JESUS CUMPRE TODOS OS SEUS COMPROMISSOS
18 de abril de 1964
Tampa – Flórida – E.U.A.
Tradução – GO


1 Permaneçam de pé só por um momento e inclinem suas cabeças para uma palavra de oração. E agora, enquanto nossas cabeças estão inclinadas, e nossos corações, eu — eu gostaria de saber, sendo que temos escolhido esta noite agora, para — como noite de salvação, para vir a Cristo e receber o Espírito Santo, eu gostaria de saber quantos têm um pedido, e gostariam de dizer isto: “Senhor Deus, lembre de mim. Eu quero estar correto Contigo agora.” Levantariam vocês suas mãos agora? O Senhor vos abençoe.
2 Nosso Pai celestial, estamos tão agradecidos por Tua Presença, e por pessoas de coração honesto que realmente creem nisso — que Tu estás vindo, e que elas — elas possam estar preparadas para este grande evento que o mundo inteiro tem esperado por todos estes milhares de anos. E estamos vivendo, exatamente como foi, testemunhando a passagem do tempo e da história, e a Eternidade começando a se mover. E nós vemos esta aparição, então nossos corações estão estranhamente aquecidos. E nós oramos, Pai, para que Tu examines os nossos corações nesta noite e prove-nos. E se houver algum pecado em nós, Senhor, expurgue-o. E temos observado nesta semana, em Tua grande Presença, enquanto Te observamos acerca disto, e no meio desta congregação descendo diretamente e cavando os próprios pensamentos do coração, e revelando-os a nós, nos dizendo estas coisas. Agora, nesta noite, Senhor, queremos que nossos corações sejam verdadeiros e corretos Contigo. Oramos para que Tu abençoes.
3 Aqui em cima da plataforma, ou do púlpito, foi colocada uma caixa de lenços — pequenos pedaços que irão para os necessitados. Eu oro, Pai celestial, assim — assim que forem enviados deste lugar de onde foi feita a oração, e fé para crer em Deus, que — que cada lenço aqui, e cada pequeno pedaço de pano e a porção que tocar ao enfermo, que eles possam ser curados. Porque esta audiência, juntamente conosco, está pedindo, em um só acordo, para que Tu os cures, Pai. É em memória que estamos pedindo. Tu disseste: “Pedi e recebereis. E quando orardes, crede que recebereis o que pedistes.” Eu creio, Senhor; todos nós cremos. E isto foi pedido. Agora, que isto possa ser feito pelo amor do Reino de Deus, pois pedimos isto no Nome de Jesus. Amém. Podeis vos assentar.
4 Bem, é com certeza bom estar de volta no — no auditório novamente nesta noite, e sob grandes expectativas de que o Senhor nos visite nesta noite, e como temos separado esta noite para a oração pelos enfermos para — para buscar salvação para nossas almas. Cada um de nós precisa rededicar sua vida novamente. E nesta semana temos visto a Presença de Jesus Cristo, a Escritura vindicada, Ele bem aqui no nosso meio, observando o que Ele fez — as mesmas coisas que Ele fez na terra quando Ele esteve aqui antes, Ele está fazendo isto do mesmo modo. Agora, se observarmos o ministério enquanto ele sobe, exatamente como estamos crescendo até um dia perfeito, uma igreja perfeita… Nós começamos exatamente — como dizia nesta manhã…
5 Em nosso amável companheirismo esta manhã, com certeza tivemos um tempo maravilhoso naquele café da manhã. E agradeço aos irmãos por sua excelente cooperação. Eu tenho estreitado a mão de muitos deles, estes excelentes homens que estão patrocinando esta reunião, trazendo-nos aqui. Isto mostra que eles estão interessados em seu povo. Eles são pastores que estão interessados em suas ovelhas. E eu — estou agradecido por muitos destes … Qualquer pastor está interessado em dar vitaminas para sua ovelha. E estas são vitaminas espirituais, como isto foi, isso — isso ajuda a ovelha a crescer numa forte fé em nosso Deus. E então eu — eu aprecio tais homens
6 E agora, falando nesta manhã no pensamento da igreja crescer, vejam, vindo como uma semente no chão. E aquela semente, quando é plantada, cresce de glória em glória. E após algum tempo floresce, e então volta a ser semente. E é igual à semente original que foi plantada. Do mesmo modo tem sido a igreja. A era da igreja começou, nestes últimos dias…
7 Após as eras negras, começou com Martinho Lutero, na reforma, pregando justificação pela fé. Após seu tempo, e eles organizaram a igreja, ela morreu.
8 Então, ali, veio Zwinglio, depois Lutero. E Zwinglio nem mesmo creu no nascimento virginal. Ele foi para a Suíça. Eles permaneceram não crendo, a doutrina de Zwinglio, não creram que Jesus teve um nascimento virginal. Eles disseram que Ele foi o filho de José, que foi chamado o Filho de Deus.
9 Mas aquilo tira todo o apoio de sob o fundamento do Cristianismo. Ele nasceu de uma virgem, ou Ele seria apenas um homem como você ou eu. Ele foi o Filho de Deus. E então, depois disto, veio Calvino e assim por diante.
10 Finalmente a igreja chegou a uma tal condição ali, que tinha que haver outra reforma. E Deus enviou João Wesley com uma mensagem de santificação, a limpeza do espírito. E então ele e Whitefield, e muitos deles seguiram em frente na grande reforma, e Asbury, eles foram aos Estados Unidos. E aquele grande reavivamento salvou a Inglaterra e o mundo naquela época.
11 O que eles fizeram? Depois que aqueles fundadores morreram, eles começaram a se organizar sobre a doutrina deles, e a primeira coisa que se sabe, eles fizeram uma organização. Então tivemos outros irrompimentos dali, tais como Alexandre Campbell, John Smith, e a igreja Batista, e assim por diante. E então os Nazarenos, Peregrinos da Santidade, e outros surgiram.
12 E então veio a grande reforma novamente, Pentecostes, saindo daquelas organizações com a restauração dos dons, falando em línguas, cura divina; grandes milagres e sinais apareceram. Aquilo durou por bastante tempo. Isso foi há muito tempo, cerca de cinqüenta e oito anos agora, desde que o Espírito Santo começou a cair na velha Rua Azusa lá na Califórnia, aqui nos Estados Unidos, onde Ele começou a cair. Um grande tempo veio.
13 Então, o que fizeram os Pentecostes? Um fez para si uma organização. Um disse: “Ele está vindo em um cavalo branco”, o outro, “em uma nuvem branca.” E em frente seguiram eles nas organizações e se dividiram, rompendo o companheirismo entre as pessoas.
14 E exatamente como Israel… Mal sabia Israel quando estava gritando pela vitória à margem do rio, eles estavam apenas a quatro dias de viagem, cerca de quarenta milhas de distância da terra prometida. Eles não sabiam que eles gastariam quarenta anos. Mas o que foi aquilo? A graça lhes havia provido um profeta, uma Coluna de Fogo, um cordeiro sacrificado, uma libertação. A despeito disso, queriam uma lei. Eles queriam algo que eles tivessem alguma coisa a ver com aquilo. Eles queriam colocar suas mãos naquilo. Aquele foi o erro mais irrefletido que eles cometeram, em Êxodo 19, quando Israel rejeitou a graça e aceitou a lei.
15 E então, o que eles fizeram? Ele simplesmente os deixou ficar ali no deserto por quarenta anos. Eles plantaram vinhas, e comeram os frutos, e casaram, e criaram filhos, até aquela velha geração morrer e outra geração chegar. Quarenta anos mais tarde, e não apenas aquelas quarenta horas, mas tiveram que esperar por quarenta anos antes que lograssem êxito. E então um novo líder chegou, Josué e eles se deslocaram para a terra com o novo grupo.
16 Agora, eu acho que é um tipo muito bonito aqui, que nós descobrimos. Há muito tempo quando nossos antepassados, no Pentecostes, se levantaram. Eles tiveram o grande velho Concílio Principal. Daquilo formaram as Assembléias de Deus. Daquilo surgiu o UPC, e os Unidos, e assim por diante, até formarem organizações após organizações, agitando e brigando. Deus apenas os deixou assentados bem ali, casaram, criaram seus filhos, falam em línguas, gritaram no Espírito. Mas agora, há um novo grupo que surgiu. Eles estavam apenas a alguns dias da terra prometida. Todas estas bênçãos que eles tinham eram boas. Mas recorde, toda a terra pertencia a eles. Agora estamos preparando para entrar na terra prometida. Então que o Senhor possa nos ajudar, enquanto olhamos para estas coisas. Vêem?
17 Exatamente como a pirâmide. Você observou como a pirâmide foi feita? Não a doutrina da pirâmide agora, apenas uma pirâmide.
18 Olhe em sua nota de um dólar. O selo dos Estados Unidos é aquela águia. Bem, por que diz ali embaixo daquela pirâmide: “O Grande Selo”? Porque isto seria maior aqui nos Estados Unidos do que — e o selo dos Estados Unidos, o Grande Selo, o olho observando?
19 E a — a pedra angular que vai sobre a pirâmide, ela foi rejeitada. Ela nunca esteve sobre a pirâmide, não está até este dia: a Pedra de Esquina, eles alegam. Mas ela nunca foi colocada, a pedra superior. Por que? Quando Enoque e eles, nos dias primitivos, construíram as pirâmides lá embaixo no Egito, descobrimos que ali eles sabiam que a pedra angular, a pedra principal, seria rejeitada. E aquela pirâmide está edificada de forma tão perfeita que não precisa de nenhuma argamassa. Ela foi mecanicamente tão bem cortada que uma pedra se encaixa contra a outra de forma tão ajustada que você não consegue colocar nem mesmo uma lâmina de barbear entre elas. Agora, apenas se manteve empilhada, e agora está cortada no topo, pronta para a pedra angular quando ela chegar.
20 Esta é a maneira que Deus tem trazido Sua igreja, da justificação, santificação, batismo com o Espírito Santo e agora o ministério do Espírito, que é o que vivifica a Palavra; aquele ministério na igreja terá que ser exatamente como o Dele.
21 Exatamente como isto, quando minha sombra aqui da minha mão… Se eu nunca tivesse visto minha mão, visse a sombra, isto seria… Ela vai clareando quando se afasta. Mas quando isto vai se aproximando e aproximando, o negativo e o positivo estão se aproximando, até que ambos se tornam a mesma coisa.
22 E isto é exatamente quando a igreja e a Palavra têm que se tornar um, como Jesus e Deus foram um, exatamente. Eles… Deus estava em Cristo reconciliando Consigo o mundo. E do mesmo modo terá Cristo que estar na igreja, a unção da Palavra, para fazer tudo se cumprir. E esta é a pedra angular que virá sobre a última era da igreja. Não é Laodicéia, agora, é um chamado daquilo, uma Noiva de uma igreja, tirando a Igreja de uma igreja, de todos os modos, exatamente como Ele tirou uma nação da nação no Egito. E agora estamos vivendo naquele dia, e estamos agradecidos por estas grandes coisas que temos visto.
23 Agora, amanhã à tarde, o Senhor permitindo, será o encerramento desses cultos, esta parte do serviço. E vamos designá-la também para a oração pelos enfermos. E todos que desejam receber oração podem vir e pegar um cartão de oração, para vir através da fila de oração. Agora, a razão pela qual distribuímos cartões de oração é para organizar aquelas filas. E então se você não tem, eles simplesmente continuarão passando ao redor e ao redor, e ao redor, veja você. Eles, então você… Lhe damos um cartão de oração. Você tem um cartão de oração, e vem para a fila. E você verá e crerá, você verá a glória de Deus acontecer. Isto será grandioso.
24 E agora, agradecemos por tudo que vocês têm feito, pelas boas-vindas que tivemos entre estes irmãos ministros e os demais.
25 Agora, amanhã é domingo, e estas igrejas estarão abertas. Não haverá culto aqui amanhã de manhã. Haverá escola dominical. E vocês visitantes… Eu tenho alguns amigos aqui, eu mesmo, que — que estão conosco no grupo, e alguns que vieram de minha cidade natal para estar conosco aqui.
26 Agora, estes são os homens que patrocinam estas reuniões. Eles creem neste tipo de reunião. Se eu morasse aqui nesta cidade, eu pertenceria a uma de suas igrejas. Com certeza eu pertenceria, porque eles creem na mesma coisa que eu creio. E eu pertenceria a uma de suas igrejas, se eu morasse aqui.
27 E você que entregou sua vida a Cristo nesta semana, e você que não tem uma igreja local, por que você não vai e fala com eles? Eles creem nesta mesma coisa, ou eles não estariam assentados aqui em cima representando isto. Vêem? Então agora, você — você — você encontre uma destas boas, uma destas boas igrejas, amanhã, e vá até ela. E tenho certeza que ela te fará bem. Eles te ajudarão. Eles te ajudarão a crer. E se você ainda não foi batizado, peça a eles. Se você não recebeu o Espírito Santo, indaga-lhes sobre isto, e eles te ajudarão exatamente através de Cristo, e te pastorearão através do caminho até que Ele retorne. Agora, o Senhor abençoe cada um de vocês.
28 E agora, você sabe que os presbiterianos estão sempre se levantando e assentando, eles dizem. Eu não sou um presbiteriano, mas eu realmente creio que quando lemos a Palavra nós devemos ficar de pé, porque é uma honra a Deus. É como quando saudamos a bandeira, ou juramos lealdade, ou seja o que for.
29 E agora, para esta noite, escolhi uma leitura Escriturísticas aqui, do livro de São Lucas capítulo 7, começando com o verso 36.
