UM JULGAMENTO
27 de abril de 1964
Tucson – Arizona – E.U.A.
Tradução – EUA


1 Porção da Escritura, e meu tema esta noite é para… Eu acho que Jesus Cristo nunca teve um julgamento justo no tribunal de Herodes-Herodes- Herodes, perante Pilatos. Não creio que Ele teve um julgamento justo. E penso que, nos próximos quarenta e cinco minutos, vamos dar-Lhe um julgamento, porque Ele está em questão novamente. E agora a…

2 Uma das coisas principais sobre as quais Ele é questionado, é a Sua Palavra. E eu creio nessa Palavra. Assim, eu-eu vou ler esta noite do lugar mais questionado na Escritura. Que é Marcos, capítulo 16.

3 E agora, se estivéssemos nos comprometendo a ser fieis à bandeira, ou se estivéssemos ouvindo O Pendão Semeado de Estrelas [Hino à bandeira dos E.U.A.-Trad.], todos ficaríamos de pé. E eu penso que se podemos fazer isso em comemoração à nossa excelente nação que temos, nós certamente deveríamos fazer isto à Palavra de Deus. Assim fiquemos de pé, só por uns momentos, enquanto eu leio na Palavra.

4 Marcos, capítulo 16 de São Marcos, começando com o versículo 9. Escutemos com atenção enquanto lemos estes versículos. Agora, estamos exatamente no tempo da ressurreição. Nós estamos no tempo quando nosso Senhor tinha acabado de ressuscitar, e estava aparecendo, também, em diferentes formas, ao povo. Agora, o versículo 9 começa assim.
E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.
E, partindo ela, anunciou-o àqueles que tinham estado com ele, os quais estavam tristes e chorando.
E, ouvindo eles que Jesus vivia e que tinha sido visto por ela, não o creram.
E, depois, manifestou-se em outra forma a dois deles que iam de caminho para o campo.
E, indo estes, anunciaram-no aos outros, mas nem ainda estes creram.
Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado.
E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas;
Pegarão nas serpentes;… se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos… os curarão.
Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu e assentou-se à direita de Deus.
E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém!

5 Agora inclinemos a cabeça só por um momento, para oração. E eu vou pedir, se não tiver problema que, se um irmão, Marvin Smith, que foi tão amável para conosco ontem, e me pediu para participar na fila de oração com ele ontem à noite, que ele peça as bênçãos de Deus sobre as Palavras que acabei de ler.

6 Irmão Smith, por favor. [O irmão Marvin Smith ora-Ed.] Concede, Senhor. Sim, Senhor. Concede, Senhor. Concede, Senhor. Concede, Senhor. Sim, Senhor. Concede, Senhor. Amém.
Obrigado. Podem sentar-se.

7 Há tantos dos meus amigos aqui, que eu gostaria de mencionar todos eles, porém, justamente como o irmão disse, não temos tempo de fazer isto. O irmão Outlaw ali, um verdadeiro irmão amigo do peito meu de Phoenix, e o irmão Moseley e-e tantos outros que eu simplesmente quase não conseguiria ter tempo de reconhecer a cada um. Porém tenho certeza que vocês entendem, eu não quero omitir vocês.

8 Agora, sobre esta Palavra, com que somos confrontados esta noite. E somente quero dizer algumas coisas sobre esta Escritura. Em todo lugar a que vamos, nós encontramos isto, a mais dife-…a… onde o incrédulo promove disputas.

9 Aqui faz algum tempo… Muitos de vocês conhecem Perris Reedhead. Ele é o presidente das Missões Sudanesas. Essa é uma das maiores missões fundamentais do mundo. Ele e Don… Não consigo me lembrar do seu sobrenome. Ele é o pastor, uma das maiores igrejas batistas de Chattanooga. Vieram à minha casa, em-em Jeffersonville, e disse: “Irmão Branham,” disse, “nós entendemos que o irmão era batista.”

10 E eu disse: “Sim, senhor. Eu fui ordenado, uma igreja batista missionária.”
Ele disse: “Estou sabendo que o irmão está tendo companheirismo com os pentecostais.”
Eu disse: “Sim, senhor. Eu sou um deles.”

11 E ele disse: “Bem, eu quero perguntar uma coisa.” Disse: “Eles afirmam ter o Espírito Santo.” Disse: “O irmão acha que aquilo é o Espírito Santo?”
Eu disse: “Sim, senhor.”

12 Ele disse: “Bem, a única coisa que não consigo entender, é o porquê de todo esse falar alto e gritaria e comportamento dessa maneira.”

13 Eu disse: “Bem, se você-se não se pode pôr o vapor a girar uma roda, ele,sai pelo apito. Isso é tudo.” Eu disse: “Se-se eles pudessem… É por isso que estou com eles.” Eu disse: “Se você apenas pudesse pôr essa coisa em operação, e isso, o entusiasmo, movendo-se além para ganhar almas, isto conquistaria o mundo.” Porém eu disse: “E por isso que estou ali.”

14 Ele disse: “Bem, quando eu era garotinho,” ele disse, “eu tive um chamado de Deus. E mamãe lavava numa tábua de lavar roupas, para eu estudar.” E disse: “Eu, quando, eu pensava que quando obtivesse meu diploma de bacharel em artes,” disse, “ali eu encontraria Cristo, porém,” disse, “eu-eu não encontrei.” E disse: “Agora, irmão Branham, eu tenho suficientes diplomas e diplomas honoríficos para cobrir sua parede.” E disse: “Onde está Cristo em tudo isto?

15 Eu disse: “Eu não sou aquele, irmão, com a instrução de escola primária, para dizer que os-os professores estavam errados. Porém,” eu disse, “eles estavam certos no que disseram, mas eles não estavam… Há algo mais Disto.”

16 E ele disse: “Aqui está por que eu estou aqui.” Ele disse: “Na escola, nós instruímos um distinto rapaz indiano da Índia. Eu acho que ele estudou para ser um… Eu acho que era, talvez, era engenharia civil ou-ou algo assim, em que ele fez-ele fez mestrado. Ele estava voltando para ajudar o seu povo.” Ele disse: “Eu o levei ao-ao barco, ou ao trem, onde era para ele ir apanhar o barco, e para ele voltar à Índia. Eu disse: ‘Filho, ao você estar-ao você voltar…’ Disse: ‘Agora, você está todo preparado, e obteve sua instrução, para voltar ao seu povo.’ Disse: ‘Por que você não leva um verdadeiro Deus vivo de volta, e esquece esse profeta morto, Maomé, que você adora?’”

17 O rapaz, sendo maometano: “Bem,” ele disse, “senhor,” ele disse, “o que o seu Jesus pode fazer por mim a mais do que meu profeta pode fazer?”

18 “Bem,” ele disse, “nosso-nosso-nosso-nosso Jesus lhe dá Vida. Seu profeta não pode fazer isto.”

19 Ele disse: “Mas ele prometeu fazer isto.” Sim. Ele disse: “Você sabe, o que nós maometanos estamos esperando, é ver vocês cristãos fazerem o que seu líder disse que vocês fariam.”
Ele disse: “Que é isso?”

20 Ele disse: “Bem, seu…” Disse, “Veja, Maomé prometeu vida após a morte. Mas,” disse, “Jesus prometeu que as coisas que Ele fez vocês também fariam.”
E ele disse: “Oh,” disse, “bem,” ele disse, “veja, eles fizeram isto.”
Ele disse: “Eles? Nós estamos falando acerca de ti, de ti agora.”

21 Ele disse: “Bem, agora, senhor,” ele disse, “eu lhe digo.” Disse: “Você leu o Novo Testamento?”
Disse: “Oh, muitas vezes, completamente.”
Ele disse: “Por exemplo, a que Escritura você está se referindo?”

22 “Bem,” ele disse, muitos lugares, João 14:12, e assim por diante,” ele disse, “Marcos 16.”

23 Ele disse: “Bem, agora,” ele disse, “veja, Marcos 16,” nós aprendemos isso, realmente, algumas Escrituras, que não são autênticas.” Ele disse: “Marcos 16, do versículo 9 em diante,” ele diz, “não é encontrado nos-nos manuscritos mais antigos.” Ele disse: “Isto foi simplesmente acrescentado.

24 Agora, realmente, gostaria de saber onde vocês obtêm isso, se acontecer de haver um crítico por perto. Ora, eu tenho estudado história bíblica por vinte anos. Está vendo? Certamente. Irineu e Policarpo, e todos os demais, reconheceram Isto. Está vendo? Certamente. Isto certamente foi acrescentado. O Vaticano não editou Isto. Certamente que não. Porém isto, estes verdadeiros escritores, disseram que Jesus disse Isto, Escrito autêntico.
E assim ele disse: “Do versículo 9 em diante não é inspirado.”

25 Aquele maometano disse: “Bem, então, Sr. Reedhead, que parte é inspirada então?” Ele disse: “Eu quero que o senhor saiba que todo o Alcorão é inspirado, não apenas parte aqui e parte ali.” Que derrota! Assim ele disse: “Bem,” ele disse, “bem, se-se não é, se essa parte não é inspirada, como eu sei se o resto disto não é inspirado?” Agora, aí está um bom…

26 Ele disse: “Bem,” disse, “quando, Jesus ressuscitou dentre os mortos; e Maomé está no sepulcro.”

27 Ele disse: “Ele ressuscitou do sepulcro?” Ele disse: “Ele disse que se Ele ressuscitasse, ‘Ele estaria em vocês, até à consumação, e vocês também fariam as obras que Ele fez.’”

28 E o Sr. Reedhead me disse, disse: “Irmão Branham, eu não soube o que dizer.”
Ele disse: “Ora, Jesus ressuscitou dentre os mortos!”

29 Disse: “Vocês tiveram dois mil anos para provar isto, e noventa por cento do mundo mal sabe alguma coisa acerca disto.” Disse: “Deixe Maomé se levantar, e o mundo inteiro saberá disto em vinte e quatro horas.” Isso mesmo. Se vocês tivessem estado em seu sepulcro, alguns de vocês, missionários, a cada quatro horas eles trocam a guarda do cavalo ali, cavalo branco, que ele cavalgará pelo mundo afora, quando ressuscitar dentre os mortos.

30 “Mas nós não temos de esperar para Jesus ressuscitar dentre os mortos. Ele já ressuscitou dentre os mortos.”

31 Assim ele disse: “Prove. Ele prometeu isto, se ressuscitasse dentre os mortos.” Deste modo ele disse: “Bem, como você sabe?”
Ele disse, o Sr. Reedhead disse: “Ele vive dentro do meu coração.”

32 E ele disse: “E Maomé vive dentro do meu coração.” Disse: “Sr. Reedhead,” disse, “a religião de Maomé pode produzir tanta psicologia quanto o cristianismo.”

33 Ele disse: “Então dei-me por vencido, irmão Branham, como um cristão derrotado. E prometi a mim mesmo que viria, conversaria com o irmão.” Está vendo?

34 Ora, toda essa Bíblia é inspirada. Deus vela por Sua Palavra. Deus tem de julgar o mundo algum dia.

35 E se Ele vai julgá-lo por igreja, por qual igreja o julgará? Se Ele o julgar pela igreja católica (vocês católicos diriam assim), por qual igreja católica, então, a ortodoxa grega, a romana, ou qual delas? Se Ele o julgar pela batista, vocês, metodistas estão perdidos. Se Ele o julgar pela metodista, vocês, batistas estão perdidos. Se Ele o julgar pela pentecostal, tanto uma como a outra estão perdidas. Estão vendo? Ele não irá julgá-lo por nenhuma igreja.

36 Ele irá julgá-lo por Jesus Cristo, e Jesus Cristo é a Palavra. São João, capítulo l, diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. E o Verbo Se fez carne e habitou entre nós.” Portanto, Ele o julgará por Jesus Cristo, e Ele é a Palavra. A Bíblia diz: “Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.”

37 Deus sendo infinito, no princípio, com Sua infinita sabedoria, Seu conhecimento, repartiu Seu Evangelho em cada era. Nós verificamos que as igrejas fazem Dele uma confusão, e então Deus envia Seu profeta à cena. “E a Palavra do Senhor vem ao profeta.” Como eles sabem que é? É uma vindicação da-da Mensagem dessa era. Agora, quando, o que…

38 Quando Moisés veio, como foi prometido que viria, que me diz se ele viesse com a mensagem de Noé? Ela não teria funcionado. Moisés não poderia ter construído uma arca para a salvação do povo. A Palavra de Deus que foi prometida para a era de Moisés era a Palavra que tinha de ser vindicada.

39 Na era de cada vidente e cada profeta, tem sido a mesma coisa, porém nós encontramos as pessoas vivendo num brilho de outra luz. Como Jesus disse: “Vós adornais as paredes ou os sepulcros dos profetas, e vós sois os que os põem ali.” Está vendo? Veja, eles edificam alguma coisa, sobre uma mensagem, e vivem nesse brilho dessa luz, e se recusam a caminhar na luz que é do dia.

40 Essa é a razão por que eles se recusaram a conhecer Jesus Cristo quando Ele veio. E por isso que Jesus os exortou, dizendo: “Examinai as Escrituras, porque cuidais ter Nelas a Vida Eterna, e são Elas que de Mim testificam.” Porém eles tinham obtido tantos credos e coisas tais, e suas tradições, que Jesus disse: “Vós invalidastes a Palavra de Deus, pelas vossas tradições.” E essa é a maneira que tem sido em cada era.
Deus julgará o mundo por Jesus Cristo.

41 E muitas vezes, veja, o negócio é que nós, as pessoas, tentamos ter nossa própria interpretação da Palavra, para dizer: “Marcos 16, do versículo 9 em diante, não é inspirado.”

