E DESDE ENTÃO
31 de dezembro de 1959
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução: Gravações A Voz de Deus


1 Com certeza é bom estar de volta e ouvir o irmão, pastor, dar o testemunho da graça de Deus, com sua filhinha. Isso é próprio do Senhor Jesus fazer coisas assim. Certamente que é.

2 Agora, estamos muito contentes esta noite por ter conosco um dos nossos convidados aqui no, como chamamos, culto de oração da noite de Ano-Novo, um bom amigo meu, irmão Ernie Fandler, um dos convertidos ao Senhor Jesus Cristo, um troféu da graça. Seu país de origem é a Suíça, é de onde ele veio. E creio que tem um irmão com ele aí, e que estão morando em Shawano agora, de descendência alemã, irmão Waters. Estamos felizes em tê-los conosco esta noite.

3 Então temos também conosco, esta noite, um—um precioso irmão da fé, da África do Sul, o irmão David duPlessis. Estamos felizes em tê-lo conosco também. E estamos, David e eu,
estamos—estamos esperando, orando, no Senhor, para que nos dê um grande trabalho em conjunto, neste ano que vem, na África e em diversas partes do mundo. O irmão David está aqui agora para discutir o assunto e orar sobre isso, entre hoje e segunda-feira, para decidir exatamente quando e aonde ir, para—para África e diversas partes do mundo. Visto que o irmão David ocupou um cargo muito importante na Convenção Pentecostal Mundial e também é bem conhecido por muitos grandes líderes religiosos em todo o mundo. E tem sido muito influente em convencer e motivar, até onde estamos agora, para ajudar a unir o Corpo de Jesus Cristo, de todas as denominações da fé. Independente de qual igreja (eles) sejam, ou com que marca (eles) estejam marcados. É essa a Igreja pela Qual Cristo morreu.

4 E sempre pensei nisso. Já ajudei a ajuntar o gado muitas vezes no Oeste. Nós íamos, irmão David, e nos sentávamos lá onde faziam passar o gado pela cerca até às montanhas, para alimentá-los no… deixá-los se alimentar nos pastos, os… da floresta. Enquanto os prados cresciam na planície, prados silvestres. Depois cortavam os prados e alimentavam o gado durante o—durante o inverno, quando caía muita nevasca nas montanhas.

5 E ficava sentado ali na sela e observava o guarda florestal fazendo passar aquele gado; e cada fazenda na planície que podia cultivar uma tonelada de feno. Se conseguissem cultivar cinquenta toneladas de feno, significava que podiam colocar cinquenta reses. Se conseguissem cultivar mil toneladas de feno, mil cabeças de gado podiam passar. Cada homem tinha uma marca em suas reses. Eles observavam as marcas, é claro, as diversas fazendas, para não misturá-las. E então quando o…

6 O guarda-florestal não estava tão interessado no tipo de marca que passava, porque havia todos os tipos de marcas. Mas havia uma coisa que ele realmente tinha de verificar que era: a etiqueta do sangue. Tinham de ser hereford registrados ou não podiam passar pela porteira. Eram devolvidos. Estão vendo?

7 E creio que assim será no Juízo. Não será o tipo de marca que usamos, mas se a etiqueta do Sangue está aí. É isso que vai—que vai contar: a etiqueta do Sangue. E estou muito feliz por ter o irmão David conosco.

8 E vejo que o irmão Estle Beeler estava aqui faz um momento. Eu o vi levantar-se lá atrás, de algum lugar. E outros ministros que queremos ouvir hoje à noite. E então, acho que o irmão Ruddell e os demais virão, porque ficarão até meia-noite.

9 No entanto, o irmão David não pode ficar até meia-noite. Ele é um homem muito requisitado, em todo lugar. E assim que o irmão Rodgers soube que ele está aqui, ora, ele vai mandar buscá-lo para recebê-lo lá às dez. Então isso significa que ele vai sair daqui dentro de pouco tempo para chegar lá no sul de Louisville.

10 E achei que seria bom, se parecer bem ao irmão David, se—se ele pudesse subir aqui e falar o que está em seu coração, pregar para nós, fazer o que o Senhor determinar. Todos gostaríamos de ouvir o irmão David duPlessis, da África do Sul.

11 Deixe-me dizer isto. Que, quando estive lá na África, em minha grande campanha que o Senhor nos deu lá, seu irmão foi meu intérprete, o irmão Justus. Creio que o nome dele é irmão Justus. E uma família muito boa de pessoas, são esses irmãos duPlessis. Acho que há… acho que todos são ministros, que eu saiba, e talvez também o pai foi ministro. E eles são de uma ótima família de pessoas. E o irmão David tem um grande nome entre todas as igrejas e denominações por todo o mundo.

12 E, irmão David, gostaria que o irmão subisse agora e falasse para nós, ou o que Deus colocou em seu coração para dizer. Venha cá. E estou muito feliz em apresentá-lo à minha igreja esta noite. Este é o irmão Orman Neville, nosso pastor. E para a igreja, este é um de meus preciosos amigos e—e companheiros guerreiros no serviço de Deus, irmão David duPlessis da África do Sul. Deus o abençoe, irmão David.

13 [O irmão David duPlessis fala. Espaço em branco na fita—Ed.] …conversar. Amém. Todos fizemos. Irmão David, volte logo e esteja conosco novamente. Isso é muito bom. Sem dúvida estamos contentes.

14 O irmão David disse algumas coisas a esse respeito, queria que estivesse com a minha caneta, eu poderia tê-las anotado. Mas sempre me lembrarei de “netos; os netos.”

