COMUNHÃO – 12/12/1965
12 de Dezembro de 1965
Tucson – Arizona – E.U.A.
Tradução – GO


1 Mensagem animadora que o Irmão Pearry nos deu da Palavra de Deus. Quão verdadeiro é o que “Nós limitamos e cronometramos Deus; e Ele é Eterno, nós não podemos fazer isto.” Assim hoje à noite nós estamos agora encarando algo mais, é a comunhão.
2 Por três anos eu espero ver uma igreja em Tucson, mas ela está aqui. Sim, nós estamos – nós estamos aqui. Assim nós agradecemos ao Senhor, Ele simplesmente nos permitiu esperar até que pudéssemos aprecia-la agora.
3 Agora, há uma coisa que eu desejaria dizer antes de iniciarmos a comunhão, é isto, que eu creio que temos visto muito em nossos dias em que vivemos, que nós temos que dar realmente (cada) todo nosso ser a Deus. Nós – nós deveríamos realmente servir a Deus. Eu creio que Ele tem nos abençoado com a resposta direta à Escritura. Como o Irmão Pearry enfatizou há poucos momentos atrás, que nós – nós estamos – nós estamos naquela hora. Nós não estamos cegos, nós – nós – nós vemos que estamos aqui, nós – nós chegamos.
4 E também podemos olhar por toda parte e vermos tal maneira que, nós – nós não podemos permanecer por muito mais tempo, nós estaríamos numa completa instituição de doentes mentais, o mundo inteiro estaria. Vêem? De tal modo que nós – nós estamos no tempo do fim.
5 Agora, enquanto o Irmão Pearry terminava ali, vendo que estas coisas são verdadeiras, elas não são mito. Elas simplesmente não são algo que imaginamos, elas são algo que nos tem sido dadas diretamente pela Palavra de Deus e publicamente manifestada diante de nós, de tal modo que nós sabemos que estamos aqui. Nós – nós não sabemos quanto tempo agora, porque novamente voltamos a um relógio, vejam vocês, quantas horas são. Mas nós estamos… nós sabemos que nós – nós estamos aqui, estamos na hora. Se a hora é de Deus, eu imaginaria…
6 Alguém fez uma pequena análise uma vez que foi dito que se Deus determinasse com ele acordo… Se Ele fosse atribuir tempo, mil – mil anos é apenas um dia. Assim se um homem vive setenta anos, isto seria apenas dez minutos do tempo de Deus. Vêem? Bem, foi dito ser quarenta anos, isto nem mesmo significaria tempo, dificilmente, Ele piscaria Seu olho. Vêem? Vejam, justamente quão rápido isto é, a coisa toda, se – se houvesse divisão de tempo; ora, Ele não tem tempo algum. De maneira que Ele simplesmente é Eterno.
7 Eu creio que foi Sara lá atrás, ou o pequeno José outra noite, quem disse, a mim e ao Irmão Pearry, disse, “Papai, onde, quando foi que Deus entrou em cena? De onde Ele veio?” Vêem? “Ele teve que ter um principio, não teve? Não teve Ele que começar?”
8 Eu disse, “Não. Qualquer coisa que tem um começo tem um fim, mas aquilo que não teve um começo não tem nenhum fim. “Mas, é claro, ele tem dez anos de idade, aquilo foi uma espécie de uma – um tanto real para ele. Vêem? Como poderia ele receber isto, sabendo que algo jamais começou? Não somente para ele, isto é para mim, vêem? Todos nós, todos vocês vêem? Todos nos, vocês vejam, esta – esta é uma dose muito grande para mim, como mesmo começou.
9 Agora nós estamos preparando para observar algo aqui que é realmente sagrado.
10 Eu fui chamado a poucos dias atrás, por alguns cavalheiros cristãos que – que jamais tiveram isto, eles entenderam que nós tomávamos a comunhão literalmente. Eles tomam isto que eles chamam de “comunhão espiritual”. É que, ate onde se refere a comunhão, eu diria tudo bem, pois comungar é “conversar”, veja. E o irmão que me deu esta Escritura, disse, “Irmão Branham, você não acha agora…”
11 Agora, a razão pela qual eu estou dizendo isto… Está bem, Irmão Pearry? (O irmão Pearry responde, “claro” – Ed) Vejam, esta é a razão pela qual estou dizendo isto, de maneira que você entenda o que estamos fazendo. Vocês não… Se vocês caminharem a qualquer coisa cegamente, vocês não sabem onde, o que estão fazendo. Vocês nem podem ter confiança se não souberem o que estão fazendo. No entanto vocês devem compreender o que vocês estão fazendo e porque estão fazendo isto.