42 Por que não é inspirado? Deus não necessita de nenhum intérprete. Ele é Seu próprio Intérprete. Deus faz Sua própria interpretação. E a Bíblia diz: “Não é de particular interpretação.”

43 Deus disse, no princípio: “Haja luz,” e houve luz. Isso não necessita de interpretação.

44 Ele disse: “Uma virgem conceberá,” e ela concebeu. Isso não necessita de nenhuma interpretação. Ela concebeu. Todavia, quando ela o fez, no tempo em que ela o fez, as pessoas estavam tão cheias de credo que não entenderam. Passou bem por cima da cabeça delas.

45 Aconteceu assim em cada era, e acontecerá novamente. Agora nós verificamos, isso mesmo. As pessoas fazem isso. Cristo e a igreja… Nós encontramos, neste dia em que estamos vivendo, que não é em nada diferente de qualquer outro dia. Os homens, a igreja, estão sempre louvando a Deus pelo que Ele fez, e sempre dizendo o que Ele fará, e ridicularizando o que Ele está fazendo. Essa sempre tem sido a história da igreja, e assim é esta noite. É porque teorias feitas pelo homem se metem Nisto e O deixam todo confuso. E quando a verdadeira Palavra fala por Si Mesma, veja, eles estão tão cheios de credo, estão tão cegados por esse brilho, que não podem aceitá-La.

46 Ora, a razão por que os luteranos, por que os metodistas, quando vocês, povo metodista… Este distinto rapaz metodista, aqui, acabou de cantar faz pouco. Quando esse rapaz, o… Qual foi a razão? Veja, os luteranos estavam vivendo no brilho de Lutero, e essa é a razão por que a mensagem metodista não foi bem aceita. E quando os pentecostais vieram, eles ainda estavam vivendo no brilho dos metodistas, até que os pentecostais vieram. Porém, veja, tudo isto, se você apenas examinar a Escritura, observar as eras da igreja e o que é para cada era fazer, você descobrirá exatamente onde estamos vivendo. Nós estamos vivendo nesta era.

47 Agora, baseado nestas críticas, tantas, da Palavra de Deus, eu quero tomar este texto esta noite, e chamá-lo: Um Julgamento.

48 Jesus não recebeu um julgamento justo nos dias de Herodes, nos dias de Pilatos. Porém, neste dia, eu quero cuidar, esta noite, neste pequeno grupo de pessoas, se vocês se assentarem comigo, eu quero cuidar para que Ele receba um julgamento justo. Porque, Ele ainda é a Palavra. Ele ainda é a Palavra. Quantos concordam com isso? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” E a Palavra ainda é Deus. “E Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.” Assim, cuidemos para que Ele tenha um julgamento justo.

49 Agora, eu vou fazer isto como uma sala de tribunal, se vocês apenas me permitirem. Eu sei que parece um pouco incomum, porém nós somos apenas um pequeno ajuntamento aqui agora, a que queremos trazer esta Palavra, o que eu afirmo que é a Palavra de Deus. E estou aqui para defendê-La. E agora, nós vamos trazer isto a julgamento, exatamente como foi nos dias quando Herodes Lhe deu um julgamento, ou Pilatos, perante o tribunal de Pilatos. Nós vamos trazê-Lo perante o tribunal nesta sala do Ramada [Hotel-Trad.], neste ano de 1964, vinte e sete de abril de 1964.

50 Agora nós vamos fazer disto um tribunal. E vocês são o juiz e o júri; vocês, tribunal. Eu serei o moderador. E nós vamos fazer isto como um julgamento. E no final, vocês tomem sua decisão, como qualquer-como qualquer júri tem de tomar sua decisão para o veredicto. E então sua ação, daqui em diante, provará qual é o seu veredicto. Não importa o que você diga agora, sua ação provará seu veredicto. Agora, o caso é, hoje, amigos…

51 Eu vou atuar como moderador, agora, e como seria num verdadeiro caso de tribunal, e dar-Lhe um julgamento, se vocês forem pacientes comigo por alguns momentos e orarem por mim.

52 Agora, o caso é, a Palavra de Deus versus o mundo, o mundo que não crê Nela. E o caso é: A Palavra de Deus versus o mundo. A-a causa para a acusação, é, quebra de promessa. Isto é, a quebra de promessa é a causa para este caso.

53 E agora, eu entendo que num julgamento normal, que o advogado de acusação sempre representa o estado. Eu acho que está certo. Neste lugar, o advogado de acusação representa o mundo. E o advogado de acusação é Satanás, e ele está representando o mundo neste tribunal aqui esta tarde.

54 E o Réu é Deus, Sua Palavra, porque Deus é sempre a Palavra. Está vendo?
E a Testemunha de defesa é o Espírito Santo.

55 E as testemunhas do advogado de acusação são o Sr. Incrédulo, Sr. Cético, e Sr. Impaciente. Estes três vêm como testemunhas para o advogado de acusação, que é Satanás, que representa o mundo.

56 Agora vamos chamar este tribunal à ordem. E agora chamemos o promotor, deixemo-lo chamar sua primeira testemunha ao banco, para testemunhar contra a Palavra.

57 E agora escutem com atenção. Agora, eu talvez não consiga… me apressando, tentando terminar isto em trinta ou quarenta minutos, eu poderia passar por cima de alguma coisa. Porém se passar, possa o Espírito Santo revelar isto agora, ao tribunal ser chamado à ordem.
Lembrem-se, vocês são tanto juiz quanto júri.

58 E agora o promotor chama sua testemunha, primeira testemunha, ao banco, para testemunhar. E ele chama o Sr. Incrédulo, e ele toma seu lugar no banco, para testemunhar. E o Sr. Incrédulo afirma que toda a Palavra de Deus, das promessas de Deus, não é verdadeira. Essa é sua queixa, que a Palavra de Deus não é de confiança, Ela toda. “Parte Dela está bem. Porém Ela toda…” Ele afirma que é crente, o Sr. Incrédulo. Porém ele afirma que é crente, e ele diz, que: “Toda a Palavra de Deus não é de confiança. Ela não é verdadeira.”

59 Ele afirma que visitou uma assim chamada reunião do Espírito Santo, onde as pessoas estavam afirmando ser Marcos 16 a Verdade. E muitas pessoas afirmaram que foram curadas, quando, onde Ela diz em Marcos 16: “Imporão as mãos sobre os enfermos e eles serão curados.” E este homem diz que ele afirmou que cria em Deus. Ele escutou o assim chamado pregador do Espírito Santo, e ele… este grupo do Espírito Santo que estava dando todos os tipos de testemunhos.

60 E ele esteve enfermo em seu corpo, e ele pediu a estas pessoas para imporem as mãos sobre ele nesta reunião do Espírito Santo. E isso foi há dois meses, e nada aconteceu ainda. Ele está simplesmente tão enfermo quanto estava na ocasião em que pediu a imposição de mãos sobre si. Ele não mudou, em absoluto. Ele está tão enfermo quanto estava. Portanto, ele diz que: “Deus não é justo, em pôr tal Escritura como essa na Bíblia, quando Ele não é suficiente para respaldá-La. Não é correto que Marcos 16 esteja na Bíblia,” porque ele prova que Deus não cumpre a Sua Palavra. E ele quer acusar Deus por colocar tal promessa como essa em Sua Palavra. Muito bem. Nós lhe pediremos para descer.

61 E agora pediremos ao Sr. Cético para vir a seguir, para testemunhar. O Sr. Cético toma seu lugar no banco. E ele diz que dirá a verdade. Ele afirma que é crente. E ele disse que esteve enfermo por longo tempo, que seus efeitos maléficos foram de uma grande doença que tinha tido. E então ele ouviu alguém testificar na rua, que tinha um pastor piedoso. E este pastor desta igreja pregou e disse que Tiago 5:14: “Se houver alguém entre vós doente, que chamem os presbíteros da igreja. Que eles o unjam em azeite e orem por eles. A oração da fé salvará os doentes, e o Senhor os levantará. Se cometeram qualquer pecado, ser-lhes-á perdoado. Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, de modo que a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.”

62 E ele disse que foi ali, como crente. Ele quer dizer a este tribunal isto, que: “Eu fui ali com toda sinceridade, e pedi a este assim chamado pastor piedoso desta igreja, que muitos afirmavam isso, quando ele os ungia com azeite e orava por eles. E o pastor disse, ele próprio, que Deus respondia a essa Palavra, e essa Palavra de Tiago 5:14 era verdadeira. E havia muitos testificando que era verdadeira.” Porém ele foi, e o pastor, homem piedoso, o ungiu com azeite, conforme Tiago 5:14, orou por ele. E isso foi há seis meses, e ele não teve quaisquer resultados, de modo algum. Ele está simplesmente tão enfermo quanto estava no princípio.

63 Assim, o Sr. Cético diz que Isso não pode ser verdadeiro. “Marcos 16 não é verdadeiro, e nem é João, é – é Tiago 5:14. Isto não é verdadeiro, porque Deus falha em cumprir a Sua Palavra. Se esta é a Palavra de Deus, então Deus falha em cumprir a Sua Palavra, porque, com sinceridade, como crente, ele foi e deixou o pastor, por quem os outros afirmavam ter sido curados, ungi-lo e fazê-lo passar pelo mesmo processo que ele fez aos outros. E, seis meses atrás, e não teve nem um pouquinho de resultado em tempo algum. Portanto, ele também quer trazer acusação contra Deus, por colocar promessas tão temerárias em Sua Palavra, as Quais Ele não sustenta.”

64 Estamos com um caso e tanto aqui, não estamos? Que ele desça, o Sr. Cético.

65 Agora, a próxima testemunha é o Sr. Impaciente. Ele é um velhaco. Agora ele vai subir, e ele vai dar seu testemunho. E ele toma seu lugar no banco, que, certo dia enquanto lia o Evangelho de Marcos, capítulo 11… Não o 16, agora. O capítulo 11, os versículos 22 e 23, que declara dessa maneira: “Se disseres a este monte: ‘Ergue-te,’ e não duvidares em teu coração, mas creres que se fará o que disseste, tu podes ter o que disseste. E quando orares, crê que recebes o que pedes, tu o terás.”

66 Ele disse que tem sido coxo dos pés, tem andado de muletas por cerca de vinte e cinco anos. E quando lia esta Escritura e tinha sido ensinado por seu-seu pastor, que toda Escritura foi dada por Deus e era inspirada. Portanto, se ele dissesse a este monte: “Ergue-te,” e não duvidasse, mas cresse que se faria o que disse, ele poderia ter o que disse. E quando ele orasse, para crer que receberia o que pediu, isto lhe seria dado.

67 Agora, ele diz que orou, e com toda sinceridade. E disse que ele seria capaz de depor suas muletas e sair caminhando daquele lugar. E ele, honestamente, de todo o coração, ele creu que o que tinha dito estava certo. E ele… Isso teria sido há quase cinco anos, e ele está simplesmente tão coxo quanto sempre esteve. “Agora, se Deus então,” ele diz, “cumprisse a Sua Palavra, então por que Ele não cumpre a Sua Palavra?”

68 Agora, eu estou apenas dando três passagens da Escritura aí, ou três testemunhas, porém eu vou deixar o advogado de acusação chamar mais algumas. Agora nós deixaremos…

69 O Sr. Incrédulo, ele testemunhou. O Sr. Cético, ele testemunhou. O Incrédulo testemunhou; Marcos 16. E o Sr. Cético testemunhou contra João, ou Tiago 5:14.

70 E o Sr. Impaciente, ele testemunhou contra Marcos 11, Jesus Ele Próprio falando. E Marcos 11:22 e 23, ele testificou contra isso. Agora nós vamos pedir ao Sr. Impaciente para descer.

71 Agora, como todos temos, de um modo ou de outro, estado em tribunais. Então, o promotor tem de concluir seu caso. Assim o promotor sobe, para concluir o caso. Aquele que representa (perdoem-me) o mundo, Satanás, ele toma seu lugar no banco. Assim ele afirma, para este tribunal, esta tarde, ou esta noite. Ele quer… O promotor, o diabo, quer que este tribunal entenda que estes homens são crentes, e que esta Palavra está de fato escrita na Palavra, “a Palavra de Deus, assim chamada,” ele diz, que isto está escrito. E ele afirma que isto procede de diferentes lugares nas Escrituras. E estes homens estão testemunhando que não é assim.

72 E ele quer dizer a este tribunal, o promotor, que ele quer que este tribunal entenda que Deus não é justo, em colocar promessas tão temerárias como essa, no Livro, para Seus filhos crentes aceitarem; e então Ele não é capaz de cumpri-la, vindicar o que Ele prometeu que faria. E ele tem três testemunhas aqui. E três testemunhas são uma confirmação, como nós sabemos, em toda a Escritura. E ele tem três testemunhas, de três lugares diferentes na Escritura, de que Deus não está justificado em colocar tais coisas como essa em Sua Palavra, de modo que Seus queridos filhos olhem para Ela, e tentem aceitá-La e crer Nela como Ele disse, e então Deus decepcioná-los, friamente.

73 Também, ele-ele afirma que estes filhos, com toda sinceridade, estão fazendo isto, estas pessoas, e elas estão derrotadas. “Verdadeiros filhos crentes estão derrotados pela Palavra de Deus, assim chamada. Que eles afirmam que estas coisas estão escritas no Livro, e alguém as injetou Nele, e isso não é a Palavra de Deus. E a Bíblia não é confiável. Porque, aqui estão três diferentes lugares e três testemunhos para provar que Ela está errada.” Agora ele está concluindo o seu caso. Porque, ele, o promotor, quer salientar, chamar a atenção deste tribunal, que estes homens aqui aceitaram esta Palavra com sinceridade, crendo que era a Palavra de Deus, e Deus falhou em honrar sua fé.