15 Bem, sem dúvida que apreciamos a visita do nosso irmão. E ele é… foi o… ligado à Conferência Mundial dos Crentes Pentecostais, e é um grande homem na linha do seu trabalho no mundo inteiro. E somos afortunados, hoje à noite, de o irmão David ter vindo falar para nós nesta noite de Ano-Novo. E vocês podem ver o que grandes homens pensam sobre nosso Senhor, pensam sobre Seu grande servo.

16 Agora, creio que amanhã, sendo o Ano-Novo, faltam apenas algumas horas agora. E tenho de partir de manhã cedo, então pensei em falar um pouco, se o irmão Neville concordar. [O irmão Neville diz: “Sim. Amém.”—Ed.] Ao irmão Beeler e aos outros ministros aqui. Não vou demorar muito. E creio que se disséssemos “amém” e voltássemos para casa, seria uma mensagem maravilhosa. E poderíamos estar agradecidos ao Senhor pelo que temos aqui esta noite.

17 E agora, mas sendo esta noite de Ano-Novo, simplesmente nos entretemos, pelo Reino de Deus, pregando, até que chegue o Ano-Novo. E tenho… de me levantar de manhã bem cedo, bem antes de amanhecer. E não sou tão jovem quanto David. Talvez eu… Talvez não me sinta tão jovem quanto ele. Ele é… Claro, David é um pouco—um pouco mais velho do que eu. Creio que é sete ou oito anos mais velho, talvez dez. Mas com certeza é uma bola de fogo para Deus, viajando oitenta mil quilômetros este ano, pelo Reino de Deus. Está indo agora pregar lá no irmão Rodgers, e amanhã estará com alguns, em outro lugar, e em outro
lugar, e em outro lugar, e de novo aqui na segunda-feira. E tenho de me reunir com ele para fazer os preparativos para uma turnê mundial se aproximando.

18 E é para estarmos na África, pelo que entendi esta tarde, em março, em—em março próximo. Devo me reunir com Clayton Sondmore, dos Homens de Negócios Cristãos do Evangelho Completo esta semana ou na semana que vem, no início dela, e fazer os preparativos para a Jamaica, Haiti. Vou para Kentucky na semana que vem, ou para a Geórgia, para fazer as reuniões lá. Volto direto para cá e vou descendo por Kentucky, uma noite aqui e outra ali, visitando essas igrejas. E de lá volto direto para casa e vou para—para—Atlantic City, para começar no dia 27, até 30, e partir de lá na manhã do dia 1.º e começar em—em Kingston, Jamaica, no hi-… hipódromo aquela noite para um encontro de dez dias lá. E a partir dali, então para o Haiti e para onde quer que seja. Não sabemos para onde ir dali, só seguir conforme o Senhor nos dirigir.

19 Agora, tudo isso está em preparação. Estão vendo? Eu ainda não disse que sim. David está aqui, Clayt está vindo. Gordon, o irmão Gordon Lindsay está vindo, a favor da América do Sul. E—e o restante, os Homens de Negócios Cristãos, a favor da América de língua latina. E o irmão David é a favor de ir para a Suíça, Alemanha, e assim por diante. Mas ainda não sabemos. Continuem orando. Não quero ir a lugar algum até que Deus diga para ir, e da melhor forma que conheço. Portanto, se me sinto dirigido a ir, então quando desço do avião, eu… E não importa qual seja a oposição, posso dizer: “Venho em Nome do Senhor Jesus.”

20 Fiquei agradecido por David, pela amizade que temos tido, porque o homem é muito importante, mas ele—ele—ele sem dúvida crê neste ministério do Senhor. Certamente crê. E—e nossos nomes estão ligados em todo o mundo agora, o irmão David e eu.

21 E estou tão contente por estar ligado a um homem assim. Mas, amigos, eu dou valor a isso. Mas a maior coisa a que posso pensar em estar ligado é Jesus Cristo, o Filho de Deus, esse grande Ser.

22 Agora, o irmão Neville e alguns deles vão falar daqui a pouco, mas quero ler só uma coisinha na Escritura agora.

23 E é bom, penso eu, na noite de Ano-Novo, ver diversos pregadores, e a maneira como eles abordam um tema, e o que dizem, e assim por diante. E cada homem tendo seu próprio modo de pregar. Vocês sabem, Deus não nos fez todos iguais. Ele nos fez diferentes. Ele nos fez diferentes em estatura. Ele fez o mundo diferente, e grandes montanhas, as pequenas montanhas, campinas, desertos, grandes flores brancas, flores azuis e todas as diversas espécies. Ele simplesmente nos faz diferentes. Isso é tudo. Ele faz os de cabelo ruivo, e preto, castanho, branco; o gordo, o magro, o alto, oh, tudo o mais. Estão vendo? Ele simplesmente—Ele simplesmente nos faz diferentes. Deus é um Deus de variedade. E eu até que gosto disso. Não gostam? [A congregação diz: “Amém.”—Ed.] E se fosse a mesma coisa o tempo todo? Ora! Ora! Eu gosto disso.

24 Então, vamos abrir agora nossas Escrituras no livro de São Mateus, Evangelho de São Mateus, começando com o… E o versículo 4, quero ler para um… ler um texto para nós, o Senhor nos ajudando. São Mateus, capítulo 4.

Creio que antes de lermos, vamos orar.

