Controle de Natalidade


 

Er, porém, o primogênito de Judá, era mau aos olhos do SENHOR, por isso o SENHOR o matou.

Então disse Judá a Onã: Toma a mulher do teu irmão, e casa-te com ela, e suscita descendência a teu irmão.

Onã, porém, soube que esta descendência não havia de ser para ele; e aconteceu que, quando possuía a mulher de seu irmão, derramava o sêmen na terra, para não dar descendência a seu irmão.

E o que fazia era mau aos olhos do SENHOR, pelo que também o matou.

Gênesis 38 : 7 ao 10

 

Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão.

Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.

Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta.

Salmos 127 : 3 ao 5


PERGUNTAS E RESPOSTAS – NÚMERO 4
William M. Branham
30 de Agosto de 1964
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

 123 – Isso é controle de natalidade. Eu – eu….Permitam-me falar-lhes em – em particular sobre isso, ( vêem? ) tal como disse nesta manhã.

43 – Irmão Branham, está errado para uma mulher depilar as pernas?

135 – Estou vendo coisas? Isso diz isso? Não posso…Não sei. Tenho de deixar isso contigo.

É – é este dia mal para limitar sua família? Significa praticar completamente o controle de natalidade?

136 – Respondi isso, naturalmente aos – a cada indivíduo.

47 – Conforme a Palavra, está correto praticar o controle da natalidade?

152 – Eu lhes disse que responderia isso em particular. Vocês que têm estas perguntas, venham a mim em particular.

48 – Que…Aprovaria você o controle de natalidade?

Não, não o posso aprovar. Não, senhor! Vêem?

É o controle de natalidade…

Tenho muitas sobre isso. Simplesmente passei estas para trás e eu – não queria responder, preferiria verte em privado.


RELIGIÃO DE JEZABEL
William M. Branham
19 de Março de 1961
Middletown – Ohio – U.S.A.

56 – Se houver qualquer coisa que te faz doente, é ver um grupo de assim chamados Americanos entrarem. Eu estava assentado, em Luzern, nós estávamos apreciando alguma fatia de carne, um dia, o irmão Arganbright e seu. No dia seguinte, nós voltamos pois foi uma boa comida. Eu pude ter um pouco de água lá, eles não servem nada exceto vinho. E eu tive que pegar água, eu tive que carregar um jarro de água sob meu próprio braço, o tempo todo, pois eles não te serviriam água na mesa. Então eu entrei lá e tudo estava bom até que “Miss América” entrou com um pequeno, sujo, cachorro “poodle” ordinário; usando suficiente bijuterias de camelô assim, e um cigarro ao final assim, assentou-se, assentou-se lá assumindo uma coisa que ela não era; e colocou aquele “poodle” sobre a mesa, coisa baixa e suja.

57 – Isto é… um cão é a coisa pior de que Deus fala. Mesmo o dízimo deles não pode nem mesmo ser pago na casa de Deus. “É como a prostituta, um dízimo de prostituta,” a Bíblia disse. E, ainda, ai está. Elas praticarão controle de natalidade e pagarão hum mil dólares, aproximadamente, por um velho cãozinho; e o conduzirão por ai e lhe darão um amor de filho, assim ela pode correr fora à noite toda, e praticará controle de natalidade.


PERSEVERANTE
19 de junho de 1964
Topeka – Kansas – E.U.A.
Tradução – EUA

104 – Mas ela foi chamada de cachorrinho. Esse é o ponto mais vil a que se pode chegar, ou era para eles naquele dia, um animal imundo. Naturalmente, hoje é um ídolo; mas há mulher que apanha um cachorrinho e dá a ele o cuidado de uma mãe, e pratica controle de natalidade, porque quer ir a bailes e festas, e se comportar assim, e não tem tempo para o filho. Ela sabe que pode engaiolar o cão em algum lugar, levá-lo consigo. É exatamente isso, veja. Pratica controle de natalidade, e então vai à igreja e canta no coro; usa shorts, calças compridas, tudo mais, e se chama de cristã; corta bem curto o cabelo e ainda assim diz que está em companheirismo com Deus, quando a Bíblia disse que ela não está. É exatamente isso. Não me importa… Escute.


O BRILHO DO SINAL DA LUZ VERMELHA DE SUA VINDA
William M. Branham
23 de Junho de 1963
Tabernáculo Branham
Jerffersonville – Indiana – U.S.A.

41 – Nós olhamos ao redor e vemos que os lugares que eram desertos tem se transformado em cidades, e mesmo assim o controle da natalidade está em um dos seus maiores alvoroços como nunca esteve. Eu creio que foi fito em Chicago… Eu espero não estar citando errado esses dados. Mas são realmente dados registrados, trinta mil casos de aborto em cada sessenta dias em Chicago. Casos de aborto em cada sessenta dias, registrados, e aqueles que nunca foram registrados? Vêem? Somente em uma grande cidade com uma população de quatro milhões de pessoas, e como será no mundo? E ainda a população está tão aglomerada até que eles – isto – eles não podem nem mesmo cuidar disto.

