PERGUNTAS E RESPOSTAS Nº 12
12 de janeiro de 1961
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 …muitos que eu queria obter, mas eu tenho… eu trouxe a minha concordância comigo. Eu posso entregá-la para o Leo aqui, ou alguém que esteja assentado perto, para que possa me ajudar se vocês quiserem, se precisarmos.
2 Agora, se esta senhora que está ali em cima, se há …se ela…onde…Quem é o seu esposo? Sim. Bem, se você deseja que sua esposa venha se assentar com você, eles — elas podem, não há nada dito no meio dos irmãos que não possa ser dito para uma irmã, também. Nós apenas… você sabe. É… Tudo bem? Agora, você é mais do que bem-vindo em tê-la trazido. Está — Ela está aquecida ali fora, Doc? Bem, não tem importância, mas é pouco solitário para ela.
3 E não há nada — nada aqui… Às vezes a razão pela qual mencionei “homens”, é porque às vezes o homem pode fazer uma pergunta no meio de homens que não poderia ser respondida onde tem mulheres. Mas não há nada ali que não possa ser respondido localmente na igreja, porque a maioria delas é sobre ministros, e assim por diante, e o que seu — qual é sua comissão e o que têm eles que fazer.
4 Agora, eu creio que isto esteja sendo gravado. Se… Eu não tenho certeza. O irmão Goad, onde está, isto está sendo gravado agora? Correto. A razão pela qual fazemos isto é para descobrirmos, irmãos, qual o principal, qual o — a parte, o… o que está na mente do homem, o que — quais são nossas coisas.
5 Nós — todos nós devemos falar a mesma coisa. Agora, por exemplo, alguém chega e, diz, talvez nunca tenha ido a igreja do irmão aqui, (qual é o seu primeiro nome irmão? Willard. Irmão… Agora, são dois Willards aqui, eu terei que chamá-lo de outra coisa. Se eu… Agora, qual é o seu sobrenome? Crase) A igreja do irmão Crase, e o irmão Crase diria uma determinada coisa. Então eles vêm de Sellesburg direto para o irmão Ruddell, o irmão Ruddell seria diferente daquele. Eles vão até o irmão Junie, está totalmente diferente. Descem até o Tabernáculo, e permanece diferente. Vêem? Isto confunde o povo.
6 Agora, como alguém diz, “Oh, eu não creio que você…você realmente tenha que receber o Espírito Santo. Eu não creio que seja necessário”. Digamos, por exemplo, o irmão Crase diria aquilo. E então você vai até o irmão Ruddell, e ele diz, “Sim, é essencial”. E então você vai até o Junie, e diz, “Bem, isto não faz tanta diferença”. Vêem? Se podemos reunir mesmo…eu gostaria de ter todos os ministros de Jeffersonville, (nesta comunidade) se pudéssemos nos reunir para então dizermos a mesma coisa.
7 E é aí onde muitas vezes diáconos e administradores …eles têm que descobrir qual é o dever deles. E vejo que temos o tesoureiro da igreja e o zelador aqui nesta noite, então vamos descobrir qual é o dever deles. Mas nisto tudo a maioria (aqui) é simplesmente de perguntas que poderiam ser respondidas em qualquer lugar. São apenas perguntas simples, tais como os deveres de um administrador, os deveres de… Agora, se são realmente deveres, eu acho que aquilo foi tirado do quadro bem aqui agora, dos deveres do administrador e o que eles têm que fazer. Mas eu pensei que talvez…
8 E uma das que vieram dali, eu acho que é boa, vou respondê-la daqui a pouco, o Senhor permitindo, para chegarmos nela, é:
Em determinadas crises, o que o diácono deve fazer? O que ele… Qual o seu dever a fazer quando determinadas crises chegam? Como ele tem que agir? Vêem? Ou o que um administrador tem que fazer, o que um pastor tem que fazer, alguma coisa assim, na crise? Nós conhecemos a rotina normal, mas e se algo acontecer, que esteja fora de nossa rotina, vêem, então o que eles devem fazer?
9 E nós simplesmente sabemos onde cair, é exatamente como treinar um exército, e cada um de nós conhece nosso lugar. Agora, como um grupo como este, poderíamos ficar aqui a metade da noite, nós sabemos disto, mas é… eu não acho que seja necessário. Nós a responderemos. Agora eu quero cada um…
10 Agora, não existe nomes, algumas têm nomes, mas eu — eu não diria o nome das pessoas. Porque apenas — seja qual for a pergunta, eu só lerei a pergunta. Há cerca de duas delas ali que têm os nomes nelas. E, esperem talvez eu tenha encontrado outra. Eu sei, é o velho Dr.Ingleman, eu estava lhe telefonando lá em — na asa sul, em 4-426, asa sul. Foi aí quando o velho médico aqui embaixo onde estávamos hoje, lá embaixo em Georgetown, foi curado, ou voltou a si após estar inconsciente por tanto tempo, e — e assim por diante. Agora, eu penso que isto os persuadiu, agora entraremos em nossas primeiras perguntas que eu estudei primeiro.
Agora vamos nos colocar de pé por um instante, por favor.
11 Nosso Pai Celestial, estamos reunidos aqui como um grupo de homens, homens cristãos que Te amam, que crêem em Tí, e que têm dedicado nossas vidas e trabalho ao Teu serviço. Há ministros aqui, jovens homens, de meia idade, eles têm igrejas, eles são responsáveis diante de Deus. Há diáconos aqui que são responsáveis em seus ofícios nestas igrejas diferentes. Há administradores, suas responsabilidades. Pastores, evangelistas, seja o que forem, Senhor, somos responsáveis por Tí. E é por isto que nos reunimos, para que possamos todos falar a mesma coisa como nos foi dito que fizéssemos na Escritura. Devemos todos falar a mesma coisa.
12 E Pai, nós achamos, neste tipo de grupo, que podemos encontrar talvez algum de nossos irmãos ou alguns de nós que teriam pequenas diferenças sobre as coisas, e alguns que só perguntaram para realmente descobrirem qual a Verdade sobre isto. E sabemos que somos insuficientes, cada um de nós. Se eu pedisse a quaisquer destes outros irmãos para virem aqui e responderem estas perguntas, talvez eles seriam tão suficientes ou mais do que eu seria para respondê-las. Mas juntos estamos dependendo da Tua revelação, para que Tu nos possa revelar através da Palavra e através… através do Teu Espírito, que isto… para que possamos ter uma resposta para cada pergunta. Que nossos corações… que possamos ser preenchidos com as respostas e que possamos sair sentindo que estamos mais bem equipados para o Teu serviço e para servirmos nosso oficio do que — do que estamos agora. Este é o nosso propósito de estarmos aqui, Pai. Conceda-o agora.
13 E responda nossas perguntas, Pai, enquanto esperamos em Tí. Que não haja nenhum embaraço em nenhuma de nossas mentes, mas que possamos permanecer com aquela pergunta até ser totalmente respondida e estarmos satisfeitos pelo Espírito, concordando unanimente por causa da Tua Presença. Pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
14 Quero apenas citar uma Escritura, para começar. Como Isaias disse, o profeta disse:
Vinde então, e arguí-me, diz o Senhor…
15 Eu creio que é por isto que estamos aqui nesta noite, é para tentarmos arguir, discutir as coisas. E agora eu começaria…. e tenho algumas das coisas escritas aqui de acôrdo com os números e assim por diante, que o irmão Wood… Eles apanharam… apanharam este envelope com as respostas neles. E agora eu quero cada um de vocês, meus queridos irmãos, sabendo que — que estas respostas são — são dadas no melhor do meu entendimento, da melhor forma que eu saberia como compreender.
16 E estas respostas não são infalíveis, vêem, porque a Escritura é infalível, e até onde eu saiba elas estão alinhadas com as Escrituras. Eu espero que isto esteja claro. E a fita é para ser guardada agora e qualquer um que a desejar, bem, eles poderão tê-la. Mas agora, eu sei que as Escrituras são infalíveis, mas minhas respostas não são infalíveis. Então tenho certeza que todos compreendem isto. E se não é assim — se não é infalível, então você tem o direito talvez de me inquirir a qualquer hora.
17 Se há alguma pergunta de outra pessoa, não precisa ser a sua pergunta,. mas se é a pergunta de outra pessoa, talvez você nunca pensou sobre isto, mas é que estamos aqui para ajudar. Estamos aqui para — para nos reunir porque estamos nos últimos dias, e o — os dias são maus, e — e queremos ser treinados, instruídos.
18 O irmão Stricker, um soldado; o irmão Goad ali atrás, um soldado; e talvez o irmão Ruddell aqui, ele já foi um soldado; o irmão Beeler; e muitos outros que — que já estiveram na vida militar; vocês se assentam juntos, vocês — vocês trocam idéias, vocês — vocês ficam conhecendo a batalha antes de sair para lá, e todas as táticas que vocês podem saber sobre o inimigo, para que então vocês possam encontrá-lo no seu terreno.
19 Quando eu praticava box, eles descobriam meu oponente, o que ele seria, que tipo de golpe ele usava, se era um direto no queixo ou um golpe esquerdo ou na face com sua mão direita, e se ele era destro ou canhoto, e quão forte ele era, e se ele balançava seus pés, e como ele usava seus olhos e de que ângulo ele chegava, e todas as diferentes táticas que podíamos obter. E eles descobriam o que …o — os treinadores já haviam visto aquele sujeito lutar antes. Então eles colocavam um homem ali comigo para me treinar exatamente como aquele homem estava lutando, para — para saber o que ele iria fazer.
20 E é para isto que estamos aqui nesta noite. Nós conhecemos o golpe do inimigo. Nós sabemos quais são suas táticas. E estamos aqui nesta noite com a Escritura para cobrí-lo para que então ele não possa se mover, porque o inimigo está em cada mão.
21 O irmão Roberson, eu estava pensando ali atrás, vendo-o, ele com certeza deve saber o que é um soldado. Com certeza ele teve tempo para isto! Quantos soldados tem aqui, vejamos, que foram soldados, no exército? Veja aqui, vêem, um grupo de soldados. Correto, agora, você sabe o que é isto. E isto é o que você estuda , não é irmão Roy, irmão Beeler, e vocês veteranos e outros? É, estudar o inimigo, “O que ele fará? Quais são seus movimentos?” E então saber como encontrá-lo.
22 E é para isto que estamos aqui, estudar o movimento do inimigo e — e sabendo como encontrá-lo, e a coisa que o vencerá.
23 E recordem, deixe-me dizer isto, irmãos, a pequena igreja tem começado aqui na linha dos dons, vêem, os dons estão vindo na igreja. Mas haja dons ou não, se nunca houver um dom, vou lhe dizer, nem sempre o dom derrota o inimigo, porém a Palavra derrotará. A Palavra irá de encontro a ele em qualquer parte.
24 E Jesus, quando Ele estava na terra, provou aquilo. Seu… Ele era Deus manifestado em carne. Mas Ele nunca usou nenhum de Seus admiráveis dons para combater o inimigo. Nós encontramos em Mateus… eu creio que é o II ou III capítulo de Mateus, Ele disse… Não, o II capítulo de Mateus, quando Ele se encontrou com o inimigo, Ele o encontrou na base da Palavra, “Está escrito”.
E o inimigo retrucou, “Está escrito”.
25 E Ele disse, “Também está escrito,” foi desta forma até que Ele derrotou o inimigo. E é para isto que estamos aqui, é para encararmos o inimigo com o material que Deus nos deu — para encontrarmos.
26 Agora eu tenho cerca de quatro perguntas aqui que estão… estão em um — estão em um pedaço de papel, e eu as numerei: um, dois, três, quatro, cinco, seis… oito, dez, e assim por diante. E logo que eu passar por estas, então eu pularei para aquelas alí. Aqui diz:
1 – Irmão Branham, se estas perguntas estão fora do curso então apenas as desconsidere, e eu não me sentirei triste com isto, pois saberei que isto não foi a mão do Senhor. Pergunta número um: Irmão Branham, eu ouví que o senhor… que deveria no…eu — eu — eu ouví o senhor dizer que eu devo voltar para o ministério, e eu mesmo tenho pensado sobre isto, mas tenho esperado em alguma palavra definitiva Dele sobre isto. Até hoje isto não chegou. Agora, desde que eu sei que o fim está tão próximo, devo continuar esperando que o Senhor Jesus fale comigo? Ou, Ele se agradaria em lhe dizer o que dizer para mim, desde que eu sei que o senhor é Seu porta-voz para este dia?
27 Bem, agora irmão, eu…eu tenho anotado aqui minha resposta para isto. Deus chamando este irmão, um chamado na vida, agora, há uma grande coisa que poderíamos apenas tomar aquilo como um texto e pregar a noite toda naquilo, vêem, aquela coisa, “um chamado”. “Manufaturar sua chamada e eleição com certeza”, vêem. Não queremos estar simplesmente questionando se somos chamados. Você deve ser chamado ou você será um fracassado, estamos pelejando uma batalha, Vêem? E se você está positivamente certo, irmão, que o seu chamado é de Deus, e você foi chamado por Deus para fazer uma obra…
28 Agora, há uma grande peça alí que o inimigo pode pregar em você. Ele pode fazer você pensar que você não é chamado quando você é chamado, então ele, dá uma volta completa para te fazer pensar que você não é chamado; ou te faz pensar que você — você é chamado quando você não é chamado; vice-versa, de qualquer lado. E você tem que observar isto.
29 Agora, aqui está a maneira para fazer isto. Descubra primeiro… Bem, agora, este é um conselho, a única coisa que posso dar sobre isto é um conselho. Vêem? Mas tenha certeza que o seu chamado vem de Deus, e então examine seus motivos e objetivos. Vêem? Agora, você sabe o que eu quero dizer com isto. Qual o seu motivo para pregar? Foi apenas… Você acha que é um trabalho mais fácil do que o que você tem? Então é melhor você esquecer isto, não foi um chamado.
30 Um chamado de Deus arde de tal forma no seu coração que você não pode descansar dia e noite por causa disto. Você simplesmente não pode se afastar disto, isto te deixa moendo constantemente.
31 E — e se você tivesse que pregar… Você diz ,bem agora , outro objetivo, “Eu creio, no trabalho que tenho, se eu pudesse ser um evangelista de sucesso ou um pastor, ter um bom ordenado, ter uma casa para morar e assim por diante, então eu — eu creio que isto seria uma boa coisa, muito mais fácil do que estou fazendo agora. E eu realmente penso que isto seria…” Agora, vejam, para começar o seu objetivo está errado. Vêem, não é certo. Vêem? Você — você está errado alí naquilo.
32 Então você diria, “Bem, talvez porque eu seja um… pensar que talvez eu fosse mais popular no meio do povo”. Vejam, você descobrirá que está simplesmente pronto para uma grande decepção. É a verdade, vêem?
33 Mas, agora, se seu objetivo é aquele, “Não me importa se tenho que comer bolachas de sal e beber água pura, eu pregarei o Evangelho de qualquer forma”. Algo simplesmente te dilacera por dentro “Ou eu prego o Evangelho ou morro!” Vêem? Então você — você vai para algum lugar, porque é Deus tratando com você. Deus se fazendo conhecido para você, porque Deus não te deixará descansar. E, geralmente, um homem chamado por Deus nunca deseja fazer isto. Você Já pensou nisso? Qualquer homem…
34 Recentemente um irmão muito precioso me perguntou, disse, “Agora que entramos no Caminho, irmão Branham, agora que encontramos o Senhor e recebemos o Espírito Santo, devemos procurar dons para o nosso ministério, que devemos fazer”.
35 Eu disse, “Nunca faça isto”. Vêem? Nunca aconselhe as pessoas a fazerem algo assim, porque geralmente um sujeito que deseja fazer isto é uma pessoa que — que não pode fazê-lo.
36 O sujeito que está tratando de correr disto é a esse que Deus usa. Vêem? Se ele está tentando se afastar disto, “Oh, irmão, vou lhe dizer, eu… a minha chamada está em mim mas eu… Ó! Homem, detesto tentar aquilo”. Bem, alí está você, veja. Aquele — aquele está tratando de fugir.
37 Se ele — se ele deseja tanto fazer isto, a primeira coisa que você sabe é que ele se encontra a si mesmo como um “pretencioso”. Como você diz, “Deus, Tu me dás poder para mover as montanhas, vou lhe dizer, eu farei algo para Ti se Tu me deixares mover as montanhas”. Não, ele não, não pode nem mesmo mudar a si mesmo para uma atitude correta, vejam, estão nunca moveria montanhas para Deus.
38 Tome por exemplo, Paulo. Você acha que Paulo poderia ter se afastado do seu chamado? Oh, irmão! Ele não poderia fazer isto. Isto estava simplesmente moendo nele dia e noite até que saiu da sua igreja, ele deixou tudo e — e desceu até a … eu creio que foi a Ásia, não foi? E permaneceu três anos lá embaixo, estudando as Escrituras, para descobrir se Isto estava certo ou não, vêem, para descobrir se Deus havia realmente lhe chamado.
39 Então se Deus está te chamando, irmão, e isto continua traspassando seu coração, então eu diria, “Coloque de lado cada peso, e o pecado que tão facilmente rodeia”. Vê você? Se… Mas se isto não está te traspassando, e então eu — eu — eu não pensaria muito sobre isto então. Apenas deixe isto vir a seu lugar.
Agora, ele disse, este irmão disse aqui:
Irmão Branham, devo… Você acha que Deus falaria…(para eu lhe falar)
40 Eu creio que Deus falaria diretamente a ele. Pois, você sabe, Deus… Não somos tão grandes que Ele não possa nos falar. E Ele — Ele — Ele falará conosco, correto. Veja, Ele apenas… Ele falará conosco.
41 E eu lhe digo, se Ele me disse, então o irmão pode dizer, “Bem, Ele disse assim ao irmão Branham, louvado seja Deus!”
42 Mas, veja você, não é o irmão Branham te fazendo a chamada, é o Senhor Jesus te fazendo a chamada. Vêem? E se é o Senhor Jesus te fazendo a chamada, Ele fará o discurso. Vêem? Eu poderia falar com você em seus ouvidos, mas quando Cristo te chama para o ministério é em seu coração. Vêem? É alí onde a coisa tem que ancorar e você não pode se afastar disto.
Agora, eu creio que na segunda pergunta…
43 Agora se há alguma pergunta sobre isso, qualquer pergunta sobre isso, veja, a chamada de um homem tem que ser em seu coração, vindo de Deus. E — e outro irmão… Oh, eu sei quem é este que escreveu esta. Vejam, eu sei quem escreveu, um precioso, querido irmão bondoso que eu verdadeiramente creio que tem uma chamada de Deus. Mas eu apenas…eu não gostaria que ele fizesse isso sob minha ( esta é a razão pela qual a respondí da maneira que fiz). Vejam, sobre mim dizendo: “Bem, sim, o irmão Fulano de Tal tem que ir para o ministério”. Vêem?
44 Agora você diz, “O irmão Branham me disse que eu devo fazer aquilo”. Veja, talvez, e se algo acontecer com o irmão Branham, eu for morto, ou morrer, ou — ou me afastar? Então, veja, a sua chamada estará terminada então. Mas se Jesus te chama , irmão, enquanto houver uma Eternidade isto continuará soando. Vêem? Então você saberá onde você estará firmado.
Agora na segunda….
45 Ou algo assim, “Sabendo que é o último dia”. Eu com certeza aprecio isso por aquele irmão. Eu com certeza aprecio isso daquele irmão estar ciente de que estamos no último dia, e a sinceridade do seu coração, querendo fazer algo por Cristo.
A próxima é:
2 – Agora, se o nosso precioso Senhor me deixar fazer uma coisinha para Ele, devo eu voltar para as comunidades onde tenho ministrado até certo ponto… equivocadamente (pelo que sinto muito)… ele colocou isto entre parênteses… e tentar lhes dizer a Verdade? Eles têm sido tão — tem estado assim em meu coração.
46 Não, irmão, eu não penso que seria necessário você voltar para a mesma comunidade. E eu creio, querido irmão, quando o Senhor te chama talvez Ele nunca te deixe ir como você esteve na comunidade, e você talvez ensinou coisas ou teve coisas que não eram… que você realmente as vê diferente agora, vêem, que pode que você veja diferente do que você via então. Agora, e o Senhor, quando Ele te chamou. Ele… se Ele faz isto real para você, Ele pode te enviar para qualquer parte. Vêem? Você não terá que ir a nenhuma determinada comunidade ou nada.
47 Quando você estava lá você foi sincero. Eu conheço o irmão, como eu disse, que escreveu a pergunta. Na mais profunda sinceridade, e é um verdadeiro cristão genuíno, você fez o melhor que pôde fazer e tudo que você sabia como fazer, e isto é tudo que Deus requer. Vêem? Agora, se Deus te chamasse de volta àquela comunidade, eu voltaria outra vez. Mas se Ele não chamou, eu — eu creio que eu simplesmente iria onde Ele me enviasse. Há alguma pergunta?
Número três:
3 – Como alguém pode saber sua posição correta no Corpo de Cristo?
48 Esta é boa, muito boa, “Como…” Esta seria o tipo de pergunta entre muitos de nós aqui nesta noite, “Como saber corretamente?” Agora, eu presumo que este irmão deseja saber “Qual posição, o que em Cristo, que parte de Cristo eu represento?”
49 Agora, por exemplo, eu diria assim, irmão, para lhe dar a melhor resposta que sei. Sua posição é … em Cristo lhe é revelada através do Espírito Santo. E então se você deseja saber se é o Espírito Santo ou não, descubra se Ele está abençoando o que você está fazendo ou não. E se Ele está abençoando, então é Ele. Se Ele não está abençoando…
50 Como alguém me disse há não muito tempo atrás, disse, “O Senhor me chamou para pregar”.
Eu disse, “Bem, então pregue”. Vêem? E então ele — ele…
51 Eu realmente penso que isto é assim… Satanás, se ele pode conseguir alguém para — para agir daquela forma e então enganá-los, isto é simplesmente o que ele deseja fazer. Então o mundo inteiro aponta seu dedo bem alí. Alguém acha que tem um dom de falar em línguas e de interpretação; outros têm o dom da cura divina; outros têm estas coisas como… Às vezes eles estão enganados nestas coisas, veja. Às vezes eles pensam que não têm isto quando o têm. Então isto é muito traiçoeiro.
52 Então sempre faça isto, irmãos, seja quando for que você sentir que você tem que fazer uma coisa, primeiro descubra se é escriturístico para fazê-lo (se está nas Escrituras). Não apenas escrito em um lugar, mas quero dizer completamente escriturístico através da Bíblia para você fazer, a sua posição, digamos se você é um evangelista, pastor, professor, profeta, seja lá o que for que Deus pode ter te chamado para ser. Vê você? Ou se você tem o dom de línguas, o dom de interpretações, qualquer dom — qualquer tipo dos nove dons espirituais na igreja, e os quatro ofícios espirituais da igreja, qualquer posição, primeiro veja se Deus chamou.
53 Então, geralmente, a maneira que observo isto para mim mesmo, apenas… isto sou eu, eu observo a natureza da pessoa e vejo que tipo de dom que estão professando. Vêem, Deus tratará com a Sua criatura da maneira que Ele o fez. Vêem? Ele fará uma criatura…
54 Se você o vê muito volúvel e saindo por aí, você… e ele diz, “O Senhor me chamou para isto e aquilo, para ser um pastor”. Agora, o pastor não pode ser uma pessoa volúvel. Um pastor é sólido, seguro. Vêem?
55 “Deus me chamou para ser um professor”. E Observe-o como ele interpreta a Palavra. Vêem? Ele A confunde toda e tudo mais, entâo você pode dizer. Vêem?
56 Mas, então, o que fazer, a sua posição é geralmente conhecida se você pode fazer isto ou não.
57 Agora, quando Deus me chamou para ser um evangelista, eu queria ser um pastor. E eu pensei que ficar aqui seria simplesmente ótimo. E o Senhor me chamou. E finalmente todas as pessoas se reuniram… Não há nenhuma delas aqui nesta noite, que clamaram e saíram alí na Rua Spring 1.717. E a senhora, Sra. Hawkins aqui, encontrou comigo e disse (chorando, durante o tempo da depressão, quando um na vizinhança cozinhava um monte de feijões e todos nós íamos e comíamos alí), e disse, “Eu concederia da mesada dos meus filhos se você simplesmente construísse um tabernáculo”. Vêem?
58 E minha chamada era para um evangelista. De manhã… Colocando bem aqui esta pedra fundamental, se pudéssemos arrebentar aquilo alí nesta noite, vocês veriam uma folha da minha Bíblia onde Ele me disse para ser um evangelista. Vêem? E eu não era um pastor bem sucedido, nunca seria, porque eu não tenho a paciência e o que necessita para ser um pastor. Vêem? Portanto se eu tentasse ser um pastor, eu simplesmente estaria tão longe quanto um pastor tentando ser um evangelista.
59 Vêem o que quero dizer? Você pode ver a maneira que o Senhor te chama, qual é a sua posição no Corpo. Há alguma pergunta?
4 – Todas as pessoas cheias do Espírito Santo Falam em línguas cedo ou mais tarde?
60 Esta é a primeira pergunta, “O Espírito Santo…” Então, está tudo em uma pergunta, eu a tenho dividida aqui para a pergunta número quatro. Mas eu — eu direi isto primeiro, vê você:
Todas as pessoas cheias do Espírito Santo falam em línguas cedo ou mais tarde? Eu sei onde Paulo disse que ele “falou em línguas mais do que todos eles”.
Está bem, pergunta número quatro: Todas as pessoas falam em línguas quando recebem o… ou, não, diz: Todos falam em línguas… Não: Todas as pessoas cheias do Espírito Santo falam em línguas cedo ou mais tarde?
61 Agora, irmão, eu… Esta é uma pergunta profunda. Agora, alí, você provavelmente …eu provavelmente terei algumas respostas lá atrás sobre isto.
62 O Espírito Santo, parte do Espírito Santo é justificação. É aí quando você primeiro… Deus tem que te chamar ou você nunca será chamado. Vêem, em você mesmo não há nada que possa fazer. “Ninguém pode vir a Mim a não ser que Meu Pai o aproxime primeiro”. É isto certo? Então parte da justificação é o Espírito Santo.
63 Vocês me ouviram explicar àquele deão luterano aquela vez sobre a plantação de milho? Veja, “o milho, um homem saiu e plantou dois… plantou seu milharal. Na manhã seguinte ele foi lá fora e “nada”. Após algum tempo ele encontrou duas folhinhas apontando, ele disse, “Glória a Deus pelo meu milharal”. E eu disse, “Ele tinha o milharal?” E eu disse, “Ele tinha o milharal?”
E o deão luterano disse, “Potencialmente”.
64 Eu disse, “Correto, potencialmente ele tinha”. Mas eu disse, “Por…”. Eu disse, “Aquilo era vocês Luteranos”.
65 “Mais tarde os brotos cresceram e veio a borla”. (Eu acho que está certo, vocês irmãos fazendeiros). “E então a borla olhou para baixo para a folha e disse. “Huh! Eu sou uma borla, você é simplesmente uma folha! Vêem, eu não preciso mais de você”. E então a borla… O pólen cai da borla, de volta para a folha outra vez; tem que ter a folha”.
