ASSIM NOS CONVÉM CUMPRIR TODA A JUSTIÇA
01 de outubro de 1961
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 É sempre um privilégio vir à casa do Senhor. Eu nunca, em minha vida, nunca aconteceu de eu me arrepender de vir à Sua casa. É um…Porém eu suponho nesta manhã que é uma das épocas mais difíceis que já passei. Sim, isto é certo. Então, as coisas acontecem na vida, nós sabemos disto, que temos que encarar. E devemos lembrar disto, que isto vem para todos.
2 E estamos bastante agradecidos nesta manhã, eu estou, e eu sei que meus irmãos e irmãs estão bastantes agradecidos a Deus, em saber que nossa mãe está salva.
3 E ela está velha, e eu tenho esperado por isto a algum tempo, porque ela é mãe de muitos, e ela esmagou a sua vida. Nos dias da minha mãe, eles não tinham as coisas que têm agora, para cuidarem das mães quando elas têm um bebê. Talvez, mamãe dava à luz a um filho de manhã e naquela tarde se levantava para lavar roupas. E então agora elas ficam no hospital por vários dias, com todas as espécies de medicamentos que existem. Estamos agradecidos por tais coisas que podem ajudar estas mães e todos.
4 Ela está muito, muito perto de morrer agora. E eu….(O irmão Branham chora – Ed.) É simplesmente um – apenas um pouquinho difícil nesta manhã, mas mesmo assim eu – eu prometi estar aqui. E eu…
5 Agora, eu não posso dizer que a minha mãe está partindo. Eu sempre disse isto. E muitos são testemunhas, sobre visões. Eu disse, “Se minha própria mãe estivesse deitada, morrendo, e olhasse para meu rosto e dissesse, “Billy, o -o que será de mim? Eu disse,. “A não ser que Deus me dissesse, eu não saberia. Eu – eu não poderia dizer. E aquela própria coisa veio a acontecer. Se mamãe está partindo, com certeza Ele tem guardado isto em segredo de mim”.
Antes de meu pai morrer, eu tive uma visão com ele partindo.
6 Quando eu ainda era pecador, eu vi meu irmão, o primeiro, ele estava partindo.
7 Howard. Eu lhes contei tudo, dois ou três anos antes dele partir, sobre sua partida
8 Mas, quanto a mamãe, Ele não disse uma só palavra para mim. E se ela está partindo, é algo que eu não sei nada a respeito. Embora, nós tivéssemos…O médico disse que ele não viu como ela sobreviveu no último domingo. E ela está muito fraca. Mas, contudo, quando eu estava…
9 Cerca de um mês atrás, como fiz com a Sra Broy; eu sempre gosto de examinar as pessoas, para saber se estão próximas do fim, para ver exatamente como eles se firmaram. Devemos ter certeza disto. Não queremos apenas dizer, “Bem, talvez esteja tudo bem”. Queremos estar positivos que esteja certo.
10 Eu tive uma boa e longa conversa com a mamãe certa manhã. Ela disse, “Billy, eu – eu tenho vivido o que eu tinha que viver”. Ela disse, “Eu não tenho nada mais para viver”. Ela disse, “Eu tenho que partir”. E disse, “Eu prefiro partir, para estar com o papai e com alguns dos outros filhos que estão ali. Eu verei a todos vocês”.
11 E quando ela estava sendo colocada na ambulância para ser levada ao hospital, para lhe darem glicose, porque ela não podia comer nada. Eles tiveram que lhe aplicar glicose através de suas veias. E eu lhe disse, quando a estávamos colocando na ambulância, eu disse, “Agora, mamãe, tudo está certo”.
Ela disse, “Estou ansiosa por partir”.
12 E eu disse, “Mamãe, se a senhora tivesse me deixado um tesouro sobre a terra, de cem milhões de dólares, para nós os filhos, ou se a senhora tivesse deixado uma casa que alcançasse de uma cidade a outra, isto nada seria em comparação com este testemunho que a senhora está nos deixando” Estou pronta para partir”. É um tesouro que o dinheiro não pode comprar, saber disto.
13 Portando, diante disto, eu me coloco corajosamente, crendo nestas coisas que tenho pregado. Isto é bom para minha mãe, e é bom para a mãe das outras pessoas, é bom para todos nós. Eu não poderia dizer, “Deus, não a leve”. Porque, eu sei que logo que sua alma deixar este corpo mortal, ela terá outro esperando. E ela será uma mulher jovem outra vez, em apenas alguns minutos depois que ela partir daqui.
14 Você já observou a um nenezinho quando nasce, seus pequenos músculos se torcendo e movendo? Mas quando ele chega na terra, ele recebe um espírito, e então ele se torna uma alma viva. E logo que a alma sai daquele corpinho, há uma outra esperando por ele. Vêem? Porque, primeiro, Deus faz a alma e o espírito, e ele apenas vai para os corpos. E, e quando saímos daqui, nós simplesmente mudamos o lugar de morar e vamos a outro lugar.” Pois se este tabernáculo terrestre for dissolvido, nós já temos um esperando”. Então, este é o nosso consolo.
Agora oremos:
15 Nosso glorioso Pai Celestial, o que poderíamos fazer nestas horas de grande necessidade, se não fosse por Ti? Porém nossa esperança não está edificada em nada mais a não ser no Sangue de Jesus e a justiça! E estamos felizes em saber que há uma terra além do rio. Pois quando Tu terminares conosco nesta terra, nós apenas trocaremos de morada, para àquela gloriosa Terra, no além, onde não há enfermidade ou dor no coração, morte ou separação. Nós sempre estaremos Contigo e com nossos amados. Então, nós Te agradecemos por esta esperança gloriosa que está em nosso peito hoje,
16 E pareceu Senhor, difícil para mim ter que chegar nesta manhã; não para Te servir, mas para saber que estou nervoso e querendo saber como serei capaz de trazer esta Mensagem nesta manhã para a igreja, que eu sinto que Tu colocaste em meu coração. Como o inimigo me envolveu, envolveu nisto! Mas eu cheguei até aqui, no púlpito, em Teu Nome. E eu entrego a mim mesmo, com a Mensagem e tudo, em Tuas mãos, e sei que Tu és mais do que capaz de tomar Isto em cada coração, e de prover tudo que temos necessidade. Entregamos tudo a Ti agora, e nós mesmos, a Teu serviço; como meus lábios são Tua boca, e meus ouvidos como Teu posto de escuta. Abençoe-nos, Senhor.
17 E que as outras mães, pais, e aqueles que serão nos dias vindouros, se o mundo durar, que eles possam preparar e saberem. Também, que eles podem descer algum dia a esta hora que a mamãe tem chegado. Eu oro, Deus, que possam fazer sua preparação hoje. Pois não há mais nenhuma coisa no mundo que importa. Que dinheiro algum possa comprar, nenhuma popularidade possa sustentar; nada possa ajudar, exceto Deus, e somente Deus. E seguramos em Tua mão imutável, sabendo que Ele tem dito, “Os passos dos justos são ordenados pelo Senhor”. Então este pequeno sofrimento que temos agora, na vida presente, significará tão pouco. Como o poeta tem expressado isto, “As labutas do caminho não parecerão nada, quando chegarmos no fim da estrada”.
18 Ajuda-nos, Senhor, vamos em direção da marca da soberania vocação; sabendo que um dia bem além daqui, nós nos encontraremos mais tarde. Abençoe nossas palavras agora. Abençoe nosso culto. Cada filho de Deus que está aqui, que seus corações possam estar aquecidos e agitados nesta manhã. E, Pai, eu necessito um pouco disto, eu mesmo. Eu oro para que Tu concedas isto, todas estas coisas, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.
19 Agora eu observei que aqui temos um punhado de lenços. E eu… Daqui a pouco chegaremos neles.
20 Eu cheguei de viagem onde estive numa caçada, com um homem, perto do Alaska. Você sabe, esta estação é a estação que eu coloco de um lado, o outono do ano, para me refazer, me preparando para as estações que estão à frente, para as reuniões.
21 Eu não sou muito forte, bem, eu diria, nos meus nervos. Eu tenho um – um péssimo sistema nervos. E eu presumo que seja necessário este tipo de sistema para fazer o ministério que o Senhor tem me dado. Você não pode ter tudo glorioso, na terra. Fisicamente, sou muito agradecido por um corpo forte. Porém meu sistema nervoso, porque você joga bem na linha entre o natural e o sobrenatural, e isto te rasga em pedaços. E eu nunca tentei me assentar e explicar isso à minha congregação, porque eles não compreenderão isto. Porque, eu mesmo, não compreendo isto. Mas mesmo os médicos, me examinaram e fizeram aquele teste de pressão dos nervos; disseram que nunca viram nada como aquilo, vêem, como muda de lugar, e vai diretamente para o outro. Eu não compreendo suas pesquisas científicas e, ou o que têm feito, a maneira deles fazerem estas coisas. Mas eu sei que algo aconteceu comigo outro dia, quando Cristo me segurou, eu fui mudado…
22 E eu gostaria apenas de dizer isto, isto pode me fortificar. Isto parece ser uma coisa muito estranha para falar, nesta manhã. Mas antes de entrar na minha Mensagem, como que para me acalmar, eu gostaria de dizer isto. Quando eu anunciei que estaria aqui, eu não sabia que a mamãe estaria doente.
23 E eu também anunciei o culto para hoje a noite. O Senhor permitindo, nós o teremos. Eu estarei aqui nesta noite, falando, se o pastor concordar. (O irmão Neville diz, “Sim, senhor” – Ed.) E eu gostaria de falar sobre, “O Consolador tem chegado”, nesta noite. E então isto é para o culto de hoje à noite. E nós teremos a celebração da comunhão aqui nesta noite. E todas as pessoas estão cordialmente convidadas a virem e – e tomarem a comunhão conosco nesta noite, e para a Mensagem.
24 Foi na última primavera quando eu estava lá em cima no Alaska, ou em cima perto do Alaska, na Columbia Britânica, para… para as reuniões, pois o Senhor nos deu um tempo tão glorioso. E eu – eu sempre amei o ar livre.
25 Vocês podem me ouvir bem aí atrás? Podem… Se podem, levantem usas mãos, aí atrás.
26 Eu sempre amei o ar livre. Como qualquer um que conhece nossa família sabe disto. Minha mãe, morrendo ali agora, sua mãe era índia. E a minha conversão nunca mudou isto, e eu… o meu amor para com o ar livre; e estou feliz, porque em alguma parte eu vejo Deus. Eu muitas vezes não saio só para caçar corças, é – é para estar a sós com Deus. Eu caço só.
27 E enquanto eu estava ali em cima, eu encontrei com alguns bons poderosos guias. Estes são os sujeitos, no Canadá e em outros lugares, antes que você entre na selva, a comissão de caça te apresenta a um guia. E aquele guia tem que estar com você.
28 E eu encontrei com um maravilhoso irmão cristão, jovem, pentecostal, que era um guia famoso no Canadá. Sua esposa era uma gloriosa mulher salva. E ele tem cêrca de quarenta anos de idade, e tinha cinco filhinhos, rapazinhos, de dezoito até dois anos de idade. E lhe foi concedida uma grande região de quinhentas milhas do “Alcan Road”, para seu espaço de guia.
29 Há alguns índios ali atrás que não quiseram mudar, e eles eram muito arrogantes, e colocaram uma placa, “Se você entrar aqui, haverá sangue derramado”. Mas, mesmo assim, nós seguimos em frente passando por aquilo, e voltamos, porque eu queria falar com aqueles índios. Além disto, a terra era deles antes de ser nossa, vocês sabem. E tive um bom tempo com ele, na última primavera, lhes falando sobre o Senhor Jesus.
