Ministério


A FASE PRESENTE DE MEU MINISTÉRIO
William M. Branham
08 de Setembro de 1962
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A

37 – E como nunca observei aquilo, e como eu sempre pregava neste quinto versículo, “Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina, mas tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências, e desviarão da verdade voltando às fábulas. Mas faze a obra dum evangelista, cumpre o teu ministério.” Vê? E pela graça e ajuda de Deus eu tenho tentado fazer isto. E quero meus amigos, ambos aqui e fora pela nação onde as fitas irão, a razão pela qual eu tenho tomado o sustendo o qual eu tenho pela Palavra, e esta própria razão. “Pregar a Palavra.” Esta é a razão pela qual eu não me alimentaria com nenhum dos credos, nenhuma das denominações, porque eu tenho sido comissionado por Deus para ficar com a Palavra. Agora se qualquer um mais quer fazer qualquer coisa a mais, isto depende deles.

61 – Vê você, Paulo teve um ministério maior do que o resto de todos os apóstolos colocados juntos. Alguns deles pode que tenham dito: “Bem, eu andei com Jesus.” Porque, um homem na rua andava com Ele quando Ele estava aqui. Mas Paulo O viu na Coluna de Fogo depois que Ele esteve morto, sepultado, ascendeu aos Céus e retornou e chamou Paulo, vê, vê, lá na estrada de Damasco. E ele teve um ministério maior que Mateus, Marcos, Lucas, ou qualquer um dos outros. Ele estava além deles. E ele disse: “E, para que me não exalte agora e diga, ‘agora, vocês companheiros não sabem nada a respeito Dele,’ eu vi o Senhor após Sua ressurreição.”

62 – Bem, eles dizem: “Nós andamos com Ele.” Bem, o mesmo fizeram todas aquelas pessoas ao redor da Galileia e Nazaré e pelo país lá. Todos eles andaram com Ele.

63 – Mas, vocês veem, Paulo havia falado com Ele e O viu na forma que Ele era antes Dele ser feito carne. Veem? E Ele havia comissionado Paulo naquele estado, enquanto Ele estava Naquela Luz. Ele comissionou a Paulo. E-e Paulo O havia visto. E Ele disse: “E, para que me não exalte, sentir um pouco mais alto do que algum de vós irmãos, foi me dado um mensageiro de Satanás,” o qual o conservava um pouco mais baixo. E ele disse: “Eu busquei o Senhor três vezes para tirar isso de mim. E Ele disse: ‘Saulo, ou, Paulo, a minha graça te basta.’” Então Paulo disse: “Gloriarei nas minhas fraquezas, porque quando estou fraco, então é que sou forte. Veem, gloriarei nelas.”

64 – Agora, observou você agora, um homem o qual teve um ministério maior do que qualquer do resto deles os quais haviam estado no campo, Paulo, o maior ministério de todos eles, o qual havia visto a Jesus em uma Coluna de Fogo, e o comissionou a fazer o que ele fez, e foi vindicado através do mesmo Deus, do mesmo Poder, com sinais e maravilhas além de qualquer pergunta, e era tão pobre que ele possuía somente uma capa, pregando para um grupo de pessoas as quais teriam arrancado seus olhos, e algumas delas milionárias. E não obstante Paulo tinha uma capa. Ele disse: “Traga aquela capa, está ficando frio aqui em cima.” Ele estava em um país montanhoso. Ele possuía somente uma capa.

65 – E Demas, para um homem que era de alta reputação, alto calibre, culto, educado, e um homem rico o qual possuía numerosas variedades de roupas, “Aquele rapaz, havia algo errado com ele. O qual possuía tantos amigos que arrancariam seus olhos para darem a ele, e contudo ele era tão pobre que tinha uma só capa. Algo estava errado com Paulo.”

66 – Oh, vocês sabem, aquele espírito não deixa o mundo, eles continuam tendo-o daquela maneira. Dinheiro não é Deus. Há um só Deus. Veem? Mas o povo pensa que por você ter um grande ministério, você deve possuir tudo isto e tudo aquilo, e todas estas coisas grandes e notáveis, e grandes escolas e aquilo e aquilo outro. Deus não trata com essas coisas. Ou, pelo menos, esta tem sido minha opinião. Deus trata com um indivíduo. Ele nunca nos ordenou a ir e fazer tais coisas.

67 – Mas Paulo, com uma capa, e ele diz a Timóteo aqui para trazê-la para ele porque ele estava ficando com frio lá em cima. Uh-huh. Um homem que teve um ministério que pregou para dez mil como o fez Paulo, e um ministério que podia operar todas as espécies de milagres, e viu a Jesus em uma Coluna de Fogo, o comissionou, e contudo possuindo uma capa. Demas disse: “Um companheiro como este,” ele o deixou.

68 – Agora, quando ele estava aqui em cima pregando para Troas, encontramos que havia um homem lá em cima que era um latoeiro. E ele era um vil. E ele odiava o cristianismo. E ele fez tudo que ele podia fazer a Paulo jogando-o na cadeia. E cada…Paulo mesmo avisou a Timóteo da mesma coisa: “Guarda-te  dele.” E aqui está Demas! Ó Deus, permita que o povo ouça isto! Aqui estava Demas de pé ao lado de um homem que havia ferido a um com cegueira, por haver contendido com ele. Agora, vocês pregadores da Igreja de Cristo, coloquem suas capas agora. Certa vez um me disse, disse: “Faça-me cego! Faça-me cego! Você tem o Espírito Santo, faça-me cego.” Eu disse: “Você já está cego.” Veem?

69 – Agora, por que não fez Paulo ficar cego o latoeiro? O mesmo tipo de espírito que está no povo que pensa isto, é a mesma coisa que estava em Demas. Um homem que podia fazer a outro ficar cego por contender com ele, então virar e deixar um latoeiro estragar seu ministério na cidade. Sem dúvida alguma Demas disse: “Ele, ele foi liquidado, ele perdeu todos os seus dons. Ele-ele perdeu seu dom de cegar.”

70 – Não vê você como aquele espírito continua existindo, falam: “Você está liquidado, irmão”? Oh! Isto-isto somente passa pela cabeça do povo. Eles simplesmente não captam isto, isto é tudo que tem a ver com isto. Veem? Eles não podem ver isto. Veem? Eles não entendem.

