo, eu nem mesmo fiz pontaria, não mais que no esquilo. E a bala foi exatamente acertar no olho como foi na outra vez.
33 E entrei pelo mato a dentro. E exatamente três minutos antes das dez horas, eu atirei no meu terceiro esquilo, exatamente como foi no ano passado, exatamente o mesmo. Três minutos antes das dez. Deus, é meu solene Juiz, nem um mosquito nem sequer fez barulho durante todo o dia, exatamente lá onde há simplesmente toneladas deles, eu suponho, se eles pudessem ser pesados. E eu nem mesmo vi ou ouvi um. Eu estava querendo escutá-los, vendo se eu podia. E eu ouvi um murmúrio, e pensei, “Tem um em algum lugar”, e eu escutei, mas era um caminhão lá atrás na rodovia. E exatamente trinta minutos depois daquilo, o sol brilhou bem claro.
34 Então eu voltei ao lugar. E eu havia estado pensando, quando eu disse “limite”, que aquilo significava cinco esquilos, que é o limite em Indiana. Mas eu recordo no ano passado, quando Ele me perguntou quantos eu gostaria para fazer uma refeição, eu disse, “três”, e eu somente obtive três. Então ontem eu voltei, eu estava indo ao mesmo lugar outra vez, e Algo disse: “Não vá. Atravesse a estrada”.
35 E exatamente as dez horas, em ponto, dez horas no meu relógio, eu atirei o limite de Indiana, o quinto esquilo. Eu quero que você observe que lá havia três arco-íris, e lá houve três coisas ditas, e três esquilos obtidos. Lá houve três coisas: Três esquilos antes das dez horas, nenhum mosquito, e o sol brilhou em trinta minutos. E lá estavam três para darem testemunho disto: O irmão Banks Wood, o meu filho Billy Paul, e o seu filho David, para darem testemunho disto.
36 Quando eu vi aqueles arco-íris, com aquele arco daquela largura, aquele Anjo do Senhor, mas lá havia três deles formando Um só. Oh, como aquilo ajudou o meu coração, conhecer este Deus. Jesus não é simplesmente um homem como o povo pensa que Ele é, simplesmente um profeta, como estas mentes modernas hoje pensam, que Jesus é simplesmente um profeta, Ele é o Jeová do Velho Testamento feito carne e que habitou em nosso meio. E, lá, aquilo realmente me confortou. Então, pensando naquele assunto, que Deus havia buscado tantas pessoas . . .
37 Agora, há um grupo de pessoas, que chamam a si mesmas de “Unicistas” ou de “Somente Jesus.” Eu não concordo com eles a respeito de suas teorias. Nem mesmo eu concordo. . . concordo com aquele grupo de trinitarianos que dizem que há três diferentes Deuses, o extremo dos trinitarianos. Mas eu creio que os três, Pai, Filho e Espírito Santo, são Um; que Eles são três ofícios de um Deus. Ele viveu na Paternidade, na Coluna de Fogo; Ele viveu no Filho, em Jesus Cristo; e Ele vive agora no Espírito Santo, em Sua Igreja. O mesmo Senhor Jesus que foi feito carne habitou no nosso meio, está conosco neste dia, no nosso meio, na forma do Espírito Santo.
38 De todas as experiências! Quando eu voltei primeiro e vi Isto, pensando primeiro que Isto poderia ser o sol surgindo através da . . . de uma nuvem em algum lugar, mas aquilo foi antes da hora do sol. Então quando eu voltei outra vez, e vi que aquela não era uma luz, eram os arco-íris. E então eu olhei e vi aquilo, fiquei todo paralisado.
39 Parece que alguém me disse: “Não sentiu você vontade de gritar?” Não, eu não senti vontade de gritar. Essas experiências nunca te fazem sentir vontade de gritar, elas simplesmente te fazem sentir ancorado, simplesmente onde você sabe que há algo que lhe fala, simplesmente um sentimento de satisfação.
40 Agora, estas coisas são verdadeiras. Eu sei que temos coisas que são ditas, que muitas vezes algumas pessoas dizem: “Oh, eu não creio em tal coisa como aquela”. Não posso ser responsável por isto, eu não sei. Eu posso ser responsável somente por aquilo que seja a verdade. E Deus Todo Poderoso, O Qual escreveu esta Bíblia, e eu sou o Seu servo, Ele sabe que aquilo é a verdade.
41 Pense nisto, que no dia em que estamos vivendo, bem antes da vinda do Senhor, Jesus disse: “Lá haverá sinais nos céus e na terra, grandes sinais, discos voadores, mísseis, perplexidade do tempo, distúrbio entre as nações e sinais temerosos sobre a terra”. E estamos vivendo naquele dia para ver aquelas coisas.
42 Agora, tenho escolhido para a mensagem desta manhã, quero que vocês leiam comigo nas Escrituras, em Zacarias. É meu . . . Zacarias, no. . . no capítulo 4.
43 Foi o meu desejo lhes dizer todas estas coisas. Muitas vezes coisas acontecem que eu não . . . não as falo, não as digo. Mas isto foi de grande destaque para mim para que eu a retivesse da igreja. Isto deve ser dito! E, perante Deus onde estou, isto é verdade. Eu sei que há um Deus e sei que Jesus Cristo é o Filho de Deus, Emanuel, habitando no meio de Seu povo hoje na forma do Espírito Santo. E eu sei que a Vinda do Senhor está se aproximando, quando sinais e maravilhas estão se aproximando.
44 Nós acabamos de passar pelas Sete Eras da Igreja, e aprendemos que estamos na última, na Era da Igrejade Laodicéia, quando a igreja seria indiferente, ficaria fria, se denominaria, e se organizaria; as organizações tomariam isto, devorariam. Mas há uma promessa que lá haveria um remanescente. Lá haveria uma Igreja que estaria espalhada por todos os lados, mas Deus a ajuntaria e a raptaria para a Glória; e um pequeno grupo santificado em algum lugar, esperando o Senhor.
45 Então outro dia quando eu trouxe as Setentas Semanas de Daniel, bem aqui de pé no púlpito, Algo me atingiu, eu nunca fui capaz de me afastar disto. Para ver a hora em que estamos vivendo! Eu desejo ir em algum lugar e fazer algo mais, afastar isto de minha mente. Eu tenho muitos que são chegados a mim e não são salvos. Sabendo, que poderia eu fazer para salvá-los? Que mais poderia eu fazer? Tenho pregado o Evangelho. Deus tem feito grandes sinais e maravilhas como Ele nunca fez desde o mundo, desde os dias do Senhor Jesus, Ele nunca o fez em toda a história do tempo. E ao redor do mundo isto foi. E o mundo continua piorando. Mas então eu tenho que lembrar que estamos vivendo na Era de Laodicéia, onde eles ficarão piores, e Isto diz que eles ficarão.
46 Então eu escolhi nesta manhã, sendo que aquela mensagem foi tão atacada, outra coisa que eu quero é, pregar a graça. Eu desejo falar sobre isto nesta manhã enquanto leio o capítulo 4 de Zacarias, uma porção dele.
E tomou o anjo que falava comigo, e me despertou, como a um homem que é despertado do seu sono.
E me disse: Que vês? E eu disse: Olho, e eis um castiçal de ouro, e um vaso de azeite no cimo, com as suas sete lâmpadas; e cada lâmpadas posta no cimo tinha sete canudos.
E, por cima dele, duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite e a outra à sua esquerda.
E falei, e disse ao anjo que falava comigo, dizendo: Senhor meu, que é isto?
Então respondeu o anjo que falava, me disse: Não sabes tu que é isto? E eu disse: Não, senhor meu.
E respondeu, e me falou, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.
47 Vê você? A Mensagem não virá através de grandes poderes, mas através do Espírito de Deus! O último versículo, o sétimo verso.
Quem és tu, ó monte grande? Diante de Zorobabel serás uma campina; porque ele trará a primeira pedra com aclamações: Graça,graça a ela.
48 Estamos todos familiarizados com esta Escritura que lemos na Bíblia. Nós sabemos que isto foi durante o tempo da preparação para a restauração do templo. E Zorobabel era um grande príncipe entre o povo, o qual havia feito a fundação do edifício. Agora, você, eu quero que você coloque em seu pensamento espiritual, ungindo as capas nesta manhã, como pensamos. E este grande príncipe havia determinado que reconstruiria a casa do Senhor. E então, quando ele o fez, ele havia lançado a pedra fundamental.
49 E lendo mais adiante, nós encontramos que Deus disse: “Zorobabel tem fundado com mãos, e ele também trará a pedra angular.” Eu quero que vocês observem, Ele nunca disse que ele traria a “Pedra de esquina”. Ele trará a “pedra angular”.
50 E sabemos que as Escrituras dizem que Jesus é a principal Pedra de Esquina, e Ele é também a Pedra Angular. Agora se pensarmos por uns poucos minutos, que, o sétimo mensageiro da igreja era para “restaurar a fé dos pais”. Em outrar palavras, reconstruir a Igreja outra vez sob o Poder do Espírito. “Não por força, nem por violência, mas por Meu Espírito”, diz o Senhor. Não por organização, não por denominação, mas pelo Espírito Santo, Deus trará a igreja no último dia.
51 Zorobabel, o príncipe com Josué, era aquele que era para trazer esta pedra angular. Ele havia colocado o fundamento, ele havia trazido o povo de volta ao fundamento, como um tipo.
52 Que todos nós sabemos que estes castiças e demais coisas representavam ambos, Judeus e igreja. Eles eram os “ramos da oliveira”, a Bíblia diz aqui. E o ramo da oliveira, nós somos o zambujeiro que foi enxertado em lugar e feito participante da raiz e da seiva da oliveira; os gentios! E fora destes dois ramos vêm os canudos, indo para os sete castiçais de ouro, para dar Luz para as Sete Eras da Igreja.
53 Agora recordem, em nosso ensinamento nas lições onde acabamos de passar, que nós tomamos a grande pirâmide e a estudamos por um tempo, a qual Enoque deve tê-la construído. E a pedra angular nunca foi colocada na pirâmide. Eu estive lá. A arquitetura disto nunca pôde ser devolvida até este dia. Não temos nenhuma máquina que pudesse construir uma pirâmide, nenhum poder (a não ser o poder atômico) que pudesse construir uma pirâmide, porque ela é gigantesca. Pedras que pesariam toneladas e toneladas e mais toneladas, estão colocadas lá no alto, colocadas tão juntas de uma certa maneira que nem mesmo uma lâmina bem fininha não poderia . . . E elas não estão cimentadas, elas são somente cortadas de um certo modo que elas se juntam umas com as outras.
54 Esta é a maneira que o Corpo de Jesus Cristo deve ser, cortado de tal maneira pelo Espírito Santo, através do grande Instrumento e Ferramenta de Deus, que nós pudéssemos nos unir como uma só Pessoa. Não somos divididos. Devemos ser uma Pessoa! E isto vai mostrar que nenhuma maquinaria pode fazer aquilo daquela maneira. Isto toma a Deus para fazer aquilo. Nenhum mecanismo de organização, nenhuma loja, nenhuma destas coisas podem jamais fazer isto, por melhor que sejam suas intenções. Elas nunca podem fazer isto, porque se necessita de Deus para fazê-lo, o Espírito Santo.
55 Eu acho que eu tenho uma nota de um dólar no meu bolso. Mas há . . . Sim, eu tenho, eu tenho uma nota de um dólar. Desculpem. Nas costas deste dólar você verá o selo dos Estados Unidos do lado esquerdo, olhando em sua direção. De mim, eu estaria do lado esquerdo; no seu é do direito. É a águia. E também lá o escudo de armas e demais. Mas deste lado aqui, lado direito, para mim, você vê a pirâmide. E você observa, acima da pirâmide está a pedra principal, e ali embaixo diz: “O Grande Selo”. Mesmo em nossa moeda corrente, nós temos que reconhecer. Nenhum infiel pode aniquilar a cristandade. Cada carta que você data, data o nascimento de nosso Senhor. Cada calendário, tudo fala Dele. E mesmo na nossa moeda corrente, a Pedra Principal, a qual é Cristo! Porque eles não colocaram a pedra principal na pirâmide? Porque a Pedra Principal foi rejeitada quando Ela veio.
56 Porém agora, de acordo com a profecia, a Pedra Principal virá. E eu quero que você observe isto, quando a Pedra Principal vier, o príncipe que irá proclamar a Mensagem clamará “Graça! Graça!” Pois é pela graça que somos salvos, não por obras, a fim de que nenhum homem se jactanciasse. E a Mensagem da Graça tem sido pisada pelos pés dos homens até que se tornou uma desgraça. Alguna deles se desapontam com a segurança Eterna, outros se desapontam com tudo. Mas, a verdadeira Mensagem da Graça permanece a mesma, e ali está onde Satanás tenta tirá-la da igreja. Portanto é pela graça de Deus que fomos salvos.
57 Então a Deidade de Jesus Cristo, se Deus podia vir ali e confirmar que aquilo é a verdade, não só isso, mas por Sua Palavra, Ele confirma ser isto a Verdade, e por sinais e maravilhas Ele confirma ser a Verdade, então, também a graça é a Verdade. Então como pode alguém criticar e dizer que a graça não está certa, que “somos salvos por obras”? Somos salvos pela graça, que é através da fé, não por obras. As obras mostram que você foi salvo. Porém o que te salva é a graça de Deus. A graça te salva. Graça é o que Deus faz por você. Obras é o que você faz para Deus, para mostrar apreciação por aquilo que Deus fez por você. Mas, pela graça sois salvos!
58 Algumas pessoas pensam: “Porque eu vou e me uno a uma igreja, coloco o meu nome no livro, isto é tudo que tenho que fazer”. Algumas pessoas: “Porque eu grito, e isto é tudo que eu tenho que fazer”. Outras pensam: “Porque eu falo em línguas, isto é tudo que tenho que fazer”. Outras pensam: “Porque tenho poder para curar os enfermos, isto é tudo que tenho que fazer”. Não é não! É a graça de Deus que te salva, a sublime graça de Deus. Eu não posso confiar em nenhum mérito. Alguém disse, “Bem, há um grande homem. Aquele homem, eu vi levantar e fazer isto, eu o vi levantar e fazer aquilo.”
