INFLUÊNCIA
30 de novembro de 1963
Shreveport – Louisiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 E eu estou feliz por estar aqui esta manhã, por esta boa reunião de – de pessoas, especialmente pelos jovens, como eu entendo que este trabalho é dedicado aos jovens de Shreveport. E é uma boa oportunidade em minha vida, e uma ênfase ou eu chamaria isto de uma advertência para endereçar os rapazes e moças que – que estarão aqui amanhã, se houver um amanhã. Então nós estamos felizes por isto.
2 Quantas denominações diferentes estão representadas aqui esta manha, neste pequeno grupo de pessoas? Eu diria: Metodistas, levantem suas mãos. Eu apenas o ouvi dizer isto na nominação. Correto. Batistas, levantem suas mãos. Ótimas. Presbiterianos? Olhe só. Luteranos? Pentecostais? E – e, oh, Nazarenos? Peregrinos da Santidade? Alguma outra denominação que eu não tenha mencionado, levante sua mão. Gostaria de saber se há católicos aqui, vamos vê-los levantarem suas mãos? Sim, eu vejo.
3 Por acaso haveria um judeu Ortodoxo, vejamos sua mão? Correto, Senhor. Às vezes, eu creio, aqui há não muito tempo atrás, a última reunião aqui, nos tivemos um dos rabis na reunião, da Ortodoxa judaica, a qual é realmente a mãe de tudo isto. Vejam, ela gerou a filha, a igreja ortodoxa gerou a igreja cristã. Do judaísmo veio o cristianismo.
4 E assim nós estamos muito felizes por ver vocês representados aqui esta manhã, de sua igreja e seu lugar. E eu – eu certamente acredito que – que – que Deus, se Ele viesse hoje, Ele – ele não faria essa pergunta. Se nós todos estivéssemos indo, Ele tomaria apenas aqueles que estivessem prontos para ir.
5 Anos atrás, eu costumava a acampar. E eu estava ali fora a poucos meses atrás outra vez estávamos no portão, com alguns dos irmãos que eu vejo assentados aqui esta manhã. O irmão Welch Evans, irmão Banks Wood de minha igreja em Jeffersonville, e passamos através daquele desfiladeiro a respeito do qual eu tenho falado muito. Eu me colocava ali muitas manhãs, quando eles tocavam o gado para a floresta, a floresta Arapacho. A Associação River Hereford pastoreia a floresta naquele lado do Rio Troblesome, o qual é chamado o Garfo Leste. E então existe um Garfo Oeste Trobesome, e a parte superior do Rio Troblesome é pastoreada daquele lado.
6 E agora se seu rancho pode produzir, eu creio, dois fardos de feno agora, ao ano, você pode colocar uma vaca por cada dois fardos de feno. E, naturalmente, a Chaber of Commerce tem sua marca, e quantas cabeças de gado sua – sua marca cuida, ou seu rancho.
7 E o guarda-florestal tem que permanecer lá, para contar esse gado enquanto ele entra e então ele tem que conferi-los, qual a raça que entra. E nada pode entrar ali a não ser um puro sangue genuíno Hereford, pois é a Associação Hereford. Nada exceto um Hereford, porque os – os touros e muitos touros para muitas vacas, e etc. Tem que ser daquela maneira, pois assim preserva a estirpe do gado correto. E isto tem que ser um Hereford registrado, para entrar ali.
8 E, você sabe, eu – eu olhei o guarda-florestal, como ele contava o gado quando ele ia entrando, examinando. Eles jamais alguma vez, como eu sempre o tinha visto olhou uma marca ou examinou uma marca. Haviam muitas marcas indo, tal como dos Grimes ali, os Dimond Bar, as nossas eram Turkey Track, e então os Tripod, e diferentes, diferentes marcas que entraram naquela floresta. Ele nunca sabia que marca eles tinham, mas ele procurava cada orelha para ter certeza de que a etiqueta do sangue estava ali. Nada além de um puro sangue Hereford poderia entrar.
9 E tenho assentado ali muitas vezes e pensado: “Esta é a maneira que será no julgamento”. Ele jamais olhará a nossa marca, se fomos presbiterianos, metodistas, batistas, ou seja lã o que formos, ou Pentecostais, porem Ele procurará pela etiqueta sanguínea, o Sinal. É o que nos permitirá entrar, porque nada pode vir para a Glória se não for sob o Sangue. Uma etiqueta sanguínea que tenha aceitado o que Deus fez por nós, em Cristo. Vejam, não há nada – não existe nada que possamos fazer por nós mesmos, nós somos uma falha total. Nenhum caminho absolutamente. Quando o homem pecou, ele cruzou a lacuna entre ele e Deus, e saiu. Não há caminho de volta, em absoluto. Porém Deus rico em misericórdia aceitou um Substituto. E aquele substituto hoje, par anos é Jesus Cristo. Somente isto em separado, Deus reconhecerá, o Sangue de Seu Filho, quando Ele vier naquele tempo.
10 Agora nós estamos tendo um grande tempo no Tabernáculo da Vida. Nós tivemos um tempo Glorioso na última noite, por ver o Espírito Santo movendo-Se em nosso meio. E todos nós estamos procurando por isto.
11 Todo homem está olhando para ver de onde Ele vem, e o que ele está fazendo aqui, e para onde vai após isto. E nós temos muitos bons livros escritos. Eu tenho lido alguns bons livros em minha vida, de filosofia de homens e coisas. Mas, embora sejam bons o quanto possam ser aqueles livros, há somente um Livro que pode
12 Eu estava lendo um artigo há não muito tempo atrás, no Anderson movimento da Igreja de Deus, uma história escrita. Eu creio que foi… Eu não me recordo exatamente agora que era foi. Isto foi a diversos anos após a morte de Cristo, um – um missionário veio da Inglaterra ao Cristianismo. E eles estavam assentados perto de uma grande lareira, a luz do fogo estava iluminando ate o pátio, como chamaríamos hoje. E o santo estava tentando converter o Rei do cristianismo. E um pardalzinho voou para a luz, circulou através da luz e foi para a escuridão outra vez.
13 E eu creio que todos os acontecimentos são para a Glória de Deus. Eu acredito que Ele nos prometeu que faria tudo operar juntamente para o bem daqueles que O amam.
14 E o santo fez a pergunta: “De onde ele veio e para onde ele foi?” Ele veio do desconhecido e retornou para o mesmo caminho. E o santo disse: “Esta Bíblia sustenta a pergunta como esta para nós, onde viemos do desconhecido e voltamos ao desconhecido”. E na próxima manhã, o rei, após estudar sobre isto noite a dentro, que o homem estava certo, ele e sua família foram batizados no nome de Jesus Cristo, para a remissão dos pecados, na manha seguinte. O que está por volta de trezentos ou quatrocentos anos, ou mais, após a morte do último apóstolo.
15 Agora, eu acho que isto está acontecendo esta manhã, de nós vindo juntos, não é meramente para virmos e tomarmos o café da manhã. Embora nós – nós apreciamos isto. Eu não vim porque… Eu estava cansado e não levantei na hora. Eu estava muito atrasado. Contudo eu acho que este acontecimento é para a glória de Deus, e para o reino de Deus.
16 Agora deixe-nos, desta vez, lermos o texto esta manhã, ou ler a Escritura da Bíblia, que o Senhor parece colocar em meu coração para os jovens e velhos, juntos, especialmente para as pessoas jovens de Shereveport, a quem esta reunião é dedicada. Deixe-nos ler em Isaias o 6º capítulo, se vocês quiserem, começando do 1º versículo.
No ano que morreu o rei Usias, eu vi ao Senhor assentado sobre o sublime trono, e o seu séqüito enchia o templo.
Os serafins estavam acima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés e com duas voavam.
E chamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos; toda terra está cheia da Sua Glória.
E os umbrais das portas se moveram com a voz do que clamava, e a casa se encheu de fumo.
Então disse eu: Ai de mim que vou perecendo porque eu sou um homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos Exércitos!
Mas um dos serafins voou par Amim trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz.
E com ela tocou a minha boca, e disse: eis que isto tocou os teus lábios, e a tua dignidade foi tirada, e purificado o teu pecado.
Depois disto ouvi a voz do Senhor que dizia: A quem enviarei e quem h´pa de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.
17 Eu quero tirar o tema disto esta manhã, chamado Influência. Vocês sabem, mesmo que possamos querer não acreditar nisto, porém, tudo que fazemos, nós estamos influenciando alguém.
18 Eu muitas vezes preguei em funerais. E eu nunca tentei falar muito sobre a pessoa que se foi, porque não existe necessidade de falar. O povo, a vida que o homem teve ou a mulher, seja o que for, que tenha vivido, falará mais alto do que o que eu falaria a respeito delas. Eu jamais mudaria suas opiniões. Suas vidas dirão o que eles foram.
19 E então nós nunca sabemos exatamente o que estamos fazendo, que influência o que estamos fazendo está exercendo sobre os outros, a Bíblia diz: “Nós somos epístolas escritas, lidas por todos os homens”. É isto, sua vida é lida para o público, ate ao ponto em que seu testemunho se for contrário a sua vida, se torna sem efeito. É o que está dentro de você, é o que o povo lê, nem tanto o que você diz, mas o que você é, vêem. Você pode fixar alguma coisa em alguém, dizer: “isto é isto, e etc”, no entanto a sua vida sendo diferente do que eles dizem, seu testemunho que alguém possa dar de alguma coisa sobre você. Sim. Então apenas tenha isto em sua mente, que estamos trazendo influências todo dia, e a vida que você vive prova o que está dentro de você. Você não pode mudar isto. Isto reflete. Toda pessoa reflete de fora, o que ela é por dentro.
20 E se nós sustentamos o testemunho de sermos cristãos, eu penso que esta é uma das coisas mais solenes que um homem ou uma mulher, rapaz ou moça, poderia fazer. Quando ele usa o nome de Cristo, que ele vai ser um representante de Cristo, você deveria ver cada movimento que você faz porque alguém está te observando. E, isto, isto reflete o que Deus tem feito por você, no seu interior.
21 Aqui não há muito tempo,, uma – uma ponte estava para ser construída na Austrália, e eles enviaram quatro homens dos Estados Unidos: arquitetos, não arquitetos, mas construtores e etc, homens de ponte, para descerem e verem se poderiam construir uma ponte para abraçar aquele estreito de água. E eles não puderam achar um homem na América que pudesse – pudesse assumir aquilo. Não. Eles diziam: “As areias e etc, ela não ficará de pé”. Assim eles fizeram a chamada universal aos construtores de pontes, e nenhum deles quis assumir.
