Tenho que me arrepender primeiro para depois ser batizado?

Perguntas e RespostasCategoria: BatismoTenho que me arrepender primeiro para depois ser batizado?
A MENSAGEMA MENSAGEM Staff perguntou há 3 anos

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...
1 Respostas
A MENSAGEMA MENSAGEM Staff respondeu há 3 anos

Arrependei-vos, primeiro, e seja batizado

O novo nascimento não é o batismo com o Espírito Santo

Então, comunhão é para cristãos que são nascidos de novo do Espírito de Deus. E novo nascimento não significa necessariamente agora que você tenha o Espírito Santo. Agora recorde. Agora, muitos ensinam isto. “Eu não conheço ninguém que ensina isto assim”, como o velho Arganbright disse naquela noite do púlpito aqui, vêem. Mas, novo nascimento não é o batismo com o Espírito Santo. As Escrituras não sustentam isto. Eu não creio, vêem, do meu modo de ver isto. Vêem? Eu creio que você é nascido de novo…

O batismo não é para renascimento

E esta é a razão pela qual realmente uso a palavra batismo no Nome de Jesus Cristo, mas não para o renascimento. Agora, os Pentecostais, a igreja Pentecostal Unida, batiza no Nome de Jesus para o novo nascimento. Eu não creio nisto. E eles podem faze-lo, se desejam.

Arrependa-se e seja batizado nas águas

Mas eu creio no que Pedro disse, “Arrependei-vos”, primeiro. A água não perdoa pecados. A Igreja de Cristo prega isto nesta forma. Mas eu creio no arrependimento, piamente sentido; arrepender significa “virar, voltar”, você perdeu a marca, “comece de novo”. Faça aquilo primeiro! E o seu batismo na água é somente uma declaração exterior de algo que foi feito dentro de você, que você aceitou a Cristo como o seu Salvador.
Eu creio que é simplesmente a igreja aqui nesta noite, até onde eu sei, não estou aqui o suficiente para saber quem freqüenta ou não. Recebi uma pequena crítica aqui a não muito tempo atrás ao batizar um homem aqui no tanque, um senhor de idade. E eu cheguei até ele, ele era um bom velho homem. Eu tive o privilégio de dirigir toda sua família a Cristo, todos eles são cristãos. Este velho era um bom homem, e eu gostava dele, então eu cheguei para ele e lhe disse: “Papá, por que você não se torna um Cristão?” Ele me ama.
Ele disse, “Irmão Branham, eu me tornarei um Cristão quando eu for suficientemente bom”.

Cristo não veio para salvar os bons

Eu disse, “Vou lhe dizer o que fazer, Papá. Você olhe ao redor até descobrir um lugar onde você possa ser suficientemente bom, então me diga onde é este lugar que eu quero ir também”. Eu disse, “Cristo nunca veio para salvar bons homens. Ele veio para salvar homens ruins. Quando você pensa que é bom, então Ele não veio para te salvar. Ela veio para salvar aqueles que Ele sabe que são ruins. Vê? Cristo morreu para salvar pecadores. Vê? E eu disse, “Papá, há uma linha bem aqui”.
Ele disse, “Bem, eu fumo estes cigarros”.
Eu disse, “Eu não vou nem mesmo falar sobre eles”.
Ele disse, “Eu já tentei parar, irmão Branham”.
Eu disse, “Está bem, nós não vamos falar sobre cigarros”.
Ele disse, “Bem, quando posso…”
Eu disse, “Não, não fale mais sobre eles, deixe-os de um lado. Eu desejo te fazer uma pergunta”.
Ele disse: “Está bem, o que é?”
Eu disse: “Você crê que existe um Deus?”
Disse,”Claro, eu creio”. Disse, “Eu creio nisto com toda as forças, penso eu, irmão Branham”.
Eu disse, “Você crê que este mesmo Deus atravessou Sua linhagem e foi feito carne e habitou no nosso meio na Pessoa de Jesus Cristo, para salvar o homem?”
Ele disse, “Sim, eu creio nisto”.
“E Ele morreu para salvar pecadores como você e eu somos?” Vêem?
“Sim, eu creio nisto”.
Eu disse, “Agora, é simplesmente assim. Estamos todos em um grande edifício aqui, e estamos na cadeia, e eu não posso me colocar neste canto e dizer “isto me ajudará a sair da cadeia”; e ficar ali naquele canto e dizer, “aquilo me ajudará a sair da cadeia”, estamos todos no mesmo dilema. E cada homem que nasceu neste mundo, nasceu em pecado, formado em iniqüidade, veio ao mundo falando mentiras. Para começar, ele é um renegado”.
Alguém perguntou outro dia, e disse, “Irmão Branham, se… havia alguma diferença entre Adão e Eva, e os seus filhos hoje, se eles estavam todos nus, andando no… haveria – seus corpos eram da mesma forma?”
Eu disse, “Não, senhor”. Estávamos vindo de uma caçada de esquilos para casa, o irmão Fred e eu, um grupo deles. Eu disse, “Não, eles não eram da mesma forma”.
Disse, “Você quer dizer que Eva não era uma mulher como suas filhas, e Adão não era um homem como os seus filhos?”
Eu disse, “Em muitos aspectos, mas não no aspecto físico”.
Ele disse, “Qual seria a diferença?”
Eu disse, “Eles não tinham umbigo. Eles foram criados. Certo. Eles não estavam ligados a nada”.
Desde que aquilo confirma tudo que nasce neste mundo, mostra que para começar, é renegado. Isto é certo. Eu disse, “Claro, há uma diferença. Eles não tinham umbigo. Eles não estavam ligados a nenhuma fêmea, para virem aqui”. Vêem, Deus os criou.
Agora, eu disse, “Eu desejo dizer algo. Todo homem nesta prisão, quem é santo? Quem não nasceu através de sexo? Quem pode ajudar o outro, não importa o que seja ele! Estamos todos nesta mesma prisão. Mas Deus fez para Si Mesmo uma de Suas criações e veio além de sexo, através do santo Sangue que Ele Mesmo criou, e através daquele Sangue Ele nos remiu”. Eu disse, “Você crê nisto, Papá?”
Ele disse, “Eu creio nisto”.
Eu disse, “Cristo morreu por homens ruins como você. Agora, há somente uma maneira para fazer. Não há nada que você possa fazer. Ele te oferece isto. Você não tem méritos com isto. Nada pode você fazer para obter isto. Ele simplesmente te dá isto. Você aceitará o que Ele fez por você, para te livrar do inferno?”
Ele disse, “Eu farei isto”. Ele disse, “Mas se eu simplesmente pudesse me livrar destes cigarros”.

