OS DONS DE DEUS SEMPRE ENCONTRAM SEUS LUGARES
22 de Dezembro de 1963
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Boa noite, amigos. Eu acabava de entrar, a um momento atrás, e pensei em descer e desejar-lhe um “Feliz Natal”.
2 E assim… Eu não sabia que eu teria este grande privilégio em falar com vocês sobre a Palavra do Senhor. E então o irmão Neville perguntou-me, e eu tenho vários pequenos textos de Natal que eu tenho usado, um deles ali em cima em Phoenix e ali embaixo em Tucson, diferentes lugares por ali, uma mensagem normal de Natal. E eu pensei, esta noite, eu falarei sobre alguma coisinha aqui que o Senhor colocou em minha mente recentemente, enquanto eu estava no Colorado.
3 E eu estava pensando em alguma coisa em época de Natal, e eu consegui cerca de cinco ou seis anotações pequenas escritas aqui, Escrituras e coisas… eu não… eu acho que o irmão Neville e todos os ministros fazem isto. Você… é como que alguma coisa que vem a voe, e você toma nota. Você espera um pouco, e anota. E voe coloca num bloco de papel, Então quando a palavra me é dada algumas vezes, eu olho aqui atrás, e digo, “O que foi isto agora, eu tenho várias?” Esta é a maneira, quando você é chamado realmente rápido. Vocês sabem.
4 Costumava ser, eu… quando eu era mais novo, eu podia apenas… minha mente estava completa, e podia pensar isto num instante, eu não precisava espera, eu pensava: “Então, dias atrás eu estava num certo, certo lugar. O texto então era aquele. Aqui está ele, e aqui vai ele”.
5 Vocês sabe, desde que eu tenho passado uns poucos marcos miliários, irmão Huggunbotham, e atravessado alguns rios, aqueles realmente não voltam daquela forma jamais, distanciando estrada acima. Porém… como disse o irmão Neville, instantes atrás, “nós estamos nos aproximando de casa”.
6 É bom voltar para casa. Eu voltei, porque neva terrivelmente. E ali estava… e ouve-se de acidentes e coisas, muitos deles na estrada, e pessoas sendo mortas. E então apenas pensei em quantas centenas delas perderão suas Vidas agora, entre esta noite e após o ano novo, quantos americanos morrerão! E vocês sabem, alguns de nós podemos estar aqui mesmo, esta noite. E só depende de uma coisa agora, da… nossa condição diante de Deus. É uma nação triste, este irmão disse, há tristeza por toda parte. E nossa Bandeira tem sido hasteada a meio-mastro, tudo por causa do pecado e das pessoas que não aceitaram o caminho de Deus e – e – e coisas.
7 Mesmo se discordamos com uma pessoa, se não podemos ainda fazer isto de modo fraternal, e então… veja, se Cristo está no coração, então não importa o quanto você discorde com o homem, ainda assim você terá amor e respeito por ele. Eu muitas vezes discordo com muitos homens. Mas ainda assim, eu jamais vi uma vez que eu tenha discordado, que já alguma vez tenha pensado de nunca mais “abraça-lo e chamá-lo meu irmão, e tratar de ajuda-lo da melhor maneira que possa”. Eu discordo com ele porque eu penso que talvez discordando com ele… o que ele acredita, eu posso não crer justamente como ele, mas… e assim sucessivamente, contudo agora eu devo tentar projetar minha maneira para ele enquanto ele projeta a dele a dele para mim, e junta-las e pesquisar e ver a que chegamos, mas não devanença assim. Nós nunca deveríamos ficar com raiva, ou querer magoar, ou destruir ou qualquer coisa. Nós deveríamos estar sempre tentando edificar.
8 Temos um período frio que está continuando aqui, não temos? 72º F. quando eu deixei Tucson, e quando o sol se punha e escurecia, ficava 69º F. Logo, então voltei para cá, eu estou tremendo todo, vocês sabem. Eu… toda aquela estrada nevada e abaixo de zero, e gelo e tudo, eu tive que me fazer acostumar a isto outra vez. É muito estranho como vocês podem se tornar tão aclimatados em tal – em – tal modo. E desde que eu os deixei, eu não tive a mínima chance de sobreviver. Eu tive… como uma sinusite no – no clima daqui, e enquanto vou envelhecendo… E nasci e fui criado aqui. Mas quando, vejam vocês, quando a gente é jovem, a gente tem algo que pode atirar fora; mas quando você fica mais velho, você começa a sentir que falta alguma coisa que costumava estar ali. Você poderia simplesmente esquecer aquilo. Você… há alguma coisa ali que – que realmente não se podia livrar como acontecia quando voe era criança, então eu descobri desta feita que eu… o clima quente para um homem de idade é uma espécie de uma ajudazinha.
9 Eu me recordo de descer lá de cima daquele pico Utica, como uma criança de (sete, oito, dez, doze, quatorze anos de idade), sem sapatos, (calçado de tênis) e oito, ou dez graus abaixo de zero, e tênis, os dedos fora deles. E não… estava descendo igual em uma rua aqui, mas batendo a neve. Não havia automóveis descendo, devia haver uma carroça de vez em quando. Descer aquela rodovia arregaçado assim, não mais do que estamos usando neste momento; completamente encharcado até os joelhos, prosseguia e nem percebia. Vejam, dificilmente tinha um resfriado. Mas isto foi a mais ou menos quarenta e cinco anos atrás. Assim, todo envelhecimento, através de muitas milhas passou pelo velocímetro, vocês sabe, então nós realmente não o fazemos como éramos costumados.
10 Eu vi o irmão Capps levantar sua cabeça. Você está muito jovem para pensar estas coisas agora. E então espere até você chegar onde o irmão Neville e eu chegamos, então – então você – você pensará muitas coisas diferentes, espécie de um enfraquecimento.
11 Bem, nós temos tido grandes momentos no Senhor. O Senhor tem nos abençoado tremendamente, e eu estou muito agradecido. E eu volto. Eu creio que, no próximo domingo, o Senhor permitindo,
eu quero, se o irmão Neville não se importar, o … eu dirigirei o culto no mínimo domingo pela manhã e talvez domingo à noite, um culto de curas para domingo a noite. Domingo de manhã eu tenho uma importante mensagem, se o Senhor estiver permitindo pronunciá-la. Eu não tenho planejado o meu texto… nada mais que apenas meu texto, nenhum contexto a ela, porque eu – eu… não, sem qualquer, vocês sabem, revelação do Senhor, mas apenas de mim mesmo. Eu – eu quero expressar alguma coisa domingo que eu espero que ajudará um pouquinho ao longo destes dias.
12 Eu tenho que entra agora no campo, e tenho realmente tido todos os dias tomados em toda parte. Eu acho que Billy estava me dizendo, entre o itinerário, que tinha dois ou três dias que poderia vir para casa em abril depois que eu sair daqui, voltar para Tucson, e que desta forma resolveria. E então até o próximo novembro, outubro, quando eu voltar para este lado outra vez, do estrangeiro.
13 Agora mais três dias para o Natal. Um dia a mais, não é? Poderia ser dois. Segunda… terça é véspera de Natal. Não é horrível ver este grande feriado, ao qual estamos aproximando, estar se aproximando da maneira que ele tem se aproximado? É uma coisa tão lamentável, como uma – uma – uma coisa irrefletida, pensar que – que coelhos e uma – uma coisa imaginária chamada Kriss Kringle (Papai Noel) e tudo tem tirado o valor real do que é o Natal.
14 Agora, nós não … nós – nós não sabemos e eu certamente não acredito… eu estava descendo, minha esposa, ali atrás, e eu … vinha descendo a estrada, estava ouvindo um astrônomo, que agora, eles falaram exatamente sobre o pensamento que um astrônomo me disse, muitos, muitos anos atrás, quando eu era apenas um guarda-caça aqui em Indiana. Quando eles disseram aquilo… como aquelas estrelas vieram juntas, exatamente como aquele astrônomo fez e que formou, o que eles disseram que poderia ser uma coisa natural que acontece toda, eu creio que ele disse a noite, oitocentos anos ou coisa parecida. E ela se reforma outra vez, de Sardo e Júpter e eu me esqueci; e Marte; não, eu… está errado. Eram algumas das estrelas como elas corriam quando cruzavam suas órbitas em linha da terra, e esse astrônomo esta noite estava tentando dizer que ela era realmente uma coisa natural. Eu – eu não – eu não aceito aquilo. Eu creio que foi uma coisa sobrenatural que Deus fez. Ele – coisas são sobrenaturais com Deus. Ele é sobrenatural.
15 E – e eu observei e vi que isto acontecerá de volta em abril, eu tenho… O Senhor permitindo-me viver até lá, eu estarei com 55 anos de idade. Vêem? E eu – eu conheço o… mas olhando para trás em minha vida, e eu quero saber onde aconteceu. Naqueles primeiros Natais, quando nós pendurávamos nossas meias e mamãe pegava… nós provavelmente pegávamos uma laranja, ou duas, ou três pedaços de doces, e aquilo era um grande Natal para nós. Mas vocês sabem, crianças elas aguardam por seus presentes. Nós – nós concluímos que – que o Natal é para as… é principalmente para as crianças, elas – elas esperam por isto hoje em dia. Ele – ele está desviando as crianças, porém eles deveriam ser adultos, deveriam estar orientando suas crianças para o que é o real Natal.
16 E eu totalmente não acredito que – que Cristo possa ter nascido no dia vinte e cindo de dezembro, na Judéia, porque lá é mais frio do que aqui neste momento. Vê, oh, e como poderiam os pastores de ovelhas guardarem seus rebanhos pela noite? E – e então a cobrança de impostos e tudo mais, e Maria tendo que vir daquela distancia de Belém até a Judéia, até Jerusalém, preferencialmente, na… para o alistamento. Eu – eu – eu dificilmente poderia – poderia acreditar naquilo. Subiu, eu creio que ela tenha vindo para Nazaré, e então quando… como aquilo poderia ser feito. Aquilo poderia não ser – ser feito, mas acredito que Cristo nasceu na primavera, porque de toda maneira Ele era um Cordeiro. Vêem? E vejam, ele nasceu num estábulo e não em uma casa.
17 E quando eles o levaram para a cruz (os outros) até onde nós sabemos, não é dito sobre Ele guiando-os, mas eles O Conduziram. Você sabia que um cordeiro ou a ovelha tem de ser conduzido ao matadouro? Ela – ela não irá para o matadouro, você – você tem que conduzi-la até ali e geralmente é um bode que guia as ovelhas nos – nos matadouro, eles tem um bode e este bode andará este caminho correndo até conseguir que as ovelhas comecem a entrar pelo corredor para serem mortas, e então o bode pula fora. Mas quando chega a hora em que eles vão matar o bode, ele realmente braveja nervosamente (ele tem que entrar) porque você não poderia culpa-lo. Mas – mas é uma coisa como uma ovelha que tem que ser conduzida, e Ele foi conduzido ao matadouro. Eles O conduziram. Ele era um Cordeiro. E eu creio naquela maneira sendo completamente natural, e cordeiros nascem em março, abril e em algum lugar por ali, não mais do que maio. E eu não acredito que tenha sido qualquer coisa antes de março e nem depois de maio, alguma vez ali.
