SHALOM – 12/01/1964
12 de janeiro de 1964
Sierra Vista – Arizona – E.U.A.
Tradução – EUA


1 Tão alegre em vê-lo nesta manhã. Senti muito em ouvir a respeito deste irmão que estava conosco a última vez aqui, que tem câncer, no hospital. Nós sabemos que disto só temos uma via, e esta é a via da morte. Isto é, todos nós temos que andar neste caminho, se somos os mais justos, o mais santo de nós, nós carregamos um ao outro para aquele outro túmulo. E Jesus disse ainda, “Aquele que crê em Mim nunca morrerá”. Mas o que é a “morte” lá, não é o que chamamos de morte.
2 Como quando Jesus falou a respeito de Lázaro, Ele disse, “Ele dorme”.
E eles disseram, “Bem, nós… Se ele dorme está bem”.
3 Então Jesus disse, teve que lhes falar na linguagem que eles conheciam, vêem, “Ele está morto”. Ele disse, “E por amor de vós, estou feliz por não estar lá, mas eu vou desperta-lo”. Vêem?
4 E foi aí quando Ele fez aquela maravilhosa citação que temos nas Escrituras, “Aquele que ouve, aquele que crê em Mim, tem Vida eterna; não passará pelo julgamento, mas tem passado da morte para a Vida. Eu Sou a ressurreição e a Vida. Aquele que crê em Mim, embora estando morto, ainda viverá. E quem viver e crer em Mim, nunca morrerá”. Vêem? Nunca morrerá! Não há… Realmente não há nenhuma morte para um Cristão.
Morte significa “Separação eterna”.
5 E agora quando estamos… mortos, como no corpo físico como estamos agora, estamos separados uns dos outros. Mas, realmente este corpo é a única coisa que nos identifica uns com os outros, porque estamos limitados em cinco sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato. E contanto que possamos ver ou sentir um ao outro, ora, temos evidencia que estamos aqui. Se você é cego e não pode, e – e não pode ver, então você pode sentir um ao outro, e nós… ou ouvir um ao outro. E os sentidos terrestres declaram um ao outro.
6 Mas, realmente, francamente, nunca vimos um ao outro. Você sabia disto? Nós nunca vimos um ao outro. Você ouve algo falando de um corpo aqui que personifica seja o que for que estiver do lado de dentro. Então quando falamos um com o outro, estamos – não estamos realmente falando com o corpo. É o espírito do lado de dentro, mas o corpo é a coisa que identifica o espírito que está do lado de dentro. E portanto, quando falamos uns com os outros, estamos… podemos imediatamente compreender se somos Cristãos ou não, porque há um companheirismo no espírito com o qual estamos falando. Vê você, que isto vibra um para o outro se somos Cristãos ou não. Portanto nunca vimos um ao outro.
7 Jesus, “Nenhum homem tem visto Deus a qualquer tempo, mas o único gerado do Pai O tem declarado”. Vêem? Em outras palavras, Deus é identificado. A – a Pessoa de Deus foi identificada no Corpo, o Senhor Jesus Cristo, então Ele foi expressado na imagem de Deus. Ou, Deus expressando Ele mesmo através de uma imagem, vêem, através de uma imagem, Homem. Deus expressando a Si Mesmo a nós, e Ele era Deus. Não uma terceira pessoa ou segunda pessoa; ele era a Pessoa, Deus. Ele mesmo era Deus, identificando a Si mesmo, para que então pudéssemos senti-Lo.
8 I Timóteo 3: 16, “Sem controvérsia, que é argumento, grande é o mistério da piedade, pois Deus foi manifestado, ou feito conhecido, em carne”. Não é isto maravilhoso? Deus! E nunca poderíamos entender Deus enquanto Ele movia através de uma Coluna de Fogo, e assim sucessivamente, como Ele fez. Mas nós O entendemos quando Ele se tornou um de nós, vêem, quando Ele se tornou Homem. Então Ele podia falar conosco, nós podíamos senti-Lo, apalpa-Lo, toca-Lo, e tudo mais. E como as Escrituras claramente dizem que “nós temos apalpado Deus”, vêem, com nossas mãos, tocado Nele com nossas mãos.
9 Deus está no homem. E Ele está identificado a Si mesmo hoje em Sua igreja. No Cristão nascido de novo, Deus identifica a Si mesmo, para que Ele permaneça Deus. E o mundo de fora somente conhecerá Deus como eles vêem Deus em você e em mim. Esta é a única maneira que eles conhecerão a Deus, é quando somos epístolas escritas, epístolas da Escritura, somos lidos por todos os homens. E a vida que vivemos reflete o que está dentro de nós. Um homem é identificado através das obras que ele faz. Então nossas obras devem ser boas, vêem, sempre boas, porque estamos representando nosso Senhor Jesus Cristo.
10 Que coisa maravilhosa que isto é, especialmente quando um – um velho como eu se põe de pé aqui e – e pensa na vida que está murchando-se, que se foi no passado, e – e estamos encarando um futuro de uma Eternidade. E sabendo se esta vida é somente o que eu tenho esperança, eu seria a pessoa mais miserável nesta manhã. Mas sabendo que esta vida tem somente sido uma – uma sombra do que temos para – para vir. É um reflexo, porque isto não pode ser a coisa perfeita que Deus fez. Deus não faz nada que perece. Vêem? Deus é Eterno. E, portanto, esta vida a qual vivemos agora, está simplesmente refletindo o que está à nossa frente. O verdadeiro que não pode morrer. O corpo que não pode perecer. A Vida que não pode ser tomada. Vêem? E portanto as Escrituras estão corretas, quando Ela diz que temos Vida Eterna, temos Vida Eterna. Nós nunca morreremos. Vêem, porque você se torna… Quando você é nascido de novo, você se torna uma parte de Deus. Vê, você estará para sempre para a Eternidade, nunca para falhar. Você é parte de Deus, porque você é o Seu filho.
11 Agora, eu posso ter outro nome, e dizer meu nome é algum outro nome. Eu posso tomar o nome de minha mãe, Harvey, o qual seria o mais achegado a mim. No mundo, minha mãe era uma Harvey, e então eu pude tomar o nome de Harvey. Mas o sangue ainda continuaria provando que eu sou Branham. Vêem? Porque eu sou uma parte de meu pai. E contanto que eu tenha sangue em mim, eu continuarei sendo parte de meu pai. Vêem, isto é correto. Eu quando sou nascido no Espírito de Deus, eu sou parte de Deus, isto é tudo; eu sou identificado com Ele, vêem, Ele é meu Pai. Então minha vida deve refleti-Lo; como a minha vida reflete a imagem que estava em meu pai terrestre. Eles dizem que eu pareço muito com o meu pai, então portanto é a sua imagem refletida em mim. E seu – seu pai refletiu em você, e seus pais. Portanto, Deus nosso Pai é refletido em nós quando somos nascidos e – e adaptados aqui à Sua imagem.
12 Agora, começando a falar, nunca chego ao meu texto no qual eu iria falar a respeito.
13 Tenho sempre apreciado uma casa de oração, pequena casa de oração tal como esta, mais do que – do que aquilo que as pessoas poderiam pensar que eu aprecio, porque as melhores reuniões e os melhores tempos de companheirismo é geralmente em uma pequena cabana de oração como esta. Onde eu tenho sentido mais próximo de Deus, é somente quando um punhado de crentes se ajuntam, e lá nós adoramos.
14 Agora nesta manhã, suponho que temos aqui, trinta, eu penso, ou algo assim, contando com as crianças. Eu não saberia. Eu não sou muito bom em – em – em calcular números, somente olhar para um pequeno grupo de pessoas, porque há outros cômodos aqui, vê você, vê você, que eu vejo as pessoas neles. Agora, mas quando nos ajuntamos assim, eu sinto que temos uma aproximação que nós não temos quando estamos fora em uma grande, e vasta congregação. Nós podemos expressar a nós mesmos. Isto é porque, nesta manhã, eu pensei, vindo para cá, que eu falaria à congregação aqui nesta manhã, e para este amável pequeno pastor. Estou muito contente em ver muitos de meus amigos aqui, os Strickers e todos aqueles que – que não tenho visto por algum tempo.
15 E eu gostaria de vos entregar nesta manhã minha Mensagem do ano novo a qual eu havia planejado para entregar no próximo domingo à tarde na reunião de Phoenix. No auditório. Porque, aqui, eu pensei que talvez eles fariam fitas disto. Que eu… Talvez o Espírito Santo me daria uma – um melhor ensinamento aqui somente no meio deste grupo de cristãos, então talvez isto sendo lá em Phoenix no meio de, vocês sabem, onde a crença e a incredulidade, e superstições e – e tudo mais está misturado. E então se os irmãos tivessem, e deixassem as fitas saírem, que isto seria – seria melhor fazer isto desta maneira, porque vocês teriam uma fita melhor daqui. Eu pedi aos rapazes para verificarem a acústica primeiro. E quando eu entrei nesta manhã, o irmão Terry me disse que a acústica era ótima. Então, isto – isto é bom. Então vamos primeiro agora, antes de aproximarmos deste solene assunto, e eu sei…
16 E eu creio que eles disseram que alguns de vocês vão ficar para o almoço, vão almoçar aqui no gramado ou em casa, ou algo assim, juntos. Isto é muito bom. Eu certamente aprecio em vê-los todos juntos.
17 E eu sinto que – que a minha Mensagem nesta manhã é endereçada à Igreja do Deus vivo, vêem, da qual eu creio ser esta uma porção assentada aqui nesta manhã. E agora antes de entrarmos naquela parte solene, vamos inclinar nossas cabeças só por um momento para oração.
18 Nosso Pai Celestial, estamos tão agradecidos a Ti, somos até mesmo privilegiados em nos dirigir a Ti como Pai, pois Pai significa que fomos gerados do grande Deus que criou os céus e terra. E estamos tão felizes por este privilégio, que possamos pensar em nossos corações, e, então, que somos Teus filhos e filhas. Tu identificas exatamente a Ti mesmo em nosso meio, que Tu és nosso Pai, mudando nossos pensamentos das coisas do mundo, e mudando nossos motivos, objetivos e atitudes, e cada fase nossa, para Ti amar e crer em Ti, e – e saber que as Tuas promessas são verdadeiras.
19 Temos nos reunido aqui nesta manhã neste lugar que chamamos de “a parte detrás do deserto”, ou eu chamo isto assim, pensando nisto. A razão que digo isto Senhor, não é para refletir nada sobre este pequeno grupo de pessoas, mas, qualquer coisa que fosse da natureza sendo pequena.
20 Mas estou tentando pensar que era Moisés, Teu servo, que estava lá atrás no deserto, talvez só ele e a sua ovelha, talvez sua esposa, Zípora, e – e – e Gerson, seu filho, poderia estar só. Eu… Isto eu não sei. Mas foi lá que eles tiveram uma experiência que mudou aquele profeta, de um covarde fugitivo, para o serviço do Deus o qual o ordenou para o trabalho, na parte detrás do deserto. Foi lá que – que a Coluna de Fogo foi feita manifestada pela primeira vez na vida humana, onde sabemos, aquele Fogo estava atrás de um pequeno arbusto do deserto, e ele não queimava. Porém – porém era a glória de Deus refletindo a Si mesma através daquele arbusto; para que Moisés o profeta tirasse suas sandálias, e se aproximasse Daquilo, e foi comissionado por Deus para libertar a nação do povo de Deus.
21 Que isto hoje possa ser assim outra vez, Senhor, atrás no deserto para que agora possamos tirar, como foi, nossos sapatos, nossos chapéus, tudo que é nosso, e deitar isto embaixo na cruz de Cristo, e dizer, “Aqui estou, Senhor, envia-me”.
22 Abençoe este pastor aqui, nosso irmão Isaacson, irmão. Nós oramos para que Tu o abençoes e a sua esposa, e os seus pequeninos; o irmão Stricker, esposa, e seus pequenos; e todos os outros que estão representados aqui nesta manhã.
23 E temos nos ajuntado aqui; não, Senhor, não para alguma grande glória, ou para ser conhecido como líderes ou – ou algum… um oficial de algo grande. Nós somos – estamos simplesmente aqui como humildes crentes. Estamos aqui porque Te amamos, e amamos um ao outro. E como vemos aqui um ao outro e como nos congregamos juntos, nós encontramos que parece ser mais de Deus nos ajuntarmos como cada crente se reúne em um certo lugar. E Jesus disse, “Se fizeres isto em Meu Nome, então Estarei em vosso meio”. E sabemos que Tu estás aqui.
24 Fala-nos, Senhor. E se estas pequenas anotações que tenho escritas aqui, e Escrituras para cita-las, estão fora do caminho, nesta manhã, do pensamento que Tu queres que pensamos, então, Senhor, nós simplesmente omitimos isso, e faremos como Tu nos manda fazer. Abençoe-nos agora, pois pedimos isto no Nome de Jesus Cristo. Amém.
25 Agora, na leitura da Escritura, costumava acontecer que eu… antes de eu ter tanta idade sobre mim, eu podia lembrar muito bem. E naqueles dias, eu… dias jovens, eu não tinha mensagens longas, talvez de trinta minutos ou algo, trabalhava dentro de um pensamento e guardava aquilo na minha mente. Mas agora eu… a razão que tenho estas longas reuniões agora, é porque estou gravando-as. Vêem? E esta fita, os rapazes lá estão gravando isto, começarão isto em um certo tempo, talvez agora, no começo da oração, e isto vai em muitos, muitos lugares, praticamente ao redor do mundo. Então vamos agora falar nesta manhã no novo ano… o que nós chamamos de minha Mensagem de ano novo. Eu tentei, tinha três Mensagens para o Natal, e eu sei que vocês pessoas aqui embaixo atrás no deserto tem aquelas fitas. E na minha – na minha última Mensagem lá em cima na igreja, ou próximo a minha última Mensagem, era sobre A Luz. E se você não tem aquela fita, tenho certeza de que você gastará dela. Eu gostei muito dela, a inspiração, que o Senhor me deu.
26 Agora hoje, enquanto encaramos o ano novo, eu – eu quero pensar não como no passado, mas eu quero olhar para o futuro. Vêem? Como Paulo disse, “Esquecendo aquelas coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo, da soberana vocação”. E como isto é expressado, é como olhar para trás do retrovisor de um carro. Estamos olhando no que temos passado, quando estamos olhando no retrovisor. Agora não estamos tentando colocar a Mensagem hoje para ser olhada através de um retrovisor. Isto levaria muito tempo, vêem, as coisas que o Senhor fez. E vocês estão todos inteirados das grandes coisas que o nosso Senhor tem feito, são algumas das coisas mais poderosas que já vi em minha vida. Ele simplesmente – simplesmente nos últimos poucos meses que passaram. E, mas agora estamos agradecidos pelo que tem sido, agora estamos olhando para frente. Estamos olhando para onde somos dirigidos, e dentro deste 1964.
27 E agora se você aqui gosta de ler, ou – ou, eu gostaria de ler algumas Escrituras, porque tudo isto é baseado sobre a Santa Palavra de Deus.
28 E me resta agora cerca de uma hora e quinze minutos, para esta fita. E, o Senhor permitindo, eu tentarei vos soltar para que então vocês possam ter seu jantar. Eu vos agradeço por me dizer que terei tempo até as seis da noite. Isto é muito bom.
29 Agora vamos voltar na Bíblia para dois lugares, os livros estão próximos. É no Velho Testamento. Eu tomo o texto para a leitura, de dois lugares, Isaias 62e Salmos 60. Agora em Isaias 52, nós leremos primeiro. E nisto, e nós lembramos do grande poder do nosso Senhor Deus, e como – quão grande Ele é, e quão poderoso nosso Deus é. Sinto muito, é Isaias 60em vez de 62. Certo, e agora leremos isto, Isaias 60: 1e 2.