Creia de todo coração para ser batizado

Eu disse, “Os cigarros tomarão conta de si mesmos. Você simplesmente…” (Realmente não sou um legalista, eu creio na graça, “E todo aquele que o Pai me tem dado virá a mim”). Eu disse, “Se todo aquele que o Pai me tem dado virá a mim”. Eu disse, “Se crê nisto de todo coração”.
Ele disse, “De todo meu coração, eu creio nisto”.
“Então aceitará você isto nestes princípios, que você não é digno disto, mas é ele Quem é digno. Não olhe para si mesmo; olhe para Ele porque você não pode fazer nada por si mesmo. Olhe para Quem fez algo por você. E Ele?”
“Oh”, ele disse, “Ele é digno”.
Eu disse, “É isto, então aceite o que ele te dá”.
Ele disse, “Eu aceito”.
E eu o batizei no Nome de Jesus Cristo. E Ele saiu dali e acendeu um cigarro.
A poucas semanas atrás eu fui até seu lar. Eu tive uma visão certa noite, de uma árvore sempre-viva sendo cortada, virada de cabeça para baixo. Eu vi tábuas com pregos nela. Perto da última tábua havia uma tábua notável. E abaixo daquela tábua, bem perto do fim, acabando assim, a árvore quebrou bem ali. E uma Voz disse, “Deveria ter sido você”, ou, “Teria sido você”. E o Papá Cox caiu, bateu suas costas ali. E então na manhã seguinte eles trouxeram seus cigarros para ele quando ele estava na cama, o desejo o havia deixado. Semanas atrás! Ele nunca mais os provou, não quis nem mesmo um ou nada mais. Vê? E eu o vi algum tempo atrás, quando suas mãos estavam todas amareladas, a poucas semanas atrás, de cigarros, e agora ele não suporta nem mesmo um perto dele. Coloque em primeiro lugar o essencial! Não tente ser bom; para começar você é mau, e não há nada que você possa fazer. Há uma linha de separação, e todos os seres humanos estão daquele lado.
Agora, quando eu nasci neste mundo, isto foi entre um matrimônio santo, entre meu pai e mãe; em seu ventre havia um óvulo, nas glândulas do meu pai havia uma célula sanguínea. Minha vida consiste daquela célula sanguínea (não do óvulo de minha mãe), da célula sanguínea de meu pai. E quando aquela célula sanguínea entrou em seu lugar propício, para encontrar-se com o óvulo, quando isto aconteceu, Deus ordenou a natureza para que me desse um corpo. E foi então naquilo que nasci na raça humana, me foi dada uma oportunidade para – para me tornar uma pessoa inteligente como são os seres humanos, onde eu podia dirigir um automóvel, ou para que eu pudesse fazer coisas como os seres humanos fazem, andar, falar, dirigir um automóvel, e assim sucessivamente. Me foi dado aquilo, porque eu nasci numa família humana, e me foi dado o poder da inteligência para ser um ser humano.

Cristo é quem batiza com o Espírito Santo

Agora, quando nasci na família de Deus, vim através do Sangue, o Sangue me deu Vida. E então depois de me tornar vivo em Cristo, Ele me batizou com o Espírito Santo e poder, para ser um filho de Deus. Agora, exatamente como eu pude andar, falar como um ser humano, dirigir meu carro como um ser humano. Agora quando eu recebo o Espírito Santo, eu recebo poder para expulsar demônios, para falar em línguas estranhas, pregar o Evangelho, curar os enfermos. Eu sou batizado! Não nascido, mas batizado! “Eles se reuniam no cenáculo, todos orando em Seu Nome, e foram batizados com o Espírito Santo, e o poder desceu no culto”. Amém.

Mensagem: A chave para a porta – Parágrafos: 114-136.

Deixe seu comentário