30 E agora, por toda a semana eu tenho trabalhado em um — um pensamento que veio a mim na estrada vindo para cá, sobre “O Desvelar do Deus Poderoso.” Mas quando eu acabei de examinar minhas Escrituras e coisas, eu tinha aproximadamente vinte páginas. Então eu nunca passaria através disso em uma hora aqui. Então eu achei que teria que mudar isto nesta noite, então eu mudei.
31 Eu creio que é a vontade do Senhor que eu diga essas coisas. Agora, no capítulo 7 de São Lucas e verso 36:
… um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa.
E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com unguento.
E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o unguento.
Quando isso viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo… (recordem, não alto; consigo), … dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora.
E, respondendo-lhe Jesus disse: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre.
Um certo credor tinha dois devedores; um devia-lhe quinhentos dinheiro, e outro cinquenta.
E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhe a ambos. Dize, pois: qual deles o amará mais?
E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem.
E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me destes água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas e mos enxugou com os seus cabelos.
Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés.
Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento.
Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito o amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.
E disse a ela: Os teus pecados te são perdoados.
E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados?
E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.
32 Vamos orar.
33 Senhor Jesus, esta história aconteceu há muitos anos. Mas é uma história verdadeira, pois ela está escrita nas páginas de nossa Bíblia, e sabemos que é a verdade. E agora, de modo algum tentaríamos retratar isto novamente nesta noite, mas gostaríamos que Tu nos ajudasse a trazê-la como uma mensagem nesta noite para o povo, que possa ver aquilo — que Tu continuas o mesmo Senhor Jesus. E oramos por Tuas bênçãos sobre todos nós, pois somos pessoas necessitadas. Temos necessidade de Ti, Senhor.
34 E cremos nesta noite, embora Te vejamos fazer os cegos enxergarem, e os surdos ouvirem, e os aleijados andarem e — e através de atestados médicos temos Te visto ressuscitar cinco pessoas da morte, em diferentes ocasiões, em diferentes nações… Mesmo assim, eu creio que a coisa mais enferma que conheço nesta noite é o corpo de Cristo aqui na terra, a igreja. Está realmente doente. Cure-a nesta noite, Senhor. Esta porção que está assentada aqui reunida, este — este grupo que está peregrinando aqui em — em Tampa, este amável grupo de pessoas, Senhor, cure cada ferida nesta noite. Que o Espírito possa conceder isto a nós, pois pedimos Isto no Nome de Jesus, para Sua honra, para Sua glória aqui nesta cidade, onde estamos peregrinando. Amém.
35 Podeis vos assentar. Se eu pudesse chamar isto neste exato momento por alguns instantes… E eu não tento, cada noite…
36 Eu tenho que lhes pedir desculpas, porque vocês têm sido tão bons, e são uma audiência tão tranquila para se pregar, até ao ponto em que você não sabe quando parar. E isto faz com que um ministro saiba que vocês estão se alimentando, ou recebendo as palavras que estou dizendo.
37 E eu venho a vocês quando tenho estado… Nunca estive tão cansado o quanto tenho estado. Veja, eu não parei desde o Natal. Eu irei diretamente daqui para Tucson, para começar de novo.
38 Saindo dali, vou diretamente para a Colúmbia Britânica, para batizar uma tribo inteira de índios que eu os guiei a Cristo, eram ex-católicos, no último outono, quando eu estava em uma viagem de caça. E o grupo inteiro entregou seu coração a Cristo, através da cura da mãe, uma das mães. A qual, os médicos, ninguém, pôde tocá-la. Ela estava deitada, morrendo. E eles queriam que eu voltasse tão logo que o gelo derretesse. Veja, ali chega a oitenta e cinco “graus” abaixo de zero. E então, o gelo derreteu, vou conduzi-los, e todos.
39 Um grande número de caçadores de armadilhas, e caçadores, de um lado para o outro pelas auto estradas do Alaska, estarão se encontrando comigo para serem batizados e aceitarem a Cristo. Eles viram que o Senhor mostrou uma visão de uma certa coisa, onde estaria determinado urso, o quanto ele pesaria, e que tipo era ele e onde estaria determinando animal, como estaria ali, e o que eles estariam usando, e tudo sobre aquilo. E lhes disse antes que isso acontecesse. E eles disseram: “Na região nem se quer existe esse tipo de coisa.” E fomos diretamente a isto. E isto aconteceu palavra por palavra. Os troféus estão pendurados no meu escritório hoje. Vêem? Eles disseram: “Nós queremos ser batizados também.” Homens rudes, mas você sabe, Ele tem semente espalhada por todas as partes.
40 Meu tema nesta noite é “Jesus Cumpre Todos Os Seus Compromissos.” Eu quero que você guarde isto em sua mente enquanto falamos. E eu — eu não falarei por muito tempo. E eu gostaria que você pensasse que é agora que — recordem, você tem que se encontrar com Este que está presente conosco nesta noite, algum dia.
41 Agora, devia ser quase no pôr do sol quando a nossa colocação dessa noite começou. Devia ser quase o pôr do sol. E aquele mensageiro havia corrido o dia todo, talvez dois ou três dias. Eleestava tentando encontrá-Lo. Ele desceu, talvez, quase que, de Dã até Berseba.
42 Porque, Jesus, em Seu ministério, estava indo. “Fala aqui”, realizar Seus sinais e maravilhas, e todas as pessoas se reuniam. Ele saía para algum outro lugar. “Eu devo ir a outra cidade.”
43 E ele teve um tempo difícil. Talvez ele tivesse ido até Cafarnaum, e eles disseram: “Ora, Ele partiu daqui há uma semana. Não sabemos exatamente para onde Ele foi, mas Ele foi para outra parte.” E, ele, oh, ele estava cansado. Seu cabelo estava molhado com suor; suas pernas estavam empoeiradas e suadas quando ele chegou na festa onde Jesus estava falando.
44 E Jesus também estava cansado. Ele tinha falado o dia inteiro. Sua boca estava seca de tanto falar. E Suas mãos começaram a parecer trêmulas, e Seus olhos cansados, enquanto o sol começava a se esconder. E ele queria ver a Jesus. Ele tinha uma mensagem para Ele.
45 E agora, Jesus tinha doze homens ao Seu redor, os quais mantinham as pessoas afastadas Dele, porque elas simplesmente vinham para cima Dele. E então eles… Estou fazendo disto um drama, para que então todos possam captar. E então, descobrimos que, nisto, os homens de Jesus, devem ter vindo… Digamos que ele veio a Filipe. E Filipe talvez tenha dito algo assim: “Senhor,” ou, “Jovem companheiro, com certeza gostaríamos de te deixar ver o Mestre, mas — mas Ele está tão cansado. Nós — nós apenas temos que vigiá-Lo, porque Ele — Ele está quase para cair. E temos estado em tantas reuniões e coisas assim, ultimamente, até, eu sinto muito. Não creio que possamos fazê-lo.”
46 Mas ele disse: “Eu — eu tenho uma nota aqui que vem de um homem muito importante no terreno religioso. E é um convite para seu Mestre, pois será uma grande — grande coisa se — se Ele for. E eu devo vê-Lo, pois fui comissionado, que eu devia entregar este convite para Ele, e conferir se Ele o recebe pessoalmente.”
47 Então, finalmente, eles o levaram até o Senhor Jesus. E enquanto Ele estava olhando para ele, o Senhor Jesus; talvez deixando o Seu lugar (púlpito) de onde Ele estava falando, onde os discípulos e os outros haviam preparado para que dali Ele pudesse falar, enquanto Ele estava olhando, ora, Ele olhou para o rapaz. Ele deve ter gostado dele.
48 E o rapaz falou com Ele; ele disse: “Estou em uma — uma missão, Senhor. E há um homem do altíssimo escalão lá embaixo em uma determinada cidade. E ele é um fariseu, a mais rígida religião. E ele é um — ele está fazendo um — um jantar, um grande momento, um banquete. E ele deseja que Tu venhas, e seja o convidado de honra. E ele está… Muitos gostariam de ir a este banquete, mas ele te escolheu. E faz três dias que estou tentando te encontrar através da nação. E com certeza fiquei feliz em chegar aqui, Senhor. E eu Te entrego este convite, da parte dele.”
49 E Ele olhou para o recado, e o leu. E descobrimos que este certo fariseu havia… Estava fazendo uma festa, e — e O havia convidado para descer e ser um convidado de honra com ele. Então Jesus ficou de pé por alguns momentos, e olhando para o rapaz.
50 E mesmo tão ocupado o quanto Ele estava, mas não há nenhuma vez que você O convide que Ele não venha. Não importa qual seja a situação, Ele virá.
51 Ele disse: “Diga a seu — seu mestre que Eu estarei lá. Neste determinado dia, nesta determinada hora, Eu estarei lá.”
52 E o mensageiro deve ter sorrido, satisfeito, e retornou, e correu pelas colinas para levar as boas novas de volta ao seu mestre, que ele havia tido sucesso em levar a mensagem Àquele que ele queria.
53 Qual era o problema com aquele mensageiro? Como pôde ser? Estava ele ciente do que ele havia feito? A primeira vez, talvez, em sua vida, que ele esteve na Presença de Jesus, e nem sequer pediu perdão de seus pecados. Ele nunca — ele não aproveitou a oportunidade.
54 Oh, isto acontece da mesma maneira com as pessoas hoje. Muitas vezes elas — elas sabem que estão em Sua Presença e — e nunca pedem perdão.
55 Bem, isso, ele — talvez nunca lhe foi dada outra oportunidade, e rejeitou sua última oportunidade de pedir perdão. Como pôde ele ter feito aquilo? Como pôde este rapaz nvolvido em trazer esta mensagem de seu mestre, ter falhado em pedir perdão na Presença do Filho de Deus? Era tudo um assunto de negócios.
56 E, você sabe, aquilo é algo como as pessoas hoje. Igreja, Cristo tem se tornado um — um — um assunto de negócio, ou um assunto social, para se unir à igreja e obter apenas um padrão social melhorzinho para seus negócios ou algo. Para você se destacar um pouquinho melhor na vizinhança. Isto não é uma coisa de — de realmente vir e se arrepender, como um — um pecador deveria fazer. Muitas vezes, na igreja, as pessoas são trazidas diretamente à Presença de Cristo e se afastam e fazem uma coisa irrefletida como este mensageiro fez.
57 Oh, ele deveria ter caído de joelhos, e quando ele percebeu que Ele era Quem Ele era, e dizendo: “Mestre, eu tenho uma mensagem para Ti. Mas primeiro, eu quero que Tu me perdoes.” Esta teria sido a aproximação correta. E então, se houvesse qualquer negócio para ser feito, que aquilo fosse feito mais tarde. Mas primeiro coloque sua própria alma de maneira correta com Deus.
58 Eu acho que é por isso que a cura divina fracassa, ou a cura professada. Porque em primeiro lugar, as pessoas não estão prontas para a cura; elas não querem confessar seus erros. A Bíblia diz: “Confessai vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros.” E nós não estamos desejando fazer isto. Se pudéssemos tomar a cura e seguir em frente, e voltarmos, e fazermos o que estávamos fazendo, eles a aceitariam. Mas quando se trata realmente, em primeiro lugar, vir e se acertar com Deus, as pessoas não querem fazer isto. E esta é a razão pela qual isso lança um — um abafador sobre a cura divina. Você vê tantas pessoas que entram assim, e vão embora, e não… E Deus sabe tudo a respeito destas coisas.
59 Agora, aquele sujeito fez uma coisa realmente irrefletida, nós pensamos. Nós pensaríamos: “Se eu pudesse tomar seu lugar. Se eu pudesse subir até Seu trono, e — e levar uma mensagem, a primeira coisa que eu faria…” O que você faria? Estaria você interessado em descobrir aquilo pelo qual sua organização lhe enviou ali em cima, ou você estaria olhando ao redor para ver como o céu foi decorado? Ou, a primeira coisa que você diria em Sua Presença seria: “Senhor Deus, me perdoe, um pecador.” Esta seria a coisa correta a fazer.
60 Agora, enquanto Jesus observava o rapaz , e à medida que ele se afastava, pode ter vindo em Sua mente: “Por que aquele rapaz não fez isso?” Foi porque ele não estava ciente de Quem era Aquele.
61 Deixe-me dizer isto, não soando como sacrilégio. Permitam-me dizer isto, não porque seja esta reunião, ou qualquer reunião. Mas eu acho que este é o problema hoje. As pessoas não estão conscientes disso. Elas veem a Escritura exatamente identificada, mas não estão conscientes de Quem seja. Elas veem isto, e dizem: “Ah, isso foi maravilhoso. Isso foi ótimo. Eu — eu…” Mas você não está consciente do que seja isto. Se estivesse, estaria acontecendo um arrependimento, clamor e choro. A cidade teria um renascimento, a metade de vocês ficaria detida até o amanhecer. Isto é correto, se tivéssemos consciência do que seja isto. E passamos muitas vezes e perdemos a oportunidade por não estarmos conscientes.
62 Eu não creio que o rapaz realmente observou. Ele havia sido criado com aquele fariseu, o qual era um — um grande governante, príncipe, ou — ou religioso. E ele havia sido criado com ele, e — e — e apenas tomou partido em sua religião. E o fariseu havia — havia rido de Jesus, e havia criticado Dele, ou algo que eles fizeram, enquanto eles — naquele dia. E ele apenas jogou aquilo fora. Aquilo não era nada a não ser uma simples mensagem que ele tinha que entregar. Ele apenas se assentou ali. E ele estava na Sua Presença e aquilo era tudo que aquilo era para ele; não significava nada para ele. Mas se ele tivesse consciente, se aquele garoto pudesse se levantar da morte hoje, e se assentar na reunião nesta semana, ele faria algo a respeito disto. Ele teria um testemunho que abalaria a todos nós. Mas ele não estava consciente.