59 Paulo disse em I Coríntios 13: “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, embora tivesse discernimento, embora tenha dons, para sustentar, eu distribuisse toda minha fortuna para o sustento dos pobres, embora pudesse mover montanhas com fé, embora tivesse conhecimento de todas as coisas, nada seria se não tivesse amor, o qual é a graça”. Deus tem que fazer isto. Você pode fazer todas estas coisas e continuar perdido. É a graça que te salva, a graça de Deus para com a raça humana.
60 Pensar Nele! Eu estava pensando na graça logo que aquilo apareceu sexta-feira de manhã, logo no romper do dia, lá em cima naquele campo quando me assentei em um toco, mas tarde, e lágrimas desceram de meus olhos. “Oh Deus, Tua graça tem parado para me salvar. Por que Tu sempre tiveste tanta pena de um pobre coitado iletrado como eu? Como Tu sempre desceste ao nosso humilde Tabernáculo, onde paz e pessoas de baixa posição social, pobres, não tendo nada deste mundo, e a Tua graça espalhada em nossos corações, através do Espírito Santo, que Tu saras nossas enfermidades e salva nossos pecados, salva-nos de nossos pecados, melhor dizendo, e nos faz o Teu povo, trata conosco”?
61 Então eu pensei em Davi, como quando ele teve a idéia de construir uma casa para o Senhor, disse: “Não é certo que eu more em casa de cedro, e a Arca do pacto de meu Deus e o tabernáculo sob peles de ovelhas”.
62 Deus disse ao profeta: “Vá e diga ao Meu servo, Davi: Eu te tirei do aprisco, alimentando aquelas poucas ovelhas lá de seu pai, e te fiz um grande nome como os grandes homens da terra”.
63 Eu pensei na graça de Deus, como Ele poderia fazer aquilo, salvar até o último! E então tomaria um coitado perdido como eu, e me daria a oportunidade de pregar o Evangelho e de ver outros salvos, vê-los curados; ver lares que foram destroçados serem consertados outra vez. E em me dar graça! Eu pensei: “Oh, é a sublime graça! Então vir a um degradado, um simples caçador de esquilos lá na floresta, e formar a Si Mesmo na forma de um arco-íris, o qual significa “um pacto”, com uma Mensagem que Ele me daria para pregar, e formar isto ali num pacto, que Ele está detrás Daquilo! E Ele estará atrás Disto, porque a Mensagem é de Jesus Cristo e de Sua Glória.
64 Como Ele permitiu que eu fosse ao redor de todo o mundo, ao redor do mundo, a nações, a milhões de pessoas, e ver milhões vindo ao Senhor e aceitá -Lo como o Seu Salvador, vê-los cheios de Sua bondade e santificados por Seu poder, vê-los curados por Seu grande poder onipotente. Então eu poderei clamar como o profeta, e dizer, “Não é por força, nem por violência, mas pelo Espírito de Deus”. Não por educação, não por teologia, mas é pelo Espírito de Deus que Ele salva as pessoas. Pelo Espírito de Deus que ele cura o povo. É o Espírito de Deus que dá a Mensagem para o povo. É o Espírito de Deus que confirma a Palavra.
65 Nós temos teólogos hoje, temos Doutores em Divindade, nós temos grandes homens ao redor de todo o mundo, que são espertos, inteligentes e educados. Porém isto requer a simplicidade de crer em Deus e faz a Sua Palavra falar, para mostrar que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Toma um humilde coração dedicado a Deus, e faz a Sua Palavra falar, para mostrar que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Toma um humilde coração dedicado a Deus, para trazer Jesus Cristo ao presente. Amém! Se isto toma teologia, o que seria dos Presbiteiranos, Metodistas, Batistas, Católicos e os demais; nós não teríamos chance, nós que somos pobres e iletrados. Mas isto não toma conhecimento. “Não por força ou por violência, mas por Meu Espírito”, diz o Senhor, “Eu desvendarei este ministério”. E ele clamará a isto, “Graça, Graça, com gritos e clamores”. É isto que é hoje, a sublime graça de Deus para com Seu povo. Como Ele toma os iletrados, os incultos, para mostrar que Jesus é o mesmo.
66 Quando Ele veio, Ele nunca veio aos grandes teólogos. Nem mesmo Ele foi a Caifás, o sumo-sacerdote; somente para ser condenado por Ele.
67 Mas Ele tomou pescadores, homens que eram pobres e tinham uma vida simples. E para aqueles que Ele revelou a Si Mesmo, disse: “Sigam-me, eu vos farei pescadores de homens”, mostra que Sua graça continua estendida dos Judeus para os Gentios, chama o povo pelo Seu Nome neste últimos dias, como nós acabamos de passar por isto. Sublime graça, quão doce soa isto!
68 A graça é velha. A graça é tão velha quanto o é o mundo. A graça foi primeiro mostrada à raça humana. Quando a raça humana foi criada no Jardim do Éden, naquela manhã escura quando aquela pequena mulher passou através daquela linha de separação, e foi contra os Mandamentos de Deus e incitou o seu marido a fazer a mesma coisa, então a lei foi quebrada. A lei deve ter uma punição ou então não é uma lei. E a lei era: “No dia em que dela comerdes, neste dia certamente morrereis”.
69 Recordem, o primeiro trono de julgamento estava sobre a terra, e estava no Jardim do Éden. E o último trono de julgamento estará sobre a terra, no fim dos tempos, o Trono Branco.
70 Mas quando Jeová desceu, eu posso imaginar que lá não havia nem mesmo uma estrela para brilhar, estava tão escuro naquele pequeno Jardim que uma vez era tão claro, o pecado havia manchado aquilo, havia tirado a Luz do meio deles.
71 Este é o ploblema com as igrejas hoje. Este é o problema com as pessoas hoje. O pecado tem manchado a Luz do Deus vivo, para mostrar que Cristo continua o mesmo ontem, hoje, e eternamente; e Ele vive para salvar até o último, e para curar a menor pessoa que estiver enferma.
72 Oh, como foi terrível aquela manhã, a escuridão pairava no jardim! Eu imagino uma sombra de pano preto. Penso também que nenhuma folha se moveu. Não havia nenhum vento soprando. Havia trevas e estava terrível, porque o pecado havia manchado.
73 Lá veio Jeová descendo como um estrondo de um trovão andando através do jardim, clamando, “Adão, onde estás tu?” Isto foi quando Adão viu que estava nu e havia pecado perante Deus. Ele se escondeu e tentou fazer uma religião para si mesmo, mas isto não deu certo. Deus matou uma ovelha, tirou a pele, e mostrou que algo tinha que morrer para cobrir o pecado.
74 Unir-se a uma igreja nunca cobrirá nenhum pecado. Nenhuma confissão sem lágrimas cobrirá pecados. Isto tomará tristeza e o arrependimento, e a graça de Deus para cobrir o pecado; pelo Sangue de Jesus Cristo, Aquele que Deus sacrificou no Calvário, para cobrir os pecados.
75 Lá no jardim naquela manhã, quando o pecado estava tão negro, Jeová veio. Lá estava o Seu casal de pé, condenado. Lá não haveria mais nenhuma raça humana, eles tinham que morrer; morte sobre a raça humana, daria o mundo de volta às bestas selvagens e lá não haveria nenhuma raça humana. Mas naquela hora de escuridão, naquele tempo quando todas as esperanças haviam se desvanecido, a graça veio se derramando, disse: “Eu lhes darei um Salvador, um Messias”. Oh, é de se admirar como Deus pôde fazer isso! A sublime graça de Deus no Jardim do Éden, que lhes deu a promessa de Um Justo, o Qual poderia vir atrevés de uma mulher. “A Semente da mulher ferirá a cabeça da serpente”, a culpada, “e tu lhe ferirás o calcanhar”, para mostrar que lá haveria uma aflição para a Igreja. Mas Ele prometeu um triunfo! O que proveu um Salvador? A Graça!
76 O que poderia eles mostrar para merecer graça? O que poderiam eles mostrar para fazê-lo? Uma expressão do exército, desculpem-me por isto, eu simplesmente quero fazê-lo de meu púlpito para encerrar um pensamento, “passar o anelzinho”. Adão disse: “Foi a mulher que Tu me deste quem o fêz”, A mulher disse: “Foi a serpente quem me enganou”, Um passando isto para o outro. Lá não havia nenhuma esperança para eles.
77 Porém Deus proveu a graça, e isto veio quebrando! E Ele disse: “Mas Eu farei um caminho, de algum modo eu te salvarei, indiferente a isso. Vocês erraram, vocês transgrediram Minhas Leis e Minhas Leis têm que existir, e os julgamentos de Minhas Leis têm que ser executados. Portanto, tem que haver morte, porque tenho dito, “morte”.
78 Agora, meus amigos cristãos. E estas fitas aqui que têm sido feitas se espalham através do mundo. Deixe-me lhes perguntar algo, vocês que tentam fazer com que Deus seja três deuses, ou vocês que tentam fazer Dele um, como o seu dedo. Ele é um em pessoa!
79 Não seria certo Deus fazer com que um Anjo morresse. Ele não poderia ser o tipo certo de Juiz e fazer com que um Anjo morresse por um ser humano. Isto continuaria a não fazer efeito, porque Sua grande lei ordena a morte e algo tem que morrer e um Anjo não pode morrer. Nem mesmo poderia Ele dizer: “Eva, porque você fez Adão fazer isto, eu farei com que você morra, deixarei Adão vivo”, porque Adão também foi participante.
80 Como alguém disse, “Pilatos foi justificado, ele lavou suas mãos”. Você não pode lavar o Sangue de Jesus Cristo de suas mãos. Se você morrer em seus pecados, você nunca deixará este edifício nesta manhã e irá para o Céu. Está em suas mãos. Então, isto não é correto.
81 Lá havia somente um justo caminho. Lá há somente um caminho que poderia ser, a grande Lei de Deus, as necessidades poderiam se encontrar. Ele tinha que encontrar isto Ele Mesmo. Ele tinha que fazer isto. Deus é um Espírito. E Ele não pode morrer. Então Deus tinha que ser feito homem, e Ele morreu em carne humana, na forma de um homem chamado “Jesus Cristo”, e aquele era o Messias prometido que trouxe a graça. Lá é onde você vê que Deus e Cristo são a mesma Pessoa, Deus habitando em Cristo. “Eu e o Pai somos um, meu Pai habita em mim; não sou eu quem fala a Palavra, mas o meu Pai que habita em mim”. Deus em Cristo! Certamente.
82 Mas a graça foi prometida no Jardim do Éden, e a graça veio, graça para Adão e Eva. Nenhum lugar para ir, nem para onde virar, e ainda a graça abriu um caminho!
83 Deixe-me dizer isto, meu amigo pecador. Você pode estar aqui nesta manhã sendo uma prostituta, você pode estar aqui nesta manhã sendo um caçador de mulheres, você pode estar aqui sendo um bêbado ou um assassino. Você pode estar aqui como um esposo impuro, uma esposa impura. Você pode ser o mais vil pecador. você diz: “Eu já passei daquela fase de salvação”. Não, você não passou, ou você nao estaria aqui na igreja nesta manhã. A Graça fará um caminho para você nesta hora escura se você simplesmente aceitá-la. Adão tinha que estar desejando aceitá-la, pela mesma forma você. Aceite-a.
84 A graça de Deus veio no tempo de Noé. Noé, somente um homem simples, ele e sua família. Mas porque Noé temia a Deus, ele cria em Deus! Você não pode temer a Deus sem crer Nele. Como pode você temer algo se você não crê naquilo? Você tem que temer a Deus. Salomão disse: “O temor de Deus é o princípio da sabedoria”. Agora, simplesmente por temer a Deus, você estará começando a ter sabedoria. É o temor a Deus, Noé temia ao Senhor e ele cria no Senhor. E é isto que Deus honra, é a sua fé Nele. Isto é correto. Então quando o temor de Deus veio sobre Noé, Deus o chamou pela graça, e salvou a ele e a sua casa, por causa da graça isto foi feito. Não porque Noé era um grande homem, mais elegante que os outros, não porque Noé ia à melhor igreja que havia no país, não porque ele pertencia ao melhor, falando em organização, não porque ele podia se vestir melhor, não porque ele tinha mais dinheiro, não porque ele era alguma pessoa especial. Mas por causa da graça de Deus, Deus salvou Noé. A graça salvou Noé (não suas obras; mas sua graça) e também salvou a sua família.
85 Nós chamamos outro personagem para quem a graça de Deus foi estendida, muitos deles, nós somente falaremos de poucos. Abraão. Abraão, não um homem especial, desceu da torre de Babel, talvez saiu de um grupo idólatra (seu pai), e desceu à terra de Sinar lá embaixo, para habitar na cidade de Ur. E enquanto ele estava lá, Deus falou com ele pela graça. Não porque ele era diferente, não porque ele era um homem melhor; mas pela graça, Deus o chamou. A Bíblia claramente faz isto conhecido. Oh, Abraão, como Abraão provou a paciência de Deus! Lhe disse: “Abraão, fique nesta terra, não saia dela.” Mas logo que a fome veio, Abraão correu.
86 Abraão falou de nós. Deus tomou — Deus tomou Abraão pela graça, e o salvou. E é assim que Ele te toma, pela graça. E como testamos a Sua paciência? Hoje estamos em cima, amanhã estamos embaixo. Um dia nós cremos, no outro dia estamos curiosos. Hoje somos Metodistas, amanhã somos Batistas. Hoje cremos em cura Divina, amanhã vem uma dor de barriga e não sabemos se cremos ou não. Mas, apesar de tudo isto, Deus quer que permaneçamos firmes. Ele nos salva, de qualquer maneira. Se não fosse a graça de Deus, todos estaríamos perdidos. Claro. Deus nos salva por Sua graça.