72 – E aqui Demas viu Paulo, um homem que teve um ministério como aquele, e ainda era tão pobre que ele possuía somente uma capa, e queria que Timóteo a trouxesse a ele. Uma capa! Mas, Paulo deu o exemplo como Cristo foi, Ele possuía uma capa.  Então por que riquezas e muito dinheiro e coisas significam tanto para o povo hoje? Observem agora. E ele tinha poder até que qualquer pessoa que estivesse contrária ao que ele pregava ele virava e dizia: “Você ficará cego por um tempo.” E o homem ficava cego.

73 – E aqui estava um latoeiro, fez dez vezes a ele do que fez aquele homem, e mesmo assim livrou-se disto. Demas deve ter pensado: “Bem, Veem, o velho companheiro está liquidado agora. Ele perdeu seu  ministério.” Não, não ele não perdeu seu ministério, de maneira alguma. Deus não faz coisas como estas. Deus não é um vendedor de índio. Sim. Observem agora.


A ORDEM DA IGREJA
William M. Branham
26 de Dezembro de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

53 – Agora digo a todos. Veem. Agora, há alguns anos vocês eram meninos com estes dons, dando passos com estes dons, porém agora tem cruzado um longo ensinamento. É tempo de serem homens. Isso não é para se usar como uma brincadeira, ESTES DONS SÃO SAGRADOS, SÃO DE DEUS, não brinque com eles, deixe que Deus os use. Esse deve ser o anseio de teu ministério. E essa é a maneira que deve ser posto em serviço no Tabernáculo Branham

175 – Ele era Pastor, Profeta, Administrador e Diácono. Seguro que o era. Assim, vês o que Ele fez. Que esse seja teu exemplo. Neste Tabernáculo Branham queremos que seja uma casa na qual Ele seja honrado com todo ministério e todo lugar. Que não hajam revogações. Haverá gentileza, doçura e bondade, porém assim direto ao grão. Todo homem no seu posto do dever. Veem. Essa é a forma que Ele o deseja. Ele nunca falava. Quando chegava a hora de chamar as coisas pelo nome, Ele o fazia. Quando chegava a hora de mostrar doçura, então Ele mostrava a doçura. Ele era dócil, amável e compreensivo, porém inflexível. Com Ele todas as coisas eram direto ao grão e fez isso para teu exemplo. Agora o Espírito Santo acaba de me dar isso, assim nunca havia pensado nisso, que Ele antes foi diácono, porém o foi. Ali Ele teve que ser diácono.

176 – Quando chegava à parte do pastor, que dizia E-? “Fariseus cegos, guias de cegos”. Veem? Então estava tomando a parte de um pastor.


PONDO-NOS AO LADO DE JESUS
William M. Branham
01 de Junho de 1962
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

82 – Agora, eu penso que esta igreja… Se vocês, homens, quando construírem esta igreja, façam dela seu quartel-general e como o irmão Neville aqui sendo o presbítero mais velho entre vocês. Veem? E às vezes você tem uma questão que não pode discuti-la com sua igreja aí fora, então traga isto aqui ao irmão Neville e vocês todos discutirão isto juntos. Se houver… não puderem chegar a nenhuma decisão, eu estarei voltando logo, então todos nós nos reuniremos com isto.

83 – E então ali, treinem seus próprios grupos outros ministros – homens que você vê que têm um chamado em sua vida para o ministério. Treinem aqueles jovens; tragam-nos aqui para o ancião. Todos vocês se reúnam em uma reunião ministerial a ali ensinem as coisas profundas de Deus. Não vão tomar um ângulo mau. Conservem alguém que… em quem possam ter confiança para ser como um – um líder para vocês. E então às vezes se você não vê isto exatamente da maneira que ele faz, vá – tudo bem; de qualquer modo você tem fé, simplesmente siga em frente. Talvez quando nos ajuntarmos então, todos nós juntos, nós oraremos; o discernimento de Deus descerá e Ele dará exatamente o que isto seja (vê você?) e nos deixará saber como fazer isto.

84 – E ali, as igrejas podem ir ouvir. E treinem um grupo de homens… e se eu estiver no trabalho evangelístico em algum lugar, há lugares onde eu posso colocá-los em todo o mundo.


O PARENTE REDENTOR
William M. Branham
02 de Outubro de 1960
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

52 – Oh, esta é uma história tão linda que temos aqui, nesta manhã, eles estão voltando.

53 – Noemi foi tocada dali por causa da fome, Noemi e Elimeleque, e eles foram até Moabe.

54 – Agora para perceber o fundo da história, para que você…enquanto você escuta poderá ser capaz de compreender o que é. Agora Moabe, os moabitas, originaram-se de uma criança ilegítima, a qual era da filha de Ló. Após eles terem escapado do fogo de Sodoma, pela graça de Deus, então as filhas fizeram com que o pai ficasse bêbado e viveram com ele, como uma esposa. Tiveram uma criança, e uma delas era…originou e trouxe a – a nação de Moabe; supostamente cristãos, porém eram misturados no paganismo. E veja, deixando a terra prometida, não importa quão ruim estava, a permanência passageira numa terra estranha trouxe problema.

55 – E qualquer tempo que um crente sai de sua terra dada por Deus…Muitas vezes na política, esta eleição que vem vindo e assim por diante, um bom homem pode ser um bom homem, e então ele vai e perambula desviando-se daquelas terras. Como um certo pastor que conheço, concorreu para ser prefeito da cidade. E quando ele procedeu assim…saiu de suas terras ministeriais, e Satanás o derrotou.

56 – Se qualquer cristão sai destas terras. “Bem, vou apenas hoje à noite, assentar com os rapazes no salão de snooker por algum tempinho, não farei dano nenhum. Tomarei apenas uma bebidinha”. Você está fora de suas terras. Volte! Você está apenas marcando seu rumo para o problema.


O PROFETA DO SÉCULO XX

37 – Porém a um verdadeiro profeta o vemos retratado através das Escrituras como um servo, um que estima e busca o bem de outros acima do seu próprio. Jamais tratará de cair nas boas graças das autoridades, nem com pessoa alguma. Ele fala e guarda a Palavra de Deus. Sua devoção a Deus é em e através da Palavra; a qual ele pessoalmente demonstra em seu ministério e em sua conduta.

38 – Pelo que já sabemos nos convém fugir do poder que vem de ou através de pessoas de coração mau e de má conduta. Fuja das palavras daqueles que ainda que sua pregação seja mui persuasiva, passam, por alto a Palavra de Deus, ou de alguma forma rejeitam a mensagem que Deus nos tem enviado para nosso bem-estar espiritual.


