POSSUINDO AS PORTAS DO INIMIGO
08 de Novembro de 1959
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO


1 Agora que vamos começar nosso serviço de oração pelos enfermos e trazer a Palavra. Eu escolhi para esta manhã uma pequena passagem na Escritura, dois lugares na Bíblia, para falarmos a respeito. Mas antes de falarmos, vamos inclinar nossas cabeças por um momento, para orarmos.
2 Bondoso Deus, humildemente nos aproximamos do Teu trono de graça nesta manhã, como filhos indignos, mas vindo com uma fé inadulterável em Deus, que nos foi dada através do Espírito Santo, e a Sua presença constante para conosco. E através de uma promessa pelo Senhor Jesus, que se viéssemos humildemente e se pedíssemos qualquer coisa em Seu Nome, nos seria concedido nosso pedido. Portanto, nós não olhamos de volta aos nossos méritos, porque não temos nenhum, tais, mas olhamos aos méritos do Calvário, onde nossa graça nos foi dada livremente pelo Filho de Deus. E dificilmente podemos segurar as lágrimas que embargariam nossas gargantas, quando pensamos em nós, um povo indigno, e como que por Sua graça lá no Calvário Ele fez aquilo por nós, para que pudéssemos ser trazidos tão perto de Deus, mesmo pra um relacionamento. E agora somos filhos e filhas Dele.
3 E vimos nesta manhã, Senhor, sob este pequeno teto, par anos dedicar, e para o serviço, confessando nossos pecados, e… e em companheirismo Divino. Nós confiamos que Tu estarás conosco e nos dará um discernimento espiritual da Tua breve vinda, para que possamos preparar nossos corações diariamente para aquele grande evento que tem sido procurado por milhares de anos. Toda natureza está realmente gemendo, clamando para ser liberta. E nosso espíritos que estão dentro de nós, Senhor, estão constantemente confessando que “somos peregrinos e estrangeiros, e este não é o nosso lar, mas procuramos uma Cidade cujo construtor e Artífice é Deus”. Nós esperamos que aquele grande tempo venha.
4 Senhor, estamos atentos a estas reuniões, quando nos ajuntamos aqui, oramos pelos Teus filhos que estão enfermos e aflitos. E pedimos para que tu fales conosco hoje de uma maneira muito especial, para curar todas as doenças e enfermidades no nosso meio. E que possa ser, Senhor, que esta promessa da qual previamente falei, na reunião Contigo ali ontem, logo após o entardecer, e como Tu confirmaste isto outras e outras vezes. E sentimos que a hora está muito perto, e que este possa ser o dia, Senhor, que isto acontecerá, que Tu mudes o ministério, Senhor, em algo que seja mais gracioso para o Teu povo.
5 E agora, Pai, Deus, não oramos somente por estes aqui, mas por aqueles que estão espalhados pelo mundo, que estão necessitados, de ambas as partes, espiritual e fisicamente. Conceda-lhes, ó Senhor, os desejos dos seus corações, porque os Teus filhos estão lutando nestes dias. A pessoa do inimigo é tão forte, porém Tu és mais forte. Pois está escrito, “Maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo”. E por esta graça nós vencemos. Fala-nos através da Tua Palavra escrita. E quando sairmos nesta manhã, que possamos dizer como aqueles que saíram de Emaús, “Não ardiam os nossos corações por dentro enquanto nos falava pelo caminho?” Nós pedimos isto no Nome de Jesus, O Qual deu a promessa. Amém.
6 Lerei agora em dois lugares no Livro de Gênesis, um deles é encontrado no capítulo 24, começando com o verso 56, está escrito assim.
Lerei agora em dois lugares no Livro de Gênesis, um deles é encontrado no capítulo 24, começando com o verso 56, está escrito assim.
Ele porém lhes disse: Não me detenhais, pois o Senhor tem prosperado o meu caminho; deixai-me partir, para que eu volte a meu senhor.
E disseram: Chamemos a Donzela, e perguntemos-lho.
E chamaram a Rebeca, e disseram-lhe: Irás tu com este varão? Ela respondeu: Irei.
Então despediram a Rebeca sua irmã, e a sua ama, e ao servo de Abraão…
E abençoaram a Rebeca, e disseram-lhe: Ó nossa irmã, sejas tu em milhares de milhares e que a tua semente possua a porta de seus aborrecedores!
7 E em Gênesis 22, verso 15, nós leremos.
Então o anjo do Senhor bradou a Abraão pela segunda vez desde os céus,
E disse: Por mim mesmo, jurei, diz o Senhor: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único.
Que deveras te abençoarei, e grandíssimamente multiplicarei a tua semente como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua semente possuirá a porta dos seus inimigos;
E em tua semente serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz.
8 Agora, que o Senhor possa acrescentar Suas benção à leitura de Suas Palavras. Agora eu gostaria de tomar, se isto deve ser chamado de texto, o meu assunto nesta manhã, primeiro, é, provando diante de portas prometidas, e o assunto é: Possuindo as Portas do inimigo.
9 Deus havia testado o patriarca porque Ele lhe havia dado uma promessa. E quando Deus faz uma promessa, Ele deseja estar certo que esta pessoa é digna da promessa, antes Dele cumprir o que Ele disse ou o que Ele promete. Então Abraão havia sido prometido que através de sua semente todo o mundo seria abençoado, que ele teria um filho, e este filho, dele deveria vir uma semente que abençoaria toda a terra. E Abraão, quando a promessa foi dada a ele, estava com setenta e cinco anos de idade; e Sara, sua esposa, estava com sessenta e cinco anos de idade. Mas a Bíblia nos diz que Abraão não vacilou na promessa de Deus, através de incredulidade, mas foi forte dando louvores a Deus. E Deus, tempo após tempo, o testava, mas ele havia chegado àquele teste final antes que a benção acontecesse.
10 E esta é a maneira que é com toda Semente de Abraão. Deus nos dá aquele teste final pouco antes Dele nos dar a promessa. E se isso fosse possível, eu gostaria de dizer algo aqui, pessoalmente, mas eu segurarei isto. Aquele teste final, para ver como você reagirá nele. E quando Ele deu a Abraão este teste, Ele encontrou Abraão tão fiel como ele era quando ele começou. Que benção seria nesta manhã se nós que tomamos a Sua promessa de cura permanecêssemos tão fieis como estávamos quando aceitamos isto, não importa o que o médico disse, simplesmente permaneça fiel.
11 E quando ele fez isto e nunca reteve o seu próprio filho, mas estava pronto para cravar a faca no peito de Isaque, para destruir o seu testemunho… Ele havia testificado através de toda terra conhecida que ele estava familiarizado, que ele iria ter este filho. E quando o filho veio, lhe foi pedido para voltar e destruir a única esperança que tinha para que seus testemunhos se cumprissem. E quando Deus viu que ele era fiel àquela fé que ele tinha em Deus, Deus olhou dos céus e disse, “Eu jurei por Mim Mesmo que eu te abençoarei e te multiplicarei, e a tua semente possuirá a porta dos seus inimigos”. Que promessa!
12 E Rebeca, que era para ser a mãe deste notável e esperado filho prometido, quando ela foi chamada para o teste final de um homem estranho que ela nunca havia visto antes, ela somente viu a operação do Espírito Santo. E quando os seus pais não podiam decidir totalmente se ele deveria ir com este estranho ou não, para ser a esposa de um homem que ela nunca havia visto, ela foi trazida ao teste final. “Nós chamaremos a donzela e deixaremos que ela fale. Nós ouviremos de sua boca se ela irá, sim ou não”.
13 Esta é a maneira que isto tem trazido toda Semente de Deus. Tem que ser da sua boca. Deus deseja ouvir de você.
14 Então quando ela foi colocada no teste, ela nunca hesitou um minuto. Ela disse, “Eu irei”. Eu gosto disto. Não, “Deixe-me resolver, deixe-me estudar isto outra vez”. Ela foi totalmente persuadida! Este é o povo que Deus pode usar, quando você está totalmente persuadido que Deus guardará a Sua promessa. Disse, “Irei!”
15 E o seu povo então tão ungido, talvez não sabiam disto, mas eles profetizaram quando colocaram suas mãos sobre sua irmã, e sua filha, esta bonita jovem judia, assim eles a colocaram sobre o camelo e a enviaram para uma terra estranha, entre um povo estranho. Mas lá havia algo neles, eles disseram, “Que tua semente possa possuir a porta dos teus inimigos. Sejas tu a mãe de milhares de milhões”.
16 E hoje aquela raça de pessoas e o povo de Deus está espalhado de mar a mar ao redor do mundo. Naquela ressurreição eles serão como estrelas no céu, enquanto suas luzes brilhantes tomam suas luzes brilhantes tomam suas posições, enquanto vão através do céu. E quando eles vierem eles serão como os mares perto da… ou areia na praia do mar. Lá haverá milhares de milhões deles.