66 “E então dali produz-se a espiga.Isso foi os Pentecostais, a restauração dos dons como foi em primeiro lugar, de volta ao original. Então quando a espiga brota, diz, “Eu não preciso de você, borla. Ou nem mesmo preciso de você, folha”.
67 Mas, depois de tudo, a mesma vida que estava na — na folha do milho fez a borla. E o que estava na folha e na borla fez o grão. Então o que é o Espírito Santo, falar em línguas? É uma justificação superior. Vêem? O que é a igreja Pentecostal? O luterano desenvolvido. Vêem?
68 Mas agora quando o avanço tem chegado, a pergunta seria esta, “Então devo eu apenas permanecer?” Não! não, o milho está amadurecido. Vêem? Você começa com o grão. Começa com a — a Palavra, o grão, Ele produzirá justificação. E permaneça na justificação até que Isto produza santificação. Permaneça na santificação até que você receba o Espírito Santo.
69 Agora quando você recebe o Espírito Santo, o que Ele fará? O que é… Você ainda tem a pergunta, não tem? Correto:
5 – O que é “falar em línguas”?
70 O falar em línguas não é nada mais do que o batismo com o Espírito Santo que te justificou e santificou. É tão saciável! Agora, eu queria… eu queria esta pergunta. Deus sabe que eu jamais sabia que alguém ia perguntá-la, responder… ou perguntar isto.
71 Agora, é muito… se ficar muito quente aqui, abram aquela porta se vocês ficarem com sono ou algo. Eu quero que você compreenda firmemente isto. Porque isto — está realmente um pouquinho quente, e pode te deixar sonolento.
72 Agora observe, observe isto: justificação, santificação, o batismo com o Espírito Santo.
73 Agora veja aqui, aqui está. Deixe-me ilustrar isto. Agora, estou aqui embaixo, eu sou um pecador, estou andando para este lado. De repente, após algum tempo, Algo fala comigo. E nada pode me virar exceto Deus. Não é isto certo? Eu volto para este lado. Agora, quando eu dou a volta, esta é a minha justificação. Não é isto certo? Agora, o quadro é o meu objetivo de ir, vêem, o quadro de Cristo.
74 Agora quero chegar a um lugar onde eu possa sentir bem por alí. Vêem, sou justificado. Agora eu chego neste estágio aqui onde eu posso falar com Ele, porque… eu ainda tenho vergonha de mim mesmo. Eu continuo fumando, continuo mentindo e fazendo certas coisinhas às escondidas que eu não devia fazê-las, e todo o tempo estou em cima e embaixo, em cima e embaixo, mas eu quero que Ele me limpe de todas estas coisas para que então eu possa realmente chegar até Ele e falar com Ele. Vêem? Correto, aqui está, é santi-… estágio da santificação. Agora, o que isto fez? Me consertou. Vêem?
75 Agora eu sigo em frente até o Espírito Santo. Vêem? E quando eu entro aqui estou no Espírito Santo através de um batismo. É isto certo? O que o Espírito Santo faz? Ele me dá poder. Poder para ser uma pregador, poder para ser um cantor, poder para falar em línguas, poder para interpretar línguas. Está cheio de poder, pois o Espírito Santo é o poder de Deus. E foi o poder de Deus que me transformou. Foi o poder de Deus que me santificou. Agora é o poder de Deus que me encheu.
76 Agora, em uma determinada ocasião, estava aqui de pé e tentava dizer algo e o Poder de Deus desceu sobre mim de tal forma que não pude nem mesmo falar mais. Vêem? E eu comecei a gaguejar. Como se eu fosse dizer, “Irmãos”, e parecia que eu…
77 Como isto, aqui está, eu vou ilustrar isto desta forma. Eu vou falar com vocês irmãos para que vocês tenham certeza de que compreenderam isto. “Como — como — como você vai, irmão?” Veja, eu continuo culpado. “Oh, eu — estou muito alegre que eu — de continuar sendo um de vocês. Eu — eu estou bastante feliz, veja você”. Correto, após algum tempo, o que? Eu sei que você está olhando bem para mim e sei que continuo fazendo coisas, continuo fazendo coisas que têm a imundície do mundo nelas.
78 Depois de algum tempo eu consigo ficar limpo. Agora algo aconteceu, estou santificado. Eu posso te olhar bem na face, eu sou um de vocês. Vêem? Correto, “Irmão, louvado seja Deus! Estou contente em estar neste grupo do Espírito Santo. Estou feliz em estar no vosso meio santos irmãos”. Por que? Não podem colocar o dedo em mim, estou limpo. Mas agora Deus vai me colocar em serviço. Agora, sim, senhor!
79 “Irmão Branham, você foi justificado?”
80 “Sim! Eu recordo quando eu dificilmente podia olhar para você. Irmão, eu posso te olhar na face agora”.
81 Vejam, aqui estamos. Agora, e este outro? Agora eu vou… Isto está limpo e colocado a um lado para serviço, e isto está entrando em serviço. Agora, todos nós sabemos que a palavra santificar é uma palavra grega, uma palavra grega composta que significa “limpo, e colocado de um lado para serviço”. Os vasos foram limpos colocados no altar, e santificados para altar e colocados a um lado para serviço. Mas estar em serviço é estar cheio e colocado em serviço.
82 Agora, eu vou aqui e agora estou entrando em serviço. Agora, foi Deus quem me transformou, dizendo, “Ouví-Me. Ouví-Me! Ouví-Me”. E Ele disse…
83 Você entendeu o que quero dizer? Vêem? E aqui, [O irmão Branham ilustra alguém falando em outras línguas — Ed] Vêem, aqui, você está simplesmente tão cheio que você… É isto. Aí está você, isto é falar em línguas.
84 E eu creio nisto agora: Eu não creio que falar em línguas é alguma evidência do Espírito Santo! Não é! Porque tenho visto bruxas, magos, os seguradores de cobras, demônios, tudo mais falar em línguas, e não é um ato infalível de Deus (quando você fala em línguas) que você tem o Espírito Santo. Mas, recordem, o Espírito Santo realmente fala em línguas e o diabo pode personificar isto.
85 A — a evidência que você tem o Espírito Santo é a vida que você vive, vêem, “Pelos seus frutos os conhecereis”. E o fruto do Espírito não é ( não é encontrado em parte alguma das Escrituras ) falar em línguas. O fruto do Espírito é o amor, gozo, fé, benignidade, bondade, humildade, mansidão, paciência. Vêem, agora, aí estão os frutos. É isto que você encontra na árvore para dizer que tipo de árvore é. Vêem? é isto…
86 As pessoas ficariam olhando para vocês pregadores, e vocês diáconos, e vocês administradores e os evangelistas. Vocês poderiam falar em línguas aqui fora nesta rua o dia inteiro, elas nunca creriam em vocês. Mas se vocês vivem aquilo que vocês falam, vocês mostram vida vivida, e todas as raizes de amargura estarão fora de vocês, então o homem saberá que existe algo.
87 “Falar em línguas”. Agora, eu realmente creio nisto, que uma vez ou outra, que uma pessoa cheia do Espírito que está debaixo do altar de Deus fale em línguas. Mas eu já vi muitos que falam em línguas que nunca souberam nada a respeito de Deus. Vêem? Eles não sabiam nada a Seu respeito de forma alguma, e eles continuavam falando em línguas. Quaisquer daqueles dons podem ser personificados. Vêem?
88 Mas o fruto do Espírito prova qual Espírito está do lado de dentro, você carrega o testemunho da Vida de Jesus Cristo. Porque se há seiva de pêssego na macieira, ela produzirá pêssegos tão certo quanto o mundo. Isto é correto. Vêem, porque é a vida que está dentro disto.
89 Agora, esta é a mesma coisa que é aqui. Porém, agora, para que eu pudesse mostrar a todos, para que todos nós pudéssemos saber a mesma coisa. Eu creio que uma pessoa cheia do Espírito que… Agora ele entra em Cristo através de um batismo, e apenas… aquilo não é… o falar em línguas não é a evidência do batismo. Vêem?
90 Um batismo, você poderia ser batizado no poder do Diabo e falar em línguas com o batismo do espírito enganador do Diabo. Quantas vezes temos visto isto ser feito? Quantas vezes tenho visto isto ser feito?
91 Eu sei até daqueles que bebem sangues em uma caveira humana e falam em línguas.
92 Eu já vi os dançarinos das serpentes no deserto quando eles enrolam aquela grande cobra ao seu redor e saem falando. O encantador sai dali assim, e eles falam em línguas e interpretam aquilo.
93 Já estive em seus terreiros de feitiçaria onde eles colocam um lápis embaixo assim e colocam um livro alí ao lado, e o lápis sobe e desce pela chaminé, e toca, “Barbear e cortar o cabelo, vinte e cinco centavos”, e escreve em línguas desconhecidas, e o feiticeiro interpreta aquilo e diz exatamente o que aconteceu. Eu — eu mesmo sei disto. Vêem? Então eu… Vêem, você pode…
94 Paulo disse, “Onde há línguas, elas cessarão. Onde houver profecias, elas falharão. Onde houver todos estes dons, eles em breve terminarão”. (Nós recebemos a pergunta um pouquinho tarde). “Mas quando aquele que é perfeito chegar, o que é em parte será aniquilado”. Vêem? Então, nós queremos a coisa perfeita, irmãos . Vêem? Nós vemos muitas coisas falsas e damos uma interpretação errônea a Isto.
95 E nunca encarem uma pessoa e — e creiam que elas tenham o Espírito Santo porque elas falaram em linguas. Vêem? Mas você creia que elas têm o Espírito Santo por causa dos frutos que elas carregam, pois Jesus disse, “Pelos seus frutos os conhecereis”. Vêem? Isto é certo, “Pelos seus frutos”.
96 Agora, mas agora, não me deixe afastar daquilo agora, porque eu não quero desonrar um grande dom que Deus tem dado. Vêem? E eu creio que um homem cheio do Espírito ou mulher, ou uma criança, que vive sob o altar de Deus, não viverão muito até estarem falando em línguas. Vêem? Eu creio que ele fará isto, ou ela.
97 Agora, você pode receber o Espírito Santo e talvez você não falou em línguas quando O recebeu. Vêem? Mas se você está constantemente alí diante de Deus o tempo todo, com batismo após batismo te comovendo, algo vai acontecer. Vêem? Você ficará tão cheio um dia até você não poder falar nada mais: vêem, você — você tenta dizer algo, você simplesmente não consegue dizer aquilo mais, e não consegue dizer. E muitas vezes se as pessoas soubessem que aquele era o Espírito Santo elas seguiriam em frente e simplesmente abririam seus corações e deixariam Deus falar com elas.
98 A Bíblia diz, “Pelo que por lábios gaguejantes e por outra lingua, falarei a este povo”. Isaias 28, vêem, 28:18 [28:11 — Trad.], “Pelo que por lábios estranhos e por outra língua falarei”.
99 O que é “gaguejante”? Quando alguém não pode falar claramente, assim [O irmão Branham ilustra alguém falando gaguejando-Ed.] Você apenas… você gagueja, apenas tentando. Veja, simplesmente tão cheios do Espírito! Ele está tentando dizer… Como eu ia dizer, “Irmão Ja — Jack… Ja-… Ir…mão Jack… Irmão Ja — Ja — Jack — Jack-Jackson”. Vêem, isto assim, você está tentando falar, não consegue dizer. Veja, isto é , estar tão cheio do Espírito! Isto…
100 Eu quero lhes perguntar irmãos, você já alguma vez sentiu o Espírito Santo te sacudir de tal forma até que você dificilmente não consegue dizer nada, apenas se assenta quieto, só alí assentado chorando? Já aconteceu isto? Bem, este é o Espírito Santo. Se você… A razão de muitas vezes das pessoas não falarem línguas, elas não sabem como se renderem ao Espírito e elas ficam procurando por algo bem longe quando Isto está bem dentro delas. Vêem? Esta é a razão que elas não…
101 Então algumas pessoas se deixam ser trabalhadas em emoção e dizem um monte de palavras que não significam nada, e continuam a não ter o Espírito Santo, e tentam dizer que têm porque elas falaram em línguas. “Pelos seus frutos os conhecereis”, vêem.
102 Agora, há alguma pergunta? [O irmão Junior Jackson diz, “Irmão Branham?” — Ed.] Sim, irmão. [“Estou contente por ter sido feita aquela pergunta, porque sem dúvida alguém estava querendo saber o que talvez eu concordei e ensinei a coisa errada. Mas eu creio que é exatamente como o senhor ensinou”]. Obrigado, irmão Jackson. [“Não importa a quantidade de vezes que eu possa ter falado em línguas, ou qualquer coisa, se a minha vida não testemunha aquilo que a Bíblia diz então não sou melhor do que um cachorro ordinário que anda pela rua”] Isto é correto. [“E eu nunca havia falado em uma língua desconhecida até seis meses atrás depois que recebí meu batismo”]. Foi mais ou menos assim que aconteceu comigo também, irmão Jackson.
103 Eu recebi o batismo com o Espírito Santo lá atrás na minha choupana, vêem. E cerca de um ano mais tarde, ou algo assim, eu estava — eu estava… falei em línguas .
104 E cêrca de um ano ou dois depois daquilo, eu estava pregando outra vez em uma igreja, e eu estava — estava em cima da plataforma assim, e eu… Quando eu era jovem e não era desajeitado e velho como sou agora, eu podia me arranjar um pouquinho melhor e eu era bastante emotivo na pregação. Eu estava alí de pé pregando e simplesmente pulava no púlpito. Isto foi em uma igreja Batista, na igreja Batista de Milltown, e saí pelo corredor, pregando o mais firme que eu podia pregar. E logo que eu parei de pregar, Algo simplesmente veio em mim e me levou e disse várias palavras, quatro ou cinco , ou seis palavras em línguas desconhecidas. E antes de eu saber o que estava fazendo, eu ouví a mim mesmo dizendo, “A Rocha em uma terra cansada, o Escudo em tempo de tormenta”. Vêem?
105 E então um dia descendo a linha de ferrea, eu estava andando pela linha férrea, deste lado de Scottsburg descendo pelos trilhos, patrulhando. O vento soprava forte, oh que coisa, e o gêlo estava por todo o trilho, e eu atravessei para eu descer os “trinta e três milhas”, e os sessenta e seis subiam do outro lado, o que ia paralelo ao trilho. E eu estava descendo o trilho, e de repente… Eu estava andando alí, eu cantava. Eu sempre canto. Eu tinha diferentes lugares onde eu ia orar. E eu estava descendo alí, cantando, e de repente eu notei que estava falando em línguas, vêem, não sabendo o que estava fazendo.
106 Falar em línguas vem com tanta combustão que a pessoa dificilmente sabe o que está fazendo. Elas… Ela não sabe o que está dizendo. E a interpretação é da mesma forma. Ela não sabe o que vai dizer. Ela não tem idéia de que vai dizer aquilo, porque é sobrenatural. Vêem, contanto que você coloque o natural alí, então você não… você — você — você fica natural, vê você. Mas se algo simplesmente te agarra e te segura, e você está fazendo aquilo. Vê?
107 [O irmão Neville diz, “Irmão Branham, eu poderia dizer algo aqui? — Ed.] Claro, que você pode, irmão Neville. [“Agora, o senhor dizendo isto desta maneira, você não está querendo dizer, portanto, que — que as línguas teriam que estar em ordem no culto, e se alguém não puder controlá-la? Porque ele… Um homem que tem um dom tem que ter controle sobre ele”] Ele pode se controlar. Sim. Exatamente como… [“Você tem que estar suficientemente consciente para saber que está quase para falar em línguas”] sim, correto [ “ou ele está fora de ordem para começar”]. Correto, ele sente isto. Vêem? Agora, como a Bíblia diz, “Se — se houver um que fala em línguas e não houver intérprete, então que ele fique calado”. É claro.
108 Digamos, por exemplo, eu estou aqui de pé, qualquer um quando você está se preparando para gritar, a mesma coisa. Você já sentiu o poder de Deus vindo em você quando você começa a gritar? Quantos já fizeram isto? Bem, todos nós já. Vêem? Você apenas assenta alí, você sente isto chegando. Agora, as vezes você pode apagar aqui, vêem. Você pode segurar aquilo, vêem, não é certo.
109 E se você estivesse de pé, falando com o — o Presidente dos Estados Unidos, ou se você estivesse aqui fora conversando com o prefeito da cidade, e se você estivesse falando sobre outra coisa, bem aqui na rua, falando com um grupo de pessoas, e de repente você sentisse vontade de pular de um lado para o outro, e gritar e gritar “Glória! Aleluia!” e começasse a chutar tudo e correr de um lado para o outro na rua assim. Eles diriam que você estava louco. Vêem? Eles diriam, “Aquele homem é louco”. Vêem?
110 Bem, veja, você sabe melhor do que fazê-lo então. Você se contém, embora aquilo esteja te traspassando interiormente e você quase não possa conter. Você diz, “Sim, senhor. Sim, senhor. Oh — oh. Oh -oh. Sim, senhor. Oh — oh”. Rapaz, isto quase te deixa em pedaços, mas você sabe se manter calado então. Vêem?
111 Como aconteceu no palácio de justiça aqui há não muito tempo atrás, alguns pentecostais estavam alí para — por ter feito alguma coisa, gritado muito alto ou algo, que era… Eles eram absolutamente autênticos, vê você, é verdade. Mas todas às vezes que o juiz ia falar ou ia dizer alguma coisa para eles, eles falavam em línguas. Vê? O juiz disse, “Tirem este povo louco daqui”. Vêem?
112 Agora, se houvesse uma interpretação para aquelas línguas e dissessem ao juiz “Assim Diz o Senhor”, tal e tal coisa é a verdade, “Assim Diz o Senhor! Juiz, por que você está aqui de pé me julgando sendo que ontem à noite você saiu com uma prostituta? Seu nome era Sally Jones, ela mora lá embaixo no número 44 e tal lugar, desta forma. Por que você está me julgando? Este é o Assim Diz o Senhor! Agora negue isto e você cairá morto”. Agora, oh, irmão! Há algo diferente alí.
113 Mas quando você fica apenas de pé falando, e ele diz, “Você é um bárbaro para eles”. Vê você? Agora, você sabe quando ficar calado e quando não fazer aquilo. Vêem? Agora, aquilo… Veja, eu… Vocês me entenderam bem agora, vocês sabem o que quero dizer. Vêem? É isto. Com certeza…
114 Nós temos aquela pergunta bem aqui. A razão pela qual eu estava segurando isto assim, nós temos a mesma coisa, “Eles têm que ficar calados? “Vê você? Esta é a razão pela qual não respondí isto mais do que você estava dizendo. Mas este é o tempo, responda isto agora, vejam, neste momento. E nós teremos isto também nesta pergunta aqui embaixo, e eu apenas me referirei de volta a isto. Todos entenderam bem aquela pergunta?
[O irmão Fred pergunta, “Irmão Branham?” — Ed.] Sim. Sim, irmão Fred. [Uma — uma pessoa fala em — no Espírito, dando a pronúncia (digamos que ele seja um inglês e ele pode falar inglês) o Espírito daria a pronúncia?”
115 Com certeza, Sim, senhor. Vêem, porque o Espírito Santo fala em cada língua. Vêem? No dia de Pentecoste todas as línguas sob o Céu estavam reunidas, vêem. Falando em Inglês… Agora, eu sempre sei disto, o irmão Freddie, eu mesmo, pois eu… se eu prego um sermão e há qualquer unção nele, é o Espírito dando a declaração, vê você. É o… Vêem? Então aquilo seria uma língua desconhecida para um homem que não compreendesse inglês. Mesmo assim…
116 E da mesma forma que a língua desconhecida não é uma língua “desconhecida”, é… há alguém alí… Como no Dia do Pentecoste, eles disseram, todos estes pecadores, eles disseram, “Como ouvimos cada homem em nossa própria língua? Como estamos ouvindo estes galileus falarem em nossa própria língua?” Não havia nenhum “desconhecido” sobre aquilo de modo algum. Não há tal coisa como línguas “desconhecidas” no Pentecoste. Agora, vejam, isto não é escriturístico de forma alguma. Vêem? Não havia… não era uma língua desconhecida, era uma língua. “Como podemos ouvir cada homem na própria língua que nascemos? Nada desconhecido a respeito disto de forma alguma. Vêem? Aquilo… alguma pergunta sobre isso agora, neste momento antes de deixar isto? “Como ouvimos nós cada homem em nossa própria língua?” Vêem?
117 [Um irmão diz, “Isto — é aí onde existe um pequeno erro por causa da fraqueza humana, e quando as pessoas — falham em aceitar qualquer coisa, apenas dizem, “eu não creria nisto de modo algum, somente de acôrdo com Atos 2:4!” — Ed.] Bem, se eles obtiverem isto de acôrdo com Atos 2:4 com certeza eles não falariam em uma língua desconhecida. [“Não, em uma língua”] Oh — oh. Eles teriam que falar em — na língua que o povo te ouvisse, vêem, por que “cada um ouviu na sua própria língua”.
118 Agora, se eu recebo o Espírito Santo neste momento, de acôrdo com… digo… eu creio que há um irmão aqui procurando o Espírito Santo, que é o — é o irmão Wood. É isto correto, irmão Wood? Eu não tenho intenção de te chamar, mas todo… somos todos simplesmente irmãos aqui e queremos dizer isto. E ele está procurando o batismo com o Espírito Santo. Agora, se o irmão Banks recebesse o Espírito Santo alí, da maneira correta, se ele O recebesse de acôrdo com a Bíblia, ele se levantasse alí, falasse, ele falasse em inglês, falasse, “Jesus Cristo o Filho de Deus ressuscitou”, ele falasse isto como ardente profecia que diz isto. “Eu sei que Ele é, porque Ele acabou de entrar no meu coração. Ele é o Filho de Deus! Meus pecados acabaram, algo aconteceu comigo”. Vêem? Aí está você. Isto é falar no… “como nós ouvimos cada homem em nossa própria língua?”
119 Digamos, e se nós pessoas de Indiana falássemos uma língua diferente do povo de Kentucky, e o irmão Banks fosse de Kentucky? E eles falassem uma lingua diferente então, e aqui sabemos que ele não podia falar a língua de Indiana. E então se ele levantasse alí falando em — na língua de Indiana, e soubéssemos que ele não sabe. Vêem? E o ouvíssemos na língua de Indiana, ele está pensando que ele está falando a língua de Kentucky. Ele estaria apenas testificando, “Louvado seja Deus! Jesus ressuscitou dos mortos. Aleluia!” Mas nós o estaríamos ouvindo na língua de Indiana.
120 Foi isto que aconteceu no Dia de Pentecoste. Vêem? “Como ouvimos cada homem”, vêem, “eis, não são galileus todos estes que estão falando”, veja, gente de Kentucky? “E como nós de Indiana, Ohio, Illinois, Maine, Massachusetts, e os Californianos o ouvimos na língua em que nascemos?” Captaram a idéia? Veja, é a inspiração para eles.
121 Vêem, a mensagem… A coisa disto é, é um testemunho da ressurreição de Jesus Cristo. Vêem, isto é certo. Agora, se Deus não vive aquela Vida em você, não importa o quanto você testifique Daquilo, você continua a não compreender isto. Vêem? Isto é certo. Quão bem você…
122 Há alguma outra pergunta agora? [O irmão Roy Roberson diz, “Bem, irmão Branham, eu penso que nós vimos isto acontecer na fila de oração, aquela garota espanhola”- Ed.] Sim. Muito bem, irmão Roy. Isto foi em — bem onde estou indo agora, em Beaumont — Beaumont. Foi em Beaumont? Sim, senhor.
123 Agora, a fila de oração estava parada. Alí havia uma pequena garotinha espanhola que subiu na plataforma. Bem, francamente, eu creio que eu estava saindo, não foi isto? Howard estava me levando para fora, e — e esta… Eu — eu — eu ouví alguém chorando, era uma garotinha espanhola alí, oh, com cêrca de quinze, dezesseis anos de idade, bem… apenas uma criança. E — eu olhei, e ela seria a próxima no cartão de oração se eu tivesse chamado. Eu tinha um monte alí em cima, ela seria a próxima no cartão de oração. Eu disse, “Trague-a”. Então eles a trouxeram para cima. Eu estava indo para outra reunião, e eu disse, “Trague-a aqui em cima”.
124 Então, eu vim a descobrir, eu disse a ela algo assim, “Agora, você crerá? se Jesus me ajudar a lhe dizer o que há de errado com você, você crerá que — que Ele te curará?” E ela apenas manteve sua cabeça inclinada. Eu pensei, ela deve ser surda-muda. Vêem?
125 Então quando olhei outra vez, eu disse, “Não, ela simplesmente não sabe falar inglês”. Então eles chamaram um intérprete para ir até ali, e eu disse, “Você crerá Nisto?” Ela fez um gesto para… Então ela pôde compreender através do intérprete, naturalmente. Vêem?
126 Bem, então eu disse… E eu olhei e tive uma visão. Eu disse, “Eu te vejo assentada ao lado de uma velha lareira e uma grande chaleira balançando, cheia de espigas de milho amarelas. Sua velha… Você recorda disso, irmão Roy? Eu disse, “Você comeu muito milho. E quando comeu, você ficou violentamente enferma e a sua mãe te colocou na cama e você começou a ter ataques epiléticos”. E eu disse, “Você os tem tido desde então”.
127 E então ela virou para o intérprete e lhe disse na sua própria língua, “Eu pensei que ele não podia falar em inglês… ou melhor, falar em espanhol!”
128 E ele virou para mim e disse, “Você não falou em espanhol, falou?”
129 Eu disse, “Não”. Então olhamos para o gravador, paramos os gravadores, era absolutamente em inglês.
130 Mas então o intérprete disse, “Diga-me o que ele lhe disse então”. Vêem, ele teve que interpretar. Disse, “Diga para mim o que ele disse”. E ela disse as mesmas palavras de volta para ele, e ele traduziu outra vez.
131 Agora, ela me ouviu na sua própria língua na qual ela nasceu, e eu estava falando em inglês. Ela ouviu aquilo em espanhol. “Como ouvimos isto na própria língua em que nascemos?” E a menina foi curada. Vêem, é isto, são as maravilhosas obras de Deus.
[Um irmão pergunta, “Então o vaso que contém o Espírito Santo não… será apenas um vaso, e Aquele que o enche pode enchê-lo com o que Ele…? — Ed.]
132 Seja o que for que Ele desejar, isto é certo. Exatamente correto. E então observe com o que está cheio, então você saberá se você tem o Espírito Santo ou não. Vê? Apenas observe com o que ele está cheio. Se o — se o vaso está cheio de impurezas, então não é o vaso de Deus. Mas se está cheio de pureza, então é um vaso de Deus. Vêem o que quero dizer? [O irmão diz, “E o vaso, às vezes o vaso é usado e não é conhecido, não é conhecido no tempo que… quando ele foi usado?” — Ed ] Oh, claro. [O irmão dá uma testemunho]. Oh — oh. Oh- oh. Isto é exatamente certo, claro. Oh, todos nós, nós vimos isto. Eu já vi isto muitas vezes. Sim, senhor. Sim, senhor. Todos nós… Nós sabemos que estamos familiarizados com estas coisas.
Eu creio que aquela foi a número quatro: Todas as pessoas cheias do Espírito Santo falam em línguas mais cedo ou mais tarde? Eu sei onde Paulo disse que ele “Falava em línguas mais do que todos eles”.
