UM MANTO USADO
25 de novembro de 1956
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Estava ali com o pastor. Eu disse… Eu lhe pedi ontem para me telefonar. E fui descobrir, eu apenas… o dia todo, não houve chamadas, e pensei: “Bem, gostaria de saber o que há de errado? Algo está… tudo está tão calmo.” E após algum tempo, a irmã Wood apareceu com um punhado de telefonemas. Meu telefone não estava funcionando, então, se alguém de vocês ligou. O telefone chamava, mas não se ouvia nada ali, então o problema estava lá embaixo na caixa de distribuição. Eles a consertaram por volta das oito horas ontem à noite, ou talvez um pouquinho antes daquilo, e, o telefone, as chamadas estão sendo feitas agora.
2 Estamos felizes por estar no culto nesta manhã. Eu peguei um terrível resfriado, que geralmente pego quando chego em casa. Andando com dificuldade pela neve até sua cintura, e dormi fora à noite. Nunca pensei nisto longe daqui, mas só foi atravessar aquela colina ali em New Albany, é tudo que você tem que fazer, para entrar neste vale, então apanhei um terrível resfriado. E é um… eu não sei, há algo no vale aqui que mantém isto baixo. E é baixo, e isto não se adapta de modo algum comigo.
3 Agora, estamos felizes por estarmos na igreja, como eu disse, e estar ouvindo nosso bom querido pastor oferecer sua palavra de súplica por nós, e ao Senhor Jesus. E — e ouvir, é triste ouvir tantos enfermos e necessitados, e como o Diabo está alvoroçando e deixando todos doentes.
4 E uma pequena senhora se levantou, a respeito da sua irmã ali atrás, e eu sei que a irmã Sauer ali embaixo estava com ela. O médico lhe mandou para casa agora para morrer. E ela ainda crê que vai ser curada. E ela está em uma séria, condição muito séria. A minha sogra, do mesmo modo, com setenta anos de idade agora. Ela está em uma condição bastante ruim. E com certeza há bastante enfermidades ao redor do país. E então há um Espírito Santo ao redor do país, vêem, que cura nossas enfermidades, se pudermos apenas achar graça com Ele.
5 E agora, sendo que a minha garganta está ferida, não ferida, mas inflamada. E não vou tentar pregar, mas apenas falar com vocês por algum tempo da Palavra, e então orarei pelos enfermos, o que prometi fazer. Mas pouco antes de fazer isto, eu gostaria de anunciar mais algumas reuniões. Eu…
6 Nos meus cultos eu já tive algumas pequenas oposições de… não oposição, mas apenas pequenos males entendidos. E muitas vezes, eu — eu não possuo meios para meu trabalho, como — como muitos outros irmãos no campo têm, tais como o rádio e a televisão, e revistas e assim por diante. E fazendo assim, ora, alguém diria: “O irmão Branham vai estar aqui.” Agora estou anunciado em três lugares para esta semana, só hoje, em três lugares diferentes. Um lá embaixo em Kentucky, dois na Califórnia, que eu saiba. E não há nada que você possa fazer sobre isto, porque não tenho nenhum outro meio oficial, então isto fica um pouco difícil.
7 E, sim, se acontecer de haver alguém lá de baixo de Madisonville, Kentucky, aqui. Ficou anunciado que eu estaria ali na semana passada, e eu não sabia nada sobre isto. E fui para casa, e — e eles haviam anunciado isto; e o irmão que o fez, se chama Epply. Ou, eu acho que é o seu nome. Com toda boa fé, ele o fez. Ele me telefonou e perguntou se poderíamos apenas dar um passadinha para — para ser uma bênção e levar uma bênção para o seu povo. E ele telefonou. Eu lhe disse para falar com o irmão Moore. Bem, então, eu tive que sair. Eu lhe disse que tinha que viajar no mesmo dia. Bem, o irmão Moore esqueceu de avisar o pessoal. E quando, ou, de me avisar, ou de avisar a minha esposa. Então eu estava lá em cima em Idaho, e apenas voltei e a reunião estava acontecendo.
8 Então, e então eu vi, durante aquilo, não se pode fazer preparativos em Louisiana para as coisas que estão acontecendo aqui. Então, eu simplesmente tomei conta dos preparativos eu mesmo, fazer meus próprios programas para as reuniões, até minhas reuniões terem… eu simplesmente… oh, eu não sei, eu acho que a confissão é boa para a alma. Vocês também não acham? [A congregação diz: “Amém” — Ed.] Eu apenas tenho retardado muito com estas coisas. E permitindo a qualquer um, em qualquer lugar, simplesmente deixando que aconteça casualmente. E descobri que isso não compensa. Após tanto tempo, você coloca… Você tem que ter algum sistema nisto. E agora estou tentando fazer os preparativos.
9 E eu — e eu verei a Sra. Arnold. E… há um homem aqui em Louisville que tem sido muito bom, quando eu estava tendo reuniões aqui, e o seu nome é irmão Burgum. E ele queria uma — uma noite ou duas, de culto. Eu vou ver o seu pequeno Teddy, eu creio, Teddy Arnold. Por algum tempo nesta semana.
10 E então no próximo sábado e domingo, se eu puder, o Senhor permitindo, eu quero descer até Madisonville. Eles tinham vinte e cinco, trinta ministros ali. Todos eles assentados ali, vieram para algum… Um veio de seiscentas, setecentas milhas. Bem, ninguém ali, então não estava ali, e não foi minha culpa, mas eu apenas… mas apenas um mal entendido, ou uma negligência em telefonar para ele. E eu vou tentar estar ali embaixo no próximo final de semana, o Senhor permitindo.
11 Então do dia cinco ao seis, estarei no Brooklyn, Nova York. E então dali, no dia quatorze, quinze e dezesseis em Parkersburg, West Virginia. Acabei de fazer estes dois programas ontem à noite e nesta manhã. Agora, Charlotte, Carolina do Sul, está apenas na lista, mas eu não sei. Então, os feriados chegam.
12 Então iremos para a Costa Oeste, onde estão preparando um — um grande auditório para a reunião. Agora estas são — são pequenas reuniões como nos ginásios e coisas assim. Aquela ali na Costa Oeste, será em — em duas cidades, uma reunião de duas cidades, Oakland e São Francisco.
13 E então a delegação de Phoenix, sendo que o irmão Robert não pode estar ali neste ano, gentilmente tomarei o seu lugar lá embaixo em Phoenix, na — em toda região da reunião Maricopa. Isto é uma união de esforços.
14 E orem por mim porque eu — eu preciso disto. E eu vejo que todas as vezes que a fé se estabelece, o diabo vira cada arma do inferno em direção a isto, assim, veja você, então isto se torna bastante difícil.
15 Então, nesta manhã, oraremos pelo enfermo. Eu gostaria de ler um pouco da Palavra Eterna de Deus, e falar por apenas alguns momentos nas Escrituras, e então oraremos pelo enfermo. Oh, como amo falar sobre Ele! Você não? Eu simplesmente amo falar sobre Ele.