17 “Tua semente possuirá a porta do inimigo”. Esta é a promessa jurada de Deus. A semente de Abraão. E então através do Seu Santo Espírito, vendo que a mãe tinha que ser parte do filho também, porque eles são parte da carne, então o Espírito Santo trabalhando através deste povo, disse, “Ele… que a tua semente possua a porta do inimigo”. Então Deus jurando que Ele possuiria a porta do inimigo, então em que posição aquilo coloca a Igreja do Deus Vivo?
18 Nós somos Semente de Abraão, pois se estamos mortos em Cristo, somos, tomando em conta a semente de Abraão e somos herdeiros com ele sob a mesma promessa jurada. Somos semente de Abraão, e somos herdeiros de cada promessa que lhe foi dada. Ms quando as provas vêm, é ai onde falhamos. Mas eu não creio que uma semente verdadeira de Abraão falhará, elas se colocarão tão corajosas e fiéis como era Abraão.
19 Agora vemos que Deus não pode dizer nada ou – ou fazer qualquer promessa a não ser que Ele a cumpra. Ele tem que fazer aquilo em ordem para ser Deus. Anos mais tarde, quando este mesmo povo, o povo prometido, a semente de Abraão estava em sua jornada indo para… uma terra prometida, lá havia uma porta que estava, e estava contra ele, e era o seu próprio irmão, Moabe, que disse, “Tu não atravessarás a minha terra. Vejo que tu não atravessarás a minha terra”.
20 Ele disse, “Se nossas vacas comerem qualquer grama sua ou se beberem quaisquer de suas águas, nós pagaremos por isto”.
Mas ele disse, “Tu não atravessarás esta terra”.
21 Mas a promessa de Deus permaneceu verdadeira. Então eles foram e chamaram o profeta deles, Balaão, e o trouxeram para amaldiçoar o povo. E aqui está o que ele disse. Eles tentaram lhe mostrar a pior parte da semente abençoada, mas Deus lhe mostrou a melhor parte disto. Ele disse, “Seja quem for que amaldiçoar Israel será amaldiçoado, e seja quem for que o abençoar será abençoado”. E as barreiras foram rompidas e Israel atravessou as planícies. Deus prometeu que ele possuiria a porta do seu inimigo.
22 Com o passar dos anos, lá veio um chamado Daniel, o qual estava na linha de Sua semente real, e na linha das promessas, porque ele era semente de Abraão. E Deus o havia escolhido antes da fundação do mundo, para ser Seu profeta. E ele vivia corajosamente e vivia fiel, e mesmo em uma terra estranha, ele havia proposto em seu coração, “Eu não me perverterei com eles”. Esta é a verdadeira semente de Abraão. Vivendo em uma terra que é diferente, vivendo entre um povo que é diferente, mas mesmo assim corajoso com aquela promessa, “Eu não me perverterei com eles. Eu permanecerei fiel”.
23 Deus o colocou em uma prova como Ele fez ao seu pai, Abraão. E o rei disse, “Ou você será como um de nós adorando da maneira que adoramos, ou eu te jogarei em uma cova cheia de leões famintos”.
24 Daniel, como Abraão, seu pai, disse, “Tu podes me jogar na cova dos leões, mas eu não inclinarei a nenhuma de suas imagens. Eu não tomarei a tua religião formal. Eu permanecerei fiel a Jeová”.
25 E lá veio a prova final então. O rei cumpriu sua promessa e apanhou o profeta, ou mandou que o apanhassem e o jogassem na cova dos leões. E quando os leões, o inimigo de Daniel, correram para o lado do profeta, Deus guardou a Sua promessa. Ele possuiu a porta do inimigo. Deus colocou um Anjo lá diante daqueles leões, e tomou a porta, Deus guarda a Sua promessa, “Ele possuirá a porta do seu inimigo!” Assim disse Deus.
26 Então havia mais três lá embaixo que haviam prometido a si mesmos lealdade à causa, os quais eram verdadeiramente sementes de Abraão, e estes eram Sadraque, Mesaque e Abedenego, e eles foram colocados em uma prova. E eles disseram, “Se não inclinares quando ouvirdes as harpas tocando e as trombetas soando, se não inclinares à nossa religião, e se agastarem destas coisas que estão… estão firmados! De qualquer forma vocês estão molhados, a sua religião não é mais do que as outras”. Não ouvimos isto o tempo todo? Mas o … a religião de Jesus Cristo é diferente. O poder da Sua ressurreição é diferente. Nós somos um povo diferente, um povo peculiar, um sacerdócio fiel. Deus faz a diferença.
27 Mas quando eles disseram, “Tu terás que se tornar um dos nossos!” Não teria tido problemas se Sadraque e Mesaque e abednego, quizessem tornar um deles, mas eles nunca se tornariam um dos estrangeiros. Agora, eles disseram , “Se vocês não fizerem isto, temos uma porta aqui fora para uma fornalha que podemos abrir e te jogar dentro dela, e vocês irão desejar ter sito um dos nossos”.
28 Eles lembraram da promessa. Eles os levaram diretamente para a fornalha ardente, e quando eles abriam a porta e os jogaram nas chamas, o inimigo que teria que consumi-los, eles possuíram a porta do inimigo. Deus enviou o Seu Filho naquelas chamas de fogo e esfriou as cinzas, e conversou com eles enquanto eles estavam ali. A promessa de Deus ficou verdadeira. Eles possuíram a porta do inimigo. Primeiro testados, então eles possuíram a porta do inimigo. Não foi Jesus quem fez a promessa, “Se ofenderdes a um destes pequeninos, lhe seria melhor colocar uma mó no pescoço e se jogar nas profundezas do mar. Nem mesmo trazer uma ofensa a estes pequeninos que crêem em Mim. E estes sinais seguirão aqueles que crêem em Mim”.
29 Ele fez a diferença.Ele fez a diferença. Ele fez uma demonstração do que cria e do que não cria. Sempre há os três grupos de pessoas, que são o incrédulo, o manufaturado e o crente. Mas Deus tem uma maneira de provar quem é o crente permanece firme no que Deus diz ser a Verdade. Sim.
30 Foi Elias, o Tisbita, quando ele veio para a prova final, ate que ele mesmo pensou que ele era o único na nação que ainda vivia para Deus. E o rei iria coloca-lo sob um julgamento, e eles o perseguiam. E aquele pequena rainha pintada chamada Jezabel, ameaçou a sua vida. E quando ele chegou para a prova final, Elias possuiu a porta do seu inimigo e tornou toda a nação de volta para Deus outra vez. Deus guarda Sua promessa.
31 Foi Moisés, depois de estar também na linha desta semente real, a semente de Abraão, foi quando ele foi enviado para o Egito para libertar os filhos de Israel, e Deus lhe havia dado sinais e maravilhas para realizar, e para ferir a terra, e para trazer sapos, pulgas, trevas, saraiva, chuva e fogo, e havia feito todos estes milagres. Mesmo quando ele os guiou para fora com a mão de Jeová, lá houve um tempo quando ele encontrou com a porta entre ele e a terra prometida, lá estava o Mar Vermelho, um obstáculo atravessando o caminho. Eles estavam cercados pelo exército de Faraó, montanhas e desertos e o Mar Vermelho, mas Moisés deu um passo para frente e possuiu a porta do seu inimigo, e atravessou o Mar Vermelho, de pés seco, como se estivessem andando numa estrada poeirenta. “Possuiremos a porta do inimigo”. Assim disse Deus, e isto está terminado!
32 Foi somente a poucos anos mais tarde quando o julgamento veio, e a igreja ficou toda agitada, como é tão fácil para uma congregação de pessoas fazer quando algo simplesmente não parece acontecer da maneira que isto tem que acontecer. Deus faz isto daquela maneira. Deus traz força para a igreja, “Pois cada filho que vem para Deus deve ser testado e provado, e testado. Ele deixa a enfermidade te atingir. Ele deixa vir doenças sobre você, para te testar e te provar, para mostrar ao mundo que você é verdadeiramente semente de Abraão. Ele permite isto por Sua Própria vontade. Ele permite desastre, Ele permite que os amigos fiquem contra você. Ele permite todas estas coisas, e solta o diabo para te tentar, ele fará tudo, exceto tirar a sua vida. Ele pode te jogar em uma cama de aflição, ele pode fazer com que os seus vizinhos fiquem contra você, ele pode colocar a igreja contra você, ele pode fazer quase que qualquer coisa, e é da vontade de Deus que ele faça aquilo. Somos ensinados que isto é mais precioso do que ouro para nós.
33 E Abraão com Isaque, no monte, aquele para o qual foi dada a promessa, e pela sua fidelidade e seu conhecimento, e sua fé em Jeová, e através daquilo e somente aquilo que Deus olhou para baixo e disse, “Sua semente possuirá as portas. Eu juro a Mim mesmo que Eu farei estas coisas”. Não há nenhum maior por quem Ele pudesse jurar, mas Ele jurou por Si Mesmo. Então se Ele permitiu que Abraão fosse tentado naquele ponto final, Ele tem que te testar e me testar naquele momento final, naquela hora de decisão quando tudo está longe de você, você tem que se colocar sozinho lá. Aleluia! É isto.
