O ABSOLUTO
30 de dezembro de 1962
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Estou alegre de estar aqui nesta manhã para ouvir esta exortação, assim que cheguei à plataforma. Desculpem por estar atrasado, mas os enfermos lá atrás, e os carros, como se fossem ambulâncias, e – e eu tive que ver aqueles que não puderam entrar (vê você?) antes de poder entrar.
2 Agora, eu queria saber se a irmã está com o – o nenê, se ela não pode voltar à tarde. Eu quero pregar hoje à noite também, se o Senhor permitir. Se ela não puder voltar para a dedicação então (enquanto eu estava de pé por muito tempo desta vez), bem, diga-lhe para – ela pode trazer o nenê agora. Mas se ela puder voltar – esta – mas deixe como ela quiser fazer; seja o que for. Ora, se ela não puder voltar, nós traremos o nenezinho agora para a dedicação. E agora, todos estes… Enquanto estou falando, se ela deseja vir agora – e – esta seria a hora…
3 Agora, nesta noite há um especial… eu – eu desejo falar sobre o assunto nesta noite, a mensagem profética de “Senhores, é este o tempo?” Então, se o Senhor permitir, eu desejo falar sobre este assunto nesta noite: É este o tempo, Senhor? – ou, “Senhores, é este o tempo?” Melhor dizendo. E então, eu desejo tomar esta oportunidade na presença da igreja, que… Há muitas coisas que aconteceram nos últimos dias que nos apontam a – a algo grande que não compreendo. Mas estamos – estamos sempre… as maneiras de Deus estão alem dos homens, então temos que simplesmente andar pela fé. Se alguém pudesse explicar Deus, então não seria mais necessário ter fé, porque você – você saberia então. Mas nós andamos somente pela fé.
4 E nesta manhã eu pensei em tentar ter simplesmente um culto evangelístico comum, porque… Parece que mudei o meu pensamento depois que cheguei aqui e vi tantos de pé, e esperando por muito tempo. E então, nesta noite, talvez um – menos aqui, e então eu posso ir em frente com isto, com o que eu desejo falar.
5 Uma coisa que eu gostaria de anunciar, enquanto muitos estão juntos – muitos de vocês juntos, é algo que eu – eu contive em anunciar pelas duas últimas semanas; isto é, suas orações foram respondidas a respeito da causa judicial dos impostos que eu tive com o governo. Está terminado. E estamos… É – está tudo terminado agora. Como muitos de vocês compreendem, o que eles tinham contra mim eram aqueles cheques que foram entregues para a campanha; e mesmo assim, eles tentaram dizer que eram meus e queriam me cobrar trezentos e cinqüenta e tantos mil dólares por serem de minha propriedade. E ano eram; era da campanha. E a igreja sabe sobre isto; todos vocês sabem a respeito disto.
6 E finalmente, eles chegaram a uma conclusão que… (eu vou lhes dar um pequeno relato do que aconteceu). Eles ficaram quase três a cinco anos (cinco anos aproximadamente, eu creio), na causa, e de um Aldo para outro. Investigando, e tudo mais. Mas estou muito agradecido por que eles não puderam encontrar nada contra mim, então eles não puderam me acusar por isto. Então eles não encontraram nada para acusar, eles simplesmente disseram, simplesmente minha – minha ignorância, eu mesmo, eu creio. Mas não conhecendo o suficiente sobre a lei, eles me traziam os cheques e eu os assinava colocando meu nome neles, e os colocava na campanha. Mas então, desde que eu colocava meu nome neles, eles eram meus. Vê você? Não importava… Disseram, “:Isto é muito bom para – assim, mas eles eram seus, e então você os dava para a igreja. Mas lodo que você colocava seu nome neles, eram seus; não importava para que eels eram designados, eles foram escritos por você”. Então, e se eles foram colocados em – alguém teria que escrever ali “presente pessoal”, William Branham (vêem?); e quando coloquei meu nome eles estavam… e então finalmente com oração…
7 E então há não muito tempo atrás, vocês sabe, eles – eu tive u ma visão de que um grande homem negro, enfumaçado, cheio de picumã, escamoso (como um jacaré) se movia em minha direção com dedos de ferro. Eu estava com uma faquinha, assim, e ele tinha escrito sobre si “Governo dos Estados Unidos”. E eu não podia fazer nada, eu estava sem ajuda; e então o Senhor entrou em cena, e aquilo foi vencido. E vocês se lembram de lhes haver contado isto há tempos atrás.
8 E eles ofereceram um acordo outor dia. E o meu advogado, Sr. Orbison em New Albany, e Ice Miller em Indianópolis que cuidam da causa do imposto me chamaram e disseram, “Venha aqui”. E eu fui ate ali, o irmão Roberson, e eu, e minha esposa e os administradores da igreja aqui, e todos nós; nós fomos e eles nos disseram que eram – que o governo desejava um acordo.
9 E eu disse, “Eu – se eu devo qualquer coisa a alguém, eu pagarei. Mas eu – eu faço o meu melhor, mas”, eu disse, “eu não devo isso”. E então eu disse, “eu – eu – é… honestamente, Deus sabe. E por que eles não me acusam então, se sou culpado?” Eu disse, “Eles tiveram cinco anos para tentar fazer isto, mas eles não puderam encontrar nada que tivesse a ver com isto”. Então eu disse, “Não, eu – eu simplesmente não pagarei isto ate que seja provado que devo isto”.
10 E então, o advogado me levou para dentro, e conversou comigo e disse, “Agora, nós podemos investigar a causa. O governo investigará isto”. E disse, “Quando eles o fizerem, a única coisa que poderão encontrar contra você é que você…”
11 O que eu – o que… A maneira que fiz isto; eu não… eu não sei nada a respeito de escriturar, então eu simplesmente tive que fazer isto da maneira que eu pensava que era honesto. E isto foi – isto nunca foi creditado no meu nome da campanha, da igreja e assim por diante. Vêem? Então não havia nada que eu poderia fazer quanto a isto.
12 E eu… Ele disse, “Bem, eles desejam fazer uma acordo de quinze mil dólares, com uma multa de dez mil dólares”; e os honorários do advogado eram quinze mil. Isto me somaria a quantia de 40 mil. E então, eles queriam mais cinco, eu creio que é agora, então eu fui… Eu disse, “Onde no mundo eu conseguiria quarenta mil dólares?” Eu disse, “Você conhece a minha conta bancária aqui, estão ali uns cem dólares e talvez menos”. Eu disse, “Onde eu conseguiria quarenta e tantos mil dólares?” E eu disse, “Eu não tenho nenhuma garantia de valores ou títulos; eu simplesmente não tenho. Isto é tudo”.
13 E ele disse, “Sr. Branham”, ele disse, “aqui está o que é: Se nós investigarmos a causa”, ele disse, “Não há duvidas que podemos vencer a causa”. Ele disse, “Não há duvidas que podemos vencer a causa”. Ele disse, “Mas aqui está por – o… podemos vencer isto, podemos aqui está o que eu farei. Eles vão alegar que tudo aquilo lhe pertence, porque você assinou seu nome ali. E eles vão alegar que são seus, embora isto foi depositado no nome da campanha, igreja, a Campanha Branham, então a igreja”.
14 E em nenhuma vez eles puderam encontrar um só centavo que eu alguma vez já gastei. Isto é a verdade; Deus sabe! Há homens assentados bem aqui agora, que estão ao meu lado por todo o tempo. Não há nenhum centavo que eu alguma vez já gastei comigo mesmo. Foi tudo para o Reino de Deus, em todas as partes, cada cheque, tudo mais.
15 Mas vêem aquilo? Porém aquilo não importa. Foi – eu – estava suposto a ser primeiro meu e então, para a igreja e a campanha. E eles tiveram uma maneira de fazer isto, vocês sabem, todos os tipos de fugas que podem fazer. Então eu disse, “Bem, eu – eu não farei isto”.
16 E ele disse, “Bem, se vencermos a causa daquela maneira, porque eu – eu os declararei como donativo pessoal (Vêem) Eu declararei isto, através do governo, donativo pessoal”. E disse, “Então, quando eu fizer isto, todos dez mil dólares serão herança; e então, você estará de volta nisto outra vez, e eles te segurarão outros cinco anos examinado todos eles”.
17 Vêem? Quando você faz um cheque, ele vai para a carteira de compensação; eles tiram cópias, uma cópia daquele cheque. Naturalmente, eu tinha todos os cheques também que foram passados.
18 Então eles disseram, “Aí está onde eles te apanharão de novo”. E ele disse, “Outra coisa, Sr. Branham, se você alguma vez for chamado pelo governo, desta maneira, sob uma investigação, não importa o que você faça, aos olhos do público você é um trapaceiro”. Vêem? Mas isto é tudo.
19 Veja este pobre ministro batista aqui embaixo no Mississipi. Aquele sujeitinho… Uma mulher disse que – ele chegou e a insultou. E aquele homem trouxe evidencias através do país e todas as partes (ele não estava nem mesmo pela cidade por dias antes daquele dia, ou no dia seguinte), tanto que o juiz queria voltar e faze-lo processar a mulher por calúnia. Ele disse, “Deixe-a para lá”.
20 E quando aquilo foi colocado em um “teste pesquisa” através do país, vocês sabem o que aconteceu? Setenta e cinco por cento dos americanos disseram, “Onde há fumaça, há fogo”. E aquele pobre sujeito (tão inocente o quanto eu estaria ou qualquer outra pessoa) terá que lidar com isto pelo resto de seus dias, quando ele nunca teve nada a ver com aquilo.
21 Eu senti muito mal, por algum tempo, em pensar que eu coloquei a mina vida no Reino de Deus para tentar fazer (vêem?) as pessoas pagarem seus impostos, e fazerem coisas e fazerem o que é correto, e fazer com que trapaceiros s tornem homens de bem, e eu mesmo ser achado como um trapaceiro.
22 Eu pensei, “O que foi neste mundo que eu fiz?” E então isto veio a mim, e eu olhei na Bíblia. Cada homem na Bíblia, sem exceção, que alguma vez teve oficio espiritual, se Satanás não podia apanha-los em alguma parte moral ou algo, o governo os apanhava.
23 Volte em qualquer parte que você deseje, desde lá de baixo – Moisés, Daniel, os filhos hebreus, João Batista, Jesus Cristo (morreu através do governo – pena capital), Paulo, Pedro, Tiago o grande, Tiago menor, cada um deles morreu sob o governo, porque é, cada governo é o – o trono de satanás. Assim disse Jesus; a Bíblia diz isto. Vêem?
24 Cada sistema político é controlado pelo diabo”. Virá um governo que será controlado por Cristo; mas isto será no Milênio. Porém isto – estes sistemas políticos agora, não importa quão bom pensamos que são, mesmo assim atrás deles estão — estão dominados por Satanás. “Estes reinos”, ele disse, “são meus; eu faço deles o que eu desejar. Eu lhos darei, se me adorares”.
25 Jesus disse, “Vai-te, Satanás! Adorarás o Senhor, e só a Ele servirás”.
26 E, então eu fiquei desanimado (a minha esposa está ouvindo); eu fui para casa e disse, “Não, senhor! Eu – se eu devesse isto, eu pagaria isto. Eu não devo isto, e eu simplesmente não vou pagar isto. E pronto”. Eu disse, “De qualquer forma como eu poderia pagar aquilo?
27 Então eu fui para casa e disse, “Meda, lave o rosto das crianças, apronte suas roupas; estou partindo”. Eu disse, “Eles nem mesmo… Tudo, está tudo virado”. E eu disse, “O que foi que eu fiz? Diga-me!” E eu disse, “Mesmo assim, eu, quarenta mil dólares? Oh! Vocês nem imaginam o que aquilo significa para mim!” E ela chegou par Amim como uma boa esposa faria , disse… eu disse, “Estou partindo!”
28 Ela disse, “Você acha que isto resolverá alguma coisa? Já orou sobre isto?”
29 Eu pensei, “Bem, talvez seja melhor eu orar outra vez”. Eu entrei, e parecia como se Ele me tivesse citado uma Escritura… Nós sempre queremos examinar a Escritura, o que Deus fez a respeito disto. Vê você?
30 E certo dia Lhe perguntaram, vocês sabem, tentando a – tentando acusa-Lo para o governo; eles disseram, “É certo para nós judeus livres dar tributos ou impostos a César?”
31 Ele disse, “Vocês têm uma moeda?” Disse, “Que inscrição está nela?”
32 Disseram, “De César”.
33 Disse, “Então dê a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.
34 E eu pensei nisto; eu peguei a Bíblia e li isto. Eu pensei, “Realmente Senhor, isto é correto! Mas isto não pertence a César; isto era Teu., não era de César.Se isto fosse meu, eu teria – teria que pagar mais impostos ou algo, bem isto seria diferente. Aquilo – pertencia a César, mas isto seria diferente. Aquilo – pertencia a César, mas isto – isto é Teu (Vêem?). E isto – em primeiro lugar isto não pertencia a César”.
35 Vocês sabem, Ele sempre tem a resposta na Palavra. Eu simplesmente li um pouquinho mais adiante, e Ele disse, “Diga, Simão, não tem você – não tem você um anzol em seu bolso? (Vêem?) Você sempre carrega um pequeno anzol e a uma linha. E eu acabei de fazer um depósito nesta manhã no banco dos peixes lá embaixo no – no rio, você sabe”. Disse, “Ele – eu fiz um depósito, e o banqueiro certamente dará o que ele possui. Vá até lá embaixo e jogue o anzol no rio; e quando você chegar ao banco, abra sua boca (vêem?), e ele – ele dará a moeda. Não vamos ofende-los. Não traga ofensa sobre eles. (Vêem?) Vá e pague isto, Simão; aquilo será para Mim e para ti”.
36 Eu pensei, “Realmente, Dês, Tu tens bancos de peixes e tudo mais através do pais. Eu não sei como isto poderia ser feito”.
37 Mas nós descemos; eu chamei os irmãos bem aqui da igreja que avalizaram minha ordem de pagamento. E eu apresentei a ordem de pagamento e apanhei os quarenta mil dólares, e paguei aquilo. E fui para casa; eu queria saber de uma maneira para preencher aquele cheque se eles alguma vez voltassem para mim outra vez. Eu disse, “Isto é para mostrar que estou livre de todos os impostos”…?… seja quem for que o endossou, certamente ficarão confusos com aquilo.
38 Eu continuei a telefonar para o banco para ver se eles tinham aceitado, e finalmente Bob me disse, Ele disse, “Billy, eles aceitaram”.
39 E eu entrei e abracei minha esposa; e disse, “Querida, estou livre!”
40 Como é bom estar livre. E então eu posso pagar isto de volta agora (eles deixaram bem fácil para mim), eu posso pagar isto de volta a quatro mil dólares por ano. Agora, eu – eu não posso vadiar mais, pessoal, eu tenho que sair e trabalhar. Pagar de volta e – se – se o – Jesus não vier. E quando aquilo – quando Ele vier, todos os débitos estarão liquidados então de qualquer modo, isto é contra… Então o… Então espero que todos vocês, eu… vossas orações (e nesta noite eu seguirei em frente com algo um pouco menor que aquilo), mas as vossas orações foram o que me ajudou. Muito obrigado. Deus vos abençoe. Não importa onde nós estivermos, eu nunca me esquecerei daquilo.
41 Nesta noite, se o Senhor permitir, eu gostaria de expor alguns fatos que sei, e tenho certeza de que virão. Agora recordem, “Senhores, é este o tempo?”
42 Agora, nós vamos… eu creio que eles tem o itinerário completo para o resto de – desta semana – e segunda à noite é o – reuniões hoje, nesta noite, e na segunda feira. Segunda-feira será a reunião de vigília. E – e então, você terá a terça-feira, que será dia de Ano Novo, se você estiver fora da cidade, pode voltar para casa. E teremos bons ministros aqui agora para aquela reunião – nós – um – um grande grupo de bons oradores. E todos estarão falando em intervalos ate meia noite; e às vezes tomam a ceia (se estiver programado, eu não sei se está desta vez ou não) bem como… Quando eles estarão fazendo algazarra, gritando, dando tiros, bebendo e tudo mais, nós tomaremos a comunhão (Amém!) começaremos o Ano Novo com a Santa Ceia.
43 Agora, todos vocês estão convidados, e espero que você – o Deus dos céus lhes dê uma oportunidade para permanecer, se você puder.
44 Agora, antes de nos aproximar da Palavra, eu quero dizer isto também, sem dúvida eu agradeço esta igreja, seus membros, por este ótimo terno que vocês compraram para mim. Muito obrigado. Isto é muito para mim: todos os seus cartões e coisas através do – do – da época do Natal, e os presentes que vocês enviaram para minha família ; e oh, eu – eles foram inumeráveis para mim, e pequenos pontos que não podem ferir o ponto do meu coração. Nada poderia fazer isto desta maneira, em saber que isto veio de vocês.
45 E então, alguns me trouxeram seus presentes de Natal em dinheiro, e outros mandaram… tal como, um irmão me mandou uma agenda e um… que ele havia feito com meu nome gravado ali; e um pequeno alfinete transparente, com o Pai Nosso gravado nele; e oh, coisas assim simplesmente – nós realmente estimamos muito. A minha esposa e eu, e as crianças desejamos lhes dizer muito obrigado. É tão pequeno, mas vou dizer isto (esta é a maior palavra que eu penso que alguém poderia dizer): “Deus te abençoe”. Não há nada que poderia ser maior.
46 Agora, e para estes irmãos aqui na igreja que me trouxeram aquele rifle, eu – eu estou usando o meu terno, mas eu não poderia trazer o rifle para a igreja. Mas foi… Aí eles realmente teriam alguma coisa contra mim então, não teriam? Então eu – eu – eu realmente vos agradeço, meus irmãos, e eu ia ler seus nomes em um pequeno… Mas um dos meus irmãos veio ontem; disse, “Oh, não – não – não me agradeça, irmão Branham, isto simplesmente tiraria toda alegria disto”. Vêem?
47 Então eu pensei, “Talvez o restante deles pode pensar a mesma coisa”. Mas eu tenho os seus nomes; e eles os datilografaram. Eu sempre lembrarei disto, e que o Senhor vos abençoe grandemente.