Levanta-te, resplandece, porque já vêm a tua luza, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti.
Porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti.
30 “A escuridão os povos”. Nisto, naturalmente, esta é uma profecia do dia em que estamos vivendo agora.
31 Agora voltemos então para Salmos. Eu creio estar um pouco confuso onde eu anotei minhas Escrituras aqui, quando na pressa ontem à noite ao escreve-las, escrevendo isto. Salmos 62: 1 ao 8.
A minha alma espera somente em Deus; dele vem a minha salvação.
Só ele é a minha rocha e a minha salvação; é a minha defesa, não serei grandemente abalado.
Até quando maquinareis o mal contra um homem? Sereis mortos todos vós, sereis como uma parede encurvada e uma sebe pouco segura.
Eles somente consultam como o hão de derribar da sua excelência; deleitam-se em mentiras; com a boca bendizem, mas nas suas entranhas maldizem. (Selá).
Ó minha alma, espera somente em Deus, porque dele vem a minha esperança.
Só ele é a minha rocha e a minha salvação; é a minha defesa; não serei abalado.
Em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus.
Confiai nele, ó povo, em todos os tempos; derramai perante ele o vosso coração; Deus é o nosso refúgio. (Selá)
32 Agora, se você observar na Escritura lendo lá em Salmos, ele continua dizendo, “Deus é a minha rocha”. Você sabe o que uma rocha representa na Bíblia? A rocha na Bíblia, aqui, representa “a revelação de Deus”. Vêem, “Deus é a minha revelação”. Ele é, vê. A revelação da Palavra é a rocha.
33 Porque, Pedro um dia quando… Jesus havia feito a pergunta, “Quem diz o homem ser o Filho do Homem?”
34 E um deles disse, “Tu és… Alguns deles dizem que Tu és Moisés, ou Elias, Jeremias, ou um dos profetas”. Mas aquela não era a pergunta.
“Quem dizes que eu Sou?”
35 Ele, Pedro, falou, estas palavras famosas, e disse, “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”.
36 Ele disse, “Bem-aventurado és tu, Simão, filhos de Jonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu pai que está no céus. E sobre esta rocha!” Vêem?
37 E Davi falando aqui, “Deus é a nossa rocha”. É Deus a nossa rocha quando Ele é revelado para nós. Aquilo se torna uma rocha, vêem. Deus é a nossa rocha.
38 Agora o meu tema para esta manhã é uma palavra estranha: Shalom. Shalom, em hebraico, significa “paz”. E isto é o que eu digo para a Igreja nesta manhã, “Shalom!” Isto é paz.
39 Em Finlândia é chamado de Jumalan rauha, o que significa “A paz de Deus” sobre vós. Rauha. Deus, vêem a paz de Deus, shalom.
40 A minha Mensagem de ano-novo é para a Igreja eleita em Jesus Cristo, por 1964. Não – não somente os grupos de igreja; mas os Eleitos, a Dama, a Dama da – da Igreja, a Noiva de Cristo, vêem, é para esta que estou me endereçando.
41 Estamos encarando aqui, nos nossos dois assuntos que lemos as duas Escrituras, melhor dizendo, há muita diferença, um do outro. Em Isaias, diz, “Levanta, e brilha, pois a glória de Deus tem vindo sobre ti. A Luz está aqui”. Então no próprio seguinte verso, ele diz, “A escuridão está sobre os povos”. Então quando estamos numa mistura de Luz e escuridão, e então a minha palavra para a Igreja é “shalom, paz”, vamos descobrir tudo a respeito, vêem. Estamos encarando este ano, com ambos, trevas e Luz. Somos… o mundo está no maior tempo de confusão e trevas que ele jamais esteve; e ainda, está firme, outra vez, a mais bendita Luz que já brilhou. E há…
42 A diferença é justamente como foi no princípio, quando lá havia densa escuridão sobre a terra. E o Espírito de Deus movia sobre a face das águas e disse, “Haja luz”. E Deus separou a luz das trevas. E eu creio que estamos agora vivendo naquela hora outra vez, que quando Deus está separando a Luz das trevas, e Ele está levando isto para o outro lado do mundo, para que a Luz possa ser feita manifesta. E nós…
43 Então, a – a Igreja, a razão que eu diria “Shalom” a elas, é porque é a Paz de Deus. Isto é o que eu desejo vos trazer nesta manhã, para o ano novo, não olhando atrás, mas estamos olhando para frente para o rompimento de um novo dia. Até, há algo grande a nossa frente, onde os anos tem sido a felicidade a qual temos procurado, a urgência, a vinda da grande Luz. E agora podemos ver isto se rompendo no horizonte, no campo do horizonte, está se rompendo entre o mortal e a imortalidade. Nós vemos isto rompendo entre os céus e terra, de uma terra confinada de enfermidades e de um mundo transtornado, para um resplandecente dia de uma Vida imortal e um corpo imortal e uma terra imortal que nunca passará. É – é “Shalom”, para a – para a Igreja. Agora, é o tempo da Luz vindo para os crentes, porém uma densa escuridão para o povo. Eu…
44 Outro dia estávamos falando, minha esposa e eu, e estávamos falando sobre a – a hora em que estamos vivendo. Agora, a razão que escolhi este lugar, eu senti como se eu pudesse simplesmente entregar e vos falar, vêem? É, lá parece haver um tempo que virá sobre as pessoas que será o mais patético tempo do qual poderia pensar.
45 E eu tenho constantemente feito o meu melhor para tentar, discordando com o homem em termos religiosos; mas se eu não posso levar sua mão para frente, não importa quão afiada a coisa possa ser, e seguro em suas mãos, e digo, “Isto é na luz de um melhor entendimento entre nós”, e continuarei amando a pessoa (não dizendo isto simplesmente de meus lábios, mas de meu coração), então eu não – estou sujeito de maneira alguma para sair até lá e tentar falar com as pessoas. Porque, vejam, devemos fazer aquilo, devemos amar aquela pessoa. Vêem? E indo entre as pessoas de todas as classes, de cultos diferentes e tribos, e religiões e assim sucessivamente, e tentando encostar a Bíblia, e dizer “vamos – não vamos discutir isto de seu credo ou de seu livro de éticas; mas através da Bíblia”. E então não… Às vezes o homem levanta bruscamente; mas se eu tinha um pensamento que eu não gostava daquela pessoa, então – então uma coisa eu sei, o Espírito de Cristo tem apartado de mim. Se eu – se eu posso sentir que eu não gosto daquela pessoa, há algo errado comigo.
46 Porque o Espírito de Cristo, quando eles… o… ao – crucifica-Lo, e o Seu próprio povo cravando pregos, e – e a Sua própria criação que Ele criou estava Lhe cravando os pregos, os que Ele criou, lá em Sua carne humana. E ainda, com um coração cheio de amor, Ele clamou, “Pai, perdoa-os, eles não sabem o que fazem”, vê você.
47 E eu – eu tenho chegado àquele ponto. Eu creio que as pessoas não sabem o que elas estão fazendo. Isto tem chegado ao tempo onde o ser humano tem, parece, se tornado tal assunto para o mal até que isto – é uma coisa patética. Isto parece que – há uma sombra de escuridão, sobre as pessoas, que as afligem.
48 Como, por exemplo, esta coisa. Atravessando e falando ao redor da nação, e o Senhor Deus identificando, vindicando Sua Palavra e mostrando exatamente aquilo, e nunca permitindo que nada seja dito a não ser que isto aconteça exatamente como Ele disse, falando diretamente a existência, e assim sucessivamente, como Ele tem feito. E as pessoas assentam-se e olham naquilo, e permanecem na mesma condição. Vêem?
49 Vêem, não desconsiderando, mas como nossas irmãs, muitas vezes quando eu falo a elas a respeito de usarem estas roupas, e cortando seus cabelos, e coisinhas. E os homens, como eles continuam em seus credos, e – e servem sob aqueles credos e coisas. E – e eles são boas pessoas. Elas são boas pessoas. Mas ainda isto parece ser que eles – eles – eles não podem entender, parece que eles não podem obter isto. Por que? Eu volto no ano seguinte, e, em vez de estar um pouquinho melhor, está pior. Isto – isto segue em frente. Aqui está uma irmã que uma vez tinha bonitos cabelos longos, ela os cortou. Aqui está um homem que uma vez parecia que havia tomado posição e saiu para a coisa que era certa; ele está exatamente de volta para… como um cão ao seu vômito, e – e uma porca para o seu lamaçal. Vêem, volta exatamente para isto. Parece que há algo que tem chocado com o nosso povo, tem chocado o mundo, que eles não parecem ter o – o entendimento, há algo errado.
50 Exatamente como você observa o homem hoje, você não encontra aquela genuinidade no homem. Você não encontra isto nas mulheres. Agora eu não estou falando a respeito… A razão que estou baseado nisto, é para chegar em “Shalom”. Vêem?
51 Mas observem as mulheres em nosso dia, parece não existir mais aquela dama como antes existia. Elas estão simplesmente como elas – elas querem, mas há algo que não as deixa fazer isto. Parece que há uma opressão. Que você dia z – a dama olha para Aquilo e crê, ela deseja crer Naquilo, mas há algo que a oprime, para o outro lado. Vêem? Pobre coisa, eu – eu fico sentido por ela. Ela é tão atraída pelos lançamentos de Hollywood, e as propaganda de televisão, rádio, jornal, na rua, nas – nas vitrinas das lojas, com vestidos modernos e assim por diante, e da maneira que as outras mulheres a encontra. E isto parece que há algo que elas simplesmente não conseguem afastar; nos – jovens, nossos velhos, os nossos de meia-idade.
52 Parece que há algo no meio do homem. O homem não parece ter, ter aquele traço masculino que ele costumava ter. a mulher não tem aquele traço feminino que ela costumava ter. Você toma o homem hoje, o homem não parece ser robusto como eles costumavam ser. É tudo algum tipo de… Eles querem usar sapatos de camurça com púrpura, e – e eles querem agir como mulheres. Agora isto é verdade. Isto parece ser, mais ou menos, como uma perversão. A mulher deseja cortar o seu cabelo e agir como um – um homem. E um homem deseja agir como uma mulher. Vêem? E ainda você pode falar com eles, e eles são boas pessoas com os quais podemos conversar, boas pessoas, amigas, pessoas sociáveis. O que tem causado isto? É a densa escuridão sobre as pessoas, é algo que – que os oprime nisto.
53 Como os Judeus estavam nos dias em que Jesus veio a terra, Isaias havia profetizado disto e disse, “Que haveria, eles teriam olhos mas não veriam, e ouvidos e não poderiam ouvir”. E esta é a razão que Jesus orou para a remissão deles, porque isto teria que ser desta maneira para se cumprir a Escritura.
54 E isto retornou outra vez para nós. A Bíblia tem falado deste dia em que vivemos, e disseque estas coisas viriam, “densa escuridão sobre o povo”. E vemos isto, que há algo que simplesmente, as pessoas desejam mas não podem.
55 Nicodemos expressou isto uma vez perante o Senhor, “Rabi, sabemos que Tu és um Ensinador vindo de Deus, pois nenhum homem poderia fazer as coisas que Tu fazes se Deus não estivesse com Ele”. Mas foi aquela escuridão, ou cegueira, sobre a raça Judia, que o Messias pode vir para tirar dos Gentios uma Noiva. Eles tiveram que rejeita-Lo.
56 E esta é a densa escuridão que está sobre as igrejas e coisa hoje, em falhar ver a Luz que está brilhando. Vêem? Vê, parece haver uma certa opressão pesada. Tomamos alguns dos notáveis evangelistas de hoje, eles estão constantemente clamando por um reavivamento, e trabalhando exatamente contra Isto; vêem, não entendendo, sem o entendimento.
57 E eu não digo que no – o motivo de tentar dizer, “Agora temos visto Isto, e, glória a Deus, eles – eles não estão nisto”. Eu não estou tentando a – a dizer que no… para conseguir pessoas para pensar, “Bem, irmão Branham, você – você tem a única Verdade que existe no mundo”. Não, sito é errado. Vêem?
58 Estou simplesmente dizendo isto na Luz da hora em que estamos vivendo, e para o beneficio das pessoas as quais estão tentando procurar esta Luz. Verdadeiramente, Jesus disse, “Nenhum homem pode vir a Mim, a não ser que Meu Pai o traga”. Nenhum homem nunca verá Isto. É aquela Semente predestinada, e aquela única, irá recebe-La. Mas temos vindo àquele lugar outra vez. A Bíblia diz isto, “Você é a luz do mundo”.
59 O profeta disse, “Densa escuridão sobre o povo”, sobre o povo do mundo desta vez. E isto é exatamente o que temos, densa escuridão sobre o povo.
60 Deus, em Sua grande misericórdia, como eu tenho sempre pregado e tentado sustentar, que Ele sempre mostra Seu – Seus eventos dos céus, Seus grandes eventos principais, acontece no céu antes que isto aconteça na terra. Ele reflete a Si mesmo. Em outras palavras, antes que o Messias viesse a um lugar onde Seu ministério começaria, lá veio uma Estrela do céu que guiou o homem a um – um – um lugar onde Ele estava, os magos. Como vocês ouviram em minha última Mensagem como que Deus tratou com os – os magos, e – e no dia em que Ele – Ele os mudou através de um sonho, e Ele disse a José através de um sonho como cuidar do bem-estar de Seu Próprio Filho. Porque ele teve o sonho, lá estava…
61 Um sonho é secundariamente, algo que está fora em um lado, porque as pessoas podem ter sonhos que não são certos. Mas lá não havia nenhum profeta na terra naquele dia, vêem, lá não havia nenhum profeta, portanto Deus teve que usar o que Ele tinha para usar. E nos ensina que – que Deus pode usar cada faculdade e tudo que fazemos, se é consagrado a Ele. Mas isto tem que ser primeiro consagrado a Ele. Que sua – suas meditações, as quais realmente refletem o seu sonho, vêem, porque é o seu subconsciente. Se você observar um sonho, você verá que é algo no qual você tem estado pensando, ou algo assim. Geralmente, você vê. E deixe sua mente estar em Deus, então, vêem, então isto reflete algo para Ele. E seja o que for que você é, deixe isto refleti-Lo.
62 Agora, acima nos céus. Você observou que estou olhando nisto, a – a Luz na fotografia lá tirado da Revista Life, o irmão que mora aqui nesta casa tem colocado em sua parede, aquele triângulo de luz.
63 Isto simplesmente aconteceu de passar pela minha mente. Se alguém tem a Bíblia de tradução Lamsa, se você observar na capa dela, há uma trina, luz trinitariana, uma luz de três cantos como um halo. E quando o Dr. Lamsa, um amigo, meu amigo pessoal, estava traduzindo a Bíblia, aquele é o velho símbolo Hebraico de Deus na verdadeira maneira trinitariana que Ele é; não três Deuses, mas três manifestações do mesmo Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. A Luz é um círculo completo de Luz na forma de um triangulo, que significa que Deus agirá em três ofícios Paternidade, Filho, e a dispensação do Espírito Santo, todos o mesmo Deus.