34 Ficar sozinho! Sair de lá e dizer, “Embora Ele me mate, mesmo assim eu confiarei Nele”. Esta é a semente de Abraão. É este que dá a promessa. Não importa o que o restante deles digam, o que o restante deles façam; “Pois eu e minha casa serviremos ao Senhor!” Embora todos eles parem de vir, embora a igreja se esfrie, fique indiferente;; eu e minha casa serviremos ao Senhor! Embora a igreja receba a oração e não fique bom, aquilo não tem nada a ver com isto; pois eu e minha casa, nós serviremos ao Senhor! As provas e os julgamentos.
35 Os homens não são infalíveis, mas Deus é. Homem, você coloca sua atenção em um homem, ele cometerá um erro. Talvez não desejando, mas ele fará isto. Deus permite que faça isto para que então Ele possa afastar a sua fé do homem. Nossa fé não é em sabedoria do homem, mas no poder as ressurreição de Jesus Cristo. É aí onde a verdadeira semente de Abraão descansa suas promessas, porque eles somente podem ser a semente de Abraão quando eles recebem o Espírito Santo. Sem o Espírito Santo eles não são a semente de Abraão. E aquela mesma fé que estava em Abraão entra no crente. Não importa o que aconteça ou quão contrário, o crente segue em frente.
36 Os espias retornaram e disseram: “Oh, isto é, é loucura tentar. Não há necessidade de ir mais adiante, porque aquelas pessoas lá são gigantes, e eles tem grandes governos, e eles… eles tem lanças, e ora, nós até mesmo parecemos como gafanhoto ao lado deles”.
37 Eu não sei, mas eu estou convencido a crer aqui que Josué era bem baixinho, simplesmente um pequeno companheiro. Eu posso vê-lo pular em cima de alguma espécie de caixa, e dizer, “Varões e irmãos”, e para dois milhões de pessoas, “somos mais do que capazes para toma-los!” Vêem? Por que? Lá estava uma semente de Abraão. Deus deu a promessa. Esta foi sua possessão. Deus deu a promessa. Não importa qual fosse a oposição, a verdadeira semente de Abraão disse, “Nós podemos tomar isto porque Deus nos deu!”.
38 Aí está você nesta manhã. Aí está a Igreja do Deus vivo. Não me importa o que os outros dizem, o que o médico diz, o que qualquer coisa, o que o incrédulo diz, somos mais do que superiores a qualquer coisa que venha.Somos semente de Abraão, e nós possuiremos a porta do nosso inimigo. Não importa o que o inimigo seja, Deus deu a promessa! Que pertencia a eles, a possessão deles.
39 A cura é sua possessão, salvação é sua possessão. O Espírito Santo é possessão sua. E há milhares de grandes pregadores e outros na terra hoje, que dizem, “Isto não é assim”. Porém a semente de Abraão sabe que isto é assim. Eles passaram e possuíram as portas do inimigo. Deus disse que eles o fariam. Eles crêem nisto porque isto é uma promessa. “A sua semente possuirá a porta do inimigo”. Agora, você passará por provas e aflições.
40 E Josué se colocou lá fiel. O companheirismo disse, “Não me importa quão grande sejam, nossa promessa é que “a porta será possuída pela semente dos filhos de Deus”, e nós vamos vence-los. Somos mais do que superiores a eles!”. Oh, esta é a semente verdadeira.
41 Muitos deles que nasceram de sementes naturais disseram: “Nós simplesmente não podemos fazer isto. Não há nenhuma necessidade de tentar. Então, nos excedem em número, estamos sobrepujados, somos tudo”. Não importa, ele não… Eles estavam olhando no… o que o olhou viu, e Josué estava olhando no que Deus havia dito.
42 A semente de Abraão não olha em nenhuma das coisas naturais; eles olham no que o Senhor diz. Esta á promessa. O que seria se Abraão tivesse olhado para o natural? Para uma mulher de cem anos de idade, noventa ela tinha, e ele tinha cem, e havia vivido com ela desde que ela era uma garotinha e ele era um garotinho, e nenhuma semente. Ele não olhou para estas coisas. Ele disse que ele contava estas coisas como se não fosse, pois ele somente olhava no que Deus dizia. “Eu te abençoarei, Abraão, e Eu te darei uma semente através de Sara”. E ele creu nisso. Você, não olhe para a oposição; nós olhamos no que Deus diz. Deus disse isto, então está acabado!
43 Então quando chegaram ao Jordão, quando Josué foi feito chefe comandante do exército, e eles chegaram bem a margem da água e podiam olhar par a outro lado e ver Jericó, mas entre eles, quando Josué estava com o seu exército pronto, lá havia uma porta. E aquela porta se chamava Jordão. Mas a promessa de Deus é boa em cada porta. Não importa qual seja a porta, a promessa de Deus é boa. “Ele possuirá as portas do seu inimigo”. Está terminado. Quando ele chegou ao Jordão naquela manhã, talvez, eu creio que o diabo tinha nuvens de tempestade por todos os lados, aquelas grandes águas lamacentas correndo, os campos haviam sido varridos por uma inundação. Oh, que hora de prova! Mas Josué disse, “Aprontem-se, vocês verão a Glória de Deus!” E eles se santificaram e aprontaram, se aprontaram quando tudo parecia ser ao contrário. Mas aquela era a semente de Abraão, a qual Deus jurou, “Lhe darei a porta”. Ele chegou ao Jordão, aquela era sua porta, e a possuiu.
44 Em algumas destas manhãs eu tenho que chegar àquela última porta também. Você tem que chegar ao Jordão, mas a semente de Abraão possuirá a porta. Não importa o que seja, você possuirá a porta de cada inimigo.
45 Todos aqueles homens eram grandes homens, eles morreram na fila. Mas finalmente um dia em Belém de Judá, a Semente Real nasceu, da qual o resto deles era simplesmente sombra. A Semente Real nasceu, não de homem, mas Ele nasceu de uma virgem, com o Poder em Suas veias para conquistar a morte e o inferno. Deus fez uma promessa. Um homem comum não poderia fazer isto. Mas se Deus faz uma promessa, Ele é simplesmente o mesmo Deus que Ele era a poucos minutos antes, com Abraão, Jeová-Jiré, o Senhor proverá o caminho para possuir a porta. Como iremos fazer isto? Josué morreu, Moisés morreu, o restante deles morreu, mas Deus disse, “Ele possuirá a porta do seu inimigo”.
46 A semente Real nasceu. Ele foi tentado de todos os modos que somos. Exatamente como temos que ser tentados, assim era Ele. O diabo rapidamente O apanhou quando Ele recebeu o Espírito Santo no deserto por quarenta dias e noites, para ser tentado. E quando Ele saiu… E em Sua morte, eles cravaram pregos em Suas mãos, e cuspiram na Sua face. Ele passou por cada enfermidade. Mas quando Ele estava aqui na terra, Ele provou que Ele podia conquistar a enfermidade. Quando a mãe da mulher de Pedro estava enferma, paralítica, ele tocou em sua mão e a febre a deixou. Quando o leproso clamou na porta, “Imundo, imundo! Se Tu quiseres, Tu podes me curar”.
47 Ele disse, “Eu quero. Sede curado!”. Ele conquistou e tomou a porta da lepra. Ele tomou a porta da febre. Ele fez com que cada natureza O obedecesse. Ele era a Semente de Abraão, a Semente Real, Aquele para o Qual foi dada a promessa, através Dele Abraão e toda a semente que o seguiu até a Semente Real e toda semente após Ele. A promessa de Deus é verdadeira. Ele conquistou a enfermidade. Ele conquistou a tentação. Quando o inimigo cuspiu em Sua face, bateu em seu rosto, Ele virou o outro lado. Quando eles arrancaram barba da Sua face e cuspiram Nele, Ele na Se irritou. Ele conquistou a porta da tentação e tomou isto.
48 Então você diz, “O meu temperamento não me deixa fazer isto”. E você semente de Abraão, sim, senhor, Ele conquistou isto para você.
49 E quando Ele estava sendo irritado, Ele não devolveu aquilo. Quando ele foi criticado, Ele ficou quieto. Quando Ele foi chamado de Diabo, Ele Se conteve. Ele tinha um negócio e este era o negócio do Pai, e Ele foi fazer aquilo. E então finalmente eles O levaram para uma cruz. A morte teria que enfrenta-lo. Todo o restante deles havia conquistado os mares, e havia conquistado a natureza a natureza, e havia conquistado os leões, eles haviam conquistado o fogo, eles haviam conquistado tudo, exceto a morte. Mas aqui estava uma pulsação do Seu cérebro, Suas veias, e tinha o Poder conquistador da morte. Então eles tomaram Suas mãos e O esticaram e O pregaram na cruz. Eles bateram Nele e O despiram até que Seus ossos apareceram. Mas quando ele conquistou, eles haviam feito tudo que eles podiam fazer, a morte O apanhou, disse, “Agora, eu Te levarei como eu fiz com Josué. Eu Te levarei como eu fiz com Daniel. E eu farei tudo isto porque eu vou Te matar”.