A OBRA-PRIMA DE DEUS IDENTIFICADA
William M. Branham
05 de Dezembro de 1964
Yuma – Arizona – E.U.A.

1 Muito obrigado, irmão. Billy quer que eu diga que esta é minha primeira vez no púlpito por três meses. E ele… Eu me lembro da primeira vez que lhe pedi para testificar, ele disse: “Em primeiro lugar, estou assustado.” Eu também estou. Há cerca de trinta e cinco anos no ministério, e este é o maior período em que fiquei fora do púlpito desde que entrei no ministério. Eu precisava de um pequeno descanso, de modo que o irmão Mosley e eu, e alguns dos irmãos aqui, fizemos uma pequena caçada. E estamos descansados agora. E esta é minha primeira reunião desde que estou… por volta de primeiro de setembro. E é algo significativo. Um ministério é algo com que se deve permanecer?


ALMAS QUE ESTÃO EM PRISÃO AGORA
William M. Branham
10 de novembro de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

114 Agora, Jesus, depois que ele terminou o Seu ministério, pregou àquelas almas que não podiam ser salvas, que jamais poderiam ser salvas. Agora a Bíblia nos diz que: “Ele foi e pregou às almas que estavam em prisão, que não se arrependeram”. Quando a misericórdia lhes foi dada, eles rejeitaram com desprezo a misericórdia, e agora eles estão esperando pelo Juízo. Oh, que tempo que deve ter sido! Oh, quisera que houvesse algum meio de poder sacudir o mundo com isso, para deixar eles ver qual é a realidade.

115 E Jesus disse, Ele mesmo: “Assim como o Pai Me enviou, assim Eu vos envio”. E assim como o Pai O enviou para pregar aos – aos vivos, àqueles que tinham esperança, e então apresentar a mesma Mensagem àqueles que não tinham nenhuma esperança, parece enquadrar, neste tempo, que isso terá de ser feito, porque o Espírito de Cristo vivendo em nós não muda a natureza Dele, ou não muda o sistema de Deus. Ele deve ser o mesmo em cada geração. Ele deve ser o mesmo. Disse: “Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio”.

116 Os ministérios devem ser o mesmo, tanto que Ele disse… Eu vejo alguns de vocês anotando as Escrituras. São João 14:12: “Aquele que crê em Mim também fará as obras que Eu faço”. Veja, “as obras”, pregando aos perdidos, curando os enfermos, e então ao impossível de algum dia ser salvo. Está vendo? A obra continuou exatamente do mesmo modo. Então, isto tem sido, (tem sido?) que eu possa colocar assim, o ministério de Jesus Cristo reencarnado em Sua Igreja nestes últimos dias. Isso é o que muitos de nós cremos. Eu creio com vocês. Eu creio nisto. Se eu não cresse nisto, eu faria alguma outra coisa com respeito a isto. Porque, afinal de contas, sou eu que estou preocu-…que estou preocupado aqui. E se o Espírito de Deus estiver em você, você se preocupa com as pessoas.

269 O ministério de Jesus consistiu de Três Puxadas. Vocês sabiam disso? Notem! E sejam sinceros, se vocês algum dia foram em suas vidas, agora por um minuto, alguns minutos.

270 Sua Primeira Puxada foi curar os enfermos. Ele Se tornou um homem muito popular. Todos criam Nele, pareciam crer. Isso está correto? Quando Ele saiu curando os enfermos, todo mundo O queria em suas igrejas.

271 Porém um dia Ele virou-Se e começou a profetizar, pois Ele era a Palavra, e Ele era o Profeta do qual Moisés falara. E quando Ele foi lhes dizer, e lhes dizer como que eles estavam vivendo, e as coisas que eles estavam fazendo, Ele Se tornou muito impopular. Essa foi a Sua Segunda Puxada.

272 Eu me pergunto se isto se tem tornado a tipificar novamente? Só pense um minuto. Poderia ser? A Primeira, curando, a todos. A Segunda: “Oh, poderia ser Só Jesus. Poderia ser Belzebu, poderia ser um…” Essa é a mesma coisa que eles fizeram ali. Está vendo? Os mesmos espíritos vivendo na mesma classe de gente, pessoas condenadas que jamais podem ser salvas, porque elas foram condenadas antes; elas, como Judas Iscariotes, nascido filho da perdição.

Você diz: “Judas?” Seguramente.

273 Lembre-se, ele era muito religioso, porém ele não pôde ir o caminho todo com a Mensagem. Ele pôde tomar parte dela, mas o restante dela ele não pôde tragar. Eles podem tomar curas e coisas como essas, porém quando se trata de Deus falar para esquilos virem à existência, então isso é demais de profundo para eles. “Não pode ser!” Esse era Judas. Seu espírito pode viver exatamente até esse ponto. Ele não consegue segui-la depois disso. Está vendo?

274 Eles puderam aceitar bem a Moisés quando ele abriu o Mar Vermelho, e assim por diante dessa maneira. Mas quando se tratou de descer para dizer, que não era para eles, que não era para todos os demais fazer isto, ou aquilo: “Ele faz a si mesmo Deus, sobre nós”. Veja, eles não puderam seguir isso, Coré e eles. Então, eles tinham de ter uma organização, então Deus simplesmente os engoliu.

275 O ministério de Jesus, quando Ele estava curando os enfermos: “Ele foi admirável, esse jovem Profeta da Galiléia! Ora, Ele faz o cego ver. Ele tem até mesmo ressuscitado os mortos. Nós temos três casos disso. Ele realmente ressuscitou os mortos”.

276 Porém um dia Ele voltou-se, Ele disse: “Vós, raça de víboras. Limpais o exterior do prato. Vós apresentai-vos ser santos, porém no vosso interior, não sois nada a não ser um bando de cobras”. Oh, quando essa profecia saiu, condenando aquela organização, então mudou. Eles se voltaram contra Ele. Isso mesmo. E finalmente, ao rejeita-Lo, eles O crucificaram.

277 Porém você não pode matar o Ministério. Ele continua vivendo. Você pode fazer o mensageiro dormir, mas não pode fazer a Mensagem. Hum-hum. Correto. Ele continuou vivendo. E note quando vem a Terceira Puxada de Seu ministério. A Primeira foi curar os enfermos.