64 Mas observou você que antes dos Sete Selos serem revelados, antes da grande e misteriosa Luz se mostrar nos céus aqui em cima de Tucson, Flagstaff, onde estávamos? O irmão Fred, dois dos homens que estavam… os dois homens estavam comigo naquela manhã. Quando, aquilo foi dito meses e meses antes da época, que aconteceria. Ambos, o irmão Fred Sothman e o irmão Gene Norman sentado aqui nesta manhã, quando isto… estavam lá quando houve o estrondo, e não sabiam que estas coisas aconteceriam. E Ele me enviou de volta, disse que o tempo estava à mão para estes Sete Selos os quais guardavam os sete mistérios de toda a Bíblia, foram selados com estes Sete Selos. E como que estes anjos, indo pelo caminho, mensageiros das Eras da Igreja, abriram certa parte daquilo. Mas na sétima hora, o sétimo mensageiro, todos estes mistérios se terminariam. Vêem? O sétimo mensageiro terrestre, vêem, este anjo do qual Ele fala estava então na terra. Um anjo significa “mensageiro”. E então, depois daquilo, ele viu outro Anjo descendo, não o anjo terrestre ao qual foi dada a Mensagem aqui, mas o (outro) Anjo poderoso veio do Céu com um arco-íris sobre Ele, e colocou Seu pé na terra e no mar, e jurou por Aquele que vive para sempre, “Não haverá mais tempo”. Vêem? Mas antes que Ele soltasse aqueles Sete Selos para revela-los, Ele mostrou milagrosamente, Ele mostrou primeiro nos céus.
65 Naquele dia eles tiraram fotos através de todo o sul dos Estados Unidos e do México. Isto está colocado lá na Revista Life, continua um mistério para eles. Mas Ele declara isto nos céus antes de faze-lo na terra. Ele sempre faz isto. Ele mostra Seus sinais nos céus primeiro.
66 E mesmo o Zodíaco. Eu não estou voltando para ensinar o Zodíaco, mas estou simplesmente te mostrando que os céus declaram Isto. No Zodíaco nós encontramos, nas constelações de estrelas, Ele declarou toda a Bíblia na constelação do – do Zodíaco. Lá nós encontramos que ele começa, na própria – exatamente a primeira figura do Zodíaco que é a Virgem, e a última figura no Zodíaco é o Leão; mostrando que Jesus voltaria primeiro à terra através de uma Virgem, Ele voltará pela segunda vez como o Leão da tribo de Judá. Vêem? Ele passa através dos peixes que estão em forma de cruz bem antes disto. A Era do Câncer, em que estamos vivendo agora. “E todos os céus O declaram”, a Bíblia diz.
67 Agora, a poucos meses atrás eu preguei, numa série de reuniões no Tabernáculo, sobre As Sete Eras da Igreja. Você, talvez, todos já ouviram. E quando eu terminei de desenhar no quadro negro as Sete Eras da Igreja, como que a Luz entrou e como que a Luz foi embora. E eu acho que vocês tem aquilo, talvez, aqui em algum lugar; mas está no nosso meio, de qualquer maneira, nós sabemos. E a coisa estranha, no último dia quando a última Era da Igreja foi desenhada, esta grande Coluna de Fogo (a qual está e nosso meio) desceu no meio de centenas de pessoas, e Se foi afastando para a parede detrás do Tabernáculo. E lá, diante destas centenas, desenhou estas Eras da Igreja, escurecendo e clareando, exatamente da maneira que eu tinha desenhado no quadro. Misteriosamente!
68 Agora, outro dia, nós tivemos o evento da história da igreja agora… Na – na Bíblia, a lua representa a “igreja”, e o sol representa a “Cristo”. Pois encontramos isto em Apocalipse, capítulo 12, a mulher a qual era a “igreja”, ela foi encontrada com a lua sob os seus pés e o sol em sua cabeça, doze estrelas em sua coroa. Que, o – a velha lei Judaica Ortodoxa estava sob os seus pés, ela havia atravessado aquilo para a luz do sol. As doze estrelas são os “doze apóstolos” que nos trouxeram as mensagens, agora, sob o Espírito Santo. Agora encontramos que a lua está nos céus para refletir a luz do sol, na ausência do sol. Ela nos dá – ela nos dá luz para nos ajeitarmos. Mas isto continua… Não importa o tanto que isto reflita, isto ainda permanece a não ser a luz perfeita, porque é um reflexo. E o sol brilha contra a lua, e a lua reflete a sua luz na ausência do sol. Mas quando o sol nasce, não se necessita mais da lua.
69 E hoje a Igreja está refletindo a Luz do Filho de Deus que está ausente. A Igreja é um reflexo da Luz. Porque Ele disse, “Um pouco e o mundo não Me verá mais. Ainda vós Me vereis, pois Eu estarei convosco, mesmo em vós, até o fim da era. As obras que Eu faço”, Luzes que Ele manifesta. E não há nenhuma Luz a não ser através da Palavra de Deus. Lá havia…
70 Aquele sol é a Palavra de Deus. No princípio, Deus disse, “Haja luz”. E quando a Palavra de Deus é manifestada, quando a Palavra de Deus foi manifestada, lá houve luz. Primeiro, Deus falou isto. O que seria se isto não manifestasse? Então isto não era Luz ainda. Mas quando Ele falou isto, então isto foi manifestado, vindicado, Sua Palavra foi vindicada, a luz veio à existência.
71 E esta é a única maneira que isto pode ser feito agora, é quando a Palavra é vindicada, a Palavra escrita de Deus vindicada, então isto mostra Luz. É, uma porção é acesa, ou colocada para cada era. Encontramos isto nas Eras da Igreja, encontramos no Velho – Velho Testamento das eras da igreja. Cada vez que lá vem um tempo para uma – uma certa manifestação da jornada, houve um profeta que veio à terra. E a Palavra veio ao profeta, e ele fez a Palavra viver. E quando a Palavra foi identificada, ela refletiu Deus. E lá havia a – a era, lá havia a Luz. E esta é a maneira que a Luz vem hoje.
72 Agora, eu não tenho nada contra nenhuma denominação, as pessoas. Mas eu tenho tudo que posso pensar contra os sistemas, porque eles estão errados. E o primeiro sistema que alguma vez levantou, foi o – o sistema Romano da igreja Católica Romana. Esta foi a primeira organização que alguma vez foi organizada, foi a igreja Católica Romana, a Roma de Nicéia. Cerca de cento e vinte e cinco anos após a morte de Cristo, 325, fez brotar a organização da igreja Romana que colocou as pessoas juntas e amenizou tudo que estava contrário a ela. Foi aí onde eles arranjaram suas estranhas doutrinas e começaram um sistema que está fora da Palavra. E agora aquela igreja, desde aquele tempo, tem exatamente refletido escuridão, porque naquela época nós passamos por, o que chamamos de, “A Era Negra”, cerca de mil anos. É conhecido por todos os historiadores e estudantes da Bíblia, e outros, como a Era Negra, foi quando a igreja Romana controlava tudo.
73 E esta igreja Romana é “a – a mãe das prostitutas”, a Bíblia disse, em Apocalipse 17, “ela era uma meretriz, e a mãe das prostitutas. Agora, isto é imoral, uma vida imunda de uma mulher. Ambos são a mesma coisa, ambos são o mesmo. Então se – se prostituta, isto teria que ser uma mulher. Portanto, você observa que não é prostituta, mas “prostitutas”. Vêem? Ela é “ela”, singular, “meretriz”. Então as igrejas são chamadas de “prostitutas”, filhas de meretriz Romana. Ela é a mãe de tudo isto, a mãe da organização.
74 E não é isto uma coisa estranha, que neste dia quando temos passado por todas estas coisas, e a Mensagem tem atravessado a terra contra a organização, Ela tem detonado isto da direita para a esquerda, que, nesta hora isto tem sido dito desde 1933, quando o Espírito Santo me deu aquelas visões e me mostrou o fim do tempo, sete coisas das quais falei, e cinco delas já aconteceram, perfeitamente, exatamente; como a Alemanha e – e Itália e todas as guerras, e as coisas nacionais (geralmente falam comigo sobre estas coisas. Mas elas aconteceram exatamente da maneira que Ele disse que elas aconteceriam. Como que Mussolini iria à Etiópia arruinaria os seus passos, e então como que ele viria a uma desgraça, e ser cuspido pelo seu próprio povo; e desgraçado, dependurado de cabeça para baixo, com aquela prostituta com a qual ele vivia, na rua. Como que a América iria para a guerra com a Alemanha, eles receberam um golpe terrível em um lugar chamado, uma grande linha onde lá havia concreto fortificado lá, eu creio que é chamado de Siegfried Line. E há um chamado de Maginot, eu creio que esta foi Francesa. Está isto certo? E a Siegfried Line era a linha Alemã. E o Senhor me deixou ver aquilo, onze anos antes que isto fosse construído. E eles nunca admitiam ser derrotados nisto, os Americanos não admitiam, até que eles quase afundaram todo o exército. Quando eles entraram lá, os Alemães tinham suas armas exatamente em fileira naquele comboio, e deixou que isto entrasse exatamente lá, e quase afundou aquilo. E eu vi aquilo, onze anos antes que a linha fosse até – até mesmo uma fundação daquilo fosse colocada, ou qualquer coisa, a Siegfried Line. E todas estas outras coisas, como maquinas e automóveis, e – e como que tudo tem vindo exatamente da maneira que Ele disse, até uma mulher dirigindo esta nação, que, talvez, seja a igreja. E então virá o fim.
75 Agora encontramos que nisto, toda esta coisa e como tenho explodido contra a organização, não é estranho que o papa deixasse Roma pela primeira vez e fosse à Jerusalém? E fazendo isto… Jerusalém é conhecida como a igreja mais velha de todo o mundo.
76 Quando Melquisedeque encontrou com Abraão da matança dos reis, ele era o Rei de Jerusalém, um Sacerdote, o qual era Cristo, era Deus; ninguém mais poderia ser Melquisedeque a não ser Cristo, Ele Mesmo, ou melhor, Deus Ele Mesmo, porque ele não tinha pai e nem mãe. Vêem? Jesus tinha ambos, pai e mãe, vêem. Então este homem não tinha pai, não tinha mãe, sem principio de dias e fim de vida. E seja o que Ele for, Ele continua vivo. E Ele foi Rei naquele tempo, de Salém, que interpretado é, “Rei da Paz, Shalom”. Rei de Jerusalém, o qual encontrou com Abraão e lhe deu vinho e pão, a ceia, após a batalha. Um tipo muito bonito lá no capítulo 7 de Hebreus, nós encontramos isto. Agora, lhe deu pai e vinho depois que a batalha havia terminado. Como Ele…
77 Esta é a primeira coisa que tomaremos após entrarmos no Novo Reino, nós comeremos outra vez com Ele no Reino do Pai, o pão e o vinho. “Não tomarei do fruto da vide, nem comerei mais do pão, até que eu coma convosco, outra vez, no Reino do Pai, naquele dia”.
78 Agora, quando encontramos que depois que o Rei Shalom estava em… veio da cidade, então mais tarde o credo tomou conta disto. E tem sido constantemente credo, mas isto representa a velha igreja. E somos ensinados no Novo Testamento, não falhem em receber isto, no Novo Testamento não somos desta cidade Jerusalém, da terra, mas nós somos da Nova Jerusalém, de cima. Então isto deve ser a lua, Jerusalém, de cima. Então isto deve ser a lua, Jerusalém, e não a Nova Jerusalém, de cima. Então a lua representa a igreja, terrestre.
79 E não é isto estranho que logo que o papa fez a sua viagem à Jerusalém, que a lua nos céus ficou totalmente escura, somente poucos dias antes dele fazer aquilo, sua viagem. Ele também está vindo aqui, você sabe, vêem. Agora, isto nunca foi conhecido, vêem. Mas o que isto mostra? Que, isto, ele está fazendo isto para ganhar companheirismo como ele encontrou no dia depois que ele veio à Jerusalém, ele encontrou com a hierarquia Grega Ortodoxa. O que aquilo reflete? Companheirismo, eles estão querendo que os Protestantes e Católicos se ajuntem, o que eles estão fazendo e completamente farão. E Deus refletiu isto para nós, na lua, de uma escuridão total. Através de Sua graça e misericórdia…
80 Alguns de vocês viram o jornal onde eles tiraram as fotos da lua? Eu o tenho aqui. Se isto não é uma perfeita imagem, partindo da sétima era a qual ainda não é, exatamente da maneira que eu desenhei através do Espírito Santo, As Eras da Igreja. Há seis delas, a sétima ainda não terminou. As seis condições da lua, como que em seu brilho na primeira era da igreja; escurecendo na segunda, terceira, quarta, quinta e sexta; exatamente da maneira que o Espírito Santo me deixou desenha-las no quadro, e então identifica-las Ele Mesmo, na parede do Tabernáculo, a dois anos atrás. A lua reflete a si mesma, a ciência outra vez apanha a foto das Eras da Igreja, exatamente como eles apanharam aquela Luz em cima e a colocaram na Revista Life, na abertura dos Selos, da revelação na era do sétimo anjo. Nos dias do seu ministério, o sétimo mensageiro, os mistérios de Deus, que são todos os mistérios que tem havido através das eras, deviam ser revelados, feitos manifestos, isto deveria ser naquela época. E Ele fez isto! Suas palavras não falham. Não é isto uma coisa misteriosa? Deus desenhando nos céus a mesma coisa que eles seguraram, o mesmo Deus desenhando nos céus a mesma coisa que eles seguraram, o mesmo Deus me permitiu desenhar no quadro negro, e então Ele Mesmo. Isto é as três vezes que Ele perfeitamente identifica isto, e logo que o papa foi à Jerusalém.
81 A qual, aquela era a igreja, a luz é a igreja, representa a igreja. E antes da igreja, a sombra do mundo passa pela lua. A sombra do mundanismo, a sombra mundana, a igreja mundana, tem varrido e escurecido toda a Luz da Bíblia. O mundo entrou no reflexo da Luz. Você compreende? O mundo atravessou pela luz da lua, e escondeu o sol. E o reflexo da lua que está suposta a estar dando luz para a terra, foi encoberto. E Isto veio e desenhou os quadros exatamente da maneira que Isto havia feito, através da inspiração, antes que isto acontecesse.
82 Agora aquilo, creio eu, irmã Simpson, estava no jornal de Tucson. Eu não sei se a irmã Simpson sabia… Ela não compreendeu isto então. Ela disse, “Eu recortei algumas fotos para você, e algumas notas, de um jornal”, e me entregou.
83 E eu pensei algo estranho. Eu fui lá e apanhei aquilo, e olhei naquilo, eu disse, “Aí está, exatamente vêem, exatamente o que eu tenho procurado”. E lá estava aquilo no jornal.
84 A irmã Simpson pode lhe dizer em que jornal está isto, se você deseja receber uma cópia disto. (A irmã Simpson diz, “Está no de 28de dezembro – Ed.) E – e o que diz? (“Está na edição vespertina de 28de dezembro”). Na edição vespertina de 28de dezembro.
85 Vêem, antes dele ir à Jerusalém para esboçar sua Luz, ou que acesso isto tem. Que tempo, posição, e que direitos Isto tem para brilhar, agora está cortando tudo isto fora, para a última era, a sétima era da igreja onde ela entra na escuridão. Que grande coisa o Senhor está nos dizendo. Em tudo, Isto nunca falhou, a não ser o que Deus no céu tem declarado e dito, olhe nisto, e aqui tem identificado isto e vindicado, esta é a Verdade absoluta.
86 Escuridão, esta Era da Igreja de Laodicéia. Agora quando Jesus, O Qual é a Palavra, na Era da Igreja de Laodicéia estava fora da igreja, batendo na porta, tentando entrar. Escuridão, densa escuridão sobre este povo. Estava a Bíblia correta? (A congregação diz, “Amém” – Ed.)