87 Abraão estava suposto a ficar naquela terra, mas ele desceu lá nos Caldeus, ou, não para os Caldeus, mas para os filisteus. Foram peregrinos até lá, para matarem a fome. As coisas estavam um pouco difíceis no seu país, então ele desceu até lá embaixo para viajar com eles. Fazendo exatamente o que Deus lhe havia dito para não fazer, mas mesmo assim a graça de Deus se mostrou a ele, guardou Faraó de tomar . . . ou, o rei de tomar a sua esposa. A graça de Deus. Quando Abraão disse: “É minha irmã”, mentiu a respeito disto, mas ainda assim a graça de Deus o segurava porque ele se arrependeu. Ele estava desejando se arrepender.
88 E qualquer pessoa que está desejando se arrepender, a graça de Deus ainda está disponível para você. A graça de Deus está te procurando. Então, ela está disponível a vocês, apóstatas, nesta manhã, a graça de Deus continua te procurando. Se você simplesmente se arrepender, a graça de Deus é suficiente.
89 Como Ele levou bem o velho Abraão, o trouxe de volta! E recordem, Abraão não foi salvo por suas obras, ele foi salvo pela graça. Abraão foi salvo pela fé, a qual é graça. E Deus salvou Abraão por meio de Sua graça, não por causa de seu comportamento. Ele o salvou por meio de Sua Graça. Oh, quão bom! Ele foi salvo pela graça.
90 Tomemos Israel. Eu tenho uma Escritura anotada aqui. Eu a escrevi para poder lembrar e citá-la. Se você deseja anotá-la, isto será bom para se recordar, se você deseja, Deuteronômio 7:7. Deus deu a Abraão a Sua promessa ou, não deu a Abraão, perdoem-me, deu a Israel. E lhe disse: “Se você não se associar com a idolatria: se você não fizer estas coisas; se você permanecer longe de todas estas cerimônias pagãs; se você fizer todas estas coisas, então Eu lhe levarei a uma boa terra; Eu tomarei conta de você; Eu te alimentarei, Eu te guiarei, eu farei todas estas coisas se você fizer isto e aquilo, se Me amar, se guardar o Meu Mandamento, Meus Estatutos, Minhas ordenanças. Eu farei todas estas coisas se você simplesmente fizer algo e guardar os Meus Mandamentos e Me amar”.
91 Exatamente como o esposo tomando a esposa e dizendo: “Se você for uma boa esposa, se você tomar conta da casa, se você fôr fiel a mim, se você conservar minhas roupas limpas; se tivermos filhos, se você for uma boa mãe para eles; se você fizer estas coisas, eu trabalharei até que as minhas mãos se sangrem, para te sustentar, se você fizer isto”. Mas estão, pense, o que seria se aquela mulher fizesse o contrário, vivesse preguiçosamente, não quisesse fazer nada? Então tomaria a graça para conservar aquela família junta.
92 Oh Deus! Se necessitou da graça de Jeová para conservar a Sua família junta. E esta é a única maneira pela qual somos da família de Jeová hoje, é por causa da graça de Jesus Cristo. Estaríamos todos perdidos. Mas é a graça, oh, graça!
93 Agora, eles não guardaram isto. Porém eles nunca chegaram à promessa completa; não aquela geração. Não, para aqueles os quais as promessas foram feitas, pereceram no deserto. Mas Deus os alimentou, Deus tomou conta deles, Deus os amou, Ele movia por ali. Por que? Sua graça fez isto. Sua graça por causa de Sua promessa, Sua promessa então, a graça que foi com Sua promessa. Mas eles nunca chegaram ao completo valor da terra prometida.
94 E nem mesmo chegou esta igreja ao seu valor total. A graça de Deus nos segura. Porém Ele deseja ter uma igreja que O obedeça, um povo que tomará Sua Palavra e dirá “Esta é a Verdade”, não importando com a organização. Ele deseja um povo que não dirá: “Bem, sou tão bom quanto você. Sou presbiteriano, sou metodista, eu sou católico, sou tão bom quanto você”. Isto não é graça; isto mostra que há algo errado.
95 Mas uma pessoa, seja quem for, que for ler a Palavra de Deus ver que você tem que nascer de novo e se encher do Espírito Santo, eles crerão nisto, eles tomarão isto pela Palavra. Eles tomarão a Palavra exatamente como Ele diz.
96 Como os batismos e as aspersões; o batismo está correto. Não há ninguém na Bíblia que foi alguma vez aspergido, não existe tal Escritura. Nem mesmo houve alguma vez alguém que fosse batizado no nome “Pai, Filho e Espírito Santo”, na Bíblia. Eles foram, cada um, batizados no Nome de Jesus Cristo. Então não há nenhum, nem mesmo um pedacinho da história para . . . Se alguém puder mostrar em qualquer lugar, em qualquer ponto da história, onde qualquer pessoa foi alguma vez batizada na Bíblia, ou trezentos anos após a morte do último discípulo, até a igreja Católica, se qualquer pessoa puder mostrar um lugar qualquer onde uma pessoa foi alguma vez aspergida ou batizada no nome “Pai, Filho e Espírito Santo”, até a igreja Católica, você está comprometida a vir a mim e me dizer. Não está lá. Mas o que fazemos nós?
97 Passamos pelas Eras da Igreja e vemos onde eles tiveram que fazer aquilo. Então, vê você, Deus quer alguém que O obedeça. Se isto não está nas Escrituras, então não é um homem . . . é uma doutrina feita pelos homens e não uma doutrina da Bíblia. Vêem? Então seja qual for a igreja, quão errado você tenha estado, que diferença faz isto? Tem que ser o quão certo você possa estar agora! A graça de Deus tem mostrado isto para você, então ande nisto. Na graça de Deus!
98 Recordem, Moisés também, aquele grande líder. Deus devia ter lhe matado quando ele desceu lá embaixo para glorificar a si mesmo ao ferir aquela Rocha, e disse: “Vê você o que eu posso fazer?” Em outras palavras. “Vocês rebeldes, deveríamos nós extrair águas desta Rocha para vocês?” E ele A feriu e as águas não vieram; ele A feriu outra vez. O que fez ele? Ele testificou da fraqueza de — de Cristo, porque Cristo era aquela Rocha. Esta é a Pedra Principal. Ao invés de ferir, ou falando disto . . .
99 Ela foi ferida uma vez. Recordem, Deus disse a Moisés lá no êxodo, “Vá e eu estarei diante — diante de ti, sobre a Rocha, e ferirei a Rocha”. E ele feriu a Rocha e Ela trouxe águas. Deus disse: “Na Próxima vez, vá e fale à Rocha e Ela trará Suas águas”.
100 Mas Moisés queria mostrar que ele tinha um pouquinho de autoridade, um poderzinho, então ele disse: “Eu lhes trarei água desta Rocha”. Deus lhe teria matado por isto. Deus lhe teria separado, porque ele havia quebrado a lei de Deus ali mesmo, porque ele falou da fraqueza de Cristo, Ele tinha que ser. Agora nós falamos à Rocha, e Ela traz Suas águas.
101 Mas o que era aquilo? Olhemos no velho homem, ele tem cento e vinte anos.
102 Alguém havia me dito há não muito tempo atrás, disse, “Deus é um Deus injusto”, disse, “Porque Ele deixou Moisés tombado. Depois do árduo trabalho com os Hebreus por quarenta anos naquele deserto lá, Ele o deixou caído e então nem mesmo o deixou ir à terra prometida”.
103 Eu disse, “Oh, isto não faz sentido”. Não, Ele não deixou Moisés caído. Ele foi à terra prometida. Cerca de setecentos anos depois, ele foi visto no topo do Monte da Transfiguração, tão vivo como ele sempre foi, de pé, falando com Jesus antes Dele ir para o Calvário, ele e Elias, de pé juntos, conversando também. Moisés e Elias apareceram para Jesus, Pedro, Tiago e João no Monte da Transfiguração. Ele não estava morto. Ele estava vivo. Deus não o deixou caído. Ele estava na Palestina.
104 Agora veja, antes dele morrer, ele subiu o Monte Nebo, naquela manhã quando ele viu que estava partindo. Ele havia tirado as roupas de Arão, colocou suas roupas umas sobre as outras. Tomou o seu próprio manto e o colocou sobre Josué, ordenando-lhe para ficar com suas normais! E quando ele subiu ao Monte Nebo, passou pelo vale das planícies, sabendo que ele iria lá em cima para morrer, e subiu o Monte Nebo, e até o Pisga. E enquanto ele estava de pé lá em cima, Deus disse: “Olhe para a terra. Eu quero que você veja isto. Moisés, você poderia ter ido até lá. Mas você sabe o que você fez lá embaixo, na Rocha, naquele dia? Você glorificou a si mesmo”. Eu penso que é esse que vai ser o grande problema com muitos de nós hoje. “Foi até lá embaixo na Rocha e glorificou a si mesmo”. Mas observe quando ele se aprontou para morrer, lá estava a Rocha. Ele deve ter simplesmente pisado sobre a Pedra lá em Pisga, e Deus o sepultou. [Espaço vazio na fita . . . Ed.] . . . Monte da Transfiguração, centenas de anos mais tarde, lá na Palestina. Vêem, a graça de Deus proveu a Rocha. Oh, que coisa!
105 Eu penso em Abraão, em todos os erros que ele cometeu, e Moisés e seus erros, mas quando os comentários sobre Abraão foram escritos, quando os comentários divinos foram escritos, quando Paulo escreveu os comentários sobre Abraão, ele nunca mencinou uma só coisa acerca da incredulidade de Abraão. Não, não, ele nunca teve isto em conta. Ele disse: “Abraão não vacilou na promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado dando graças a Deus.”
106 Minha humilde oração é, diante da graça de Deus que está aqui nesta manhã, espero que os meus estejam escritos desta maneira, para que Ele não veja os meus erros. Para que quando os meus comentários forem escritos, minha necrologia, que não seja lido que eu cometi erros e fiz o errado, mas que Ele somente veja as coisas que eu tentei fazer para Ele. Que eles simplesmente possam se tornar . . . O que faz aquilo? Ele tomará a graça de Deus na qual eu creio. E é nisto que exclusivamente estou crendo. Pois sobre os meus próprios méritos eu não pude ir mais do que nenhum dos restantes, mas estou dependendo da graça de Deus. Sim, é da graça que estou dependendo.
107 Havia uma Rocha lá quando Moisés estava pronto para morrer.
108 O que poderíamos dizer de Davi? A graça de Deus! Aquele grande guerreiro para quem Deus Mesmo . . . Ele disse: “Ele é um homem segundo o Meu coração.” Aquele grande guerreiro, Davi, como pôde ele fazer uma coisa como a que que ele fêz, tomar Urias, seu soldado, quando ele tinha as mãos cheias de gentios lá como soldados? Ouçam atentamente esta pequena história por um momento. Quando eles tinham os seus soldados lá, e Urias foi aquele que se pôs ao lado de Davi. Urias era um prosélito, ele era um heteu, um prosélito para a religião judaica. E aqueles homens amavam tanto a Davi! Eles viram que a unção estava sobre ele, embora ele fosse um . . . ele fosse um fugitivo. Foi despejado de seu próprio país, teve que viver com os filisteus. Saul o estava caçando. Mas mesmo aquele homem, eles viram a unção sobre ele! Eles sabiam que ele estava vindo em poder. Glória a Deus.
109 Estou tão feliz em ser um fugitivo hoje, por que eu vejo que Cristo está vindo para ser Rei. Você pode eleger todos os Kennedy’s ou quem mais você desejar. Mas Cristo será o Rei! A unção está sobre a Mensagem de Sua vinda. E Ele será Rei!
110 O que fizeram eles? Certo dia ele estava parado lá em cima, sedento por um gole de água do portão lá de Belém, onde ele costumava ir pastorear as ovelhas. E vocês sabem de uma coisa? Dois daqueles tomaram espadas e abriram caminho através de quinze milhas (aproximadamente 25 km) de carne humana, para lhe trazer um balde de água. Porque, seu menor desejo era uma ordem para eles. Pensem nisto! E eles passaram através daqueles homens, todo o caminho ao topo daquela montanha onde eles disseram que ele estava de pé, isto seria cerca de quinze milhas. Eles passaram por lá. E todos os homens se levantaram, eles lutaram com eles até que os mataram. e seguiram em frente! E tomaram aquele balde e apanharam um balde de água, bem lá na linha inimiga, dois homens, para trazerem ao seu rei, seu irmão, um gole d’água, quando ele tinha água lá para beber, mas ele queria daquela água.
111 Oh Deus, deixe-me tomar aquela Espada da Palavra e passá-la através de cada organização, para trazer o batismo no Nome de Jesus Cristo, e o Poder da ressurreição e o Espírito Santo, de volta ao povo, não importa o que . . . porque Ele está vindo em poder. Ele está vindo em poder, Ele estará sozinho. Mas corta através de cada organização, corta através de cada teoria, cada credo feito pelo homem, até que você traga ao Salvador de volta a ovelha que estava perdida, alguém, trazendo de volta às doutrinas bíblicas outra vez, de Jesus Cristo, o mesmo ontem, hoje e eternamente. A graça de Deus.
112 Veja Davi. Como ele poderia ter feito . . . Um pulou em uma cova e matou um leão. Como poderia Davi tomar a mulher de Urias, a linda Bete-Seba, quando ele tinha suas quinhentas? Mas a viu tomando banho. E ai está a negligência. Agora, ela simplesmente esqueceu de puxar as venezianas quando ela estava tomando o seu banho, e sabia que o rei havia feito uma viagem lá, e passava por ali todos os dias, sobre aquele muro.
113 Este é o problema. Não acho que as mulheres hoje são tão descuidadas ou tão . . . Bem, elas simplesmente saem por aí nuas, isto é tudo, nas ruas, vestidas somente com roupinhas. É uma desgraça! Então se admiram porque os homens mexem e assobiam. Ora, elas fazem isto para fazê-los assobiar e mexer. Elas sabem disto, elas têm suficiente senso para saberem disto. Fazem isto simplesmente porque querem. Está em seus corações. Você lhes diz que são imorais, elas contestam isto. Mas elas podem não ser imorais, podem ser tão puras como um lírio, quando isto vem do lado sexual. Mas, recordem, há um espírito nelas, que é a unção do Diabo, enviando as almas de muitos homens para o inferno. Recordem, a Bíblia diz, “O que olhar para uma mulher e cobiçá-la, já cometeu adultério com ela em seu coração.” E recorde, irmã, você responderá por ter cometido adultério embora você nunca o tenha feito realmente em toda sua vida, mas aquele pecador que olhou para você da maneira que você estava vestida, será culpado de adultério. E você responderá no dia do julgamento, por ter cometido adultério. Quando ele tiver que dizer . . .