278 A Segunda foi repreender as organizações, e profetizar; o que eles haviam feito, o que eles eram, e o que estavam vindo. O que é, o que é, virá; e o que foi, o que é, e virá. Isso é o que Ele fez. Isso está correto? [A congregação diz: “Amém”.]

279 Porém sua Terceira Puxada foi quando Ele pregou aos perdidos que não podiam mais ser salvos. Eles estavam ali embaixo onde aqueles grandes olhos pintados estavam: “Uh, uh!” Pregou às almas no inferno, que não aceitaram misericórdia, mas que estavam Eternamente separadas da Presença de Deus. Contudo tiveram de reconhecer, o que Ele era, porque Deus O fez percorrer ali.

280 Eu me pergunto se Seu ministério ascende completamente da mesma forma nos últimos dias, como foi? “Assim como o Pai Me enviou, Eu também vos envio. As obras que Eu faço vós também as fareis”.

281 Perdidos, jamais poderiam ser salvos. Eles haviam rejeitado misericórdia. Essa foi a Sua Terceira Puxada.

282 Agora há alguma pergunta? Sua Primeira Puxada, Ele curou os enfermos. Isso está correto? [A congregação diz: “Amém” – Ed.] Seu Segundo Ministério, Ele estava profetizando. Seu Terceiro Ministério estava pregando aos perdidos Eternamente. As três montanhas, assim por diante; os perdidos, Eternamente!


A ERA DA IGREJA DE FILADÉLFIA
William M. Branham
10 de Dezembro de 1960
Tabernáculo Branham
Jefersonville – Indiana – U.S.A

41 – Mas os homens têm atentado  para esta verdade?  Eles têm dado valor a Sua Pessoa a Qual somente tem a completa autoridade soberana sobre Sua Igreja? Eu digo: “Não”. Porque em cada era a igreja tem sido governada por uma hierarquia – um sacerdócio – uma sucessão apostólica – fechando a porta da misericórdia e da graça a quem ela deseja e ao invés de assumir o amor e a responsabilidade da igreja ela tem com uma cobiça mercenária vitimado e a destruído. O clero vivia em luxúria enquanto que a pobre igreja se alimentava das cascas do abuso. E em nenhuma era fez algo diferente. Cada uma atou-se a si mesma a organização e colocou o governo sobre homens e submeteu a igreja a este governo. Quando alguém se levantava, ele era brutalmente suprimido ou expulso. Cada denominação tem o mesmo espírito. Cada denominação jura que tem a chave do governo da igreja. Cada denominação proclama que ela abre a porta. Porém isto não é verdade. É Jesus e Jesus somente. Ele estabelece os membros do corpo. Ele os dota com seus ministérios. Ele coloca os dons à sua disposição. Ele cuida dela e a guia. Ela é propriedade exclusiva Sua e Ele não tem nenhuma outra senão ela.


HOMEM CHAMADO POR DEUS
William M. Branham
05 de Outubro de 1958
Tabernáculo Branham – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

Deus não chama, muito raro, o homem inteligente, o educado, o intelectual. Eles cumprem seu papel, e eles são grandes homens, mas geralmente, quando Deus quer o serviço feito. Ele obtém alguém que mal conhece seu abecedário. Esquadrinhe as Escrituras; olhe através das histórias. Homens que significam algo para Deus não eram homens que tinham grande educação, mas homens que não tinham nenhuma educação, apenas um desejo em seus corações de servir a Deus. Ele obteve o lavrador, o pastor de ovelhas, o pescador, o caçador – aqueles que viviam na natureza – naquela tranquilidade e quietude da natureza. Lá Deus podia falar-lhes, e a esse é quem Ele chamou.

E se eles verificarem que quando Ele confere um chamado a um grande intelectual, aquela pessoa finalmente retorna às suas concepções intelectuais, e pouco depois, quando se trata da operação do extraordinário, ele está demasiado atrapalhado com as pessoas do mundo para aceitar tal coisa. Portanto, ele finalmente tem como resultado uma denominação, e vai embora e cria um ministério. E isso está bem. Eu não tenho nada contra essa pessoa que desejasse fazer isso. Mas quando Deus Se prepara para fazer algo nos domínios do sobrenatural, Ele geralmente obtém um homem em quem Ele possa depositar Sua confiança, e o unge e o envia, e ele é destemido no trabalho.

Esse é o tipo de homem de que nós necessitamos hoje – não homem culto e polido, mas homem que conheça a Deus no poder de Sua ressurreição.

Por exemplo, houve um homem na Bíblia pelo nome de Moisés que tinha tido todo seu treinamento. Ele sabia toda a teologia. Ele sabia tudo que ele devia saber. Ele…Caso necessitasse de alguma educação, ele podia ensinar os mestres em Israel ou no Egito. Ele não necessitava de uma só coisa. E a Bíblia nos conta que ele era instruído em toda a sabedoria dos egípcios. Ora, ele podia ensinar a seus eruditos. Ele podia ensinar coisas a seus cientistas. Ele era afinado ao ponto exato quando se referia a intelecto, mas ainda assim, isto levou a Deus quarenta anos para bater tudo aquilo para fora dele, ali nas areias. E quando ele tinha todas as suas concepções intelectuais de Deus para fora dele, ali nas areias, o metal estava pronto para ser moldado novamente.

Essa é a maneira como Deus toma Seus homens e bate para fora todos os seus temores e todo o seu intelecto; e então, o grande Mestre Oleiro os coloca sobre a roda e começa a moldá-los novamente. Trabalhadores valorosos – este é o homem de Deus. Quem poderia treinar um homem mais do que o Próprio Deus. Quem poderia treinar um homem mais do que o Próprio Deus? Observe a maneira como Ele os treina.

Nós pensaríamos novamente num outro pelo nome de Davi. Deus estava treinando Davi quando este era apenas um menininho. O profeta Samuel subiu e derramou óleo sobre sua cabeça e o ungiu, porque Deus ia treinar Davi para ser um poderoso guerreiro. E olhe para o treinamento que Ele lhe deu.

Eu estava lendo há algum tempo atrás (aqui em cima no Green’s Mill, onde geralmente vou orar), onde Deus disse a Davi: “Eu te tenho tomado do aprisco, de seguir aquelas poucas ovelhas de teu pai lá fora, e eu tenho feito de ti um grande nome, como grande homem da terra.” E eu penso no rigoroso treinamento que Ele fez a Davi. Nem sequer o instruiu em alguma escola, mas Ele o instruiu em Sua Própria escola.

