Se Cristo Não Tivesse Vindo


O artigo a seguir, do informativo Lifeline, foi publicado em novembro de 2015.

Estamos chegando ao Natal este mês, uma época do ano em que o mundo está dando e recebendo presentes. Mas nos perguntamos quantos compreendem qual foi o maior de todos os presentes já dado ao homem desta terra.

Agora, quando Jesus esteve aqui na terra, Ele foi o maior Presente que Deus já deu à terra, porque Ele era Deus. Deus estava em Cristo, reconciliando Consigo o mundo.

55-1004 Vinde, Argui-Me

Você já parou para se perguntar onde estaria hoje se o Senhor Jesus nunca tivesse vindo para nos redimir do nosso pecado?

Sabemos que Jesus realmente nasceu em abril, não em dezembro. No entanto, uma vez que esta é a época em que o mundo celebra Seu nascimento, sentimos que seria apropriado trazer este pensamento a você em nossa edição de dezembro de Lifeline.

Seus antepassados, mesmo que alguns tenham sido americanos nativos, originalmente vieram para as Américas a partir do “Velho Mundo”. Se os vossos antepassados tivessem vindo de Israel, e Cristo não tivesse vindo, você provavelmente ainda estaria seguindo uma das três formas de judaísmo praticadas hoje: Ortodoxa, Conservadora ou Reformada.

Na época do nascimento de Jesus, o Judaísmo era a ÚNICA religião não-pagã no mundo. Todo o resto do mundo habitado adorava várias divindades ou ídolos feitos pelo homem. Os cientistas acreditam que a “religião” seja universal para a humanidade, e tem sido encontrada em todas as culturas humanas já estudadas.

Onde VOCÊ estaria hoje, se Cristo não tivesse vindo?

Como seria esse mundo? Estaríamos ainda na “idade da pedra” ou na “idade do ferro”? Nós não pensamos assim.

Embora muitas pessoas pensem que a civilização foi o resultado do cristianismo, que a igreja católica romana influenciou a “Era dos Descobrimentos” enviando seus “missionários” para explorar outras partes do mundo, isso não é verdade. Veja o que o Profeta de Deus disse sobre a “civilização”.

Mas você sabia que a civilização, a ciência, a instrução e as coisas que hoje tanto valorizamos são o próprio instrumento de Satanás, até mesmo a civilização? A civilização nunca veio por Deus. A civilização veio por Satanás. Agora, vou lhe provar isso pela Palavra, em apenas alguns minutos.

A civilização não é de Deus. Porque, deixem-me mostrar-lhes; nesta civilização, quanto mais civilizados nos tornamos à medida que trabalhamos por meio da ciência, estamos sempre nos matando a nós mesmos. Estão vendo? E esta civilização chegou ao seu apogeu agora, e temos morte nesta civilização. Temos pecado nesta civilização. Temos enfermidades nesta civilização. Isso não pode ser de Deus.

Visto que a civilização veio por Satanás, se Cristo NÃO tivesse vindo, ela ainda assim teria progredido tal como progrediu, pois sabemos que Satanás é o governante deste mundo.

O que seria diferente, então? Bem, para começar, embora o povo judeu ainda tivesse o Antigo Testamento, nenhum Novo Testamento teria sido escrito.

Haveria construções especificamente construídas para a adoração de deidades, mas provavelmente seriam templos pagãos, como havia na Grécia antiga, Roma, Itália e outras nações desenvolvidas daquela época.

Se Cristo não tivesse vindo, a quem você iria quando surgisse um problema sério? Orar a um ídolo pagão ou a alguma força da natureza não teria resolvido nada.

Quando seu bebê estivesse doente, quem poderia curá-lo? Certamente que nenhum deus pagão teria esse poder.

E quando você chegasse ao fim da vida? Embora a maioria das religiões pagãs ensinassem sobre uma vida após a morte, você poderia realmente contar com o que seu sacerdote pagão dissesse?