63 Agora, na cena aqui, há algo errado. Simplesmente não está… Não está correta, enquanto Jesus observava aquele rapaz se afastar, cansado e exausto. Mas no quadro completo, há algo errado. Aqueles fariseus odiavam a Jesus. E por que eles O queriam como um convidado de honra sendo que eles O odiavam? Aquele fariseu tinha uma, como os velhos jogadores dizem, ele tinha alguma coisa em sua manga. Ele tinha uma carta de trapaça em sua manga. Porque eles odiavam a Jesus. E eu creio que Jesus imediatamente viu aquilo. Veja, as pessoas têm que ter algo em comum.
64 Minha mãe, ela costumava dizer: “Pássaros da mesma plumagem voam juntos.” Você não vê, você não vê abutres e pombas se alimentando juntos. Eles são — eles são… Um é um carniceiro. E a pomba não poderia comer a comida de um abutre, porque ela não tem nenhum fel. Ela — ela não poderia digerir aquilo.
65 E você não vê crentes e incrédulos juntos, a não ser que haja algum propósito para isto. Há algo — algo errado. Este sujeito tinha um truque em sua manga. Ele queria se divertir com Jesus.
66 Agora, você toma as pessoas, como você toma os jovens, os jovens adolescentes, eles não gostam de estar ao redor de pessoas mais velhas, porque eles — eles têm coisas em comum. Os jovens casais casados, eles têm coisas em comum. As pessoas mais velhas elas não querem muito estar ao redor das crianças. Elas — elas têm coisas em comum.
67 Quando você vê uma garotinha grudada com a vovó o tempo todo, agora tem — tem algo errado ali. Existe tanta diferença na idade delas. Ou ela é a queridinha da vovó, ou a vovó tem um saco de doces em algum lugar. Vêem? Há, há um — há um truque em algum lugar. E eu mesmo tenho um neto, e eu sei. Sempre há um truquezinho em algum lugar. Vêem? E se você a vir pendurada ao redor da vovó, a vovó tem um — um saco de doces ou alguma coisa. Então este fariseu tinha algo em sua manga.
68 Tudo havia acontecido em uma reunião ministerial onde haviam se reunido. E o assunto foi discutido a respeito daquele Sujeito o Qual havia chamado a Si Mesmo de profeta. E eles não criam que Ele fosse um profeta. Porque, eles não podiam ver um homem que não seguia com eles, toda sua doutrina, como sendo um profeta. E então, nesta reunião ministerial, eles haviam decidido que Ele não era um profeta.
69 E este velho fariseu ia provar isto para eles, que Ele não era um profeta. O fariseu estava indo para — para — para esclarecer isto, e mostrar à congregação, e a todas as pessoas daquela cidade, que Ele não era um profeta, antes mesmo Dele visitar a cidade. Ele nunca tinha estado naquela cidade antes. Então, antes Dele vir, ele iria expô-Lo. Oh, aquele espírito, ele continua vivo. Indo para O expor, fazer algo que impedisse a reunião que Ele poderia ter ali.
70 Então descobrimos que ele disse: “Farei um jantar, e convidarei a todos, e reunirei todas as pessoas da cidade. E então provaremos que ele não é nenhum profeta. Nós provaremos isto.”
71 Então, o fariseu pode ter pensado que fazendo isto, ele teria — ele teria um pequeno… Talvez se tornaria, após algum tempo, um dos presbíteros, ou algo. Ele teria — ele teria… ele realmente faria sucesso com o seu grupo. Ele iria criticar o Senhor Jesus no banquete, para provar que Ele não era um profeta, para desonrá-Lo em alguma parte. Então ele seria um grande sujeito no meio deles, se tornaria algum grande homem.
72 Agora, descobrimos que o mensageiro voltou e disse ao seu mestre: “Eu O encontrei. Ele prometeu. E ele estará aqui, apenas digo isto pela forma que ele agiu. Ele, Ele estará aqui.” Correto.
73 Agora, o fariseu esperou por aquela determinada hora. E eles sabiam quando fazer aquele banquete, quando tudo estivesse simplesmente correto. Talvez pensamos, em nosso pequeno drama nesta noite, que — que ele o fez em uma época quando as uvas estavam maduras. Se você alguma vez já esteve na Palestina na época da uva, ou mesmo na Califórnia, quando aqueles enormes cachos de uvas estão perdendo de maduras, por todo o estado, os vales simplesmente cheios de — daquele aroma doce daquelas uvas. Ele sabia exatamente como fazer aquilo correto. Então ele estabeleceu aquela época, num determinado dia eles teriam aquela festa.
74 Finalmente chegou o tempo quando aconteceria a festa. E ele convidou a todos que pudessem, para vir, subir, toda celebridade, e todas as associações e assim por diante, e a todos os clubes que havia naquela cidade aos quais ele pertencia. Todos eles estavam indo para aquele grande, fino palácio. Ele estava localizado no alto, se levantava como um projeto urbano ali da cidade. E a hora chegou para que aquilo fosse feito. Naturalmente os jardins estavam cuidados, e as mesas estavam preparadas, e a sala do banquete pronta.
75 E então, agora, ele tinha que cuidar de…seus convidados, quando chegassem. Qualquer anfitrião faria isto. Então ele teve que contratar alguns rapazes para o estábulo, porque alguns de seus convidados chegariam… ou alguns de seus convidados estariam vindo em carruagens, e alguns montados em mulas, alguns andando. Então qualquer um que faz um — um — um que faz um banquete, tem que fazer os preparativos para entreter seus convidados. Então o fariseu tinha simplesmente tudo preparado, e todos os seus servos, e os preparou, colocou os rapazes nos estábulos onde eles poderiam pegar os cavalos, e toda a forragem e preparar as coisas para eles.
76 E então ele tinha um hospedeiro, ou um porteiro, que tinha que pegar os convites, porque você — você não podia entrar a não ser que tivesse sido convidado. E para pegar os convites, ele tinha seus nomes anotados, de quem estaria ali. E eles chegavam, se identificavam pelo nome, e então eles podiam entrar.
77 Então, vamos apenas olhar o que tinham, o que tinham que fazer, por algum tempo. Já estive no oriente, e talvez muitos de vocês já estiveram, e observaram como eles fazem isto. É realmente impressionante. E você observa, então, quando tudo está sendo cuidado, então quando eles chegam à porta, a primeira coisa, a — o porteiro pergunta quem é. E eles dizem quem são. Ele olha em sua lista, e ali está o nome. Assim ele o examina. E o que ele faz, ele toma o seu cajado, e o coloca em um canto. Os rapazes tomam os cavalos, se ele veio andando, ou melhor, se ele veio a cavalo, e os colocam no estábulo.
78 Agora a coisa seguinte que ele faz, ele entra em um saguão. E ali há um punhado de homens que são chamados de os lava-pés, os lacaios. É o trabalho de mais baixa remuneração que existe, é o criado lavador de pés.
79 E pense nisto, nós que achamos que somos alguém, e Nosso Senhor identificou-Se a Si Mesmo na terra, como um lavador de pés. Isto é exatamente o que Ele fez. E então pensamos que somos alguém. Nós corremos para a escola e obtemos um pouquinho de cultura, e deixamos — aprendemos a dizer algumas palavras sofisticadas. E voltamos e colocamos um — um terno de roupas e saímos por aí e queremos ser chamados de “doutor, reverendo” ou alguém.
80 Eu estive em um imenso museu há não muito tempo e observava a estimativa de um homem que pesava cento e cinquenta libras e quanto de química havia em seu corpo. Você sabe o quanto há quando ele é totalmente derretido? Ele vale oitenta e quatro centavos. Então você coloca um chapéu de dez dólares em cima de oitenta e quatro centavos, e um casaco de marta de quinhentos dólares, e com seu nariz empinado; se chovesse se afogaria. E então você sai por aí cuidando destes oitenta e quatro centavo, correto, pensando que você é alguém. E você nem se preocupa, ou pelo menos age assim, em relação àquela alma que vale dez milhões de mundos. A diferença, irreflexão, como podemos!
81 Agora, aquele criado lavador de pés, ele tinha que lavar seus pés. Agora, no… Quando você viaja na Palestina, a roupa na Palestina é um manto. Desce até embaixo. E então a roupa de baixo chega apenas por volta da altura da barriga da perna, como roupa de baixo. E assim os … Os animais e os homens viajam na mesma trilha, os animais, naturalmente, seguindo pela trilha, e — e — assim viajam pela mesma trilha. E — e a poeira vem de onde estão os animais, e havia um mal cheiro na poeira. E isto entrava em seus pés quando eles estavam suados. E seus pés estavam calçados com sandálias. E aquilo ficava cheio de suor, e — ficava molhado, grudento.
82 E aquele mal cheiro de onde os animais atravessavam a trilha… As vestimentas Palestinas eram longas como uma saia, até embaixo, apanhava aquela poeira e ficava ali embaixo, e entrava toda por debaixo de seus pés e seus — seus membros. E eles realmente ficavam — cheiravam como aquela trilha, onde os animais haviam estado. Então, entrando em uma casa como aquelas que os fariseus tinham… E possuíam aqueles grandes, enormes, finos tapetes, eles eram enviados da Pérsia e — e tudo mais. Ora, você não se sentiria bem vindo ante ao anfitrião, e — e — e então todo fedendo daquele jeito. Então eles tinham uma maneira de cuidar daquilo; eles tinham um criado lavador de pés, e ele ficava lá.
83 E tão logo que você entrava e seu nome era registrado, os rapazes pegavam os cavalos, ou seus animais, e os levavam para trás para alimentá-los, um grupo de rapazes. E então o porteiro te conhecia através do registro que ele tinha em sua mão. E então você estava pronto para o criado lava-pés.
84 Então você entrava. Você levantava seus pés. Ele tirava as sandálias, as colocava em um lugar, para que então você soubesse onde estavam. E deste outro lado ele tinha um pequeno calçado. E depois que ele terminava de lavar seus pés, lavando-os muito bem, toda a poeira e tudo, te refrescando, então ele colocava aquele pequeno calçado de pano por cima.
85 Como você vê nos aviões e atravessando, indo para o estrangeiro agora, eles dão a você durante a noite, quando você … Como as mulheres têm aquelas coisinhas que usam quando elas não estão usando meias. Eu vejo minha esposa e minha filha e às vezes elas as usam. Algumas vezes … São pequenos… Eu — eu não sei como chamam mas é apenas como uma parte inferior de uma meia, você sabe, e — e você coloca aquilo nos seus pés.
86 É mais ou menos algo assim, é apenas um pouquinho mais alto, porque você não vai apanhar suas velhas sandálias sujas e andar em cima daqueles tapetes ali. Assim, então, seus pés são lavados. Então outra coisa que acontece, você está calçado com este pequeno sapatinho, como eu o chamarei.
87 E então a coisa seguinte acontece, há um homem ali com uma toalha sobre o seu ombro, e ele tem um pouco de unguento em sua mão. E isto é um óleo perfumado. Agora, os raios diretos daquele sol da Palestina sobre seu pescoço, ele simplesmente te enche de bolhas. E outra coisa, aquela poeira que é apanhada às vezes entra em sua barba ou seu cabelo. E este homem aqui de pé, então com aquele ungüento, e ele o segura nesta pequena panelinha. Você o coloca em suas mãos e o esfrega em sua face e em seu pescoço. E então você toma aquela toalha e limpa aquilo, e arruma seu cabelo. Agora às vezes…
88 Isto é muito raro, porque isto realmente produz um — um maravilhoso aroma. Eles o obtém, muitas vezes, de uma roseira selvagem, lá em cima nas montanhas. Você vê uma rosa depois que sua pétala cai. Então isto — isto tem uma pequena — uma pequena maçã, parecido, nela. E dali eles espremem e obtêm esse perfume. É dito que a rainha de Sabá, quando ela foi a Salomão, levou bastante desse excelente perfume, e o deu a Salomão. Muito raro. É muito difícil encontrá-lo nas montanhas.
89 E então, quando eles se limpam, suas barbas e através de seus pescoços, e se limpam com aquela toalha, agora eles estão prontos para — para encontrar com o anfitrião, para encontrar com aqueles que os convidaram. Veem? Eles não se sentiriam bem entrando com toda aquela poeira. Esta é a razão do lava-pés. Vêem? Eles — eles — eles estavam com cheiro ruim, e eles tinham que lavar seus pés. E com suas enormes, velhas, pesadas sandálias, sobre aqueles tapetes finos, eles não se sentiriam bem. Eles se sentiriam constrangidos. Mas agora seus pés estão lavados, e agora ele está todo arrumado. Ele exala o perfume que foi colocado sobre ele, daquele unguento, o que eles chamam de “ungir suas cabeças com óleo”, e o esfrega em sua face, então o enxuga com uma toalha. Agora, ele está renovado.
90 Agora, a coisa seguinte que ele faz, ele encontra com o seu anfitrião, aquele que o convidou. Ele sente vontade de encontrá-lo. Agora, ele não tinha vontade encontrá-lo com toda aquela poeira sobre si. Então, ele está todo arrumado e preparado agora.
91 Então o anfitrião o esperava na porta, e eles tinham um costume bastante estranho. E isto continua em algumas das igrejas, uma saudação com um beijo. Então eles pegavam na mão, cruzadas desta maneira, abraçava um ao outro (os homens) com — com seus braços ao redor um do outro, assim, e beijava um ao outro no pescoço. E quando o anfitrião te beijava, você era bem vindo. Aquele era o beijo de boas vindas. Agora, você não gostaria que seu anfitrião te beijasse com toda aquela velha terra, e coisas, em — você, então tem que estar limpo antes de receber o seu ósculo de boas vindas. Mas, oh, quando uma vez você recebe o beijo de boas vindas, você é um irmão completamente habilitado. Isto é tudo. Você poderia, hoje, a única coisa que você poderia fazer, você vai a uma casa hoje, e você se sente em casa; você é um deles. Ele te dá um beijo de boas vindas.