48 E vocês onde eu descanso, entro naquele pequeno gabinete de trabalho, e me assento ali, e começo a reviver tudo. Quando estou muito magoado e não posso ir adiante, então começo a pensar em alguma caçada que fiz em algum lugar, ou de alguma pescaria que fiz. Eu gosto disto. Deus te abençoe.
49 Agora, vamos inclinar nossas cabeças por um momento enquanto nos aproximamos da Palavra! Tenho certeza que há pedidos aqui nesta manhã incontáveis para poder contar, neste momento, então eu gostaria de saber, enquanto temos nossas cabeças inclinadas, seu pedido especial, se você simplesmente o guardar em seu coração, e simplesmente levantar suas mãos e dizer, “Deus, tu sabes o que estou pensando agora”.
50 Senhor Jesus, Tu vês cada mãos, e Tu sabes o que está atrás disto. Lá embaixo naquela mão está um pedido. E estamos chegando agora, reverentemente ate o Trono do Deus Vivo, aquela grande pérola branca que se estende através do espaço do tempo, onde o Deus Jeová ali assenta, e o Sangue de Cristo está ali sobre o altar. E nós falamos através daquele Sangue através Daquele que disse, “Tudo que pedires ao Pai em Meu nome; vos será concedido”. Tu não ouvirás, Deus, nesta manhã e responderá seus pedidos? Eu coloco a minha oração juntamente com a deles hoje para que Tu concedas isto.
51 Aqui estão os lenços colocados aqui, Senhor, dos enfermos e aflitos… E fomos ensinados na Bíblia que eles levavam aventais e lençóis do Santo Paulo; e eles eram colocados sobe os enfermos, e os espíritos imundos saiam deles, e as enfermidades iam embora. E Pai, como sabemos por muito tempo, e seguramente sabemos, que não somos o santo Paulo, mas além do mais, nós sentimos que não era o Santo Paulo, era o Cristo que estava nele. E Tu és o mesmo ontem, hoje e eternamente de acordo com as Escrituras.
52 Agora, estas pessoas, Senhor, crêem que se pedirmos a Deus,e tomarem estes lenços, e os colocarem sobre os enfermos, que eles sararão. Eu oro para que isto seja assim, Senhor. Quando estes lenços forem colocados sobre os enfermos… Como foi dito, certa vez Israel entrou na fila do dever, indo para a terra prometida, e o Mar Vermelho os barrou bem no caminho do dever; mas Deus olhou através daquela Coluna de Fogo com olhos irados; e aquele mar teve medo, e rolou de volta suas ondas, suas águas; e Israel passou em terra seca para a terra prometida.
53 Agora, Senhor, hoje olhe através do Sangue de Jesus. E Tu vês este ato de fé que estamos realizando aqui nesta manhã; e que Satanás possa se assustar e sair daqui. E que cada um destes peregrinos que estão presentes, e em cada um em que estes lenços foram colocados, que eles possam – o caminho possa se abrir, a enfermidade sair; e que eles possam seguir em direção a terra prometida, sendo dirigidos pelo Espírito Santo, a Coluna de Fogo. Conceda isto, Senhor.
54 Agora, abençoe as reuniões, as palavras, o contexto, a leitura; e que o Espírito Santo possa tomar a Palavra nesta manhã e docilmente dividi-La para cada um de nós, Senhor, enquanto estamos crescendo e nos aproximando a algo grande, extraordinário e não sabemos o que é. Nossos corações movem de uma forma estranha, Senhor, e nós oramos agora enquanto reverentemente nos aproximamos de Ti e de Tua Palavra que Tu a interprete para nós o seu significado. Pois pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
55 Agora nesta noite, não esqueçam de “O – o tempo, que tempo é?”
56 E agora, nesta manhã eu gostaria de ler (os que tem suas Bíblias ou anotem isto, se você deseja) – nas Escrituras, onde nós queremos falar por algum momento, se encontra no Livro de Atos. Nós podemos ler em dois ou três lugares: Atos 26:15 primeiro, Atos capitulo 25 e verso 15, para começar. Então queremos ler em Atos 23:11; e você pode adicionar com isto (se você deseja, provavelmente não terei tempo para ler este) Filipenses 1:20. Está tudo no mesmo percurso, as mesmas palavras.
57 Agora, no livro de Atos 26:15, nós – está escrito:
E disse eu: Quem és, Senhor? E Ele respondeu: Eu sou Jesus, a quem tu persegues;
… levanta-te e põe-te sobre teus pés, porque te apareci por isto, para te pôr por ministro e testemunha tanto das coisa que tens visto como daquelas pela quais te aparecerei ainda;
Livrando-te deste povo e dos gentios, a quem agora te envio,
Para lhes abrires os olhos, e das trevas os converteres à luz, e do poder de Satanás a Deus; afim de que recebam remissão dos pecados e sorte entre os santificados pela fé em mim.
Pelo que, ó Agripa, não fui desobediente à visão Celestial:
Antes anunciei primeiramente aos que estão em Damasco e em Jerusalém, e por toda a terra da Judéia, e aos gentios, que se emendassem e se convertessem a Deus, fazendo obras dignas de arrependimento.
58 Em atos 23, versículo 11 outra vez:
E na noite seguinte, apresentando-se-lhe o Senhor disse: Paulo, tem ânimo; porque como de mim testificaste em Jerusalém, assim importa que testifiques também em Roma.
59 Que Deus possa adicionar Suas santa bênçãos à leitura desta mais graciosa, Santa Palavra que temos diante de nós.
60 Agora, eu estava ouvindo um homem falar – ou ensinar há não muito tempo atrás, e ele usou a palavra absoluto. E eu pensei, “Esta é uma palavra muito boa; eu ouvi sendo usada muitas vezes”. Absolutamente. Isto…
61 Eu olhei no dicionário Webster. De acordo com o Webster, é “perfeito em si próprio; ilimitado em seu poder; original e máximo”. E o máximo é o “Amém”; isto é tudo. Um absoluto, é – é “um poder ilimitado”, a palavra absoluto. É – é perfeito em si mesma. Isto é tudo que é; e está determinado. E eu pensei, “Isto é uma coisa gloriosa; esta é uma palavra maravilhosa”.
62 E agora, uma palavra é “um pensamento expresso”. Primeiro, deve ser um pensamento, e então isto se torna uma palavra; porque você não fala suas palavras sem pensar.
63 Quando falamos em línguas nós não pensamos; é Deus determinando os pensamento; é o pensamento de Deus usando nossos lábios. Nós não pensamos ou sabemos o que você está dizendo quando você está falando em línguas, se você está falando inspirado. Quando você interpreta você não sabe o que você está dizendo; você simplesmente diz, isto é tudo. Vêem? Isto é Deus. E profetizando, você não está usando seus próprios pensamentos; é Deus, porque você diz coisas que você normalmente não pensaria em dizer, Vêem?
64 Mas a palavra absoluto é conclusão; e portanto, eu penso que todo mundo deve ter uma conclusão. E cada grande realização que já foi realizada, houve um absoluto atrás de si. Não importa o que seja, teve que existir um absoluto atrás disto. E cada pessoa na seqüência de realizar algo tem primeiramente que ter um absoluto. E esta é a volta final de volta através disto, daquilo, de volta através daquilo outro, ate que você chegue àquele absoluto, ou ao “Amém”, ou à conclusão do que você é… Você tem algo para se apegar, em outras palavras. É o poste de amarre final de cada realização… Está em alguma parte; isto pode girar através de muitas coisas deferentes, ate chegar àquele poste de amarre; contudo existe um “amém” a tudo isto. Tais coisas devem existir. Você não pode seguir através da vida sem tê-las.
65 Você – quando você se casou, algo teve que girar através de sua mente,m ate que você alcançou aquele poste. E isto deve ter sido o amor pela sua esposa ou seu marido. Bem, talvez ela não seja tão bonita quanto a esposa do John; ou ela, bem – ela não é – isto, aquilo, mas há algo nela que você – que te toca. Você – você – você diz, “Talvez ela não seja tão bonito quanto a outra, ou ele não seja tão bonito quanto o outro; mas tem que haver um absoluto ali que a faz diferente. E ali está onde você segura. E se aquilo não está ali, é melhor você não se casar, aquele poste de amarre, aquele absoluto.
66 Nós podemos citar muitos que tiveram absolutos na Bíblia. Oh, como poderíamos tomar através da decorrente desta Bíblia e ficarmos aqui umas duas semanas, e nunca tocar nem mesmo na superfície, se fôssemos pensar nos absolutos da Bíblia. Por exemplo,m deixe-me simplesmente trazer um ou dois e falar por algo sobre eles.
67 Veja Jô. Agora, ele tinha um Absoluto. Tudo ia errado para aquele homem, um homem justo. Agora, nós estaríamos desafiando em dizer que ele não era um justo. Agora, nós estaríamos desafiando em dizer que ele não era um justo, porque Deus disse que ele era. Não havia ninguém na terra como Jô. Ele era perfeito diante de Deus, e ele sabia disso, porque ele tinha um Absoluto; ele possuía um Absoluto.
68 Quando tudo parecia estar contrário, veio a enfermidade, seus amigos devem ter dito, “Agora, ai está você, Jô, isto prova que você está pecando; você está errado”. E então, os bispos vieram (eles chamaram os confortadores de Jô), e em vez de conforta-lo, eles nada viram exceto pecada em sua vida; porque Deus havia tratado com ele à Sua maneira.
69 E seus filhos foram mortos; sua – suas propriedades foram queimadas, seu – seu – tudo estava errado, e até mesmo em sua própria vida corria risco, assentado num monte de cinzas, cheio de feridas da cabeça às solas dos pés. E ate mesmo sua amada e dócil companheira, a mãe daquelas crianças, disseram, “Você deveria amaldiçoar a Deus e morrer”. Mas diante de tudo aquilo Jô tinha um absoluto!
70 Oh, em tempos de enfermidade se nós pudéssemos simplesmente nos unir àquele absoluto. Jó sabia que ele havia feito a ordem de Jeová, e ele tinha fé no que ele havia feito, porque Jeová requereu aquilo. Se pudéssemos simplesmente fazer aquilo! Jeová requereu um holocausto para seu pecado. E Jô, não somente para si mesmo, mas para seus filhos ele teve que fazer um holocausto, e isto foi tudo que Deus requereu.
71 Oh, você pode dizer, “Eu gostaria que isto fosse tudo que Ele requeresse hoje”.
72 É menos do que aquilo, somente fé em Sua Palavra. E você – se você faz de Sua Palavra o Absoluto, você pode – qualquer promessa Divina na Bíblia, você pode atar sua alma nisto. Não importa o quanto as ondas te chicoteem, você permanece unido. O seu Absoluto.
73 E ele se segurou Naquilo, e quando seus confortadores disseram, “Você pecou”, ele sabia que não. Ele era simplesmente, porque ele havia cumprido a ordenança de Jeová. E quando ele – cada… O homem chegou e disse: “Seus filhos estão mortos”; outro chegou e disse, “Seus camelos estão todos queimados, e desceu fogo do céu…”
74 Veja que argumento seus desconfortadores tinham, “Vê você? O fogo caiu do céu. Agora, Jó, isto prova…”
75 “Isto prova nada!”
76 “Agora, Ele não teria tocado em seu filhos, Jó, você é um homem justo”.
77 Mas Jó disse, “Eu sei que eu fiz o que é correto”. Ele permanecia seguro; ele tinha algo que ele podia seguir adiante. É isso. Ele havia aceito isto; ele havia feito exatamente o que Deus lhe disse para fazer; é ele estava absolutamente certo. Correto!
78 Então, quando ele chegou ao ponto quando aquele Absoluto se mantinha firme, então finalmente ele começava a sentir aquela corda que estava frouxa se apertar fortemente. Mas isto começava a se apertar, e o Espírito entrava nele; e ele se levantava, sendo um profeta, e ele disse, “Eu sei que o meu Redentor vive!” Amém! Vêem? Ele estava atado a seu Absoluto; havia entrado em contato. Ele sabia que tinha feito o que era certo, e em algum dia ele teria que puxar a Isto. “Eu sei qu emeu Redentor vive, e nos últimos dias Ele estará sobre a terra. Embora os germes da carne destruam meu corpo, mesmo assim na minha carne verei a Deus”. Ele sabia então, o seu Absoluto estava ancorado.
79 Abraão, um absoluto, descendo da Babilônia, da torre e do – para Sinar, e ali fora onde ele estava hospedado com seu pai, e talvez era um fazendeiro. Mas um dia lá atrás nas selvas em alguma parte talvez apanhando amoras, ou – ou indo matar um animal por causa da carne, e em alguma parte lá atrás, Deus falou come lê quando ele tinha setenta e cinco anos de idade.
80 E ele estava – ele e a sua esposa, Sara, ela com sessenta e cinco anos não tinha filho – era sem filho, eles não tinham nenhum filho. Então, Deus lhe disse, “Você terá um filho através de Sara, mas em ordem para tê-lo, você tem que se separar.
81 As promessas de Deus estão sempre em condições. Você deve absolutamente… Não importa quão fundamental você seja com a promessa, é sempre sob condições. Como poderíamos parara qui e entrelaçarmos as Escrituras de um lado para o outro por horas (vêem?), que a condição é o que significa algo. Você pode ser tão fundamental o quanto você queira, mas é sob condições através da promessa, predestinação e assim por diante.
82 Observe! Agora Abraão, ele cria em Deus, e isto lhe foi imputado por justiça. Agora, que – que uma coisa horrível foi para encontrar um… um mundo civilizado, um homem de setenta e cinco anos de idade com uma mulher de sessenta e cinco (e eles estavam juntos desde que eram um jovem casal, porque ela era sua meio irmã) e agora iria ter um filho através dela. Mas ele tinha um Absoluto. Não havia nada para move-lo.
83 E quando, no primeiro mês isto não aconteceu, o seu Absoluto se manteve firme, porque ele sabia que ele havia falado com Deus. O segundo mês, segundo ano, dez anos, e vinte e cinco anos mais tarde (quando ele tinha cem e Sara noventa o seu Absoluto se mantinha firme).
84 E a Bíblia diz, quando a sua necrologia foi escrita, foi dito, “Abraão não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado, dando gloria a Deus”. Por que? Você já pensou por que? Ele era absoluto, positivo, e a única coisa que ele teve que fazer foi se separar do seu povo. E Deus não o abençoou ate que ele fizesse isto. Ele levou seu pai, o pai morreu. Ele tomou a Ló, e quando – depois que Ló se separou de Abraão, então Deus chegou para ele, disse, “Agora, vá pela terra”. Obediência, promessa sob condições, sempre acompanha Deus e a Sua Palavra.
85 Agora, veja… vamos tomar Moisés. Moisés, o – o profeta – servo fugitivo, sendo que Deus o havia criado e educado no palácio de Faraó, e – e Moisés saiu com seu treinamento teológico e estava – o primeiro homem, ele matou. Então o primeiro pequeno defeito veio, então Moisés morreu de medo. Por que? Ele não tinha nenhum Absoluto; ele somente tinha sua – o testemunho de sua mãe acerca de seu nascimento.
86 Ele era um filho estranho; ele tinha a palavra de sua mãe a respeito disto. Ele tinha os pergaminhos que Deus tinha (talvez em papel em alguma parte eles haviam escrito, e carregava com eles) – que Deus visitaria Seus filhos. Ele sabia que aquela era a hora, como sabemos agora. Sabemos que algo está se preparando para acontecer.
87 Agora, Moisés sabia que aquela era a hora, e ele sabia que ele havia sido escolhido para isto; mas ele não tinha um absoluto. Vêem? E certo dia atrás no deserto, quando ele perdeu a visão, Deus apareceu para ele numa sarça ardente e disse, “Moisés, tenho visto as aflições de Meu povo; tenho ouvido seus gemidos e o choro com aqueles capatazes castigando-os; e tenho guardado Minha promessa. Tenho descido para liberta-los; agora, desça para o Egito”. Oh, que coisa!
88 Disse – Moisés reclamando, disse, “Eu não falo muito bem; minha pronuncia não é muito boa; eles não crerão em mim!”
89 Ele disse, “O que está em sua mão?”
90 Ele disse, “Uma vara!”
91 Ele disse, “Jogue-a no chão!” Ela se transformou numa serpente. Disse, “Apanhe-a pela cauda!” Ela se transformou outra vez numa vara. Ele lhe dava a segurança numa vindicação àquele Absoluto, sempre.
92 Então, Moisés, quando ele estava lá embaixo, e lançou sua vara diante dos mágicos e de Faraó (e os mágicos vieram e lançaram suas varas também), Moisés nunca correu e disse, “Oh, bem, eu estava errado, eu – eu era simplesmente um mágico barato, trapaceiro e talvez eu estava errado”. Mas ele sabia, ele estava certo de que tinha encontrado com Deus; e ele permaneceu quieto. Digamos que ele fez exatamente o que Deus lhe disse para fazer; da mesma forma fez Jó exatamente o que Deus disse para fazer; Moisés havia seguido Seus mandamentos. Então aquietai e vede a gloria de Deus!
93 Moisés estava atado a seu Absoluto, sua comissão, e ele permaneceu quieto. E quando ele o fez, sua serpente engoliu o resto das serpentes. Vêem? Ele estava atado àquele Absoluto. Deus disse, “Quando libertares àqueles filhos, tu Me adorarás outra vez neste monte”.
94 E como o inimigo em cada maneira que puder te tentará a te afastar daquele Absoluto. Logo que começaram a sair do Egito, eles ficaram cercados bem no estreito do – do Mar Vermelho – não havia lugar para escapar sobre as colinas, nenhum lugar para escapar daquele lado, e o exército de Faraó vindo deste lado. Que lugar para estar! Vêem como o diabo te apanha em um lugar onde você não sabe o que fazer? Mas recordem, se você está atado àquele Absoluto, será tudo. Moisés sabia eu Deus lhe havia prometido que “Tu me adorarás neste monte quando os trouxer. E eu descerei através de sua moa para libertá-los e coloca-los naquela outra terra”. Ele permaneceu exatamente com isto, e Deus enviou um vento do ocidente e soprou as águas do fundo do mar, e eles atravessaram em terra seca. Um Absoluta!