74 Além disso, ele quer alegar que eles são crentes, porque eles dizem que são crentes. Ainda, novamente, o promotor quer se voltar, chamar a atenção deste tribunal esta tarde. Ainda Deus promete novamente, em outro lugar na Escritura, que tudo é possível aos que crêem. E está escrito. Isso é outro caso. Tudo, não importa o que seja, tudo é possível aos que crêem. E estes homens afirmam ser crentes. Eu quero que o tribunal entenda, que o promotor na plataforma agora está concluindo o caso.

75 “Ainda, novamente, Ele afirma estar vivo após Sua morte, que Jesus afirma estar vivo após sua morte. E o promotor quer perguntar a este tribunal: Vocês O viram depois que Ele ressuscitou dos mortos? Onde estão as cicatrizes dos cravos em suas mãos? Onde está a coroa de espinhos que foi posta sobre Ele? Onde estão as marcas em sua testa? E onde está Ele, se Ele ressuscitou dos mortos?”

76 E então: “Novamente, Ele diz em Hebreus 13:8, que, Sua Palavra diz que Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente. O promotor quer que este tribunal se lembre disso. Então em… Onde está Ele, se Ele é?” Ele quer vê-Lo. Novamente, ele afirma que não é assim. Ele alega que Lucas 17:23 não é assim. Ele alega que Apocalipse 3 não é assim. Ele afirma que Marcos 4 não é assim. Ele afirma que todas estas Escrituras de Sua ressurreição, que são absolutamente falsas. Ele quer chamar a atenção para isso, que isso é falso.

77 “E Ele também afirma que tanto o céu como a terra passarão, mas nem um til ou jota de sua Palavra jamais falharão.” E o promotor quer que vocês entendam, tribunal, esta tarde que ele tem testemunhas aqui para provar que elas estão erradas. Agora, ele pede ao tribunal para considerar isto, enquanto estamos pensando.

78 Agora, nós perguntamos ao promotor agora se ele terminou de concluir o seu caso, citando as Escrituras; alegando que Elas não estão certas, testemunha que Elas não estão certas, que Elas não são inspiradas. “Não há nada Nelas. Elas não são confiáveis. Não se pode confiar Nelas.” Ele tem testemunhas para provar que não se pode confiar Nelas. Agora nós temos um caso e tanto em nossa mão.
Agora, deixemos o promotor e suas testemunhas descerem.

79 Agora nós vamos chamar a Testemunha de defesa, o que, a testemunha de defesa tem direito de testemunhar ao… ou em prol do réu. E agora a Testemunha de defesa, que é o Espírito Santo, vamos pedir-lhe para subir, e ouçamos Seu testemunho.

80 A primeira coisa, agora, visto que vocês ouviram o que o promotor disse. Vocês ouviram o que ele, suas testemunhas disseram. Vocês ouviram as Escrituras. Vocês ouviram Elas serem lidas. E aqui está o testemunho, de que Elas não são verdadeiras.

81 Agora, o Espírito Santo, como eu digo, que é a Testemunha de defesa, Ele é chamado. A primeira coisa, Ele quer chamar… A Testemunha de defesa, Espírito Santo, quer mencionar a este caso de tribunal, que o promotor não está interpretando a Palavra, corretamente, para vocês. Ele quer chamar a atenção de vocês, também, que este promotor que está lhes dando a interpretação da Palavra, que está representando o mundo e a incredulidade, é o mesmo intérprete que Eva teve no princípio. Hã-hã. Ele interpretou erroneamente a Palavra, apenas um pouquinho.

82 Agora, eu poderia parar aqui, no tribunal, só por um momento, para dizer isto. Se Deus causou toda esta enfermidade e tristeza e morte sobre a terra, se Ele teve de fazer isto por causa de Sua justiça, para cumprir a Sua Palavra, Ele não pode ser justo e não cumprir a Sua Palavra. Ele tem de cumprir a Sua Palavra, para ser justo. Isto é próprio de Sua santidade. É próprio Dele. E se Eva, não simplesmente…

83 Satanás não, o promotor não, interpretou erroneamente a coisa toda. Ele somente interpretou erroneamente uma Palavra, ou aproximadamente, e isto causou que a morte golpeasse a terra inteira. E todo hospital, toda sirene que já tocou, toda-toda morte que já ocorreu, todo conflito, todo homem no campo de batalha, todo pobre bebê enfermo e aflito, e tudo, foi causado por descrer de apenas uma Palavra da Palavra de Deus. E se isto causou tudo isto, por descrer de uma Palavra, como você vai voltar, descrendo de uma Palavra?

84 Tem de haver algo pelo que Deus tem de julgar o mundo, e isso é Jesus Cristo, a Palavra. Nós temos de crer Nela toda.

85 Note. Ele disse que ele, que: “Estes homens têm escutado a interpretação errada da Palavra.” O promotor não está… interpretando-A errado, está-está interpretando-A errado, a vocês, exatamente como ele fez a Eva. A promessa é somente para crentes; não para crentes manufaturados, céticos, ou pessoas impacientes. É somente para crentes. E se…

86 Permitam-me dizer isto. Se há alguém que deveria saber se estes indivíduos são crentes ou não, deveria ser a Testemunha de defesa, porque Ele é o vivificador da Palavra. Está vendo? Ele… Do mesmo modo que seu corpo, seu corpo é um pedaço de carne. Mas a não ser que o espírito esteja ali, para vivificar esse corpo, ele está morto. E assim está a Palavra, morta, a não ser que o Espírito Santo vivifique essa Palavra. E se Ele é o vivificador da Palavra, Ele devia saber se estes indivíduos realmente são crentes ou não. Eu acho que nós temos uma boa Testemunha de defesa. Ele devia saber se Ela está certa ou não. Porque… Ele dá uma boa Testemunha de defesa porque Ele é o vivificador da Palavra.

87 Novamente, a Testemunha de defesa quer chamar a atenção da-da Palavra que está em questão aqui, que nós acabamos de ler, que o promotor está tentando conseguir um caso de acusação contra a Palavra. A Testemunha de defesa quer chamar sua atenção, que isto nunca fixou nenhum tempo determinado para libertação. Ele nunca disse quando. Ele apenas disse: “Imporão as mãos sobre os enfermos, e eles serão curados.” Ele não disse que eles saltariam na mesma hora. A Palavra não diz isso. Tiago 5:14 disse: “Quando fores ungido com azeite,” ele disse, “a oração da fé salvará os doentes, e Deus os levantará.” Não disse que eles saltariam na mesma hora. Não disse. Marcos 16 não disse que imporiam as mãos sobre os enfermos e um milagre aconteceria. Apenas disse: “Eles serão curados.” Prometeu isto.

88 Agora, veja se alguns destes incrédulos que têm interpretado erroneamente a Palavra a você, dizendo: “Bem, este recebeu oração. Por que não se levantou? Isto foi na reunião. Eu não vi nada acontecer.” Está vendo esse intérprete que eles têm? Está vendo a que estão escutando?

89 A Testemunha de defesa quer mostrar a este tribunal, esta tarde, que a Palavra não disse que eles saltariam na mesma hora. Ele disse: “Eles serão curados.” Foi isso que Ele prometeu. Ele não marcou um tempo determinado. E isso era apenas para crentes.

90 E a Testemunha de defesa também quer chamar a atenção de vocês aqui, esta tarde neste tribunal, que a Palavra de Deus é dita, por Jesus Cristo, ser uma Semente. E uma semente só pode crescer quando cai na terra fértil o bastante para vivificar a semente. E se esta Semente cai numa terra, e ela é fértil de fé, ela tem de vivificá-La. Porém se não houver nada ali…

91 Do mesmo modo que se você quisesse uma transfusão de sangue. Você pegasse um nabo, enfiasse um tubo em você e num nabo, como você conseguiria sangue? Não há sangue ali.

92 Não mais que isso pode a Palavra de Deus ser vivificada no coração de um incrédulo ou um cético. Ela tem de cair em fé genuína que crê que céus e terra passarão, mas essa Palavra nunca falhará, como Abraão, que chamou coisas que não eram, como se fossem; esperou contra a esperança. Ele creu em Deus.

93 Agora verificamos que esta Testemunha de defesa quer chamar isto à atenção, que a Palavra é uma Semente que um semeador semeou. Está escrito na Escritura, que a Palavra é uma Semente. E uma semente tem de cair. E a Escritura diz: “Uma caiu em solo pedregoso, e as aves do céu a levaram embora. Uma ficou só o bastante para formar suficientes raízes para brotar, e os espinhos e cardos a sufocaram. Porém uma penetrou em boa terra, e produziu a cem.” Ele quer chamar a atenção de vocês a isso.

94 E Ele quer dizer, que: “Se esta Palavra, nesta reunião do Espírito Santo, onde as pessoas estavam recebendo imposição de mãos sobre si, isto somente se aplica a crentes. Não há nenhuma promessa aqui a não ser separação eterna de Deus, para incrédulos. É somente para crentes!”

95 Alguém me disse, não faz muito, disse: “Não me importa o quanto. Eu não creio.”

96 Eu disse: “Certamente que não. Não é para incrédulos. É para crentes, aqueles que crêem.”

97 Agora, as testemunhas de defesa, Testemunha de defesa, melhor dizendo, deseja chamar uma testemunha. Ele tem direito de chamar testemunhas, também. Assim a Testemunha de defesa deseja chamar Sua primeira testemunha contra isto, e pela Palavra.

98 Nós vamos chamar Noé à plataforma, esta tarde, diante deste tribunal, para dar testemunho em favor do Acusado. Noé era apenas um agricultor comum, porém ele era profeta. “E a Palavra do Senhor vem aos profetas.” A Bíblia disse que sim. E Noé viveu, quer testemunhar que viveu numa era muito científica, maior do que esta em que vivemos agora. Ele viveu num tempo onde conseguiam construir pirâmides, conseguiam construir esfinges, o que nós não conseguimos fazer. Nós não temos o maquinário com que fazer isto. E Noé viveu num grande tempo, e ele viveu num tempo científico.

99 E então ele diz que a Palavra do Senhor veio a ele, depois que ele era um profeta vindicado, que a Palavra do Senhor veio a ele e disse: “Prepara uma arca, porque vai chover.” E nunca tinha chovido, em toda a história do mundo. E sobre seu depoimento e seu testemunho por Deus, e disse que Deus lhe disse assim: “E tudo que estivesse fora desta arca pereceria.”

100 E os cientistas podiam fotografar a lua, naquele dia, com seu radar e assim por diante, porque Jesus disse: “Como aconteceu nos dias de Noé,” o mesmo tipo de era. Ele disse que eles podiam provar que não havia chuva alguma lá em cima, e que o Sr. Incrédulo aqui, e o Sr. Escarnecedor, e o Sr. Cético, que eles constantemente o perseguiam e zombavam dele, por crer numa coisa tão temerária. Eles eram, afirmavam ser crentes lá atrás, porém ele disse: “Deus não disse uma coisa como essa.”

101 Ainda assim, ele era profeta, e a Palavra do Senhor veio a ele e lhe disse para fazer isto. E ele prosseguiu, preparando uma arca. Ele se aprontou, e construiu a arca. Depois ele completou a arca; e o Sr. Cético, e o Sr. Impaciente, e os demais caminhando em volta da arca.
Veja, você diz: “Eles viviam lá atrás?”

102 Escutem, Deus leva Seu homem, porém nunca Seu Espírito. O Espírito que estava sobre Elias, veio sobre Eliseu, e assim por diante, e assim por diante. O Espírito que estava sobre Jesus, veio sobre a Igreja, e assim por diante.

103 E o Diabo leva seu homem, porém nunca o espírito. O mesmo espírito, espírito religioso, continua a existir, como esteve nos fariseus. Está bem aqui em Tucson, Arizona, simplesmente tão incrédulo, e simplesmente como-e simplesmente tão cheio de credos e-e tradicional como aquele era. Não somente aqui em Tucson; está por todo o mundo.

104 E assim é o Espírito Santo simplesmente tão real esta noite quanto foi em qualquer tempo, Jesus Cristo.

105 Note. Ele quer dizer que estas pessoas zombaram dele, por ser uma-uma-uma-uma-uma pessoa tão delinqüente, que não teria mais mente e não mais inteligência do que crer que água cairia de onde não há água, e nunca tinha caído. Porém, ainda assim, Noé disse que se manteve firme e creu que iria chover, porque Deus disse que sim. Ele sabia que Deus era capaz de fazer qualquer coisa que Ele disse que faria, portanto ele construiu a arca.

106 E depois que a arca estava completa, ele se pôs junto à porta da arca. “E eles disseram: ‘Agora, seu fanático,’ o Sr. Incrédulo, o Sr. Escarnecedor. A Testemunha de defesa… Ou, as testemunhas do promotor.” Ele disse: “Elas passaram por mim. E disseram: ‘Agora sua arca está construída. Agora você tem suas portas nela. E onde está a sua chuva?’ Porém parecia muito mau,” ele disse, “às vezes. Porém, ainda assim, eu sabia que Deus era capaz de cumprir a Sua Palavra. Ele nunca disse quando ia chover. Ele disse que ia chover. E era só isso. Ele nunca disse quando ia chover. Ele apenas disse que ia chover. E eu sabia que ia chover, porque Ele me mandou construir a arca. E eu fiquei firme.”

107 E então nós verificamos que, em dez de maio ele entrou na arca, certa manhã, e a porta se fechou atrás dele, e ninguém podia abri-la.

