O Universo e a Grandeza de Deus


O TERCEIRO SELO
W.M. Branham
20 de março de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A

57 – Se Deus o quer fazer assim, Ele pode destruir o mundo inteiro esta mesma noite com mosquitos. Ele poderia por tantos mosquitos na terra até chegar à lua, se assim Ele o desejar. A única coisa necessária é que Ele diga: “Apareçam mosquitos daqui à lua”. E nisso se acabaria o assunto. Não haveria nada de química, somente começariam a crescer. Ele pode fazer o que quiser, porque é Deus Criador, só tem que falar. Ele é o Criador.

58 – Agora se nós somente pudéssemos nos dar conta da grandeza de Deus. Ele faz o que quer. Ele está no lugar onde pode contemplar as pessoas, logo aqui sobre a terra temos estes professores tão sábios que saem com suas teorias que não há Deus e demais coisas. Tudo está exatamente como foi em Babel.


DEUS ESCONDIDO E REVELADO EM SIMPLICIDADE
William M. Branham
17 de Março de 1963
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

150 – Mas as pessoas perderam isto então, exatamente como fazem e o perdem hoje. A mesma coisa. Elas fazem as mesmas coisas. Pois elas… A razão pela qual elas o perderam, porque elas eram muito espertas para crer naquilo. Vêem? Agora, a mensagem era tão simples que os inteligentes eram espertos demais para crer na simplicidade da mensagem.  Oh, que coisa. Deus a fez tão simples que em verdade os inteligentes e intelectuais falharam em vê-la, porque era muito simples. Bem, é isto que avulta a grandeza de Deus; porque sendo o maior pode Se fazer simples.

151 – Os homens hoje, mostrando que não são de Deus, eles são grandes e tentam ficar maiores e se expressam com grandes títulos como um “Grande Bispo, Dr. Santo Papa”, tudo mais, tentando fazer de si mesmos algo que na realidade não são. E Deus sendo tão grande, traz a Si Mesmo à simplicidade. A simplicidade é grandeza.

152 – Podemos construir um avião a jato, podemos mandar um foguete para… Para… Ou colocar um — um — míssil em órbita. E podemos fazer todas estas coisas, sim, mas não podemos fazer uma folha de capim. Amém.  O que me diz disto? Mas ao invés de tentar voltar e ver a origem daquele capim e aceitar o próprio Deus que criou o capim, estamos tentando construir um míssil que chegará ali mais rápido, antes que outro o possa construir. Vêem?

153 – Somos tão inteligentes e intelectuais em nossas igrejas que podemos até mesmo construir um edifício de um milhão de dólares, ou um edifício de dez milhões de dólares, mas mesmo assim, e tentando construir um melhor do que o dos metodistas, ou os batistas construir um melhor do que a presbiteriana, e os pentecostais entraram na corrida ridícula. Mas a coisa é: estamos ainda — somos tão inteligentes e estamos tão firmados em nossas próprias maneiras até ao ponto em que falhamos em nos humilhar para ver o Deus que está na pequena missão da esquina. Vêem? Isto é certo. Bem, isto é, nós tropeçamos na simplicidade. Eles sempre fizeram isto.

154 – Agora, eles, eles eram — eles eram inteligentes demais para crer em uma mensagem tão simples. Ela não era suficientemente refinada para enquadrar com as pesquisas científicas que eles tinham. Ela não era — ela não era brilhante, a mensagem não era suficiente para os programas educacionais que eles tinham naquele dia. Vêem? Eles estudaram para saber que havia um Deus, e eles aprenderam que Ele era grande, e eles tentaram se engrandecer com Ele. Quando o caminho para cima é sempre para baixo.

155 – Agora, quem sabe se o Pólo Norte é o Norte ou o Pólo Sul é o Norte; ou o Pólo Norte é o Sul ou se o Pólo Sul é o Norte? Qual está para cima e qual está para baixo? Estamos pairando no espaço. Nós dizemos: “O Pólo Norte é para cima.” Como você sabe? O Pólo Sul pode ser o Norte. Veja, você não sabe. Então recorde, e esta Palavra…

156 – Dizem: “Então como você diz, irmão Branham, que para cima é para baixo?”