95 Poderíamos ir através das Escrituras: Daniel, seu Absoluto; Sadraque; Misaque e Abednego, seu absoluto; Davi, seu Absoluto. Todos – Absoluto!
96 Paulo tinha um também, este sobre o qual estamos lendo. Ele tinha uma chamada suprema de Cristo, e aquele era seu Absoluto. Esta é a razão pela qual Ele teve medo do que Agripa dizia. Ali de pé (e Agripa era um judeu, como sabemos) – e então quando – quando ele estava diante daqueles reis e coisas, Deus já havia lhe dito que ele se colocaria li. Então ele tinha um Absoluto, então ele contou exatamente a visão celestial. Ele disse, “Eu não… Eu não me envergonho disto. Eu estava – não julguei isto mal; eu não foi desobediente”. Mas ele ficou firme e não foi desobediente; ele carregou isto até o fim, pois era o Absoluto. E qualquer vida centralizada em Cristo, este é seu Absoluto.
97 Agora, desde que O encontrou face a face no caminho de Damasco, aquilo foi – significava muito para Paulo. Agora, recordem, antes ele era um estudioso; ele era um homem poderoso nas Escrituras, mas ele não tinha nenhum poste de segurança, exceto o sinédrio que o apoiava, e um – e um diploma do – de grande mestre. Ele era um grande homem em seu campo, mas ele estava oscilando. A única coisa eu ele tinha, o seu absoluto só era forte o quanto era a sua organização; essa era toda a força que podia existir. E ele trabalhava fielmente àquilo, e tomava a cristãos, e os amarrava, e os massacrava, e chegou até apedrejar Estevão.
98 Eu penso que mais tarde em sua vida, a razão pela qual ele não foi para Jerusalém, quando o profeta lhe disse, “Não vá ali em cima, Paulo, pois as correntes e a prisão esperam por você”.
99 E Paulo disse, “Eu sei disto; mas não estou indo a Jerusalém somente como testemunha, mas estou indo ali; e estou pronto para morrer por Jesus Cristo”, pois ele sabia o que ele havia feito e sua ambição era selar seu testemunho com o seu próprio sangue – morrer um mártire, porque ele havia matado um dos mártires de Deus.
100 E agora, ele estava a caminho de Damasco com toda sua cultura (sob os pés daquele ensinador, Gamaliel, e como ele h avia sido ensinado em toda religião Judaica) e mesmo assim com tudo aquilo, ele era insensato, e ele não tinha a capacidade de fazer certas coisas. E de repente, houve uma luz e um estrondo de um trovão, e ele foi ferido e jogado no chão. E ele – quando ele olhou para cima, havia uma Luz brilhando que cegou seus olhos. E que coisa estranha foi aquilo!
101 Ninguém mais viu a Luz, somente Saulo. Isto foi tão – tão real para ele, ate que Aquilo cegou os seus olhos; ele não podia ver, totalmente cego para aquela Coluna de Fogo brilhando bem na sua face. E ele ouviu uma Voz dizendo, “Saulo, Saulo, por que tu me persegues?”.
102 Ele disse, “Senhor, Quem és Tu?”.
103 Ele disse, “Eu sou Jesus; duro é para ti recalcitrares contra os agulhões. Levanta-te agora, e vá até Damasco; e ali alguém será enviado para você”.
104 Então, quando ele levantou dali (e ali havia um, um profeta, lá embaixo na cidade, que viu uma visão, enquanto orava, e ele veio), Ananias veio e chegou para Saulo, e colocou suas mãos sobre ele, e ele foi curado pela Cura Divina. Ele levantou então, foi batizado, lavando os seus pecados, invocando o Nome do Senhor; e então ele teve um Absoluto. Ele nunca mais foi o Mesmo após aquilo. Ele foi diretamente de igreja em igreja, de lugar em lugar, tentando construir aquilo que ele havia tentado derrubar, tentando construir aquilo que ele havia tentado derrubar.
105 Como a nação, como o mundo cristão nesta manhã preciosa daquele tipo de Absoluto. Aqueles que lidam com credos e tradições tem tentado a – com doutrina de homens, a desqualificarem a Palavra de Deus quanto a ser o mesmo ontem, hoje e eternamente. Eles precisam de um Absoluto, uma experiência de encontro caminho de Damasco, o Deus vivo o Qual pode curar o enfermos, e ressuscitar os mortos, e expulsar demônios — um Absoluto Genuíno.
106 Paulo sabia que algo havia acontecido; não havia ninguém que poderia lhe tirar isto. Nada mais interessava; ele estava amarrado, e aquilo era isto. Não importa o que viria, ele sabia que estava atado – na vida central de Cristo! Oh, a vida que ele havia vivido era uma vida diferente.
107 Agora recorde, ele era um homem religioso. E para alguns de vocês nesta manhã (e eu sei que você está ciente que esta fita está sendo feita, será tocada em cada nação debaixo dos céus e ao redor do mundo); e algumas de vocês, pessoas, que estão aqui presentes, e outros que através de um intérprete (será entre às tribos da África, lá atrás nos Hottentots, e – e em – em toda parte); e para vocês lideres religiosos que acabaram de obter uma educação da Bíblia (vocês obtiveram isto de um ponto de vista histórico e talvez seja capaz de explicar todas estas coisas); mas, se você não tem um Absoluto, não teve uma – uma experiência (e se aquela experiência que – que você alega ter, te faz negar que cada palavra disto não é tão fiel à igreja hoje como Ele sempre foi), e você está confiando no seu grau de bacharelato em Artes, ou seja o que for que você tenha; se você está confiando nos pensamentos de sua organização (que diz, “Os dias dos milagres já passaram; e não temos cura divina; e o batismo do Espírito Santo como eles receberam no dia de Pentecostes não é para as pessoas hoje”); se isto é tudo que você tem, meu preciso irmão, irmã, você precisa de uma experiência do caminho de Damasco!
108 Você precisa encontrar com este Deus Vivo onde você – não somente um pensamento místico em sua mente, não algum arrepio, ou algum tipo de sensação, mas um ensinamento e experiência de um verdadeiro genuíno… O mesmo Jesus que andou na Galileia está vivo hoje e vive para sempre, e Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente – um Absoluto, que você não tem que tomar o que ninguém diz, você sabe para você mesmo, não alguma sensação.
109 E se a sensação que você teve – e se alguém (isto deve ter sido uma verdadeira sensação Bíblica) – e alguém tentou explicar isto para você, dizendo que aquelas coisas eram para outro dia, tenha cuidado! Verdade, tenham cuidado! Mas existe uma maneira para saber. Teste isto com a Palavra; esta é a Fotocópia Azul!
110 Se a casa é construída contrário ao projeto, o empreiteiro a derruba e a reconstrói. Mas ela tem que ser de acordo com o projeto.
111 Não importa qual seja sua experiência então; se algo em você lhe diz que aquela Bíblia não é verdadeira, aquele poder de Deus, apóstolos, profetas, ensinadores, pastores, e os dons do Espírito não são mais os mesmos como Eles foram quando Isto fluía através daqueles apóstolos no Pentecostes, há algo errado em seu absoluto; isto está ligado a um credo denominacional, em vez da Bíblia de Deus, quando Ele disse, “Ambos, céus e terra passarão, mas Minha Palavra nunca há de falhar”.
112 Observe o que é o seu absoluto. Você tem que estar absolutamente certo de que você está em bom companheirismo com o pastor; e estar absolutamente certo de que você está em companheirismo com o presbítero da região; e estar absolutamente certo de que você está em companheirismo com o bispo, ou algum outro grande homem na sua igreja; mas se não – seu Absoluto não é Jesus Cristo. “Pois, sobre esta pedra colocarei Meu Absoluto, e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela” – revelação espiritual de Quem Ele é e conhecer. Correto!
113 Oh, agora, quando você se torna como Paulo, tem o mesmo Absoluto que ele tinha… Uma vida centralizada em Cristo é uma vida diferente do que você uma vez teve; e isto pode ser a própria vida religiosa que você vive.
114 Oh, eu já ouvi pessoas dizerem, “Agora, eles são muito religiosos”. Aquilo não tem nada a ver com isto! Já vi muitas religiões, bastante votos, muitas vezes mais sinceros do que as pessoas cristãs professam ser hoje.
115 Quando uma mãe chega a tomar o seu nenê gordinho, negro (deste tamanho) e o lançar na boca de um crocodilo, por amor ao seu deus, eu quero saber o quanto o cristianismo é sincero. Quando um homem pode se afligir de tal modo, colocando mil anzóis em sua carne, assim (pendurados com bolas de água, segurando para baixo assim), e andar por uma faixa de fogo, daqui ate o final do tabernáculo (de um lado para o outro, e incandescente, ateado assim), para o sacrifício do seu deus (um ídolo ali com olhos de rubi e assim por diante), eu quero saber onde está o cristianismo. Então não pense em sinceridade; sinceridade não é isto. A sinceridade é correta quando posicionada na coisa certa.
116 Como um médico prescrevendo remédios, ele pode te dar arsênico, sinceramente; você pode ter uma receita prescrita errada, e você pode tomar aquilo sinceramente, mas aquilo não salva a sua vida. Vêem? Não, senhor! Você tem que saber o que você está fazendo. E qualquer coisa contrária a Palavra de Deus, não me importa o que seja e quanto tempo isto tenha existido, isto continua a ser errado.
117 Pedro lhes deu uma prescrição eterna no dia de Pentecostes. Ele disse, “Arrependei-vos, cada um de vós, e seja batizado no nome de Jesus Cristo para a remissão de vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo; pois esta razão é para vós, e para vossos filhos, e para aqueles que estão longe, e tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar”. Isto é certo! É uma prescrição eterna.
118 Agora, algum farmacêutico charlatão poderia apanhar isto e te matar. Vêem? Certamente! Você sabe, há muito veneno numa receita, para matar um germe, e o médico sabe exatamente quanto pode – o seu corpo pode suportar. Se ele colocar aquilo em excesso, aquilo pode te matar. Se você tem o suficiente daquilo, então o que isto fará? Não fará nenhum efeito tomar aquele remédio. Ele sabe o que seu corpo pode suportar.
119 Agora, esta é a maneira que é a prescrição de Deus. Não importa o quanto alguém diz que isto deve ser feito desta maneira ou daquela maneira, não creia nisto. Quando você segue a Palavra exatamente ao pé da letra, é isto. Isto é correto! Segure nisto.
120 Agora, nós temos o – aqueles que dizem que você deve ser aspergido. Temos aqueles que dizem que você deve usar títulos de Pai, Filho e Espírito Santo; não existe tais coisas na Bíblia, em nenhum lugar na Bíblia alguém foi batizado de outra maneira a não ser no Nome de Jesus Cristo. Este é um dogma que foi adicionado na Igreja Católica Romana e tem sido carregado através de tradições. (Nós falaremos sobre sito hoje à noite)
121 Mas observem, então no meio de tudo isto, a prescrição permanece. Esta é a razão que temos tantos filhos enfermos, porque eles não estão ouvindo ao que o Médico diz. O Absoluto, quando você está unido àquilo, é aquilo; Aquilo é a Palavra de Deus; Ela não pode falar. A vida central de Cristo, bastante religioso, mas não era o centro de Cristo; muitos de nós temos aquilo hoje.
122 E quando você tem esta vida central de Cristo, isto te faz fazer coisa que você comumente não faria. Isto te faz agir diferente do que você comumente agiria. Não estou dizendo em agir de forma estúpida; agir no Espírito, algo que é real, algo que é genuíno. E quando você vê alguém agindo de forma estúpida, fique sabendo que estão simplesmente tentando personificar onde a coisa genuína está.
123 Quando você vê um dólar falso, recorde de que ele foi feito de um dólar verdadeiro. Vêem? Quando você vê algo falso é absolutamente uma cópia de algo que é real; é algo que – que é genuíno e é copiado.
124 Observem, isto te faz fazer coisa que normalmente você não faria. Oh, isto – isto é algo… Você está certo, você está muito certo disto quando você tem este Absoluto; você é positivo quanto a isto. Você não toma o que – a experiência de alguém. Esta é a razão pela qual o cristianismo tem se tornado como criancinhas na Bíblia e não (desculpem-me) – criancinhas na escola. Eles tentam copiar um do outro; e se aquele sujeito está errado, a coisa toda está errada. Vêem? O grupo todo estará errado. Oh, puxa, não copiem; tenha um encontro com Ele. Você mesmo.
125 Um bom amigo meu, de pé aqui atrás é um velho – é filho de um amigo meu, um amigo de muitos anos, o pequeno Jim Poole. Bem, o seu pai e eu estávamos – crescemos juntos na escola, e oh, que bom companheiro. O pequeno Jim e eu orávamos constantemente para que o “Jim grande” se tornasse um cristão, um verdadeiro crente. E o pequeno Jim e eu estávamos falando ontem a respeito de quando encontramos Deus na floresta e O vimos na natureza. É aí onde você O encontra, porque Ele é o criador, e Ele está em Sua criação.
126 E eu recordo, Jim e eu costumávamos ir a – a – íamos caçar. E quando a noite chegava, bem, nós descíamos nossas bicicletas, e saímos bem nesta rua aqui ( morrendo de medo de passar perto do cemitério depois que escurecia), e descíamos, e íamos comprar sorvete de casquinha.
127 E Jim gostava de brincar de atirar nos charcos. Agora, nós éramos garotos de dez, doze, quatorze anos de idade. E então, o Jim gostava de se assentar por ali e ler livros de histórias de caçadas com armadilhas. E eu assentava ali e fazia castelos no ar, sonhando (vêem?)… E agora, alguns dos garotos podem me ver. E eu via uma caminha em algum lugar, e eu dizia, “rapaz, aquela seria uma boa cabana para ter nas montanhas”. E eu sempre sonhava que um dia eu teria uma cabana nas montanhas, e um punhado de cães de caça, e – e algumas espingardas. E eu sempre penava, “Algum dia se eu puder ter um 30 por 30…” Pensava, “Como no mundo eu poderia algum dia ter um rifle 30 – 30?” e outro dia, de pé, olhando na minha parede, e vendo ali alguns dos melhores rifles que se pode obter, eu pensei, “Sublime Graça”. Eu pensava, “Eu treinarei a pontaria e atirarei bem. E então, as vezes algum dia consiga – faço uma viagem às montanhas, algum bom caçador me levará junto consigo assim como (pois ele quererá proteger a sua vida de algum urso que atacar; ele se sentirá inseguro, algum homem rico) – me levará, somente para ir junto com ele, como um guarda costa. Talvez algum dia eu vá caçar na África como um guarda costas. Se eu simplesmente treinar. Essa é a única coisa que eu posso fazer, é treinar para ser um bom atirador de confiança”. Oh, e eu pensei, “Deus, pense nisto, Tu me deixaste caçar ao redor do mundo inteiro. Que coisa maravilhosa!”.
128 Jim costumava assentar e ler o livro.
129 E eu dizia, “Jim…”
130 Ele dizia, “Eu, eu – eu gosto de ler sobre isto”.
131 Eu dizia, “Jim, isto é o que alguém fez; eu mesmo desejo fazer; eu quero a experiência!” Quando vim para Cristo eu não pude tomar a experiência de alguém; eu a queria, eu mesmo.
132 Eu recordo quando eu lia Zane Grey’s “Lone Star Ranger” (O guarda-florestal Estrela Solitária). Eu parti duas ou três vassouras da mamãe, e corria pela casa galopando, quando eu estava montado naquele cavalinho de pau de vassoura. Eu – eu lia aquela história de – do “guarda florestal Estrela Solitária”, e como ele levava a justiça do grande Bem.
133 Então eu lia Edgar Rice Burrough’s, a história de ficção de Tarzan e os Macacos. Mamãe tinha um velho tapete de pele, um tapete de pele de foca ou algo que a Sra. Wathen lhe havia dado da lareira. E ele ficava em seu quarto, eu – eu – eu simplesmente levei aquele tapete para fora (Mamãe realmente sabia que o vento não o havia levado), e eu o levei e o cortei, e fiz para mim uma roupa de Tarzan, e subi numa árvore. Eu – eu vivia a metade do meu tempo numa árvore, vestido nesta roupa de Tarzan porque eu tinha visto o que ele havia feito, eu também queria fazer aquilo.
134 Mas um dia pela graça de Deus eu apanhei o Livro Verdadeiro, a Bíblia. Meu cântico e minha história tem sido: “Ser como Jesus; na terra desejo ser como Ele”. Eu não quero ser um bispo, ou um – ou alguém grande na igreja, algum papa, ou algum sacerdote. Eu quero ser como Jesus.
135 Um Absoluto, isto te faz diferente. Há algo a respeito disto em ler Sua Palavra e… Algo em seu coração que você almeja ser como Ele. Você está certo… É como…
136 O Absoluto para Cristo – o Absoluto para o Cristão é como o – é – é como a âncora no navio. Sim, você – você tem que ter um Absoluto. E se Cristo é o seu Absoluto, é como a âncora que quando você… O mar está bastante revolto, e o navio está quase para afundar, e você – a única esperança que você tem é lançar a âncora. E então se o navio está balançando (vêem?), se – a âncora segurará o navio. Você sabe, nós temos um hino (eu me esqueci agora o nome do autor, mas…): A Minha Âncora Segura.
137 Como o garotinho (como nós muitas vezes pensávamos) soltando arraia, você não podia vê-la, mas ele estava com a linha. E um homem ia passando e disse, “O que você está fazendo, filho?”
138 Ele disse, “Estou soltando minha arraia”.
139 Ele disse, “O que você tem em sua mão?”
140 Ele disse: “Uma linha”.
141 Disse, “Onde está a arraia?” Disse, “Não estou vendo. Bem, como você sabe que você está soltando a arraia?”
142 Ele disse, “Eu posso senti-la. Ela está puxando”. Vêem? No fim daquela linha havia um absoluto. Para seu pequeno tamanho, aquela arraia era seu Absoluto, então ele podia dizer que ele estava soltando a arraia; embora ela não pudesse vê-la; mas ele havia segurado em algo que – certo daquilo! Esta é a maneira pela qual um homem, quando ele é nascido outra vez do Espírito Santo, ele tem segurado em Algo que tem a âncora no além; e as tempestades não o balançam. Ele sabe que ele está bem; ele está ancorado. Correto!
