Seria eu, obstinado e orgulhoso sendo um amante de televisão?


Um homem veio aqui há não muito tempo atrás e disse, “Irmão Branham, posso encher a sua parede de diplomas”. E disse, “Todas as vezes, quando eu apanhava o meu título de doutorado, pensava encontrar a Cristo. Quando peguei o meu diploma de literatura, quando apanhei o bacharelato, procurei por Cristo em tudo isto, e ainda não O encontrei”. Ele disse, “Foram os mestres errados? “Eu disse, “Cristo não é conhecido através destes títulos teológicos, mas Ele é conhecido na pessoa do Espírito Santo a qual desceu no dia de Pentecostes”. E o homem caiu em cima de minha mesa de café lá em minha sala de jantar e ali, recebeu o Espírito Santo. Amém! Está no campo nesta noite pregando a cura divina, é um dos homens de mais destaques hoje.
O que a igreja fez? O excomungou imediatamente. “Benditos são dos que forem expulsos das sinagogas e coisas por amor de Meu Nome”. Pois a Bíblia diz, “Eles seriam obstinados e orgulhosos”. Quando? Nos últimos dias. Amantes de televisão, prazeres, mais do que amantes de Deus…pertubadores da paz, falsos acusadores. “Agora eu te digo, não vá você àquela reunião porque não há nada naquilo”. Falsos acusadores….assim diz a Bíblia. “Tendo forma de piedade, mas negando o poder de sua eficácia”. Que poder é este?

Mensagem pregada pelo profeta William Branham: Torre de Babel – Parágrafos: 88 e 89.

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Perguntas e Respostas.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...