16 Agora quero ler na Bíblia, segundo Reis capitulo 2, verso 12, uma porção disto.
O que vendo Eliseu, e… clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel, e seus cavaleiros.
17 E agora para abrir caminho a um — um texto, ou um tema, eu desejo falar sobre: Um Manto Usado. Então que o Senhor acrescente Suas bênçãos enquanto falamos a vocês nesta manhã. E vocês orem por nós.
18 Durante este tempo do reinado de Israel na terra. Israel era uma nação, e era uma nação poderosa, e havia como que um tempo pacífico na parte militar. Mas no — a parte espiritual disto, era como um — um tempo de — de personificação. E se olharmos para trás no Velho Testamento, sempre podemos encontrar exemplos do que está acontecendo hoje. Sempre, na Bíblia, as coisas que são agora, são apenas os anti-tipos do que era no princípio.
19 Agora, o Livro de Gênesis produz tudo que há no mundo hoje. Não há nada no mundo a não ser o que começou em Gênesis, pois é o principio. Ali, começou cada ismo. Em Gênesis, começou tudo que começou. E a Igreja verdadeira começou em Gênesis. E o falso crente começou em Gênesis. E a indiferença começou em Gênesis. Gênesis foi o principio.
20 E agora durante o reinado de Elias, ou da peregrinação de Elias aqui na terra, que era o profeta de Deus para a hora.
21 E Deus nunca deixou a Si Mesmo na terra sem uma testemunha. Deus sempre, em alguma parte, em algum lugar, teve uma pessoa em quem Ele pôde colocar Suas Mãos e firmar como testemunha. Então se Ele fez aquilo, desde Gênesis, no principio, com certeza, em algum lugar, Deus tem um homem em que Ele pode colocar Sua Mão agora. Pois Ele — Ele tem mais do que um homem agora, Ele tem muitos homens nos quais Ele pode colocar Suas mãos agora, porque estamos descendo para o — o tempo do ajuntamento, o tempo da colheita.
22 Gênesis foi o plantio da semente, e estes seis mil anos têm sido o amadurecimento da colheita. E agora a semente se tornou uma semente ela mesma. Ela voltou a florir, e do florescer para o — para o fruto. E é o tempo do ajuntamento agora, o tempo da colheita, todas as grandes coisas que começaram. A Igreja verdadeira que começou em Gênesis tem vindo ao tempo do fruto, o fruto do Espírito. E o anticristo que começou em Gênesis tem vindo para seu fruto. E estamos apenas no tempo da conclusão de toda dispensação deste mundo, o… do ser mortal. E nós… é o maior tempo que qualquer um, ou qualquer um em qualquer era, já viveu, é este tempo. É um tempo de agitação. É um tempo incômodo para os pecadores, mas é um tempo maravilhoso para os cristãos, porque sabemos que estamos — estamos guardando as coisas, ou reunindo os últimos pequenos esforços, para irmos para Casa e encontrarmos com o Senhor.
23 Agora gente, hoje, enquanto você olha ao redor e vê o grande problema e angústia encarando a nação. Onde, há poucas noites atrás, eu estava falando com alguém, era um destes agentes vigilantes. E eles disseram: “Irmão Branham, acabamos de ser instruídos pelo governo para nunca mais advertirmos as pessoas a se deitarem no… longe da janela no chão, se uma bomba cair, ou nunca irem para o porão, porque esta nova bomba pode ser teleguiada de Moscou até a rua quatro em Louisville, e cair bem no meio da rua. Se move rapidamente. Tem… al… coisas ali, explosivos, e leva tantos milhares, tantos milhares. Guiados pelas estrelas e o radar, e ela cai exatamente na Rua Quatro em Louisville, lá de Moscou, Rússia. E quando isto cair ali… Não tem que usar um avião ou nada. Apenas sai daqui, e aterrissa bem ali. E isto abriria um buraco no chão, de uma extensão, a profundidade de cento e setenta pés por quinze milhas quadradas para qualquer lado que ela cair, quinze milhas quadradas. Não há nada a fazer exceto se preparar para fazer um vôo para o alto, é a única coisa a fazer quando a hora chegar.
24 Apenas pense, eles podem acionar cinquenta delas, ou cem delas, de uma só vez, se eles quiserem. Tudo estaria terminado, no espaço de… Eu creio que em sessenta ou oitenta minutos, ou algo, ou segundos — segundos, melhor dizendo, de lá para cá, para a aniquilação de toda a coisa que aconteceria. Não sobraria nada entre Louisville e Henryville, e entre Louisville e — e Bardstown, ou ali embaixo, exceto um buraco no chão cheio de poeira. Isto é tudo que sobraria, além das áreas que desapareceriam, e que queimariam por milhas e milhas além daquilo. E enquanto uma está caindo ali, a outra está caindo em outro lugar, para se encontrarem.
25 Estou tão feliz por termos um Abrigo. “O Nome do Senhor é uma Torre poderosa, os justos que correrem para Ela estarão salvos.” Não importa a quantidade de bombas ou quantas coisas que… Estamos salvos Ali. Então, o mundo e o pecador, não tendo este Abrigo, ou este Lugar de segurança, é hora do tremor. Eu creio, se não fosse um Cristão, eu ficaria louco, ao pensar no que pode acontecer a qualquer hora. E com a casa cheia de criancinhas, e tudo mais, eu não saberia o que fazer. Mas estou tão feliz por ficar em pé em minha casa e lhes apresentar um Abrigo que bomba alguma poderia jamais tocá-los, ou nada, mais, sob as Asas protetoras do Senhor Jesus. “Não pelo poder, nem pela força, mas pelo Meu Espírito,” diz o Senhor. Vêem? Esta é a nossa proteção.
26 E que grande, tempo glorioso é este, em saber que todo pecado e lutas e provas da vida logo terminarão. Tudo terminará em um destes dias, e iremos para Casa com o Senhor. Agora, o que sobra, é um tempo para pregarmos o Evangelho e trazermos para dentro desta grande Torre tantos quantos pudermos.
27 E então, enquanto vemos o exemplo de nossa lição hoje, de Elias, durante o seu reinado, ele… ou, sua peregrinação na terra, ora, ele era um grande, poderoso homem. Deus o estava usando de maneira poderosa, com o poder poderoso. E descobrimos que durante este tempo, havia um grupo de personificadores que tentaram personificar Elias, que tentaram fazer as mesmas coisas que Elias fez.
28 E então encontramos a mesma coisa hoje; a personificação do Cristianismo, pessoas que tentam agir como cristãs, que tentam se fazer cristãs. Você não pode fazer aquilo. Deus tem que fazer aquilo. Ele é o Único que pode fazer isto.
29 Então eles formaram uma escola, e a chamaram de “A escola dos profetas.” E todos eles subiram para a escola dos profetas, e os educaram. E posso imaginar todos aqueles pregadores ali em cima, usando o mesmo tipo de manto que Elias usou. Eu posso imaginar, tentando personificar a sua voz, o modo que ele falava. E — e o modo que ele se apresentava, todos tentando fazer a mesma coisa, porque Elias era um grande homem usado por Deus.