92 Recordam de Judas beijando Jesus, vejam, hipocritamente? Veem? Porque, se ele O beijou, foi em beijo de boas vindas. Era um ósculo de amigo, não nos lábios, mas no pescoço, beijavam no pescoço.
93 Agora. Observamos então, que você podia entrar. Se você quisesse ir até a geladeira, (isso seria hoje) e pegar um enorme sanduíche, e se deitar na cama, e comê-lo, você simplesmente estaria se sentindo em casa. “Você é bem vindo. Entre.” Isto é, você está bem agora. Você apenas se sente como alguém da família agora, porque você está do lado de dentro.
94 Agora, você tem tudo isto feito, e a unção, e tudo preparado. Você recebe o beijo de boas vindas. E então você entra, estreita as mãos, então, no banquete. Você se encontra com seus amigos. O anfitrião realmente te beijou na entrada, e então você está — você está livre agora. E você simplesmente se sente como um deles. Você foi convidado. Você foi limpo. Você recebeu o beijo de boas vindas, e agora você é um deles. Entra e tem o companheirismo deles.
95 Agora, por volta deste momento, eu imagino aquele cordeiro assado ali fora, lá atrás na churrasqueira, estava simplesmente cheirando ao redor daquela região, juntamente com as uvas e coisas. Pode você imaginar as pessoas pobres de pé ao redor da cerca, com água em suas bocas. Elas não foram convidadas para entrar; apenas as celebridades. Então a — a festa estava agora entrando num balanço muito bom. Tudo estava indo muito bem, um bom vaivém.
96 Agora, eu imagino que os fariseus e todos os seus amigos, estavam brindando as taças um com o outro, e tomando um bom gole à saúde, e um dos melhores vinhos que havia na Palestina naquela época. Ora, eles eram ricos, eles podiam comprá-lo. E eles, todos, as mulheres, com as suas excelentes jóias, estavam em um canto tendo o seu companheirismo, assentadas ao redor, em divãs e demais coisas, como era o costume daquele dia. E os homens, todos fazendo os seus brindes e conversando, e o sacerdote, e todos os rabinos, e tudo mais, tendo um bom tempo. E o — a — a festa estava indo muito bem.
97 E então Jesus, embora ocupado como Ele era, em Seu itinerário lotado, Ele sempre mantém Seu compromisso. Você pode contar com isto. Ele cumpre Seu compromisso.
98 Agora, vamos olhar lá dentro para ver o que está acontecendo. Eu posso ver um fariseu ali dentro brindando o seu copo e dizendo: “Rabi, sabe de uma coisa?” E a grande conversação acontecendo, e os homens de negócios falando de seus negócios, e tudo mais. O banquete — o banquete está em pleno ritmo agora, esta grande festa.
99 Mas, veja, assentado perto de uma parede, sem ser notado, estava Jesus. Ele cumpriu o Seu compromisso. Ele foi. Ele sempre cumpre Sua Palavra. Todas as Suas promessas. Mas observe-O. Ele se assentou ali, sujo. Eu detesto dizer isto. Me mata dizer isto. Mas Seus pés estavam sujos. Ele não tinha sido ungido. Ele não tinha recebido o beijo de boas vindas, embora Ele tivesse sido convidado.
100 É assim com alguns de nossos modernos reavivamentos. Os franceses O chamam: “Jesus, Jesus, com os pés sujos”. Poderia você imaginar isto? Ele foi convidado e Ele compareceu. E ali está Ele. Ele entrou de algum modo, sem ser notado, Ele ficou assentado ali como um que toma “chá de cadeira”. Ele estava simplesmente tão fora de lugar ali como Ele está em alguns de nossos modernos reavivamentos, banquetes, assim chamadas reuniões religiosas.
101 Ele estava fora de lugar. Ninguém estava prestando nenhuma atenção Nele. Eles estavam muito ocupados com outras coisas, embora Ele tivesse sido convidado. Mas Ele não foi bem vindo quando Ele chegou.
102 O que aconteceu com aquele criado lavador de pés? Como ele perdeu aquela oportunidade? Eu gostaria de ter tido a sua oportunidade. Oh, que coisa. Se eu soubesse que Ele estaria vindo, eu estaria ali de pé esperando por Ele. Eu — eu estaria pronto para isto. Como foi ele fazer aquilo? Agora, não vamos condená-lo muito, porque podemos fazer a mesma coisa e não sabermos. Vêem? Ele O perdeu. Oh, que coisa.
103 Observe, Ele vem hoje a nosso chamado também. Ele vem no nosso meio. Eu não gostaria de dizer isto, mas eu devo dizer. E em nosso meio, Ele é percebido no nosso meio, assentado ali, exatamente como um poeirento, para as pessoas como Ele foi então, isto é exatamente correto, chamam-No de “santos roladores” e tudo mais. E mesmo assim nós clamamos por um reavivamento. E Ele vem. E quando Ele realmente vem, nós O tratamos mais ou menos como eles fizeram no passado.
104 Alguém se levanta no Espírito de Deus, diz: “Amém,” ou grita, ou algo outro assim, quando acontece de Jesus passar. Ora, o… Eles são colocados para fora da igreja. Bem, eles pensam que aquilo é uma terrível vergonha, desonra a igreja, desonra o povo, quando é o próprio Jesus, Ele passando.
105 E podemos vê-Lo vir e identificar a Sua Palavra e fazer exatamente como Ele o fez no passado, e hoje eles dizem: “É adivinhação, telepatia mental, ou algum espírito maligno.” Diante das pessoas Ele é simplesmente tão sujo como Ele era quando estava assentado ali: Jesus, a Palavra de Deus. E não fazemos nada a respeito disto. Nós estamos interessados em nossa organização ou nosso — nosso padrão social. Temos vergonha de sermos chamados pelo Seu Nome. Estamos realmente envergonhados Dele.
106 Eles estavam envergonhados Dele porque Ele estava sujo. Os convidados não O conheciam. E eles estavam envergonhados Dele por causa de Sua sujeira.
107 Esta é a maneira que é hoje. Eles continuam envergonhados Dele, porque eles empilharam toda a sujeira que puderam colocar sobre Ele, chamando-O de “santos roladores,” e de tudo mais que eles podem pensar. Ninguém faz nada a respeito disto. Ali está Ele assentado, com os pés sujos, como um esquecido na festa, esquecido em uma reunião religiosa. Convidado, nós pedimos a Ele para vir a um reavivamento. Quando Ele vem, nós O tratamos do mesmo modo como eles fizeram ali. Ele vem e Se identifica, mas ninguém quer ter nada a ver com Ele.
108 “Se Ele pudesse fazer algum tipo truque, ou — ou — ou fazer algum tipo de — de milagre”. Como Ele o fez diante de Pilatos… Pilatos, a única oportunidade que ele teve, e ele Lhe perguntou, queria ver algo ser feito, queria: “Vejamos algum sinal.” Ele deve ter se arrependido.
109 É isto que este cruel mundo, destinado ao inferno, deveria fazer nesta noite, arrepender de seus pecados. É isto que estes membros de igrejas deveriam fazer; se arrepender de suas incredulidades. Se colocarem ao lado Dele. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. E Ele Se identifica exatamente como Ele o fez então. E as pessoas hoje tomam a mesma atitude que aquele fariseu tomou, o mesmo tipo de atitude; O deixam assentado, depois de convidá-Lo. Embora não O queiram; eles apenas o fazem, como que por educação. Ele sabe disto.
110 Temos feito com Ele hoje, exatamente como eles fizeram então; em vez de lavá-Lo, lavando (Seus) a reprovação para longe, em vez de tentar se colocar de pé, dizendo: “Você está enganado. É a Palavra de Deus manifestada. Isto é o que Ele prometeu. Ele disse que Ele derramaria o Seu Espírito nos últimos dias. Estamos vivendo nos últimos dias.” Em vez disso, nós simplesmente O colocamos lá atrás como eles fizeram. Temos medo de tomar uma posição.
111 E se um deles tivesse levantado e dito: “Aquele é Jesus de Nazaré. Eu creio que Ele é um profeta de Deus”? Você sabe a razão pela qual eles não fizeram isto? É porque eles não criam que Ele era profeta.
112 E continuam não crendo hoje. Eles pensam que Ele é um educador. Eles pensam que Ele é uma denominação. Eles não sabem que Ele continua sendo um profeta. Isso é pelo que eles O tinham lá embaixo, em questão. Esta é a mesma coisa pela qual Ele é questionado hoje. Ninguém está pronto para estar do lado Dele. Eles apenas dizem: “Bem, eu não tenho nada a ver com Ele. Vêem? Eu pertenço a igreja. Ali está meu pastor, e todos eles assentados bem ali. Eu sou uma boa pessoa.” E Jesus com os pés sujos, ninguém se importou. A própria Bíblia…
113 Agora nós nos aproximamos e estreitamos as mãos, colocamos nossos nomes no livro. E o — os metodistas, se eles não nos querem, nós vamos aos batistas. Se eles nos chutarem para fora, iremos para os nazarenos. A unicidade nos chutando para fora, iremos para a dualidade. Se a dualidade nos chutar para fora, iremos para a trindade. Não precisamos de suportar nenhuma delas, são todas formais. Esta é apenas a mesma maneira. Nós…
114 E quando Jesus chega, nós nem mesmo reconhecemos. Nós não nos importamos. Esta é a maneira que eles fazem. E mesmo assim, estamos clamando: “Vem, Senhor Jesus. Vem, Senhor Jesus,” e Ele vem. E o que nós fazemos? A mesma coisa que eles fizeram. Por que? Se eles disserem alguma coisa, O aceitarem, alguém ouvirá e zombará deles. E eles O deixam assentado, sujo. É chamado de “espírito maligno”.
115 Você recorda, Jesus lhes disse, certo dia, quando eles disseram: “Este homem faz isto através de Belzebú,” Ele disse: “Se disserdes isto contra Mim, isto vos será perdoado. Mas um dia o Espírito Santo virá para fazer a mesma coisa, e, uma palavra contra Ele nunca será perdoada.” Aí estamos: Jesus com os pés sujos. Poderia você imaginar isto? Poderia você imaginar, pessoas que alegam amar a Deus e estarem tão misturadas com seus credos e suas denominações e ismos?
116 Jesus disse: “Suas tradições, vocês tornam a Palavra de Deus sem nenhum efeito.” Ali estava Ele, ali, e a Palavra estava fazendo efeito, porque foi feita carne, e estava provando exatamente que Ele era o Cristo. E as pessoas, com as suas tradições, não A deixavam fazer efeito sobre as outras pessoas. Era isto que Ele estava fazendo, tentando mostrá-La. E, veja, Eles não criam que Ele era um profeta.
117 E, embora a Bíblia dissesse que Ele seria um profeta. A Bíblia, Moisés disse: “O Senhor vosso Deus levantará um profeta.” Deuteronômio 18:15. E a Bíblia predisse exatamente o que Ele faria. E aqui vem Ele fazendo isto no meio destas pessoas.
118 E hoje nós O deixamos simplesmente com o nome sujo como Ele tinha então. Os deixamos dizer coisas contra Ele: “Os dias dos milagres passaram. Não existe tal coisa,” quando a Bíblia diz que Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. E continuamos com vergonha de nos levantar e dizermos algo a respeito Disto. Temos vergonha de nosso testemunho, que nós — que alegamos que cremos. Em vez de lavá-Lo, tentar lavá-Lo com lágrimas de alegria por Ele estar aqui, nós apenas O deixamos assentado, sujo. “Eu não quero ter nada a ver com isto. Eu não vou cooperar com nada como Aquilo, colocar minhas mãos sobre Isto.” Vêem?
119 Aí está você. É o mesmo grupo de fariseus, sob outro nome. Nós novamente O deixamos assentado dessa forma, pela mesma razão, nós não cremos que Ele seja um profeta. Nós nos envergonhamos Dele. Por que? Pela mesma razão. Nós não cremos Nele. As pessoas não creem. Não, senhor.
120 Ele pode vir, fazer seja o que for que Ele desejar; eles estão consolidados em seus modos, e não há nenhuma necessidade de tentar mexer com eles. E você sabe, que a Bíblia diz que eles seriam assim. Exatamente. A Bíblia diz que eles seriam desta maneira, “mornos, tendo forma de piedade, e sem nenhuma eficácia de poder. Vêem? Isto é correto.
121 Nos unimos com este ilustrado, grupo educacional aí de pé, e tendo nossos grandes momentos sociais, e nossas excelentes igrejas, e nossa fina decoração. Então Jesus Cristo pode entrar e você O deixa ficar sujo. A Palavra pode ser manifestada no nosso meio, e nós continuarmos seguindo em frente, deixamos as pessoas falar Dele. Oh, que coisa.
122 Mas, você sabe, para nos apressarmos com nossa história, vamos mudar o cenário nesta noite. Vamos virar nossas câmeras para o outro lado, lá embaixo no corredor, um pequeno velho corredor sujo, bem lá em cima, em um pequeno velho quarto que foi trancado com uma grade. A porta se abre, e uma mulher sai. Bem, ela não era muito benquista entre as pessoas. Ela era uma pecadora, e ela ganhava sua vida de forma errada. E ela vagava pelas pequenas velhas escadas rangentes. Ela entra no corredor, e ela desce passando por todas as latas de lixo, e sai na rua.