18 Porém, quando a igreja, o cristianismo, casou-se com o Romanismo, foi no Concílio de Nicéia, quando eles aceitaram… a nação romana aceitou o cristianismo e fez o que eles chamaram de religião universal, era o cristianismo. Eles o fizeram a religião universal, e eles cultuavam ídolos, e eles tinha um deus-sol.
19 E agora mesmo, de – de vinte e um a vinte e cinco, o sol quase se coloca no seu mesmo roteiro enquanto está passando. De que você chama isto? Existe um… eu achei que eu sabia, mas não posso me lembrar. Quando o sol está – está… ele – ele ganha bastante tempo até o vigésimo – primeiro, entre vigésimo – primeiro e o vigésimo – quinto dia de dezembro. Oh, eu me esqueci como eles o chamam. O que é? (Alguém da congregação diz, “eclipse” – Ed.) Não, o eclipse é quando ele passa, o sol e a lua passam juntos. É alguma coisa ali. Oh, eu – eu – eu – eu quase posso dize-lo, mas não consigo neste momento. Todavia, continuando isto, o sol o qual é chamado pelos romanos (é quando o circo continuava) isto era chamado o aniversário do Deus Sol. Eles o celebravam no vigésimo primeiro para o vigésimo quinto de dezembro.
20 Assim então, sendo que isto foi convertido, Roma em… cristianismo foi aceito, na maneira deles em Roma, então eles disseram: “Nós faremos a mesma celebração, e faremos o aniversário do Filho de Deus”. Vêem? O deus sol, aniversário de Júpter, daí o aniversário do Filho de Deus, vigésimo ou vinte e cinco de dezembro e aquilo…
21 Mas que diferença isto faz? Veja, hoje quando nós estamos… até mesmo se isto… se eles estivessem comemorando-o em julho ou agosto, no novembro, ou qualquer época que fosse, é ainda sagrado em se lembrando que Deus nos deu a esperança que temos em nós”.
22 Agora, você diz: “Bem, o restante deles é tudo Papai Noel e prossegue como eles o fazem, porque nós realmente temos que fazer da mesma forma”, Não, senhor! Isto não é para nós uma celebração pagã, esta é uma hora sagrada. Se não tivesse tido nenhum Natal não teria havido nenhuma ressurreição. Se não tivesse havido nenhum Natal não teria nenhum amor, não teria havido nenhuma paz, não teria havido nenhuma vida futura para os crentes; se não tivesse tido nenhum Natal.
23 E agora, você diz, “Bem, se o resto do mundo, eles apenas…” Bem, vejam, o relâmpago bifurcado nos céus escuros, mostra que pode existir luz em tempo de escuridão. Estas luzes esta noite provam isto, que pode haver luz na hora de escuridão. E quando é que a luz brilha melhor? Na escuridão. Você liga estas luzes durante o dia, o sol está alumiando ai dentro, você dificilmente notará que elas estão ligadas. Mas apenas uma pequena, que ligarmos brilhará realmente claro em tempo de escuridão. E agora mesmo há uma escuridão quando cada cristão deveria dar um testemunho da esperança que há em si, de Jesus Cristo o Filho de Deus, e não de algum Papai Noel que nasceu além no passado, você sabe, e alguma espécie de árvore que acende e apaga através da floresta da noite, alguma história de ficção daquelas histórias sem fundo. Contudo nós acreditamos solidamente na Palavra prometida de Deus da vinda do Messias, e ele nasceu no dia de Natal, vinte… bem perto de dois mil anos passados, nós cremos.
24 Assim esta noite vamos falar um pouquinho de maneira diferente. Eu acho que seu pastor já falou e provavelmente falará quarta-feira à noite outra vez, pois eu – eu sei que ele deixou algum texto ou alguma coisa, para me dar esta plataforma esta noite. E eu quero que ele o traga, eu quero ouvi-lo.
Mas, antes porém vamos fazer isto, vamos curvar nossas cabeças outra vez para um momento de oração:
25 Pai Celestial, neste grande momento sagrado, quando nós passamos das diferentes coisas nas Escrituras aqui, que em toda parte que vamos, de volta ao Velho Testamento, fala do dia quando Deus enviaria Seu Filho. Como aqueles profetas ali no passado dedicaram seu tempo para profecias da Palavra de Deus que vinha a eles. E eles profetizaram nos seus dias e prediziam as coisas que iriam acontecer, e nós vimos tudo isto confirmar-se ali em Belém naquela noite quando Deus amou o mundo de tal modo que Ele deu seu Filho unigênito. Nós te agradecemos por isto.
26 E agora, Senhor, esta noite enquanto nós colocamos aqui para – para falar sobre Tua Palavra, e que é tão santa, Senhor, esta é a razão pela qual primeiro queremos falar Contigo. E pedimos -Te que abra os nossos entendimentos para a Tua Palavra. No nome de Jesus nós o pedimos. Amém.
27 Agora eu quero ler alguma Escritura aqui, apenas uma história normal de Natal, par a Escritura encontrada em Mateus capítulo 2. E enquanto vocês voltam para João 3:16.
28 E outra noite em Phoenix… se vocês gravam, as pessoas aqui ouvem as fitas, eu gostaria que vocês ouvissem aquela: “Por que Jesus teve que vir para Belém. Por que Ele teve que faze-lo? E aqueles símbolos ali de Davi, e – e esperando sobre a montanha, olhando para baixo e vendo o exército filisteu guarnecido. E eu comparei aquilo com hoje, e concluí que Belém… o que ela significa.
29 E Cristo é nossa Belém, e posso provar que todo homem que é nascido de Deus é nascido em Belém, pois Cristo é Belém. E aquilo é o que Ele era, o Pão da Vida e “Beth” B-e-t-h quer dizer – quer dizer “Casa”. “E-l” é “Deus”, e “e-l-h-e-m” é elhem que quer dizer “pão”, e “Casa do pão de Deus”, pão de vida eterna. E todo homem que nasceu em Cristo, você foi nascido em Belém, “Casa do pão de Deus”. E como é que as ligas destas igrejas estão hoje guarnecidas, como filisteus, para deixar o povo fora.
30 E como aqueles homens corajosos, sabendo que Davi era ungido e ia se tornar rei algum dia… muito ante- popular então, desde que ele era um fugitivo no meio de seu povo, contudo um dia seu chamado veio. Eles tinham homens corajosos como ele. E lembre-se aqueles homens eram gentios, quase todos eles eram gentios, um tipo muito bonito de hoje. E um homem era tão corajoso, ele matou oitocentos homens com o que… com sua lança, ele mesmo, em um dia. Um outro estava posicionado em um campo de lentilhas, e um exército subiu de uma tropa e todos eles correram, e ele permaneceu ali e matou homens até ficar com os braços cansados. E então um outro como ele pulou na cova e matou um leão num dia nevado, sem ajuda. E um filis… ou um egípcio correu atrás dele com uma longa lança de suas mãos, e com ela matou o egípcio, e matou trezentos capitães.
31 E haviam grandes homens! Davi clamando, “Se eu pudesse beber uma vez mais, vejam, daquele poço!” (onde costumava dar água a suas ovelhas. Quando ele saía de manhã, do curral, elas queriam beber água) e estes homens sacaram suas espadas e brigaram através de quinze milhas de homens, trouxeram esta água.
32 E então Davi disse: “Longe de mim, bebe-la!” E a derramou sobre o chão como uma oferta derramada ao Senhor. Que bonito estilo da mesma coisa, de João 3:16 esta noite:
… Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito…
33 E o que Cristo fez? A vida que Ele tinha para vive-la eternamente, Ele a derramou de Suas veias sobre o chão, Sua vida natural, sobre o chão como uma oferta pelos nossos pecados. E como os gentios hoje, homens de honra, grandes homens, tomando as espadas, e se colocando ali e impedindo seus caminhos para conseguirem um gole de água por Cristo (nosso Davi), o qual é muito impopular hoje. Mas nosso Davi, o Qual nós conhecemos, Ele está vindo em poder, Ele vai colocar cada nação sob seus pés, e as governará com vara de ferro. E o homem realmente corajoso permanecendo com a Palavra de Deus e cortando de lado a lada destemidamente, pois sabemos que Ele está vindo em poder.
34 Vamos ler agora, após João 3:16; vamos ler a visita dos magos de S. Mateus, o segundo capítulo:
E tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém.
Dizendo: onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque viemos adora-lo.
E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se e toda Jerusalém com ele.
E congregados todos príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.
E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia, porque está escrito pelo profeta:
E tu Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menos entre as capitais de Judá, porque de ti sairá o guia que há de apascentar o meu povo de Israel.
Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera.
E enviando-os a Belém disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino, e quando o achares, participai-mo para que também eu vá e o adore.
E tendo eles ouvido o rei, partiram, e eis que a estrela que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.
E vendo eles a estrela, alegraram-se muito com grande alegria.
E entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e, prostando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádiva: ouro, incenso e mirra.
E sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem pra junto de Herodes, partiram para sua terra por outro caminho.
35 Muito estranho aqui como Deus numa maneira simples… Deus fala ao povo através de sonhos. Eu acredito nisto. Mas como é que Deus neste caso usou um secundário.
36 Agora, um sonho é… um sonho, se interpretado. Deus o usou desde o passado no Velho Testamento e através das eras, e prometeu usa-lo outra vez nos últimos dias. Agora pessoas podem comer demais e terem pesadelos e não é – não é real, sonho espiritual, ele não liga quando você – quando você o lê. E alguns deles podem parecer corretos, mas ainda existem sonhos espirituais reais. E nós sabemos aqui no Tabernáculo que Deus dá ao povo sonhos e eles são interpretados, e eles se realizam, e eles são reais. Porém é uma maneira secundária de faze-lo. Vêem?
37 Agora, a razão pela qual foi feito então, era porque não havia profeta na terra naquela época, para interpretar os sonhos, igual a José e – e Daniel e aqueles profetas do passado. Eles não tinham tido um profeta por quatrocentos anos, e Deus usou um sonho para… para o bem de Seu próprio Filho. Ele o fez.