12 Ele disse, “Agora se tomamos a Palavra de Deus, não é a Deus que estamos tomando?”
13 Eu disse, “Exatamente correto, senhor, é verdade. Mas nós lemos aqui que eles realmente… Paulo ensinou tomar a literal ceia do Senhor. “Fazei isto em memória de Mim, disse Jesus. Todas as vezes que fizerdes isto em memória de Mim, anunciais a morte do Senhor até que Ele venha.” Vêem? Agora, nós vamos toma-la.
14 Nós entendemos que São Paulo, quem a ordenou na Igreja, sendo o Profeta do Novo Testamento, Pedro, Tiago, João, todos eles, eles escreveram (ora, Mateus, Marcos, Lucas) o que fez Jesus, como escribas. Mas Paulo colocou a coisa em ordem, ele foi o – ele foi o profeta do Novo Testamento. Assim como Moises foi para o deserto para receber a inspiração para escrever os – os cinco Livros da Bíblia, bem, Paulo também foi par o deserto e recebeu inspiração de Deus, pra estabelecer a Igreja do Novo Testamento em ordem e tipificá-la com a com a do Antigo.
15 Lá embaixo eles tinham o cordeiro sacrificial, que Israel manteve aqui para uma memória. Isto foi realmente usado uma vez, saindo do Egito. Mas então eles mantiveram aquilo como um memorial em toda descida através da era. Bem, “se a lei sendo uma sombra das coisas por virem,” vê você.
16 Agora, eu creio que comunhão (o que nós chamamos “comunhão” agora) é… é “a ceia do Senhor.”
17 Agora, nós temos somente três ordens Divinas físicas deixadas a nós: uma delas é – é comunhão; lava pés; batismo na água. São as únicas três coisas. Isto é a perfeição, das três, vêem. E estas são as únicas ordens que temos. Nos compreendemos eu esta foi a ordem dada por São Paulo no Novo Testamento.
18 Agora, se nós disséssemos “a comunhão seria tomar a Palavra,” eu não creio que alguém tenha o direito de tomar a ceia do Senhor até que ele tenha tomado a – a Palavra do Senhor dentro de seu coração. Vêem? Porque eu vou… Eu lerei alguma coisa a vocês em poucos momentos e vocês verão. Agora, observem. Então porque então nós – nós…
19 Nas mesmas bases nós poderíamos absolutamente justificar o Exercito da Salvação. Eles não crêem em qualquer forma de batismo na água, dizem, “Nós não precisamos disto.” Ora, se nós não precisamos de batismo nas águas, pro que somos batizados? Dizem, “A água não pode te salvar, o sangue te salva”.
20 Eu concordarei com isto. Isto – está correto, o Sangue te salva, não a água. No entanto nos devemos ter a água como uma ação externa que uma obra interior de graça tem sido feita. Vêem? Assim devemos sobre a comunhão.
21 Quando nós tomamos o Senhor, nosso sacrifício, dentro de nós, como um fato natural de Nascimento espiritual dentro de nós, e Seu Corpo, nós vivemos por Ele pela Palavra, nós também deveríamos simbolizar isto porque é um mandamento. “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado no Nome de Jesus Cristo, pra remissão dos pecados.”
22 Paulo disse, “Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei, “Que o Senhor Jesus na noite em que foi traído tomou o pão, e o partiu e o deu aos discípulos e – e disse, “Tomai e comei, fazei isto em memória de Mim” Porque todas as vezes que comerdes este pão, anunciais a Sua morte a´te que Ele venha.” Agora nós concluímos que, nisto, eles tiveram pessoas que vieram e…
23 Este precioso irmão, um irmão muito querido, ele veio e disse, “Eu jamais – eu nunca a tomei, Irmão Branham, eu não compreendo o que ela é.” Disse, “Eu fui ensinado de outra forma.”
