Durante O Tempo Da Crise Econômica


PONDO-NOS AO LADO DE JESUS
01 de junho de 1962
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.
Tradução – GO

08 – Agora, quando coloquei aquela pedra fundamental ali naquela manhã, eu nunca pensei em alguma vez ser pastor. Isto não estava na minha chamada no princípio, e minha primeira chamada foi no campo de evangelismo. Isto foi há muitos anos atrás, e começou aqui numa tenda, bem do outro lado da rua. E eu recordo quando o irmão Roy Davis, ali embaixo, sua igreja queimou. Aquele grupo de pessoas estavam exatamente como ovelhas dispersas sem um pastor; não tinham lugar para ir. E eu… O Sr. Hibstenberg era o chefe da polícia então, e ele me chamou lá embaixo e me disse, “Estamos aqui para te ajudar.” Disse, “Eu mesmo sou católico, mas” disse, “estas pessoas,” disse, “Elas não… provavelmente têm suas roupas.” (Isto foi durante o tempo da crise econômica.) Disse, “Eles vão à outras igrejas e se sentem fora de lugar; são boas pessoas. E eu conheço muitas delas.” Ele disse, “Billy, se você deseja começar uma igreja,” ele disse, “Eu quero que você saiba que estaremos ao seu lado em tudo que pudermos fazer para te ajudar.” E eu o agradeci por isto.

09 – Tivemos um dia de conclusão. Primeiro oramos e pedimos ao Senhor e as pessoas chegaram para mim e queriam construir uma igreja para que então eles tivessem um lugar para ir. E nós designamos este lugar, e certa noite por aquele tempo (ou um pouquinho mais distante daqui) em um pequeno pasto bem aqui e com água naquela vala, e era como um monte de entulho, bem, o Senhor falou definitivamente comigo e disse, “Construa-o bem aqui”. Nenhum centavo de dinheiro – e no nosso meio nós tínhamos cerca de oitenta centavos ou um dólar. E aquilo é… Naturalmente vocês ririam daquilo agora, mas irmão, aquilo então era muito dinheiro!

10 – Quando algum vizinho cozinhava uma panela de feijão e chamava o vizinho que não comia nada por três ou quatro dias para vir e comer um pouquinho, aqueles eram tempos difíceis. Muitos jovens nunca viram aquilo, porém aquilo era difícil. Eu vi época que você podia passar através desta igreja o prato de coleta, duas vezes ou três, e obter trinta centavos de um lugar totalmente lotado, e implorar por aquilo. Isto… Provavelmente se obteria trinta centavos e era uma boa oferta. Vêem?  Era realmente difícil. 

11 – E não tínhamos nada com que construir, embora o – o desejo do povo fosse construir uma igreja para que então pudéssemos ter um lugar para irmos, porque nestes dias a Mensagem… Bem, você acha que Ela é mal ensinada agora, você devia tê-la conhecido então, quando não havia ninguém. E então – este batismo nas águas no Nome de Jesus Cristo e as bênçãos e coisas nas quais cremos e nos firmamos.

12 – Então em meu coração eu fiz uma promessa para Deus que ficaríamos aqui e construiríamos o Tabernáculo. Na manhã que colocamos a pedra fundamental, Ele me encontrou numa visão por volta das 8:00 horas daquela manhã, quando eu estava assentado ali observando o sol subir, por volta desta época do ano. E Ele me havia dito, depois Dele ter encontrado comigo lá embaixo no rio, mas aquilo… Quando o Anjo do Senhor apareceu naquela Luz, e eu vi isto em certa distância, Isto parecia como uma estrela, Aquilo veio diretamente sobre onde eu estava, e aquelas palavras notáveis foram faladas. E então, eu propus então obter um lugar para as pessoas adorarem.

13 – Agora, eu mesmo pensei, “Isto não é para mim. Não é nada para mim, mas mesmo assim qualquer coisa que pertença a Deus é parte de mim, não importa se é… Qualquer coisa que – isto é para os filhos de Deus, é para mim, se é meu dever fazer isto ou fazer aquilo. É meu dever ver a herança de Deus não importando onde ela esteja.” Vêem? 

14 – Exatamente como você diria: “Bem, meu…” Como você foi um garotinho, digamos, “Meu – meu negócio é cortar lenha, não carregá-la. Deixe John carregá-la. Não me importa que caia neve sobre ela, chuva; deixe-o sair para obter aquilo.” Não, é nosso dever como – como um filho daquele lar cuidar para que aquela lenha não se molhe, para sua mãe. Vêem? Carregue-a para dentro.

15 – Se eles dizem: “Bem, Frank deveria ir buscar a água; isto não é meu dever.” Porém se Frank não apanhou a água, é seu dever tomar conta da água. Isto é tudo. Agora, isto é apenas da forma que acontece, e esta é a maneira que isto acontece na família de Deus também.

16 – Se alguns deles… Alguém deles disse ao outro – há não muito tempo atrás, disse: “Pare de pregar da maneira que você prega. Oh, você vai arruinar cada amigo que você tem e tudo mais.” Disse: “Deixe aquilo de um lado; eu sei que está errado, mas, isto não é da nossa conta.” Bem, da conta de quem é isto então? Se está errado, alguém tem que fazer isto. Então façamos isto. E esta é a maneira que sinto sobre a igreja.

Leia mais: Descobriram, na crise, que Ele não estava entre eles…

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...