Agora, o que eu penso agora, para terminar a pergunta do irmão:
Paulo, falando em línguas mais que todos.
133 Paulo era um homem inteligente, ele mesmo sabia muitas línguas. Vêem, ele podia falar com… ele… Recordem que quando ele estava em prova, ele podia falar este ou aquele tipo de outra língua, ou seja o que fosse. E aquelas eram línguas desconhecidas para o povo, mas elas não eram inspiradas. Eram línguas faladas, vejam vocês. Mas… e…
134 Mas eu realmente creio que uma pessoa cheia do Espírito que vive sob o altar de Deus, sem dúvida, mais cedo ou mais tarde, terá experiência em línguas, porque esta é uma das mais baixas e menores coisas que há de acôrdo com a descrição de Paulo. Se você as colocasse em ordem, é a última coisa na linha dos dons, vêem, é o falar em línguas.
135 Mas agora, primeiro, você é batizado.. Aqui, cada um de vocês são os dons. Eu estou do lado de fora. Agora, “Através da Porta, um Espírito”, uma porta entra neste quarto. É isto certo? Agora, eu não posso entrar daquele lado, não posso entrar por este lado e voltar por aquele lado. Vêem? Como eu entro aqui? Através do irmão Roberson? Não, senhor. Através, bem, digamos, do irmão Leo? Digamos que ele seja o dom de falar em línguas, veja, eu entro pelo Leo? Não, senhor. Oh — oh. Bem, como eu entro? “Através de uma Porta, através de um Espírito”. O Espírito não é só línguas. Oh, não. Oh! Vêem? Veja, “Através de um Espírito sou batizado neste Corpo”.
136 Agora, isto é o Espírito , vocês todos são dons. Você diz, “Bem, bendito seja Deus!” Eu irei e, digamos, aí está — aí está o irmão Wood, ele é o dom dos milagres. Vê? ” Oh, tive um milagre realizado. Eu sei que tenho o Espírito Santo porque eu realizei um milagre”. Não é através de um “milagre” que somos todos batizados em um Corpo.
137 Vá ao irmão Junie então, ele é o conhecimento, “Bem, bem, eu tenho o conhecimento da Bíblia! Rapaz, vou te contar, eu sei que tenho o Espírito Santo por causa daquilo”. Não, aquele continua a não ser o caminho para entrar.
138 Correto. Não através do irmão Leo, não através do irmão Wood, não — não pelo irmão Junie. Vêem? Não. Mas através de um o que? [A congregação responde, “Espírito!”- Ed.] Correto. Sou batizado neste Corpo, agora estou Nele, agora como o Pai vai me usar? Vêem? Aconteceu do Léo estar assentado perto da porta; sem dúvida isto seria uma das primeiras coisas a acontecer, ou pode não ser. Eu poderia ser tão rico em Espírito, que Deus iria daqui direto ao irmão Wood, e passar por todo o restante. Você não pode me dizer agora que eu não tenho o Espírito Santo, porque estou neste Corpo pelo batismo. Mas Deus nunca me trouxe aqui para dizer, “Bem, bendito seja Deus, eu acho que vou me assentar agora e descansar, eu vou para o Céu”. Oh! Vêem o que quero dizer?
139 Mas eu poderia ir diretamente daqui, de volta para lá. Vêem o que quero dizer? Eu poderia ir de um extremo ao outro, ou eu poderia ficar no meio, ou em qualquer parte. Mas algo acontecerá , algo tem que acontecer. E o que é isto? Através do batismo no espírito, me mostra que estou no Corpo, “Através de um Espírito”. Você entendeu isto, irmão, aqui? Tudo bem. É isto? Correto.
6 – Em que ordem são as línguas e profecias para serem usadas durante o culto.. (Não são usadas de modo algum durante o culto! Vêem?)… para glorificar a Deus… (de modo nenhum!) …e edificar a igreja? Eu sei que as pessoas dizem que o espírito do profeta.. Eu sei… eu — eu sei que…(p…) eu achou que… Não, me desculpem, está escrito “A Bíblia”, B-i-b-l-i-a. Eu disse p-e-s-s-o-a-s, ou algo assim. Não)… A — a Bíblia diz, “o espírito dos profetas está sujeito ao profeta”. (Exatamente).
140 Falar em línguas espiritualmente e profetizar é para edificar a igreja, mas para isto tem seu próprio culto. Vêem? Isto não é para incomodar desde que o profeta da igreja esteja… A reunião esteja em ordem. Vêem? E nunca para interromper uma reunião.
141 Agora, vejam, ” os espíritos dos profetas”. Nós — nós temos outra pergunta agora, vamos deixar esta só por um minuto. Veja, a verdadeira maneira correta destes… operar estes dons… Isto está respondendo muitos dons, vê você. Quando chegarmos nelas nós diremos que respondemos nesta primeira, esta pessoa nesta aqui. Vêem? Esta é a número cinco:
As línguas e profecias são para serem usadas durante os cultos para glorificar a Deus?
142 Vê você, agora, o ministro… se o ministro é ungido por Deus, e a igreja está colocada em ordem, agora, a maneira correta… Muitos de vocês sabem como eu — eu tenho falado com vocês sobre “ter isto estabelecido em ordem”. Estes dons têm que estar… Agora, aqui está o que faremos no Tabernáculo, o Senhor permitindo. Agora, estou observando, estou vendo algo, deixando o irmão Neville e estes outros irmãos aqui em ordem. Agora você… E muitos de vocês irmãos, são jovens irmãos.
143 Agora, eu — sou um antigo veterano para — para todos vocês neste Caminho. Tenho estado trinta e um anos Nisto. Foi cêrca de trinta anos atrás eu lancei aquela pedra alí. Eu tive que enfrentar tudo que havia para ser enfrentado, e é melhor você saber o que você fala, também, quando você chega nisto. É melhor você não apenas saber aquilo, é melhor Deus estar alí para sustentar isto quando — quando você terminar isto.
144 Agora, a maneira mais bem sucedida de — de fazer isto agora, vocês poderiam ter uma reunião especial. Eu creio que foi isto que eles fizeram em I aos Coríntios 14 alí, “Se algo for revelado a alguém assentado alí, que o outro aguarde em silêncio então”. Eu creio que era “uma reunião especial para os dons”, que estaria certo. Se eles quisessem ter uma reunião especial onde todas as pessoas de dom se encontrassem uma vez por semana, elas e os dons, e viessem a igreja, isto seria ótimo. Deixe-os ter aquela reunião, não há… sem nenhuma pregação, é para os dons do Espírito.
145 Isto não é para os visitantes e os incrédulos. Eles chegariam e assentariam e diriam… Um levanta e, “Ah — Ah”, fala em línguas; o outro diz, “Ha-ha”. “O que está acontecendo!” Eles chegariam e diriam, “Onde estão os cânticos? Onde está o restante disto?” Vêem?
146 Mas, agora, estes que estão falando em línguas, muitos deles (e interpretando, e assim por diante) são bebês no Evangelho. Vêem? Não — não para ofendê-los, deixe-os — deixe-os crescer até que aquele dom… Alguns deles, vocês podem ver como Satanás tenta tramar no meio de alguns. Claro, os veteranos, nós — nós — nós vimos aquilo. Vêem, nós podemos captar aquilo, e você observará isto.
147 Aqui há não muito tempo atrás um determinado ministro, assentado bem aqui agora, chegou para falar comigo e me levou sua casa, um irmão muito precioso.
148 Eu não digo isto porque ele está assentado aqui, mas todos vocês são irmãos preciosos. Se eu não pensasse isto, eu lhe diria, “Vamos, você e eu acertarmos esta coisa entre nós primeiro”. Vêem? Isto é certo. Vêem? Eu amo todos vocês, e eu quero ouvir isto no espírito de tolerância à Bíblia, vê você, para — para ajudar. Vêem?
149 Este irmão me chamou até sua casa para… uma determinada mulher, e aquela mulher estava errada. E este …eu nunca vi a mulher senão o que eu ouví na fita, ela dando a interpretação de línguas, e dizendo algo. Você podia captar aquilo então.
150 Certo dia, outro ministro e eu… ou a mesma pessoa, nos assentamos em um toco, caçando esquilo, e falávamos sobre isto. E ambos os ministros, presentes agora, sabem como decorreu aquilo. Veja, apenas observe.
151 Quando seus sentimentos estão corrigindo a alguém sobre um dom, quando você os está corrigindo, corrigindo-os escrituristicamente, e eles ficam ofendidos, recordem, isto não é o Espírito de Deus, porque o Espírito de Deus não pode ser ofendido pela Sua Palavra. Ele vem para Sua Palavra. Vêem, ele sempre deseja. Um verdadeiro santo de Deus deseja ser eficiente. Sim, senhor.
152 Eu quero ser corrigido. Eu quero que o Espírito Santo me corrija nas coisas que eu esteja fazendo que estiverem erradas. Eu não desejo nada substitutivo. Eu — eu desejo a coisa verdadeira ou nada, simplesmente me deixem em paz, não — não me deixe ter nada de modo algum. Vêem? Porque eu prefiro fazer isto do que trazer um opróbrio para Cristo.
153 Eu não ensinaria nada e não diria nada a não ser que a Escritura…
154 E se algum irmão, algum irmão cristão me visse ensinando algo errado, eu apreciaria se você me chamasse a um lado depois do culto, e dissesse, “Irmão Branham, eu gostaria de ir a seu escritório e conversar com você, você está errado em uma coisa”. Vêem? Eu — eu realmente apreciaria isto, irmão, porque eu quero estar correto. Eu quero isto.
155 Agora, todos nós queremos ser corretos, é por isto que queremos — queremos fazer nesta coisas. E elas têm que vir através da Escritura, veja você, para fazer a Escritura se unir.
156 Agora, o falar em línguas deve ser.. Agora, um pouquinho mais tarde… Agora, deixe isto acontecer agora, por algum tempo. Veja, eu te advirto para deixar isto seguir e acontecer. A vocês ministros agora, vocês pastores, deixe até que estes bebês fiquem só um pouquinho mais velhos. Agora, talvez, mais cedo ou mais tarde, se é o inimigo que está tentando enganar aquela pessoa, isto aparecerá. Não estamos muito certos.
157 Agora, depois disto, antes de você começar isto, coloque algum espírito de sabedoria alí, algum discernimento de espírito, veja você, para descobrir. A primeira coisa, você sabe, você começa a observar que alguém está começando a ver que há uma coisinha errada, este é o discernimento. Então, mime aquilo um pouquinho. Vêem? Então quando você vir o discernimento ficando errado, então corrija aquilo. E se aquela coisa… se é de Deus, ele suportará a correção com a Palavra. Vêem?
158 Digamos, por exemplo, vou dizer que falamos em línguas, alguém, nós.. este é um — um grupo de homens com dons. E o Léo ficou de pé e falou em línguas; então, e um irmão aqui, Willard, deu a interpretação. Correto. Agora, eu quero dizer que o irmão Neville e o irmão Junie e o irmão Willard Collins fossem os discernidores, vêem. Agora, porque Leo falou… Agora, estamos simplesmente aqui como numa reunião de pequenos santos, uma reunião de dons, e o Leo falou e Willard deu a interpretação aqui, e ele disse, “Assim diz o Senhor! Quarta-feira à noite entrará aqui uma mulher e ela vai — ela vai ficar violenta. Diga ao irmão Branham para não repreendê-la, porque ela é demente. Mas diga a ele para levá-la a certo lugar, porque foi em um lugar onde ela fez uma coisa maldosa certa vez e determinada coisa aconteceu”. Vêem? Isto soa muito bem, não soa? Correto.
159 Agora, mas a primeira coisa, você sabe, na Velha Escritura, não importa o que o profeta dissesse ou o que qualquer pessoa dissesse, aquilo era testado primeiro por Urim e Tumim. Veja, aquilo ia para a Palavra. E se aquelas luzes não brilhassem, eles deixavam aquilo de um lado. Vê?
160 E a primeira coisa, agora, vamos levar isto de volta à Palavra. Agora, este homem falou em línguas, soou bem. Este outro interpretou, soou bem. Porém a Palavra diz, “Que primeiro seja julgado por duas ou três testemunhas”. Leve isto até Urim e Tumim.
161 Agora, a primeira coisa, Willard Collins diz, “Isto foi do Senhor”. Junie diz, “É do Senhor — Senhor”. Estes são dois dos três. Correto, isto é anotado em um papel, é falado bem aqui nesta igreja. Então quando as pessoas que ouviram aquilo ser lido antes de acontecer, assim que virem aquilo acontecer, elas dirão, “Irmão, isto é Deus! Veja, isto é Deus!”
162 Mas e se não acontecesse, então o que aconteceria? Vêem? (Agora nós vamos chegar até outra coisa que posso atingí-la bem aqui, “São todas profecias totalmente… todas interpretações e mensagens profecias?”) Agora, só um minuto. Agora, e se aquilo não acontece? Então o Leo falou num falso espírito; ele deu uma interpretação falsa; e você fez um falso julgamento. Então tire aquela coisa de você. Você não quer aquilo. Aquilo é errado. Deixe aquilo de um lado. Aquilo é o diabo. Vêem? [Espaço vazio na fita — Ed]. “Eu não sou um pregador, mas sou um — sou um intérprete. Vêem, sou um intérprete, Senhor, eu — eu não sou um pregador. Eu…” O irmão Leo diria, “Senhor, eu não sou um pregador, mas eu — eu tenho o dom de línguas e o diabo me desordenou naquilo. Deus, leve aquela coisa para longe de mim”. Você diz, “Senhor, Tu me deste o espírito de discernimento, e tenho visto Tu fazeres isto muitas vezes como isto aconteceu? Pai, me limpa! O que aconteceu?” Vê você, aí está você, então você terá aquilo de verdade.
163 Vêem, isto é em uma reunião comum de santos, Eu penso que foi isto que estava na Bíblia, porque Paulo disse, Se alguém profetizar e algo for profetizado, algo… e se algo for revelado para um que está assentado; que ele fique calado até o outro falar primeiro, então ele poderá falar. E todos vocês poderão profetizar um por um”. Agora, aquilo não poderia ser em uma reunião normal, você sabe disto, cada um não… os dons.
164 Agora, para ter certeza de que é de Deus, veja, porque são apenas tolices, não , é de Deus. Se aquilo não acontecer, não é de Deus. Vêem? Isto tem que acontecer. E — e portanto em nossas igrejas, veja, você, irmão, nós temos uma igreja sólida então, vêem, onde ninguém pode dizer que nada é dito ou feito…
165 Veja o que aparece diante de mim, quando estou alí em cima diante do público. Veja isto! E que tal um só êrro naquilo? Vêem? Porque eu confio Nele. Vêem? Eu confio Nele. Alguém diz, “Você tem medo de errar, irmão Branham”. Não, não, oh, oh, eu não tenho medo de um engano. Eu creio Nele. Ele é a minha Proteção. Eu fui ordenado para fazer isto, então eu permanecerei alí mesmo.
166 Se Deus te ordenou para fazer alguma coisa, então Ele é a sua Proteção. Vêem, Ele te protegerá. Se Ele te enviou, Ele sustentará a sua palavra. Você é embaixador então. Você é um embaixador com o dom de línguas; você é um embaixador com o dom de interpretação; você é um embaixador com o dom do discernimento; vocês três. Vêem o que quero dizer? Então o que você tem? Você tem uma igreja sólida. Você não temeria resistir hoje mais do que ontem.
167 Aqui, eu estava em uma reunião aqui embaixo. Um rapazinho inglês da Inglaterra que veio aqui, estava tentando cometer um suicídio. O irmão Banks chegou alí e disse, “Ele ficou alí embaixo quatro ou cinco dias”. Eu tinha muitas coisas para fazer, mas ele disse, “O rapaz vai se suicidar”. O Hotel Waterview lá embaixo estava me falando sobre a condição daquele mocinho.
168 Eu entrei no quarto para orar por ele. Eu saí e disse “Agora, irmão Banks, eu nunca vi o rapaz ou nada sei sobre ele, mas eu vou lhe dizer o que há de errado com ele antes de eu ir alí”. Não é isto certo, irmão Banks? E quando chegamos alí, o Espírito Santo desceu e lhe disse o que fez isto e tudo sobre ele, e onde ele estava e tudo sobre sua vida. Ele quase caiu de costas.
169 “Você tem medo de um êrro, irmão Branham, você dizer a um homem alguma coisa como esta? Que tal na plataforma, dizer a um homem que ele está vivendo infiel a sua esposa, e que tem um filho com outra mulher? Ele te colocará na cadeia. É melhor você estar certo! Vêem? Vêem? Não tenham medo, se é Deus. Mas se você não tem medo… Se — se você não sabe se é Deus, então continue calado até que você saiba que é Deus. É isto certo? Tenha certeza de que você está certo e então vá em frente.
170 Agora, este é um ensinamento difícil, irmão, mas vocês são meus irmãos. Vocês — vocês — vocês são jovens ministros que estão crescendo, e eu sou um homem velho, vou partir num destes dias. Vêem? Então você esteja certo disto — certo disto.
171 Saindo do quarto do… Talvez eu tome isto um pouquinho mais tarde aqui em cima. Um rapaz… Bem, eu contarei parte disto agora, Ontem, o irmão Banks e eu, realmente ocupados, estando (oh que coisa) o mais que eu podia, e eu — eu vou lhe dizer o que eu ia fazer nesta reunião. Leo e Gene e um grupo de nós íamos até alí, e irmãos, e íamos caçar porcos, uma caçada de porcos. Eles dão cinco dias para a caça de javalis, no Arizona, depois que a reunião terminasse, nossa reunião encerrasse. Nós ficaríamos em Phoenix um dia, e tínhamos que esperar cinco dias antes de termos outra, quatro dias antes de termos outra reunião em qualquer parte. Nós tínhamos que estar bem alí no Arizona. Bem, acontece que é justamente nesta época que a estação dos porcos javalis está aberta.
172 Então eu queria ir dar uns tiros com o meu pequeno rifle para ver se ele ainda estava bom. Banks estava indo comigo. Estávamos saindo pelo portão, já no portão. Alí veio um homem que já foi entrando, em cima daquela placa ( vejam, dizia, “Por favor não pergunte pelo irmão Branham”).
173 Vêem, a razão pela qual eles fizeram isto… não é para as pessoas que estão enfermas. Naquela casa, pergunte ao Banks, ele foi meu vizinho. As pessoas chegam, dia e noite e tudo mais, com crianças doentes, e tudo mais. Nós nunca desprezamos pessoas assim. Mas…
174 E eles me chamaram, Leo e os outros, alí fora no trailer, e Jim e os outros, “Há alguém aqui com um bebê doente. E um homem com câncer está aqui”. Nós colocamos tudo de um lado e fomos cuidar dele.
175 Ontem à noite eu fui chamado ao quarto de um hospital onde alguém me ligou, e o homem nem mesmo me deixou entrar depois que eu cheguei alí. Vêem, alguém se empolgou demais. Mas não tem importância, eu fui de qualquer maneira. Vêem? Porque é o meu dever ir, vêem, e tentar ajudar alguém.
176 Bem, não é para isto que existe aquela placa. Mas este homem, logo que estávamos entrando no carro, e o irmão Banks sabe que eu tive que… Eu esperei naquela casa de algum modo. Alguém chegou no irmão Banks e o segurou. E tão logo que cheguei alí, eu fiquei preso. Então logo que agarramos nossos rifles e que começamos a entrar no carro, alí veio um homem que já foi entrando. Ele chegou até ali.
177 E eu estava me preparando para lhe dizer para sair e ligar o número (em Butler 2-1519) que está naquela placa. Eu disse, “Estamos com pressa”.
Disse, “Suponho que está com pressa, senhor”.
Eu disse, “Meu nome…”
178 Primeiro eu cheguei, ele disse, “Como vai?” E eu vi que ele não sabia quem eu era.
Eu disse, “Meu nome é Branham”.
Ele disse, “Você é o irmão Branham?”
Eu disse, “Sou”
179 E ele disse, “Eu — eu …eu queria te encontrar, irmão Branham”. Disse, “Estou vendo que o senhor está se preparando para sair”.
Eu disse, “Sim, senhor, estou”.
Ele disse, “Eu sei que o senhor está com pressa”.
Eu disse, “Estou neste exato momento, senhor”.
180 E ele disse, “Bem, eu apenas gostaria de lhe falar alguns minutos”.
181 Eu já ia lhe dizendo; e o Espírito Santo disse, “Leve-o até o quarto, você pode ajudá-lo”. Agora, aí, isto mudou tudo. O rifle alí de um lado, e tudo mais assim, em primeiro lugar a obra de Deus. Vêem? E ele disse…
182 Eu disse, “Venha comigo”. Eu disse, “Eu voltarei daqui a pouco, irmão Banks”.
Ele disse, “É sobre minha alma, irmão Branham”.
Eu disse, “Está certo, entre”.
Entramos em casa, Meda disse, “Você ainda não foi?”
183 Eu disse, “Não, não, não, é alguém aqui fora”. Eu disse, “Mantenha as crianças em outro lugar”. Eu o levei até um pequeno gabinete de trabalho. Logo que nos assentamos…
184 Aquele homem esteve na igreja na última noite. Ele esteve, Banks? Você… Sim, bem, ele esteve na última noite. Ele esteve…
185 A primeira coisa, o Espírito Santo começou a lhe dizer quem era ele, o que ele havia feito, o que aconteceu através de sua vida, tudo a este respeito, vêem, apenas seguindo, lhe dizendo tudo. Banks é testemunha, Nunca abriu a sua boca e disse exceto duas palavras para mim; e alí veio Isto lhe dizendo, disse, “Você tem sido um vagabundo, você realmente mora em Madison. Você acabou de chegar de Evansville, Indiana. Você já esteve alí naquela escola bíblica, um culto, tudo ficou confuso. Você acabou de chegar de Louisville a alguns minutos atrás. Havia um homem alí e o homem lhe contou (aquele que se assentou com você para comerem), lhe disse para vir aqui e falar comigo e “ele resolverá seus problemas”. Eu disse, “Este é o Assim diz o Senhor”.
186 O homem ficou assentado, piscando seus olhos, olhando para mim, disse, “Sim, senhor!”
Eu disse, “Isto te pasmou, não foi?”
Ele disse, “Foi sim”.
Eu disse, “Você crê no Espírito Santo?”
Ele disse, “Eu quero crer, senhor”.
187 E disse, “Você quer que lhe diga o que você está pensando?”
188 Ele disse, “Sim, senhor”. Eu eu lhe disse. Ele disse, “E, irmãos, isto é a verdade”.
E eu disse, “Mude os seus pensamentos”.
Ele disse, “Correto, eu mudei”.
Eu disse, “É isto que você está pensando”.
Ele disse, “Isto é correto! Isto é correto!”
189 Eu disse, “Agora, você não precisa de uma visão, você apenas precisa se consertar”. E eu lhe disse algo alí que você não gostaria que eu lhe dissesse. Se aquilo fosse com você, você não iria gostar. É uma coisa má que é horrível, então você não gostaria que eu dissesse se fosse com você. E eu não digo para as pessoas o que o Senhor me mostra. Então eu apenas disse, “Correto, você fará isto?”
Ele disse, “Eu farei”
Eu disse, “Pode seguir seu caminho”.
190 Ficamos alí não mais que dez minutos, não foi, irmão Banks? Cerca de, de sete a dez minutos. Saímos dali, pegamos a estrada, e descíamos a estrada, ele, eu e o Banks e o meu garotinho, Joe, eu creio que era, estávamos juntos, descendo para o pedágio. Ele virou para mim, disse, “senhor, eu quero lhe fazer uma pergunta”.
Eu disse, “Está bem”.
191 Ele disse, “Estou um pouquinho confuso”. Ele disse, como o senhor soube toda aquela coisa sobre mim?” Vêem? Banks estava assentado alí.
192 E eu disse, “Sr. você já ouviu falar das minhas visões e meu ministério?”
193 Ele disse, “Eu nunca soube o seu nome até cerca de uma hora atrás. Alguém me disse, apenas disse alí em Louisville, me disse para vir até aqui, e eu atravessei a ponte”. Não é isto certo, Banks? Ele disse, “Eu não conhecia o seu nome, nem sabia quem era o senhor”.
194 Eu disse, “No meu ministério, é um dom de Deus que Ele enviou”.
195 Ele disse, “Então se aquilo — esta é a maneira que é”, disse, “agora eu…” Disse, “estou apenas… estou bem agora”, ele disse, “tudo acabou”. Vêem? Ele disse, “O que é isto, aquilo foi Deus falando através de você para mim”.
Eu disse, “Correto”.
196 Ele disse, “Agora, eu compreendo na Bíblia que… Certa vez eu li na Bíblia, disse, que Jesus falou aos Seus discípulos”. Ele quis dizer” às pessoas”, vê você. Disse, “falou com Seus discípulos e Ele disse as coisas que estavam pensando”. Vêem, “percebendo seus pensamentos” é ao que ele estava chegando. Ele disse, “E Ele disse que era o Seu Pai que estava falando através Dele”.
Eu disse, “Isto é correto”.
197 Ele disse, “Agora, agora o Pai então apenas te usou para falar através de você para mim, para me dizer estas coisas e me fazer crer que o que você me disse era a verdade”.
Eu disse, “Era a verdade?”
Ele disse, “Sim”. Disse, “Então tem que ser Deus”.
198 E eu disse, “Irmão, você sabe mais sobre isto agora” (eu e Banks estávamos observando) “do que alguns que têm ido às reuniões por dez anos e continuam a não saber”. Apenas aquele — aquele homem! Agora, isso é o que é. Vêem?
E o Espírito (ordenadamente) em línguas, é profecia para ser usada durante o culto?
199 Não. Ele deve ser usado desta maneira, e então é dito no culto. Mas por agora, por este tempo presente, deixe-os falar. Agora, se isto está saindo do controle, então isto não deve, você tem que observar aquilo. Agora, às vezes pode ser Deus. E aqueles sujeitinhos, exatamente como uma criancinha tentando andar, agora, se ele cai quatro ou cinto vezes… Agora, tenho visto isto desde que estou aqui na igreja, e — e, bem, eu — eu apenas vou deixar isto assim. Vêem? E , mas, veja você, e isto, você diria então, “Irmão Branham, por que o senhor não corrigiu isto?” Não, não.
200 Quando Billy Paul começou a andar, e ficava em pé e caía, ele caía mais do que ficava em pé. Mas ele não sabia como andar. Mas eu cria que ele tinha o dom de andar. Vêem? E eu o deixava andar um pouquinho. E então quando ele começou a tropeçar com seus grandes pés, eu lhe falo sobre isto agora. Vêem o que eu quero dizer? Vêem? Sai por aí olhando outras coisas e atirando e outras coisas, eu digo, “Endireite seus passos, rapaz. Onde você está?” Vêem? Agora, isto — isto é diferente, vê você.
201 Agora, deixe-os — deixe-os tropeçar e deixe-os parar um pouquinho. Agora, quando você tiver que corrigí-los, se eles se ofenderem com isto então você mesmo fique sabendo que aquilo não foi Deus. Porque o Espírito de Deus está sujeito. Como você enviou aqui um pouquinho, “O espírito de profecia está sujeito ao profeta”. Vêem? Isto é certo.