24 Eu disse, “Mas lembre-se, nós admitiremos que São Paulo colocou isto em ordem na Igreja Primitiva. E iam de igreja… de casa em casa, partiam o pão com singeleza de coração, e assim por diante. Agora, Eu disse, “ele a colocou na igreja. Gálatas 1:8, ele disse, “Se um anjo vindo do céu vos pregar algo mais, seja anátema”, vê você, vê, o mesmo que os teve para serem rebatizados outra vez no batismo de João, para serem batizados no Nome de Jesus Cristo.”
25 Vê você, existem três coisas que nós devemos – três coisas que nós devemos fazer como símbolos: a ceia do Senhor, lava pés, batismo na água. Vêem? Há…
26 Você diz, “Bem, º..” Agora, o Exercito da Salvação tira isto do ponto, “O ladrão morrendo, quando ele morreu ele não era ainda batizado, Jesus disse que ele estaria no Céu.” Isto foi exatamente a verdade. Isto é exato. Mas, vê você, ele – ele – ele somente reconheceu a Jesus bem ali na hora que estava morrendo. Vêem? Aquela foi a única – aquela foi a única oportunidade que ele teve. Ele – ele era um ladrão, ele estava longe, ele estava fora. E ele, tão logo viu aquela Luz, ele A reconheceu, “Senhor, lembra-te de mim!” E Jesus… Isto foi verdade.
27 Mas para vocês e eu que sabemos que deveríamos ser batizados, e recusar a faze-lo, então isto é entre você e Deus. A mesma coisa na comunhão.
28 Agora, quando nós tomamos esta comunhão, isto não é apenas a coisa dita, “eu vim aqui e vou comer algum pão, eu crerei que sou um Cristão.” Mas, se vocês observarem, a Bíblia diz, “Aquele que come e bebe indignamente será culpado do Santo e do Corpo do Senhor.” Vêem? Vocês tem que viver uma vida que – que… Diante das pessoas, que… e diante de Deus e das pessoas, que mostre que você – que você é sincero.
29 Agora, apenas um momento mais. Agora, no Antigo Testamento quando o sacrifício era feito um – um estatuto ou uma ordenança. E assim é o batismo na água uma ordenança. Assim é o lava pés uma ordenança ; assim é a ceia do Senhor uma ordenança. “Bem aventurado é aquele que cumpre todas as Suas ordenanças, guarda todos os Seus estatutos, todos os Seus mandamentos, para que ele possa ter direito à Arvore da Vida.”
30 Agora, observem nisto agora, que naquele primeiro, quando isto foi primeiro uma ordenança de Deus para trazer um sacrifício para a igreja, e para o templo e o altar, e ofertar seus dons, e – e por seus pecados, o sacrifício de um cordeiro. Bem, eu posso realmente imaginar algum irmão judeu descendo a estrada, sabendo que ele era culpado e ele vai ao altar; ou traz seu novilho gordo ou um boi, o que ele tivesse, ou um carneiro, cordeiro, alguma coisa. Ele trazia aquilo caminho abaixo tão sincero quanto podia vir, ele andava ali em cima, guardando as ordenanças de Deus realmente tão sincero quanto podia.
31 Então ele colocava suas mãos sobre isto, confessando seus pecados, e o sacerdote colocava isto (seus pecados) sobre o cordeiro, e a garganta do cordeiro era cortada, e – e daí morria por ele. Enquanto caia lá, o cordeirinho balindo, morrendo), ele compreendia que tinha pecado e alguma coisa tinha que morrer em seu lugar. Por esta razão, ele estava oferecendo a morte desse cordeiro por sua morte. Vêem, o cordeiro morria em seu lugar. Então o homem fazia isto com sinceridade, do fundo de seu coração.
32 Finalmente, vezes e vezes isto era feito novamente, vezes e vezes continuava indo ate que finalmente isto se tornou uma tradição. O mandamento de Deus se tornou uma tradição para o povo. E então aqui descia ele, “Bem, vejamos, isto é assim e assim hoje, talvez é melhor eu descer. Sim, é melhor eu ofertar um – um boi” Ele descia, “Bem, Senhor aqui está o meu boi.” Vêem, não havia sinceridade nisto, não havia compreensão para aquilo.”
