Irmão Neville


TESTEMUNHAS
William M. Branham
05 de Abril de 1953
Tabernáculo Branham – Domingo de Páscoa – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

05 – Irmão Neville, estamos contentes em tê-lo como nosso pastor aqui, desta igreja. Queremos que saiba que o nosso amor mais profundo é pelo irmão. E eu tenho confiança no Irmão Neville; esmerou sua vida. E vocês conhecem o velho ditado: “Viver um sermão é melhor do que pregar um para mim,” há muita verdade nisso. E então eu – estou muito feliz que o Irmão Neville esteja aqui conosco, para fazer o trabalho pastoral destas ovelhas que acabaram de ser trazidas para o rebanho. O Senhor Jesus abençoe o nosso irmão!


ATOS DO ESPÍRITO SANTO
William M. Branham
19 de Dezembro de 1954
Jefersonville – Indiana – U.S.A

03 – Você sabe, o irmão Neville é um pouquinho diferente de muitos ministros. Eles apenas…quando um ministro, quando ele entrega o seu púlpito, isto significa muito para ele. Você simplesmente não imagina o que é isto. Mas, o irmão Neville sempre tem sido tão amável e atencioso que ele sempre me entrega o seu púlpito quando eu chego. E diz: “Irmão Bill…” E nem se quer pergunta se você deseja; ele te persuade a vir, você sabe. E isto simplesmente te faz sentir duplamente bem-vindo. E estou muito feliz por isto, vejam. Você simplesmente não pode rejeitar alguém assim. Eles são simplesmente tão educados e bons desta maneira.


PERFEIÇÃO
William Marrion Branham
10 de junho de 1956
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.

204 Abençoe nosso querido amado pastor, o nosso irmão Neville, o qual se coloca conosco com a couraça do Evangelho; não ligado com o mundo, porém encouraçado com Cristo; toda couraça de Deus, puxando a velha carruagem do Evangelho, unido, como concidadãos e servos de Deus. Abençoe a todos os diáconos, cooperadores, tesoureiros, todos que estão envolvidos, todos os membros, os leigos, os visitantes.

209 Agora, veja, nosso irmão Neville, eu penso, eu tenho observado todos os seus passos, ele tem sido um homem verdadeiro. Todo o dia o encontro o mesmo. Esteja a batalha indo bem ou ruim, o irmão Neville permanece o mesmo. Agradeço a Deus por isso. O irmão Neville não poderia fazer isso por si mesmo; se necessita de Deus para fazê-lo. E estou feliz por este grupo de ovelhas terem um pastor como o irmão Neville. Oro para que Deus o ajude e o abençoe. Eu o amo. E amo o Seu povo. E amamos a todos vocês e oramos para que Deus vos abençoe.


AMOR DIVINO
William M. Branham
26 de Agosto de 1956
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

02 – Mas logo que consegui falar com minha mãe, depois de chegarmos a um lugar onde pudemos telefonar novamente, ela disse: “O irmão Neville tem estado lá”. Este é um verdadeiro pastor, gente. Isto é… Certamente damos valor a isso. Agora, isso pode não… Talvez, seus entes queridos nunca passaram por isto, talvez; Mas na hora da crise, quando você sabe que algo está acontecendo, e sabe que seu amigo estará a seu lado. E corri até meu irmão.

03 – E então quando fui, logo que entrei, só troquei de roupa e fui até lá. Quem encontrei no quarto, orando, senão o irmão Neville; ali no quarto com Howard, em oração.

04 – Eu – eu fico agradecido por isso. E eu – eu prefiro dizer isto bem aqui na plataforma, como eu sempre disse: “Eu prefiro dar um botão de rosa agora, do que uma coroa de flores depois de partir”. Agora é a hora de fazê-lo.

05 – E estimo o irmão Neville. E sei que todos nós o estimamos, nesta igreja, por ser um pastor corajoso. Apenas para mostrar-lhe o quanto vocês o estimam, levantem suas mãos assim, para Deus. Assim mesmo. Obrigado. Isto é realmente algo que…

06 – Fui para casa; falei com minha esposa. Eu disse: “Querida, quando cheguei e bati na porta… Passando pelo corredor, li o gráfico, para ver realmente o que estava errado. E fui até lá, e ouvi algo ali dentro. E eu bati na porta. Pensei que havia alguém conversando. Eles o colocaram sentado na cama com a sua Bíblia, e ambos de cabeças inclinadas, oravam a Deus, quando entrei. Sentado…?… com ele em oração”.

07 – E – e, também, minha oração, digo a Deus que sou grato por um verdadeiro amigo e um verdadeiro pastor. E que o irmão Neville tenha vida longa neste mundo, para – para servir o Senhor. Creio que Deus o tem mantido aqui por muitos, muitos anos, para servi-Lo, alguém tão corajoso. Isto tocou o meu coração mais profundamente do que qualquer outra coisa que já tenha me acontecido durante muito tempo.


DEUS GUARDA SUA PALAVRA
William Marrion Branham
20 de janeiro de 1957
Jeffersonville – Indiana – E.U.A.

06 – Eu lhe digo a razão pela qual eu gosto de ouvir o irmão Neville falar. Não essencialmente porque ele seja um bom pregador, mas porque eu sei que ele vive o que ele prega. E, eu, para mim, prefiro que você viva um sermão, do que pregue um para mim. E mais efetivo.