87 A perfeição da Escritura, glória ao Seu grande Nome. A visita do papa foi um sinal para as igrejas escurecendo Sua manifesta… A Luz manifesta do mundo era a Bíblia. Jesus disse que Ele era a Luz do mundo. A Bíblia diz que Ele é a Palavra. E a manifestada, ou a vindicada Escritura é a Luz. Agora não será permitido para você faze-lo quando isto mantém-se firme. E nós vemos isto prefigurado, dito por inspiração antes que isto acontecesse; prefigurado pela lua, e mostra isto acontecendo, e aqui está isto acontecendo.
88 A hora está sobre nós, escuridão, densa escuridão sobre as pessoas agora, é isto que é. O que significa tudo isto? Onde estamos parados? Em que hora estamos vivendo? Quão perto estamos da Vinda? Bem, você diz, “Quando todos eles tiverem um reavivamento”.
89 “Não temas, pequeno rebanho, porque ao Pai agradou dar-vos o Reino”. Correto.
90 O que significa isto? Deus tem começado separar a Luz das trevas, vêem, comprimindo-os para trás, como Ele fez no princípio, para mostrar o alvorecer de um novo dia. As eras da Igreja estão se tornando negras. Perdão. As Eras da Igreja estão se tornando negras. Deus está levando a escuridão para um lugar, tem que fazer isto, para dissolver as organizações da igreja, dissolver o mundo. O mundo está encobrindo a coisa, e o mundanismo tem tomado toda a coisa. Então não está Deus certo? Através das coisas mundanas, e da maneira mundana de se vestir, da maneira mundana de se portar, da maneira mundana de viver, o mundo assim está!
91 Vocês não são do mundo, filhinhos. Vocês são do Céu. Esta não é a tua Casa.
92 Por que devo eu olhar, para nós os idosos, tentar olhar para trás e se tornar jovem outra vez? Não podemos fazer isto. Mas estamos olhando para frente, não olhando para trás. Olhando para cá, o que tem sido, e queremos saber o que será. E estamos olhando para aquela hora, tendo pressa por isto.
93 Tantas pessoas boas e sinceras hoje, são apanhadas nestes credos, nestas igrejas e organizações, “tendo aparência de piedade, mas negando o seu Poder”, como diz em II Timóteo, capítulo 3.
94 Densa escuridão, ofuscando Israel, foi para o esclarecimento dos Gentios. Agora o ofuscamento dos Gentios é o esclarecimento de Israel. É exatamente como o dia e a noite; um lado tem escuridão, do outro lado tem luz; e então a luz veio para o outro lado. Então a – a lua passando da maneira que ela faz, e o reflexo do mundo ofuscando a sua luz, é um reflexo para nós que a era da igreja Gentílica está terminada. A Igreja está aprontando a si mesma, aprontando-se para a hora, é hora para o Rapto. Pois a escuridão está aparecendo gradualmente sobre os Gentios, e o alvorecer logo romperá sobre os Judeus. O sol tem viajado do Leste para o Oeste, e estamos na Costa Oeste. A Luz pode fazer somente uma coisa, voltar para o Oeste, do outro lado. Você compreende, compreende? (A congregação responde, “Amém” – Ed.) A Luz pode somente voltar para o Leste outra vez, para onde ele começou, Israel. Deus os cegou por um tempo, mas a – a escuridão agora está sobre o mundo Gentio que cobriu toda a coisa. Os Gentios pisarão Jerusalém até que a dispensação Gentílica seja terminada. Assim disse Jesus. E agora está terminado, densa escuridão está sobre as pessoas! Deus refletindo isto nos céus, como Ele tem mostrado isto na terra antes que tudo isto aconteça. Nós estamos nisto.
95 Boas pessoas serão apanhadas nisto, boas pessoas, pessoas sinceras. Como Maria e José, eles eram muito sinceros, vêem, pensando que Ele estava com eles, quando Ele não estava. Maria e José, vocês sabem, quando eles subiram para a festa, Jesus, na idade de doze anos, eles pensaram, presumindo, que Ele estava com eles, mas não estava. Boas pessoas hoje pensam a mesma coisa, eles, estas pessoas que estão organizadas neste Concílio de Igrejas, estas pessoas nestas organizações, elas – elas pensam que estão fazendo uma boa coisa. Eles estão presumindo que Ele está com eles, quando não está. Vêem, muitas pessoas pensam que Ele estava com elas quando elas estreitaram a mão com o pregador e colocaram os seus nomes no livro, mas Ele não estava. Muitas pessoas pensavam, quando elas foram aspergidas, confirmadas, batizadas no nome do “Pai, Filho, Espírito Santo”, pensavam que Ele estava com elas. Elas são boas pessoas. Maria e José eram boas pessoas. Porém os fatos eram, que Ele não estava lá! Não presuma nada.
96 O que é Luz? A vindicada, Palavra falada de Deus! Fora disto, não há nenhuma Luz. Vêem? Você não pode alumiar a terra com lanternas. Isto toma a Palavra de Deus que foi feita manifesta, o Filho.
97 Elas eram boas pessoas. Observe a precisão de Sua Palavra, como Ela é perfeita. Você observou o que Maria disse? Agora para vocês queridas pessoas católicas, não tenho nada contra vocês. Nada contra vocês. É o sistema no qual vocês estão. E vocês protestantes, a mesma coisa. São os sistemas!
98 “Maria, mãe de Deus?” Descubra, um Menino de doze anos de idade, o seu próprio filho, teve que coloca-la em ordem. Não há em nenhum lugar na Bíblia onde Jesus alguma vez chamou Maria de Sua “mãe”. Ela não era a Sua mãe. Como poderia ser ela a mãe de Deus? Ela era simplesmente um ventre que Ele usou para vir a terra, para ser manifesto na terra, através do ventre. Não há nada dela de maneira alguma, nenhuma Escritura alguma vez já mencionou “mãe”.
99 Observe como Maria é tão errada, mas Sua Palavra é tão perfeita. Ela lhe disse quando… Ela O encontrou no templo, aos doze, discutindo com os teólogos. Ele os maravilhava, como um Menino de doze anos; nem mesmo ia à escola, ou, se foi, não temos nenhum registro disto. Mas um Mocinho de doze anos confundindo os – os sábios no templo, em Sua sabedoria. Ela disse, “Teu pai e eu temos Te procurado em lágrimas”. “Teu pai!” A mãe ela mesma, supondo, disse, “Teu pai José e eu temos Te procurado em lágrimas”.
100 O que Ele disse para ela? “Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai? Se Ele estivesse tratando dos negócios de José, Ele estaria construindo casas, ou em uma carpintaria. Mas Ele não era filho de José. “Estou tratando dos negócios de Meu Pai”, corrigindo estas denominações e credos e coisas que ouço. Vêem? “Estou tratando dos negócios de Meu Pai”. Ele nunca admitiu que José fosse Seu pai. Mas Maria sim, e Ele voltou-se e a corrigiu.
Ela disse, “Teu pai e eu temos Te procurado”.
101 Ele disse, “Estou tratando dos negócios de Meu Pai”, mostrando que José não era o Seu pai. Suas Palavras são perfeitas, vêem.
102 Mas Maria e eles, simplesmente presumindo aquilo. Bem, veja o que foi, ela foi embora. Ela – ela… Ela queria mostrar diante daqueles sacerdotes e outros que – que – que ela não era o tipo de mulher. E ela, fazendo aquilo, ela simplesmente rasgou a fundação debaixo de seu testemunho, depois dela ter testificado que um Anjo havia chegado até ela, “E disse, “Tu conceberás e terás um Filho, não conhecendo homem algum, um Filho nascido da virgem”. E aqui diante do grande Sinédrio, ela diz, “José, Teu pai aqui, e eu, temos Te procurado”.
103 E aquele Menino de doze anos de idade disse, “Estou tratando dos negócios de Meu Pai”. Ele a repreendeu, “Este não é o Meu Pai!”
104 Veja a igreja hoje, carregada de concílios e – e estas coisas do mundo, agora ela está sem luz. Deus a está repreendendo!
105 Jesus nunca a chamou de “mãe”. Um dia ela veio visita-Lo em Suas reuniões, em uma casa ou algo assim. Alguém veio, “Lá fora, Tua mãe e irmãos Te esperam”.
106 Ele disse, “Quem é Minha mãe, Meus irmãos? Quem são eles?” Olhou para os Seus discípulos e disse, “Aqueles que fazem a vontade de Meu Pai, é Minha mãe, Meu irmão, Minha irmã, e assim sucessivamente. São estes que são”.
107 E na cruz, quando Ele estava morrendo, Ele disse a João, o discípulo jovem, Ele disse, “Eis tua mãe”. “Mulher, eis o teu filho”. “Filho, eis tua mãe”. Vêem, nunca reivindicou, Ele mesmo. Não era o seu Filho. Era o Filho de Deus. Ela era simplesmente um ventre.
108 Isto é uma casa nesta manhã, mas não é a Igreja. A Igreja está em você, Cristo. O espírito dos mortais que estão assentados aqui, encontram-se juntos em lugares celestiais. É Cristo, não a casa. A casa está bem, está servindo o seu propósito, mas está somente sendo usada para um lugar de reunião. Maria era simplesmente um ventre que Ele usou para vir à terra, para identificar-Se a Si mesmo entre o povo. Não a “mãe de Deus”, não mais do que esta casa é a Igreja de Deus. Foi simplesmente usada para aquilo.
109 Sim, muitos amigos pensam agora, pessoas, boas pessoas como Maria e José, pensam que – que Ele está com eles em fazer isto. Mas como foram então, assim estão agora, enganados. Eles pensavam que estavam com Ele, mas não estavam. Mas quando eles foram batizados, pessoas devem ter pensado, ou, eu – eu O recebi quando eu O aceitei e fui batizado. Aquilo não é isto. Até que a Palavra falada reflita a Si mesma!
110 Mas, o Eleito, e a Luz agora? Tenho falado tanto sobre o escuro, e eu já gastei a metade de meu tempo, onze e meia. Agora vamos voltar a isto; densa escuridão está sobre as pessoas, agora e a Luz? Ele disse que densa escuridão estaria sobre as pessoas, mas lá haveria Luz, “Levanta-te e resplandece, porque já vem a tua Luz”. Como pode haver escuridão e Luz, tem que ser separado. E a única coisa que separa isto, a Palavra manifesta, separa, Ela leva isto para o outro lado do… Aqui está a escuridão sobre a terra, mas quando a manifestada Palavra de Deus, o sol, o qual foi chamado à existência através da Palavra, mostra a si mesmo, as trevas correm para o outro lado. E isto é o que está tomando lugar agora, a escuridão está separando-se da Luz. Agora para a Igreja eleita nesta hora escura… Que, nós poderíamos ficar nisto por horas, mas eu penso que já disse o suficiente até que você entenda o que – o que significa a Escritura, quando eu disse, “densa escuridão sobre este povo”.
111 Agora eu digo para a Igreja, “Shalom. A paz de Deus”. Paz! Cada verdadeiro Hebreu, quando ele encontra com outro, “Shalom”. Em outras palavras, “Bom dia! Deus esteja contigo! Vá na paz de Deus! É um “Bom dia! Como vai você?” É o romper do dia, Igreja. É a escuridão sobre o povo. Mas é o seu “Bom dia” para a Igreja, Cristo está aparecendo no nosso meio. “Shalom. Paz”. Aleluia. “Shalom”.
112 Quando vemos a escuridão chegando, a escuridão antes do dia, nós sabemos que a estrela da manhã está pendida no além para introduzir o sol que está vindo. É, é aí quando a estrela da manhã resplandece. É – isto – é o que vai no meio. É sempre escuro somente poucos minutos antes do dia, a falta de luz vem, a lua não vem a brilhar. A escuridão antes do dia, é porque a luz está fazendo pressão sobre o escuro. Mas a estrela da manhã sai e diz, “Bom dia. Shalom”.
113 É Ele no nosso meio, Sua Palavra sendo identificada. Shalom. O grande dia está se preparando para romper, quando a Eterna manhã se romper, linda e resplandecente, quando os Seus escolhidos se ajuntarem em suas casas além no céu. Quando a chamada for feita no além, lá eu estarei. Nossos nomes estão em Seu Livro, nós estaremos lá. “Shalom. Bom dia. Paz seja convosco”.
114 A escuridão está separando a si mesma da Luz. Deus está fazendo isto, a Luz está fazendo isto. Vêem, a Luz está apressando a Si mesma de uma tal maneira até que as trevas tem que se ajuntar. Eles tiveram uma chance para aceitar Isto e eles não o fizeram, então isto condenou a si mesmo. E eles fazem isto colocando a igreja junta, e o Concílio de Igrejas, e unindo isto com a escuridão pagã. Quando eles firmemente discordam uns com os outros, mas ainda eles tiveram que se ajuntar para fazer a noite vir sobre as pessoas.
115 Isaias 60: 1 diz, “Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz”.
116 Levanta-te, resplandece, a Luz já vem. A Palavra, Luz, é vindicada outra vez. A Luz vindicou outra vez, a Palavra de Deus, para que então você possa ver Deus manifestado em Sua promessa da Luz do dia, ou da Palavra dada a esta era, vêem, estas promessas que foram feitas para este dia, estas promessas que firam ditas pelos profetas, e através de Jesus Ele mesmo. Neste dia. “Deus, em diversas vezes…” Hebreus 1, “Deus, em diversas vezes, em diversas maneiras falou aos pais através dos profetas, mas neste último dia através de Seu Filho, Jesus Cristo”. Vê?
117 A grande Luz que estava pendida no deserto era, que Moisés abandonou o Egito, considerando o vitupério de Cristo maiores tesouros do que os do Egito.
118 O mesmo que encontrou Saulo no caminho de Damasco. Uma grande Luz estava pendida diante Dele, a mesma Luz, a mesma Coluna de Fogo. Saulo, sendo um Hebreu, nunca adoraria nenhum espírito ou qualquer coisa, ou chamaria isto de “Senhor”, na posição em que ele estava. Ele disse, “Senhor, quem és Tu?”
119 Ele disse, “Eu sou Jesus”. (Jesus disse, “Eu venho de Deus, e vou para Deus”.)
120 Aquela mesma Luz tem vindo. Para que? Para manifestar, para – para fazer conhecido às pessoas as promessas que Ele fez para este dia, Luz manifesta do dia. A negra escuridão.
121 Quando Ele veio, Ele era a Luz do dia. Lá tinha que haver um Messias. E Ele veio exatamente da maneira que Deus disse que Ele viria. E quando Ele veio, o que Ele era? A Luz do dia. E Isto fez com que a escuridão passasse por Ele de tal maneira! Não é isto certo? Ele teve que dar a Sua Vida para que a Luz continuasse, pudesse resplandecer. Ele era a Luz do dia. Mas por que, por que Ele era a Luz do dia? Ele era a Palavra vindicada que foi falada, feito manifesta. Não mais do que…
122 Deus disse sobre este escuro, triste, lúgubre, mundo musgoso que estava aqui sem luz, Ele disse, “Haja luz”. E não houve luz até que aquela Palavra foi manifesta, então houve luz.
123 Ele disse, “Virá um Salvador, um Messias”. Isto continuou não sendo manifestado até que Ele veio para manifestar aquela promessa. E quando Ele vindicou aquela promessa. Ele disse, “Examinai as Escrituras, pois Nelas é onde terás Vida Eterna; e são Elas que de Mim testificam”.