33 Agora, nos não queremos tomar a comunhão assim. Esta é a mesma coisa que fazemos ao vir a mesa do Senhor.
34 Isaias 35… não, eu lhes peço perdão, Isaias 60… Deixe-me tomar isto de volta. Eu – eu- eu creio que é Isaias 28, é onde nós encontramos isto. Eu estou certo de que é o capitulo certo. Ele disse, “Preceito sobre preceito; e regra sobre regra; um pouco aqui, um pouco ali. Firmem-se logo ao que é bom. Com lábios gaguejantes e outras línguas falarei a este povo. E este é o Descanso.”
35 Ele disse, “Todas as mesas do Senhor estão cheias de vômito. A quem se ensinaria a Doutrina? E a quem se daria a entender?” Vêem? Eu acho que esta foi a Escritura correta, Isaias 28. “A quem se ensinaria a Doutrina?” Vêem? “as mesas”.
36 Agora, nos encontramos hoje que esta notável coisa que estamos preparando para fazer esta noite, em comemoração de Sua morte e Seu corpo que nos cremos que comemos diariamente, ou, após come-lo como nosso irmão pregava para nós. Tomando a Palavra de Deus, nós cremos n’Ela de todo nosso coração. Nós A vemos manifesta; nós A vemos manifesta; nós A vemos dada a nós; nós A vemos vindicada; nós A sentimos em nossas vidas. E nós devemos vir a isto com uma consciência profunda do que estamos fazendo, não apenas porque isto é uma ordem.
37 Você vai para uma igreja, e muitas vezes eles distribuem um velho biscoito de soda ou alguma espécie de uma – alguma coisa, partem aquilo, e pão levedado ou – ou alguma coisa e – e partem isto; e pessoas que fumam, bebem, tudo mais, porque eles são membros da igreja eles vem e tomam a ceia do Senhor. Bem, isto é imundície diante de Deus!
38 Mesmo o sacrifício, diz, “Seus dias santos e seus sacrifícios tornam-se um mau cheiro em Minhas narinas” Ainda Ele os ordenou que fizessem aquele sacrifício. Mas a forma que eles trataram isto, isto tornou-se fedor, mau cheiro sem Seu nariz (Suas narinas), o mesmo sacrifício que Ele ordenou.
39 Esta é a forma que tomamos a Palavra de Deus, muitos Cristãos hoje (assim chamados) fazem isto. Nós levantamos aqui e pregamos esta Palavra, e dizemos, “Jesus Cristo não é o mesmo ontem, hoje, e para sempre,” e ensinamos as coisas que Ele nos prometeu que Ele honraria, e dizemos, “Oh, bem, isto foi por alguma coisa mais,” nossas adorações Sodomitas tem se tornado mau cheiro em Seu nariz. Ele não as receberá, pro nenhum meio. Esta é a razão, por nossos hábitos tradicionais!
40 Vocês não tomem a ceia do Senhor por uma tradição. Vocês a tomem porque o amor de Deus está em vossos corações, guardando os mandamentos de Deus. Vêem, este é o porque vocês a tomam.
41 Então se vocês não a tomam em sinceridade, ela é apenas uma tradição. “Bem, nossa igreja observa comunhão uma vez cada Domingo, ou uma vez cada mês, ou duas vezes ao ano.” E você levanta, e diz, “Bem, é minha vez, e – e então toma a comunhão, ora, isto é um mau cheiro para Deus! Vêem, isto é apenas uma tradição.
42 Mesmo como qualquer outra coisa, você – você tem que ser sincero. Deus quer a profundeza de seu coração. Você se lembra, o próprio Deus que o trouxe aqui para a terra é Aquele que você está servido. Vêem?
43 Você está fazendo isto porque Ele disse assim, porque é Sua ordem. Então nós queremos nos levantar com a profundeza de sinceridade, sabendo que pela graça de Deus é que nós temos sido salvos. E nós – nós O amamos e sentimos Sua Presença, e nós – nós vemos Isto mudar nossas vidas. Nosso – todo nosso ser é mudado. Nós – nós – nós somos pessoas diferentes. Nós não vivemos como costumávamos, nós não pensamos como costumávamos.