108 Então o Sr. Incrédulo, o Sr. Cético, eles caminharam em volta da arca e riram dele e zombaram dele, e disseram: “Agora, seu velho antiquado, você fechou essa porta, e suponho que você espera que creiamos que uma outra Coisa a fechou. Nós conhecemos seus truques. Você não passa de um mágico. E você é apenas um destes tipos de sujeitos aqui que tentam fazer truques. E é algum tipo de embuste. E você fechou a porta.”

109 “Porém,” ele disse, “no meio de tudo isso, eu estive ali. Eu vi a mão de Deus fechar a porta.”

110 Então, o primeiro dia, nós diremos: “Nós veremos se chove.” Primeiro dia, não choveu. Segundo dia, não choveu. Terceiro dia, não choveu. Em diante, até o sétimo dia.

111 E eu gostaria de parar aqui, no testemunho de Noé, e deixá-los saber isto, que virá um tempo que quando homens e mulheres, a igreja, seguirá diretamente em frente pregando e crendo que estão sendo salvos, quando a porta estará fechada exatamente como foi então. Se você não está dentro, entre agora, porque Deus fechará a porta e não haverá mais misericórdia. Ele disse: “Como aconteceu nos dias de Noé, assim será na vinda do Filho do homem.”

112 Lembre-se, certa vez até mesmo os discípulos disseram a Jesus: “Por que dizem os escribas que é mister que Elias venha primeiro?” Aqueles discípulos.

113 Jesus disse: “Ele já veio e vós não o conhecestes.” E eles compreenderam que foi João Batista; tinha estado aqui na terra, e sido decapitado e ido para a Glória. E a coisa que eles estavam esperando já estava no passado.

114 Um destes dias, homens e mulheres clamarão. Estará longe demais, será tarde demais. A porta estará fechada. Jesus diz que seria dessa maneira. “As virgens vieram e bateram na porta, e disseram: ‘Deixa-nos entrar.’ Elas quiseram obter um pouco do Azeite.” Porém elas deviam ter obtido Azeite quando o Azeite estava sendo distribuído. Elas bateram na porta. Disse: “Elas foram lançadas nas trevas exteriores onde haverá choro, pranto e ranger de dentes.” Estou apenas tentando fazer essa pequena linha lateral da defesa, para o tribunal agora, da-da Palavra.

115 Agora, Noé disse: “Porém depois de cento e vinte anos, uma manhã as nuvens começaram a subir, e a chuva veio. Deus prometeu isto. Ele nunca disse quando aconteceria. Eles pensaram que ia acontecer naquela mesma semana em que Ele me disse. E eu imaginava que poderia acontecer naquela semana. E eu tinha certeza que quando tivesse a arca concluída isto aconteceria, porém não aconteceu. Mas eu fiquei firme porque Deus fez a promessa. Ele nunca disse exatamente o dia em que ia chover. Ele disse que ia chover.” Assim, ele, a testemunha desce.

116 A segunda testemunha sobe, a qual é o pai Abraão. Nós o chamaremos. Ele disse: “Oh, sim, eu conheço o Sr. Escarnecedor aqui. Eu-eu conheço o Sr. Incrédulo, o Sr. Cético, oh, esse Sr. Impaciência. Eu fui profeta, também, em meu dia. E a Palavra do Senhor veio a mim e disse: ‘Separa-te deste povo, porque terás um bebê com Sara, tua mulher.’ Ela tinha sessenta e cinco anos de idade, e eu tinha setenta e cinco. Ela havia passado aproximadamente vinte e cinco, trinta anos da menopausa. Eu casei com ela. Ela era minha meia-irmã. Eu casei com ela quando ainda jovem, e eu jovem. Dez anos de diferença em nossa idade, e eu casei com ela. Ela se tornou minha esposa. Nós vivemos juntos todos estes anos, e ela era estéril e eu era estéril. E ainda assim, sendo profeta, a Palavra do Senhor veio a mim e disse: ‘Tu terás um filho com Sara.’”

117 “Bem, quando contei isso a Sara, ela foi ao centro da cidade e comprou um pouco de linha e fez as botinhas, e aprontou os alfinetes e tudo mais. E vinte e oito dias passaram. Eu disse: ‘Como está se sentindo, querida?’”

118 “Disse: ‘Nada diferente.’ Porém eu fiquei firme, porque sabia que era a Palavra do Senhor.” Isso mesmo.

119 “Nós fomos ver o médico, e ele nos expulsou do consultório.” Um homem idoso, setenta e cinco anos de idade; e uma mulher, sessenta e cinco, vão ter um bebê?

120 Você sabe, quando você toma Deus em Sua Palavra, independente de qual seja a sua condição, Ele fez a promessa.

121 E ele disse: “Eu fui ao médico, e o médico nos expulsou do consultório.”

122 “‘Um homem velho como você?’ Disse, ‘Observem-no. Ele está um pouco esquisito da cabeça.’ Disse: ‘Há algo errado com o velho companheiro.’”

123 E os escarnecedores começaram a andar em volta, a dizer: “Abraão, onde está esse filho que você ia ter com Sara, depois do primeiro mês? Não há nada errado com ela, assim me dizem.” O primeiro ano passou. Nada aconteceu. “Abraão, pai das nações, quantos filhos você tem agora?” Dez anos passaram, ainda nada diferente. Escarnecedores!

124 “O Sr. Impaciente, ele continuou a apontar o dedo para mim: ‘Veja, não está com nada. Ora, se houvesse alguma coisa nisto, você o teria tido. Isso foi há dez anos. Você devia ter tido esse bebê, em dez anos.’”

125 Porém, ele disse: “Eu fiquei firme, porque estava certíssimo daquilo que Deus disse. Deus nunca me disse quando eu ia ter esse bebê. Ele disse que ia tê-lo.”

126 “Mas depois de vinte e cinco anos, quando eu tinha cem anos de idade e Sara tinha noventa, o bebê veio em cena.” Ele é uma testemunha muito boa. “Eu esperei vinte e cinco anos. Eu nunca duvidei da promessa de Deus, por incredulidade.”

127 E nós afirmamos ser filhos de Abraão, e não podemos esperar de uma noite para outra. Simplesmente prova que não somos. Isso mesmo. Observe, nós chegamos ao lado errado.

128 “Veja,” ele disse, “eu esperei vinte e cinco anos. Deus não me disse: ‘No próximo mês Sara conceberá.’ Ele disse: ‘Terás o bebê.’ E eu estava certíssimo, não importa quão velho eu ficasse. E eu sabia que veria isto acontecer, porque era para ser meu filho. Amém. Nada me prejudicará. Idade avançada, enfermidade, morte, ou nada mais pode fazer isto, até que essa promessa se cumpra. E eu não duvidei da promessa, através de incredulidade.”

129 “Mas diariamente, quando Sara dizia: ‘Não me sinto melhor,’ eu me fortalecia. A cada ano quando ela dizia: ‘Bem, eu não o tive este ano.’ ‘Então você o terá este ano.’ ‘Eu não o tive ano passado.’ ‘Nós o teremos este ano.’ Isso foi adiante e adiante, e adiante e adiante, entra ano e sai ano, por vinte e cinco anos. E um dia, eu a vi transformando-se numa jovem novamente. Eu comecei a ver minha força voltar. E o bebê nasceu, vinte e cinco anos mais tarde.”

130 A Palavra nunca disse quando ele ia ter o bebê, porém disse que o teria.

131 “Abraão, eu sei que você poderia testificar um bocado, porém desça. Eu quero outra testemunha.” Muito bem.

132 A Testemunha de defesa agora chamará Sua terceira testemunha. Essa será Moisés. E Moisés disse: “Quando eu nasci, eu nasci profeta.” Ele quer que você saiba que dons e vocações são sem arrependimento.

133 Não importa quantos livros você tenha lido destas livrarias, que dizem que Deus não faz isso, a Bíblia ainda permanece verdadeira, que: “Dons e vocações são sem arrependimento.” Você nasce neste mundo, o que você é.

134 E agora note. Moisés, ele teve um sinal, para descer e mostrar ao povo, e houve uma voz que seguiu esse sinal. Entretanto, quando ele desceu com um sinal dado por Deus. Agora, não falhe em entender isto, tribunal. Quando ele desceu com este sinal dado por Deus que procedeu de Deus, Pastor Faraó tentou prejudicar seu dom dado por Deus, fazendo-o dizer que era mágica. Ele tinha alguém que podia fazer a mesma coisa, algum mágico. E tentou fazer seu sinal dado por Deus um truque barato de mágica.

135 Todos os Pastores Faraós não morreram naquele dia, veja. “Algum tipo de telepatia mental, algum tipo de poder de Satanás.” E o negócio era, eles mandaram vir alguns mágicos baratos e fizeram a mesma coisa que ele fez.

136 “Porém,” ele disse, “isso não me abalou, porque eu sei que a Voz que falou comigo era uma Voz escriturística, naquela árvore. Ele disse: ‘Tenho ouvido os clamores do Meu povo, e visto suas aflições, e Me lembro da Minha promessa.’ E a Voz…”

137 Contudo, era muito estranho naquele dia uma coisa como essa acontecer. Eles tinham todos os tipos de truques mágicos que podiam fazer. E Deus lhe deu algo, um sinal, que parecia ser algum tipo de truque barato de mágica, para por à prova o Seu servo. Ó Deus! Porém, ele ficou firme, porque a Voz que o comissionou era uma Voz escriturística, e ele sabia que era Deus.

138 E você sabe, nos foi prometida essa mesma coisa nos últimos dias, a mesma coisa se repetir, esses Jambres e Janes voltarem, resistirem à Coisa verdadeira quando Ela estiver em operação. Porém os seus desvarios serão dados a conhecer então. Por…

139 Assim ele tentou tomar algum personificador carnal, alguém que tentou, saiu por aí tentando personificar o dom que Deus lhe deu, para fazê-lo parecer que era algum tipo de artifício barato.

140 Porém Moisés quer que todos vocês saibam, esta tarde, como ele testemunha, que não importa quão duvidoso o pastor tenha tentado fazer seu dom parecer que era duvidoso e algum tipo de truque barato de mágica, ele sabia que eram as Escrituras, porque foi a Voz de Deus que lhe disse. E ele permaneceu firme. E ele quer que vocês… que vocês saibam, que foi um longo tempo depois disso, porém Deus cumpriu a Sua Palavra, e o trouxe diretamente de volta ao lugar aonde Ele lhe disse que ele viria, com os filhos de Israel.
Moisés desce.

141 Permitam que a Testemunha de defesa chame outra testemunha. E nós vamos chamar Josué. Josué tem um maravilhoso testemunho aqui, que ele gostaria de dar.

142 Ele fez calar o povo, ele disse. Quando Moisés convocou, um de cada denominação, para mandá-los à-à terra prometida, para-para verificar se a terra era realmente ali ou não. Isso somente tinha sido dito a eles. Pela fé eles tinham caminhado até ali.

143 Assim Moisés tirou um presbiteriano, luterano, pentecostal, e todos. Ele fez sair um deles, cada um, e os levou à terra prometida. E quando dois deles voltaram com a evidência, sabem o que aconteceu? O grupo inteiro começou a duvidar dela. Quando eles viram que a oposição era tão grande, o outro lado era tão grande: “Ora,” eles disseram, “nós parecemos gafanhotos, ao lado deles, aqueles amalequitas e-e heteus, e assim por diante.” E disseram, que: “Nós-nós, ora, nós parecemos gafanhotos. Nós não conseguiremos.”

144 E Josué quer testemunhar: “Eu fiz calar o povo.” Ele disse: “Aquietai-vos,” em Cades-Barnéia, o trono do juízo. Ele disse: “Aquietai-vos, todos vós. Deixai-me trazer-vos… esta Palavra, a vós. Deus nos disse, lá, através de Moisés e através… ou através de Abraão, que esta terra era nossa. Ele enviou uma Coluna de Fogo entre nós, que falou ao nosso profeta aqui numa sarça ardente. E o que este profeta tem dito tem sido verdade. E Deus nos disse que Ele já nos tinha dado a terra. Nós somos mais do que capazes de tomá-la, porque ela já nos pertence.” Ele disse: “Eu fiz calar o povo, e os aquietei.”

145 Porém sabem de uma coisa? Foram quarenta anos mais tarde antes que eles tomassem a terra. Eles estavam apenas a uns dois dias de viagem, de Cades, eles teriam chegado à terra prometida.

146 Permitam-me parar aqui por um minuto. Vocês presbiterianos, metodistas, e batistas, ou vocês pentecostais, cinqüenta anos atrás nós teríamos chegado à Terra prometida, porém vocês se puseram a contender uns com os outros, fazendo organizações de um lado, e este obtendo isto, e este e obtendo isto, e uma nova revelação, ao invés de seguirem a Palavra. E agora faz cinqüenta anos que estamos deste lado da plena Promessa.

147 Porém, lembrem-se, foram quarenta anos, porém Josué quer que todos vocês saibam que Deus cumpriu a Sua Palavra, com uma geração nova em folha. Ele tomou a terra prometida exatamente como foi prometido, porque aquietou o povo por meio da Palavra de Deus, para que eles soubessem que Deus fez a promessa, que este profeta que estavam seguindo não era um falso profeta, porque as coisas que ele estava fazendo estavam exatamente com a Escritura. Não importa quão falsamente Faraó dissesse que isto era, quão falsamente mágicos tentassem dizer que isto era, como eles podiam fazer a mesma coisa, e todos fazer a mesma coisa.

148 E Josué quer que vocês saibam que houve um homem ali, que queria fazer uma organização com eles. Seu nome era Datã, e ele e Corá. E eles se levantaram, disseram: “Há homens mais santos que vós.”