124 Eles disseram, “Não sabemos quando Tu virás, somos discípulos de Moisés”.
125 Ele disse, “Se vocês fossem discípulos de Moisés, vocês teriam Me conhecido, pois Moisés de Mim escreveu”. Vêem? Ele era a manifestação. Ele era a vindicação da Palavra falada de Deus através de Moisés.
126 E no dia em que estamos vivendo agora, Deus tem entrado em cena para vindicar e provar Suas Promessas. Então, é a Luz da hora, então podemos levantar e resplandecer. A Luz resplandece sobre nós hoje outra vez, a Palavra tem sido feita manifesta. É a Luz.
127 Exatamente como aquela luz está brilhando lá em cima, o brilho do sol, nesta manhã. Esta é a Palavra falada de Deus, não há nada mais que possa dar luz desta maneira. Não há nada que possa fazer isto. Qualquer luz artificial brilha um pouquinho, lâmpadas e tudo mais. Mas Aquilo nunca falha, pois é a Palavra falada de Deus manifestada.
128 Pequenos credos denominacionais explodem uma lâmpada, e queimam uma lâmpada, e derrubam um fusível, e tudo mais. Mas a Palavra de Deus nunca falhará! Será Ela mesma, sempre, a Palavra.
129 Estou com medo de passar um pouquinho do horário aqui. Ou, ou não tem problema seguir em frente e terminar esta mensagem, não é? (A congregação responde, “Amém” – Ed.) Está bem.
130 Levante-se, e resplandeça, porque já vem a tua Luz. A Palavra, Luz, é vindicada.
131 A única maneira, como Deus foi, Jesus Cristo foi a manifestação da Palavra falada de Deus, a Luz da hora.
132 João Batista era a Luz da hora. Ele era a Luz antes que Jesus fosse a Luz. O profeta Isaias disse, “Voz do que clama no deserto, preparai o caminho do Senhor, e endireitai a Sua vereda”. Esta foi a Palavra falada de Deus, Ela estava colocada lá, não havia chegado a vida ainda. Malaquias, o último profeta, quatrocentos anos antes que isto acontecesse, ele disse, “Eis, que envio o Meu mensageiro antes de Mim, para preparar o caminho do Senhor”. Aqui veio um do deserto, sem denominação, sem credo, sem identificação. Porém Sua Luz o identificou. A Palavra o identifica.
Eles disseram, “És tu o Messias?”
133 Ele disse, “Não sou! Mas eu sou a voz do que clama no deserto, Prepare o caminho do Senhor!”
134 Jesus disse, “Você realmente andou em Sua Luz”. Ele era uma resplandecente e brilhosa Luz por um tempo. Por que? Até que o caminho fosse preparado, então sua Luz apagou.
135 Você não pode andar naquela luz, vocês batistas, Esta é a Luz da hora! A Luz tem vindo. Levanta-te, e resplandece. A Palavra, Luz. Palavra, a Palavra manifestada de Deus (identificada) é uma Luz.
136 Agora que tal o novo ano que estamos encarando? Nós poderíamos ter algo mais para dizer neste meio, da escuridão para a Luz, a introdução da Luz vindo no meio, mas agora queremos entrar diretamente no ano novo. Correto.
137 Ano novo, ano novo, o que há sobre isto? Me traz esperança. Estamos um ano mais perto. Estamos um dia mais perto do que estávamos ontem. Estamos uma hora mais perto do que estávamos quando eu comecei, quinze – quinze minutos para as onze, e agora são quinze para o meio-dia. Estamos uma hora mais perto! Nós não olhamos para trás, olhamos para frente. Vêem? Oh! Sim, senhor. Ano novo significa virar uma nova página. Huh-uh. Não.
138 Como o homem numa manhã; eu ouvi isto. Um homem levantou-se cedo e saiu e apanhou o jornal, voltou, e assentou-se, colocou seus pés em cima do divã, colocou os seus óculos, começou a ler o jornal. Sua esposa, estava preparando o café da manhã, ela disse, “João, alguma coisa nova?”
139 Disse, “Não. A mesma velha coisa, somente novas pessoas”. Sim. Isto é certo. Assassinatos, estrupos e tudo mais, alguém fazendo isto, vêem. Verdade.
140 Não vire uma nova página. É, volte para a Palavra, veja o que a Palavra promete para hoje, veja o que a Luz do dia está suposta a ser. O que devemos fazer neste ano não é voltarmos aos credos e coisas, voltar às nossas velhas denominações, não voltar às velhas denominações, mas voltar para a Palavra, ver que tipo de Luz está suposta a brilhar hoje. Oh, igreja, volte para a Palavra, volte para a Palavra, ligue o interruptor certo, pare de sair cutucando as luzes elétricas, vêem, artificiais, manufaturadas. Volte para a Sua Palavra e veja a promessa de hoje. Então veja o que a promessa é, e observe a sua identificação. Quando isto é vindicado, então você saberá se você é Luz ou não. Veja o que a promessa é.
141 Mudar as páginas ou mudar os calendários não muda o tempo. Muitas pessoas dizem, “Bem, o ano velho já foi, lançamos fora o velho calendário de Dezembro agora e penduramos o outro, do novo ano”. Que, isto é o que ano novo significa para eles.
142 Para mim, eu quero ver o que está prometido para o dia. Eu quero saber o que é a Luz da hora, para que então poder saber como andar nela. Desejo saber onde estou vivendo, em que era estou, a que distancia estou do caminho.
143 Como Paulo disse, eu poderia permanecer citando outra vez, “Esquecendo aquelas coisas que foram no passado, agora prossigo para o alvo, da soberana vocação”, para a completa identificação, quando todo o tempo se dissolverá na Eternidade quando Jesus vier.
144 Faça como fez Davi, coloque o seu futuro em Suas mãos. Não olhe para nada mais, mas coloque o seu… Davi disse aqui, ele disse – disse, “Meu tempo está em Suas mãos”. Você observe aqui nos Salmos onde lemos isto, no 62, “Meu tempo está em Suas mãos. Ele é a minha rocha”. O que é Ele? “Ele é revelado a mim. Ele é a Verdade revelada. Meu tempo está em Suas mãos”. Amém. Oh, que coisa! Aí está você.
145 Meu tempo pertence a Ele. Eu sou Dele. Estou em Suas mãos porque Ele segura o tempo. Eu não sei o que o futuro segura, mas eu sei que Ele segura o futuro. Então, Ele, O que segura o futuro, me segura. Então, porque devo eu pensar a respeito de estabelecer isto, aquilo, e aquilo outro para o ano novo? Eu simplesmente coloco a mim mesmo em Suas mãos, andando como Davi fez, “meu tempo está em Suas mãos”, sabia que Deus segurava o futuro. Davi não sabia o que era o futuro, mas ele sabia que Deus tinha o futuro. Eu não sei o que é o futuro, nenhum de nós sabe. Mas nós sabemos que Ele segura o futuro.
146 Paciência. Paciência. Alguns de nós ficam assim, alguns de nós ficam com tanta pressa. Penso que muitos bons homens tem feito isto. Você fica também – com muita pressa. Você quer, vê, você mesmo quer fazer isto.
147 E irmãos ministros, vocês sabem que quando estou falando, vocês que estão ouvindo a esta fita. Estou falando com vocês, não somente com a pequena congregação aqui, mas com homens ao redor do mundo.
148 Muitos homens saem, impacientes; mas crendo que o tempo está próximo, você tenta fazer algo dentro de ti mesmo. Espere no Senhor. Paciência é uma virtude. Se você pode ter paciência, é uma virtude. É virtude se você… “Aqueles que esperam no Senhor, renovarão as suas forças”. Não aqueles que tentam passar na frente do Senhor, aqueles que tentam ordenar o Senhor, “Senhor, eu sei que Tu queres que eu faça isto, e glória a Deus eu…” Não faça isto. Espere no Senhor. A Bíblia diz, “Aqueles que esperam no Senhor, renovarão as suas forças”.
149 Deus tomou milhares de anos para cumprir Sua promessa de um Salvador que viria. Mas, recordem, Ele sabia disto todo o tempo, quando isto estava vindo. Lá havia muitas pessoas que se levantaram e tentaram ser messias. Muitas igrejas tentaram produzir messias. Mas Deus tinha o tempo estabelecido para o Seu Messias. Ele não tinha nenhuma pressa. Vêem?
150 E, durante este tempo, Ele mostrou muitos tipos de Messias. Ele mostrou desde lá de Adão até ao Messias, primeiro e o último Adão; um deles, do mundo, e o Outro do Céu, um terrestre e o Outro Celestial, Um veio do Céu e o outro veio da terra. Mas prometeu um Messias, Ele levou milhares de anos para cumprir isto.
151 Mostrou em José exatamente o que Ele era. José O representou.
152 Davi O representou. Quando Davi era um rei rejeitado, subiu no topo da colina e olhou para trás e chorou sobre Jerusalém, como um rei rejeitado, aquilo era Jesus em Davi. Oitocentos anos mais tarde, se colocou sobre Jerusalém como um Rei rejeitado, disse, “Jerusalém, Jerusalém, quantas vezes quis te acolher como a galinha acolhe os seus pintainhos, mas tu não quiseste”.
153 Olhe para José, nascido no meio de seus irmãos, os patriarcas; não o último (próximo ao último; Benjamin era o último), mas logo antes do último, vêem, logo antes dele. Odiado por seus irmãos, amado pelo seu pai. Ele foi odiado porque ele era um homem espiritual. Ele podia interpretar sonhos, eles eram exatamente corretos. Ele podia ver visões, predizer coisas que aconteceriam. E eles o odiavam. Ele foi vendido por trinta moedas de prata.
154 Porque eles odiavam a Jesus? Eles chamavam-No de Belzebu porque Ele era a Palavra, e a Palavra pode discernir os pensamentos que estão nos corações. Eles O odiavam. E eles venderam-No por trinta moedas de prata.
155 Ele foi lançado em um buraco, José foi, pensando que estava morto. Sua capa sangrenta foi deixada para trás, como a vestimenta sangrenta de Jesus que foi tirada da cruz, o manto que Ele usou, para identificar Sua morte. Mas o que Deus fez com José? Ele o tirou daquele buraco, e o colocou à mão direita de Faraó. E nenhum homem podia ver a Faraó, somente ver José. E quando José saía do palácio, trombetas soavam e havia proclamação, “Todos os joelhos se dobrem, José está se aproximando”.
156 O mesmo com Jesus. Ele foi tirado da cova, supondo que Ele estava morto, e ressuscitou e assentou-se à mão direita da Majestade. “Nenhum homem alguma vez já viu a Deus, mas o Único Gerado do Pai. E quando Ele sair de lá, as trombetas soarão, e cada joelho dobrará e cada língua confessará”. Vêem, Ele é o Príncipe da prosperidade. Veja o que o Egito fez então, isto salvou todo o mundo, veio uma seca. Então, assim será na vinda do Filho do homem. Os joelhos, todos os joelhos se dobrarão e cada língua confessará Seu Ser.
157 Ele foi todo mostrado em tipos, mas Deus sabia exatamente quando Ele viria. Ele sabia exatamente quando Ele viria. Não importa quantos eles tiveram antes daquilo. Ele tinha o Seu Messias. Ele os mostrou em tipos, o que estava vindo.
158 Exatamente como Ele nos mostrou as Sete Eras da Igreja, o que viria. Exatamente como Ele nos mostrou o que viria quando colocou aquela Luz lá em cima, em revelação a isto, para mostrar ao mundo. Quando Ele enviou os sete Anjos para revelar os sete mensageiros que haviam estado através daquilo, e mostrar os cabos perdidos, cada Anjo vindo cada dia e revelando os cabos perdidos que Lutero deixou, e Wesley deixou, e os Pentecostais deixaram, está tudo representado lá. E no próprio tipo e sombra da grande Shalom, Jeová, Jvhu. Vêem? Lançou Isto nos céus, e lá está o olho mecânico tirando fotos Disto. Vêem? Graças ao Senhor!
159 Shalom! Paz! Não desanimes, Jesus está aqui. Sua grande Luz tem vindo até nós, e estamos agradecidos por Ela, sim, Sua Palavra, o grande mistério. Aqui está Ele hoje manifestando a Si mesmo, fazendo o mesmo como Ele fez então, exatamente o mesmo. Fazendo a mesma coisa.
160 Somos criaturas do tempo. Ele é Deus da Eternidade. Nós nos apressamos, tentamos fazer algo diferente, “Oh, isto tem que ser feito”. Recordem, Ele conhece tudo a respeito disto. Isto vai acontecer, de qualquer maneira. Deixe-O fazer isto. Simplesmente entregue a si mesmo a Ele.
161 Olhe para cima, e resplandeça com a alegria do Senhor, para saber que você tem sido privilegiado, seus olhos tem sido abertos e vê este dia. Confie Nele para o futuro. Vocês O tem visto vindicar Sua Palavra nos dias passados. Aquele que vindicou Sua Palavra nos dias passados e fez todas estas outras coisas acontecerem exatamente como a hora em que estamos vivendo, exatamente tudo, a Mensagem do sétimo anjo, ambas mostraram Isto no céu, na terra, e fez com que Ela fosse feita de três maneiras para que então lá não pudesse haver nenhum erro, recordem, Ele prometeu que voltaria outra vez. Aleluia! Aquela Palavra será vindicada. A Palavra prometida de Deus, com dois mil anos de espera, Ele chegará na hora certa! Não desanimem, Ele estará aqui. Como Ele tem vindicado Sua Palavra em cada era, as Eras da Igreja mostram a mesma coisa, e a revelação do nosso Senhor através da sétima Mensagem, e assim sucessivamente. Deus revelou isto, manifestou isto, e provou isto. E entre nós hoje, Ele mostrou a Si mesmo aqui conosco, e provou e vindicou a Sua Palavra. Assim Ele será!
162 Haverá um Milênio! O velho lá será novo para sempre. As enfermidades se dissolverão e não haverá mais morte. Eles construirão casas, e nelas habitarão. Plantarão vinhas e de seus frutos comerão. Eles não plantarão e outros habitarão (seu filho tomará isto), seu filho estará vivendo ao seu lado. Ele não plantará e outro comerá, morrerá e alguém tomará aquilo; mas ele viverá lá. Amém!…?… (Espaço vazio na fita – Ed.) Lá não haverá nada que possa ferir. Seremos mudados do que somos agora, para aquela gloriosa imagem do Filho de Deus O Qual é imortal. Anos não podem nunca toca-Lo, idade nunca pode fazer nada a Ele, Ele é o Filho imortal de Deus. Então sabemos que – que estamos no fim dos tempos. Estamos no entroncamento. Todas estas coisas totalmente identificadas, assim será isto identificado outra vez.
163 Agora, o futuro, Ele o segura. Como saberei que Ele está vindo? Quando Ele virá? Eu não sei, mas Ele estará aqui. Isto é certo. Quando Ele fará isto assim? Quando que a maldição sairá da terra? Quando que este bendito reflexo do amor de Deus, das árvores aqui e brilhando, e as flores e coisas, quando elas virão a ser imortais? Eu não sei, mas elas crescerão. Quando que todo o reflexo dos corações dos homens deseja viver, e hospitais e médicos, operações, e clamor e aflição, quando que tudo isto cessará, para um reino glorioso com Jesus de mil anos de Shalom? Quando será isto? Eu não sei. Ele disse que isto estaria lá. Eu não sei como que Ele fará isto, mas a Sua Palavra falada será vindicada quando o Sol da Justiça brilhará com cura em Suas asas. E lá, a parte de cura não será uma cura física como você pensa, como dizer que alguém tem uma enfermidade e aquilo será tirado dele. Isto é o que Ele está fazendo agora, em tipo. Mas toda será mudada! Este mortal será tomado em imortalidade. Esta velha idade passará para a juventude. Amém. Bem, como que será isto? Eu não sei, mas isto estará lá.