25 Bondoso Pai Celestial, é novamente de coração agradecido que nos aproximamos deste novo ano. E nos aproximamos de Ti e trazemos a Ti todos os nossos cuidados do passado, e pedimos que Tu os coloques no mar do esquecimento, e não Te lembres mais de nossos pecados contra nós. E que não apenas façamos um exame minucioso do nosso ser espiritual, como também em nossa… examinemos nossa comunhão Contigo. E perdoa-nos de todos os nossos pecados. E pedimos que o Teu Espírito trate conosco esta noite. E se houver alguma coisa impura em nós, Senhor, afasta-a para tão longe quanto o oriente está do ocidente. Lança-a no mar do esquecimento, para não mais Te lembrares dela contra nós, para que entremos neste novo ano limpos, lavados pelo Sangue do Cordeiro, e estar preparados.

26 Que este ano de 1960 seja o melhor ano em que já Te servimos. Dá-nos muito mais abundantemente. Todas estas reuniões que estão sendo planejadas, Senhor, em que estamos pensando, com o irmão duPlessis, e em todo o mundo, na Ásia, e na Europa, e por toda—toda parte. Senhor, que seja a Tua vontade e o Teu poder que nos guiem a essas coisas. E se a qualquer momento dermos um passo fora do Teu caminho divinamente ordenado, que o Espírito Santo bloqueie o caminho e nos detenha, Senhor, e nos faça retornar ao lugar certo. Concede.

27 Abençoa esta pequena igreja, Senhor. Quase, bem perto de trinta anos, suponho, ela tem permanecido aqui agora como um memorial da graça de Deus para um povo humilde. Rogamos, Pai, que Tu abençoes o irmão Neville, o pastor. Abençoa toda a igreja. Abençoa os administradores, os diáconos, o dirigente de cânticos, a pianista e todos os leigos, cada um, os professores da Escola Dominical, e os demais. Senhor, que cresçamos este ano na graça de Deus. E que nosso corpo de membros cresça em quantidade, e—e em mais da Tua graça do que tem sido nos anos passados. Concede, Pai.

28 Agora, ajuda-nos enquanto abordamos este texto que estamos prestes a ler, a Tua Palavra. E só Tu, Senhor, podes interpretar, e rogamos que nos concedas isso, pela causa do Reino de Deus. Em Nome de Jesus Cristo. Amém.

29 Estou anunciando agora o que escolhi como tema por alguns instantes. Encontra-se na Escritura aqui, e vou ler. Chama-se, quero chamá-lo assim: “E Desde Então.”

30 Achei, eu disse a outra noite, achei que não conseguiria vir, porque minha garganta estava ficando irritada. E minha esposa me disse ontem, ou anteontem, disse: “Então acho que você não vai à igreja.”

31 E eu disse: “Querida, acho que não. Minha garganta está tão dolorida e irritada.”

32 E então, ainda naquela noite, quando me sentei e peguei a Escritura, eu me deparei com Isto.

33 O irmão Sothmann passou por lá. Ele disse: “O senhor vai à igreja amanhã à noite?”

Eu disse: “Sim. Estarei lá.”

34 E Meda olhou para mim e disse: “Não entendo você.”

Eu disse: “Não espero que entenda, veja,” eu disse, “ou nenhuma outra pessoa.”

35 Ninguém que é guiado pelo Espírito de Deus pode ser entendido.

36 Nosso Senhor, eles não podiam entendê-Lo. Parecia que Ele falava de uma maneira num momento e de outra maneira noutro momento. E em outro lugar, Ele falava de outra coisa. Às vezes era Jesus falando, outras vezes era Deus falando. Estão vendo? Até os discípulos disseram lá, finalmente, disseram: “Eis que agora falas claramente. Agora entendemos.” Estão vendo?

37 E Jesus disse: “Enten-… E credes agora?” Vejam, depois disso.

38 Não se pode entendê-lo, porque você é guiado pelo Espírito. E se começa a fazer algo, você descobre que, veja, você é… Deus quer usá-lo em algum lugar. Você tem de parar aqui e vir aqui, simplesmente guiado pelo Espírito. São pessoas estranhas e peculiares que têm uma vida que desejam consagrar a Deus.

39 E então sempre digo isto: “Farei isso, querendo o Senhor.” Estão vendo? Se faço uma promessa a alguém: “Eu o farei, querendo o Senhor.” Estão vendo? E, portanto, se não for a vontade do Senhor, estarei… falarei sobre esta Mensagem, querendo o Senhor. Ele poderia me chamar agora mesmo nesta Mensagem para viajar para a Califórnia. Eu deixaria tudo de lado e viajaria para a Califórnia o mais rápido que pudesse.

40 E quero viver assim. Não quero nada me amarrando. Não quero nem uma ou nem outra coisa grande, que custe milhões de dólares, e que se tenha de conseguir tanto dinheiro todo dia, para me amarrar. Quero estar numa posição que, quando Deus disser: “Quero que venhas aqui a estas pessoas. Só tem cinco delas. Mas vai lá e fica lá até que Eu te diga para ir embora.” Quero ir para lá. Não tenho nenhum compromisso, apenas… e se Ele quiser que eu vá para o exterior.

41 Agora, aqui está, acabei de mencionar sobre ir para a Alemanha ou para—para a África. E uma milionária, exatamente no momento em que o Espírito me dirigiu a ir para a África, disse: “Patrocinarei a viagem e pagarei toda a despesa.” Estão vendo? Simplesmente isso. Por que eu deveria me preocupar com dinheiro e coisas tais, quando meu Pai é dono de tudo? Estão vendo? Ele simplesmente pode falar com este homem rico, ou com aquele homem rico, ou com este povo, ou com aquele povo, e não há necessidade de me preocupar com isso. Estão vendo? Deus cuida de tudo.