44 Como no Livro aqui, e o ponto ali a respeito do que estávamos falando os – os dois Livros sendo um, o Livro da Vida. O Primeiro Livro da vida vindo, foi quando você nasceu, que foi seu nascimento natural. Vêem? Mas uma vez, caminho de volta lá embaixo, havia um pequeno grão de vida como eu expliquei para algumas das jovens irmãos na casa esta tarde. Vêem, havia um grãozinho de Vida semeado lá o qual você poderia querer saber, “De onde ele veio? O que – o que são estas coisas estranhas?”
45 Eu estava dizendo isto, falando a mim mesmo, como se você fosse dizer, “Willian Branham, bem, quarenta anos passados, o William Branham, este é o mesmo está noite.” E alguém lá atrás diria, “ …?… ele era baixo e ordinário.” Vêem? Porque eu nasci de Charles e Ella Branham. Em suas naturezas eu era um pecador, eu vim para o mundo, um mentiroso, e todos os hábitos do mundo caíram diretos em mim. Mas embaixo lá dentro, também, havia uma outra Natureza, vêem, predestinada, estava lá por Deus. Neste mesmo corpo, vêem, duas naturezas lá dentro.
46 Bem, eu somente cuidei por uma. Enquanto ela crescia, eu fui como um bebê, “Dad-da.” Primeira coisa vocês sabe, eu vim a ser um mentiroso, vim a ser tudo mais que é um pecador, porque eu cresci daquela maneira. Mas lá dentro embaixo estava um pequeno ponto de Vida o tempo todo.
47 Eu costumava me lembrar, quando rapazinho… (eu espero não estar segurando-os por muito tempo. Mas sabendo…) sentado fora no … no – mo barranco do riacho, e eu assentava lá e olhava em volta a noite. Papai e mamãe , ele se tem ido agora para seu descanso. E em seus dias eles eram pecadores, não havia nenhum cristianismo em nossos lares de forma alguma. E, oh, meu Deus, bebedeiras, e festas, comportamento duvidoso; isto me deixava doente, eu pegava minha – minha lanterna e meu cachorro e ia para o mato, para ficar a noite toda. No inverno eu caçava até terminar a festa, talvez ao raiar do dia pela manhã. Vinha para casa, se não tivesse terminado, eu deitava na parte de cima do barracão e dormia esperando o raiar do dia.
48 Então eu tenho pensando de como aqueles tempos, estão estando lá fora no verão, pegava varas e fazia uma pequena proteção, onde se chovesse, deitava lá e tinha as varas atoladas na água, pescando; meu velho cachorro lá deitado. Eu dizia, “Olhe aqui. Você sabe, no inverno passado eu acampei bem aqui uma noite, eu formei um fogo bem aqui quando eu estava esperando pelo meu cachorro aqui na árvore, e eu fiz um fogo aqui. Estava congelando cinco polegadas de profundidade no chão. Mas pequena flor, de onde você veio? De onde – onde – de onde você veio? Quem veio aqui e te plantou? E de qual estufa eles te trouxeram? Ou – ou por falar nisto, de você veio? Vêem? Aquela florzinha, eu dizia, “Ora, estava congelado, e tudo, e eu formei um fogo aqui em cima. Ao lado do elemento congelado, havia um elemento aquecedor colocado aqui sobre uma grande e velha tora onde eu queimava. E ainda assim aqui você está, você está viva. De onde você veio?
49 O que foi isto? Havia um outro William Branham. Vêem? Um pontinho de vida eterna, lá no fundo, do – do – do gene de Deus, a Palavra de Deus que estava colocada lá dentro. Cada um de vocês pode pensar em coisas semelhantes. Vêem, aquilo estava operando.
50 Então olhei pra as árvores e pensei, “Folha, eu vi você cair o ano passado, e como você está de volta ai outra vez? De onde você veio? O que trouxe você aqui?” Vêem, era isto aquela Vida Eterna operando no corpo.
51 Agora, então um dia enquanto eu andava, aquela Voz falando, “Jamais fume, beba, e assim por diante” E as pessoas jovens e todos ficaram velhos. Vêem, havia Algo movendo-se.
52 Mas ainda assim um vez eu olhei para cima, e eu disse, “Eu não sou filho de Charles e Ella Branham. Há Algo chamando.” Como minha pequena águia, “Eu não sou uma galinha. Há algo acima além, em algum lugar. Oh Grande Jeová, seja lá Quem Tu fores, abra caminho! Eu quero ir para casa. Há algo em mim, chamando.”