164 Estou ficando velho, eu mesmo. Neste ano, se o Senhor me deixar viver para ver o 6 de abril, eu terei cinqüenta e cinco anos de idade, um velho. Mas eu não estou olhando… eu não quero voltar a ser menino outra vez. Eu quero avançar-me em direção ao alvo, para o propósito ao qual eu vim. Agora, por cerca de trinta e poucos anos tenho me colocado atrás deste púlpito, de um rapazinho com cerca de vinte e poucos anos de idade, cerca de vinte e um, vinte e dois anos de idade, tenho tentando proclamar esta Mensagem. E cada onça de minha força tenho colocado Nisto. Se os meus ombros caírem e os meus cabelos se tornarem brancos e caírem, eu não olho para trás para aquilo, isto voltaria a eles outra vez. Estou olhando para o além para o romper de um dia onde a Palavra vindicada de Deus diz “nenhum cabelo de vossa cabeça perecerá, e eu os levantarei outra vez nos últimos dias”. Como que Ele fará isto? Eu não sei. Mas eu confio que o…
165 O ano novo, eu não sei o que isto segura, mas eu sei que Ele segura isto. Estas são as esperanças do novo ano que eu tenho. Se Ele vier, Amém. Se Ele não vier, eu continuarei trabalhando se Ele me poupar. Eu simplesmente confio o futuro a Ele. Eu não sei o que será, simplesmente confio Nele. Vocês O tem visto vindicar Sua Palavra, então você sabe que isto será feito. Sua Palavra!
Você diz, “Irmão Branham, como que você obtém aquilo”.
166 Bem, deixe-me te dar algum pensamento aqui só por um minuto. Vocês sabem o que é harmonia? Eu sei que vocês sabem. É uma música, é um drama. Vêem, que eles fazem.
167 Agora, vocês criancinhas, para que vocês compreendam então. Vocês recordam na escola, eu creio que vocês tem uma… O que é aquela harmonia Russa, às vezes eles – eles representam com os tambores, você sabe do que é chamado, não é o… a cerca do – do pequeno pica-pau, vocês sabem, que entrou na floresta; e eles faziam aquele alvoroço, a batida nos tambores e coisas. E você ouve tudo isto enquanto você está a ouvir a Sinfonia, enquanto eles tocam isto. Eu esqueço o nome daquilo, “Pedro e o Lobo”. Está certo, “Pedro e o Lobo”. Agora, isto é – isto é uma harmonia Russa. Vêem, eles não – eles não tem pequenos – pequenas figuras voando por ali, sendo representado, mas eles representam isto com tambores (Irmão Branham bate em alguma madeira – Ed.) e então (O irmão Branham bate em outra coisa), e faz o tambor e os sons e coisas. Eles representam isto, atuam isto. Então, vocês compreenderão o que o irmão Branham está tentando dizer. Vêem?
168 Agora para vocês adultos, a Escritura é a Sinfonia de Deus. Sim. Aleluia. Somente o Compositor sabe o que isto realmente significa e Ele revela isto para aqueles que estão ouvindo, que estão interessados em saber o que é o drama. Mas vocês teriam de saber a respeito de harmonia primeiro, vêem. Não é somente algo que você vê, é o – a mudança, as junções da Palavra, da música. Isto lança; às vezes isto vai por este lado por um tempo, uma certa batida, depois de algum tempo tudo isto muda. O que é isto? Para vocês que não compreenderiam Isto, ou não sabem nada a respeito Disto, não estão interessados Nisto, é simplesmente uma algazarra, é uma bagunça. Mas para aqueles que conhecem Isto, eles estão olhando Nisto, eles sabem que Isto está vindo. Aleluia!
169 Então temos estes tempos de sinfonias da Sinfonia da Palavra de Deus, todo o drama muda. Vocês que estão interessados, atentem para aquela mudança. Você sabe que está se aproximando. Você ouve a maneira que os tambores estão sendo batidos, Amém, querendo que algo aconteça. Você sabe que isto é uma mudança, vêem, isto romperá em um estrondo em poucos minutos. Vêem? E você está procurando por isto, você pode dizer a maneira que os tambores estão soando. Ó Deus! Se tu podes ouvir os tambores do final agora, se podes ouvir o eco musical da Palavra cantando Ela mesma, “E acontecerá nos últimos dias!” A harmonia do grande drama de Deus que Ele está fazendo, Isto O transforma, Sua harmonia nas junções. O compositor e aqueles que estão interessados, observam a mudança. Isto é o que toda esta coisa é para nós, estamos ouvindo, estamos observando. Cada vez que Ele aparece, algo acontece, nós vemos o tempo se aproximando. Nós vemos lá atrás, a não muito tempo, quando aquelas Eras da Igreja foram desenhadas, estávamos ouvindo. Vimos que aquilo estava exatamente com a Palavra, em compasso com a Palavra. Após um tempo, o que aconteceu? Aqui vem Ele, Ele Mesmo, e vindicou isto.
170 Nós ouvimos a Palavra dizer aquilo, “Nos dias do sétimo anjo”. Na Era da Igreja. Ele simplesmente disse, “A Mensagem do sétimo anjo será a última Mensagem”. E então, ó, nós encontramos aqui em Apocalipse 10, “Nos dias da Mensagem do sétimo anjo, os mistérios de Deus terminariam”, o Sétimo Selo seria trazido de volta. Ele devia estar lá. Então de repente, quando está acontecendo, uma visão veio, disse, “Vá para Tucson, um grande barulho haverá desta vez, então você esteja totalmente esclarecido e saiba que foi enviado. Isto somente sacudirá a terra, por pouco”. Todos vocês sabem a respeito disto. Isto estava na fita meses antes que acontecesse. Então aconteceu! Então isto apareceu nos céus. “Shalom!” O que é isto? É a mudança de compasso, a harmonia.
171 Então certa vez Ele disse a respeito da Terceira Puxada; como que isto aconteceria desta maneira, então conhecendo o coração, e então a Palavra falada.
172 Jesus disse, “Coisas maiores do que estas as fareis; pois Eu vou para o Meu Pai”. João 14, “As obras que faço, também as fareis; maiores do que estas, pois Eu vou para o Meu Pai”. Exatamente como eu disse a algum tempo atrás, quando Maria tentou identifica-Lo como filho de José, Ele a corrigiu. Suas Palavras não podem falhar! Assim Ele disse, “Os céus e a terra passarão, mas Minhas Palavras não hão de passar”.
173 Quando ouvimos o compasso da harmonia, mudando, preparando para mudar, é o tempo da junção. Nós observamos quando Ele começa a – a ritmar, e nós vimos, “As obras que faço, também as fará, e maiores as fará”. “Maior”, Ele prometeu isto. Ele desejou saber como sito poderia ser.
174 Mas você observou quando Ele realizou o Seu primeiro milagre, Ele tomou a água e a transformou em vinho. Não é isto certo? Ele tomou a água, a qual potencialmente algum dia seria vinho, mas era água primeiro.
175 E quando Ele alimentou cinco mil, o que fez Ele? Ele tomou algo que havia sido como água, Ele tomou um peixe que uma vez nadou e foi nascido de um ovo, e Ele o partiu, e outro peixe veio à criação que foi a criação original. Ele tomou o pão que uma vez era trigo, e era uma semente e se tornou em pão, e Ele partiu este pão e a criação simplesmente multiplicou.
176 Mas no mato, não havia nada lá para fazer o esquilo. “Que haja”, e lá estava, sem nada para partir. O que é isto? O mesmo Jesus Cristo! Vêem? “Coisas maiores do que estas as fará, pois eu vou para Meu Pai”. Não tomando algo que tem sido criado, partindo algo disto e multiplicando a criação, mas absolutamente criar. Mostrando que Ele é o mesmo Jeová que se pôs lá de pé e disse, “Que haja”, e lá houve. Sua Palavra foi feita manifesta! Quando Ele foi feito carne na terra, Ele tomou a Sua criação original, partiu e a multiplicou. Mas agora nos últimos dias, quando Ele veio no nosso meio outra vez, a mesma Luz que moveu, disse “que haja luz”, vêem, Ele simplesmente chamou a criação à existência. “Maiores do que estas as fará, pois Eu vou para o Meu Pai”. Recordem, estamos nestes tempos.
177 E o mundo não compreende, porque são um “grupo de contra-senso”. Porque eles não são Metodistas, os Metodistas não compreendem Isto. Por causa disto, eles não são Batistas, os Batistas não compreendem Isto. Porque não são os Católicos, os Católicos ano compreendem Disto. Porque não são os Pentecostais, os Pentecostais não entendem Disto.
178 Mas aqueles que esperam no Senhor, aqueles que estão olhando! Nenhum homem que temos na história, de nenhum observatório, sabia da Estrela que passou. Mas estes magos A seguiram por centenas de milhas, por dois anos, eles observaram-na e seguiram-na. Vêem o que eu quero dizer? É para aqueles que estão ouvindo a sinfonia.
179 Recordem, o Compositor conhece o fim desde o princípio. Ele conhece tudo a respeito disto, esta é a razão que Ele não podia escrever aqui. Exatamente. Agora você deve começar com Ele, você deve começar. Se você deseja ouvir uma sinfonia, você começa com Ele tal como a música na sinfonia. Você ouve, você sabe o que isto diz, será o que a sinfonia é, então você começa ouvir a música. E você sabe o que ela é, então você sabe exatamente, “Aqui está onde certas coisas aconteceram, agora isto tem que mudar”. Agora, para qualquer pessoa que não sabe nada acerca do que eles… simplesmente entram e se assentam, são simplesmente um grupo de contra-senso, fazendo barulho de chocalho. Mas aquele que sabe o que isto é, que é ritmado com a música, o retumbar das notas, é – é trombeteado com as trombetas, é tocado nas harpas, é tocado com o violino, é – compassado no baixo, é soado pelas trombetas, é ritmado nos tambores. A coisa toda junta em ritmo, e isto faz o – o drama até que você possa fechar os seus olhos e viver nisto. Aleluia!
180 O homem poderia fechar os seus olhos mortais para a visão terrestre e viver na Presença de Jesus Cristo, quando vemos a Sua Palavra sendo executada na grande sinfonia que estamos vivendo agora, mudando. Você deve começar na Sinfonia. A única coisa que você pode fazer se você está na Sinfonia, então você começa, você começa a entrar no ritmo. Esta é a maneira que faz com Deus. Você não fica fora olhando para aquilo. Você entra no ritmo Disto! Como que você entra lá? Você é nascido Nisto, no ritmo da Palavra, quando você se torna parte daquela Palavra.
181 Você teve que se tornar parte da dança para sair na dança. Você tem que se tornar parte do jogo de bola, algo que você esteja interessado, para entrar no jogo de bola.
182 Você tem que se tornar parte da Palavra, para conhecer a Sinfonia de Deus. Sua Sinfonia é quando Isto está sendo tocado, você compreende, você está marchando no compasso do tempo. Você está olhando para isto, “As obras que faço, também as fará; maiores do que estas as fará”, nestes últimos dias. Oh, que coisa! A grande mudança do tempo. Nós entramos no compasso, no compasso da Palavra. Encontramos o Seu propósito, a hora em que estamos vivendo. Entramos no ritmo disto, como que… como que Ele faz isto. Se você entra na Palavra, você encontrará como que Ele fez isto no princípio, então você saberá como que Ele está fazendo isto o tempo todo.
183 Como que Ele enviou Sua Mensagem, primeiro? O que ele faz? Ele não trata com organizações. Ele nunca tratou, então Ele não o fará agora. É aí onde, se você está ouvindo o ritmo do Concílio de Igrejas, você está em trevas. Mas se você está ouvindo o ritmo da Palavra!
184 Por que eles mataram Jesus? “Tu, sendo um Homem, fazes a Ti mesmo Deus”.
185 Vocês tem a minha Mensagem As Três Classes de Crentes. Como que aquele que se pôs lá e… Lá havia os manufaturados, eles seguiram por um tempo, fazendo de conta que criam. E um dia Jesus disse para eles, disse, “O que vocês pensarão quando o Filho do homem, o qual é do Céu, ascender de volta ao Céu? Eu vim do Céu, e vou para o Céu”.
186 Ora, a multidão foi embora, dizendo, “Estas são palavras duras”.
187 Então lá vem os manufaturados que estavam andando com Ele, os setenta, quando eles tem algo duro, eles não viram que isto… eles não conheciam a Sinfonia. Eles não conheciam a Promessa, que esta Criança era Jeová, “Seu Nome será chamado Conselheiro, Príncipe da Paz, O Deus Todo-Poderoso”. E quando Ele disse, “Quando Eu ascender para o Céu de onde vim!”
188 “Bem”, eles disseram, “estas são Palavras duras. Quem pode compreende-Las? Nós sabemos que Tu és simplesmente um Homem. Nós comemos Contigo, nós dormimos Contigo, estamos nos campos Contigo, estamos perto das águas Contigo. Bem, Tu és simplesmente um Homem, e diz que o Filho do homem subirá para onde Ele veio? O que Tu dirás? Estas são Palavras duras!” Vêem, eles não conheciam o compasso. Eles não conheciam o ritmo da Sinfonia da Palavra de Deus, que Ele foi manifesto em carne, pois Ele era a – a Palavra Luz vindicada da hora. Eles não perceberam isto. Eles disseram, “Esta é uma coisa dura. Quem pode compreender Isto?” E eles se foram. Eles não conheciam o compasso, vêem.
189 Então observamos outra vez, lá estava Judas, o manufaturado, ou o incrédulo, que esperou até que ele encontrasse uma falta. Então Ele voltou-se para os discípulos, disse somente aos doze, e Judas era um deles, Ele disse, “Não quer você ir também?”
190 Então Pedro disse, “Para onde iremos nós, Senhor? Tu és o Compositor”. Amém. “Tu sabes como que isto está indo. Tu és o Único que tem a Palavra de Vida. Para onde poderíamos ir? Não poderíamos voltar para ser Fariseus, ou um Saduceu, ou um Herodiano”, ou seja o que for. “Tu és Aquele que tem a Palavra de Vida. Não temos outro lugar para ir. Nós, nós temos nos ajuntado a nós mesmos a este grande Concerto. Estamos aqui, estamos ouvindo, estamos no ritmo. Nós cremos que Tu és Filho de Deus, o Jeová manifestado. Estamos certos disto! Nós não sabemos destas grandes lutas e problemas, e aflições e coisas, e Tu dizes que subirás para ser oferecido, e tudo isto, aquilo, e aquilo outro, e no terceiro dia, toda esta coisa. Nós não compreendemos Aquilo. Mas estamos dentro, ouvindo a Sinfonia de Deus, nós somos parte dela. E estamos esperando ver o que acontecerá em seguida, e estamos Te seguindo de perto”. Oh, que coisa! Isto é o que eu desejo fazer. Promessa.
191 Como que Ele começou? Exatamente como Ele fez no princípio. Vêem? Ele nunca enviou a Sua Mensagem para uma organização. Ele nunca enviou a Mensagem a um grupo, Ele enviou a um homem. Nos dias de Noé, era Noé. Nos dias de Moisés, era Moisés.
192 Houve outros pensamentos certa vez, que eles disseram, “Bem, você faz a si mesmo o único homem santo do grupo”. Deus olhou para aquilo.
193 Moisés foi para o Senhor, “Tenho feito isto. O que, o que devo fazer?”
194 Ele disse, “Separa-te deles. Eu tomarei conta do resto disto. Eu te enviei. É a Minha responsabilidade”. E Ele abriu a terra e engoliu Coré e toda a riqueza. Sempre.
