A Restauração da Árvore Noiva


Texto extraído da Mensagem “Restauração da Árvore Noiva”:

161 Você sabe, você toma uma árvore, uma grande árvore velha. Eu… Quando eu era garoto, eu costumava sair, e nós, nós os garotos saíamos, e havia uma grande árvore velha que assentávamos debaixo dela, uma grande árvore, uma velha faia. E os ventos sopravam; e eu queria saber, parecia que aquela coisa, era enorme no topo que parecia que tudo – a coisa toda cairia. Mas vocês sabem, cada vez que o vento sopra em uma árvore, ela apóia a árvore, e ele desata as raízes, para que então elas possam simplesmente ir mais para o fundo e obter uma firmeza melhor.

162 E esta é a maneira que o escárnio, os risos, as críticas de um Cristão, o que isto faz, a perseguição sacode um Cristão para faze-lo orar mais, se aprofundar, obter uma firmeza melhor, para que então ele possa suportar as tempestades.

163 Agora, e se um homem é plantado em tal coisa como”… junto ao ribeiro, “onde as correntes, nove correntes diferentes o alimentando. Oh, que coisa! Que – que fundação ele tem. E o homem que é plantado junto ao ribeiro, os ribeiros de água (uma água, um Espírito), há dons de cura (o mesmo Espírito), dons de profecia (o mesmo Espírito), tudo o mesmo Espírito mas muitos dons, um Doador.

164 Agora, Davi o viu, e ele foi plantado junto a esta Árvore. Agora, ele não podia morrer. Agora observem! Por que? Ele tinha Vida nas raízes. Onde estão as raízes – ou a vida da árvore? Está nas raízes. Certamente! Sobe e dá seus frutos. Está bem, observe! Havia Vida em Suas raízes para trazer Seus frutos na estação própria.

165 Agora recordem, esta Árvore não perderá Seus frutos. Agora, apanhe uma árvore e a coloque longe da água; a primeira coisa que você sabe é que você colherá pequenas velhas maçãs; elas estarão todas nudosas e comidas por vermes. Mas isto perderá a – sua plantação.

166 E este que é o problema com as igrejas hoje. vocês realmente tem se afastado daquele Rio, se afastou daqueles dons do Espírito; tem simplesmente uma igreja natural. E se afastam dos espirituais e das coisas espirituais, e perdem seus frutos. O que fazem? Eles – eles são crentes, vivem com o mundo, agem como o mundo, roubam, fazem trapaças, mentem, fumam, bebem, jogam, fazem festas de jogos de dados na igreja para pagar o pregador, e tudo mais, jantar de sopa, danças. Vêem? Eles perdem seus frutos. Exatamente como o mundo, e o incrédulo olha e diz, “Não há nenhuma diferença naquela pessoa e eu”.

Por: Eliana Cipriano – São Pedro-SP

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...