Davi era um caçador e um pastor de ovelhas, e nos Salmos ele escreveu sobre pastos verdejantes e águas tranquilas, porque ali ele estava sozinho consigo mesmo. Ele não estava contaminado com as coisas do mundo. Deus tem me trazer um homem para longe das coisas do mundo, de modo que Ele possa fazer com que ele fique quieto, de modo que ele possa ouvir a Deus – aquela serena e macia Voz. Então, uma vez em contato com Deus, ele torna-se destemido então. Note que ele não se importa com o que alguém diga; ele tem estado na Presença de Deus. Ele conhece a Deus no poder de Sua ressurreição.

E então Davi, nós o vemos…Um dia Deus permitiu que um urso entrasse e apanhasse uma das ovelhas dele. Davi simplesmente foi atrás daquele urso! Sem dúvida que ele orou, porque um pouco mais tarde ele admitiu isto. E ele orou e pediu a Deus. Ele era guardião daquela ovelha; ele não podia perder aquela ovelha, e ele tinha que salvar aquela ovelha a qualquer preço. E ele lançou mãos de sua pequena funda e foi atrás daquele urso e o matou! Ele tinha que salvar aquela ovelha! Vê para que Deus o estava treinando?

Deus quer que seus pastores salvem as ovelhas, indiferentes ao que ele venha a ser chamado e pelo que ele tenha que passar – salvem as ovelhas! Então, tendo Ele visto que Davi fora valente sobre este urso, assim Ele apenas aumentou o poder do animal para um pouco maior, e Ele enviou um cordeiro – um leão ali dentro, e apanhou um dos cordeiros, e um leão é um animal feroz.

Oh, na África, quando eu os estava caçando…Um leão pode matar dez homens antes que você possa dizer “Jack Robinson.” Oh, poderosa e grande besta! Só com um grande rugido e só…homens são consumidos. E aquele que morre sob o poder de um leão jamais sente dor alguma. É tal o susto ouvir aquele rugido enquanto ele o dá! Aqueles grandes pés de mamute, só num segundo ele derruba uma dúzia de homens.

E pensar num rapazinho (a Bíblia diz que ele era ruivo; isso significa que ele era apenas um rapazinho) com uma pequena funda (você sabe o que é isto – um pequeno pedaço de couro com um cordão de cada lado) e um leão faminto já com o gosto de sangue na boca, que correu para dentro e agarrou a ovelha. Davi levantou os olhos para Deus e disse: “Eu não posso perder esta. Ajuda-me, Senhor.” E ele bateu o leão com a funda, e quando o leão se levantou contra ele, aquele rapazinho (e o leão pesando cerca de quinhentas libras [227 Kg – Trad.], ou mais, e aquele rapazinho pesando talvez setenta ou oitenta [32 e 36 kg, respectivamente – Trad.], ele puxou de seu pequeno cinto a faca, e quando o leão se levantou (o qual mataria dez homens com duas bofetadas), ele agarrou o leão pela barba e o matou!

Coragem – Deus não quer covardes. Ele não pode usá-lo se você está com medo de tomar Sua Palavra e crer Nele. Ele quer homem valente – que não prestará atenção a nada senão ao que o Senhor diz. Esse é o tipo com o qual Ele tem de se mover. Indiferente ao que a igreja diz, ao que o pastor diz, àquilo pelo que a igreja se para; Ele se para por Deus e justiça e Sua Palavra. Esse é o homem que Deus enviará estes dias para Seu reavivamento, pelo qual Seu povo está orando.

Elias estava ficando velho, e ele sabia que não demoraria muito até que ele tivesse que deixar o mundo; e Deus tinha encontrado um homem que era um homem honesto, que era um homem bom; seu nome era Eliseu. Agora, se você observar, o nome de um deles é Elias e o do outro é Eliseu.

Agora, ele nunca desceu até os fóruns, e assim por diante, e foi e o encontro nas escolas de teologias e lá em cima nos grandes colégios daqueles dias. Que fez ele? Ele foi para o campo e encontrou um homem arando com doze juntas de bois. O que…Eliseu, aquele que estava arando sabia como apreciar uma fileira reta, e sabia que se ele se voltasse e olhasse para trás, ele se oscilaria para fora do caminho. E Deus sabia que um homem que soubesse arar um sulco reto, sabia que não era para colocar suas mãos sobre um arado e nem sequer voltar-se para olhar para trás. Ele jamais esperou até que ele obtivesse sua educação – oscilasse ao longo do caminho. Ele apenas matou o boi e fez um sacrifício e partiu com Elias tão logo aquele manto veio sobre si! Ele estava pronto, desejando. Deus sabia que Ele podia torná-lo apto.

Agora, Deus tinha que dar a ele algum treinamento. Ele o estivera treinando em como manter seus olhos no sulco com doze juntas de bois e um homem arando com eles. Ele ensinou-lhe um pouco sobre paciência e como ser paciente e treinar aqueles bois para andarem em linha reta. Ele teve que treinar alguns homens mais tarde. Mantê-los na Bíblia, na Palavra, alinhados com Deus, e permanecerem retos na linha! E então, mesmo Deus teve de ensiná-lo um pouquinho.

Ele disse: “Agora você fique aqui, porque eu vou a Gilgal; o Senhor me tem chamado.”

E o profeta, depois que ele havia sentido aquele poder sobre si, aquele manto de Elias, ele disse: “Vive o Senhor e vive a tua alma, que não te deixarei!”

Foram a Gilgal, que é o lugar de confissão crista e batismo. E então ele disse: “Apenas fique aqui agora. Isto é o bastante. Você tem feito confissão e batismo. Isto é o bastante. Eu vou subir até Betel,” que significa a Casa de Deus.

Agora, aquilo teria estado bem para muitos professores. “Oh, acabo de entrar na igreja e tenho companheirismo; por que não ficar somente aqui mesmo?”

Porém, ouçam, Eliseu não podia pensar dessa forma. Ele já sentira o poder de Deus. Ele sabia que havia mais para ele. Assim ele disse: “Vive o Senhor e vive a tua alma, que não te deixarei.” Oh, como eu gosto disto!

E ele subiu até Betel, à Casa de Deus, e lá ele encontrou um grupo de pessoas cultas. Todos eles eram pregadores bem-treinados, e eles foram ao redor dele e disseram, disseram: “Senhor, sabe de uma coisa? O senhor está em maus lençóis. Sabia que Elias vai ser tomado do senhor? Ele está muito velho; ele não pode viver por muito tempo. Elias vai ser tomado, e o senhor vai se achar lá fora como um fanático.”