195 João e Jesus não poderiam estar ao mesmo tempo. Jesus… Quando João olhou para cima, ele disse, “Agora eu devo diminuir, e Ele deve crescer. Ele é a Luz vindicada”. Então esta Luz moverá até que ele encontre que a total vindicação venha. Isto é certo. Isto é correto.
196 Ele é o que Ele era no princípio. É assim como você começa, como você começa a aprender o que era Deus. O que Ele fez quando estava aqui na terra? Que tipo de vida Ele viveu? Ele concordou, Ele era um compromitente? Ele foi às organizações? Como que Ele identificou a Si mesmo? “Examinai as Escrituras! Você pensa… Nelas você pensa ter a Vida Eterna, e Elas são as que de Mim testificam”. Vêem, esta é a mesma coisa hoje ou em qualquer outro tempo. Quando você quer Luz, veja o que a Escritura diz para esta hora. Correto.
197 Onde que você começa, então? Se há um pecador aqui, você começa na cruz quando você se considera morto com Ele. Você tem entrado então para o – o grande drama. Você está ouvindo, então, você está olhando para sua folha enquanto você a segura em sua mão, a – a – a Harmonia. Você – você tem uma folha em sua mão que lhe diria estas coisas, onde as mudanças da música começa fazer isto atuar, então você verá o que é o ato. Quando você ver o Espírito de Deus cair sobre as pessoas e fazer certa coisa, você olha para trás e vê onde está isto. Vê se aquilo, se esta é a coisa para hoje. Porque, eles tinham uma folha em Suas mãos quando Jesus veio, da Harmonia. Certamente, eles o fizeram.
198 Estou eu dizendo estas palavra certa, sinfonia, harmonia? Eu espero que sim. Então, simplesmente aconteceu de eu pensar nisto. Sinfonia? (Alguém na congregação diz, “Sinfonia” – Ed.) Sinfonia. Está certo? Correto.
199 Agora, eles tinha uma folha em suas mãos, mas o que fizeram eles? Eles estavam tentando olhar para trás para compassar tudo aquilo que tinha… uma porção já tinha sido apresentada. Isto é o que as igrejas fazem hoje. Elas olham para trás, ver o que o grupo de Lutero apresentou; os Luteranos fazem. Eles não conhecem a mudança da música. Eles não sabem o que Deus está fazendo hoje quando Ele faz estas coisas, os Luteranos. O Pentecostal diz, “Oh, nós recebemos Isto”. Você tem uma folha que foi apresentada a cinqüenta anos atrás. Vêem? Certamente. Vamos somente guardar esta Palavra em nossas mãos, e observar quando a mudança vier, então saberemos o que estamos fazendo.
200 Agora, e começar com Ele na cruz. “Arrependei-vos e sejais batizados no Nome de Jesus Cristo, para a remissão de pecados; e recebereis a Música, a Direção”, vêem, “Sua Palavra, o Espírito Santo que manifesta a Palavra”. Então seguir com o ritmo da Palavra. Seja qual for o compasso da Música da hora, compasse com Ela. Vêem?
201 Muitas pessoas perguntaram, “Por que?” Elas perguntaram. Elas perguntaram, às vezes elas perguntam para mim, “Por que? Por que estas coisas devem acontecer? O que, por que, por que isto aconteceu comigo? Por que fui começar e isto aconteceu, e eu – eu tive este problema aqui, e isto me contrariou aqui, e eu perdi isto aqui?”
202 Às vezes tenho perguntado, “Por que? Por que, quando eu era simplesmente um jovem ministro, primeiro comecei, e logo Deus tirou a minha esposa de mim, e levou a minha nenê de mim, bem de dentro do meu coração? Por que Ele fez isto? Eu não sabia. Eu sei agora. Eu simplesmente segurei a minha mão na Sua e continuei confiando.
203 Ele conhece cada junção. Ele sabe que o ritmo deve… quando ele deve tomar lugar. Ele sabe o que isto toma para te moldar, Ele sabe que espécie de material Ele vai usar. Vêem? O lado detrás do deserto às vezes, onde Deus molda homens justos em sábios e profetas. Vêem? Vêem? É aí onde os homens são compassados. Os homens são compassados, na Palavra. Quando eles tem todas as espécies de credos e coisas neles, deixe-os vir para a Palavra de Deus, compassa isto exatamente neles, molda-os exatamente Nisto, na grande Sinfonia com, de Sua Palavra. Vêem? E então eles vêem a Palavra movendo.
204 Deus sabe quando o ritmo disto tem que mudar. Ele sabe como que o ritmo vai. Eu não sei como que ele vai, mas Ele sabe. Ele sabe como isto está, eu não sei. Mas eu olho nisto aqui, e digo, “Bem, isto está simplesmente vindo”.
205 “Muitas são as aflições dos justos, mas o Senhor os livra de todas”. Vêem? Deus tem movido através da história com o ritmo de Sua Palavra prometida, em cada era, no mesmo ritmo, fazendo Sua Palavra. É assim que Deus tem movido através da história, todo o caminho de Gênesis a Apocalipse, Ele tem movido através da história com a Sua Palavra. Isto é certo, com o ritmo do – do poder do Espírito Santo vindicando Sua Palavra para se Elegido. Recordem, Ele nunca foi capaz de tocar na igreja do lado de fora. Ele é o único Eleito.
206 Veja aqueles sacerdotes, disseram, “Este homem é Belzebu. Ele é um adivinho. Porque, Ele – Ele – Ele está lendo suas mentes”.
207 Eles sabiam pouco, “A Palavra é mais aguda do que uma espada de dois gumes, que discerne os pensamentos que estão em seus corações”. E Ele era a Palavra.
208 Mas esta pequena prostituta lá no poço de pé naquele dia, para apanhar um balde d’água, ela disse, “Vejo que Tu és um Profeta. Sabemos que o Messias está vendo. E não temos tido profetas por centenas de anos, mas sabemos que o Messias está vindo. E quando Ele vier, Ele será assim”.
209 Ele disse, “Eu O sou”. Isto foi o suficiente. Por que? O ritmo entrou em compasso! Ela estava procurando pela mudança, de uma igreja denominacional para um Messias vindicado. E aqui Ele se pôs de pé, o Messias do qual Moisés havia falado, “O Senhor teu Deus levantará um Profeta como eu”. Aí está Ele. O ritmo mudou, a Semente vindicada reconheceu Isto.
210 E quando a verdadeira Palavra de Deus cai sobre a vindicada, sobre a Semente, e eles vêem aquela vindicação da Palavra, eles reconhecem Isto. Eles estão olhando na Palavra, eles conhecem a junção, eles conhecem o tempo, eles conhecem a mudança, eles conhecem o ritmo que tem que haver naquela hora. Aleluia! Eles conhecem o ritmo, eles conhecem o tempo, eles sabem como sito está – suposto a ser. Vêem, somente os Eleitos sabem Disto.
211 Quando Filipe viu isto, ele não pôde suportar isto ais, Ele sabia que aquele era o Messias. Então ele foi até um companheiro, eles haviam tido estudos Bíblicos juntos. “Natanael”, ele disse, “venha, e veja um Homem. Venha, veja o que encontramos, nós encontramos Jesus de Nazaré. Nós encontramos Jesus de Nazaré, este é o Profeta do qual Moisés falou que viria. Nós O encontramos. Nós O encontramos”.
212 Ele disse, “Como pode ser isto? Eu simplesmente… Onde Ele está?” Vêem, ele não estava… Vêem, ele não conhecia exatamente o ritmo. Eles haviam estado estudando. Mas quando ele chegou lá, ele lhe disse, o introduziu à palavra.
213 E quando ele chegou lá, Jesus disse, “Eis um Israelita”, o ritmo começou a se firmar, o grande drama estava sendo apresentado lá na plataforma, ou no chão, naquele dia. Talvez Jesus de pé em cima de uma rocha, falando para as pessoas. E quando Filipe subiu com Natanael, Ele olhou para ele, e disse, “Eis um Israelita, no qual não há dolo”.
Ele disse, “Rabi, de onde Tu me conheceste?”
214 Ele disse, “Antes de Filipe te chamar, quando tu estavas debaixo da árvore, Eu te vi”. Oh, que coisa!
215 Ele era parte disto! Ele disse, “Tu És o Filho de Deus! Tu És o Rei de Israel!” Não importava o que – qual era o ritmo do mundo, e todos os bailes que as – as denominações tinham, isto era a grande Harmonia de Deus. Amém. Ele disse, “Tu És o Rei de Israel! Aí Tu estás! Eu vejo isto. Eu sei disto”. Por que? Ele era Eleito. A Semente Eleita conhece. Tem sido sempre através de cada era, eles conhecem isto.
216 Você diz, “Mas, irmão Branham, e a minha mãe e o papai, e as minhas pessoas, e a minha denominação, o que – o que eles farão? Eles lançarão fora. É isto…” Se você não pode olhar para frente, olha para cima. Não tente olhar para frente, de qualquer modo, coloque sua mão nas Suas. Deixe-O te dirigir. Olhe para cima, não olhe para frente. Você diz, “Porque, porque os outros me criticam os meus cabelos longos, por não usar shorts, e por deixar a igreja”. Huh! Sofrer pelo amor de Seu Nome é dores de crescimento de Sua graça. Sim. Sofrendo por Sua Palavra, vêem, é dores de crescimento de Sua graça. Sim, Senhor! Somente recordem, é a graça de Deus que te tem sido dada. Oh, que coisa!
217 Como Paulo disse, aleluia, ele tinha uma enfermidade, algo que o estava molestando. Ele… O diabo – o esbofeteava, golpes após golpes. E ele consultou ao Senhor, três vezes, para tirar isto dele, disse, “Eu não desejo isto, Senhor. Tire isto de mim!”
218 E então certa noite o Senhor falou com ele, disse Saulo, ou, “Paulo, minha graça te basta”.
219 Ele disse, “Então eu me gloriarei na minha enfermidade. Nisto me gloriarei. Eu sei que Tu és o Curador. Tenho Te visto curar o enfermo, ressuscitar mortos, e expulsar demônios, abrir os olhos do cego. Mas se eu Te consultei, e Tu me disseste que a Tua graça é o bastante, então este demônio que me incomoda é – são as dores de crescimento de Tua graça. Então eu gloriarei nas minhas enfermidades. Por que? E para que não me exaltasse pelas excelências das revelações”. Vêem?
220 Vêem, ele – ele tinha algo que os outros discípulos não tinham, ele O viu após a Sua morte, sepultamento, ressurreição e ascensão. Ele O viu. Alguns deles dizem, “Bem, eu andei com Ele”. O mesmo fizeram todos na rua. Mas depois que Ele estava morto, enterrado, e levantou, e ascendeu, e retornou na forma de uma Coluna de Fogo, Ele conversou com Paulo. Isto foi mais do que qualquer do restante deles teve. Amém.
221 Ele disse, “Para que eu não me exalte e deseje construir grandes seminários e tudo mais e grandes outras coisas, para que – que me não exaltasse pelas excelências das revelações, Deus deixou que um mensageiro do Diabo me esbofeteasse”. Ele disse, “Então quando estou fraco, estou forte”. Amém. Amém. Dores de crescimento da graça! Amém. Nós poderíamos permanecer nisto por muito tempo; uma hora e quarenta e cinco minutos tem passado, e – e estamos sofrendo as dores de Sua graça.
222 Oh, Ele pode permitir uma estrada transversal. Ele pode permitir cruzamentos para nos provar. Para nos aperfeiçoar para o Seu serviço. Ele pode permitir isto agora, Igreja, ambos aqui e na fita. Ele pode permitir os cruzamentos para o nosso serviço.
223 Como Ele fez com Daniel. Certo dia Ele deu a Daniel um pequeno cruzamento. Você sabe, ele era um grande homem lá na Babilônia. Ele fez, Ele permitiu que o rei fosse contra ele e o jogasse na cova dos leões. Isto simplesmente o aperfeiçoou. Certamente!
224 Deixou que os filhos Hebreus fossem para a fornalha ardente. Eles estavam determinados para se colocarem de pé pela Sua Palavra!
225 Ele pode permitir palavras cruzadas, deixando que eles riam de você porque tem o cabelo comprido, deixando que eles riam de você, dizendo que você se tornou um santo rolador ou seja o que for. Isto podem, eles podem rir… eles podem rir de você por causa disto, daquilo, daquilo, daquilo, não importa. Este é um cruzamento, esta é uma pequena junção. Isto é para provar algo.
226 Vêem, a única coisa que o cruzamento fez com os filhos Hebreus que estavam firmes na Palavra, foi simplesmente soltar os laços que amarravam suas pernas e os pés.
227 E às vezes acontece provações difíceis para tirar fora de nós os laços do mundo. Às vezes, Deus nos deixa ter pequenas provações, vocês sabem, para ver o que faremos, para tirar-te fora do mundo. Ou, em outras palavras, te deixar ter uma pequena provação e derrubar-te daquela organização, e aquela idéia de que “Os Metodistas são os únicos, o Batista ou Pentecostal, ou isto é – este é o único grupo que eles possuem. Se você não crer nisto da maneira que a minha igreja crê, você não crê de maneira alguma”. Às vezes, Ele deixa com que uma pequena provação aconteça. Talvez você tenha um bebê enfermo. Talvez algo acontece exatamente na hora da morte. Talvez alguém é tirado de você, ou algo. Que isto fará? Para te partir, para te mostrar algo, para abrir os teus olhos. Às vezes você vem para criticar, às vezes. Talvez você esteja ouvindo esta fita simplesmente para criticar. Talvez Deus esteja fazendo isto par romper os laços mundanos que te amarram.
228 Como um homem que está se afogando em um rio, você tem que tirar o homem para fora do rio antes que você tire o rio do homem. Isto é certo. Primeiro você tem que tira-lo para fora do rio, então você tira o rio de dentro dele. Às vezes Deus tem que fazer isto desta maneira. Ele permite as junções, e cruzamentos para fazer isto. Firme em Sua Promessa, a Palavra, pois elas nunca falham. O futuro, que está em Sua mão. Fique como eles estavam, não – não vá embora.
229 Abraão, em seus cruzamentos, sabia que Deus podia ressuscitar o seu filho, desde que ele o recebeu em estradas transversais. Abraão veio ao seu cruzamento. E depois dele ter confiado em Deus e de haver visto todos os milagres de Deus. Ele esperou pelo menino por vinte e cinco anos, um filho prometido, e então Deus lhe disse para ir e sacrificar a própria coisa pela qual ele havia esperado. Oh, que coisa, que tempo! Mas Abraão vacilou? Leia Romanos, no capítulo 4, diz que ele “estava certíssimo”. Amém. Ele estava certíssimo que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer. Amém. Ele permitiu o cruzamento. Ele estava mostrando através de Abraão, para nós, vêem, Ele é capaz de ressuscitar um morto.
230 Abraão disse, “Eu o receberei como um que foi morto”. O ventre de Sara estava morto, o ventre de Sara estava morto; e ele, seu corpo estava morto, ele era um velho. Ela não tinha as veias do leite para alimentar o bebê. E eles não tinham… Bem, lá não havia nada. E ele era estéril, ele mesmo, e ela era estéril. Vêem? Não tinha jeito de maneira alguma. E ele o recebeu como que da morte, ele disse, “Se Deus pode fazer aquilo, Deus o pode levantar da morte. Porque o mesmo Deus que me disse que o bebê viria, e eu fiquei firme e ele veio, Ele o pode ressuscitar dos mortos”. Pois, Ele faz com que tudo opera juntamente para o bem daqueles que O amam. Amém.