30 E encontramos a mesma coisa hoje. Eu estava ouvindo a um programa radiofônico, há não muito tempo atrás. Eles têm Billy Granham ao redor de todo este país, desde que Billy esteve em Louisville. Todos tentando personificar a mesma coisa, quase penteiam o cabelo do mesmo modo, e — e usam a mesma coisa, e o mesmo tipo de voz, e assim por diante. Mas você não pode fazer isto. Você apenas tem que ser quem você é e o que Deus te fez ser. Correto. E então descobrimos como aquilo, talvez, naqueles dias a mesma coisa aconteceu.
31 Agora, Deus vendo, prevendo que os dias de Elias estavam contados, que ele teria tanto tempo de permanência aqui na terra, como todos têm. Então, ele teria um sucessor para Elias. E quando Ele o fez, Deus chamou este homem. Ele não estava em nenhum seminário quando Ele o chamou. Ele estava no campo arando, com uma junta de bois, trabalhando, ou cuidando de sua mãe e pai. E Deus o chamou para ser o sucessor de Eliseu, ou Elias.
32 Talvez muitos lá em cima na escola pensavam que com certeza eles seriam o seu sucessor, eles usariam o seu manto tão logo que ele terminasse com isto.
33 Mas Deus faz a chamada. Deus faz a escolha. Deus faz a eleição. Deus coloca tudo em ordem. “Deus colocou na Igreja: alguns para apóstolos; outros profetas; uns para mestres; outros evangelistas e pastores.” Deus faz isto, Ele Mesmo. Não podemos fazer um cabelo preto ou branco, nem mesmo podemos adicionar uma coisa em nossa estatura através de suposições. Deus, na Sua infinita graça, e através da Sua eleição e Sua presciência, coloca as coisas em ordem, e cada roda funciona corretamente. Eu gosto disto.
34 Eu seria um homem desencorajado, nesta manhã, se eu não cresse na eleição e na chamada de Deus. Se eu pensasse que este mundo foi deixado por consequência disto, pelo poder do homem, e através da sabedoria do homem, e pelas “grandes quatro” e as Nações Unidas, e por quem nunca nem mesmo mencionou o Nome de Deus. Eu seria uma pessoa desencorajada. Mas não estou olhando para isso através do resultado.
35 Eu olho para as páginas deste velho Livro aqui, onde Deus O escreveu e tudo acontecerá exatamente da maneira que Ele disse: e isto é tudo. Então, a única coisa para eu fazer é não estar do lado deles, mas ao lado do Calvário. Do lado de Deus, do lado de Sua Palavra, ficar com a Sua Palavra. Não importa o quanto pareça que será daquela maneira; será da maneira que Deus quer que seja. Não pode ser nada mais. Pois, Ele sendo infinito, conhecia o fim desde o princípio, e Ele faz com que tudo seja para o Seu louvor. Correto.
36 “Todas as coisas terão que operar juntas.” Tudo terá que se ajustar em seu devido lugar. Oh! Se isto não der coragem para um cristão! Nada pode sair errado. Além do mais, não é a nossa batalha; é a Dele. Não é a nossa sabedoria; é a Sua. A única coisa que temos que fazer é colocar nossa fé e confiança ali, e ficarmos quietos e vermos a glória de Deus, vermos como Ela se move ao redor do Seu lugar, e cada roda girando. Isto pode ser espalhado de lado a lado, mas Isto moverá bem no Seu lugar quando Deus fala a Palavra.
37 Ele conhecia o fim desde o princípio. Ele sabia que iria escolher. Ele sabia que Eliseu tomaria o lugar de Elias, antes mesmo do mundo ser formado. Tudo tem que operar exatamente certo.
38 E estamos preocupados com os nossos queridos, e assim por diante: “Será que um dia eles entrarão?” Seus nomes, se eles foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro, antes da fundação do mundo, eles se moverão bem ali. Esta é a única coisa que ele pode fazer. Testemunharmos e brilharmos a Luz. Deus o faz, o Único que traz Isto a eles.
39 Agora observem, em Elias, então, depois dele ter jogado o seu manto sobre ele, e o provou nele. Em outras palavras, Elias o profeta, o qual tinha o manto de Deus em seus ombros, ele desceu e o colocou sobre Eliseu, o lavrador, para ver se serviria nele. E levou cerca de dez anos para mudar-se, para aquele manto se encaixar.
40 Você sabe, Deus geralmente nos coloca na loja e nos equipa. Agora, Ele não alterou o seu manto para servir em Eliseu; Ele ordenou a Eliseu que se adaptasse ao manto. E isto é o que Ele faz hoje. Ele nos altera para que sejamos qualificados para o manto, não para que o manto se ajuste em nós. Às vezes queremos que o manto sirva em nós, mas não podemos fazer isto. Você tem que se deixar ser modificado, você mesmo, para o manto. É o manto de Deus, e Ele o fez perfeito. E temos… Ele tem que nos trazer para aquele estado, para que o manto se encaixe em nós.
41 Então não podemos ser perfeitos, nós mesmos. Sabemos que não podemos. Não há maneira para sermos, e, mesmo assim, Ele disse que fôssemos. Então, porém, o que Ele fez, Ele fez uma propiciação por nós; o Senhor Jesus Cristo e a Sua justiça. É de onde vem a perfeição; ignorando a nossa própria santidade, da qual não temos nenhuma; e nossos próprios pensamentos, os quais não devem existir. Mas descansamos solenemente sobre a obra consumada do Senhor Jesus. Deus o enviou na terra, e foi Nele que descansamos.
42 Observem, todos estes anos, até onde sabemos, ele apenas teve aquele único batismo do manto sobre ele. Mas através dos anos, Deus havia moldado o caráter do homem de um modo que, após sua chamada, ele se encaixaria no manto e seria o servo do Senhor.
43 E então quando Elias passou e o lançou sobre ele, e eles começaram a subir em direção a Gilgal e muitos dos outros lugares que foram, a escola dos profetas, em seu caminho, viajando. E, finalmente, Elias estava tentando fazer com que Eliseu voltasse. Você observou isto? Tentando fazê-lo voltar. Disse: “Eu…” por outro lado, “Talvez o caminho seja um pouco íngreme para você, filho. Talvez seja um pouco estreito para você andar.”
44 Você sabe, onde Elias estava, estava a retidão. E seja onde for que o verdadeiro servo de Deus pregue o Evangelho, é um Evangelho correto e inadulterado, onde Ele é pregado.
45 Assim, um dia, ele subiu até ali na escola dos profetas para visitá-los, e eles lhe pediram para sair. Eles disseram: “É correto demais para estar por aqui, para nós.”
46 O que precisamos hoje é de mais pureza, pregação do Evangelho que separe o trigo da casca, ou o certo do errado. Estabelecendo o que é certo é “certo”, e o que é errado é “errado.”
47 Todos estes sujeitos com suas experiências, e tudo que eles eram! Eles mandaram alguém buscar algo para comer, e um deles apanhou uvas silvestres e misturou com um pouco de abóbora silvestre, e cozinharam um pouco de morte em sua panela eclesiástica. E, a primeira coisa que você sabe, eles clamaram: “há morte na panela!”