157 – Fundamentado na Palavra de Jesus Cristo! Ele disse: “Aquele que se humilha será exaltado, mas aquele que se exalta, será humilhado, trazido para baixo.” Então, na verdade, para cima é para baixo e para baixo é para cima.


A PALAVRA FALADA É A SEMENTE ORIGINAL
William M. Branham
18 de Março de 1962
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

200 – Correto, nos predestinou agora para a adoção. Agora você crê que fomos predestinados? Agora, foi Jesus predestinado? Ele era o Cordeiro de Deus já sacrificado antes que houvesse luz, antes de haver um meteoro, antes de haver uma molécula, átomo – qualquer coisa. Ele foi o Filho de Deus sacrificado. Oh, a grandeza de Deus. Então estes pequenos cérebros de amendoim saídos de alguma incubadora sobrenatural manufaturada por aí tentam debater e dizer que isto não é certo. Isto é uma vergonha.


QUE FAREI COM JESUS CHAMADO CRISTO?
William M. Branham
24 de Novembro de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

67 – É espantoso pensar que o Deus que pôs o – o – o sistema solar no espaço, que fez estrelas que são mil vezes maiores que este mundo… E se uma destas estrelas se dirigisse à terra a 10.000 milhas por hora, oh, tomariam cem milhões de anos para chegar, está tão distante. E duas estrelas pequenas parecem, daqui, que estão a uma polegada de separação, e estão mais longe uma da outra do que estão daqui. E ainda assim, nenhuma delas sai de seu lugar. E essa grande galáxia… Oh, A magnitude e a grandeza de Deus, Quem pode fazer estas coisas… Cada uma tem que sustentar a outra. Por essa razão se mantém da forma em que está. Se saíssem de sua órbita todo o sistema cairia.

68 – E isto foi o que sucedeu no Éden, quando Eva saiu da linha dos mandamentos de Deus. Toda a raça caiu. Esse é o problema hoje. Não devíamos estar divididos em organizações e denominações. Devemos ser filhos e filhas de Deus sustentando a grande galáxia do mundo em seu lugar.

69 – Em Nova York, na semana passada, eu estava escutando uma mensagem citada ou dita por Einstein, o grande cientista, o que é chamado o cérebro do – da época. E eu estava… ouvi aquilo. Então fui ouvir Norman Vicente Peak com respeito a sua psicologia, acerca de como as pessoas devem fazer ou caminhar, e projetar-se na psicologia. Então eu… Einstein, ele estava falando de uma galáxia que estava ali entre o sistema ali, fora das estrelas. E se uma pessoa pudesse viajar a velocidade… creio que disse, da luz. Agora, eu creio… Que é isso – 86.000… 186.000 milhas por segundo que viaja a luz. E eu decifrei isso em cinco minutos, quantos milhões e bilhões de milhas seriam… E os milhões de anos de tempo de luz que tomaria para se chegar a essa galáxia. E então 120 ou 150 milhões de anos… 150 milhões para ir e 150 milhões para regressar.

70 – E eles se encontraram com algo que os embaraçou. E eles… Logo depois de ir lá e regressar… Tomaria a você três milhões de anos para fazer a viagem… Trezentos milhões de anos. Trezentos milhões de anos para fazer a viagem. E quando você regressar à terra, você se haverá ido por tão somente cinqüenta anos. Você entrará na Eternidade. Não há fim para isso.

71 – E pensar que o Deus, o Qual fez tudo isso e o pôs em ordem, e falou disso; desceu e se fez carne entre nós para nos redimir. E honrar-nos com Sua augusta Presença, que Ele se parará aqui sobre esta terra pecadora nos últimos dias, e provar que é Sua Palavra, porque Ele está obrigado a essa Palavra. Amém. A soberania e a justiça Desse Grande, o Qual sustém essas coisas em Sua mão.


POR QUE A PEQUENA BELÉM?
William M. Branham
14 de Dezembro de 1963
Phoenix – Arizona – U.S.A.

28 – Veja, Deus toma as coisas simples para identificar-Se por elas. Veja, tomando o Seu, que é justamente a Sua Palavra. Ele fez o mundo sair das coisas que – que faz… que não têm aparência.