[O irmão Stricker diz, “Irmão Branham, eu gostaria de uma correção” — Ed] Certo, irmão. [Muitas vezes estou em cultos e ouço falar em línguas e interpretação, e a maioria das vezes eu me sinto bastante ruím em relação a isto. E vou para casa e pareço como que arrependido pelo caminho. Foi isto porque eu sinto que não foi de Deus, ou foi porque isto estava fora de ordem?”]
202 Pode ter sido, irmão, pode ser um dos dois. Vêem? Eu diria… Agora, isto é — este é William Branham, vêem? até eu entrar na Escritura, ora, continua sendo eu, vê você. Agora, eu diria isto, irmão Stricker, que isto poderia ser qualquer um dos dois. Pode ser que isto esteja fora de ordem; pode ser que haja alguma coisa errada contigo; pode ser que haja algo errado com a pessoa, algo errado com a mensagem; ou qualquer coisa te faria sentir ruim.
203 Agora, agora, deixe-me apenas lhe ajudar um pouquinho, irmão Stricker, aqui. Vêem? Sempre… Nunca julgue nada através de sentimentos, vê você. Julgue isto pelos seus atributos, vê você; se produz frutos, veja você. Porque às vezes…
204 Naturalmente, nós sabemos que existem coisas que você sente, aquele sentimento fantasmagórico. Eu mesmo sinto isto, e, rapaz, eu começo a me afastar bem — bem devagar, você sabe. Porém eu não digo nada. Apenas deixo aquilo de um lado porque eu não sei o que aquilo pode ser, vê você, até eu saber o que é aquilo.
205 Agora, como muitas pessoas dizem, “Ora! irmão, eu sei que tenho o Espírito Santo! Louvado seja Deus!” E eles continuam a não ter o Espírito Santo. Eles poderiam falar em línguas, e tudo mais, e gritarem e dançarem no Espírito, e continuarem a não ter o Espírito Santo. Porque a chuva cai sobre o justo e os injustos. Não é através de sentimentos, é através de seus frutos.
206 Digamos que há… Recordem minha visão sobre aquilo? Como que… Hebreus 6, vê você, “A chuva que sempre cai sobre a terra é para regá-la, para isso que ela cai, porém os espinhos são ajuntados para a rejeição e seu fim é o fogo”.
207 Me desculpem, vou deixar entrar um pouco de ar, eu sei que vocês todos estão ficando cansados e com sono. Então agora, esperem, eu terei que apressar com isto um pouquinho mais ou não as farei. Isto tem… Estamos quase na base de — de tudo isto, e aqui está cheio. Mas elas… Vêem, o…
208 Aqui está um- um campo cheio de trigo. E neste campo é semeado carrapicho, cardos, ervas daninhas e outras coisas. Bem, a falta de chuva está alí. Agora, o carrapicho e o cardo não sentem a mesma sêde que sente o trigo? E aquele tipo de chuva é… uma chuva cai sobre o trigo e então uma chuva especial cai sobre o cardo? É isto certo? Não, a mesma chuva cai sobre ele. É isto certo? O mesmo Espírito que cai sobre o hipócrita cai sobre o cristão, a mesma coisa. Mas pelos seus “frutos”! Isto entrou, irmão?
209 A evidência do Espírito Santo é o fruto Disto, o fruto do Espírito, isto… Bem, agora, você diz, “Eu sou o talo, sou o cardo. Sou tão talo quanto aquele trigo é um talo”. Mas que tipo de vida está em você? A vida que está nisto produz espinhos, sempre agitando e cortando, e muito vil e ruim, e tudo mais. Vêem o que quero dizer? Arrogante, vêem, este não é o fruto do Espírito . O fruto do Espírito é a mansidão, paciência, bondade, vêem tudo isto. Vêem?
210 Ele pode dizer, “Bem, eu posso gritar tão alto o quanto você pode. Bendito seja Deus, o Espírito Santo cai sobre mim!” Aquilo pode ser tudo verdade, porém a vida que ele vive não está de acôrdo com aquilo que ele está dizendo. Vêem? Ele era uma erva daninha, para começar ele era uma erva daninha.
211 Agora, chegamos em uma grande pergunta agora, vêem, sobre eleição, vê você. Então aquilo… Tem que ser aquilo. Você compreende aquilo.
212 Para começar eles eram um cardo; para começar ele era um trigo. Então a seca estava alí; e a chuva caiu sobre os justos e injustos. Tudo bem, entendeu isto?
[Um irmão pergunta, “E os frutos de um pregador, seria… aquele que está pregando a Palavra?” — Ed]
213 Isso, um pregador, continuaria, se ele subisse alí em cima e pregasse a Palavra como um Arcanjo, vêem, compreendesse os mistérios da Bíblia, e fosse um pastor muito bom, que saísse e visitasse as pessoas e coisas assim, ele continuaria estar perdido. Vêem? São seus frutos que dizem isto todas as vezes, irmão. Vêem? Ele, não importa quão bom seja ele ou o que ele seja, ele deve ter o Espírito Santo em sua vida. Vêem?
214 Agora, Jesus não disse, “Muitos virão a Mim naquele dia e dirão, “Senhor, não profetizei eu (preguei) em Teu Nome, e operei milagres em Teu Nome? ” Ele havia falado em línguas, ele havia feito milagres, dado interpretações, as coisas misteriosas de Deus, e todas aquelas coisas alí; Ele disse, “Afastai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade; eu nunca vos conhecí”. Vêem o que quero dizer?
[O irmão Taylor pergunta, “E o homem que traz a — a mensagem errada? Quero dizer, ele — ele pensa que está certo, porém ele está pregando errado”. — Ed]
215 Bem, eu creio que aquele homem é sincero, como o irmão que estava assentado aqui queria volta para seu …trilhar de volta estas coisas assim. Se aquele homem é um eleito de Deus, e se for alguma vez levado frente a Verdade, ele — ele A reconhecerá. Vêem, “Minhas ovelhas conhecem Minha Voz”. Você compree… Vê o que quero dizer, irmão Taylor? É sobre isto que você estava falando? Vêem?
216 Agora, por exemplo, digamos que o irmão Crase — Crase — Crase, digamos que ele fosse um pregador batista e que nunca tivesse ouvido nada sobre o batismo com o Espírito Santo, nem mesmo alguma vez soube sobre estas coisas, dos dons do Espírito, e que ele fosse um bom, fiel pregador batista. Vêem? Porém a primeira coisa que você sabe, isto chega diante dele. E eu creio que cada filho de Deus será… cada era jogará a rede até Ele apanhá-lo. O reino não pode vir até que a vontade de Deus seja feita. Isto é certo. E nenhum perecerá, veja você. Agora, vejam, esta é a maneira.
217 E o Reino do Céu é como o homem lançando a rede no mar e trazendo-a de volta. Quando ele tinha, ele tinha todas as espécies. Ele guardava o peixe, e as tartarugas voltavam para a água. Ele a lançava outra vez, apanhava mais, talvez apanhava um peixe. Mas Ele continuava a lançar a rede até pescar tudo. Vêem o que quero dizer agora?
218 Mas aquele peixe era um peixe no princípio. Foi apenas colocado para o Mestre usar, isto foi tudo, os colocou em outro lago onde era melhor, mais limpo. Mas Ele continuou lançando a rede neste lago de sapos até ele tirar dali todas as percas ( peixe de água salgada — Trad ). Vê você o que eu quero dizer? Você entendeu o que eu quero dizer, irmão Taylor. Você devia saber pelos seus ali em cima.
7 – Aquele que… Tem ele todo o tempo controle sobre o Espírito de quando e como agir?”
219 Sim, senhor. Sim, senhor, o Espírito Santo controla. Sim, senhor. Ele tem controle sobre você e você tem o controle Dele, e Ele nunca te fará fazer nada contrário a Escritura. Ele fará… “O Espírito não se porta com indecência”. Isto é certo. Correto.
220 “De um que te ama…”. Sim, aquilo, nós obteremos aquilo. Correto, agora pularemos para outra aqui, e veremos onde estamos.
221 Agora, eu penso que aquilo tinha uma base. Agora — agora, quando chamo estes agora, se há uma pergunta… Há mais alguma pergunta sobre isto? Todos compreenderam isto? Compreendemos nós como cremos Nisto agora?
222 [Um irmão diz, “Eu tenho uma pergunta” — Ed.] Vá em frente. Sobre isto aqui ainda? Correto. [“Sim, sobre aquela alí. Eu fiquei como que indeciso, mas…” Não hesite, isto — isto é… [“você estava falando sobre o homem que prega, e se ele não está pregando a Mensagem que Cristo trouxe, e não importando o que aconteça no seu ministério. Quando ele entra em contato com a Verdade e A rejeita, então o que acontece?”] Ele está perdido. Desculpe-me só um minuto pois… [“Referente a predestinação ou lhe ordenando a vir ao mundo?”] Isto é certo. Isto é certo. Vêem? [“Então, como isto foi, não era para ele ser daquela maneira?”] Não era para ser daquela forma no princípio, veja. “Eles sairam de nós porque não eram do nosso meio”.
223 Por exemplo, assim, é a mesma coisa em Hebreus 6. Vêem? As pessoas interpretam erroneamente aquela Escritura de tal forma, eles pensam que é “impossível”. Ele disse, “É impossível para aqueles que uma vez foram iluminados e se tornaram participantes do Espírito Santo, se eles recairem”. Vêem, eles simplesmente não A entendem. Ele diz, “Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e se fizeram participantes do Espírito Santo, e recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificaram o filho de Deus, e o expõem ao vitupério, considerando o Sangue do pacto no qual Ele foi crucificado como um “coisa impura”, desprezando as obras da graça”.
224 Bem, para mim, é uma revelação. Claro. É como Atos 2:38 e Atos… e Mateus 28:19. Você apenas tem que captar Isto, veja você.
225 Agora veja, aqui está a mesma coisa. Bem, agora, ele está falando aos Hebreus. Vêem? Agora lendo através do capítulo, eles vão adiante e dizem, “Pois é terrível cair — cair nas mãos do Deus vivo”. Agora, aqui está um homem como aquele crente incerto. Aqui, aqui está um… Aqui, a mesma coisa que havia aqui, um perfeito exemplo que vejo em minha mente.
226 Deus tirou Israel do Egito. Todas estas pessoas sairam, cada uma delas foi libertada, atravessou o Mar Vermelho para o deserto. É isto certo? O Mar Vermelho… Quando estavam preparados, ouviram a mensagem de Moisés, começaram a marchar, (justificação) eles voltaram, começaram aqui.
227 Eles foram ao Mar Vermelho, (o Sangue) e atravessaram o Mar Vermelho, e atrás deles todos os capatazes estavam deitados, mortos. Eles estavam apenas a uns três dias da terra prometida logo alí. Vêem? Era isto tudo que estavam, menos de quarenta milhas, vêem. Então alí estavam eles, apenas dois dias os teria colocado bem alí.
228 Isto é porque eu anseio pregar em Phoenix daqui a poucos dias, na reunião dos Homens de Negócios, “Permanecendo sobre esta Montanha”. Mas Ele os segurou bem alí por quarenta anos porque eles… Oh — oh! Vêem?
229 Então eles chegam a isto e olham para trás, (santificados), “Oh, aleluia! Louvado seja Deus! Aleluia! Alí estão as velhas coisas que uma vez me incomodavam, estão mortas. Os velhos cigarros que uma vez eu fumava acabaram. O velho licor que eu costumava beber está tudo no Mar Vermelho do Sangue de Jesus Cristo. Oh, glória a Deus! Aleluia!”
230 Cada um deles veio até aqui para tomar Canaã agora, atravessou o Jordão. Bem, ele tirou um representante de cada tribo. É isto certo? E ele os enviou. Bem, alguns deles disseram, “Ah, ah, ah, não podemos fazer isto. Não isto — isto… Ora, nós parecemos gafanhotos em cima deles!” Vêem?
231 “Agora, a que tipo de igreja eu pregaria se eu ensinasse sobre o Espírito Santo e todas as coisas assim? Ora, eu teria os bancos vazios. Meu povo Metodista iria embora, meu povo Batista, meus Presbiterianos”. Deixe-os ir embora. Para começar eles eram bodes! Você deseja ovelhas, vê. Vêem? Você não está pastoreando cabras. É pastor de ovelhas! Qual a necessidade de pastores de cabras quando…? …existem ovelhas para serem pastoreadas? Vêem? E aqui — aqui está você aqui, vêem? Eu sempre disse que eu pregaria para quatro paredes e pregaria a Verdade, à Igreja. Sim, senhor, vir até aqui.
232 Mas veja agora, o que ele fez? Eles voltaram, e Josué e Calebe, dois por cento, ou é este tipo de porcentagem… dois de …dois duodécimos deles, dois duodécimos. Bem alí havia doze deles, isto seria dois tirados de dose, dois duodécimos deles creram Nisto. Eles foram diretamente para a terra prometida, disseram, “Rapaz, este é um bom lugar para estar”. Josué e Calebe, rapaz, eles estavam confiando na Palavra; Deus lhes deu isto, disse, “isto é vosso”. Eles foram, eles arrancaram um grande cacho de uvas, e alí vieram eles puxando assim. “Venham, amigos! Este é um lugar maravilhoso! Tome um pedaço”, vêem, as uvas eram mais ou menos deste tamanho.
233 E, oh, rapaz, eles os viram, disseram, “Ah, não podemos fazer isto”. Quando eles voltaram , eles disseram, “Não, irmão, este Moisés realmente nos trouxe aqui para o deserto”, este Espírito Santo, veja você, o que ele representa, “realmente nos trouxe aqui para o deserto. E aqui estamos, o nosso ministério está arruinado, e não poderíamos fazer uma coisa como aquela”.
234 “Volte”, vêem, “os que uma vez foram iluminados, justificados pela fé, santificados”. Veja, eles passaram por este segundo altar e olharam para a terra prometida. “Nós que uma vez fomos iluminados e fomos… E provamos dos dons Celestiais”. Vejam, “provamos” Disto. Eles trouxeram isto de volta. Vemos que isto é certo. Nós realmente vemos isto. “Provamos dos dons celestiais, feitos… ou participantes Disto, veja você, o Espírito Santo, participantes Disto”.
235 “Isto é bom, rapaz, veja aquele — aquele homem. Ora, eu sei que ele era cego, agora ele pode ver. Veja o velho… Rapaz, o que aconteceu com aquele sujeito? Seja quem for que ensinou aquela criança alí sem nenhuma educação… ele se levanta com o Fogo no mundo”. Vê você? Vêem? Vêem?
236 Então caem, vêem, e eles… para se renovarem , voltam outra vez para o arrependimento, voltam para pregar o arrependimento ao contrário daquilo que ele disse primeiro, deixando o… deixe-nos… Você sabe, sobre lançar novo fundamento de obras mortas para o arrependimento, e assim por diante. Nós, se Deus permitir, vocês verão. Veja, nós faremos aquilo. Nós voltaremos e lançaremos este fundamento de volta então, mas para eles mesmos voltarem ao arrependimento, para se arrependerem de sempre ter estado alí. “Sinto muito por sempre ter estado alí em cima”, e levando em conta o Sangue do pacto no qual ele foi santificado como se Isto fosse uma “coisa impura”, e realmente desprezam as obras de graça. Ele acabou, irmão! Isto é tudo. Ele está acabado. Vêem?
237 Bem, agora, veja, é impossível para um filho eleito fazer isso. Ele não fará aquilo. “Minha ovelha conhece a Minha Voz”. Se for chamada para Canaã, ou seja onde for, ela irá. Vêem? “Minha ovelha conhece Minha Voz”.
[Um irmão pergunta, “E elas têm que crer em Atos 2:38, também, não têm? Ed.]
238 Aquilo tomaria, cada pedacinho da Escritura, tomaria tudo Isto. Isto é exatamente correto, irmão.
8 – Existe dois, são — existem dois tipos diferentes de línguas na Bíblias? Existe diferença entre a língua falada em uma oração privada, e na igreja onde a interpretação é requerida? No Dia do Pentecoste as línguas foram compreendidas pelos homens de nações diferentes; mas em I aos Coríntios 14:2, línguas estranhas faladas a Deus, não aos homens. I aos Coríntios 13:1 indica que tais homens… (c-o-r, eu acho que é Coríntios 13, que…)… cada homem e as outras de anjos.
239 Oh sim. Vêem? Bem, isto… Agora, irmão, seja quem for você, você — você mesmo se respondeu aqui. Vêem? Veja:
Existem duas línguas diferentes? (Existem muitas diferentes línguas. Vêem) Existem duas línguas diferentes na Bíblia, duas diferentes linguas?
240 No Dia de Pentecostes cada nação sob o Céu estava alí com línguas. Vêem? Correto.
E existe diferença entre as línguas faladas em oração privada e nas igrejas onde a interpretação é requerida? Sim.
241 Paulo também falou aqui em Coríntios onde você me perguntou aqui, e ele disse, “Existe a lingua dos anjos e a língua dos homens”. Agora, línguas de Anjos é quando um homem está orando só ele — ele e Deus, sozinho. Mas quando ele está falando uma — uma língua, é para ser interpretada na igreja, para a edificação da igreja. “Aquele que fala em uma língua desconhecida edifica a sí mesmo; mas aquele que fala… aquele que profetiza edifica a igreja”. Então ele disse, “Eu preferiria falar cinco palavras com entendimento do que dez mil em uma língua estranha, exceto, a não ser que haja uma interpretação”. Então é… é… é falar então através da profecia a qual é edificação. Vê o que eu quero dizer?
242 Agora, o… Agora, existem duas línguas diferentes, a dos homens e a dos anjos. Vêem? E Paulo disse, “Embora eu fale a língua dos homens e dos anjos,” vêem, ambos, homens e anjos, ambas as línguas, uma que não pode…
243 Agora, é aí onde o povo Pentecostal, as pessoas com evidência de línguas dizem, me disseram, ele disse, “Agora, irmão Branham, você está todo confuso”.
244 Disse, eu disse, “Bem, se você obteve isto de acôrdo com Atos 2:4, então todos ouviram na língua que eles nasceram”.
“Oh!” ele disse. E “Não! Não!” ele disse.
Eu disse, “Claro, senhor”.
245 Disse, “Agora, irmão Branham, você está todo confuso”. Disse, “Você está falando sobre o…” Disse, “Existem línguas dos “anjos”. Este é o anjo do Espírito Santo que desce e fala contigo”.
246 Agora, isto soa bem, veja, isto soa como se pudesse haver muita verdade, mas isto não é toda Verdade. Quando Satanás disse a Eva, “certamente não morrerás”, aquilo foi um… Ele lhe disse muita verdade, mas aquilo não era a Verdade. Vêem?
247 Agora, disse, “Homens e anjos”, e o anjo do qual ele falava era…
248 Agora, vamos ver como isto não baila com a Escritura. Vêem? Agora, isto não “coopera”, quero dizer. Me perdoem, eu não quis dizer “baila” com as Escrituras. Eu quis dizer “concorda” com as Escrituras, ou “segue em harmonia” com a Escritura é a melhor palavra.
249 “Agora, o homem falando com a língua dos anjos”, ele diz, “Estas são as línguas do espírito Santo”. Ele disse, “agora, quando você, nós, eles receberam o Espírito Santo”.
Eu disse, “…Quando, onde recebestes Isto?”
250 Bem, ele me disse exatamente no alvo, o minuto e a hora. Eu não duvido porém que ele recebeu. Vêem. Eu não tenho nenhum… Eu não sou o seu juiz. Vêem? Ele disse, “É aí onde eu falei isto”. Ele conhecia exatamente o lugar. Disse, “Algo aconteceu comigo”.
251 Eu disse, “Eu creio nisto. Vêem? Mas aquilo continua a não ser a evidência do Espírito Santo para você, filho”.
“Oh, sim!” Disse, “Aquilo, aquilo era isto!”
E, “Não”.
Ele disse, “Agora, veja, eu quero lhe dizer algo, irmão”.
252 Eu disse, “As pessoas na sua audiência, a igreja alí em Indianópolis onde você disse que recebeu Isto, aquelas pessoas ouviram você falar em inglês lhes falando sobre a ressurreição e o poder de Deus e tudo mais?”
Ele disse, “Ora, não! Eu falei em — em língua desconhecida”.
253 Eu disse, “Você nunca obteve isto de acordo com Atos 2:4, porque cada… não era nem uma palavra desconhecida. “Nós ouvimos cada homem em nossa própria língua”.
254 “Oh”, ele disse, “Irmão Branham, vejo onde o senhor fez confusão”. Ele disse, “Veja você”, ele disse, “existem linguas que são línguas dos anjos, quando você recebe o Espírito Santo”, disse, “então você fala em línguas e ninguém tem que interpretar aquilo, aquilo — aquilo é o Espírito Santo falando. Vêem? Mas então você tem o dom de línguas, e este é para ser interpretado”.
255 Eu disse, “Então você colocou a carroça na frente do cavalo. No Dia de Pentecoste eles colocaram a carroça atrás do cavalo. Antes de receberem o Espírito Santo, línguas desconhecidas, eles falaram em línguas que eram compreendidas”. Vêem? Então realmente isto…
256 Existem duas línguas diferentes. A línguas dos anjos, isto é alguém em oração privada em algum lugar falando com Deus, falando com Deus em língua angelical. Eu poderia lhes contar algo agora, mas não tenho tempo. Você recorda quando aquela mulher entrou no auditório alí, de onde o Dr.Alexander Dowie é, Zion. Vocês recordam de mim lá embaixo? E Billy foi atrás de mim alí embaixo para me buscar e levar para a reunião, e eu disse, “Billy, pode voltar”. E eu…
Ele disse, “Por que você está chorando? Alguém esteve aqui?”
257 Eu disse, “Não, senhor. Você volte, diga ao irmão Baxter para pregar hoje à noite”.
258 Eu me ajoelhei e disse, “Senhor, o que está acontecendo comigo?”
259 E de repente eu ouví Alguém na porta, falando em outra língua. Eu pensei… É alemão. Eu pensei, “Bem, aquele sujeito veio apanhar um…” Eu parei, você sabe, orando, eu o ouví alí de pé assim. E eu pensei, “Bem, como aquele sujeito vai compreender aquilo?” Porque eu conheci o homem que dirigia aquele hotel, cerca de cinco milhas fora da cidade, você sabe. Eu tive que sair dali (tantas pessoas por alí), uma cidade pequena. Eu disse, “Bem, isto é estranho. Oh”. E eu disse, “Aí… Bem, rapaz, você já ouviu um… o que… Aquele sujeito quase não respirava, dificilmente”. Vêem, eu estava pensando naquilo.” Quão duro que ele estava falando! Bem, eu disse, que, ora, era eu!” Então eu fiquei bem quieto, ele não disse nada… simplesmente fiquei bem quieto. Após algum tempo Ele terminou de falar, e, quando Ele terminou, senti como se eu pudesse correr através de uma tropa e pular por cima de um muro.
260 E eu saí e Billy já estava saindo pelo portão e eu gritei por ele, “Espere um minuto!”
261 Ele voltou, ele tinha ido tomar uma soda limonada. E ele disse. “Papai, qual o problema?”
262 Eu disse, “Espere só um minuto, só um minuto, eu vou com você”.
263 Eu comecei a lavar o meu rosto bem rápido. Ele disse, “Qual o problema?” Ele sabe melhor do que falar comigo, indo para a reunião. Ele disse, “qual o problema?”
264 Eu disse, “Nada, nada, não é nada. Apenas siga para a reunião”.
265 Nós seguimos para a reunião, o irmão Baxter estava assentado alí tocando, “Não há nada entre minha alma e o Salvador”. Ele entrou, e disse, “Oh! Pensei que você não viesse!”
Eu disse, “Psiu. Eu subí e logo comecei a pregar.
266 Quando terminei, logo que acabei de pregar, bem, rapaz, pareceu que alguém havia tomado conta do fundo do edifício, alí atrás naquele grande auditório, e tinha levado o fio de extensão do microfone para lá, e havia uma mulher alí atrás simplesmente andando de um lado para o outro no corredor, gritando o mais alto que ela podia gritar.
267 Eu fui descobrir, ela estava com tuberculose, e havia saído de “Twin Cities”, St. Paul, a ambulância não quis trazê-la porque eles estavam com mêdo de que ela rompesse seus pulmões. O médico disse, “De qualquer modo, seus pulmões estavam como favos de mel”, disse, “Se eles rompessem ela estaria morta. Aquilo era tudo”. E alguns santos pegaram um velho carro Chevrolet “38”, e tiraram o banco de trás e arrumaram, e colocaram alí e vieram pela estrada. E eles bateram em um pequeno quebra — molas ou algo outro alí embaixo, ela começou a ter uma hemorragia, e ela começou imediatamente a jorrar sangue, e ela… saía pelo seu nariz e tudo mais assim. Ela foi enfraquecendo, enfraquecendo, e finalmente… Ela não queria morrer no carro, ela falou para eles pararem e a colocaram em um gramado.
268 Eles a carregaram para fora. E estavam todos alí de pé, orando, e de repente ela disse que algo a atingiu e ela levantou. E alí foi ela, gritando pela estrada a fora, o mais alto que podia. E alí estava ela na igreja, simplesmente andando de um lado para o outro naqueles corredores.
269 Eu disse, “Irmã, a que horas aconteceu aquilo?” Exatamente na mesma hora que o Espírito Santo estava falando através de mim. O que foi isto? Dons.
270 E aquela — aquela velha gambá deitada lá no portão para receber oração? Um animal ignorante, nem mesmo uma alma, não distingue o certo do errado; vêem, não possui uma alma, (tem um espírito), ela não tem alma.
271 O que foi isto? O Espírito Santo fazendo intercessões. Deus enviou um dom à terra, e o Espírito Santo simplesmente não podia esperar mais, então Ele apenas chegou e me tomou e começou a falar de volta Consigo mesmo desta forma, de volta com Ele mesmo, Ele mesmo fazendo intercessões. E quando examinamos o horário, foi no mesmo minuto que ela… eles a colocaram alí fora na grama assim, eles queiram ver… Porque eles sabiam que ela estava morrendo, eles teriam que dizer a que horas ela havia morrido. Foi naquele exato momento que o Espírito Santo caiu sobre mim alí em cima e começou a fazer intercessões, locução, palavras, não podemos compreendê-las, vêem, desta forma, expressando. Este é o Espírito Santo falando.
272 Eu não tinha que saber aquilo. Vêem, eu não tinha. Aquilo foi seu… talvez o anjo dela. Nós vamos chegar nisto daqui a alguns minutos, vêem, que chegou alí e deu aquela mensagem, veja você.
273 Agora — agora, isto isto é certo. Existem duas línguas diferentes, uma delas é…
274 Há alguma pergunta? Está bem, tentando saber o que Deus está dizendo, veja você. Agora, eu… eu diria, irmão Stricker, naquilo, em consideração àquilo, tente não pensar sobre aquilo, vêem. Apenas deixe o Espírito Ele mesmo falar. Não tente compreedê-lo, vêem, apenas se entregue ao Espírito. Vêem? Porque você está tentando a — a dizer, “Ei, o que você está dizendo?” Vêem? “Ei, você está falando comigo? Hem?” Vê você, ele… vêem, ele está tentando.
9 – Agora, pode uma pessoa falar em línguas quando estiver orando pelos outros junto ao altar?