114 Ele diz aqui, Ele tem escrito em Seu Livro: “Cometeu adultério”. “Com quem?” “Com a Sra. John Doe”.
“Então, Sra. John Doe, que tal isto?”
115 “Eu juro eu . . . Você conhece o meu passado eu nunca vivi com outro homem a não ser com o meu próprio esposo”.
116 “Mas você se vestiu de tal modo que fez este homem cometer adultério com você. E você é culpada de adultério com ele. Aí foi quando ele fez isto. Você tem a culpa, você que se mostrou.”
117 Bete-Seba errou exatamente como Eva errou, mas Adão foi incluído naquilo. Penso que estamos sempre gritando sobre mulheres, também. Vocês, filhos de Deus, homens. Eu sei que vocês são o lado forte, isto é certo, o sexo mais forte. Vocês estão sobre as mulheres, isto é verdade, então atue desta maneira. Não as subjuguem, tentar apanhar alguma garotinha e arruinar a sua vida. Mas seja um filho de Deus. Diga-lhe que ela está errada e firma-te como um filho de Deus. Ela é sua irmã. Sim, senhor. O que tentamos fazer, os assim chamados filhos de Deus hoje, pertencem a igrejas, saem sempre que podem com uma mocinha. Recordem, se há uma mulher imoral, pode ser que algum homem casado a arruinou também. Então, uma caçarola não pode chamar uma chaleira de preta, recordem. É o pecado que faz isto tudo. E estamos todos sujeitos a morte, e por isto devemos morrer.
118 Quando Davi fez aquela coisa malígna, seu próprio julgamento lhe devia ter matado. Quando aquele profeta subiu lá em cima, ele pensou que isto estava escondido. Quando aquele profeta subiu lá em cima e se colocou perante ele, ele disse: “Davi, está tudo certo?”
Disse: “Está tudo bem.”
119 Davi, em seus grandes mantos e sua grande coroa, e ele tinha Joabe lá fora, seu grande general, e toda aquela luta se travando. Ele estava conservando todos os inimigos fora das fronteiras e coisas, tudo estava certo. Ele teve um filho com esta Bete-Seba. E tinha o pobre Urias lá fora; e tinha Joabe para se colocar ao lado, até que ele se afastou dele. E . . . e . . . e o rapaz morreu quando o sol se pôs, com o punhal de batalha em sua mão, sangue em seu escudo, onde havia se firmado por Israel, ainda sendo um prosélito para sua religião. Então quando Joabe voltou e lhe disse que . . . que Davi tinha aquele . . . que Urias morreu, Davi pensou: “Tudo está certo agora. Tenho sua esposa, e tudo dará certo. Tenho um filho.” Mas o garoto ficou enfermo. O garoto começou a morrer. E ele fez tudo que podia para salvar a vida do garotinho, talvez vieram todos os médicos. E nada. Finalmente o bebê morreu. Eles estavam com medo de dizer a Davi que o bebê estava morto. E ele morreu. Então ele pensou que tudo estava escondido. Então ele confortou Bete-Seba. Ele já a havia tomado como sua esposa, depois de todas as outras esposas.
120 Este velho profeta, velho companheiro careca entrou, o velho Natã, lá do deserto, se assentou e disse: “Davi, como estão indo as coisas?”
121 Disse: “Bem! Muito bem! Velho profeta de Deus que vive para sempre! Aleluia! “Oh, ele simplesmente estava. . . Pensava que tudo estava bem, pensava que podia esconder aquilo.
122 Mas você não pode esconder de Deus! Ele sabe o que você está pensando agora mesmo. Ele conhece os seus pensamentos, pois Ele é Deus. Aquele Espírito Santo que está no edifício nesta manhã, conhece seus pensamentos, quem é você, de onde você vem, o que você tem feito, pois Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.
123 Deus havia revelado isto para aquele profeta. Ele disse: “Davi, havia um rico que morava deste lado do caminho e tinha um montão de ovelhas, oh, ele era muito rico. Um homem que morava do outro lado do caminho, era pobre, tinha uma ovelhinha. Ele a tratava como se fosse uma filha. Ele a alimentava com a mesma colher que comia. Ele dormia com a ovelhinha. Tudo era tão. . . Era como uma filha para ele. E um dia veio um visitante, então em vez do homem rico tomar uma de suas ovelhas e fazer uma festa para o seu visitante, bem, em vez disto, ele foi lá e tomou a ovelhinha do homem pobre, pela força, tomou a ovelhinha e a sacrificou, e fez uma festa”.
124 Ora, estas eram as paixões de Davi. Ele tinha quinhentas esposas, mas quando viu a esposa de Urias, em vez de tomar uma de suas quinhentas esposas, para agradar ou satisfazer suas paixões, ele foi, tomou a esposa daquele outro homem, então matou Urias quando ela se tornou mãe. Davi não sabia o que estava fazendo, pois, Davi estava pronto para pronunciar o julgamento. Esta é a maneira que somos. Sempre podemos julgar o outro companheiro, mas quando isto vem para nós, oh, isto é diferente.
125 Davi disse: “O homem pagará com sua vida”.
126 Aquele velho profeta, aqueles olhos se amiudaram. Ele disse: “Davi, certamente tu não morrerás”. Observe a graça operando aí imediatamente. O espírito caiu sobre o profeta, salvou a vida de Davi. Graça, “Certamente tu não morrerás, mas a espada não deixará sua casa até que seu coração esteja totalmente purgado. Pois, tu és aquele homem rico”. Oh, isto ficou diferente agora, não foi?
127 O que salvou Davi, quando o seu próprio julgamento disse, “O homem morrerá! Ele pagará até o fim, e ele pagará por isto com sua vida?”
128 E o profeta disse, “Certamente ( graça ) tu não morrerás. Tu não morrerás, Davi. A graça tem te salvado”.
129 Se não fosse pela graça, onde estaríamos todos nós? Não é isto certo? Certamente.
130 A graça soberana vem de Um que é soberano. A graça soberana vem de Um que é soberano. Soberano, o que pode isto fazer? Soberano pode fazer o que ele deseja. Ouçam isto agora. A graça soberana só pode ser dada por um que seja Soberano. E Deus é Soberano, então Ele pode dar graça soberana. Portanto sendo soberano, a graça não tem que pedir a ninguém, ela não tem que fazê-lo. Ela faz o que deseja. Não é isto maravilhoso? Ela não tem que pedir, “Posso eu fazer isto?” Ou, “Devo eu fazer isto? Posso eu? Farei eu?” Ela não faz isto. Ela o faz de si mesma. A Graça é Soberana, portanto Ele pode salvar o mais vil, Ele pode salvar o pior, Ele pode salvar o impuro, Ele pode salvar o imoral, Ele pode curar o mais enfermo. Aleluia!
131 Ele pode salvar um perdido como eu. E Ele o fez. O que é isto? Graça! William Branham, filho de um bêbado. Isto não faz nenhuma diferença, a graça de Deus me salvou!
132 ”Eu, eu sou filho de uma mulher que não prestava”. Isto não faz diferença, a graça de Deus te salvou. Ele é Soberano, não tem que perguntar nada a ninguém. Amém! Estou tão feliz com isto. Aleluia!
133 Pode tomar o mais vil pecador e fazê-lo tão branco quanto a neve, não tem que perguntar a ninguém a respeito disto. Oh, Ele pode fazer isto porque Ele é Soberano. Ouçam, rapidamente agora.
134 Aquilo foi provado na cruz, quando lá havia o mais vil dos ladrões, ele merecia a morte. Deus nunca havia passado por sua mente. Ele nunca havia pensado nada sobre Ele. Lá na cruz quando, através daqueles lábios ensanguentados, entre os gemidos lá veio um som, “Senhor, tenha misericórdia de mim!”
135 E lá veio outro Som de volta através do Sangue, lágrimas, agonia, a graça tomou conta e disse: “Hoje mesmo estarás comigo no paraíso”. A graça fez aquilo. O que poderia aquele ladrão fazer? Não mais do que Adão podia fazer, não mais do que Eva podia fazer, e não mais do que você pode fazer, e não mais do que eu posso fazer, como não poderíamos nos empurrar a nós mesmos para cima através da Branca Via Láctea com as correias de nossas botas. Não poderíamos fazer isto. Mas a graça de Deus pode fazer algo a respeito disto, e ela o faz! A graça de Deus, a soberania da graça de Deus, veio àquele ladrão que estava morrendo: “Hoje mesmo estarás comigo no Meu Paraíso”. Oh, pense nisto! Isto é maravilhoso.
136 Pense no amor e na graça como se eles fossem irmãos, irmãos gêmeos. Você não pode ter graça sem ter o amor. Eles são irmãos gêmeos. Exatamente correto. Antes que você possa ter graça, você tem que ter amor. Antes que você realmente possa mostrar um favor a alguém, você o ama; certo ou errado, você tem que amá-lo, de qualquer maneira, ou você não pode. Vêem? Então a graça e o amor são a mesma coisa. Eles são simplesmente irmãos gêmeos, isto é tudo; amor e graça. Eles, nós éramos. . . Não podemos ver um sem o outro. “Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho Unigênito,” Ele derramou Sua graça, e a trouxe a nossos corações através do Espírito Santo. Vêem? Não há simplesmente nada que você possa fazer sem trabalhar um com o outro. Graça, a graça de Deus é que nos salva.
137 Agora encontramos que a graça, lá como aquele ladrão que estava morrendo, não é de se admirar que isto haja inspirado os poetas quando eles viram isto. Certo poeta disse:
Aquele ladão que morria regozijava em ver
Aquela fonte em seu dia;
Para que eu, embora vil como ele,
Pudesse lavar todos os meus pecados.
Todas as vezes que pela fé vi aquele riacho
Tuas grandes feridas forneceram,
O amor remidor que tem sido o meu tema
E será até eu morrer.
Então em uma esplêndida, dócil canção,
Cantarei que Teu poder salva,
Quando este balbuciar, de uma língua gaga
Fizer silêncio na sepultura.
Graça, sublime graça! Aleluia! Um escreveu isto:
Oh, amor de Deus, quão rico e puro!
Quão insondável e forte!
E assim será para a eternidade,
Os hinos de anjos e santos.
Se enchêssemos de tinta o oceano
e se os céus fossem feitos de pergaminhos,
e se cada haste na terra fosse pena,
e se todo homem fosse escrivão;

Para escrever o amor de Deus em cima,
faria com que o oceano se secasse;
Ou poderia o pergaminho conter tudo
Embora estendido de céu a céu?
138 É isto que é graça, a graça de Deus. A graça de Deus tem trazido uma sombra. . . Deus trouxe graça a nossas vidas por Seu amor por nós. Aqui há algo mais que a graça não pode fazer: a graça não pode ser comprada, a graça não pode ser vendida. É graça! É através do Soberano. Sim, senhor. Você não pode barganhá-la. Você pode dizer: “Deus, eu farei isto e isto se Tu fizeres isto e aquilo”. Você não pode fazer isto. Deus não fará isto. Você não pode tirar nada de Deus. Deus te dá isto por Sua graça. Oh, oh, oh, que coisa!
139 ”Não é para o que quer ou para o que corre, mas para aquele que Deus tem mostrado misericórdia”. Isto é certo.
140 As pessoas prostram suas faces. Certo homem veio a mim. . . Creio que vi um dos rapazes de volta aqui no edifício hoje. Um rapaz metodista que acabou de entrar e recebeu o Espírito Santo, lá de. . . E estes rapazes vieram a mim e disseram: “Agora, irmão Branham, agora que fomos salvos e recebemos o Espírito Santo, devemos nós procurar pelos dons?”
Eu disse: “Não faça isto, não faça isto”.
141 Deus dá os Seus dons soberanamente. Dons e chamadas são sem arrependimentos. A primeira coisa que você sabe, você estará procurando por algo, “Deus, faça de mim um pregador, faça isto para mim”, e o que será você? Um grande bobo presumido, isto é tudo. Você irá a alguma teologia de homens e alguma organização. Deixe Deus fazer o chamado. Deus te chamará, Deus te santificará, Deus te dará o que Ele tem necessidade de te dar. Sim, senhor.
142 Você não pode barganhar a graça. Não, senhor. Ela não pode ser vendida, ela não pode ser barganhada, nem mesmo ser comprada, não pode ser negociada. Você não pode dizer: “Bem, agora, Senhor, eu me unirei a esta grande igreja Batista, ou a esta grande igreja Metodista, ou a esta grande igreja Pentecostal, ou a esta grande igreja Nazarena. Eu farei isto se Tu simplemente fizeres isto para mim”. Ela não pode ser barganhada. Não, senhor.
143 “Todo que o Pai tem Me dado virá a Mim. Nenhum homem pode vir a não ser que Meu Pai o chame primeiro”.
144 Você simplesmente se tornou um membro de igreja, daquela grande igreja, isto é tudo, você não será salvo. A graça tem que te salvar. Nossos talentos não descansam, e nossos talentos não podem ser nossos — nosso. . . Nosso talento que temos, não podemos ganhar graça por talentos.
145 Se Deus me fez um pregador, isto não mostra que Sua graça tem estado comigo. Não, não. Sua graça me salvou. Não é por eu pregar o Evangelho que eu sou salvo. Não é porque você fala em línguas que você é salvo. Oh, não. Não porque você, porque você prega. Você não é nem mesmo salvo somente porque você prega. Você é. . . você não é salvo porque fala em línguas. Você não é salvo porque faz todas estas coisas. I Coríntios 13 prova assim: “Embora eu fale as línguas dos homens e anjos, embora tenha fé para mover montanhas, não sou nada até que venha a caridade, que é o amor”. Amor é graça. É a graça de Deus que faz tudo.