22 Finalmente uma boa companhia da Inglaterra, eles vieram e eles assumiram o contrato e construíram a ponte. Por que? Lembre, a reputação deles agora, como construtores de ponte, sobre o mundo inteiro, estaria sobre o que o trabalho deles seria naquela ponte. Não importava o que tivessem feito no passado, aquele trabalho que executariam, refletiria o que eram. Eles disseram que testaram cada parafuso, e cada – cada pedaço de metal que ia na ponte; a sujeira, e etc, embaixo, e a pressão da água sobre a sujeira. E então todos os outros construtores ficaram em volta, e disseram: “Isto – isto não resistirá”. “Isto – isto vai cair”. Porém no dia da inauguração, o homem se colocou à frente do cortejo, porque ele sabia que seu trabalho estava plenamente testado, e que resistiria.
23 E eu acho que esta é uma grande coisa em que nós poderíamos olhar na vida cristã. Ali teria uma ponte que se estenderia no caminho para a raça humano para que a raça humana deixasse este mundo algum dia, e não havia ninguém que pudesse edifica-la; um anjo, arcanjo, Serafim, um querubim, ninguém podia construí-la; um anjo, Serafim, um querubim, ninguém podia construí-la. Deus, Ele mesmo, desceu, em forma de homem e construiu o caminho e fez o caminho, e cruzou a ponte, e primeiro do túmulo para a Glória. E isto certamente mostrou a reflexão. Cada – cada nervo de Seu corpo, cada pensamento da Sua mente, cada poder que estava Nele, foi testado pelo inimigo. No entanto Ele resistiu ao teste, até mesmo na própria morte, quando A conquistou.
24 Este jovem rapaz Uzias, de quem falamos esta manhã, ele era o herói de Isaias. Isaías o jovem profeta nos dias de Uzias, estava olhando este jovem camarada, pois Uzias era um grande homem. Ele veio de uma boa experiência. Seu pai e mãe foram rigorosamente crentes, constantes em Deus. E eles haviam trazido seu rapaz para servir e honrar a Deus.
25 Uma das grandes falhas em nossos dias hoje, na América e no resto do mundo, são pais pios, para estabelecerem uma influência em seus filhos. Os pais destes dias se afastaram dos princípios da Escritura. Eles foram mais para as modas do mundo. E as igrejas fizeram a mesma coisa. Em fazendo isto, nós deixamos a cosia livre e trouxemos o mundo para dentro da Igreja. E esta é a razão pela qual temos este grande dia de… se eu o disser isto aqui respeitavelmente diante destes jovens. A razão de termos tantas máscaras, e etc.. Tal como chamam, e – e mau caracter, muito disto é por influencia da vida familiar, em sua tenra idade, eu ainda acredito nisto, que: “Instrua a criança no caminho em que deve andar e mesmo depois de velha, não se desviará dele”.
26 Agora, Uzias foi um rapaz que havia sido criado numa paternidade tal, que aquilo o influenciou.
27 Olhe em um dos nossos grandes americanos no qual eu posso pensar, foi Abraão Lincoln. Ele certamente mereceu todo o crédito que lhe foi dado, e mais. Ele teve um mal começo: nascido em um lar pobre, não tinha meio algum para manter sua educação, escrevia na areia. Segundo entendemos ele teve apenas dois livros em sua vida ate que ele estava com cerca de vinte e dois anos, foi a Bíblia, e “Progresso de Peregrino” ou deve ter sido o livro Fox dos Mártires, este foi um dos livros. Mas, veja você o que aquele homem leu, aquilo influenciou sua vida.
28 E isto é a mesma coisa hoje. Nossos mercados estão carregados com vulgaridades e – e depravações para corromperem a mente das crianças, e então nós deitamos a falta sobre eles. Quando eu penso, muitas vezes isto pertence a nós, nós pessoas cristãs que não irão se levantar pela coisa certa e ter aquelas coisas suspensas de nossas estantes, e etc, e então em nossas casas, também , que nós deixamos livres e permitimos todas aquelas vulgaridades e coisas virem para nossa casa para influencias as crianças.
29 Porém Uzias havia sido criado certo. E foi, nós entendemos agora, II Crônicas 26, vocês podem ler a história que na idade de dezesseis anos ele foi feito rei, após a morte de seu pai. E ele se tornou rei aos dezesseis. Tendo tido esses pais religiosos ele começou imediatamente com seu reino, para fazer o que fosse correto. Ele jamais se proveu de opiniões populares ou políticas daquele dia. Ele serviu a Deus.
30 Agora aquele é um bom homem por quem ser influenciado, um homem que tomará sua posição pelo que for correto, na hora quando a opinião popular estiver correndo contrária, e a política estiver correndo contrária, mas um homem que se colocará bem certo na estrada.
31 Este novo presidente que tomou posse desde… presidente Johnson, desde o assassinato do presidente Kennedy. Quando ele perguntou, outro dia, ele pediu a todo o clero em toda a nação por oração, para ajuda-la. Eu – eu admirei aquilo no homem. Vejam, ele está chamando por Deus para ajuda-lo. Eu entendo que ele é um crente, e crê em Deus. Então, nós precisamos de homens assim.
32 Nós descobrimos que Uzias, em seu tempo, seu reino, espalhou por toda parte até o Egito e todos os paises ali em volta, ate seu… Isto foi tão grande até que seu reino se tornou próximo a Salomão. A Glória do Senhor estava com ele.
33 Isto deu grande ajuda ao jovem profeta, Isaias, o qual estava observando aquele homem, este jovem rei, porque ele foi trazido para o palácio durante o tempo do reinado deste jovem rei. E Isaías sendo um jovem profeta da época, e vendo como Deus o abençoou, e o influenciou e lhe deu a coisa certa. E nós sabemos que todas as nações ali em volta pagaram-lhe tributos, não houve guerras e foi uma grande coisa, uma lição para Isaías.
34 E Isaías achou alguma coisa mais aqui, que, assim Deus abençoaria aqueles que fossem verdadeiros com Sua Palavra e Seus mandamentos. Uzias estabeleceu o exemplo a Isaias. E que glorioso reino foi este!
35 E agora aqui nós encontramos onde um testemunho cristão não importa quão grande ele tenha sido no passado,e lê deve continuar sempre daquela maneira.
36 Uzias, quando ele chegou ao ponto onde ele pensava que estava seguro, então seu coração ficou exaltado. Ele chegou a um ponto que ninguém poderia dizer-lhe qualquer coisa.
37 Se este não é um tipo de exemplo de muitos hoje! Nós o encontramos em nosso meio – nossos, nossos líderes cristãos. Eles trabalham toda sua vida, quase para se tornarem algum bispo, ou algum grande homem influente, e, tão logo quanto chegam àquele ponto eles se acham exaltados. Nós encontramos evangelistas no campo, que Deus abençoou seus ministérios, e, a primeira coisa, eles se tornaram exaltados ate que chegaram a um ponto que eles sentiram que – que estavam seguros, em volta de todo seu – seu povo. Eles estão apenas… eles têm chegado àquele lugar onde eles podem fazer qualquer coisa que querem e passarem despercebidos com isto.
38 Quantos, gostaria de saber, estamos pensando exatamente agora, de grandes homens, grandes servos, os quais Deus tem usado, e finalmente ate ao ponto em que eles sentem que eles sabem muito sobre a Palavra de Deus, e que não tem tempo disponível para orar mais. São sempre visitas sociais, visitar alguém, sair para jantar. E o tempo que eles deveriam estar passando com Deus, sozinhos, a sós em preparação para virem a dulçura do Espírito, diante da congregação, eles estão fora em alguma parte com alguns entreterimentos. Você não pode servir a Deus e ao homem ao mesmo tempo. O servo de Deus deveria ser uma pessoa isolada, para Ele somente. Se pudéssemos tão somente fazer com que as pessoas vissem isto.
39 E então eles – eles chegam a um lugar que se fazem sob obrigação, enquanto eles encontram as pessoas. Eles encontram as pessoas, e há um ímpeto para haver uma vontade para isto e para aquilo. E então o homem de Deus tem a sua mente toda rasgada, e ele está tão rasgado quando ele vai para o quarto. Ele começa a estudar: “Agora, se eu não fizer isto, este homem se sentirá chateado sobre isto: e este, não faça isto, este homem se sentirá ruim por isto”. E então quando ele anda para a plataforma, ele dificilmente sabe onde ele está, sua mente está toda dilacerada, quando deva ter gasto aquele tempo com Deus. Eles não são líderes sociais. Um homem de Deus deveria ser dedicado totalmente ao serviço de Deus. E nós encontramos que é muito – muito ruim que tenhamos isto.
40 E uma outra grande coisa que encontramos, pois eu creio estar falando a ministros esta manhã. E nós queremos… eu… quando vimos frente a congregação, sabendo disto, que talvez nós jamais nos encontremos outra vez como nesta manhã. E então as coisas que você diz, Deus te segura como responsável por elas. Assim você deve vir, orando e pedindo a Deus o que dizer, e daí depende Dele quando você entra na plataforma, por alguma coisa que ajudará o povo.
41 Todos nós sabemos de homens no campo hoje, grandes homens. Alguns deles chegam a um ponto, após conseguirem suas congregações, todos em volta de si, eles se sentem tão seguros até ao ponto em que pensam que podem ate mesmo pecar e ficar por isto mesmo.
Nós temos estado sabendo de ministros tomando a estrada errada. E, muitas vezes, isto é porque eles se sentem seguros, disto, “Oh, o povo me deixará passar com qualquer coisa”. O povo pode, meu irmão, porém Deus não. Veja, você vai responder para Deus. Você jamais tente como ministro, tente enganar os ouvidos de sua congregação, não obstante a quanto eles possam gritar ou berrar, ou se comportarem, ou lhe baterem nas costas, e disserem: “A mensagem é maravilhosa”.
42 Você deve ser um servo para Cristo, para permanecer honrado com a Palavra, pois aquela Palavra se refletirá através de você, e você influenciará alguém que está observando a sua vida. Pessoas jovens, da mesma forma. Homens de negócios da mesma forma.
43 O rei se achou levantado com orgulho. Ele pensou que estava tão seguro que até Deus permitira que viesse com qualquer coisa.
44 Um jovem rapaz disse, não há muito tempo atrás, um cristão, ele estava fazendo alguma coisa, ele estava admirando um certo rock-and-roll, um jovem que pertencia a sua igreja. E eu estava falando numa reunião da mocidade para Cristo. E esta jovem pessoa disse, disse: “Você sabe, eu admiro Fulano, eu acho que ele é um dos cristãos mais leais”. E este rapaz é o rei do Rock-and-roll.