HEBREUS, CAPÍTULO SEIS – II PARTE
William M. Branham
08 de Setembro de 1957
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

490 – (Espaço vazio na fita – Ed.) …Bolas de fogo voando, e ver pombos indo de um lado para o outro através do edifício ver Cristo chegando com espinhos em Suas mãos… Oh, você sabia que esta é a organização do anticristo? Ele disse, “Quando estas coisas começarem acontecer, olhe para cima, que a sua redenção está próxima”. Então esta é a razão pela qual gosto de seguir cada momento que posso para a igreja e vos deixar sólidos. O irmão Neville nem sempre pode estar conosco. Eu creio que o irmão Neville é um bom e sólido ensinador do Evangelho. Nós não sabemos qual será seu caminho neste púlpito, e quando isto realmente chegará aqui, “Minha ovelha ouve Minha Voz”. Fique com esta Palavra! Nunca deixe a Palavra. Você fique certo com Ela. Você fique firme na liberdade onde Cristo te libertou. Não se envolva em todos estes jugos da servidão e demais coisas, fique firme, e fique livre. Deus te abençoará. Nada temos neste mundo para temermos.


HEBREUS VII – PARTE II
William M. Branham
22 de Setembro de 1957 (Noite)
Jeffersonville ― Indiana — E.U.A.

38 – Agora nós estamos segurando o pastor fora do púlpito aqui por cerca de seis semanas, tudo por causa deste — deste — deste, este Livro aqui. Vêem? Agora nós… Eu não gosto de fazer isso. O Irmão Neville é um irmão amável, doce, gentil. E eu estou certo que esta igreja ama o irmão Neville.

39 – Por falar nisso, enquanto estou falando, alguém, ao redor desta região, em algum lugar, é culpado de escrever alguns cartões para tirar o irmão Neville deste púlpito. Você vai ter que acertar isso comigo. Uh­huh. Correto. Uh­huh. Sim, sem dúvida. Agora, eu quero que você… Disse que o dia-… algo sobre a junta de diáconos. Ajunta de diáconos não tem uma só coisa a ver com esse pastor. Não, senhor. A congregação, por completo, tem toda a autoridade. Não é… Uma junta de diáconos e somente o policial aqui nesta igreja, simplesmente para manter a ordem e assim por diante. Mas quando se trata de regras a igreja por inteiro tem que dizer assim. Esta igreja está edificada sobre a soberania da igreja local. Então, eu não tenho nada a dizer sobre tirar este pastor, ou colocar outro. Eu possuo a propriedade. Foi doada à igreja. Todos vocês são a igreja. São vocês que a controlam. Você é a igreja, você mesmo. E a Igreja, a santa Igreja de Deus é a soberania do Espírito Santo nessa Igreja. E a única coisa que eu faço é possuir a propriedade, doá-la a esta igreja, como dar para uma igreja, e é livre de impostos. E a igreja elege seus próprios pastores. Eu não tenho nada a ver com isto. E a única maneira pela qual este pastor poderia sair, seria o pastor decidir por si mesmo sair, ou a maioria dos votos da igreja teria que dizer: “Troque o Pastor.” É a única maneira. Nenhuma junta de diáconos pode fazer isto. Ajunta de diáconos somente mantém a ordem e as coisas na igreja.

40 – Os administradores, eles não têm nada a ver com isto, só consertam a igreja. E eles não podem fazê-lo até que haja um… toda a junta de administradores se reúna e diga: “Nós construiremos isso, ou nós faremos aquilo.” Então eles têm que perguntar aos tesoureiros se eles têm o dinheiro para fazer aquilo. Sim, senhor.


PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE HEBREUS – 2ª PARTE
William M. Branham
02 de Outubro de 1957
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

223 – Todos os legalistas, e todos os diferentes outros, ao redor do país, e as grandes igrejas dizem que os dias de Billy Sunday acabaram. Mas quando eles viram a igreja começar a reviver (o povo comum), eles tiveram que cobrir suas faces. Charles Fuller tomaria o lugar, mas ele era muito velho; então eles seguiram com Billy Graham. E Deus tomou Billy Graham…ou melhor, a igreja batista tomou, e todos eles ficaram ao redor dele. E Billy Graham não é pregador nem a metade do que o irmão Neville é, então o fato de ser pregador, não em – não, de modo nenhum. Mas o que é isto? Eles tiveram que fazer isto; é um organismo, e todos estão bem ao redor disto, se reunindo. Billy diz a mesma coisa. Veja, eles tiveram que fazer isto. E isto teve que ser feito para cumprir a Palavra de Deus. Eles não tinham o Espírito para se reagruparem, então eles tiveram que tomar a Palavra para se reagruparem; então o fizeram. E Billy é um pregador da Palavra, e um requintado, e eles se reagruparam; então aquilo colocou todos os frios e formais em seu reagrupamento. E o Ser sobrenatural, com cura divina, e poderes e obras e assim por diante, através dos milagres de Deus, coloca esta…a igreja, a Noiva raptada que tem azeite em sua lâmpada, a coloca em um reavivamento. Vêem? E a igreja fria e formal teve o seu reavivamento. E aqui está Israel voltando com seu reavivamento.


A GRANDE LUZ RESPLANDECENTE
William M. Branham
22 de Dezembro de 1957
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

158 – Meu irmão Neville está aqui ao meu lado, o qual tenho sabido por anos ser uma pessoa piedosa. Pessoas que vem aqui de fora da cidade, me chamaram ao telefone, disseram: “Quem é aquele pequeno companheiro, é seu pastor? Dê-me seu endereço; eu quero escrever a ele. Ele parece ser um homem muito sincero.” Eu estou tão feliz em poder dizer: “E uma das pessoas mais piedosas que eu conheço.” Ele vive o que prega e fala. Ele tem o frasco de unção em sua mão.

Deus tem o poder em Sua mão.