123 Ora, não tem ninguém lá fora, então ela começa a pensar o que está… “Oh, eu recordo. O fariseu ali em cima, o pastor fariseu, ele está dando um grande banquete. Todos estão ali em cima. Os negócios serão ruins hoje.” Então, ela vagueia rua abaixo. E enquanto ela começa a andar, ela diz: “Bem, eu apenas terei que esperar até isto acabar.” E ela ganhava sua vida de uma forma ruim. Então ela está descendo pela rua.
124 E após algum tempo, o seu pequeno velho estômago faminto sente o cheiro daquele cordeiro assado. Ela pensa: “Que coisa, isso cheira bem. Eu nunca tive nada como isto para comer em minha vida.” Talvez tenha sido jogada na rua.
125 Você sabe, muitas vezes pensamos acerca da delinqüência juvenil. Eu penso que a maior parte disto é a delinqüência dos pais. Os filhos deviam ter sido ensinados a orar, e servir a Deus; em vez da mamãe estar ali fora em algum lugar em uma festa de baralho, em sua festa religiosa de baralho, e o papai lá fora no campo de golfe em algum lugar; e a irmã fora com o Junior, e lá fora na rua, e andando por aí . Talvez as coisas teriam sido diferentes se eles tivessem tido uma velha e antiquada oração de altar, a Bíblia, em vez das cartas de baralho. E tivesse jogado aquela televisão porta à fora há muito tempo, isto poderia ter sido muito diferente. Todos vocês, costumava ser errado ir ao cinema. O diabo colocou isto bem no nosso meio; ele o trouxe bem para dentro de suas casas. Veem? Veem?
126 Ela estava faminta. Ela sentiu o cheiro daquilo. Ela disse: “Que coisa, isto cheira bem. Eu realmente gostaria de saber como seria o gosto do pedaço de um cordeiro assado, na boca de um humano. Eu — eu não sei como isto seria. Eu acho que eu simplesmente vou me aproximar.”
127 Agora, ela não podia chegar muito perto deles, porque ela era uma mulher desprezível. Eles eram farisáicos, veja você. Todos eles pertenciam à igreja. Então ela não podia se aproximar de onde eles estavam. Ela era considerada uma pecadora.
128 Então quando ela se aproximou para dar uma olhada, viu todos ali de pé e a água corria por sua boca, enquanto eles ofegavam, você sabe, e olhando para aquele carneiro, ou cordeiro ali assando. E todas as boas comidas e coisas sendo carregadas ali. Que grande tempo.
129 E ela começou a olhar através da multidão assim, e seus olhos caíram Nele. “Quem é Aquele? Ele tem os pés sujos. Eu gostaria de saber Quem que… Gostaria de saber, se alguém me dissesse. “Me diga, você…” Se voltava rapidamente, não querendo ter nada a ver com ela. Ela é uma pecadora. Então, pergunta a alguém mais, finalmente, talvez uma pequena senhora que estava crendo e orando do mesmo modo, disse: “Senhora, poderia… Me desculpe. Mas você poderia… Quem é aquele assentado ali? Como que Ele… aquela pessoa…”
130 “Bem,” disse: “você sabe quem é Aquele? Você já os ouviu falar a respeito daquele Jesus de Nazaré, suposto a ser um profeta?”
“Oh, sim. É Ele?”
“É Ele.”
131 “Bem, Ele não foi lavado. Eu acho que todos estavam supostos a serem lavados antes de entrar ali e serem ungidos. Olhe para Ele. Bem, isto não é correto.”
132 Ela teve uma oportunidade que lhe foi apresentada. Ela se lembrou de uma história que alguém lhe havia contado. Outra mulher de sua laia, certa vez lá em cima em — em Samaria, na cidade de Sicar, que teve cada pecado seu perdoado. E ela viu que aquela poderia ser uma oportunidade para ela. Então como ela ia se aproximar Dele? Ela tinha visto que Ele estava necessitado, e ela queria servi-Lo, e não podia chegar até Ele. Esta é mais ou menos a maneira que é. Então ela pensou: “O que posso fazer? Ele não tem nenhum unguento; Seus pés estão sujos. Ninguém está Lhe prestando atenção. Oh, se eu apenas pudesse chegar ali. Este é o verdadeiro coração penitente. Se eu somente pudesse chegar ali.” Agora, ela pensa — toma …
133 Sua mente capta algo. “Você sabe o que eu creio que farei? Eu sei.”
134 Ela desce pelas ruas, o mais rápido que pode, desce pelo corredor, e sobe aquelas velhas escadas rangentes e abre a porta. Entra ali e apanha uma — uma meia, você sabe, e a estende, conta quanto dinheiro tem. Ela diz: “Eu, é suficiente para comprar um pouco de unguento? Vamos ver se é. Tem vinte peças de dinário romano. Talvez seja o suficiente. Mas espere, eu não posso fazer isto. Ele é um profeta, e Ele saberá onde consegui este dinheiro. Ele saberá como eu o obtive. Eu simplesmente não posso fazer isto.” Então, ela, talvez o tenha colocado aquilo ali de volta, novamente.
135 E quando ela o colocou de volta, havia algo que continuava falando em seu coração. “Mas você vai deixá-Lo assentado ali, sujo, daquele jeito? Deixaria você o único Homem que pode tirar os seus pecados, ficar assentado ali, sujo, quando você pode Lhe oferecer serviço?” Então ela disse para si mesma: “Sabendo Ele ou não, eu irei.”
136 E ela desceu a rua e correu até um armazém, onde ali havia um pequeno sujeito de nariz aquilino assentado ali: “Bem, o que você deseja aqui?”
137 Ela disse: “Eu quero o melhor óleo de alabastro que você tem. Não o mais barato, eu quero o melhor.” Ela tinha uma razão especial.
138 E isto é o que nós devemos fazer. Nós devemos Lhe dar o melhor de nós, tudo que somos, nossa juventude, não esperar até estarmos velhos e morrendo. Dar o melhor que temos para Ele.
139 E ali, ela obteve o melhor. Ele foi e disse: “Vejamos quanto custa isso.”
“Primeiro, você tem o dinheiro?” Ele também a conhecia. Então ele disse… Sim, ela tinha o dinheiro. “Então para onde você está indo com isto?”
“Eu o comprei para uma ocasião especial.”
140 Agora, ela não tinha nenhum convite. Como ela iria entrar? De algum modo, se você deseja fazer uma obra para Jesus, Ele abrirá o caminho para você entrar. De um modo ou de outro, ela entrou.
141 E ali estava Jesus assentado, ainda. E ela começou a pensar quando entrou ali, seu coração batia bem rápido: “Oh, que coisa, e se acontecer Dele me rejeitar?” Havia muitas coisas sobre que pensar. “E se Ele vier e disser: ‘Digamos, você, mulher tola, o que você está fazendo aqui na Minha Presença? Não sabe você que Sou o Filho do Deus? Você não deveria estar aqui na Minha Presença.’” Seu coração quase parou. E ela pensou: “O que posso fazer? Mas eu tenho que chegar até Ele. Eu não posso deixar isto passar. Esta talvez seja a última oportunidade que eu tenha.” E pode ser a sua também [Espaço em branco na fita – Ed.)
142 Olhou para baixo, e seu coração começou a crescer. Ela — ela sabia que ela estava na Sua Presença. Há algo que acontece quando você está na Sua Presença. Ela observou que as lágrimas começaram a cair de sua face. E ela estava ali de pé, tremendo, com aquela caixa em sua mão. E — e ela caiu a Seus pés. E ela pensou: “Eu não posso olhar para cima. Sou tão culpada e suja, eu não posso olhar para cima.” Então ela começou a chorar. Começou a cair sobre os Seus pés. E ela começou a lavá-los, assim, com suas mãos, tentando secar as lágrimas em Seus pés, e lavava Seus pés com suas lágrimas. E após algum tempo…
143 Ela não tinha nenhuma toalha para — para enxugar os Seus pés. Então, seu cabelo pendurado, e ela começou a enxugar Seus pés com os cabelos de sua cabeça.
144 Não teriam nossas irmãs hoje um tempo e tanto para fazer isto? Eles teriam que estar em suas cabeças para que pudessem fazer isto. Veem? Claro. Nossas irmãs hoje. Me pergunto se as mulheres entendem que Deus cumpre toda sua promessa. Me pergunto se as mulheres entendem que é totalmente impossível para você entrar desta maneira. Ele guarda todas as Suas promessas. Você calcula o que você está fazendo, quando você está fazendo aquilo? Você está negando uma virtude. A Bíblia diz que, se uma mulher corta seu cabelo, é estranho para ela até mesmo orar. E ela desonra seu marido, fazendo isto.
145 E recordem, foi uma mulher quem rompeu um mandamento de Deus, quem causou tudo isto. Você acha que rompendo um, você entrará? Pense nisto. Talvez, muitas vezes os ministros não têm coragem suficiente para lhe dizer. Esta será a única vez que você ouvirá isto. É a verdade.
146 Alguém disse: “Por que você não deixa de um lado essas mulheres?” Um grande homem, há não muito tempo, me disse isto. Disse: “Bem, eles creem que você é um profeta. Ensine-os como receber o Espírito Santo e obter estas grandes, tremendas coisas, e como — ser profetas”, e assim por diante. Eu disse… “Ensinar-lhes coisas maiores?”
147 Eu disse: “Como posso ensinar-lhes álgebra, quando eles nem mesmo aprenderam o abc?” Isto mostra. O exterior expressa o que há no interior. Mas siga em frente, faça-o de qualquer modo. Por que? Você não está consciente disto.
148 Ali estava ela. Com seus cabelos ela começou a enxugar os Seus pés, e a secar os Seus pés. Ela estava morrendo de medo. E após algum tempo ela apanhou aquele frasco de unguento e o quebrou. E ela tentou acertá-lo e quebrá-lo e o derramou sobre os Seus pés. E ela estava chorando. E todas as vezes que ela chorava, ela abaixava e beijava Seus pés. Ela ficou histérica.
149 Quando você entra em Sua Presença, isto te faz ficar histérico. Eu fico histérico. Qualquer homem que alguma vez entra em Sua Presença, que crê Nele e tem fé Nele, isto o fará histérico. E no dia de Pentecostes quando Ele veio na forma do Espírito Santo, eles ficaram histéricos. Quando você realmente crê, e você sabe, e você reconhece que é sua oportunidade e você está em Sua Presença, você está certo disto.
150 Ela foi [O irmão Branham faz um som repetitivo de beijo — Ed.], beijava Seus pés e chorava, e lavava, e enxugava, e [o irmão Branham faz som de beijos] e beijava Seus pés novamente. Você sabe, Jesus, se Ele tivesse afastado um pé, ela teria saltado e corrido dali. Mas, você sabe, Ele apenas ficou assentado e deixou que ela fizesse aquilo.
151 Você sabe, se você deseja fazer algo para Ele, Ele permitirá que você o faça. Talvez isto esteja completamente fora de ordem, mas Ele te deixará fazer isso, de qualquer modo. Vêem? E Ele…
152 Estava Lhe fazendo um serviço, estava lavando Seus pés. E Ele apenas se assentou ali e olhou para ela. Ela estava com medo de levantar suas vistas porque tinha medo de que Ele a fizesse correr. E veja, ela estava lavando Seus pés. Ela viu a oportunidade de fazer algo por Ele. E ela estava apenas… Agora, veja, quando Ele…
153 Quando Jesus falou de volta ao fariseu, Ele a justificou por suas obras. Mas quando Ele a justificou para si mesma, Ele a justificou por sua fé: “Tua fé te salvou.” Ele mostrou ao fariseu o que as obras dela eram.
154 Porque, suas obras expressam sua fé. Agora, deixe seu cabelo crescer. Oh! Veem? Correto. Agora, veja, isto expressa o que você crê, ou não. Esta é a Palavra de Deus. Não há nenhuma Escritura na Bíblia que não seja a verdade. Por que você faz isto? Agora observe, há muita Hollywood no Pentecoste, este é o problema. Agora, nós descobrimos. Esta é a verdade. Há simplesmente muita Hollywood. Observe estas coisas e veja por si mesmo.
155 Uma senhora me disse, há não muito tempo, ela disse: (usando um velho vestidinho apertado). Eu disse: “Por que você não tira isto, sendo uma irmã?”
156 E ela disse: “Ora, irmão Branham, eles não fazem nenhuma outra roupa.”
157 Eu disse: “Eles fazem máquinas de costurar, e eles vendem panos.” Vêem? É só você querer.
158 Vou lhes dizer porquê. Deixe-me lhes dizer, irmãs… [A audiência aplaude — Ed.] Obrigado. Num destes dias você terá que responder por ter cometido adultério.
159 Você diz: “Bem, irmão Branham, eu sou simplesmente tão pura para o meu marido o quanto posso ser. “Sou tão pura para o meu namorado.” Isto também pode ser.
160 Mas Jesus disse: “Quem olhar para uma mulher e cobiçá-la, já cometeu adultério com ela em seu coração.” E se você está se apresentando assim ali fora, e aquele pecador pensa aquilo a seu respeito, por causa de sua forma de se apresentar, naquele dia do julgamento ele responderá por ter cometido adultério, quem será culpado? Pense nisto. Isto é exatamente correto. Oh, mulheres. Voltem, irmãs, voltem para Cristo. Irmãos, vocês façam o mesmo. E vocês, homens, que permitem que suas esposas façam isto, e chamam a si mesmos de homens, o cabeça da casa? Observem. Estamos em um terrível tempo, amigos, e observamos.
161 E aqui estava aquela pequena mulher beijando os Seus pés, e lavando Seus pés, e os enxugando com os cabelos de sua cabeça. E de repente o velho fariseu, ali em um canto, aconteceu dele observar aquilo. Oh, que coisa! Sua justa indignação aumentou, e seu — suas grandes bochechas se avultaram, e sua face parecia que ia estourar. Oh, que coisa! Ele disse: “Venha aqui. Olhe aqui. Olhe ali.”