143 Agora, se estamos no nosso barquinho, flutuando através do oceano solene da vida… Como o grande poeta disse que:
“A vida não é um sonho vazio!
E a alma é a morte que a descansa,
E as coisas não são o que parecem ser.
A vida é real! E a vida é a realidade!
E a sua sepultura não é o seu gol;
“Pois tu és pó, e ao pó voltarás”,
Não foi dito para a alma.
144 Oh, eu acho isto toa bonito. Agora, Long Fellow escreveu aquele Salmo da Vida. Vêem?
Enquanto navego o oceano solene da vida,
Pelo abandonado e náufrago irmão,
O coração será tomado outra vez (Vêem?)
145 Agora, nós embarcamos, navegamos no oceano solene da vida, e Cristo, no barco sobre as tempestades do tempo… Quando as tempestades aumentam e ele está quase se inclinando, estou feliz por ter uma âncora que segura além no vale, em alguma parte; até mesmo a morte ela mesma não pode te arrancar Disto. Você está atado ao seu Absoluto.
Cristo é a nossa âncora. O que é Ele? Ele é a Palavra.
No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
E o Verbo se fez carne e habitou entre nós…
146 Então quando sabemos que nossos atos estão exatamente com a Palavra, nós sabemos que nosso ensinamento está perfeito com a Palavra (não adicionando nada, nem tirando nada, simplesmente a Palavra); e vemos os mesmos resultados (que outros que ancoraram na mesma Palavra) vivendo em nossa vida, então sua âncora retém. A vida de Cristo sendo reproduzida de uma maneira quase encarnada a través de você como se estivesse em Cristo, porque era Deus em Cristo reconciliando o mundo Consigo Mesmo… E você vê Deus em você mesmo segurando aquele mesmo barco na Palavra, exatamente da maneira que Jesus fez, e você vê a Sua Vida…
147 “As obras que faço, também as fareis. Aquele que crê (não aquele que manufaturar, aquele que pensa que crê, mas aquele que crê) – aquele que crê em Mim, as obras que faço também as fará”. Por que? Ele está ancorado na mesma Roca. O que era a Rocha? A Palavra, sempre! Você está ancorado ali.
148 É a sua Estrela do Norte quando você está perdido no mar. Você sabe, nós temos muitas estrelas, mas há somente uma estrela verdadeira, e ela não move; esta é a Estrelas, mas há somente uma estrela verdadeira, e ela não move; esta é a Estrela do Norte, porque ela se localiza no centro da terra. Não importa se você está atrás, de lado, seja onde for que você esteja, aquela Estrela do Norte permanece a mesma. É a sua Estrela do Norte.
149 Agora, vê você? Há muitas estrelas que mudam de um Aldo para o outro. Mas se você está no – no mar, ora, qualquer marinheiro sabe, ou qualquer caçador que perambula pelo ato, sabe que a sua Estrela do Norte é seu – é seu lugar; isto é tudo. Então, e como a sua – sua – sua bússola. A sua bússola não aponta para Marte, ou Júpiter, ou outra parte; ela aponta para a Estrela do Norte. Por que? Este é o seu Absoluto.
150 Oh, que coisa! Observem, seu absoluto. Oh, eu vou dizer algo; eu acabei de sentir isto chegar. Observe! (Eu sinto bastante religioso agora, porque esta é a segurança). Observem! A sua bússola pode apontar somente para a Estrela do Norte. Este é o único lugar para o qual ela pode apontar. Se é uma bússola verdadeira ela apontará para a Estrela do Norte todas as vezes. Não é isto correto? Então se você tem o Espírito Santo, Ele pode apontar somente para a Palavra! Ele nunca te apontará para uma denominação; Ele nunca te apontará para um credo; Ele nunca te apontará para uma outra coisa; Ele te apontará diretamente à Palavra! (Eu sinto vontade de gritar!)
151 Observem, é – é algo dentro do homem, pulsando. Quando você vê a sua estrela ali em cima, Jesus Cristo, a Palavra; e você vê que o Espírito que está em você não deixa Isto mover para a direita nem para a esquerda. Este é o único que pode… Ele vem para tomar as coisas de Deus e mostrá-las, manifestando-as.
152 E Jesus disse, “Ele fará exatamente as coisas que eu digo. Ele te revelará coisas que hão de vir (te mostrará além do tempo, antes disto chegar aqui. Vê?) Ele tomará as coisas que são Minhas e mostrará a vocês. E então, Ele te mostrará coisas que hão de vir”. S. João 15
153 Nós vemos que Ele mostra as coisas; e Ele toma as coisas que são de Deus e as mostra a você; e Ele te revelará as coisas que Jesus disse. Em outras palavras, Ele deixará a coisa clara. (Colocaremos aquilo de um lado nesta noite, porque aquilo é o que vamos usar daqui a pouco). Ter certeza, fazendo aquilo positivo (Vê?) Então você sabe que se você – a sua Estrela Norte, a qual é a Palavra para qualquer Cristão… Qualquer coisa contrária à Palavra…
154 Veja! Deixe-me lhes dizer algo. Ouçam isto atentamente. Esta é a Divina e completa revelação de Deus, Sua vontade, e a vinda de Cristo; e tudo está completamente neste Livro. E se qualquer coisa te afastar Disto, jogue aquela bússola fora, porque ela é simplesmente um credo, é somente uma organi… é simplesmente um papel que você está carregando no seu bolso, o tem pendurado em seu quarto numa moldura; é um credo! Homem, encontre a bússola que te aponta a Palavra! Amém.
155 Você observe, quando esta experiência atingiu a Paulo, ele desceu ao Egito e em alguma parte da Arábia e estudou três anos. Glória! Ele tinha que ser positivo. E quando ele viu, quando o Espírito Santo lhe dirigiu palavra por palavra, ele pôde escrever aquele Livro de Hebreus e mostrar àqueles judeus. Certamente! Por que? Ele era central; aquela Bússola do Espírito Santo o colocou bem na Estrela do Norte.
156 Agora, se você tem algo te tirando Disto, é melhor você deixar isto de um lado. Isto é certo! Isto apontará para Sua Palavra e somente para a Sua Palavra, porque o Espírito Santo veio para manifestar ou vindicar a promessa de Deus. Não existe credo que fará isto; nenhuma organização fará isto; nenhum poder ou nada poderá fazer isto, somente o Espírito Santo através da Palavra, e Ele é o germe.
157 Agora, você toma um grão de trigo, um grão de trigo bonito, mas ele não pode – fazer nada; está morto a não seu que o germe entre nele, então ele produzirá muitos grãos de trigo. E Cristo é aquela Vida, aquele Absoluto. Se o trigo não tem aquele Absoluto nele, ele nunca crescerá. Se aquele trigo não tem aquele Absoluto, ele pode olhar para o rosto de todos os críticos e dizer, “Eu levantarei outra vez”. Por que? Porque ele tem o Absoluto. Está nele; ele tem que crescer outra vez.
158 E quando isto… “Se estivermos em Mim e Minhas Palavras estiverem em vós, pedireis tudo que quiserdes”. Este é aquele Absoluto. Mas se você tem credos e tudo mais ligado nisto… Você não pode misturar óleo com água. Você pode pegar e dissolver isto da maneira que você desejar; isto nunca misturará, porque são duas químicas diferentes. E você não pode fazer a denominação e uma religião nascida livre – ou uma salvação nascida livre – ou uma salvação nascida livre se misturarem, pois certamente, Deus só trata… de qualquer modo vou dizer isto.
159 Deus nunca rompe o seu programa. Ele não pode romper o Seu programa. Ele não pode romper, porque Ele é infinito. E eu vejo, vocês sabem, eu – isto irá diante de muitas pessoas. Vêem? Mas Deus não pode romper o Seu programa. Ele não pode fazer algo um dia, e mudar aquilo e fazer outra coisa, e dizer que Ele errou naquele dia.
160 Deus não trata com grupos de homens; Deus trata com individuo, porque o homem tem conceitos diferentes; ele foi formado de uma forma diferente na natureza. E Deus tem que tomar aquele homem, e lança-lo em confusões, e tira-lo de si próprio, ate que Ele o tenha em Sua natureza; e então Deus trata com aquela pessoa.
161 Veja através das eras, Noé e Moisés, os profetas, nunca dois deles ao mesmo tempo – um, constantemente através das eras. Portanto, se você diz, “Na multidão de conselhos há segurança”… veja isto!
162 Como eu preguei aqui a não muito tempo atrás no tabernáculo, havia Acabe; havia Jeosafá. E eles iam para Ramote-Gileade para investir… Fundamentalmente eles estavam certos; a terra lhes pertencia. E o – o inimigo, os Sírios lá em cima estavam enchendo a barriga de seus filhos com o trigo que os Israelitas deveriam comer – a propriedade dada por Deus. Então fundamentalmente isto parecia ser bom. “Venha comigo, e suba ali em cima, e nós os expulsaremos da terra”. Bem, isto sova muito bom; fundamentalmente isto estava correto, exceto suas condições.
163 Jeosafá, sendo um bom homem, disse, “Mas não deveríamos nós consultar o Senhor?”.
164 Naturalmente, Acabe, aquele apostada, disse, “Bem, claro”. (Crentes de fronteiras, você sabe). Disse, “Oh claro, eu devia ter pensado nisto. Eu tenho quatrocentos deles que eu alimento, tomo conta deles. Eles são os melhores que existem no país. Nós os traremos”.
165 E todos eles juntos em um só acordo disseram, “Suba, o Senhor está contigo”. Fundamentalmente eles estavam certos, mas eles não tinham apanhado aquele Absoluto.
166 Então quando ele disse, “Não há mais um?…”
167 Disse, “Sim, há outro, mas eu o odeio”. Ele disse, “Ele está sempre dizendo o mal a meu respeito (Vê?) sempre dizendo…”
168 Como poderia ele profetizar o bem, quando toda a Palavra…? Elias, que estava diante dele, disse a Acabe, “Os cães lamberão os eu sangue”. Agora, como poderia um profeta vindicado dizer qualquer coisa que não fosse a vontade de Deus? E como que os cães comeriam Jesabel e ela estaria no esterco sobre os campos, par anão poderem dizer: “Esta é Jesabel”. Com uma maldição como esta sobre o homem, como poderia alguém mais abençoar?
169 Esta é a maneira que é hoje. Como pode um homem abençoar estas coisas que estão afastando as pessoas para longe de Deus todo o tempo? Há somente uma coisa a fazer. Se você tem que firmar por si mesmo, expulse a coisa no Nome do Senhor e permaneça com isto, quando você está absolutamente…
170 E você diz, “Bem, irmão Branham, você faz com que as pessoas te odeiem”.
171 Deus me amará. Este – este é o meu Absoluto. Você não pode descansar num braço de carne, você tem que descansar na Palavra, o que Deus disse para fazer.
172 Como Micaías sabia que ele estava certo? Ele esperou; ele teve uma visão. Eles tiveram uma visão também, mas a visão não estava de acordo com a Palavra. E hoje é a mesma coisa. Micaías as comparou, a visão e a Palavra, e então ele viu que Ele e a Palavra estavam juntos. Hoje, se a sua visão está contrária à Palavra, então ele podia se levantar e dizer, “Ele…” – que ele disse e – e crer nisto. Quando eles bateram na boca e disseram, “Para onde foi o Espírito de Deus?” ele disse, “Você descobrirá quando estiver na câmara interior”. Certo.
173 Ele disse, “Quando eu voltar em paz… Você coloca este homem na prisão interior, e quando eu voltar em paz”, disse Acabe, “Eu tratarei com este sujeito”.
174 “Oh agora, Micaías, e isto? A sua cabeça será cortada quando ele voltar”.
175 Micaías se colocou ali tão firme o quanto Estevão estava (Amém), tão disposto como o Senhor andou em direção a cruz, tão manso o quanto Daniel entrou para a cova dos leões, ou Sadraque, Mesaque e Abedenego entraram na fornalha. Absolutamente! Ele se colocou ali e disse, “Se alguma forma você voltar…” Por que? Ele era Absoluto. “Se de algum modo você voltar, Deus nunca falou comigo, e então corte fora a minha cabeça”.
176 Ele tinha o Absoluto. Ele sabia que a sua Bússola, que o havia guiado a esta visão, estava correta com a Estrela do Norte. Sim, Senhor! A sua âncora segurou. Sim, a Palavra e somente…
177 Se o seu Absoluto, se você tem um Absoluto em sua vida…
178 Houve um tempo quando você sabe, a etiqueta tinha um absoluto. Eu não me lembro do nome daquela mulher, mas toda a nação confiava naquilo que a mulher dizia (Eu me esqueci seu nome. Eu estava escrevendo uma nota aqui; eu não me lembrei do nome daquela mulher – quem era). Mas aqui a poucos anos atrás eles tinham que ser… Esta mulher, o que ela dizia… Se ela dissesse para usar a faca na mão esquerda, aquilo era – era aquilo; aquilo era o absoluto. Ela era a – a resposta de tudo isto. E se você colocasse o garfo na mão esquerda, então você estava absolutamente errado. Qual era seu nome? (A congregação responde, “Emily Post” – Ed) Oh, é isto, claro. Sim, é essa.
179 Agora você estava – você estava absolutamente – e ela estava – ela era o absoluto em etiquetas. Isto devia ser desta maneira. Como, oh, muitas coisas nós encontramos assim. Mas nós descobrimos agora que isto acabou. Coma da maneira que você desejar. Sim, senhor. Correto! Mas aquilo era o absoluto em etiqueta. Você tinha que fazer isto daquela maneira.
180 Houve um tempo quando Adolf Hitler era o absoluto da Alemanha. Seja o que fosse que ele dissesse… Quando ele dizia: “Pulem!”, eles pulavam; quando ele dizia, “Matem”, eles matavam. Milhões de Judeus, ele tombou suas cabeças. Vê você o que aconteceu com aquele tipo de absoluto? Aquilo parecia poder, mas era contrário à Palavra.
181 “Como você sabe que isto era contrário à Palavra?”
182 Deus disse… Não foi Balaão quem tentou olhar para Israel para amaldiçoa-lo, ele disse, “Eu o vejo como um unicórnio. Quão justas são sua tendas. . Quem te amaldiçoar, será amaldiçoado; quem te abençoar será abençoado”.
183 Parece que Hitler pôde ver aquilo. Parece que aqueles Alemães cristãos puderam ver aquilo. Vêem? Aquele absoluto… Absolutamente contrário àquela Palavra… Você sabe, como foi dito, “Homem – Deus fez o homem, porém os homens fizeram os escravos” – um tentando governar o outro. Nós temos Um que governa, e este é Deus.
184 Mas Hitler era o absoluto da Alemanha. Veja isto hoje. Agora, vejam o que aconteceu? Era um absoluto errado. Por eu? Aquilo estava contrário à Palavra! E agora vê você para onde foi tudo aquilo? Desgraça.
185 E se o seu absoluto está em alguma organização, ou em alguma sensação, ou outra coisa além da Pessoa de Jesus Cristo, você chegará a mesma porção de vergonha, simplesmente pior. Vêem? Se o seu absoluto não é Cristo, este é o único Poste Central da vida humana; e Cristo é a Palavra, não a sua igreja, a sua Palavra, a Palavra. Vêem? “Sobre este Absoluto eu edificarei a Minha igreja” – sobre Cristo, a Palavra.
186 Houve um tempo quando Mussolini era o absoluto de Roma. Eu não sei, eu devo ter lido um artigo, ou pode ter sido que eu li em um livro, ou alguém que me falou; mas quando alguém entrevistava Mussolini ele XXXX queria trazer Roma ao atletismo, mas – mas recordem, aquilo não pode tomar o lugar de Cristo. Não importa o quão forte seja você, aquilo tem nada a ver com isto. Ele é Todo Poderoso.
187 E você viu em que ele tentou construir Roma?E ele tentou construir Roma sobre uma coisa, um absoluto; era ele aquele absoluto. E eles dizem que certo dia o seu — seu motorista – seu chofer chegou um minuto adiantado, e ele atirou nele. Disse, “Eu não lhe disse para chegar a um minuto antes das nove, disse para estar aqui por volta das nove!” Vêem? Veja que absoluto ele tentou fazer de si mesmo. Mas você viu o que aconteceu?
188 Você recorda (muitos de vocês aqui, dos velhos tempos, talvez o Roy Slaughter, a muito tempo) – recordam aquela vez que eu lhes falei sobre profecia? Um dia lá embaixo no edifício do Odd Fellow, antes de chegarmos aqui, eu disse, “Mussolino chegará a um fim vergonhoso”. Eu disse, “Sua primeira invasão. Ele irá a Etiópia, e a Etiópia cairá, mas ele chegará a seu fim, e ninguém o ajudará; e a desgraça o sepultará”. Lá está ele.
189 Eu disse, “Existem três ismos que se levantarão, nazismo, facismo e comunismo”. Eu disse, “Estes ismos girarão e se tornarão um; se transformando no comunismo. Observe! O comunismo queimará Roma”. Vêem? Você observe isto. Ele será um instrumento nas mãos de Deus. Eles pensam que estão contra Deus, e estão trabalhando bem dentro disto o tempo todo, e não sabem disto. Ele simplesmente os está usando como marionetes, ferramentas em Sua mão, como Ele fez com Nabudonozor e muitos outros.
190 Agora observe! Vêem? Agora, houve um tempo quando Faraó era o absoluto do Egito, mas veja onde ele está agora. Vêem? Todos eles foram extintos. Oh, é a espécie errada, então eles sempre fracassam. Eles são absolutos manufaturados. Você não pode tomar um absoluto manufaturado, não me importa se é um – um presidente, se é um ditador, se é um rei, se é u ma igreja, se é uma organização, se é um credo, quaisquer destas coisas perecerão, exatamente como todos absolutos deste tipo através das eras.
191 Nós podemos olhar para trás… Olhar para trás! Veja os homens que confiaram nos imperadores; veja os homens que edificaram suas esperanças sobre aqueles tipos de absolutos; e veja onde estão eles hoje!