HOMEM CHAMADO POR DEUS
William M. Branham
05 de Outubro de 1958
Tabernáculo Branham – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

175 – Agora, olhem, eu quero que todos os de dentro e os de fora pensem nisto e no encerramento desta reunião. Eu estou entregando esta igreja ao pastor, Irmão Neville – entregando vocês a ele e ele a Deus, Irmão Neville aqui. Eu convido a todos vocês outra vez. O Irmão Neville é um valente soldado. Ele é um verdadeiro servo de Cristo, um ex-pregador metodista, creio que um estudante de Asbury; e ele foi treinado em todas as teologias, seminário teológico, com experiência do que eles ensinam. Mas um dia ele veio a um lugar onde soube que ele tinha que ter algo diferente, e ele cruzou a linha. Ele é o pastor aqui, um homem cheio do Espírito, um verdadeiro pregador, um verdadeiro teólogo; e eu lhes peço, ao povo desta cidade e desta comunidade, se você não tem igreja, e você quer ouvir o verdadeiro Evangelho, venha ouvir o Irmão Neville. Ele defende esta mesma coisa que eu defendo. Absolutamente – um verdadeiro soldado valente. Todos nós aqui amamos o Irmão Neville. Ele tem estado aqui conosco por um longo tempo, e nós o amamos.


ESTREIRA É A PORTA
William M. Branham
01 de Março de 1959
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

157 – Abençoa estas poucas pessoas aqui esta manhã. Deus, começando com o Irmão Neville, Senhor. Cura o seu corpo. Ele está enfermo esta manhã, Senhor, indisposição gástrica. Eu oro para que a Tua Mão curadora esteja sobre ele. Anima a sua alma.


UMA LIBERTAÇÃO TOTAL
William M. Branham
12 de Julho de 1959
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

07 – Eu estava apreciando a oração do irmão Neville… ou do irmão Beelers, como ele orava pelas pessoas, e – e pedindo por ajuda e misericórdia. Se nós simplesmente olharmos adiante, você sempre, tudo segue adiante, você encontrará que há algo realmente genuíno a respeito disto. E então quando o irmão Neville veio e trouxe estes diáconos e os demais aqui em cima na plataforma para – para proferirem as bênçãos de Deus sobre a – oferta da igreja, eu o ouvi falar em sua oração a Deus a respeito daqueles homens, como eles oraram uns pelos outros. E aquilo me fez bem, ouvir um pastor que pode orar pelos seus diáconos, e os diáconos oram de volta pelo pastor. Quando você vê a igreja entrando em uma cooperação assim, bem, algo está se preparando para mover. Esta é a maneira pela qual a igreja tem que estar em ordem. E isto simplesmente me dá uma ideia para o texto. Eu ia falar das bênçãos em Cades, e a refuta ao relatório dos espias, mas então eu mudei minha mente para algo mais.

34 – Abençoe este pastor, irmão Neville. Oramos Senhor, que Tu o faças um pastor do rebanho como Tu tens feito. E nós não esqueceríamos sua pequena e amável esposa a qual está muito enferma. O inimigo gostaria de deixar o irmão Neville com aquele grupo de crianças sem mãe, mas nós nos pomos de pé e colocamos, pela fé, o Sangue de Jesus Cristo entre aquele inimigo e nossa irmã. Que Teu Espírito, Senhor, possa ser notável sobre ela, sabendo que todas as mulheres são ordenadas a andarem através desse vale de trevas desta era, mas nós oramos para que Tu estejas com ela. Abençoe aquelas pequenas crianças. Ela estará nervosa agora, e aflita, mas que o Espírito Santo possa estar na porta da misericórdia todo o tempo por aquela família.


CONFERÊNCIA COM DEUS
William M. Branham
20 de Dezembro de 1959
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

28 – Quero que todos vocês saibam, se vocês alguma vez passarem por          aqui… Vocês que têm de ir para casa, agora, e não podem ficar para o culto da noite, quero que saibam. Se alguma vez estiverem por aqui, a qualquer tempo, gostaria que fosse assim, venham e ouçam nosso pastor. Temos um verdadeiro pastor neste tabernáculo, irmão Orman Neville. Não estou dizendo isto porque ele está sentado aqui. Eu o conheço há anos. E ele nunca mudou, nem um pouquinho. Ele ainda é Orman Neville, um servo do Senhor. Você pode contar com ele. Simplesmente tão leal, fiel, um maravilhoso pregador. Eu me assento lá atrás…

29 – Tenho ouvido pregadores, ao redor do mundo, pregarem. Mas algumas vezes ele prega coisas que simplesmente me deixam maravilhado, eu lhes digo, simplesmente o arrebatam, naquelas – naquelas pequenas coisas que ele usa. Eu lhes digo, toda vez que venho, eu trago… Eu obtenho cerca de quinze temas a partir de seu sermão, quando eu – quando venho, tomando nota. Indo para casa: “Oh, que coisa, isso não daria uma mensagem? Oh, que coisa, isso não daria uma mensagem?” E simplesmente tomo nota daquilo.

30 – Assim, dê uma chegada e ouça nosso irmão Neville, e associe-se com nosso povo. São pessoas pobres, realmente pobres. Mas amam o Senhor, e amarão você. E assim estamos contentes de que vocês tenham estado conosco, e oramos para que Deus vos abençoe.


UM SUPER SINAL
William M. Branham
27 de Dezembro de 1959
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

01 – [O Irmão Neville diz para o Irmão Branham: “Os benefícios que Deus nos tem trazido através do seu ministério em…?… Nós desta vez gostaríamos de demonstrar isto de um modo pequeno, lhe entregando um presentinho.” – Ed] Obrigado, Irmão Neville. [“Que as bênçãos de Deus possam estar sobre o irmão. Não há de quê.”]