149 Deus nunca trata com grupos. São indivíduos. Ele não pode mudar. O que Deus faz, a primeira vez, Ele tem sempre de manter essa mesma coisa.

150 Aqui, veja. A primeira decisão de Deus para salvar o homem foi pelo Sangue derramado de Um inocente. Isto nunca mudou. Deus nunca muda. Nós tentamos edificar cidades para eles. Nós tentamos edificar torres. Nós tentamos educá-los. Nós tentamos denominá-los. E nos afastamos mais, o tempo todo. É somente um lugar em que o homem pode ter companheirismo, que é sob o Sangue derramado do Inocente. Essa é a única maneira em que creremos nisto. A única maneira em que podemos nos reunir é debaixo do Sangue derramado do inocente. Deus nunca muda Sua maneira. Deus, em tempo algum, jamais tratou a não ser com um indivíduo. Ele não o salvará porque você é metodista, ou porque você é pentecostal. Ele o salvará como indivíduo, não como grupo. Ele nunca faz isso. Ele salva indivíduos, um, Ele somente trata com uma pessoa.

151 Moisés clamou perante o Senhor, e o Senhor disse: “Separa-te, Moisés. Eu te chamei, com esta mensagem.” E Ele deixou o mundo engoli-los. Assim Josué quer que vocês entendam isso, também.

152 Agora, depois que Josué descer, nós chamaremos outra testemunha rapidamente, de modo que não demoremos muito. Eu quero chamar Isaías. Eu poderia chamar centenas, porém eu apenas chamarei mais estes dois e então encerrarei.

153 Isaías, o profeta, ele disse: “Em meu dia, o Senhor vindicou-me como Seu profeta. E nós sabemos que a Palavra vem ao profeta. E então, tudo que eu dizia, Deus honrava e fazia acontecer. De garotinho, para cima, tudo que foi dito aconteceu. Eu fui vindicado entre o povo como profeta.”

154 “E então certo dia Deus me deu a coisa mais temerária para dizer, que eu poderia pensar. Ele disse: ‘Uma virgem conceberá. Eu vou lhe dar um super sinal. Eu darei a Israel e ao mundo um super sinal. Eles querem sinais, assim Eu lhes darei um super sinal. Uma virgem conceberá.’ E eu, sendo um profeta vindicado, fazendo uma coisa tão temerária como essa, porém eu sei que foi a voz de Deus.”

155 E você sabe, você poderia dizer isto. Isaías poderia testificar ao tribunal esta tarde, e dizer isto, que, quase toda virgem que havia em Israel aprontou roupas de bebê, porque ela ia ser a moça que o teria. Isso mesmo. Ela ia ser a virgem. Cada uma delas se aprontou. E uma delas sabia, no mês seguinte que ia conceber… pela virgem. Ela vai ser uma virgem, conceber, porque Isaías, o profeta, era um profeta vindicado. O que quer que ele dizia no Nome do Senhor acontecia. E agora ele diz: “Uma virgem conceberá.”

156 E as mulheres trouxeram suas garotinhas: “Minha filha será essa.” A outra, esta, esta, a formosa: “Ela pertencerá a este grupo. Ela pertencerá a este grupo. Ela pertencerá àquele grupo.” Todas estas, elas, cada uma de suas filhas ia ter este bebê, porque o profeta disse que ia.

157 E aquela geração passou. Isaías morreu. A promessa não se cumpriu, porém oitocentos anos mais tarde. Deus não disse quando a virgem conceberia. Ele apenas disse que ela conceberia. Ele quer que você saiba isso, que Deus não disse: “Nesta geração, ou neste tempo, ou um certo tempo, ou uma certa coisa, esta virgem conceberá.” Ele apenas disse: “Uma virgem conceberá.” Foram oitocentos anos mais tarde, porém essa virgem concebeu. Está vendo? Deus cumpre a Sua Palavra. Você crê nisso? [Espaço em branco na fita-Ed.]… qualquer tempo para ela o fazer.

158 Agora, eu poderia chamar todos os tipos de testemunhas de defesa aqui, com a Testemunha de defesa, melhor dizendo, para dar testemunho. Eu poderia chamar pessoas daqui. Porém se-se este tribunal me perdoar, posso ter o privilégio de ser a próxima testemunha?

159 Eu não vou falar sobre Moisés, e alguma coisa que aconteceu lá atrás, ou alguma coisa que aconteceu cinqüenta anos atrás, ou alguma coisa que aconteceu, cem anos atrás ou quinhentos anos atrás. Eu vou falar sobre algo que aconteceu agora. Eu quero… Eu creio… E eu quero ser a próxima testemunha, testemunhar hoje, que, a Palavra de Deus que foi prometida para este dia; não o dia de Moisés, não o dia dos discípulos, não o dia de Lutero, não o Dia de Pentecostes, não o dia do metodista.

160 Mas, este dia, eu quero dar testemunho disto, no banco. E se vocês me perdoarem esta coisa pessoal. Porque, tem de ser um testemunho pessoal, e tem de ser verdade. Porque, eu conheço Quem é Aquele que estamos defendendo, e Ele saberá se é Verdade ou não.

161 Eu creio que estamos vivendo nos últimos dias, e a mensagem de outro dia não se encaixará neste dia. Não pode. Tem de ser a Mensagem para hoje, não para o que foi dez anos atrás. A Mensagem para esta hora, a Mensagem para esta geração, a Palavra fala isto. Então se a Palavra promete, tem de haver algo para vindicar isto.

162 E essa é a razão por que eles falharam em receber a Jesus quando Ele veio a primeira vez à terra, é porque estavam vivendo sob uma tradição. E Jesus lhes disse, disse: “Examinai as Escrituras. Elas testificam de Mim.”
Disseram: “Nós somos discípulos de Moisés.”

163 Ele disse: “Se fôsseis discípulos de Moisés, vós creríeis em Mim, porque Moisés escreveu de Mim. Olhai na Escritura.”

164 E aqueles homens cegos, tradicionais, ainda assim bons homens, homens santos, ninguém podia pôr um dedo neles. Eles eram sacerdotes. Eles tinham uma vida exemplar. Eles eram homens em que você não poderia pôr um dedo, porque, se você pusesse, eles seriam apedrejados. Eles eram bons homens. Eles eram obrigados a ser bons homens, pela lei. E eles eram criados, de geração a geração, seus filhos e netos, e bisnetos, todos tinham de ser sacerdotes, levitas. E ainda assim os homens, em seus treinamentos, que nunca conheceram nada além de seminário e a Bíblia, e estavam tão cegos que falharam em vê-Lo.

165 Poderia ser possível que nós entrássemos nisso novamente? Lembre-se, a mesma Escritura disse que iríamos, isso é exatamente correto, disse que faríamos isso. Agora, como um testemunho pessoal… Algumas vezes nós montamos as coisas de tal modo, que ficamos tão formais nisto, que este é o credo, esta é a coisa que devemos fazer, até que falhamos em acertar Isso por um milhão de milhas. E eu suponho que faremos a mesma coisa, porque a Escritura disse que faríamos.

166 Agora, como algo pessoal, mas não deixe isto refletir. Eu confio que isto seja somente porque estou no banco de testemunhas para este tribunal.

167 Eu creio que estamos na hora da Vinda do Senhor. Eu creio que estes terremotos e coisas tais que estamos tendo, esta lua que estão… Aqui em cima no observatório e coisas tais, eles estão observando esta lua. Está esguichando erupção de aparência ensangüentada do seu interior. Jesus disse que a lua se converteria em sangue, e haveria terremotos por toda a terra, naqueles-naqueles dias antes da Sua Vinda. Ele afirmou que o dia se encontraria exatamente da maneira que está.

168 E eu creio, tribunal, eu quero dizer algo a vocês esta tarde, que, eu não vejo nenhuma coisa para impedi-Lo de vir agora mesmo. Isso, o mundo, se tivesse tempo eu poderia lhes provar isto, que se encontra perfeito, até mesmo por nomes e posição, da maneira que deve se encontrar quando Ele vier. Quando é a hora? Eu não sei. Ninguém sabe. Porém Ele disse: “Quando estas acontecerem, olhai para cima.” Israel está em sua pátria. Tudo se encontra exatamente certo, para a Sua Vinda.

169 Agora, quando eu era bebezinho. Minha gente, naturalmente, sendo descendência irlandesa, talvez nós fôssemos antigamente católicos, porém meu pai e mãe não iam à igreja em absoluto. Num pequeno lar na montanha, no estado de Kentucky; certa manhã, seis de abril de 1909, numa casinha velha que nem mesmo tinha quaisquer janelas nela; apenas algo como uma pequena porta, você ia, deixava a luz entrar. Quando o Senhor Jesus me permitiu vir à terra, sendo o primogênito de minha mãe e pai; ela quinze, meu pai dezoito anos. E numa pequena cama de palha.

170 Suponho que vocês por aqui nunca ouviram falar de uma cama de palha. Porém, nós, quantos sabem o que era uma cama de palha? Bem, de que parte de Kentucky vocês são? Estão vendo?

171 Deste modo, uma cama de palha, numa pequena cama de palha, com um travesseiro de palha, aquela única pequena cama no quarto, Um pequeno quarto, e uma pequena cozinha, era apenas aproximadamente, a coisa inteira junta, não seriam vinte pés [6 m-Trad.], ao todo. Pequena e velha cabana de toras de madeira, sem assoalho algum, uma mesa feita de toco.

172 E ali, naquele pequeno quarto, quando Jesus Cristo me permitiu vir à terra. Eu somente posso dizer isto pelo testemunho dos meus pais, os quais não eram religiosos. Porém eles não tinham luzes como nós temos aqui, nem mesmo uma lamparina de querosene.

173 Eu não sei se vocês sabem o que era um lampião de gordura, ou não. Apanhe um pouco de toicinho e coloque-o numa lata, e ponha um pedacinho de flanela nele, e acenda-o, e ele iluminará.

174 A luz, assim cedo de manhã, não mostraria luz suficiente para deixar mamãe ver o que eu era, ou que aparência teria. E abriram esta pequena janela ao lado em direção ao Leste, porque alguns sabiás estavam pousados nos arbustos ali fora, cantando, quando raiava o dia às cinco horas.

175 E quando abriram a janela, uma Coluna de Fogo, Luz, veio Se movendo através da janela, e veio e pairou sobre a pequena cama. Minha mãe gritou. A parteira estava ali. Nós não tínhamos médico. E a parteira estava ali. Elas não sabiam o que era Isso.

176 Cerca de duas semanas depois disso, eu fui levado a uma pequena igreja batista, chamada Reino do Gambá. O ministro me segurou nos braços e me dedicou a Deus.

177 O povo da montanha não sabia o que pensar sobre Isso. Elas, elas lhes contaram. Eles pensaram que talvez mamãe estivesse simplesmente ruim da cabeça, ou que simplesmente imaginou isso.

178 Três anos mais tarde, nós viemos a Indiana, e papai conseguiu um emprego. Ele era cavaleiro, domando cavalos para os rancheiros e fazendeiros, e assim por diante. Ele foi ali para domar alguns pôneis de montar, para um-um homem rico chamado O. H. Wathen, vive em Utica Pike. Ele é um grande proprietário dos coronéis, e também da Destilaria R. E. Wathen, e de todas elas em Louisville, e O. H. e R. E. E papai estava domando cavalos de sela para ele. E então ele se feriu, e passou a ser chofer particular para ele.

179 E aos sete anos de idade, eu tinha entrado na escola. E certa tarde de setembro… Eu detesto dizer isto, porém estou no banco de testemunhas. Meu pai, sendo um verdadeiro irlandês, um estrito natural de Kentucky, ele fazia sua própria bebida alcoólica. E eu estava carregando água a este pequeno alambique que ele tinha, e não pude ir pescar na parte de trás da lagoa. Eu estava chorando, carregando água por cerca de um quarteirão, de um celeiro, onde os cavalos ficavam. E eu estava carregando água ali, para vir resfriar as serpentinas naquela destilaria para aquela noite.

180 Eu me sentei embaixo de um choupo branco [Árvore-Trad.], e estava chorando. O rostinho sujo, o cabelo caído, sabugo de milho embaixo do dedo do pé, para proteger de grandes tropeções, vocês sabem, indo assim, vindo da escola. Todos os outros meninos estavam na velha lagoa de gelo, pescando. Eu estava sentado ali, chorando. Eu pensei: “Por que tenho de fazer isto? Aquelas outras crianças não têm de fazer isso.”

181 E o que aconteceu foi que um barulho entrou naquela árvore, como um vento girando, como um redemoinho. E eu me levantei e olhei para trás. E estou no banco de testemunhas, lembrem-se. Houve uma Voz que falou daquilo, disse: “Nunca fume, nem beba, nem corrompa seu corpo. Há uma obra para você fazer quando ficar mais velho.” Isto me deixou em pânico. E eu prossegui. Coisas começaram a acontecer. Coisas começaram a profetizar e acontecer. E agora, quando eu era garotinho, então, cerca de sete anos de idade.

182 Então, cerca de dezessete anos depois disso, eu era, tinha me tornado ministro, pregador batista, da igreja batista missionária. O Dr. Roy E. Davis me ordenou como um dos pastores locais, deu-me direitos então, pelo estado, para casar, sepultar, batizar, assim por diante. E a igreja batista missionária foi destruída pelo fogo, de que eu era pastor assistente, na época. E o Sr. Davis voltou para o Texas, uma vez que ele era das montanhas Davis, e-e perto de Van Horn, Texas. É dali que eles vieram. E assim, enquanto ele estava ausente, eu comecei a dirigir a congregação. Consegui uma tenda, e comecei a pregar na cidade, e apenas um pregador jovem.