192 Agora, vamos voltar e ver os homens que colocaram suas esperanças na Bíblia, sobre a Palavra de Deus e a retiveram como um Absoluto; veja onde eles estão agora.
193 Paulo te dá um pequeno relato deles em Hebreus capítulo 11: o que eles fizeram, como eles subjugaram reinos, fazendo justiça, e assim sucessivamente; e eles peregrinavam vestidos em peles de ovelhas e de bodes, dos quais o mundo não era digno, esperam na glória por aquela grande Ressurreição. Vêem? Correto! Pois eles… Alguns deles não – não obtiveram estes milagres, e eles entregaram seus corpos de qualquer modo, esperando por aquela Ressurreição. Para terminar suas vidas, eles não se importavam por isto; eles desejavam seguir em frente e se sacrificarem, para que então eles pudessem obter aquela ressurreição; e isto foi o que eles fizeram.
194 Agora, absolutos… Estamos falando… Absoluto… Você sabe, nossa Corte Suprema é um Absoluto. É um absoluto; é o – é o ponto final de todos os argumentos nesta nação. Isto é certo. Sua decisão é o absoluto, na nossa Corte Suprema. Isto é certo. Oh, eu sei que às vezes nós não gostamos disto, mas isto – é um absoluto. Com certeza é. Por que? Aquilo – nossa nação está ligada àquilo.
195 Quando aquela Corte Suprema finalmente faz sua decisão final, é aquilo, não há… Para onde vai após aquilo? Você seguirá sua decisão, isto é tudo; você tem que faze-lo. Eles são a última palavra; eles são o “amém”.
196 Você pode tentar isto no magistrado, e então ir à federal – a todos os tipos de cortes, e ao tribunal federal.
Mas quando chegamos à Corte Suprema, é isto. Isto é certo. Às vezes não gostamos de – dizer, “Bem, eu não gosto da decisão deles”, mas tudo tente você se afastar disto uma vez. Este é o absoluto da nação. E o que seria se não tivéssemos isto? Sim.
197 Temos que ter um absoluto. Todos tem que ter um. Você tem um. Mas eu estou tentando lhe dizer, faz fundo ali e lhe mostra o que são os absolutos.
198 Agora, a Corte Suprema na nação é o absoluto da nação. Esta é a última coisa em qualquer espécie de rebuliço. Eles estabelecem isto. O que eles, dizem, é isto.
199 Há um absoluto no jogo de bola. Este pe o Juiz. Oh, sim! As vezes não gostamos da sua decisão também, mas é – é – é aquilo de qualquer modo. O Juiz, a sua decisão é a palavra final. Isto é certo. Não importa o que os outros dizem; se ele diz que é lance, é lance. Isto é certo! Correto. Não importa o que os outros dizem; se ele diz que é lance, é lance. Isto é certo! Correto. Não importa o que os outros dizem, aquilo não tem nada a ver com isto. E, vamos simplesmente pensar nisto… Se seu… (eu não vou a jogos de bola, mas aconteceu de eu ter anotado) um – um árbitro, ele é o absoluto no jogo de bola.
200 Um deles diz, “Foi ponto!”
201 Outro diz, “Você é um mentiroso!”
202 Este diz, “Isto não é deste jeito; ele tem que estar desta maneira”.
203 O juiz diz, “Lance.
204 Vêem? O restante deles toma seus lugares e se assentam. Alguns deles ficam de mau humor, mas… Eu imagino que lá dentro de seus corações eles o estão vaiando, mas de qualquer forma é uma falta. Por que? Ele é a Palavra final.
205 O primeiro jogador de basebol diz, “Você sabe disto, esta passou!”
206 O outro diz, “Você sabe que está errado!”
207 Ele diz, “Lance!” Isto é tudo. “Cale-se então e volte para seu lugar”.
208 O que seria se não houvesse um juiz no jogo de basebol? Puxa, poderia você imaginar que tipo de jogo seria? Um deles diria, é lance!
209 Outro diria isto.
210 Outro diria aquilo.
211 Outro diria: “Você está mentindo!”
212 Eles ficariam agitando e brigando. Para se ter um jogo de bola, você tem que ter um absoluto. E ele chega ali, e não importa se você não gosta dele ou seja o que for, ele – de qualquer forma ele é o absoluto. Ele é o absoluto. Sua palavra é final. Não importa o que você diga sobre isto, isto é desta maneira. Agora, se não houvesse eles, todo o jogo seria um caos. Não é isto certo?
213 O que seria da nação se não houvesse um tribunal federal? Se não houvesse uma Corte Suprema nesta nação, para onde iria ela – para onde iria isto? A nação estaria um caos.
214 Se não houvesse um – se não houvesse um árbitro no jogo de basebol, ele terminaria – você não faria o primeiro lance com o rebuliço do pessoal. Alguém ali de pé e talvez o – fosse realmente direto para a placa, e o outro sujeito diria, “Oh, não! Não, não, não! Aquilo não foi feito!” e então ali você ia. A bola seria arremessada e eles discutiriam sobre isto. Um deles diria, “Aquilo foi um lance!”
215 Eles diriam, “Não foi um lance!”
216 Vêem? Você tem que ter alguém ligado ao jogo, e este é o juiz. Quando ele diz, “É lance!” é lance. Se ele diz, “Bola!” é bola. Seja o que for que ele disser, isto acontece. É isto! E se você não o tivesse, você não teria o jogo.
217 Deixe-me lhe mostrar outro absoluto. Há uma luz vermelha, uma luz vermelha. Quando ela diz, “Pare!” Se você passa por ela, você pagará por isto. Mas se esta cidade não tivesse nenhuma luz aqui, luzes de sinalização, que espécie de cidade seria esta? Ela tem que ter um absoluto. Não me importa o que o policial diga ou qualquer pessoa ali de pé; eles são secundários.
218 Se alguém pode provar que você passou com a luz verde, não me importa o que a polícia diz, eles estão errados. Quando a luz diz: “Siga!”, aquilo significa “Vá!”. Este é o absoluto. Você pode provar isto, a luz indica “Vá!”. O policial pode estar de pé em algum lugar, o prefeito da cidade pode tambem estar em alguma parte, aquilo não te faz nenhum pouquinho de diferença. Se você tem prova que aquilo indicava “Vá”, você vai, e se alguém bate em você, é falta dele. Você pode provar isto. Isto é correto. Nós podemos provar o que estamos falando. Correto.
219 Agora, o que aconteceria se não houvesse o sinal vermelho? Um passava por cima do que estava atravessando, isto… Veja como seria. Um diria, “Ei, saída do caminho; estou com pressa. Eu tenho que ir trabalhar; estou atrasado agora. Eu vou passar agora”.
220 Outro diria, “Você pensa que está, porque sou eu quem vai passar, porque eu cheguei aqui primeiro”. E posso até ver uma mulher se levantando e arrumando seu cabelo.
221 Como seria se não tivéssemos o sinal vermelho? Haveria ali um engarrafamento de trânsito.
222 Este é que é o problema com as igrejas. Vêem? Isto é certo. Esta é a razão de terem tão grande engarrafamento denominacional. Isto é exatamente certo. Ninguém está chegando a parte alguma, eles estão de pé, em alvoroço.
223 Aqui está a Luz de Deus, quando Ela indica, “Vá!”, nós vamos. Quando ela indica “Pare!, isto é suficiente!” Então paramos. Isto é certo. É aí onde estamos estabelecidos, Aquilo, aquela Palavra, não o que algum grupo de homens diz ou o que algum outro grupo de homens diz.
224 Jesus disse, “Estes sinais seguirão aqueles que crerem”. Vamos! “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”.
225 Você sabe, tão bom o quanto seja a educação, mas Jesus xxx – requereu isto. Isto é certo. Tão boas como são as igrejas, edifícios, Ele exigiu isto. Tão bom como são os hospitais… Nós – as igrejas constroem hospitais, tudo bem, nós apreciamos isto, mas Ele nunca exigiu isto.
226 Ele disse para a Igreja, “Pregue o Evangelho”. O Evangelho não veio somente com a Palavra, mas através do poder e da manifestação da Palavra. Assim disse Paulo. Então vá e manifeste o Evangelho. Oh, que coisa! Se isto fosse daquela maneira…
227 Oh, estamos vivendo hoje em uma época quando temos os melhores médicos que já tivemos. Temos os melhores medicamentos que já tomamos. Você sabe disto. E nós cumprimentamos estes homens; nós oramos por eles. Eu o faço, e espero que você o faça. Estes homens, os quais com compreensão de sentimentos… Eles tem dois sentidos com os quais trabalham, que são visão, e sentimento, e eles – e audição. Eles trabalham pelo som de um coração, ou um – sentindo um tumor ou algo, ou a visão de algo que podem ver, a disseminação de uma doença, ou – ou algo na face que está cobrindo a face ou o corpo de algum lugar. Eles – eles trabalham sobre estas coisas (vêem?), porque isto… Eles tentam tomar remédios, e tanto daquilo matará isto, e então não te matará, e – e assim por diante. Eles não… Isto é o problema deles trabalharem naquilo. E nós apreciamos aquilo; isto é muito bom.
228 Mas, nós temos os melhores médicos, os melhores remédios, os melhores hospitais, e mais enfermidades como nunca tivemos antes. Nós temos mais incredulidade do que nunca tivemos. Sim, senhor! Isto é correto.
229 Ministros têm se organizado, e têm grandes denominações, e aceitam qualquer coisa, e assim por diante (e por qualquer coisa faz um membro de igreja); e eles são ganhos para algum seminário, como um frango incubado (e os chocam através de um – um exame preparado para saírem assim, e as vezes não sabem mais a respeito de Deus do que um hotentote sobre uma noite egípcia. Os trazem assim, e o… aí está você. Vêem?
230 Oh, o que precisamos em nossas igrejas são de homens que têm um Absoluto! O que precisamos na igreja Metodista, na igreja Batista, na igreja Pentecostal, na igreja Presbiteriana é de um Absoluto – um Homem de Deus que permanecerá firme com a Palavra de Cristo, e trazer aquela congregação sob aquela condição onde cada membro anda em condição a esta Palavra, vendo aquela Palavra manifesta, seguindo, “Estes sinais seguirão aqueles que crêem, em todo o mundo”.
231 Eles disseram, “Aquilo foi terminado”.
232 Jesus disse, “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a cada criatura”.
233 Nós não alcançamos todo o mundo ainda, e estamos longe de “toda criatura”. A que distancia? A todo mundo. A quem? A toda criatura. O que acontecerá? “Estes sinais seguirão aqueles que crerem! Em Meu Nome expulsarão demônios; falarão em novas línguas; se apegarem em serpente ou beberem alguma coisa mortífera, isto não lhes fará dano algum; se colocarem as mãos sobre os enfermos, eles sararão”.
234 Este é o Absoluto segurando ali, a Palavra, aquela Estrela do Norte, aquela bússola que permanece certa com Isto. Isto é o que precisamos.
235 Mas nós saímos e construímos institutos, organizamos as pessoas, colocamos membros, e alvoroçamos com os Batistas (porque eles não crêem da maneira que cremos) e os Metodistas (por eles não fazerem isto); e nós chocamos um seminário maior, e construímos igrejas maiores, com os melhores bancos de pelúcia, e um órgão maior, e assim por diante, e um povo mais bem vestido; eles tinham o prefeito e todos na igreja; e o que nós temos? E o que tínhamos nós? Um punhado de mortos, ligados a um absoluto denominacional! Morte! Oh, excluídos!
236 Se eu morrer no meu caminho, o meu Absoluto é Jesus Cristo; eu creio Naquilo. Se todos andarem… Alguém disse – o Dr. Davis me disse, “Billy, se você prega tal coisa como esta, você pregará para os pilares da igreja”.
237 Eu disse, “Eu pregarei a Palavra de Deus para os pilares então, porque Deus é capaz de destes pilares levantar filhos a Abraão”. Certo! A Palavra de Deus é verdadeira.
238 Disse, “Você acha que eles crerão em você?”
239 Eu disse, “Isto não é da minha conta permanecer fiel àquela Palavra”. Isto é certo.
240 Disse, “Você acha que poderia satisfazer um mundo culto como este com uma teologia de – de Cura Divina?
241 Eu disse, “Não é a minha cura Divina, é a Sua promessa. Foi Ele quem deu a ordenança”.
242 Oh, eu recordo quando Ele moveu-se lá embaixo naquela grande Luz, lá de pé na margem daquele rio, em junho de 1933, quando Ele disse, “Como – como João Batista foi enviado e precursou a primeira vinda de Cristo, eu te envio com uma Mensagem ao mundo para precursar a segunda vinda de Cristo”. E ao redor do mundo ela foi quando o fogo do reavivamento foi construído por quinze anos aproximadamente em cada monte. A cura divina através das nações, e o poder, e a restauração, e agora, eu creio que ela está pronta para atingir o clímax final no além, para trazer uma fé que raptará a Igreja para a glória; e Ela está nas mensagens! Estamos realmente no tempo final. Nós falaremos a respeito disto e tudo mais, mas a coisa tem movido sobre nós agora. Ouça-os! Sim, senhor! Aqui está um! Isto é certo!
243 O sinal vermelho, como eu disse, isto estabelece o caso! Isto é tudo. A luz vermelha lhe diz quem vai. Não importa o que os outros digam, é o que a luz vermelha indica. Você realmente pode ter um engarrafamento de trânsito se você não, se você não se importar com o sinal vermelho. Ali deve haver um Absoluto. Sim, senhor!
244 Exatamente como a Igreja, tem que haver um Absoluto. Para as pessoas na igreja, você tem que ter seu Absoluto. Mas hoje cada igreja tem seu próprio absoluto. Vêem? Eles não tentam tomar…
245 “Nós Batistas cremos Nisto!”
246 “Nós Metodistas cremos nisto!”
247 “Nós Presbiterianos cremos nisto!”
248 “Nós Pentecostais cremos nisto!”
249 Tudo bem, mas por que você não toma o restante Disto? O que aconteceu com o restante Disto?
250 “Nós Batistas cremos na imersão”.
251 Isto é bom; e o Batismo com o Espírito Santo então? E o falar em línguas? E os dons de cura? E a profecia?
252 “Oh, não! Nós não; aquilo foi para outra era”.. Oh, rapaz!
253 Pentecostais, vocês dizem, “Bem, nós cremos em falar em línguas como evidência”.
254 Claro, tudo bem com o falar em línguas, mas aquilo permanece não sendo a evidência. Muitas pessoas falam em línguas (isto é verdade), e isto é até onde elas vão. O diabo pode personificar qualquer dom que existe, qualquer dom que está na Bíblia.
255 Paulo disse, “Embora eu fale a língua dos homens e dos anjos, embora eu entregue meu corpo para ser queimado como sacrifício; embora eu venda todos meus bens para alimentar os pobres, e embora eu tenha fé para remover montanhas; embora eu vá a seminários e aprenda todo conhecimento que exista para ser aprendido, continuo não sendo nada”.
256 É a Pessoa de Cristo. Cristo! Receba-O; e você não pode recebe-Lo sem receber a Sua Palavra. A Palavra tem que vir primeiro; então a Vida entra naquela Palavra e manifesta aquela Palavra.
257 Não disse Jesus, “Se eu não fizer as oras de Meu Pai, então não creais em Mim?” Foi a Palavra de Deus sendo manifesta. Deus estava em Cristo, reconciliando, expressando-se a si mesmo, ao mundo, o que Ele era. Aquilo foi – Aquilo era o Absoluto. Aquele era o Absoluto Eterno ali.
258 Então você diz, “É aquilo o Eterno, irmão Branham?” Aquilo era! “Então, e hoje?”
259 Jesus disse, “Aquele que crer em Mim, as obras que faço também as fará” – o mesmo Absoluto. Correto!
260 Cada um tem o seu próprio absoluto. Oh, que coisa! É exatamente como foi nos dias dos Juízes: Cada homem fazendo o que era correto na sua própria opinião. Nos dias dos Juízes cada homem tinha seu próprio – seu próprio absoluto. Ele fazia simplesmente o que queria, e esta é a maneira que é agora. Cada homem faz o que acha que é correto.
261 Agora, vocês sabem a razão pela qual eles fizeram aquilo em Juízes? Isto pode chocar um pouquinho, mas a razão pela qual eles fizeram isto em Juízes, é porque eles não tinham nenhum profeta em seus dias para que a Palavra do Senhor pudesse chegar a ele, então cada homem podia fazer o que desejava conforme sua própria visão.
262 E isto é exatamente o que aconteceu hoje. Nós não temos um profeta nestes dias de denominações, mas Deus nos prometeu um. Vêem, vêem? Ele prometeu que nos últimos dias Ele levantaria e enviaria Elias outra vez de volta em cena e ele tornaria os corações dos filhos à fé dos pais – de volta ao Pentecostes original. Vocês sabem que Ele disse isto!
263 E eu sei que você referirá, como Ele fez ali para João (lá em – e Mateus capítulo 11 e versículo 6, eu creio que é) Quando eles disseram, “Quem dizeis vós ser este homem, João?”
264 Ele disse, “Se podeis receber isto, este é aquele do qual foi falado, “Eis que envio o Meu mensageiro diante de Minha face”. Isto é o Malaquias 3, não Malaquias 4. Mas recorde, se aquilo fosse Malaquias 4, então a Palavra falharia, porque Ele disse que somente neste tempo todo o mundo seria queimado, e que os justos andariam sobre as cinzas dos ímpios. Agora não confundam isto, irmãos; façam o que Isto diga exatamente o que Isto diz. Isto é correto. Ele prometeu isto nos últimos dias, e estará entre nós.
265 Recordem, quando em Juízes, cada homem fazendo da maneira que desejava. Não havia homem algum, nenhum homem que pudesse fazer viver aquela Palavra. Não havia profeta algum. A Palavra do Senhor sempre vem ao profeta (isto é correto), e sempre foi odiado. Somente um grupinho que ama! E… Vêem? Mas quero dizer, ali sempre houve aquilo.
266 Deus não muda Sua política; Ele não pode faze-lo e ser Deus. Se Deus alguma vez disser alguma coisa ou fizer qualquer coisa, Ele deve faze-lo da próxima vez. Quando chega aquela crise, se Ele não age da segunda vez da mesma maneira que Ele fez na primeira vez, Ele agiu errado na primeira vez. E quem acusará Deus de agir errado? Quem é você para apontar pecado para Deus? Isto é o que Jesus disse: “Quem de vós pode me acusar de pecado?”