50 E Ele morreu e até mesmo o sol se envergonhou. Ele morreu até mesmo a natureza se envergonhou e não quis movimentar-se. O sol se pôs no meio do dia, e as estrelas não apareceram. Ele morreu e os elementos se tornaram tão escuros que você não podia ver a sua mão diante de você ao meio dia. Eu suponho que a natureza disse, “Deixe-me morrer juntamente com Ele”.
51 Mas, irmão, então o diabo enviou a Sua preciosa alma nos abismo insondáveis do inferno. Lá as portas se abriram, mas Ele saiu no terceiro dia, conquistou aquilo. Amém! “A Sua semente possuirá a porta do inimigo”. Conquistou a morte. Ele conquistou o inferno, e naquela primeira manhã de Páscoa Ele conquistou a sepultura. E agora somos mais que vencedores, através Dele que nos ama.
52 No dia de Pentecostes Ele enviou o Espírito Santo para continuar, através dos gentios, para tomar uma semente da promessa, para dar aos gentios, os rejeitados, para lhes dar o batismo com o Espírito Santo, para lhes levar para dentro da Promessa. Agora temos o direito para conquistar toda a enfermidade. Nós não temos que conquista-la, ela já foi conquistada. Temos que simplesmente clamar pela promessa, ir e apanha-la. Isto já foi conquistado, a enfermidade está conquistada, as tentações estão conquistadas, todos os demônios estão conquistados, o inferno está conquistado, a morte está conquistada, a sepultura está conquistada. Estamos parados na porta, tomando isto! Não tem que detonar uma bala. Isto já foi pago…
53 Seu inimigo, Ele possuirá a porta de seu inimigo. Quantos milhares de milhões? Ele possuirá a porta do seu inimigo, cada inimigo! Ele levantou da morte. Nós possuiremos isto porque Ele nos deu isto. Tudo é uma dádiva livre., e alem de tudo isto, de tudo que Ele fez, e conquistou cada porta, Ele conquistou a enfermidade, tomou a prota. A única coisa que temos que fazer é chegarmos até a porta e dizermos, “No Nome de Jesus Cristo, o Conquistador!” Amém.
54 Quando chega a hora de morrer, e a morte diz: “Observe eu fazer com que ele retire a sua religião”.
55 “No Nome de Jesus Cristo de Nazaré, volte atrás, Jordão!” A semente de Abraão toma a porta.
56 Ora, Paulo disse, quando eles estavam preparando para cortar a sua cabeça, uma semente de Abraão, ele disse, “Morte, onde está o seu ferrão? Sepultura, onde está a tua vitória? Graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo”.
57 Ele possuirá a porta do seu inimigo, a tomará! Agora, Ele não quebrará a porta; ele a conquistará e a vencerá, ele a possuirá! Este é o Seu Próprio poder.
58 Na Igreja do Deus vivo, nesta manhã, está o poder para curar as enfermidades. Na Igreja do Deus Vivo está o poder para vencer toda tentação. Na propriedade da Igreja do Deus Vivo, nesta manhã, está o poder ara transformar o pecado e joga-lo fora e receber o batismo do Espírito Santo, na igreja de Jesus Cristo. “O que desejares, e pedires, no Meu Nome ser-lhe-á concedido. Um pouco mais e o mundo (não são a Semente, a semente pecaminosa) não Me verá mais. Ainda me vereis, pois estarei convosco, mesmo em vós, até o fim do mundo”. Como? A Semente Real. “As obras que faço, também as fará. Eu vos asseguro que estarei convosco, pois estes sinais seguirão aqueles que crerem”. Ele possuirá a semente do seu inimigo. Ele possuirá a semente do seu inimigo. Ele possuirá, a sua semente possuirá, a sua semente a porta do seu inimigo”. Não importa qual seja a porta, se é enfermidade, tentação, pecado, seja o que for a porta, está conquista. E a semente de Abraão a possuirá.
59 Não está você feliz nesta manhã em saber que estamos aqui agora mais do que vencedores, mas do que vencedor! Oh, não há razão para brigar. A batalha terminou, o apito soou, a bandeira levantou; e no meio de cada pilha de pecado, nomeio de cada quarto enfermo, está fincada esta velha e rude cruz pelo Sangue de Jesus Cristo, o Conquistador. A única coisa que temos que fazer é crer, olhar e viver. “Eu estarei convosco, Eu provarei! As pessoas vêm nos últimos dias e dizem, “Oh, bem, foi aquilo! Mas eu estarei em vós fazendo a mesma coisa. Então sabereis. Eles Me verão. O … Meu povo Me verá. A semente de Abraão me verá. Ela Me conhecerá, eles Me conhecerão. Os outros Me chamarão de “Belzebu” exatamente como eles tem feito, mas vós Me conhecereis pois estarei convosco. Vós me vereis, vereis com seus olhos. Vós me vereis, pois estarei convosco, até o fim do mundo. As mesmas coisas que Eu faço, aquele que crê em Mim e nas obras que Eu faço, também as fará. Os mesmos tipos de obras!”
60 E hoje a Igreja do Deus vivo tem o privilégio de se colocar de pé e ver o vencedor e ressureto Jesus Cristo, o Filho do Deus Vivo, de pé presente, vivendo em Sua Igreja, fazendo a mesma coisa que Ele fez, outra vez. Então possuímos a porta de cada inimigo.
61 Se você tem um inimigo nesta manhã, então, meu irmão, não há… se você é uma semente de Abraão, depois de ouvir isto, não há demônios suficientes no inferno que possam segurar aquela porta diante de você. Ela abrirá. Não me importa o que seja, você chega até lá como uma semente prometida, diga, “Eu clamo isto para mim. Isto é meu porque Deus jurou que Ele levantaria Jesus e que através de Jesus eu conquistaria isto, e eu venho no nome daquele Vencedor, Jesus Cristo. Afasta-te, estou atravessando!” Amém. “Ele possuirá a porta do inimigo”. Então se coloque lá de pé com seus ombros levantados e o seu escudo brilhando, coberto pelo Sangue do Senhor Jesus, o inimigo reconhecerá isto.
62 Se você tem alguma necessidade, fale com ele agora enquanto oramos. E vocês aqui nesta manhã, enquanto vocês estão com suas cabeças inclinadas, se vocês têm uma necessidade, levante sua mão em direção a Jesus e somente fale em seu coração. Em seu coração, diga: “Senhor, Tu conheces minha necessidade. Agora, eu tenho ouvido nesta manhã, e esta é a Bíblia, “Ele possuirá a porta do inimigo”. Estou vindo para possuir a porta. Talvez eu seja temperamental, talvez eu precise do Espírito Santo, o pecado tem me amarrado. Eu tenho necessidade, mas estou chegando à porta agora”. “Eu vou toma-la nesta manhã, minha porta. Então vá embora, estou passando”.
63 Bendito Senhor, Tu tens visto todas estas mãos, e Tu sabes que esta é a Tua Palavra, Senhor. Eu simplesmente A citei e A trouxe através das Escrituras, os personagens da Bíblia, como eles conquistaram reinos e fizeram justiça, e extinguiram o fogo, a violência do fogo, e escaparam do fio da espada, e fecharam as bocas dos leões, e oh, suas velhas mulheres recebiam seus mortos de volta com vida, e muitas coisas, porque Tu prometeste isto. É a Tua promessa, “A Sua semente , sua semente, Abraão, possuirá a porta do… do inimigo”. E Tu guardas a Tu promessa.
64 Agora conceda-lhes, Senhor, o desejo dos seus corações. Que eles possam sair daqui pessoas diferentes. Que eles possam ir, sabendo que são… eles são vencedores porque a Semente Real conquistou por eles. O Majestoso Rei quando Ele vier, nascido de uma virgem, Ele conquistou cada inimigo, mesmo para a morte, então a morte ela mesma não pode afugentar a semente de Abraão. Nós temos a promessa que herdaremos a terra, e voltaremos outra vez de uma maneira mais gloriosa, em um corpo glorificado, depois que o último inimigo ficar sob os pés do único e último filho de Deus que entrará no Reino.