38 E disse a José, quando ele era “um homem justo, não querendo infama-la publicamente, intentou deixa-la secretamente”. Não há dúvida, ela contou-lhe da visita do anjo Gabriel e assim por diante, e o que ele lhe havia dito; porém quando viu que ela ia sr mãe, isto – isto era muito incomum. Você sabe, e apenas… era alguma coisa muito diferente. E você sabe, aquilo é o que acontece hoje. Deus faz coisas tão extraordinárias, e era tão extraordinário que até mesmo um homem justo não podia vê-lo.
39 José não podia entender, aquilo era muito extraordinário. Ele era um homem bom, nada de errado com ele. Ele era um homem bom, um homem honesto, porém aquilo era extraordinário. Veja, José provavelmente de quarenta ou quarenta e cinco anos de idade, algo assim, eles declararam, quando ele e Maria ficaram noivos. Porém, aqui nós encontramos algo que nunca tinha acontecido: uma mulher desposada com este homem e ser encontrada para ser mãe! E isto era tão extraordinário, que José intentava deixa-la secretamente. Contudo naquele exato momento cruciante Deus enviou Seu anjo, e apareceu a ele em um sonho e disse: “Não temas receber a Maria tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo”.
40 Que fé recém-nascida José deve ter tido quando ele se levantou dali. Vejam, ele nunca precisou de qualquer interpretação, o sonho não foi em símbolos. Ele foi direto. “Não temas receber a Maria tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo”. Não havia profetas para dar a interpretações, então teve que vir diretamente, exatamente direto daquela forma: Para Deus… de Deus para José. Agora… e Deus tomou aquela maneira secundária.
41 O que isto nos ensina aqui, antes de entrarmos em nosso texto? Aqui está o que isto nos ensina: que Deus pode usar toda faculdade de nosso ser se for entregue… entregue para ele. Ele pode usar nossa mente, nossos sonhos, nosso subconsciente, nosso consciente, nossa língua, nosso cantar, nossos olhos, nossos… tudo que temos pode ser usado por Deus se for entregue para Deus, vejam, toda coisa que você tiver entregado para Deus. Ele usará todo meio e cada parte de você, ele usará. Não importa o que seja, ele a usará se ela for santificada para seu propósito chamado.
42 Agora, esta noite nós vamos falar sobre: Dons. E eu quero intitular isto, se… eu escrevi, anotei alguma coisa ali embaixo, quando o irmão Neville estava em cima. Os Dons de Deus sempre encontram… Os Dons de Deus sempre encontram seus lugares. Os dons de Deus sempre são rejeitados, mas realmente encontram seus lugares quando…
43 Agora, veja o presente que aqueles magos compraram… ou trouxeram para Ele. Hoje nós descobrimos que estamos permutando presentes. Todos têm que ganhar um presente, e tenta pensar o que a pessoa seguinte vai lhe dar, assim ele poderá retribuir-lhe com alguma coisa que se compare àquele valor. E se não for, bem, no Ano Novo, ele sentirá que tem que faze-lo. E cada um averiguando, inquietando-se e caminhando, os milionários, como eles obtêm. Eles dão tanto para este e para aquele, quando isto – isto é – isto é de modo geral, Natal.
44 Aqui: Existe somente um presente que voe pode dar, e isto é você mesmo. Dê a si mesmo a Deus, porque Deus já deu a você o Seu presente. Agora, há somente uma coisa com a qual pode você retribuir a Deus, é vocês mesmos para Ele.
45 Agora, e muitas vezes nomes estão na Bíblia. Nós não percebemos mais, hoje. Nós… Você tem constantemente, tem me ouvido refutar este nome, nome de crianças… ou pessoas chamarem suas crianças com o nome de “Ricky”. Agora “Ricky” é um nome horrível! Vêem? E é um… Vocês não devem chama-las deste nome. Se você tiver uma criança chamada Ricky, pelo amor de Deus, mude-o por outro qualquer. Ricky, ou – ou Elvis, ou alguma coisa assim… Ricky quer dizer “um rato”. Vêem? E então você – você um… e – e do que você chama uma pessoa, dá a impressão de ser aquilo. Uma pequena senhora, outro dia, tinha um rapazinho chamado “Ricky” e seu nome era Ricky. James Ricky. E pelo fato de ser muito popular, eles o chamavam de “Ricky”. Eu disse: “Mudem esse nome!”.
46 E percebo algumas pessoas que acham-se aqui agora mesmo, que tem um neto, e o nome dele é… aquele – aquele rapazinho é uma dulçura, uma pequena e agradável pessoa; e o outro é Ricky, e aquilo é o que ele é. Você o observe simplesmente, sua natureza, é exatamente daquela forma. E ele… eu disse a alguns de seus avós, ou para alguém, eu disse: “Digam à mãe para mudar o nome daquele rapaz, apensa troque o nome e veja o que acontecerá àquela criança”. Vejam, vocês não querem acreditar nisto. Nós achamos que temos vivido bastante para isto.
47 Se não houvesse alguma coisa num nome, então porque quando Jacó foi chamado Jacó, o qual significa: “Suplantador, enganador”. Aquilo é o que ele era? Mas quando ele lutou com o Senhor toda a noite, e o Senhor mudou o seu nome, e por volta… Quando ele tinha cerca de sessenta anos de idade. Ele mudou seu nome de – de – de Jacó para Israel, “Um príncipe com Deus” e aquilo é o que ele era.
Por que Abraão foi chamado… teve que ser chamado “Abraão” antes que o neném nascesse? Por que Sarai foi chamada “Sara” antes que o neném nascesse?
Por que foi Paulo… ou chamado… seu nome era Saulo, porém quando encontrou Jesus, Ele o mudou de Saulo para “Paulo”.
Quando Simão foi mudado de Simão para Pedro, que significa “pequena rocha”. E – e – e todos seus nomes foram trocados, é porque por aquilo que você é chamado, há algo sobre aquilo. Quando você fala alguma coisa… eu não quero entrar no contexto uma vez que isto virá no próximo domingo a noite, vê, sobre a unificação da palavra. E… mas agora, descobrimos estas coisas tão verdadeiras.
48 Agora veja, Deus… que coisa estranha é esta noite, ver aqueles homens, magos, homens sábios, grandes homens… vindo do oriente que era a Babilônia, a qual estava na Índia. E eles nunca vieram em toda e qualquer noite, e começaram uma noite e chegaram ali na próxima, eles levaram cerca de dois anos para chegarem ali. Eles nunca chegaram a um nenezinho em uma manjedoura. Eles foram ao encontro de uma jovem criança, um pequeno menino. E Herodes matou as crianças de dois anos abaixo. Vejam, para estar certo de não haver um nenezinho deitado em um berço, ele então matou todas as crianças. Porém ele matou os menininhos, para ter a certeza de alveja-Lo, em qualquer parte, de dois anos para trás. Ele marcou um tempo, sabendo que não queria matar tantas,, todas elas, ele apenas… pois eles eram mais como escravos para ele. Ele queria pegar… estar certo de acerta-Lo, então ele disse: “A criança estará mais ou menos com dois anos de idade. Assim, todas de dois anos para baixo, matem”. Vêem?
E então aconteceu o que o profeta havia dito: “Em Rama se ouviu um barulho de choro sentido, e de lamentação. Era Raquel chorando por causa de seus filhos, eles não estavam”.
49 Você percebeu como homens sábios, grande homens estavam na Babilônia e eles viram sua estrela, eles disseram: “Vimos sua estrela no Oriente e viemos adora-lo”. Eles vieram do oriente de onde viram a estrela, indo para o ocidente. Porém a Índia é ocidente, ao noroeste da Bab… da Palestina. E eles vieram, desceram pelo Rio Tigre e cruzaram as planícies, desceram até Belém, onde encontraram a – a criança. E lembre-se, José e eles jamais saíram dali, eles foram direto para Nazaré e ali mesmo criaram o menino.
50 Agora vimos aqui que eles se apresentaram… estes homens, sendo astrônomos e estudando as estrelas, e vendo estes mistérios, luzes celestiais apareceram ali, e que alguma coisa acontecia; e que eles sabiam que era o Messias, o – o Governador dos céus e da terra, que estava para nascer. E eles vieram, sabendo que aquela divindade estaria encerrada, alojada em um ser humano; “pois para mostrar seus testemunhos… Vocês sabem, vocês sabem, sua vida fala mais alto que suas palavras, até não importar o que você diga, a, as pessoas abem o que você é pelo – pelo que você é.
51 E olhem estas pessoas, estes magos, eles trouxeram-Lhe… vejam os presentes que eles Lhe trouxeram: Ouro, incenso, e mirra. E agora vejam estes símbolos, que eu quero falar sobre eles com vocês agora… é o que estes símbolos significam. Bem, eu tenho alguma Escritura escrita aqui que leremos sobre ela num instante, o Senhor permitindo.
Agora, Ouros, Incenso, e Mirra.
52 Agora: Ouro na Bíblia… como se ajusta. Ele se encaixa para Cristo, porque ouro fala de Divindade. Ouro é “Divindade” e Mirra é “Morte”. Deus, divindade em serviço para morrer. E aquilo é o que ele era. A coisa exata que trouxeram identificava o que eles pensavam que ele era.
53 E eu digo que para nós hoje, “as coisas que nós trazemos a Ele identifica nossos pensamentos sobre Ele”. Vocês entendem o que quero dizer? Vêem? Se você é um… se voe crê Nele com todo seu coração, cada palavra Disto, voe o identifica, dando tudo que você tem a Ele. Vêem? Mas se você crê que é um bom lugar para se associar com melhores pessoas, ao lado da igreja, e coisas assim, aquilo é exatamente o que você oferece (apenas algumas horas sociais com alguém da congregação ou algo). Porém se você – se você realmente acredita nele com todo seu coração, então você dá tudo que há em você para ele. Vêem? E isto identifica a você, que você verdadeiramente crê na mensagem, que você crê ser a verdade.
54 Muitas pessoas dizem: “Eu posso acreditar deste tanto. Eu posso crer assim”. Os discípulos… eu creio que da última vez aqui, eu falei sobre isto: crentes manufaturados e incrédulos, não foi isto? Eu… não falei sobre isto aqui? Vêem?E cada pessoa seja qual for a sua categoria. Vejam, virá para um lugar onde eles possam tirar muito disto, não podem tomar o resto.
55 Agora, como eram ajustados estes presentes para a jornada de Cristo sobre a terra, uma criança nasceu aqui na terra. E estes presentes que os magos trouxeram-Lhe, encaixavam exatamente com sua comissão de Deus e com sua jornada sobre a terra.