45 E eu disse, “Eu acho que existe somente uma diferença entre este jovem homem e Judas Iscariotes. Isto é, Judas pegou trinta moedas de prata, e este homem pegou uma frota de cadilacs e milhões de dólares, para trair a Cristo”.
46 Disse: “Como você pode dizer uma coisa desta, Sr. Branham? Como pode fazer isto?”
Eu disse: “Porque é a verdade”.
47 Aquela influencia de cantar aqueles hinos cristãos e coisas assim, diante dos jovens, e saindo pelo mundo assim, lança maior tropeço, mais do que toda casa clandestina de bebida alcoólica que há no país. É uma desgraça que seria, mesmo ser permitido. A Igreja devia se levantar e nem mesmo permitir que aqueles hinos fossem cantados por pessoas como aquelas. Pegando o talento que Deus lhes dá, e influenciando, com suas vidas falando mais alto que suas palavras. Como podem as pessoas fazerem representações tais como estes homens fazem, e então se colocarem e cantarem hinos e coisas assim? É o cúmulo da hipocrisia. E descobrimos que isto acontece em meio aos cristãos, crentes.
48 E este jovem rapaz disse: “Bem, eu digo a vocês o que acho sobre isto”. Disse: “Eu acho que – que Deus me ama tanto que não me deixará passar com qualquer coisa”.
49 Eu disse: “Ele nunca fez isto. Ele jamais faria isto. Mesmo a Israel Sua nação; mesmo Davi, um homem segundo o Seu próprio coração colheu cada grão que ele semeou. E você fará isto também”. Cada um de nós fará isto. Não sabemos disto.
50 Porém ele ficou muito exaltado em seu coração! Agora eu quero dirigir esta palavra aos homens de negócios do Evangelho Completo. Ele estava tão exaltado em seu coração que podia até mesmo tomar o lugar de ministro. Ele tentou se tornar um ministro, não sendo chamado para o ser. E eu penso que há muitas vezes homens nestas posições, e os grupos de homens de negócios, eles – eles chegam ao ponto em que Deus os abençoa em seus negócios, e os torna prósperos, e etc. Ate que chegam ao ponto que pensam que tem que pregar o Evangelho também. E isto está errado. Isto é errado. Você deve sempre deixar um ministro fazer aquela pregação, porque, como Oral Roberts disse certa vez, “É difícil manter a coisa clara, por ministros, imagine por um homem que não é chamado para aquele ofício”. Vêem, vocês deveriam ter ali um homem que saiba, e que seja ordenado para o trabalho”.
51 Isto prova isto. Que ele, nós percebemos que este homem, sendo um grande homem, um homem bom, um homem honrado, mas ele levou a – a oferta, o censor, e foi ao altar do Senhor, para queimar incenso diante do Senhor, o que é somente para sacerdotes dedicados fazer. Mas ele pensou, sendo que Deus o amava tanto, e – Ele tinha sido tão bom com ele, que ele podia fazer aquilo, de qualquer forma. E o sacerdote correu atrás dele e disse: “Você está ordenado para este ofício. Deus proíbe a qualquer um entrar ali, somente um Levita que seja dedicado ao serviço”. Vocês jamais deveriam fazer isso.
52 E esta é a forma muitas vezes, que, que é, eu creio que tem colocado o mundo hoje em dia em tal confusão, que homens vão e tentam tomar aqueles lugares para os quais eles não estão ordenado a fazer. Chega a um ponto onde eles – eles tentam cumprir este ofício, e eles não foram chamados para aquele lugar.
53 Agora nós encontramos, um homem bom abençoado por Deus; Mas, se Deus te abençoa, permaneça na categoria que Deus te tem chamado. Se for uma dona de casa, permaneça uma dona de casa. Se for um negócio, permaneça naquele negócio, refletindo a Deus. E seja par ao que for que Deus te tenha chamado, deixe que seja assim. Porque, ele quer que você seja uma real dona de casa, para refletir sua influencia sobre outras pessoas que gostariam de ser uma boa dona de casa. Se você for um bom comerciante, deixe que sua vida seja como tal, que ela reflita Jesus Cristo em seus negócios, com honestidade e integridade e com coisa que realmente signifiquem alguma coisa. Porque alguém está olhando sua vida. Você está influenciando alguém. Deus tem que ter uma real dona de casa. Deus te que ter um real rapaz na escola. Deus tem que ter um – um – um real ministro, um real comerciante, alguém que irá refleti-lo. Porque ali eles vêem Cristo em você. Não importa o que o resto do mundo faça, isto nada tem a ver com você ou comigo. Nós somos responsáveis diante de Deus por nossas vidas, e por nossas experiências com Cristo.
54 Agora nós concluímos que em sua tentativa em tomar o lugar de ministro, e alguém vem e lhe diz que ele está fora de lugar, lhe diz que ele não deveria fazer aquilo, ele está “fora do lugar”, ele se torna irritado. Irritado, ele ficou tão irritado ate que sua face ficou vermelha.
55 Vejam vocês, nós devemos ser capazes de nos levantar e fazer uma correção. Alguns deles não farão isto. Você não pode… eu tenho ido a reuniões e eu tenho sentado nos auditórios, e – e você se levanta. E alguém vem e se assenta apenas por alguns minutos, se você disser uma palavra que eles não concordem com ela, (O irmão Branham estala seu dedo – Ed) se vão, vêem, voando.
56 Bem, vocês sabem o que aconteceu a Ezequias ao fazer aquilo, ou melhor Uzias? Deus o castigou com lepra. O homem morreu em sua lepra, o que é uma espécie de pecado. Ele não pôde se pôr de pé ao ser corrigido pela Palavra.
57 Muitas vezes, é a mesma coisa. Eles dizem, “Bem, minha denominação acredita nisto, então me importa”. Vêem? Toma tempo examinar a Palavra. Deus jamais julgará o mundo pela denominação, Ele julgará pela Sua Palavra. E Sua Palavra é Cristo, e Cristo é a Palavra. Eles são o mesmo “ontem, hoje e eternamente”. Hebreus 13:8. Mas em vez de tentar fazer a correção, eles voam livres. Eles não podem permanecer nela. Eles simplesmente…
58 Agora isto é exatamente o que :Uzias fez, um bom homem. Você diz: “Bem, aquela pessoa foi um…”Uzias era uma pessoa boa também, boa pessoa, um homem abençoado por Deus. Mas não importa o que ele foi, ele deve sempre permanecer em seu lugar. Porque, Deus lhe deu uma oportunidade para influenciar outros, sendo um rei correto, não um sacerdote. E a Palavra lhe proibia de fazer isto, e entrou e ia oferecer. E quando ele foi chamado, a palavra foi dada a ele, que a ele não competia fazer aquilo; que Deus o tinha abençoado em seus negócios, fosse ele o que fosse, mas tentasse tomar o lugar deste sacerdote. Ele estava fora da Palavra. Bem, ele estava indo fazer aquilo de todos os modos, não importava o que alguém dizia.
59 Agora esta não é a atitude de muitas pessoas hoje em dia? Eles não tomarão a correção da Palavra. E esta é a razão pela qual nos achamos enrolados num grande Concilio de Igrejas aqui, não sabendo onde estamos indo, rumando para o mundo. Dezenas de milhares de membros adicionam cada ano, e nós não vemos a mão de Deus em lugar algum se movendo. Morto, formal, exatamente o que a Bíblia diz que seriam, “A era da igreja de Laodicéia, morna, vomitada da boca de Deus”. Cristo do lado de fora, tentando entrar, e a igreja do lado de dentro não O deixa entrar; estabelece exatamente a imagem de hoje. Porque os homens não entendem que suas posições vem da Palavra, a Palavra de Deus.
60 E Uzias devia ter tomado este cuidado. Agora, lembrem-se, nós o chamamos hoje, um cristão que Deus tinha abençoado. Ele não era apenas um homem comum. Ele era um homem que era abençoado por Deus, mas ele não quis agüentar a correção. Não importava o quanto a Palavra dissesse que era assim, ele não queria entender aquilo, porque ele se sentia suficientemente certo que Deus lhe deixaria passar com alguma coisa a mais.
61 E isto é o que acontece com nossa gente hoje em todo o mundo, que pensa que Deus lhe deixará passar com algo contrário a esta Palavra. Ele jamais fará isto. Nós devemos voltar para a correção, e agüentar a correção pela Palavra. E por causa de sua arrogante maneira pela qual ele agiu, ele não deu atenção ao que seu ministério tinha a dizer. Ele faria o que ele queria fazer. Simplesmente pense, mantenha isto em sua mente um minuto.
62 Como pode um filho encarar u m pai e sua mãe que sejam religiosos; como pode um rapaz olhar no rosto de uma velha mãe religiosa, com seus cabelos se tornando grisalhos, dizendo a este rapaz: “Querido, a mamãe te tem criado de modo diferente?” E veja você ir abaixo através da vida o que tem sido feito pela mãe. Não faça isto, não fique arrogante e diga:”Pegue sua religião e se vá, eu farei o que eu quiser”. E qual a conseqüência para este jovem, o que lhes acontece? Se vão, Estão perdidos, espiritualmente, moralmente, muitas vezes física e mentalmente. Eles são completamente cortados da misericórdia, bem, então, isto seria uma coisa horrível para um rapaz ou uma moça.
63 Então pense sobre um homem ou uma mulher no ministério, ou um cristão que chame a si mesmo de filho de Deus, e olha para os mandamentos de Deus e viram suas costas, e dizem: “Minha denominação não crê desta maneira”.
64 Nós necessitamos de cristãos influentes, influenciados pela Palavra de Deus. Homens ou mulheres chamados por uma – por uma influência para a igreja eleita para os últimos dias, é o que precisamos. Deus, dê-nos isto! E eles estarão ali. Eles estarão.
65 Nós percebemos que Uzias, por causa de sua arrogância, ele foi inflamado com lepra. Ele nunca se recuperou. Ele jamais se restabeleceu. Ele teve que se separar da presença de Deus e morrer numa casa de leprosos.
66 Oh, aquela linha, demarcação, aquela linha onde homens e mulheres podem muito facilmente cruzar! Aquela linha que um rapaz ou moça na idade dos dez aos dezenove anos pode cruzar entre juízo e misericórdia. Todos nós! A linha que o homem de negócios pode cruzar! Qualquer de nós pode cruza-la entre o certo e o errado. E lembre-se, a Palavra de Deus é sempre a coisa que é correta. “Deixe cada palavra do homem ser uma mentira, porém a minha é verdade”, disse Deus.