30 E um velho, o velho pai da tribo, tinha quase cem anos. Ele tinha seu…..eu podia ver porque ele não queria ir. Eles enterram seus mortos em um tronco, e penduram o tronco em cima de uma árvore. Eles tinham dois filhinhos sepultados ali. Naturalmente, ele não queria partir. Eu pude ver porque ele não queria partir. E a reserva, o – o governo do Canadá, as autoridades de Canadá disseram, “Se eles ficarem arrogantes, eles simplesmente o tirariam dali e os fariam partir”. Ora, dá raiva vê-los fazer isto; seus filhos pendurados ali nas árvores.
31 E então, no entanto, os rios que descem nos separam e não pudemos entrar na região onde íamos caçar o urso grizzly. Este Sr. Southwick, é Southwick era o guia. E ele…. e eu estava com um novo ministro, Eddie Byskal. E então seu filho….O Sr. Southwick tinha um – um irmão mais novo, com cerca de…entre vinte e cinco a trinta anos de idade, estava seriamente atacado de epilepsia.
32 O Sr. Southwick havia acabado de se tornar um cristão, cêrca de um ano atrás. Ele era um “cowboy” antes e eles são violentos, você sabe, em seu modo de vida. E então ele havia se tornado um cristão, e ele estava crendo. E ele disse, “Eu li seu livro, irmão Branham”. E ele continuou insinuando, ali, sobre seu irmão com epilepsia. Ele disse, “Oh, se eu pudesse apenas levar meu irmão até você!” Bem, você sabe como isto te faz sentir, você fica sem ajuda, não pode fazer nada, e você simplesmente quer saber como tudo isto pode acontecer.
33 Então no Canadá, geralmente os homens que…Vocês homens que saem viajando, sabem, manejar cavalos. E eu amo os cavalos e os animais. Eles geralmente amarram um laço no rabo, e os deixam andar em fila, os cavalos de carga em fila. Mas ali você não pode fazer isto, por causa da argila, você perderia um cavalo, você poderia perder toda a tropa. Então simplesmente temos que ir e debater com eles pelo caminho.
34 E eu estava lá bem atrás, num cavalo novo, debatendo, tentando fazê-los voltar para o caminho. E o Espírito Santo, em Sua graça, desceu. Eu meti as esporas no meu cavalo, passando pela fileira, até onde o Sr. Southwick estava guiando bem na frente, através dos arbustos. E eu disse, “Companheiro”?
Ele disse, “Sim, irmão Branham”.
Eu disse, “Confiaria você na minha palavra?”
Ele disse, “Em qualquer coisa que disser”.
35 E eu disse, “Eu tenho o Assim Diz o Senhor para você”. Eu disse, “Vá e traga o seu irmão de Fort Saint John”, que está a setecentos ou oitocentos milhas de distância, “traga-o até o rodovia aqui”. E ele vivia em um velho barracão com uma velha lareira ali por um fogão, tinha seus filhos ali. E eu disse, “A primeira vez que ele tiver um ataque epiléptico, arranque sua camisa de suas costas. Eu lhe direi o que fazer. Jogue-a no fogo, e diga, “Eu faço isto no Nome de Jesus Cristo”.
Ele disse, “Eu farei isto”.
36 Então ele foi, trouxe o seu irmão, o levou até ali. E naquela manhã ele teve que sair numa trilha, com alguns homens da proteção. E seu irmão geralmente tem dois ou três daqueles ataques, por dia, os tem desde garotinho. E sua esposa morria de medo, dele, quando tinha aqueles ataques, porque ele ficava violento; ele era um sujeito jovem e muito forte.
37 E ele teve um ataque, depois que o Bud saiu. Em vez dela pular pela janela, como ela geralmente fazia, tirando os seus filhos do caminho, ela apenas pulou montando em cima dele, e arrancou sua camisa, uma mulher cheia do Espírito Santo, arrancou sua camisa e a jogou no fogo, e disse, “Eu faço isto em Nome de Jesus Cristo”. Ele nunca mais teve outro. Isto foi na última primavera.
38 Muitas vezes, eu sei que tem sido um pouquinho difícil. Pessoas que não compreendem, dizem, “Irmão Branham, por que você sai para caçadas?” Vêem, eles simplesmente não compreendem. Não há necessidade de tentar explicar isto, vêem. Você apanha pessoas ali que nunca seriam apanhadas.
39 Cerca de dois meses atrás, ou perto disto, eu fui acordado certa manhã. Eu creio, não tenho certeza, eu contei isto para a maioria da igreja. Há muitos aqui que me ouviram dizendo isto antes que isto acontecesse. E na visão eu vi, que eu tinha visto um grande animal, parecia com um veado. E ele tinha grandes, altos chifres. E ele era….eu tive que ir ao redor em um lugar, argiloso, assim, para chegar nele. E ele era um animal muito famoso. Era um grande animal troféu. E ali havia um homem que vi vestido numa camisa verde enxadrezada. E então, na estrada, depois de eu ter tomado o animal, eu ouvi uma – uma voz dizer que, “Aqueles chifres têm quarenta e duas polegadas de altura”. Que é mais ou menos desta altura. E era um animal gigantesco. E no caminho de volta, eu vi um imenso urso grizzly prateado.
40 Agora, este é um urso famoso. Existem quatro na família grizzly. Um é o prateado, que é o famoso. O seguinte é chamado, o nome nativo, Kadish, que é preto, com orelhas redondas. O terceiro, é o grizzly comum, que está entre o preto e o marrom, um urso imenso. E outro é o Kodiak, que são encontrados somente nas ilhas Kodiak e – e no oeste do Alaska; ele é grande, gigantesco, o maior de todos os ursos, mas ele é um grizzly. Porém o prateado é preto, e o branco é… o prateado está nas pontas do pelo. Ele é o que é famoso, muito alto e forte, um urso mal humorado.
41 Eu acertei o urso com um tiro no coração. O matei. Mas eu fui interrogado, um pequeno rifle que eu tinha, como o matei? E eu havia dito aos irmãos. Quantos aqui me ouviram contar sobre aquilo antes que acontecesse? Levantem as mãos. Bem, naturalmente a maioria, Vêem.
42 E então o Sr. Arganbright me chamou e queria que eu fosse até o Alaska. Bem, em vez de ir ao Alaska, eu senti dirigido a voltar aqui nesta viagem, aqui em cima com Bud, porque eu o havia prometido.
43 Quando eu cheguei ali em cima, eu disse a sua esposa e a todas as pessoas ali ao redor, estas coisas que Ele havia dito, “Mas agora, quem de vocês tem uma camisa verde, enxadrezadas?” Ninguém possuía uma. “Bem, eu disse, “então deve ser na outra viagem que eu fizer. Mas, em alguma parte o Senhor me dará isto, exatamente”. Então eu disse. “Eu pensei que isto seria nesta viagem”.
44 Bem, nós seguimos, na viagem. E no primeiro dia, quando subimos, acima da floresta, onde não havia árvores, lá nas geleiras, com os nossos cavalos. E no segundo dia, nós caçamos um pouco, e encontramos bastante ovelhas a uns três quartos da distância de lá, e assim por diante, porém isto não estava certo.
45 E você fala sobre um companheirismo, cada um nós pentecostal e tinha o Espírito Santo! Passamos algum tempo ali em cima, e vimos aquelas cores mudando, e aquelas montanhas, e lá em cima onde somente vive Deus! E um grande tempo! Nós não íamos para cama até uma hora da manhã, apenas louvando a Deus e tenho um glorioso tempo!
46 E no segundo dia, nós saímos. E cêrca de seis milhas atrás, lá atrás das geleiras, nós vimos uns carneiros grande. E disse, “Bem, nós voltaremos, e na manhã seguinte ao raiar do dia nós estaremos a caminho”.
47 Então começamos na manhã seguinte, antes da luz do dia; e as nove horas, nós estávamos lá em cima no – lá em cima onde tínhamos visto as geleiras.
48 Mas subindo a estrada, eu tinha visto meu primeiro caribu selvagem. Eu nunca tinha visto um. Eu conhecia os domésticos, no “Lapland’s” e assim por diante. Mas não o caribu; que não é … Um caribu é um nome nativo, é uma rena. E tão incomuns que têm chifres de formato retangulares, assim, um saindo diretamente de seu nariz, e então um painel sai bem na frente; e então os chifres se inclinam, com outro painel da mesma largura.
Bud me havia dito, “Talvez….”
49 Eu disse, “Não, não. Ele…” Eu disse, “Não era um caribu, porque ele não tinha aquele tipo de chifres.” Porém naquela manhã, subindo, porque, eu tinha visto uma fêmea e um novilho. E nós fomos para um lado, e eu o localizei, um touro jovem, correndo.
50 E o irmão Eddie, querendo alimentar os índios de onde ele é o missionário. Ali está um excelente homem, que saiu de uma casa fascinante, e uma esposa que saiu de um lar muito fino. E seus braços estão comidos até aqui, e feridos por causa de pulgas, onde eles viveram com os índios e coisas, ali tentando trazer Cristo aos Índios. Se necessita da graça para fazer isto! Vivendo alí de creme de amendoim e melado, e dormindo naquelas cabanas onde os percevejos, pulgas e tudo mais, simplesmente os come assim, mesmo assim, para trazer o Evangelho de Jesus Cristo.
E então o irmão Eddie dormiu nas colinas.
51 E eu me assentei ali apenas admirando, por duas horas, quando vi a grande montanha com o pico coberto de neve. Eu pensei, “Senhor Deus, deixe-me viver aqui durante o Milênio”. Ver aquelas flores amarelas lá embaixo na colina, e os trevos vermelhos, e tudo harmonizado com as grandes montanhas cobertas de neve, refletidas nos lagos. Há alguma coisa com aquilo, como poder assentar ali e chorar, e chorar, e chorar, porque somente Deus pode pintar aquilo. Não há nada que possa fazer isto, vêem.
52 E eu estava assentado ali, e comecei a pensar, “Bem, eu gostaria de saber o que aconteceu com o irmão Eddie?”
53 Eu cheguei até Bud, e ele estava assentado ali regozijando naquilo, também, por cêrca de duas horas. E nós nos levantamos, e eu vi a filmadora do Eddie ali em cima. Em cima daquelas montanhas, não há nada a não ser musgo para caribu, apenas musgo, é lá em cima onde não nasce árvores.
54 E eu o ví descendo a colina. Ele havia levantado os seus dedos assim, ele estava aproximando silenciosamente do seu jovem caribu. Bem, ele – ele atirou no caribu. E nós apenas nos vestimos, e subimos a colina. E descemos, o suficiente para apanhar um pouco de água.
55 E eu estava simplesmente olhando ao redor com os binóculos. De alguma forma, cêrca de duas milhas de distância de mim, alí estava deitado o meu animal. Eu o vi. Eu disse, “É ele. É aquele”. Eu disse, “Veja aqui, está vendo a argila, temos que ir ao redor daquele lado”. E eu disse, “A única coisa é a… verde, enxadrezada”. E eu olhei, e Eddie estava vestido com uma camisa verde enxadrezada”.
Eu disse, “Eddie, eu pensei que você….”
56 Ele disse, “Irmão Branham, eu não. Minha esposa deve ter colocado aquilo ali”. Ele disse, “Eu apanhei uma camisa limpa nesta manhã, mas eu não sabia disto. Minha esposa deve ter colocado aquilo ali”. Deus nunca falha numa só coisa. Ele é simplesmente perfeito. Alí estava ele com a camisa verde enxadrezada.
57 O guia disse, “Irmão Branham, eu não sei como você chegará até ali”.
58 Eu disse, “Não me importa se ele esteja a cinqüenta milhas de distância, ele é meu!” Eu disse, “Ele me pertence”. E seguimos em direção ao redor daquela argila, apenas, oh, aquele precipício, apenas ao redor.