267 O que é pecado? Incredulidade. “Aquele que não crer será condenado”.
268 “Quem de vós pode me mostrar que eu não tenho cumprido tudo que o Messias tinha que fazer?” Vêem? Ninguém disse uma palavra.. Ele havia; o Messias era o profeta, e Ele havia provado que Ele era aquilo. Eles não tinham um profeta por centenas de anos desde Malaquias, e aqui Ele entrou em cena. Ele era um místico para o povo e uma pedra de tropeço para a sua igreja, porque Ele disse, “Eis que está em Sião uma Pedra de Esquina, Preciosa, provada, oh, uma pedra de tropeço. (Sim!) Mas aquele que Nela crer não envergonhará”. Isto é correto., Ali estava Ele. E eles… cumpriu exatamente as Escrituras. Mas aquele que Nela crer não se envergonhará”. Isto é correto. Ali estava Ele. E eles… cumpriu exatamente as Escrituras. Mas aqueles que creram Nele, tiveram um Absoluto.
269 A pequena Marta, quando ela viu Lázaro saindo da sepultura, ela sabia Quem era aquele. Mesmo antes Disto fazer aquilo, ela tinha o absoluto de saber, “Eu creio que Tu és o Filho de Deus que havia de vir ao mundo. Mesmo agora, embora meu irmão esteja morto, simplesmente diga a palavra; Deus fará isto”. Amém! Ela estava absolutamente positiva. Isto é certo.
270 Quando ela disse aquilo (e ela queria realmente dizer aquilo, de seu coração), Ele disse, “Onde vocês o enterraram?”
271 Disse, “Venha e vê”.
272 Ali se colocou Ele com uma visão, porque Ele disse, “Nada faço até que o Pai me mostre primeiro”. S. João 5:19
273 O enviou para – saiu da casa de Lázaro. Eles O mandaram buscar para vir orar. Ele sabia que Lázaro iria morrer; e após um pouco de tempo, Ele disse, “Nosso amigo Lázaro dorme”.
274 Eles disseram, “Ele faz bem!”
275 Ele disse, “Ele está morto, e por amor a vós Estou contente por não estar ali”. (Eles o teriam pedido para orar por ele). Então Ele voltou, disse, “Mas eu vou despertá-lo”. Oh, puxa! Não, “Eu irei e verei o que posso fazer”, “Eu vou despertá-lo”. Por que? O Pai já Me mostrou exatamente o que devo fazer”.
276 Desceu a sepultura. Ali estava um Homem; ali estava Deus em carne, que poderia ter dito à pedra, “Dissolva-te!” E ela se dissolveria; mas Ele disse para aquelas mulheres, aquelas pobres mulherzinhas, pequenas mulheres jovens, disse, “Tirem a pedra”.
277 Você tem que fazer algo também. Vêem? E elas as rolaram a pedra; e isto as deixou com náuseas, ele estava tão fedido. Ali estava Ele. Oh, que coisa! Posso vê-lo ajeitar aquele pequeno corpo frágil (porque a Bíblia diz que Nele não havia beleza alguma para que pudéssemos deseja-Lo;) Ele não era muita coisa para se ficar olhando. Vêem?
278 Exatamente como Davi. Ele foi escolhido a rei quando ele era uma coisinha ruiva. Vêem? Todos aqueles grandes sujeitos disseram, “Não ficará ele bonito com uma coroa em sua cabeça?”
279 “Chame o filho mais velho”, disse Jessé.
280 Samuel disse, “Deus o recusou”. Trouxeram todos os seus filhos.
281 Disse, “Você não tem outro?”
282 “Nós temos um, mas ele não se parecerá com um rei. Porque ele é pequenino, ombros inclinados, um sujeitinho de aparência ruiva”.
283 “Vá e mande chamá-lo!” E logo que ele veio andando diante daquele profeta, o Espírito caiu sobre ele. E ele correu com aquele azeite e o derramou sobre sua cabeça, disse, “Este é seu rei”. Foi Isto! Sim, senhor!
284 E Jesus se colocou ali, talvez com os ombros inclinados, ficando grisalho quando Ele não tinha mais que trinta e três anos de idade. (A Bíblia diz que Ele parecia ter uns quarenta). Os judeus disseram, “Tu és um homem com não mais de – cinqüenta anos de idade, e tu dizes que vistes Abraão?”
285 Ele disse, “Antes que Abraão fosse, eu sou”. Puxa, oh, que coisa! São João 6.
286 Então viemos descobrir, aqui está Ele perto da sepultura. Ele sabia que a visão tinha que vir para Ele, sabia que tinha que ser, “Tire a Pedra!” Ele estava fedendo, enrolado em mortalhas, estava morto por quatro dias; o seu nariz já havia caído, por todo este tempo.
287 Ali estava ele de pé; ajeitou o Seu pequeno corpo, “Eu sou a Ressurreição e a Vida! Aquele que crê em mim, mesmo que esteja morto, viverá”.Mostre-me um homem que alguma vez pôde fazer uma afirmação como esta! “Aquele que viver e crer em mim nunca morrerá! Crês tu isto?”
288 Ela disse,“Sim, Senhor!” Embora pareça que Ele tenha falhado com ela, quando ela chamou, Ele não foi, ela chamou outra vez; Ele não foi. Mas aqui ela diz, “Eu sei que Tu és o Cristo que haveria de vir ao mundo”.
289 Ele disse, “Lazaro, saia para fora!” E o homem estava morto por quatro dias… Porque? O que? O que? Cristo tinha o Absoluto. Ele tinha visto a visão; ela não podia falhar. Isto é certo. Ela não podia falhar! Ele estava absolutamente certo.
290 E Marta estava absolutamente certa! Se ela pudesse fazê-Lo reconhecer que ela cria Nele, ela obteria o que estava pedindo! Certo! Ali estavam eles, o Absoluto; isto encaixa com a Palavra; e aquilo era isto.
291 Cada homem hoje faz o que parece ser bom conforme sua própria visão, porque não há profeta.
292 Veja nos dias de Juizes. Veja isto! Nos dias quando (eu creio que era Elias ou Elizeu, um deles. Sim! que o menino morto … A – a mulher Sunamita, ele fez…
293 Elias era o homem de Deus do dia, não um bom professor inteligente. Ora, ele era um sujeito velho que andava. Era você… Veio a… chegasse á sua porta hoje, você provavelmente o mandaria embora. Toda a nação o odiava. Jezabel e todo restante deles o odiava, porque sua – ela se estabeleceu na Casa Branca e fez com que todas as mulheres fizessem da maneira que ela o fez; e todas as mulheres fizessem da maneira que ela o fez; e todas elas tiraram o exemplo após ela; e – e Acabe voltou – a sua cabeça foi voltada pelo seu poder. Nós não temos pedido isto por muito longe hoje, mais ou menos a mesma coisa; e ali – aí está você. Eles estavam com toda popularidade e – eles estavam todos enganados.
294 Mas aquela pequena velha Sunamita (não a mulher Sunamita, mas a pequena – sim, eu creio que ela era a Sunamita, mas a pequena – sim, eu creio que ela era a Sunamita), quando ela veio e viu que o poder estava em Elias, ela disse, “Eu percebo que ele disse, “Eu percebo que ele é um homem santo”. E quando aquele menino estava deitado ali morto, ela disse, “Sele aquela jumenta e não pare!” Ela subiu ali… Ela sabia… Eu gosto disto, a maneira que ela veio; ela chegou até seu Absoluto, seu poste de segurança.
295 Elias disse, “Aqui vem aquela Sunamita. Ela está triste, mas eu não sei o que há de errado”. (Vêem, Deus não mostra a Seus servos tudo, somente aquilo que Ele deseja que eles saibam). Então ele disse, “Vá, descubra, Geazi, e veja o que há de errado”.
296 Ele disse, “Está tudo bem contigo? Está tudo bem com Teu marido? Está tudo bem com teu filho?”
297 Olhe para ela. Oh, que coisa! É isto. Ela disse, “Tudo vai bem”. Por que? Ela veio a seu Absoluto.” Tudo está bem”. Por que? Ela veio a seu Absoluto.” Tudo está bem”. E ela se ajoelhou … Caiu primeiro a seus pés, e Geazi a levantou. Isto não é correto diante de seu – seu mestre, e a levantou. Isto não é correto diante de seu – seu mestre, e a levantou; e ela começou lhe contar.
298 Agora, ele não tinha nenhum absoluto agora. Ele sabia que tinha poder através da visão para lhe dar o filho, mas agora, o que poderia ele fazer? Ele tomou seu cajado e entrou no quarto, colocou – fechou todas as portas, tirou todos para fora. Ele andava de um lado para o outro pelo quarto. Ele tinha um absoluto e era somente ele entrar em contato com Ele. De um lado para o outro, andando pelo quarto. Oh, puxa! Ele sentiu algo atingi-lo diretamente; ele deitou sobre o menino, levantou-se outra vez e saiu. O – o menino parecia que havia se movido, ficou quente. Ele levantou de um lado para o outro; ele não tinha obtido um bom contato com o Absoluto. “O que era isto, Senhor? O que Tu dizes para fazer?”
299 Sem dúvida quando ele virou, ele viu uma visão: aquele menino correndo, brincando, pulando corda, alguma outra coisa assim – brincando. Ele se lançou sobre o menino; ele colocou seu nariz sobre seu nariz, seu lábios sobre seus lábios; e o Poder de Deus ressuscitou o menino para a vida. O que foi isto? O Absoluto da mulher era o profeta; o absoluto do profeta era Deus. E juntos com a Palavra, “Eu sou a Ressurreição e a Vida, o poder de Deus, aquele Criador”…?… Ela levantou outra vez, o menino.
300 Claro! A razão pela qual cada homem fez do seu próprio modo é porque eles não tinham um profeta para que a Palavra do Senhor pudesse vir. A Palavra e os profetas que faltavam naquele dia.
301 Oh, eu vi isto na minha conversão, dos dias em que vivíamos. Estou tão feliz por Deus me ter segurado antes que a igreja o fizesse. Talvez eu tenha sido um infeliz (sim, senhor!), eu – toda esta conglomeração de confusão e todos. “Bem, vem e una-te à nossa. E se não, bem, você pode apanhar sua carta e ir-se unir a outra”. Oh! Bem, você pode apanhar sua carta e ir-se unir a outra”. Oh!
302 “Não quer você trazer sua carta à nossa congregação?”
303 Eu creio que existe uma carta; esta é quando Cristo escreve seu nome no Livro da Vida do Cordeiro. Está é a única que existe.
304 Quando eu vejo todas denominações… Nossos antepassados são irlandeses, que eram no passado católicos, e eu vejo que aquilo era corrupto e podre. E eu fui a uma determinada igreja denominacional aqui na cidade; eles disseram, “Oh, nós somos o caminho, a verdade, a luz; nós temos tudo isto”.
305 Eu fui em outra em New Albany. “Oh, puxa! Aqueles sujeitos ali em cima não sabem a respeito do que estão falando”.
306 Os católicos dizem, “Todos vocês estão errados”.
307 Eu pensei, “Oh, puxa!”
308 Eu brinquei com um pequeno garoto Luterano, e pensei – um pequeno Luterano alemão; e eu cheguei e disse, “A que igreja você vai?”
309 “Eu vou aquela igreja”.
310 Eu desci lá e descobri que eles disseram que eram o caminho. E eu fui até o irmão Dale, na Batista Emanuel, ou á Primeira Batista; eles disseram, “este é o caminho”.
311 Então eu fui até a igreja Irlandesa, eles disseram, “Mas este é que é o caminho”.
312 “Oh, que coisa! Estou tão confuso; eu não sei o que fazer. Mas eu quero estar certo!” eu não sabia o que fazer, eu não sabia como me arrepender. Eu escrevi uma carta. Eu pensei, “Eu O vi na floresta”. E Lhe escrevi uma carta; eu disse:
Caro Senhor,
Eu sei que Tu passastes por este caminho aqui, porque eu me assentei aqui caçando esquilos. Eu sei que Tu passas, e eu sei que Tu estás aqui. Eu quero Te… Eu quero lhe dizer algo…
313 Eu pensei, “Agora, espere um minuto. Eu – eu nunca vi ninguém, eu não… eu quero falar com eles; Eu- eu quero falar com Ele”. Eu pensei, “Bem, agora, eu não sei como fazer isto”.
314 E eu fui até uma sombra e me ajoelhei, água, molhado e um carrinho velho ali caindo aos pedaços. E eu disse, “Eu creio que vi um quadro … eu creio que eles colocaram suas mãos assim”, e eu me abaixei. E eu disse, “Agora, o que eu vou dizer?” Eu disse, “Há alguma maneira de fazer isto, e eu sei que existe uma maneira de aproximar cada coisa, e eu não…”
315 Eu disse (eu coloquei minhas mãos assim) – eu disse, “Caro Sr., eu gostaria que Tu viesses e falasses comigo só por um momento. Eu quero Lhe contar o tanto que sou ruim”. (Com minha mão assim). Eu ouvi. As pessoas dizem… Deus falou comigo, e eu sei que Ele não falou, porque eu O ouço desde criança, me dizendo para não beber e coisas. Ele não me respondeu.
316 Eu disse, “Talvez eu tenha que colocar minhas’ mãos assim”. Então eu disse, “caro Senhor, eu – eu não sei exatamente como fazer isto, mas eu – eu confio que Tu… Tu me ajudarás?”
317 E cada pregador me dizendo para ir unir a sua e de pé dizem que receberam a Jesus Cristo, e eles crêem’ que Jesus é o Filho de Deus, Os demônios crêem na mesma coisa, então eu pensei, “Eu – eu tenho que ter algo melhor do que aquilo”. Então eu estava assentado assim.
318 Eu li onde Pedro e João passaram pela porta chamada Formosa, e ali havia um homem aleijado desde o ventre de sua mãe. Disseram, “Não tenho ouro nem prata, mas o que tenho…” Não sei… eu sabia que eu não tinha aquilo.
319 Então eu estava tentando a – a descobrir como fazer isto; eu não sabia como orar. Eu deixava minhas mãos postas; então eu inclinava assim. Naturalmente, Satanás entrou em cena então, disse, “Vê você? Você esperou por muito tempo. Você já tem vinte anos de idade; não há nenhuma necessidade de tentar isto agora. Você fez…”
320 Então eu fiquei todo partido e comecei a chorar. E então, quando eu realmente estava partido, eu disse, “Eu vou conversar. Se Tu não falares comigo, de todos os modos eu não sou bom; estou envergonhado de mim mesmo! Senhor Deus, eu sei que Tu me ouvirás em alguma parte. Tu me ouves? Estou envergonhado de mim mesmo; estou envergonhado por haver negligenciado a Ti!”
321 Mas ou menos neste instante eu olhei para cima, uma estranha sensação me varreu. Ali veio uma Luz se movendo através do quarto e fez uma cruz, assim; e uma Voz que eu nunca ouvi em minha vida, falou. E olhei para Aquilo, totalmente frio, paralisado; eu tinha medo. Eu não podia mover. De pé, olhando para Aquilo; e Aquilo foi — se embora.
322 Eu disse, “Senhor, eu – eu não compreendo a Tua língua”. Eu disse, “Se Tu não podes falar a minha, e eu – eu não compreendo a Tua… E se Tu me perdoou, eu sei que estou suposto a ser avaliado naquela cruz ali, em algum lugar que – meus pecados estão supostos a estarem ali. E se – e se Tu perdoas, simplesmente volte e fale na Tua própria língua. Eu compreenderei através disto, se Tu não podes falar minha língua”. Eu disse, “Simplesmente permita que Isto volte outra vez”.
323 Ali estava Aquilo outra vez. Oh, que coisa! Ali eu obtive um Absoluto. Amém! Sim, senhor! Senti como se uma – uma carga de quarenta toneladas caísse dos meus ombros. Eu sai andando através daquele passeio de tábuas, não podia nem mesmo tocar no chão.
324 Mamãe disse, “Billy, você está nervoso”.
325 Eu disse, “Não, mamãe, eu não sei o que aconteceu”.
326 Ali atrás havia os trilhos da estrada ferroviária; e eu corri para os trilhos pulando o mais alto que eu podia. Eu não sabia como dar vazão aos meus sentimentos. Oh, se eu soubesse como gritar! Eu estava gritando, mas na minha própria maneira. Vê você?
327 O que foi isto? Eu havia ancorado minha alma num Porto de Descanso. Aquilo estabeleceu isto; aquilo era o meu Absoluto. Ali eu encontrei algo, não algo místico, alguma idéia. Eu havia falado com o Homem que me disse par nunca beber, ou fumar, ou fazer qualquer coisa que me pervertesse – com mulheres e assim por diante; que quando eu ficasse mais velho que haveria um trabalho para eu fazer. Eu havia entrado em contato com Ele, não a igreja; eu tinha entrado em contato com Ele – Ele! Sim, senhor! Era Ele.
328 Como um sujeito aqui embaixo no Kiwanis ou o – estava falando a não muito… Bem após a Primeira Guerra mundial (o irmão Funk ali de pé, sendo um soldado) ele disse que ele estava… (é um pequeno – pode parecer piada. Aqui não é lugar para piadas, mas aqui está o que ele disse. Ele estava para fora, disse, “Que todo o pais ali estava invalido por Japoneses. Amanhã, rapazes, nós entraremos; nós temos que vencê-los. Ele disse, “Recordem, rapazes, há muitos de nós de pé aqui hoje que não estarão ali amanhã. Não estarão aqui amanhã; nós vamos entrar, de manhã. Não estarão aqui amanhã; nós vamos entrar, de manhã, à Luz do dia”. Disse, “Agora, cada um se apegue na sua própria religião”.
329 Este sujeito disse, “E eu não tinha nenhuma religião”. E disse, “Eu disse…” Disse, “Eu me coloquei ali, e todo o restante deles…” Disse, “Eu me coloquei ali, e todo o restante deles…” Disse, “Ali veio o capelão, e foi para este lado; um protestante foi para aquele lado, e o judeu foi para aquele lado, e os católicos foram para aquele lado com o capelão deles”. Disse, “Eu fiquei ali”.