67 Agora, ele foi punido severamente. E quando o jovem Isaias viu isto, que lição foi aquela para ele então! Ao ver aquilo, um homem que sai fora de seu lugar, jovem ou velho, aquele que sai fora de sua posição deve sofrer as conseqüências. Não importa o quanto Deus te tenha abençoado, ainda assim ele sofrerá os resultados.
68 Agora, Isaias aprendeu com isto, uma grande lição. Qual? Que Deus ordena seus homens para os seus lugares.
69 O homem não pode ordenar a si mesmo para um lugar. Deus deve ordenar seu lugar, não se esqueça disto. Deus ordena para o seu lugar, e ele não deve jamais tentar tomar o lugar de um outro. Não tente ser alguma coisa que você não é.
70 Como disse uma vez o congressista Upshaw, aquele que foi curado na reunião, e o Senhor permitiu-me ver uma visão sobre ele ali na Califórnia. Tinha sido um aleijado por sessenta e seis anos, e foi curado instantaneamente pela misericórdia de Deus. Jogou longe suas muletas e sua velha cadeira e coisas. E estava exatamente aqui em Shreveport, eu penso, e testificando. Ele costuma fazer isto dizendo.
71 Ele foi um Senador, eu creio, ou alguma coisa por muitos anos, e congressista da Geórgia. E ele era um representante da Igreja Batista no Conselho Batista do Sul. E então – e então ele foi lançado a presidente na lista seca de políticos, e foi derrotado por causa de sua posição. E naquela noite… e nunca nem mesmo ouvi do homem, nunca. O doutor Roy Davis, aquele que impôs as mãos sobre mim para ordenação a missionário da Igreja Batista, ele o enviou a mim. E quando ele entrou para reunião, o Espírito Santo ali, com milhares de pessoas assentadas, o chamou pelo nome, e disse-lhe o que ele era e disse-lhe que o Senhor o havia curado. E ele veio para a plataforma, sem as muletas, sem apoios, sem nada. Tocado desceu, na idade de cerca de setenta e poucos anos de idade, e tocou em seus tendões, para frente e para trás, completamente liberto. E ele era um orador, e era um grande homem. O que ele…
72 Aqui foi sua expressão, “Você não pode ser alguma coisa que você não é”. Isto soa como se eu estivesse dizendo isto, não é congressista. Mas aquilo foi apenas… E foi um nativo do sul, e ele usou sua expressão porque ele foi um – um homem que tentou. E ele foi uma grande influência para o povo , e o homem de religiosidade. E morreu da mesma forma, muitos anos mais tarde. Quando ele se deparou nos degraus da Casa Branca, na reunião de Billy Graham, e cantou: “Inclinemos sobre os braços eternos”, diante de gente do mundo todo. Agora veja o …
73 Deus ordena seu homem e você não pode tomar o lugar de outro. Se você o fizer, você está simplesmente produzindo uma representação carnal, e finalmente vai ser punido severamente. Vejam, você não pode fazer isto. Deus te ordena ao seu lugar. Isaias viu isto, que ele não podia por sua confiança em qualquer homem. O maior homem que existia sobre a terra, naquele tempo, um rei que tinha o resto do mundo pagando tributos a ele; mas por ter saído de seu lugar, Isaias viu então que ele não poderia confiar num braço de carne, e isto dirigiu o profeta ao templo, para orar.
74 Ó Deus! Se a igreja, se as pessoas que chamam a si mesmas cristãs, pudessem simplesmente ver isto hoje , se dirigiriam ao altar em algum lugar para orar. Você não pode ser algo que você não é.
75 Então nós encontramos no… no templo, quando ele estava em oração. Sendo um profeta, sua função era ver visões. Ele nasceu daquela maneira , é claro, sendo um profeta e ele precisou de um toque de Deus. E Deus havia lhe ordenado para – para ser um profeta. E a visão no templo, ele viu um Rei real, na visão. E viu Deus elevado, alto acima de todos os céus, e seu grande manto encheu a terra e os céus e o firmamento. E ele viu um Exemplo Real. Em outras palavras, disse Deus: “Olhe para cima nesta direção, “eu sou o Seu Exemplo”.
76 E se nós pudéssemos simplesmente fazer isto, em nosso próprio ministério! Eu estou me referindo aos ministros, e homens de negócios, rapazes. Ministros, se nós pudéssemos simplesmente fazer isso! Eu gostaria de ser um Billy Graham, eu gostaria de ter a educação e conhecimento para – para unir as coisas como tem Billy Graham. Porém, eu não posso ser Billy Graham não pode ser eu, também. Vêem? Nós, cada um, tem seu lugar em Cristo. E tentar personificar a Billy Graham seria a mesma coisa que Uzias fez, resultaria na mesma forma de desastre. Seja o que você é, o que Deus te fez ser.
77 Agora, Isaías foi um profeta, assim ele foi ao templo e ele viu o Exemplo real, Deus. Notem, os serafins celestiais, enquanto voavam pelo templo. Agora, um Serafim é uma – uma palavra poderosa. E não um anjo, mas é um… o que isto é, é um sacrificio ardente. É, ele tem algo a ver com o pacto, porque ele oferece o sacrifício para fazer um caminho ao pecador arrependido, no trono da misericórdia. Que posição, mais alta do que um anjo, maior do que um anjo! Pois, os anjos ficam atrás. Porém o Serafim vai na frente com a oferenda, bem na presença de Deus; um queimador do sacrifício. E aqui estavam eles, indo pelo tempo, clamando, “Santo, santo, santo é o Senhor Deus Todo Poderoso”. Pense nisto, no templo, diante deste jovem profeta!
78 Seu coração estava partido. Seu rei havia tentado preencher seu lugar, por tentar tomar um lugar de ministro e foi totalmente frustado por Deus e tocado com lepras; e – e seu exemplo sobre o qual ele havia olhado, o homem.
79 Não creia jamais em homem algum. Não me importa quem seja ele. Se ele é um homem santo, se ele é um bom… não existe tal coisa. Deixe-me corrigir isto. Não há homem santo. Não existe igreja santa. Não existe tal coisa. Há um Deus santo, não um homem santo. Isto é o Espírito Santo. Pedro certa vez referiu-se “ao santo monte”, sobre o monte da transfiguração. Não era a montanha que era santa; era o Deus Santo que os encontrou sobre aquela montanha. Não é a igreja santa, é o santo Deus naquela igreja. Não é o homem santo, mas o Espírito Santo, operando naquele homem. O homem falhará. Ele é um fracasso para começar, qualquer um. O maior mesmo dos homens caiu. Não coloque jamais sua confiança e sua… a fazer de algum homem seu exemplo. Olhe para Deus. Cristo é o seu exemplo.
80 E nós percebemos que ele havia tomado sua mente agora de Uzias, o rei que ele tanto amava. E ele olhou para cima e viu o que ele devia entender para ser um profeta; que Deus, e somente Deus governa a vida dos homens e Sua Igreja. E nós sabemos agora o que aconteceu.
81 Nós encontramos este serafins, eles tinham seis asas; duas sobre suas faces, e duas sobre seus pés, e com duas eles estavam voando; indo pelo templo, clamando: “Santo, santo, é o Senhor Todo Poderoso. Santo, Santo, Santo, é o Senhor Todo Poderoso”. Eles clamavam dia e noite, porque eles estavam na presença de Deus.
82 Vejam o que Deus estava dizendo a Isaias para ver? A santidade, a pureza de Deus, e a reverencia que nós deveríamos prestar em Sua presença.
83 Vamos examinar esta visão por apenas uns poucos momentos, antes de fecharmos cada uma das criaturas, tendo seis asas. Nós vamos tomar estas asas, primeiro: “Com duas cobriam a face”. Pó que isto? Pense nisto! Mesmo serafins santos, na presença de Deus, tiveram que cobrir suas faces, para ficar em Sua presença. Que nunca conheceram pecado, não, não há meio para eles pecarem, contudo ainda assim, na presença de Deus, cobriram suas faces santas.
84 E então nós, mortais, pecadores, homens corruptos, tentaremos colocar alguma coisa, e acrescentar a Sua Palavra para seu propósito, e passar sobe algum julgamento daqueles que estão tentando seguir o que o Senhor disse para fazer; nenhum respeito a Sua Palavra. “Eu sei que a Palavra diz que, “necessário vos é nascer de novo”, porém eu te direi o que penso!” Você não tem nenhum pensamento. Deus tem falado, e isto estabeleceu isto.
85 Pedro disse no dia de Pentecostes: “A promessa é para vós e vossos filhos, para os que estão distantes; para tantos quantos Deus nosso Senhor chamar”. O que foi a promessa, de que? O Espírito Santo que foi derramado. O que surpreendeu o povo? Porque eles ouviram que estavam falando em línguas que eles não conheciam e eles ficaram cambaleantes como um homem embriagado, sob a influencia do Espírito. E eles ficaram escarnecendo, fazendo críticas. E Pedro disse: “A promessa é para vós”, quando eles desejaram se arrepender, “e para aqueles que estão longe; tantos quantos Deus nosso Senhor chamar”.
86 Quanto? “Tantos quantos nosso Deus chamar”. Agora a igreja pode te chamar. Porém quando Deus te chama, Ele sabe como preparar Seus servos.
87 E o homem pecador, escolarisado, educado, influente em sua denominação e tenta injetar algo com aquela pura e inadulterada Palavra? Lembre-se, a Palavra é Deus. Se um Serafim, que nenhum pecado conheceu, teve que cobrir sua face para ficar na presença de Deus, como iremos aparecer naquele dia quando estivemos na presença de Sua Palavra, totalmente vindicada pelo Espírito Santo, e ainda fomos embora a dizer: “É uma telepatia ou alguma coisa assim”?
88 O que aconteceu a este rei, um grande homem, um crente, um homem abençoado pro Deus? Ele foi afetado com lepra, o que é uma espécie de pecado, incredulidade. Nenhuma cura para isto; somente Cristo. E Ele morreu naquela mesma condição.
89 Agora o povo não tem reverencia para com Ele. Por que o povo não reverencia a Deus? A reverencia pertencia somente a Deus, falou-se duas vezes em toda a Bíblia, ambas as vezes referindo-se Deus. Notem, a razão pela qual eles não fazem isto (O irmão Branham bate três vezes sobre o púlpito – Ed) é porque eles não estão completamente convencidos que isto é Deus. Eles não estão completamente convencidos.
90 Uzias também não estava; ele não estava completamente convencido que Deus cumpria toda Palavra. Porque Deus tinha lhe abençoado, ele pensou “Isto me satisfaz. Se eu obtiver uma benção de Deus, eu posso fazer o que eu quiser”.