48 Mas Elias, com uma porção dobrada, sabia o que fazer, então ele colocou um punhado de farinha na panela. Disse: “Agora vá em frente e coma isto.” Em outras palavras, eles…
49 Hoje, um tipo, eu diria, que temos um punhado de Metodista, Batista, Presbiterianos, Luterano, Pentecostais, e tudo mais, todos misturados, e um brigando contra o outro. E não precisamos de despejar a coisa toda e terminar com isto. Precisamos de outro punhado de Farinha. Manter a mesma igreja.
50 A farinha era da casa da escola ali, que era a farinha oferecida que o povo havia trazido, e os primeiros frutos da colheita que estavam no chão com algumas pedras de mó que fizeram de cada grão de farinha o mesmo. Então quando…
51 Esta farinha, sendo a mesma, era um tipo de Cristo. A farinha é vida. E quando o tipo de Cristo, a farinha for moída do mesmo modo, significando: “Jesus Cristo o mesmo, ontem hoje e ternamente.” E a farinha na farinha oferecida, e quando eles colocaram esta farinha ali dentro, colocando Cristo na morte, trouxe a Vida. Isto é o que faz a diferença na nossa forma de morte, em nossas diferenças, em nossos argumentos eclesiásticos e tudo mais. Se apenas trouxéssemos Cristo nisto, isto mudaria a morte, e separação, em Vida, se apenas fizéssemos isto.
52 Existe dezenove milhões de batistas na América. Existe treze milhões de Metodistas na América. Existe onze milhões de luteranos na América. E dez milhões de Presbiterianos na América. E só Deus sabe quantos católicos, que superam quaisquer das denominações. Mas, em tudo isto, o que precisamos? Um punhado da Farinha. Precisamos trazer Vida para a igreja. E Cristo é a Vida. Ele veio para nos trazer Vida.
53 Então, eles tinham suas controvérsias, e suas escolas, e sua teo-… teologias e assim sucessivamente.
54 E então Elias disse a Eliseu: “É melhor você voltar, porque o caminho pode ser um pouquinho difícil.” Mas um homem de Deus que uma vez encarou isto, ou que já lhe foi lançado em seu ombro o manto da justiça e do poder de Deus, não volta facilmente.
55 Quando ouvi o pastor dizer, nesta manhã, que nosso… “Muitos estão se tornando desencorajados.” O que precisamos, irmão, é de ter coragem! O que necessitamos é de coragem. Correto. As provas podem vir. Nunca nos foi prometido ficar imunes a elas, mas Ele dará graça para passarmos por elas. Se a montanha é muito alta para atravessá-la, muito profunda para passarmos por baixo, muito larga para darmos a volta, Ele dará graça para que possamos transpô-la. Correto. Simplesmente não se preocupe, mas mantenha seus olhos em Cristo, pois Ele é o único que pode nos atravessar.
56 Agora, nós os vemos enquanto viajam, indo para a escola. E ele disse: “Permaneça aqui agora. Esteja aqui e se estabeleça e seja um bom mestre de teologia e assim por diante. E você provavelmente, um dia, pode se tornar o reitor da faculdade aqui. Mas eu tenho que descer mais um pouquinho.”
57 Pode você imaginar um homem de Deus se satisfazendo em ser um reitor de uma faculdade, quando o Poder de Deus está bem ao redor de onde ele estava firmado? Não, senhor. Ele disse: “Como o Senhor vive e sua alma vive, eu não te deixarei.” Eu gosto disto.
58 Fique com isto, não importa quanto desânimo haja, mesmo que isto venha da sua mãe, seu pai, ou do seu pastor. Fique com Ele.
59 Em direção ao Jordão foram eles. Eles atravessaram. E Elias disse: “Agora, o que deseja que eu faça por você?”
60 Ele disse: “Que caia sobre mim uma porção dobrada do teu espírito.” Ele sabia que tinha uma obra a fazer. Ele disse: “Um porção dobrada.” Não apenas uma boa experiência morna, não um bom aperto de mão, ou um bom companheirismo com o restante da igreja. Mas, “O que eu quero é uma porção dobrada do que há de melhor agora.”
61 Eu lhe digo, quando Deus estabelece um homem para uma prova no mundo, ele tem que ter algo melhor do que o mundo possui. Ele tem que ter algo melhor do que a igreja possui. Ele tem que ir através de uma porção dobrada.
62 E se alguma vez houve um tempo em que se necessitou de uma porção dobrada, é hoje, no estado do povo; algo melhor, algo mais alto. Eu não posso… Eu acho que feijão e pão de milho é muito bom, mas às vezes tenho que alcançar um pouquinho mais alto. E fazemos isto; temos que fazê-lo. Temos que continuar subindo. Israel estava se apostatando se isto continuasse no mesmo terreno. Ele tinha que se mover para frente ou para trás. E esta é a maneira que é a igreja.
63 Então, enquanto seguiam em frente, não foi mais do que poucos minutos até que ele dissesse: “Pediste uma grande coisa, mas, todavia, se me vires quando eu partir, podes ter o que pediste.”
64 Agora, isto tem que ter motivos sinceros, honestidade no coração, simplicidade nos olhos, mantendo seus olhos na promessa. Hum! Se você está doente nesta manhã, se você está aflito, há uma grande promessa; não de Elias, mas de Deus Ele Mesmo. “Se puderes crer, quando orardes, crede que obterás o que pedirdes, e recebereis.” Não importa o que o médico diga, o quanto que isto ou aquilo vá; mantenha-se sincero na promessa.
65 Elias lhe deu uma comissão: “Se me vires quando eu partir, isto virá a ti.”
66 Há uma promessa: “Se puderes crer, tudo é possível àqueles que crêem.”
67 Às vezes olho para mim mesmo e penso: “Tenho sido tão molenga na minha vida. Tenho esperado, e perdido muitos milhares de almas, para o Reino, porque tenho esperado e digo: “Deus…” Dependo muito do dom espiritual. E digo: “Senhor, se Tu apenas me mostrares, se Tu me deres uma visão do que fazer.” E Deus dá uma visão, então eu viro e deixo alguém falar comigo sobre outra coisa.
68 E, oh, eu nunca cheguei no ponto, ainda, até eu… como tenho desta vez, pois sinto que é uma fé, para que possamos sair ali fora, porque é uma promessa. E as coisas que Ele tem feito, e as curas que Ele tem realizado, e os milagres; tanto que desceu e Sua foto foi tirada ao nosso lado, e assim por diante, os quais nunca foram conhecidos desde que o mundo começou. E então ficar por aí como um molenga? Isto até mesmo me faz desencorajar. É hora de manter seu olho na promessa.
69 E isto é o que, pela graça de Deus, almejo fazer. E sei que cada diabo do inferno correrá disto. Mas, pela graça de Deus, eu almejo manter meus olhos na promessa.