146 Algumas pessoas, têm talentos como alguns destes reis do rock and roll. Isto simplesmente me deixa enfermo de meu, eu não sei, o meu gastronômico espiritual. Eu lhes direi, quando eu ouço estes rock and roll nos sábados à noite e cantando rock and roll, e dançando a noite toda, e então na manhã seguinte vir encarar a audiência e coisas assim com uma santidade fingida na cara, e se pôr de pé perante as pessoas e cantar alguns hinos, e pensar que elas vão para o céu. Eu poderia citar muitos nomes, mas não preciso. Esta fita vai para todos os lugares. Mas todos vocês sabem. Um rapaz aqui há não muito tempo atrás, em Hollywood, não beijava uma garota porque isto era contra sua “religião”. Contra sua “religião”, e faz fotos de rock and roll e coisas que é uma desgraça, e coisas como. . . assim. Você pensa que você poderia tomar suas trinta moedas de prata e ser digno de algo na graça de Deus, Judas? Isto não comprará nada a não ser um lugar no inferno para você!
147 A graça de Deus não pode ser barganhada, nem ser. . . nem ser vendida. É a graça soberana! “Nada trago em meus braços, simplesmente Tua cruz que abraço”. Nu, ferido, eu venho como estou.
Da maneira que estou, sem nenhuma mancha
Mas Teu Sangue foi derramado por mim,
E Tu me convidas a vir a Ti,
Oh, Cordeiro de Deus, eu venho!
148 Isto é tudo, é a graça que me trouxe. A graça o fez. A graça é como, outra coisa que eu gostaria de dizer, as vezes a graça é. . .
149 Estas grandes igrejas, eles pensam que você pode ir lá embaixo, eles pensam “Bem, contruiremos a maior igreja na cidade. Temos damas da sociedade de socorro aqui que fazem pobres. . . roupas para os pobres, e as mandam para o exterior. Nós alimentamos os pobres. Fazemos tudo isto”.
Paulo disse: “Eu posso fazer a mesma coisa, e nada.
150 Eles dizem: “Bem, nós, somos uma velha organização. Temos estado aqui por dois mil anos. Temos quinhentos anos de idade. Jonh Wesley, Alexander Campbell, e estes grandes fundadores lá atrás, eles fundaram nossa igreja. Aleluia!
151 Bem, Jesus Cristo fundou esta Igreja, o batismo com o Espírito Santo e lhes disse para subirem no Pentecostes e que esperassem até que recebessem o Poder do Alto.
152 E você pode continuar a pertencer a igreja Pentecostal e estar perdido. A igreja Pentecostal não é mais do que qualquer outra igreja. Isto é correto.
153 A coisa é, há somente uma Igreja, esta é a Igreja que você nasceu do batismo do Espírito Santo, “Pois por um Espírito somos todos batizados em um Corpo”, I Corístios 12:13, isto é certo, Primeiro. . . Primeira aos Coríntios 12. Agora, somos batizados naquela Igreja.
154 Mas há pessoas que pensam que elas merecem isto. “Porque, nós, eu. . . eu fui para a escola e aprendi a fazer isto, e fui ao seminário e fiz isto. Isto não significa nada. Você não pode comprar a graça de Deus.
155 A graça de Deus é assim. Deixe-me lhes contar uma história, concluindo. A graça de Deus é assim. Certa vez havia um poderoso rei, e este rei poderoso tinha um filho e ele era o seu filho único. E certo dia um assassino matou aquele rapaz. E através daquele reino foram os delegados procurar aquele assassino. Finalmente eles encontraram aquele assassino. E quando o encontraram, o trouxeram e o aprisionaram. E quando o fizeram, um julgamento foi feito e uma sentença foi dada. Oh, isto foi uma coisa terrível. Ele havia assassinado o filho do rei, e ele sabia o que viria sobre ele.
156 Eles o colocaram em outra cela secreta, e trancaram as portas, acorrentaram suas pernas para que ninguém. . . os guardas ao redor dele, porque sabemos que tipo de punição terrível aquele rapaz iria receber, porque ele havia matado o filho do rei, o real filho do rei. Os guardas foram distribuídos por todas as portas. Ele foi colocado nas cela secreta. Despido, vestido com nada a não ser um. . . uma tanga. E lá estava, assentado naquela condição. Morrendo de fome, não davam nada para ele comer. Ele estava assentado naquela condição.
157 Então eles o trouxeram para fora para o julgamento. Ele foi encontrado culpado e provado ser culpado. E a sentença foi feita, que era para ele ser executado sob terrível pena de morte, ele era para ser morto aos poucos até que sua vida mortal terminasse. Sentenciado pelo juiz, ele tinha que morrer. E ele implorou e clamou, e disse: “Embora eu seja culpado, embora eu seja culpado, sinto muito por haver feito aquilo. Em um momento, em um estado de fúria, eu o fiz. Eu não queria fazer aquilo daquela maneira”.
158 Certo dia o rei desceu ao lugar, para visitar o rapaz, para lhe dizer, falar com ele e lhe dizer acerca de haver matado o seu próprio filho, o único filho que ele tinha. Ele havia matado aquele rapaz. Ele disse: “Eu vou descer para falar com ele”.
159 E quando ele desceu até lá, ele olhou para aquela cela, como uma cela para animais. Ele viu seu pequeno e magro corpo deitado lá atrás em um canto, seus olhos bem fundos, seus olhos estavam cheios de pus, e sua boca já estava branca; sem água, sedento. Deitado lá atrás sobre sua face, chorando. O rei disse, “Levante”. Ele veio até ele, e olhou para ele. Ele disse: “Por que você matou o meu filho? O que fez o meu filho com você? O que ele fez para merecer tal morte da maneira que você o matou, golpeando-o com uma lança até a morte?”
160 Ele disse: “Nada, meu senhor, coisa alguma. Simplesmente minha própria imprudência, simplesmente minha própria maneira. Eu o matei porque tinha inveja dele, eu o peguei no meu desequilíbrio mental e o matei”. Disse: “Agora vou morrer sob a sua justiça, senhor. Eu reconheço isto e sei que mereço isto. A única coisa pela qual estou chorando, é porque sinto muito por ter matado um homem real como aquele, sem nenhuma causa”.
161 O rei virou seus calcanhares e saiu, foi até uma escrivaninha e disse, “Destruam todas as anotações” Você sabe, coloque-as no mar do esquecimento. “Destruam todas as anotações! Lavem-no e tragam-no. Eu enviarei um manto para ele”.
162 Depois de algum tempo, uma grande limousine chegou até a porta. Quando chegou, um carpete foi estendido até a porta da prisão. O rei se pôs de pé na parte de trás do carro e disse. “Venha, meu filho, vamos para casa comigo, para o palácio”, colocou o manto do rei ao redor de seus ombros. Ele disse: “De agora em diante você é meu filho”.
163 Porque ele teve pena, isto é graça. Aquele era eu, aquele era você. Nós matamos o Filho de Deus com os nossos pecados. Nós éramos estrangeiros, sujos, imundos, deitados nas celas do mundo. Deus nos lavou com o Sangue de Seu Próprio Filho e nos limpou, e nos colocou o manto do Espírito Santo. E agora, a grande carruagem de Deus parará à porta algum dia, e nós iremos para casa para vivermos com Ele. Todas as anotações foram destruídas, não podemos ser julgados mais; elas foram queimadas, Ele as colocou no mar do esquecimento e não se lembra mais disto. Não é de se admirar que podemos cantar!
Sublime graça, do Senhor!
Que a um infeliz salvou!
Eu cego fui, mas vejo já;
Perdido, mas Ele me achou!
Foi a graça que ensinou meu coração temer,
A graça tirou meus temores;
Quão preciosa foi a graça quando apareceu
Foi a hora que primeiro cri.
164 Não quer que esta seja a sua hora agora mesmo, amigo pecador, enquanto inclinamos nossas cabeças só por um momento para uma palavra de oração? Que esta possa ser a hora que você creu primeiro, agora mesmo. Pense bem, e diga: “Senhor Deus, eu sou culpado. Eu reconheço que preciso da graça para me salvar. Eu não posso salvar a mim mesmo. Estou perdido. Estou arrasado. Eu simplesmente não posso fazer nada. Eu. . . eu. . . estou totalmente sem ajuda, sem esperança, sem Deus, sem misericórdia, sem Cristo, no mundo, como um estranho. Não queres Tu ter misericórdia e tirar desta cela de pecado em que me encontro hoje, oh, Senhor? E sejas misericordioso para comigo, um pecador”. Levantará você sua mão, e dirá, “Senhor Deus, eu sou aquela pessoa que precisa de Tua graça?” Levante você sua mão, diga, “Ore por mim, irmão Branham, e agora crerei?” Deus te abençoe lá atrás, meu irmão.
165 Que alguém diga: “Irmão Branham, lembre de mim agora, oh, irmão, faça-o por favor em oração”. Deus te abençoe, senhora, “Ore para que. . .” Deus te abençoe, irmão. Deus te abençoe irmã. Deus te abençoe, irmão aqui na janela. Deus te abençoe, irmão lá atrás. Deus te abençoe, irmão aqui, ao outro também. “Lembre-se de mim, irmão Branham”. Deus te abençoe irmão lá. Sim, o outro aqui. Deus te abençoe irmã. Deus te abençoe aqui, irmão .Ele te vê agora. Faça isto realmente. Deus te abençoe jovem. Ele vê, conhece. Deus te abençoe aqui embaixo, irmão. Deus te abençoe, irmão que está la atrás perto da parede.
Simplesmente como estou, sem. . . ( haveria lá outro? Deus te abençoe. Eu vejo sua mão lá atrás )
Mas o Teu Sangue foi vertido por mim, ( Sim, Senhor. Deus te abençoe irmã ).
E que. . . ( Deus te abençoe, irmã ). . .
Tu me convidas a vir. . . ( Deus te abençoe, você lá atrás. . . ? . . . ) Te,
Graça, graça, eu. . . ( Deus te abençoe mocinha ). . .
eu venho da maneira como estou, e não esperando
dirigir minha alma para uma mancha escura,
A Ti cujo sangue pode limpar cada mancha,
O Cordeiro de… ( graça, oh, graça ) eu venho!
166 Agora, tem cerca de quinze ou vinte mãos levantadas. Agora, com suas cabeças inclinadas, eu vou lhes pedir para que levantem suas mãos, quietamente; agora fiquem de pé enquanto eu ofereço uma oração agora por você. Nós não temos espaço suficiente aqui em cima no altar. É pouco; eu não posso. Fique de pé, todos que levantaram suas mãos e querem oração agora. Fiquem de pé agora mesmo enquanto eu ofereço esta oração. Fiquem de pé, em todos os lugares.
. . .derramou por mim, e que… ( Isto é ótimo, Deus te abençoe. . . ? . . . ) eu venho a Ti,
Oh, Cordeiro de Deus, eu venho!
167 Recordem, pode haver um dia quando a graça não esperará mais, não esperará mais por você, até que seja muito tarde. Agora não é muito tarde.
168 Ó Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual trouxe outra vez nosso Salvador da morte, agora vive, Ele que está supremamente em glória, enviando o Espírito Santo de Cristo sobre nós, para trazer convicção ao pecador. Deus, eu oro por estas pessoas que estão de pé. Esta é a Verdade, Senhor. Tu disseste: “Aquele que de mim testemunhar perante os homens, dele Eu testificarei perante meu Pai e os santos anjos”. Nós sabemos, quando estivermos de pé naquela grande manhã de julgamento, que hora será. Eles estão de pé agora, Senhor, então seus pecados irão ante eles; alguns pecados que seguem o homem. Estas pessoas estão aqui de pé nesta manhã é porque elas estão confessando os seus pecados, sabendo que elas têm errado e elas querem a Ti como Salvador. Restrinja as cordas dos corações, e Tu sabes tudo sobre elas.
169 Eu oro, Pai, para que Tu concedas suas petições. Salve-os. Eles são os troféus da pequena Mensagem desta manhã, da graça de Deus; não importa o que temos feito, eles continuam com suas cabeças inclinadas e receba-os. Conceda isto, Senhor. Conceda graça a estes corações. Que eles possam sempre ver Jesus como seu Salvador. Eles fizeram este gesto. O Espírito Santo lhes disse para ficarem de pé. E eles o fizeram, em obediência ao Espírito.
170 Agora, Senhor, Tu guardas a Tua Palavra. Tu disseste: “Ninguém pode vir a Mim a não ser que Meu Pai o traga primeiro. E todo o que o Pai me tem dado, virá a mim. Aquele que vier a mim, de maneira alguma o lançarei fora. Aquele que ouvir minhas palavras e crer naquele que me enviou, tem Vida Eterna e não passará pelo julgamento, mas tem passado da morte para a Vida”. Portanto, Senhor, sobre as bases destas Escrituras, estas são Tuas próprias Palavras, Senhor, que lemos em São João 5:24: “Aquele que ouvir Minhas Palavras e crer naquele que Me enviou!” Por que? Porque ele tem crido, graça é o que foi feito a estes. “Terá Vida Eterna, e não passará pelo julgamento ( ele irá antes do julgamento ), e não passará pelo julgamento, mas tem passado da morte para a Vida”. Oh Deus, como te agradecemos por isto!
171 Nós oramos agora para que Tu guardes suas vidas. Que possa, cada um, ser batizado, invocando o Nome do Senhor, lavando os seus pecados. Conceda isto, Senhor.
172 Agora eu os entrego a Ti, como Teu servo, crendo que no grande Anjo de Deus que apareceu lá embaixo. E, Pai, Tu conheces toda esta história, e o grande Anjo que apareceu lá sexta-feira de manhã, bem de madrugaa, e falou estas Palavras, na forma de três arco-íris vindo do topo da montanha. Senhor Deus, que aquele Deus que apareceu a mim lá nos arco-íris, que Ele possa salvar estas pessoas, através de Sua graça, agora mesmo. Eu as entrego a Ti, na expectação do cumprimento de Tua Palavra, e Tua vontade, e eu os encontrarei naquele grande dia, sem uma ruga ou mancha em suas almas. Conceda isto. No Nome de Jesus, eu os entrego a Ti. Amém.
