Dos Quais o Mundo Não É Digno


32E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,

33Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,

34Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.

35As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;

36E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões.

37Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados

38(Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.

Hebreus 11:32-38

93e5b78f-c86f-4e5a-ab05-a8cc0aa0fb0bCada Ano Novo, enquanto o mundo está farreando em festas e promessas vazias de um melhor ano por vir, muitos dos filhos de Deus em todo o mundo aproveitam este momento para rededicação e se reunirem em torno de Sua Palavra. Recebemos este relatório de nossos irmãos e irmãs no oeste de Moçambique fazendo exatamente isso. Os perigos de atravessar milhas de selva e subir a pé as montanhas para se reunirem, nem mesmo foram levados em conta, visto que alguns caminharam por 19 horas para ter certeza de se reunirem com os da mesma Fé para começar 2016.

No dia 31 de dezembro eu fui convidado pelo irmão Woodton para acompanhá-lo a Mavonde (a reunião do irmão Joseph Moyoweshumba para a véspera de Ano Novo)

Desfrutamos de um tempo maravilhoso na selva da montanha do babuíno. A região de Mavonde é uma região montanhosa cercada por um dos locais mais ricos em biodiversidade de Moçambique. Foi usado como posto militar durante a guerra dos rebeldes de Moçambique, e foi a última região a ser libertada dos rebeldes da Renamo; até o dia de hoje, minas que foram deixadas lá explodem quando perturbadas. A estrada que liga Mavonde a Manica é uma estrada poeirenta apropriada apenas para veículos 4×4, e ao longo do seu curso é um cemitério de veículos militares. No meio de tudo isso está a Noiva de Cristo.

A igreja da Mensagem está localizada na aldeia de Chimsomba, (a 48 km da cidade de Manica, e 35 km da ponte Pungue). O irmão Moyoweshumba está pregando a uma assembleia de 17 famílias, (a maioria delas sendo do mesmo clã Moyoweshumba). Esta assembleia tem quatro obras evangelísticas em suas regiões vizinhas, em que mais da metade da congregação se reuniu para a véspera do Ano Novo. Alguns haviam caminhado desde as 7 da manhã, e por até 19 horas para chegar ao ponto de encontro (composta de homens, mulheres e crianças).

Eles cruzaram perigosos rios inundados, aventuraram-se por terrenos escorregadios, sob chuvisco intermitente, e além disso, a escuridão rapidamente cobriu o céu, enquanto ainda estavam a milhas de distância do ponto de encontro. Os últimos membros chegaram às 2 da manhã.

Os cultos começaram às 10 da noite, após o jantar (composto de mingau de fubá, pássaro, vegetais e a bebida fermentada de milho favorita feita em casa – o Maheu). É difícil de acreditar, e é verdade que passamos a noite inteira com uma clara lanterna de celular alimentada por uma pequena bateria de íons de lítio de 5,2 volts de celular Nokia, a qual eles carregam usando um painel solar distribuído pela Gravações “A Voz de Deus” (doado com o projeto Farol).

Passamos a noite inteira pregando, cantando e ouvindo testemunhos comoventes. De fato, tudo que pude ver é que eles realmente amam o profeta, e se há um grupo que está orando pelas atividades da Voz de Deus, é este. Eles são muito gratos por tudo que recebem da Voz de Deus.

Deus os abençoe.

Irmão John

Apresentação de Slides

Fonte: Voice of God Recordings
tabernaculo-4 - Copia
Posted in Notícias.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...