162 E ele disse com seu próprio coração agora, em sua — em sua mente; ele disse: “Se aquele homem fosse um profeta, ele estaria sabendo que tipo de mulher está Lhe tocando.”
163 Veja se Ele é um profeta, ou não. Veja, Ele percebeu os pensamentos que estavam em seu coração. E de repente Ele se moveu. E a pequena mulher levantou para olhar, seus olhos brilhando. Ele olhou, Ele disse: “Simão,” Ele disse. “Eu — eu — eu tenho algo para lhe dizer. Oh, que coisa! “Aqui está você, Simão. Eu tenho algo para lhe dizer. Tu Me convidaste aqui. Vim a teu convite. Tu Me convidaste. E quando entrei pela porta, não lavaste os Meus pés. E quando entrei, nunca ungiste a Minha cabeça. Tu Me deixaste entrar sujo. E não Me deste um beijo de boas vindas, embora tu Me hajas convidado. Mas esta mulher, aqui, seja ela o que for, ela lavou os Meus pés com suas lágrimas. Ela os enxugou com os cabelos de sua cabeça. E ela tem ungido Meus pés, e tem beijado constantemente Meus pés desde que ela chegou aqui.” Ele descobriu se ele era um profeta ou não.
164 Então Ele disse: “Simão, eu quero que você veja algo.” Ele disse: “Que tipo… Eu quero lhe propor um enigma.” Disse: “A quem mais é perdoado, mais amará.” E Ele lhe deu a charada, e Simão lhe respondeu de volta.
165 Observe. Simão não Lhe deu nada para lavar os Seus pés, mas Ele tinha a melhor água que podia existir. Apenas pense, as lágrimas de uma pecadora arrependida lavando a terra dos pés de Jesus; as lágrimas dos olhos de uma pecadora lavando a sujeira de Seus pés.
166 Oh, homens e mulheres, nesta noite, quando você vê a reprovação sobre o Evangelho! E somos tão formais, isto tiraria toda a maquiagem de nossa face se chorássemos uma lágrima, e nós ficaríamos com a aparência horrível ao sairmos na rua. Como será quando você encarar as portas do céu no além?
167 E ali estava ela. Ela tinha lavado os Seus pés, beijado Seus pés, e O havia ungido, e feito tudo o que ela podia, porque ela queria perdão. E de repente ela — ela quis saber o que Ele faria agora.
168 Ele havia mostrado a Simão, e aquilo saiu pela culatra sobre ele. A única coisa que ele disse foi que “Ele não era um profeta”, e foi provado que Ele era um profeta, que Ele era a Palavra de Deus. Agora, ele está ali de pé com sua face projetada. Ele teria agarrado aquela mulherzinha, e a atirado para fora da igreja.
169 Mas ela tinha recebido o que ela havia pedido. Amém. Não fazia nenhuma diferença o que o restante deles dizia, ela havia obtido o que havia pedido.
170 Agora Ele se volta para ela. Seu coraçãozinho começa a bater bastante rápido. Agora, o que Ele vai dizer? Ali está ela. Com todos os seus lindos cachos pendurados até abaixo de sua cintura aqui. E seus — seus olhos riscados de lágrimas e sua face e lábios estavam todos oleosos, pois eles haviam estado beijando Seus pés depois de haver ela colocado aquele óleo sobre Ele. Com certeza ela parecia desarrumada, com aqueles enormes olhos, olhando para ver o que seria dito.
171 Ele disse: “E Eu te digo, que todos os teus pecados, que são muitos, estão perdoados.” É isto. “Todos os teus pecados estão perdoados.”
172 É isto que eu quero ouvir. Oh, estas são as palavras que eu quero. Não me importa o que o restante deles diga. Estou pronto para enfrentar sua denominação, e declarar que Ele é a Palavra de Deus. Não me importa o que eles dizem. Deixe-os colocar o quanto de sujeira quiserem sobre Ele, dizendo que é um ledor de mentes, um adivinhador, seja o que for que quiserem dizer. Estou pronto para beijar o Seu opróbrio. É Sua Palavra. Com certeza. Ele A prometeu. Ele é tanto Palavra hoje o quanto Ele foi então. Assim disse Ele.
173 Agora, amigo, pode haver pessoas assentadas aqui que não concordem que Ele seja o profeta. Você pode não concordar que Ele seja o Curador. Mas há uma coisa que todo membro de igreja deve concordar: Ele é o Salvador.
174 E eu quero dizer isto antes de concluir. Há não muito tempo, um advogado amigo meu, estava trabalhando em uma causa de um homem e uma mulher que queriam se separar. E o advogado era um excelente cavalheiro cristão. Ele disse: “Não — não se separem.” Ele tentou seu melhor para evitar que o fizessem. Mas, não, eles estavam determinados sobre o que iriam fazer. Algo veio entre eles. E após algum tempo, ele disse: “Bem, se vocês têm uma casa lá embaixo, é melhor vocês descerem e dividir os bens. Porque, se eles descerem ali, aqueles advogados e coisas que entrarão nisto, vocês sabem o que vai acontecer. Eles tomarão cada pedacinho dela.”
175 Então eles entraram na casa para dividir o que eles tinham. Eles foram até a sala de estar. Eles mexeram e reviraram: “Eu comprei isto,” e “Eu tinha isto,” e eles seguiram para o próximo cômodo e dividiram ali. E finalmente eles subiram até o sótão. Eles tinham um… Lembraram que eles tinham um velho baú ali em cima. Eles chegaram ali e começaram a dizer: “Bem, isso pertenceu a minha mãe,” e “Isto era da minha mãe,” assim. E eles abriram o baú, e ambos se ajoelharam no chão com o baú aberto, dividindo o que era de quem. Eles não podiam entrar em um acordo. “Isso me pertence. Eu paguei por aquilo. Fui eu quem o fez.” “Bem, eu fiquei em casa enquanto você fazia isto,” discutindo.
176 Finalmente eles surgiram com outra coisa, e ambos a agarraram ao mesmo tempo. O que era aquilo? Um parzinho de sapatos de um bebê que havia nascido daquela união, o qual Deus havia levado. Eles não puderam discutir. Eles tinham algo em comum. Enquanto o seguravam em suas mãos, ele se lembrou que ela era a mãe daquele bebê. Ele se lembrou que ela era a mãe; ela se lembrou que ele era o pai. E enquanto seguravam os sapatinhos em suas mãos, eles puxaram ao outro, colocando seus braços ao redor um do outro. O caso de divórcio foi anulado. Por que? Eles encontraram que tinham algo em comum.
177 Você discorde comigo nesta semana, ao ver o Espírito Santo chegar, confirmar estas palavras, e coisas nisto. Você talvez discorde com aquilo. Você pode discordar com a cura do enfermo. Mas nós realmente temos uma coisa em comum; esta é o Sangue de Jesus Cristo que nos salva dos pecados. Lavará você a terra de Seus pés nesta noite?
178 Vamos inclinar nossas cabeças apenas por um momento. Recordem, Ele cumpre cada promessa. Ele mantém cada promessa. Ele prometeu: “Embora seus pecados sejam como escarlate, eles serão brancos como a neve. Todos os seus pecados lhe são perdoados, se você apenas crer nisto.”
179 Agora, com nossas cabeças inclinadas. Eu gostaria de saber quantos aqui levantarão suas mãos dizendo: “Irmão Branham, eu desejo, no restante de minha vida, eu não quero deixá-Lo assentado em vergonha. E eu – – eu tenho uma oportunidade como a mulherzinha teve. Eu desejo, com o meu testemunho, lavar a terra Dele, o… Seu precioso Nome.”? Levantará você sua mão e dirá: “Ore por mim, irmão Branham, eu — eu…” Deus te abençoe. Deus te abençoe. Isto é ótimo.
180 Agora, Pai celestial, foram muitas, muitas mãos que se levantaram aqui neste momento agora. E vemos que o Nome de Jesus Cristo tem sido pisado na terra. E tudo na terra tem este Nome. Tudo na terra é chamado Disto. Cada — cada membro de igreja, cada membro do corpo de Cristo é Sra. Jesus. E oramos, Pai celestial, para que possamos ver e compreender isso nesta noite. E que Tua graça venha sobre estas pessoas agora, e perdoe cada pecado, pois eles sabem que estão em Tua Presença agora, e sabem que Tu estás aqui. Que o Teu Espírito Santo possa ensinar a todos nós agora, e que possamos ser perdoados de todos os nossos pecados e nossos erros. E desta noite em diante, que possamos ser novas criaturas, cheias com o Teu Espírito. Conceda isto. Que possamos estar cientes de Tua Presença. Pois pedimos isto no Teu Nome.
181 E enquanto temos nossas cabeças inclinadas, eu gostaria de saber nesta noite… Agora, estou falando a pecadores, e a membros de igreja, e aos que estão desviados, e àqueles que não têm o Espírito Santo. Estou falando com vocês. Por que o fariseu não O aceitou?
182 Continuamos clamando por Ele. “Oh! Senhor, Tu virás?” Quando o seu bebê estava enfermo, você chamou por Ele. Ele foi misericordioso, sem dúvida. Quando você estava a ponto de ver aquele acidente ali fora, você clamou por Ele. Ele — Ele permitiu que você saísse daquilo. Mas eu gostaria de saber, apenas gostaria de saber, com todas estas coisas que nós pedimos, e nós O convidamos, então quando Ele vem nos visitar assim, eu gostaria apenas de saber se estamos envergonhados.
183 Para dizer: “Bem, tenho sido membro de uma igreja, mas eu desejo encontrá-Lo no batismo com o Espírito Santo nesta noite. Eu O desejo. Eu necessito Dele. Não me importa o que o restante do mundo diga a respeito Disto, eu O quero.” Você gostaria de ter o batismo com o Espírito Santo? Se você gostaria, eu vou lhe pedir para fazer algo. Eu quero que você suba até aqui, bem aqui onde eu estou agora. Venha até aqui e fique bem aqui neste lugar, bem aqui ao meu lado. Cada pessoa aqui, primeiro cada pessoa que não está salva, virá você até aqui e se colocará aqui só por um minuto?
184 Se você crê que Ele ouve a oração, virá você aqui e se colocará aqui de pé apenas um minuto agora, enquanto cantamos um verso de um hino? Como é? “Manso e Suave Jesus Está Chamando.” Correto, com nossas cabeças inclinadas, todos orando, suba até aqui e fique de pé bem aqui neste lugar.
Manso e suave Jesus… (Venha, vocês virão, amigos, em todas as partes que vocês estiverem?)
Chama a ti e…
185 Jesus nestes últimos dias, pouco antes de Sua aparição na forma física agora, assentado com os pés sujos. Está você desejando vir para tomar sua posição e levar a reprovação do Seu Nome?
Chama, Ó, pecador, venha ao lar!
Venha ao lar …
186 Não… Venha rapidamente, agora. Decida em sua mente. Venha imediatamente agora. Temos tempo suficiente. Amanhã é domingo. A escola dominical não começa até as nove e meia. Venha agora.
…estão cansados, venham ao lar;
Sinceramente, mansamente… (Você sabia que Jesus está aqui?)
Chama, ó, pecador, venha ao lar!
Venha ao lar …
187 Isto é correto. Saia dessa galeria. Nós esperaremos por você. Venha imediatamente, cada um agora e tome sua posição bem aqui. Agora apenas… Isto é — significa a sua vida.
188 O que acontece? Observem os terremotos ao redor de toda a terra, sacudindo a terra novamente. Observe o que está acontecendo por toda parte. O tempo está à mão. E veja, após algum tempo a porta será fechada, e você clamará para entrar e não poderá.
189 Eu conversei com uma jovem mulher, faz algum tempo. Eu estava tendo uma reunião em uma igreja Batista, e eu lhe roguei naquela noite para vir a Cristo. E ela não quis fazê-lo. E então, depois, ela me encontrou do lado de fora e disse: “Você nunca mais me envergonhe daquele jeito novamente.” Um ano depois eu passei por uma rua. Ela era uma moça honrada. E eu passei pela rua, suas anáguas aparecendo, fumando um cigarro, descendo pela rua. Ela era filha de um diácono. E eu disse: “Oi, não é…”
Ela disse: “Oi, pregador,” como uma gíria assim. “Oi, pregador.”
Eu disse: “Você não tem vergonha deste cigarro?”
190 Ela disse: “Ei, você gostaria de tomar um golinho em minha garrafa?” Ela estava meio embriagada.
Eu disse: “Você não tem vergonha de si mesma?”
Ela disse: “Venha aqui. Eu quero te levar ao lugar onde eu fico.”
Eu disse: “Você não está morando em casa?”
“Não.”
Eu disse: “Qual é o problema?”
Ela disse: “Tome um golinho em minha garrafa; eu lhe contarei.”
191 Eu disse: “Você não se envergonha de me oferecer um gole de sua garrafa, ou um cigarro?”
192 Ela disse: “Eu quero lhe contar algo, pregador. Você sabe que naquela noite você disse que aquela seria minha “última oportunidade?”
Eu disse: “Sim, eu recordo.”
193 Ela disse: “Você estava correto.” Ela disse: “Desde então a minha alma tem estado tão resistente.” Ela disse:… (Agora, aqui está a observação. Isto simplesmente faz minhas costas arrepiarem) Ela disse: “Eu pude ver a própria alma de minha mãe fritando no inferno como uma panqueca, e ri disto.”
194 Você gostaria de entrar naquele estado? Não O rejeite. Então neste momento, não quer você vir, se colocar aqui de pé com o restante destes?
Venha ao lar, venha ao lar.