02 – Muito obrigado, irmão Neville. E obrigado, igreja. Eu somente não sei o que está aqui dentro. Mas eu agradeço de todo o meu coração, tudo o que vocês tem significado para mim, e as coisas que vocês tem feito por mim. E se não fosse por vocês eu não existiria. Se não houvesse alguém para crer na Mensagem que Deus me dá para pregar, não haveria necessidade alguma de pregá-La. Tem que haver nós dois trabalhando juntos. De forma que, eu aprecio muito isto.

03 – Nossa igreja sempre teve, mais ou menos, entre nós aqui, um senso de humor. Agora, quando eu entrei há poucos momentos atrás, no cômodo de trás, alguém me entregou um pacote, e disse, se eu poderia ir à plataforma e entregar isto ao Irmão Neville. Em apreciação de meus sentimentos por ele, e o companheirismo desta igreja, e o que ele tem significado para nós neste ano, como pastor nos anos anteriores, e as esperanças e orações que ele continue sendo o nosso pastor através de muitos anos que virão; uma lembrança da igreja e de mim mesmo. Irmão Neville.

04 – [O Irmão Neville diz: “Muito obrigado, todos vocês. Deus os abençoe. Eu realmente aprecio a gentileza e a cooperação que tem havido para comigo de cada um na congregação. E eu verdadeiramente, esta manhã, sinto profundamente dentro de minha alma que cada um dos últimos de nós está profundamente agradecido ao Irmão Branham pelo que ele têm significado para nós, e seu ministério. E que Deus possa fazê-lo próspero e abençoá-lo enquanto ele segue adiante pelo Senhor neste ano é a minha sincera oração. Muito obrigado. Eu realmente estou agradecido.” – Ed]


O REI REJEITADO
William M. Branham
15 de Maio de 1960 – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

18 – Agora, acho que hoje à noite… Está bem, quanto ao senhor? [O irmão Neville diz: “Sim, senhor.” – Ed.] O nosso – nosso precioso irmão é – é um homem que não é egoísta mesmo, é – é o irmão Neville. E se qualquer um de vocês esteve aqui no domingo passado e ouviu aquela mensagem maravilhosa que ele trouxe, sobre “a botija de azeite,” foi fora… Uma das mensagens mais salientes que já ouvi, que o irmão Neville trouxe, pelo Espírito Santo, domingo passado, para este pequeno rebanho de ovelhas que Deus ajuntou.


AS DEZ VIRGENS
William M. Branham
11 de Dezembro de 1960
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

04 – Oh, o irmão Neville sempre tem … Para os estranhos aqui que talvez nunca tenham estado aqui, ele é uma (não estou dizendo isto porque estou na frente dele, mas) uma pessoa graciosa, sempre tem sido assim. Ele sempre lê aquela — aquela — vive aquela Escritura, “considerando um ao outro,” sempre em Cristo, sempre considerando. E desde que eu o conheço, ele sempre tem sido assim; não desde que ele está aqui no Tabernáculo, mas desde que eu o conheci, e isto foi há muitos anos atrás.

A primeira vez eu creio que eu recordo de ter visto o irmão Neville, conhecê-lo, eu fui ouvi-lo certa vez pregar lá embaixo na igreja Metodista, ele — lá embaixo no Howard Park, a muitos, muitos anos atrás. Foi, eu creio, há vinte anos (eu acho) atrás ou mais desde que eu o conheci. Então ele… E ele era um … Ele trabalhava também; ele… Oh, eu acho, até recentemente, ele sempre trabalhou ali na região florestal e coisas lá em cima em Henryville de onde ele é; e trabalhou para sobreviver, pregava a parte, do modo que fiz em minha vida também, até recentemente, e então começamos onde não podíamos fazer nada mais a não ser isto. Então estou feliz por isto. Estou contente pelo nosso novo Patrão, você não está, irmão Neville? Sim, senhor. Eu com certeza gosto Disto. Sim, senhor. Estou simplesmente tão satisfeito com Ele.


APOCALIPSE, CAPÍTULO QUATRO – TERCEIRA PARTE – TRONO DA MISERICÓRDIA
William M. Branham
08 de Janeiro de 1961
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

08 – E com certeza temos desfrutado deste tempo de companheirismo ao redor da Palavra de Deus com estas boas pessoas. Espero que vocês tenham fé agora, e venham para a igreja, e obedeçam os ensinamentos da Bíblia através do nosso corajoso irmão aqui, irmão Neville, o qual eu sumamente recomendo como um servo do Senhor Deus,  aprofundando mais e mais com Deus, e sou bastante feliz por isto.

09 – E a pequena igreja, eu te admoesto, no Nome do Senhor Jesus, para que cresça na graça de Deus; mantenha-te firme, olhando em direção ao Calvário o tempo todo, tirando todas as raízes de amargura de teu coração e alma, para que Deus possa te usar a qualquer época. Se você alguma vez já sentiu de fazer algo, ou uma revelação ou algo que veio a você estranhamente, algo te advertindo ou alguma coisa, tenha cuidado. Satanás é astuto e esperto o quanto pode ser. Vêem? Coloque isto com a Palavra de Deus e consulte seu pastor. Vêem?

15 – E Deus nunca enviou o irmão Neville e nem a mim para sermos chefes, de modo algum. Somos apenas vossos irmãos (vê você?), instrutores no Evangelho. Então vamos todos trabalhar juntos.


APOCALIPSE, CAPÍTULO CINCO – PRIMEIRA PARTEA SERPENTE FERIDA
William M. Branham
11 de Junho de 1961
Jefersonville – Indiana – U.S.A

176 – Oramos por nosso irmão Neville, Senhor, nosso fiel pastor enviado de Deus. Oramos para que Tu o ajude e o abençoe, ele e sua doce e pequena esposa, pequena formosa coisa e seus pequenos filhos.