173 Deus vos abençoe. Agora enquanto nos assentamos, cada um que está assentado perto destas pessoas que são cristãs, estreite suas mãos. Diga-lhes, convida-os a virem a igreja, e o que mais, para que possam. . . Oh, não é maravilhoso?
Sublime graça do Senhor,
Que a um infeliz salvou,
Eu cego fui, mas vejo já,
Perdido, Ele me achou.
Foi a graça que ensinou meu coração a temer,
A graça tirou meus temores;
Quão preciosa foi a graça quando apareceu
Foi a hora quando primeiro cri!
Tem você crido? Se você tem, levante sua mão.
Oh, como eu amo a Jesus,
Oh, como eu amo a Jesus,
Oh, como eu amo a Jesus,
Porque Ele primeiro me amou.
Quando estivermos lá por dez mil anos,
Reluzentes como o sol;
Não temos dias menores para cantarmos louvores a Deus
(Obrigado Deus!) do que quando primeiro começamos.
174 Você O ama? Agora, não é Ele maravilhoso? Agora quando, enquanto cantamos isto outra vez, quero que você estreite a mão com alguém perto de você, quietamente diga, “Deus te abençoe, peregrino”. Agora dócil e santamente.
Quando nós. . . ( O irmão Branham e a congregação estreitam as mãos.)
Louvores a Deus
Então quando primeiro começamos.
Na cruz, foi na cruz que um dia em vi,
Meus pecados castigados em Jesus,
Foi ali pela fé que os olhos abri
E agora me alegro em Sua Luz!
Não está você feliz?
Estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Oh, estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Cantando, glória e aleluia, Jesus me libertou.
Oh, estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Oh, estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Oh, estou tão feliz porque Jesus me libertou,
Cantando, glória e aleluia, Jesus me libertou.
175 Você não O ama? Não é Ele maravilhoso? Oh, eu somente penso que Ele é maravilhoso. Agora, pense, que esta Bíblia é a Sua Verdade, e esta Bíblia ensina que Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Eu quero lhes perguntar algo. Se Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. . . Deus me perdoe por estar dizendo uma palavra sacrílega, “se”, mas Ele é o mesmo. Mas se Ele é o mesmo, eu colocarei isto assim, então que tipo de Pessoa seria Ele? Seria o mesmo que foi.
176 Agora, há somente uma coisa diferente Nele estando aqui nesta manhã do que quando Ele estava entre o povo na Galiléia, isto seria o Seu Próprio corpo de carne, Seu corpo pessoal; porque aquele foi ressuscitado ( crê você isto? ), assentou à mão direita da Majestade Altíssima, está vivendo para sempre fazer intercessões por nossas confissões. Recordem, Ele não pode fazer coisa alguma por nós a não ser que primeiro nós O aceitemos e creiamos que Ele tem, e digamos que Ele tem, pois Ele é o Sumo Sacerdote que pode. . . Ele é o Sumo Sacerdote fazendo intercessões sobre nossas confissões.
177 Agora, muitos de vocês, leitores da Bíblia dizem que Ela diz “Professa”. E “Professa” e “confessa” são a mesma palavra. Vê? “O Sumo Sacerdote”, no livro de Heb. capítulo 3, “Agora fazendo intercessões sobre nossas confissões”. Então Ele não pode fazer nada até que primeiro confessemos que Ele tem feito isto. Vêem, você chega até aqui no altar e ora a noite toda, não te fará nenhum bem enquanto você não crer que Ele te perdoa, então você se levantará. Então quanta fé você tenha, isto é onde você. . . Você viveu uma vez aqui embaixo no lixo do pecado. Agora, vocês jovens convertidos, agora você crê que está salvo, não crê? Então você levantou aqui, você levantou um pouquinho mais. O que fez isto? Sua fé, porque você creu que é um cristão agora, você viverá sob esta coisa agora. Vêem? Agora, se você quiser levantar um pouquinho mais, simplesmente tenha mais fé, porque ela é ilimitada, simplesmente siga em frente.
178 Bem, oh, o impossível pode ser feito real. Todas as coisas são possíveis para aqueles que crêem. Isto é certo. “Se você disser a esta montanha. “mova-te”, e não duvidares em seu coração, mas crer que o que você disse acontecerá, você poderá ter o que você disse”.
Agora Jesus habita nas pessoas.
179 Certo dia Cristo estava na Coluna de Fogo, Aquela que você vê que foi tirada, nós cremos que Isto seja Jeová Deus. Isto é o que o Anjo estava tentando passar para nós. Agora, então Ele está na Paternidade, Ele era o Pai de Israel, uma nação.
180 Então Ele veio e habitou no meio de Seu povo, como Cristo, o Filho. É isto certo? Cristo é o Filho de Deus.
181 Agora Ele é Cristo, o Espírito Santo, o qual é a Unção. Cristo significa, “o ungido”, e o Ungido sobre o povo, Cristo conosco, o Espírito Santo. É Cristo conosco, em nós. Crê você nisto? Fique bem reverente só por um momento, quietamente. Agora é Ele o mesmo?
182 Creio que algum tempo atrás recebi um telefonema, que as pessoas estavam falando sobre os lugares e coisas aqui. Falaremos a respeito disto mais tarde ou em outro culto da igreja. Então eu disse a Billy, se eles iriam orar pelos enfermos, se lá embaixo havia muitos, para lhes dar cartões. Ele disse que iria. Creio que ele o fez.
183 Pois os dois ou três últimos meses, desde uma certa ocasião em que algo aconteceu, o ministério chegou a tal ponto que isto começou a sair um pouquinho de minhas mãos. Eles viam este discernimento e assim por diante, como isto falava e dizia às pessoas exatamente como nosso Senhor fez quando Ele estava aqui na terra. Todos vocês viram isto, suponho eu. Quantos aqui nunca realmente viram ou nunca viram isto agir? Deixe-me ver suas mãos, os que nunca viram isto. Oh! Nunca viram isto em ação. Bem, há um grupo aqui que nunca viu isto, acho que são estranhos. Nós não sabemos de onde são estas pessoas.
184 Este é um Tabernáculo interdenominacional. Não somos contra as denominações, mas nós. . . não somos a favor também. simplesmente os deixamos ir em suas maneiras. Cremos em tomar as pessoas. . . Se elas desejam voltar para as denominações, certo, contanto que vivam uma vida cristã. Nós simplesmente. . . aqui é simplesmente um posto de salvação de almas. Isto é o que o meu ministério é para eles.
185 Agora, eu creio que a Bíblia ensina em Hebreus 13:8, que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Crê você nisto? [ A congregação responde – “Amém”- Ed. ]. Bem, se Ele é o mesmo. . . Agora enquanto todos vocês se assentam quietamente por um momento, quero falar com você de dentro de meu coração, então nós teremos o culto de cura. Desejo lhes perguntar algo. Se Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente, então como Ele. . . A única maneira que poderíamos dizer então, se Ele é um Espírito, Ele agiria da mesma maneira que Ele fez ontem. É isto correto? Ele agiria da mesma forma que ele agiu ontem. Como Ele agiu ontem?
186 Era Ele diferente do que qualquer outro homem? Ele era simplesmente um homem, parecia um homem. Ele era um homem. Ele nasceu, Ele era um homem. Ele tinha carne e sangue. Ele sofreu, Ele gemeu, Ele passou por tentações. Ele era um homem. Isto é correto, não é?
187 Mas o que O fez Deus? É porque o Espírito de Deus estava Nele. Era Ele o Messias Ungido. E como sabiam eles que Ele o era? Moisés disse: “O Senhor vosso Deus levantará um profeta semelhante a mim. E acontecerá que aqueles que não derem ouvidos a este Profeta serão cortados dentre o povo”. Agora, ele era um profeta. Então, como estava Israel procurando por um profeta? Eles tinham que fazê-lo, se eles estavam procurando por um Messias. E um Messias seria um profeta.
188 Agora vamos somente entrar nisto por um segundo, por somente poucos segundos, e ouçam atentamente. Agora, conserve sua mente em Deus, porque não sabemos o que Deus poderia fazer, não sabemos o que Ele me dirá para fazer.
189 Sei que temos um dom de profecia na igreja. Nosso irmão Neville, ele profetiza sobre as pessoas, o que é nobre. Nós apreciamos isto. Nós sempre nos referimos a isto. Temos alguns aqui que falam em línguas. Não cremos que as pessoas tenham que falar em línguas para ter o Espírito Santo. Não há Escritura para uma coisa como esta. Mas cremos que há um dom do Espírito Santo que fala em línguas, nós o temos em nossa igreja. Mas nós fazemos. . . Mas não ficamos só exercendo isto. Nós cremos que Essa é a voz de Deus. Nós falamos quando o Espírito Santo fala, e simplesmente deixamos isto vir em três oportunidades. E isto tem que. . . não pode ser enquanto estou pregando ou em ordem, porque o espírito do profeta está sujeito ao profeta. Vêem? A maneira correta deve ser tomada da Bíblia. Ninguém pode dizer que não há tal coisa como dom do Espírito Santo e falar em línguas. Nós sabemos disto. A Bíblia ensina isto, e nós cremos nisto. E agradecemos a Deus por termos isto em nossa igreja aqui! Temos dons de profecia, estes devem ser provados primeiro para se ver se estão corretos ou não, e então o dom de profecia.
190 Então há um profeta. Agora, ali, agora você entra num ofício.
191 Seus dons, eles são, falar em línguas, e interpretação de línguas, e conhecimento, e sabedoria e discernimento e assim sucessivamente. Estes são todos dons.
192 Mas então há cinco ofícios. Primeiro é apóstolos, profetas, mestres, evangelistas, e pastores. São ofícios ordenados por Deus. Os homens seguram neles, vê. Eles não. . . Você não pode desejá-los, não ore por eles; eles são dados soberanamente, você é nascido.
193 Um profeta não se torna um profeta se alguém coloca as mãos sobre ele e faz dele um profeta. Um profeta nasce profeta do ventre de sua mãe. Esse é o porquê ele sempre é um profeta. Vêem?
194 Deus disse a Jeremias, disse: “Antes que você fosse concebido no ventre de sua mãe,” disse: “eu te conheci e te santifiquei e te ordenei um profeta para as nações.” Isto é correto. Vêem? Moisés, antes que ele nascesse, ele era um filho adequado. Ele era o profeta do Senhor. E todo o restante deles vindo. Cristo era o Filho de Deus desde o Jardim do Éden. Isto é correto. Vejam, dons e chamadas são sem arrependimento.
195 Mas os dons são dados ao Corpo. Agora reconhecemos isto, nós reconhecemos todos estes dons.
196 Agora vamos ver o que Jesus era no nosso meio, ver o que Ele era lá atrás. Nós encontramos quando Ele primeiro começou o seu ministério. . . Agora, ouçam atentamente, os que são daqui. Quando Ele primeiro começou Seu ministério, em São João, capítulo 1º, encontramos depois que Ele foi batizado, depois dele vir. . . Ele nasceu e chegou aos trinta anos de idade, Ele foi batizado por João. O Espírito Santo desceu como uma pomba e veio sobre Ele, e uma Voz veio e disse: “Este é o Meu Filho amado em Quem. . . “ O verdadeiro original grego diz: “Em Quem me agrada habitar.” Disse: “Em Quem me agrada habitar.” Mas, vejam, isto soa um pouquinho ao inverso para nós, e o verbo antes do advérbio, mas realmente é, “Em Quem me comprazo.” Porque, Cristo, Deus estava em Cristo reconciliando o mundo Consigo mesmo. Nós sabemos disso.
197 Agora, imediatamente Ele foi para o deserto e ficou quarenta dias, tentado pelo Diabo. Então ele veio com o Seu ministério, começou a orar pelos enfermos.
198 E depois de algum tempo, lá veio um homem com o nome de Simão Pedro, um velho pescador, iletrado, não poderia nem mesmo escrever o seu próprio nome. André lhe disse a respeito deste Companheiro que Ele cria ser o Messias. “Loucura!”
199 Veio até Ele, e logo que ele chegou na Presença de Jesus, Jesus disse: “Seu nome é Simão, e você é filho de Jonas.” Ele sabia que algo havia acontecido. Ele sabia que aquele era o filho de Deus. E agradou a ele dar-lhe as chaves do Reino, fazer dele a cabeça da Igreja.
200 Havia um companheiro lá de pé, que tinha o nome de Filipe. Filipe viu aquilo e ele pensou: “Maravilhoso!” Eu conheço um homem que é estudante da Bíblia, ele mora cerca de quinze milhas da montanha. Eu irei até lá e lhe direi. Seu nome é Natanael.”
201 Ele correu até lá, talvez ao romper do dia. Correu e bateu na porta. E a Sra. Natanael disse: “Bem, ele está lá fora no pomar, Filipe.” Seu bom amigo. Ele foi até lá, e ele estava de joelhos, orando. Logo que ele se levantou, Filipe disse: “Venha, e veja a Quem tenho encontrado, Jesus de Nazaré, o filho de José.”
202 Agora este religioso e grande dignatário disse: “Pode vir alguma coisa boa lá de Nazaré?” Ele lhe deu uma boa citação, boa coisa, ele disse: “Não fique em casa criticando, não fale a respeito disto. Simplesmente venha e veja você mesmo. Venha e veja! Somente venha, descubra se alguma coisa boa poderia vir de Nazaré.”
203 ”Você quer dizer o Messias? Ora, o Messias viria e Ele desceria lá do. . . dos corredores do céu que desceriam, Ele sairia exatamente no palácio. Ele viria à nossa grande organização.”’ Eles continuam pensando assim, veja você, isto tem que vir a sua organização. “Ele viria a nossa organização imediatamente, desceria sobre a abóboda da palácio lá. E Ele sairia até as cortes exteriores e viria sobre um trono, e acima do Santo dos santos, e diria: “Eu sou o Messias.” Um Messias nunca vem desta maneira. O Messias vai aonde Ele deseja ir. Ele é Soberano, Ele faz o que lhe agrada. Ele disse: “Bem”, ele disse: “Venha e veja! Venha e veja por si mesmo.”