65 Se há aqueles com suas mãos levantadas, Senhor, que são pecadores, salve-os. Aqueles que se apostataram, que eles possam saber que eles não precisam de permanecer ns apóstatas. Ele pode possuir aquela porta da apostasia. Talvez com um temperamento ou… uma língua suja e vulgar, ou um coração de cobiça, ou um ganancioso por dinheiro ou… ou alguma coisa imunda, que eles possam saber que eles podem possuir a porta. “Pois Ele foi ferido por nossas transgressões, moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos trás a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados”. Somos vencedores nesta manhã. Conceda isto, Senhor. E além de tudo isto, aquela grande obra que foi feita através Dele, Ele ainda está conosco. Ele ainda prometeu que as faria. “Um pouco mais e o mundo não Me verá, vocês Me verão, pois estarei convosco, mesmo em vós, ate o fim do século”. Eu oro, Pai, para que Tu Te faças conhecido a cada um nesta manhã. Pois pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
66 Crê você que isto é a Verdade? Creia solenemente que isto é a Verdade, sem nenhuma oscilação de dúvida em seu coração. Agora somente lembre disto, a obra do Espírito Santo é tão simples que confunde a mente intelectual. As coisas mais simples que eu já… Eu tenho visto o Espírito Santo fazer isto; eu digo coisas que, ora, eu não pensava que seria daquela maneira. Se eu tivesse que usar a minha própria mente, eu diria, “Bem, aquilo não pode estar certo”. Porém isto sempre está certo. Ele faz coisas tão simples. E Ele faz coisas para fazer a Si Mesmo conhecido ao Seu povo. Deus está com o Seu povo. Ele está no meio do Seu povo. Ele os ama e Ele deseja fazer algo por eles, e ajuda-los, e para que eles simplesmente saibam não o que Ele fará, mas o que Ele tem feito. Ele já fez isto, é seu. Isto pertence a você. É um dom gratuito de Deus nosso Pai, para a Sua Igreja.
67 Agora como a mente intelectual será tão torcida, como nos dias de Daniel, nos dias dos filhos hebreus, e dos muitos dos quais falamos nesta manhã. Vêem, o grande mundo intelectual naquele dia era tão difícil para vencer como o é agora. Tem sempre sido o inimigo, de sua maneira de ver e sua ciência moderna e coisas, as coisas então era tão complicadas para a mente como o é para nós hoje. Vêem, era a mesma coisa. Mas lá estavam aqueles , sempre, que desafiaram permanecer lá e dizer, “Deus é correto. A Palavra de Deus é a Verdade.
68 E você, você não tem que vencer, porque Ele há venceu. A única coisa que você tem que fazer é simplesmente subir e tomar, se colocar na porta, e dizer, “é minha. Isto é meu. Deus me deu isto, a minha salvação. Se eu quis o Espírito Santo, Deus mo deu. A promessa é para mim, para nossos filhos, e para todos os que estão longe, tantos quantos o Senhor chamar”. Isto é porque eu me coloco somente para…
69 O meu ministério deste discernimento e outros, logo acabará agora. Mas ele sempre estará ali, mas ele logo terminará, porque vai haver algo maior. Vêem? Isto algo maior. Vêem? Isto vai subindo; de um segurar de mão, até o discernimento, e agora ela está preparando para fazer outro. Vêem? Vêem isto? Observe isto e saiba que isto é a verdade. Vêem, eu sei que isto é a Verdade, e isto ficará maior, mais alto e melhor. Ora, Ele prometeu isto, e, o que Ele promete, Ele cumpre. Ele não pode falhar em Sua promessa. E o que é isto? A Sua sempre-viva Presença conosco, para colocar… para que você possa saber que Ele tem tomado a porta para você.
70 Ele era uma Semente Real, ninguém poderia tomar aquelas portas exceto Ele. Todos aqueles lá atrás eram sombras da Sua vinda, mas quando Ele veio isto terminou toda a luta. A luta terminou no Getsemani e no Calvário. E agora estamos como vencedores. Vêem, não há nenhuma batalha para lutar. Nós, a luta terminou, nós simplesmente a ganhamos. Uma realidade abstrata disto, um escrito garantido por Deus, nosso Pai, o Qual levantou Sua mão, disse, “Eu juro a Mim mesmo que a sua Semente possuirá a porta do inimigo”. E ai está, isto já foi tomado. “Ele foi ferido por nossas transgressões; pelas suas pisaduras fomos sarados”. Isto já foi feito. Uma obra consumada, nós simplesmente possuímos isto. “E as obras que faço, também as fará”. O Rei está conosco nesta manhã. Suas grandes bênçãos, o Espírito Santo movendo sobre nós. Para sentir aquela gloriosa sensação, para saber que isto está exatamente com º.. em linha com a Palavra de Deus, isto nos dá tal maravilhosa consolação em saber que… que Deus é o nosso Pai.
71 Agora, eu creio, ele… ele distribuiu os cartões de oração nesta manhã? Eu lhe disse se… se lá não houvesse umas dez a quinze pessoas, ou algo, os estranhos na porta, ora, seria para distribuir os cartões de oração, para que então pudéssemos traze-los e orar por eles. Quantos estranhos estão conosco nesta manhã, levantem suas mãos. Oh, certamente há quinze ou uns vinte. Está bem. Nós colocaremos em ordem estes cartões de oração e os traremos até a plataforma. Vêem, a razão pela qual eu disse o povo do Tabernáculo, é que eles estão aqui.
72 Este discernimento, recordem. Estou falando isto, o discernimento logo chegará ao fim. Lá haverá algo muito maior e muito melhor, exatamente a caminho. Lá havia, que eu saiba, vêem, estou olhando pra dois irmãos agora que estavam comigo ontem quando aquilo aconteceu, vêem, e um dia antes que isto acontecesse. E agora já são três vezes na fila que isto acontece. Uma confirmação que está bem à mão, vêem, simplesmente preparando para acontecer.
73 Agora, Senhor, Tu és Deus, e nós somos Teus servos. Nós Te agradecemos pela Tua Palavra, pelo Espírito Santo que tem abençoado nossos corações. E agora estamos satisfeitos, estamos assentados aqui, sabendo que somos vencedores. Nós já possuímos todas as portas do inimigo. Isto nos tem sido dado, e temos a chave mestra em nossa mão. O Nome de Jesus Cristo abrirá cada porta do inimigo. Tome esta chave, a chave do Nome de Jesus, e abra cada porta do inimigo que tem te amarrado e afastado de qualquer promessa. E, Deus, nesta manhã nós vimos no Nome de Jesus, com esta chave, para abrir as portas para o enfermo e aflito. Pois está escrito em… em Sua Palavra, “Em meu nome expulsarão demônios. Falarão em novas línguas. E se apanharem serpentes ou beberem qualquer coisa mortífera, não lhes fará dano algum. Eles colocarão suas mãos sobre os enfermos e eles sararão”. Sabemos que estas coisas são verdadeiras. E conceda nesta manhã, Senhor, que eles, as pessoas sejam capazes de verem aquilo através da manifestação da Palavra feito carne e habitando no nosso meio, pois Ele foi ferido por nossas transgressões, pelas Suas pisaduras fomos sarados, e que eles possam aceitar isto e serem curadas nesta manhã, de todas suas doenças, enfermidades e problemas. Nós pedimos isto no Nome de Jesus. Amém.
74 Você poderia tocar, Teddy, “Somente Crer”, suave e devagar, se você quiser. E agora querem que eu comece do um? Cartão de oração, número um. Um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove e dez, ou seja qual for. Está vem. Você quietamente, se você pode subir, venha ate este lado. Huh? Cerca de, vejamos, numero um, numero dois. Quem tem o cartão de oração número um? Huh? Número dois? Está bem, senhor. Número três, número quatro, número cinco, número seis, número sete, número oito, número nove, número dez.
75 Enquanto eles estão a caminho e tomando suas posições de pé, eu gostaria de fazer uma pergunta para alguns do restante de vocês. Quantos…. Há alguma pessoa do Tabernáculo aqui que está doente? Pessoas do Tabernáculo, levante sua mão. Cerca de cinco, quatro, cinco, seis, sete, oito ou nove mãos. Já alguém aqui no Tabernáculo, que são estranhos para nós, embora talvez haja chegado após o serviço e não recebeu o cartão de oração, levantará você sua mão? Qualquer pessoa que tenha necessidade de Deus, que não… que… que não vem a este Tabernáculo, e… e você está ainda enfermos e não tem cartão de oração, e você deseja ser lembrado em oração. Levantará você a sua mão, cada pessoa? Está bem. Está bom. Correto.
76 Agora, vou pedir para que você seja tão reverente o quanto você possa, por somente uns… somente poucos minutos, e então começaremos imediatamente. Agora vejamos, quanto espaço vocês tem de sobra ai, Billy? Está bem, é aquele… você tem o numero dez lá em cima? Chamei de um a dez. Onze, doze, treze, quatorze, quinze, que eles fiquem em pé agora. Se os números dez, onze, doze, treze, quatorze, quinze que fiquem de pé. Está bem, um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove, dez, onze, doze. Faltam mais dois, de uma quinze. (O irmão Branham vagarosamente conta… Editor) Quinze, dezesseis, dezessete, dezoito, dezenove, vinte.