70 Elias disse: “Se você…” Elias, disse: “Se me vires quando eu partir, terás o que pediu.” Correto. Você tem que manter seus olhos nisto; observe a promessa. Do mesmo modo que, e se uma das escolas, se ele voltasse e dissesse: “Eia meninos, como estou indo agora, seguindo o profeta?” Ele poderia ter falhado, talvez. Mas ele não se importava com o que a escola pensava, ou no que todos os mestres pensavam. Ele não se importava no que os vizinhos pensavam, ou as casas, ou quem olhava para ele. Ele guardou a sua fé na promessa.
71 O que precisamos hoje é de fé na promessa de Deus, e não prestarmos atenção alguma no que este ou aquele diz.
72 Como certo irmão disse, um ministro tinha duas garotas que eram mudas e por causa da crítica sobre a cura divina, pois: “As crianças não podiam ser curadas.”
73 Não preste nenhuma atenção nas críticas. Guarde a sua fé na promessa. Assim disse Deus! “A oração da fé salvará o enfermo, e Deus o levantará.” Se Ele pôde fazer um surdo-mudo ouvir, Ele pode fazer outro surdo-mudo ouvir. Nós sabemos, através de provas infalíveis, que Ele faz aquilo. Guarda nossa fé na promessa. Nossos olhos sinceros; nossos ouvidos sinceros; nossos corações sinceros; e, uma coisa, em Jesus Cristo, e Ele é capaz de realizar aquilo que Ele prometeu. Oh, quando pensamos naquilo, isto muda todo o quadro quando obtemos aquilo. Deus fez a promessa. Foi Deus Quem disse isto.
74 Agora, aqui foi o representante de Deus quem disse isto, e agora Deus Ele mesmo disse isto. Então o que podemos fazer? Nada exceto manter nossa mente naquilo. Disse: “Se me vires quando eu partir, podes obter a promessa.” Eliseu manteve seus olhos em Elias. Não importava o que gritavam de cada lado, o que acontecia em cada lado, o que aconteceu antes daquilo, ele nunca nem mesmo olhou para isto. Ele manteve seus olhos na promessa. Aí está você, seus olhos na promessa.
75 Me lembrei da senhora que visitamos outra noite, a irmã Sauer. E o médico havia dito o quanto ela estava mal. E eu nunca lhe disse; disse aos seus parentes. E quão impossível seria para ela ficar boa. Agora, irmão, o seu genro me indagou sobre isto. Eu disse: “Se ela puder manter os seus olhos na promessa.” Não importa o que aconteça, mantenha seus olhos na promessa.
76 Há poucas semanas atrás, a irmã Wood aqui, e o irmão Wood, dois amigos nossos do peito aqui na igreja. Eu estava em Michigan com meus amigos, Leo e Gene. Havíamos deixado a reunião de Chicago e saímos com algumas pessoas dali, para… por dois dias, para uma caça de veados com arco e flecha. E no meu caminho de volta, minha esposa havia conseguido falar comigo, e ela disse: “Ore pela mãe da Sra. Wood. Um câncer tem estado comendo a sua face.” E disse: “Eu nunca vi a irmã Wood tão alarmada. Ela está chorando.” A irmã Wood sempre tem sido uma heroína na fé, desde que Deus curou o filho de uma perna aleijada, e a curou de tuberculose e outras coisas. Mas ela havia cedido.
77 Ali no quarto, naquela noite, nós oramos. Ao entrar, a Sra. Wood disse: “Irmão Branham, nós venceremos.” E fomos até a sua mãe, que estava em Louisville. E ela tinha um câncer ao lado do seu nariz, e o médico havia mexido ali, espalhando ali; até ficar apenas um pequeno anel do lado do seu nariz, e a um oitavo de polegadas do seu olho, apenas o osso ali. Havia comido o mais rápido que poderia comer.
78 Entrei no quarto, e me ajoelhei. Eu disse: “Eu quero falar com ela a sós.” E entrei no quarto para orar com a mulher. E enquanto estava no quarto, eu pensei: “Ó, Deus, se Tu apenas me mostrares uma visão do que vai acontecer com a mulher.” O Sr. e a Sra. Wood assentados do lado de fora, esperando para ver o que a visão diria.
79 Mas enquanto eu estava ali, fui repreendido. Fui repreendido por estar esperando pela visão. Parecia que Algo havia referido de volta, não era o chamado. “Para que você precisa de uma visão, quando a promessa já foi feita?” Então eu ajoelhei e orei. E enquanto orava, algo simplesmente se ancorou do lado de dentro, a fé da promessa.
80 Saí. E a Sra. Wood, quando eu lhe falei sobre isto, ela disse: “Você viu alguma coisa, irmão Branham?”
81 Eu disse: “Eu não vi precisamente coisa alguma, mas eu senti Algo que me disse que Sua promessa era verdadeira e que Ele iria fazer isto. E eu creio que Ele fará isto.”
82 E em menos de vinte e quatro horas, o fim daquele câncer começou a se desprender e uma crosta de cicatrização começou a formar sobre ele. O câncer não cicatriza, como você sabe, a não ser que esteja morto. Então isto foi assim agora. E a mulher está curada e em casa. Que Cristo maravilhoso! Mantendo nossos olhos na promessa! Assim disse Deus!
83 Mas quando recebemos oração, às vezes, saímos e dizemos: “Bem, isto não foi feito imediatamente, então talvez seja melhor regressarmos novamente.” Oh, não.
84 Mantenha seus olhos na promessa. Assim disse Deus, aquilo estabelece isto. Isto é tudo. Se Deus disse assim, Deus é capaz de guardar a Sua promessa, ou Ele nunca a faria.
85 Abraão chamou aquelas coisas que não eram, como se elas fossem. E, por vinte e cinco anos, se firmou no impossível, porque ele considerou Deus capaz de realizar o que Ele havia prometido. Amém. E somos filhos de Abraão, pela fé.
86 Com certeza, Elias manteve seus olhos em… ou Eliseu em Elias, enquanto foram em frente. E após algum tempo, a carruagem chegou e os separou, um para cada lado, e então ela apanhou Elias. Sobre… E entrou na carruagem e subiu, e tirou o manto de seus ombros e o jogou de volta para Eliseu. Porque, Eliseu havia crescido nisto, você sabe, então ele serviu perfeitamente para ele. E pode você imaginar…
87 Oh, eu quero que você me dê toda sua atenção, enquanto sinto minha garganta coçando. Eu quero lhe perguntar algo.
88 Pode você imaginar como Eliseu se sentiu quando ele apanhou este manto, e o colocou sobre os seus próprios ombros? Oh, que sensação!
89 Eu não quero que isto seja pessoal, mas por volta de dez anos atrás, do púlpito aqui, eu preguei um sermão; Davi, o guerreiro com uma funda na sua mão, e Golias diante dele. Naqueles dias não existiam campanhas de cura no campo, em parte alguma, como sabemos. E, oh, como o povo criticou a cura Divina! Mas ali havia algo, após se encontrar com o Ser. E os pastores me disseram que eu estava perdendo a minha mente, que isto não poderia ser assim. Mas, deste mesmo lugar aqui, eu falei sobre Davi. Disse: “Você quer me dizer que isto, os exércitos do Deus vivo, deixarão que aqueles filisteus incircunscisos derrotem este exército?”