231 Deus, O qual fez a promessa, que nos últimos dias estas coisas aconteceriam para que as víssemos acontecer! Se Ele prometeu um filho, e o filho veio; se Ele prometeu todas estas coisas que vemos através da Escritura, e isto aconteceu, vamos entrar no ritmo disto. Ele prometeu que enviaria Jesus. Aleluia. Haverá um Milênio! Haverá um novo dia. Haverá um dia quando o sol nunca mais se porá, pois o… não precisaremos mais dele, pois o Cordeiro é a Luz da Cidade para onde estamos indo. Amém.
232 O alvorecer de um novo dia, eu sinto isto em todo o meu ser agora. A Luz de um novo dia. A Luz de um dia onde não há nenhuma noite, não há nenhuma escuridão, nenhuma sombra, nenhuma atmosfera, nenhum – nenhuma ofuscação, céus escuros, nenhuma meia-noite, nenhuma sepultura, nenhuma flor ao lado das colinas, nenhum desfile fúnebre, nenhum médico, nenhum necrotério. Amém. Eu – eu posso sentir os – os raios de Sua Luz rompendo sobre minha alma. O novo dia! O velho está indo.
233 Como eu sinto o sangue mortal derramando através de meu corpo, eu sinto o impulso do Espírito Santo vindo atrás disto, “Levanta-te e resplandece”.
234 Algo diz, “Billy Branham, você está ficando velho, você está ficando fraco, seus ombros estão caindo, seus cabelo estão se tornando cinza e caindo”. Isto é certo. E a escuridão e densa escuridão está sobre a terra!
235 “Mas levanta-te e resplandece!” Eu sinto cair lá o impulso da Luz do glorioso Evangelho de Jesus Cristo o qual me tem feito uma nova criatura Nele. Estou esperando por aquele dia, amém, para o novo dia. Eu não sei o que é o futuro. Eu não sei o que ele segura, 1964, segura para mim algo ou nada, mas eu seguro na mão Daquele que segura a Eternidade, O Qual é Eterno. Amém.
236 Abraão sabia que Deus podia ressuscitá-lo outra vez, então ele confiou Nele.
237 Então, para o ano novo, está determinado para permanecer com a Sua Palavra e ao que Ela prometeu, como outros (Eleitos) fizeram em outros dias. Se você sentir que tem visto a Luz que tem rompido sobre você, de Jesus Cristo, Sua manifestação de Seu grande Espírito Santo neste último dia. E, recordem, recordem, permaneça com isto, o que Ele fez, é você um dos Eleitos; e o que ele, os Eleitos nos outros dias, como Abraão, quando Ele viu isto, quando tudo isto estava contra as provas científicas. Noé viu, e tudo isto estava contra as provas científicas. Moisés o viu, e estava tudo contra as provas científicas. Estas eras de sábios tem passado; mas os Eleitos os quais viram isto, permaneceram firmes! Amém.
238 E para o futuro, vamos permanecer firmes na promessa. Deus a fez, depende de Deus para ver isto. Eu estou simplesmente seguindo o ritmo. Quando isto compassa o tempo e diz “este é o fim de William Branham na terra”, então eu irei com o ritmo. Então eu virei outra vez com o ritmo. Aleluia. O Que compassou, compassou isto, compassou outra vez. É o ritmo de Deus, “Eu o levantarei nos últimos dias. Aquele que crer em Mim terá Vida eterna. Aquele que ouve Minhas Palavras e crê Naquele que Me enviou, terá Vida Eterna; e nunca passará pelo julgamento, mas tem passado da morte para a Vida”. Eu seguirei o compasso da Palavra. Amém. Não o ritmo do meu coração; o ritmo da Palavra! Não importa o que seja isto, se o meu coração não compassar com a Palavra, então o meu coração está errado. Amém. Pois, Ele é a Palavra! Amém. A Bíblia nos diz isto, a Palavra de Deus.
239 Eu estava ouvindo um programa, quando estava vindo, o Billy e eu, a um tempo atrás. E isto era esta Bíblia… a – a chamada hora da profecia, a hora de… Como que é chamado? Algo sobre profecia. A Voz da Profecia. Realmente, são os adventistas do Sétimo Dia. Eles tiveram quatro ou cinco nomes diferentes. Millerites é o que eles eram para começar.
240 Eles foram os que disseram, lá em uma reunião, que “Eu disse ser Jesus Cristo; que o – o Santo Pai estava sobre mim, aquela Coluna de Fogo, e eu era Jesus Cristo”. Aconteceu de haver uns amigos meus lá me pé em uma de suas pequenas reuniões, ele levantou e disse, “Você terá que provar isto, porque eu o chamarei bem aqui. Eu quero que vocês vejam se alguma vez ele já disse isto”, vêem, e assim. Ele estava falando a respeito de cultos diferentes e coisas sobre a terra.
241 Eles sabem. Certa vez eu dei um nó neles nestas perguntas de sábado. Eles tiveram o velho dia que passou. O Espírito Santo é o nosso Sábado, assim diz a Bíblia, “Vinde a Mim, todos vós que estais cansados e oprimidos, e Eu vos darei o sábado de vossas almas”. Não o “dia”. Paulo disse, “Você que guarda o dia, eu estou receoso por você”. Vêem, isto é correto. Sim, senhor. “Resta ainda um repouso”, Hebreus 4, “Para o povo de Deus, os guardadores do sábado. Porque aquele que entrou no Seu repouso, tem cessado de suas obras, como Deus das Suas”.
242 Mas os seus oradores, a um tempo atrás, foi um bom programa, não tenho nada contra eles. Eu faria qualquer coisa que pudesse para ajuda-los. Os perdôo francamente por terem dito isto, porque eles disseram algo que não estava correto. Mas não tem problema. Suas doutrinas são exatamente como as dos Testemunhas de Jeová e dos da Ciência Cristã, e todos estes outros cultos, vê você, a mesma coisa. Mas observem, eles são exatamente como qualquer outra organização, eles não podem estar mais errados, eu penso, do que o resto deles. A Palavra sempre está certa, vêem, Ela prova a Si mesma que é correta. Observem.
243 Mas quando ele estava falando, o homem disse, “Nós temos o livro do ano”. Este escritor, ó, qual é o seu nome, o orador disto? Eu esqueci completamente qual é o seu nome agora. Ele falou para os Homens Cristãos de Negócios lá em cima em Seattle aqui a não muito atrás na Feira Mundial. E ele – ele disse, este locutor disse, “Este homem tem escrito o livro, o livro de mais projeção para este ano”. Eu discordo.
244 O Livro para este ano é a Bíblia. É a Luz do ano. É Deus Ele mesmo. Nosso Livro do ano é a Bíblia. Para este 1964, nosso Livro é a Bíblia. E para todos os anos que virão, nosso Livro é a Bíblia. Todos estes anos que passaram, tem sido o Livro dos anos que passaram, tem sido o Livro dos anos que passaram, o Livro dos anos que virão, e Ela é o Livro da Eternidade. Ela revela que é de Deus. Sim, Ela revela Deus. Em cada ano que está por vir, é Livro do ano. Quando – quando você ouvir a Bíblia dizer qualquer coisa, sua promessa é vindicada, haverá um Eterno, algum dia. A Bíblia é A que nos dá esta promessa, quando você ouve a Bíblia dizer que haverá um dia quando Jesus virá. E como digo hoje, agora…
245 Eu tenho que concluir, porque eu – tenho estado aqui por duas horas, vêem, exatamente nisto.
246 Veja, se – se a Bíblia nos fala destas coisas que ao de vir, fala sobre todas estas horas que – que pelas quais tenho passado. Os dias de Noé estão preditos. Os dias de todos estes outros, a Escritura predisse. Os dias de Martinho Lutero foram preditos, os dias de Wesley, os dias dos Pentecostais. Esta hora que estamos vivendo foi predita. Tudo aconteceu exatamente da maneira que era para acontecer. Então quando… O que é isto? Esta é a Palavra falada de Deus, a qual é vindicada por Ele, faz a Luz da hora. Vêem, exatamente como é o sol. Quando a Palavra, a Palavra ela mesma, é a Luz quando vindicada para a hora a qual pertence. Vêem, é vindicada, então é a Luz da hora.
247 João era a Luz, ele – ele tinha mais Luz do que Elias e os seus tiveram. Elias, ele não era a Luz de Elias, mas ele era Elias em outra forma, a Luz vindicada. Vêem, ele era. E quando Jesus veio, Ele disse, “Ele era a Luz mais resplandecente e brilhante para a época. Você gosta de andar em Sua Luz”. Vêem?
248 E João disse, “Agora eu devo estar escurecendo. Eu devo sair agora, minha Luz está terminando de brilhar. Eu devo sair. Ele deve crescer. Ele é a Luz”.
249 Ele disse, “Eu sou a Luz do mundo”. Amém. Isto é correto. “O mesmo, ontem, hoje e eternamente”. E Ele continua ser a Luz do mundo. E que Ele é? “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus”. Por que Ele era a Luz do mundo? Se Ele tivesse vindo, dizendo que Ele era o Messias, e se Ele não fizesse como a Bíblia diz que o Messias faria, então Ele não seria a Luz do mundo. Vêem, é a Palavra vindicada que faz isto ser a Luz do mundo.
250 E nesta hora em que estamos vivendo agora, a Palavra vindicada desta hora! Pentecostais, vocês dizem, “falar em línguas”, e assim sucessivamente. Isto não foi o Dia do Pentecostes, isto foi a Luz da hora então. Vêem, este é outro dia. Ele é a Luz da hora hoje.
251 A Sétima Era da Igreja, toda polida, com Cristo do lado de fora. A lua a está identificando, toda escuridão sobre a terra. A Luz está se comprimindo agora, começa a mostrar o que tomará lugar. A coisa será destruída, e a Luz virá a destruir isto. E os Santos herdarão a terra, os mansos herdarão a terra. A terra, a escuridão da lua será tirada. A escuridão da noite passará, a escuridão com sua morte e credos, e longe da Palavra de Deus, perverteram coisas que eles estão dizendo. E a Luz romperá diante do dia.
252 E recordem, quando toda a Bíblia… Ouçam, concluindo. Quando toda esta Bíblia for totalmente vindicada, então haverá uma Eterna Shalom, uma Eterna Paz. Vê?
253 Ele virá, e disse que Ele era “Paz sobre a terra, e boa vontade para com os homens”, mas o mundo não o recebeu. Vêem? Vêem? Ele era a Paz para todo aquele que veio a Ele procurando por Paz. Vêem? Paz na terra, boa vontade para com os homens, Ele foi a Paz para o princípio daquele novo ano, novo dia de Deus. Para que? Ele era a Luz vindicada para o dia. Vêem?
254 Mas existe mais Palavra para ser vindicada. Ele tem que vindicar mais da Palavra. E quando a última Palavra for vindicada, ou melhor, for vindicada, então a morte será transformada em vitória, e os mortos em Cristo levantarão, o Milênio virá, e haverá uma grande paz, Shalom. Vamos armazenar para aquele dia, irmão, irmã, para aquela grande Shalom.
255 Recordem, a Bíblia é a fonte de toda a sabedoria, e segura toda a esperança do futuro. Para a Igreja, Shalom! Oremos.
256 O pequeno grupo aqui presente agora. Eu – tenho estado duas horas em – nesta pequena Mensagem de ano novo. Vocês tem estado muito pacientes. Se há alguém aqui nesta manhã, ou melhor, nesta tarde, que não tem Shalom, aquela Paz que falei, que identifica a Palavra de Deus quando você e a Palavra se tornam um? Quando, se a Bíblia diz uma Coisa, você diz “não, eu dificilmente posso crer que aquilo é certo”, então você não tem Shalom. Você não está em paz com Deus, porque a Sua Palavra diz uma Coisa e você discorda com Ela.
257 E se a Palavra diz, “Shalom, Paz”, e você tem aquela Paz, que toda Palavra que Deus disser, você pode pontua-La com um “Amém”, e você crê Nela. E quando você A vê vindicada, você diz, “Amém, isto é a Palavra!” Mas um credo, uma luz, uma luz falsa, o mundo varre na sombra da luz que tem sido refletida para escurecer, algum credo, para dizer, “Não, eu – eu penso que – que Isto foi para algo mais. Aquilo não significa só Aquilo”, e ainda a Palavra diz Isto? Está você seguindo aquela sombra, ou está você aparecendo com Aquela Luz?
258 Aqui e na fita, seja quem for que a ouvir, pense nisto por um momento. E se há alguém presente aqui que gostaria, que não tem Aquela Luz, levantaria você sua mão para se identificar, para que você esteja pronto para andar Naquela Luz hoje. E se há alguém fora do país onde esta fita for, que não tem Isto, levantará você sua mão para Deus bem onde… Desligue o seu gravador no momento em que orarmos, e ajoelha-te, e diga, “Senhor Deus, eu tenho duvidado, eu – eu fiz isto. Tenho pensado, bem, porque a igreja diz que estas coisas não haveria, e não poderiam ser. E, mas vejo que isto está prometido na Bíblia, e vejo muitas coisas. Mesmo os céus declaram Isto, a si mesmo. E estas coisas que são ditas, estão exatamente acontecendo. E Deus no Céu está declarando a mesma coisa. Então, eu desejo receber isto agora. Que a Palavra de Deus venha a mim. E que eu possa entrar no ritmo, não ouvindo o que a igreja e o pregador diz; mas deixe-me entrar no ritmo da Palavra, e ver o que Ela diz. E deixa-La levar-me, nesta grande Harmonia de Deus, um ritmo de Sua vontade em minha vida”.
259 Nosso Pai Celestial, nós agora apresentamos-Te cada mão que está levantada, por todos os lados. E que o Espírito Santo de Deus traga a elas o ritmo da Palavra e a Sua Verdade, para que elas possam ser moldadas agora em filhos e filhas de Deus, e que eles possam estar refletindo a Luz de Deus sobre a terra. Que eles possam ser a Palavra manifesta, que homens e mulheres possam viver da maneira em que Jesus viveu, e para – crer em cada Palavra de Deus e viver por Ela como Ele viveu, pois Ele disse, “Não só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus”. Não somente algumas Palavras, parte da Palavra, mas “Mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus”.
260 A Palavra do tempo de Moisés não serviu para o dia dos tempos de Jesus. A Palavra, a Palavra dos dias dos apóstolos não serve para este dia. É a Palavra prometida para este dia. Eles disseram a si mesmos, e falaram isto através do Espírito Santo, o que aconteceria nos últimos dias, como que as igrejas seriam precipitadas, de mente alta, como que a meretriz se levantaria e as prostitutas estariam logo com ela, e como que eles escureceriam a terra. E na última era da igreja, Laodicéia, Jesus seria completamente tirado fora da igreja.
261 Ó Senhor, que eu possa estar com Ele, a Palavra. E manifesta a Tua Luz, através de todos nós, enquanto nos estabelecemos através deste novo ano com uma determinação. Não sabendo o que estes ano novo segura, mas estamos segurando Nele, a Palavra, O Qual conhece toda a Harmonia do princípio ao fim. Ele conhece cada movimento e cada junção. E, Senhor, estamos simplesmente observando-O, colocando nossos olhos Nele, a Palavra. Então quando vemos estas coisas aparecerem, sabemos que estamos exatamente no ritmo da Palavra. Conceda isto. Salve cada alma perdida, Senhor, aqui, e cada um que ouvir a fita. Nós os entregamos a Ti, por amor de Teu Reino, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...