77 Oh, espere um momento. Eu… eu lhe disse para entregar os carões de oração somente para as pessoas que não são do Tabernáculo. Certo, vêem, porque isto seria, vêem, discernimento. As pessoas dizem, “Estas pessoas vem ao Tabernáculo”. Vêem, eu… vou lhes dizer, quantos tem estado aqui, nunca estiveram aqui antes, vejamos suas mãos. Ninguém nunca esteve em nenhuma de minhas reuniões antes. Agora, está bem, só um momento agora, irmão Teddy.
78 Agora, posso dizer isto, que todos vocês que tem ouvido as reuniões, como ela é, não tem? Todas as pessoas tem estado nas reuniões? Vêem, quando o nosso Senhor Jesus estava aqui na terra, Ele não clamou ser um curador. Ele era a Semente de Abraão, certamente, e Ele tinha a promessa com Ele. Ele disse que não faria nada a não ser que o Pai Lhe mostrasse. Não é isto certo? E Ele disse, “Não posso fazer nada ate que o Pai me mostre o que fazer”. E Ele viu isto certo. Não “até que o Pai Me diga”; “até que o Pai Me mostre”. São João 5:19. “Tudo quanto o Pai faz, o Filho o faz igualmente”.
79 Agora, quando Ele… Ele vier, nós encontramos que no principio do Seu ministério, que depois que Ele tomou o – o trono de Davi… (Espaço vazio na fita…Ed) …espiritualmente falando, quando o Espírito Santo veio sobre Ele e o batismo de João, e Ele se tornou o Messias ungido. Agora, recordem, Ele era o Filho de Deus quando Ele nasceu. Ele era o Filho de Deus nascido de uma virgem. Mas quando Ele Se tornou Messias, foi ai quando o Espírito Santo veio sobre Ele, porque Messias significa “o ungido”. Vêem? E Ele era O Ungido quando o Espírito Santo veio sobre Ele. Vocês me ouviram pregar sobre A Pomba e o Cordeiro. Então encontramos quando Ele… Após os Seus quarenta dias de tentação, Ele saiu.
80 E como o Seu ministério começou, e como terminou? Encontramos que em Seu ministério lá havia um homem chamado André, que saiu e encontrou seu irmão, Simão, um pescador, e o trouxe a Jesus. E Jesus lhe disse, disse, “O teu nome é Simão. O nome do teu pai é Jonas. De hoje em diante te chamarás Pedro, que significa “pedrinha”. Vocês se recordam disto? E este companheiro ficou maravilhado com o que Jesus lhe havia dito! Agora, estava o Messias suposto a fazer aquilo? Quantos conhecem aquilo, digam “Amém”. (A congregação responde, “Amém” – Ed.) Ele era para ser o Deus profeta. Sim, senhor. Moisés disse, “O Senhor teu Deus levantará um profeta como eu. E será que quem não ouvir este profeta será cortado do meio de seu povo”.
81 Agora, então quando descobrimos mais tarde, Ele estava… Ele veio para os Seus. Quem eram estes? Os Judeus por natureza. Então os Seus não O receberam , assim Ele tinha então… agora Ele tinha que ir para os Gentios, vêem, porque os Seus não O receberam. “Mas a tantos quantos O receberam, deu-lhes poder para se tornarem filhos de Deus”. Então agora Ele tem voltado aos gentios, e tem sido por dois mil anos. Mas agora observe as coisas que Ele fez.
82 Então Filipe, após ter visto isto acontecer, foi e encontrou Natanael e disse a Natanael com quem ele havia se encontrado, e o que Ele havia feito, e aquilo maravilhou. Ele dificilmente podia crer naquilo, mas quando ele chegou na Presença do Senhor Jesus, quando Ele encontrou onde Ele estava, e chegou na Sua Presença, Jesus disse, “Eis um Israelita no qual não há dolo”.
83 Agora, se você estivesse lá de pé, você crê que você teria sido o suficiente espiritual para ter compreendido Quem era Aquele? Pensa você que teria feito isto? Agora observe. Vêem, aquele homem, simplesmente um estranho, ele deveria ser um pescador ali. Ele era um carpinteiro, é o que ele era. Este homem carpinteiro lá de pé, um homem de meia idade, e ali vem aquele homem. Ele olhou para ele, como um destes homens aqui, e disse, “Eis um Israelita no qual não há dolo”. Bem, como sabia Ele que ele era um israelita? Não pela maneira em que ele se vestia, pois todos eles se vestiam de modo parecido. “No qual não há dolo”. Como Ele sabia que ele era um… um homem honesto?
84 Então isto maravilhou este homem, sendo um verdadeiro crente, ele disse, “Rabi”, ou irmão, pregador, mestre, “quando Tu me viste?” Vêem, ele estava Lhe fazendo uma pergunta.
85 Ele disse, “Antes de Filipe te chamar, quando tu estavas debaixo de uma árvores, eu te vi”.
Ele disse, “és Tu o Filho de Deus. És Tu o Rei de Israel”.
86 Jesus disse, “Porque Eu lhe disse isto, agora tu crês em Mim, agora tu verás coisas maiores que estas”.
87 E esta é a razão que eu creio que a Igreja do Deus vivo verá coisas maiores que estas. Ela está se preparando para entrar bem nisto agora, resumidamente, vêem, porque eles creram nisto. Aqueles que rejeitaram isto por causa das barreiras denominacionais, eu duvido se alguma vez eles crerão em alguma coisa. Vêem? Coisas… Ou você andará na Luz ou você ficará cego. A luz cega, ou mostra o mostra o caminho.
88 Os passarinhos, foi na Estátua da Liberdade que eu descobri isto, (não se esqueça de verificar isto, irmão Tons, quando você subir ate lá, vêem), eles batem as suas cabecinhas contra aquilo ali. E eu disse, “Qual é o problema?”
89 Disseram, “Ao invés de seguir a luz, na tempestade, para a segurança, eles batem tentando apagar a luz, e se matam”.
90 Esta é a única coisa que acontece quando você bate contra a Luz, você mata a si próprio, espiritualmente, Simplesmente anda na Luz como Ele está na Luz, então nós teremos companheirismo um com o outro, todas as igrejas crerão e irão regozijar nas bênçãos de Deus. Não seria isto maravilhoso?
91 Veja a mulher Samaritana quando ela veio. Ela era uma Samaritana, agora; não um judeu, uma samaritana. E Ele disse, “Dá-me de beber”. E a conversa seguiu em frente. Isto é para os recém-chegados agora. E a conversa prosseguiu.
92 Agora, ela não sabia que Ele era o Messias. Ele era simplesmente um – um homem, um judeu. Viram como ela disse primeiro, ela disse, “Ora, não é costume de vocês judeus falarem com as mulheres samaritanas assim”. Ela disse, “Nós não temos nada a tratar um com o outro”.
93 Ele disse, “Mas, se você soubesse com Quem está falando, você me pediria de beber, e eu te traria, te daria água da qual você não vem aqui tirar”.
94 Ora, ela disse, “Agora espere um minuto”. Ela disse, “Nós adoramos neste monte, e vocês judeus adoram em Jerusalém”.
95 Jesus disse, “Mas a hora virá quando… quando você não adorará nem em Jerusalém ou neste monte, mas no Espírito; pois deus é Espírito e aqueles que O adoram devem adora-Lo em Espírito e em Verdade”. Vêem? Bem, Ele seguiu em frente, segurou a conversa até que Ele descobriu onde estava o seu problema. Ora, você sabe onde estava o seu problema? Todos sabem qual era o problema da mulher lá do poço? Ela tinha muitos maridos, não tinha? Então Ele lhe disse, “Vá e apanhe o teu marido e venha até aqui”.
Ela disse, “Eu não tenho marido”.
96 Disse, “Está certo. Você teve cinco, e aquele com o qual você vive agora não é seu”.
97 Ela disse, “Sr”. Observe-a agora. “Senhor, eu percebo que Tu és um Profeta”. Se você recorrer àquela leitura paralela, você encontrará, “Senhor”, no original, “Tu és… percebo que Tu és aquele Profeta. Agora, fomos ensinados, e sabemos que quando o Messias vier Ele fará estas coisas”. Aquele era o sinal do Messias, não é isto certo, em saber qual era o seu problema? Disse, “Nós sabemos que quando o Messias vier Ele nos dirá estas coisas. Mas quem és Tu?”
Ele disse, “Eu Sou, o que falo contigo”.
98 Ela deixou o seu cântaro. E correu para a cidade, imagino, simplesmente segurando seu coração e dizendo… segurando suas mãos em seus seios que pulavam, dizendo, “Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito; por ventura não é esse o Messias? Não é Este que a Bíblia disse que viria? É um Judeu assentado lá fora, simplesmente um homem comum, se parece com um carpinteiro. Mas Ele me disse que eu tinha cinco maridos, e todos vocês sabem que esta é a verdade. Este tem que ser o Messias”. Não é isto certo?