91 Você não pode fazer isto, você não pode fazer isto. Vocês, jovens, não podem fazer isto, não importa quão populares vocês seja, quão boa moça, quão bom rapaz, bom dançarino. Como toda a escola te aprecia, você – você possui seu conhecimento, está tudo bem. Nada existe contra isto. Está bem, porém não pense que você pode pisar na Palavra de Deus e ficar por isto. Não pensem vocês, ministros que vocês podem fazer isto e ficar assim. Nenhum de nós deve fazer isto. Vocês donas de casa, vocês homens de negócios, todos nós vamos responder a Deus, mediante Sua Palavra. Isaías estava aprendendo isto.. Eles não estão conscientes de Sua Presença.
92 Como isto nos recompensaria, hoje, ouvir o que Davi disse: “O Senhor está sempre diante de mim”. Ele colocou Seus mandamentos sobre os portais e – e sobre as cabeceiras das camas e ele os colocou no alto em toda parte. Ele os atou ate mesmo em seu coração, propôs em seu oração que ele não pecaria contra Deus. Ele ficou constantemente com a Palavra diante de si. Esta é a razão pela qual ele disse: “Eu me abalarei”. Porque tudo o que ele fazia, ele tinha a Palavra diante de si. E aquilo era o que nós sempre deveríamos fazer, a ordem de Deus.
93 Agora, eles cobriam a face porque Deus é Todo Santo, e eles estavam clamando: “Santo, Santo, Santo”.
94 Agora vamos tomar, secundariamente, eles tinham duas coberturas de asas sobre seus pés. O que aquilo significa? Humildade em Sua presença.
95 Esta é uma coisa difícil para um homem que galga uma posição. Esta é uma coisa difícil para o jovem, para a bela moça. Esta é uma coisa difícil para o rapaz adolescente, que é popular na escola, uma estrela no Basketball.
96 Ó jovem, como Deus poderia – poderia te usar se tão somente permitisse que Ele o fizesse! Jovem garota, você em sua fina beleza, com a aparência de pequena rainha que Deus lhe deu, porque você não usa esta influência para o reino de Deus, para o que Deus te deu isto, essa virtude do caráter feminino. Use-o desta forma, você está destinada a sair bem, então. Porém qualquer outro caminho, você falhará, veja, você – você será uma falha total. Deus fez a você e ninguém mais pode preencher aquele lugar. Você deve ser desta maneira.
97 Agora, humildes em sua presença, estes serafins, humildes em Sua presença.
98 Igual a Moisés, quando era um grande homem intelectual, nós entendemos que ele poderia ensinar os sábios egípcios, ciências, e a grande sabedoria do Egito.
99 Nós nunca temos competido com isto ainda, em nossa ciência. Nós não construímos pirâmides, vocês sabem, hoje em dia. Nós não poderíamos assentar uma com aquela, no centro da terra, onde não importa onde o sol esteja, nenhuma sombra existe em sua volta. E nós não poderíamos construir a esfinge, ou muitas daquelas coisas. E nem poderíamos fazer uma munia hoje, que pudesse parecer natural após milhares de anos. Apenas umas poucas horas é tudo que podemos permanecer com um cadáver. Eles tinham um fluido então, com que eles podiam embalsamar, de que nada sabemos a respeito, Uma cor que nunca perde a cor; muitas das artes que eles tinham, e ciência, que não temos.
100 Ouça, gente jovem, vocês estão vivendo em um colégio da cidade aqui, ou uma cidade onde… e eu moro numa cidade universitária. E a ciência é boa, desde que não saia fora da Palavra de Deus. Porém, eu quero saber, a ciência não pode lhe dar vida, a ciência pode lhe dizer como…
101 E – e outra coisa, a ciência toma, geralmente, o que por eles é cientificamente provado. Vocês sabem. Eu vi outro dia, um – um professor de ciência falando que agora provaram que os ossos que eles desenterraram, dizem ter milhares, de anos de idade. Dois anos atrás eles descobriam que foi na água salgada que os ossos foram colocados. Nada existe em parte nenhuma da ciência ou qualquer ocisa que possa dizer que o mundo tem mais de seis mil anos de existência. Vêem? O cloreto e coisas na água tem deteriorado o osso daquela maneira, onde o colocaram, para fazer com que parecesse como que tendo milhões de anos. Mas não é. Porém você pensa que eles irão publicar aquilo? Não senhor. Eles não retirarão o que disseram.
102 No entanto aqui está a Bíblia, meu irmão, irmã, e meus jovens adolescentes, irmão ou irmã, que Deus jamais tem que retirar o que Ele disse, porque é a Verdade, sempre a verdade. É sempre correto. Quando Deus diz alguma coisa aquilo quer dizer aquilo.
103 Eu estava falando recentemente em uma reunião, e uma pessoa disse, me encontrou lá fora, ele disse: “Você está – você está ladrando na árvore errada, camarada”. Disse: “Você disse que, o mundo aqui, seis mil anos de idade”.
Eu disse, “A ordem do mundo está correta, seis mil anos”.
104 Ele disse, “Olhe”, ele disse, “A Bíblia diz, que – que, “Deus criou os céus e a terá em seis dias”.
Eu disse, “Ele não fez isto”.
105 Gênesis 1, ela diz: “No principio criou Deus os céus e a terra” – período (espaço de tempo) Em quanto tempo Ele o fez, eu não sei, ninguém mais sabe. Deus a fez. Este é o período. Este é o fim da sentença. “E”, quando Ele começou a usa-lo, “o mundo era sem forma e vazio; e havia água sobre o abismo. E o Espírito de Deus se movia sobre as águas”. Porém em Gênesis diz: “No princípio criou Deus o céu e a terra”. É tudo. Deus criou isto. Não se preocupe com isto. Eu apenas creio. É tudo. Deus criou isto. Não é da minha conta sabe. Eu estou contente que Ele o tenha feito, e me tenha deixado viver aqui por algum tempo. Ele tem algo novo onde habita a justiça.
Minha esperança não está edificada em nada
A não ser no sangue de Jesus com retidão.
106 Nenhum credo, denominação, nenhum exemplo de homem. Eu quero a Cristo, e somente a Ele. Isto é o que nós devemos ter.
107 Humildade. Moisés, um homem intelectual, mas na presença daquela sarça ardente, ele tirou seus sapatos. Ele estava sobre terra santa. Ele humilhou a si mesmo! Humildade. Isto é o que a cobertura dos pés era, humildade.
108 Olhe para Paulo, o grande aluno intelectual;ensinado por Gamaliel, um dos maiores professores hebreus de seus dias. Esperto, intelectual, formação colegial, e ele pensava que ele sabia tudo. “E aquele grupo de pessoas que estava clamando, nada mais era, senão pessoas más, loucas”, e ele tinha ordens de seu sumo sacerdotes para descer e – e prender a todos em Damasco. E um dia, na estrada, ele veio para a presença Daquele mesmo que falou com Moisés na sarça ardente, uma Coluna de Fogo. O que fez Paulo, ou melhor, Saulo. Ele caiu sobre sua face em humildade, fora de seus pés, sobre sua face em humildade.
109 E o que fez João Batista, o que Jesus disse, “Jamais houve um homem nascido de mulher igual a ele”, ou que pudesse se comparar a ele ate então. Aquele grande profeta ordenado de Deus antes da fundação do mundo; predito mil e duzentos e sete anos antes que tivesse vindo ou setecentos e doze anos mais propriamente, antes dele vir à terra, pelo profeta Isaías aqui. O que fez ele quando ele viu um Homem vir andando pela audiência e ele olhou por cima e viu aquele fogo vindo do céu, em forma de uma pomba? Ele clamou: “Sou eu quem precisa ser batizado por Ti”.
110 “Eu devo diminuir; ele deve crescer”. Deus não pode ter dois sobre a terra ao mesmo tempo. Somente um tem a mensagem, você sabe. “Eu devo diminuir”. Ele é o Mensageiro. Eu tenho estado pronto para esta hora, agora ele toma meu lugar”. Tal como Elizeu, quando Elias subiu e atirou de volta seu manto para Elizeu, seu ministério havia terminado, Elizeu devia continuar de onde ele deixou. “Ele deve crescer. Eu devo diminuir. João Batista.
111 Seja consciente de sua pequenez, você não é nada. Você nada é. Como eu gostaria de permanecer nisto uns poucos minutos! Mas você nada é. Deixe-me… Isto parece sacrilégio e parece rude.
112 E eu não penso que o púlpito seja um lugar qualquer para qualquer ministro fazer piadas. Isto – isto se torna uma piada, um comportamento duvidoso, Hollywood agora brilha. Isto é o que importa. Hollywood pela televisão tem tomado o púlpito. Nossas mulheres tem se curvado para a deusa da moda de Hollywood, há muito. E então o púlpito entrou para Hollywood, através de cantores, e etc. Homens de talento. Oh, que homem astuto aquele diabo é. Você não pode misturar óleo e água. Não misturará. Notem a grande influência que aquelas pessoas podem exercer às outras. E o que você faz é influente.
113 Se você quiser descobrir quão grande você é, coloque seu dedo num poço d’água, ou num balde d’água e puxe seu dedo para fora e tente descobrir onde você colocou seu dedo. Você não é nada.
114 Deus pode fazer sem você, Ele pode fazer sem mim, porém nós não podemos fazer nada sem Ele. Nós temos que tê-Lo, pois Ele é vida, e só Ele. Não para conhecer o Seu Livro, não para saber isto ou aquilo ou conhecer o credo. “Mas para saber o que é vida”, conhece-Lo como Pessoa, Cristo em você, a Palavra feito carne em você. Isto é conhece-Lo quando Ele, você é Ele se tornam, se tornam um, como eu disse na noite anterior, “O Sinal da Ceia”. Ele tem que vir para dentro de você. Você! Deus e o homem devem ser um. Você está consciente de sua pequenez.
115 Agora, concluindo eu devo usar as duas outras asas, as terceiras. Ele podia voar com estas duas outras asas. Vejam! Face coberta pela santidade de Deus em reverência; seus pés envoltos em humildade; e com duas asas podiam se colocar em ação para se movimentar. Deus estava mostrando a Seu profeta como um servo preparado tem que ser. “Parado olhando em Uzias! Aqui está o Seu exemplo que tenho enviado diante de você: cubra sua face em reverencia, cubra seus pés em humildade; e entre em ação!” Oh, que exemplo! Ele havia olhado tanto em Uzias, e o viu falhar, agora Deus está dizendo-lhe o que fazer, mostrando-lhe um Servo preparado. Ele entrou em ação.