29 – Há poucos dias atrás eu estive no auditório Morris, numa de nossas grandes campanhas de Nova York, eu estava ouvindo uma leitura sobre o discurso de Einstein, desta galáxia que diz que leva cento e cinqüenta milhões de anos – anos luz, para chegar até ela, e cento e cinqüenta milhões de anos para voltar. E então, só pensar, cento e cinqüenta milhões de anos luz. E então, quando você volta aqui, você terá deixado somente cinqüenta anos. Pensa, ora quão rápido a luz viaja, cento e oitenta e seis mil milhas por minuto, e pensa de quantos bilhões e trilhões de anos levaria para ir ali e voltar. Cento e vinte… trezentos milhões de anos luz. E é justamente para uma galáxia na constelação que Deus soprou de Suas mãos, e então Ele fez as eras do tempo mais do que anos luz, e ficava ali olhando para elas.

30 – Então este russo disse que – ele que estava cerca de cento e cinqüenta milhas, lá em cima no ar, e disse que ele não viu Deus nem anjos. Como o homem pode fazer-se tão simples? E então pensa de todos os bilhões de anos, e somente cinqüenta anos daqui, o que ele fez, violou a Eternidade.

31 – Eles dizem que este astronauta que subiu, subiu tantas horas, subiu tanto, dezessete vezes ao redor do mundo, ou seja o que for, diziam que nem mesmo… que não se foi um… um segundo de sua vida. Ele estava viajando com o tempo. Assim, veja só, viola-se a Eternidade. É a grandeza de Deus.

32 – Nossos pensamentos, não podem sondar quão grandioso. Ele seja. E ainda mais quando Ele fica pronto para revê-Se, Ele se faz tão simples, toma as coisas simples para fazê-lo, a simplicidade disso.


SENHORES, QUERIAMOS VER A JESUS
William M. Branham
24 de Dezembro de 1961
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

 

25 – Quando esse Próprio Homem deixou os céus, quando o sistema solar inteiro era Sua coroa – cada bilhão de estrelas que pairavam na terra, cada estrela, que milhões de milhas além… Quando eles olharam através daquele telescópio ali no Monte Palomar e puderam ver um espaço de 120 milhões de anos luz, e todos aqueles bilhões e trilhões de estrelas estavam em Sua coroa… E Ele as deixou para tomar uma coroa de espinhos. Quem faria isto? Maravilhoso! Oh, que coisa!

26 – Eterno era o Seu manto. Ele estava vestido com Vida Eterna. Ele nunca teve princípio. Ele nunca iniciou em Belém, você sabe, como as pessoas tentam pensar que Ele iniciou. Ele não teve princípio. Amém!

Vestido com Vida Eterna, e colocou isto de lado para tomar um velho, empoeirado manto de morte por você e por mim Maravilhoso! O Céu era Seu palácio. Todo o Céu pertencia a Ele. Esse era o Seu palácio. Nada poderia alguma vez brilhar com Ele. E Ele veio até a terra e até mesmo disse: “As raposas tem covis, e os pássaros tem ninhos, porém Eu nem mesmo tenho um lugar para encostar Minha cabeça”. Isso é Maravilhoso, não pensam assim?


POR QUE NÃO SOMOS UMA DENOMINAÇÃO?
William M. Branham
27 de Setembro de 1958
Tabernáculo Branham – Sábado – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

45Quando olho para uma árvore. Eu tenho estado no mato por um par, três, quase dois meses. Eu vejo uma árvore, quão bonita é. Eu a vejo, ela cai; uma outra sobe no seu lugar, vida perpétua. E eu reflito sobre isto. Porém, em algum lugar aquela árvore teve um começo. Ela teve que ter um começo. E a única maneira pela qual ela poderia ser designada a ser uma árvore, ou ser um carvalho, ou uma faia, ou um álamo, ou uma palmeira, ou o que quer que fosse, teve que ter uma Inteligência Mestra por detrás dela. Ou se tivesse havido apenas uma que tivesse sido uma árvore de carvalho, todas no mundo teriam sido carvalhos. Porém, Algo grande, uma Inteligência Mestra, teve que colocar isto em ordem. Louvado seja Seu Santo Nome! Ele é Aquele que colocou a lua e as estrelas no sistema solar. Ele põe tudo em sua ordem. E Ele colocará Sua igreja em ordem, Ela se moverá exatamente como Ele quer que Ela se mova: leste, oeste, norte ou sul, ou o que quer que seja, quando pudermos tirar essas idéias denominacionais da nossa mente e atirarmo-nos inteiramente no Calvário. Ele a colocará em ordem se tão somente formos submissos como as árvores e Sua outra criação. Você jamais vê a lua dizer: “Não brilharei esta noite, algumas de vocês estrelas, brilhem em meu lugar”. Porém, nós, não, somos diferentes, está vendo.