42 Irmão Roy, é assim que se deve viver. Simplesmente deixar que Ele cuide disso. É tão bom.

43 Agora, vamos abrir nossas Escrituras no capítulo 4. E vamos começar a—a ler por volta do versículo 12 do capítulo 4 do Evangelho segundo São Mateus.

Estando Jesus, porém… E Jesus, porém, ouvindo que João estava preso, voltou para a Galileia;

…deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zebulom em Naftali;

Para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías, que diz:

A terra de Zebulom, e a terra de Naftali, junto ao caminho do mar, além do Jordão, a Galileia das nações;

O povo, que estava assentado em trevas, viu uma grande luz; e aos que estavam assentados nas regiões e sombra da morte, a luz raiou.

Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

44 Quero falar sobre o tema: E Desde Então. Sabem, como seres humanos, todos nos lembramos de coisas de determinado tempo. Tal e tal coisa aconteceu, e desde então. E agora, muitas vezes, você se encontra com um ancião ou uma anciã, e gosta de se referir a uma época em que algo aconteceu, que pode distinguir claramente e dizer: “Foi naquela época.”

45 Agora, suponho que praticamente todos nós aqui, esta noite, poderíamos trazer à memória, nos lembrar de certas coisas que aconteceram em determinada época. Desde então, alguma coisa mudou. Tal e tal coisa aconteceu naquela época. E desde então ficou diferente. E é bom que possamos. E algumas dessas lembranças, coisas que são dignas das quais nos lembrarmos, que mudaram. E há coisas que não são tão dignas de se lembrar.

46 Por exemplo, se a mulher de má fama, que disse: “Houve uma época em que eu era uma boa moça, justa e de moral. E certa noite, ou em certo lugar, certa coisa aconteceu.” E desde então ela está no caminho errado. Sua vida ficou marcada pelo pecado, trevas e escuridão, e só o juízo a espera. Mas ela pode se lembrar que desde certa época isso aconteceu, quando ela pegou o caminho errado.

47 O—o bêbado, hoje à noite, nas ruas, tentando afugentar suas tristezas com bebida. Você poderia erguê-lo. Como eu estive no Bowery aqui, faz algum tempo, em Nova York, a grande concentração de gente bêbada. Eu estava andando com certo ministro. E havia um homem deitado, oh, grande quantidade de homens inofensivos, desamparados, deitados lá com a parte da frente da roupa toda molhada e—e todos barbudos, e numa condição terrível. E eram totalmente inofensivos.

48 E esse ministro disse: “Levante esse e pergunte-lhe.”

49 E fui até aquele homem que estava estendido com um pé no para-choque de um carro, e a cabeça na rua, e onde não teve condições de—de—de ir, de tempos em tempos ao banheiro. Oh, ele estava numa condição terrível! E eu o segurei e disse: “Consegue falar?” E ele não me respondia.

50 Então o ministro se abaixou. Ele sabia mais como lidar com ele. E lhe perguntou: “Quem é você?”

51 E finalmente o despertou o suficiente, até que ele disse: “Se me pagar uma bebida!” E descobri que ele podia apontar o dedo para o banco do qual tinha sido presidente.

52 “Bem”, ele disse, “somos pregadores. Poderia dizer-me o que aconteceu?”

“Se me prometer uma bebida!”

53 Bem, não poderíamos fazer isso. Eu disse: “Não poderia acrescentar tristeza às suas tristezas. Quero ajudá-lo.”

54 Toda a sua história: Ele voltou para casa certa noite, e havia uma carta, que ele chamou de “abandono”, em cima da—da mesa. Então, sua esposa o havia deixado. E havia… Ele a amava. E ela havia levado seus filhos. E ele ficou divorciado, e ela havia fugido com outro homem. E ele disse: “Não sabia o que fazer, estourar os miolos ou o que fazer. Então eu—eu fui para o bar.” E desde então, lá estava ele. É assim no mundo inteiro.

55 O mentiroso. Você pode pegar um, como eu disse a um homem, certo dia, que achei estar contando piadas. E descobri que ele havia contado tantas mentiras que realmente acreditava nelas, ele próprio. E eu disse: “O que faz você fazer isso?” E sentei-me para conversar com ele. Eu disse: “Quero lhe perguntar uma coisa. Essas histórias são muito absurdas para as pessoas acreditarem.”

56 Ele disse: “A primeira que me lembro de ter contado,” ele disse, “eu fui um garotinho criado em um bom lar.” E disse: “Saí e fumei cigarros de cabelo de milho, só para ser o espertalhão. E comi grãos de café para tirar o hálito.” E ele disse: “Fiz isso atrás da velha chaminé, atrás da casa.” E ele disse: “Nunca vou esquecer, quando minha mãe me pegou e me disse: ‘Meu filho, deixe-me sentir seu hálito.’ E soprei meu hálito no rosto dela, e ela disse: ‘Você comeu grãos de café para tirar alguma coisa do seu hálito. O que andou fazendo? Andou fumando cigarro?’”

57 E ele disse: “Algo me disse para lhe contar a verdade.” Ele disse: “Mas eu disse: ‘Não, mamãe. Eu juro. Não fumei cigarro.’” Ele disse: “E desde então, isso começou.”

58 Todos podemos encontrar algo que—que começou em um determinado momento. E a partir dali, as coisas mudaram. E há outras coisas dignas sobre as quais poderíamos refletir. Homens com boas intenções têm tentado começar coisas de maneira diferente, fazer coisas em determinado momento.