59 E nós chegamos ali, e eu apanhei aquele grande caribu. E – e em vez dele ter painéis, ele tinha cavilhas; eu nunca vi um daquele jeito. Vê como – como – como Deus faz as coisas?
60 Então dissemos aos rapazes para descerem até o vale, e apanharem os cavalos para pegarem a carne, e nos encontrarem lá embaixo quando descêssemos. Porque , o irmão Bud olhou ao redor, disse, “A visão do irmão Branham, se for verdade a cura do meu irmão, com epilepsia, ele conseguirá aquele animal, não importando o lugar onde ele esteja”. Então ele disse, “Você simplesmente encontre conosco nós o pegaremos, descendo para aquele lugar”.
61 E então quando tiramos o couro dele; o couro e os chifres, e tudo, pesava cêrca de cento e vinte e cinco libras; mas somente, não o corpo com o couro, apenas o couro, a capa. Então ele disse, “Agora, irmão Branham”, disse, “Eu quero lhe perguntar algo”. Disse, “Eu dificilmente pude tirar seu couro aqui”, eu e ele, ambos, um de cada lado. Ele disse, “Você diz que estes chifres teriam” quarenta e duas polegadas”?
Eu disse, “Sim, senhor”.
Ele disse, “Para mim, parece que são noventa”.
Eu disse, “São quarenta e duas”.
E ele disse, “Eu tenho uma fita métrica no meu alforje”.
Eu disse, “Certo, você verá exatamente o que é”.
62 Ele disse, “Então, de acordo com o que você me disse, em alguma parte entre aqui e onde encontraremos aqueles garotos, com aquela camisa verde, você apanhará aquele urso “grizzly prateado”? Disse, “Eu nunca vi um, e tenho vivido nestas montanhas por toda a minha vida”.
Eu disse, “Mas é o Assim Diz o Senhor”.
Disse, “Você sabe onde ele está?”
63 Eu disse, “Não. Mas ele está em alguma parte entre aqui e aqueles rapazes”. Nós podíamos ver lá embaixo onde eles estavam, cêrca de três milhas, lá embaixo na linha da floresta. Eu disse, “Nós o apanharemos”. Agora, isto é interessante!
64 Ele disse, “Então, estaremos ali embaixo dentro de uma hora e meia. E você quer me dizer que você apanhará um grande e monstruoso urso “grizzly”, um prateado, em alguma parte entre aqui e àqueles rapazes?”
Eu disse, “Isto é de acordo com a Sua Palavra”
Ele disse, “Ele está alí”.
65 Então colocamos os chifres na sela, ficaram mais altos que nossas cabeças, e os transportamos. Descemos a colina até chegarmos nas geleiras. E quando chegamos nas geleiras, estava tão quente que nós tivemos que entrar nas geleiras um pouquinho, para refrescarmos. Passamos pela geleira, descemos até chegarmos onde a água estava descendo das geleiras, e lá no…começamos a entrar na floresta. Nós simplesmente nos assentamos para descansar.
66 E virei, e olhei. Eu disse, “Veja, Bud! Parece uma vaca, cêrca de duas milhas de distância”.
67 Ele jogou os binóculos para cima, olhou, disse, “Irmão Branham, valha-me, é um prateado!” Disse, “Veja como ele brilha naquele sol!”.
68 Eu disse, “É ele”. Eu disse, “Bem, vamos apanhá-lo” Então, isto foi o que fizemos, fomos e o apanhamos. De acordo com a visão, já era muito tarde para tirar sua pele então, tivemos que esperar até o dia seguinte.
69 Então depois que apanhamos “grizzly”, descemos, então ele disse, “E você disse que aqueles chifres…” Disse, “Se aqueles chifres tiverem quarenta e duas polegadas, irmão Branham, eu vou desmaiar”.
70 Eu disse, “Você não precisa desmaiar. Mas, eles têm quarenta e duas polegadas, e é isto aí”. Então nós descemos ao…
71 E eu pensei, na visão… Vocês irmãos que levantam suas mãos, e irmãs, a algum tempo atrás, que me ouviram contar isto antes que isto acontecesse. Eu disse que poderia ser Billy Paul. Era um garotinho. Todos vocês se lembram quando eu disse isto, “Uma certa mãozinha”? Porém seu filho tem dezoito anos de idade, e é exatamente do tamanho de Billy Paul. Vêem?
72 E quando eu cheguei lá embaixo, ali estava Eddie vestido com sua camisa verde enxadrezada. Eu vi uma mãozinha passando por aqueles chifres, e quando ele voltou e trouxe a fita métrica, e a colocou ali e segurou, aquele garoto colocou suas mãos. Eu disse, “Veja, Eddie, aquelas mãozinhas no chifres”. E quando ele puxou a fita métrica para cima assim, ele olhou para mim e ficou com a boca bem branca, ele disse, “Irmão Branham, veja aqui! Justamente, quarenta e duas polegadas!”
73 Você pode dizer, “Irmão Branham, por que o senhor conta isto em uma escola dominical?”
74 Estou contando isto por esta razão. Antigamente no Velho Testamento, os velhos sábios e profetas daqueles que partiram, eles adoravam o Deus do Céu, o Qual lhes mostrava visões. Eles amavam a Deus, através da Sua graça, que os amava. Eles almejavam uma Cidade em alguma parte. Algo dentro deles! Eles deixaram suas casas e se tornaram peregrinos, porque estavam procurando uma Cidade em alguma parte. Eles disseram coisas que vemos acontecendo hoje.
75 Aquele mesmo Deus Que os amou, e através de Sua graça, e lhes fez aquelas coisas, é o mesmo Deus que servimos aqui neste Tabernáculo nesta manhã, fazendo as mesmas coisas. E existe, em nosso peito, um desejo por aquela cidade, em alguma parte para onde eles foram. E através de Sua Palavra e pelos sinais do Seu Poder, com o mesmo Espírito e as mesmas profecias, a mesma coisa que Ele fez lá atrás para eles, Ele está fazendo para nós hoje. E você vê isto como uma prova infalível, aquilo é Deus e a Verdade de Deus.
76 Então, seja onde for que estiver aquela grande Cidade, e onde for que estiverem reunidos, eu espero ver minha mãe moribunda, e todos com eles, naquela Cidade ali com aqueles: Abraão, Isaque, Jacó, Daniel, Isaias, Jeremias. Porque, a mesma graça de Deus que os amou, e deu aquelas visões, e mostrou aquelas coisas que viriam é o mesmo Deus hoje fazendo as mesmas coisas para nós, a Verdade Infalível! É a Verdade, amigo.
77 Nosso Pai Celestial, estamos agradecidos. Pois Tu quiseste que eu tivesse estas coisas, eu creio, Senhor, que Tu estavas somente me encorajando, sabendo que haveria um choque. Eu não sei. Tu realmente sabes. E eu sei que não sou mais um menino. Eu não sou o garotinho que costumava pendurar no avental da mamãe. Eu sou um homem de meia idade agora. Oh, como eu Te amo, Senhor! Como creio em Tí! Dê-nos graça agora. Ajude-nos ensinar a Tua Palavra, que outros possam ver e aprender, e conhecer a Tí! Nós pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
78 Para o texto, nesta manhã. Eu creio que isto foi tudo que eu tinha para dizer. Bem, o culto nesta noite, a Santa Ceia, o lava-pés, e assim por diante, isto é tudo. Eu te convidei para ficar e estar conosco. Mas,para o nosso tema nesta manhã, vamos ler na Bíblia, em S. Mateus, capítulo 3, ler uma porção das Escrituras. Eu quero começar com o verso 10 do capítulo 3 de São Mateus.
79 Eu sei que há muitos em pé, e nós odiamos isto; mas se alguns de vocês revezarem com os outros, de quando em quando. Eu….Me desculpem, por ter tomado meu tempo, mas eu….Vocês compreendem. Agora a leitura escriturística.
E também agora está posto o machado à raíz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo.
E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou dígno de levar; Ele vos batizará com Espírito Santo, e com fogo.
Em sua mão tem pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará
Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele.
Mas João apunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por tí, e vens tu a mim?
Jesus, porém respondendo,disse-lhe: Deixa por agora porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele o permitiu.
80 Gostaria de tirar o tema do verso 15:.. deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça.
81 Várias vezes quis saber o porque disto; que Jesus de Nazaré….E muitas vezes me indagaram. Por que um homem como Jesus teve que ser batizado? Por que esta Pessoa teve que ser batizada como um ato de arrependimento e confissão quando Ele era o Santo, Imaculado, Inadulterável Filho do Deus vivo? Por que esta Pessoa teve que ser batizada sendo um homem maduro? O batismo é após a confissão. Ele não tinha confissão alguma para fazer, pois Ele era Deus. E, Ele, por que teve Ele que ser batizado como foi, “para arrependimento”, uma vez que não precisava de nenhum arrependimento, pois Ele era o Deus infalível?” Ele estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não o conheceu”. Por que Ele teve que ser batizado?
82 E você observou a frase antes daquilo? Diz:
“…assim nos convém cumprir toda a justiça”.
83 Em outras palavras. “Isto deve ser cumprido! Toda palavra que Deus tem falado, deve ser cumprida!” Deus não pode dizer nada sem cumprir aquilo. Quando Ele fala, esta é uma obra consumada. Já está consumado quando Deus fala. Deus nunca fala enquanto não está pronto para fazer aquilo acontecer, e, quando Ele fala, é como se já tivesse acontecido.
84 Ora, isso nos dá base para alicerçarmos nossa fé nesta manhã! Quando Deus fala uma palavra, aquilo está consumado. E as promessas que Ele nos tem dado? Tudo que tem dito é uma obra consumada. Então, quando recebemos Sua Palavra em nosso coração, isto já foi feito, isto está completo.
85 E por que Ele então (isto não responde a pergunta) teve que ser batizado? Muitos têm dito, “Ora, Ele foi batizado porque Ele era nosso exemplo”. Isto é verdade até certo ponto, de certo modo isto é verdade, mas não toda a verdade.
86 A Verdade disto é, Ele era o Protótipo, Ele era o Sumo Sacerdote. E antes que o Sumo Sacerdote pudesse ser ungido, ele tinha que ser lavado.
87 Eu quero ler algumas Escrituras para vocês, só um momento, no livro de Êxodo. Creio que é no verso 29 que anotei, ou melhor, no capítulo 29. Quero começar aqui no verso 4 do capítulo 29: “Então farás chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da congregação, e os lavarás com água.
Depois tomarás os vestidos, e vestirás a Arão da túnica e do manto do efode, e efode mesmo, e do peitoral, e o cingirás com o cinto de obra de artífice do efode.
E a mitra porás sobre a sua cabeça; a corda da santidade porás sobre a mitra;
E tomarás o azeite da unção, e o derramarás sobre a sua cabeça; assim o ungirás.
88 Vêem, Arão, o sumo sacerdote, antes de poder ser ungido, tinha que ser lavado com água. Assim, Jesus, antes Dele poder ser ungido, nosso Sumo Sacerdote, Ele foi lavado com água.
89 E então aquele Óleo da unção derramado sobre Ele, para ungi-Lo. Arão era ungido com óleo; Ele foi ungido com o Espírito Santo. “Pois João testemunhou vendo o Espírito de Deus descendo como uma pomba, e vindo sobre Ele; e uma voz dizendo, “Este é meu filho amado em quem me comprazo”. Então a Bíblia diz que “Jesus foi ungido com o Espírito Santo, saiu fazendo boas obras”. Vêem? Ele foi ungido.
90 E antes Dele ser ungido, Ele teve que cumprir toda justiça. Vêem, ele teve que ser lavado com água antes da unção vir sobre Ele.