A SEMPRE PRESENTE ÁGUA DA ROCHA
William M. Branham
23 de Julho de 1961
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

31 – O irmão Neville e eu estaremos trabalhando juntos nisto e fazendo tudo que pudermos para o benefício do povo.


ASSIM RESPLANDEÇA A VOSSA LUZ DIANTE DOS HOMENS
William M. Branham
03 de Setembro de 1961
Jefersonville – Indiana – U.S.A

01 – Isto é tão inesperado para mim o quanto é para vocês. Eu desci…Terei que confessar que procedi como um hipócrita. Eu cheguei um pouquinho atrasado. E eu disse: “O irmão Neville estará pregando quando eu chegar ali, então ele não dirá nenhuma palavra para mim. Ele simplesmente seguirá em frente.”

02 – Quando entrei pela porta, Billy me disse, ele disse: “O irmão Neville já está pregando. Você chegou bem na hora.”

E eu disse: “Ótimo.”

03 – Caminhou em minha direção e disse: “Eu não comecei a pregar ainda; eu estava como que esperando.”


PERGUNTAS E RESPOSTAS – NÚMERO 14
William M. Branham
15 de Outubro de 1961
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

33 – E o irmão Neville está assentado aqui atrás, nosso precioso irmão e pastor, ele – eu estou tão agradecido por vê-lo auxiliando no Reino de Deus; eu creio que ele tem ido mais longe nos últimos dois anos do que foi em todo o resto…?… colocado junto. Como o Senhor o tem abençoado. Eu estou tão feliz por isto.

34 – E não digo por estar na sua frente… Eu digo também nas costas, e vocês sabem disso. Eu conheço o irmão Neville desde que eu era um garoto. Vêem? E eu sei que se o irmão Neville … Eu creio nisto; ele está sujeito a erros como todos nós estamos; nós – nós todos estamos sujeitos a isso, nós permanecemos humanos. Porém isto não viria do seu coração; eu não creio nisto. Ele seria sincero, e ele sempre tem tido o mais alto nível de sinceridade.

35 – E quando ele veio para esta Mensagem, eu o tinha – o trouxe aqui pelo voto da igreja para ser o pastor aqui quando ele nem mesmo entendia estas coisas como ele compreende agora. Mas sua sinceridade desejando se colocar de lado, examinando e aproximando reverentemente disto, até que eu vi que ele tinha um sólido fundamento, que quando ele se levanta agora, ele sabe agora onde está firmado.


O TESTEMUNHO DE UMA VERDADEIRA TESTEMUNHA
William M. Branham
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
05 de Novembro de 1961
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

37 – Mamãe sempre gostava demais de ouvir o Irmão Neville orar. Ela simplesmente gostava de ouvi-lo. Dizia que: “Ele falava simplesmente como, sincero, estando a falar com Deus.”


UM VERDADEIRO SINAL QUE SE DEIXA PASSAR POR ALTO
William M. Branham
12 de Novembro de 1961
Tabernáculo Branham – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

300 – O Irmão Neville é um homem dócil de Deus, e eu sei – eu sei quem…Quando eu lhe ouço pregar, eu sei que está vindo diretamente de seu coração. Eu sei disso. E o Irmão Neville, como ele disse a outra noite com aquele comentário, disse: “Eu fiz uma afirmação: ‘Algum dia eu o batizaria no Nome de Jesus.’” Eu o batizei. Por quê? Eu vi a sinceridade e honestidade nele. Eu sabia que se ele – pudesse alguma vez ser dado a ele e visto se ele – ele pudesse verdadeiramente ver isto, seus olhos se abrissem, ele receberia isto. Eu esperava e dizia à igreja: “Não se preocupem, aquele pregador metodista certamente virá.” E aqui está ele hoje, pastor do tabernáculo, justamente tão sólido no trabalho quanto ele possa estar, na Mensagem. Ele crê em Deus. E eu sei que quando eu ouço algo que vem do Irmão Neville, eu sei que é genuíno, vindo de Deus, porque ele é esse tipo de homem.


CRISTIANISMO CONTRA IDOLATRIA
William M. Branham
17 de Dezembro de 1961
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

39 – Quando eu me for ao ministério no campo, eu quero que esta igreja se mantenha firme com seu pastor e com o ensino que tem sido dado aqui. Mantenham-se fiel à Palavra, não importa o que venha ou o que vá: Fiquem com esta Palavra! E não importa que eu me vá, eu somente sou um dos pastores aqui. O irmão Neville ensina o mesmo que eu. Por isso venham igualmente à igreja e escutem à Palavra. Eu não sei para onde Ele vai me guiar. Disse à minha esposa esta manhã quando estávamos assentados à mesa: “Há algo que tem estado clamando em mim por todos estes anos, agora eu vou encontrar o que é”.


SE DEUS É CONOSCO ENTÃO ONDE ESTÃO TODOS OS MILAGRES?
William M. Branham
31 de Dezembro de 1961
Tabernáculo Branham
Jefersonville – Indiana – U.S.A

26 – Abençoe esta igreja e seu pastor, nosso irmão Neville, seus administradores e seus diáconos, e possam eles servirem mais corajosamente este ano do que em qualquer outro tempo anterior. Obrigado pelo trabalho e pela bravura deles. Como eles estiveram ao meu lado, quando eu precisei que alguém estivesse por perto! Irmão Neville e irmão Roy Roberson, e todos os irmãos preciosos que estiveram ao nosso lado nas horas difíceis, e, sob a liderança do Espírito Santo, tomaram decisões da melhor forma que eles sabiam e as decisões que eles tem tomado, tem provado serem por Tua vontade, porque Tu tens abençoado as decisões deles. Deus, continue a ser com eles. Ajude a todos nós, juntos agora. Nós pedimos em Nome de Jesus. Amém.