56 Agora, a primeira coisa: Deus, este era Deus, Jesus era Deus em forma de homem. Aquilo era difícil para as pessoas engolirem, até mesmo hoje, que “Ele era Deus”. E Ele… aquilo era o que Ele era. Ele nada era menos do que em sua própria criação. Agora que… Ele era o Criador na sua criação pela sua criação, para sua criação. Tudo se resume em Deus, a coisa toda. Você não vê? Plenitude de Deus! Ele Era o Criador tanto quanto Ele era Deus. E Ele era um ser sobre a terra (um ser do tempo) o que significa que Ele teria tido um começo, por esta razão criou Ele mesmo um corpo para viver nele. Deus, Ele mesmo, criou um corpo para Si mesmo. Vêem? Que por esta criação, Ele deve salvar a criação perdida que ele criou.
57 Não há nada que o homem pode aniquilar, não existe nenhuma coisa. Você nada pode fazer para destruir qualquer coisa completamente; você pode pegar um pedaço de papel e queima-lo, você pode incendiar um prédio, você pode queimar uma árvore; você não a aniquilou. Você… Aquele calor ali, aquele fogo que se levanta, aquilo é apenas explosão química. Ela volta para o que era no começo. Elas não são aniquiladas. Se você queimar um pedaço de madeira, (e o mundo diz… se nós vivêssemos em eternidade como Deus, e aquelas químicas fora daquela madeira e aquele fogo voltou atrás para o seu começo original, e suas… em tudo o que ele foi, as rupturas dos átomos e assim por diante, o – o mundo diz: “nós existimos por milhões de anos”) que poderiam voltar outra vez imediatamente e ser uma outra árvore, realmente igual ela era.
58 Você nada pode aniquilar porque é a palavra falada de Deus. Amém! Oh, e isto me faz sentir religioso. Agora, vêem? O que Deus diz, para sempre permanece. Amém. Vejam, você não pode aniquilar. Nós somos uma parte desta terra e nós não podemos jamais ser completamente aniquilados. Não senhor. O pecado (a alma) será aniquilado, nós sabemos disto. Porém o – o corpo no qual nós vivemos, não pode ser aniquilado. Vêem?
59 Agora por esta razão, Deus criou Ele mesmo um corpo. Ele era o Criador, e criou Sua própria criação, e por essa Criação Ele podia salvar aqueles que ficaram perdidos em Sua criação (que é você e eu, criaturas do tempo).
60 Suas – suas palavras mostraram exatamente isto… e suas obras provaram que ele nada menos era que o Criador. E pegou um pedaço de pão e o partiu, e continuou partindo aquele pedaço de pão.
61 Ele tomou um peixe e partiu aquele peixe. Agora nós imaginamos que ele criou aquele peixe no começo. Ele criou aquele pão no começo. Porém ele tomou aquele peixe, o partiu. Ele tinha sido um peixe vivo, e estava então cozido ou – ou frito, ou seja como for, Ele o partiu, e que quer que ele fosse (cozido ou frito) ele cresceu novamente (no mesmo minuto que Ele o partiu) outro peixe cozido ou frito. Não é maravilhoso? Aquilo mostrou que Ele não era nada menos do que Jeová. E Ele foi o Criador que pode fazer sua própria criação, e pela Sua criação expressou o que ele era. Aleluia! Aquilo provou que ele era o que era. Ele era Divindade. Assim, o outro se tornava para ele, no oferecimento de seu nascimento. Ele era a Deidade feito carne.
62 Eu devo deixar alguma… nenhum estranho entre nós esta noite, eu suponho que sim… neta reunião de oração. Mas deixem-me dizer algo. Quando Jesus, quando Ele esteve aqui…? Agora isto é para pensar, não para… provavelmente… sondar de preferência. Observem, apenas para pensar. Jesus disse em S. João 14:12, “Eu vos digo, que aquele que crê em mim fará as obras que eu faço, e até mesmo maiores que estas, porque eu vou para meu Pai”. Vocês perceberam isto? Observem. Agora, aquele era o Filho de Deus prometendo para o crente, que coisas maiores do que ele fé (nos últimos dias) que o crente faria coisas maiores do que ele fez. São João 14:12. Está certo? Vocês crêem que Jesus o disse?
63 Observem, quando Jesus criou o pão; Ele tomou um pão, e criou pão que havia sido pão. Quando ele criou peixe; ele tomou um peixe que primeiro havia sido criado peixe, e transformou-o em outro peixe. Está correto? Ele pegou água, a qual potencialmente se transformaria em vinho, e a transformou em vinho. Está certo? De outra forma nós O temos visto em nosso meio, nestes últimos dias criar coisas sem qualquer coisa existente ali! Está certo? Para criar um esquilo onde não havia nenhum esquilo. Certo! Oh, ele… permanece Deus. Ele é exatamente tanta Divindade hoje quanto Ele foi e sempre foi, ou sempre será. Ele ainda é Deus e desafiando corações para crer, “coisas maiores do que estas, vocês… sem qualquer coisa que possa segurar e partir. Fale, e será assim”.
64 Notem, agora, nós descobrimos que sua… ele identificou-se. Nas coisas que ele fez, ele identificou que ele era divindade, mostrou que Ele era. Pois ele disse: “Se ele era divindade, mostrou que Ele era. Pois ele disse: “Se eu não faço as obras de meu Pai, então não creiam em Mim”.
65 E não poderia um cristão dizer hoje, “Se eu não fizer as obras de meu Salvador, não creiam em mim”? Vêem?
66 “Assim como o Pai me enviou, eu vos envio a vós”. E se vocês fizeram as obras, obras da criação do Pai que O enviou, então é uma criação… O Cristo (o Criador) que nos enviou, faz as obras de Cristo o Criador. Vêem? “Como o Pai me enviou, eu vos envio a vós. E se Eu não faço as obras de meu Pai, não creiam em mim”.
67 Então o Cristo de hoje tem que fazer a vida que Cristo fez, ou teremos o direito de dizer: “Isto não é assim”.
68 Observem agora, suas obras O criaram… ou melhor, O identificaram como sendo o Criador. As obras que Ele fazia testemunhava muito em sua vida, de que Ele era o “Criador”; não há maneira de fugir disto. Por esta razão, quando eles ofertaram seus presentes de ouro, eles estavam em perfeita harmonia com Deus com seus dons. Eles deram-Lhe outro, o qual o identificava como Divindade. Sempre uma coroa, a coroa de outro… a cabeça de ouro, do rei Nabudonozor. Tudo, você vêem… sempre a Divindade é representada pelo ouro.
69 Agora: Incenso. Nós queremos tomar isto rapidamente. Incenso é a oferta de culto a Jeová. Agora se vocês quiserem anotar estas Escrituras: Levíticos 2:2 e Levíticos 16: 6-15. Nós vimos que era a ordem do sacerdócio, fazer uma oferta para Jeová. Quando ele fazia a oferta, ela tinha que ser feita e misturada com Incenso para a expiação de um pecado. Eles tomavam coisas diferentes e as misturavam pelo oferecimento do alimento, pelo oferecimento da oferta-movida, incenso era acrescentado. Porque ela era aceitável a Jeová se fosse ungida com incenso, o qual significava culto a Jeová, Deus. E agora, nós entendemos que ele era a Divindade. E eles trouxeram-lhe incenso, era como se Ele fosse um culto oferecido a Jeová. Jesus é servo de Jeová.
70 Agora em S. Mateus 12:15 a 21, nós verificamos que ele era servo de Jeová, “Eis o meu Servo, em quem me comprazo” (e era Ele) “e Nele porei o meu Espírito”. Assim Sua vida foi ungida com Incenso para o serviço de Jeová. Que presentes aqueles magos deram! Vejam. Era alguma coisa para… o – o presente que eles deram, era algo para identificar Jesus como servo de Jeová.
71 Agora se nós pudéssemos tão somente fazer aquilo, para identificar nossas vidas. Vejam, nossas vidas serem identificadas como servos de Jeová Aquela era a finalidade do incenso,, aquilo mostrava ser Ele servo de Jeová.
72 Agora: Mirra, m-i-r-r-a, era a unção da morte. Nós verificamos em S. João capítulo 19:39, naquela ida pra o – o serviço funeral de Jesus, quando Maria e eles foram, ele pegaram esta mirra e com ela o preparavam; uma vez que ele devia ser servo da morte para Jeová. Vêem? Alguém tinha que morrer. Aquilo era um serviço que tinha de ser feito por Deus, e ninguém tinha méritos para faze-lo, exceto Deus, Ele mesmo. Assim, trazendo a mirra, mostrando que com ela a Deidade, e com o serviço, que também fora ungido com mirra, que esta Deidade teria que ser posta a morte de maneira a vir salvar o imperfeito. Que coisa grandiosa!
73 Toda criação estava perdida. Nós fomos através dela nos Sete Selos. Vejam, toda criação estava perdida, tudo tinha ido. Tudo pertencia a Satanás. Ele se achou herdeiro disto e ainda o é. Ele certamente o é. Esta é a razão pela qual estamos lutando e tendo todas estas dificuldades. Ele controla cada reino; Satanás controla. Cada governo, cada rei, cada reinado, é controlado por Satanás. O mundo inteiro é controlado e governado por Satanás. Esta é a razão pela qual temos os problemas que temos. Qualquer estudante da Bíblia ou qualquer coisa, pode dizer-lhe que Satanás… Bem, a Bíblia ela mesma diz que ele controla o mundo. Mas Cristo veio para herdeiro dele, pois agora ele é o nosso redentor. E ele veio redimir toda a criação e ninguém poderia faze-lo exceto Deus Ele mesmo.
74 Esta é a razão pela qual Deus nada faz fora do homem. Ele sempre opera através de um homem porque ele teve que usar um homem. Um homem é o que Ele teve que usar para distribuir seus atributos de Salvador. Ele teve que faze-lo à Sua Imagem, fazer alguma coisa igual a Ele, e o colocou como um agente moral livre e o deixou agir da maneira que Ele quisesse. Ele podia ter esta escolha. E Ele conhecia aquele Homem que ao dar-lhe esta escolha, ele cairia. Assim, sendo que Ele tinha que fazer aquilo, Ele voltou atrás e fez do homem um companheiro para Si, e nada faz a não ser que o faça através de um homem.
75 A obra completa de redenção veio por um homem! Aleluia! A morte veio pelo primeiro homem, a vida veio pelo segundo Adão. Vêem? Ali está você, ele nada faz porque ele teve que usar um homem para isto, então ele usa um homem para redimir de volta. Assim a Deidade se tornou Jeová… ou melhor, Jeová tor… Ele é a Deidade, e Ele se tornou uma criança. Ele tomou a forma de pecado, para que dele redimisse o pecador. Vejam, é tudo.