91 E é um tipo nosso muito bonito hoje, como sacerdotes para Deus. Devemos ser primeiramente batizados, confessar nossos pecados e sermos batizados no Nome de Jesus Cristo, lavando nossos pecados; e então recebermos a Unção, o dom do Espírito Santo. Vêem, lavado primeiro, e então ungido para o serviço. Nenhum ministro deve entrar no púlpito sem primeiro ser batizado no Nome de Jesus Cristo. Porque há somente….Remissão de pecados é somente no Nome de Jesus Cristo, nenhum outro nome sob os céus foi dado ao homem. “Arrependimento e remissão de pecados deve ser ensinado em Seu Nome, começamos em Jerusalém”. Foi alí onde o Espírito Santo caiu e ungiu primeiro. Então, um ministro ou qualquer crente deve ser primeiro lavado de seus pecados, no Nome de Jesus Cristo, e então ser ungido com o Espírito Santo, para trazer um testemunho para Deus.
92 E Cristo foi o testemunho de Deus, porque Deus estava em Cristo, reconciliando o mundo Consigo mesmo. Agora Ele disse:
Deixa por agora, João. Isto é certo
93 Em outras palavras, “João, você é um homem poderoso, você é um grande profeta poderoso. E a sua revelação a Meu respeito é exatamente a verdade. Você sabe Quem eu sou. Você sabe, porque o seu ministério não veio do homem. Seu ministério veio de Deus. Você nunca aprendeu isto do homem. Isto não lhe foi ensinado em um seminário. Mas com a idade de nove anos, você foi para o deserto, porque você nasceu estranho, uma criança peculiar. E desde o seu próprio nascimento, Deus começou a tratar com você. E mesmo antes do seu nascimento, o profeta te viu. E você é a luz deste dia. E no deserto…..Tu sabes Quem eu sou, porque Deus, no deserto, lhe disse que haveria um sinal Me seguindo. E você já testemunhou Disto, e você sabe disto. E conhecemos um ao outro. Nós conhecemos um ao outro. E é verdade que você precisa ser batizado por Mim. Mas deixa por agora, pois, João, se somos as luzes deste dia, nós devemos cumprir toda a justiça. Toda Palavra de Deus deve ser cumprida por nós, para este dia, eis, que está vindo, é como nós. Pois se somos a testemunha verdadeira de Deus hoje, João, somos as luzes desta era. E se somos as luzes desta era, há tantas Escrituras que têm que ser cumpridas durante esta era. E isto depende de nós! “Aleluia! Isto depende de nós, ver que toda a justiça de Deus esta sendo cumprida”.
E o que é a Sua justiça? É a Sua Palavra!
94 Em outras palavras, “João, você sabe Quem eu Sou. Eu sou o Sumo Sacerdote. Isto é verdade, João, e eu tenho necessidade de ser batizado por Tí. Mas nós temos que cumprir toda justiça. E eu tenho necessidade de ser batizado pr tí agora, para cumprir a Palavra de Deus, porque toda a Palavra tem que ser cumprida. E nós somos as luzes do dia, e depende de nós cumprir tudo isto. E eu sei que a tua justiça e o teu desejo é cumprir a Palavra. Ela virá a nós. Nós somos as luzes”.
95 A luz de cada era deve fazer a mesma coisa. Nós sabemos o que tem que ser cumprido. Você que é espiritual e conhece a Palavra de Deus, você vê o que Deus tem prometido. Agora a Palavra não virá tão fácil, porém Ela vem através da observação, você tem que forçar seu caminho para Isto acontecer. Mas, ainda, eis que nos convém cumprir toda justiça de Deus. Nós devemos fazer isto.
96 E agora Jesus realmente reconheceu, em João, que João era um profeta verdadeiro. A Palavra havia falado de João, e Ele sabia que ele era absolutamente o profeta da hora. E João sabia que Jesus era o Messias da hora. E ambos tiveram claramente uma compreensão.
97 Oh, se a Igreja do Deus vivo pudesse apenas ter aquilo em suas cabeças nesta manhã, e seus corações; ora, a Igreja não seria separada por barreiras denominacionais, as diferenças em credos e cores, e assim sucessivamente; que possamos nos reunir no Nome do Senhor Jesus, não tendo nada para nos afastar da verdadeira Palavra do Deus vivo; e andar corretamente naquela linha Escriturística, para cumprir toda justiça de Deus hoje!
98 Pois, qualquer um sabe que estamos vivendo nas Luzes do entardecer. O profeta disse, “Haverá luz no tempo do entardecer”. E então sabemos que estamos vivendo nesta hora, na hora das luzes do entardecer. Então, Senhor Deus, ajude-nos a conceber isto.
99 Vamos voltar só um pouquinho, e tomar alguns personagens que conhecia sua posição em seu dia, e estava desejando suportar crítica ou qualquer coisa a mais, para que a Palavra de Deus pudesse ser cumprida.
100 Tomemos por exemplo, Noé e seu dia. Noé era o apropriado, depois que ele encontrou com Deus e soube dos planos de Deus para o dia.
101 Agora, você não pode fazer nada a não ser que você saiba o que esta fazendo. Você deve saber qual é a vontade de Deus. Você deve saber qual é Seu plano e Seu desejo, e isto ser revelado a você, então não há nada que impedirá isto.
102 Agora, Noé sabia, porque ele não obteve seu ministério de alguma escola educacional, mas ele havia falado face a face com Deus. E ele sabia que haveria um dilúvio. Ele sabia que a chuva derramaria dos céus, como rios se abrindo, embora aquilo fosse totalmente contra o assunto cientifico daquele dia. Os cientistas, sem dúvida, criticaram Noé, e disseram, “Nós podemos te provar cientificamente que não existe água lá em cima”.
103 Pois, eles estavam em uma grande era então, maior do que a nossa hoje, mas cientifica do que somos hoje. Vocês sabem, Jesus se referiu a isto. “Como foi nos dias de Noé”. Como eles construíram as esfinges e as pirâmides, e coisas que não poderiam tocar, construindo hoje. E eles eram grandes cientistas. Eles tinham cores e coisas; e fluídos para embalsamar, naquele dia, que podiam fazer uma múmia. Nós não poderíamos fazer isto hoje se quiséssemos. Eles eram mais adiantados do que somos. E eles podiam provar que não havia água alí.
104 Mas, exatamente o mesmo, era adequado a Noé, depois que ele soube do plano de Deus, que ele começou a pregar a arca, da mesma forma, pois ele sabia que apenas aquela arca seria a única coisa que flutuaria. Não importa, foi cientificamente provado que não havia água alí; se a Palavra de Deus disse que choveria, choverá.
105 E deixe-me parar aqui para dizer isto, por causa das pessoas enfermas. Se seu caso é tão ruim que talvez o médico diga que não há esperanças; que diferencça isto faz, desde que Deus lhe diga, “Eu te deixarei viver”.
106 Porque… o médico ou algum cientista diz, “A tua religião da qual falas, o Espírito Santo, e você falando em línguas, e seu – e sua manifestação, é apenas uma ilusão mental”. Pois, “Você não está cheio do Espírito Santo”. Aquilo, “Não existe tal coisa”. E muitos milhares de ministros declaram aquilo hoje, que, “Você está simplesmente manipulado”. Pois, “Não existe tal coisa”.
107 E então mesmo alguns deles tem me dito, “Por que você não se une a alguma boa denominação, e usa a sua influência para favorecer àquela denominação?”.
108 E então alguns clamam, “Agora, este grupo pentecostal aqui com o qual você está envolvido, eles são apenas um grupo de charlatões religiosos. E eles…..eles….Não há tal coisa como esta. Eles estão mentalmente manipulados. Eles, eles apenas….Eles não têm a respeito do que falar. Nós podemos provar que eles não têm isto”.
109 Ó irmão, você está simplesmente atrasado. Nós sabemos o que temos! Nós nascemos de novo, do Espírito Santo, e nós vemos Suas obras bem no nosso meio, exatamente como era no tempo da Bíblia. Se você crer naquele mesmo Espírito Santo, então por que não está Ele fazendo a mesma coisa na sua igreja? Porque, Ele não pode mudar; Ele é Deus.
110 Então, não importa quais sejam as provas científicas, que somos “apenas emocionais”, que somos “apenas mentalmente desordenados”, que não há “realmente nada nesta grande religião” nossa, que – que “não é aquilo que deveria ser”, e assim sucessivamente, que somos “somente um grupo de rejeitados”, não creia nisto! Não creia nisto!
111 Se acontecer de sua filha chegar em casa da escola, e dizer, “Mamãe, nos foi provado, hoje, que o – o crânio do ser humano é exatamente como ao do chimpanzé, vêem”. Ou, “Nós – nós temos estudado e – e sabemos que todos nós viemos de uma única célula, que somos simplesmente como animais”. Não creia nisto!
112 Não importa o que digam, qualquer teólogo, qualquer médico, qualquer cientista, qualquer professor, você se segure na Palavra de Deus! Pois, recordem, estamos construindo, como Noé estava em seu dia, estamos construindo uma Arca.
113 E Noé sabia que se ele não completasse aquela arca, a sua própria casa não seria salva. Então, ele conhecia o plano de Deus. No meio de toda crítica, isto não o incomodava nenhum pouquinho. Ele seguiu martelando aquela arca.
114 Então, não importava o quanto diziam, “Não há tal coisa como o batismo com o Espírito Santo. Não existe tal coisa como a cura Divina”. Nos convém cumprir toda justiça, coloquemo-nos nesta hora de prova martelando a Arca do Senhor!
115 Eles dizem que, “Irmão, vocês estão todos confusos em seus batismos, e assim por diante. Existe… Você não deveria ser batizado no Nome do Senhor Jesus”.
116 Eu estava conversando com um casal amável ontem à noite. E há um jovem que acabou de ser batizado, e crê que há somente um Deus. E na reunião dos Homens de Negócios eles não o deixaram testificar, porque ele não crê que existe três deuses.
117 Agora, não importa o que eles digam, nos convém cumprir toda a justiça. A Palavra permanecerá a mesma quando as Associações dos Homens de Negócios todas acabarem, e as igrejas já não existirem mais. A Palavra de Deus sempre permanecerá a mesma! Nos convém cumprir toda a justiça.
118 Os profetas não profetizaram deste dia? Recordem, estes críticos, lhes convém cumprir aquilo também, porque isto também deve ser cumprido.
119 Porém, Noé, isto não lhe incomodou, ele seguiu em frente porque ele conhecia o programa de Deus. Ele sabia o que Deus faria, o irmão Kidd. Ele conhecia o esquema de Deus porque ele havia falado com Deus, e isto estava de acordo com a Palavra de Deus, e ele seguiu em frente fazendo isto, de qualquer forma. Se a ciência pudesse provar isto ou qualquer coisa, ou o quanto de crítico fosse colocado sobre Noé, ele permaneceu certo com a Palavra de Deus, e seguiu martelado. Por que? Isto lhe convinha, porque Noé era um profeta. E lhe convinha guardar a Palavra de Deus. Ele permaneceu com isto.
120 Convém a qualquer profeta, verdadeiro profeta de Deus, que ele permaneça com a Palavra. Não importando o que a ciência possa dizer, e o que isto possa provar, ou assim por diante, isto – isto – isto convém – que isto cumpra toda justiça.
121 (O irmão Branham faz uma pausa e silenciosamente lê uma nota – Ed.) Correto. Eles me enviaram uma nota para eu orar imediatamente pela mamãe: “Ore por ela agora, o médico acabou de sair”.Certo.
122 Agora, Senhor Jesus, estou aqui de pé. Esta é minha mãe. Se ela está partindo, eu entrego sua alma nas mãos de Deus. Mas aqui esta uma Mensagem que tem prosseguir, Senhor, que está viva aqui, que tem….que tem que ser terminada. Ajuda-me, Senhor. Eu sou Teu. No Nome de Jesus.