AS ÁGUIAS DE DEUS
William M. Branham
02 de Abril de 1960
Tulsa – Oklahoma – U.S.A.

111 – O Velho Testamento diz, “Eu sou Jeová. Eu abri o Mar Vermelho. Eu tirei os filhos Hebreus da fornalha de fogo. Eu sou Aquele que ressuscitou o Filho de Deus”. Aleluia! “Eu sou Aquele que enviou o Espírito Santo no dia de Pentecostes”. Olhando através de suas grandes asas, você não gostaria de ver aquilo? Isto não emociona o seu coração?

112 – Aquelas aguiazinhas dizem, “Oh mamãe, claro que confiamos em você. Você é poderosa e grande”.

113 – E se alguém olhar para cima para o sistema solar? Há algum tempo atrás aqui eu fui levado ao Monte Palomar, e ali através de uma lente você pode ver cento e vinte milhões de anos luz espacial. Calcule isto, quantas milhas são. Quero dizer, quão rápido a luz viaja? E cento e vinte milhões de anos luz no espaço, e além daquilo ainda existe luas e estrelas e mundos. Quão grande és Tu. Quão grande és Tu.

114 – Estas aguiazinhas começaram a olhar ao redor, “Quão grande és Tu”.

115 – Aqui está uma flor. Ela morreu; e foi para o chão. Mas aqui ela volta outra vez. Quão grande és Tu.

116 – Aqui está um pobre velho homem sendo levado pelo câncer, apenas uma sombra, e uma oração é feita sobre ele. A coisa seguinte, é que você o vê um grande homem de face corada. Quão grande és Tu. Quão grande és Tu.


A MAIOR BATALHA JAMAIS PELEJADA
William. M. Branham
11 de Março de 1962
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

30 – Conosco estava um irmão que tinha problemas com sua esposa. Anos atrás, numa campanha onde eu estava pregando ela levantou em forma irreverente a cabeça, quando havia pedido à congregação que inclinasse suas cabeças, porque na plataforma estava uma mulher na qual morava um espírito maligno, o qual não queria sair dela. Então, esta senhora irreverentemente levantou a cabeça no mesmo instante em que o espírito maligno saiu da mulher que estava na plataforma, e entrou nela. Isso já faz como que quatorze anos; esta mulher tem estado numa condição tão lamentável que, às vezes, por estar tão enferma da mente, tem feito coisas que não são corretas. Por exemplo: deixou a seu esposo e se casou com outro, não obstante estar ainda unida a ele, e logo dizer que nem se recorda que o havia feito. Trataram de examiná-la para ver se sofria de amnésia, e encontraram que não era isso. Era pois um espírito. Esta mulher era nossa amiga íntima, porém desde essa noite em diante, ela me odiou totalmente. Logo, você pode ver a causa.

31 – Logo, quando seu esposo veio e nos ajoelhamos no quarto para orar, o Espírito Santo desceu, e ali foi o fim do assunto. Essa noite Ele apareceu a seu esposo em um sonho, e ele veio para relatar-me o sonho, crendo que era algo engraçado; porém chegamos a ver que era justamente a resposta para a cura de sua esposa. Assim foi como o Espírito Santo operou! Ainda em Tucson, quando chegamos ali, com o irmão Norman e os demais, vimos ao Senhor operando grandes e poderosos feitos, e revelando diferentes coisas. Certa noite (e isto foi o que me levou a esta conclusão), eu estava parado junto com o irmão Wood, o irmão Sothmann e outros, e estávamos olhando para o céu como eu as dez da noite. Então, um tremendo temor reverencial veio sobre mim, e disse: “Olhem todas essas hostes celestiais; tudo está em harmonia”.