275 [Espaço fazio na fita-Ed.] Deixe-me ver o que eu anotei aqui embaixo, eu tenho que olhar. Se não há nenhum intérprete, que fiquem calados. Em I aos Coríntios, capítulo 1… capítulo 14 e versículo 28. Quem tem a Bíblia? [Um irmão lê a seguinte Escritura — Ed.]
…se não houver intérprete, esteja calado na igreja.
276 Correto. Agora, se não houver intérprete, em qualquer hora na igreja, em qualquer parte da igreja, fique calado se não houver intérprete.
277 No altar, a única coisa, se alguém… Muitas vezes você ouve as pessoas que vão ao altar. Eu ouví recentemente um precioso irmão no altar, apenas desceu e sacudiu alguém para trás, e então começaram a falar em línguas, falando de tal modo como se estivessem tentando lhes mostrar o que fazer. Veja, esta é uma maneira artificial de trazer o Espírito Santo (tentando) com as pessoas. Não faça isto. Vêem? A coisa a fazer é simplesmente deixar aquela pessoa sozinha. Deixe que elas levantem suas mãos até o Espírito Santo entrar, vê você. Vêem? Então isto — isto — está errado. Não, eles devem se manter em silêncio na igreja, veja você.
278 [Um irmão pergunta, “Irmão Branham?” — Ed.] Sim, irmão. [“Digamos que uma pessoa está no culto e — e no encerramento da reunião, geralmente quando uma mensagem acaba, a pessoa que tem um dom, elas serão capazes de dizer, ou são elas capazes de dizer a diferença entre o — o anjo… a língua do anjo ou a mensagem que vem através disto?”]
279 Agora, vejamos. Agora… [Espaço vazio na fita — Ed.]… contanto que venham e escrevam aquilo, e deixem na minha mesa. Vêem? E eu lerei isto bem desta forma. Mas quando entrei naquele cômodo alí, irmão, aquilo foi tudo. Vêem?
280 E antes de entrarem aqui, eles se colocam lá atrás e todos tão quietos o quanto podem estar. E a irmã fica alí, a irmã Irene, alí no — no altar, tocando alí, tocando “Foi na Cruz”. Nós não… Os oficiais andando por alí. Se virem alguém coversando, eles dirão, “Psiu, psiu, psiu”. Vêem? E se as crianças estão… Elas se assentarão docilmente eles dirão, “É a casa do Senhor, querida. Você não deve fazer isto. Você deve se comportar agora na casa do Senhor”.
281 E o homem e a sua esposa, e todos eles, eles os deixam pendurar seus casacos e coisas assim. Que haja alguém aqui na porta para assistí-los logo que a porta se abrir. O… e tudo pronto para ir, você sabe, colocando a igreja em ordem. Arranjando-lhes um lugar e vejam se estão assentados.
282 E eu estava no quarto, orando, estava alí provavelmente desde as duas ou três horas daquela tarde. Ninguém me incomodou. Eu descí alí com a minha mensagem.
283 E então exatamente no momento de começar, o líder de cânticos começa um hino, “Vamos cantar o hino de número tal e tal”, como, “Alí na cruz onde meu Salvador morreu”, e assim por diante, você sabe, e siga desta forma. Então quando você cantar cerca de dois especiais… Nós nunca colocamos muito tempo em cantar; é a Palavra. Se eles querem cantar um hino, é para isto que eles têm estes cânticos regulares. Nós — nós… As pessoas vêm alí para a coisa principal que é a Palavra, é a casa de correção.
284 E então talvez os associados, como o irmão George, o irmão George De Ark, sobe e faz uma oração. E então temos um especial, como um solo ou algo assim. E então quando chegar a hora, alguém me avisa que é hora para sair. Se é, tudo bem, eu saio dali com vigor sob a unção. Vêem?
285 Bem, talvez naquela semana eles tiveram uma reunião em algum lugar aqui na igreja, tiveram sua própria reunião. Talvez antes do culto abrir naquela noite, eles tiveram uma reunião. E aqui estava… Eu tenho isto aqui, e digo, “Está escrito aqui neste papel que virá uma certa tempestade através deste país na próxima semana”, ou algo, pense… você sabe, algo assim acontecerá. “Isto foi escrito, falando em línguas, e interpretado através de dois santos da igreja aqui, o irmão Fulano e o irmão Siclano. Duas testemunhas testemunharão aqui, eles têm os seus nomes assinados aqui. E isto foi gravado, “Isto seria de Deus, e isto e aquilo”. Esta é a minha primeira parte.
286 Então eu digo, “Está certo, nós nos prepararemos para isto, todos em oração. Vêem? Agora há algum pedido especial, todos? Vocês sabem. “Vamos orar”. Fiquem de pé e orem. Diretamente a Palavra, direto à Palavra.
287 Então imediatamente após o culto terminar, a chamada de altar é feita. Vêem? É na chamada de altar que nós damos duro, a chamada de altar, levar as pessoas até o altar. E então depois que aquela chamada de altar terminar, talvez eu ore pelos enfermos.
288 Apenas algo assim. O culto foi todo tomado porque o espírito dos profetas é sujeito ao profeta.
289 É isto que eu estava pensando… Vocês recordam a noite quando tive a visão do anjo vindo a mim? Eu estava assentado alí no quarto, pensando. Cerá de, oh, no meio da noite, dizendo, “O espírito dos profetas…” Como poderia ser aquilo?” Eu olhei naquela Luz brilhando, e aqui veio Ele descendo por alí onde eu estava. Vêem? Foi quando Ele me comissionou bem alí, vêem, para essas reuniões.
290 Agora, não, é a — a pessoa que está entregando a mensagem. Aquela foi a sua pergunta, eu creio, “A pessoa que está entregando a mensagem, ele… é — é… “A pessoa entregando a mensagem, ele saberia se era o anjo do Senhor ou não?”
291 [Um irmão diz, “Agora, a pergunta foi, você diz que há línguas de anjos…” Espaço vazio na fita — Ed.] Eu acho que ele não poderia. Agora, é a maneira que temos isto agora. Mas, veja, quando alcançarmos a maneira que devamos ser, onde você tem uma reunião regular para aquilo, vamos…
292 Vêem, cada um deles é um ministro. Digamos, você fala em línguas, ele interpreta, e ele fala em línguas, ele profetiza; você é apenas leigo aqui, a igreja, mas mesmo assim você tem um ministério e você tem algo. Você está tentando ajudar o Reino de Deus, fazer algo por ele, vêem, então seus irmãos se reunem. Esta é a razão pela qual os pastores, assim, nos reunimos, nós temos algo em comum. Vocês irmãos, se reunem, estudam as Escrituras, e falam em línguas e interpretam, e entregam a mensagem, veja você.
293 Mas, agora, se este homem, se ele souber… Ele tem ido às reuniões, ele tem o dom de línguas. Bem, ele chega na reunião, ele fala em línguas mas nenhuma interpretação é dada, o intérprete não capta aquilo.
[Um irmão pergunta, “Você diria então que estas pessoas edificam o Corpo, porém os ofícios tais como o de pastor, mestres e outros, aperfeiçoa o Corpo?” — Ed.]
294 Sim, é para isto que serve, a perfeição. Vêem? Estes são dados para a perfeição, veja você. Eu creio o — o — o Espírito é dado para a perfeição, perfeição da igreja.
295 Agora, elas, estas pessoas que falam, elas estão cheias do Espírito, não há dúvida. Agora, aqui está um homem, talvez ele esteja falando aqui na reunião, e ele entrega… Agora, ele está bem em frente dos intérpretes, vêem, e até alí ninguém tem a interpretação, há simplesmente algo errado. O intérprete nada pode fazer, veja. Ele — ele tem que interpretar com a mesma inspiração que o outro está falando. E ele pode ter o verdadeiro dom de falar em línguas, porém ele não tem o dom de línguas, uma linguagem. Vêem, ele…
296 E então a coisa para ele fazer é, quando ele usa esta língua, então ele vê… Agora, o que ele — ele não está tentando… Se ele está tentando se jactanciar outra vez, ele é um pretencioso. Ele não… Ele — para começar ele está errado, veja você, ele nunca irá a parte alguma. Vêem, você pensa, “Bem, bendito seja Deus, aquele sujeito simplesmente não quer interpretar minhas línguas. Aquilo é tudo que há nisto”. Agora, para começar está errado. Bem alí ele tem — ele tem o motivo errado, o objetivo errado. Vê?
297 Mas se ele é dócil e humilde, digamos, “Bem, talvez o Senhor não quis me usar no Seu serviço. Mesmo assim eu… Ele apenas abençoa a minha alma. Ele quer me edificar, para saber que estou perto Dele quando falo em línguas. Então eu sairei do pomar de maçãs, “Oh Deus!” E o poder começa a cair sobre mim e começo a falar em línguas. Eu chego restaurado, veja você”. “Oh, veja você, Tu estás falando comigo, Senhor, Tu estás apenas me conservando em linha através do falar em línguas”. Vêem? “E, Senhor, hoje eu devia ter falado com aquele homem. Perdoe-me por isto, Senhor. Eu — eu — eu passei por cima de algo que eu não deveria ter passado. Pai, por favor me perdoe”. E, diretamente, isto segue falando em línguas. “Ah, oh que coisa, sinto melhor com isto agora!”
298 Veja você, está certo. Veja, seu — o seu dom não é para ser usado na igreja, mas é para te edificar. “Aquele que fala em uma língua desconhecida (estranha) edifica a sí mesmo”. Vêem? Agora, se não há nenhum intérprete, então… Vêem o que quero dizer? Veja, é isto. Então ele não conheceria a sí mesmo. Ele apenas… Mas ele saberá quando estiver errado.
Agora, agora você apenas tem que deixar isto prosseguir, vê você, esta é a única coisa que você pode fazer até você ter isto separado. Esta é a razão pela qual penso que isto…
10 – Explique I aos Coríntios 14:5.
299 Quem encontrou rapidamente? Alguém encontrou? [Espaço vazio na fita. Um irmão lê I Coríntios 14:5 — Ed.]
…todos vós faleis línguas estranhas, mas muito mais que profetizeis, porque o que profetiza é maior do que o que fala línguas estranhas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.
300 Correto. “Eu… eu quero que todos vós faleis línguas”. Paulo estava tentando dizer… Como a igreja, vós — vós sois minha igreja. Algumas das igrejas de Paulo não eram tão grandes como a quantidade de membros que tenho bem aqui. Isto é certo, às vezes dez ou doze. Vêem? Vêem? Agora, agora ele disse, “Eu quero que todos vós faleis em línguas”. Isto te atraiu?
301 Vêem, quando a — a — a igreja que o… em Atos 19, eu creio que ela tinha cerca de doze membros alí. Vêem? Muito pequena, missões, vê você. Então isto sempre tem sido a minoria, vêem. E eu acho que como diz alí era cerca de mais ou menos, doze homens e mulheres, veja você, alí.
302 Agora, se você — veja aqui, ele disse, “Eu quero que todos vós faleis línguas. Eu — eu gostaria que todos vocês falassem, todos falassem em línguas, apenas se enchessem de tal forma do Espírito Santo que simplesmente falassem em línguas. Porém”, disse, “eu preferiria que profetizassem; a não ser que também interpretassem, que houvesse uma interpretação”.
303 Como está escrito alí? Quem… Você tem aí , certo…?…Vamos ler isto novamente. Agora ouçam.
304 [Um irmão começa a ler I Coríntios 14:5, “E eu quero que todos vós faleis línguas,…” — Ed.] Agora espere aí um minuto, “Eu quero que todos vós faleis em línguas”. […mas, muitos mais que profetizeis,…”] “Gostaria que todos vós profetizásseis” [“…porque o que profetiza é maior do que o que fala línguas estranhas,…”] Agora espere aí um minuto.
305 Agora, o que é maior do que aquele que profetiza? É aí onde você queria que eu parasse? [Um irmão diz, “Eu estava apenas dizendo, “Aquilo foi diferente…?…” — Ed.] Sim. Vêem? Sim vêem? Agora, aqui está onde…
306 Agora, você diz por exemplo, agora, nós temos dois homens leigos no nosso meio nesta noite. Eles não conhecem nada sobre isto, e eu entro e todos vocês estão… nós começamos aqui reunião, e — e você simplesmente começa a falar em línguas, cada um de vocês simplesmente começa a falar em línguas estranhas, falam em línguas e falam em línguas. E, bem, o que é isto? Vêem, o homem leigo dirá, “Oh! Todos eles são loucos!” Vêem? Mas se um profetiza, vêem, então ele dirá algo que ele pode compreender.
307 Agora, vá em frente e leia o restante disto agora. [O irmão continua, “…a não ser que interpreta,…”- Ed.] Aí está você. Agora, “exceto”, vêem? Eu — eu… Os que — o que profetiza é maior do que aquele que fala em línguas a não ser que este dê uma interpretação. Agora, vá em frente, vêem. [“…que a igreja possa receber edificação”] Aí está você, vêem, a igreja é edificada.
308 Agora, em outras palavras, ora, a igreja… Este sujeito aqui… Aqui, há muitos aqui que são leigos, você está apenas assentado aqui no nosso meio nesta noite; estamos tendo esta reunião. Estamos todos aqui procurando nosso… queremos saber sobre o Senhor, e todos vocês simplesmente começam a falar em línguas. Ninguém diz nada, apenas começam a falar em línguas. “Eu quero que… eu… Isto é ótimo”, Paulo disse. “Seria bom que todos falassem em línguas”. Mas e se um de vocês profetizasse, se levantasse e dissesse, “Assim Diz o Senhor, há um homem assentado aqui e ele é um estranho no nosso meio. O seu nome é John Doe. Ele vem de tal e tal lugar. Ele deixou a sua esposa e os quatro filhos alí. Ele está aqui nesta noite porque ele está procurando ajuda. Ele esteve com um médico hoje em Memphis, Tennesse. E ele disse… O médico lhe disse que ele tinha câncer nos pulmões. Ele está morrendo”?
309 Ele disse, “Se todos falassem em línguas e o leigo viesse no vosso meio e dissesse, ele diria… então ele dirá, “Não são vocês todos loucos ou doidos? Mas se alguém profetiza e revela o segredo do coração, então eles aparecerão e dirão, “Na verdade Deus está contigo!” Vêem, isto…
310 Bem, agora, aqui. Agora você está falando em línguas, mas um dá a interpretação, diz, “Assim diz o Senhor”, sob a interpretação, “Há um homem assentado no nosso meio, deixou sua esposa, estava em Nashville hoje”, ou Memphis, ou seja onde for, “e ele tem câncer no pulmão. Chegou aqui, e o seu nome é John Doe”, Fulano de Tal assim. Vê?
311 “A menos que seja por interpretação”. Vêem, então ele dá a edificação. Vêem? Então eles dirão… Então aquele sujeito sairá, dirá, “Deixe-me lhe dizer algo, não me diga que Deus não está com aquelas pessoas lá em cima. Com certeza! Aquelas pessoas não me conhecem de modo algum”. Vêem?
312 Então queremos os dons de profecia mais os dons de falar em línguas. Porém, no falar em línguas, veja, deve haver interpretação. E então, quando é interpretado, é profecia. Vêem? É profecia. Agora, eu tenho esta pergunta aqui em um minuto, então eu — eu chegarei nela o mais rápido possível. [ Espaço vazio na fita — Ed.]
11 – Mateus 18:10
[Um irmão lê Mateus 18:10 — Ed.]
…não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nós céus.
313 Correto. Agora, o irmão, seja quem for você, naturalmente não tem nomes, apenas pequenos cartões, veja você, quem disse isto. Tenho certeza de que eu…
314 Agora, você poderia tomar dois lados disto, vêem. Mas eu acho que a interpretação, se você apenas me perguntasse, “explique isto”, a maneira que eu interpreto isto é assim.
315 Agora, veja em II aos Coríntios, alguém, 5:1 está escrito isto, “Se este tabernáculo se desfizer…” Você sabe o que é, Vêem. “Se este tabernáculo se desfizer, já temos um”, você sabe, “esperando”. Correto.
316 Agora, agora Ele… Se você observou, em Mateus 18:10, Ele estava falando sobre tomar as “criancinhas”. Eles eram criancinhas, pequeninos, três ou quatro anos de idade, os tomou. “Eles trouxeram as criancinhas até Ele, um menino”. Um menino é um criança. Um menino é apenas um pequeno — um pequeno sujeito, não muito pequeno, mas entre aquela idade e a adolescência. Vêem? Não é responsável ainda por sí mesmo.
317 Agora, ele disse, “Vede, não desprezeis”. Se você realmente tomasse a interpretação daquela palavra, é “maltratar”, “maltratar um daqueles”. Maltratar uma criança, você nunca faça isto. Elas são crianças, elas não sabem. Vêem?
318 E agora observe, disse, “Porque seus… seus anjos sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus”. Vê você? Em outras palavras, “Seus anjos — seus mensageiros, seus corpos angelicais que se irão se morrerem, estarão sempre diante da face do Meu Pai no Céu”. Vêem?
319 Agora, “Se este tabernáculo terrestre for dissolvido, já temos um outro nos esperando”. Isto é certo? Isto é um corpo.
320 Veja aqui. Se eu tivesse tempo para entrar nisto! Claro, eu sei — eu não vou fazer isto. Mas, aqui, deixe-me apenas lhe entregar isto, então está sendo gravado, e você terá isto de qualquer modo.
321 Veja, certa noite Pedro estava na prisão. Eles tiveram uma reunião de oração lá embaixo na casa de João Marcos, vêem. E então o Anjo do Senhor chegou, aquela Coluna de Fogo, uma luz desceu, e Pedro pensou que ele estava sonhando quando ele viu esta Luz chegar para mim. Isto… A Bíblia diz, “Era uma Luz” Vêem? E eu creio que Esta é a mesma conosco, vêem, Ele desceu. E estamos no mesmo problema, talvez a mesma coisa aconteceria. Vêem? E chegando alí, então Ele disse, “Venha, vamos Comigo”.
322 Então Pedro pensou, “Estou sonhando agora, então eu apenas verei o que significa este sonho”. Então ele passou pelos guardas, e pensou, “Oh — oh. Agora seguiremos, a porta simplesmente se abriu sozinha”. Chegou na outra porta, e se abriu sozinha. Chegou nos portões da cidade, e eles se abriram sozinhos. E ele continuou pensando que estava sonhando. Então quando ele parou alí fora, e disse, “Bem, estou livre, então eu vou até a casa de João Marcos e terei algum companheirismo”.
323 Eles estavam alí atrás, “Ó Senhor, envie o Teu Anjo e liberte a Pedro”.
324 E por volta daquela hora Algo [ o irmão Branham bate — Ed. ] A pequena donzela foi até a porta e disse, “Quem está aí?” Levantou a pequena treliça e disse, “Ora, é Pedro!” Então ela voltou, disse, “Ei, vocês — vocês podem parar de orar agora, Pedro está está aqui”.
Ele disse, “Oh, que coisa! Vão em frente”, disse, “Vocês — vocês estão — vocês…” Vêem?
325 [ O irmão Branham bate outra vez — Ed. ] Disse, “Abra!” Estou entrando, vêem”. E então ele disse…
Então ela voltou, disse, “Não, é — é Pedro lá na porta”.
326 “Oh”, eles disseram, “Eles já cortaram fora a sua cabeça, aquele é o seu anjo na porta. Vêem, seu tabernáculo celestial, ele realmente havia recebido isto, para que este terrestre fosse dissolvido, porque estava sendo esperada no Céu a sua vinda.
327 O que eu ví outro dia naquela visão, vocês sabem, na minha frente. “Se este tabernáculo terrestre for dissolvido, nós temos um”.
328 E estes sujeitinhos que não pecaram ainda, veja você… Vêem?
329 Quando um bebê está sendo — um bebê está sendo formado no ventre de uma mãe, logo que é colocado alí… Vêem? Vêem? Mas primeiro é o espírito. E quando aquele espírito começa a se tornar carne, um pequeno germe de vida começa se tornar carne, e logo que isto cai de seu… Agora, no ventre, é pequenino, agitando, contração muscular. Nós sabemos disto. Estas são as células. Exatamente como você tomar uma pêlo de cavalo e colocá-lo na água, ele subirá e se moverá, e se você tocar nele ele pulará. Esta é a maneira que é um bebê.
330 Mas logo que ele nasce neste mundo e respira seu primeiro fôlego, ele se torna uma alma viva. Vêem? Porque logo que o corpo terrestre é nascido no mundo, há um corpo celestial, ou um corpo espiritual, para segurar isto. E logo que este corpo natural tombar, há um tabernáculo celestial esperando por ele. “Se este tabernáculo terrestre se desfizer, há um tabernáculo celestial esperando por isto. Logo que — logo que o bebê tomba na terra em carne, há um corpo espiritual esperando para recebê-lo. E logo que o corpo espiritual… o corpo natural for dissolvido, há um corpo espiritual esperando no além. Vêem? Uma “teofania” como chamamos isto, uma teofania.
[Um irmão pergunta, “Bem, agora, este corpo é… é temporário, aguardando a ressurreição deste corpo?” — Ed.] Sim. Vêem? Oh, sim. [Esta é a condição que vamos viver até — a ressurreição?”] Isto é certo. Vêem? Vêem?
331 Não é revelado aos filhos do homem ainda. Eu creio… Eu — eu sei que ví isto. Vêem? Mas eu não sei que tipo de corpo é, mas eu pude sentí-los da mesma forma como senti suas mãos ou qualquer coisa. Naturalmente, isto está na fita e você pode tocá-la anos depois que eu partir. Vê você? Mas… E aquilo, seja o que foi, vêem, eu estava — eu estava segurando aquelas pessoas e as apanhei, e isto era tão real como — como você é real, e mesmo assim isto não… Eles não comiam nem bebiam. Alí não havia o ontem nem o amanhã. Vêem, era a Eternidade.
332 E agora quando aquele tabernáculo… eles deixaram alí naquele corpo, voltaram à terra, e aquele tipo de corpo eles haviam tomado a imortalidade. O — o pó da terra reunido naquela teofania de algum modo se tornaram humanos outra vez, tiveram que comer como fizeram no Jardim do Éden. Vêem? “Mas se este tabernáculo terrestre for desfeito, já temos outro esperando”.
333 Então estas criancinhas que não tiveram pecado, veja, nenhum pecado ainda, seus anjos, seus “corpos” (aquele que Pedro tinha tornado em…) vêem, estava esperando. “Contemplando a face do Pai, no céu”, está sempre diante Dele; “eles sabem disto”, é isto.
334 [Um irmão diz, “Mas isto foi um pouquinho difícil alí onde Jesus disse, na primeira parte da Sua ressurreição; Ele disse, “Não Me toqueis”, Ele não havia subido ainda. E então quando Ele entrou no quarto onde estava Tomé, Ele disse, “Venha aqui e coloque a sua mão no Meu lado”- Ed.] Isto é certo, Ele não havia subido ainda. [“E o — a diferença dos dois, onde Ele — Ele lhes disse para não tocar-lhe, e alí Ele disse a Tomé para se aproximar”] Ele não havia subido ainda, veja você. Ele… [“Pois eu não subí ainda para o Meu Pai”].
335 Isto é certo, vêem, Ele não podia ser tocado até Ele… Após a Sua ressurreição. Ele havia saído da terra, veja você. Ele havia saído da terra e estava andando no meio dos homens, mas Ele não tinha subido ainda. Ele disse a Maria, Ele disse, “Não me toques”.
Ela disse, “Rabí”.
336 Ele disse, “Toque… Não me toques, pois ainda não subí ao Pai. Mas eu subo ao Meu Deus e ao vosso Deus, ao Meu Pai e a vosso Pai”.
337 E então naquela noite, depois Dele realmente ter subido diante de Deus, e ter ressuscitado dos mortos, subiu diante de Deus. Voltamos, Ele chamou Tomé para vir tocar no Seu lado. Vêem, Ele havia subido diante de Deus. Isto é certo. Correto.
12 – Agora, em I aos Coríntios 14, “Seguí a caridade, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar”. No Webster, diz, “profecia”: predizer futuros eventos, especialmente através de inspiração divina”. Pode uma mensagem… Agora eles… que — isto é o que o Webster diz e o que o — o irmão perguntou. Pode uma mensagem ser chamada de “profecia” que não prediz eventos futuros?
Não, senhor. Profecia é “profecia é “predizer”. Vêem? Certo.
13 – Agora, em I aos Coríntios 14:27, eu creio que todas as mensagens devem ser interpretadas e não mais do que três mensagens em línguas devem ser dadas em qualquer culto.
338 Isto é a Escritura. Eu tenho isto escrito aqui embaixo. Naturalmente, não… Estamos familiarizados com aquilo e conhecemos aquilo, veja você. Isto… Sim, senhor, isto… deve somente ser no processo de “três”. Isto é em I Coríntios 14, também. Vêem? Isto é certo, “processo dos três”. Agora você observa isto em suas reuniões, irmãos. Agora, você — você encontrará aquilo vindo agora, você descobrirá que muitas pessoas entram nisto. E não diz que elas não têm o Espírito Santo, agora. Mas, veja, Paulo desceu para colocar a igreja de Coríntios em ordem. Todos nós sabemos disto, não sabemos? Ele teve que colocá-la em ordem. E ele disse, “Que tudo seja feito decentemente e em ordem”.
339 Agora, se você observou, Paulo, descendo, ele sempre teve problemas com a igreja de Corínto. Você nunca o encontrou da maneira que… Ele nunca disse nada sobre isto à igreja de Éfeso, ele poderia ensiná-los a segurança Eterna. Não existe nada sobre a segurança Eterna na — na igreja de Corínto. Eles sempre foram bebês, tentando, “Um tem uma língua, outro tem um salmo”. Não é isto certo? Vêem? E se você deixa a sua congregação começar naquilo…
340 Como Martim Lutero, ele ficou tão cheio do Espírito que falou em línguas. Ele disse, em seu diário, ele disse, “Eu falei em línguas”, ele disse, “mas se eu ensinar isto ao meu povo “disse “eles procurarão o dom em vez do Doador”. Aquilo estava certo, vêem, elas procurariam o dom em vez do Doador.
341 E é isto que as pessoas obtêm, e então elas ficam todas alvoraçadas e inchadas quando deixam que elas falem em línguas ou algo assim. E se isto não é de Deus, então isto não… isto não terá valor. Mas nós…
342 Agora, as igrejas modernas rejeitam a coisa toda, porém nós não. Nós cremos que isto seja um dom de Deus e que pode ser colocado alí através do Espírito de Deus. Que tal isto, irmão Roy? Isto é certo. Sim, senhor. Colocado na igreja! Isto pertence a igreja. O dom de falar em línguas pertence a esse lugar, vêm de Deus.
343 Agora, vejamos agora exatamente o que era a sua pergunta aqui. Diz que:
Eu creio que todas as mensagens… (isto é certo) …deve ser interpretada, e isto no processo dos três.
344 Isto é certo, vêem, porque se você deixa o… Agora digamos, por exemplo, como se você estivesse em reunião e nós estivéssemos aqui assentados e — e… Agora, que bem faria deixá-lo falar em linguas, ele ficar falando em línguas, ficar falando em línguas, ele? Ora, nós estaríamos todos tão confusos que não saberíamos nem mesmo o que estávamos fazendo. Vêem? No processo dos três, deixe… como, Hollin, ele falando em línguas, se ele fala em línguas…
345 E deve haver também um intérprete. Agora, pode haver um intérprete a não ser que você interprete a sua própria línguas. Agora, você… “Que aquele que fala em línguas estranhas também ore para que possa interpretar”. Ele pode interpretar sua própria língua que é somente — apenas tão fiel como é para alguns intérpretes. Mas deve haver um intérprete antes que as línguas possam ser… Se você tem um grupo de pessoas falando em línguas e alí não há nenhum intérprete, então você mesmo ore para que você possa interpretar o que você — o que você está dizendo.