Deixem-me dizer-lhes algo agora. Um homem que já tenha provado de Deus não estará querendo ou não pode saciar sua sede em uma cisterna feita por homens. Ele não pode fazer isto! Lá, toda a teologia deles que eles tinham lá na escola dos profetas não saciaria a sede daquele homem de Deus, o qual tinha experimentado de Deus. E eles se mantiveram persuadindo-o: “Oh, o senhor devia ficar aqui e…Ora, em seis semanas nós poderíamos lhe dar seu Ph.D. E o senhor sabe que não demoraria muito até…o senhor toma cerca de quatro anos de treinamento aqui, e nós poderíamos dar-lhe o direito de pregar. O senhor sabe, se o senhor provasse ser bom, nós o enviaríamos em nossa denominação.” (Isso não satisfará um homem de Deus!) “Nós o treinaremos para ser um ministro, se o senhor tão-somente ficar aqui conosco por cerca de quatro ou cinco anos…”

Ele não tinha tempo para esse tipo de bobagem. Ele estava a caminho daquela fonte. Ele já tinha acima daquilo! Ele realmente tinha provado do Céu em sua alma, e ele disse: “Eu…o senhor sabe que sua cabeça vai ser tirada?”

E ouçam o que ele disse. “Sim, eu sei disse, mas calem-se.” Em outras palavras: “Poupem o fôlego, não tentem me falar sobre isto. Não tentem me falar o que estou fazendo. Eu sei aonde estou indo e o que estou procurando!” Deus no dê homem assim – homem treinado por Deus, que sabe não vacilar nisto e não vacilar naquilo. “Eu sei aonde indo e não me falem acerca disto, apenas não gastem o fôlego. Não tentem desencorajar-me, porque isto não adiantará nada.”

Oh, se o povo pelo qual oramos somente tivesse aquele tanto de coragem. “Oh, os dias de milagres passaram. Isso não foi real. O senhor observe, o senhor ficará doente novamente.”

“Apenas poupem o fôlego; não me falem nada acerca disto. Eu vou andando. O reavivamento está vindo. Deus tem prometido isto.” Oh, vocês filhos de Deus, movam-se completamente para dentro daquela esfera além! Destemidos, destemidos! Tomem Deus em Sua Palavra.

“Eu sei que ele…ele será tirado, mas isso não é o que eu estou…vocês não têm nada aqui que me interesse. Todos os seus diplomas e Ph.Dês e Bacharel em Letras e toda essa bobagem não me satisfaz! Apenas poupem o fôlego.”

“Bem, o senhor vai sofrer um colapso nervoso lá fora.”

“Bem, se eu sofrer um colapso nervoso, deixem-me sofrer um colapso nervoso. Eu estou na estrada.” Adiante ele estava indo.

“O senhor não pode fazer com que isto tenha bom êxito.”

“Eu sei que eu não posso fazer com que isto tenho bom êxito, mas Deus vai me conduzir,” disse ele.

“Bem, Elias vai ao Jordão.”

“Eu vou com ele!”

Deus requer Jordão em cada vida. Assim, Elias aproximou-se e disse: “Agora, Eliseu…” Elias disse a Eliseu: “Você é apenas um jovem (talvez algo assim), e realmente você não tem tido nenhuma instrução.” O velho profeta estava tentando testá-lo. Ele disse: “Você é apenas um jovem; você não tem tido muita instrução. Ora, você não…você…realmente, você não tem tido uma instrução de nível primário. A única coisa que você sabe fazer é arar. Assim, seria melhor que você ficasse aqui e fizesse…obtivesse seu diploma de Bacharel em Letras, está vendo! Seria melhor você ficar e obter seu diploma.”

Não Eliseu, não aquele homem que uma vez tocara em Deus – sentira aquele poder da unção sobre si. Ele disse: “Vive o Senhor e tua alma que nunca morre, que não te deixarei!” Ele tinha um propósito. Ele viu a visão. Ele sabia o que ia acontecer.

E ambos desceram ao Jordão. Jordão significa morte. Lá se achavam eles – o homem velho e o jovem. Isto realmente representava Cristo e Sua Igreja. E lá se achavam eles junto ao Jordão. Lá está Ele, descendo dos montes da Judéia; as grandes ondas bramindo assim, e Eliseu com seu cabelo grisalho pendendo sobre as costas e seus velhos olhos opacos olhando através do Jordão; e o jovem vigiando cada movimento que ele fazia. Um, o jovem, estava esperando por uma visão para executar a vontade de Deus. O outro ia para o Lar. Ambos estavam junto ao Jordão.

Elias, para ele, ele ia para o Lar. Elias tinha tido uma vida amarga. Aquela mulher pregadora lá embaixo lhe dera um caminho áspero de ir – Jezabel a Acabe – e as pedras e tudo pelo qual ele tinha sofrido. Elias estava ficando cansado, e ele sabia que tinha combatido um bom combate e ele tinha terminado a carreira. Logo do outro lado do Jordão estava o seu lugar de retiro. Mas Eliseu estava vigiando, pois aquele Espírito estava sobre ele.

Assim, se você notar, todo crente, quando você vem a um lugar onde você tem de se entregar completamente, você sentirá as frias ondas do Jordão batendo contra seus pés. Você vai atravessar ou não? Jordão é separação – separando-se.


A ELE OUVI
William M. Branham
12 de Julho de 1960
Klamath Falls – Oregon – U.S.A.

41 – Eu sei que isto soa de modo antiquado. Um ministro me chamou há não muito tempo atrás à parte e disse: “Irmão Branham, você sabe por que o seu ministério não é o maior ministério da América hoje?”

E eu disse: “Não me importa o que ele seja na América; eu desejo saber o que ele é nos livros do céu, lá em cima, o que é lá.”

Ele disse: “Bem, eu vou te dizer. É porque você repreende as pessoas de uma certa maneira.” Disse: “Você – – você– você os repreende, e isto os fere.” Disse: “Se você simplesmente parar de fazer isto, então,” ele disse, “o seu ministério cresceria e –e assim sucessivamente.”