204 Não fique por aí dizendo: “Eu não creio nessa coisa de santos roladores.” Simplesmente venha, descubra se há alguma coisa sobre Isto.
205 Então ele, pelo caminho, eu posso ouvi-los conversando. Vamos, gostariam vocês de ouvir o que eles estavam falando? Vamos ouvir e ver o que eles disseram. Creio eu, indo por um lado do caminho, vocês sabem, Filipe disse: “Sabe, Natanael, eu sei que você é um estudante da Bíblia, então eu quero te perguntar algo. Nós estamos esperando pelo Messias, não estamos?”
206 “Oh sim, estamos chegando nos últimos dias desta geração e isto, creio que esta geração verá o Messias.” Agora ouçam. “Oh, mas aqui estamos, não somos nem mesmo uma nação, estamos todos espalhados entre o povo. Como podemos nós? Tudo isto!” Deus chega na hora em que você não está pensando. É aí quando Ele está lá.
207 Ele disse: “Mas, espere um momento, que tipo de pessoa será este Messias?”
“Oh, Moisés, nosso mestre, nos disse que Ele será um profeta.”
208 “Eu vou lhe contar acerca deste Jesus de Nazaré. Você se lembra daquele velho e ignorante pescador do qual você comprou aquele peixe naquele tempo, trouxe, comprou dele e ele não podia assinar o recibo, ele não tinha educação suficiente?”
209 “Sim!” Oh, oh, uh – huh. Jonas e o filho de Jonas. Sim, eu também comprei do Jonas.”
210 “Bem, agora, sabe de uma coisa? Pedro chegou lá . . .” ou melhor, Simão, seu nome era Simão. Ele disse: “Simão veio à Sua reunião. E quando ele acabou de chegar . . . você se lembra de como Simão costumava nos dizer que seu pai havia lhe dito que “Não era para ser enganado, porque haveria muitos falsos profetas antes do verdadeiro Messias.” E isto é verdade. “Apareciam muitas falsas mensagens.” Mas disse: ‘você saberá quando o verdadeiro Messias vier, porque, nós, os judeus, cremos que este Messias será um profeta.’ Nós cremos em nossos profetas.”
211 Pergunte a um judeu agora, Israel, quando eles apanharam aquela Bíblia lá, vindo do Irã e coisas, eles A leram. Disseram, “Se aquele Jesus foi o Messias, vejamos se Ele fez o sinal de profeta, nós creremos Nele.” Sim, senhor. Eles sabem que aqueles profetas são fiéis.
212 Então Natanael deve ter dito: “Oh, eu creio que o Messias será um profeta, porque Moisés disse: “O Senhor nosso Deus levantará um profeta.”
213 Bem, quando ele viu aquilo, aquele Simão a respeito de quem você está falando, Ele disse: “Seu nome é Simão, e você é o filho de Jonas.” Ele não somente o conhecia, mas também conhecia seu pai, aquele velho fariseu religioso.
“Oh, não acredito. Essa foi a maior”a foi a maior.”
214 Ele disse: “Oh, não, é isto mesmo! Venha e veja. Venha, e veja! Vamos!” E pelo caminho afora foram eles.
215 Finalmente eles chegaram na presença, onde Jesus estava, talvez de pé no meio da audiência em algum lugar. Jesus lá de pé, olhando ao redor. Depois de algum tempo Ele olhou para fora e Ele viu a Natanael de pé lá fora, Ele disse: “Eis um israelita em quem não há dolo!” Isto tirou a dureza dele. Isto fez com que os ventos batessem nas velas. “Eis um israelita em quem não há dolo!”
216 “Este é Deus,” ele disse: “Rabí,” que significa Mestre, “Rabi, quando Tu me conheceste? Eu nunca estive aqui antes. Como me conheceste?”
217 Ele disse: “Antes que Filipe te chamasse, eu te vi, estando tu debaixo da figueira.”
218 Aquele era o Jesus de ontem. É isto correto? Se Ele é o mesmo, Ele é o mesmo hoje. Vamos tomar outra nação dos povos. Havia uma nação dos povos . . .
219 Havia somente três nações de povos, e estes eram Sem, Cão e os povos de Jafé. Vêem? Isto é certo. É ai que, no pentecostes, onde o Evangelho foi para os judeus, então para os samaritanos, e então para os gentios. Vejam, Sem, Cão e os povos de Jafé, e . . . eram três nações esperando pelo Messias; não nós, os gentios. Nós tínhamos. Nós tínhamos um fuzil em nossas costas, nós éramos pagãos, adorando ídolos; mas não . . . não Sem e Cão
220 Agora, há outro agora, o . . . a outra nação era os Samaritanos, os quais eram meios judeus e gentios, causado pelo casamento do pecado de Coré lá, e eles saíram. E eles criam em Deus, eles estavam procurando por um Messias. Então Jesus foi, representando a Sí Mesmo ante eles. Ele veio aos judeus, aos seus, mas Ele tinha necessidade de ir a Samaria. S. João 4, você já leu isto? Ele precisava ir a Samaria. Então Ele chegou na cidade de Sicar, e Ele mandou Seus discípulos irem comprar algum alimento. E enquanto foram . . .
221 Se você já foi alguma vez, é panarâmico, um poço, há uma bomba d’agua dele para a cidade, assim, onde eles deixam a água correr. Vocês sabem, as mulheres vinham, pegavam a carretilha e desciam o balde, apanhavam água e colocavam em suas cabeças. E a mulher de má fama, a mulher que não prestava, não podia vir com boas mulheres. Elas não se associavam naqueles dias. Uma mulher, se ela não prestava, ela ficava sozinha. Hoje não; elas estão juntas, mas eles simplesmente . . . mas eles, é a mesma coisa de dar uma pancada no meio de um ôvo, você o faz ficar todo avermelhado, vê. Então eles, então este . . .
222 Uma mulher de má fama veio lá, era por volta das onze e meia ou quinze para as doze, cerca desta hora do dia, ela veio andando de lá para pegar um balde d´agua. E ela deixou o . . . colocou o . . . como aqui, ela colocou o velho pino aqui e a carretilha, e deixou aquilo descer no poço, para conseguir um balde d’agua. E quando chegou a hora ela começou a puxá-lo, ela ouviu alguém dizer: “Mulher, traga-Me um gole.” E ela olhou e lá estava um judeu. Agora, eles não tinham contato uns com os outros.
223 Homem de meia-idade, ele tinha cerca de trinta. Mas a Bíblia diz que Ele parecia ter cinquenta, você sabia disto? Eles disseram: “Tu disseste que viste a Abraão, e Tu és um homem que não tem mais de cinquenta anos de idade.” Ele tinha somente trinta. Vêem? Disse. . . Eu acho que o Seu ministério O amorteceu um pouco. Então disseram: “Tu dizes que viste a Abraão, agora sabemos que Tu tens demônio.”
224 Ele disse: “antes que Abraão existisse, Eu Sou.” Vejam, Ele é o Deus de Abraão. Claro, Ele era. Ele disse: “Antes que Abraão fosse, Eu Sou.”
225 E agora, lá está Ele assentado no poço, Ele disse: “Mulher, dá-Me de beber.”
226 Ela disse: “Não é costume. Nós temos segregação aqui.” Como faziam no sul, com os de cor e brancos, vejam. Ela disse: “Nós temos segregação aqui. Não é costume Tu me pedires, Tu (um judeu ) me pedir (uma mulher de Samaria ) para fazer qualquer favor, nada. Não temos nenhum contato um com o outro.” Ela era uma mulherzinha prostituta, vocês sabem. Então, provavelmente uma mulherzinha bonita. E ela estava lá de pé, talvez com seus cachos em sua face, você sabe, e estado fora à noite toda. E . . . então ela disse: “Não é costume que peças a uma mulher de Samaria, tal coisa.”
227 Ele disse: “Mulher, se soubesse Quem está falando com você, soubesse com quem Quem você está falando, você Me pediria por um gole.” Este é o Messias de ontem, vejam: “Tu me pedirias por algo de beber, e Eu lhe daria água que você não veio buscar aqui.”
228 “Ora”, ela disse, “o poço é fundo, e Tu não tens com tirá-la, como me darás água?” Disse: “Nosso pai Jacó!” Vejam, ela era Samaritana, mas ela chamou Jacó de seu pai, também. “Nosso pai Jacó bebeu deste poço, seu gado, sua família. E ainda assim Tu dizes que tens águas maiores que estas?” Disse: “Tu dizes “adorar”, sendo Tu um judeu, Tu dizes “Jerusalém.” Nós dizemos neste monte.”
229 Ele disse: “Mulher, a hora vem, e agora é quando os verdadeiros adoradores adorarão a Deus em Espírito, porque Deus é Espírito.” Vêem?
230 Então vê você onde estamos hoje, se acontece ser hoje. Uma palavra contra isto nunca será perdoada, nem neste mundo nem no mundo que está por vir. Então veja você o que esta geração tem feito. Agora pense nisto, pense bem, pese estas palavras solenes.
231 Agora, os judeus disseram: “Este Homem faz estas coisas por Belzebú. Ele é um diabo, um adivinho.” Sabemos que um adivinho é o diabo. Assim diziam: “Este Homem é adivinho.”
232 Então Ele os perdoou por ter Lhe chamado de adivinho. Mas após sua morte o Espírito Santo veio, então isto foi diferente. Vê? E isso, isso foi na geração gentílica. Agora observem.
Agora, os. . . judeus já haviam visto isto, condenado.
233 Os samaritanos receberam isto, e ela disse: “Senhor, vejo que és Profeta.” O que vocês vão fazer com isto, samaritanos? “Vejo que és Profeta. Nós sabemos que quando o Messias vier, Ele nos dirá estas coisas.” Vêem? Eles conheciam o Messias, e o que Ele seria. Disse: “Nós sabemos que o Messias ( que se chama Cristo ) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo. Mas Quem és Tu? És Tu Seu Profeta?”
Ele disse: “Eu o Sou. Eu o Sou.”
234 E nisto, agora, ouçam. Sobre isto, ela deixou seu cântaro e foi à cidade, e disse àqueles homens nas ruas, correndo através da cidade, disse: “Vinde, vede um Homem que me disse tudo quanto tenho feito! Não é este o próprio Messias?” E a Bíblia diz que toda a cidade creu Nele porque a mulher havia dito isto, que Ele lhe disse, porque Ele era o Messias.
235 Agora, se isto foi um sinal do Messias de ontem, e Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente, será o mesmo sinal de hoje. Não é isto correto? Quantos concordam com isto? Claro, sim, é o mesmo. Correto.
236 Agora, será este um homem diferente? Não. Ele amava, Ele chorava, ele clamava, ele dormia, ele ia para o deserto, ia pescar, fazendo tudo como qualquer um. Ele era simplesmente um homem, veja, mas no entanto ele era o Messias ungido.
237 Agora, agora nós lembramos que na Bíblia, que nos diz lá atrás, onde passamos por tantas Escrituras e provamos que a Bíblia declara que haverá “Um dia que não será noite nem dia,” simplesmente um dia lúgubre, organizações e igrejas, e o suficiente para serem salvos, “mas no tempo do entardecer haverá luz.” Quantos já alguma vez leram isto na Bíblia? Correto.
238 Agora, em outras palavras, o sol nasce no leste e se põe no oeste. O mesmo sol que nasce no leste, se põe no oeste. Bem, o Filho de Deus, F-i-l-h-o, nasceu no leste, no povo oriental. A civilização viaja . . . viaja com o sol, e estamos na costa oeste agora. Se você atravessar, você vai à China, volta ao leste outra vez. Então o mesmo Filho que brilhou no leste está agora brilhando no oeste, com o mesmo batismo do Espírito Santo, os mesmos sinais, mesmas maravilhas, o mesmo Messias. Está isto correto? Haverá luz no tempo do entardecer, o caminho da Glória você certamente encontrará.” Isto é certo.
239 Estamos no entardecer, na Luz do entardecer. O sol está se pondo. O Messias está em nosso meio. O Filho de Deus, na forma do Espírito Santo, em nosso meio. Crê você nisto? [ A congregação responde: “Amém!” – Ed.] Crê você nisto? [“Amém”] Crê você que o que eu estou lhe dizendo é a verdade? [“Amém”] Crê você na história daquele Anjo ontem de manhã, anteontem? [“Amém”] Crê você nisto? [“Amém”] Então deixe o Deus do céu, deixe o Deus que apareceu para mim na forma daquele arco-iris, deixe-O falar. E que meu corpo seja dedicado a Ele, minha alma, espírito e mente devem ser dedicados a Sua glória. quando eu estava procurando por aquele último esquilo, e sabia que ele seria o último, faltavam três minutos para as dez horas e eu havia dito que seria pelas dez horas [ Espaço vazio na fita – Ed.]
240 Dalton, um batista assentado aqui, lá de Kentucky, assentado bem aqui. quantos filhos você tem, Ed? Doze filhos. Aqui de pé, ele pediu pelos seus filhos. Eu saí do edifício. Ed veio a mim e eu disse: “Ed.”
O Espírito Santo estava sobre mim, disse: “Dê isto a ele. Dê a ele.”
241 Eu disse: “Eu te dou teus filhos.” Cada um deles, salvos e batizados. Lá estava o seu adolescente assentado em casa, esperando, chorando, sendo salvo enquanto ele estava aqui. Este irmão batista, Dalton. Oh, como é bom quando ele fala!
242 Estou pedindo a Ele agora, para Sua glória, mostrar a Si mesmo, que Ele é Cristo, que estou falando a verdade.
243 Agora, que o — o incrédulo não tem nenhuma escapatória. Eu desejo que as pessoas que estão aqui, que estão enfermas e necessitadas, que têm necessidade de Deus, que eu não conheço, que são estranhas em nossas portas, pessoas que eu realmente não conheço, que estão aqui e vocês que têm necessidade de Deus, levantem suas mãos. Há pessoas em todos os lados. Isso, está bem, suponho que elas estão em todos os lados. São pessoas que eu não conheço. Se eu chamar pessoas que eu conheço, que. . . que eu conheço e que me conhecem e. . . e estamos familiarizados uns dos outros, não diga nada, você simplesmente tenha calma. Se Ele é o Filho de Deus, o que ele é, e minha Mensagem está correta, e aquele Anjo. . .