123 Nos convém! Me convém agora cumprir toda justiça. A Palavra de Deus vem primeiro! Não existe amor como o amor de Deus!
124 Agora, Noé, não importa qual fosse a crítica que estivesse sobre o pai Noé, ele sabia onde estava parado, e então ele permaneceu certo com a Palavra. E ele construiu a arca para a segurança de sua casa, porque lhe convinha fazer assim. Convinha a Noé, fazer assim.
125 Convém a cada Cristão se firmar na Palavra. Exatamente correto. Se firmar na Palavra de Deus! Os céus e a terra passarão, você passará, eu passarei, as igrejas passarão, as organizações passarão. Porém a Palavra de Deus nunca há de passar! Seja fiel, um peregrino fiel!
126 Nos dias de Enoque, pouco antes do dilúvio, quando Enoque olhou alí e viu Noé construindo aquela arca. Enoque era um profeta. Enoque sabia que ele era um tipo. E ele sabia, que antes que o dilúvio chegasse, que ele tinha que dar um exemplo, então em uma tarde lhe convinha dar um passeio. Lhe convinha dar um passeio com Deus. E, de alguma forma, aquele dia ele mudou seu caminho. Em vez de ir ao redor da colina, ele tomou a Estrada do Rei, e ele simplesmente continuou andando. “E eles não o encontraram, porque ele não estava”, mas ele teve que andar subindo a Estrada do Rei.
127 Ó Deus, deixe-me ser como Enoque! Quando a hora chegar que eu possa tomar o caminho, deixe-me encontrar a Estrada do Rei.
128 Eu posso ver Enoque. Como ele sabia o que aconteceria, pois ele era um profeta, ele sabia o que aconteceria. Então, eu posso vê-lo dando o beijo de adeus na sua esposa, e dizendo, “Querida, te verei mais tarde”. Tomou seus filhos e os beijou despedindo; e foi até seu filho casado e a sua filha casada, e os beijou se despedindo.
129 E disseram. “Para onde o senhor vai, papai?” O senhor vai sair para dar uma voltinha?”
“Sim, vou dar um passeio”.
130 Mas naquele dia ele não tomou o velho caminho habitual. Ele tomou a Estrada do Rei, e seguiu para a Glória. Era necessário que isto acontecesse. Ele não queria partir, mas mesmo assim lhe convinha cumprir toda a justiça. Porque, ele era um tipo da Igreja hoje. Ele era um tipo da Igreja que dará um passeio no entardecer, em um daqueles entardecer. Nós atingiremos do Rei, e partiremos para longe!
131 Sim, era necessário que Noé, era necessário que Enoque, que eles cumprissem toda justiça.
132 Então eu quero falar de outro homem aqui. Havia um homem chamado Daniel. E ele vivia nos dias dos críticos. Você sabe, os filhos de Israel haviam sido tirados de sua terra natal, para a Babilônia, e alí eles estavam tristes, e por alguns setenta anos eles estavam alí embaixo. Porém alí havia um jovem profeta que desceu com eles, chamado Daniel.
133 Ele e um pequeno grupo, só alguns, irmãos, haviam se ajuntado e haviam feito um voto a Deus, que não se corromperiam com a – a inclinação moderna daquele dia. Eles não iriam se contaminar com a comida do rei. Eles não iam beber seus drinks fortes. Eles não iriam atender às suas festas. Mas eles se guardariam santos e dedicados a Deus, pois assim lhes convinha!
134 Era necessário a Daniel porque ele era um profeta, que permaneceu com a Palavra.
135 Qualquer profeta verdadeiro conhece a Palavra de Deus, que….Se ele não conhece a Palavra de Deus, então ele não é um profeta verdadeiro. Um profeta verdadeiro permanece com a Palavra. Seja o que for que a Palavra disser, eles permanecem certos com Ela! Não importa qual seja a inclinação do dia, ou que a – a igreja moderna diz, ou o que alguém diga, ou que alguém faça alguma coisa, o verdadeiro profeta permanece certo com a Palavra.
136 E Daniel sabia, que se ele permanecesse com a Palavra, o que lhe custava. Isto lhe custaria sua popularidade. Isto lhe custaria o seu companheirismo com o resto dos irmãos. Isto lhe custaria muitas coisas. Porém eles fizeram uma publicação, que, eles iriam orar a um certo deus, então depois eles poderiam voltar e orar a qualquer Deus.
137 Mas você sabe, alguma coisa sobre Isto, Deus, nós não nos comprometemos com Deus. Não há compro… comprometer com Deus. Deus apenas permanece Deus! Ele não espera que do domingo, sejamos cristãos, O louvemos, e O adoremos, e na segunda-feira, fracos a arrasados, com todo tipo de pensamentos, que, “Talvez eu estava errado, e eu deveria ter feito isto ou aquilo”. Nós permanecemos bem centralizados na Palavra de Deus, e nos descansamos Nela!
138 Então encontramos que, Daniel, lhe convinha, como um profeta, permanecer com a Palavra, nada importando! Então havia um decreto que dizia, “Que quem adorasse qualquer outro deus, além do deus que eles haviam elegido”. Em outras palavras, “Se você não cooperar conosco, nós simplesmente te jogaremos ma jaula dos leões”. Bem, convinha a Daniel, lhe convinha cumprir toda justiça, que ele não adorasse nenhum outro deus, ou se envolvesse com o mundo; somente a Deus, somente! Então, ele apenas empurrou para trás as janelas e levantou-as, e abriu as cortinas, e olhou para fora em direção ao oriente, e orou três vezes por dia, exatamente como ele sempre fez, forte! Não escapando para algum lugar e escondendo, para fazê-lo, porém ele abriu a janelas; deixando todos verem, quem quisesse. Ele não tinha vergonha da sua religião.
139 Porque, a um cristão convém não ter vergonha de sua religião. Como Paulo, antigamente, disse. “De modo que assim é chamado de heresia, loucura, esta é a maneira que eu adoro ao Deus de nossos pais”. Vê? “Não me envergonho do Evangelho de Jesus Cristo”, ele disse, “Pois é o poder de Deus para a salvação de todos aqueles que Nele crêem. Isto é certo, não envergonhar do Evangelho! É a coisa que segura nas horas quando o barco está balançando e cada estrela está fora de vista, e a lua e as estrelas, e a tempestade soprando. Isto ainda permanece, pois é o Evangelho de Jesus Cristo!
Daniel era fiel. Isto lhe cabia.
140 Os Filhos Hebreus, lhes cabia, lhes convinha, depois que tomaram sua posição para com Deus. Isto lhes convinha. Eles não importavam com a fornalha ardente. Sob provas difíceis, o que lhes importava? Eles haviam tomado uma posição!
141 Ó Deus, se os Cristãos de hoje pudessem apenas verem isto! “Eu tomarei meu caminho com os poucos desprezados do Senhor. Eu comecei com Jesus, Ó Senhor, leve-me adiante.”Sob provações, problemas, dor no coração, morte, enfermidade, tristeza, eu ainda lançarei a minha sorte em Jesus Cristo, para tomar minha posição! “Em Cristo, a Rocha sólida, eu me firmo, todos outros terrenos são areia movediças.” Tudo mais está afundando. Os reinos cairão, e as nações romperão, e as denominações se espalharão, os teólogos morrerão, mas a Palavra de Deus sempre permanecerá a mesma!
142 Sim, lhes convinha que tomassem sua posição. E lhes convinha, depois de tomarem uma posição, que permanecessem em sua posição.
143 Quando você chegou nesta manha crendo que Deus vai te curar, e você toma sua posição, lhe convém nunca testificar nada contrário a isto. Ou não vir. Isto é certo. Se você não sente como que Deus vai te curar, então fique afastado, você está apenas zombando disto.
144 Se você sente, nesta manha quando houver a chamada de altar, que, “Eu quero tomar minha posição para Cristo. “Se você sente, considere o preço; considere seus homens, veja se você é capaz de ir a batalha. Veja se você está pronto. Se você não sente que está pronto, não venha. Mas se algo lhe diz, “Este é o meu dia, esta é minha manha,” Então você virá. E, então, sempre permanecerá alí! Não mova de forma alguma, não importa se a morte está te encarando, e a neblina está flutuando diante de tua face. O que lhe importa? Fique alí! Pois, “Os céus e a terra passarão; Minhas Palavra nunca falharão!” Você permanecerá com Isto.
145 Quando você diz, “Eu creio em Jesus Cristo como meu Curador. Eu creio, nesta manhã, que Ele vai curar meu corpo enfermo. Algo me disse para vir a igreja. Estou aqui entre os crentes. Estou tomando minha posição, nesta manhã. Eu creio Nisto! Eu recebo oração. Quando eu receber a oração, até naquela posição eu me firmarei! Não importa quão escuro fique, ou onde seja isto, eu me firmarei naquela posição.” Você tomou a posição porque isto lhe convém.
146 Após você ter feito uma confissão, você deve permanecer com sua confissão. Isto é certo. Lhe convém, como um Cristão, como um crente, permanecer com a sua convicção.
147 Não deixe o diabo te empurrar para aqui e alí. Você está sempre mal humorado. Você esta sempre fora do caminho principal. Você sempre está dentro e fora. E esta é a maneira que você não pode permanecer aqui. Você não pode confiar em sí próprio. Ou, você não pode, ninguém pode ter confiança em sí. Você tem que se firmar! E quando você fizer tudo que puderem fazer para se firmar, então fique firme! Apenas fique firme! Isto é correto. Nós devemos fazer isto. Isto nos convém. Nos convém, façamos isto.
148 Cabia a Elias, convinha a Elias o profeta, que Ele tomasse sua posição para que se cumprisse a Palavra de Deus, porque ele conhecia a Palavra de Deus. E ele sabia que este arcebispo, Jesabel, e todas as denominações diferentes se misturaram com as inclinações do mundo. Era necessário que Elias, como um profeta, que ele se firmasse. E ele se firmou sozinho! Disse, “Deus, todos eles partiram, exceto eu, e eu me posiciono sozinho”. Isto é até onde ele sabia. Deus disse que Ele tinha outros que estavam tomando a mesma posição; talvez não no lugar que – que Elias estava, porque ele era um alvo para a nação. Eles não criticaram como ele fez, porque todos eles estavam lutando bem em cima dele, porque ele era o profeta. Mas lhe convinha, no meio das provas, no meio das críticas, no meio das indiferenças; convinha a Elias, como um profeta, tomar a posição de Deus, e permanecer alí.
149 Nos convém cumprir toda a justiça. Aquele grande homem poderoso, prenunciando este dia quando as religiões de Jesabel e coisas estão se levantando agora, coisas que temos hoje, tentando vencer. Isto convém ao servo de Deus, não importa o que os outros digam ou que aconteça, fiquem firmes, porque nos convém permanecer com a Palavra.
150 Elias sabia que ele era um profeta. Ele tinha visões. Deus o vindicou para ser um profeta. Então não importa se seus irmãos nunca… Dezenas de milhares; apenas veja os Israelitas, milhões deles, pessoas que alegaram crer em Jeová, eles – eles se organizaram. Eles ficaram modernos, como são hoje. Eles ficaram modernos. Eles comprometeram a Sua palavra. Aleluia, mas lhe convinha, Elias, que ele cumprisse toda a justiça. Então ele se colocou alí sozinho, clamando contra o mal! Se eles tivessem tirado a sua vida, o que seria? Lhe convinha, cumprir toda a justiça. O mal estava na terra. Havia indiferença na terra. Haviam escriturísticamente êrros na terra. E convinha a Elias, cumprir toda a justiça, se firmar por Jeová; e então Jeová se firmaria por Elias. Amém. Vindo a Ele.