32 – O irmão Wood estava olhando duas estrelas pequenas que estavam tão próximas uma da outra que pareciam uma só luz. Então lhe disse: “Irmão Wood, sabe você que essas estrelas que formam a Ursa Maior e a Ursa Menor, que parecem não terem mais que quatro centímetros de distância entre elas, a ciência diz que estão mais longe uma da outra que a distância de nós a elas? E além do mais, se essa estrela começasse a viajar para a terra a milhares de milhas por hora, tomaria centenas de anos para chegar à terra. E vemos todo esse sistema tão tremendo, e ainda nos dizem que olham através de telescópio, e alcançam a ver através de cento e vinte milhões de anos luz, além, muito longe; e ainda mais além há luas e estrelas, porém Deus fez a cada uma delas, e Ele está assentado em meio de tudo.”

33 – “Em algum lugar, em tudo isso, como me foi mostrado uma vez num observatório, está o Zodíaco. Começa com Virgo (a VIRGEM) e passando pelas diferentes etapas até chegar a CÂNCER; logo continuam até a última que é Leo (LEÃO). A primeira vinda de Cristo foi através do Leão da Tribo de Judá”. Disse: “Eu tenho me esforçado por ver esse Zodíaco e não o tenho podido ver. Sem dúvida está ali. Os que estão treinados nisso, sabem que ali está. Jó o viu. E os homens do passado o olhavam, porque em seu tempo essa era a Bíblia. Deus está assentado em meio de toda essa massa de milhões e milhões de anos luz, e Ele olha para baixo. Ali está Paulo; ali está também minha mamãe, em alguma parte, olhando para baixo”.

34 – Pensei também na ordem das hostes Celestiais, que nenhuma delas está fora de seu lugar. Cada uma mantém perfeitamente seu tempo. É o grande exército de Deus. Pensei nos soldados, e pensei em que seria se a lua chegasse a sair de seu lugar, aos poucos minutos a terra ficaria coberta novamente de água. A terra voltaria a ser novamente como o foi antes que Deus decidisse a nos por sobre ela; então era sem forma e vazia, e as águas e as trevas cobriam a face da terra; se essa luz chegasse a mover-se, então sucederia o mesmo. Quando a luz se distancia um pouquinho da terra, sobre a maré, e quando se aproxima, a maré baixa. Esse é o grande exército de Deus.

35 – Quando eu pensava em tudo isso, que estando o grande exército de Deus ali… Nós costumávamos, e eu me pus a pensar como é que nenhum desses astros sai de seu lugar. Cada um é colocado em seu lugar. E se há algum movimento em algum deles, é por certa razão, e isso afeta a terra. Acabamos de ver os resultados disso nestes dias em que alguns deles se moveram a outro lugar, e isso afeta tudo.

36 – Logo pensei que se essas hostes celestiais tem que guardar seu lugar dessa maneira para que tudo esteja em ordem, então, que tal com a desordem das hostes terrestres? Ou seja, que ao sair um de ordem, isso interrompe a coisa completa. O programa completo de Deus é interrompido quando um só membro sai de ordem. Devemos esforçar-nos continuamente por guardar a ordem do Espírito.


HEBREUS CAPÍTULO DOIS – II PARTE
William M. Branham
25 de Agosto de 1957 – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A

60 – Agora … Assim era Deus no princípio. Antes que houvesse qualquer luz, antes de haver até mesmo um átomo, antes de existir uma estrela, antes de haver qualquer coisa visível, Deus enchia todo o espaço. E Naquilo não havia nada a não ser pureza:  puro amor, pura santidade, pura retidão. Era o Espírito. Ele cobria todo o espaço da — da eternidade. Bem, não podemos compreender isto. Isto vai além de qualquer coisa que poderíamos imaginar.

61 – Pois através daquela lente, poderíamos ver — cento e tantos milhões de anos luz do espaço sideral . Pense nisto. Cem milhões de anos luz do espaço sideral… E a luz — a luz viaja cerca de oito mil milhas por segundo. E cem milhões de anos luz do espaço … Apenas pense quantos milhões de milhas isto seria. Você não poderia nem mesmo numerar isto. Você poderia simplesmente pegar uma fileira de 9’s e passá-la ao redor de Jeffersonville, e você ainda não poderia ter isto dividido em milhas — de milhas. Pense nisto. E além daquilo estão as estrelas e planetas. E Deus, antes de qualquer um deles existir, Ele já existia. Vêem?