244 E quando faltavan três minutos para as dez, eu disse: “Ó Deus, o Qual apareceu para mim há algum tempo atrás naquele arco-iris, são três minutos. Não vejo nenhum esquilo. São três minutos, Tu tens que trazer um para mim.” E Deus é meu Juiz, eu digo isto solenemente com a mão em minha Bíblia. Eu não creio em jurar, a Bíblia não diz isto; Ela diz para não fazermos isto. Mas Deus é o meu Juiz, um esquilo desceu aquela árvore e se assentou exatamente lá. Ele nunca falhou nisto; nunca mesmo. Muitos aqui que estão presentes sabem destas coisas. Eu sei que Ele, aquele mesmo Deus está aqui.
245 Há cartões de oração que foram distribuídos. Eu não os quero. Nós oraremos daqui a poucos minutos, eles entrarão em fila. Eu conheço pessoas que. . . que estão aqui ou seja onde for.
246 Eu quero estranhos. Eu quero pessoas que não me conhecem. Eu quero que você coloque em sua mente, eu quero que você vá pensando, orando e dizendo: “Deus, este homem não me conhece.”
247 E certo dia uma mulherzinha passou através da multidão. Ela tinha um fluxo de sangue. E ela disse . . .
248 Quando todos eles estavam dizendo: “Aqui está Ele! Veja-O! Aí está aquele Galileu “, e coisa assim. Todos aqueles rabinos e demais lá de pé, dizendo: “Rabi, buscamos um sinal Teu”, e coisas assim.
249 Aquela mulherzinha disse: “Eu creio que Ele é o Filho de Deus. Creio que se eu somente puder tocar a orla de Seu vestido, eu serei curada”. Quantos sabem disto? Ela O tocou.
250 Não que Ele pôde sentir; mas Ele parou e virou, disse: “Quem Me tocou? Alguém Me tocou.” Todos ficaram bem quietos. Disse: “Alguém Me tocou:” Disse: “Quem me tocou?”
251 E Ele olhou em redor até que Ele encontrou a pequena mulher. Ela não podia se esconder. Não o podia. Encontrando-a disse: “Tua fé te salvou.” Disse, lhe disse que o seu fluxo de sangue havia salvado . . . parado, porque ela havia crido, e sua fé tocou em Seu vestido. Crê você nisto? Correto.
252 Agora, é Ele um Sumo Sacerdote hoje que está assentado à mão direita de Deus, fazendo intercessões sobre nossas confissões? Diz a Bíblia que Ele é o Sumo Sacerdote que pode ser tocado através do sentido de nossas enfermidades? É isto certo? Correto, se você está enfermo, você comece a orar, diga: “Senhor Deus, eu acabei de ouvir aqui no tabernáculo. Eu não venho aqui, esta não é a minha igreja. Eu sou de outro lugar. Não desta cidade, eu sou de outro lugar. Eu não conheço o homem. Mas ele faz isto, parece fazer isto tão positivo que és Tu, e tem dito que Tu apareceste a ele, que sua Mensagem estava correta, e como Tu fazes estas coisas. Agora, eu não conheço o homem, mas eu Te conheço. Então se ele tem dedicado a si mesmo a Ti , e tu estás usando o seu corpo para falar Tuas próprias palavras, deixe-o falar comigo. Deixe-me tocar em suas vestes, Senhor.” E ver se Ele faz ou não! Ver se Ele é Deus.
253 Se Ele ainda é Deus, Ele pode usar os meus lábios para falar a mesma palavra que Ele falaria, porque Ele não tem nenhum lábio a não ser o meu e o seu. Ele não tem nenhum olho a não ser o seu. Então Ele simplesmente desce e opera sua igreja através de nosso corpo. Crê você nisto? A si mesmo. Isto é o que Ele disse. “As obras que eu faço, vós também as fareis.” É isto certo? As mesmas obras, vós as fareis!” [Espaço vazio na fita – Ed.] Aquilo prova que isto é certo, não importa suas denominações. Oh, aleluia!
254 O pequeno velho irmão Kidd assentados aqui, ambos, e eles estão com oitenta anos de idade, pregavam antes mesmo de eu nascer. Aqui estava ele deitado outra manhã, morrendo, com câncer, cerca de vinte anos atrás, tirou sua próstata; lá em cima no Ohio. Sendo muito queridos amigos meus. A irmã Kidd me telefonou, disse: “Billy, é melhor você se apressar. Ele está morrendo, morrendo agora mesmo.” E Billy e eu achamos bom esmerilar aquele meu velho carro usado, de segunda mão, para chegarmos lá em cima.
255 Quando eu cheguei lá no quarto, logo que eu cheguei lá, o Espírito Santo falou: “Assim Diz o Senhor.”
256 Lá está ele de pé, uma testemunha para a glória de Deus, deixando até mesmo o seu médico todo agitado. É simplesmente, Ele é Deus! Poderia eu fazer aquilo? Não , senhor! Minhas palavras não são mais do que as de qualquer outro homem. Mas aquilo foi o Assim Diz o Senhor. Amém.
257 Anos atrás, lá nas montanhas de Kentucky, numa pequena igreja de Deus, ou em algumas delas, e subindo e descendo as colinas, e com um pedaço de coisa derrubando milho, com a velha mamãe Kidd, para alimentar um punhado de crianças; lavando em uma tina, para enviar o seu marido para o campo.
258 E aqui estão eles em seus oitenta, assentados aqui em cima hoje, regozijando no Evangelho de Jesus Crsito, dirigindo cento e tantas milhas no domingo de manhã, todos os domingos que eu prego aqui embaixo, se eles podem ouvir acerca disto. Claro, nós lhe enviamos um convite se eles querem vir. Abençoados sejam seus pequenos e velhos corações. Isto é correto. Eu quero que cada pessoa aqui estreite suas mãos nesta manhã, se elas podem, sejam abençoados.
259 Agora orem. Oh, estou tão feliz em saber que Ele é Deus. Como sentimos! Você , “O que você está esperando, irmão Branham? “Eu estou esperando por Ele! Estou esperando Nele. Veja você, pregando, esta é outra unção.
260 E se Ele virá para fazer isto, quantos aqui então, que estão enfermos, O aceitarão como o seu Curador? Simplesmente levantem suas mãos, todas as pessoas enfermas, se Ele . . . se Ele fizer isto. Levante suas mãos, todos que estão enfermos e podem ver aquele Messias, Cristo.
261 Ore, creia. Eu consagrarei deste lado da casa…Eu tenho tantos que estão orando que procuram a unção. Veja, quantos já ouviram sobre aquela – – aquela Coluna de Fogo alí, que a ciência pendurou em Washington, D.C.? Vocês sabem disto; aqui está bem aqui a fotografia Disto: a mesma Coluna de Fogo que guiou Moisés. Quando até mesmo a — a ciência disse que um dia estaria nas prateleiras das lojas de ‘dez centavos’ : o único Ser sobrenatural que já foi fotografado. Aquele mesmo Anjo está bem aqui no púlpito neste momento. Eu digo isto. Eu te desafio a crêr nisto. Vocês visitantes,vocês creiam. Agora, eu apenas tenho que observar para onde A vejo indo. Fiquem reverentes, todos. Na Sua Presença, aquele . . .
262 Eu vejo um homem . . . Aqui está; ele está assentado à minha esquerda, bem aqui atrás no canto. Ele está sofrendo com um problema de sinusite e problema estomacal. Você crê de todo o seu coração? É um estranho para mim. . . Isto . . . ? . . . Sr. Wells, este é o seu nome, Sr. Wells. Você não é daqui. Você é . . . um lugar chamado Aurora, Illinois. Isto é verdade. Não é verdade? Eu sou um estranho para você; se isto é correto, levante a sua mão. Fique de pé; Jesus Cristo te curou. Você crê agora? Se tu podes crêr . . .
263 Agora, há um indivíduo. Eu nunca o ví em minha vida. Ele é totalmente estranho no nosso meio; ele é de outro estado. E o Espírito Santo, agora, seja o que for que Isto disser a ele, eu não saberei até eu . . . ? . . . termine aquela fita: É a unção vindo sobre mim, mas o homem sabe.
264 O que lhe foi dito é a verdade, não é correto, senhor? Nós somos estranhos . . . Há . . . Que ele mesmo possa ser testemunha. Quem fêz aquilo? O Messias, Cristo.
265 Aqui está uma senhora assentada bem aqui atrás no meio das pessoas bem aqui. Estão vendo aquela Luz sobre ela? Ela está sofrendo com um problema na pele. Sra.Pitman, você é de Owensboro. Se você é uma estranha, acene com a sua mão. São estas coisas a verdade? Acene com a sua mão. Deus te curou. Eu ainda não ví a mulher, apenas na visão.
266 Para que você possa saber, bem ao lado de você está uma mulher chamada Ellis, Sra. Ellis, uma mulher jovem. Ela tem problemas feminino. Ela também é uma desconhecida. Se isto é correto, acene a sua mão. É esta a sua mãe assentada perto de você aí? É uma senhora assentada aí sofrendo de um temor, um complexo de medo está sobre ela. Se isto é correto levante a sua mão, senhora. Correto. O medo foi embora. Você pode ir para casa, fique boa. Eu te desafio a crêr.
267 Bem lá atrás no canto, bem atrás, há um homem de Minnesota com um problema nas costas, o seu nome é Sr. Carson. Fique de pé. O seu problema nas costa acabou. Jesus Cristo te curou.
268 Bem aqui atrás, há uma senhora sofrendo, ela é de outra cidade. Ela é de um lugar chamado Blue Island. Que é perto de Chicago. Ela tem problema cardíaco. Sra. Braiden, fique de pé, aceite a sua cura. Vá para casa e seja curada no Nome de Jesus Cristo.
269 Você está crendo? Que tal deste lado? Você sabe que é o Messias? Como poderia um homem saber? Todas estas pessoas que foram chamadas até agora e sabem que eu não sei nada a respeito de vocês, levantem as suas mãos, todos vocês que já foram chamados. Estão vendo aí?
270 Há alguém atrás de mim orando em um daqueles cômodos, um jovem companheiro, a luz está sobre a cabeça, está orando por um primo lá no Kansas, que tem câncer. Se aproxime até a porta. Tenha fé em Deus. Você crê?
271 Elmer, esta foi uma connecção e tanto contigo. Eu vejo o seu pai assentado alí. É isto mesmo. Com pressão sangüínea alta, se você crê, Deus vai te curar. Eu não sei. Isto é correto, não é? Você creia de todo o seu coração. Você crê?
272 Você crê que Jesus Cristo é Messias? Você crê que a Sua Presença está aqui? Recordem, quando uma mulher tocou nas vestes de Jesus, Ele se enfraqueceu; virtude, força, saiu Dêle. Estou quase fraco agora. Você crê? Então vamos inclinar nossas cabeças só por um momento.
273 Ó Jesus, Messias de Deus, Tu estás sempre perto. As pessoas esrão cientes de que Tu és o Filho de Deus, que Tu estás aqui agora. Os teus grandes sinais e maravilhas estão sendo provados. Abençoe-os, Pai; abençoe-os, eu oro. Que eles neste momento possam crêr com todo seus corações que Tu o Messias é Aquele que está aqui de pé. Ninguém poderia fazer aquilo; aquilo é humanamente impossível, Senhor. O Milagre de vêr o poder de Messias entrar em um pequeno lugar humilde como este, porque Tu prometestes isto, Senhor. Porque a Tua graça está aqui para nos agraciar, porque esta é a Tua promessa para fazer isto, Tu tens feito isto. Nós vemos que Tu não deixas o Teu povo.
274 Agora, Deus Pai, que aqueles que possuem cartão de oração que vieram para a fila de oração, que eles possam ter fé para crêr. Óh, Deus Todo Poderoso, quando as mãos forem impostas sobre eles, que eles possam sair daqui regozijando, gritando, louvando a Deus por estarem curados. Conceda isto, Senhor. E que estes que foram salvos possam saber que não existe nenhum segredo para Deus. Deus revela os segredos do coração; Ele conhece cada pensamento que está em sua mente. Conceda isto, Pai. Nós pedimos no Nome de Jesus Cristo. Amém.
275 Agora, vocês que possuem cartões de oração, aí no auditório, vocês pessoas ao redor do tabernáculo, aqui ao redor que possuem cartões de oração, vocês crêem? Levantem as suas mãos, quem crê que um ser humano não pode fazer aquilo, que isto tem que vir de Deus. Você crê que é uma promessa de Deus, que Deus disse que Ele faria isto? Correto. Então você sabe que Alguém está aqui além dos homens.
276 Eu solenemente tomo esta Palavra diante de Deus: as pessoas para as quais as palavras foram dirigidas, seja lá quem foi, eu não as conheço, e eles não me conhecem. Elas são visitantes que apenas vieram ao tabernáculo aqui, seja lá de onde vieram. Eu vejo algumas visões sobre as pessoas que são do tabernáculo aqui, mas deixo-as de lado, apenas deixo-os isolados.
277 Estas pessoas que foram chamadas, seja lá quem foi você, para que os outros possam vêr que vocês são estranhos, levantem as suas mãos. Vêem? Cada uma, todas estranhas.
278 Algo simplesmente continua me movendo. Eu vejo uma senhora de côr aparecendo diante de mim o tempo todo: está com artrite e pressão alta. Sim, você é uma estranha no nosso meio. Você é de Memphis. Sra.Sals. Este é o seu nome. É a sua primeira vêz aqui. Você crê no Senhor com todo o seu coração? Então você pode ir para casa e ser salva, curada. Deus toma isto para a . . . Creiam com todo o seu coração, todos.
279 Levantem as suas mãos agora, todos; creiam com todo o seu coração. Coloquem as suas mãos uns sobre os outros. Venha aqui, irmão Neville; venha aqui. Faça a oração.
280 Enquanto mantemos as nossas cabeças inclinadas, o irmão Neville vai orar.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...