151 Abraão. Convinha a Abraão se separar da incredulidade. Convém a qualquer crente a se separar da incredulidade! Abraão, lhe convinha andar em sua própria terra, ele e Deus, sozinhos, porque ele era um profeta. O mundo não compreendeu por que Abraão fêz tal escolha. Por que ele deixou seu lar? Por que ele deixou sua igreja? Por que ele deixou seu povo? Por que ele fez uma coisa tão precipitada, para peregrinar em uma terra estranha onde não havia água ou alimento? Por que ele foi para aquele deserto desolado onde os homens não tinham ido ainda? Mas lhe convinha pois ele era um profeta, se separar de toda incredulidade, e andar a sós com Deus. Deus disse, “Separa-te, e eu te abençoarei”.
152 Quando você se separar de toda a incredulidade, Deus te abençoará. E convém a cada um de nós, não importando o preço, a nos separarmos do mundo incrédulo. “Saia do meio deles, e se separem”, diz Deus, “Eu te receberei”. Nos convém, como homens e mulheres de Deus, tomar nossa posição nesta hora negra que estamos vivendo.
153 Abraão, não importava o que o restante deles pensava, ele se separou. Por que? Ele tinha visto Deus. Ele teve uma visão. A visão era verdadeira, a visão veio a acontecer. Ele sabia que Deus estava com Ele; Abraão, para fazer tal afirmação precipitada como ele fêz. Um homem de cem anos de idade, e uma esposa com noventa, ele era estéril e ele também, e eles teriam um filho nesta idade. Ora, a medicina daqueles dias o teria chamado de algum tipo de “estrambótico”. Eles o teriam chamado de “louco”. Mas isto teria que vir. Aleluia!
154 As vezes nos convém ser “estrambóticos” se isto estiver de acôrdo com a Palavra.
Deus lhe havia dito, disse, “Abraão”.
Disse, “Sim, Senhor?”
155 “Sou o Deus de teus pais. Sou o Deus da Eternidade. Eu sou o “El Shaddai”; Eu Sou o Seio, Eu Sou o Âmago, Sou o Doador de Força. Não me importa quantos anos você tenha, Abraão, o que é isto para mim? Não me importa quão estéril você seja ou quão estéril seu ventre esteja. Eu te darei um filho”.
E Abraão disse, “Eu creio em Tí, Deus”. Aleluia!
156 A Bíblia diz, “Ele não titubeou na promessa de Deus, por incredulidade, mas foi forte, dando glórias a Deus”. Por que? Isto lhe convinha. Ele havia visto a mão de Deus se mover, em poder.
157 Ó, Tabernáculo Branham, que tipo de Palavra daremos no Dia do Julgamento? Quando, vimos Sua mão poderosa. Vimos Seu poder. Vimos Sua Glória. Vimos o que Ele disse; Isto nunca falhou. Vimos Sua Pessoa, a grande Coluna de Fogo, a Luz pairando aqui. Vimos Isto lá em cima a ciência tirou fotos Disto, e tudo mais. E ouvimos a Mensagem ser pregada, exatamente na linha, “Separa-te deles! Não te associe com nada que tenha incredulidade!” Nos convém cumprir toda a justiça.
158 Abraão professou que ele era um peregrino e um estrangeiro. Ele nada tinha para fazer; ele nada conhecia na terra. Ele andava com Deus, porque isto lhe convinha, pois ele O havia visto. Isto convinha a Abraão. Quando aqueles reis se encontraram alí, vocês sabem, para fazer dele um grande sujeito; todos os reis, depois que Abraão obteve esta grande vitória, quando os reis encontraram com ele alí, todos os irmãos denominacionais, e disseram, “Sabe, Abraão, nós – nós faremos um acôrdo contigo. Nós faremos isto e aquilo”.
159 Ele disse, “Não tomarei para mim nenhum cordão de sapato; para que não digas, “fiz algo para Abraão”.
160 Oh, isto lhe convinha, pois ele sabia (Aleluia) pois Deus lhe jurou, “Eu lhe darei todas as partes que olhares: leste, norte, oeste e sul”.
161 Que diferença faz se temos um centavo ou dez centavos, se temos algo para comer ou se não temos, se estamos vivendo ou morrendo? Deus prometeu, “Os mansos herdarão a terra”. Isto nos convém, cabe a nós, vivermos assim, e agirmos assim, para cumprir toda a justiça. Deus quer homens e mulheres que se firmem e cumpram toda a justiça! Naturalmente, a justiça é a Sua Palavra.
162 Como eu disse no começo do sermão, esta é a razão pela qual Jesus foi batizado. Não importa como isto foi….Se Ele alegrou ser o Filho de Deus, como então ser batizado para remissão de pecados? Ele o fez! Mas Ele teve que ser lavado, porque Ele era o Sumo Sacerdote. Ele tinha que cumprir toda a justiça. Disse, “Deixa por agora, João. Eu sei que sabes disto. Eu sei que eu sei disto. E nós nos conhecemos um ao outro. Mas deixemos por agora, pois assim nos convém”. Amém! Aleluia!
163 Então tomarei o caminho com os poucos desprezados do Senhor! Muito conveniente para mim, é conveniente para você, como servos de Deus, que tomemos o caminho com os poucos desprezados do Senhor; para que andemos piamente, com justiça, santos nesta vida presente; colocando de um lado cada peso que tão facilmente nos rodeia, olhando para o Autor e Consumador de nossa fé, Jesus Cristo. Amém.
Isto convinha a Abraão, quando Ele subiu até alí.
164 E Deus lhe disse, “Agora, tome este garotinho. Agora você tem cerca de cento e vinte anos de idade. E você tem um garotinho aqui, um pequenino de cabelos encaracolados. Ele é uma coisinha dócil. Mas Eu quero que você o leve até as montanhas, e o ofereça como sacrifício, através dele eu te farei muitas nações”. Como poderia ser isto? Parece que Deus se enrolou todo. “Eu vou tomar, através de Isaque, e abençoar todo o mundo e cada nação com ele; mas eu quero que você o leve alí em cima e o mate. Através da semente de Isaque….” Aleluia! “Através da semente de Isaque eu abençoarei cada nação sob os céus, mas eu quero que você o leve até alí em cima e o mate”.
165 Ó, aquele severo, forte, velho pai, com a lenha e um saco jogado nas costas, guiando um jumento. Oh, que coisa! O pequeno Isaque andando na sua frente! “Ele não vacilou na promessa de Deus, por incredulidade”. Isto lhe convinha!
166 Pois Abraão disse, ele mesmo, “Eu o recebi como um dentre os mortos, e estou totalmente persuadido que Deus é capaz de ressuscitá-lo outra vez”. Amém! Convinha a Abraão, cumprir toda a justiça! Ele sabia a respeito do que falava. Ele conhecia seu Deus. Ele conhecia, o que Deus disse, Deus é capaz de realizar. Que promessa Deus fez, Deus é capaz de guardar Sua promessa, não importando o que seja. Então, convinha a Abraão cumprir toda a justiça.
167 Convinha aos discípulos, no Pentecoste, ir até ao cenáculo. Por que? Por que lhes convinha? Porque eles haviam encontrado um Homem; um Carpinteiro, conhecido no mundo, um Estranho Galileu com um nome ruim, “Ilegítimo”. Mas eles tinham visto aquele homem ressuscitar os mortos. Eles haviam visto aquele homem abrir olhos cegos. Eles tinham ouvido aquele homem pregar a inadulterável Palavra de Deus. E eles sabiam que Ele era o Messias. Eles tinham visto todos os sinais ao Seu redor. Eles tinham ouvido Deus falar com os Céus. Eles tinham visto aquela Coluna de Fogo pairando sobre Ele. Eles sabiam que Ele era o Messias. E quando Ele lhes disse, “Chegou a hora de Eu partir, mas quero que vocês subam até a cidade de Jerusalém, e permaneçam lá. Simplesmente esperem alí”.
“Por quanto tempo?”
“Até!”
“Quanto tempo será isto, Senhor?”
168 “Simplesmente até! Até que sejais revestidos do Poder do Alto! Então ser-me-eis testemunhas”.
“Quanto tempo durará isto, Senhor?”
169 “Isso vos diz respeito a vós, a vossos filhos, a tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar. De Jerusalém, da Judéia, Samaria e até os confins da terra. Mas, antes que partam, eu quero que esperem! Eu farei algo por vocês”.
170 Lhes convinha ir ao cenáculo, porque eles tinham visto Seu Poder. Eles sabiam que Ele havia morrido, morreu. E morreu de tal forma que até mesmo a lua e as estrelas testemunharam que Ele estava morto, esconderam suas faces e não brilharam. A terra soube que Ele estava morto, até ao ponto em que se agitou com uma prostração nervosa. As rochas vomitaram do chão os que estavam alí desde a destruição antediluviana. Eles sabiam que aquele era o Messias. Eles sabiam daquilo, o que eram Suas Palavras, que Ele enviaria o Espírito Santo. Eles sabiam que aquilo era uma promessa. Eles sabiam que tinham que esperar lá em cima por Aquilo. Eles O haviam visto. Eles sabiam que Ele havia morrido; eles sabiam que Ele havia ressuscitado. Eles O Haviam visto, portanto eles sabiam a respeito do que falavam.
171 Até que um homem saiba a respeito do que Ele está falando, ele não pode falar muito. Mas quando você sabe a respeito do que esta falando! Se você acha que isto é agitação, venha e tenha Isto uma vez, então você saberá a respeito do que você esta falando. Não é uma agitação. É o Poder de Deus para a salvação. É o Espírito Santo. Eu sei a respeito do que falo. Cada um que O tem recebido, sabe do que fala.
172 Isto convinha aos discípulos, lhes convinha que guardassem Sua Palavra, para esperarem em Jerusalém. Então eles subiram para esperarem no Pentecoste, até que receberam o Espírito Santo. Pois, então eles souberam que seus ministérios não podiam prosseguir até que recebessem o Espírito Santo, para testemunharem Dele. Eles sabiam que estavam sem ajuda. Mas eles tinham que ter a Sua Presença, então eles foram esperar por Ele.
Convinha a Pedro, depois que Jesus o havia encontrado.
173 Em Marcos 16, diz, “Ide a todo o mundo e pregai o Evangelho. Estes sinais seguirão àqueles que crerem. Em Meu nome expulsarão demônios, falarão em novas línguas, pegarão em serpentes, se beberem alguma coisa mortífera, isto não lhes fará dano algum; se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados”.
174 Convinha a São Pedro, o velho pescador; ele não tinha educação suficiente para assinar o seu próprio nome. Mas um dia quando ele estava passando através do bonito portão que Salomão havia construído, alí estava um homem que era aleijado. Seus joelhos estavam fracos, os calcanhares, ele não podia andar. Ele estava daquela maneira. Ele não tinha forças. Um homem com cerca de quarenta anos de idade. Ele não tinha forças. Mas quando Pedro ouviu o barulho da caneca sacudindo, e ele olhou e viu aquele homem aleijado deitado alí, e Algo martelou em seu coração! Ele estava no Pentecoste, ele tinha o Espírito Santo! Ele tinha a promessa de Jesus, então lhe convinha, isto lhe convinha, que ele dissesse, “Não tenho ouro nem prata”. Ele deu o seu testemunho, “Não tenho ouro nem prata. Mas o que eu tenho, eu te dou, se puderes receber isto”.
Eu posso imaginar o homem dizer, “Eu posso receber isto”.
175 Disse, “Então, no Nome de Jesus Cristo de Nazaré, fique de pé e seja curado”. E ele estendeu seu braço e o levantou, para exercitar a sua fé, e o levantou assim; e os ossos de seu tornozelo receberam forças, e ele saiu, pulando, louvando e glorificando a Deus.