O QUINTO SELO
W.M. Branham
20 de março de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A

39 – Eu gostaria que algum grande teólogo me explicasse como este planeta, a terra, se mantém em órbita perfeita. Gostaria de ver a alguém cientificamente atirar uma bola ao ar, a bola girando, e fazerem com que dê duas voltas no ar no mesmo lugar. É impossível. Porém isto do espaço é tão perfeito que até podem nos dizer o minuto quando sucederá um eclipse do sol vinte anos no futuro. Não há sobre a terra relógio ou máquina alguma que seja tão perfeita, sem dúvida ali está a terra. E sendo que está inclinada. Como seria se se endireitasse? A gente pode se tornar louco pensando nisso.

40 – Não ande buscando sabedoria para entender. Simplesmente creia no que Ele disse! Quanto mais simples possa você ser, então ali o tem, o encontrará. Estou tão agradecido por isso, que Ele se tem feito simples.

72 – Por isso os grandes homens, como Irineu, Policarpo, João, Paulo, estavam combatendo essa coisa. Paulo viu que vinha. Ele disse: “Irmãos, eu sei que depois de minha partida, entrarão lobos vorazes ensinando coisas perversas, e os apartarão.” Vejam bem aquele apóstolo de pé ali com suas costas coberta de chicotadas e seus olhos com lágrimas, porém ele podia ver muito mais longe que esse telescópio que têm hoje que dizem que lhes deixa ver cento e vinte milhões de anos luz no futuro. Ele podia ver até a eternidade. Ali estava, e predisse que isso sucederia depois de sua morte. E disse: “Mesmo quando estiver eu na outra era vindoura…”


CRISTO É REVELADO EM SUA PRÓPRIA PALAVRA
William M. Branham
22 de Agosto de 1965
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

61 – Não, não há continuidade naquilo, nenhuma palavra na Bíblia entra em contradição com outra. Nenhum profeta já alguma vez entrou em contradição com o outro. Cada um deles foi perfeito, e quando um vinha e realmente profetizava, aquele verdadeiro profeta levantava e o chamava. Então isto era manifestado. Vêem, vêem? Então a Bíblia é a Palavra de Deus para todos verdadeiros crentes.

62 – Agora, você não podia obter nenhuma precisão naquilo que os médicos concordavam. Você não pode obter nenhuma precisão deles nem mesmo agora. Você não pode obter precisão da ciência agora.

Agora, você sabe, há algum tempo atrás eles nos disseram que o – que quando a Bíblia disse que ele viu quatro Anjos de pé nos quatro cantos da terra, que aquilo não podia ser; a terra era redonda. Porém a Bíblia diz, “quatro cantos”. Bem agora, vocês viram há duas semanas atrás – tem sido agora umas três semanas atrás – os jornais carregando este artigo, eles descobriram que o mundo é quadrado. Quantos viram aquilo, vêem? Eu tenho tudo aquilo anotado e estou simplesmente esperando para que alguém diga algo.

63 – E em algum dia eles descobrirão que eles não estão vendo nem mesmo cento e cinqüenta milhões de ano luz no espaço; eles estão indo exatamente em círculos. Isto é exato. Você descobrirá em um destes dias que quando você vai para o Céu, você não voará para outro lugar, você permanecerá exatamente aqui também, simplesmente em outra dimensão mais rápida que esta. Bem deste cômodo está vindo cores. Cada camisa colorida, vestidos, seja o que for que você possui é eterno, está tudo gravado, indo ao redor do mundo. Cada vez que você pisca os seus olhos, fica gravado. Observe, a televisão provará isto.