A MAIOR BATALHA JAMAIS PELEJADA
William. M. Branham
11 de Março de 1962
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

280 – Veem como foi seu ataque? Observem bem; escutem: qual foi seu ataque? Fazer com que descresse na Palavra de Deus. Esse é o ataque de Satanás. Agora, podem ver a maior batalha jamais pelejada? Há somente duas forças: Satanás e Deus. E, qual é a arma que Satanás usa contra você? A arma que ele usa é procurar com que você não creia em sua própria Arma, e ali é quando ele desarma a você.

281 – Escute bem por um momento. Se ele pode conseguir com que você comece a descrer que sua Arma não é do mesmo calibre, ou conseguir fazer-lhe crer que sua Arma não é suficientemente poderosa, então você fica desarmado. Oh, irmão Neville, oxalá você nunca chegue a descrer isto! Porém ele lhe desarma se consegue fazer com que você não creia em sua Arma. Quando você pendura sua arma, ali termina sua batalha. MANTENHA SUA ARMA AO ALTO! NÃO A PENDURE!


PONDO-NOS AO LADO DE JESUS
William M. Branham
01 de Junho de 1962
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

04 – Eu quero dizer para o irmão Neville publicamente… Agora, eu quero dizer para cada um de vocês, exatamente como eu estava falando particularmente a vocês, apenas cada um, porque somos um grupo que – isto é… eu realmente penso nisto e creio e ensino isto ao homem, Deus tem feito ao homem líder de Sua igreja, isto é, de Seu povo. Vê? E é uma… Como eu estava pregando lá embaixo para o irmão Junie Jackson ontem à noite sobre Deus fortificando Seu – Seu povo com Sua Palavra. E foi uma mulher quem rompeu aquela fila e deu abertura à razão, e quando o fez, Deus sempre estabeleceu isto para Seu – para o homem guardar Sua Igreja fortificada pela Palavra.

05 – Agora, eu quero encorajar o irmão Neville só um pouquinho, falando com ele particularmente. Eu observei que o discernimento de ontem à noite me atingiu duas ou três vezes enquanto eu estava no púlpito, e eu virei, porque tenho tentado ficar o mais distante disto o quanto posso, até eu descobrir o que significou o sonho para mim aqui há não muito tempo atrás, há poucas semanas atrás. Isto me atingiu por muito tempo; eu disse isto aqui na igreja, sobre – algo sobre a Mensagem e – e discernimento e assim por diante; isto apenas não – isto simplesmente não estava vindo certo. Na minha opinião, aquele tempo acabou, e agora posso estar errado sobre aquilo, mas eu observei que… que o irmão Neville estava um tanto exausto e contrariado.

06 – E então eu apenas queria que você soubesse, irmão Neville, que você está só se antecipando neste companheirismo. Vocês observaram o que Satanás tentou fazer nos últimos poucos dias aos que são ministros associados neste companheirismo? Apenas pare por alguns minutos e pense. Aqui está assentado o irmão Crase, assentado aqui nesta noite, quase foi morto ali em cima na rodovia. Vêem? E eu quase tive minha cabeça estourada com uma espingarda – ou com um rifle. Vêem? Satanás tentando nos tomar. E ali você se acidentou e poderia ter sido morto e também uma mulher. Vejam, apenas os ministros. Olhe somente no – no grupo de ministros. Vêem? É Satanás, e ele está tentando nos destruir.

07 – Agora, estamos – sabemos que não estamos reunidos aqui para falar de algum tipo de negócios; estamos reunidos aqui para falarmos sobre – sobre Cristo e na fortificação para nos manter firmes, e o que fazermos para este tempo presente. E eu – eu quero te encorajar, irmão Neville. Seja corajoso. Não importa o que apareça, o que for, o que acontecer, simplesmente não deixe nada te envolver. Simplesmente fique ali como a Rocha das Eras, e Deus fará com que tudo dê certo; Ele te provou isto. Claro, aquilo poderia ter te abatido; aquilo poderia ter matado aquela mulher, e aquilo estaria em sua mente pelo resto de seus dias, e isto seria muita coisa. Porém Deus permanece no Trono; Ele – Ele permite que estas coisas operem para o bem. Ele poderia ter nos tirado também. E… então, Satanás lutando na Igreja.


CONVENCIDOS, ENTÃO PREOCUPADOS
William M. Branham
10 de Junho de 1962
Tabernáculo da Bíblia
Southern Pines – Carolina do Norte – U.S.A.

10 – O nosso pastor está aqui. Eu ainda não vi o irmão Neville. Eu creio que ele foi apresentado, foi? O irmão Neville? Onde você está, irmão Orman? Eu simplesmente não posso fazer você sair daí. Oh, puxa! Lá atrás, bem grande! Venha aqui um minuto!

11 – Eu sei que este homem é um verdadeiro servo de Cristo. Ele era um Metodista da lã tingida e então recebeu o Espírito Santo. Agora ele é um Metodista com o Espírito Santo.

12 – Este é o nosso precioso pastor. Eu quero estreitar sua mão, irmão Neville. Eu apresentei… obrigado, irmão. Eu conheço o irmão Neville faz anos e eu – a sua amada esposa mesmo antes deles se casarem. E eu – os anos que eu o conheço, ele nunca mudou nenhum pouquinho; apenas cresceu mais em Deus. Isto é tudo. Mas ele é de confiança. Nós o amamos agora como um pastor. Há anos que ele está ali, e esperamos que ele fique até que Jesus venha, se isto for a vontade do Senhor. E você gostaria de dizer uma palavra ao povo, irmão Neville? (O irmão Neville saúda o povo – Ed.)