53 Então eu nasci de novo. Aquela pequena Vida estava colocada lá, a vida da água foi derramada sobre Ela, então Ela começou a crescer. Agora, aquela velha vida foi perdoada, colocada no mar do esquecimento de Deus, para jamais ser lembrado contra mim, nunca mais. Vêem? Agora nós nos colocamos justificados (como se nunca tivéssemos pecado) na presença de Deus.
54 Então quando nós vimos para a mesa do Senhor, nós devemos vir em reverencia, amor e respeito, “Veja onde nós estaríamos se não tivesse sido por Ele. Vêem? Olhe onde isto teria…
55 Por esta razão, Paulo, eu acho, diz isto, “Assim, pois, quando vos reunirdes para comerdes, esperai uns pelos outros.” Isto é, em outras palavras, apenas esperem poucos minutos, orem, examinem a si mesmos. E se souberem que há ali um irmão, que faz algo errado, ou alguma coisa, e você ore por ele, também. Vêem? Vem, “Esperai uns pelos outros,” esperem por um minuto, orem. Se houver algum sentimento e entre você ou alguma coisa, não – não o faça – não o faça, vá e acerte aquilo primeiro. Vêem? Vá por em ordem primeiro, porque eles querem vir aqui tão puros quanto possamos ser, e nossos pensamentos uns dos outros e para Deus, e para cada um, e então venhamos em companheirismo em torno da mesa do Senhor. Vêem?
56 E nos fazemos isto porque nós estamos dando graças à Ele, e entre uns com os outros. Comendo o pão um com o outro, bebendo o vinho um com o outro, como Seu Sangue e Sua Carne.
57 “A não ser que coma a Carne do Filho do homem e beba Seu Sangue, você não tem Vida em você”. Vêem? Vê você, isto é o que a Bíblia disse. A não ser que seja assim, não há nenhuma Vida. Vê você? Você está, mais ou menos, mostrando que está envergonhado em identificar-se como um Cristão, por causa da vida que você vive. E então isto é realmente a prova final. Então se você não fizer isto, você não tem nenhuma Vida. Se você o fizer indignamente, será culpado do corpo do Senhor.
58 A mesma coisa no Batismo na água. Se dissermos, “Nós cremos em Jesus Cristo, Ele nos salvou do pecado, e somos batizados em Nome de Jesus Cristo,” Ora, nós trazemos – nós trazemos desgraça para Ele, nós fazemos as coisas que estão erradas e nós – nós teremos que pagar por isto. E outra coisa, que quando fazemos isto, nós estamos tentando professar uma coisa e fazer uma outra.
59 Este é o nosso problema hoje. O que eu acho… Eu estou dizendo “nós”, eu, e a igreja que o Senhor Deus tem me permitido falar nestas últimas horas, pois nós cremos que estamos na hora final. Nós cremos que Deus nos tem dado uma Mensagem. Ela tem sido ordenada de Deus, ela tem sido provada de Deus, Ela tem sido mostrada de Deus. Agora nós devemos vir a Ele com reverencia e com amor, e com – com pureza de coração e mente e alma.
60 Vocês sabem, a hora se levantará logo quando – quando bem entre nós estará… O Espírito Santo falará como fez com Ananias e Safira. Vêem, aquela hora está chegando. Vêem? E nos estamos… Agora, vocês se lembrem apenas que, vêem, que Deus vai habitar entre Seu povo. Isto é o que Ele quer fazer agora.
61 Nós poderíamos receber a Mensagem dizendo… Se eu fosse um homem jovem e – e procurando por uma esposa, e eu pudesse encontrar uma esposa, eu dissesse, “Ela é realmente perfeita. Ela é uma Cristã. Ela é uma dama. Ela é tudo isto, eu tenho confiança.” Não importa quanta confiança, o quanto eu pensasse que ela fosse simpática, eu tenho que recebe-la, ela tem que me receber; vêem, sobre esses votos.