59 Por exemplo, quando a eletricidade foi descoberta por Benjamin Franklin, e conseguiram dominá-la. Começaram a dizer: “A partir de agora, nunca mais haverá guerras. Porque, isso, essa eletricidade poderia ser colocada em cercas, com uma voltagem tão alta, que ninguém poderia cruzá-la.” Eles tinham boas intenções.

60 E logo após a Primeira Guerra Mundial, quando—quando Kaiser Wilhelm assinou o tratado de paz, disseram-nos aqui nos Estados Unidos. Eu era menino de uns nove anos. Mas lembro-me das pessoas dizerem: “Nunca mais teremos guerra. De agora em diante está resolvido para sempre.” Contudo, tivemos outra guerra.

61 E quando a grande ONU, ou, eu diria, antes disso, formaram o que chamou-se Liga da Nação. E disseram: “Agora não teremos mais guerras, porque temos uma Liga das Nações que patrulhará o mundo. E se houver uma revolta em algum lugar, esses homens de todas as nações irão lá e policiarão o mundo.” Porém, foi um fracasso. Eles continuaram tendo guerras. E a ONU se tornará a mesma coisa.

62 Fomos informados agora por uma predição que amanhã à noite, ou domingo à noite… O mesmo homem que predisse Pearl Harbor, o exato momento em que os—os aviões bombardeariam, disse que “domingo à meia-noite, que setenta e cinco por cento do povo americano se tornará cinza, que a Rússia bombardeará os Estados Unidos, domingo que vem à meia-noite.” O mesmo homem que predisse Pearl Harbor. Não estão divulgando isso porque as pessoas entrariam em pânico. Não creio nisso. Estão vendo? Não. Porque não aguenta uma guerra atômica. Se um dos deles passar a barreira do som, nesta direção, nós os lançaremos naquela direção, e o mundo seria destruído. Algo ainda tem de acontecer antes de Jesus vir. Isso mesmo.

63 Por exemplo, o jovem casal. Houve certa ocasião em que se casaram. E eles—eles uniram seus votos. E prometeram um ao outro sua lealdade. E disseram: “Amaremos, honraremos e cuidaremos um do outro, enquanto vivermos.” Contudo, chegou o momento em que algo aconteceu.

64 Todas essas coisas, há—há um momento em que algo acontece. E talvez todos os seus votos, e todas as ligas das nações, e assim por diante, talvez tenham tido boa intenção, no entanto, tudo isso chega ao fim. Tudo se desmorona sob os—os—os pés do homem. Com todas as boas intenções que possamos ter, mas tudo tem de chegar ao fim.

65 Mas há um momento em que o homem pode se deparar com algo que é eterno; é quando o homem, o momento em que o homem se encontra com Deus. É quando algo acontece que é eterno.

66 Nós cometemos nossos erros. E fazemos nossos votos na noite de Ano-Novo apenas para quebrá-los no dia seguinte. Viramos novas páginas e fazemos votos. E vamos aos sacerdotes e… nós não, mas os católicos vão. E fazem confissões e assinam compromissos, e nós vamos ao altar e viramos novas páginas, mas tudo em vão. Pois da próxima vez que alguém cruzar nosso caminho ou algo assim, aquele velho gênio vai se descontrolar de novo. Toda vez que nos encrencarmos ou algo assim, isso voltará a acontecer.

67 Mas há um ponto a que alguém pode chegar, a um tempo, que o mudará para sempre, pela Eternidade. “O que vier a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora,” disse Jesus. Alguém pode ir a Deus, e todo seu destino eterno é mudado. E alguém pode se encontrar com Deus e nunca mais poderá ser o mesmo. Você não pode se encontrar com Deus e permanecer a mesma pessoa que era. Se você se afastar Dele, será pior do que algum dia foi. Se O recebe, você tem a Vida Eterna, e Ele o ressuscitará no último dia, pela Sua promessa.

68 Houve um tempo em que houve um homem chamado Abraão, que saiu dos caldeus e morou na cidade de Ur. E ele era um homem comum, um bom homem. Talvez, pode ser que ele tenha tido… Seu pai talvez adorasse ídolos, porque vieram da Babilônia. E ele era um homem comum, e estava ficando velho. Ele tinha setenta e cinco anos e sua esposa sessenta e cinco.

69 E Abraão, certo dia, quando estava no campo, talvez, caçando ou fosse o que estivesse fazendo, colhendo frutas ou qualquer que fosse seu trabalho, ele se encontrou com Deus. E
desde então, ele mudou. Ele podia chamar coisas que não eram como se fossem, porque havia se encontrado com Deus. Ele sabia o minuto e a hora em que se encontrou com Deus. Isso o mudou. E Deus o chamou para ser o pai de muitas nações. E creu em Deus e creu em Sua promessa, porque havia se encontrado com Deus. Vinte e cinco anos depois eles estavam discutindo, tentando aborrecê-lo, dizendo-lhe que ele havia crido em algo errado. Mas a Bíblia disse que “ele ficou cada vez mais fortificado, dando louvor a Deus.” Porque sabia que Deus tinha de cumprir a promessa.

70 Isso é quando um homem se encontra com Deus. Muda sua constituição. Dá-lhe um super sentido. Como estava falando a outra noite, o homem natural só tem os cinco sentidos. Mas o crente, quando se encontra com Deus recebe algo diferente. É um super sentido que o levanta acima das sombras. Isso o faz crer em coisas impossíveis de acontecer. Ele ainda crê que elas acontecerão, porque Deus disse que sim. Quando um homem se encontra com Deus, algo acontece.