176 Lhe convinha fazer isto, isto lhe cabia. Ele devia ter feito isto, porque ele era um discípulo ungido. Ele havia estado com Jesus. O mundo todo sabia, um dia antes, na Corte do Sinédrio, quando eles os havia ajuntado, ele e João, ambos, ignorantes e iletrados; eles sabiam que algo havia acontecido com eles. E Pedro sabia daquilo. Então convinha a Pedro, isto lhe convinha porque ele tinha a promessa de Deus para aquele dia.
177 “Eu te darei Poder. Eu te darei Poder. Pisarão na cabeça de serpentes e escorpiões. O que pedirdes em Meu Nome, isto eu farei. Se disseres a esta montanha, “mova-te” e não duvidarem em seu coração, mas crer que o que disseres acontecerá, podes ter o que disseres”.
178 Convinha a Pedro então crer Nisto. Isto lhe convinha. Isto é o que ele devia fazer, porque ele sabia que Ele vivia no dia daquela comissão. Aquela era a luz da hora. A ressurreição havia acabado de chegar, o Espírito Santo estava alí. Aquilo lhe convinha.
179 Aquilo convinha a São Paulo; depois de ser um crítico. E em seu caminho para Damasco, um dia alí, aquela Coluna de Fogo que havia guiado Israel do Egito para a terra prometida, que havia sido feito carne e habitado no meio deles e retornado para Deus, falou com ele. E ele quis saber, “Como poderia ser este Jeová? Como poderia ser? E alí está Ele, na mesma Coluna de Fogo, pairando alí”. “Senhor, quem és Tu a quem persigo?”.
180 Ele disse, “Eu sou Jesus”. Ó que coisa! Ele o comissionou, lhe deu seu ministério. Comissionou a Paulo, lhe deu seu ministério.
181 Paulo havia estado na Presença de Deus, ele tinha visto a Coluna de Fogo. Ele viu aquele Jesus que uma vez foi a Coluna de Fogo, então se fez carne e habitou no nosso meio, e retornou a uma Coluna de Fogo, e o comissionou ao seu ministério. Aleluia! Nada iria abalá-lo. Isto lhe convinha, quando eles tiraram lenços de seu corpo e os enviaram para os enfermos. Isto lhe convinha, porque ele sabia que ele era o apóstolo ungido. Ele viu as visões de Deus, e Deus apareceu diante dele, e falou, e viu isto acontecendo exatamente. Ora, isto convinha a Paulo, quando ele tentou ajudar o povo, cumprir a Palavra que lhe foi comissionada. Ele era a Luz do dia. Ele era a Luz dos gentios. Ele sabia disto. Deus o comissionou para ser. Ele era a Luz naquele dia. Então ele foi comissionado, Paulo.
182 Agora nos convém, nos convém neste dia. Nós sabemos! Viemos através das Eras da Igreja. Nós sabemos que recebemos o Espírito Santo, nós sabemos disto além de sombras de dúvidas. Nós sabemos que temos a Luz do Evangelho.
183 “Arrependei, cada um de vós, e sejam batizados no Nome de Jesus Cristo, para a remissão de seus pecados, e recebereis o Dom do Espírito Santo.” Não há um ministro no mundo, ou nada mais, que possa desafiar Aquilo. Até onde isto deve ser feito? “A promessa é para vossos filhos, para aqueles que estão longe, tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar.”
184 O Profeta disse, “Haverá Luz no entardecer, estas luzes do Evangelho voltariam outra vez”. Como o mesmo sol que nasce no leste e se põe no oeste, isto retornará outra vez nos últimos dias. Aqui estamos nos últimos dias!
185 Nós recebemos o Espírito Santo. Nós sabemos disto. Nós falamos em línguas como fizeram no Pentecoste. E sabemos que você pode receber Isto.
186 Nós sabemos que o sétimo anjo deu a Mensagem. Nós a vimos ser vindicada, o sinal.
187 Nós sabemos que estamos no fim da era Laodiceiana. Nós sabemos das lutas nacionais, sinais e maravilhas, estão aparecendo em todas as partes. Sabemos que estamos no fim dos tempos.
188 Deus testemunhando! E isto nos convém, nos convém cumprir toda a justiça. “Nações contra nações, tempo de ansiosidade, angústia.” Todas estas coisas que ouvimos. Se você pode receber isto!
189 Agora estamos na última hora. Estamos na Era da igreja Laodiceiana. Cada mensageiro tem dado sua era, dado sua mensagem em sua era. E estamos aqui no final da era, e vemos que Deus tem vindicado isto com sinais e maravilhas. E ninguém pode dizer que isto não é assim.
190 Ele está aqui agora! Ele está na Igreja! Ele está no povo. Ninguém pode dizer que isto não é assim. Nós sabemos que Ele está aqui.
191 E nos convém tomar Sua Palavra. Nós, nos convém crer em toda a Justiça. Isto nos convém. Isto nos convém cumprir tudo que Ele tem falado.
192 A igreja é fraca, as igrejas de hoje. Estamos rompidos em lutas organizacionais, separação da irmandade; Metodista, Batista, Presbiteriana, Unicidade, Trindade, “os que crêem em cinco”, e todos os tipos de coisas. Nós rompemos. Esta é a maneira que isto tem que ser. Isto tem que ser. Isto tem que ser desta maneira.
193 Então haverá uma Mensagem! Oh, aleluia! Nós sabemos que é a mesma Coluna de Fogo que dirigiu Israel. Nós sabemos que o mesmo ministério que acompanhou Jesus Cristo, através daquela Coluna de Fogo que O ungiu, está acompanhando a Igreja hoje. A ciência tem provado isto; nós não precisamos disto. Deus tem provado isto! Nós precisamos do ministério de Jesus Cristo para encaixar a Pedra de Coroa vindo de cima, que tem trazido a Igreja a um lugar onde o ministério é exatamente como isto foi quando Jesus partiu. Exatamente!
As nações estão se rompendo, Israel se despertando,
Os sinais que os sábios predisseram;
Os dias dos gentios estão contados, angustiados e sobrecarregados;
“Voltem, ó dispersos, para os seus”.
194 Estamos nos últimos dias. E nos convém, nos convém cumprir toda a justiça.
195 Recordem, Jesus disse, “Como foi nos dias de Ló, então também será na Vinda do Filho do homem”. Quantos recordaram disto? (A congregação responde, “Amém” – Ed). Correto. Como foi isto nos dias de Ló? Que sinal Ele deu?
196 Havia três classes de pessoas nos dias de Ló. É isto certo? (A congregação diz, “Amém” – Ed. ) Havia os incrédulos, os manufaturados, e o crente. Cada um deles recebeu um mensageiro. Isto é certo. Quando Abraão estava assentado debaixo do seu carvalho, o que aconteceu? Veja o que aconteceu.
197 Um anjo desceu e foi até Sodoma. Este homem foi até alí embaixo e ensinou o arrependimento a eles, para que eles se arrependessem e voltassem para Deus. O que aconteceu? Somente três saíram, Ló e suas duas filhas. A sua esposa se transformou numa estátua de sal. Somente saíram, quando alí havia um moderno Billy Graham que atirou a mensagem alí para eles.
198 E nós vemos aquilo acontecendo hoje. Nós vemos, a igreja nominal, vemos um mensageiro saindo, pregando.
199 E houve Um que chegou à Abraão à igreja eleita. Ele lhes deu um sinal. E sabemos que isto é verdade. Nós sabemos que isto é um fato. Ele assentou com Suas costas virada para a tenda, disse quem era a Sara, o que havia em seu coração, qual era o seu problema. Ele deu a mensagem, exatamente. Abraão sabia que era Deus. Pois, imediatamente depois que Ele disse aquilo, ele O chamou “Elohim” um mensageiro, formado em carne humana, para trazer uma Mensagem a Sodoma e Gomorra.
200 E quando vemos estas coisas que Jesus disse que aconteceriam, nos convém cumprir toda a justiça. Nos convém tomar Deus em Sua Palavra. Crê você nisto? (A congregação responde, “Amém”. – Ed. ) Deixa por agora.
201 “Irmão Branham, você está – você está – você esta sem respaldo com o resto, as denominações”.
202 Pode ser. Deixa por agora. Isto é certo, deixa por agora.
203 “Bem, seria bem melhor para você se seguisse em frente e cooperasse.”
204 Deixa por agora. Mas assim nos convém. Somos Seu povo, Seus profetas, Seus sábios. Nos convém cumprir toda a justiça. Então. Façamos isto, enquanto inclinamos nossas cabeças.
As nações estão se rompendo. Israel despertando,
Os sinais que a Bíblia predisse;
Os dias dos Gentios estão contados, angustiados e sobrecarregados;
“Voltem, ó dispersos, para os seus.”
O dia da redenção se aproxima,
Os corações dos homens caem de temor;
Sejam cheios do Espírito, suas candeias em ordem e limpas,
Veja, sua redenção se aproxima!
Falsos profetas estão mentindo, eles negam a Verdade de Deus,
Que Jesus o Cristo é o nosso Deus,
(Como isto é verdade; Ó, centenas!)
Mas andaremos onde os apóstolos trilharam.
Pois o dia da redenção se aproxima,
Os corações dos homens caem de temor;
Sejam cheios do Espírito, tenha suas candeias em ordem e limpas,
Veja, sua redenção se aproxima!
205 Enquanto teem suas cabeças inclinadas, lhes convém, nesta manhã, que você dê sua vida a Cristo? Ele falou contigo? Se falou, apenas levante sua mão para Ele, e diga, “Eu agora aceito Cristo, Me convém me render todo, minha vontade, nesta manhã, a Ele. Eu agora levanto minha mão e digo, Senhor Jesus, seja misericordioso. Eu preciso de tí, ó, como preciso de tí! Cada hora, eu preciso de Tí” Deus te abençoe. “Ó, Bendito Salvador, eu venho a Tí.”
Eu preciso de Tí, eu preciso de tí; (E se você estivesse deitado onde a mamãe está deitada agora?)
Em cada hora eu preciso de Tí!
Ó, abençoe-me agora, meu Salvador,
Eu venho a Tí!
Eu preciso de Tí, Ó, Senhor, nós precisamos de Tí;
Em cada hora eu preciso de Tí!
Ó, abençoe-me agora, (Senhor, eu preciso de Tí agora mais do que precisei por muito tempo.)
Mas eu venho a Tí!
206 (O irmão Branham começa a sussurrar. Eu preciso de tí em cada hora – Ed.)
207 Pai Celestial, andamos através de vales, sabendo que Tu prometestes, “Eu não te deixarei, nem mesmo te abandonarei. Procurai primeiro o Reino de Deus, e Sua justiça, todas as outras coisas vos serão acrescentadas.”
Então venho a Tí!
208 Se houver alguém aqui, Senhor; que não está com sua alma certa; se estão vindo pela trilha que minha mãe está neste momento, Ó Senhor, que eles possam ter aquele testemunho, também. Isto nos convém hoje. Senhor.
209 Estamos no fim do caminho, a Era da Igreja de Laodicéia; uma Mensagem; a rejeição da mensagem; a vindicação da mensagem e a Presença de Cristo provando que Ele é o mesmo, ontem nos dias de Ló, e nos dias de Sua carne, e nos dias de hoje; ontem, hoje e eternamente.
210 Que eles possam Te receber agora como seu Bendito Salvador. Conceda isto, Senhor. Eu peço no Nome de Jesus.
Ó, abençoe-me agora, meu Salvador,
Eu venho a Tí!
Senhor precioso,
A tentação perde seu poder,
Verdadeiramente, Senhor, quando Tu estás próximo.
Eu preciso de Tí, oh, eu preciso de Tí!