346 Agora, não faça isto somente para ensoberbecer, porque você está apenas se edificando então, vê você. Não faça aquilo. Mas fale em línguas para que você possa edificar a Deus, e que possa edificar a igreja. Veja você, tudo é para uma grande causa, irmão. Estes dons são para edificar Deus, e edificar a igreja, trazer as pessoas para Deus, e deixá-las saber que Deus está conosco. Ele não é um Deus morto, Ele é um Deus vivo operando no nosso meio. Vêem?
347 E temos apenas que observar aquilo atentamente, rapaz, o diabo odeia aquilo como tudo, veja você, ver verdadeiros dons reais. Porque os dons são fracos, e ele pode realmente trabalhar naqueles dons. Homens, oh, homens, ele pode realmente personificar cada um deles. Então esta é a razão…
348 Agora, veja, a diferença entre um dom de profecia e um profeta, há simplesmente um milhão de milhas de diferença. Antes que uma profecia… Um homem com o dom de profecia possa ser mencionado diante da igreja, dois ou três têm que discernir aquilo e dizer, “isto é verdadeiro”. Isto é correto. Mas não um profeta. Vêem? Um profeta é um ofício. O dom de profecia é um dom. Um profeta nasce, tem o Assim Diz o Senhor, irmão, sempre em frente e em frente. Não há nada naquilo, veja você. Este é o profeta. Mas o dom de profecia, este é o dom, veja você. Um é o ofício de Deus, o outro é um dom de Deus. Vêem? E esta é a diferença.
349 Agora, as mensagens, digamos, agora, por exemplo, aqui está a maneira que isto seria. Agora, nós diremos, como o irmão Junie, nesta noite, ele interpreta. Nós sabemos que ele é um intérprete. O irmão Neville é um intérprete, vejam, interpreta línguas. Bem, nós sabemos disto. Agora, e se estivéssemos aqui nesta noite, ó, o Espírito de Deus simplesmente explodindo para falar. Oh! E nós… nós temos isto. Nós temos… Espere, a igreja vai começar em poucos minutos. Vêem, nós — estamos nos encontrando diante da igreja. Estou colocando isto em ordem como fazemos aqui.
350 Bem, então, a primeira coisa você sabe, o irmão Ruddell se levanta e fala em línguas. Espere só um minuto. Vêem? O Junie se levanta, “Assim diz o Senhor, uma certa e certa coisa”, ou alguém aqui. Os escribas anotando isto aqui, vejam, seja o que for que foi dito; oh — oh, vamos apenas tomar isto rapidamente, porque isto… obter isto puro, bem o que ele disse. Correto, eles… Se — se for recusado, então você — é melhor você deixar isto, vêem, arrancar isto. Mas se não é recusado, é aceito por duas pessoas, então está escrito aqui, eles assinam seu nome. Vêem? Aquilo — aquilo — aquilo é para sua igreja. Aquilo… Estou dizendo isto para o benefício de todos, vêem, eu não sei se eles fizeram aquilo no princípio ou não.
351 E a primeira coisa que você sabe, Hollin dá um pulo, fala em línguas. Agora, o intérprete pode reivindicar a mesma mensagem, vêem, isto pode ser a mesma coisa, acontecer determinada coisa, uma profecia; vêem, algo que está se preparando para acontecer, ou algo que você deve fazer. O irmão Roberson se levanta, atrás, fala em línguas. Correto. Isto pode continuar sendo a mesma mensagem, dando a mesma interpretação, vêem, ou poderiam ser três mensagens.
352 Agora, Deus não vai dar cinquenta mensagens numa só noite. Nós sabemos disto, porque você — você não poderia obtê-las. Vê você? Mas seja o que for que estiver oprimindo a igreja, como… ou algo que está sendo feito, é para a edificação da igreja. Vêem? Então eu — eu — eu não permitiria mais do que aquilo, vêem, porque alí diz, “Que seja em série de três”. Vêem?
353 Apenas no processo de três, então — então eu diria, “Vá em frente e anote-os, e os coloque alí em cima do púlpito”. Vêem? Então amanhã à noite nós nos reuniremos outra vez. Vêem? E se há qualquer coisa se preparando para acontecer entre agora e amanhã à noite, Deus falará isto em uma daquelas mensagens. Vêem o que quero dizer? Que seja através de três. E eu penso agora, o Webster diz, a profecia pode…
Pode uma per-…. Pode uma mensagem ser chamada de profecia se ela não prediz o futuro?
354 Não. Se é profecia, está profetizando, predizendo alguma coisa que está por acontecer. Isto é verdade, também.
355 Correto, e eu creio… Agora esta é a última das que nós temos aqui.
14 – Irmão Branham, pode — pode algumas destas… Irmão Branham, quaisquer destas perguntas… Foi escrito a máquina e está quase apagado. Pode quaisquer destas perguntas… Irmão Branham, quaisquer destas perguntas que você não se sentir dirigido em respondê-las ou… comentá-las (sim), comentá-las, coloque-as de um lado, eu não me importarei de forma alguma. Quais o deveres totais de um diácono de acôrdo com a Escritura?
356 Bem, eu — eu creio que eles têm isto alí. Se isto… Eu sei que é um dos diáconos da nossa igreja. Então eu creio que eles têm uma ordem disto alí. Nós temos que obter mais cópias daquelas e dar a cada um de nossos diáconos se não a temos. Eu gostaria, se pudéssemos conseguir uma cópia daquilo. Gene, um… ou, você ou o irmão Leo, ou alguém, sobre… obter cerca de seis ou oito delas e distribuí-las aos nossos diáconos. Aquilo mostra os deveres, Escrituristicamente, o que o diácono tem que fazer.
15 – No caso de termos uma profecia ou uma Mensagem em línguas fora de ordem, como devemos corrigir isto?
357 Agora, este é um bom caso de emergência, vê? Agora, Deus te abençoe diácono que fez referência a isto, porque esta é uma boa coisa. Você quer controlar isto com luvas de borracha. Agora, se você dá um… Se alguém chega em nossa congregação aqui e entrega uma mensagem ou uma profecia fora de ordem, dificilmente há alguma coisa que você possa fazer sobre isto se elas estão falando. Vêem? Você apenas… Elas sabem que estão fora de ordem e isto — isto… pode arruinar o culto. Vêem, mas se acontecer, a melhor coisa simplesmente a fazer, para os diáconos, é somente manterem silêncio. Vêem? Porque o profeta na plataforma é aquele que realmente está… Você é — você é a sua proteção, você é o seu policial, vêem, vocês são os guardas. Vêem?
358 Agora, se é alguém em nossa cong-… Se é de fora de nossa congregação, a pessoa não é ensinada, vêem, elas não são treinadas. É isto que estamos tentando obter aqui, vejam, para que nós — sabemos o que fazer. Sabemos como treinar nosso povo. Mas se — se não é de nossa congregação, bem, nós não sabemos como aquela pobre pessoa foi ensinada.
359 Por exemplo, como… Billy recorda disto, Costa Mesa, Califórnia. Todas as vezes que eu estava pronto para fazer uma chamada de altar, havia uma mulher que se levantava, e corria por aqueles corredores, falando em línguas, e ela simplesmente fazia em pedaços a chamada de altar. E eu tinha simplesmente que ir embora. Você podia notar o Espírito realmente — realmente afligido, veja você. Nada afligirá o Espírito de Deus se está em ordem. Vêem? [Espaço vazio na fita – Ed.]…pouco antes dela se preparar para começar, como ela se preparava, porque eu a observei. Qualquer ministro pode fazer isto quando ele vê qualquer coisa fora de ordem. Então esta mulher estava lá atrás e ela falou para o Billy, e o Billy me contou quando eu estava chegando naquela noite, disse. “Papai, sabe aquela mulher que arruinou as — as chamadas de altar em duas noites?
“Sim”
360 Disse, “Ela estava assentada alí fora”, disse, “ela me disse, “Glória a Deus, Billy, eu tenho outra mensagem hoje à noite!”
361 Bem, agora , veja você, eu fiquei lhe observando na audiência. Havia milhares de pessoas alí; foi quando a “Reader’s Digest” escreveu aquilo sobre a cura de Donny Morton, vocês sabem, “O Milagre de Donny Morton”. Então eu fiquei observando aquela mulher, e logo que comecei a fazer minha chamada de altar, ela… Agora, ela era simplesmente destreinada; sem dúvida, uma boa mulher. Mas ela olhou ao redor, começou a ajeitar o seu cabelo. Ela tinha cabelos cortados, veja. Então, veja você, ela pertencia às Assembléias ou alguma daquelas igrejas que permitia aquilo. Ela estava ajeitando os seus cabelos. Ela se abaixou e puxou suas meias, e se ajeitou assim. E quando comecei a fazer a chamada… Eu disse, “Agora, quantos aqui… quantos estão presentes agora que gostariam de vir até aqui a frente e — e entregarem seus corações ao Senhor Jesus”.
362 Ela se levantou. Eu disse, “Fique assentada”. E ela começou. Eu disse, “Fique assentada!” Vêem? E, rapaz todo mundo… Eu simplesmente parei. Ela fez como se não tivesse me ouvido, e eu gritei alto outra vez. Ela me ouviu desta vez, porque eu sacudí o edifício com aquele enorme microfone na minha frente. E ela se assentou.
363 Eu disse, “Agora, como eu estava dizendo, quantos desejam vir até o altar e entregarem seus corações a Deus?” E eu seguí em frente com a reunião, vêem.
364 E naquela noite quando eu estava indo em direção ao caminhão, eu fui cercado. E alí veio aquela turma de mulheres falando como um bando de galinhas, vocês sabem, “Você blasfemou contra o Espírito Santo”.
365 Eu disse, “Eu blasfemei?” Eu disse, “Como posso blasfemar contra o Espírito Santo seguindo o… Seus… a declaração das Escrituras?” Vêem?
366 E esta mulher falou, “Eu tinha uma mensagem diretamente de Deus”.
367 Eu disse, “Mas você a estava entregando na hora errada, irmã”. E disse, “Eu não…”.
Você está dizendo que não era — que não era de Deus?”
368 Eu disse, “Eu não poderia lhe dizer, senhora”. Eu disse, “Eu — eu — eu creio que foi, vêem”. Eu disse, “Eu direi isto para o seu benefício, pois, “eu digo que creio que foi”. E eu creio que você é uma boa mulher, porém você estava fora de ordem”.
369 E alí estava o seu pastor de pé. Eu sabia que ele era o seu pastor, vêem. E eu disse… eu — eu disse, “Há somente uma coisa que posso dizer, ou você estava na carne ou você tem um pastor que te ensinou e que não sabe nada sobre as Escrituras”. Eu disse, “Ele deve vir e falar conosco um pouquinho sobre as Escrituras. Isto está errado, você está fora de ordem. Você pôs a perder muitas almas, antes de ontem à noite, e muitas ontem à noite outra vez, e teria acontecido a mesma coisa nesta noite”.
370 E este homem disse, “Irmão Branham”, disse, “me perdoe”.
Eu disse, “O que você quer dizer?”
371 Disse, “Ela tinha o direito de entregar aquela mensagem, você tinha terminado”.
372 Eu disse, “Eu estava na plataforma, e o espírito do profeta está sujeito ao profeta. Eu continuava na plataforma”.
E ele disse, “Bem…”
373 Eu disse, “Eu ainda tinha a Mensagem. Eu estava fazendo minha chamada de altar, isto é para recolher. Eu lancei minha rede, agora a estou puxando. Não jogue arame farpado alí no meio ou algo para bagunçá-la, vêem”. Eu disse, “Eu ainda estava puxando a minha rede”. E — e eu disse, “Ela interferiu com o — na busca das almas. O… Que bem faria pregar ou qualquer outra coisa se você não chama os pecadores para chegarem até a frente? Vêem?”
374 E ele disse, “Bem, a mensagem dela foi depois da sua. A dela foi fora da plataforma… A dela foi diretamente de Deus”.
375 Eu disse, “Se alguém cuida ser espiritual ou profeta reconheça que o que eu digo são mandamentos do Senhor. Mas se alguém quiser ser contencioso, nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus”, citando Paulo, vocês sabem. Eu disse, “Não, senhor, nada novo! Ele… Jesus disse, “Que toda palavra do homem seja mentira e a Minha a única verdadeira”. Paulo disse, “Embora desça um anjo do Céu com qualquer coisa além do que está Aqui, que seja anátema”. Eu disse, “Senhor, você está firmemente fora da linha”. Eu disse, “Que espécie de igreja você possui? Eu aposto que é um grande grupo de confusão. Vêem? Se você deixa aquelas pessoas fazerem aquilo, como você faz a sua chamada de altar? Ela tem um ministério, todos têm um ministério, mas você tem o determinado no ministério, vêem, que lhe é dado.
376 Então isto é correto. Não, e agora se isso acontecer na nossa igreja daquele jeito, desta forma, com um de nossos irmãos ou irmãs na igreja que realmente falam em línguas, agora, os diáconos após o culto, a junta, eu penso que deve reuní-los, e dizer, “Deixe-me lhes mostrar a fita, só por alguns minutos, veja você. Vêem? Você está somente… Ou o pastor…” Ou dizer, “Eu — tenho certeza que o pastor deseja falar contigo. Você poderia nos encontrar no escritório daqui a pouco, veja, irmão”. Entre alí e fale com ele gentilmente. Vêem? E diga…
377 Mas agora, se todos saem fora de ordem e perturbem o seu pastor, veja, se — se estão perturbando seu pastor, então vocês anciãos, devem chegar até ele e dizer, “Só um momento”. E se o pastor lhe faz um sinal para fazê-los parar, então ele realmente captou o espírito alí em cima , que é… que estão quebrando o espírito da reunião, veja você.
378 Então se o pastor pára e reverentemente inclina a sua cabeça , simplesmente não diga nada. Vêem? Não diga nada; deixe com o pastor. Mas você observe o seu pastor. Se ele te der um sinal assim, que você deve pará-lo, então se aproxime com amor cristão diga, “Meu irmão, irmã”, seja quem for, “eu creio que você está fora da ordem, porque você está atrapalhando o profeta, veja você. Ele tem uma mensagem de Deus. Quando ele terminar a sua mensagem, então nós falaremos sobre isto mais tarde”. Vêem, se isto lhe está perturbando.
379 Mas se é alguém de fora, e o pastor com respeito simplesmente pára e espera um instante, então ele… provavelmente ele começará imediatamente, veja você. Então… E se você observar, noventa por cento do tempo assim, as interpretações, são sempre citações de alguma Escritura ou algo assim, provavelmente é carne em ambos os lados da linha. Vocês sabem o que quero dizer com isso. Vêem. Certo?
16 – É permitindo mais que um falar uma mensagem em línguas sem uma interpretação?
380 Não. Deve ser um por um. Vêem? Um entrega… Um fala, e então dá a interpretação. Vêem? E então se outro fala, a interpretação; porque se não for assim, o intérprete não saberá o que ele está fazendo porque há duas ou três mensagens aqui lhe martelando de uma só vez, veja você, e aquilo seria confuso para ele. E Deus não é autor de confusão, veja você. Então deixe um falar, e o outro interpretar. Vêem? E então… dê três mensagens, mas deixe cada mensagem ser interpretada.
381 Então teremos… Como se o irmão Ruddel falasse e o irmão Neville desse a interpretação, o irmão Fred simplesmente ficaria calado. Vêem, obtenha aquela interpretação. Primeiro, é para ser julgado primeiro, para ver se é de Deus ou não, em primeiro lugar. Vêem? E tudo bem. Agora, se o irmão Ruddel fala, o irmão Beeler fala, o irmão Neville fala, o pobre intérprete tem três mensagens no curso; o que — o que, por onde ele saberá o que fazer? Vê? Deixe-o sozinho. Entregue a mensagem e então fique calado, apenas espere. Deixe algo ser revelado para o próximo que está assentado ao seu lado; se mantenha calado, fique quieto. Vêem? E então deixe vir a interpretação.
382 Então, quando o fizer, escreva aquilo então, veja o que os que dicernem diz. Vêem? Se eles dizem, “Bem, é — é de Deus”. Correto, há uma mensagem, veja, anote isto. Então espere um momento. E a primeira coisa que você sabe, bem, então o Espírito está movendo nele, ele falará. Então , o intérprete espera um instante, vê o que o Espírito Santo vai dizer. Aqui vem ele com aquela mensagem, veja você. E então ele anotará aquilo, vêem. E deixe isto acontecer no esquema dos três.
17 – Irmão Branham, nós sabemos que o senhor é um mensageiro enviado de Deus para esta era da igreja. Os mesmos sinais que seguiram a Jesus, nós vemos te seguindo, e estamos… compreendemos porque alguns que te conhecem melhor pensam que você é o Messias. Você explicaria a diferença na sua relação com Deus e com Cristo?
383 Bem, eu sei, irmãos, que isto é verdade. Vêem, mas vamos esperar, eu tenho algo anotado sobre aquilo aqui, só por um minuto. Vêem, muitas vezes é mal compreendido. Vêem? Mas, agora, na pessoa às vezes… E eu quero que alguns de vocês leiam comigo em Lucas, capítulo 3 e verso 15. Enquanto você faz isto, eu posso lhes dizer… Quando você achar isto, isto é em Lucas 3, isto… pode… está em…. Deixe-me apenas… eu não vou fechar a porta, porque não há ninguém alí. Deixe — deixe-me apenas lhes mostrar isto, irmãos. Vocês já ouviram isto, está em toda parte. Mas deixe-me lhes mostrar, vêem, isto tem que ser daquela maneira. Isto tem que vir daquela maneira. Se isto não fosse daquela maneira eu me arrependeria da minha mensagem.
384 Ouçam, irmãos, eu vos imploro diante de Cristo que você — você contenha esta parte de sua ordem, mas se você fosse espiritual você compreenderia. Vêem? Você não sabe a primeira coisa que Ele disse lá embaixo no rio? Você não lembra o que Ele disse? “Como João Batista foi enviado para ser o precursor da primeira vinda de Cristo, sua Mensagem…” É a Mensagem que precursará a Segunda Vinda de Cristo. Foi isto que o Anjo do Senhor disse.
385 Agora, agora observe. Agora, “Como João Batista…” Agora, todos vocês já ouviram aquilo. Vocês já leram isto nos livros e já ouviram as pessoas que estavam alí de pé que ouviram Isto, e tudo mais, quando aquele Anjo Ele Mesmo falou aquela mensagem, “Como João Batista foi enviado para precursar a primeira vinda de Cristo, você foi enviado com esta Mensagem, precursará a Segunda Vinda de Cristo”. Agora, “A Mensagem”.
386 Agora, se você observar, e eu… O pequeno Willie alí fora colocou o meu nome sob aquela estrela alí, e esta é a razão pela qual omiti isto, veja você, porque eu — eu não acho… Agora, eu vou ser o mais honesto que eu possa, eu não acho que eu teria alguma coisa a ver com aquele mensageiro, vêem. Isto é certo. Eu creio que talvez eu esteja sendo enviado para uma parte na Sua Igreja, para ajudar estabelecer essa Mensagem em um lugar onde isto deveria estar quando este precursor viesse, pois ele virá.
387 Mas eu creio, eu sendo o que sou, eu… eu creio que tenho a Mensagem do dia. Eu creio que esta seja a Luz do dia, e eu creio que está apontando para aquele tempo que está chegando, veja você, eu creio que esta é a Mensagem que ele disse lá embaixo, “A Mensagem que você tem”. Agora, se você observou aquela Estrela que levantou lá atrás, era uma…
388 Deixe-me fazer isto… Eu creio que eu — estou apertando o meu tempo aqui, e tenho estas outras, boas perguntas. Eu não quero… É — são mais de dez agora, então, e eu sei que vocês querem ir para casa. Vêem? Mas ouçam aqui. Deixe-me lhes mostrar algo. Você pode me dar apenas um — apenas alguns momentos extras? Correto, certo.
389 Agora veja, agora deixe-me dizer algo. Agora, vocês irmãos guardem isto consigo mesmo. Vêem? Agora, guarde isto consigo mesmo. Eu quero lhes esclarecer isto porque você é meu pastor… Vocês são os meus pastores e vejam vocês, e eu — eu tenho que fazer isto. E vocês são meus irmãos que trabalham nesta Mensagem. Vêem?
390 Agora, eu mesmo, como um homem, eu sou como você e pior do que você. Eu — eu — eu… A maioria de vocês têm raízes cristãs e coisas assim. “Sou mais pecador”, como foi dito certa vez, “no meio de vós”. A mais baixa vida, eu acho, que pôde ser vivida, como um incrédulo e céptico, que fui.
391 Mas desde criança eu sempre soube que havia um Deus, e soube que houve algo que aconteceu em minha vida. E isto — isto está além de qualquer indagação, meu irmão. Vêem? Mas deixe-me dizer isto, que haverá — haverá uma Mensagem, e haverá um mensageiro. Eu creio que se é para ser um homem isto — será alguém depois de mim. Vêem? Isto será… Porém esta Mensagem que estou pregando é a verdadeira Mensagem deste dia, e é a última Mensagem. Vê você o que estou fazendo, irmãos? Estou colocando todos vocês no mesmo lugar que estou, porque você está nisto o mesmo tanto que estou. Vocês são mensageiros desta mesma Mensagem.
392 Veja aqui, eu tenho uma ilustração. Eu — eu acho que posso fazer isto melhor com uma ilustração. Deixe-me apenas fechar parcialmente esta porta por um momento. Este é Jesus, e aquele é Jesus; bem, eu colocarei isto aqui, o Gethsemani, e isto aqui e alí. Agora, você não pode… eu nem mesmo digo isto diante da igreja aqui. Agora, recordem, que tipo de luz ( uma estrela ) dirigiu o homem que estava procurando sabedoria, “para nos guiar à Tua Luz Perfeita”?
393 Agora eu vou fazer uma pausa aqui só um instante e lhes contar algo. Vamos lançar aquela coisa fora… que o Willie fez alí em cima, e então dizer que está certo. Vamos apenas dizer que esteja certo. Eu não posso dizer aquilo, irmãos. Este é um bobo presumido. Que, eu não… Mesmo se eu cresse nisto, eu não diria isto. Vêem? Alguém diz isto, isto é ele.
394 Porém, aqui, exatamente como me acabaram de perguntar, alguns dos rapazes, se eles testificassem algumas das coisas que aconteceram. Eu não gosto de subir no púlpito e testificar de algo que aconteceu na reunião. Deixo o encarregado ou alguém fazer aquilo, algum outro fazê-lo. Eu não gosto de fazer aquilo.
395 (Um irmão diz, “Eles vieram até João e disseram, [“és tu o Cristo?” — Ed.] Sim, é isto, no que estou tentando chegar. [“És tu aquele Profeta?”] Ele negou isto. [“Não disse nenhum dos dois, ele disse, “Sou apenas aquele que clama no deserto”] “A voz do que clama no deserto”. Ele se posicionou.
396 [Outro irmão diz, “Eles lhe perguntaram se ele era aquele Profeta, ele disse, “não sou eu” — Ed.] Sim. Agora… Pois o Profeta era Aquele do qual Moisés falou. Veja, este é o Profeta, veja. Vêem? Mas ele sabia quem ele era, vêem. Mas ele realmente disse, que… Ele realmente lhes falou, vêem, e ele disse, “Eu sou a voz do que…” Aquele era ele. Ele — ele disse o que ele era. Vêem? Mas ele era um…
397 Vá em frente. [Um irmão diz, “Quando Cristo chegou então, seguindo João, eles chegaram até Ele e Ele disse… creu e ele ensinou àqueles que Elias viria antes do Messias. Ele disse, “Se podes receber isto” — Ed.] Aquele era ele. Isto é certo. Isto é certo. E João continuou dizendo, “Eu não sou nada! Eu nada sou! Não sou digno de desatar as Suas sandálias!”
398 Mas e quando Jesus falou sobre ele? Ele disse, “Quem fostes ver?” Sim. Sim. “Fostes ver uma cana agitada pelo vento? Ou o fostes ver, um homem com vestimentas finas e luxo e coisas?” Disse, “Estes estão nos palácios do rei. Mas fostes ver um profeta? Eu vos digo que sim, e mais do que um profeta”. Ele era mais do que um profeta, ele era o mensageiro do pacto. Isto é o que ele era. Ele era mais do que um profeta. Ele disse, “Nunca houve um homem nascido de mulher maior do que ele por aquele tempo”. Vê?
399 Era isto, veja, ele era um mensageiro do pacto. Ele foi aquele que apresentou e disse, “Este é Ele”. Todos os outros profetas falaram Dele, mas João disse, “Este é Ele”. Vêem?
400 Agora observe. Agora veja. O mago seguiu uma estrela. Eu vou levar isto de volta de uma maneira menor, veja. O mago seguiu uma estrela, perguntando, “Onde está Aquele que é nascido Rei dos Judeus?” Vocês ouviram o hino. “Nós vimos a Sua estrela no oriente e vimos adorá-lo”. Vocês já ouviram isto, leram na Escritura. Certo:
Guiando para o oriente, continuamos seguindo,
Guia-nos à Tua Luz perfeita.
401 Vêem, a estrela estava guiando à Luz perfeita, porque a estrela estava somente refletindo a Luz. Foi aí onde tiramos isto aqui outro dia. Vêem? Quantos estavam aqui no domingo e viram aquilo? Veja você, acabei de pregar sobre isto. A Glória da Shekinah refletida na estrela, e a estrela reflete Isto. Aqui estava o Anjo do Senhor de pé na plataforma refletindo Isto de volta alí, da Glória da Shekinah. Exatamente a mesma coisa. Alí estava exatamente correto. Olhando aqui para o verdadeiro, olhando alí e Isto sendo refletido bem ao lado assim. Vêem?
402 Agora observe isto, agora, aquela estrela levantou no oriente. É isto certo? Era uma grande estrela. Correto. E quem era a verdadeira estrela terrestre no tempo da vinda de Jesus? Bem, João. Ele era aquele que os guiou àquela Luz perfeita. É isto certo? Foi no oriente na primeira aparição de Jesus. E, agora, há uma monte de entrelinhas que atravessa o horizonte até chegar a estrela vespertina.
403 E a estrela vespertina brilha ao anoitecer. A estrela da manhã brilha de manhã. E ambas são estrelas do mesmo tamanho e o mesmo tipo de estrela. Agora coloque dois e dois juntos e você entenderá isto, veja. Vêem, aí está você. Então isto não é… A estrela não é o Messias, ela está apenas refletindo O Messias.