62 Bem, é a mesma coisa que nós encontramos é a Mensagem. Nós vemos que Ela é correta. Nós vemos que Deus A vindica correta. Ela é perfeitamente correta. Ano após ano, ano após ano, Ela continua correta, continua correta. Tudo que Ela diz, acontece bem exatamente da forma que Ele disse. Agora, nós sabemos que Ela está correta, mas, vêem, não façam isto de qualquer ponto de vista intelectual. Se vocês fizerem , vocês obterão uma religião de segunda mão. Vêem? Nós não queremos uma religião de segunda mão, algo que alguém mais tenha experimentado e nos estamos vivendo de – de seus testemunhos.
63 Igualmente eu creio que foi Jesus quem disse para Pilatos, alguma coisa, uma palavra eu estava pensando, e Ele disse lá a poucos momentos atrás, “Quem disse isto?” Ou, “Foi isto revelado a você? Como você sabe estas coisas?” Em outras palavras. Eu não sei bem qual é a palavra agora, isto foi há muito tempo desde que li isto, mas, “Como você – como você notou que… Como… Quem revelou isto a você?” Isto foi a respeito d’Ele ser o Filho de Deus. “Quem revelou isto a você? Algum homem contou isto a você? Ou,” Como disse Jesus, “É meu Pai nos Céus quem tem revelado isto para você?” Vêem? Vêem? “Como você aprendeu isto, uma segunda mão ou é isto uma revelação de Deus?”
64 É esta comunhão apenas alguma coisa que eu levanto, uma ordem, dizendo “Bem, o restante deles toma isto, eu tomarei também?” Isto é uma revelação de que eu sou parte d”Ele e eu sou parte de vocês, e eu amo vocês e eu O amo, e estamos tomando isto juntos como um símbolo de nosso amor a Deus, e nosso amor e companheirismo uns com os outros.
65 Agora eu quero ler um pouco das Escrituras. E então eu acho… Onde vocês… Qualquer caminho que o Irmão Pearry desejar hoje. Eu desejo que vocês leiam comigo, se vocês tiverem suas Bíblias. I Coríntios o – o capitulo 11, começando com o versículo 23.
66 E então também, em nosso tabernáculo, nós temos sempre observado isto e lava pés, sempre, porque eles vão juntos. Eu creio que o irmão anunciou que “Quarta-feira a noite,” por causa da multidão e você não tem suficiente para… espaço para ter as pessoas dentro para o lava pés, eles vão observar – observar isto Quarta-feira a noite.
67 Agora, versículo 23 do capitulo 11 de I Coríntios, ouçam Paulo agora. Agora lembrem-se, e guardem isto em mente, Gálatas 1:8, “Se nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregar qualquer evangelho a não ser este,” (este que temos pregado) “seja anátema”. Vêem?
Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: Que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído tomou o pão,
E, tendo dado graças, partiu… e disse: Tomais, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.
68 Agora, deixe-me parar bem aqui, vê você. Mas tomar o corpo do Senhor Jesus Cristo nesta comunhão não significa que aquela comunhão seja o corpo literal de Cristo. Isto é Católico. Eu não creio que aquilo seja correto. Eu creio que isto é somente uma ordenança que Deus fez conosco, vêem, isto não é o corpo real. Isto é… Agora, isto é realmente um pedacinho de pão Kosher. Isto é apenas uma ordenança.
69 Nem eu creio que o batismo de Jesus Cristo (no nome de Jesus Cristo) na água perdoa seus pecados. Eu não creio que você… Eu creio que você poderia ser batizado o dia interia… Agora, eu sei que talvez haja pessoas aqui sentadas que vieram da igreja Apostólica, quero dizer, ou da igreja Pentecostal Unida, a qual eles ensinam isto. Mas, vê você, eu – eu não creio que a água perdoe pecados. Ou, se isto fosse, então Jesus morreu em vão. Vêem? Eu creio que isto foi somente uma ordenança de Deus, vêem, para mostrar que vocês foram perdoados. Mas ser batizado para regeneração, não, eu – eu – eu não creio nisto. Eu não creio que água perdoe pecados.
70 Nem creio que este pão e vinho tenha qualquer coisa a ver com você,, somente mantendo uma ordenança que Deus tem nos ordenado a fazer. Vêem? Correto. Eu creio que o batismo na água é a mesma coisa. Eu creio que nos é compelido fazer isto. Pois Ele fez tudo para nosso exemplo. E Ele fez isto para nosso exemplo. E Ele lavou os pés para nosso exemplo.