183 E fiz um culto de batismo no rio, em 1933, em meados de junho, por volta de dezesseis ou dezoito de junho. E encontrando-me ali, estava tão quente, por semanas. Não tinha chovido por duas ou três semanas, e o país estava escaldante, quase. E ali estavam, eu suponho, aproximadamente sete ou oito mil pessoas na margem. E eu caminhei para a água, com meu décimo sétimo candidato, para batizar. E quando batizei, comecei a batizar, eu disse: “Assim como eu batizo você com água, possa o Senhor Jesus…”

184 Quando eu disse isso, Algo me tocou e disse: “Olha para cima.” E quando me virei para olhar, depois da terceira vez que disse isto, um lugar com cerca de quinze pés quadrados [4,5 m2-Trad.] estava se agitando para cima e para baixo naqueles céus de bronze. E dali veio essa mesma Coluna de Luz que entrou quando eu era bebezinho, que falou comigo na sarça ardente, ou na sarça lá atrás naquele dia, e entrou naquela sarça, e veio e pairou acima onde milhares de pessoas.

185 Jornais publicaram isto por toda a nação, até o Canadá. Nós temos os recortes. “Luz mística aparece sobre ministro batista local enquanto pregando, ou batizando.”

186 E aquela Voz desceu e disse: “Como João Batista foi enviado, para ser o precursor da primeira vinda de Cristo, assim será a tua Mensagem precursora da segunda Vinda de Cristo.”

187 Como isto poderia ser assim? Como isto poderia ser assim? Parecia que seria impossível. Então quando falou, alguns dias a partir disso, e disse. E eu comecei a ter estas visões e coisas tais que sempre aconteceram. Isto me assustava.

188 Meus irmãos me disseram, disseram: “Isso é do Diabo.” Meus irmãos batistas disseram: “Isso é do Diabo”.

189 Eu disse: “Vocês sabem, eu me encontro de pé, e,” eu disse, “de repente, isto entra como que num transe, assim, ou algo.” Eu disse: “Eu vejo coisas que sempre acontecem. Ele me disse, vinte e dois anos antes que essa ponte cruzasse ali, quão distante ela cruzaria, quando ela cruzaria, e quantos homens perderiam a vida. E foi perfeito, cada vez.”
E então alguns deles disseram: “Isso é o Diabo.”

190 E eu fui embora, e comecei a chorar e orar, certa noite. Eu disse: “Senhor Jesus, Tu conheces o meu coração. Eu Te amo. Deixa-me morrer. Não me deixes ter qualquer… que o Diabo tenha qualquer coisa que ver comigo. Eu preferiria morrer do que ser uma falsa testemunha de Ti.”

191 E foi nessa época quando esta Luz retornou e me mostrou a Escritura, que neste dia esta coisa deve acontecer. Aqui encontra-se bem aqui na Escritura agora. Faz trinta e três anos desde aquela época, porém eu sou testemunha de que é a Verdade. Eu sou testemunha destas coisas que isto é Verdade.

192 E possa eu chamar a-a atenção deste promotor escrituristicamente cego. Agora, isto parecerá ridículo. Escrituristicamente cego, este promotor é. Que, no Livro de São Lucas, capítulo 17 versículo 30, Jesus disse: “Como aconteceu nos dias de Sodoma.”

193 Agora, você quer saber onde está isto, homem, que Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente? Você quer saber onde as cicatrizes dos cravos e as marcas, e coisas tais? Qualquer hipócrita poderia fazer isso.

194 A Vida de Cristo retorna na forma do Espírito Santo, não uma cicatriz de cravos. O-o corpo corporal está assentado à mão direita de Deus, para fazer intercessões, porém o Espírito Santo veio para continuar Sua obra. Eu quero que você saiba, que em São João 14:5, Jesus disse: “Aquele que crê em Mim também fará as obras que Eu faço.” Eu quero que você também saiba que João, o 14… ou o capítulo 15 diz que: “Eu sou a Videira; vós, as varas.” E como podem as varas dar algum outro tipo de vida ou fruto do que o que estava na videira?

195 Como vocês podem dizer que a era apostólica cessou? Onde vocês obtêm isso? Como pode uma videira sair e produzir, hoje, pode sair e produzir uma laranja, e neste dia produzir uma abóbora? Ela teria de mudar a sua vida. E em Malaquias capítulo 3, Deus disse: “Eu sou Deus, e Eu não mudo.” O que Ele era então, Ele é hoje. E Ele sempre foi e sempre será.

196 Eu quero lhes chamar, a atenção, que o promotor está tentando lhes dizer que Ele-Ele disse: “Eu fui” ou “Eu serei,” mas está errado. Ele disse: “Eu sou o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.” Este promotor está interpretando erroneamente a Palavra.

197 Quando Jesus comissionou Seus discípulos a irem por todo o mundo, em Marcos 16 aqui, e pregarem o Evangelho a toda criatura. Até onde? “Todo o mundo,” ainda não alcançou ele todo. “Toda criatura,” ainda não alcançou toda. “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. E estes sinais os seguirão até à consumação dos séculos. Imporão as mãos sobre os enfermos, e eles serão curados.”

198 Eu quero que vocês também saibam que Pedro, no Dia de Pentecostes, o qual tinha as chaves do Reino, quando ele se pôs de pé em Atos 2:38. Ele disse: “Arrependei-vos, cada um de vós, e seja batizado em Nome de Jesus Cristo para perdão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar.”

199 Quando a era apostólica cessou? Aí está a comissão: “Por todo o mundo, toda criatura, e cada um que crê.” Eu quero que o tribunal compreenda isso, que isso é promessa de Deus.

200 Eu também quero que vocês compreendam, que este cego intérprete ao povo não compreende a Escritura. Ele disse, aqui em Marcos, o-o capítulo 17 e versículo 30, Ele disse: “Como aconteceu nos dias de Sodoma.” Agora voltem. Jesus estava se referindo ao mesmo Gênesis a que estamos nos referindo. “Nos dias de Sodoma, assim será na vinda do Filho do homem.” Agora voltem e olhem o que foi nos dias de Sodoma, então vejam onde estamos e vejam o que deve acontecer agora. Nos dias de Sodoma, quando…

201 Abraão, o qual foi um tipo, ele… Nós, somente estando mortos em Cristo, assumimos a semente de Abraão, e somos herdeiros com ele conforme a promessa. Qualquer um de vocês no tribunal, esta tarde, sabe disso.

202 Observe Abraão. Ele recebeu todos os tipos de sinais, tudo, desde o Deus sobrenatural na forma de uma Luz, passando entre o sacrifício. Ele O recebeu numa voz, e assim por diante. Porém o último sinal que Abraão recebeu sobre o morro fora de Sodoma, pouco antes do mundo gentio ser destruído, foi Deus Ele Próprio na forma de um Ser humano. Vocês compreendem, tribunal? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Houve três Mensageiros que vieram a ele. Três Mensageiros, e ele saiu a encontrá-los.

203 Dois deles, um moderno Oral Roberts e Billy Graham, desceram para Sodoma e pregaram o Evangelho, e os cegaram com seu Evangelho.

204 Porém Este que Se sentou lá no passado, que comeu a carne de uma vitela, bebeu o leite de uma vaca, e comeu pão, e Abraão lavou Seus pés. E Ele Se sentou ali, um Homem. E Ele disse…

205 Agora, lembre-se, seu nome tinha sido Abrão, um dia antes disso, e tinha sido mudado para Abraão. E Sarai tinha sido mudado para Sara. E observe-O, o que Ele diz: “Onde está tua mulher, Sara?” S-a-r-a. “Abraão,” A-b-r-a-ã-o, “onde está tua mulher, Sara?”

206 Ele disse: “Ela está na tenda detrás de Ti.” Ela não tinha saído, como as mulheres hoje fazem, têm de se mostrar. Porém, ela, ela estava numa tenda atrás.
Ele disse: “Visitar-te-ei por este tempo da vida.”

207 E Sara duvidou em seu coração, e disse dentro do coração: “Estas coisas não podem ser,” porque, veja, uma vez que a vida conjugal tinha estado distante deles. Ele tinha cem anos de idade, e ela tinha noventa. Disse: “Eu ter prazer com meu senhor, e ele velho, também, ali? Como poderia ser isto?”

208 E este Homem, com as costas voltadas para a tenda, disse: “Por que Sara duvidou, dizendo: ‘Estas coisas não podem ser’?”

209 E Abraão O chamou “Elohim.” Se alguém sabe o que Elohim significa, “o Todo-Suficiente.” O Próprio Deus Todo-Poderoso manifestado na carne. Como Abraão O chamou disso? Porque ele viu que esse Homem era a Palavra.

210 Agora, Hebreus, capítulo 4 versículo 12, diz que a Palavra de Deus é mais penetrante do que uma espada de dois gumes, apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E quando Jesus veio e realizou esse milagre, discernindo seus pensamentos que estavam em seu coração, eles O chamaram Belzebu.

211 Porém a Palavra naqueles profetas sempre foi capaz de predizer e discernir. Essa foi a Palavra para aquele dia. Isso é o que os identificou como profetas. E lembre-se, Ele prometeu que o mundo estaria nessa condição, e receberia esse sinal novamente antes da Sua Vinda. Agora note em Lucas 17 aqui, Ele disse: “Como aconteceu nos dias de Sodoma, assim será na vinda do Filho do homem, quando o Filho do homem estiver sendo manifestado.”

212 Vocês me perdoarão por mais um minuto, me permitirão abrir-lhes algo aqui, só por um minuto, tribunal? Vocês permitirão isto, enquanto sou testemunha?

213 Vocês notaram aqui? Ele nunca disse: “Quando o Filho de Deus estiver sendo manifestado.” Ele disse: “Filho do homem.” Jesus vem com três títulos: Filho do homem, Filho de Davi, Filho de Deus, tudo a mesma Pessoa.

214 Isso é exatamente como a trindade: Pai, Filho, Espírito Santo. Não três Deuses! Uma Pessoa; os três atributos de Deus.

215 Agora, veja exatamente como eu sou três pessoas. Eu sou para minha esposa um esposo. Eu sou para minha filha, sentada aqui, papai. E meu neto, sentado aqui, eu sou vovô. Agora, minha esposa somente tem direito sobre mim como seu esposo. E minha filha aqui não pode dizer: “Esposo,” porque ela é minha filha. Meu neto não pode me chamar “papai”. Certo. Ele não tem direito sobre mim como papai. Ele poderia me chamar disso, porém não é assim. Ele é meu neto. Sim, eu sou a mesma pessoa.

216 Se Deus desvelando-Se, trazendo a Si Mesmo para baixo, de modo que Ele possa ser… Ele estava acima, na Coluna de Fogo. Então Ele Se manifestou em Seu Filho, Jesus Cristo. E agora revelado a nós, pelo Espírito Santo. Observe, quando Ele vier.

217 Você sabe o que “Filho do homem” significa? Olhe em Ezequiel, capítulo 2, e você encontrará, Ezequiel 2:1. Jeová Ele Próprio chamou Ezequiel, o profeta, “filho do homem.” Ele chamou todos os profetas, “filho do homem.”

218 E por que então Jesus chamou a Si Próprio de Filho do homem? Porque Ele teve de vir da maneira que os profetas disseram que Ele viria. Moisés, em Deuteronômio 18:15, disse: “O Senhor, teu Deus, despertará um profeta como eu.” E Ele veio para Se revelar à semente natural de Abraão, como Filho do homem. E eles chamaram Isto a obra de um diabo.

219 Assim tem a Semente real! Isso parece severo, porém é corretivo, e é amor. A Semente real hoje fez a mesma coisa; tenta chamar isto “telepatia mental, ou algum diabo.” É o Filho do homem, Cristo.

220 Aquele era Cristo em Ezequiel; Cristo em Moisés; Cristo em Davi. Era Jesus, o mesmo ontem, e hoje, e eternamente. O quê? A Palavra sendo manifestada por estes profetas.

221 Escutem isto, tribunal, antes que vocês tomem sua decisão. A Palavra vem ao profeta. Jesus disse que a sua lei diz que sua… que aqueles a quem a Palavra do Senhor vem são deuses. E Jesus admitiu que eles eram deuses. Ele disse: “Então, se podes chamá-los e reconhecê-los, vossa lei, como sendo “deuses” a quem a Palavra do Senhor vem, os profetas, como Me condenareis quando digo que sou o Filho de Deus?” Quando, Ele é a Palavra vindicada dessa hora. Eles disseram que criam nos profetas, e aqui estava a Palavra em plenitude. E todavia eles não creram Nela, porque tinham seu credo e sua tradição.

222 Observe agora, tribunal, antes que tome sua decisão. Vamos só um pouco mais adiante. Observem. O Filho do homem, eles O chamaram um diabo. Porém eles quiseram fazê-Lo rei, vocês sabem, pela força.

223 Olhem, quando o cego Bartimeu correu após Ele, disse: “Tu Filho de Davi, tem misericórdia,” ele recebeu o que pediu.

224 Mas quando a mulher siro-fenícia, uma grega, gentia, correu após Ele e disse: “Tu, Filho de Davi,” Ele nem mesmo ergueu a cabeça. Ela não tinha direito sobre Ele como Filho de Davi. Ele não era Filho de Davi para ela. Porém quando ela disse: “Filho de Deus,” ou “Senhor,” o que é Filho de Deus, ela recebeu o que pediu. Estão vendo? Os gentios não têm direito sobre Ele como Filho de Davi. Ele era Rei. Ele é Senhor, para nós.

225 E quando Ele Se revelou como Filho do homem, como a Escritura disse que Ele seria. “Não, senhor.” Eles rejeitaram Isto. “Ele não era profeta.” Eles não puderam crer Nisto. Eles não tinham tido um por centenas de anos, e eles não puderam crer que Ele fosse profeta.