330 E disse, “O – o oficial comandante me disse, disse, “Rapaz, é melhor você ir se apegar com a sua religião”.
331 Ele disse, “Eu não tenho nenhuma”.
332 Ele disse, “É melhor você ir arrumando uma, porque você vai precisar de uma logo; eu tenho certeza”.
333 E disse que mais ou menos nesta hora, ele viu um grupo passando e eram os católicos. Ele disse que foi e disse ao padre, “Você poderia me dar uma religião?”
334 E ele disse, “Venha!”
335 Disse, “Ele entrou e fez de mim um católico”. (E ali em New Albany, ali estava John Howard e um grupo daqueles verdadeiros católicos nobres assentados ali, vocês sabem, quando este sujeito estava contando isto.) E ele disse – ele disse, “No dia seguinte no combate… “Ele estava falando sobre, oh, como foi e disse (ele é um sujeito forte, vocês sabem) – e disse que começaram a lutar corpo a corpo. E estavam simplesmente golpeando com facas e gritando, cortando, e dando talhos. Disse que as fileiras de soldados se emaranharam, e ficaram uns ao redor dos outros. Os Japoneses os deixaram entrar bem ali, assim, e suas grandes metralhadoras velhas urrando dos dois lados – um combate corpo a corpo.
336 Disse, “Imediatamente, eu parei por tempo assim…” E disse, “Tudo, gritos e aqueles procedimentos, você não podia ouvir a si mesmo”. Disse, “Tem sangue”. Ele disse, “Eu olhei e era o meu lado”. Ele disse, “Aquele era meu sangue”. Disse, “Eu… Você sabe, eu – eu – eu …”
337 E um verdadeiro…. E, amigo católico, estou simplesmente dizendo isto por – por brincadeira agora. Mas um verdadeiro, um nobre católico disse – disse, “Diga uma Ave Maria”.
338 Ele disse, “Não, senhor!” Disse, “Aquele era meu próprio sangue. Eu não queria nenhuma secretária. Eu disse, “Eu quero falar com o Homem principal”. Disse, “Aquele era – aquilo era o meu sangue”.
339 E eu penso que esta é mais ou menos da maneira que é. Sim, senhor! Esta é a maneira que é. Sim, senhor! Esta é a maneira que é isto. Nós temos que ter um poste de agarre, um Absoluto.
340 “Eu não tinha tempo para a Sua secretária,” ele disse, “Eu queria falar com Ele”.
341 E é isto, irmão. Quando um homem vem a Cristo, você não quer tomar a palavra de algum pregador, a palavra de alguma secretária, ou alguma outra coisa. Vocês, protestantes, não tomem isto, aquilo ou aquilo outro; vá aquele Absoluto até que você esteja ancorado ali através do novo nascimento, nascendo de novo, e se enchendo com o Espírito Santo, e você vê a Bíblia sendo manifesta em humildade e amor através de sua vida. Oh, então este é o seu Absoluto. Sim, Senhor!
342 Eu leio na Palavra onde Ele é a Palavra. Quando a igreja alemã disse, “É desta maneira”, e a Metodista e a Batista, e a Católica… Mas eu li na Palavra, onde Ele disse, “Sobre esta rocha edificarei a Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela”.
343 Ouçam agora, concluindo. Agora, os Protestantes dizem… Agora, a Católica diz que Ele a edificou sobre Pedro. “Tu és Pedro e sobre esta rocha…” Não, nunca! Se fosse isto, isto se apostataria imediatamente. Eles construíram isto sobre um homem. O que Ele fez?
344 Os protestantes disseram que Ele construiu isto sobre Si Mesmo. Não! Ele não fez! Ele não construiu isto sobre Si Mesmo. O que Ele fez?
345 “O que faz – Quem diz o homem ser Eu, o Filho do Homem?”
346 E alguns dizem, “Tu és Elias e Moisés”
347 Ele disse, “E vós, o que dizeis?”
348 Pedro disse, “Tu és o Cristo, o Filho do Deus Vivo!”
349 Observe as palavras agora. “Bendito és tu Simão, filho de Jonas; pois não to revelou carne nem sangue (você nunca aprendeu isto através de algum sacerdote; você nunca aprendeu isto através de algum seminário), mas Meu Pai que está no Céu to revelou. E sobre rocha ( a revelação espiritual da Palavra), Eu edificarei Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela”.
350 Eu pensei, “Senhor, é isto”. Eu li aqui no livro de Apocalipse 21, capítulo 22, onde Ele disse, “O que (esta é a coisa completa) – o que acrescentar algo a Isto; o que tirar alguma coisa Disto (negar Isto), o que tentar fazer Isto um pouquinho melhor, polir Isto para o dia; o que acrescentar ou tirar, da mesma forma será tirado, sua parte, do Livro da Vida”.
351 Eu disse, “Então isto é tudo que preciso, Senhor, é crer Nisto. E Nisto, naquela cruz no além Cristo veio”. Foi sempre perfeito, cada palavra que Ele já disse. Pegue o Livro nesta mão, e a história nesta mão, e é vindicado imediatamente, de uma maneira perfeita. E eu disse, “Então, Senhor, receba-me!” E quando eu o fiz, recebi a Cristo, o Espírito Santo, em meu coração, meu Absoluto. Não era eu.
352 Eu estava doente certa vez quando minha – perdi minha esposa; e perdi minha filha; oh, perdi meu pai, perdi meu irmão, e perdi minha cunhada. E Billy estava deitado, morrendo, e quando eu estava quase partindo… Eu subi a rua chorando, indo á sua sepultura ( e ela e a nenê, a nenê em seus braços) – indo á sepultura. Eu estava subindo; o Sr. Isler (costumava vir aqui passar o tempo, vocês conhecem o Senador do Estado de Indiana), ele estava subindo o caminho. Ele parou, e correu até ali e colocou seus braços ao redor ( isto foi depois da enchente de seus braços ao meu redor ( isto foi depois da enchente de 37); ele disse, “Para onde você está indo Billy? Lá em cima?”
353 Eu disse, “Sim!”
354 Ele disse “O que você vai fazer lá em cima?”
355 Eu disse, “Eu ouvirei a uma velha pomba”. Eu disse, “Eu me assento ali ao lado da sepultura da nenê e dela. Uma velha pomba desce até ali, e ela fala comigo”.
356 “Oh”, ele disse, “Billy!”
357 Eu disse, “Sim!” Eu ouço o sussurro das folhas quando elas tocam isto. Ela toca uma música para mim”.
358 O Sr. Isler disse, “Que espécie de música toca?”
359 Eu disse,
Há uma terra além do rio
Que é chamada dócil para sempre
E somente alcançaram aquela margem
Pelo decreto da fé;
Um a um chegaremos ao portal
Para habitarmos alí com os imortais.
Um dia tocarão seus sinos de ouro
Para ti e para mim.
360 Ele disse, “Billy, eu quero te perguntar algo”. Ele disse, “O que Cristo significa para você agora? O que Cristo significa para você?”
361 Eu disse, “Ele é minha Vida, meu Tudo. Ele é tudo que tenho, Sr. Isler. Ele é meu – meu Ponto Final; Ele é tudo em que posso segurar”.
362 Por que? Ali algo estava acontecendo.
363 Sobre esta rocha …
364 Disse, Eu te vi pregar aqui na esquina até parecer que você ia cair morto. Eu já te vi em todas as horas da noite, de um lado para outro das ruas atendendo chamada de enfermos. E depois que Ele tomou sua própria esposa e sua própria filha, você continua servindo-O?
365 Eu disse, “Se Ele me matar, mesmo assim eu confio Nele”.
366 Por que? Minha Ancora está segura dentro do vale; eu tive um Absoluto. Eu me amarrei em Sua Palavra, Eu descobri que todas estas outras coisas podem falhar, mas Cristo nunca pode falhar.
367 A igreja católica tem o papa como um absoluto; os protestantes têm seus bispos, e seus credos, e seus supervisores gerais, mas eu, como Paulo…
368 Estão com seus lápis? Anotem algo! Em… Paulo disse em Atos capítulo 20 e verso 24; “Nada destas coisas me moveram”.
369 Oh, eles podem ter credos; você pode ter o que você desejar, mas estas coisas não me movem!
Eu ancorei minha alma no porto de descanso,
Para navegar nos mares selvagens (eu não sei onde você está, deste lado, daquele lado) não mais;
A agitação pode varrer profundamente a
Selvagem tempestade (tudo pode virar)
Mas em Jesus estou salvo para sempre.
370 Sim! Nenhuma destas coisas me movem, pois estou atado a uma Âncora.
371 “Oh, desde que eu O encontrei”, Paulo disse, “Naquele caminho, eu me amarrei à Âncora. Ele me virou; Ele começou a me amarrei à Âncora. Ele me virou; Ele começou a me auxiliar”. Você recorda, Paulo pertenceu a uma organização também (a maior da terra), mas ele se amarrou ao Absoluto.
372 Ouçam! Eu quero lhe dizer algo. Ele teve um propósito em me salvar; Ele teve um propósito em te salvar. E estou determinado, pela Sua vontade, para fazer isto, não adicionar a Isto ou tirar Disto (Apocalipse 22:19, se você deseja anotar isto). Correto! Quem tirar… Estou determinado (estou preparando para deixar a igreja, e você sabe disto), então estou determinado simplesmente para permanecer com este Evangelho o quanto eu viver, pela ajuda de Deus.
373 Recordem! Aqui está a graça. Ali havia milhões morrendo em pecado quando Ele me salvou. Quem era eu para que Ele pudesse salvar? Ele tinha um propósito em me salvar, e estou determinado a carregar aquele propósito. Eu não importo; isto pode ser meu fim, pode ser muito em breve agora; mas seja o que for, eu permaneço ancorado. Nunca mudei isto.
374 O Sr. Isler me disse aquele dia, subindo a rua, ele disse, “Billy, em todo este problema você guardou sua religião?”
375 Eu disse, “Não, senhor, ela me guardou”. Vêem? Vêem? Minha Âncora segurou. Isto é certo. Eu nunca a guardei; ela me guardou. Eu não posso guardá-la; não maneira alguma para eu fazer isto, mas ela me guarda. É isto.
376 Ele teve um propósito em me salvar. Ali havia milhões em pecado quando eu cheguei a Ele, mas Ele me salvou. Ele teve um propósito em fazê-lo. A morte de Cristo foi um Absoluto para o temor disto.
377 A morte de Cristo selou a pergunta. Quando aquela abelha da morte O ferroou e fincou aquele ferrão… Você sabe, uma abelha – um inseto que possui ferrão, se ele alguma vez coloca aquele ferrão em – o suficiente profundo, quando ele o puxa de volta, ele fica sem seu ferrão. A morte sempre teve um ferrão.
378 A morte sempre teve um ferrão, e um dia quando aquilo – indo para o Calvário, e a batida daquelas pedras, o sangue esparramando sobre as pedras… Quando ele caiu na terra no Calvário, indo para o Gólgota, a parte de trás daquela cruz estava prolongando as pegadas sangrentas daquele pequeno corpo frágil, indo marchando por ali (eles Lhe batendo, triturando-O enquanto Ele subia o Monte); mas Ele teve um Absoluto. Ele sabia onde Ele estava parado, porque a Palavra de Deus disse através de Davi, “Não deixarei que meu Santo veja corrupção; nem mesmo deixarei a Sua alma no inferno”.
379 Ele sabia que a corrupção chegaria em Setenta e duas horas; Ele disse, “Destruam este templo e Eu O levantarei em três dias outra vez”. Ele tinha um Absoluto!
380 Ali subia Ele o monte com a saliva dos escarnecedores, cuspido por soldados, que colocaram um trapo ao redor de Sua face, e Lhe bateram na cabeça, e disseram, “Se Tu és profeta, diga-nos quem te bateu!” Ali estava Ele subindo a colina em vergonha e desgraça para ser – tiraram Suas roupas, desprezando a vergonha, pendurado na cruz diante do povo, nu; morrendo na desgraça romana sob um governo de pena capital, um homem que não havia feito nada.
381 Uma pequena história diz que certa vez Maria Madalena correu e disse, “O que fez Ele? Curou seus enfermos, ressuscitou os mortos, e trouxe libertação áqueles que – estaria no cativeiro. O que fez Ele?”.
382 E um sacerdote lhe bateu na boca, até sair sangue, e disse, “Vocês vão lhe dar ouvidos ou ao vosso Sumo Sacerdote?” Oh, aquele mundo denominacional; é a maldição de tudo isto. É isto. Ali está isto.
383 E eles continuaram a levá-lo. Mas enquanto Ele subia a colina arrastando… O diabo sempre duvidou disto, Ele sendo o que Ele era. Disse, “Se tu és o Filho de Deus, transforme estas pedras em pão. Você alega poder fazer milagres. Se tu és o Filho de Deus, ordene a estas pedras que se transformem em pão”.
384 Aquele mesmo velho diabo está vivo hoje. Isto é correto. “Se tu és um curador divino, aqui está o velho John Fulano de Tal assentado aqui no canto; eu sei que ele é aleijado; cure-o!” Você não sabe que é aquele mesmo velho diabo?
385 Jesus disse, “Eu somente faço…” Veja! Ele passou pelo tanque de Betesda, onde milhares ficavam ali, aleijados, cegos, mancos, definhados, e foi até um homem que podia andar. Ele podia se virar; ele poderia ter um problema prostático. Seja o que fosse, estava impedindo (ele tinha isto por trinta e oito anos.) Ele disse, “Quando eu chego no tanque, alguém passa na minha frente”. Ele podia andar. Deixou todos os outros deitados ali, e foi até ele, e o curou. Por que?
386 Ele disse que Ele sabia que ele estava daquela forma. Então eles Lhe disseram, Lhe fizeram perguntas quando encontraram com Ele (são João 5); Ele disse, “Na verdade, na verdade vos digo, o Filho nada pode fazer de Si Mesmo, mas o que Ele vê o Pai fazer…” Aí está o Seu Absoluto. Que permanece o Absoluto.
387 De pé na Finlândia naquele dia, aquele garotinho ali deitado, e eu andei ao redor dele, deitado ali morto (estava morto por meia hora. Você leu no livro)… Eu comecei a sair; algo colocou as mãos sobre mim. Eu virei; eu pensei, “O que era aquilo?” E olhei outra vez. Eu pensei, “Espere um minuto!” Olhei aqui atrás na folha branca da Bíblia”, e acontecerá, um garotinho com cerca de nove anos de idade… Ele será morto por automóvel. Ali haverá uma longa faixa de sempre-vivas, rochas polidas ali; o carro estará atravessando na rodovia, batido. Ele estará usando umas meias assim – compridas, o cabelo cortado curto; e os seus olhinhos estarão voltados para traz; os ossos no seu corpo estarão quebrados”.
388 Eu olhei, pensei, “Oh, Deus!”
389 Eu disse, “Fiquem quietos todos vocês!” (O prefeito da cidade estava ali). Eu disse, “Se este menino daqui dois minutos não ficar de pé, eu sou um falso profeta. Vocês me levem e me tirem da Finlândia”. Certamente! “Mas se ele ficar, vocês deverão suas vidas a Cristo”. Isto é certo. Eles permaneceram quietos.
390 Eu disse, “Pai Celestial, através do mar no além, a dois anos atrás, Tu dissestes que este garotinho estaria aqui…”
391 Ali estavam o irmão Moore e o irmão Lindsay, e eles olhando áquilo. E em todas as partes, e eles escreveram isto na Bíblia; e milhares de Bíblias através da nação tinha isto escrito ali. O que era isto? Um Absoluto.
392 O Pai havia mostrado o que aconteceria. Não havia nenhum medo de modo algum ali de pé – Absoluto. Claro, ele ressuscitará.
393 Bem, ali na Finlândia, onde milhares de pessoas vinham toda noite (e tinham até mesmo que tirar uns para fora e deixá-los – colocá-los assentados; tirá-los para fora e colocar outros para dentro), ali ele ficou com… Todas aquelas – o povo me amava; e eles tinham visto curas serem feitas, mas ali estava o garoto deitado morto. O que era o Absoluto? A visão. “Eu faço o que o Pai disser para fazer. Aquele que crê em Mim, as obras que faço também as fará”. Ai está o seu Absoluto.
394 Eu disse, “Morte, você não pode segurá-lo mais; Deus falou! Volte; levante!” E o garotinho levantou e olhou ao redor assim; as pessoas começarem a desmaiar e tudo mais.
395 Ali está, escrito bem ali, e assinado pelo perfeito da cidade, através de um tabelião conhecido. Isto é certo! O que é isto? Um Absoluto. Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Se aquele não é o mesmo Deus que parou a mulher de Naim com o – enterro de seu filho.
396 Quando alguém morria naqueles dias, eles imediatamente os colocavam na sepultura; eles não os deixava ali deitado; eles os colocavam na sepultura. Ai está aquele mesmo Jesus, ontem, hoje e eternamente. Sim!
397 Veja lá embaixo no México quando aquele nenezinho (alguns de vocês aqui – assentados aqui – assentados aqui), e aquele nenê (o médico assinou uma declaração; está escrito nos Homens Cristão de Negócios), aquele nenê morreu naquela manhã as nove horas, e isto foi as dez horas daquela noite. E aquela pequena mulher não se conformava. Billy estava ali de pé, o meu filho, tentando detê-la, e ele tinha… Bem, eles, eu creio, eles tinham uns duzentos policiais alí de pé; e ela subiu por cima deles. Na noite anterior, aquele homem cego havia recebido sua visão; e ela sabia (ela era católica). Então finalmente, eu disse, “Vá irmão Moore, e ore por ela, porque aquele nenê…” Estava chovendo, um aguaceiro, eles estavam ali de pé desde cedo daquela manhã (lá fora naquela arena). E eu disse… (Me desceram através de cordas lá por detrás para entrar no lugar, só ali, ficamos três noites). Eu parei ali e disse, “Como eu estava dizendo…” (pregando) e olhei; e vi um nenezinho Mexicano, sem dentes, simplesmente assentado ali, rindo para mim – bem ali na minha frente. Eu disse, “Espere um minuto, irmão Moore, traga-a aqui”. Oh, Absoluto!