90 Um sujeitinho de ombros inclinados, um menino de cabelos encaracolados, vestido com uma pele de ovelha, e um estilingue na sua mão; com todo o exército de Israel ali de pé, se recuando. E ele, sozinho, saiu. Com um homem, com um — com uma lança de dezenove pés de comprimento, e aquela coisa no fim disto pesava várias libras, talvez vinte libras de aço, afiada; uma lança de dezenove pés. Com dedos de quatorze polegadas de comprimento. E Davi provavelmente pesava umas noventa libras, e parou, pulando de um lado para o outro, como um galinho fraco, dizendo — dizendo: “Quer me dizer, oh, que coisa, você deixará aquele filisteu incircunciso… [O irmão Branham bate no púlpito quatro vezes — Ed.] “Se ele permanecer no seu lugar, deixe-o ficar. Mas ele está desafiando os exércitos do Deus vivo.” Oh, que coisa, que herói. “E todos vocês estão com medo de lutar com isto?” Disse: “Deixem ele comigo.” Oh, que coisa! Ele disse: “O Deus do céu me deixou matar um leão com uma funda. Ele me deixou matar um urso com uma funda. Quanto mais este filisteu incircunciso, Ele o colocará na minha mão!” Com certeza.
91 E quando a primeira vitória foi ganha, e Golias derrubado, todos os exércitos de Israel seguiram a Davi. E eles cortaram cabeças e bateram, Israel… ou bateram nos filisteus bem em sua própria terra. Eles os fecharam em suas esquinas, e os mataram e tomaram suas cidades e tudo e tiveram a vitória.
92 Irmão e irmã, a mesma coisa tem sido feita no estado sobrenatural, quando eles disseram: “A cura divina não pode dar certo. Os dias dos milagres passaram.” Se os dias dos milagres passaram, os dias de Deus passaram. A igreja que não crê no sobrenatural finalmente morrerá, e Deus deixará a igreja. Tem que deixar! E Deus deu a promessa, e a promessa de Deus é Eterna.
93 Aqui há algum tempo atrás quando algumas garotas estavam brincando com rádio, e o imergiam e pintavam os ponteiros do relógio com rádio. Eu tenho um pouco disto neste aqui. E uma garota cometeu um engano e pegou a escova e a colocou em sua boca. Isto a matou. E anos e anos mais tarde, eles olharam com um microscópio o crânio daquela garota, e eles ainda podiam ouvir o sinal do material radioativo, “Burr — burr — burr.” É infinito. Ele continua ativo, sempre e sempre. Não há nenhum fim nisto.
94 E, oh, irmão, se o rádio tem este tipo de efeito em nós, quanto mais terá o infinito, Eterno, sobrenatural, Todo Poderoso, Todo Infinito Deus Todo Poderoso! Ele tem que ter o mesmo efeito como Ele começou. Ele sempre o terá, ou Ele não é o Todo Poderoso, o Deus Todo Poderoso. Ele ainda continua esperando por alguém com uma fé forte, que sairá e desafiará o inimigo nas bases da Sua Palavra e dirá que Ela é assim.
95 E agora o que aconteceu, tão logo que a grande campanha de cura começou? Então milhares de soldados, de homens de Deus, que se posicionaram em pequenas igrejas, como Oral Roberts, Tommy Hicks, e muitos outros homens de destaque no campo, puxaram suas Espadas e partiram. Esta Espada que corta dos dois lados indo e voltando, para cima e para baixo, e dentro e fora, “Uma Discernidora dos pensamentos, até a medula dos ossos.” Eles puxaram suas Bíblias, sua Espada, e saíram , quando viram que isto poderia ser feito. E derrotamos o inimigo, pela graça de Deus, até o mundo inteiro ter um reavivamento de cura. Isto pôde ser feito. Pequenos pastores que tinham pequenas igrejas de dois por quatro, e assim por diante, pegaram fogo e tiveram a visão, sacudiram a Espada e seguiram em frente, e derrotaram o inimigo.
96 Como você sabe que existem? Existem grandes homens, o congressista Upshaw, o Rei George da Inglaterra, e muitos grandes homens que estavam deitados doentes e aflitos, foram curados pelo Poder do Deus Todo Poderoso. Então eles não podem dizer nada sobre isto agora. Está feito. Com certeza! Ele estava…
97 Então Elias partiu. Depois… Todo o desejo do seu coração era obter aquela promessa. Ele queria a promessa. Aquele era o seu motivo. Aquilo era tudo. Aquilo era a sua vida. Aquele era o seu intento, tudo. Tudo, tudo, propenso a obter aquela promessa.
98 Estou persuadido a crer que não somos sinceros sobre isto a respeito do que estamos falando. Se todo o seu motivo, nesta manhã, descansa em: “Dando louvor a Deus pela minha cura. Estou determinado a ser curado pelo Poder de Deus. Estou determinado a viver uma vida cristã. Estou determinado a andar em paz com Deus. Estou determinado a fazer isto. Não me importa o que a mamãe diz, o que a igreja diz, o que o pastor diz, o que qualquer um diz, o que o mundo diz. Estou determinado. Esta é a pureza do meu coração.” Você obterá em alguma parte.
99 Então, quando Elias viu que ele estava determinado a obter isto. Elias, Elias viu que Eliseu estava determinado, ele lhe deu a promessa. Agora, a promessa era: “Se tu me vires quando eu partir! Se tu puderes me ver quando eu partir!” Agora ficou por conta de Eliseu. Ele queria ouvir a promessa, então ele obteve a promessa. Agora existe um “se” nisto. “Se me vires quanto eu partir.”
100 Agora, se você está doente nesta manhã, e você quer ser curado, eu posso lhe provar que Cristo te deu a promessa. A promessa é sua: “Se tu puderes crer! Se tu puderes crer!” Não seja derrotado.
101 Agora Eliseu se envolveu no manto de Elias, o profeta. Que marcha de conquista! Como ele andava, trilhando para o céu, como um conquistador! Ele tinha ouvido a promessa. Ele sentiu o poder. Ele estava andando como um guerreiro, diretamente para o Jordão.
102 Louvado seja Deus, amigo! Cada crente, nesta manhã, que está envolto na retidão de Cristo, está andando em direção a estrada do Jordão. Correto.
103 Deixe as bombas atômicas chegarem; deixe, de qualquer modo. Estamos envoltos e andando, o conquistador. Amém. Eu… “Não temais. Eu venci o mundo.” Sim, senhor! Recordam daquilo? “Eu venci o mundo.” [O irmão Branham bate palmas duas vezes — Ed.] Cristo disse isto. [O irmão Branham bate no púlpito duas vezes — Ed.]
104 Elias estava andando com um manto usado, mesmo como um conquistador, corretamente, indo para o Jordão.
105 Irmão, deixe-me dizer isto em respeito a você. Não use o manto de outra pessoa que está todo roído por traças de dúvidas, onde todos estes fracassos e superstições e altas e baixas têm colocado buracos nele, e ele está todo furado. Coloque o manto do Conquistador, Cristo. Não confie na sua igreja a qual uma vez ensinou a salvação pelo batismo, o Espírito Santo, o qual uma vez ensinou a cura Divina e agora A nega, todo roído por traças de dúvidas e tudo mais. Coloque o manto Daquele que nunca perdeu uma batalha, pois você está em seu caminho para o Jordão. Amém.