226 Quando Ele disse à mulher a respeito de quantos maridos ela teve, e ela naquela condição, ela era ordenada para a Vida. Ela disse: “Senhor, vejo que és profeta. Eu sei que quando o Messias vier. Nós não temos tido um profeta por centenas de anos. Mas eu sei, que quando Ele vier, esse é o sinal que Ele fará, porque Ele será a Palavra. Ele sabe o que está no meu coração.”

227 Ele disse: “Eu O sou, Eu que falo contigo.” E seu testemunho causou que a cidade inteira viesse a Cristo. Certo. Todos eles creram.

228 Agora, veja, como Filho de Davi, Ele estava com os judeus. Porém o Filho de Deus… Agora veja. Filho do homem, profeta. Está vendo? Filho de Davi, rei. Eles não O reconheceram como profeta. Eles O quiseram fazer rei. Eles queriam ser libertos de sob o Império Romano.

229 Mas então na era da igreja, Ele é chamado o Filho de Deus. Agora, qualquer um sabe que Deus é Espírito. Está certo? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] E o Espírito Santo é o Filho de Deus. Ele é sobrenatural. Filho do homem era um profeta, um homem; Davi era rei; porém Deus é Espírito. E na era da igreja, Ele é revelado como Filho de Deus. Nós cremos nisso. Se você não crê que Ele é o Filho de Deus, você está perdido. Ele é o Filho de Deus para a era da igreja.

230 Porém dêem-me testemunho. A sétima era da igreja, a qual é a era da igreja de Laodicéia! Bem, nós admitiríamos que esta é a era de Laodicéia? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Lembrem-se, Ele, a Palavra, foi expulso da igreja. Está certo? [“Amém.”] Expulso da igreja! E Ele estava do lado de fora, tentando entrar novamente: “Eu estou e bato na porta.” [O irmão Branham bate três vezes no púlpito.] “E vós dizeis que: ‘Rico sou, e de nada tenho falta (e não sabes que és um miserável, cego, nu, desgraçado, e não o sabes).” Ele estava do lado de fora, a Palavra.

231 Que é isto? Nossas tradições. Nossas tradições metodistas, batistas, presbiterianas, pentecostais, rejeitaram a Palavra, e Ele não pode ter nenhuma cooperação em parte alguma. Todos são “não toques Nisto,” e querem chamar Isto de espírito maligno.

232 E vocês entendem que Jesus disse, que nos últimos dias antes da vinda do tempo do fim, Ele Se manifestaria novamente como “Filho do homem,” não “Filho de Deus”? E isso cumpre Malaquias 4 e estas outras promessas de Abraão, o último sinal que Abraão recebeu. Ele estava esperando por um filho vindouro, e o último sinal que era para ele receber, era Deus revelado num ser humano. E Jesus disse: “Como aconteceu nos dias de Ló, Sodoma, assim será na vinda do Filho do homem.”

233 Agora, perdoem-me, por fazer uma pequena e profunda afirmação aqui. Quero perguntar uma coisa a vocês, teólogos. Examinem a Escritura de ponta a ponta, no decorrer da história. Como me têm dito esta semana, que eram um-eram homens que liam a Escritura. E também que eram… que a era apostólica cessou, e-e que-que vocês conheciam toda a história da igreja. Eu quero que vocês chamem isto à sua atenção. Deus me perdoe por divulgar isto, se não está certo fazê-lo.

234 O mundo se encontra exatamente em tempo para isto. O mundo nunca esteve num tempo tal como este, como numa condição sodomita. Semana passada, na Flórida, no estado da Flórida, sessenta e tantos por cento dos professores de escola foram expulsos da escola, por homossexualismo. Quarenta e tantos por cento de aumento, na Califórnia, durante o ano passado; homossexualismo. As escolas, os seminários, tudo está cheio disto. E ela se encontra exatamente onde estava nos dias de Sodoma. Deus estará obrigado, se Ele não punir esta nação e este mundo por seus pecados, Ele estará moralmente obrigado a levantar Sodoma e-e Gomorra e se desculpar por queimá-las. Olhe para a hora em que estamos vivendo.
Pense agora, por um minuto, tribunal, antes que vocês tomem sua decisão.

235 Agora, Jesus nunca disse: “Nos dias quando o Filho de Deus Se manifestar.” Ele Se manifestou na era da igreja. Porém a igreja O expulsou.

236 Então, Ele Se manifestaria como Filho do homem: “Quando o Filho do homem estiver Se manifestando,” Deus manifestado entre os seres humanos, como foi então, Filho do homem, profético.

237 Malaquias 4 está prometido, um-um vidente sair com uma voz. Não Malaquias 3 agora: “Enviarei o Meu anjo.” Malaquias 4 agora. Não os confunda. Porque, se confunde, você perderá isto. Malaquias 4 não foi Malaquias 3: “Eu enviarei o Meu anjo diante da Minha face.” Mas, Malaquias 4, quando este mensageiro vier, é para o mundo ser queimado, e o Milênio se estabelecer. “Os ímpios são queimados, são cinzas, e o justo caminha sobre suas cinzas.” Isso nunca aconteceu nos dias de João. Está vendo? Malaquias 4! E observe, está para haver um sinal, e esse sinal tem de ser um sinal escriturístico.

238 Jesus disse: “Eu venho de Deus. Eu vou para Deus.” Ele era a Coluna de Fogo que estava na sarça ardente.

239 Eles se puseram ali de pé certo dia e disseram: “Tu és um Homem com não mais de cinqüenta anos.” Ele deve ter aparentado ser um pouco mais velho do que realmente era. Seu ministério foi pesado. E a Bíblia diz que não havia beleza que pudéssemos desejar, e provavelmente um Indivíduo bem pequeno. Ele disse: “Tu dizes… Tu não tens mais de cinqüenta anos. Bem, Tu não tens mais de cinqüenta anos de idade, e dizes que viste Abraão?”

240 Ele disse: “Antes que Abraão existisse, EU SOU.” Ele disse: “Eu venho de Deus. Eu fui aquela Coluna de Fogo no deserto. Eu venho de Deus.”

241 Ele Se fez carne, o Filho de Deus. Deus cobriu uma virgem com a Sua sombra, criou uma célula de Sangue que produziu Seu Filho. O que, Deus Se alojou nesse Filho. “Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo.”
“E Eu vou para Deus,” depois de Sua morte, sepultamento, e ressurreição.

242 Saulo estava a caminho de Damasco, e foi derrubado por uma Luz, aquela Coluna de Fogo. Você acha que aquele judeu chamaria alguma coisa, algum-algum tipo de ilusão, “Senhor”? Quando ele olhou para cima e viu aquela Coluna de Fogo, ele sabia que era aquilo o que ele, seus pais tinham seguido, seguido saindo do Egito. Ele disse: “Senhor, quem és Tu?”

243 E Ele disse: “Eu sou Jesus.” Ele é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.

244 E a voz escriturística que falou na sarça de Moisés, e Moisés ficou firme nisso.

245 Assim foi essa uma voz escriturística que falou na sarça, aos sete anos de idade. Eu ainda sustento e digo que é a Verdade. Porque, Moisés viu que essa Palavra, tinha de acontecer. Eu vejo que esta Palavra tem de acontecer. “O Filho do homem tem de Se manifestar,” exatamente o que Isto disse. Note, prometeu isso. Não Filho de Deus; Filho do homem! Está vendo? Filho do homem, Filho de Davi, e Filho de Deus.

246 Porém depois dos dias da era da igreja, quando Ele é expulso, então Ele Se manifesta novamente como Filho do homem. Porque: “Nós, estando mortos em Cristo, nós assumimos a Semente de Abraão. E nós somos Sua semente real. Quantos admitem isso, que a Igreja é Sua Semente Real? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Bem, vejam, o que Ele fez a Abraão, Ele está fazendo a mesma coisa.

247 Agora perdoem isto. Agora, vocês que dizem que conhecem tão bem a história, digam-me quando, na história da igreja, alguma vez houve um líder que foi a vocês ali, com vocês metodistas, batistas, presbiterianos, luteranos, o que quer que sejam? Quando houve um homem enviado a vocês, com o final do seu nome com h-a-m, até agora, G-r-a-h-a-m? Vocês tiveram Sankeys, Moody, Finney, Knox, Calvino, mas nunca um h-a-m, como Abraão [Abraham em inglês-Trad.] E G-r-a- h-a-m são somente seis letras.
A-b-r-a-ã-o [A-b-r-a-h-a-m em inglês-Trad.] são sete letras, a Palavra de Deus, aperfeiçoada.

248 Agora, lembre-se, esta pessoa que esteve nos dias de Abraão. Agora, Abraão era, seu, era o eleito. Ele não estava em Sodoma. Ele foi chamado fora de Sodoma. Esse Mensageiro que o visitou nunca foi a Sodoma.
Porém, os que desceram a Sodoma, observe o que eles fizeram.

249 Observe o que Este fez à igreja eleita. E Jesus chamou sua atenção para a mesma coisa, que aconteceria nos últimos dias, “quando o Filho do homem Se manifestaria em carne humana,” a Palavra conhecendo o segredo do coração. Como Isto disse: “É mais poderosa que uma espada de dois gumes, e apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Como todos os profetas fizeram. Como Jesus fez, Ele Próprio, foi chamado Belzebu. E rejeitado aqui, novamente, nos últimos dias.

250 Gostaria de saber se esse intérprete cego alguma vez pensou nisso. Eu gostaria de saber se ele algum dia perceberá que estas Escrituras que foram profetizadas para este dia têm de acontecer. Como é possível… Vocês crêem que isto deve se realizar neste tempo? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] A Palavra de Deus, ainda que demore! Ainda que todas estas coisas, estas eras da igreja tenham passado, e faz centenas de anos desde que tivemos isto, porém foi prometido estar aqui.

251 Ele Se manifestou como Filho de Deus, Filho de Deus, o Espírito Santo batizou. A igreja pentecostal e as igrejas no decorrer, trouxeram sinais, prodígios, milagres como Ele fez. Elas viram Deus em grandes visões e tudo mais.

252 Porém a igreja nunca viu o Filho de Deus manifestado em carne humana, que revelaria os pensamentos que estão no coração, até esta era. E essa foi a era que viu Sodoma queimar e o filho prometido retornar. Eu gostaria de saber se esse intérprete cego da Escritura alguma vez pensou nisso. Eu quero que o tribunal se lembre disso. Lembrem-se, não quão mais longe, não importa o quanto demore, ainda assim tem de acontecer. Vai acontecer.

253 Estas testemunhas testemunham, têm absolutamente testemunhado a Verdade, que é assim. Deus disse: “Imporão as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.”

254 Porém o mundo de fora quer que você creia, que tão logo imponha as mãos, você tem… e as pernas aleijadas têm de estar direitas, e você tem de dar pulos. Ele nunca disse isso. Ele nunca prometeu isso.

255 Ele disse: “A oração da fé salvará os doentes, e Deus os levantará.” Ele nunca disse quando. “Imporão as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.” Ele nunca disse quando. Ele disse: “Quando orardes, crede que o recebeis, e isto vos será dado.” Ele não disse quando.

256 Agora, se somos crentes verdadeiros e genuínos, quando estas Escrituras nos são ministradas, não há nada que possa nos dizer que seja diferente. Não há nada que possa dizer que Isto esteja errado; quantos poderiam se levantar, quantos infiéis, quantos incrédulos, quantos poderiam explicar isso, aquilo e aquilo mais. Deus cumpre a Sua Palavra. E Marcos 16 é simplesmente tão inspirado quanto João 3:16. A coisa toda é a Palavra de Deus. Cada Palavra Dela é inspirada. Ela toda é Deus, se você apenas A ler da maneira que Ela diz.

257 Eu quero chamar a igreja à ordem do dia, para verificar. Antes que você chame qualquer coisa de diabo, é melhor que você se lembre, a promessa disto é para ser neste dia. Está vendo? Lembre-se disso. Porque, uma palavra contra o Espírito Santo nunca é perdoada nem neste século, nem no futuro. E você vê o Espírito Santo Ele Próprio manifestado, fazendo a mesma coisa.

258 Estou olhando para uma pequena mulher sentada aqui em frente de mim. Eu acho que ela é presbiteriana. Não estou equivocado. Foi na minha casa, não faz muito tempo. Ela tinha até quarta-feira para viver, câncer; sentada na sala. Eu por acaso acabei de reconhecê-la sentada junto a um amigo meu. E lhe foi dado até quarta-feira para viver, pelos médicos da cidade. Eles estão perplexos agora. Aqui está ela sentada esta noite, com ótima aparência e saudável, e ainda vivendo. A irmã está agradecida por isto, não está, irmã? Erga a mão, se está certo. Veja-a sentada bem ali. Está vendo? Nas últimas, e determinado até quarta-feira, cerca de vários meses atrás. E agora os médicos estão maravilhados, ao pensar. O que aconteceu foi ASSIM DIZ O SENHOR. Suas Palavras ainda são verdadeiras.

259 Quando, esta Escritura diz aqui, que: “Estes sinais seguirão aos que crerem. Se impuserem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados, se vocês crerem. Estes sinais seguirão ao crente.” Eles seguirão. Ele nunca disse quando. E se você é um verdadeiro crente, não há nada que possa separá-lo disso.

260 Preste atenção ao testemunho de Abraão. Preste atenção aos seus demais testemunhos. Quantas centenas eu poderia chamar à cena hoje, e mostrar-lhe que Deus cumpre a Sua Palavra, independentemente, se você crer Nela e permanecer ali, e souber em seu coração que isto vai acontecer.