99 Agora, Jesus disse, “Um pouco mais, um pequeno espaço de tempo, o mundo não me verá mais. Mas vós me vereis, pois estarei convosco, ate mesmo em vós. E as obras que eu faço, também as fareis, pois eu vou par ao Pai, e voltarei na forma de Espírito”. O sacrifício é pago, a Semente Real morreu, a Semente Real ressuscitou outra vez. Agora a Igreja está justificada, crendo nisto, e a Semente Real pode entrar neste povo e até mesmo fazer com que eles unam seus filhos e filhas de Deus.
100 Agora, para o restante de vocês lá atrás que não estão na fila de oração, eu lhe disse para distribuir cartões somente para as pessoas que… Quando eu o chamei nesta manhã, ele quem me chamou, disse, “Você quer que eu desça e distribua alguns cartões, papai?”
101 Eu disse, “Se houver umas dez pessoas que não são do Tabernáculo”.
102 Agora, às vezes no Tabernáculo eu os chamo e lhes dou cartões de oração. Você volta e diz, “Bem, ele os conhecia, eles são do Tabernáculo. Ele conhecia a condição deles. Carlo!”
103 Então eu volto e digo, “Somente aqueles que são do Tabernáculo, venham. Está bem, vocês que não são do Tabernáculo, são vocês que ficarão na fila de oração”
104 “Oh, nós não os conhecemos”, diz o Tabernáculo. “Não sabemos quais são os seus problemas. Ele talvez esteja mentindo sobre isto, vêem”.
105 Então eu digo, “Não venha ninguém. Deixe o Espírito Santo simplesmente escolher aqueles que estão aqui que não são do Tabernáculo, simplesmente assentados lá”. Você continua somente…
106 Não há nenhuma maneira de levar um homem a Deus a não ser que Ele seja predestinado para ser um Filho de Deus. Simplesmente não há maneira de fazer isto. Jesus disse, “Nenhum homem pode vir a Mim a não ser que Meu pai o aproxime”. E esta é a Verdade. Tudo que Ele fez, lá havia algo contrário. Se Ele fez isto desta maneira, isto estava suposto a ser desta maneira. Vêem, é simplesmente a incredulidade. Porém a sabedoria é comprovada por seus filhos. Então você, vê você.
107 Agora aqui, estou tentando dizer a… a esta congregação de pessoas, isto, que Jesus Cristo era a Semente Real. Não é nós; é Ele. Somos somente herdeiros daquilo, porém todas as coisas são nossas. O que seria se Ele estivesse lá naquele dia quando Simão subiu, e você, ninguém, foi esta a primeira coisa que Ele fez?
108 Agora, esta será a primeira coisa para estas pessoas, se Ele fizer isto, eles nunca viram isto antes.
109 Mas quando Simão subiu, um velho pescador, e não tinha educação suficiente para assinar o seu nome num pedaço de papel. A Bíblia diz que ele era ignorante e iletrado. E então, quando ele subiu em sinal de … ? … Jesus, Jesus disse, “O teu nome é Simão”. O que você acha que ele pensou? O que você teria pensado se você estivesse lá em pé? “E o nome do seu pai é Jonas. E de hoje em diante você será chamado Pedro”. Que, o que você teria pensado? Estava o Homem lendo a sua mente? Bem, o que você teria pensado? Teria você pensado que aquele era o sinal do Messias?
110 Se aquele é o sinal do Messias em uma era, isto tem que ser o sinal do Messias na segunda era, terceira era, quarta era, cada era tem que ser o mesmo, porque Deus não pode mudar. E quantos sabem que o Messias era Deus? Certamente, Ele era, o Ungido. Seguramente. Então Ele não pode mudar. Ele tem que ser o mesmo.
111 Esta é a razão pela qual Ele teve que testemunhar a mesma coisa para os Samaritanos que Ele fez para os Judeus, porque as três nacionalidades de pessoas são Sem, Cão e Jafé; Judeus, Gentios e Samaritanos.
112 Agora, você observou o Espírito Santo? Quantos observaram que Ele abriu isto no dia de Pentecostes, para os Judeus? Filipe desceu e pregou para os Samaritanos, e os batizou no Nome de Jesus Cristo; mas o Espírito Santo não havia vindo sobre eles ainda; eles tiveram que buscar Pedro, o qual colocou suas mãos sobre eles e receberam o Espírito Santo. Não é isto correto? E a casa de Cornélio, os – os Gentios receberam Isto. Aquilo foi tudo sobre isto, dali por diante. Jesus abriu para todos agora, então ai está você. Vêem, Ele teve que abrir isto. Deus sempre tem as maneiras de fazer as coisas.
113 Agora, nesta manha, se Este que deu a promessa para a semente, e se a semente está aqui (quero crer que cada um de vocês é), se a semente está aqui, certamente verá a promessa. Agora, cada uma destas pessoas aqui de pé tem levantado suas mãos, elas nunca vieram em uma reunião antes. Elas são estranhas para mim. Eu não conheço nenhuma delas. Elas simplesmente entraram aqui, a poucos minutos atrás e Billy lhes deu um cartão de oração e que são estranhos aqui. Aquilo não tem nada a ver com isto. Você simplesmente creia que você é um herdeiro daquela promessa. Simplesmente creia que pelas Suas pisaduras fomos sarados, e creia nisto de todo o seu coração, e observe-O.
114 A única coisa que este dom faz, é simplesmente se submeter a Ele. Eu não digo nada, Ele que diz. E se Isto é o Seu Espírito de Profecia, o profeta sempre teve o Assim Diz o Senhor. Isto sempre foi correto. E nenhuma pergunta de doutrina, porque isto – isto tem que se alinhar com a Bíblia, se é Deus. Deu não pode dizer algo e então voltar aquilo atrás e torcer. Isto tem que ser a mesma coisa o tempo todo.
115 Agora, você lá fora, você creia com tudo que está em você, creia, Agora não se movam mais, fiquem assentados bem quietos agora, todos. Simplesmente tão devagar e suava como você puder. Acontece nesta manhã, que a primeira pessoa aqui de pé é um homem. Agora vamos tomar esta Escritura.
116 Agora vê você onde estou firmado? Quantos podem compreender isto? Há homens e mulheres aqui de pé nos quais eu nunca coloquei os olhos na minha vida. Eles não tem estado nem mesmo na reunião, e vocês vêem onde elas estão de pé. Elas não sabem o que vai acontecer, não sei o que vai acontecer. Mas Deus prometeu isto! Abraão não sabia o que ia acontecer quando ele tomou o cutelo para matar Isaque, porém Deus lhe prometeu. E isto está terminado. Ele o havia recebido como um dos mortos, sabendo que Ele o podia ressuscitar dos mortos. É isto certo? Então está decidido.
117 Agora, aqui está um homem de pé ao meu lado, eu nunca o vi, não sei nada sobre ele. Somos estranhos um para o outro. Não conhecemos um ao outro. Deus conhece nós dois. Agora, através de um dom Divino, se eu simplesmente por um dom… Agora, estes dons nasceram em mim, Deus predestinou antes da fundação do mundo. Quantos sabem disto? Então, isto não foi nada que eu tive que tomar o dom, Deus simplesmente escolheu isto. Eu nunca escolhi isto; Ele escolheu isto. Vê? Como os profetas do Velho Testamento, e os povos diferentes, eles estavam predestinados para fazerem isto.
118 Agora, se o homem está enfermo, eu não poderia cura-lo. Se um homem está em necessidade, isto dependeria no que ele precisasse se eu poderia ajuda-lo ou não. Pode ser, se fosse alguma outra coisa como ele… algo pequeno que se eu pudesse ajudar, ora, eu estaria feliz em faze-lo. Talvez ele tenha um temperamento. Talvez ele não seja um cristão. Talvez ele seja um cristão. Talvez ele seja um impostor. Eu não sei. E se ele está acusado de um roubo, um que passa e vem ate aqui, simplesmente para fazer alguma coisa de si mesmo; observe o que acontece, vêem, somente… simplesmente veja o que acontece. Vêem? Eu não sei.
119 Mas, vejam, você está aqui, então você pode se firmar perfeitamente, sabendo que Deus fez uma promessa, Deus guarda a Sua promessa. Vêem? Agora, se Deus guarda a Sua promessa bem aqui no meio agora, a este povo, quantos que estão ai assentados, e de todo o seu coração vão crer nisto, de todo o seu coração vão Agora, vejamos, vamos tomar uma Escritura. crer nisto, de todo o seu coração vão crer nisto? Então simplesmente veja.