13 – Deus te abençoe, irmão Neville.

14 – Agora, você sabe, quando você vai a um piquenique, se alguém arranca uma arvorezinha em algum lugar, bem, você não pode – você não sabe se aquilo está ali ou não, vêem, porque isto está apenas estabelecido, arrancado, ou algo. Mas quando você sabe que há um velho carvalho que simplesmente permaneceu firme, você pode muito bem pensar em estar debaixo daquela árvore e descansar. Este é o irmão Neville, apenas o mesmo cada dia, apenas seguindo em frente. Então estou bastante satisfeito por isto.


EM SUA PRESENÇA
William M. Branham
09 de Setembro de 1962
Tabernáculo Branham – Domingo – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

107 – Quantos apreciam o nosso pastor, Irmão Neville? Não estão vocês gratos ao Senhor por um bom, honesto, o homem cotidiano, que crê no Evangelho, e ele está fazendo um tão maravilhoso trabalho obedecendo aos Mandamentos de Deus, e pregando a Palavra e mantendo esta grande atmosfera espiritual na igreja o tempo todo. Lembre-se, eu tenho descido a Costa Leste, fui através do Sul, e acima até a Costa Oeste, através do Canadá, e eu não tenho encontrado uma igreja que seja tão espiritual como esta igreja aqui mesmo. Eles têm perdido a semente, sim, ou em fanatismo, ou em vez disso se foram em acessos de raiva, ou tão frios que eles simplesmente não podem ser movidos. Isso é tudo. Agora, vocês se amam um ao outro? Oh, apertem as mãos um do outro, e digam: “Louvado seja o Senhor!” [O Irmão Branham, também louva o Senhor, e aperta as mãos e conversa com as pessoas – Ed.]


LEMBRANDO-NOS DO SENHOR
William M. Branham
09 de Dezembro de 1962
Tabernáculo Branham – Domingo – Noite
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

97 – Senhor, oramos pelo nosso pastor, o irmão Neville, Teu humilde, e bondoso, servo fiel. Está disposto a ministrar em qualquer posição, não importa se for no assento de trás ou se for para limpar a igreja. Onde quer que Tu necessites Dele, aí ele deseja servir de instrumento, para servir-Te onde quer que Tu o chames. Rogamos Deus, que – que Tu o abençoes.


DEUS ESCONDIDO E REVELADO EM SIMPLICIDADE
William M. Branham
17 de Março de 1963
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

49 – E o irmão Neville, nosso nobre irmão e verdadeiro pastor, servo do Deus Vivo. Até onde este homem conhece a Mensagem, ele a segura com tudo que ele tem. Isto é correto. Ele é uma pessoa gentil. Ele é um pouquinho medroso para… ou melhor, medroso não; eu não quis dizer isto. Mas ele é tão, tão gentil, ele simplesmente não fala, sabe, para dizer uma coisa que seja dura e que fira como “assente-se!” Ou  “fique calado!” Eu — eu tenho observado isto e ouvido as fitas por detrás.


O TERCEIRO ÊXODO
William M. Branham
30 de Junho de 1963
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

49 – Agora, até ai… Agora, recordem… Sete e trinta é quando você começa, não é? Agora, irmão Neville, se você tem uma mensagem para esta noite, pregue-a, veja. Não levarei uma hora ou quarenta e cinco minutos, e eu  gravarei o restante disto. Eu gosto de ouvir o irmão Neville. Eu o amo. Ele é meu irmão, e eu penso que ele é um orador maravilhoso – ministro maravilhoso. E eu… uma coisa a respeito do irmão Neville que eu gosto, quando ele diz qualquer coisa, ele vive aquilo a respeito do que ele está falando. Agora, esta é a coisa principal. Você sabe que você pode viver um sermão para um companheiro, melhor do que pregar um para ele? “Pois nós mesmos somos epístolas escritas, lidas por todos os homens.”


POR QUE CLAMAS? FALA!
William M. Branham
14 de Julho de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

17 – Agora, recordem o culto desta noite e logo se o Senhor permitir, no próximo domingo esperamos falar outra vez. Logo, penso que no próximo domingo tenho que ir a Chicago; então me irei por algum tempo. Tenho que levar a família de regresso para casa em Arizona de maneira que eles… os meninos possam se matricular na escola outra vez e logo deixaremos de molestar aos pastores, tomando seus serviços. Estamos muito agradecidos ao irmão Neville por sua hospitalidade. Vocês sabem, tenho sido convidado e ele é tão… Me agrada o irmão… um homem como esse onde não há engano; não há egoísmo, só cristianismo genuíno. Me agrada isso.


CRISTO É O MISTÉRIO DE DEUS REVELADO
William M. Branham
28 de Julho de 1963
Tabernáculo Branham – Domingo – Manhã
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

77 – E eu quero que vocês lembrem que o Irmão Neville aqui, deixado na igreja, no encargo deste Tabernáculo, sob o Espírito Santo, que ele é deixado aqui, e ele crê nesta Mensagem e – e A ensina exatamente da mesma forma que eu ensino. Correto. E a qualquer hora que você quiser, que você achar conveniente, pode vir para ouvir o Irmão Neville, ele certamente lhe faria bem, tenho certeza. Ele é um grande servo de Jesus Cristo.