71 Houve um tempo em que um homem havia sido treinado em toda a sabedoria, toda a teologia da Palavra de Deus. Ele A conhecia de cor. Era instruído. Tinha todos os diplomas. Era tão inteligente que podia ensinar os eruditos egípcios e seus mestres. Ele conhecia tudo, de cor. Mas, com isto, um covarde que estava fugindo, foi para as partes remotas do deserto e estava pastoreando ovelhas para um desconhecido. Mas chegou o momento em que Deus Se encontrou com ele lá na sarça ardente. E desde então, Moisés mudou, porque se encontrou com Deus em uma sarça ardente. E face a face com Deus ele já não pôde ser o mesmo.

72 Quando um homem ou uma mulher… não importa quantos votos você faça ou quantas novas páginas vire. Enquanto não se encontrar com Deus, você não pode mudar. Mas quando uma só vez se encontrar com Deus, então você muda para sempre.

73 Não mudou só Moisés. Mudou Israel. Mudou o Egito. Mudou o mundo daquela época, porque um homem se encontrou com Deus e confiou em Sua Palavra.

74 O que precisamos hoje é de alguém que se encontre com Deus face a face e fale com Ele sobre a situação. Quando os homens se encontram com Deus, as coisas mudam. Certamente. Essa é a única maneira de termos as coisas.

75 E desde então Moisés, o covarde, Moisés, o que fugia, mudara. E desde então ele se tornou o servo do Senhor. Sempre funciona dessa maneira. Quando um homem se encontra com Deus, as coisas mudam.

76 Houve uma jovenzinha uma vez, não tinha mais de dezoito anos, ou talvez, nem essa idade, que estava a caminho de um poço, certa manhã, para pegar um balde de água, em Nazaré. Ela era uma jovenzinha amável. Ela cria. Tinha fé. Mas, naquela manhã, encontrou-se com Deus. E Deus lhe disse algo, e ela creu. E isso mudou todo o curso da vida dessa mulher e a tornou imortal. Seu nome era Maria, a mãe de nosso Senhor Jesus. A
donzela era uma jovem comum, mas se encontrou com Deus. E desde então algo aconteceu. Certamente.

77 Houve um homem chamado Pedro, um velho pescador tosco, provavelmente tão rústico quanto possível. E ele provavelmente era um grande valentão impulsivo. Porque aqui, faz algum tempo, eu assisti o filme “O Grande Pescador.” Achei que foi uma descrição muito boa de Pedro, porque ele era um sujeitão rústico. Ele não se importava com nada. Não acreditava em quase nada. Mas certo dia ele se encontrou com Deus. E desde então, ele mudou. Desde então, tornou-se apóstolo do Senhor Jesus Cristo.

78 Como o irmão David duPlessis estava nos falando há pouco sobre Saulo de Tarso, um assassino que segurou a túnica dos assassinos, que… e testemunhou, e deu testemunho da morte de Estêvão, o mártir. Ele tinha cartas nos bolsos para ir aos—aos principais conselheiros das igrejas e prender as pessoas que estavam fazendo barulho demais, gritando e louvando a Deus. Ele era um grande homem aos olhos dos fariseus. Ele era fariseu de fariseus. Mas certo dia ele estava a caminho de Damasco e se encontrou com Deus. Uma Luz brilhou ao seu redor. E desde então ele não foi mais Saulo de Tarso, mas Paulo, o humilde, o manso, porque se encontrou com Deus, e Isso o mudou.

79 Houve um leproso deitado junto ao portão. Todos os remédios da medicina não puderam curá-lo. Suas chagas podres haviam se tornado tão grandes que suas mãos já não tinham como se recuperar. E seus pés, ele mal conseguia arrastá-los. Seu caso era sem solução. Mas certo dia ele se encontrou com Deus saindo pelo portão. E ele se prostrou e adorou, e disse: “Se quiseres, podes tornar-me limpo.”

80 E Ele disse: “Quero; sê limpo.” E desde então, ele não teve mais lepra, porque se encontrou com Deus.

81 Houve um homem cego sentado à beira da estrada. E não podia distinguir entre a luz do dia e a escuridão. Não havia ada que pudesse ajudá-lo. Um dia Alguém saiu caminhando da cidade de Jericó, e foi quando ele se encontrou com Deus; e desde então, ele pôde ver. Sua visão lhe foi restaurada. A visão da luz tinha penetrado em seus olhos, e ele pôde ver novamente. Porque, desde então, quando se encontrou com Jesus, ele foi um homem diferente. Ele recuperou a visão. Quando uma pessoa se encontra com Deus, algo nitidamente acontece.

82 Houve um jovem, certa vez; sem dúvida um bom cidadão do país, mas tinha crises. E ficava tão mal que a prisão não conseguia detê-lo. E prendiam-no com grilhões. E ele tinha uma legião de demônios em si, a ponto de conseguir quebrar os grilhões e se libertar. E os demônios o impeliam para um cemitério, onde ficava. E pegava as lápides, e ficava tão desumano que cortava a si mesmo. Oh, era um sujeito terrível. Quando passavam as crises, sem dúvida que ele pensava: “O que estou fazendo aqui?” E naquele momento os demônios vinham a ele novamente e o cortavam e dilaceravam. Mas um dia ele se encontrou com Jesus. E desde então o maníaco de Gadara ficou com seu juízo perfeito, vestido, sentado aos pés Dele. Ele pôde voltar para casa como um cavalheiro. Pôde retornar à civilização. Pôde voltar aos seus entes queridos e dizer: “Desde então eu fiquei transformado.” Sim.