76 Agora, olhe que… quão bem aqueles presentes se encaixam em Jesus Cristo; vejam, ouro, denotando sua Divindade. Agora, eles não eram pagãos. Eles foram inspirados por Deus. Eles não estavam imaginando alguma coisa. Aquilo provou ali, mesmo os Magos, que eles viram o Sobrenatural. Porque seus próprios presentes, que eles ofereceram, identificava e falava bem de seu testemunho de que eles viram o sobrenatural. Por que? Por que? Isto fala perfeitamente. Eles trouxeram ouro, “Deidade”. Eles trouxeram incenso, “serviço”. E eles trouxeram mirra, para Sua “morte”. Quando Ele era um neném, amém, mostrando que a Divindade seria posta à morte na carne, amém, que ele deveria redimir o homem caído. Como podem mudar isto?
77 Quando você imagina: Que estamos fazendo aqui? De onde nós viemos? Ou o que estamos sendo aqui? Nós não fomos colocados aqui por acaso, nós fomos postos aqui para um propósito e devemos corresponder aquele propósito.
78 Eu estou olhando pra aquelas moças aqui irmão… o que…? eu creio que é a pequena senhora que tocava piano, e eu – eu os estava ouvindo enquanto cantavam. Nós estávamos conversando sobre eles, na estrada para cá. Há uma pequena família que dedicou toda sua vida e tudo pra Cristo. Olhe pra aquela família, quão ordenada ela é (espaço vazio na vida – Ed.) Olhe para aquelas mocinhas. Estavam de pé bem aqui o – o um exemplo da jovem dignidade feminina, a adolescência. E não importa…
79 Poucas semanas atrás eu descia para… eu não sei qual o nome do lugar que fica aqui embaixo, em Nova York agora, eles apenas tem a cidade cheia de mocinhas marginais. Como aquelas garotas ali embaixo – com – com certas roupas e – e nada sobre elas, elas usavam um biquíni (como elas o chamam) por cima daquilo. E, oh, apenas conglo… elas fazem qualquer coisa que der na cabeça. Não importam o que seja, aquilo é o que… porque elas são avançadas. Elas podem fazer qualquer coisa. Se elas querem deitar e não levantar, elas simplesmente se deitam e não se levanta. Se querem ir fazer uma certa coisa, elas fazem; se não querem, não fazem. Ainda, suas mentes apenas viajando! A que chega a mente não convertida? Você não tem nenhum direito de fazer aquilo, “pois você não é propriedade sua; vocês foram comprados pela Divindade, Jesus Cristo, o Filho de Deus que foi feito carne. Mas vejam,a conglomeração do pecado!
80 E vejam muitas jovens garotas iguais aquelas se expõem; porque, pra mim, é a luz em tempo de escuridão. É uma luz bifurcada de uma chicotada em zig zag de Deus, nos céus para mostrar que ali pode existir luz. Pode haver retidão no meio do pecado!
81 Maria, a mãe de Jesus, na cidade de Nazaré, a cidade mais insignificante que havia na terra, porém fora dela Deus escolheu uma pequena senhora para dar a luz ao Seu filho; uma incubadora, um ventre que tinha que… um bebê tinha que nascer. Ele tomou tal pessoa para faze-lo. Deus opera através de seres humanos para redimir seres humanos. Ele pode tomar você para operar através de você para redimir a humanidade, se você dedicar completamente tudo que você é.
82 Se você é uma jovem mulher dedique sua moral. Você é um jovem homem, dedique sua mora, dedique sua mente, dedique seu pensamento. Dedique seu coração, dedique sua alma, dedique tudo que você é! E deixe Cristo operar através daquilo. Que coisa gloriosa! Encontrou alguns rios para atravessar, você tem pontes para passar por cima, você encontrou caminhos espinhosos, você tem as moitas, você tem as matas; você encontrou lugares escuros, você achará as altas montanhas, os altos lugares. E o que você está fazendo? Algum dia você terá que se posicionar e olhar para trás, ver de onde você veio, e você será julgado pelo caminho que passou. Coloque sua – sua, mente e seus pensamentos na estrela do norte (o centro de Deus) e não se mova dela. Esteja exatamente com Ela. Ela o guiará diretamente como fez aos magos, diretamente para Cristo.
83 Certo, ungiram-No com mirra. Nós encontramos agora em João 12:1-7, que ra exatamente o que ele fazia. Ele era o servo perfeito de Deus, e tinha sido ungido com todos seus dons divinos. Ele foi ungido com todos os dons de Deus porque Ele era Deus. Ele era Deus. Eles trouxeram-Lhe presentes.
84 Agora, nós seremos… eu espero… as pessoas aqui sempre a maioria delas, vocês sabem, enviam a vocês alguma coisa. Agora, quando é pra retribuir, eu não poderia faze-lo. Vêem? É o fim do mundo. Eu realmente não poderia faze-lo. E eu aprecio uma pequena… pequenas coisas, e coisas que as pessoas fazem para expressar a si mesmas e suas gratidões e assim por diante.
85 Agora, isto é o que estes homens rico tem feito. Estes homens são magos, eles trouxeram ouro, puro outro. Eles trouxeram incenso, o melhor que puderam encontrar. Eles trouxeram mirra, a melhor que puderam achar.
86 Nós compreendemos bem aqui em S. João 12, nós encontramos aqui que esta mulher.. se tivéssemos tempo para lê-lo, mas eu não quero prende-los aqui por muito tempo, vejam, pois amanhã é segunda-feira, e vocês… alguns de vocês têm que trabalhar. Vejam, eles trouxeram… esta – esta mulher trouxe esta mirra, aquela unção custou alguma coisa, pra tirar aquele cheiro de morte. E ela quebrou um vaso de alabastro e o derramou sobre a cabeça de Jesus. E Judas disse: “Ora, isto deveria ser dado para os pobres” (Disse: não que ele tinha respeito pelos pobres, mas ele era ladrão, para começar, ele tomava conta do dinheiro), e disse: “Isto deveria ser vendido, ao invés de coloca-lo…”
87 E Jesus disse: “Deixe-a em paz! Pois ela fez isto…” Ela o ungiu, em seu enterro. Vêem? Esta mulher tão agradecida por ter tido seus pecados perdoados, até que ela veio a gastar todo seu dinheiro, e comprou um vaso de alabastro e quebrou-o e derramou o óleo e realmente perfumou a sala com o cheiro agradável desta mirra, aquela que ela o ungiu para sua morte. Agora, vejam, ela fez o que trabalho não sabendo o que ela estava fazendo, mas ela estava muito agradecida a Deus.
88 E se voe está tão agradecido pelo Natal, não é para dizer: eu dou aos Jones um presente, e eles me dão outro de volta, eu verei o que receberei amanhã”. Por que você não abre o seu coração e vê o que tem ali, descubra o que tem ali. E aceite… se achares vazio, com apenas credos imaginativos e – e – e cuidados do mundo, porque não pedir a Cristo par enche-lo esta noite? Esta noite, assim você pode ter o real significado do Natal. E é Cristo em você; Deus, habitando no coração humano. Este é o verdadeiro significado do Natal.
89 Mas, vejam vocês, hoje nós nos tornamos muito negativos. É o diabo nos pegando através daquilo, (há bengalas em doces coloridos, e uma, e uma rena e um – e um homem barbudo, e vôo nos ares como uma aeronave, e visita o mundo inteiro e cada casa com um pequeno saco de presentes em suas costas e visita cada criança). E isto é apenas – apenas uma mentira! É simplesmente, exatamente uma mentira. Vêem? Mas por que? O diabo fez aquilo, então de modo a torcer a mente das pessoas.
90 O mundo comercial tomou conta disto, eles… ora, eles faturam suficiente durante o período do Natal tanto que podem descansar quase todo o resto do ano. Eu falei com um comerciante outro dia, ele disse: “Você me dê estas duas semanas, e se eu não tivesse que continuar com minha venda aqui”, disse, “Eu poderia esperar até o próximo Natal; eu poderia ir pescar, o que quisesse fazer até o próximo Natal”. Ele disse, mas eu mantenho os rapazes indo”. Disse: “Apenas permaneço aqui com aqueles que são suficientes para manter o meu negócio aberto, e isso mantém – isso mantém meus pagamentos e coisas”. Disse: “Eu não faço mais nada até – até o próximo Natal chegar”. Vejam vocês, isto se tornou um grande negócio comercial quando deveria ser um culto, uma adoração.
91 Agora, Deus assim ungiu a Jesus com a plenitude Dele mesmo até º.. Ele era o presente de Deus para o mundo. Aquele que os magos haviam claramente identificado, aquele a quem haviam oferecido seus presentes a Ele, mostraram que em seus corações eles sabiam Quem era Ele, , e o que Ele ia fazer por eles. Então (nenhuma dúvida) a primeira coisa que eles fizeram, eles se abaixaram, perfeitamente em ordem, e O adoraram. Antes que eles pudessem até mesmo entender, eles se abaixaram e O adoraram e então apresentaram os seus presentes. Esta é a maneira de ter um Natal real; adora-Lo e então apresentar seu presente; apresentando seu corpo como sacrifício vivo, santo e agradável ao Senhor.
92 Mas você sabe que, depois que os magos fizeram aquilo? O pai e a mãe de Cristo… O pai adotivo (é claro) e também mãe, porque Deus foi ambos pai e mãe. Mas nós vimos que eles aceitaram estes presentes desses magos. Nenhuma dúvida, eles foram chamados magos. Eles eram sábios. Eles foram realmente… tinham sabedoria. Se um homem pudesse realmente ser tão sábio! É preciso ser um sábio para vir para Cristo. Um homem que se afasta Dele é um homem se sabedoria. Mas precisa ser inteligente para vir para Cristo.
93 Agora notem! E depois que os magos identificaram-No o que ele seria, e nós achamos nas Escrituras que aquilo era exatamente o que Ele era: Divindade em serviço para morte. Para que? Divindade em serviço a Deus para morte. Jesus era a Divindade para a morte. Para redimir o mundo. Mas o que o mundo fez para Ele? Eles O refutaram. Eles O rejeitaram – por que? Alguns deles, uma grande parte deles, fez aquilo por causa disto: porque Ele morreu! Eles disseram: “Ele não podia ser a divindade e morrer”. O homem (o corpo) não era Divindade, mas a Divindade estava no corpo. Este corpo tinha que perecer. O mesmo Cristo que está em você é a única coisa que pode levanta-lo. Aquilo é a Divindade, Deus em você.
94 Agora vejam! Ora, o mesmo como agora, eles rejeitaram a Divindade explicada. Vocês entendem? Eles irão certamente colocar seus nomes em um livro de Igreja e dizer: “Eu tentarei viver por este credo”. Eles farão um juramento por isto. Mas quando é para aceitar a Divindade, e expressando de volta o mesmo tipo de presente como eles fizeram… pois você está identificado pelo seu presente, que você dá todo seu ser para ele para a Deidade identificada. Então voe se identifica com a divindade, dando tudo que você é, o que você é, para a Divindade, ela mesma.