42 – Na Índia eles estão tentando se tornar… fazer… interromper a parte humana do homem e fazer com que eles se tornem estéreis, aquele filho não pode nascer, porque eles estão… eles estão  em… em desenvolvimento então. Quatrocentos e setenta milhões desta vez na Índia.


PERGUNTAS E RESPOSTAS Nº. 3
William M. Branham
30 de Agosto de 1964
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

35 – Qual é o seu parecer sobre o controle de natalidade?

231 – Eu tive algumas destas durante as entrevistas nesta manhã. Eu preferiria falar pessoalmente com – com você sobre estas coisas (Vêem?) – sobre estas coisas lá, porque há palavras e coisas que eu tenho que dizer que eu – eu preferiria dizê-lo se o esposo e a esposa…

232 – E há uma possibilidade disto ser feito de uma maneira correta. Eu diria isto para – para todos. Há certos dias na vida da mulher que ela não é fértil. Vocês compreendem? Correto. Porque…

233 – Agora, há, às vezes, um – uma criança que mataria uma mulher; se ela der à luz o bebê a mataria. Você precisa observar isto também. Vêem? Então seja realmente cuidadoso sobre isto. Vêem? Vêem, isto é trazendo vida, então aquilo que você está posto aqui na terra para fazer.

234 – Se a sua esposa está enferma, e outro – e um filho a mataria, eu – eu – eu não faria isto. Eu não creio que o Senhor deseja que você o faça. E você – você chega para mim pessoalmente para falar sobre estas coisas; faça-o em entrevistas particulares. Deixa-me falar contigo pessoalmente (Vê você?) e eu posso sentir…

235 – Vêem, cada um em particular, eu posso dizer se estão mentindo para mim ou não. Vêem? Eles me dizem coisas diferentes. Eu preferiria ver você simplesmente… Vê? Porque você expondo assim, você não sabe. É por isto que tem que ser particular e coisas assim; eu posso dizê-lo, se eles estão dizendo a verdade ou não. Vêem?


A UNIÃO INVISÍVEL DA NOIVA DE CRISTO
William Marrion Branham
25 de Novembro de 1965
Shreveport, Louisiana – U.S.A.

94 – Falando do dia quando as mulheres não desejariam mais filhos. Elas desejam um cão ou um gato ou algo como isto; porém elas não desejam mais filhos. Por que? Ela é uma velha “Mãe Hubbard” se ela tem um filho. Vêem? Ela não deseja… esse é o comentário de Hollywood. Não deseja uma mulher que seja uma velha “Mãe Hubbard”. Assim sendo ela será… ele fará alguma operação em si mesmo, ou ela; uma que lhes evitará ter filhos. Eles não desejam filho algum!

95 – Jesus fala disto, e que diz Ele? “Naquela hora clamarão novamente para que as rochas e os montes caiam em cima deles”.

96 – Ela praticará o controle da natalidade para assim poder ir a festas. Não pode ser molestada amamentando a um menino. Isto a deformaria. A deformará quando estiver grávida. Não se verá como costumava ver-se. E seu esposo é bastante ignorante para deixá-la ir desse modo. Ela não lhe dará um filho.

97 – Jesus falou disso e disse que quando elas estivessem fazendo isto neste tempo, “Eles vão clamar novamente para que as rochas caiam sobre elas”. É a Vinda do Senhor. Elas pagam grandes somas de dinheiro por gatos, cachorros para servirem de mães para eles. Isso é certo. ela deve servir de mãe para algo, porque é uma natureza dada a ela por Deus.

98 – Eu notei, eu caço. E um velho urso no outono do ano, quando ela tem sido fecundada com o urso macho. Ela teve filhotes que nasceram, eles são filhotes de muito bom tamanho, talvez pesem cem libras ou mais. Ela fará com que se dispersem e por si mesmos hibernem, porque ela vai dar à luz a mais alguns filhotes. Eles nascem em fevereiro. A ursa não sabe nada disso. Eles nascem em um pequeno saco. Como faz Deus com que eles mesmos abram estes pequenos sacos, parecem sacos de celofane. Eles encontram seu caminho; sua mãe está bem adormecida. Ela não tem comido nada desde outubro e este é fevereiro. Eles vem e se nutrem dela até a metade de maio. Então quando ela vê a seus filhotes, eles já tem um bom tamanho. Talvez pesem 10 ou 15 libras cada um. Eles se amamentam dela. Como ela consegue o leite – essa é ideia de Deus. Ela vive e produz leite para seus filhotes. E então se suas crias não tomam, e ela não tem nenhum filhote, ela caçará nesses anos… os filhos do ano anterior e ela lhes servirá de mãe por todo o verão, porque é um instinto dado por Deus. Ela tem que servir de mãe a algo.