398 Os policiais abriam caminho; ali veio ela. Ela inclinou-se e disse, “Padre, Padre!”
399 Eu disse, “Fique de pé!”
400 E o irmão Espinhosa disse, “Fique de pé (e ele lhe falou em espanhol)” Ela ficou ali de pé.
401 Eu disse, “Pai Celestial, estou aqui de pé nesta chuva…”
402 Uma pequena mulher bonita cm cerca de vinte e três anos de idade, algo assim com o seu cabelo solto, sua pequena face olhando para cima assim, o olhar em seus olhos – expectativa; ela tinha visto aquele homem que era totalmente cego por cerca de quarenta anos, seus olhos se abriram na plataforma. Ela sabia que se Deus podia abrir olhos cegos, Ele podia curar seu bebê. Ali ela colocou um pequeno cadáver deitado sob um cobertor assim, totalmente molhado. Ela estava ali de pé por toda manhã e aquela tarde também. Era mais ou menos umas onze horas – dez horas da noite, algo assim, segurando aquele bebê (vocês viram o artigo na revista Cristã dos Homens de Negócios) ali, segurando aquele nenê assim.
403 Eu disse, Pai Celestial, eu não sei o que isto significa. Sou simplesmente te servo, mas eu vi este bebê ali de pé; ele estava vivo. Eu coloco minhas mãos sobre ele no Nome do Senhor Jesus.
404 Disse, “Aaá!” E começou a chorar. A mãe agarrou o nenê e começou a gritar, e o povo começou a gritar por ali, e as mulheres desmaiaram, e coisas assim. Eu disse, “Não diga nada sobre isto. Mande um investigador com aquele bebê – com aquela mãe, e vá até aquele médico, e deixe – assinar uma declaração que aquele bebê havia morrido. Ele morreu com pneumonia na manhã anterior aquela e – ou naquela manhã as nove horas”. E nós temos a declaração assinada pelo médico; e o nenê havia sido declarado morto no consultório do médico naquela manhã, e a mãe o carregou o dia todo. O que foi isto? Um Absoluto!
405 O que foi isto? Ela creu que se Deus pode abrir olhos cegos, ora, Deus poderia ressuscitar um morto; pois Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente! Eu não tinha certeza; eu não sabia até que eu vi. E quando eu vi o bebê, isto foi o Absoluto. Absolutamente correto! Ali estava. A morte teve que entregar a sua vítima.
406 Aqui foi o Filho de Deus; aquela abelha da morte começou a zumbir ao Seu redor. “Ah, como poderia ele ser um profeta! Como poderia ele se colocar ali e deixar – que cuspissem em sua face? Como poderia ele se colocar ali e deixar que eles criticassem dele e não fazer nada a respeito disto! Aquele não é o Emanuel! Aquele é simplesmente um homem comum. Veja a saliva de bêbados, daqueles soldados bêbados. Veja sua face sangrando!”
407 O diabo disse, “Eu o pegarei”. Aqui veio ele como uma abelha, o ferrão da morte, zumbindo ao Seu redor. Mas, irmão, quando aquela abelha colocou o seu ferrão naquele Emanuel, quando saiu, perdeu seu ferrão, a própria morte ela mesma.
408 Não é de se admirar que mais tarde Paulo podia olhar para a sua face e dizer, “Oh, morte, onde está teu ferrão, sepultura, onde está sua vitória? Graças a Deus, Quem nos dá a vitória”. A morte de Cristo foi o Absoluto para cada homem que temia isto.
409 Meu coração diz, “Amém” para cada palavra em Seu Livro. (Estou concluindo, com certeza agora. Eu simplesmente tenho que terminar isto. Vêem?)
410 Isto é porque eu sei que o Espírito Santo é a minha Bússola que me guia. É Ele Quem me faz conhecer que esta Palavra é a verdade; Ele é o Meu Absoluto; Ele é o meu brilho do sol; Ele é a minha Vida; Ele é a minha Âncora! Quando tenho problemas, Ele é a minha Estrela do Norte. Quando estou perdido, o Espírito Santo é a minha Bússola que me guia de volta ao lugar.
411 As denominações são como as outras estrelas; elas mudam de curso com o mundo. Outras estrelas mudam como o mundo muda, mas não a Estrela do Norte. O mundo pode mudar de curso para onde ele quiser, mas ela permanece fixa. Oh, que coisa! A Estrela do Norte está ancorada. As outras mudam de curso; você pode vê-las aqui e ali, e em outro lugar. Isto é o que acontece com as igrejas denominacionais. Mas Cristo é o Absoluto. Ele é o Único que você pode colocar confiança. Quando as denominações te deixam todo confundido, simplesmente olhe para a Estrela do Norte. O Espírito Santo é a sua Bússola.
412 Ele sempre permanece fiel a Sua Palavra. Quando eles me disseram que aquelas coisas não podiam acontecer num dia moderno como este, eu sabia se – se – se não há Deus, então viver, comer, beber, e ser feliz. Se há um Deus, vamos servi-Lo. E tenho vivido para ver o dia que Ele tem realizado tudo, ate mesmo ressurreição de mortos quando Ele estava aqui na terra. E nós sabemos que através de declarações documentais que isto é a verdade. Sim, senhor! Ele é o meu Absoluto.
413 Agora, faça-O o seu Absoluto. Tome no – no tempo de meu problema, Ele sempre é o Absoluto. Agora veja, Pela graça de Deus… (Agora, é melhor eu concluir.Está ficando tarde. Bem, veja aqui, eu pensei que eram onze horas, e são 12:30).
414 Amigos, todo dia, toda noite, todo ano, e através de toda Eternidade nunca poderia falar sobre isto. Não tente imaginar. Você não pode. Não existe maneira de imaginar isto. Você diz, “Irmão Branham, se… se você…
415 Eu não sei; eu simplesmente creio; eu temo parar de fazer qualquer coisa a respeito disto; eu simplesmente creio nisto. Isto é tudo. Vêem? “Não é para quem corre, ou para quem quer, é para quem Deus tem mostrado misericórdia”. Vêem? Não por obras, é pela graça. Vêem? Eu simplesmente creio nisto. Deus. Depende Dele fazer o restante disto. Simplesmente creia nisto. Aja sobre isto.
416 Este hino famoso, eu os ouvi tocar isto — cantar aqui ou em alguma parte:
Oh, o amor de Deus, quão rico e puro!
Quão insondável e forte!
Ele durará para sempre,
… o hino dos santos e dos anjos.
417 Quando um homem na matemática tenta rompê-la, ou tenta mostrar através da sua cultura, isto te deixaria louco. Você não pode fazê-lo. Não tente fazê-lo. Não tente analisar. Deus analisou no passado. Você não analisa Deus, você simplesmente crê em Deus. Isto é um – este é o segredo. Não imagine, simplesmente creia nisto. Eu não posso lhe dizer o que isto significa; eu não posso lhe dizer como fazer isto. Eu somente sei, eu somente creio nisto, e isto é tudo.
418 Exatamente, quando você promete algo a uma criança, ela crê naquilo. Você deve guardar sua palavra. Você é filho de Deus. Ele guarda Sua Palavra; simplesmente creia Nisto. Não seja abalado; simplesmente permaneça bem ali.Deus fez isto uma vez, Ele tem que fazê-lo outra vez. Se Ele não o fizer, Ele lhe dirá por que Ele não pode fazê-lo. E isto é correto. Agora, simplesmente permaneça certo com isto.
419 Você sabe, aquele verso ali… Eu creio que o nosso precioso irmão ali(foi batizado ontem á noite) canta aquele hino, “O amor de Deus”. Eles me disseram aquele verso, esta parte dele, foi encontrada redigida na parede de um instituto de loucos, onde diz:
“Se enchêssemos o oceano de tinta,
Ou se os céus fossem feitos de pergaminho;
E cada haste na terra fosse uma pena,
E cada homem tivesse a profissão de escritor
Para escrever o amor de Deus acima
Secaria o oceano,
Ou não poderia o pergaminho conter o todo,
Embora esticado de céu a céu.
420 Pensei nisto, quando cerca de três quartos da terra é água. E veja o hidrogênio e o oxigênio do ar a umidade e coisas. Vêem? Se cada umidade fosse tinta, e pense nos bilhões e trilhões de hastes que seriam penas. E pense nos bilhões de homens que têm estado sobre a terra e cada um deles com a profissão de escritor. Para mergulhar suas penas no oceano; ou poderia o pergaminho conter o todo, embora esticado de eternidade a eternidade.
421 Não imagine; você não pode. Você perde a sua mente tentando imaginar; simplesmente creia nisto. Faça-O seu Absoluto! Fique ali; a doce paz e uma experiência que você nunca esquecerá, ancorado naquilo, e sua Âncora segurará dentro do vale. Vamos inclinar nossas cabeças.
422 Quão grande és Tu! Quão grande és Tu! Quantos aqui com suas cabeças inclinadas nesta manhã … Está aproximando o Ano Novo agora; e você tem sido muito religioso (e isto é bom, eu aprecio isto, cada um de vocês. Tenho certeza que Deus aprecia), mas você realmente não teve aquela experiência com o Absoluto, aquele algo que você simplesmente não manufatura, você simplesmente não imagina, mas algo que falou de volta contigo. E então você viu sua vida mudar daquela época, e cada palavra de Deus, cada promessa é pontuada com um “Amém”, Então você está segurando o Absoluto, porque recorde, Ele disse, “Os céus e a terra não chegaram aquele lugar ainda onde você poderia dizer “Amém” a cada palavra, se isto foi contra seu credo, foi contra a sua denominação; mas você deseja chegar aquele lugar como Moisés, como o restante deles (eles não puderam fazer aquilo até apanharem aquele Absoluto), e você deseja isto na sua vida nesta manhã, quer você dizer o mesmo simplesmente levantando suas mãos a Deus. Deus te abençoe. Correto, senhor. Por todo o edifício.
423 Gracioso Pai, eu sei que uma hora temos que partir. Haverá um tempo então quando deixaremos este mundo. Não sabemos que hora será isto, e isto não faz muita diferença. Se nosso tempo terminar, então queremos ir. O nosso objetivo de estar aqui é para Te servir.
424 E desde o caminho para as destruições um dia, como Paulo estava no caminho de Damasco para devastar a Igreja, uma Luz o cegou. E oh, Deus, aquela Luz o seguiu pois Ela era Cristo. E ele ancorou ali o seu Absoluto até ao ponto que da própria morte, ele podia sorrir em sua cara e dizer, “Graças a Deus que nos dá a vitória através de Jesus Cristo”.
Você se torna um Absoluto completo aquele Apóstolo. Você foi o – Tu eras o Amém parra ele em cada sentença. Tu fostes a Estrela da sua vida, o poste Guia. Tu fostes a Bússola que o dirigiu através da tempestade. Tu fostes a Revelação; Tu fostes a Visão; Tu fostes suas Esperanças, sua Salvação. E até mesmo na hora da morte, quando ele sabia que caminhava para ela, Tu permanecias seu Absoluto.
425 Tu fostes o Absoluto de Daniel, Tu fostes o Absoluto de todos os profetas. No meio das diferenças denominacionais, e dos problemas de seus dias, e dos fariseus e Saduceus, permanecia ali um homem que Te tomou como seu Absoluto.
426 E hoje, Senhor, homens e mulheres com compaixão, com amor, e – e corações que estão sangrando, Senhor, por uma verdadeira experiência de conhecer a Deus, e ter uma – uma segurança de um absoluto, talvez todas as pessoas que já conheciam antes, Senhor, tinham que unir a igrejas. E nós sabemos, como temos tentado sinceramente, não sermos diferentes (Tu conheces meu coração), mas diga-lhes que você não pode se unir á Igrejas. E nós sabemos, como temos tentando sinceramente, não sermos diferentes (Tu conheces meu coração), mas diga-lhes que você não pode se unir á Igreja, você se une a uma loja, a Metodista, Batista, Católica e as lojas Pentecostais; mas você é nascido na Igreja – o Corpo místico de Cristo, e tornarmos membros de Seu Corpo, com os dons do Espírito para fazer Seu grande Corpo mover em ação e poder.
427 Deus, isto é o que estas mãos querem dizer nesta manhã quando elas se levantaram. “Posiciona-me oh, Senhor. Toma-me, molda-me, faça-me; simplesmente faça de minha posição na vida um Absoluto, ligado a Cristo, que não pensarei em nada mais exceto naquele Absoluto”. Conceda isto, Senhor. Abençoe-os. Cure os enfermos e aflitos. Salve os perdidos.
428 Agora, Senhor, nós sabemos que é costume chamar ao altar as pessoas, porém isto tem se tornado uma tradição para nós. E nesta manhã com os altares cheios e o – as criancinhas e – e todos…, mas, Senhor, de alguma forma Tu falaste com eles; eles levantaram suas mãos. Eles fizeram – eles fizeram, como isto foi uma decisão. Eles desejam a – elas – elas – elas desejam algo real; e estou oferecendo a minha oração a favor delas. Conceda isto a cada um, Senhor.
429 Esteja conosco agora, perdoando nosso pecado, curando nossas enfermidades, e nos dando a libertação que necessitamos.
430 E, Senhor, acima de todas as coisas, que nunca possamos esquecer hoje que estamos ligados ao Absoluto, nossa Estrela do Norte, ao Calvário, a Cristo, e o Espírito Santo está tomando as palavras de Deus e fazendo-as manifestar literalmente a nós através da cura do enfermo, e fazendo exatamente o que Ele prometeu fazer.
431 E que esta igreja e estas pessoas, a porção do Corpo de Cristo que está reunido aqui nesta manhã, viva como Jesus disse para viver: “Nós somos o sal da terra”. E que elas possam estar tão salgadas,, ate que seu povo sinta sede. O sal gera a sede, e o sal só pode salvar quando existe contato. E eu oro, Deus, que Tu concedas isto ao povo, para que eles possam ser ganhadores de almas também.
432 Abençoe nosso pastor, o irmão Neville, este servo humilde, Senhor, de pé no seu posto do dever tão reverente, como um membro do Corpo de Cristo, tentando seu melhor para seguir tudo que Tu disseres para ele fazer.
433 Abençoe os administradores, estes homens que permaneceram comigo tão corteses, neste grande tempo escuro que passei. Permaneça com a igreja que orou por mim e esteve ao meu lado nas horas dos problemas. Senhor, eu os amo, e ofereço a minha oração para que eles olhem para Ti, Senhor. Que eles possam olhar para além deste servo de barro mortal; que eles possam olhar para Ele, o Qual é o Onipotente, Quem é… E nós sabemos, Senhor, que nós somos finitos. Não importa quem somos, ainda somos mortais. Não o mensageiro, mas a Mensagem. Conceda isto, Senhor. É aí onde apontamos para Jesus Cristo, o Filho de Deus. Faça com que Ele seja tão real para cada um aqui hoje, até mesmo para as criancinhas, para que Ele se torne o Absoluto de toda a congregação. Nós pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
Eu O amo, eu O amo,
Porque Ele primeiro me amou,
E comprou minha salvação
No madeiro, no Calvário.
434 Agora, enquanto cantamos outra vez, estreite a mão de alguém que está na sua frente, atrás de você, ao seu lado; todos estreitando as mãos agora. Permaneçam assentados; simplesmente vire e estreite a mão se você pode. Vêem?
Eu O amo, eu O amo,
Porque Ele primeiro me amou,
E comprou minha salvação
No madeiro, no Calvário.
435 Eles anunciaram a Ceia segunda feria à noite, à meia noite. Vamos levantar nossas mãos agora e cantarmos para Ele. Quantos – quantos sentem – Ele é o seu Absoluto? A Palavra, Ele é a Palavra. Crê você nisto? Ele é a Palavra, Ele é a Palavra, e o Espírito Santo germina aquela Palavra para fazer aquela Luz viver em você, da Palavra, a vindicação da Palavra. Coloque a Palavra em seu coração; deixe o Espírito Santo entrar, e observe a Palavra mover. Creia, seja humilde; não deseje ser alguém grande; seja ninguém, para que Deus possa fazer de você alguém. Vêem? Correto. Faça isto agora.
436 Todos que O amam, digam, “Amém”. (A Congregação responde, “Amém” – Ed) Você sabe o que a palavra Amém significa? “Assim seja”. Amém! Isto é correto.
437 Vamos dizer, “Aleluia” (A congregação responde, “Aleluia” – Ed) Você sabe o que significa isto? “Louvado seja Deus!”
438 Quando eu estava na Alemanha a não muito tempo atrás, eu estava diante de cerca de trinta ou quarenta mil pessoas ali naquele dia, e eu disse, “É estranho vocês alemães não poderem compreender”. Eu disse, “Quando eu vinha para cá hoje, no caminho, um cachorro latiu para mim em inglês. Foi isto”. Eu isso, “Ele não teve nenhum problema. E ali estava um pássaro, e ele cantou para mim em inglês. Eu estava descendo a rua, e uma mãe estava com seu nenezinho em seus braços, quando eu entrei ali pelos fundos”. E eu disse, “Aquele nenê estava chorando em inglês. O que está acontecendo com o povo?” Correto. Oh, se você simplesmente olhar ao redor, Ele está em todas as partes, Ele não está? Claro que Ele está.
439 Agora, vamos levantar nossas mãos, e fechar nossos olhos, e cantar, enquanto pedimos ao pastor para subir e nos despedir. Vamos ficar de pé primeiro. Todos de pé. Todos, você O ama, outra vez agora? Diga, “Amém!” E você sabia que a Palavra aleluia é a mesma em todo dialeto? Vá até as selvas do hotentotes na África; Aleluia é a mesma palavra. Aleluia! Isto quase deveria ser uma saudação Cristã, não deveria? Aleluia! A Palavra significa “Louvado seja Deus”. E Ele é digno disto, não é? Ele é Absolutamente o meu Salvador; Ele é absolutamente Jesus Cristo, o filho de Deus, para mim. Ele é absolutamente o mesmo ontem, hoje e eternamente para mim. É Ele desta maneira para você?
Eu O amo, eu O amo,
Porque Ele primeiro me amou,
E comprou-me a salvação
No madeiro, no Calvário.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...