95 Agora, Cristo nestes dias, que vivemos agora, e ainda na divinda… identificando a Si mesmo. Divindade no meio do povo. Ele ainda é a Divindade porque ele é a Palavra. E quando vemos a Palavra viva, ela mesma, então nós sabemos que o homem não pode fazer aquilo. É a Divindade, a Palavra sendo manifestada pelo homem. E Jesus disse, Ele mesmo. Eu não posso fazer nada, eu sou “O filho não faz nada de Si mesmo. Eu não posso fazer nada, eu sou um homem”. Jesus disse. “Porém meu Pai que habita em mim, Ele me mostra todas as coisas que Ele mesmo faz”. Amém. Aí está você! O que é? A Divindade sendo identificada no homem. Agora, a mesma coisa é hoje; aquela divindade, a Palavra prometida para estes dias, pode identificar a Si mesma em você. Amém! Então você pode se firmar nela? Mostre que você crê nela. Dê-lhe Deidade: creia nela, cultue, e esteja pronto para pronunciar a Si mesmo e os seus próprios pensamentos, mas hoje, ela é rejeitada, como o foi então.
96 Observem, Deus guiou os magos com seus presentes. Por praticamente dois anos,, eles seguiram aquela estrela. Vêem? E aquilo mostra que não poderia ser uma das coisas naturais que aconteceram. Vêem? Porque se as estrelas cruzando suas órbitas, teriam cruzado, teria mostrado que havia alguma coisa diferente. Porque… a não ser que os magos A vissem, muito tempo antes disto ter acontecido, e sabido que eles tinham que cruzar aquele caminho; vejam, no caminho, eles iam indo. E eles cruzaram exatamente em Belém naquela hora, começaram dali, anteriormente, sabendo que estes corpos celestiais estavam movendo-se naquela direção.
97 Agora, Deus guiou os magos porque eles tiveram os presentes apropriados. Deus guiou estes magos porque ele tinham os presentes identificados para identificar o Seu Filho. Oh, que coisa! Vocês entendem? Homens sábios hoje, sábios no nome do Senhor, não com algo fictício, mas com o Dom que Deus prometeu para estes dias, e Deus guiará a você para identificar que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Ali está você Homem sábio!
98 Deus guiou aqueles presentes porque eles eram os presentes que O identificariam. Homens sábios, hoje, quem pode olhar para longe da igreja (organização) e todas as coisas do mundo, para a palavra viva de Deus! Deus irá identificar Seu Filho pela sua Palavra, porque aquilo é o que Ele é. “Eu e o Pai somos um”. E, “no principio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós”. E o mesmo verbo hoje, Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre. E uns magos seguiram Aquilo, porque Aquilo era o que Deus preparou pra identificar a Si mesmo por aquilo. Amém. Um presente! Um real presente identificado de Deus. Deus trouxe isto para a terra, uma coisa assim, para se identificar por ela.
99 E aquilo foi como Cristo foi identificado: Pelo ouro, mirra e incenso, por aqueles homens prefigurando e mostrando que tipo de vida a dele seria. Vêem? Divindade manifestada par serviço, para morrer pois que Ele devia redimir a nação, porque Ele ia “salvar seu povo de seus pecados”. Não salvar o mundo, salvar seu povo de seus pecados”. A Bíblia diz aqui, “pois em – em seu nome os gentios confiarão”. Vêem? Os gentios confiarão em seu nome. Amém! Em outras palavras, a Noiva, os chamados dos gentios eles estarão confiando no nome de Jesus Cristo, “Em seu nome confiarão os gentios”. Agora, Deus os guiou , eles foram… os presentes que eles estavam dando, estavam encaixando ao momento.
100 Observem! Como eu tenho dito, Deus tem… Ele – ele dividiu sua palavra no começo, em Gênesis. Eu posso pegar Gênesis e mostrar a vocês cada era na Bíblia, até esta era aqui. Todos os cultos e coisas que temos hoje, eu posso mostrar exatamente onde eles se acham em Gênesis. Vêem?
101 Deus deu Sua Palavra um tanto aqui, um tanto aqui, um tanto aqui, para cada era. E então ele enviou um profeta, ungido para fazer aquela palavra realizar, e justificar que uma outra estava vindo. Vejam, como o Messias, sempre justificou. Cada profeta em sua própria vida, seu próprio ser, a palavra que foi dada para aquele dia, ele veio enchendo aquela palavra escrita e predisse como seria a outra. E cada uma delas falava sobre ele (Amém). Pois Ele era a plenitude, Ele era a cabeça dos profetas, Ele era a palavra de Deus, Ele era os profetas. Amém. Ali estava ele. Notem! Quão maravilhoso que ele era: cada um daqueles profetas.
102 Então quando ele veio, ele era a plenitude de todos os profetas, manifestado; pois, eles eram a Palavra do Senhor, e Ele disse Ele mesmo: “Se vocês chamam àqueles deuses, para quem a palavra de Deus veio, como podem me condenar quando eu digo:”Eu sou o Filho de Deus”? Vejam, até aqueles naquela era foram identificados como Deuses, Deus mesmo chamando-os “deuses” o que foram eles? Eles foram a manifestação de sua palavra. E aqui estava Ele, a plenitude da Palavra. A Divindade encorporada, a Divindade manifestada em carne.
103 Olhem! Por estes presentes, que estes homens trouxeram, eles não podiam ter trazido aquilo pra um profeta. Não poderia estar certo. Vêem? Seus presentes não poderiam ter ido para Elias, eles não poderiam ter ido para Moisés, eles tinham que vir par ele. E sendo que aqueles presentes foram estritamente preparados para aquele dia, e foram para identificar quem era ele através destes presentes, então aqui veio Deus junto e O protegeu. E os guardou ali, dois anos, até eles encontrarem a Luz Perfeita. Que ajustamento!
104 A mesma coisa hoje. Nós temos pessoas que são realmente fiéis, pessoas simpáticas, pessoas genuínas. Mas vejam, naquilo, havia alguma coisa vindo, que Deus sempre tinha feito para identificar este dia. Este é o dia quando estas coisas são faladas para acontecer. Não haverá muitos, apenas muitos-muitos poucos que serão salvos. A Bíblia disse que sim. Eles serão apenas uma mão cheia.
105 Jesus disse Ele mesmo: “como foi nos dias de Noé, em que oito almas foram salvas” oito almas fora de uma – uma geração igual a esta. “Como foi nos dias de Noé”. O que era? Grandes pessoas cultas, grandes trabalhadores, grandes construtores, grande como tudo que eles tinham. Fizeram esta civilização exatamente igual, grandes coisas que eles tinham. “E como foi nos dias de Noé, assim será na vinda do Filho do Homem”. Vêem? E Deus teve Noé para identificar Sua Palavra prometida. Era bastante encaixável. A arca encaixava-se à Palavra que Ele falou, que: “Ele destruirá homens”, porém salvou o que podia.
106 Agora, estes magos trazendo seus presentes identificados. Seus presentes identificavam o que ele era, e aquela foi a razão pela qual Deus protegeu aqueles presentes durante cada mudança que eles fizeram. Ele os protegeu até chegarem com aqueles presentes porque eles estavam se ajustando à ocasião. E minha igreja endente isto? Isto é o que acontece agora! Eu espero que isto não esteja em suas cabeças. Eu quase tenho de falar com parábolas, vejam vocês. Mas vocês vêem? São as coisas que estão acontecendo, estão se encaixando par estes dias, Laodicéia. É a hora de ajustamento, aquele foi a razão pela qual Deus os protegeu, da maneira que ele tem. Ele protegerá, até que seus propósitos seja servidos.
107 Oh, eu li uma estória, veio a minha mente não a muito tempo, de alguma coisa dessa ordem. Ali deveria ter sido uma grande cidade. Aqui nesta nação, e… Nova York. E era véspera de Natal. E havia uma família pobre, humilde. Papai, ele tinha tuberculose, e ele era… e sua esposa tinha tuberculose. Eles tinham sido disprivilegiados, e ele – ele era uma espécie… ele estava fraquinho e assim ninguém o contrataria. Ele não tinha nenhuma formação, e ele – ele… as pessoas não o queriam.
108 Ele era um rejeitado, tornou-se um ambulante apenas… vocês sabem o que um ambulante é, apenas vai por ai e – e pega alguma coisa, e mascateia e pega o que pode. Que pequena realeza eles faziam sobre aquilo, eles tentaram viver por ela. Apenas um mascate ou alguma coisa, sobre a rua; iam e compravam alguns alfinetes e agulhas e dedais, o que podiam. E – e levavam, e – talvez compravam por um centavo o pacote, e os vendia por um níquel; e faziam quatro centavos em um pacote, e talvez no decorrer de um dia… vocês dizem, “isso é – isso é uma grande comissão”. Mas simplesmente pense, era tudo que ele vendia em um dia. Talvez ele fizesse vinte, trinta centavos por dia, e ele tinha uma família.
109 E a – a pequena esposa estando muito fraca – ela morreu.
110 E estava chegando o Natal, e a pequena garota, ela tinha crescido… com má nutrição, não tendo alimentado correta e coisas; ela também pegou tuberculose, também. E ela era uma pequena pessoa, com cerca de oito anos, nove anos, dez. E ela jamais teve uma boneca de Natal. E aquilo é o que ela queria, como presente, era uma boneca.
111 E o pai, incapaz de dar a ela a atenção médica e assim por diante, teve… ele – ele viu que a pequena garota estava se acabando rapidamente e ele fez o que pôde, o máximo para – para – para – para conseguir dinheiro suficiente que pudesse juntar para comprar-lhe uma boneca por ocasião do Natal; se ele pudesse realmente conseguir dinheiro suficiente para comprar-lhe uma pequena boneca! E assim chegava a época do Natal, o mal tempo tomou lugar, e a pequena garota desenvolveu uma espécie de pneumonia; e – e, oh, que coisa! Somente algumas semanas antes do Natal. E o pai, é claro, com o coração partido, foi até sua pequena caneca de lata e pegou o dinheiro. E ele pensou em sua pequena garota, e ela queria uma – uma boneca como as pequenas garotas, vêem, é uma pequena mãe chegando.
112 Vocês já observaram como uma menininha se dirige para uma boneca, por que ela… Aquela é a sua natureza, ela está – ela é uma mãe que está se revelando. Ela será mãe algum dia se ela viver e tudo. Vocês sabem, sua natureza. Esta é a razão que pequenas meninas gostam de pequenas bonecas, ela quer tomar conta dela; pois a despeito de tudo, ela é – ela é um pequeno potencial, uma – uma – uma pequena mãe.
113 E ela queria uma pequena boneca, e ela nunca tinha tido uma. E o papai tinha economizado tudo que pôde para – para comprar-lhe uma pequena boneca. E, então, ela morreu.