83 Foi um dia lá no Calvário quando Deus e a morte se encontraram face a face, quando a Vida e a morte estiveram juntas. Mas foi quando a Vida, Cristo, tirou o aguilhão da morte. E desde então a morte não tem mais aguilhão. Estou tão feliz por isso. Deus! A morte e Deus se encontraram. A morte já não é a mesma. Não tem aguilhão agora. O crente cristão pode encará-la e dizer: “Ó morte, onde está o teu aguilhão? Inferno, onde está a tua vitória?” Por quê? Ambos se encontraram com Deus. Desde então, já não são os mesmos.

84 Ninguém pode ser o mesmo, nada pode ser o mesmo, quando se encontra com Deus. Você nunca mais será o mesmo.

85 Lembro-me de quando estava aqui no leito do hospital. Os médicos me deram três minutos de vida. Meu coração batendo dezessete vezes por minuto. Eu me encontrei com Deus. Desde então já não sou o mesmo. Algo aconteceu comigo. Ninguém poderia me dizer o contrário. Bill Branham morreu. Eu me encontrei com Deus e Algo entrou em mim. Nunca mais fui o mesmo desde aquele minuto em que me encontrei com Ele. Ele me mudou. Ele me tornou algo diferente. Não que eu tenha feito um voto de Ano-Novo, mas me encontrei com Deus.

86 Homens e mulheres, quando vocês se encontram com Deus, vocês são mudados. Fazemos nossos votos de Ano-Novo esta noite; voltamos amanhã de manhã a quebrá-los; no dia seguinte, a quebrá-los. Mas o que precisamos fazer não é um voto de Ano Novo, mas precisamos ficar face a face com Deus e ter a Vida Eterna, nascer do Espírito Dele.

87 Houve um ancião certa vez, e ele não conseguia se decidir. O diabo continuava impedindo-o de tomá-la. Certo dia, no campo, ele se ajoelhou para orar. Enquanto orava, fincou uma estaca. Disse: “Que isso seja um memorial. Satanás, se você vier a mim de novo, vou lhe mostrar esta estaca. E vou lhe dizer que bem aqui eu me encontrei com Deus, e a partir disso ficou resolvido.” É disso que precisamos, talvez não de uma estaca num campo, mas em algum lugar, algum aposento secreto, algum lugar. Não um…

88 Oh, esta noite, haverá centenas de votos sendo feitos, milhares deles. E no ano que vem teremos de fazer todos eles novamente. Diremos: “Vamos parar de mentir. Vamos parar de
fazer isto. E vamos deixar de lado nosso gênio. Vamos fazer mais por Deus. Vamos fazer isto, aquilo ou aquilo mais,” apenas para descobrir que é em vão.

89 Mas o que o homem precisa fazer esta noite é se encontrar face a face com Deus. E desde então, será uma criatura mudada. Aleluia! Oh, gostaria de poder dizer isso da maneira que creio. Mas quando um homem se encontra com Deus, ele é mudado daquele momento em diante pelo resto de seus dias. Ele nunca mais será o mesmo, porque tem a Vida Eterna. É uma nova criatura. As coisas velhas passaram e tudo se fez novo para ele. Ele tem aparência de novo.

90 O enfermo pode apresentar-se diante de Deus, quando os médicos disseram que “vai morrer.” Mas ele pode apresentar-se diante de Deus e pleitear seu caso. E sairá uma pessoa diferente, e a partir desse momento.

91 Oh, lembro-me do congressista Upshaw, sentado em uma cadeira de rodas por sessenta e seis anos. Aquela noite lá na Califórnia, quando o Espírito Santo desceu e começou a falar, ele se encontrou com Deus. E desde então, ele pôde andar sem as muletas.

92 Tenho visto ocasiões em que pessoas devoradas pelo câncer, não passavam de uma sombra. E os médicos passavam e diziam: “Está nas últimas.” Seus entes queridos se reuniam para lhes dizer as últimas palavras de alento que podiam. Mas elas se encontraram com Deus, e desde então mudaram. Elas vivem diferente.

93 Posso ver a mulher indecente lá na rua. Posso ver o bêbado lá no beco. Posso ver o hipócrita lá na igreja. Todos esses diversos tipos de pessoas a cada Ano-Novo, virando uma nova página e tentando fazer algo diferente, tentando fazer restituições, e assim por diante. Deixem que se encontrem com Deus uma vez, e desde então.

94 Jesus pregou àqueles desde então, que estavam nas regiões da sombra da morte.

95 E digo esta noite que se alguém deseja ter uma verdadeira mudança, que fique face a face com Deus e se encontre com Ele uma vez, então poderá dizer: “Desde então, desde esse momento tornei-me um homem mudado. Sei por experiência.”

96 Daqui a pouco, a igreja estará se reunindo aqui ao redor do altar. Vocês estarão consagrando suas vidas de novo. Estarão abandonando coisas e deixando coisas no altar. Irmão, deixe-me dar-lhe um conselho. Se você nunca se encontrou com Deus face a face, deixe-me dizer-lhe uma coisa. Fique nesse altar. Fique ali até se encontrar com Deus, então você poderá apontar o dedo para essa noite de Ano-Novo. Não, e dizer: “Virei uma nova página. Fiz um novo voto.” Mas: “Desde então, encontrei-me com Deus. E a vida mudou, e as coisas ficaram diferentes. E tudo se tornou novo para mim, novamente, a partir daquele momento,” o momento quando se encontra com Deus.

