Cartas de Detentos #12


O malote postal das prisões está cheio novamente! Na verdade, quase sempre está cheio. Milhares de detentos dos Estados Unidos escrevem rotineiramente para a Gravações “A Voz de Deus” pedindo material da Mensagem. Muitos escrevem com frequência, e alguns estão escrevendo pela primeira vez. Aqui estão alguns extratos das cartas de detentos.

Fui uma criança criada na Mensagem, fui criado ouvindo as fitas, fazendo oração a cada refeição. Bem, tenho certeza que não sou o primeiro a lhes contar esta história. Assim que pude deixar, deixei. Corri com os cães, por assim dizer, envolvi-me com tudo que pude, não havia limite. Mas, vocês sabem, tudo tem limites, tudo se esgota, só se pode correr tão longe e tão rápido até finalmente cair, e eu caí. Lembro-me de acordar em um beco, malcheiroso, com dor de cabeça e doente; olhando para cima, eu me perguntei como havia chegado ali. Lembrei-me da história do filho pródigo vivendo com os porcos, e lá estava eu. Tentei caminhar, mas continuava caindo, e então desmaiei. Acordei no hospital algemado à cama. Disseram-me que eu tinha tanto em mim que quase morri, e também que eu tinha tanto comigo que iria para a cadeia. Bem, peguei cinco anos de prisão. Eu sabia que queria me endireitar, e orei a Deus por ajuda. Na cela em que me colocaram, o outro detento estava para sair. Ele disse: “Tenho livros demais, vou lhe deixar este, parece que você precisa dele.” Olhei para o livro. Ele disse: “Você o reconhece porque ficou pálido.” Sentei na estante e chorei. Ali estava: “Um Testemunho no Mar.”

Geórgia

Eu estava morrendo de tédio, e realmente queria algo para ler. Outro detento me deu um livro que tinha acabado de ler, a respeito de uma luz vermelha intermitente. Bem, eu o li e reli vez após vez. Alguém me perguntou: “O que você está lendo?” Eu disse: “É sobre um homem à espera de um trem.” Percebi que independente de quantas vezes lia a mensagem, isso era tudo o que eu sabia sobre ela, então me sentei e comecei a estudar. Mais ou menos na metade, comecei a chorar porque este livro é sobre mim, esta é a minha vida. Pedi ao Senhor um saco de amendoim, qualquer coisa para jogar fora, de modo que simplesmente pudesse correr. Não tinha nada para jogar fora. Comecei a chorar mais, então pareceu-me ouvir, não posso dizer com certeza, mas na minha cabeça veio: “Jogue fora sua vida e corra para Mim, não pense.” A hora é agora. Foi realmente um choro trêmulo: “Senhor, aqui estou!” Não sei o que foi aquilo, rogo que tenha sido Ele. Por favor, lembrem-se de mim; e será que eu poderia receber mais material? Deus os abençoe.

Novo México

Sei que a Palavra de Deus é ungida, e ninguém pode me dizer que esses livros da Mensagem que vocês me enviam são qualquer coisa, exceto a Palavra de Deus. O irmão Branham tem uma verdadeira Palavra ungida de Deus. Li minha Bíblia por anos, mas quando o primeiro livro da Mensagem caiu em minhas mãos, eu simplesmente comecei a crescer espiritualmente em Jesus Cristo. Já faz mais de 20 anos, e cada palavra é mais doce do que foi ontem. É a Palavra pura vinda do trono. Sua irmã em Cristo.

Mississipi

Não consigo expressar a luz que esses livros me trouxeram no momento mais escuro da minha vida.

Ohio

Em 2004, comecei a ler um livro intitulado “Um Homem Enviado de Deus.” Não consegui terminar de lê-lo porque fui transferido. Ao longo dos anos pensei e perguntei a muitos sobre aquele livro, de nada adiantando. Bem, nestes últimos anos eu estava sentado no pátio quando um homem se aproximou de mim e disse: “Já ouviu falar de um homem enviado de Deus?” Bem, eu o assustei e aos guardas, simplesmente dei um grito, pulei e o abracei. Foi a coisa errada a fazer, mas tudo acabou bem. Ele me deu o endereço de vocês, e eu sem dúvida gostaria de terminar de ler aquele livro.

Nevada

Eu era um sujeito durão, de gangue de rua, armas e dinheiro. Ninguém me enfrentava, com exceção do juiz. Atualmente estou cumprindo o sexto ano de uma pena de quinze. Vi um livreto chamado Mistério, e o li. Achei um sobre um Varão Perfeito. Bom conteúdo, o irmão Branham é um bom homem. Tenho lido cada vez mais, e estou gostando muito. Recebi uma de suas Bíblias. Deixou-me nervoso, nunca tive uma, sempre a chamavam de Livro de Deus, e isso me assustava. Agora eu a amo, fala direto comigo, e comecei a falar direto com Ele, graças ao irmão Branham. Aprendi a amar esse homem. Por favor, enviem-me mais; eu quero o Espírito Santo. Oh, ainda sou um sujeito durão, aprendi quem são os durões de verdade. Se o veem carregando uma Bíblia por aqui, você é um sujeito durão. Vejam, Deus está comigo agora, Maior é ELE!

Nova Iorque

Ao longo da minha vida, senti que Ele sempre esteve lá. Através dos ensinamentos do irmão Branham, finalmente cheguei a vê-Lo. Senti-me como o eunuco, como poderei entender, a menos que alguém me ensine? E Deus me enviou um professor.

Wisconsin

Que Mensagem maravilhosa, eu realmente tenho que ler devagar para entender tudo, então a lâmpada se acende. Muito obrigado por enviá-los a mim.