114 E aquele pai teve uma queda de memória. Sua esposa tinha sido levada, sua pequena menina, e sua – em sua mente tomou lugar uma espécie de… até ele – ele… ainda ele – ele ia para a cama toda noite e falava com esta menininha apear dela estar enterrada. Mas ele pensava que estava – que ele estava falando com ela: “Agora querida, não vai demorar, e o papai vai comprar esta bonequinha para o Natal. E – e o papai prometeu-lhe a bonequinha, e eu – eu vou – eu vou consegui-la”.
115 Finalmente, chegou o Natal. E é claro, vocês sabem como ele é. Os ricos tiveram suas grandes festas e – velas acesas, e as grandes missas solenes nas igrejas, e falando sobre Jesus e – e assim por diante (as igrejas estavam), e passando por todas as espécies de rotinas e missas, e cantando hinos de Natal e tudo mais. Pouco sabiam eles o que aconteceria atrás da viela, atrás de tudo isto.
116 Esta pequena pessoa ali atrás, e ele saiu fora de si mesmo. Ele queria que aquela menininha tivesse aquela boneca de tal forma, pois ela tinha pedido tanto aquela pequena boneca. Assim ele saiu e comprou-lhe uma pequena boneca de pano, uma pequena – uma pequena coisa, provavelmente cerca de trinta centavos, uma pequena coisinha suja, ele tinha comprado, lá embaixo na calçada. E era realmente uma noite fria, e – a – a nevasca, ventos soprando, e a neve caindo forte ali; e Nova York é exatamente na costa.
117 E as ruas enchendo; e as pessoas em seus grandes, eu creio, carros, Limousine. E festa de bebedeiras, bebendo francamente à celebração do nascimento de Cristo e estas coisas das quais nós falamos esta noite, tentando pensar que esta é a melhor maneira de faze-lo; apenas bebendo às suas velhas mágoas e coisas, e aquela, aquela é a maneira de faze-lo. Todos eles…
118 Em um loja, outro dia, uma mulher falando sobre o que… Duas garotas encontraram-se e elas queriam saber o que elas comprariam para seus pais e uma delas disse: “Bem, ele…” Ela conseguiu um pacote de uma qualidade de cigarros. E a outra disse que havia conseguido um litro de Wiskey e uma – e um baralho de cartas; Agora aquilo não é dar um presente em memória do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo! E aquela é a maneira que acontece, vêem vocês, e apenas uma porção de enfeites. Em tudo isto não Natal.
119 E assim nós encontramos agora este pequeno homem, ele vagava sozinho e ele sabia em seu coração que sua menininha tinha se ido, mas ele foi e comprou a boneca de todos os modos. E ele pensou, “Eu simplesmente começarei a andar, eu a encontrarei em alguma parte. Ela estará ao longo da rua e eu a acharei”. E ele começou a andar.
120 Ele – ele não poderia enganar a si mesmo, ela não estava ali no pequeno barracão e na pequena e suja cama de trapos; porém ela estava enterrada. Então ele – ele sabia. Ele pensou que ele a acharia na rua. Ele disse: “Eu apenas continuarei andando”. E ele estava descendo pelas vielas, enquanto eles cantavam seus hinos de Natal e coisas assim, E descia pelos becos, carregando esta bonequinha suja, segurando-a em seu paletó, perto do coração, pensando em sua filhinha.
121 E finalmente um policial por acaso o viu, e o policial tinha tomado alguns goles, e ele correu até a vila e apanhou o velho, e virou e disse: “ O que está você fazendo aqui?”
122 Ele disse: “Estou levando esta bonequinha, senhor, para minha menininha.”
123 Ele disse: “Bem, onde você mora?” E ele lhe disse onde morava. Ele disse: “Bem, você está indo para longe daquele lugar, você está bêbado. Volte ao outro caminho”.
124 Disse: “Senhor, eu não estou bêbado. Eu prometi a minha menininha que eu lhe daria um presente de Natal” E disse: “Um presente apropriado para uma meninha é uma bonequinha”.
125 E ele disse: “ Deixe-me ver”. Então ele lhe mostrou uma coisinha suja, assim, uma boneca de pano. E ele a estava segurando em… próximo ao seu peito, segurando a bonequinha enquanto… então o policial, meio bêbado, ele mesmo, mostrou-lhe o começo da descida. O velho homem desceu a rua, e caia a neve rapidamente.
126 E, bem, as festas da meia noite explodiram. Na manhã seguinte, a neve parou, o sol saiu, e assim eles devem… todas as pessoas de suas festas encantadoras estavam… com sacos de gelo sobre suas cabeças, pois haviam bebido demais e celebrado muito o nascimento de Cristo, e muitos deles ficaram roucos de excederem em tudo que aconteceu.
127 Mas, caminho abaixo na viela, eles encontraram o velho homem, e quando o viraram, ele tinha a pequena boneca próxima ao seu coração. Eu suponho que ele tenha levado seu presente para ela. Ele a encontrou numa terra não aqui. Ele – ele – ele levou o presente. Era um presente apropriado (Deus misericordioso) ainda que isto tenha lhe custado a sua morte. Não havia outra maneira no mundo pela qual ele pudesse lhe dar-lhe o presente, ela estava morta. Mas a única maneira pela qual ele podia faze-lo, seria daquela forma. A pequena boneca não significava muito, eu acho, a pequena boneca de cara suja, mas ela… o que ele fez? Ele cumpriu a promessa que tinha feito. Não importava o que as pessoas pensavam sobre suas mãos sujas, sobre uma pequena e suja boneca, mas ele cumpriu sua promessa para a sua pequena garota.
128 Algumas vezes eles olham sobre o Evangelho enquanto cantam, tocam, eles não O queriam quando Deus O trouxe, mas Ele cumpriu Sua promessa de que daria Seu Filho. E você sabe de uma coisa? Eles o deixaram morrer, tal como um vândalo na rua. Está exatamente correto, ele O tem deixado como um andante na rua. E hoje eles o tratam como farrapo na rua, porém Ele cumpriu o que Ele tinha que fazer. Ele era o presente que Deus havia prometido ao mundo.
129 Esta noite, deixe-me toma-lo como meu Salvador dentro de meu coração. Deixe-me andar na face de minha morte, ou o que for, daquela forma. Prometi minha a Ele. Eu vou leva-la a Ele. Não importa como eu tenha que ir, se eu tiver que ir através da morte, se eu tiver que ser atirado, não importa o que acontecer, eu tenho que ser zombado, chamado de louco, toda coisa, excomungado pelo resto das igrejas cristãs e assim por diante, eu… é um presente de Deus que guardo em meu coração. Ele O deu, e eu quero toma-lo para Ele. Vamos curvar nossas cabeças por um momento.
130 Presentes apropriados sobre os quais falei, era um presente apropriado porque a menininha… ela era uma pequena menina, uma pequena mãe (teria sido) e o presente apropriado era uma bonequinha. Um presente apropriado que Deus, o Criador, poderia dar à Sua criação, seria um Salvador, para salva-la da condição que se encontrava. Eu quero esta noite, enquanto estamos nos aproximando do Natal agora, e eu suponho que será a última mensagem que ouviremos entre agora e o Natal, a menos que peguemos a mensagem de alguém pelo rádio.
131 Eu quero, esta noite, se aceitamos o presente que Deus nos prometeu: vida eterna ao acreditar no Cristo e ao receber o Espírito Santo. Se voe não aceitou, gostaria você de aceita-Lo, o Deus real, o verdadeiro presente de Natal, levante sua mão? E diga: “Irmão Branham, eu – eu não sei, eu tenho – eu tenho as vezes crido nele. E tenho olhado as coisas que faço. E eu, pareço, um pouquinho confuso, em dúvida”. Não, não duvidem mais, amigos.
132 Veja, é – está muito tarde para duvidar agora, vamos estar realmente certos disto. Diga: “Ore por mim irmão Branham, eu quero… o presente de Deus para o mundo, é Jesus Cristo. Eu – eu – eu quero que este seja um Natal real. Eu aceito o Espírito Santo em meu coração. Que poderá segurar-me durante todas as tempestades da Vida, e algum dia eu possa vir a Sua presença com este presente de vida eterna. Ele me aceitará sobre aquela base, que é a única forma pela qual Ele o fará.
133 Certo, você ganhou o presente certo esta noite? O tipo de atitude correta? “Pai eu o seguirei onde for que sua Palavra disser “faça” eu o farei. Sim Senhor, eu não me importo com o que os outros disserem, eu vou faze-lo porque eu quero seu presente; é vida, e Cristo é a Palavra”.
134 Se você não pode crer em toda palavra e diz: “Bem, eu não sei, eu – eu creio que… isto, eu creio naquilo, porém não posso aceitar isto, eu não posso ir com aquilo”. Você está como o servo que foi embora. Eles não podem aceitar toda a palavra e receber a Cristo na plenitude de sua Divindade e seu serviço e estar pronto a morrer como Ele o fez por você.
135 Então você poria suas mãos para cima, com suas cabeças baixas, e digam: “Orem por mim”? Deus o abençoe. E Deus o abençoe. Deus abençoe. Deus abençoe você, pequena garota. Oh, Deus o abençoe. Sim, eu vejo sua mão. O Senhor te abençoe, claro. Este pequeno presente de Cristo, que Deus enviou para o mundo, e por Ele O identificamos através… os magos o identificaram, Sua própria vida O identificou, sua ressurreição O identificou, seu aceitar O identificou, e Ele identifica a si mesmo com você, que voe é Dele e Ele é seu. Se voe não estiver realmente… vejam, a reação do Espírito de Deus operando em você, nesta ocasião de Natal, possa Ele vir para você agora.
136 Pai Celestial, enquanto nós titubiamos como andante da rua, ninguém teve função para ele. O mundo seguiu em suas tolas formações, assim não eles esta noite, Senhor, mas as vezes nós nos sentimos como aquele vagabundo, porém nós temos aceitado o presente. Então oramos Pai; que fará a nós um presente de uma vida para este mundo agonizante. Muitos aqui levantaram suas mãos pois querem o presente de Deus aquele que Ele tinha para Si mesmo, dar seu Filho unigênito, veio e tornou-se homem. Ele alojou-se tão humildemente. Eles nem ao menos… Ele veio tão pobre e tão humilde até que ele… eles não tinham nem uma cama para ele nascer. Uma – uma – uma vaca teve… ou um cavalo ou alguma coisa teve que dar seu coxo, andar para o lado, (um animal), os seres humanos tinham chegado àquelas condições. Ele – Ele nasceu em uma mangedoura, um pequeno e velho estábulo. Ao lado da montanha ali em Belém, onde o filho de uma prostituta havia fundado a pequena cidade muitos anos antes.