106 Agora, ele tinha um manto usado, isto é verdade. E muitas pessoas nesta manhã estão usando mantos usados. Mas quando ele chegou ao Jordão, ele viu que apenas o manto não funcionaria. Correto. E a igreja, a Metodista, a Batista, a Pentecostal, a Presbiteriana, “Oh, nós temos escolas! Para… Oh, nós possuímos todas as éticas, da Bíblia, apropriadas. Temos todo o manto tecido corretamente, as promessas. Temos tudo isto. Oh, fomos batizados, descemos. E somos bastante apostólicos. Temos a fé apostólica. Cremos na cura Divina. Cremos em Deus. Cremos nos Poderes de Deus. Fomos batizados, na Bíblia, a maneira que a Bíblia diz. Recebemos o Espírito Santo. Falamos em línguas. Fazemos tudo aquilo.” Mas, irmão, se essa é a única coisa que você precisa, você encontrará sua necessidade, também, quando você chegar no Jordão.
107 Oh, você pode ter sido ensinado. Você pode ser esperto. Você pode ter um D.D., Doutorado em Divindade. Você pode ter um Ph.D. um doutorado em Filosofia. Você pode ter tudo aquilo, e você tem sua bênção. Você pode ter todos os tipos de graus. Você pode ter o manto da igreja Metodista sobre você. Você pode ter o manto da igreja Pentecostal sobre você. Você pode ter o manto da Assembléia sobre você, ou da Unicidade, ou dos Trinitarianos, ou seja o que for. É apenas um manto usado, para começar, correto, de alguns dogmas feitos pelo homem, foi ensinado, e assim por diante; e mesmo se você foi um cristão, e a igreja tem sido cristã, e usando corretamente o manto.
108 Mas quando Elias, se colocou de pé, visivelmente, para uma ladeira cheia de profetas e críticos enfileirados, vendo o que ele faria. E aqui veio, andando vestido com o manto de Elias. Oh, que coisa! Aleluia! Por outro lado ele é estudado. Ele é culto. Ele é submisso. Ele crê. Não há nada de errado com ele. Ele está descendo para o Jordão. O mundo o está observando.
109 Ó Deus, como precisamos daquilo hoje! Com muitos estudados e estudantes cultos; com tantos homens que podem dividir aquela Bíblia e juntá-La, na matemática; muitos homens que podem fazer grandes coisas na forma de ensinamento; que conhecem a história da Bíblia a cada momento, que podem lhe dizer a hora que a vela foi acesa, e a hora que ela apagou. Eles podem lhe dizer todas estas coisas. E eles… Eles tiveram o batismo na água. Eles obtiveram o batismo espiritual, como eles o chamam, o manto. Eles têm tudo colocado em ordem.
110 A mesma forma tinha Elias. Mas quando ele desceu até o Jordão, para encarar o mundo crítico, o que ele clamou? “Onde está o Deus de Elias?” Não foi o manto de Elias que fez isto. Foi o Poder do Deus de Elias, que fez isto.
111 E a coisa que o mundo necessita nesta manhã é do Poder do Deus de Elias. Você pode ter falado em línguas, gritado, e corrido pelo chão. Mas o que necessitamos é do Poder de Deus do pentecoste, para produzir vidas e coisas que foram vividas naquele dia, no poder apostólico.
112 Um manto usado estava bem, mas ele necessitava de uma chamada viva de Deus no seu coração. Ele precisava de uma unção viva de Deus. Ele vestia um manto usado quando ele chegou no rio, mas ele precisava de uma chamada novinha de primeira mão da parte de Deus, um Poder de Deus de primeira mão, para realizar o milagre.
113 E, meu irmão, não tenhas medo de pedir qualquer coisa para Deus. Você deve requerer de Deus, ou pedir a Deus por qualquer coisa que Ele tenha prometido. Pois, se estou apresentando um Deus que é onipotente e Todo poderoso, e se sou um servo de Deus, eu devo fazer as obras de Deus. E se eu faço a obra de Deus, eu devo requerer de Deus que estas coisas aconteçam, porque Ele requer de mim produzir o impossível. Eu tenho que pedir-Lhe. Tenho que chamar por Ele, e firmar ali e dizer, “Deus, Tu prometeste isto.” Você também, cada pessoa.
114 “Recebereis poder”, Atos 1:8: “depois que o Espírito Santo vier sobre vós.” Depois que o Espírito Santo vier sobre ti! Depois que você estiver envolto como um cristão, depois que sua fé estiver estabelecida em Cristo, então recebereis poder. Aí está você. Sim.
115 E, irmão, irmã, cada um de vocês, nesta manhã, deixe-me dizer isto antes de orar pelos enfermos! Deixe-me dizer isto! Pela ajuda de Deus, orem por mim. Como me coloquei, há dez anos atrás, nesta plataforma, pregando sobre Davi e Golias. Agora, não é um Golias que me impede. Deus o matou antes de mim. Mas a coisa que me impede, é a falta de fé, a falta de algo que eu sabia que estava por perto.
116 E nesta manhã, diante deste pequeno tabernáculo novamente, estou gritando: Onde está o Deus que deu esta promessa? Onde está o Deus que me encontrou com isto, ali? Venha, Deus, e dê-me coragem. Dê-me força. Dê-me uma mente determinada, não importando o que venha ou vá. Seja escuro, ou se parece… Seja como for que parecer, siga em frente. A promessa é verdadeira.
117 E, irmão, irmã, em um destes dias, para vocês, amigos pecadores aqui nesta manhã, e para vocês pessoas que estão tentando personificar o cristianismo. Você pode pertencer a uma igreja. Isto é ótimo. Eu nada tenho a dizer contra isto. Nada contra sua primorosa educação escolar, ou contra a sua teologia. Não tenho nada contra isto. Mas, oh, onde está o Deus?
118 Não era Elias, depois de tudo. Não foi Elias quem abriu aquele rio. Não foi o seu manto. Eliseu o tirou de seu ombro. Ele o dobrou do mesmo modo que Elias fazia. Mas quando ele começou tentar a balançá-lo, não havia nenhum Poder ali. Então ele clamou, sabendo que Deus estava em algum lugar: “Onde está aquele Deus? Onde Ele está?” Então algo deve ter atingido o profeta, pois ele banlançou aquele manto e tocou na água, e ela se abriu para cá e para lá. E diante dos clérigos daquele dia, diante dos críticos daquele dia, ele atravessou o Jordão andando, exatamente como Elias o fez diante dele.
119 Não precisamos dos ensinamentos; nós temos isto. Mas precisamos do Deus de Elias. Precisamos do Poder do Deus de Elias, de volta nas nossas igrejas. O poder para sustentar isto ali, e chamar a Palavra de Deus de “Correta”, indiferentemente.