Eu disse: “Senhor, deixe-me lhe dizer algo. Quando isto chega a um lugar que eu tenha que me comprometer na Palavra de Deus, então eu pararei e deixarei o campo e deixarei que Deus chame alguém para cuidar dele.” Como pode você ficar quieto? Se você vai ser honesto, seja honesto. Mostra-me em qualquer era…Mostra-me. Eu disse: “Você me chamava de um profeta, eu não me chamo…Você mesmo disse isso. Foi você quem o disse. Então se… se o Senhor me unge para algo, então como eu poderia ficar quieto? Como pode você ficar? Alguém tem que clamar contra isto. Correto”.

42 – Deus é capaz de levantar destas pedras filhos a Abraão. Mas devemos ser honestos e dizermos a verdade a respeito disto. Você observou… Oh, certamente, o ministério na América não faz nada como faz no estrangeiro. Certamente não, porque a América é um território queimado. Ela está arrasada. Simplesmente revolvida de um lado para o outro. Jesus disse que o Reino  é semelhante a uma  rede que lançaram no mar e nela de tudo apanharam.  Às vezes apanhava camarão; apanhava serpentes, lagartixas, sapos e peixes. Após algum tempo, às vezes você não apanhava nada a não ser uma rede cheia de lagartixas e sapos. Todos os peixes já estavam ali. Então, simplesmente lancemos a rede até que o último seja pescado,  e então Jesus virá. Como sabermos quem são eles? Você simplesmente lança a rede do Evangelho naquilo e o puxa. Esta é razão pela qual  estou aqui com meus irmãos, de pé num canto em algum lugar e jogo  a rede neles, estendo o meu ministério e os puxo e digo,  “Aí estão eles, irmãos.” O que é isto?  Agora, este é um território queimado. Observou você lá atrás, quando pela primeira vez eu vim aqui em Oregon? As pessoas vinham de todos os lados, uma multidão de milhares e milhares. Oh, era bom. Eu simplesmente seguia orando pelos enfermos. Porém quando eu voltei e comecei a expor a verdade, expor o Evangelho, oh, muitos rejeitaram. Compare aquilo com os dias passados com o nosso Senhor. Quando Ele estava curando os enfermos e aflitos, muitas pessoas vinham até Ele. Quando Ele alimentou 5.000, muitas pessoas vieram. Mas quando Ele começou a estabelecer e lhes dizer a verdade, o que aconteceu? Todos eles começaram a rejeitar. Ele… Até mesmo os 70 voltaram.

E Ele disse aos discípulos, “Vocês não querem ir também?”

E Pedro fez esta afirmação – – em grandes palavras e disse: “Para onde iremos nós?” Veem?

43 – Mas agora, aquilo não parou com Seus milagres. Ele seguiu em frente. E poucos dias após aquilo, Ele — Ele abriu os olhos de um homem que não tinha nem mesmo o globo ocular naquelas cavidades. Seus milagres cresceram mas as multidões diminuíram,  e Ele Se tornou menos popular, até que eles O crucificaram na cruz. E se temos o Espírito de Deus, isto será exatamente da mesma maneira, porque o Espírito de Deus é o mesmo, e as pessoas permanecem as mesmas. Isto é correto.

102 – Nós precisamos do Espírito Santo em poder e adoção, para que o nosso ministério se manifeste. Amém. Mas as pessoas, quando elas vão ver algo, elas vão ver um — um certo ministério. “Este irmão aqui tem determinado ministério.” Bem, eles vão e dizem, “Oh, sim, isto é muito bom. Hum — hum. Isto está bem. Bem, tudo certo, onde iremos amanhã?” Algo mais. Veem? Isto não os atrai de modo algum. Eles simplesmente veem tanto a bondade de Deus, até que casualmente se afastam disto.

103 – Isto me lembra uma velha estória inglesa. Dizem que certa vez havia um homem que tinha lido a respeito do mar, de quão belo era, quão magníficas eram as  grandes e salgadas ondas do mar que saltavam, e as  — as gaivotas voando por cima. E que coisa maravilhosa; ele nunca havia visto o mar. E então ele…certo dia ele– ele ajuntou suficiente dinheiro para ir ao mar. Ele desceu pelo interior, até que ele chegou ao —  perto da costa marítima.  E ele encontrou com um velho cheio de sal (e este era um marinheiro) vindo do mar. E ele disse: “Para onde vais tu, meu bom homem?”  Ele disse: “Oh, eu li a respeito do mar. Eu vou ao mar. Vou olhá-lo com os meus próprios olhos, a sua beleza e  suas e magnificentes ondas enquanto elas se quebram no grande e salgado mar branco. Eu vou cheirar o ar salgado e encher os meus pulmões daquilo, ouvir o grito das gaivotas, e assim por diante.” Oh, como ele estava tão jubiloso em saber que ele estava indo ver aquela grande massa d’agua.

104 – Então, o velho salgado olhou para ele e disse: “Bem, eu nasci nele há cinquenta anos atrás. Não vejo nada para que se possa pasmar com ele.” Veem? Ele havia visto tanto aquilo, que se tornou tão comum para ele, e não era bonito mais. Aquilo não era nada para ele. Ele simplesmente se colocava lá de pé, e balançava pelas ondas e não prestava nenhuma atenção àquilo.

105 – Agora, esta é a maneira que a igreja está com Deus. Nós vemos o Espírito de Deus e o reavivamento caindo, e sacode as pessoas, e as levanta das cadeiras de rodas. E — e os aleijados andam, e os cegos veem, e o Espírito de Deus cai nas reuniões,  discerne os próprios pensamentos em seus corações. E grandes coisas proféticas são ditas, perfeitamente todas as vezes, exatamente.  E a igreja diz, “Bem, isto está bem.” Um grande grupo de mascadores de chicletes, assentados ali, você sabe, “Sim, isto não tem problema. Nós vamos ver Lucy amanhã à noite, somente não vamos… (Veem?) O pastor deseja nos condenar, deixe que nos condene. Iremos para esta outra denominação, se ele deseja nos condenar. Nós iremos e nos uniremos ou… se  ele nos tirar para fora da Igreja de Deus, nós vamos para as Assembleias. Se nos tirar das Assembleias, vamos aos Unicistas. Se nos tirarem dos unicistas, iremos para os da Dualidade. E nós…tirarem da Dualidade, iremos para os Trinitarianos. Pois temos lugares suficientes.” Veem? “Sim, você tem um lugar. Mas, irmão, só há lugar para Cristo em você, se você deseja vir a Ele. Oh, Deus tenha misericórdia da igreja deste dia”.