Nova Jersey

Um “obrigado” especial, e oração por vocês, visto que nos ajudam a aprender acerca de Jesus Cristo.

Nova Iorque

Minha vida virou de cabeça para baixo com tudo isto, pois eu nunca teria crido que tudo isso fosse possível. Nunca conheci cristãos “de verdade.” Fiquei triste por ter que deixar a maioria dos livros para trás, então uma irmã e seu marido pararam para me visitar e me deram um tablet com todos os livros, vídeos, Bíblia e a voz. Leio e ouço todos os dias. Que benção ter um profeta em nossa terra. Agradeço a vocês um milhão de vezes por dia por enviarem aquele primeiro livro, e farei tudo o que puder para ajudar o ministério.

Washington

Sou professor de religião do sistema prisional do Texas, e só queria lhes enviar um pequeno agradecimento. É muito difícil em qualquer sistema prisional, pois não há materiais disponíveis. Assim, imaginem a minha surpresa quando os detentos começaram a fazer o que eu chamaria de “perguntas de alto nível” sobre a Bíblia. Comecei a notar pequenas Bíblias aqui e ali, maravilhoso. Não temos Bíblias para usar. Alguém perguntou se eu pensava que foi realmente uma maçã. Agora, essa não é uma pergunta normal em qualquer ensino. Então perguntei: “De onde veio isso?” Muitos dos detentos portavam os livros de vocês. Perguntei: “De onde são eles?” Disseram: “Do mesmo lugar das Bíblias.” Só queria lhes agradecer de coração pelo amor cristão e atenção que demonstram por esses detentos, isso é simplesmente maravilhoso. Tento ensinar alguns dos pontos em que o reverendo Branham toca. O ministério de vocês está tocando vidas.

Texas

Todas nós, nesta prisão feminina, lhes agradecemos com tudo o que há em nós; não temos palavras para expressar nosso amor. Veio a nós quando uma nova detenta chegou. Ela estava se instalando e, bem, imaginem um novo lugar, tanta gente desconhecida. Ela estava um pouco assustada. Alguém lhe deu uma das Bíblias de vocês e o livro das Eras da Igreja. Ela simplesmente começou a chorar, disse que nunca teve nada tão precioso, que parecia um regresso ao lar. Demos uma volta por lá, e ela perguntou se éramos freiras, ou algo assim. Não, éramos todas ex-drogadas em recuperação e gente de rua, como ela. Ela disse: “Estão vendo o que vocês têm aqui?” Sim, todas queremos nossa mudança de vida, e só há uma maneira, através de Jesus Cristo. Então olhamos em volta e vimos os livros da Mensagem e as Bíblias. Envergonhadas, demos as mãos, nos ajoelhamos e agradecemos a Jesus Cristo por Sua misericórdia e amor por nós, almas perdidas. Agradecemos a Ele pelo irmão Branham, a Mensagem, pelas Bíblias e pela Gravações “A Voz de Deus.” Somos um setor classificado como crença religiosa, e recebemos privilégios especiais para a Hora de Meditação, e sentimos que nunca agradecemos realmente por esse privilégio, somos abençoadas. Agora, todas as manhãs em nossas devoções, fazemos um agradecimento especial por aqueles que tornam isso possível. Deus abençoe o Ministério Dele.

Oklahoma

Sempre estive em apuros. Fui da escola direito para a cadeia. Pensava que tentava, e prometia a Deus muitas vezes, e depois voltava para a cadeia. Eu disse a outro detento que se Deus me deixasse sair desta vez, eu faria dar certo. Ele riu de mim e disse: “Você nunca vai ficar fora daqui.” “Por quê?”, perguntei. Ele disse: “Você não tem como fazer com que dê certo, você não tem como se limpar, requer-se fé no Senhor Jesus Cristo. Torne-O o centro da sua vida, e então peça o que quiser.” Eu disse: “Como sabe tanto?” Ele me deu um livro sobre “Sua Vida É Digna?” e disse: “Pergunte por aí”. Tenho um longo caminho a percorrer, meus amigos, e vou lhes dizer francamente que minha vida não é digna. Sento-me com outro detento de tempos em tempos, ele cumpre prisão perpétua, e tem a melhor atitude que já vi e o maior amor pelo irmão Branham e por Jesus Cristo. Sim, eu perguntei por lá, e pelo que me disseram, ele não era a pessoa que é agora.

Califórnia

Apenas uma palavra de agradecimento de um antigo detento. Li a Bíblia a vida toda, conheço cada capítulo e versículo. Poderia fazer frente ao ataque de qualquer um. Então um detento, eu o chamava de Bola de Fogo, disse: “Você não conhece a Palavra.” Eu poderia ter malhado o sujeitinho. Ele me deu um livreto sobre as 70 Semanas e foi embora. Quase que não o li, mas li, então: “A Grande Luz Resplandecente.” Irmãos, eu abaixo a cabeça de vergonha. As palavras não são nada sem o Espírito para lhes dar vida, e só o profeta de Deus tem esse Espírito, sei disso agora. Pedi desculpa ao Bola de Fogo e pedi perdão, porque a Bíblia não é um livro, é uma Palavra Viva. Por favor, enviem-me as Eras da Igreja.

Arizona

Um dos detentos estava compartilhando uma história comigo sobre um Sinal, e que se pode aplicá-lo à família. Nunca ouvi nada assim, ele parecia saber do que estava falando. Ele me deu o endereço de vocês e disse: “Leia você mesmo.”

Alasca

Fonte: Voice of God Recordings

gravações a voz de Deus

Posted in Cartas de Detentos.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...