211 Se Tu a tiraste de nós, descanse sua preciosa alma no Céu. Conceda isto. Conceda isto, Senhor.
Meu Salvador, eu venho a Tí!
212 Pai, Deus, ouça-nos. Nos convém cumprir toda a justiça aqui. Nós sabemos o que a Palavra diz. Não estamos nas trevas. Nós sabemos o que a Palavra tem prometido. Ajuda-nos, ó Senhor, para que cumpramos toda a justiça. Cumpra Tua Palavra. Que cada crente aqui possa ter fé agora, enquanto nos aproximamos dos enfermos. Todos nós amamos viver, Senhor; mas primeiro deve ser a Vida Eterna, pois aquele mundo que há de vir. Ouça-nos, Pai, enquanto a congregação está orando, especialmente os enfermos e aflitos.
213 Eu gostaria de saber, se há algum estranho conosco, que nunca esteve no Tabernáculo antes, e você está enfermo, e você procura a ajuda de Deus? Com suas cabeças inclinadas, todos vocês. Queira você levantar sua mão, vocês pessoas que são estranhas para mim, que não me conhece ou eu não te conheço, e você veio para Cristo agora para receber uma ajuda. Apenas levante sua mão. Vêem? Deus te abençoe, e a você, e você. Há vários.
214 Você tem que somente crer. Esta mensagem não é em vão, é a Palavra de Deus.
215 A senhora….Com suas cabeças inclinadas. Ela continua com sua mão levantada. Ela está sofrendo de um problema cardíaco. Ela é a Sra Nance. Ela é de Madisonville, Kentucky. Isto é certo. Não é, senhora? Você pode levantar sua cabeça agora. Você estava com sua mão levantada, apenas continue com ela levantada. Isto é verdade, não é? Se é, levante sua mão. Vê onde estamos vivendo, amigos? (A congregação responde, “Sim” – Ed.) Eu não conheço aquela senhora. Eu nunca a ví. Mas o que é isto? É o sinal do Evangelho. Para que você possa….
216 Você crê que eu sou o Seu Profeta, senhora? Você crê ? Ainda, somos estranhos. Eu não te conheço. O nome estava certo, não estava? Se estava certo; o que for que Ele lhe disse, apenas – apenas balance sua mão para a audiência, para que então eles possam ver que aquillo estava certo. (A congregação se regozija – Ed.)
217 O que poderia fazer aquilo? Jesus de Nazaré. Para que vocês saibam que sou o Profeta de Deus, e lhes digo a verdade, pois assim nos convém. Uma mulher tocou em Suas Vestes, e Ele virou e lhe disse, seu “fluxo de sangue”, e lhe disse que pararia.
218 A senhora que está ao seu lado, também tem um problema no coração. Isto é certo. Sim. Eu não a conheço. Você sabe que não. Vêem? Mas Deus a conhece. Ele conhece o seu problema, não conhece? Sra. Allen, você crê que Deus pode te curar? (a mulher diz, “Sim” – Ed.) Se este é o seu nome e o seu problema, levante a sua mão. Levante sua mão se isto é certo. (A congregação regozija.)
219 A senhora assentada próxima a você aí. Quero dizer a Sra. Bennett. Vocês todas são do mesmo lugar. Ela tem um problema renal em vez de cardíaco. Crê você de todo seu coração, que podes ser curada também. Você crê senhora? Levante sua mão, e diga. “Eu aceitarei isto,” Então você pode ir para casa e ficar boa. Se tu podes crêr! Todas são de Kentucky, de uma cidade chamada Madisonville.
220 Assentada bem alí atrás, uma senhora, a Sra. Bone. Ela mora perto de Madisonville. Ela não mora bem em Madisonville, Ela está olhando bem para mim. E alí está aquele Anjo de pé bem sobre ela. Ela apenas mora perto de Madisonville. Seu nome é Bone; problema de Sinuzite, condição asmática, tosse. Se isto é certo, balance sua mão de um lado para o outro, senhora. Creia no Senhor Jesus Cristo, e vá para casa e seja curada.
221 Problema na garganta, senhor. Você crê que Deus pode curar o problema na garganta e te deixar são? Seja curado! Apenas tenha fé em Deus.
222 Sra. Hopkins, a senhora de cor de Chicago. Eu não te conheço, nunca te vi em minha vida. Mas você quer ser curada deste nervosismo, problema de sinusite? Vá, crendo, e podes ficar boa, também.
223 Sra. Hanes de Columbus, Ohio. Crê você no Senhor Jesus Cristo, você pode ir para casa e ficar boa, também.
224 Estamos no caminho final. Você crê? (A congregação responde, “Amém” – Ed. ) Assim nos convém cumprir toda a justiça. Ele prometeu que haveria estas coisas. Estamos aqui. Você crê nisto? ( “Amém”)
225 Bem, coloque suas mãos um sobre o outro. Eu quero vos fazer uma pergunta. Jesus prometeu que estas coisas aconteceriam nos últimos dias? Diga, “Amém” (A congregação responde, “Amém”- Ed. ) “Como foi nos dias de Ló. As obras que faço, também as fareis” Ele também disse isto, “Estes sinais seguirão aqueles que crerem. Se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles sararão”? (“Amém”) Está você pronto para tomar sua posição, um crente? (“Amém”) Pois assim nos convém cumprir toda a justiça.
226 É a justiça de Deus, que quando estes lenços aqui (eu colocarei minhas mãos sobre eles, no Nome de Jesus) te tocar; eu sei que o Espírito Santo está aqui o Mesmo que estava com Paulo. “Eles tiraram de Paulo…” Então sereis curados, se apenas crerdes nisto.
227 Eu creio no mesmo Espírito Santo, através do Espírito Santo, está aqui nesta manhã, provando a Sí Mesmo, a mensagem do último dia; o grande Espírito Santo Ele mesmo, Se personificando, entrando na carne humana, fazendo Suas obras.
228 Eu estava nesta manhã, com dificuldades. Vocês sabem mais ou menos o que estou preparando para ouvir quando eu sair daqui. Mas nos convém que seja cumprida toda a justiça.
229 Deus colocou a mensagem no meu coração. Agora te convém como um crente. Enquanto vocês têem suas mãos uns sobre os outros, não haverá nenhuma pessoa enferma no nosso meio, se você apenas crêr nisto de todo o seu coração, e você está pronto para tomar sua posição.
230 Agora, Pai Celestial, nós trazemos a Tí esta audiência, após a mensagem. Senhor Deus, certamente as pessoas podem ver agora que isto nos convém. Isto convém a um profeta, que se firma na Palavra. Isto convém a um membro de igreja, isto lhes convém que se firmem. Isto convém às pessoas enfermas, a crerem na Palavra de Jesus Cristo, quando Ele disse, “Estes sinais seguirão àqueles que crerem. Se colocarem suas mãos sobre os enfermos, eles sararão.”
231 Eu ia fazer uma fila de oração, Senhor. Mas o recado que acabou de ser dado, pelo telefone, me estremeceu, Pai. Ó Deus, Tua Palavra diz, “Nos convém que se cumpra toda a justiça.” Dê Isto a cada um.
232 E Espírito Santo está aqui provando que Ele está no nosso meio. Agora deixa o Poder de Deus, deixe o testemunho do Espírito Santo, mover nos corações destas pessoas neste momento, dando-lhes segurança; como Daniel tinha, como Noé tinha, como Enoque tinha, como João tinha, como Pedro tinha, e como Paulo tinha, como Jesus tinha, como Abraão tinha, como todos eles tiveram, Senhor. Que, nos convenha neste dia, onde o poder da cura Divina é derramado, Sinais e maravilhas são feitos, grande despertamento tem vindo entre o povo, o Espírito Santo tem caído sobre o povo. Eles tem gritado, falado em línguas, profetizando, grandes dons, sinais e maravilhas. O Anjo da mensagem, o anjo da era tem aparecido para nós na forma do Espírito Santo, e Ele tem nos trazido uma mensagem. Nós vemos Isto ser cumprido. Nós O vemos tomar nossos corpos e nos transformar de seres humanos mortais, em agentes de Deus, para professarmos grandes e misteriosos sinais e maravilhas. Quando vemos estas coisas, então nos convém cumprir toda a justiça.
233 Quando sabemos que Abraão olhou ara Ló, que Daniel pôde olhar para Abraão, que João pôde olhar para Daniel, (ó Deus), que Pedro e João puderam olhar para Jesus. E quando pudermos olhar para ele, e hoje nós vemos os mesmos resultados no nosso meio, então nos convém cumprir toda a justiça.
234 Que o Poder de Jesus Cristo apareça neste edifício, com a fé Divina, e cure cada pessoa aqui, de cada aflição e cada enfermidade, Senhor. E, como Teu servo, eu ordeno este demônio que me tentou toda manhã, que tem tentado me tirar deste púlpito! Pela graça de Deus, eu permaneci aqui.
235 Todos estes pobres, enfermos mortais de Deus que sofrem. Saia deles, Satanás, você demônio! Eu te ordeno, por Jesus Cristo o Deus vivo, que tu separes destas pessoas, e não as incomode mais, pois elas estão como os filhos hebreus na hora do teste, para tomarem sua posição, e serem curadas desta hora em diante. No Nome de Jesus Cristo, eu ordeno as enfermidades e os demônios desta congregação, que vieram colocar enfermidades nestas pessoas, que saia delas!
236 Com nossas cabeças inclinadas, nossos corações para Deus, eu vou cantar um hino. Vou tentar, com sua ajuda e a ajuda de Deus. Minha fé olha para Tí. Eu não quero que vocês duvidem, nenhum pouquinho, mas eu quero que vocês creiam agora. Assim nos convém. Quantos cristãos estão aqui? Levante suas mãos, e digam, “Amém”. (A congregação responde, “Amém”- Ed. ) Quantos crentes? Digam “Amém”. ( “Amém”) Quantos colocarem suas mãos um sobre os outros? Digam “Amém” (Amém). Então assim nos convém cumprir toda a justiça.
Minha fé olha para Tí
Tu Cordeiro do Calvário,
Salvador Divino,
Agora ouça-me enquanto oro,
Tire todo o meu pecado ( pecado é “incredulidade”)
Deixe-me desde este dia
Ser todo Teu!
Enquanto trilho este escuro labirinto da vida,
E as mágoas ao meu redor se espalham,
(Deus, seja meu Guia agora!)
sede Tu meu Guia.
Faça com que as trevas se tornem em dia,
Enxugando as lágrimas de tristeza, nem deixe-me nunca desviar do Teu lado.
237 Com nossas cabeças inclinadas. Minha querida velha mãe faleceu quando eu estava pregando, que minha voz possa ecoar através dos grandes Canyons do Céu.
238 Quando ela me disse, outro dia, ela disse, “Billy, você me deu comida. Você pagou meu aluguel e minha conta de luz, me deu algo para comer. Disse, “Querido, quando você era um garotinho, eu saía com o tempo ruim e cortava lenha, fazia fogo para te conservar aquecido. Eu cozinhava para você, o que tínhamos em casa, para cozinhar”. Vê-la deitada alí e aquelas pequenas, velhas, frágeis mãos que lavaram nossa roupa suja. A gente fica sem fazer nada, não há nada que se possa fazer.
239 Eu disse, “Mamãe, nas mãos do Deus vivo, eu entrego tua alma justa”.
240 Ela partiu desde então. Eles partiram. Meus irmãos é tudo que restou. A mensagem aqui no púlpito foi bastante ruim. Se ela partiu, Deus descanse sua alma. Se ela está conosco, e conosco até esta noite, é pela graça de Deus. Eu estarei aqui no púlpito para cumprir meu dever, pois assim me convém cumprir toda a justiça. E eu o farei.
241 Eu passarei o serviço para o irmão Neville, meu abençoado pastor associado. Irmão Neville.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...