120 Agora, vejamos, vamos tomar uma Escritura. Agora, Simão Pedro chegou para o Senhor Jesus. E quando chegou perto do Senhor Jesus, o Senhor Jesus lhe disse quem era e… e lhe falou de coisas a respeito de sua vida. Bem, o mesmo Jesus vive hoje. Ele, crê você que Ele ressuscitou dos mortos? Crê você que aquele Espírito de Messias habita bem na Igreja hoje exatamente como sempre o fez? Correto.
121 Agora na audiência que não tem cartão, você olhe para este lado e diga, “Senhor!” Naturalmente, não há nenhum cartão de oração da audiência, eu os tenho todos aqui de pé. Você na audiência diga, “Senhor, toque em mim”. Veja o que acontece.
122 Agora, senhor, se houvesse uma maneira no mundo para te ajudar, eu o faria. Vêem, sou simplesmente, somos simplesmente estranhos aqui, e eu – é a minha primeira vez que te vejo. Mas sou responsável, como um ministro, em dizer a Verdade e ser testemunha de Jesus Cristo. E, agora, eu não quero que você me diga nada. Eu simplesmente quero que você responda se é a verdade ou não, e então deixar com que Ele faça isto. E se Ele for realizar da mesma forma aqui na plataforma, através deste corpo, o que Ele fez através do corpo de Jesus, isto é Deus em Cristo… Jesus disse, “Nada faço ate que o Pai, que está em Mim, me mostre. Ele me diz o que fazer”. Então não foi Jesus quem falou à mulher, era o Pai Nele, que falou com a mulher. Era… não era Jesus que sabia quem era Simão Pedro, era o Pai que habitava Nele, sabia quem era Simão Pedro. É isto, vêem, é isto.
123 Eu posso lhe dizer agora, você é um cristão sim, senhor, porque você tem um – um espírito agradável vibrando calorosamente. E ele, ele é um crente, ele é um cristão. E você está sofrendo de uma condição nervosa a qual te dá um problema estomacal. (O paciente diz, “É verdade” – Ed). Está isto certo? (“Está correto”) Vêem, vêem? Agora, isto é exato. Como eu… como eu saberia disto? Como no mundo eu alguma vez saberia disto? Nós nunca vimos um ao outro antes. Isto é verdade, não é? Talvez ele dirá algo mais sobre você. Eu lhe direi, aqui está algo, eu vejo uma mulher ao seu lado. Ela está com você, é a sua esposa. Ela está necessitando também de alguma ajuda. (“Correto”) Sim, senhor. Crê você aqui que Deus pode me contar o que está errado com a sua esposa? (“Eu sei que Ele pode”). Está certo, senhor. Ela está com um problema cardíaco, complicações. (“Sim, senhor”) Está certo, não está? (“Está correto”). Os nervos também. Sim, senhor. Agora, você não é desta cidade; você vai voltar por este lado quando você for para casa, indo para Cincinnati. Certo. Você é de Cincinnati, Ohio. (“Sim, senhor”) O seu nome é Milikem. Volte, volte para casa, e fique bom. O Senhor te abençoará e curará você e a sua esposa. Deus te abençoe.
Venha, senhor. Crê você? Agora simplesmente tenha fé, não duvide.
124 Agora sejam bem reverentes, todos agora, simplesmente sejam bastante reverentes, fiquem quietos agora. Vêem, o Espírito Santo é tão tímido. Quantos sabem disto? Realmente bem tímido, o Espírito Santo, vêem, simplesmente qualquer pequena interrupção O incomoda.
125 De acordo com os médicos, você deve morrer logo com um problema cardíaco. (O paciente diz, “Sim” – Ed) Isto é certo. Você veio aqui de Chicago, Sr. Mosley. (“Sim”) Então vá para casa e viva, no Nome do Senhor Jesus Cristo, e fique bom. Deus te abençoe.
126 Você crê em Deus? (O paciente responde, “Claro que creio. Sim, senhor… Ed) Você sofre com um problema na perna. Você não é daqui da cidade também. (“Sim senhor”). Você é de Owensboro, Kentucky. O seu nome é Sra Lamb. (“Sim, senhor”). Volte para casa e fique boa.
127 A senhora assentada bem ali, é também de Owensboro, tem um abscesso sob o seu seio aqui, tinha que ser operada amanhã. Vá, creia e viva.
128 Crê você, senhor? Somos estranhos um para com o outro. O seu nome é Sr. Gilroy. Correto. Você veio de Anderson, Indiana, onde está o grande movimento da Igreja de Deus. Correto. Você está aqui de pé pela sua afeiçoada e aflita filha. Ela está parcialmente paralizada. Crê você? Então vá para casa e a encontre da maneira que você creu. Correto, Deus vos abençoe. Tenha fé, creia nisto.
129 Crê você de todo o seu coração, senhor? (O paciente diz, “Sim senhor” – Ed) Você é de Indianópolis (“Está certo”) Você é um ministro do Evangelho. Aquela é sua esposa. Oh. Ela também está sofrendo. Ela tem problemas de esôfago no esôfago. O médico… era problema cardíaco, pequenos nervos. Vejo que ela é surda em seu…. Venha aqui. Obrigado. Tu, espírito de surdez, no Nome de Jesus Cristo, eu te ordeno pelo Deus vivo, saída desta mulher. Agora pode você me ouvir melhor agora. Ambos podem ir para casa e ficarem bons. Vá para a sua casa. Deixe-me ter noticias de você quando você ficar bom e você ficará.
130 Crê você de todo o seu coração? Simplesmente tenha fé em Deus, creia.
131 Aquela velha artrite e coisas são horríveis. Crê você que Deus te deixará boa? Então passe por ali e vá para casa, louve o Seu nome, dizendo, “Obrigado, querido Senhor Jesus”. A razão pela qual eu captei isto rapidamente, esta mulher tinha a mesma coisa, artrite. E crê você que Deus te deixará bom? Correto, senhor, então passe por ali, e diga, “Obrigado, Senhor Jesus”, e vá para casa.
132 Está bem, irmã, simplesmente vire e volte para trás, e creia que… o seu joelho imóvel está ai, e seu problema cardíaco e os demais, vamos simplesmente voltar para casa e dizer, “Obrigado, Senhor Jesus”, e ficar bom. Creia com tudo que está em você.
133 Você crê? E vocês ai, algumas de vocês pessoas, vocês crêem?
134 A pequena senhora assentada ali, de cabelos pretos, tendo epilepsia, crê você que Deus te deixará boa? Aceita você isto? Está bem, se você aceita, Ele fará isto.
135 Há um pregador assentado aqui. Desejando andar mais próximo de Deus, não está você, senhor? Crê você que Deus te dará isto? Levante sua mão e diga, “Eu aceito isto”. Oh.
136 Esta senhora assentada aqui com a sua mão para baixo, ela tem um problema espiritual no qual ela está pensando. Isto é certo.
137 Aqui há uma pequena dama querendo saber se ela vai ter o seu bebê. Isto é certo. Você esteve em uma de minhas reuniões. E eu te prometi, através de Deus, um nenê. Não prometi? Está bem, então vai para casa e o tenha. Não te preocupes mais com isto.
138 Crê você de todo o seu coração, todos vocês? Cada um de vocês crêem? A semente de Abrão possuirá a porta, a porta do inimigo. É você a semente de Abraão, por Jesus Cristo? Levante Suas mãos se vocês são. Então coloque suas mãos sobre os eu vizinho, no seu vizinho, no outro. Coloque suas mãos uns sobre os outros. Possuam a porta agora, é sua! Ela te pertence. A oração da fé salvará o doente, Deus os levantará. Correto, ore do seu próprio modo. Ore da maneira que você faz em sua igreja. Ore pelas pessoas que estão contigo. Simplesmente coloque suas mãos uns sobre os outros.
139 Senhor Jesus, estamos vindo no grande nome Todo Poderoso da Semente Real, a Semente de Abraão, a Qual lhe foi prometida no monte onde Tu proveste o cordeiro; e colocaste aquele cordeiro no deserto, uma coisa misteriosa, exatamente como Tu fizeste aqueles esquilos ontem. Eu oro, Senhor Deus, para que Tu envies poder, uma fé, e que cada semente… Eu sei que farão, Senhor, porque Tu disseste, “A Semente de Abraão!” E se há alguém aqui que está fingindo ser a semente, e não é a semente, perdoe-os pela sua intenção ou pretensão, e que o Espírito Santo agora mesmo coloque em suas almas um fogo com fé viva. Que o Espírito Santo possa dominar cada coração e curar todos aqui presente, mostrando-Se que Ele está aqui. Aí estão as sementes com suas mãos sobre os outros. Estes sinais seguirão aqueles que crerem”. Que o Espírito Santo possa mover entre cada uma destas mãos, dentro do coração do povo, dentro dos seus corpos, e curar cada um que está na Presença divina. Conceda isto, Senhor. Eu repreendo o Diabo, eu repreendo cada espírito contrário, eu repreendo cada pretensão. Eu repreendo qualquer coisa que está contrária à Palavra de Deus.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...