404 Agora, uma estrela não reflete a sua própria luz. A estrela reflete a luz do sol. Isto é certo? [Um irmão diz, “Não” — Ed.] Huh? [“Em um sentido, a lua reflete; as estrelas refletem a sua própria luz”] Sim, a lua… Sim, realmente… Eu realmente quis dizer que a lua reflete apenas a luz. Sim. Agora, se — se uma estrela está refletindo a sua luz, então sua luz teria que vir de… de Deus, porque seria alguma espécie de geleira. Não é? [O irmão diz, “sol” — Ed.] Huh? Um sol de Sí mesmo, do sol. [“Os sóis estão mais distantes do que o nosso sol”] Sim. E eles… Nos foi dito que aqueles sóis vêm do grande sol. O sol lançou estes mísseis e eles são pequeninos mísseis ardentes como o sol. Então eles são sóis amadores para nós. Isto é certo? Luzes amadoras. [“Alguns são… a maioria delas são maiores do que nosso sol”.] Quero dizer para nós, para nós, vêem. Estamos falando sobre nós mesmos aqui. Correto.
405 Agora, se eles são sóis para nós, ou doadores de luz, eles são parte do doador principal. Vêem? O grande sol nos dá a grande luz, a luz perfeita. Os pequenos sóis, ou as pequenas estrelas, as quais podemos ver em massa, elas podem estar bem além do — do sol que brilha, mas o que elas nos refletem é uma luz menos intensa. Mas elas estão apenas testemunhando de uma luz. Isto é certo? Então quando do grande sol levanta, os pequenos sóis desaparecem. Isto é certo? Eles não são o — o sol para nós, eles são um refletor como sol. Vêem o que quero dizer?
406 Agora, a maior no meio delas ( de manhã ) é que anuncia a chegada do sol, o pôr do sol e a vinda do sol, é a estrela da manhã e a estrela vespertina. Isto é certo? Duas das maiores estrelas, a estrela do oriente e a estrela do ocidente.
407 Agora, agora vê você onde isto está? Elias era o mensageiro para clamar, arauto da vinda da estrela do oriente, e predisse ser o arauto do — da estrela do ocidente, ou da vinda outra vez do novo dia depois deste dia passar. Agora você vê o que é isto?
408 O oriente, “Haverá uma luz no…” Vêem, pouco antes do Sol ser o arauto da terra, a estrela da manhã testemunha que “o sol está chegando”. É isto certo? Vêem, aquilo traz a estrela da manhã. Bem, então a estrela da manhã e a estrela vespertina são o mesmo tipo de estrelas, e existem entrelinhas por todos os lados. Não vêem vocês o que quero dizer? Os mensageiros.
409 Bem, então, Ele era para ser olhado como o Alfa e o Ômega, Princípio e o Fim, a pedra de Jaspe e Sárdio. Vêem o que quero dizer? Agora, a vinda do — de Cristo se aproximando à mão, então a Mensagem que Elias estava suposto a pregar nos últimos dias, se houvesse uma repetição da história… Exatamente como a estrela da manhã anuncia a chegada alí, a estrela vespertina anuncia a vinda de um novo dia, outro dia. Esta é a vinda do sol então anuncia a — a ida do — do sol que tivemos e a vinda de um novo sol, veja, uma nova era, a chegada de um novo tempo.
410 Agora, ouçam então. Se João trouxe a sua mensagem e anunciou a primeira vinda de Cristo, e Elias chega no último dia, o profeta disse, “Haverá uma Luz no entardecer”. Em outras palavras, que haveria uma Luz no entardecer.
411 A Luz no entardecer, a maior luz do entardecer que temos é a estrela vespertina, a maior luz que temos. Bem, então, isto teria que anunciar a mesma mensagem que havia como esta outra estrela. Anunciando o sol, falando sobre o sol.
412 Bem, agora estamos na hora do entardecer, as luzes do entardecer estão aqui. Esta terra desfaleceu. Vêem o que quero dizer? Este dia passou, e haverá o anúncio da chegada de outro Dia.
413 Pois, vejam, isto é realmente… Se alguém estivesse no ocidente e olhasse para aquela estrela, ela estaria no oriente. E então, veja você, “vimos a Sua estrela no oriente”, mas eles realmente… Eles estavam — eles estavam no oriente olhando em direção do ocidente para aquela estrela. É isto certo? Os magos estavam no ocidente… no oriente olhando de volta em direção a estrela do ocidente. Vêem o que quero dizer? Porém era uma estrela do oriente para aqueles que estavam no ocidente.
414 Vêem, como diríamos… Eu sempre digo, “Embaixo é em cima”. Como você sabe a não ser o que é certo? Estamos firmados na Eternidade, então o polo sul pode estar em cima e o polo norte pode estar embaixo. Nós não sabemos. Vêem, o caminho para cima é para baixo. Vêem? Nós… Nós deixaremos isto; após isto iremos para a Eternidade. Está aclamando, anunciando a vinda da Eternidade, um dia diferente , e um tempo totalmente diferente.
415 Agora estamos no tempo do entardecer. Eu creio nisto, Nós cremos que a vinda do Senhor está à mão. Correto. Agora, se aquilo é assim, então tem que haver uma Luz do entardecer. E a Luz do entardecer, de acôrdo com Malaquias 4, estava suposta a “tornar os corações dos filhos de volta ao dos pais”, de volta ao princípio.
416 Mas quando ele chegou a primeira vez, ele estava voltando os corações dos pais aos filhos. Os filhos eram aqueles que ele havia reunido ao seu redor. Ele tinha que trazer os filhos… os corações dos pais (os velhos e antigos pais ortodoxos) de volta a esta luz que ele estava anunciando aqui.
417 Mas quando ele volta outra vez, ele tem que tornar ( você observou, antes do mundo ser destruido, “o grande e terrível dia do Senhor”) e “tornar os corações dos filhos aos pais, a — a estrela vespertina que era a estrela da manhã naquele tempo. Amém.
418 Eu espero — eu espero ter colocado isto corretamente, vêem. A estrela vespertina que era a estrela da manhã, porque é a mesma estrela. Estamos no ocidente, olhando para o oriente. Eles estavam no oriente, olhando para o ocidente. É exatamente a mesma estrela. Vêem o que quero dizer? Isto depende de onde você está, vêem, se é a estrela oriental ou a estrela ocidental. Vêem vocês o quer quero dizer? Correto.
419 Agora, isto traz… um traz a fé dos pais para os filhos; neste tempo é “a fé dos filhos de volta aos pais”. Você já deu a volta, e está voltando outra vez. Não vê você o que quero dizer? Vêem o que quero dizer? É a mesma estrela o tempo todo. A mesma coisa, a mesma Mensagem, a mesma coisa bem de volta outra vez. Isto já passou.
420 E como você sabe para que lado está indo? Eu creio que chegará a hora quando eles realmente descobrirão que o mundo nem mesmo gira. Eu creio nisto de todo meu coração. Eu não creio… o quanto eles provem isto cientificamente ou nada mais. Eles fizeram tantas provas científicas que tiveram que voltar atrás. Deus disse que o mundo parou… o sol. Quero dizer o sol parou em vez do mundo. Vêem, o sol. Eu realmente não creio que o sol… Eu — eu — eu o sol faz o que eles dizem que ele faz. Eu sei que a lua viaja, e creio que o sol viaja também. Vêem?
421 Mas alguns dizem, “Ele olhou para a ignorância de Josué, vêem, e disse, “Ele parou… disse isto…” Bem, ele disse, “Ele parou o mundo”.
422 Eu disse, “Então você me diz, “Se o — se o mundo alguma vez parasse, ele simplesmente seria lançado como um cometa através do espaço”. Vêem? Eu disse. “Então, o que aconteceu então?
423 Eu estava falando com o Sr.Thiess aqui embaixo, um professor da Bíblia no ginásio; vocês sabem quem era, mas ele disse Aquilo. Eu disse, “Eu creio que o que a Bíblia diz, que o mundo parou… Eu disse, “Quero dizer, “o sol parou”. Josué disse para o sol, “Fique quieto!” e ele se aquietou alí”.
424 Ele disse, “Bem, Ele simplesmente parou o mundo, Ele viu a ignorância de Josué”.
Eu disse, “Você faça o mesmo através da sua inteligência, então”. Vêem?
425 [Um irmão diz, “Eu acho que eles podem provar cientificamente por quanto tempo — o sol realmente parou”- Ed.] Sim, alí eles… Eu já ouví isto, também. Sim, eles alegam… Eu ouví um astrólogo aqui há algum tempo atrás falando sobre isto, que eles podiam provar isto. E ao mesmo tempo que eles… Algo aconteceu na atmosfera que eles puderam ver onde algo aconteceu no Céu e isto abriu o Mar Vermelho naquele tempo e coisas assim. Eles provaram tudo aquilo. Bem, rapaz, estou lhe dizendo, as estrelas do além em alguma parte que fez algo assim naquele tempo. Contudo, isto é muito profundo para nós.
426 Então, agora, a razão pela qual esta Mensagem… esta Mensagem terá que ser vista neste aspecto, para provar que é. Agora, nós sabemos, irmãos, que o homem não pode ser Deus. O homem, mesmo sendo um deus, cada um de vocês é um deus. Você foi feito para ser um deus, mas não enquanto você está nesta vida. Vêem? Jesus era um homem exatamente como somos, mas Deus estava Nele. A plenitude de Deus estava Nele; temos o Espírito por medida.
427 Mas sendo que esta Luz tem vindo, e se Ela é a Luz verdadeira isto é para anunciar a Mensagem que João Batista anunciou, como ele disse que fez lá embaixo no rio… E veja, como poderia ser — como poderia ser outra coisa? Olhe para mim, veja, nem mesmo a educação do primário. Quando Ele me disse das coisas que aconteceriam, nenhuma delas tem falhado. Nenhuma delas jamais falou. Veja o que Ele tem feito. Veja, Ele mesmo possui…
428 E eu disse aos irmãos, há muitos anos atrás, eu não sei quem seria o mais velho no nosso meio, porém lhes disse sobre estas coisas, sobre ver esta Luz e que cor Ela era, e tudo mais. Agora a foto mostra que isto é verdade. Todas estas coisas diferentes provam ser a verdade. Isto é certo? Bem, então, se isto é verdade.. E é a Luz.
429 Agora, começando no… [Espaço fazio na fita — Ed] …está acima do terceiro ao quinto verso alí, ou quero dizer no… Vamos começar no verso 14, irmão. Quem já tem isto aberto? Correto. Começamos no verso 14 do capítulo 3 de São Lucas alí. [Um irmão lê Lucas 3:14-16 — Ed.]
E uns soldados o interrogaram também, dizendo: E nós que faremos? E ele lhes disse: A ninguém trateis mal nem defraudeis, e contentai-vos com o vosso soldo.
E, estando o povo em expectação, e pensando todos de João, em seus corações, se porventura seria o Cristo,
Respondeu João a todos, dizendo: Eu, na verdade, batizo-vos com água, mas eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, a quem eu não sou digno de desatar a correia das alparcas; esse vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.
430 Correto. O que foi isto? O povo estava sob tal espectação da aparição do Messias, quando eles viram este grande ministério ungido, de um homem saindo do deserto e fazendo sua campanha e voltando para o deserto, muitos homens, que eram seus próprios seguidores, disseram, “Ele é o Messias”. Eles estavam esperando isto, vêem.
431 Então se esta é a verdadeira Mensagem de Deus precursando a Vinda, de João Batista, o mesmo… como a mesma coisa, a Mensagem de Elias, isto terá que ser pensado da mesma maneira. Vêem? Então aquilo responde aquela pergunta, eu penso, exatamente. Vêem? Isto tem que ser pensado do mesmo modo. Vêem?
432 [Um irmão pergunta, “Há alguma coisa que somos responsáveis a fazer em ordem na tentativa de ajudar qualquer um que — tomasse — em um conflito assim? Ou o que poderíamos fazer?” — Ed.] Não há nada, não há nada que você possa fazer. [“Uma mente réproba… Poderia aquilo se desenvolver em uma mente perversa?” Bem, isto chegaria em uma mente perversa se fosse assim: se o homem, do qual foi falado, testemunhasse que ele era o Messias, então saberiamos que ele era um falso Cristo. Vêem?
433 Vêem, contanto que o homem ele mesmo mantivesse sua posição, veja você. Como eles disseram a João, João não… Não há nada mencionado alí sobre ele dizendo qualquer coisa sobre eles. Eles eram — eles eram o — o povo, o — os amáveis cristãos que… ou os crentes que criam em João.
434 Eles disseram, “Este homem é verdadeiramente um profeta de Deus, não há dúvida”. Eles disseram, “Você — você não é aquele profeta?”
Ele disse, “Não”.
435 Ele disse, “Ora, você — você não é o Messias?”
Veja, eles — eles pensavam que ele realmente era. Vêem?
Ele disse, “Não”. Vêem?
“Você — você não é? Quem — quem é você?”
Ele respondeu, “Eu sou a voz do que clama no deserto”.
436 E então a Bíblia diz, “O povo estando sob espectativas”. Quem era aquele? Seus ouvintes, seus seguidores, seus irmãos. Vêem? Agora, eles não queriam ferí-lo, eles não estavam tentando ferí-lo. Porém, vejam, eles — eles realmente pensaram em seus corações que Ele era o Messias.
437 Bem, agora, a história tem se repetido em cada ocasião. Nós sabemos disto. Ela tem se repetido por si mesmo.
438 Como você toma alí em Mateus 3, diz, “Para que possa ser cumprido, falando do profeta, “Do Egito tirei o meu filho.” Agora, aquilo não era… Estava falando de Jesus, o Filho; mas veja a referência; era Jacó, o filho, também. Vêem? Vêem? Tudo isto tem um significado composto.
439 Então agora se aquilo… se — se aquela coisa não se levantasse, eu ainda diria que se levantaria no futuro, porque eu sei que esta Mensagem vem de Deus e é a precursora de Cristo, e é o Espírito e o poder de Elias porque é para restaurar os corações dos filhos. Tudo vindica exatamente isto, então está compelido a formar uma coisa para ser daquela forma sob o povo verdadeiro, que — os seus irmãos e amigos absolutamente crêem.
440 Agora, eu tive… eu tenho um médico bem aqui na cidade. Eu posso lhe contar de um médico… Eu não vou lhes dizer quem é ele, um amigo meu que colocou suas mãos ao meu redor, e disse, “Billy, seria fácil para mim lhe dizer, “Você é o Messias de Deus do último dia”. Vêem?
Eu disse, “Doutor, não faça isto”.
441 Ele disse, “Bem, eu não vejo ninguém no mundo que já teve uma coisa e diz as coisas e faz as coisas que você faz, Billy”. Isto lhe tem ajudado muito, vêem. Ele disse, “Eu vou a estas igrejas e vejo estes pregadores e coisas”, ele disse , “Você é diferente deles eu sei que você não possui nenhuma educação “Vêem? “E eu sei que você não é um psicólogo, porque você… a psicóloga não faria estas coisas”. Vêem?
E eu disse, “Isto é verdade, Doutor”.
442 Não há necessidade de falar com ele porque ele nem mesmo sabe, você não poderia chegar na primeira base com ele, vêem, porque ele não sabe o que fazer. Mas é isto, vê você.
443 Eu conheço uma mulher de cor que mora em uma viela acima de mim, e ela trabalha para outro homem que conheço, e a esposa deste homem telefonou, disse, “Aquela mulher faria absolutamente uma adoração a você como um deus, porque ela estava morrendo com câncer e você colocou suas mãos sobre ela e disse que ela…” Esta mulher para a qual ela trabalha, seu esposo e determinado médico (não o médico do qual eu estava falando, outro médico) eles jogam Golfe e coisas assim, e ele lhe havia desenganado. E que era a empregada do seu amigo, e lhe havia desenganado para morrer, e ela foi absolutamente curada. E o médico não pôde nem mesmo encontrar um traço disto, do câncer. E, vêem, ela diria…
444 Agora, eles não querem dizer isto na luz que eu penso que eles dizem isto ou tomamos isto. Vêem? Eles querem dizer que eles — eles… Eles querem dizer que crêem que Deus está conosco, em nós, operando através de nós; não que um indivíduo seja Deus, veja você. Agora, eles sabiam que João era apenas um homem.
445 Da mesma forma era Jesus apenas um homem. Jesus era apenas um homem, Ele simplesmente nasceu de uma mulher, teve que morrer. Isto é certo? Ele era um homem, teve que comer e beber, e ficou com fome, chorou, ficou com sêde, e tudo mais, simplesmente tão humano o quanto você é, tão humano o quanto sou. Mas o Espírito de Deus estava Nele na plenitude, sem medida. Ele foi onipotente no poder.
446 Onde, Elias era apenas uma porção Daquele Espírito; talvez um pouco mais ungido que seus irmãos, mas ele era apenas uma porção do Espírito. Mas o povo estava esperando pelo Messias. E eles viram esta porção superior a dos seus irmãos, eles disseram, “Oh, que coisa, este deve ser Ele!”
447 Mas quando Ele começou a brilhar, a pequena luz de João apagou. Vêem?
448 E estas pequenas luzes se apagarão quando Ele vier, aquele grande Cristo ungido do Céu vindo do oriente para o ocidente. E o… e… Vêem? Mas Ele não estará na terra agora, o Messias não estará na terra até o Milênio se restabelecendo. Vêem? Vêem? Porque a Igreja, “seremos tomados juntos a encontrar o Senhor nos ares”. Ele nunca virá na terra. Ele levará a Sua Noiva embora.
449 Ele apanha uma escada, vocês sabem, como… Qual o nome daquela peça, Leo, onde o homem encosta a escada no lado da casa? Romeu — Romeu e Julieta. É isto, coloca a escada alí e leva a sua noiva embora.
450 Agora Ele está apenas descendo a escada de Jacó, e diz, “Psiu, querida, venha aqui”. Vêem, nós vamos subir para encontrá-Lo.
451 [Um irmão pergunta, “Irmão Branham, seria isto então correto com aquilo? Estas pessoas chegaram até João Batista e queriam chamá-lo de Messias. E eu te ouví dizer certa vez que os judeus pensam que o Messias era Deus — Ed] O que você disse? [“Eu disse, estas pessoas que chegavam a João Batista, pensando que ele era o Messias, o Cristo. Eu te ouví dizer certa vez que o Messias seria Deus, para os judeus”]. Sim, senhor. Isto é certo, o “Rabí”.
452 [Um irmão diz, “Bem, João os repreendeu, dizendo que ele “não era, que Cristo estava vindo”- Ed.] Está certo. [“Mas não é verdade que os discípulos chamaram Jesus de “Senhor”? E Jesus concordou com aquilo, dizendo, “Vós me chamais “Senhor” e eu O sou”.] Sim. [Em — em João 13, onde Ele lavou…?…”] Sim, Ele admitiu isto. [“Ele saltou”] Oh- oh. Porém, vejam, Jesus sendo Senhor, quando lhe perguntaram se Ele era, Ele disse, “Sim, senhor. Eu sou vosso Senhor e Mestre. Vós me chamais assim, e dizeis bem, pois Eu sou”. Mas… [Mas nunca houve nenhum outro que dissesse que..] pôde dizer aquilo. Não.
453 Como se isto… Se alguém dissesse que eu era um deus, bem, deixe-me lhes dizer no Nome do Senhor Jesus que “Isto é um êrro!” Vêem? Sou um pecador salvo pela graça, com uma Mensagem de Deus. Vêem? Vêem?
18 – Deve ou não deve uma igreja local cuidar de sí mesma, de seu — de suas próprias responsabilidades locais antes de cuidar das necessidades do estrangeiro em outras terra? Contudo, depois que ela… sua… Após ela suprir suas necessidades, é escriturístico para uma igreja local ajudar uma obra missionária se ela for capaz?
454 Sim. Correto. A caridade começa em casa, veja você. Nós — nos — nós cuidamos das nossas próprias necessidades aqui, porque teríamos… esta é a igreja de Deus, ou sempre vossa igrejinha. Agora, se vocês não podem nem mesmo pagarem o seu pastor, vocês não podem nem mesmo obterem os livros de cânticos e coisas, vocês não devem enviar a outros. Vêem? Mas então depois de vocês terem a sua igreja paga, e tudo mais, suas dívidas todas liquidadas e tudo, ajeitado e pronto e seguindo em frente, então ajude aquele outro irmão que necessita de uma ajudinha alí, veja você. Obtenha um pequeno…
455 Eu creio, enquanto… se você está fazendo pagamentos na sua igreja eu também teria um pequeno fundo estabelecido em algum lugar para uma oferta missionária se as pessoas sentirem que desejam doar para as missões. Porque muitas pessoas dão às missões sendo que não dão à igreja local e coisas assim. Então se não dão para as missões, gastam isto com outra coisa. Então eu diria para apenas ter uma caixinha para a missão, e eu… Esta é a maneira que tentamos fazer.
19 – Lucas 1:17, por favor explique a vinda de João, “no espírito de Elias”.
456 Bem, eu penso que acabamos de ver Lucas — Lucas 1:17, oh — oh, vindo no “espírito de Elias”.
457 [Um irmão pergunta, “É aí onde os reencarnacionistas tiraram sua doutrina”? — Ed.] Desculpe? [“É aí de onde as pessoas que crêem em reencarnação começaram a sua teoria?”] Pode ter sido. [“Vêem, eles crêem que ele volta em…”] Sim. [“…ele volta com outro corpo”] Sim, veja, é verdade que o espírito nunca morre. Isto é verdade. Deus toma o Seu homem mas nunca o Seu Espírito. [“Eles dizem, ‘Se você foi bom você voltará em — num bom sujeito”] Sim. Sim.[ “Se você foi mau você pode voltar em um cachorro”]. Sim, eles têm… Sim.
458 Bem, agora, como em — na — lá na Índia, foi em um grupo de homens onde nós encontramos isso, e eles — eles nem mesmo esfregam até mesmo o chão; pisam em formiguinhas ou algo assim pode ser algum parente ou algo. Vêem, eles não fazem isto, mas, veja você, isto — isto é paganismo. Vêem? Isto é paganismo. Isto é a verdade.
20 – Paulo disse a… Paulo disse para “procurar com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho ainda mais excelente”. Por favor explique o que significa “caminho excelente”.
459 Amor, I aos Coríntios 13, vejam. “Procurai…” Primeiro… Agora I Coríntios 13 alí, irmão. I aos Coríntios, capítulo 13, e agora apenas leia os últimos três ou quatro versos disto. I aos Coríntios 13, últimos… nos últimos três versos do capítulo — do capít-… [um irmão lê I Coríntios 13:11-13 — Ed.]:
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permaneça a fé, a esperança e a caridade, estas três, mas a maior destas é a caridade [O irmão Branham diz, “Oh — oh, caridade”- Ed.]
21 – Como deve um irmão ser censurado, cuja fraqueza foi tomar um lugar na igreja sem ter sido solicitado para fazê-lo?
Oh, que coisa! Bem, suporte-o, eu acho. Vêem?
Como deve um irmão ser censurado… Ele não deve ser censurado!… cuja franqueza foi tomar um lugar na igreja sem ter sido solicitado para fazê-lo?
460 Por exemplo, se ele quisesse — ser um diácono. Vê? E não lhe pediram para fazê-lo, mesmo assim ele deseja ser um diácono de qualquer forma, veja. Bem, se a pessoa é assim, você sabe que há alguma coisinha, você sabe, uma fraqueza em algum lugar, de todos os modos, então eu simplesmente trataria com ele com amor.
461 E, naturalmente, você nunca desejaria a — fazer uma coisa como aquela a não ser que você realmente saiba. Coloque o seu melhor homem que tiver na sua junta, veja você, desta forma irmão nunca coloque nada alí que… Teste aquele homem, primeiro. Um diácono tem mais responsabilidade do que tem um pastor. Ele tem que ser irrepreensível, um diácono tem que ser. Vêem?
22 – No culto da comunhão, um homem foi até o altar para orar. O irmão Branham estava de pé atrás do — dos componentes da comunhão enquanto eles estavam sendo administrados, ele disse que ele “não podia deixá-los para orar com o homem no altar”. Por favor explique.
462 Eu enviei um companheiro, veja você, irmão Neville. Eu recordo da noite quando isto aconteceu. Eu tenho que ficar naquela mesa de comunhão, vêem, mesmo quando… Veja aqui. Agora, eu não tenho tempo para entrar nisto. Alguém assentado aqui que perguntou, naturalmente. Aqui está o que é, irmão. Quando — quando você está na comunhão, aquilo é uma representação do corpo de Jesus Cristo. Isto poderia ser… Aquilo deve estar sob guarda o tempo inteiro.
463 Veja, quando Elias disse para — para Geazí, “Tome meu cajado”( Ele havia abençoado aquele cajado), ele disse, “siga teu caminho. E se alguém falar, não responda. Se alguém te saudar, não responda. Siga em frente, e coloque este cajado no menino”. Está certo? “Fique com este cajado!” Vêem? E é isto que eu estava fazendo.
464 Agora, se não houvesse um pastor associado aqui, alí de pé… Eu havia acabado de pregar. Eu recordo quando isto aconteceu. E eu… se eles… se o irmão Neville não estivesse alí de pé, ou alguém para ajudar aquele homem no altar… eu havia acabado de pregar. Então eu estava de pé na mesa de comunhão. E enquanto eles estavam preparando para tomar a comunhão, e eu já estava em — servindo a comunhão. O irmão Neville estava bem ao lado, e eu estava ministrado a comunhão. Agora, o irmão Neville estava alí de pé.
465 E se eles tivessem chegado ao altar e o irmão Neville ainda estivesse com seu sermão, e se ele estivesse pregando? Eu chegasse no altar com o homem, se ele se levantasse na reunião enquanto ele estivesse pregando, fosse até o altar. Eu viria que meu irmão estava… que ele tinha a unção do Espírito. Ele estava ministrando. Ele era um ministro no… ele estava na linha do dever, um ministro no posto do dever.
466 E você nunca deve deixá-los falar em línguas, interromper, ou de qualquer maneira, um ministro no posto do dever. Sim, se o Espírito Santo está falando com alguém e eles correm até o altar para se salvar, deixe o ministro continuar no posto do dever; deixe um pastor, diácono, associado, se há um associado ou qualquer outro ministro, deixe-o ir até aquela pessoa rapidamente. E não incomode o ministro no posto do dever. Vêem?
467 E eu estava de pé atrás da mesa no posto do dever, ministrando a comunhão. E o meu associado, irmão Neville, estava ao meu lado. E um homem chegou no altar, eu disse, “Vá até ele, irmão Neville”. E o irmão Neville foi até ele. Esta é a razão porque não fui.
468 Agora, se não houvesse nenhum associado aqui, ou ninguém para ir até o homem, eu teria descido e parado a comunhão, e descido e — e visto se aquela alma era salva. Vê você? Mas sendo que havia alguém para enviar, isto me tiraria do posto do dever, veja você, onde eu estava servindo a comunhão.
23 – O que uma pessoa pode fazer… O que uma pessoa pode fazer como um obreiro particular tratando com uma pessoa que procura o Espírito, e permanecendo Escrituristicamente?
469 Correto. Apenas continue citando a Palavra para ele, é a melhor coisa a fazer. A Palavra tem a Luz. Apenas diga, “Irmão, Jesus prometeu Isto. Recordem, isto é a Sua promessa”.
470 Não o agite, ou o empurre, ou leve-o para os lados, ou algo. Apenas não tente a… Sim, não tente dar Isto a Ele, porque você não pode fazê-lo. Vêem? Vêem? Você… Deus dará Isto a ele. Você apenas continue a citar as promessas. Vêem? Continue alí de pé citando a promessa”. Deus no céu, eu oro por meu irmão. A Tua promessa é que lhe daria o Espírito Santo”.