99 – E se uma mulher não dá um filho a seu esposo, ela obterá um cão ou um gato ou algo! Ela tem que servir de mãe a algo. É sua natureza. Porém dar à luz a filho a seu esposo e levantá-lo para o serviço de Deus, isto é inteiramente fora de linha ela. Ela estará tão desgraçada, se tiver um, por sua sociedade amadora de pecado deste tipo de mulher de 1965.

100 – Um quadro genuíno de uma igreja moderna hoje em dia. Nem deseja a igreja moderna nenhum destes aqui, clamando e gritando, línguas – falando, Atos 2:38; garotos ao redor dela. Ela não deseja nenhum deles. Com alarde chorando e gritando “Amém! Aleluia!” Claro, tal gênero de filho de imediato a poria fora de sua denominação! Se tivessem um assim numa das igrejas, bom, eles o lançariam fora bem rápido, “Por que permitem vocês que continue tal coisa como essa?”

101 – Assim sendo, vocês vêem ela está grávida com algo, porquanto está dando à luz a membros todo o tempo. Porem ela não deseja nenhum desses clamadores, gritando, tagarelando (Atos 2:38) ela crê que são criaturas miseráveis. Isto por cento estorvaria a ela. Isto a arruinaria e seus educados, éticos, científicos, e a sociedade da igreja a quem ela pertence. Eles a lançariam fora no próximo concílio. Ela não o pode ter. ela já não deseja estar grávida com a palavra, porque esse é o único gênero que a palavra pode trazer.

102 – Nascidos do espírito de Deus, tem o espírito de Deus em si. Não uma união intelectual de igrejas seguidora do credo, cabelo cortado, cara pintada – não há tal coisa como essa em nossa palavra. Vocês não conseguem isso na palavra de Deus. Vocês encontram um filho à antiga sacrificado, cheio do espírito santo; nascido do espírito de Deus, clamando, gritando, gritando e louvando a Deus. Tudo isto, junto está fora do alcance para ela. Ela não deseja isso. Oh, não senhor. Não, claro está.


OUVINDO, RECONHECENDO E AGINDO SOBRE A PALAVRA DE DEUS
William M. Branham
21 de Fevereiro de 1960
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

212 – Dar a luz filhos está no fim, feminilidade, maternidade. Ora, o controle de natalidade é praticado em todo lugar, e os cãezinhos tem tomado o lugar.


DEUS APERFEIÇOANDO A SUA IGREJA
04 de dezembro 1954
Binghanton – New York – E.U.A.
Tradução – GO

26 – Aqui, não faz muito tempo, eu me encontrei com uma mulher que havia cometido alguns destes casos, praticando o controle de natalidade. Esta é a desgraça na América. Talvez isto possa te chamuscar um pouquinho, mas observe isto. O que eles farão hoje, eles costumavam… Eles criticam um homem que possui quatro ou cinco, seis sete filhos; dizem: “É uma desgraça.” No passado não era desgraça. Não. Hoje pensamos que se uma mulher – algumas mulheres olham para a outra que não pode sair para as festas de baralho e coisas porque ela tem que ficar em casa e cuidar de seu bebê, ora, elas pensam que ela está privada de algo. Irmão, ela cumpre com o dever que Deus lhe disse para fazer. Oh, elas… Este povo americano pratica o controle de natalidade e dão centenas de dólares por um velho pequeno cão de nariz sujo, e o carregam por aí, e dão a ele o amor de um bebê. É uma desgraça. Desculpem-me esta expressão. Mas isto é correto. Sim, é. Você sabe que isto é verdade. Vestem uma jaquetinha nele e passeiam com ele pela rua, quando ele não passa de um cão. É isto mesmo. Isto é correto. Mas você não teria um bebê. Porque você teria medo de se privar de algo. Deus comissionou as mulheres para gerar filhos. Isto é exatamente correto. Isto costumava ser uma coisa maravilhosa. Hoje em dia, é uma desgraça. Toma muito tempo. É isto mesmo. Você tem que ter tempo para a sua vida social, você tem que sair para as reuniões. Você tem que fazer isto, indo para uma festa de baralho.

27 – Qual é o problema disto hoje, nós precisamos de algumas mães antiquadas como costumávamos ter. Talvez isto soe um tanto chato. Acima de Kentucky, eles me disseram uma vez, disseram: “Irmão Billy, você não é lá de cima de Kentucky?”

Disse: “Sim.”

“É ali onde mora o povo iletrado.”

E eu disse: “É isto mesmo. Eu sou um deles.”

Mas eu quero lhe dizer uma coisa. Você toma uma daquelas mães idosas ali em cima, talvez não saibam como… Todas as matemáticas e assim por diante, pode – talvez ela não tenha o seu nome no ‘Quem é Quem’ aqui na terra. Mas eu apenas imagino que ela o tenha no ‘Quem é Quem’ ali em cima. Isto é correto. Deixe a filha dela ficar fora a noite inteira e chegar na manhã seguinte com toda aquela maquiagem em sua face e seu cabelo torcido para os lados, alcoolizada em algum lugar. Você sabe o que ela faria? Ela lhe daria uma lição com uma ripa de barril. Isto é correto.

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...