78 – Eu conheço o Orman Neville desde quando eu era um menininho, e ele não mudou nem um pouco, somente tem se aproximado para mais perto de Deus. Eu me lembro de quando eu o vi pela primeira vez numa… Eu fora convidado para a sua plataforma metodista. E quando eu voltei aqui no Tabernáculo, eu disse: “Algum dia, eu o batizarei no Nome de Jesus Cristo”. E aqui está ele com a Mensagem agora, indo avante, um verdadeiro servo valente.

79 – E o irmão Neville passa por muitas tensões e sofrimentos, que ele não os mostra aqui no Tabernáculo. Porém sendo que o Senhor me deixa ter uma pequena visão da vida das pessoas, eu sei pelo que ele passa; muito disto, veja. E ele certamente passa sob muito labor e tensões, e coisas. E você, vocês pessoas aqui, o sustenham-no como Josué e Calebe sustinham as mãos de Moisés, enquanto ele traz a Palavra.


A ORDEM DA IGREJA
William M. Branham
26 de Dezembro de 1963
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

05 – Agora, quando dedicamos a igreja, mais tarde lhes disse que tinha algo que falar-lhes acerca de como estabelecer em ordem este assunto e a forma em que deveria dirigir-se. E vocês começaram depois de sair daqui… tínhamos ministros e assim sucessivamente; agora, já que irmão Neville era apenas um jovem entre nós, pensei que seria melhor que o irmão Neville se estabelecesse melhor na fé antes que eu apresentasse tais coisas como estou por fazer agora. Agora, depois de encontrar que ele se estabelecia melhor na fé e entendia qual é a doutrina e viveu a parte de uma fiel testemunha de Cristo e defendia o que cremos que é a Verdade; creio que agora é a hora, será uma boa hora para aproximar-me a ele e a vocês os anciãos e coisas aqui na igreja, para que aceitem estas ordens e as recordem. É o melhor que conheço diante de Deus. E então espero que vocês REALIZEM estas coisas DA MANEIRA QUE AS ESTOU DIZENDO, porque alguém tem que ser o dirigente aqui.

170 – Sugiro isto, porque em geral… Ontem à noite observei ao irmão Neville quando pregava. Agora, sei que todos sabemos que foi uma mensagem sobressalente. Tomei notas para usá-las em outras mensagens minhas. Isso é certo. “O caminho de escape”. Vêem. E essa foi uma mensagem maravilhosa; viram como expressou rapidamente seu pensamento, vêem, que terminou entre 35 minutos. Agora isso esteve bom. Em geral as mensagens do irmão Neville são assim. Vêem. Isso não é longo. Vêem. Porém onde arruínas o serviço é com todo essa blá, blá, blá antes de chegar a mensagem. Vêem?


MUDOU DEUS, ALGUMA VEZ, O SEU PARECER ACERCA DE SUA PALAVRA?
William M. Branham
Tabernáculo Branham
18 de Abril de 1965
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

199 – Recordem agora, orem por mim quando os ventos estiverem soprando; quando os demônios estiverem desafiando a cada lado, eu me lembrarei que vocês estarão orando por mim noite e dia; eu estarei orando por vocês. Fiquem ao lado do seu bom pastor, irmão Neville, e o companheiro, irmão Capps. Ouça-os; eles vos ensinarão a Palavra da Vida. Eu creio nisto. Se eu não cresse nisto, eu certamente não os teria aqui. Certamente não. Eu creio que eles creem na Mensagem, e no melhor de seus conhecimentos eles permanecem com ela, e eu tenho fé em ambos os homens. Fiquem com eles. Estes outros irmãos, ao redor onde eles têm suas reuniões, que se colocaram aqui nesta noite, se você estiver por volta de suas áreas, fique ao lado deles. Você ouviu para que eles vieram aqui, nesta noite.


E NÃO SABEIS
William M. Branham
15 de Agosto de 1965
Tabernáculo Branham
Jeffersonville – Indiana – U.S.A.

17 – Porém enquanto… Não tenho a oportunidade de dizer isto quando o lugar está repleto porém estou muito agradecido a Deus por um pastor como o irmão Orman Neville. Fiel, tão fiel como o pode ser à causa e nunca resmunga. Me assentei ali atrás… Falei uma boa meia hora com ele enquanto estava ali com o irmão Mann, assim conversarei mais acerca disso quando chegarmos a Collorado este ano.

18 – Estávamos desfrutando de sua mensagem, e tive uma boa palestra com o irmão Neville. Eu disse, “Nem sequer tenho tempo de falar às pessoas de nosso fino pastor. Eu disse, “Estão as pessoas te tratando bem?”

19 – Ele disse, “Não poderia ser melhor”.

20 – E eu disse, “Me dá gosto ouvir isso”. Quando um pastor está satisfeito, e as pessoas estão satisfeitas, formam uma igreja excelente. E assim Deus está satisfeito. E eu penso ao vê-los satisfeitos juntos, especialmente neste dia da mensagem que estamos levando. Eu penso que mostra a continuidade da mensagem com o povo e com Deus.

21 – Estou mui agradecido pelo irmão Orman Neville e sua fina esposa e família. E rogo a Deus que os mantenha firmes a Ele e à causa. E se Lhe compras, que aqui estejamos de pé no Tabernáculo quando nosso Senhor Jesus Cristo vier por nós, vê você, a levar-nos no Rapto. Esperamos que estejamos os dois tão velhos, irmão Neville, que um tenha o braço ao redor do outro, com nossos bastões tratando de manter-nos de pé.

22 – Então seremos transformados num momento, num abrir e fechar de olhos. Estas velhas roupagens de carne cairão e nos levantaremos a tomar esse prêmio eternal e gritar ao passar pelo ar. Adeus, adeus, doce oração – iremos para cima então.

tabernaculo-4 - Copia

Posted in Matérias do Profeta.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...