261 Quando, esta pequena dama, referindo-me. Agora, alguém estava me contando, faz alguns minutos, desculpe-me, estava me contando faz alguns minutos, passando pela fila do jantar ali, disse: “Irmão Branham, o irmão não se lembra desta pequena dama aqui, sua oração da fé por ela não faz muito tempo? Ela, anos atrás, estava morrendo de câncer.” Essa mulher está presente? Alguém a mostrou para mim. Erga sua mão, se a irmã está sentada aqui em algum lugar. Uma pequena mulher passando pela fila, algum homem, irmão grisalho, a estava mostrando para mim, disse que ela estava morrendo de câncer. E aqui vive ela agora. Essa dama está no edifício aqui agora? Ela estava na sala de jantar, faz pouco. Mostraram ali. Sim. Sim. Ali está a Sra. Waldrop ali atrás, que estava fican- …e morta, na fila, quinze anos atrás, dezessete anos atrás, com seu médico com um-com um raio-x ali, aquele câncer tinha devorado o seu coração. Porém foi ASSIM DIZ O SENHOR.

262 Deixem que os críticos se levantem e digam o que quiserem. Eu sou testemunha de que Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente. O que Ele era então, Ele é hoje. Ele não é “Eu era.” “Eu serei.” Ele é agora, tempo presente, o mesmo ontem, e hoje. e eternamente. E Jesus e Sua Palavra são a mesma coisa. E Ele é a Palavra. Vocês crêem nisto? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.]

263 O que Ele disse? “Estes sinais seguirão aos que crerem. Se impuserem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.”

264 Antes de dizermos isto ao tribunal, vocês são o júri. Vocês ouviram o caso. Quantas testemunhas poderíamos chamar? Não importa quantas outras testemunhas o-o promotor pudesse chamar, estas Palavras testemunham contra ele. Ele interpretou erroneamente a Escritura. Quantos crêem que as Palavras são verdadeiras? Quantos são crentes? Ergam a mão. [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Muito bem. A Bíblia diz isto: “A oração da fé salvará os doentes. Deus os levantará. Se impuserem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.”

265 Agora veja, cada um de vocês. Através desta pequena e entrecortada mensagem você chegou a alguma conclusão. No fundo da sua mente, você tomou sua decisão, porque esse é o júri. E a maneira como você atuar daqui em diante, isso provará qual é o seu veredicto. Está vendo? A maneira como você vive daqui em diante provará exatamente qual é o seu veredicto. Agora, se você sair e disser: “Bem, estou simplesmente tão enfermo quanto estava quando entrei,” isso aí mostra exatamente que tipo de veredicto você fez neste tribunal esta tarde.

266 Eu acho que foi um julgamento justo o que Ele teve, sendo trazido como a Palavra. Ele foi provado como a Palavra. Ele foi identificado como a Palavra. E se eu morrer esta noite, as Palavras que eu disse são verdadeiras. [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] O mundo sabe disso. O mundo científico sabe disso. Essa mesma Coluna de Fogo, o mesmo Anjo do Senhor! Quantos viram a fotografia Dele? Está pendurada em Washington D.C., o único Ser sobrenatural que alguma vez foi fotografado. Se eu morrer esta noite, eu nunca os vir novamente, o que eu disse é a Verdade. E Deus testificou disto, que é a Verdade. E aqui está a Escritura, diz que é para ser agora. Então chamem isso um diabo se vocês quiserem. Isso é entre vocês e Deus. Estão vendo?

267 Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente, e Ele está Se identificando como prometeu. Muito mais poderíamos dizer. Nestes últimos dias, como Filho do homem, dando-Se a conhecer entre Seu povo, na forma do Seu povo. Está vendo? Não Filho de Deus, não Filho de Davi, mas Filho do homem. O Filho de Deus era o sobrenatural.

268 Como Abraão, ele teve visões, e ouviu coisas, e viu luzes, e assim por diante. Porém pouco antes do filho prometido vir, Deus Se revelou como Homem, em carne humana, e leu os pensamentos que estavam no coração de Sara, no aposento atrás Dele. Quantos dizem, sabem que isso é Escritura? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.]…?…

269 E Ele disse: “Como aconteceu nos dias de Sodoma, assim será na vinda do Filho de Deus vindo, quando o Filho do homem estiver Se manifestando.” “O Filho do homem Se manifestando,” não o Filho de Deus na era da igreja. Ele foi expulso disso. Agora Ele é Filho do homem manifestando-Se. A Palavra está Se tornando carne entre nós.

270 Oh, meu amigo, abra os olhos, tribunal, antes que tome sua decisão. Tome sua decisão e creia de todo o coração. Ele está justificado em escrever isto na Escritura. Ele está justificado no que Ele diz. Eu posso provar isto. Eu sei que Ele está certo. Deus prova isto.

271 Ele não necessita que ninguém interprete, diga: “Isto é isso, e Isto é isso.” Ele diz que Ele fará isto, e Ele o faz, e isso encerra o assunto. Ele é Seu próprio intérprete.

272 Vocês crêem nisso? [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Quantos são crentes, então? Ergam as mãos, digam: “Eu sou crente.” Eu quero que cada crente aqui se ponha de pé. Incrédulos, permaneçam sentados. Crentes ponham-se de pé.

273 Neste tribunal, antes que ele entre em recesso, eu quero agradecer ao Senhor que este tribunal tenha tomado sua decisão. O júri chegou a este veredicto, que Jesus Cristo está justificado em colocar estas coisas em Sua Palavra. Quando isto é verdadeiramente interpretado à luz da Palavra, isto é a Verdade. Quantos de vocês, do tribunal, crêem nisso? Levantem a mão. digam: “Diante de Deus eu creio que isto é a Verdade. Creio que isto é a Verdade.” Agora, quantos, enquanto vocês abaixam a mão, digam: “Eu sou um crente no que o irmão disse. Eu creio que isto é a honesta Verdade. É a Palavra de Deus”? Ergam a mão. Muito bem.

274 Agora eu quero que vocês, estendam o braço para o outro lado da mesa, e imponham as mãos sobre outro crente. Estendam a mão até o outro lado da mesa, imponham-na sobre outro crente. Nós somos crentes? O que Ele disse? “Estes sinais seguirão aos que crerem.”

275 Tribunal, vocês tomaram sua decisão? Digam: “Amém.” [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] “Meu veredicto foi alcançado.” Está certo, “Amém”? [“Amém.”] De que a Palavra de Deus é verdadeira, “Amém”? [“Amém.”] Marcos 16 é verdadeiro. “Amém”? [“Amém.”] Então, “estes sinais seguirão aos que crerem.” Eles terão de ser curados. [“Amém.”] Ele disse assim, não disse? [“Amém.”]

276 Agora, a maneira como se ora na igreja, vocês orem pelas pessoas sobre as quais têm suas mãos. Elas estão orando por vocês. “E estes sinais seguirão aos que crerem.” O que acontecerá? Sua ação, desta hora em diante, provará qual é o seu verdadeiro veredicto.

277 Agora inclinem a cabeça, cada um de vocês. Agora orem pela pessoa sobre a qual têm suas mãos.

278 Jesus Cristo de Nazaré, eu chamo isto à Tua atenção novamente. Estes homens e mulheres afirmaram, por seu testemunho, que são crentes. Eles se levantaram, e estão impondo as mãos uns sobre os outros. Senhor, nós cremos em Tua Palavra, que neste grande dia de instrução, este grande dia de-de-de avanço, de éticas e-e todos os sistemas educacionais, ainda, em meio a tudo isto, Tua Palavra permanece verdadeira da mesma maneira.

279 E nós chamamos testemunhas neste tribunal esta tarde, Senhor, para dar-Te um julgamento justo; não um julgamento zombeteiro, não uma zombaria como Herodes Te deu, ou-ou-ou como um dos demais. Nós estamos Te dando um julgamento justo aqui, e provando. E o Teu povo tomou sua decisão, de que a Palavra de Deus em 1964, esta hora em que agora estamos vivendo, que Tu és simplesmente tanto Deus quanto sempre foste. E toda Palavra que Tu prometeste é a Verdade. E eles têm as mãos postas uns sobre os outros, como crentes. Eles estão orando uns pelos outros.

280 Tu disseste: “Estes sinais seguirão aos que crerem. Se impuserem as mãos sobre os enfermos, eles serão curados.” Tu nunca disseste quando. Tu disseste: “Ele serão curados.” Agora, eles sendo…

281 Como eu sendo o moderador, e estas pessoas sendo o júri, também o juiz, elas têm dado testemunho disto, Senhor, ao se moverem às mãos uns dos outros, e orarem uns pelos outros.

282 Agora, suas ações daqui em diante certamente provarão qual é seu veredicto. Que nunca haja nenhuma queixa entre eles, mais, de alguma vez estarem enfermos desta enfermidade, ou do que quer que os incomode agora. Que eles saibam que Deus prometeu que faria isso.

283 Algumas vezes Ele tarda, como Ele disse nos dias de Noé, Ele fez nos dias de Moisés, Ele fez em todos os dias. Porém Ele-Ele nunca disse ao povo pentecostal: “Subi à cidade de Jerusalém, em vinte e quatro horas Eu vos darei o Espírito Santo.” Ele disse: “Ficai ali até que do Alto sejais revestidos de poder.” Ele nunca disse: “Um dia, dois dias, dez dias.” Ele disse: “Ficai até que sejais revestidos de poder.” Senhor, eles ficaram até que a evidência falou através deles, que era o Espírito Santo de Deus.

284 Agora, que estas pessoas, que têm as mãos umas sobre as outras, que estão de pé, neste tribunal esta tarde, na Presença de Deus, na Presença da Sua Palavra como A li. E nós testificamos a isto, que cremos que Ele cumpre a Sua Palavra. E que cada uma delas seja curada, no Nome de Jesus Cristo. Amém.

285 Agora, todos vocês que crêem nisso, desde esta hora, que um crente se pôs de pé como crente, e você um crente, que você testificou e deu testemunho diante deste tribunal esta tarde que crê que Ele é justo e Ele cumpre a Sua Palavra. Não importa o quanto demore, tem de acontecer. Vocês crêem nisto? Ergam a mão. [A congregação diz: “Amém.”-Ed.] Vocês aceitam isto? [“Amém.”] Deus os abençoe. Eu creio nisto de todo o coração.
Agora inclinemos a cabeça só por um momento.

286 Há uma pessoa aqui que tenha sido incrédula, uma pessoa que não seja cristã? Eu quero lhe dar a oportunidade para caminhar até aqui a isto, diante deste tribunal, e fazer uma confissão, e dizer: “Eu tenho sido um duvidador, a vida toda. Porém, deste dia em diante, eu aceito a Jesus Cristo.”

287 Eu sei que a Bíblia diz, que: “Nos dias, como foi, nos dias de-de Jonas, esteve no ventre da baleia por três dias e noites.”
Eles Lhe disseram: “Dá-nos um sinal.”

288 Ele disse: “Uma má e adúltera, uma geração sodomita, pede um sinal, e eles o receberão. Eles receberão um sinal. Porque como Jonas esteve no ventre da baleia, três dias e noites, assim deve o Filho do homem estar no coração da terra.” Estes discípulos sobre os quais lemos, estavam entendendo mal, quando se recusaram a crer naqueles que O haviam visto depois que Ele havia ressuscitado dentre os mortos.

289 Nós O temos visto. Nós sabemos que é verdade. Ele ressuscitou dentre os mortos. Nós cremos nisto. E nós estamos vivendo nos dias como foi nos dias de-de Jonas, quando as cidades estavam pervertidas para o mal. E Jonas saiu, do ventre da baleia, como um dentre os mortos. E, hoje, nós cremos que Jesus Cristo ressuscitou dentre os mortos e está Se dando a conhecer no decorrer da era da igreja como Filho de Deus, e agora preenchendo isto, cumprindo Sua promessa nos últimos dias, para Se manifestar à Semente real de Abraão, como Filho do homem.

290 Deus os abençoe. Com a cabeça inclinada agora, quietamente e reverentemente, enquanto cantamos uma estrofe, Eu O Amo. “Eu O amo porque Ele primeiro me amou.” E se você não é cristão, e quer se tornar um, e tomar sua posição esta noite com os poucos desprezados do Senhor, neste dia maligno como foi nos dias de Noé, como foi nos dias de Sodoma, vir enquanto cantamos, com nossa cabeça inclinada e todos orando.
Eu O amo. Eu O amo
Porque Ele primeiro me amou
E comprou-me a salvação
No madeiro do Calvário.

291 Agora continuemos de cabeça baixa, agora, enquanto sussurramos. [O irmão Branham começa a sussurrar Eu O Amo-Ed.]

292 Pense nisto. Pense nisto. Você pode se sacudir só um pouquinho? O próprio Deus que fez a promessa, Ele está aqui, dando a conhecê-la, bem na terra hoje, provando-a. Aqui estão Suas Escrituras. Ninguém tem de interpretar isto. Já está interpretado. E Ele comprou minha salvação. Você não a aceitará?
[O irmão Branham continua a sussurrar Eu O Amo-Ed.]

293 Agora, se você já é cristão, e gostaria de viver mais perto de Deus, ergamos as mãos enquanto o cantamos novamente, de cabeça inclinada. Quer uma caminhada mais próxima de Deus; você crê que isto é a Verdade, que estamos vivendo nos últimos dias. “Eu…”
294 Deus seja com você, amigo. Não falhe. Não falhe. Creia Nele. Eu O amo. Queira dizer isto de todo o coração agora. Renda-se. Ele é a Palavra, a Palavra para este dia.
… primeiro me amou…?…

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...