64 – Quando você nasce, Deus liga o gravador. Isto não faz… Coloca o gravador para funcionar, ele não faz muito barulho por um pouco de tempo, você sabe; aquele é um bebezinho até que ele chega à idade da responsabilidade. Então o barulho começa. Ele começa a dizer coisas e fazer coisas que pelas quais ele tem que responder. E então quando aquela vida termina, aquele gravador ou fita é tirada e colocada no – na grande biblioteca de Deus. Agora, como vai você fazer com isto no dia do julgamento? Aquilo é tocado na sua frente: Cada movimento que você fez, cada pensamento que passou em sua mente. Pode você ver aquilo? Agora, pode ver você onde Deus…


VÉU A DENTRO
William M. Branham
01 de Janeiro de 1956
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

59 – Nosso Pai Celestial, estamos tão agradecidos hoje por Ti aqui nesta era moderna; na era dos automóveis, aviões, jatos, foguetes, e toda classe de ciência: telefone, televisão, e modernas armas atômicas, e assim por diante. Tu ainda és o Deus supremo, poderoso, onipotente, onisciente, que criou os céus e a terra e desenhou o firmamento. Deus, não podemos explicar isto. Não podemos explicar isto. Tão pouco podemos explicar porque o firmamento não tem fim; como pode o mundo dar voltas e tão perfeitamente até ao ponto em que eles podem prever um eclipse do sol vinte anos antes de vir –  porque Tua maquinaria trabalha perfeitamente. Nós não podemos fabricar um peça de maquinário que seja precisa. Oh, porém grande Jeová que mantém a esta terra no espaço, és perfeito. Te amamos, e todas as Tuas obras são justas e corretas. Nós nos submetemos a Ti nesta manhã, ao começar este novo ano, e Te pedimos que enchas a todos com o Espírito Santo, Senhor, e nos aproximes mais de Ti; e que Teus eternos braços nos acolham e nos guardem, Senhor, porque o dia é de escuridão e tremor, mas a Estrela da Manhã está dirigindo o caminho. Te seguiremos. Onde Ele me levar, lhe seguirei. Se for através das águas, através de inundações, em grandes provas, que tudo seja através do Sangue.

60 – Oh, Deus, guia-nos por Tua mão eterna até que finalmente seja obtida a vitória e Jesus regresse a terra. Pecado, a enfermidade e a angústia não serão mais, e nós viveremos este glorioso Milênio Contigo. Estamos esperando por esse grande dia. Vem, Senhor Jesus, a Tua Palavra hoje. Entra a ela. Circuncida os lábios que falam e os ouvidos que escutam. E que a semente caia no coração onde o Espírito Santo a cultivará e produzirá cem por um. Te pedimos no Nome de Jesus. Amém.


PARADOXO
William M. Branham
10 de Dezembro de 1961
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

144 – Mas, isto foi um paradoxo, como isto sucedeu. Por que ele não veio daquela grande escola lá em cima em Jerusalém? Por que não veio Ele a Caifás, o sumo sacerdote? Por que Ele não veio a algum daqueles grandes, treinados homens, os quais haviam sido treinados desde a infância, e seus pais tinham sido treinados antes deles, e os pais destes treinados antes deles, geração após geração e geração, treinados e educados, finos, de alta cultura, educados? E então pegar um velho homem lá fora no deserto, um que nunca teve um dia de escola em sua vida, e colocá-lo ali no Jordão, e dizer, “Este, este é ele”. Um paradoxo, exatamente. Inacreditável, mas mesmo assim verdade. Deus faz isto.

145 – O nascimento virginal de nosso Senhor, inacreditável, uma mulher trazer um filho sem conhecer um homem. Deus faz isto. Deus faz isto. Veja, isto é um paradoxo. Tomou uma mulher um pouco velha ali embaixo, um jovem, noiva com um homem de cerca de 45 anos de idade, ela mesma estava com mais ou menos dezesseis ou dezoito e ficou noiva deste homem que era viúvo, com quatro crianças, e então tomou esta mulher e cobriu-a com o Espírito Santo, e concebeu no seu ventre o corpo daquele tabernáculo do Deus Todo Poderoso. Um Paradoxo!

146 – Como o céu não pôde retê-Lo! A terra é o escabelo de Seus pés, os Céus é seu trono, e ainda assim podia trazer a plenitude da Divindade corporalmente, e encarná-la num Homem. Oh! Quando você pode medir quatrocentos bilhões de milhas numa eternidade de tempo e nunca medir a Deus; e mesmo assim um pequeno bebê deitado numa manjedoura, contendo a plenitude da Divindade corporalmente. Jeová! Uma paradoxo! Aquele grande Deus, que se assenta lá no além, para controlar um centena de milhões de sol brilhando sobre os planetas, o qual nunca teve começo e nunca terá fim, e encarnar a si mesmo num estábulo cheio de estrume.

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...