97 Não é se deparar com um Ano-Novo. Vamos estar diante dele dentro de alguns minutos, daqui a pouco, umas duas horas e meia, suponho, talvez menos que isso, estaremos nos encontrando com um Novo Ano face a face. Iremos nos encontrar com ele com votos. Iremos nos encontrar com ele com promessas. Iremos nos encontrar com ele com boa intenção. Iremos nos encontrar com ele dizendo: “Vamos tentar virar uma nova página. Vamos tentar fazer diferente.” Tudo isso é bom. Dou valor a isso.

98 Mas irmão, nunca será eterno até que você se encontre com Deus primeiro. Quando você se encontrar com Deus primeiro, e a partir de então, tudo será diferente. Vamos orar enquanto inclinamos a cabeça.

99 Senhor Jesus, Filho de Deus, lembro-me do momento quando me encontrei Contigo, Senhor. Lembro-me, um infeliz miserável, vivendo uma boa vida moral, não andando por aí, bebendo, ou jogando, ou fumando, ou assim por diante. Mas eu soube, Senhor, quando a morte veio entrando naquele quarto de hospital, faz uns vinte anos, que havia algo faltando em minha vida. Ali me encontrei com Deus, e desde então. Desde então, Senhor, tenho tentado Te servir. Minha vida mudou e tudo parece diferente. Estou tão feliz por ter me encontrado Contigo, Senhor. E esta noite, encarando o Ano-Novo, fico feliz em dizer que posso encará-lo com o Espírito do Deus vivo no coração.

100 Dá-nos experiências, Senhor. Dá-nos da Tua bondade e misericórdia. Perdoa-nos os nossos pecados. E permite-nos viver este ano que vem, ó Senhor Deus, com a experiência de termos nos encontrado Contigo e que nossa vida foi mudada. Concede, Senhor. Perdoa as nossas imperfeições. Coloca em nós o Teu Espírito Santo. Conduze-nos e guia-nos.

101 Deus Pai, aqui está 1960, diante de mim. E há oportunidades para um encontro de âmbito mundial, onde parece que até mesmo dezenas de milhares vezes milhares, e milhares e milhares de pagãos nativos, de pagãos, e assim por diante, podem vir a Ti. Ó Senhor Deus, com o Teu Espírito no coração, estou diante do Teu altar, esta noite, e diante de Ti, e digo: “Ajuda-me, ó Deus. Meu coração está ardendo de zelo. Eu Te amo, Senhor. Entrego-me a Ti, em serviço. Guia-me para onde quiseres me guiar. Envia-me para onde quiseres me enviar, Senhor. Apenas fala, e eu irei.”

102 Abençoa minha igreja. Abençoa o irmão Neville. Abençoa todas as pessoas aqui, os desconhecidos em nossas portas. E estes pastores que estarão falando, de vez em vez, durante a noite, eu rogo, Deus, que Tu abençoes o ministério deles. Abençoa o irmão Neville. Abençoa o irmão Junie Jackson. O irmão Beeler, todos estes outros ministros, abençoa-os, Pai. Dá-nos um grande ano em 1960.

103 Nós, Senhor, que sabemos que nos encontramos Contigo face a face, e sabemos o que significa nascer de novo do Teu Espírito, dá-nos da Tua eterna graça, para servir-Te. Em Nome de Jesus nós rogamos. Amém.

104 Vocês O amam? [A congregação diz: “Amém.”—Ed.] 1960, não deixem que seja: “Virei uma nova página.” Não deixem que seja: “Tentarei começar uma vida nova.” Mas que seja assim: “Encontrei-me com Deus e, desde então, desse momento em diante, tive paz que excede o entendimento. Tive gozo inefável e glorioso. Tive uma satisfação. Mesmo que a morte venha a mim, estarei nos braços de Deus, um minuto depois do meu último suspiro. Não importa o que venha a acontecer!”

105 Que a expludam domingo à noite, se quiserem. Se quiserem, a bomba não chegará a explodir até que estejamos na Glória com Ele. Amém. Não há nada que possa nos causar dano. Aleluia!

106 Estou tão feliz por haver me encontrado com Deus. Estou tão feliz que posso dizer: “Desde então.” Marquei esse lugar! “Quando me encontrei com Deus, algo aconteceu comigo. Fui mudado, a partir daquele momento. Estou mudado desde então.” Estou tão feliz por estar neste caminho, hoje à noite, como testemunho da Glória e do Poder de Deus. Uma coisinha de nada aqui, e Deus desceu ali e me deu Sua graça, e me salvou, e me curou, e me encheu do Seu Espírito. E me deixou pregar Seu Evangelho, que é a maior honra que existe no mundo. Desde então, até este momento, nunca me arrependi. Mas sou agradecido, todos esses dias, e serei por toda a Eternidade, por ter me encontrado com Deus. Deus os abençoe. Muito bem, irmão Neville.


E DESDE ENTÃO POR59-1231
(And From That Time)

Esta Mensagem foi originalmente pregada em inglês pelo irmão William Marrion Branham, na véspera de Ano-Novo em 31 de dezembro de 1959, quinta-feira à noite, no Tabernáculo Branham, Jeffersonville, Indiana, E.U.A., cuja transcrição foi feita de gravação em fita magnética e impressa na íntegra em inglês. Esta tradução ao português foi impressa e distribuída por Gravações “A Voz de Deus.”

PORTUGUESE
©2020 VGR, ALL RIGHTS RESERVED
GRAVAÇÕES “A VOZ DE DEUS”
P.O. BOX 950, JEFFERSONVILLE, INDIANA 47131 E.U.A.
www.branham.org