195 Rejeitá-Lo, e é isto que acontece. Você recorda, você simplesmente O rejeitará pela última vez.
…venha ao lar;
196 Ele cumpre todos os seus compromissos. Você tem um com Ele. Você vai encontrá-Lo no julgamento, ou encontrá-Lo aqui.
Chama, ó, pecador, venha ao lar!
197 Você sabe, estou tão surpreso. Meu coração se sente realmente diferente. Eu pensei hoje, quando estava orando… Tinha outra mensagem sobre a qual eu falaria. Ele me disse para fazer isso. Ele me disse para dizer isso. Eu pensei que toda mulher de cabelo cortado estaria aqui de pé na chamada de altar. Veja, você apenas força tanto e fica tão distante. Vêem? Você passou aquela linha entre aquela onda, veja, não ouvindo a Palavra de Deus. Eu pensei, com certeza, que isto aconteceria. Mas eu acho que talvez seja mais tarde do que realmente eu penso. Recordem, o sangue não está sobre minhas mãos. Eu não me envergonho de lhes anunciar o conselho de Deus da maneira que ele é.
198 Recordem, existe algo do lado de dentro identificando o exterior. Se afaste disso, querida irmã. Irmão, tome-a pela mão e suba até aqui. Por que não? Por que você não é, não deseja você ser um verdadeiro cristão? Por que viver uma vida pela metade, e viver sob condenação? Não faça isto. Veem? Você diz: “Bem, eu — eu…” Não me importa o que você tenha feito. Você é conhecido pelos seus frutos.
199 Eu atravesso a América constantemente. E todo ano eu a atravesso, e ela vai ficando pior e pior, então eu sei que há algo errado. O dia da graça está passando. Não deixe isto acontecer com você aqui em Tampa. Você está aqui em uma enorme, grande, cidade fabulosa, onde tudo é cheio de magia, exatamente como em Hollywood.
200 O mundo inteiro se contaminou. Tudo está na televisão e coisas, é algo velho e vulgar, porcaria suja. E você tenta tomar daquilo um exemplo para si mesmo. Não deseja você tomar Jesus como exemplo? Não — por que você não O deixa? Por que você não ouve a Sua Palavra? Não deseja você fazer estas coisas que são corretas?
201 Quantos aqui, honestamente, dirão que você sabe que você não tem o Espírito Santo? Olha para si mesmo no espelho, e sabe que não tem? Sabe, e simplesmente olha para a sua própria vida, e a maneira que você age.
202 Não porque você pertence à igreja: “Eu pertenço a Metodista, Batista, Pres… Eu…” Isso está bem. Eu não estou dizendo nada contra isso. Mas estou lhe pedindo, você conhece Jesus Cristo? Está Ele vivendo em você? Se Ele está, Ele Se identificará ali. Se Ele está ali, Ele está obrigado a Se fazer conhecido. Você não pode escondê-Lo, Ele está de fora em pé.
203 Você que não tem um Espírito Santo, e sabe que não tem, levante sua mão. Seja honesto. Diga: “Eu não tenho o Espírito Santo. Eu sei que não tenho.” Deus te abençoe pela sinceridade. Deus honrará esta sinceridade. Se você deseja o Espírito Santo, não quer você vir e se colocar aqui de pé com estes agora, estes pecadores penitentes aqui? Não quer você vir neste momento? Suba e fique de pé enquanto cantamos novamente. Diga: “Eu O desejo, irmão Branham.” Eu lhe digo que é necessário Isso. Você terá que tê-Lo para o rapto. Isto é exatamente correto.
204 Agora, você recorde. Você crê que Deus fala com você? Você crê que é Jesus Cristo? Levante sua mão. Se você estava nas reuniões nesta semana, e creu, você crê que isto é Cristo. Correto, então o seu lugar é no altar.
205 E mulheres, que vergonha. Homens, envergonhe-se por permitir que elas façam isto. Vocês, homens, aqui fora, fazendo estas coisas.
206 E alguns de vocês, ministros, com o todo-poderoso dólar, ao invés da Palavra do Deus Todo-Poderoso; deixam aquela congregação entrar nessa forma, apenas por causa de alguma organização.
207 Você lê a mesma Bíblia que eu leio. Não está você envergonhado de si mesmo? Jesus com os pés sujos. E não tem você a verdadeira coragem cristã de se colocar de pé se posicionar por Ele? Parece que você deveria ter.
208 Deus seja misericordioso. Eu oro para que Deus envie o Espírito Santo em convicção neste exato momento, que faça com que esta congregação veja onde está assentada.
209 Está você ciente que esta é a sua oportunidade? Fará você como fez aquele mensageiro, deixará passar sua última oportunidade? Você vai fazer isso? Não faça. Se há uma dúvida em qualquer parte, ou algo errado, tome o seu lugar bem aqui. Tome o seu lugar. Este é o seu lugar.
Diga: “Bem, eu não quero nenhum…”
210 Eles não queriam também. Pode que eles O tenham visto assentado ali. Eles podiam ter se identificado. Mas aquilo era contra congregação deles. Que tal… Isto não era contra Ele. Aquela pequena mulher não se importou. Ela sabia que ela era uma pecadora. Ela obteve perdão.
211 Eu não sei o que aconteceu. Onde estão eles nesta noite? Onde está aquela mulher nesta noite, você pensou? E onde está o fariseu, nesta noite, embora religioso? Você pode ouvir a ambos, onde eles estão, você com certeza tomaria o lugar dela a qualquer hora. Então, não importa quão religioso seja você. Se você. . . Jesus cumpre cada compromisso, cada mandamento, Ele, pelo qual você tem que responder.
212 Então é melhor você vir agora, se você não tem o Espírito Santo. Ele te ordenou. Ele disse no livro de Atos, Pedro disse: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado no Nome de Jesus Cristo, para remissão de pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois a promessa é para vós e vossos filhos, e para aqueles que estão distante, tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar.” E desde que Ele continua chamando, Ele continua dando o Espírito Santo.

213 Enquanto cantamos novamente, você não deseja vir? Esta é a minha última vez agora. Recordem, Cristo tem estado aqui, e todos vocês levantaram as suas mãos, identificaram que isto era Ele e Sua Palavra.
E lá embaixo está Cristo em meu coração, Ele está triste.
214 Jesus Se colocou sobre Jerusalém certa vez, disse: “Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes quis eu te acolher como a galinha faz com sua ninhada. Mas tu não quiseste.”
215 E muitas vezes quando chego entre vós, como eu lhes disse nesta manhã no desjejum, vocês, excelentes pessoas pentecostais, e todos os tipos de pessoas. Quando estou no vosso meio, o Espírito Santo lá dentro de mim está sempre dizendo: “Quantas vezes quis eu lhes ajuntar. Como estaria posicionada a igreja hoje, em seu poder, mas não quiseram.” Vêem? Não quiseram. Não quer você fazer isto agora? Esta é a hora. Coloque de um lado cada fardo que está… O pecado que tão facilmente te rodeia. Vamos correr com paciência a carreira que foi colocada em nossa frente.
216 Enquanto chamamos mais uma vez, todos cantem comigo agora. Levantem e venham aqui. Se você não tem o batismo do Espírito, se você é um pecador, um apóstata, seja o que você for, suba até aqui e vamos orar juntos. Fará você isto agora? Este é o nosso último chamado.
Manso e suave Jesus está chamando,
Chama por ti e por mim,
Veja nos portais, Ele está esperando e velando.
Vela por ti e …
217 E se aquele fariseu pudesse ouvir esta chamada de altar nesta noite, assentado ali atrás? O que ele faria?
Venha ao lar, venha ao lar,
218 Ele pecou por todo o seu caminho. Fará você a mesma coisa? E se aquele rapaz mensageiro pudesse se colocar diante Dele novamente? Qual seria a primeira coisa?
…lar;
Manso, suave, Jesus está chamando,
Chama …
Venha ao lar, venha ao lar, (Oh! Deus.)
…quem está cansado, venha…
219 Estes sinais te preocupam na terra hoje, sabendo disto? Ou tem você passado daquele lugar? Ainda existe algum lugar suave ali? Se existe, venha. Deixe-O entrar, traga isto até aqui. Ele fará de você uma nova criatura. Você irá embora daqui como a pessoa mais feliz como nunca foi.
Chama, ó pecador venha ao lar!
220 Com nossas cabeças inclinadas agora vamos sussurrar isto. [Irmão Branham começa a sussurrar. — Ed.] Não quer você ir para o lar? Deus te abençoe, jovem rapaz.
Vós que estais cansados, vinde ao lar, (Ó, apóstata, venha ao lar.)
Manso, suave…
221 Está você preocupado? Se você está convencido, então você está preocupado. Mas se você não está convencido ainda que é Jesus, então você não pode estar preocupado.
…venha ao lar!
222 Agora, bem aqui, em público, não podemos fazer muito a respeito disto, de pé aqui. Venha você, faça uma confissão.
223 Há algum tempo ouvi uma pequena história. Eu quero que você ouça, para concluir. Havia um homem chamado Danny Martin. Ele atravessou a nação aqui, com grandes reavivamentos. Dizem que ele teve um sonho certa noite, que ele havia morrido. E ele — ele foi para o Céu; lhe encontraram no portão. Alguém disse: “Quem se aproxima?”
224 E ele disse: “Este é Danny Martin.” Disse ele: “Eu sou um Evangelista.”
225 O homem no portão disse: “Deixe-me ver se seu nome está aqui no livro.” Disse: “Não está.”
Ele disse: “Bem, eu era um ministro.”
226 Disse: “Não posso te ajudar pelo que você foi. Se seu nome não está aqui, você não pode passar por esta porta. Ficará bem trancada a não ser que seu nome esteja no…?… Você tem que ter seu nome no livro.”
E ele disse: “Bem, o que posso fazer?”
227 Ele disse: “Você pode apelar por seu caso, se você desejar, no Trono Branco do Julgamento de Deus.” Oh, irmão, irmã, nunca na sua vida deseje estar ali.
228 Então ele disse: “Eu acho que eu não tenho outra alternativa a não ser apelar pelo meu caso.”
229 Então, ele disse, finalmente começou a ir para algum lugar; ele não sabia onde estava. (Este é o sonho do homem.) E ele disse: “Eu me aproximei de uma Luz. E não havia um determinado lugar de onde ela vinha. Mas eu fui andando devagar, e, após algum tempo, eu parei. Ouvi uma voz, dizendo: ‘Quem se aproxima do Meu trono de julgamento — justiça?’”
230 Ele disse: “Eu, Danny Martin.” Disse: “Sou um Evangelista dos Estados Unidos.” Ele disse: “Eu — eu — eu — eu ganho almas. E eles não me deixaram entrar pelo portão.”
231 Ele disse: “Tudo bem. Se você apelou o seu caso se colocando no Meu tribunal,” Ele disse: “então eu peço justiça.” Ele disse: “Eu tenho os mandamentos.” Disse: “Danny Martin, você já mentiu alguma vez em sua vida?”
232 Ele disse: “Eu achava que eu era um homem fiel,” mas disse: “na Presença daquela Luz, eu vi que disse algumas coisas que eram duvidosas.” Disse: “Sim, senhor. Eu falei mentiras.”
Ele disse: “Você já roubou?”
Ele disse: “Eu achava que eu era honesto, mas eu vi alguns negócios”
233 Então, espere até você entrar na Presença daquela Luz. Você acha que está bem agora, mas apenas espere você entrar ali. Tente se aproximar uma só vez com os cabelos cortados, fumando cigarros. Apenas tente isto uma vez. Você acha que sou eu dizendo isto? Eu te provarei isto na Escritura aqui. Exatamente correto. Tente usando um par de calças, shorts, descubra onde você está. A Bíblia diz que isto “é uma abominação diante de Deus”. Vêem? Tente isto uma só vez. Onde está sua consciência?
Disse: “Bem, você já fez isto ou aquilo?”
“Sim,” disse ele.
“E, Danny, você já pecou?”
Ele disse: “Sim, já pequei.”
234 E quando ele estava quase para ouvir… (Ele disse que seus ossos, parece, que estavam saindo fora de suas juntas.) — para ouvir aquele:” Apartai-te da Minha Presença para o inferno eterno.”
235 Ele disse que ele ouviu a voz mais dócil já ouvida, disse que ele olhou ao redor para ver. Disse que viu a face mais dócil já vista.
236 Disse, Ele disse: “Pai, isto é verdade. Danny tentou viver tudo que sabia como viver, mas ele cometeu erros. Mas uma coisa ele o fez, embaixo na terra, Ele se colocou a Meu favor. Ele se colocou do Meu lado, esteve do Meu lado em toda Minha Palavra. Agora estarei do seu lado Aqui.
237 É isto que você está fazendo agora. Você está tomando uma posição por Ele aqui. Ele tomará uma posição por você, diante do Pai.
238 Senhor Jesus, oro para que Tu sejas misericordioso agora e concedas o perdão para os pecados destas pessoas. Elas vieram aqui para tomar uma posição. Cada uma deseja estar cheia do Espírito Santo. Permita que isto seja dado a eles. Eu os reclamo, Senhor, para Tua glória, enquanto eles estão de pé diante desta audiência, como testemunhas.
239 Alguns deles são membros de igrejas, alguns são apóstatas, outros nem mesmo Te aceitaram antes. E eles estão aqui de pé. E eles viram a sujeira que segue uma verdadeira, real confissão cristã. Eles estão prontos agora para se posicionarem, como aquela mulher, e confessar que são pecadores. Mas com suas lágrimas de arrependimento eles desejam lavar a sujeira do Teu Nome, Senhor. Permita que eles possam fazê-lo.
