Ao Interior da Colômbia n.º 2


d44b00b6-7527-4810-8978-cfa788b92955Alcançamos a equipe colombiana no nono dia da sua viagem, em sua última parada na cidade montanhosa de Peque. Esta etapa da viagem começou com a travessia do rio Atrato, no noroeste da Colômbia. A partir dali, a equipe viajou através da paisagem acidentada e atravessou estradas montanhosas para alcançar o rebanho, no pequeno município de Peque. Lá, eles puderam mostrar à congregação local uma atualização do trabalho e tocar um sermão legendado para todos ouvirem o cumprimento de Apocalipse 10:7 neste dia.

Esta é a conclusão da sua viagem missionária de 10 dias.

Viagem a Peque.

Na segunda-feira, 8 de fevereiro, partimos de Acandí e viajamos para Turbo (foi uma viagem de 2 horas); o mar estava calmo e havia vento de popa. Entretanto, chegamos ao nosso destino encharcados devido à constante exposição à água. Fomos para a casa do ministro Nelson Hernández, e tomamos um banho e trocamos de roupa. Então, viajamos para a cidade de Peque. Viajamos por três horas em uma estrada pavimentada, mas depois viajamos por uma estrada não pavimentada por 2 horas e meia.

Chegamos a Peque às 18:30, e os irmãos estavam esperando por nós. A missão não fica na cidade, mas em uma vereda chamada “El Llano,” um lugar muito montanhoso, com penhascos de mil metros e uma estrada muito estreita, larga o bastante só para um veículo. Quando saímos da cidade, percebemos que a estrada estava sendo reparada. Os irmãos conseguiram um ônibus chamado “Chiva” para nos levar ao nosso destino, e chegamos às 21 horas. Ficamos hospedados na casa de um irmão.

Esta área também está sob vigilância de forças paramilitares. Todo mundo se conhece nesta região. Vimos somente três veículos durante toda a nossa estadia aqui. O resto são só cavalos, mulas e burros. Não há terreno plano aqui, mas apenas encostas e montanhas íngremes. Há muitos grupos denominacionais, e vários deles participaram dos nossos cultos. Os crentes da Mensagem são vistos como excêntricos. A maioria do nosso povo é de familiares, e construiu casa ao redor do tabernáculo. A vida certamente não é fácil nesta região.

O culto foi na terça-feira, às 9 horas. Instalamos nossos banners, e então o irmão Gustavo nos apresentou. Cantamos alguns hinos, e então demos saudações em nome do irmão José e da equipe da GVD. Lemos a carta que o irmão José enviou, e eles alegremente receberam suas palavras. Então falamos sobre o Tablet Ágape, sobre a Hora de Meditação, e projetamos o programa de Legenda com a mensagem “Esteja Certo de Deus.” A congregação estava tão conectada ao programa, e podíamos ouvir o “Amém” deles. Eles realmente gostaram desta Legenda.

Nessa mesma terça-feira, depois do almoço, viajamos no “Chiva” até a cidade, e chegamos em 45 minutos. Então fizemos baldeamento do ônibus para os veículos, e começamos nossa viagem de 347 km de volta a Medellín às 15:45.

O irmão Gustavo (ministro acompanhante e guia) quer ter a Legenda em todas as missões que ele tem, e disse que a quer, tão logo possa, para usá-la. Ele nos disse na sexta-feira, dia 12, que queria que fôssemos à sua igreja em Medellin, porque não quer que a igreja perca esse reavivamento que nossa visita produziu nos lugares que visitamos com ele.

Que Deus abençoe os santos em todo o mundo.

Gravações “A Voz de Deus” da Colômbia

Fonte: Voice of God Recordings

wheatonly

Posted in Notícias.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...