71 Agora, “Semelhantemente também,” verso 25
Semelhantemente também, depois de ceiar, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o Novo Testamento no meu sangue, fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
Porque todas as vezes… (Lembrem-se agora!)… Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, ate que venha. (Até quando? “Até que Ele venha!” Vêem? Vêem?)
Portanto qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.
72 Deixe-me parar por um minuto. A razão que Ele disse isto, vocês notam num outro versículo aqui, outro capitulo, que ele disse, “Eu entendo que quando vocês – quando vocês se reúnem vocês comem, também se embriagam na mesa do Senhor.”Eles compreenderam mau isto, vê você. Eles entraram insaciáveis, vêem. Exatamente como as pessoas estão fazendo hoje, simplesmente vivem qualquer tipo de vida e a tomam. Vêem? E ele disse, “Vocês tem casa onde comerem, vêem. Porem, isto é uma ordenança que nós deveríamos manter, vêem.” Agora:
Examine-se pois o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.
Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor. (Vêem?)
73 O que é você? Você é um Cristão, você vive diante de todos como um Cristão.E se você tomar isto e não viver como Cristão, você não está discernindo o corpo do Senhor. Você está colocando pedra de tropeço no caminho de alguém mais, vêem, como eles vêem você tentando fazer isto e então não vivendo como você esta suposto a viver. Vêem, você não está discernindo o corpo do Senhor. Agora observem o que isto… qual é a maldição disto:
Por causa disto há entre vós muitos fracos e doentes, e muitos que dormem. (A tradução correta da palavra, Irmão Pearry, é “mortos”. Vêem? Vêem, “muitos estão mortos.”)
Porque, se nós – porque se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seriamos julgados. (Vêem, se julgamos a nós mesmos não seremos julgados. Vêem?)
Mas quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo. (Vêem, nenhum vinculo com o mundo)
Portanto, meus irmãos, quando vos ajuntais para comer, esperai uns pelos outros. (Vêem?)
Mas, se algum tiver fome, coma em casa, para que vos não ajunteis para condenação. Quanto as demais coisas, ordena-las-ei quando for. (Vêem?)
74 Agora, em outras palavras, não venha apenas para toma-la como um… Como eu disse a pouco, sobre como os Judeus, seus sacrifícios, eles… Isto foi maravilhoso, foi dado por Deus, mas chegou a um ponto onde eles não o faziam em sinceridade e reverência e em ordem, então isto tornou-se apenas um… isto tornou-se um – um mau cheiro em Seu nariz.
75 Agora, a mesma coisa é por nossa vinda para tornarmos a ceia do Senhor, pois, nós devemos vir sabendo o que estamos fazendo. Exatamente como quando você entra na água para ser batizado no Nome de Jesus Cristo, você sabe o que você está fazendo, você está declarando para a igreja o que Deus tem colocado em você, Cristo.
76 Quando tomamos isto, isto mostra para a igreja que “Eu creio em cada Palavra de Deus. Eu creio que Ele é o Pão da que veio de Deus do Céu. Eu creio que toda Palavra que Ele diz é a Verdade. E eu vivo por Ela ao melhor de meu entendimento, Deus sendo meu Juiz. Por esta razão, diante de meus irmãos, diante de minhas irmãs… Eu – eu não blasfemo, eu não amaldiçôo, eu não faço estas coisas, porque eu amo o Senhor, e o Senhor sabe disto e dá testemunhos de mim. Por isto, diante de vocês, eu tomo a parcela de Seu corpo, para saber que eu não estou condenado com o mundo.” Vêem, ai está você, então isto é uma benção.
77 E, recordem, poderia dar muitos testemunhos sobre isto, onde eu tenho tomado isto e explicado em uma enfermaria, e vendo-os curados.
78 Recordem, quando Israel tomou o tipo disto, eles viajaram quarenta anos no deserto e suas roupas nem mesmo se desgastaram, e eles saíram sem um fraco um – um entre eles, com dois milhos de pessoas como um tipo disto. Bem, o que fará o Antetipo? Se o corpo de um animal fez isto por eles, o que fará por nós o Corpo de Jesus Cristo, Emanuel? Sejamos pois reverentes quando viermos. Sejamos tão reverentes quanto nós saibamos como, ao virmos.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...