240 Agora, eu vou lhe perguntar uma coisa. Se você não deseja estar aqui diante do público, temos salas preparadas bem aqui atrás. Se você deseja receber agora, eu quero ir lá atrás, antes de irmos ali para trás com eles. Suba pela escada assim e passe bem por aqui. Fará você isto para mim agora? Venha bem por aqui. Temos lugares preparados para você bem aqui, amigos. Venha por este lado…?… Deus vos abençoe, cada um de vocês.
241 Existe mais alguém que gostaria de vir agora, enquanto eles estão indo. Eu quero que cada um aqui, saia e volte. Eles te encontrarão num minuto. Esta noite é dada para isto. Agora é a hora, receba o Espírito Santo. Se você nunca O recebeu, esta é a hora. Venha agora e O receba. Esta é a hora para se acertar com Deus. Você ainda pode se posicionar. Agora, se você não deseja fazer isto, Ele não estará do seu lado Ali!…?…
242 O Senhor abençoe. Parece que todos estão indo. Eu creio que eles estão realmente sendo bem sinceros. Eu creio que esta será a noite mais importante que temos visto em Tampa desde há muito tempo. Alguém mais não gostaria de vir para a frente agora? Temos auxiliares individuais ai atrás com seus crachás, que estão indo com eles. Nós entraremos ali em apenas alguns minutos para estar com eles ali. Eles permanecerão dentro do edifício. Vocês, irmãos, cheguem ali para conhecê-los, vamos lá. Enquanto entram separados nas salas. Estaremos aí com vocês, daqui a pouco.
243 Não deseja mais alguém vir rapidamente, enquanto eles estão entrando agora? Apenas fique ai de pé.
244 Não deixaria você Jesus assentado neste dia? Você diz: “Se eu tivesse lá naquele tempo, se eu O tivesse visto daquele jeito, eu não teria feito aquilo.” Que tal fazer isto agora mesmo? A sua própria atitude presente identifica o que você teria feito então. Vêem? A atitude que você toma agora, sente você suficientemente bem? Correto. Isto é entre você e Deus. Não sou nenhum juiz. Sou responsável apenas pela Palavra. Vêem? Ele está aqui na reunião. Eles saíram das igrejas também. Mas eles estão entrando para resolver isto neste momento. Isto é tudo. Eles estão prontos. Para que você quer viver uma meia vida cristã? Esteja a favor de Deus, ou esteja contra Ele, para que então o mundo conheça a sua cor e saiba onde você está firmado.
245 Deus os abençoe enquanto estão indo. Eles estão entrando ali, simplesmente para morrer para si mesmos. Eles vão entregar suas vidas. Eles estão indo para o Calvário. Eles estão indo ser crucificados para as coisas do mundo, e as modas e os dias de magia em que estamos vivendo aqui. Eles vão morrer por Jesus Cristo, Cuja Presença está aqui agora. Eles vão morrer para si mesmos, e nascer novamente para Jesus Cristo. Deus os abençoe.
Há alguém mais que virá, enquanto cantamos suavemente agora?
Manso, suave, Jesus está chamando,
Chamando, ó, pecador, venha ao lar!
Venha ao lar (…?…), venha ao lar,
Vós que estais cansados, vinde ao lar;
Agora, ternamente…
246 O Espírito Santo parece estar no meu coração simplesmente clamando. Eu sei que existem muitos perdendo isto.
Chama, ó, pecador, venha ao lar!
247 Lá da galeria, de todas as partes, recordem que vos ofereci Jesus Cristo. Receberá você a Ele? Você O receberá? Receberá, minha irmã? Receberá, meu irmão? Venha e faça seu — renove os seus votos nesta noite, e faça uma promessa que você O servirá.
248 E você sabe que eu não estaria aqui de pé, falando isso, se eu não estivesse sob discernimento. Alguém está obtendo sua última chamada. Agora, é embaraçoso puxar as pessoas que não receberam. Nós sabemos disto. Mas é — é uma lástima, mas eu acho que tem que ser desta maneira. Dentro de mim existe algo simplesmente me dilacerando.
249 Agora, apenas — apenas deixe-me lhes mostrar algo. Veja aqui, apenas para lhe mostrar que Ele continua aqui. As pessoas que estão enfermas e necessitadas.
250 Eu estou olhando diretamente para uma pessoa aqui que perdeu seu sentido de olfato, que está sentada bem aqui, uma mulher. Ela estava orando por isto neste momento. Se isto é correto, senhora, levante sua mão, se isto é correto.
251 Aqui está uma mulher idosa assentada bem aqui no final. Ela acabou de chegar neste estado hoje. Ela veio da Geórgia. Ela tem um grande, enorme tumor dentro de si. Está muito ruim. Se ela crer, ela pode ser curada. Ela acabou de chegar; o nome dela é Sra. Turner. Se você crê com todo o seu coração agora, Jesus Cristo te curará. Crê você nisto?
252 Você crê que Deus… É você uma estranha? Você não tem um cartão de oração, tem? Você acabou de chegar hoje. Alguém foi e te apanhou. Você veio aqui de baixo, do estado da Geórgia. Você crê agora que — que Deus… O seu filho veio e te apanhou. Correto. Agora, você sabe que é totalmente impossível que eu soubesse, porque você acabou de chegar há apenas alguns momentos, e se assentou aqui. Se isto está correto, levante sua mão. Vêem?
253 Agora, o mesmo Espírito Santo que está dizendo isto, está simplesmente sondando as pessoas bem aqui. Vêem? Veja, Ele está identificado, pessoal. Não, não façam isto. Não. Você está — você está cometendo um erro inconcebível. Eu te amo. Recorde, você veio me ouvir. Eu aprecio isto. O amor é corretivo.
254 Se você visse seu filho ai fora na rua, você diria, apenas diria: “Junior, você não devia fazer isto.” ? Você sai, e faz com que ele fique dentro, se você o ama.
255 O amor é corretivo, não te adula. Eu tenho que ralhar com você. Recordem, mesmo suas ofertas e coisas que pagam esta reunião, e isso torna possível estar aqui. Se eu te amo? Com todo meu coração.
256 Irmã, talvez você pense que eu tenha algo contra você, por fazer as coisas que você faz. Não é que eu tenha algo contra você, irmã. É o meu amor pio por você.
257 Alguém diz: “Se você fosse um pouquinho mais jovem, você não pensaria assim.” Eu pensava assim quando eu tinha quatorze anos. A Bíblia diz assim. É a mesma coisa.
258 Não cometa esse erro. Não confie em falar em línguas como o Espírito Santo. O Espírito Santo fala em línguas, mas não confie nisso e fazendo as coisas que você está fazendo, dançando em Espírito, algum tipo de sensação. Cristo é uma Pessoa. Com certeza. E Ele é a Palavra. E se Ele está ali, Ele sempre faz a Sua Palavra operar exatamente da maneira que Ela tem que agir. Quando você A rejeita, como pode ser Cristo?
Venha ao lar, venha…
259 A porta ainda está aberta. Recordem, no julgamento eu não serei culpado.
Vós que estais cansados…
260 Jesus Cristo identificado no vosso meio, provando isso, aquele mesmo Espírito. Ele disse: “Nos dias em que o Filho do homem for revelado.” Ele continua o mesmo ontem, o mesmo Jesus que Se assentou com os pés sujos. Ele toleraria um hipócrita? Toleraria Ele alguém que não conhecesse Sua Palavra? Esta é a identificação que realmente mostra que conhece a Palavra. Estou lhes dizendo a verdade. Não deixe isto passar.
Venha ao lar…
261 A última vez. Aqui de pé, pronto para te encontrar. Os quartos, há muito espaço ali dentro. As pessoas têm se ajoelhado em todas as partes.
Vós que estais cansados, vinde ao lar…
Deus tenha misericórdia, tenha misericórdia. Não pode você sentir aquela tristeza?
Manso, suave, Jesus está chamando;
Chama, ó pecador, venha ao lar!
Venha ao lar, venha ao lar;
Deus te abençoe, jovem rapaz. Grande passo.
…venha ao lar;
Manso, suave, Jesus está chamando;
Chama, ó …
262 O que é um pecador? Não é aquele que fuma. Fumar não é pecado; beber não é pecado. Xingar não é pecado. Cometer adultério não é pecado. Não, não. Estes são atributos da incredulidade. Você faz isto porque você não é um crente.
263 Há só duas coisas: uma, você é um crente, ou você não é um crente. Se você não é um crente, não importa quão religioso seja você, você continua um pecador. Você continua um pecador, se você não aceita cada Palavra dessa Bíblia, cada Palavra dela. Pois ambos, céu e terra passarão, mas nenhum ‘j’ ou til passará Dela. E nós daremos conta disto.
264 Você diz: “Bem, eu pertenço à igreja. Meu povo não…” Isso não importa. “Eu faço isto.” Não me importa o que você tem feito.
265 Ou você é um crente ou é um pecador. Isto é muito forte. Mas estou dizendo isto é porque o Mesmo que conhece os seus corações, está me dizendo para dizer isto.
266 Você terminou? Eu vejo mais alguns vindo. Estou apenas esperando, porque eu não sei, pode que haja mais alguém, apenas uma mulher. Por que você não vem, entra enquanto as águas são movidas agora? Será uma grande coisa, em apenas alguns minutos, aqui atrás. Venha, você virá? Levante daí.
267 Faça seu voto a Deus. “Senhor Deus, me perdoe pelo que tenho feito. Eu Te prometo. Eu disse que era um cristão, mas Senhor, há algo em mim que me diz que eu — eu — estou condenado neste momento na Presença Deste que está Se identificando como o Senhor Jesus Cristo. Estou condenado dentro do meu próprio coração. E sabendo que, aqui, estás deixando isto tão claro, estou condenado. Estou entrando para acertar isto, neste momento. Eu prometerei a Deus bem aqui, que, desta noite em diante, viverei absolutamente por Ele.” Não quer você fazer isto? Correto.
268 Assim, se estes são todos, agora vamos ficar de pé, você aí fora, só um momento. Eu gostaria de poder cantar. Eu gostaria de cantar aquele hino.
Perdoe-me Senhor, e prove-me mais uma vez.
Eu serei Teu, querido Senhor, se Tu fores meu.
Se eu cair, ou se eu falhar, deixe-me levantar e tentar novamente.
Perdoe-me Senhor, e prove-me mais uma vez.
269 Quantos aqui fora agora são cristãos, e creem que estão ancorados em Cristo, e estão prontos para o julgamento que virá? E você será capaz, pois quando a trombeta soar, não haverá nada a fazer a não ser ir embora? Isto será feito tão rápido, que você não terá tempo para fazer nada mais. “Num momento, num piscar de olhos”, o que será destes últimos dias? E se você perder isto, para sempre, para a eternidade, para sempre, sempre, sempre? O que significa este pouquinho de prazer mundano? Nada.
270 Agora, eu penso que todos nós devemos dedicar nossas vidas, bem aqui, a Cristo, você não acha? Quantos gostariam de rededicar suas vidas sobre isto, nesta noite? Eu me rededicarei neste momento. Senhor… Agora, pense no que o — no pecado que te aflige, e vamos apenas levantar nossas mãos agora para Deus, cada um de sua própria maneira.
271 Recordem, Ele é onipresente. Enquanto há talvez uns mil e oitocentos, ou dois mil, orando aqui, existem milhões orando ao redor do mundo ao mesmo tempo, e Ele ouve cada um deles. Nem mesmo um pardal pode cair na rua, a não ser que Ele saiba. Ele conhece cada segredo de seu coração.
272 Vamos orar todos agora do nosso próprio jeito e apenas nos dedicarmos a Cristo.
273 Senhor Jesus, eu… Tua Presença foi tão grande há apenas alguns momentos, que eu dificilmente conseguia apanhar o meu fôlego. Parecia que eu ia partir. E eu sei que existe alguma razão pela qual Tu queres que isto seja feito desta maneira. Eu — eu não compreendo isto, mas Tu compreendes, Senhor. Tu és Deus. Mas Tu tens claramente identificando a Si Mesmo. Tu estás aqui. Nós cremos em Ti. Nós sabemos que Tu estás aqui.
274 E aqui no edifício existe centenas de mãos levantadas. E estamos nos dedicando novamente.
275 Senhor, sobre este púlpito onde eu tenho pregado, e Te visto aqui identificando-Te nesta semana, eu — eu — eu me reconsagro. Eu me dedico novamente para Teu serviço. Perdoe-me todas as minhas reclamações em relação a estar cansado. E — e — e, Deus, apenas tome-me em Teus braços.
276 Tome a todos nós, Senhor. Leva-nos para longe destes cuidados mundanos, e destas coisas do mundo, Senhor, para que possamos ser totalmente consagrados, servos dedicados do Senhor Jesus Cristo. Conceda isto, Pai. E ouça-nos nesta noite.
277 Abençoe aqueles que estão ali atrás, buscando o batismo do Espírito Santo. Que possa vir novamente um som do céu como um vento veemente e impetuoso. Possa ele encher cada pessoa aqui com o fogo vindo do altar de Deus. Conceda-o, Senhor.
278 Nós Te louvamos. Nós Te damos graças, e louvor por — por nos receber. Te damos graças e louvor pelo Teu povo. Nós Te louvamos porque Tu disseste: “Se confessássemos os nossos pecados, Deus seria justo para perdoá-los.” Conceda-o, Senhor, para que todos nós sejamos perdoados. E que amanhã possamos ver a maior reunião de cura que este país já viu, por causa de nossa confissão. Conceda-o, Senhor. Nos consagramos a Ti. No Nome de Jesus Cristo. Amém.
279 Venha, irmão Cox.
280 Apenas vos consagre a Deus, cada interior aí. Eu vou pedir ao irmão Cox agora, um de seus pastores aqui, para continuar a oração.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...