O irmão Branham disse:

Se Jesus não tivesse vindo, Jó não poderia ter sido redimido, porque Ele era o Cordeiro morto desde a fundação do mundo. Ele conhecia Seu lugar. Ele conhecia Sua posição.

Oh, você não está feliz de que Jesus Cristo tenha vindo? Pois sem Ele, não teríamos absolutamente nenhum meio de salvação para nossa alma. Estaríamos perdidos, sem esperança de vida além do túmulo.

O tema para esta edição do Lifeline surgiu quando topamos com um poema pequeno escrito por um adolescente e publicado em uma publicação da Jovens para Cristo há mais de 60 anos. Achamos que ele expressa o que todos sentimos sobre a primeira vinda de nosso Senhor Jesus.

Se Cristo não tivesse vindo a esta terra aqui embaixo,

Não teríamos nenhum Salvador maravilhoso a conhecer.

Se Cristo não tivesse nascido num estábulo tão humilde,

Não poderíamos orar “Pai” àquele que é Santo.

Se Cristo não tivesse deitado numa pobre manjedoura,

Ele não poderia ter vindo para o mais pobre forasteiro.

Se Ele não pudesse curar os enfermos e fazer o cego ver,

Ele nunca poderia ter tirado de mim os meus fardos.

Se a coroa de espinhos não tivesse perfurado Sua testa,

Ele não teria sido meu Salvador agora.

Se Ele não tivesse sido levado a subir a colina do Calvário,

Diante Dele em oração eu não poderia inclinar a cabeça.

Se Ele não tivesse sido pendurado no madeiro do Calvário,

Eu agora não estaria livre de todos os meus pecados;

Se a história da Ressurreição não fosse verdade,

Eu não iria me encontrar com Ele além do céu azul.

Assim, se Cristo não tivesse vindo a esta Terra, veja você,

Não haveria nada na vida para mim.

Para encerrar, gostaríamos de deixá-lo com um presente especial, uma oração que é uma porção da Palavra de Deus que Seu profeta nos trouxe do Tabernáculo Branham, há cinquenta e cinco anos, neste Natal:

Deus santo e bondoso, que nos deu o maior Presente que este mundo já conheceu, o Senhor Jesus Cristo, nós humildemente vimos a Ti esta noite em ação de graças e expressando, do mais íntimo do nosso ser, as profundas adorações do nosso coração a Ti, por este maravilhoso Presente. Não temos nada a dar em troca. E foi muito pouco o que Tu pediste; apenas “vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu tomarei os vossos fardos e os vossos pecados, e vos libertarei.” Oh, que troca! Ninguém poderia fazer isso além de Ti, nosso Pai. E nós Te agradecemos por teres feito isso por nós. E somos Tuas testemunhas nesta hora, de que Tu tomas os nossos fardos e pecados, e nos dás alegria e paz, em lugar disso. Como somos gratos, Senhor, por esta experiência cristã interior, o Natal em nosso coração. Estamos tão felizes por isso. Tão felizes em saber que estamos vivendo no dia do fim, quando vemos os sinais vindo novamente como aconteceu naquele dia, da Sua aproximação. Humilhamos nosso coração em Tua Presença, ó Grande Nobre. Que o Teu Espírito reine supremamente em nosso coração, em nossa vida. E fortalece-nos, de dentro para fora, para que possamos ser Teus servos, nesta hora grande e escura com que o mundo está agora se defrontando.

Apresentamos esta leitura da Tua Palavra, Senhor, a Ti, para este único propósito, que, a partir Disso, o Espírito Santo possa reunir um contexto que seja suficiente esta noite, como uma Mensagem de Natal para o Teu povo que está esperando. E estamos esperando em Ti. Senhor, circuncida os lábios que irão falar, e os ouvidos que irão ouvir. E fortalece, e põe Vida nas Palavras que saem, para que possam nos trazer a um melhor conhecimento do Senhor Jesus. Pois pedimos isso em Seu Nome. Amém.

60-1225 O Presente Embrulhado de Deus

Fonte: Voice of God Recordings

gravações a voz de Deus

Posted in Notícias.

Deixe seu comentário

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...