471 Então se você está tentando a encorajá-lo… Ele está dizendo, “Oh, irmão, pastor, irmão”, seja quem for que estiver ao seu redor, “eu — eu quero o Espírito Santo”.
472 “Irmão, Isto é uma promessa. Deus fez a promessa. Você crê que Ele prometeu? Agora, não duvide Disto. Se você crê na promessa, o Espírito Santo virá a você simplesmente a qualquer momento agora. Esteja esperando-O. Renda tudo que você possui a Ele, e diga, “Senhor, estou firmado na Tua Promessa!”
473 Agora, continue citando. Agora, faça seu — seu — seu — seu assunto, veja, faça-o parar… Continue citando. Diga agora, “Você diga a Deus. Agora, você se arrependeu?”
“Sim”
474 Agora diga, “Senhor, Tu disseste que se eu me arrependesse Tu simplesmente me perdoarias. Tu disseste que se eu me arrependesse e fosse batizado no Nome de Jesus Cristo para a remissão dos meus pecados, eu receberia o Espírito Santo. Agora Senhor, eu fiz aquilo. Eu fiz aquilo, Senhor. Eu fiz isto. Estou esperando, Senhor. Tu prometeste isto”.
475 Vêem, esta é a maneira, apenas continue encorajando-o. Conserve-o bem na Palavra. Se Isto tiver de vir Isto virá então.
24 – Está um pregador ou qualquer cristão fazendo tudo correto não crêem na… Não: Está um pregador ou qualquer cristão, indo bem quando não crêem na segurança Eterna?
476 Agora, vejamos. Eu imagino o “…indo…” Veja se você lê da mesma forma que eu li. [Um irmão lê a pergunta, “Está um pregador ou qualquer cristão indo bem quando não crêem na segurança Eterna?” — Ed.]
Pensei em estar certo. Agora, bem, eu…
Está um pregador indo bem quando não crê na segurança eterna?
477 Eu diria que o pregador estava fazendo… se ele não sabia nada sobre a segurança Eterna. Mas se ele realmente sabia disto e sabia que isto é a Verdade, e então não pregar Isto, ele precisa se envergonhar de sí mesmo; isto é certo, ou qualquer cristão. Agora, o cristão, agora, eu diria para — para o cristão que não compreende aquilo muito bem…
478 [Um irmão pergunta, “Aquilo não é uma doutrina aberta, é, irmão Branham, pregar para pessoas que nunca…” — Ed.] Não, não, não. Agora, é aí onde eu estava chegando. Sim. Vêem? Vêem?
479 Agora, você recorda do que eu disse domingo passado? Se você é um pregador, arranje um púlpito para você. Se você não é , viva o seu sermão. Vêem, esta é a melhor maneira para fazer aquilo, viver o seu sermão. Se você é um pregador, arranje um púlpito, veja, e vá pregar. Se você não é, apenas viva o seu sermão, deixe a sua vida ser o seu púlpito. Vêem? Eu acho que isto cuida de muita coisa, você não acha? Vêem? Vêem? Porque muitas vezes nós encontramos… E vocês irmãos façam isto nas suas igrejas.
480 Recordem, sua laicidade tenta explicar às vezes coisas e fazer coisas, é melhor você instruí-los a não fazê-lo. E se alguém deseja saber algo, deixe-os vir a um — aos que estão instruídos a fazê-lo. Vê você?
481 Digamos, bem, agora, como alguém diria, “Ei, vou te contar… Eles me dizem, vocês na igreja crêem na segurança Eterna”.
482 Agora, é melhor você observar. Você provavelmente estará na maior confusão que já esteve, veja você, e o fará pior do que nunca. “Mas vou lhe dizer uma coisa, se você chegar e perguntar ao nosso pastor, veja. Você — você vá falar com ele, veja. Nós… Aquilo é verdade, eu sei que nosso pastor crê naquilo. Eu também creio nisto, mas não sou capaz de sustentar… Eu não sou um pregador. Eu apenas creio nisto, isto é tudo que sei. Eu creio nisto porque eu o ouví explicar isto na Bíblia, pois isto foi além de qualquer sombra de dúvida para mim”. Vêem?
483 Mas é melhor deixar o — melhor deixar o leigo falar com o pastor sobre aquilo. E, o pastor, esteja certo de que ele sabe como responder isto, também. Então estude isto muito bem, porque muitas vezes eles te amarão nisto, vê você. O que…
484 [Um irmão diz, “Irmão Branham?” — Ed.] Me desculpe. [“Se eu posso…?… Mas eu — eu sei meu chamado e tenho certeza da minha eleição”] Oh — Oh. [“você acabou de dizer que “Se você e um pregador, você deve ter um púlpito”] Sim, senhor. Isto é certo. [“E não sou um pregador, sou um evangelista”] Sim, senhor. [“Mas o púlpito de todo mundo é meu”] Isto é certo. [“Mas neste momento estou trabalhando, trabalho físico. Não é um trabalho difícil, mas estou trabalhando, e não tenho nenhum púlpito. E eu creio que este período de trabalho no qual estou, está na vontade do Senhor. Ele me disse para fazê-lo, através da Palavra e testemunho do Espírito. E eu creio, mas tarde, que os púlpitos se abrirão”] Claro, correto. [“Isto é certo?”] Isto é correto, irmão.
485 Irmão, agora, se você voltar aqui e apanhar o velho livro razão da igreja, você descobrirá que eu pastoriei esta igreja por dezessete anos, e preguei todo dia, preguei todo dia e trabalhei todo dia. Vêem? [Um irmão diz “Se você está trabalhando, é um bom sinal para você ser chamado” — Ed.] Sim, Paulo foi, não foi? Paulo fez tendas. [“Eu tive tendência de desencorajar porque, como você disse, todo pregador deve ter um púlpito. Eu… eu tive para desencorajar-me, mas eu sei que Deus me chamou para conseguir um trabalho, por uma temporada”.] Claro. Paulo saiu e construiu tendas, não construiu? Trabalhou com suas próprias mãos para que então ele não tivesse que… Isto é correto. Claro. [“É aí onde estou”] Vêem? Isto é certo. Vêem? João Wesley disse, “O mundo é minha paróquia”. Então o seu púlpito continua aberto, irmão. Os evangelistas vão em todo o mundo. Isto não é correto? “Ide a todo mundo”. Então o seu púlpito é todo o mundo. Sim, senhor.
Pergunta:
25 – É estabelecido… é estabelecido que um diácono ou um administrador deve permanecer na doutrina da sua igreja? Sim. Isto é correto. É lícito para eles adicionarem ou tirarem dos ensinamentos por causa da sua própria opinião pessoal ou revelação? Não, senhor. Não.
486 Um diácono ou um administrador deve estar exatamente em harmonia com — com a doutrina da sua igreja. Eles devem permanecer perfeitamente com a interpretação das Escrituras da sua igreja, porque se não, eles estarão lutando contra a própria coisa. Eles estarão — estarão ferindo a sí próprios. Vêem? Você está batalhando…
487 É, em outras palavras, como se — se — se eu disser que amo minha família e tentar lhes dar veneno. Vêem, a mesma coisa. Vêem, você não pode fazer isto, você…
488 Um — um administrador ou um diácono tomando seu ofício, ou qualquer oficial da igreja que representa um certo corpo da igreja, veja, aquilo representa a igreja.
489 Esta é a razão pela qual eu saí da igreja Batista, vêem, da primeira vez. Eu estava alí apenas um pouquinho e eles — eles me pediram para ordenar algumas mulheres pregadoras. Bem, eu realmente não pude permanecer alí. Eu disse, “Eu — eu recuso fazer isto”.
490 E o pastor me sacudiu. “O que é isto? Você é um presbítero!”
491 Eu disse, “Doutor Davis, com todo devido respeito a fé Batista, e tudo que tenho ordenado, eu não sabia que isto estava na doutrina da igreja Batista, ordenar mulheres. Aquela foi uma coisa que foi deixada fora disto”.
E ele disse, “Esta é a doutrina desta igreja”.
492 Eu disse, “Senhor, eu posso ser dispensado nesta noite, ou você pode responder algumas perguntas para mim? Vêem?
493 Ele disse, “Eu responderei as suas perguntas”. Disse, “É o seu dever estar alí”.
494 Eu disse, “É, senhor. Isto é certo. Estou suposto a antecipar qualquer coisa que esta igreja faz. Estou no posto do dever, um dos presbíteros locais”. E ele disse… Eu disse, “Poderia você me explicar por que em I aos Coríntios 14 ou 15 alí, onde Paulo disse, “Que as mulheres fiquem em silêncio nas igrejas, não lhes é permitido falar”.
495 E ele disse, “Ora, com certeza!” Ele disse, “Se… eu posso responder aquilo”. Ele disse, “Veja você, o que isto foi”, disse, “Paulo disse… Todas — todas as mulheres estavam assentadas lá atrás nos cantos, reclamando como elas fazem muitas vezes. Ele disse, “Não as deixe fazer aquilo”. Vêem?
496 E eu disse, “Então explique II Timóteo para mim, onde Paulo também disse, o mesmo escriba, o mesmo apóstolo, disse, “Não permito que a mulher ensine ou que use qualquer autoridade, vêem, mas para — para ser submissa. Pois Adão foi primeiro formado e depois Eva, e Adão não foi enganado, porém a mulher sendo enganada, ela enganou. Agora, eu não digo que ela deseja fazer qualquer coisa errada, mas ela está realmente enganada nisto. Ela não deveria ensinar”.
Ele disse, “É esta a sua opinião pessoal?”
497 Eu disse, “Esta é a opinião das Escrituras no meu modo de ver isto. Isto é o que a Bíblia diz”.
498 Ele disse, “Jovem, você poderia ter a sua licença tirada de você por causa disto”.
499 Eu disse, “Eu vou simplesmente lhes evitar um problema. Eu apenas a entregarei, Dr. Davis”. Eu disse, “Sem nenhuma falta de respeito contigo…” Embora ele não fizesse isto. Ele deixou isto passar, ele deixou isto passar assim.
500 Então ele me disse que ele teria um debate aberto comigo sobre isto. E eu disse, “Certo, a qualquer hora”. Mas ele não fez isto.
501 Então um… um pouco mais tarde, então, quando o Senhor falou comigo, e a respeito do — do Anjo do Senhor que veio então — então ele simplesmente criticou Aquilo, veja você. E então eu — eu apenas lhe disse, eu disse, “Bem, Dr.Davis, é melhor eu me livrar disto agora mesmo, vêem, ” Eu disse, “Por que vai ser um fardo. Eu fui apenas ordenado a pouco, de qualquer forma, isto será um fardo para mim então, eu simplesmente quero me livrar disto neste momento”.
502 Portanto, se eu não pude permanecer na igreja Batista e ensinar a doutrina Batista e sustentar a crença Batista. Se eu fiz isto — se eu fiz só porque era uma igreja, então estou errado, vêem, estou escondendo algo atrás. E se eu — se eu sou honesto comigo mesmo, eu irei até o povo Batista ( meu pastor ou seja quem for que puder me explicar isto ) e lhe peço por uma palavra de Vida; se eles puderem me mostrar corretamente onde está certo na Escritura, e satisfazerem meu sentimento, então eu falarei isto exatamente da maneira que falarem, vêem, e eu serei um Batista.
503 Esta é a razão pela qual sou um independente. Esta é a razão pela qual eu não pertenço às organizações, porque eu não creio em organizações. E eu creio que uma organização não está de acôrdo com a Escritura.
504 Portanto, eu não podia pertencer a nenhuma organização e sentir justificado fazendo isto. Vêem? Portanto, eu não coloco as pessoas para dentro e as faço membros, e coisas assim, porque eu creio que nascemos para sermos membros, nascemos na Igreja do Deus vivo. Vêem?
505 Nós não tiramos o nome da pessoa do livro e o excomungamos, e coisas assim, porque eu creio que isto não é nosso — nosso dever fazer isto. Eu creio que é Deus quem faz a excomunhão. Vêem? Mas eu creio que a igreja, se alí houvesse um irmão que estivesse fazendo algo errado…
506 Por exemplo, se — se eles apanhassem o irmão Neville, ou o irmão Junior, ou o irmão… algum irmão aqui, um dos diáconos ou administradores, ou algum outro, fazendo algo errado, eu creio que a coisa a fazer é a igreja se ajuntar e orar por este irmão. Se mesmo assim ele não consertar, então deixe duas pessoas irem até ele, irem até o irmão para que se reconcilie. E então se ele não receber isto, então diga isto diante da igreja. Então se não receber isto, esta é a hora para toda a igreja então, veja, isto é para pastor, ancião e todos fazê-lo. Eu não creio que junta alguma de diáconos tem o direito de lançar fora (qualquer pessoa) da igreja ou nenhum quadro de administradores ou nenhum pastor tem o direito de faze-lo, seria por causa de uma vida imoral, ou algo assim, que ele não fosse uma pessoa adequada, como um homem que vem aqui para desonrar nossas moças ou — ou insultar nossas mulheres, e coisas assim, e continuar a professar ser um dos nossos aqui. Vêem? Agora, se ele é de fora de outra parte e chega, ora, nós temos que fazer algo sobre isto, porém, quando se refere a uma pessoa assim, uma pessoa imoral tentando cortejar nossas esposas ou — ou insultar nossas filhas ou, você sabe, alguma outro coisa assim, ou fazer algo imoral perto dela, ou saindo com rapazes e trasformando-os em uns pervertidos, ou algo.
507 Eu penso que se qualquer pessoa tem que sair do companheirismo, seria por causa de uma vida imoral, ou algo assim, que ele não fosse uma pessoa adequada, como um homem que vem aqui para desonrar nossas moças ou — ou insultar nossas mulheres, e coisas assim, e continuar a professar ser um dos nossos aqui. Vêem? Agora, se ele é de fora de outra parte e chega, ora, nós temos fazer algo sobre isto, porém, quando se refere a uma pessoa assim, uma pessoa imoral tentando cortejar nossas esposas ou — ou insultar nossas filhas ou, você sabe, algo outro assim, ou fazer algo imoral perto dela, ou saindo com rapazes e trasformando-os em uns pervertidos, ou algo.
508 Estas coisas devem ser cuidadas, e então aquele sujeito deve ser excomungado do companheirismo e não lhe é permitido tomar a comunhão, porque não estamos supostos a fazer isto. Não estamos. “Qualquer que comer indignamente é culpado do sangue e do corpo do Senhor”, aquela pessoa.
509 Mas eu creio exatamente como um sujeito disse, “Bem, agora, ele — ele é isto e aquilo”. Ore por ele.
510 Eu nunca esquecerei, em Estocolmo, Suécia, o irmão Lewi Pethrus, um grande homem de Deus. Estávamos assentados à mesa, apenas poucas horas antes de voltarmos para a América. Tivemos grandes reuniões alí. E ele disse, Gordon Lindsay disse, “Quem é o supervisor desta grande massa?” Rapaz, ele tem as Assembléias de Deus que supera a centenas de milhas, veja você. Disse, “Quem é o supervisor?”
E Lewi Pethrus é um cavalheiro, e ele disse, “Jesus”.
Ele disse, “Quem são seus presbíteros?”
Ele disse, “Jesus”
511 Ele disse, “Eu sei que isto é certo”, disse, “nós cremos na mesma coisa sobre nossas Assembléias de Deus”.
Ele disse, “Correto”. “Mas”, disse, “Digamos, por exemplo, um — um irmão sai fora da linha”, disse, “quem tem a palavra final para colocá-lo para fora?”
Disse, “Nós não o colocamos para fora”.
“Bem”, disse, “o que vocês fazem?”
512 Disse, “Nós oramos por ele”. Eu achei aquilo tão dócil! Aquilo me pareceu cristão, “Nós oramos por ele”. Ninguém o põe para fora, eles oram por ele.
513 Disse, “Bem, então, se um dos irmãos concordar”, ele disse, “e alguns deles não quiserem ter companheirismo com ele mais? Traga-o para dentro, como um pastor, veja você, que está começando a ser um galanteador entre as… Você sabe o que quero dizer, e coisas assim, e alguns dos pastores não o terão em suas igrejas. O que todos vocês fazem, o lançam para fora de sua organização?”
514 “Não”. Disse, “Nós apenas o deixamos de um lado e oramos por ele”. Disse, “Nunca perdemos um ainda. Eles sempre voltam, de algum modo”.
515 Ele disse, “Bem”, disse, “Agora, e se…” Disse, “E se alguns deles disserem que não o querem? E outros não o quizeram? Agora, e que tal isto?”
516 Disse, “Bem, aqueles que o querem, o aceitam; aqueles que não o querem, não o aceitam”.
517 Então — então eu penso que esta é uma boa maneira para ter isto, você não acha, irmão? E desta forma sermos “irmãos”.
518 Agora, irmãos, eu espero que estas coisas tenham dado algum tipo de uma pequena exposição em relação às respostas ou algo, que nossa reunião aqui nesta noite tenha — nos tenha beneficiado em alguma coisa. Estou me preparando para partir agora por algum tempo, vou para as reuniões lá no Oeste. Eu humildemente desejo vossas orações.
519 Algumas de minhas respostas aqui, talvez muitas delas, talvez nenhuma delas, esteja certa. Eu não sei. Mas isto foi o melhor que puderam acumular na minha própria maneira de pensar, vê você, tentar explicar Isto. Talvez estas últimas, principalmente as que chegaram por último, eu não tive tempo para vê-las. E simplesmente não olhei, elas estavam… O que quero dizer, elas são Escrituras pelas quais passamos aqui o tempo todo, dias após dia na igreja. Eu pensei que talvez isto fosse grande coisa vigorosa que nos fizesse descer para realmente entrarmos em algo grande, mas isto é apenas mais como perguntas de igrejas.
520 Estou contente em vê-los firmes assim, não houve nenhuma desordem, nenhum descontentamento, nenhuma confusão. Nenhuma pergunta debatendo Isto, dizendo, “Está errado, Isto é errado, nós não aceitamos Isto”. Foi simplesmente os irmãos que desejavam saber algo para fortalecer seu sustento, isto é tudo. Aquilo… consertar, afivelar — afivelar um pouquinho mais a armadura, dar outro nó alí. Eu espero poder nos encontrar muitas vezes mais desta forma, ajustar a armadura.
521 E recordem, irmãos, minha armadura precisa ser ajustada também. Então orem a Deus por mim para que Deus me ajude e ajuste mais uma pouquinho minha armadura, para que eu… não fique tão frouxo com as coisas. E a vida que vivo e as coisas que faço, que eu possa fazer isto com mais espírito de humildade, mais ansiedade para fazê-lo. E Deus me dê um coração para fazê-lo mais do que já tive antes. Eu rogo a mesma coisa por todos vocês. Deus vos abençôe.
522 Eu vos segurei aqui por muito tempo, e neste instante são cinco para as onze.
523 E agora, irmão Neville, eu — eu posso… Agora, eu descobrí, são apenas cerca de novecentas e poucas milhas até alí, eu não vou partir até segunda de manhã. Mas eu desejo estar aqui Domingo para a Escola Dominical, eu virei como seu convidado para ouvir a sua pregação, veja você, Domingo. Vêem? Mas… Bem, irmão, sim, irmão. O irmão Neville, aqui está a razão, irmão. Eu — eu vos amo e vocês sempre têm me considerado tanto me oferecendo o púlpito assim como se… como se eu fosse o ancião mais velho de vocês, ou algo. Mas eu nunca sentí desta maneira, irmão Neville. Sinto que somos irmãos.
524 O irmão Ruddell e o irmão Junie, e, oh, todos vocês irmãos e todos, nós — somos apenas irmãos juntos, veja você.
525 Mas o que.. A razão disto, eu estou apenas um pouquinho rouco agora, veja você, e eu tenho seis semanas diretas de constante batalha, veja você. E eu — eu apenas desejo talvez começar se eu puder, pensei, após esta reunião nesta noite, aquilo me dará sexta, sábado e domingo para descansar, antes de eu começar com as reuniões lá fora.
526 E irmão Junie, logo que eu volte, uma vez estando aqui, eu tenho que ir te ver outra vez, desejo ir. Eu passei por sua igrejinha alí, ontem, eu creio. Minha esposa disse, “eu penso que… ” É alí perto dos trilhos da estrada de ferro bem ao lado do Park Blenellen? Eu gostaria de ir até alí e falar com aquele pessoal de Sellersburg. Ótimo.
527 Deus te abençoe, irmão Ruddell. Eu gostaria de ir até alí, você tem um excelente grupo de pessoas. Você se assentou alí nesta noite ouvindo, exatamente como se você fosse um velho presbítero absorvendo isto.
528 O irmão Beeler alí, é um dos nossos irmãos evangelistas. Eu espero um dia poder ir em uma de suas reuniões, irmãos, pode ter alguma influência, ter algo para dizer em algum lugar para te auxiliar. Eu sempre tenho uma boa palavra para você para qualquer um, você e o irmão Stricker aqui, e os evangelistas.
529 O irmão Collins aqui, o qual eu creio que um dia será um ministro de tempo integral na obra.
530 Homens que são homens corajosos, homens corajosos, verdadeiros homens de fé, Deus esteja com todos vocês, e com vocês diáconos, vocês administradores, vocês irmãos.
531 Eu creio que você é… O irmão aqui, eu não consigo lembrar o seu nome. Você é… [O irmão Caldwell diz, “Irmão Caldwell”- Ed.] Caldwell. Você é um… Você é um dos presbíteros ou algo, não é, ou apenas um… [“ministro”]. Ministro. [“Eu sou um ministro. Eu pertenço a Igreja de Deus, eu não pude pregar o Evangelho completo e permanecer com eles. Eu não pude pregar o batismo no Nome do Senhor Jesus e ficar com eles. Eu tinha a mais alta licença do posto ministerial que eles podiam dar, mas apenas a rejeitei. Desde que eu te ouví pregar estas grandes Mensagens, eu os rejeitei e saí da organização. Agora desejo ser um de vocês”].
532 Obrigado, irmão. Nós lhe damos boas vindas ao nosso companheirismo. E nossa — nossa credencial é de cima. Nossa vida faz nossas credenciais, vê você. Estas são nossas credenciais. “Se eu não fizer as obras do Meu Pai, então não creia em mim”. Vêem? Isto é certo. Estas são nossas credenciais. E como um velho… Como o Howard Cadle costumava dizer, “Não temos nenhuma lei exceto o Amor, nenhum livro a não ser a Bíblia, e — e nenhum-nenhum credo exceto Cristo”. Isto é certo. “Nenhuma lei a não ser Amor, credo a não ser Cristo, livro a não ser a Bíblia”.
533 E nós — nós, o irmão Caldwell, estamos contentes em tê-lo. Você saiu de uma grande organização. A Igreja de Deus de Anderson, eu suponho. [O irmão Caldwell diz, “DeCleveland” — Ed] Ou a igreja de Cleveland, A Igreja Pentecostal de Deus. [“E eu pastoreava alí em…?…” — Ed.] Oh, sim. Oh, sim, eu já fui alí. Eu creio que fui alí com o irmão Neville… ou o irmão Wood, certa vez, nós ganhamos um cachorro ou um cão de caça de alguém que frequentava a sua igreja alí. E fiquei parado nas escadas alí conversando, e eles estavam falando a seu respeito. Bem, tenho certeza… [“na minha igreja”] Oh? [“Burns”] Correto, o irmão Burns. Isto é certo [O irmão Caldwell relata um incidente — Ed.] Oh? Sim. Oh, Bertha, correto. Oh, isto é maravilhoso.
534 O Irmão Rook alí, ele se tornou pastor agora, ou evangelista, eu creio. Está certo? Ou você está pastoreando? [O irmão Rook diz, “Apenas um evangelista” — Ed.] Evangelista. Eu quero comentar algo sobre você, irmão Rook. Eu ouví sobre uma grande obra que você está fazendo para o Senhor. Você… Ouví dizer que você foi a Indianapolis ou estava indo para Indianapolis, e realizou os cultos e ganhou almas para Cristo. Deus esteja contigo, irmão Rook. Com certeza fiquei feliz em vê-lo. Eu te vejo aqui neste velho trator aí fora, andando por aí fora, apenas fertilizando seu jardim aí. Bem, te vejo tentando fazer algo para o Senhor. Estou feliz por Ele te ter chamado para o ministério, sempre segurá-lo diante de tí, irmão. Deus te abençoe. Não se comprometa com nada; mas faça isto com o espírito mais dócil que você puder fazer. Deixe seu — deixe a sua mensagem sempre ser temperada com a doçura do Espírito Santo.
535 E irmão Stricker… [Um irmão diz, “Nós desejamos as orações de todos vós. Estamos — estamos tentando começar uma igreja lá embaixo em North Vernon”- Ed.] Oh, eu espero que você consiga. Nós oraremos por tí. [“Até agora estamos indo muito bem”] Correto.
Billy, quando você vai começar a pastorear?
536 O Dr.Goad e o Dr. Mercier aqui, eu — eu — eu espero… como chamamos um ao outro assim. E o irmão Goad chegou a um lugar até que eu… ele realmente merece um título, ele pode encher cartuchos agora. Sim. E, o irmão Leo, eu creio que podemos apenas deixá-lo seguir assim, e chamá-lo… deixe-o continuar com seu título de — de “Doutor”.
537 Bem, “Doutor” Branham, lá atrás, você apenas conserve o seu doutorado muito bem, e as luzes bem acesas. E — e vou lhe dizer uma coisa, seja quando for que tivermos uma reunião especial eu falarei com a junta e verei se eles podem lhe dar um pequeno extra naquilo [O irmão Branham sorri — Ed.], para um trabalho especial quando você tem que varrer tanto e andar para um lado e para o outro, e isto te fará feliz.
538 O Dr.Wood. Eu o chamava de “Doutor”, eu acho que vocês querem saber porque. Eu não o chamo por um nome errado, ele simplesmente massacra a madeira em pedaços, vocês sabem. O Senhor faz crescer uma arvore bonita, e ele a corta e faz casas dela. Eu nunca ví alguém assim ainda, então eu tenho que chamá-lo de “Doutor”.
539 Irmão Taylor, você permanece fiel na porta, para arrumar um lugar para um companheiro. Eu penso em você assim, “Eu preferiria ser um capacho na casa do Senhor do que habitar em tendas com os ímpios”. Isto é correto. Claro.
540 Irmão Hickerson, você simplesmente começou no Caminho, e para cima, seguindo. Eu desejo seu… eu… Você começou no Caminho, e seguindo, eu com certeza admiro a sua sinceridade e tudo que você está fazendo para o Senhor Jesus. Que Deus sempre te abençoe e te faça um verdadeiro diácono, irmão, o qual creio que você é, a sua casa em sujeição e todas as coisas que você tem sido.
541 Irmão Fred, você não está conosco por muito tempo, vindo do Canadá. Nós não sentimos que você seja canadense mais, sentimos que você é um peregrino e forasteiro conosco, como um — como um administrador. Você e o irmão Wood, e você que serve seu ofício bem com o irmão Roberson, e o restante deles; o irmão Egan, ele não está aqui nesta noite.
542 E irmão Roberson, você tem sido — uma verdadeira ajuda para mim, o irmão Roberson juntamente com os outros, a respeito deste caso do imposto que estava sob esta investigação.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...