COMO FUI COM MOISÉS, ASSIM SEREI CONTIGO
William M. Branham
11 de Setembro de 1960
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

26 – Alguém me perguntou há algum tempo, “Devemos buscar nossos dons agora para nosso ministério?” Alguns irmãos metodistas que acabavam de receber o Espírito Santo.

27 – Eu disse, “Não, não façam isso. Quando vocês fazem isso, Deus não lhes pode usar”. Eu disse, “A única coisa a fazer é só continuar sendo um cristão. Se Deus tiver chamado a você, Ele te colocará exatamente naquilo que te pertence”.

28 – Geralmente, os que buscam e tentam receber coisas, se Deus lhes desse algo, eles seriam mais ou menos orgulhosos. Usualmente, o homem que Deus chama é o homem que está tentando correr d’Ele, se vai chamar alguém; Moisés e Paulo, e outros diferentes, tentaram escapar de chamada.

29 – Mas encontramos aqui que Deus, apesar de todo o fracasso que Moisés tinha cometido, Ele ainda tinha Sua mão sobre ele. E Ele o chamou para ir fazer Seu serviço, chamou-o à sua comissão. E que consolação deve ter sido isso para Josué quando ele ouviu a Deus dizer, “Como fui com Moisés, assim serei contigo”.

30 – Ainda que, se eu estiver tentando e eu falhar, Deus não me deixará. Eu não tenho muita confiança em quem tenha muito medo de fazer qualquer coisa. Eu prefiro ser encontrado como um fracassado do que demasiadamente preguiçoso para tentar.

31 – Uma vez foi dito que a Companhia de Farinha Bellard assalariou um homem e ele ia assinar o seu nome, e o homem não tinha borracha no lápis. E o senhor Bellard disse a ele, disse, “Por que o senhor não tem borracha?”

Ele disse, “Eu não cometo erros”.

32 – Ele disse, “Então eu não posso te usar. Porque se você não comete erros, você… você não comete erros, você não faz nada”. Isso é verdade.

33 – Deus não te considera responsável por seus erros. Ele te considera responsável por ser voluntário, pecado voluntário. “Quem vive voluntariamente em pecado, depois de ter recebido o pleno conhecimento da Verdade”. Mas um homem que vai fazer algo, vai errar, ele vai cair. Ele vai cometer erros. Mas se ele for real e divinamente chamado, e Deus estiver em seu coração, ele se levantará outra vez.

55 – Agora Josué, em tudo isto, sabendo que a ordem era grande, mas tendo certeza, ele podia ser destemido. Ele podia ser, e nós o chamaríamos de descuidado, enquanto ele estava se dirigindo na direção correta. Talvez ele fosse contra uma colina que o arremessaria para trás, mas ele estava se dirigindo na direção correta.

56 – Assim a Igreja do Deus vivo pode ser despreocupada e destemida, em fé, se estivermos nos dirigindo na direção correta. Porque, Ele disse, “Como fui com Moisés serei contigo. Não te deixarei nem te desampararei”. Ele nunca desamparou a Moisés. Ele nunca deixou a Moisés. Ele não deixará a Josué. Ele não deixará a nós! Ele era conosco.

57 – E assim encontramos a Josué tomando esta comissão, sabendo que a responsabilidade estava guiando – os através de terras agora, que ele teria que atravessar à outra terra. Ele teria que instalar o reino. Ele teria que repartir as heranças entre eles. Ele sabia que a comissão era tremenda, muito mais do que Moisés tinha feito. Josué tinha mais para fazer do que Moisés teve para fazer.

58 – Outra coisa, ele tinha a obrigação de guiá-los ao longo da fronteira, entre os irmãos deles. Eles já tinham saboreado sangue. Ele tinha que conquistá-los. Ele tinha que guardá-los calados enquanto marchavam para baixo.

59 – Assim é hoje com este novo grupo pentecostal que está levantando-se agora, eles tem saboreado o denominacionalismo. É tão difícil guardá-los aí.

60 – Há alguns anos eles disseram, “Vem, irmão Branham”, quando o ministério começou ao princípio, “começaremos uma organização, construiremos um memorial para o irmão em alguma parte”. Eu não estou buscando um memorial. Estou buscando a Vinda do Senhor.


OLHE SEMPRE PARA JESUS
William M. Branham
29 de Dezembro de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

32 – Eu tenho chegado a um lugar em meu ministério onde eu tenho que dizer algo. Jesus disse que o que Ele ouvia, era daquilo que Ele falava. E ele disse, “Eu vos chamei amigos, e um amigo diz a seu amigo todas as coisas”.

33 – Paulo disse em Atos 20:27, “Nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus”. E que possa juntar nesta noite e dizer a mesma coisa com aquele grande santo no passado – no melhor do meu conhecimento, nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.

34 – Alguém ouvia uma das fitas outro dia, só porque ela deixou alguém com raiva, eles atiraram neles pela janela e uma mulher se feriu. Então talvez um dia eu selarei o meu testemunho…. mas quando aquele tempo chegar, então estarei pronto para ir. Até minha hora chegar, não há nada que me ferirá até aquele tempo.

35 – Agora, nós cremos no mesmo Evangelho, exatamente da maneira que a Bíblia está escrita. Está zerada. E se a espingarda está exatamente zerada e ajustada, se ela acerta o alvo da primeira vez, ela acertará na segunda vez e todas as vezes.


RELIGIÃO HÍBRIDA – CONDENAÇÃO POR REPRESENTAÇÃO
William M. Branham
13 de Novembro de 1960
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

222 – Eu tive uma visão há não muito atrás, (Vocês ouviram sobre ela) e eu olhei ali e vi todas pessoas ali, e ali havia milhões deles. E eu disse, “Você quer dizer que Ele virá até a mim”.

223 – Eles disseram, “Sim, e então voltaremos com você”.

224 – Eu disse, “Bem, tem cada ministro que se colocar assim?”

225 – “Sim, senhor”.

226 – “Cada ministro firma no seu ministério com sua congregação?”

227 – Ele disse, “Sim, senhor”. (Este anjo que estava falando comigo disse isto).

228 – E eu disse, “Então Paulo estará ali também?”

229 – “Paulo estará ali com a sua geração”.

230 – Eu disse, “Então, eu sei que estou certo porque tenho pregado palavra por palavra tal como ele fez”.

231 – E quando fiz aquilo, milhões gritaram, “É nisto que estamos descansados”. Amém! Naquela Palavra! Aquela Palavra! Não importa o que isto foi, aquela Palavra!

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...