120 E estamos, cada um aqui neta manhã, como seres humanos; em nosso caminho para o Jordão. “E quando ele chegou no Jordão.” Você chegará ali, em uma destas manhãs ou em uma destas noites.
121 Quando ele chegou ao Jordão, ele estava andando como um conquistador. Mas, quando ele chegou ao Jordão, aquela foi a diferença. Ele estava vestido com um manto usado. Outro homem o havia usado. Mas era um manto bom, e ele conhecia o homem que havia usado o manto.
122 Irmão, irmã, numa destas manhãs, eu tenho que descer até o Jordão.
123 Estava pensando. Nesta tarde, nós vamos até o irmão e irmã Wright. Não os esqueça. Este é o aniversário de bodas de ouro deles. Eu creio, a igreja, eles terão um — um jantar com eles. Eu estava pensando, outro dia: Cinquenta anos! E eu vi os dois, bem amadurecidos e idosos. Eu pensei: “Sim, estou com quarenta e sete anos de idade.” Eles eram recém-casados três anos antes de eu nascer.
124 Quarenta e sete! Estou andando em direção ao Jordão. Eu terei que descer. Eu tenho que chegar lá. Eu vou chegar lá. Pode ser em um acidente na estrada. Posso cair do ar em um avião. Posso receber um tiro, do dardo do diabo em algum lugar e morrer. Eu não sei como partirei. Mas, de uma coisa eu sei, eu vou, e estou andando em direção ao Jordão.
125 Mas quando eu chegar ali, eu desejo saber uma coisa, que eu tenho um manto usado, também. Não estou confiando no meu, porque ele não é bom. Pois, tão logo que Eliseu apanhou o manto de Elias, ele rasgou o seu em pedaços e o jogou fora. E esta é a maneira que aconteceu quando descobri a Cristo. Eu me dilacerei, minhas próprias idéias, minhas próprias besteiras, minhas coisinhas insignificantes. Eu pensei, quando eu era um pequeno, pregador Batista, eu estava como… eu fosse alguém. Mas, eu dilacerei aquilo; eu coloquei o manto Dele. E quando eu chegar ao Jordão, eu desejo me encontrar envolto no Seu manto. Ele proverá aquilo. E chegaremos ali um dia.
Mas vamos orar só um momento.
126 Pai Celestial, enquanto estamos em nossa marcha nesta manhã para o Jordão, como conquistadores, e um dia, temos que apresentar algo no Jordão, isto é, para a morte. E, oh, que coisa horrível será, uma separação de Deus. Não poderemos atravessar. Não. Mas, Elias, quando ele chegou ali, ele tinha o manto de Eliseu… o manto de Elias. E quando ele tirou o manto… de Elias, o homem que era bem aceito diante de Ti, e tu o aceitaste e o levaste para cima Contigo no céu. E Eliseu estava usando o seu manto, então ele apresentou no Jordão, a morte, o manto de Elias. E foi aceito, e o Jordão se abriu, e ele atravessou andando.
127 Querido Deus, um dia, nós temos que descer. Não podemos apresentar nossas boas obras; não temos nenhuma. Não podemos apresentar nada no mundo. Eu nem mesmo desejo nada, para tentar apresentar, mas confio completamente nos méritos de Jesus. Tu O aceitaste, e o ressuscitaste da morte, e Ele foi levado para a Presença de Deus e ali habitará para sempre. E, Deus, eu quero apresentar aquilo para Ti, pois eu creio Nele, eu O amo. E, pela Sua graça, Ele tem nos vestido com o Seu manto. E oro, Pai, para que Tu nos ajudes agora nestes dias de batalha. E onde os homens de Deus devem fazer as obras de Deus, e oro para que Tu nos concedas tomar o manto de Cristo, o poder do Espírito Santo, e chamar pelo Deus que vivia Nele. Conceda isto. No Nome de Cristo, pedimos isto.
128 E enquanto mantemos nossas cabeças inclinadas. Eu apenas gostaria de saber, aqui nesta manhã, se há alguém que está tentando andar em direção ao Jordão, sem este manto. Se há alguém que não está vestido com o manto de Jesus Cristo, embora ele tenha sido usado certa vez pelo filho de Deus. Eu gostaria de saber, se você não está vestido com ele nesta manhã, levantaria você suas mãos para Deus e diria: “Querido Deus, nesta hora, eu agora desejo aceitar isto.”
129 Deus te abençoe, senhora. Alguém mais, gostaria de levantar sua mão? Deus te abençoe, filho. Alguém mais, gostaria de levantar a sua mão? Deus te abençoe, garotinho. Deus te abençoe, jovem. Alguém mais levantaria sua mão? Deus te abençoe, aí atrás, senhor.
130 Apenas diga isto: “Pela ajuda de Deus, nesta manhã eu quero abandonar meu farisaismo, minhas próprias idéias, e meus pensamentos de prazeres e influências, e pecados nos quais tenho vivido. E quero que Cristo coloque sobre mim o Seu manto, nesta manhã, pois eu usarei o Seu manto. Eu sei que Ele é perfeito.” Deus te abençoe, filho. Alguém mais dirá: “E eu apenas levantarei…”
131 Levante sua mão, diga: “Agora desejo aceitar o Espírito Santo na minha vida. Quero estar envolto na Sua retidão. Quando chegar ali naquele dia, eu não me apresentarei e direi: ‘Bem, agora Tu sabes que comprei um pouco de carvão para alguém. Eu fiz isto.'” Isto é bom, isto é muito bom, mas… Algo teve que morrer, para você viver, e somente através de um ato como aquele você pode ser salvo. Você levantará a sua mão? Dizendo: “Cristo, eu agora abandono meu próprio caminho. Eu aceito o Teu caminho. Quero que Tu tenhas misericórdia de mim quando eu chegar no fim do caminho”? Correto. Deus te abençoe, senhora. Deus te abençoe. Correto.
Agora faremos uma oração.
132 Agora, virtuoso Pai Celestial, umas sete, oito, dez mãos se levantaram. Eu não conheço suas condições. Tu sabes tudo a respeito deles. Eu não sei. Mas eles estão necessitados hoje. E eles sentiram que estão necessitados, e estão desejando vir e aceitar ajuda no tempo de problemas; ao ver que, a grande hora que está à mão agora, as bombas atômicas, as grandes coisas que estão esperando por nós.
133 E oro, Pai Celestial, que Tu abençoes estas pessoas, e hoje coloques Tua mão sobre elas e tire toda sua iniquidade e dúvida. E que possam jogar fora seus velhos mantos farisaicos corroídos pela traça, onde os pulgões e os gafanhotos, e as traças de superstições e de igrejas, fizeram buracos através daquilo, e (elas) não fiquem mais. Que eles simplesmente possam jogar isto fora, e que estendam a mão e peguem o manto do Senhor Jesus. Dizendo: “Eu confio Nele. Eu me cubro, não na minha justiça, nem nos meus próprios pensamentos. Mas, desta hora em diante, estou confiando em Ti.” Conceda que eles recebam isto, Pai, pois pedimos no Nome de Cristo. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...