O Momento Perfeito


ConecticuteAlguns dos nossos amigos em Connecticut sentiram um chamado na vida para o trabalho nas prisões. Faz alguns anos que eles divulgam a Mensagem regularmente no nordeste, procurando mostrar que há liberdade, mesmo nos limites de uma cela de prisão.

Durante a visita deste mês os irmãos reproduziram o testemunho em vídeo de uma cura ocorrida recentemente, postado no branham.org. Foi o momento certo para este detento, e ele encontrou a fé para sua própria cura.

Este é o meu testemunho de 7 de setembro de 2016.

Eu estava jogando bola com alguns outros detentos no pátio da prisão logo após o almoço. Quando fecharam o pátio eu tomei banho e me deitei para descansar por volta das 2:45, e tudo estava bem comigo. Então me levantei para ir ao banheiro, e não conseguia andar com o pé direito porque estava inchado e dolorido. Tive de me apoiar na mesa e mal pude alcançar o lavatório para usá-lo.

Meu colega de quarto me perguntou o que estava errado com meu pé e respondi: “Não faço ideia.” Tudo está bem, mas o diabo é um mentiroso, e não vai me impedir de ir à igreja”. Meu colega de quarto estava rindo e dizendo que ia pegar uma cadeira de rodas para mim, ou que eu podia montar nas costas dele, mas continuei dizendo que o diabo é mentiroso.

Vejam, o culto era na mesma noite em que isso aconteceu, e também dois de nossos irmãos de fora estavam vindo de Connecticut para que pudéssemos ouvir a Mensagem de William Branham e também nos mostrar um testemunho de cura em vídeo. Estes irmãos têm vindo aqui nos últimos dois anos, e nunca trouxeram um testemunho de cura em vídeo antes, mas havia necessidade disso essa noite.

O testemunho era sobre o menino que caiu do colo do pai num trator e a roda passou por cima da sua cabeça, mas Deus o curou. Fechei os olhos e disse: “Deus, Tu és o mesmo ontem, hoje, e eternamente. Tu curaste então, e podes curar agora mesmo. Tua Palavra vem através de Teus profetas, e estou ouvindo a um agora mesmo, então, em Nome de Jesus Cristo, cura meu pé. Creio que estou curado, porque há PODER em Teu Nome, amém.”

Quando estava saindo do culto, meu irmão Alex foi o primeiro a ver que algo estava diferente com meu andar. Ele disse: “Você não está mais mancando, e há pouco você foi o último a chegar ao culto, o que aconteceu?” Eu lhe contei sobre o que estava orando para esta noite enquanto ouvia e assistia o testemunho.

Agora sei o que pode acontecer quando se crê, e ninguém pode me dizer nada em contrário.

A Deus seja a glória!

M. Lewis

R. I. Sistema Prisional

Fonte: Voice of God Recordings

gravações a voz de Deus

Posted in Cartas de Detentos.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...