116 Como a mulher no poço, entrou em ação tão logo quanto Jesus lhe disse que ela tinha cinco esposos. Aquela mulher havia estado buscando por algo que acontecesse assim; quatrocentos anos, nenhum profeta. E de repente, ela vai pegar água uma manhã, inesperadamente, e lá ela encontra algo real.
117 Deus O colocará diante de nós, em algum lugar, algum dia, inesperadamente. Eu espero que Ele o faça esta manhã.
118 Ele o fez a ela quando ela não esperava. E quando Ele lhe disse: “Mulher, traga-me um gole d’água”, e ela discutiu com Ele sobre água, e Ele nada tinha com que tira-la. E Ele a fez saber que Ele tinha água que ela não precisaria vir ali para tirar.
119 E então eles foram falar sobre onde, quais eram os direitos religiosos, disse: “Nossos pais cultuaram nestes montes. E tu dizes: “Em Jerusalém” E Jesus após um tempo…
120 O que era Ele? Ele era a Palavra. S. João 1: “No principio era o Verbo, o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. O 4º capítulo de Hebreus, diz: “A Palavra de Deus é mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, cortando”. Ela apenas não trata como criança e dá tapinhas. Ela corta, vindo e indo. Vejam, “Penetrando até a medula dos ossos, e ela é discernidora dos pensamentos e intenções do coração”. Esta é a Palavra, a Palavra feito carne. E aqui estava ela, o que Ele fez? Ele olhou sobre eles e pôde perceber seus pensamentos, pois Ele era aquela palavra, e a Palavra imutável. E Ele ainda é O mesmo. Ele não muda. Agora, notem, nesta imutável Palavra. Ele olhou bem para o rosto da mulher.
121 E aqui ela se encontrava, como poderíamos chamá-la hoje em dia, uma mulher de má reputação, uma prostituta da rua, ou coisa assim, talvez uma criança tivesse sito abandonada e deixada pelos pais; e muitas delas hoje. Mas aqui estava esta amável, linda, jovem, talvez uma mulher adolescente, talvez em seus dezoito anos, ela – ela estaria fora do colégio. E aqui ela tinha tomado a estrada errada, e a moral de sua vida estava decaída. E ela não tinha nada em que se firmar, ainda, uma – uma linda moça.
122 E ela subiu par apanhar um pouco d’água, e ela correu em direção a um Homem ali que falou com ela. E ela disse: “Há uma segregação aqui. Você não deveria falar comigo. Você é um hebreu e eu sou uma mulher de Samaria. E, alem de tudo, olhe quem sou eu. Por que você fala comigo? O que você quer?” Vejam, seu…seu…seu… seu motivo estava errado.
123 E, muitas vezes, e se aquela mulher tivesse deixado cair o pote d’água e ido embora, como algumas pessoas que se levantam e saem das reuniões antes deles saberem? Vejam, isto jamais deveria ter sido desta forma.
124 Porém havia alguma outra coisa para aquela semente predestinada, que havia algo interessante nesta Pessoa, então ela falou com Ele. O que aconteceu? Ele falou-lhe das coisas que e]ela havia feito. E quando Ele fez isto, disse-lhe estas coisas, então ela disse: “Senhor, eu percebo que Tu és profeta. Você não me conhece”. Porque ela soube então que Ele era um profeta? Porque a Palavra tinha vindo a ele.
125 A Bíblia disse: “Se houver um dentre vós que seja espiritual ou profeta, eu o Senhor me farei conhecido a ele. E se o que ele disser for verdade, então ouçam a ele, pois ele é meu representante, ele é minha Palavra manifesta”.
126 E ela disse: “Senhor, de outra forma, nós não temos tido profeta pro quatrocentos anos e eu percebo que tu és um profeta. Agora, nós não temos nenhuma Escritura dizendo que vamos ter um profeta agora, fora do Messias. Nós sabemos que o Messias está vindo. E sito é o sinal de profeta, nós sabemos que Ele está vindo e que Ele fará estas coisas”.
127 E Jesus então, a grande Suficiência veio, Ele disse: “Eu sou Ele”. Amém.
128 O que? Imediatamente não pulou nem correu. “Eu não vou ouvir isto”. Ela cobriu seu rosto, “Eu admito que estou errada”. Humildemente ela pediu: “Dê-me desta água, Senhor, daquela que não tenha que tirar”. Vejam a – vejam a.. sua – sua, a forma que Deus prepara seu povo?
129 Agora, e então? Ela está pronta. Então é revelado a ela que aquele é o Messias. E imediatamente ele entrou em ação. Detê-la? Você não conseguiria fazer isto. Bem dentro da cidade, e disse: “Venham e vejam um homem que me disse as coisas que eu tenho feito, nós temos procurado pelo Messias, e ali está Ele. E a Bíblia diz que os homens daquela cidade creram por causa do testemunho da mulher. Ela tinha algo tão real que ela podia revelar. Sua influencia, após encontrar Jesus Cristo e trazendo de volta os resultados diretos que Sua Bíblia, aquela na qual ela havia sido ensinada, disse-lhe o que o Messias faria, ela convenceu os homens que Aquele era o Messias. Quatrocentos anos, que eles jamais tinham tido algo como aquilo. “E aqui está o homem”. E seu testemunho,. Mesmo de uma prostituta foi convincente.
130 Oh, jovem senhora, você não deve viver aquele tipo de vida. Mas, ó, se você pudesse tão somente encontrar Este sobre o Qual estou falando, o que a sua influência será para suas colegas!
131 Homem jovem, como Saul, educado, inteligente, que influencia foi ele para todo mundo cristão. Ele foi enviado como apóstolo aos gentios, quando ele encontrou este Jesus na Coluna de fogo, aquele dia, sabendo que aquele era o mesmo Deus que tirou seu povo Israel do Egito, Israel fora do Egito. Se você pudesse encontrar este mesmo Deus! Isto é a Bíblia manifesta, provando que Ele é Deus, a vindicação dele exatamente sobre a terra agora, que Sua Palavra se faz conhecida, pois “Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre”. Que influência você será para sua igreja, para sua comunidade, para todo mundo com quem você mantém contato. Você será uma pessoa mudada. Sim. Sim, senhor.
132 Pedro, quando ele viu e ficou convencido, que… nós descobrimos que ele havia pescado toda a noite e nada havia conseguido. Ele era um pescador. E sabia quando a lua mudava e quando os peixes corriam e quando não corriam. Mas ele foi suficientemente gentil para assentar-se e ouvir a Jesus, por uns poucos minutos. Ele não se levantou e se foi. Ele permaneceu para ouvir tudo. E depois que a mensagem terminou, e tudo, porque ele era bastante amável…
133 Ele havia pescado toda a noite e não havia conseguido nada. Quantos Simãos há aqui esta manhã, quantos ouvirão esta fita? Simão, você tem pulado da Metodista para a Batista, para a Pentecostal, para a unidade, para os que crêem em dois, para a trindade, para tudo e ainda não tem nada. Por que você não se assenta e ouve apenas um minuto? Apenas tome emprestado alguns minutos de seu tempo para Cristo.
134 Veja a Palavra vir, “Simão”, agora Ele o estava comissionado, “Lance a rede pela direita”.
135 E quando ele a sentiu segura pelos peixes, ele disse, “Senhor, eu pesquei com esta rede de arrasto a noite toda. Isto está acima de minha inteligência. Eu não posso explicar como”.
136 Nem posso explicar como isto funciona. Eu não conheço a mecânica. Apenas a dinâmica é tudo em que eu estou interessado. Eu não sei como Ele o faz, mas Ele o faz porque Ele prometeu.
137 Ele lançou a rede. Ora, ele sabia, se não havia peixe ali, e Deus disse eu ali haveria peixe, ele lançaria a rede de todos os modos.
138 Você diz: Eu tenho estado no altar. Eu tenho estado em cima e embaixo. Eu… “Lance a rede”. Este é o mandamento.
139 E quando ele pegou os peixes, o que fez ele? Primeiro ele caiu sobre seus joelhos, em reverencia e respeito, e clamou, “Deixe-me Senhor, eu sou um homem pecador”. O que é isto? Reverencia, humildade.
140 Qual foi a palavra de volta? “Não temas Simão, de agora em diante você será um pescador de homens”. Em ação, e ele morreu em ação. Ó meu Deus!
141 O homem cego que foi curado, ele não podia explicar. E não podia dizer exatamente como foi que ele fez aquilo. E ele não sabia se ele era um pecador ou não, ele disse: “É uma coisa estranha par Amim que vocês, homens aqui, vocês sacerdotes, me façam esta pergunta”.
142 Eles disseram, “Quem te curou?” Eles perguntaram a seu pai e sua mãe, mas eles disseram…
143 Eles já haviam, os sacerdotes lhes havia dito: “Se qualquer pessoa atender as reuniões de Jesus… Ele é um – Ele é um… Ele é um homem doente mental. Se vocês freqüentarem Suas reuniões, vocês serão excomungados desta igreja. Nós os colocaremos…” É o que a Bíblia diz: “Nós os colocaremos para fora da Igreja realmente se atenderem àquela reunião”.
144 Mas o homem cego, vejam, a reunião veio a ele, e Jesus o curou.
145 E então mesmo seus pais, com medo de perderam a dignidade deles, de serem membro desta grande igreja da cidade, eles ficaram envergonhados para dizerem qualquer coisa sobre isto. Eles jogaram isto de volta por sobre o rapaz, e disseram: “Perguntem a ele, ele tem idade. Perguntem-lhe como isto aconteceu. Nós sabemos que ele é nosso filho, e sabemos que ele nasceu cego, ma eu – eu não vou dizer nada”. Ó, que pessoa morna, incerta, manufaturada!
146 Porém a este homem que teve seus olhos curados eles perguntaram: “Quem te curou?”
147 Ele disse: “Um chamado Jesus de Nazaré”. Sim senhor! Ele tinha se colocado em humildade. A obra estava feita.
148 Eles disseram: “Aquele homem é um pecador. Nós não conhecemos. Não temos nenhuma escola de onde Ele tenha saído. Ele não pertence a nenhuma organização. Ele não tem cartão de companheirismo, nós não temos nada a fazer com Ele. Nós sabemos que Ele é um pecador”.
149 “Bem”, ele disse, “agora, essa é uma coisa estranha”. Disse, “Um homem que pôde abrir meus olhos, os quais jamais haviam sido abertos desde que começou o mundo; um homem, um ministro abriu meus olhos o que nunca havia sido feito no mundo; e vocês clérigos supostos a conhecerem tudo dentro e fora da Palavra, e vocês nada sabem sobre Ele? É uma coisa estranha”.