137 E agora Senhor, nós descobrimos que uma noite, uma noite fria, foi dito a Ele, “Rabi, nós queremos ir para casa com você esta noite”.
138 E Ele disse: “Bem, agora os pássaros eles tem seus ninhos, e as raposas seus covis, mas eu – eu – eu não tenho um… nem mesmo um lugar para reclinar minha cabeça.” E aquela foi a maneira que O deixaram morrer, como um perambulante de rua.
139 Pai Celestial, podem os cristãos, podem as pessoas hoje verem que – que aquele é Aquele Grande Presente? E muitos aqui esta noite, mais de uma dúzia, eu acho, levantaram suas mãos, que queria receber o Espírito Santo. Possa ali exatamente côo os magos, talvez nenhum dos restantes da congregação verá até mesmo o que acontece. E esta estrela, esta luz mística passou sobre os observatórios, por dois anos, onde pessoas conservavam as hora assim (os quatro relógios), eles liam as horas pelas estrelas. Ninguém, nenhum historiador escreveu isto… Nenhum soube nada sobre ela, e ainda assim ela estava ali. E estes magos, com seus presentes apropriados, goram guiados diretamente pra Ele. Possa aquela mesma luz vir até cada coração, aqui esta noite, que se fazem presentes. Ali pode não existir nenhuma emoção, ali pode não existir isso ou aquilo, e talvez ninguém mais saberia, igual aos magos. Mas algo possa se colocar nestes homens, mulheres, rapazes e moças e nos corações destes meninos estas noite, aquele presente de Deus irá ungir suas vidas. Que desta noite em diante, serão mudadas. Elas não serão mais como costumavam ser. Eles serão uma – uma criatura mudada de agora em diante. Possam eles, como os magos, mudarem seus caminhos de volta para os costumes do mundo. (E Herodes, o palácio do rei) “Mas sendo avisados por Deus, voltaram por outro caminho”. Permita-o Senhor.
140 Esta noite eu oro para que cada homem sábio, rapaz, moça, aqui esta noite… homem ou mulher que seja suficientemente inteligente para deixar as coisas do mundo esta noite, não volte jamais após este dia. Depois disto – da passagem deste dia e noite, não mais voltarão às coisas do mundo, mas possam ser sábios. E esta pequena e mística voz que fez com que eles levantassem suas mãos e dissessem: “Sim, eu quero o presente de Deus”. Possa aquela mesma coisa que os levou a levantar as mãos, identificar-lhes esta noite com Sua morte, enterro e ressurreição, dando-lhes o Espírito Santo. Possam transformar-se.
141 Possam estas mulheres aqui esta noite, Senhor, que tem tido um tempo tão difícil para permanecer sem seguir o mundo; deixem seus cabelos crescerem, e vistam-se como senhoras, e deixem estas pinturas e coisas, estas artificiais, que mostram… ela – elas as identificam como um tipo não saudável, elas… há – há algo errado. E possa esta noite, esta pequena mística luz, Senhor, que as fez levantar suas mãos, possam elas dizer: “Senhor eu estou deixando de lado as coisas do mundo esta noite”.
142 Estes homens que não tem tido o – o – o algo real, que falaria com suas esposas e fariam mudar de direção; e as coisas que elas fazem. Possamos nós todos juntos, Senhor, mudar de rumo esta noite, sendo avisados por Deus, pela pequena e estranha mensagem da – da luz de Deus que toca nossos corações. Possamos mudar esta noite e – e viver para Ti o resto de nossos dias, irmos – irmos pra casa Contigo por outro caminho do que temos estado viajando. Permita-o, Senhor. Faça-nos melhores cristãos, cada cristão aqui esta noite, Pai, que Te aceitou e acredita em Ti. E eles tem tentado viver uma vida cristã, mas esta noite, possam eles receber aquele presente.
143 Oh, Deus, é – é um – é um caminho desprezado. Mulheres serão chamadas de “antiquadas”, serão chamadas de toda coisa e os homens serão chamados “fanáticos”. Contudo nós estamos – nós estamos prontos, Senhor.
144 Espírito Santo, mude-nos de lado, agora mesmo, mude-me Senhor de rumo, eu – eu – eu não quero nem mesmo ir a qualquer caminho que me conduza pra longe de Ti. Senhor, eu – eu quero ir somente no caminho que Tu queres que eu vá. Eu quero o presente de meu coração para ser tão perfeito que irá identifica-Lo, Senhor, sobre a terra que Tu não estás morto, Tu estás vivo.
145 Tu é o Deus da vida, não o Deus da morte. Os mortos estão cobertos no todo por moscas e varejeiras, criando germes e mais varejeiras; como um homem tomando o seu primeiro drink, fumando seu primeiro cigarro, dizendo sua primeira mentira; traindo sua esposa a primeira vez; ou a esposa que trai o marido ou faz coisas que são erradas; exatamente como uma varejeira tocando-os, e ela… elas se acumulam pela… sobem pelo vento e imundície, porque está sobre uma alma morta no interior. Espíritos malignos saem e ele… um espírito mau o faz fazer alguma coisa mais, e um outro vem, chama-o para fazer algo mais porque eles fizeram isto.
146 Deus, possam eles mudarem de lado e virem para a vida. Possam eles se levantar e os anjos de Deus descerem com os dons da vida eterna, Senhor, e irem de vitória em vitória, permita-O Pai, nós deixamos de lado, esta noite, as coisas do mundo e os cuidados do mundo, avisados por Deus que o tempo está à mão, Jesus está voltando para a terra. E possa o grande Espírito Santo nos dar, esta noite, aquela vida eterna que nós estamos buscando. Permita-o, Senhor. Nós estamos – nós estamos orando para que Tu concedas estas bênçãos para nós enquanto nós as pedimos no Nome de Jesus Cristo.
Com nossas cabeças curvadas.
147 Os magos tempos atrás vieram para isto… seguiram aquela luz para a … eles encontraram a Perfeita Luz. E possa a Pequena Luz, esta noite, que os fez levantar as mãos, ou talvez você nem mesmo… Ela tocou em você mas você nem ao menos levantou sua mão, possa aquela Luz guiar-te para aquela Perfeita Luz.
Vamos todos nos levantar para um culto de consagração.
148 Vamos fazer de nosso coração aqui esta noite, um lugar habitável para Cristo. Lembre-se, esta noite minha pequena e triste estória do andante. Esta noite, realmente, Jesus Cristo é aquele andante na rua. Está certo, Ele – Ele , era um andante na rua. Oh, sim, nós dizemos: “Nós O servimos”. Claro. Toda beleza e esplendor, isso não é Ele. Aquele não é Ele. Ele teve de morrer para nos trazer este Presente, não uma boneca, mas Vida. Ele teve que morrer para faze-lo, para você, o único caminho que Ele pôde conseguir para você. Ele não podia somente vir aqui e ser um homem perfeito, como Ele era, e dar-lhe o presente de Deus. Como o – o andante teve que morrer para dar a pequena boneca para sua menina, Cristo teve que morrer para que você tivesse a Deus. Nós queremos aceita-Lo esta noite. E nós cremos, com nossas cabeças curvadas… e vamos levantar nossas mãos para Deus e consagrar nossas vidas de novo, aqui mesmo esta noite.
149 Oh Grandioso Deus, nós – nós queremos Seu presente. Eu – eu estou aqui, nesta ocasião de Natal, Senhor, enquanto eu imagino e olho sobre a Terra e vejo a beleza e o esplendor do dia. Eu – eu, posso apenas ver… fora o além, como a Bíblia disse, esta era laodiceiana, Tu estás fora de Tua igreja. Tu estás rejeitado. Um fugitivo para sua própria igreja e para seu próprio povo. Tu estás… Tu estás – Tu estás rejeitado. Um fugitivo sendo alguma coisa que é recusada no meio de Seu povo. Eles não O querem, Senhor, e eles O têm deixado, como perambulante, na rua. Deus, Tu – Tu – Tu foste à morte de todos os modos, para que Tu pudesses trazer o Presente para nós. E nós humildemente O aceitamos, Senhor. Eu oro para que Tu enchas nossos corações e vidas. E mude-nos de lado, desta noite em diante, e possamos ser totalmente Seus enquanto nós consagramos a nós mesmos a Ti.
150 Receba-me Senhor. Muitos são os erros da vida que tenho cometido. E querido Deus, enquanto – enquanto Eu me coloco aqui sobre este ponto sagrado onde o Evangelho tem sido pregado e onde temos visto a Ti, até mesmo numa Grande Luz que brilhou sobre eles. E somos muito gratos por isto, Senhor. Consagro a mim mesmo por este Natal, não em… e como o mundo faria ou para virar novas páginas. Senhor, somente quero aceitar Seu Filho. Quero aceitar Seu Presente, Senhor.
151 Quero aceitar o Dom da Vida Eterna através de Cristo. E, verdadeiramente Senhor, aceito o Presente de Cristo para mim, para tentar ganhar outros para Ele. Vá com cada um.
152 Faça a dona de casa tão dócil e humilde, que seja capaz de conduzir outros a Ti. O Dom que deste a ela, o feminismo de senhora, possa ser tanto como uma senhora que as vizinhas vejam e queiram ser iguais a ela.
153 Faça o homem, o vendeiro, seja o que for, Senhor, faça-o uma vida humilde, como Cristo, para que os outros possam ver. Não sabemos onde essa pessoas se coloca ali fora, Pai, mas nunca queremos deixar a grande, velha auto-estrada; mas nós nos inclinamos para trás, inclinaremos para diante. Alcançaremos o caminho fora em algum lugar para ganhar uma alma. Ponha isto ao nosso alcance, Senhor, nós oramos. E dê-nos a vida que provoque nas pessoas o desejo de viverem assim, enquanto consagramos a nós mesmos a Ti, esta noite, no Nome de Jesus Cristo. Amém.
154 Possa o grande Presente de Natal, o primeiro e o único e o original e o único que existe, Jesus Cristo, ser de novo em seus corações esta noite. Possa o Espírito Santo vir até você trazendo o ministério dos dons e coisas de Deus, que tu… um dom que te faça viver uma vida melhor. É o que quero. Preferiria ter a vida de Cristo em mim e viver amável e vitorioso, do que ter todos os dons de cura, de profecia, e todos os outros dons; simplesmente dê-me isto Jesus. Deixe-me viver a Vida. A Vida que quero viver. Quero viver de tal modo que os outros saberão. Este é o meu desejo para o Natal, e eu oro para que seja o desejo de vocês. E eu oro para que Deus nos dê o Seu desejo.
155 Agora, vamos ter uma palavra do pastor, e uma despedida. E Deus abençoe vocês. Nós vos veremos quarta-feira à noite. Deus…

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...