150 Quando, a própria Bíblia diz que, quando Ele viesse, “Os cegos veriam. Os coxos saltariam como cervos”. Eles deveriam ver a Palavra manifesta. Vêem?
151 Porém o rapaz sabia; ele havia estado ali. Que fez ele? Ele estava em ação. Ele estava pronto diante de seu chefe.Ele estava pronto diante dos sacerdotes. Ele estava pronto, diante do Conselho. Ele estava pronto para qualquer coisa, porque ele havia reconhecido a Deus, e humilhado a si mesmo, e entrado em ação com seu testemunho. Vejam, este foi um servo real.
152 A Coluna de Fogo deve nos colocar em ação hoje, enquanto vemos isto vindicado nas palavras de Sua promessa para esta hora, este último dia. Ela deverá por todo movimento de Deus em ação.
153 Mas, o problema disto é, nossa organização diz: “Agora espere um minuto, aquele não veio através de nosso grupo. Aquele nome de Jesus. Aquele é um – aquele é um renegado. Aquele é um Batista… Vêem? Huh… hu. Vêem? Vêem? Eles realmente não O vêem. É certo.
154 Sinal, o Sinal de Sua vinda está à mão, e nós sabemos que não há uma coisa na terra.
155 A ciência nos diz: são três minutos até a meia noite”, disse-nos isto vários anos atrás. Então, devemos estar perto, talvez, a um momento da meia- noite. Nós não sabemos a que hora a – a pólvora vai brilhar no barril. Olhem para a eleição vindo bem aqui de manhã;sto é tudo que ela poderia tomar, simplesmente ilumina. Quando aquele radar captar aquela bomba atômica, cada um deles ficará perdido, porém a igreja terá ido antes daquele tempo. Assim se isto poderia acontecer a qualquer minuto, e a igreja tem que ir antes disto acontecer, quão distante está isto?
156 E as próprias coisas que Ele disse que aconteceriam, seu ministério e que isto aconteceria nos últimos dias, nós observamos isto noite após noite, e dia após dia, o tempo está à mão. Oh, nós devemos nos humilhar e entrarmos em – em humildade e entrarmos em ação. Está correto. Palavra cumprida, deveria nos colocar em ação.
157 Nós, como o profeta Isaias, temos visto a conseqüência do próprio povo exaltado, que diz: “Bem, agora, se isto vier através da Trindade, está bem, ou se vier pela unidade, está bem. Ou se for através da igreja de Deus, da Metodista, da Batista, Da Católica, ou da Presbit… Está certo”.
158 Eu fui entrevistado no México. O irmão Jack estava comigo. E o bebezinho foi ressuscitado da morte, após morrer aquela manhãs as nove horas. E ele foi ressuscitado da morte às onze, na plataforma, por uma visão. O irmão Jack estava lá. Eu o enviei para orar pelo bebê. E a senhora segurando o bebê em seus braços, assim. Chuva caindo, e ele tinha sobre si o casaco do irmão Arment. E Billy disse: “Eu distribui…” Irmão, este irmão amigo de Espinosa, eu não sei o que… eu o chamava “manana”, porque ele – ele – ele era tão vagaroso. E então eu disse… Ele distribuiu os cartões de oração e Billy simplesmente permaneceu para ver se ele vendia um. E ele distribuiu todos eles. E esta mulher tinha o bebê morto. E ela disse… Por que, disse Billy: “Eu não tinha porteiros suficientes para traze-los de volta”.
159 E eu disse: “Ela jamais havia me conhecido. Ela não me conhece”. A noite anterior, aquele homem cego havia recebido sua visão. E do outro lado da plataforma, simplesmente montes de velhos casacos e xales e coisas, pobre gente. E disse: “Bem, irmão Jack, desça e ore pelo bebê”. Eu disse: “Ela jamais notará a diferença entre você e eu”. E ela parecia estar em seus vinte anos, moça muito atraente. E então eu disse, “Vá e ore por ela, irmão Jack, pois ela nunca saberá quem é”. E eu estava ali atrás falando através de um intérprete, ela não saberia se eu era aquele que estava orando e pelos enfermos, ou se era ele.
160 O irmão Jack começou descer ali. E eu olhei fora em minha frente, e houve uma visão, aquele bebezinho assentado aqui. Eu disse: “Não importa. Traga-o aqui. E poucos instantes, aquele bebê estava vivo. Impondo as mãos sobre ele.
161 Ela entrou em ação, correu para seu médico, com o atestado assinado de que aquele bebê morrera em seu consultório aquela manhã, com pneumonia. E às onze horas daquela noite ele voltava à vida outra vez, porque foi persistente. Ela teve que se dirigir a alguém com persistência. Havia algo real. Se um homem cego pode receber a sua visão, seu bebê poderia ressuscitar da morte. Eu gosto disto. Deus nos dê mais pessoas assim.
162 E ela, uma católica, vindo com seu terço (rosário) em suas mãos, e lhe disse: “isto não é necessário”, não desdenhando daquela jovem companheira. Não desdenhando daquilo, mas aquilo não era necessário.
163 É em Deus que nós confiamos; não em qualquer forma, não em oração metodista, ou presbiteriana, ou um clamor pentecostal. É em Deus que nós cremos; não em terço católico, ou seja lá o que for. Nós acreditamos em Deus, o Deus vivo, pela sua Palavra. E Sua Palavra é Deus. E é determinada a produzir, porque Ela é uma semente.
164 Agora, o profeta então viu o que as denominações exaltadas em si mesmas faziam. Ele viu que elas não podiam tomar o lugar do ofício. Eles perderam sua segurança com seus credos e etc. na esperança dos credos eles aceitam isto e pensam que é isto e nós percebemos que homens como Uzias tentam tomar o lugar do oficio ungido e falham. Muitos deles se tornam neuróticos, bêbados, e assim por diante, tentando tomar o lugar de um ofício ungido, tentando representar. Ao invés de terem aquilo sobre o que estão falando, e a chamada de Deus a isto, e a ordenação para faze-lo, eles escapam em grandes aglomerações e constroem grandes organizações, homens intelectuais, e grandes coisas, e brilham, e parecem Hollywwod; e pregando, “A vinda do Senhor esta próxima”. Nós temos visto homens perderem suas seguranças, porque tentam tomar o lugar do ofício para o qual não estão ordenados, exatamente como Uzias. Nós temos visto as igrejas proselitistas. Temos visto em nossas assembléias pentecostais cada Unicista tentando acabar com os Trinitarianos, os Trinitarianos tentando superar a Unicidade, a Igreja de Deus, tentando dominar isto, e todas estas ouras tentando dominar uma a outra; convertendo, representando, tentando fazer alguma coisa para a qual não foram chamadas.
165 Disse Deus: “Pregai o Evangelho. Demonstrem a força do Espírito Santo. Estes sinais seguirão aqueles que crerem”.
166 Não, “Ide e fazei organizações, escolas, e etc”. Nada contra isto, mas isto não toma estes lugares de ofício. E agora nós vemos que homens e mulheres que trataram de tomar aquele ofício ungido, quando eles não estavam ordenados para aquilo, vemos o que lhes aconteceu.
167 Ai está seu exemplo, ministros. Nós vemos isto na vida adolescente. Nós vemos isto em toda parte. Não olhem para o homem. Olhem para Deus. Tire seus olhos do homem e coloque-os em Deus.
168 Não digam influenciados: “Oh, Glória a Deus, o Senhor me diz, “Assim Diz o Senhor”, faça assim e assim”, e isto nunca acontece. Vejam. Vocês estão tentando representar algo que vocês não sabem nada a respeito. Não faça isto. É perigoso. Vocês serão tocados com uma lepra espiritual, incredulidade, suas denominações, tentando construir, obter uma pena em seu chapéu, para ser um presbítero. Se…
169 Vejam como Davi, “Eu prefiro ser um capacho na cada de Meu Deus, do que habitar na tendas com pecadores”. Sim, um capacho. “Seja lá o que for que Tu me chames, Senhor, deixe-me ser o melhor capacho que já tiveste. Se as pessoas tiverem que limpar seus pés em mim, deixe-me ser um capacho real. Eu limparei os pés, nada mais”.
170 É o que Jesus fez quando Ele veio a terra, Ele se tornou capacho de Deus, Seu próprio Filho. Quem é você, bispo, presbítero de Estado, quando Jesus se tornou um servil lava-pés, um capacho na casa do Senhor? Oh, meu Deus! E então nós pensamos que somos alguém, porque temos um grau de doutorado, nós fomos à Universidade. Olhe para o Seu exemplo, o que Ele fez. Não olhe para bispo diante de você, presbítero diante de você, ou algo assim. Ele pode ter sido um bom homem. Isto não importa. É você. Olhe para Deus.
171 Quando ele viu os efeitos, e então viu o que eles provocaram. Agora eu estou concluindo, uma coisa a mais eu vou dizer. Seus pés e mãos… Suas asas cobriam o rosto em reverencia, seus pés em humildade, e então as outras duas asas dos colocavam em ação. Apenas pense nisto, Os efeitos da visão sobre o profeta! O que causou aquilo ao profeta? Mostrou-lhe que nenhum homem…
172 Não deposite sua confiança em homem. Quando aquele homem deixa a Palavra de Deus, você deixe o homem. Fique com Deus. Deus é a Palavra.
173 Veja o que os efeitos provocaram. Agora, ministros irmãos, eu quero que isto vá dentro de seus corações, de todos vocês. O que aconteceu ao profeta? Isto causou aquele profeta ordenado a um ofício antes da fundação do mundo… Dons e chamadas são sem arrependimento. Isto causou aquele profeta… E a respeito de ministro, bispo, que nada é em relação a um profeta, professor, pastor, ou evangelista, o que pode isto suceder a eles? Mas para ver a visão do Senhor, isto fez com que o profeta confessasse que ele era um pecador.
174 Ele não saiu e disse: “Sim, Glória a Deus! Aleluia; isto é o bastante para mim. Louvado seja Deus, eu estou saindo”. Ou, ele não subiu e disse: “Eu não ouvirei a isto. Eu tive uma ilusão mental. Não é como os sacerdotes dizem”. Não.
175 Ele tirou lição disto. Ele viu o que Deus estava tentando mostrar-lhe. Por que? A semente espiritual já estava nele. Como estava na mulher no poço, como foi para os outros. Eles foram ordenados, pré-ordenados para isto. E ele viu a razão. Ele viu Uzias na casa dos leprosos, um grande homem que tentou representar alguma coisa. Ele viu Deus assentado ali, e ele viu como Deus veste seus servos e como é que Ele os envia. Fez com que ele dissesse: “Eu sou um pecador”. Então veio um tempo para a purificação: “Eu sou um pecador”.
176 O profeta, um homem que havia estado no lugar do rei, conhecido por ser um profeta. Você me ouve? Pois este profeta ordenado, a visão do Senhor, e fez clamar: “Ai de mim! Eu sou um homem de lábios impuros. Eu vivo no meio de um… pessoas de lábios impuros, e meus olhos tem visto a ordem do Senhor”. Oh, irmão ministro, você pode ver isto? “Meus olhos tem visto a ordem do Senhor”.
177 Então vem a purificação. Aqui vem um Querubim com uma brasa de fogo tirada do altar, que ele havia apanhado com uma tenaz, a tenaz do altar, colocada em suas mãos. E voltou à cabeça de Isaías, porque ele estava pronto para confessar, e confessar que ele era impuro, porque ele tinha olhado para algum bispo ou alguém para seu exemplo, em vez de olhar em direção a Deus.
178 Em vez de olhar em direção a Palavra Ele olhou para um credo, ainda assim voltava, “um homem de lábios impuros”.
179 E o anjo veio com fogo, colocou em seus lábios, e disse: “Agora você está limpo”.
180 Notem a ordem. Ele jamais lhe trouxe um livro, um catecismo. Deus não prepara teus servos por um livro e catecismos. Ele prepara Seus servos com fogo, fogo purificador. Fogo do altar.
181 E ele exclamou. Quando ele exclamou disse: “Ai de mim; pois eu tenho feito o que é errado! Eu tenho posto meu exemplo, minha confiança em um homem. E eu vi a ordem do Senhor”. E ele o purificou com brasa de fogo.
182 Agora, não é isto maravilhoso, como que um homem reconhece a si mesmo sendo pecador? E olhe como fez Deus tão logo ele reconheceu ser um pecador. Ele confessou ser um pecador, confessou seu erro. E ele viu o que Deus fez e como Ele fez aquilo, como Ele o limpou através de uma brasa de fogo. Não uma declaração de credos, não uma – uma porção de terços, não uma porção de coisas históricas. Ele o purificou com tempo presente, fogo vivo.
183 E a Bíblia disse que: “A promessa é para vós, vossos filhos, para aqueles que estão longe, tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar”. Este mesmo Espírito Santo, este mesmo Jesus que veio em forma de Espírito Santo, no dia de Pentecostes, é o único processo de purificação que Deus sabe sobre a purificação de seu servo.
184 Ele viu a ordem. Ele viu o que o servo de Deus preparado como ele tinha de agir. Ele viu a maneira pela qual Deus prepara Seu servo, como Ele o coloca em ordem.
185 E notem então o seguinte, após a purificação, após a comissão. Após ele ter feito isto, seguiu o que então? A comissão e purificação, foi então que o purificado Isaias respondeu quando o Senhor disse: “Irás?” Disse: “Eis-me aqui”.
186 Jovem homem e mulher, sua vida diante de você, vamos eu e você descermos ao altar esta manhã. Vamos descer à casa de Deus, por alguns minutos. Homens de negócios, dona de casa, ministros, vamos descer para a casa de Deus.
187 Há algo errado em alguma parte. Vêem? Você tem tido também muitos mais e muita representação carnal no mundo cristão. Pessoas jovens, eu sinto muito por vocês. Vocês não sabem a qual caminho tornar. Um diz isto, outro diz aquilo, alguém diz: “Salve Maria” e outro diz que é algo mais, e um diz junte-se a esta igreja, e junte-se aquela. Está tudo errado, pois Deus tem mostrado totalmente que a coisa toda está morta.
188 Agora vamos descer para a casa de Deus, em nossos corações, o altar, vamos olhar para o alto e ver como se parece Jesus, o qual é a Palavra. E então nós podemos responder: “Eis-me aqui, Senhor,envia-me a mim para casa, para ser uma esposa melhor. Envia-me para a escola a ser um adolescente melhor. Envia-me ao púlpito, um ministro diferente. Envie-me para meu negócio, um negociante diferente. Quando você vir Seu Exemplo, Jesus Cristo.
189 Ele disse: “Aqui estou eu, envia-me a mim”, após a sua humildade, após ele ter visto a ordem, como Deus colocava Seus servos juntos: como Ele os comissionava; antes de comissiona-Lo, Ele tem que ser humilde, reverente, e em ação. E portanto, quando ele viu aquilo, o purificado Isaias disse: “Eis-me aqui, envia-me a mim”.
190 Vamos curvar nossas cabeças. (Um irmão fala. Espaço em branco na fita. Uma irmã dá a interpretação – Ed)
Quando a brasa de fogo tocou o profeta,
Fazendo-o tão puro quanto podia fica,
Quando a voz de Deus disse, “Quem irá por nós?”
Então ele disse, “Mestre, eis-me aqui, envia-me”.
Fale, meu Senhor, fale meu Senhor,
Fale, e eu estarei respondendo a Ti;
Fale, meu Senhor, Fale meu Senhor,
Fale, e eu responderei: “Senhor, envia-me a mim”.
191 (O irmão Branham começa a sussurrar, “Fale, meu Senhor”) Pense nisto agora, adolescente, enquanto eles estão sussurrando aquele corinho. Pense nisto ministro, homens de negócios, dona de casa. Nós estamos na casa do Senhor agora. Olhem sobre vocês e vejam o Seu Exemplo, os querubins. Apenas pense em que tempo você está agora. O tempo se desfará dentro da eternidade, talvez hoje. Nós não sabemos exatamente quando. Pense nisto.
Há milhões agora em pecado e vergonha, estão morrendo (olhe nas ruas)
Apresse irmão, apresse pra a salvação deles;
Responda rapidamente, “Mestre, aqui estou eu”.
Oh, fale meu Senhor, oh, fale….
Disponha de coração. Isaias onde está você?
Fale meu Senhor…
Metodista, Batista, Pentecostais, onde estão vocês?
Senhor, fale, e eu responderei: “Eis me aqui”.
192 Você realmente quer se dispor? Quando ele falar a seu coração, você se disporá?
Fale meu Senhor, oh, fale meu Senhor,
193 Se Ele estiver falando com você enquanto eles cantam “Responderei rapidamente,” você levantará a sua mão e dirá: “Eu Senhor. Eu Senhor?” Deus te abençoe.
Meu Senhor, fale meu Senhor,
Fale, e eu responderei….
194 “Deixe-me ser uma influência, Senhor, para os outros. Eu não posso faze-lo enquanto Tu não me limpares. Envie o anjo agora”.
Fale, meu Senhor, fale meu Senhor,
Fale, e eu estarei respondendo a Ti;
Fale, meu Senhor, Fale meu Senhor.
195 Com suas mãos levantadas agora. “E eu irei”. Isto mostra que Ele está falando. Agora possa o fogo vir e limpa-los.
Fale meu Senhor; fale meu Senhor.
196 Senhor Jesus, enquanto cantam, “Fale, e eu rapidamente responderei a Ti”, literalmente dúzias de mãos estão levantadas aqui, Senhor, entre adolescentes, e entre os velhos ministros, homens de negócios. Certamente, Senhor, tu estás ainda falando! Envie o anjo agora com a brasa da purificação de fogo. Prepare seus servos certos, Senhor, para a incumbência que se coloca diante de nós”.
197 Isaías sabia, por ser um profeta, isto tomava mais do que ele tinha, para encontrar a resposta do dia. E então isto exige mais do que nós temos tido, hoje Senhor, para encontrar a resposta. Isto toma a pessoa de Cristo conosco. Isto leve Jesus, Ele mesmo, para responder a pergunta. Permita-o Senhor, permita que o Espírito Santo na pessoa de Cristo… ou Cristo, na pessoa do Espírito Santo, possa vir para cada coração agora mesmo. Limpe-nos Senhor, de nossa incredulidade. Purifique-nos de nossos credos e nossas loucuras deste mundo. Purifique-nos disto, Senhor, e ponha Tua Palavra em nosso coração; e meditemos nela dia e noite. Possa a resposta vir, Senhor, tão logo quanto os corações estiverem purificados. Permita-o, Senhor. Possa o anjo de Deus tocar cada um de nossos corações agora, com aquela brasa de fogo, enquanto esperamos Nele. Permita-o Senhor.
198 Agora com suas cabeças e seus braços, seus corações, todas suas coisas, voltadas para Deus, bem aqui no templo de Deus, onde o espírito Santo está, e suas filhas enchem o prédio. A presença dele está aqui. Vamos apenas aceita-lo agora, se você pode sentir Deus te tocando agora mesmo, enquanto nós cantamos este corinho outra vez.
Quando a brasa tocou o profeta,
O fez tão puro quanto podia ficar.
199 Vamos, enquanto nossas cabeças e corações se curvam diante dela agora, cante isto outra vez. E apenas deixe o anjo de Deus limpar nossos corações de toca corrupção e – e toda fascinação do mundo. E vocês rapazinhos e mocinhas do colégio, aqui, pequenos adolescentes aqui de Shreveport, vocês bons sulistas, aqui, que costumam ter a velha moda do Evangelho aqui, vejam vocês que aquela igreja não toma providencias por vocês. Não irão vocês deixá-Lo limpar seus corações agora? Vocês habitam entre pessoas que dançam, e tudo mais, e chamam a si mesmas “membros de igreja”, e vocês vêem a sujeita e coisas que estão em nossas igrejas de toda parte, da Católica… a primeira igreja organizada ate a ultima que é Pentecostes, cada um de nós é culpado. Cada um está culpado, sem qualquer exceção.
200 Vocês vêem onde nós estávamos? Nossas grandes escolas para educar nossos ministros e coisas, e a coisa que torceram lá. Vamos atirar a coisa ao lado. Fazer como Paulo, o velho, “Nenhuma destas coisas me movem. Eu estou convencido que nada no presente, nem nada no futuro, nada pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo. Prossigo em direção ao alvo da soberana vocação em Cristo”. Oh, meu Deus! Creia agora, enquanto fechamos nossos olhos e abrimos nossos corações para Ele, e cantamos:
Quando a brasa de fogo tocou ao profeta,
O tornou tão puro quanto podia ficar,
Quando a voz de Deus disse: “Quem irá por nós?”
Ele respondeu: “Eis-me aqui, envia-me a mim”.
Agora apenas levantemos nossas mãos para Ele e creia.
Fale, fale, Senhor, eu me apressarei em responder.
Fale, meu Senhor, fale meu Senhor.
Fale e eu responderei, “Senhor, envia-me a mim”
Sim, fale, meu Senhor.
201 Ore, agora. Eu vou pedir ao irmão Don para vir aqui e orar por nós.
“Fale, e eu serei rápido em responder-Te”.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...